Você está na página 1de 155

A Arte de Ser Diamante

(por Rodolfo Gasparian)


5 de julho de 2018

O maior sonho de um profissional que entra no marketing Multinível é alcançar a liberdade financeira. Não
ter mais chefe, acordar sem o despertador, poder viajar para qualquer lugar do mundo, oferecer uma melhor
educação aos filhos, ter um carro, uma casa, enfim, ter um melhor controle da sua própria vida.

E, tradicionalmente, o nível que representa essa liberdade nesse segmento é chamado de Diamante. Isso
ocorre por se tratar de uma pedra rara, difícil de ser encontrada na natureza, que demora anos para ser
formada e que, quando lapidada, transforma-se na mais bela de todas as joias.
É importante considerar, dentro do nosso trabalho, que todas as pessoas são como diamantes em estado
bruto e, para que alcancem o título de Diamante, é necessário que passem por uma lapidação.

Na maioria das vezes, tal processo é doloroso, pois, ao longo do período, lascas são retiradas, o que se faz
necessário para que a pedra comece a brilhar. Igualmente ocorre entre nós, seres humanos, que precisamos
nos lapidar e evoluir como pessoas por meio do desenvolvimento de pontos fortes, descobrimento de pontos
ocultos e eliminação de pontos mais fracos.

Qualquer um pode atingir o nível de Diamante, mas ser Diamante não é uma conquista para qualquer um,
pois nem todos estão dispostos a passar pelo processo de lapidação, o qual pode durar anos.

A boa notícia é que a quantidade de vagas para o nível de Diamante é ilimitada neste segmento, o que
significa que qualquer um pode alcançar essa qualificação tão sonhada, inclusive você!

E o que é necessário fazer para se transformar em um Diamante? Responder apenas: “mostrar o plano”
seria o mesmo que dizer que, no futebol, para ganhar a partida, você precisa chutar para o gol.

Ocorre que, para que seja atingido o nível de Diamante, faz-se necessária a combinação de uma série de
fatores, assim como um time de futebol que deseja ganhar um campeonato.

A diferença básica é que, no futebol, só existe um campeão por vez e, no Multinível, todos podem ser
campeões.

Sendo assim, antes de sair correndo para mostrar o plano, você precisa entender que Multinível não é uma
corrida de 100 metros, mas uma maratona de 42 quilômetros. E, para completar a distância percorrida, é
importante conhecer e dominar pelo menos sete atributos do profissional moderno de Multinível:

1. Mentalidade Empreendedora
2. Inteligência Emocional
3. Propósito
4. Planejamento (metas e objetivos)
5. Atitude (6 ações diárias)
6. Consistência e Persistência
7. Liderança (carisma, relacionamento, resultado, intencionalidade)
8. Vamos explicar passo a passo cada um desses atributos:

1. Mentalidade Empreendedora

A mentalidade empreendedora é a formatação dos pensamentos, sentimentos e crenças em relação ao


trabalho e à remuneração nos empreendimentos. É possuir uma mentalidade de crescimento, estar aberto a
mudanças e adaptações, ter proatividade nas ações do dia a dia.

Somado a isso, é ter a capacidade de criar soluções para os desafios. É ter autorresponsabilidade, ou seja,
entender que é responsável por tudo que acontece em sua vida. É saber que lucro é melhor que salário. É
entender que renda residual é melhor que renda linear. É ser diferente de uma pessoa com mentalidade de
empregado, que só pensa na segurança do seu salário fixo no fim do mês, e que não se incomoda em trocar
o seu tempo e a sua liberdade apenas por dinheiro.

Invariavelmente, uma pessoa com mentalidade de empregado provavelmente terá muitas dificuldades de
permanecer em um negócio de Marketing de Rede, pois a relação de trabalho x dinheiro nesse mercado é
inversamente proporcional ao salário fixo. Isso significa que, no início, você trabalha muito e ganha pouco,
entretanto, com o crescimento da sua equipe, seu trabalho vai se multiplicando e atinge uma quantidade de
horas de trabalho e dinheiro que nenhum ser humano poderia alcançar sozinho.
Além disso, uma pessoa com mentalidade de empregado vai contar quantas horas trabalhou e vai querer
trocar essas horas por dinheiro, limitando as horas do seu dia, ou se contentará com o valor que precisa
ganhar para pagar suas contas. É o caso da maioria das pessoas que fazem parte do quadrante “E” do famoso
livro “O negócio do século 21” de Robert Kiyosaki.

Por outro lado, uma pessoa com mentalidade empreendedora no Multinível trabalhará a médio e a longo
prazo, pois sabe que uma construção de rede não é feita em menos de seis meses, e que o resultado da
independência financeira será uma construção de dois a cinco anos.

2. Inteligência Emocional

A inteligência emocional é a consciência e o domínio das nossas emoções de maneira equilibrada e sadia
em nosso cotidiano. Essa inteligência está relacionada às nossas crenças e motivações. São as emoções que
vão impulsionar o instinto para gerar a ação, ou seja, o motivo da ação. Nessa área habita a verdadeira razão
para uma pessoa se dedicar ao negócio de Multinível.

As emoções e motivações são influenciadas pelas 7 Crenças fundamentais do Multinível:

1. Crença em si mesmo,
2. Crença nas pessoas,
3. Crença no produto,
4. Crença na empresa,
5. Crença no mercado,
6. Crença na Linha Ascendente,
7. Crença no sistema de treinamento

Cabe salientar que as crenças não dependem uma da outra. Elas são formadas por acontecimentos
repetitivos ou por experiências emocionais marcantes. Inclusive, as pessoas podem ter resultados no
Multinível tendo mais de uma crença do que outra, entretanto, para conseguirem a experiência completa e
os maiores níveis dentro do negócio é importante que tenham um bom alinhamento consistente entre todas
elas.

A crença em si mesmo é a capacidade de acreditar em seu próprio potencial. É a autoestima, o


empoderamento de fazer acontecer, independentemente de qualquer pessoa. É estar preparado e descobrir
uma missão a realizar. Essa crença vai ajudá-lo a não desistir, mesmo quando ninguém o estiver apoiando.

A crença nas pessoas é a capacidade de acreditar que o ser humano tem o potencial de evoluir. É entender
que todos possuem pontos fortes, fracos e faltantes. É saber que os pontos fortes serão usados na superação
das adversidades. É crer no ser humano. Essa crença vai fortalecer o networking, vai gerar a empatia, a
capacidade de perdoar e o desejo de ajudar as pessoas.

A crença no produto é acreditar que ele funciona. É ter uma história para contar sobre seus efeitos e
benefícios. É experimentar na prática o resultado da sua utilização. É falar dos produtos com brilho nos
olhos. É vender naturalmente ao abrir a boca para falar deles. É mostrar que tem um grande benefício para
proporcionar ao cliente. Essa crença vai ajudá-lo na fidelização de clientes e na venda dos produtos.

A crença na empresa é a identificação com a marca, com o produto e com os serviços. É se sentir integrado
com a missão e com os valores da companhia. É acreditar na gestão dos seus fundadores. É saber que a
empresa será duradoura, que defenderá com afinco os seus interesses e que conseguirá se manter e crescer
no mercado enfrentando os seus concorrentes.

Em geral, a crença na empresa começa com a utilização de um produto. Essa crença vai ajudá-lo na sua
permanência no negócio, bem como na retenção da sua rede.

A crença no mercado é acreditar que o Multinível é uma maneira inovadora de empreender, de gerar
oportunidade e liberdade para as pessoas, e que é uma das maneiras mais inteligentes de se fazer negócio
alavancado e residual. É saber que essa oportunidade pode mudar a vida financeira de uma pessoa de forma
legal e ética. É ter orgulho de atuar nesse segmento. É entender o seu funcionamento, saber as diferenças
entre Multinível e pirâmide financeira. É confiar na filosofia do negócio. É ver sentido em dedicar a sua
vida par atingir seus sonhos e objetivos através desse mercado. Essa crença vai ajudá-lo a não voltar para
o emprego tradicional.

A crença na linha ascendente é confiar nas pessoas que te convidaram para o negócio. É saber que elas
estão bem intencionadas e que farão de tudo para lhe dar apoio no que precisar. É reconhecer as
potencialidades das pessoas. É perdoar quando necessário.

É saber que, mesmo se o seu patrocinador desistir, você terá alguém da linha ascendente pronto para ajudá-
lo. É confiar em pessoas mais experientes, que estarão disponíveis para mentoriá-lo. Essa crença vai
contribuir, tanto para aumentar sua confiança, quanto para facilitar a absorção de conhecimento, uma vez
que a certeza de que não está sozinho o levará a um crescimento mais rápido e sólido.

A crença no sistema de treinamento é saber que o conhecimento é a base de tudo. É ter a certeza da
necessidade de aprender e evoluir. É ter a convicção de que você faz parte de um todo, que existe uma
máquina de desenvolvimento de pessoas que trabalha para você. É saber que sem sistema é impossível
treinar tantas pessoas de forma simultânea. É usar a tecnologia a seu favor. Essa crença vai permitir a
ampliação da sua visão e do seu aprendizado.

Ao praticar e desenvolver as sete crenças do Multinível, você estará pronto para superar uma série de
desafios que acontecerão no seu dia a dia, tais como:

• A ansiedade de ter um resultado imediato;• O medo de ser rejeitado ao convidar uma pessoa para o
negócio;
• A frustração de não alcançar uma meta desejada;
• A força para solucionar conflitos entre pessoas na rede;
• Enfim, a disposição para solução de desafios e problemas a serem enfrentados na caminhada rumo à
vitória de ser um Diamante.

3. Propósito

O propósito é a intenção daquilo que se busca alcançar. Dentro do Marketing de Rede, o propósito principal
é a independência financeira aliada à qualidade de vida.

Imagina ter tempo e dinheiro suficientes para realizar todos os sonhos e objetivos propostos em sua vida?
A definição do propósito inicia quando você descobre o seu porquê e o lista na forma de sonhos e objetivos.
O propósito está diretamente ligado a uma necessidade, a um dever, a uma missão, a um objetivo, ou mesmo
a uma sensação que está intrínseca em nossa consciência.

Segundo o psicólogo americano Maslow, existe uma hierarquia de necessidades humanas na seguinte
ordem:

1. Fisiológicas: abrigo, água, alimentação, reprodução e sono…


2. Segurança: física (corpo), propriedade, saúde, financeira, emprego…
3. Social / Relacionamento: pertencimento, família, amigos, intimidade conjugal…
4. Status / Autoestima: aprovação, confiança, respeito dos outros, reconhecimento…
5. Autorrealização: crescimento pessoal, evolução, realização, espiritualidade…

Segundo essa hierarquia, o profissional do Multinível pode traçar seus planos e objetivos de acordo com
cada momento que vive em sua vida. Todavia, o maior desafio é entrar na jornada em busca do grau máximo
da autorrealização sem ter as necessidades básicas (fisiológica e segurança) atingidas.

Por isso, estar com as contas pagas é imprescindível para que o empreendedor do Marketing Multinível
esteja pronto para atingir os maiores níveis de uma empresa. Essas necessidades básicas justificam, para
quem não tem um emprego fixo, fazer dinheiro imediato através das vendas, o que representa um dos
maiores desafios do novo associado, pois a maioria das pessoas não gosta da rejeição que a venda pode
proporcionar. Sem contar que somente vender não irá gerar a tão sonhada renda residual que a construção
de rede proporciona.

4. Planejamento

É o ato de organizar e estruturar um plano de ação para a realização de um objetivo ou propósito.


O planejamento no Multinível deve responder as seguintes perguntas:

• Quanto eu preciso investir no projeto?


• O que eu pretendo realizar por meio deste negócio?
• Quanto eu preciso de dinheiro mensalmente para pagar as minhas contas?
• Quanto pretendo ganhar para realizar os meus sonhos e objetivos?
• O que vou fazer diariamente para atingir os resultados almejados?
• Vou trabalhar durante quanto tempo para atingir os objetivos traçados?

A partir dessas respostas, é necessário que sejam estabelecidas as metas, que são as datas de realização para
cada objetivo proposto.

Essas metas costumam ser divididas em curto (3 a 6 meses), médio (1 a 2 anos) e longo prazo (2 a 5 anos),
e devem ser subdivididas em etapas diárias através de um plano de ação.

5. Atitude

É o ato de colocar em prática ações diárias com a vontade de realizar um objetivo.


O impulso da ação é motivado por uma necessidade específica, normalmente determinado pela DOR ou
pelo PRAZER.

A DOR, por exemplo, significa o que a pessoa não quer mais repetir em sua vida, algum sentimento
negativo que já tenha experimentado. Pessoas vão se esforçar cada vez mais e fazer o que precisar ser feito
para não repetir algo doloroso em sua vida. O PRAZER é representado por uma vitória, um momento de
realização, uma felicidade alcançada. Ele gera sentimentos positivos que liberam hormônios do prazer
(endorfina, serotonina, dopamina, ocitocina) no organismo.

É a sensação de orgulho, de amor, de paixão, de missão cumprida, de meta realizada. Referido impulso da
ação dentro do nosso mercado é influenciado pelas 7 crenças fundamentais que foram explicadas acima.

Podemos elaborar uma lista de 6 ações diárias imprescindíveis para o sucesso de uma pessoa no Multinível.

1. Listar e selecionar candidatos;


2. Contatar e convidar;
3. Mostrar o plano da empresa;
4. Fazer acompanhamento e fechamento;
5. Treinar e orientar os novos associados;
6. Usar e promover o sistema de treinamento;
7. Por meio dessas 6 ações diárias é possível determinar se uma pessoa conseguirá chegar ao nível de
Diamante.

A atitude é a prática do conhecimento, a ação necessária para fazer decolar um negócio, a técnica para atuar
no dia a dia. É praticar o contato e o convite todos os dias, mostrar o plano sempre, fazer acompanhamento
e fechamento com os candidatos, apoiar e treinar as pessoas que entraram na sua rede.

Em razão disso, uma pessoa que não consegue mostrar 20 planos por mês durante pelo menos 6 meses,
provavelmente nunca chegará a Diamante em uma empresa.
Note-se que o poder da atitude é fundamental no resultado, ou seja, através das ações diárias, as pessoas
vão adquirindo a experiência necessária para aprender a fazer o negócio. A tentativa e o erro são as
principais fornecedoras de aprendizado para a maioria, mas o principal fornecedor do conhecimento é o
sistema de treinamento, formado pelas pessoas que já atingiram o resultado, onde há a indicação do caminho
para ser Diamante.

6. Persistência e consistência

As seis atitudes diárias, repetidas consistentemente e de maneira persistente, levarão as pessoas a um novo
patamar no negócio.

A persistência é conseguir manter o combustível da motivação para superar os desafios do dia a dia. É
aquela garra de passar por cima de qualquer obstáculo, tudo em razão de um objetivo maior – o seu
propósito.

A consistência é fazer o trabalho diário de maneira uniforme, organizada e constante. É utilizar as horas do
dia de forma produtiva. É contato, convite e plano todos os dias.

A construção verdadeira de rede é verificada por meio da formação de sucessores bem-sucedidos, pois o
seu trabalho será duplicado tendo outros Diamantes na sua equipe. E convém lembrar que isso requer, além
de persistência e consistência, tempo de amadurecimento, não existindo uma construção sólida com menos
de dois anos de trabalho produtivo.

Saber manter o foco, mesmo durante as adversidades, é um grande atributo sustentado pelas 7 crenças do
Multinível.

7. Liderança

A liderança é o nível mais avançado do negócio, na qual o processo de aprendizado e de evolução, tanto
pessoal quanto coletiva, estão em constante desenvolvimento.

E é sabido que no Multinível não se lidera por hierarquia, mas pelo exemplo, pelo comprometimento, pelo
esforço em ajudar pessoas e, em especial, pelo resultado.As pessoas seguem os líderes porque acreditam na
visão da sua prática e no seu discurso, porque o respeitam e se modelam com a finalidade de ter a mesma
atitude, postura e resultado.

A Liderança no MMN é um processo de construção de diversas características que o ser humano pode
desenvolver e praticar, entre elas:

Autorresponsabilidade: é ter a certeza de que você tem o resultado que merece. É saber que, se algo não vai
bem, você é o responsável. É não colocar a culpa em terceiros e assumir a responsabilidade pelo
desempenho da sua equipe. Autocontrole emocional: é ultrapassar os desafios sem perder a postura.
Aguentar pressão e temperatura!

Exemplarismo: é praticar de acordo com o discurso falado. Atitude / Comprometimento: é fazer o que
precisa ser feito (as seis ações diárias citadas acima) sem preguiça. Autoconfiança / Confiança: é acreditar
em si mesmo e passar confiança para a equipe. Automotivação / Motivação: é estar sempre motivado e
contagiar a sua equipe com essa motivação. Ética / Respeito: é respeitar o próximo com os princípios da
ética no negócio. Visão de futuro: é inspirar as pessoas com a visão de futuro e com os benefícios da
realização de um bom trabalho. Produtividade / Resultado: é produzir bons resultados mensais de
faturamento. Relacionamento / Anticonflitividade: é conseguir gerar boas relações entre as pessoas e evitar
conflitos entre as pessoas da equipe. Comunicação / Transparência: é estar bem informado e se comunicar
de forma clara, transparente e com postura. Cooperação / Superação: é conseguir organizar pessoas em
grupo em busca dos mesmos objetivos, incentivando-os a melhorarem sempre. Empatia / Simpatia: é ser
agradável, dar atenção ao próximo, entender de pessoas e estar sempre disposto a ajudar.
É fazer as pessoas se sentirem bem e importantes. Iniciativa: é não esperar a empresa ou a linha ascendente
preparar algo, antecipando-se às necessidades do grupo. Sacrifício: é abrir mão de alguns benefícios
próprios para beneficiar um número maior de pessoas do grupo. Disciplina / Determinação: é fazer o que
precisa ser feito de forma organizada e priorizada. Segurança: é passar segurança para toda a sua equipe,
seja através de palavras, seja através de atitudes.

Resumindo, para atingir e permanecer no nível de Diamante é necessário SER um Diamante em sua
essência, FAZER o que um Diamante faz no seu dia a dia, para, enfim, TER o resultado que um Diamante
possui. Para chegar ao SER, FAZER e TER de um Diamante você precisa criar uma mentalidade
empreendedora equilibrada entre a inteligência emocional e a inteligência racional, de forma que você
consiga praticar e executar a seguinte fórmula:

DIAMANTE = Mentalidade Empreendedora + Inteligência Emocional + Propósito + Planejamento +


Atitude + Consistência e Persistência + Liderança.

Por fim, atingir o nível de Diamante é um sonho para qualquer profissional da área, mas possível de ser
realizado para quem tiver um bom propósito definido e, claro, para quem estiver disposto a trabalhar e
superar todos os obstáculos do empreendedorismo.

A decisão sempre estará em suas mãos, entretanto, para que possa ser executada, é necessário coragem para
entrar em ação e se expor, despertando e lapidando o diamante precioso que existe dentro de você.

FRASES DE DESTAQUE

“Qualquer um pode atingir o nível de Diamante, mas ser Diamante não é uma conquista para qualquer um,
pois nem todos estão dispostos a passar pelo processo de lapidação, o qual pode durar anos.”

“Invariavelmente, uma pessoa com mentalidade de empregado provavelmente terá muitas dificuldades de
permanecer em um negócio de Marketing de Rede, pois a relação de trabalho x dinheiro nesse mercado é
inversamente proporcional ao salário fixo.”

“Em razão disso, uma pessoa que não consegue mostrar 20 planos por mês durante pelo menos 6 meses,
provavelmente nunca chegará a Diamante em uma empresa.”

“A tentativa e o erro são as principais fornecedoras de aprendizado para a maioria, mas o principal
fornecedor do conhecimento é o sistema de treinamento, formado pelas pessoas que já atingiram o
resultado…”

“…para atingir e permanecer no nível de Diamante é necessário SER um Diamante em sua essência,
FAZER o que um Diamante faz no seu dia a dia, para, enfim, TER o resultado que um Diamante possui”

Adube a sua mente com Gilberto Suzuki


2 de junho de 2018

A DETERMINAÇÃO FAZ A DIFERENÇA


Está comprovado. O que diferencia uma pessoa que tem sucesso da outra, é a determinação.

Não é o talento, nem a aparência física, nem a inteligência, é a determinação que faz com que uma pessoa
tenha sucesso.

Dra Angela Duckworth, fez um estudo com acadêmicos da Academia West Point, com estudantes,
profissionais de diversas áreas, e chegou à conclusão de que a determinação, que é a perseverança em metas
de longo prazo e paixão, o grande segredo do êxito.

A meta para ser mobilizadora, precisa ter um significado pessoal, fazer os seus olhos brilharem.
O que não me desafia, não me move, diz o ditado.

Você precisa se sentir desafiado a atingir a sua meta.

Meta Smart, significa que a meta precisa ser específica, mensurável, alcançável, relevante e temporal.

Estabeleça uma meta para sua vida profissional e pessoal.

A meta é o que dá um propósito e sentido para sua vida.

QUAL O SEGREDO DA MOTIVAÇÃO?

Existe uma grande diferença quando uma pessoa está motivada tanto nos estudos como no trabalho.

A motivação é o motivo para a ação.

É o que impulsiona você a fazer o seu melhor.

Ocorre quando você se identifica com o trabalho, com o conteúdo que está estudando.

Quando você percebe um crescimento tanto profissional quanto acadêmico.

Quando você define o porque está fazendo algo.

Você se motiva quando percebe os benefícios que recebe como resultado do seu desempenho.

Quando você visualiza um futuro melhor, possível e desejável.

O forte desejo de atingir uma meta, dará forças para enfrentar o dia a dia de lutas.

Mandino escreveu “O fracasso jamais me surpreenderá se a minha decisão de vencer, for suficientemente
forte”.

3 TÁTICAS PARA LIDAR COM OS DEMENTADORES

Dentre os personagens criado por J.K. Rowling, na saga “Harry Potter”, um dos mais enigmáticos são os
dementadores.

São seres aterrorizantes e que sugam das pessoas a esperança e a felicidade.

Embora os dementadores sejam personagens fictícios, temos os dementadores na vida real.

São as pessoas com energia negativa, vivem reclamando da vida.

Usam a inveja, ciúmes, ódio, sentimentos maldosos, quando você convive com uma pessoa assim, você
fica com energia baixa.

O seu limite de paciência se esgota, fica com o “balde cheio”, qualquer coisa é um motivo para você perder
a calma e paciência.

O que fazer? Como podemos nos proteger contra esses dementadores?

1. Não discuta, isso é perda de tempo, apenas ouça educadamente, aprenda a engulir “sapos”.
2. Se você identificar que está falando com um dementador, filtre as informações, jogue no lixo uns 99%,
tente aproveitar 1% .
3. Recarregue as baterias com pensamentos positivos de otimismo.

ADUBE A SUA MENTE

Nosso cérebro é como um jardim. Às vezes, precisamos adubá-la para que fique sempre fértil e produza
muitos frutos e flores.

Podemos adubar nosso cérebro através da leitura de bons livros, revistas, jornais, filmes, vídeos etc.

Através da observação atenta do que acontece no mundo e ao redor de nós.

O cuidado que devemos ter é não deixar o cérebro ocioso.

Talvez, um dos maiores males do nosso século seja a preguiça

Do latim prigritia, a preguiça é uma característica ou atitude de uma pessoa com pouca disposição para
trabalhar ou estudar.

A preguiça pode ser associada com negligência, indolência, demora ou lentidão para praticar qualquer ação.
Uma das causas da preguiça é a falta de motivação, que é causada pela falta de propósito na vida.

Estabeleça uma meta, fique motivado, adube a sua mente.

O que o MindFulness pode fazer por você (Por


Gilberto Suzuki)
23 de abril de 2018

Diretor do Centro de Mindfulness de Oxford, professor Mark Williams recomenda o mindfulness, como
uma técnica de prevenção contra a depressão e o aumento do bem-estar.

Mindfulness é o ato de prestar atenção em alguma coisa, sem julgar essa coisa.

Prestar atenção sem julgamentos é não colorir as coisas com rótulos do tipo “bom” ou “ruim” o tempo todo,
explicou Kalat-Zinn.

Natasha Bontempi, instrutora de Mindfulness, recomenda algumas técnicas.

1. Olhe para dentro de você. Quando ver algumas sombras, seja generoso consigo mesmo. “A gente vê as
estrelas por causa da escuridão”.
2. Saia do piloto automático, faça coisas diferentes, você aprenderá a ser mais criativo.
3. Tenha momentos de meditação, preste atenção no seu inspirar e no seu expirar
4. Sorria para si e para os outros. O sorriso conecta as pessoas
5. Pratique a empatia.
6. Escute as pessoas
7. Faça alguma coisa por você mesmo

Buda dizia que cada um de nós tem a semente de todos os sentimentos. A diferença é qual a gente escolhe
regar.

Escolha ser uma pessoa melhor.


As 20 vantagens comparativas do Marketing
Multinível x Sistema Tradicional
24 de março de 2018

O negócio de vendas diretas teve inicio em 1886 com David McConnel, vendedor de livros porta-a-porta
nos Estados Unidos.

Ele começou a oferecer um frasco de perfume como brinde para os clientes que compravam os livros que
vendia em New York e então nasceu a Califórnia Perfumes que em 1939 teve seu nome mudado para Avon,
inspirado na cidade natal de William Shakespeare (livro – “A pequena história do Marketing Multinível” –
Paulo de Tarso Aragão).

Em 1941 o médico, químico e industrial, Dr. Carl Rehnborg lançou nos Estados Unidos uma variante das
vendas diretas com vitaminas e minerais a NUTRILITE que funcionava da mesma forma, sem
intermediários, mas pagava em vários níveis de profundidade e não apenas para os diretos.

Nascia o MARKETING DE REDE ou MARKETING MULTINIVEL que atualmente movimenta US$ 200
bilhões por ano e tem envolvido mais de 80 milhões de pessoas no mundo todo.

Todo esse crescimento se deve às grandes vantagens que este sistema oferece quando comparado com o
mercado tradicional.

Normalmente as pessoas são educadas e preparadas para arrumar um emprego em busca de segurança e
passam a vida toda como empregados.Outros são treinados para terem um negócio próprio no mercado
tradicional. Nosso trabalho é quebrar esses paradigmas.

Para trazermos pessoas do mercado tradicional para o Marketing de Rede, é necessário mostrar aos
candidatos as vantagens comparativas entre um negócio de marketing de rede e um negócio ou emprego no
mercado tradicional. Precisamos ter argumentações racionais convincentes para conseguirmos converter
essas pessoas.

A maioria dos profissionais de marketing de rede já conhecem essas vantagens, mas os iniciantes e aqueles
que estão somente nas vendas diretas ou no mercado tradicional não conhecem e foi pensando nessa
necessidade que apresentamos a seguir 20 dessas principais vantagens.

1 – TER SEU PRÓPRIO NEGÓCIO SEM INVESTIMENTOS DE CAPITAL


Normalmente é exigido um baixo valor para começar um negócio de marketing de rede, variando de
R$100,00 a R$ 400,00. Esses valores são insignificantes para iniciar um negócio próprio.

Ao contrario para abrir um negócio no mercado tradicional é necessário investir acima de R$ 10.000,00
chegando a franquias de R$100.000,00, R$ 300.000,00 e muito mais. Poucas pessoas têm esse capital inicial
para começar um negócio.

Mas as estatísticas indicam que 51 % dos brasileiros gostariam de ter seu próprio negócio e com o marketing
de rede é possível se tornar um empreendedor.

2 – SEM RISCOS

Como não existe investimento de capital para começar um negócio de marketing de rede, consequentemente
não existe risco de falência.

O risco do negócio são as horas trabalhadas, que poderiam ser usadas em outra atividade.

É um negócio muito viável financeiramente, você pode recuperar seu gasto inicial em poucos dias e o
retorno financeiro é muito alto quando comparado com os investimentos realizados.

No mercado tradicional o risco é altíssimo, a concorrência é muito grande e as mudanças tecnológicas e de


mercado são muito rápidas. As estatísticas indicam que de cada 10 novos negócios tradicionais 08 fecham
em menos de dois anos, por falta de capital e experiência.

Uma empresa normal leva em media de 2 a 4 anos para recuperar o capital investindo.

3 – SEM CUSTOS FIXOS

No marketing de rede não existem custos de aluguel, luz, água, telefone, encargos trabalhistas, empregados,
etc. Os custos com material de treinamento, seminários, convenções, aquisição de livros, CDs, DVDs são
baixos e devem ser considerados investimentos no negócio.

Esses custos nas empresas tradicionais são altos e muitas vezes apenas o aluguel inviabiliza um negócio,
sem contar os custos de mão-de-obra.

4 – SER SEU PRÓPRIO CHEFE OU PATRÃO

Com o marketing de rede Você não tem que dar satisfação a ninguém. Você tem ajuda e orientação da sua
linha ascendente. Você é seu próprio patrão. Você decide. Você é dono do seu destino.

Como empregado você tem vários chefes que o pressionam o tempo todo e seu futuro está nas mãos deles.
Seu crescimento muitas vezes não depende somente do seu trabalho e a concorrência para conseguir
promoções é grande e às vezes predatória. Pode depender também de quem indica, o famoso QI.

5 – TER SEU TEMPO LIVRE

Você pode acordar na hora que quiser, trabalhar o dia que quiser e no horário mais conveniente e quantas
horas achar necessário por dia. Pode viajar quando quiser. Você não precisa sair nas horas de pico com a
massa e ficar retido em grandes congestionamentos em véspera de feriado ou na hora do rush.

Como empregado você tem que trabalhar no mínimo 08 horas por dia mais o tempo gasto para chegar e
voltar do local de trabalho e em horários definidos pela empresa. Você não tem o direito de escolher a data
das suas férias e são definidas de acordo com a conveniência do seu patrão.
O dono de um comércio ou de uma empresa tem abrir e fechar todos os dias no horário comercial e muitas
vezes não tem condições nem de tirar férias. A liberdade de tempo não tem preço.

6 – POTENCIAL DE GANHOS ILIMITADOS

No marketing de rede você pode fazer uma meta de quanto e quando atingir seus ganhos e alcança-los com
seu trabalho pessoal e da equipe. Vai depender da sua dedicação. Esses ganhos são ilimitados.Quanto você
deseja ganhar? Qual é o seu sonho?

Como empregado você tem que aceitar um salário e trabalhar duro para conseguir aumentos. Sempre vai
existir um limite de ganhos, mesmo que você seja o presidente da empresa.

Uma franquia ou outro negócio tradicional também têm um limite de ganhos e para aumenta-los é
necessário investimentos adicionais, contratação de mão de obra, et.

7– PODER MONTAR ESSE NEGÓCIO MESMO TENDO UM EMPREGO OU NEGÓCIO


TRADICIONAL

O marketing de rede pode ser um plano B, você diversifica sua renda trabalhando algumas horas por dia e
ainda pode manter seu emprego ou outro negócio.

Atualmente é recomendável e prudente ter mais de uma fonte de renda. Nunca se sabe o que vai acontecer
com seu emprego ou negócio tradicional. Em épocas de recessão os empregos desaparecem junto com as
empresas.Nenhuma empresa pode garantir seu emprego.

Hoje vivemos num mundo de fusões de empresas ou as maiores compram as menores e milhares são
demitidos.

O que ocorre na maioria das vezes é que o profissional de marketing de rede com o passar do tempo
transforma seu plano B em plano A, ou seja, chega um momento que é mais viável dedicar mais tempo ao
marketing de rede e abandonar sua atividade no mercado tradicional.

8 – PODER TRABALHAR EM OUTRO PAÍS, ESTADO, CIDADE, BAIRRO

No marketing de rede você pode trabalhar aonde quiser, na cidade de sua preferência com um melhor estilo
de vida ou maior potencial para o negócio.

Como empregado você tem um local fixo de trabalho , que na maioria das vezes fica longe da sua casa,
sujeitos a transito ou horas de transportes estressantes para chegar pontualmente.

Muitas vezes o empregado é transferido para outro local indesejado, longe da família e não tem como
recusar.

9 – PODER TRABALHAR EM CASA

Esse é um grande desejo da maioria das pessoas. Essa é uma das grandes vantagens desse negócio. Sua
casa pode ser o seu local de trabalho, usando a internet ou fazendo reuniões presenciais em casa ou outros
locais.

Você não precisa ter um escritório. Você reduz custos e ganha tempo. A comodidade de não ter que sair de
casa, poder fazer as refeições em casa e ficar junto com a família não tem preço.

10 – SEM PRÉ-REQUISITOS DE INSTRUÇÃO

Pessoas dos mais diversos níveis de educação e até sem instrução tem sucesso no marketing de rede.
Os exemplos estão em todos os lugares e empresas. Não é preciso ter nível superior, falar inglês, operar um
computador, etc..É um dos negócios mais democráticos que existem, todos que quiserem podem fazer. É
um negócio de relacionamentos.

Para conseguir um bom emprego é necessário ter uma boa escolaridade,nível superior, muitas vezes falar
inglês, saber computação, especialização, ter indicação, etc.A competição é altíssima.

Para ter um negócio no mercado tradicional é necessário ter um nível de instrução razoável para administrar
o negócio.

11 – SEM LIMITE DE IDADE

É preciso ter no mínimo 18 anos para começar o negócio, mas é possível começar um negócio de marketing
de rede acima de 50, 60 ,70 anos de idade.

No mercado tradicional quando você atinge 40 anos já é considerado velho e trocado por um candidato
mais jovem. Torna-se muito difícil concorrer no mercado com excesso de oferta de mão de obra para se
conseguir um bom emprego.

Por outro lado,com essa idade as pessoas já estão amadurecidas, muitas vezes já se frustraram com os
empregos e por ter mais relacionamentos podem ter um grande potencial de sucesso no marketing de rede.

12 – NÃO EXIGE EXPERIENCIA EM NEGÓCIOS

No marketing de rede as pessoas são ensinadas e treinadas para desenvolver o negócio e aprenderem para
ensinar e duplicar.

O marketing de rede é uma escola que ensina as pessoas a liderarem mais e chefiarem menos e
consequentemente terem sucesso no negócio e até no mercado tradicional.

Muitos empresários do mercado tradicional aprendem com o marketing de rede a compartilhar melhor os
resultados e conseguem maior comprometimento dos seus empregados.

A maioria dos empregos exigem experiência anterior. Para montar um negócio no mercado tradicional é
muito importante ter experiência no negócio, para reduzir o risco de fracasso.

13 – É UM NEGÓCIO LEGAL, MORAL E ÉTICO

É aprovado pelas leis, não é pirâmide ou corrente. Na década de 60 nos Estados Unidos as empresas de
marketing de rede foram acusadas de serem pirâmides disfarçadas.

Foram muitos processos e acusações nos tribunais até que em 1979 a Suprema Corte Americana deu o
parecer favorável ao marketing de rede. É preciso ter muito critério para escolher uma empresa parceira.

Mas o sistema é justo e paga-se mais a quem trabalha mais. Obedece às legislações dos países, recolhendo
impostos e taxas, etc .É um negócio justo.

14 – O NEGÓCIO É HEREDITÁVEL

As aposentadorias do INSS não são hereditáveis e acaba na mesma geração. Não se pode acreditar nos
fundos de pensão e outros tipos de aposentadorias.

No marketing de rede você cria uma renda residual, recebe royalties (como compositores, escritores, etc.).
Você ganha hoje e no futuro pelo trabalho que faz hoje.Você constrói um negócio que é transferido de pai
para filhos, netos ou outras pessoas nomeadas, que vão assumir sua posição na rede.
É um negócio familiar que vai dar tranquilidade para suas futuras gerações.É imprescindível que sua
empresa parceira exista no longo prazo.Essa é uma das grandes vantagens comparativas desse negócio.

15 – RECONHECIMENTOS

No mercado tradicional normalmente não existe reconhecimentos ao seu sucesso e ao contrário muita
competição para obter os melhores cargos.

No marketing de rede as pessoas de sucesso são reconhecidas no palco, edificadas, aplaudidas e copiadas.
Há um grande reconhecimento ao seu sucesso. É o jogo do “ganha ganha”, todos se ajudam, todos ganham
e participam do sucesso.

Existe uma grande torcida pelo seu sucesso. Muitas viagens maravilhosas são oferecidas como
reconhecimento ao seu desempenho.

No mercado tradicional normalmente não existe esse tipo de reconhecimento e ao contrário muita
competição para obter os melhores cargos.

16 – TER AJUDA DE PESSOAS ESPECIALIZADAS

Você terá ajuda e orientação gratuita da sua linha ascendente, pessoas especializadas, professores que vão
lhe ensinar tudo o que sabem , visando seu crescimento. Se você não crescer elas também não crescem
.
Essas pessoas vão ensinar “o caminho das pedras”, orientando o que deve ser feito e o que não deve ser
feito para ter sucesso. É uma consultoria diária. Você vai escolher um mentor para seguir, um guia no
negócio.

17 – AJUDAR OUTRAS PESSOAS

No marketing de rede você vai oferecer uma oportunidade de negócios que pode mudar a vida das pessoas.
Você vai ter a chance de ajudar um número ilimitado de pessoas. Você não tem como oferecer um emprego
a alguém, mas tem como oferecer um trabalho, um negócio próprio.

É muito gratificante ajudar as pessoas a terem sucesso. Ajudar as pessoas a realizarem seus sonhos. Ajude
algumas pessoas a conseguirem o que elas querem que você vai conseguir o que quiser – Zig Ziglar. Você
amplia e multiplica suas amizades.

18 – É UMA TENDÊNCIA DO FUTURO

O marketing de rede já é uma grande realidade e ao mesmo tempo uma das grandes tendências do futuro
porque a maioria ainda não o conhece. Já produziu uma grande quantidade de milionários.

Os empreendedores estão a procura de oportunidades. Existem milhares de empresas de marketing de rede


e todo dia surgem novas empresas no mercado. É um negócio inteligente e que tem crescido muito com a
internet como ferramenta de treinamentos e relacionamentos.

É como uma onda, ela vem e você ou vai com ela ou ela passa e você fica. Se você trabalhar sério você faz
parte da tendência, porque ela vai acontecer com você ou sem você. Então é melhor acontecer com você.
O tempo vai passar de qualquer forma.

19 – TER RECOMPENSA E PODER USUFRUI-LA

Não vale a pena ter um ótimo salário ou um bom negócio e ser escravo, não poder usufruir das coisas boas
da vida.
No mercado tradicional na maioria das vezes a pessoa que chega a diretor ou presidente de uma empresa,
tem um ótimo ganho, mas não tem tempo para curtir os filhos, viajar com a família, fica escravizada pelo
tempo.

No marketing de rede você pode ter ótimos resultados financeiros e ter um estilo de vida ideal, ter tempo
livre para usufruir com sua família. Nenhum outro negocio te dá tanta recompensa e lazer como o marketing
de rede.

20 – SEGUIR UM SISTEMA DE SUCESSO

O marketing de rede já foi inventado, não é preciso inventar mais nada, é só seguir um sistema vitorioso
que pode ser comparado a uma franquia pessoal, é só duplicar. Existem dezenas de livros sobre marketing
de rede escrito por líderes de sucesso, pessoas que ficaram milionárias e nos ensinam como fazer o negócio.
O que nós temos que fazer é seguir um sistema de treinamento que leva ao sucesso, onde todos duplicam o
que aprendem. É você, a empresa fornecedora dos produtos ou serviços e o sistema de treinamento, um
tripé para o sucesso.

Poderíamos mencionar outras vantagens do marketing de rede em relação ao mercado tradicional e poucas
são as suas desvantagens.

Mas, apenas mostrando essas 20 vantagens teremos argumentos mais do que suficientes para provar de
forma racional que o marketing de rede é um dos melhores negócios do mundo.

Não é para todos e a maioria não vai entrar, mas todos que quiserem podem mudar suas vidas fazendo esse
negócio.

É a grande saída para o crescente número de pessoas empreendedoras a procura de uma boa oportunidade
de negócios no Brasil.

Wanderley Lourenço:
É um dos maiores líderes do país. Por 15 anos foi o maior Diamante da Natures Sunshine, a maior empresa
de MMN de produtos fitoterápicos do mundo e também era dono do centro de distribuição que mais vendia
no Pais.

É economista, Palestrante e lider treinador da Amway.

Como lidar com a rejeição (Por Gilberto Suzuki)


21 de maio de 2018

COMO LIDAR COM A REJEIÇÃO


Você tem medo da rejeição? De receber um “não”?
Jia Jiang descobriu uma forma de lidar com a rejeição.
Ele participou de um experimento na qual ficaria 100 dias de rejeição, fazendo pedidos inusitados para
pessoas estranhas.

Desse projeto, criou o blog “100 days of rejection”, escreveu o livro “Sem medo da rejeição”.

Jiang descobriu que a rejeição é apenas uma opinião. “As pessoas estavam apenas processando meus
pedidos e me dando suas opiniões’, escreveu.

De acordo com Jiang, a rejeição tem um número, se quem é rejeitado passar por rejeições suficientes, um
“não” pode se tornar um “sim”.

Todo mundo é rejeitado inúmeras vezes ao longo da vida, cada uma delas nos oferece uma oportunidade
para crescer, para desafiar a nós mesmos e para superar os medos e as inseguranças que nos impedem de
atingir nosso potencial, escreveu Jiang.

Para Jiang, o que faz a diferença é a sua atitude diante das rejeições

Se for tratada como um revés, uma humilhação ou um motivo para desistir, então é isso que ela será.

Você poderá interpretar a rejeição como uma oportunidade de crescer e melhorar.

VOCÊ É EXCEPCIONAL?

Existem consultores e consultores, médicos e médicos, professores e professores e isso se repete em todas
as profissões e atividades.

Essa expressão é utilizada para dizer que existem profissionais competentes e não competentes.

Existem os profissionais excepcionais, os medianos e os fracos.

O que diferencia cada um deles?

Os medianos são aqueles que se contentam com a média, de mediano vem a expressão medíocre.

Os fracos são aqueles que se contentam com o mínimo necessário, que utilizam a lei do menor esforço.

Os excepcionais são aqueles acima da média, são os melhores em sua área, eles não se contentam com
realizações mesquinhas.

Procuram sempre fazer o melhor, cuidam dos detalhes.

São pessoas que têm consciência de sua autoresponsabilidade.

Reflita hoje em qual patamar você se encontra.

A Importância da Linha ascendente (Por


Wanderley Lourenço)
A linha ascendente formada pelo seu patrocinador e outros uplines é o seu canal de acesso para a utilização
de toda a experiência de pessoas que estão alcançando o sucesso.

Para ter sucesso em marketing de rede você precisa escolher uma boa empresa, bem administrada, que
tenha bons produtos e um bom plano de compensação. Mas sem dúvida alguma escolher um bom
patrocinador é o mais importante para o seu sucesso.

Não escolha uma empresa apenas porque você gosta do patrocinador. Você pode até analisar e escolher
uma boa empresa e depois pesquisar e encontrar um bom patrocinador nesta empresa. Você já começou seu
negócio de forma profissional.

A linha ascendente formada pelo seu patrocinador e outros uplines é o seu canal de acesso para a utilização
de toda a experiência de pessoas que estão alcançando o sucesso.

Quando você foi patrocinado essas pessoas estavam confiando em você e dispostas a investir tempo para
ensinar-lhe tudo o que sabem para construir esse negócio.

Como seu patrocinador e sua upline são as únicas pessoas que tem um grande interesse no seu sucesso
financeiro, você deve aprender a confiar nos seus ensinamentos e conselhos e demonstrar a eles que vale a
pena investir em você. Procure se aproximar o máximo deles, conhecê-los melhor e pedir ajuda .

Sempre que você fizer alguma coisa pela primeira vez, peça conselhos para sua linha ascendente. Eles vão
te dizer o que dá certo e o que deu errado. Vão te ensinar o caminho das pedras.Em conjunto com sua linha
ascendente você pode avaliar seu crescimento, tirar dúvidas, aprender mais e estabelecer metas
conjuntamente.

Pedir aconselhamento não é um sinal de fraqueza, mas sim maturidade e você vai estar demonstrando que
sabe trabalhar em equipe.

A linha ascendente formada pelo seu patrocinador e muitas pessoas estranhas com objetivos de desenvolver
o negócio, muitas vezes é vista como um grupo de aproveitadores que só pretendem levar vantagem sobre
os esforços da sua rede, mas o que acontece na prática é o oposto.

Todas estas pessoas só vão ter sucesso se você tiver e por isso estão te dando consultoria de graça.

É por isso que um dos conceitos mais importantes do marketing de rede é a edificação do seu patrocinador
e da linha ascendente.
Isso mostra que todos estão preocupados em se ajudar mutuamente para que todos cresçam e jamais falar
coisas negativas uns sobre os outros. O objetivo é construir uma organização vencedora baseada no respeito
mútuo.

À medida que você promove seu patrocinador e seus lideres da linha ascendente para seu grupo, você lhes
dá credibilidade que eles precisam para atender com eficiencia os seus distribuidores e candidatos.

Se você cometer o erro da falar alguma coisa negativa sobre seu patrocinador ou upline, você está o
impedindo de ajudar e dando margem para que sua downline faça o mesmo com você. Tudo neste negócio
é duplicável, a edificação e também coisas ruins.Por isso você deve ser o exemplo para sua organização.

Muitas vezes o novo empreendedor ainda está acostumado com a rotina de emprego e faz marketing de
rede como se fosse empregado do seu patrocinador e fica esperando ordens para trabalhar e para agir.

Voce precisa estar comprometido com sua Linha ascendente. Ser pontual, contatar pessoas diariamente, ser
servidor, não ser egoísta, não ter inveja de alguém que está crescendo mais rápido, estar nos treinamentos,
seminários, eventos, ler livros, ver vídeos.participar de reuniões na internet, etc..

Caso você não concorde com sua linha ascendente em algum aspecto é necessário negociar com eles até
chegar a um ponto comum para se manter junto deles. Caso contrário você Terá mais trabalho fazendo uma
carreira sozinho e suas chances de fracassar são altas.

Sempre vai haver alguém na sua linha ascendente disposto a te ajudar é só encontrá-lo
Voce precisa de uma patrocinador que esteja sempre livre para ser encontrado, de preferência com email,
telefone, skype, msn, etc.. que possa te ajudar no momento que você está com um novo candidato e quer
fazer uma reunião a três ou com um distribuidor cheio de dúvidas e quer tirar logo.

O patrocinador tem que ser igual a um médico pediatra, sempre alcançável pela mãe desesperada com seu
primeiro filho.

Você pode até tentar desenvolver esse negócio sem linha ascendente, mas vai demorar muito mais tempo e
vai errar muito mais e na maioria das vezes vai desistir.

A sua linha ascendente já tem um sistema de treinamento pronto, testado, de resultados, é só você segui-lo.
Não tente inventar a roda.

O sistema já está dando resultados para muitos e vai dar para você também.
Wanderley Lourenço:

É um dos maiores líderes do país. Por 15 anos foi o maior Diamante da Natures Sunshine, a maior empresa
de MMN de produtos fitoterápicos do mundo e também era dono do centro de distribuição que mais vendia
no Pais.

Desenvolva sua habilidade de liderar (Por Kadu


Pimentel)
17 de janeiro de 2018
Muitos podem achar que liderança, no nosso negócio, se conquista pelo valor do bônus ou pelo nível
atingido na empresa.
Isso não passa de um mito.
Publicidade

Um líder verdadeiro inspira e motiva as pessoas pelo que é, e não pelo que tem. Pela forma que conduz seu
negócio e sua equipe, e não pelo quanto ganha no final do mês.

Você não se torna um líder da noite para o dia. Liderança se conquista com o tempo e muito antes de um
nível de liderança no plano de carreira de uma empresa. Liderança também não se impõe. Deve nascer
naturalmente, sendo fruto do reconhecimento das pessoas que te cercam.

Também não acredito que liderança seja um dom, mas sim uma habilidade, a qual todos possuem condições
de desenvolvê-la.

Portanto, para facilitar este desenvolvimento, no meu modo de ver, você deverá ter algumas atitudes, as
quais passo a elencar.

1. SEJA HUMILDE
As pessoas possuem visões e propósitos diferentes. Conheça, escute, absorva, filtre, respeite e posicione-
se. Um líder pode errar e não é o dono da verdade. Ouça opiniões e reconheça os equívocos. Avalie-se
sempre pois a liderança é um processo constante de construção.

Aprenda, refine seu estilo, adapte-se conforme o ambiente e o cenário que se encontra. Peça ajuda à sua
linha ascendente e edifique seus líderes e mentores.

E lembre-se: não confunda humildade com subserviência. Você não deve se diminuir para que seus
liderados pareçam maiores, mas sim, ajudá-los e inspirá-los a crescerem por seus méritos.

2. SEJA ÉTICO
Não se venda. Seus valores e princípios devem se sobrepor em qualquer contexto, isso fortalece
relacionamentos e é fonte de inspiração. Construindo seu negócio e sua imagem com base na honestidade,
honra e ética, ele será eterno! Lembre-se: seu nome é o bem mais precioso que possui. Construi-lo levará
tempo, destruí-lo é questão de segundos.

3. ESTEJA EM CONTATO CONSTANTE COM SUA EQUIPE


Nunca “suma”. Utilize a internet ao seu favor. As redes sociais e os aplicativos facilitam demais este
contato. Diariamente poste informações relevantes, motive-os, descubra as dificuldades e oriente-os.
Envolva-se genuinamente com sua equipe e fomente os relacionamentos. Seu objetivo é formar uma
verdadeira família.

4. ORGANIZE SEU NEGÓCIO


Um líder deve ter iniciativa. Assumir a responsabilidade de planejar e organizar eventos, sistema e as
atividades da equipe. Não só planejar eventos, como promovê-los, divulgando-os e destacando sua
importância.

Também defina metas em conjunto com seu time e objetivos a serem cumpridos. Acompanhe os índices,
resultados e vibre a cada conquista.

5. DÊ EXEMPLO
Suas palavras e atitudes devem caminhar lado a lado. Jamais deixe de fazer aquilo que diz e jamais diga
aquilo que você não faz.

Comprometa-se e mantenha o foco! Nunca pare de vender e de recrutar novos distribuidores, não falte aos
eventos, seja pontual, responsável e correto. Mostrar como faz é muito mais eficiente do que apontar como
faz.

Se você não estiver fazendo isso, provavelmente, sua liderança será posta à prova a todo momento. Portanto,
seja o distribuidor que você gostaria de ter na sua equipe.

6. RECONHEÇA O FEITO DAS PESSOAS


Valide, reconheça e parabenize as decisões, iniciativas e vitórias. Esta atitude é fundamental para você criar
empatia e carisma com as pessoas. As pessoas são movidas a reconhecimento e nada melhor quando o
reconhecimento vem de um ser humano que ela admira.

Dê feedbacks e corrija pontos negativos individualmente. Reconheça e elogie os méritos publicamente.

7. DESENVOLVA NOVOS LÍDERES


A formação de novos líderes é fundamental para a alavancagem do seu negócio.

Selecione aqueles membros da sua equipe que mais percebe potencial, conecte-se fortemente com eles,
trazendo-os para perto de você e passe a orientá-los com mais pessoalidade. Potencialize suas qualidades,
virtudes e sugira algumas ações para as fraquezas. Acompanhe-os e, com o passar do tempo, delegue
responsabilidades. Naturalmente saia de cena para que novos líderes brilhem, conduzam as equipes e
também formem novos líderes.

8. SEJA POSITIVO
Sorria! Pensar e agir de forma positiva, além de fazer bem, cria um ambiente saudável na equipe e evita
que os negativos disseminem sua negatividade sobre os positivos. Jamais reclame da sua equipe ou para
sua equipe. Se quiser reclamar ou desabafar, procure seu líder ou mentor.

No entanto, ser positivo não é ser alienado. Tenha coragem para encarar os desafios com hombridade e
serenidade, lidar com os problemas, aprender com eles e buscar as soluções. Equilíbrio emocional e o
autoconhecimento são palavras-chave nestes momentos.

Sucesso e bons negócios!!!


Kadú Pimentel

É Diamante da Jeunesse Global e Advogado, formado pela Universidade Estadual de Londrina-PR,


especialista em Direito Tributário e Direito Empresarial, é também Conselheiro da Abranetwork.

Mesmo tendo sucesso na advocacia e na consultoria, conheceu as vendas diretas em 2009 e apaixonou-se
pela atividade. Atualmente, lidera uma grande equipe de distribuidores, presente em mais de 15 estados
brasileiros e outros 10 países, espalhados pela Europa, América do Norte, Ásia e Oceania.

Conhecido por sua ética, profissionalismo e treinamentos avançados, acredita que o sucesso é consequência
da entrega, da dedicação, da resiliência, da busca constante pela excelência, tudo com base em valores e
princípios de integridade, cooperativismo, honestidade e humanidade.

Ferramentas de marketing digital para aumentar


sua rede e gerar vendas.
30 de outubro de 2017
Olá, se você já aceitou fazer parte de uma empresa de Marketing Multinível parabéns, o primeiro passo já
foi dado. Mas, e agora? Como manter suas vendas e cadastro ativo? Como aumentar sua rede?
Um dos grandes motivos da descontinuidade dos profissionais que ingressam no Marketing Multinível é
não conseguir manter as vendas mensais e gerar relacionamento com outras pessoas. Seja por falta de
conhecimento em vendas ou por falta de estratégias de marketing.

Nesta série vou apresentar 3 ferramentas de marketing digital que irão facilitar a expansão dos seu
negócios e te levar ao sucesso esperado.

Blog como ferramenta de aproximação e vendas.

Quando falamos em Marketing Multinível a coisa mais importante que deve ser trabalhada é o
relacionamento com pessoas. E para isso, o blog é um dos principais canais de aproximação.

O blog ajudará você a se destacar no meio da multidão, provando seu poder como especialista no produto
que vende.

Motivos para ter um blog


 Possibilidade de se tornar líder no produto que vende
 Seja encontrado gratuitamente pelo Google
 Promove interatividade
 É dinâmico
 Facilita o processo de vendas
 Traz resultados
 Ajuda no seu aprendizado

O blog também serve como um ótimo canal para gerar Leeds. Use o máximo da ferramenta para criar
conteúdos relevantes e impactantes, crie páginas de captura, faça vídeos, crie anúncios patrocinados, monte
uma lista de contatos, e assim você construirá uma máquina de vendas, saiba vendendo os seus produtos
ou oportunidade multinível de forma natural e sem forçar ninguém.

Facebook e Instagram para alcançar pessoas e criar relacionamento.


O Facebook é a rede social mais popular do planeta: existem mais de 89 milhões usuários no Brasil e, no
mundo, esse número ultrapassa os 1,5 bilhão.

No primeiro ano, o Instagram alcançou a marca de 7 milhões de usuários. Hoje, já conta com mais de 500
milhões, sendo que 35 milhões são brasileiros, ou seja, 7% do total mundial.

Se você está atrás de pessoas não existe melhor lugar. 85% das pessoas conectadas no Brasil acessam essas
plataformas ao menos uma vez por dia, um número maior do que o de pessoas que assiste a televisão (76%),
ouve rádio (48%) ou lê revistas (22%) todos os dias. Isso significa que é mais fácil para as marcas
encontrarem essas pessoas em plataformas como Facebook e Instagram do que em qualquer outra ao longo
do dia.

Com investimento baixo você consegue montar uma campanha totalmente segmentada no seu público alvo.
Anúncios segmentados trazem mais “retorno sobre investimento” (ROI) quando feitos de maneira
planejada, por isso é sempre bom montar um planejamento estratégico de sua campanha antes de investir
um monte de dinheiro de forma desordenada.

Segundo o estudo eMarketer, 68% dos brasileiros usam o Facebook para descobrir marcas e produtos. Então
capriche no preenchimento do seu perfil, tome cuidado com as informações que você disponibiliza.

O Facebook e o Instagram disponibilizam ferramentas para você trabalhar sua página de maneira correta.
Se você não tem tempo para gerenciar suas redes, procure uma agência de sua confiança.

Usando essas 3 ferramentas de forma correta você vai alcançar resultados surpreendentes.

No próximo post abordarei em detalhes como criar um blog, como criar conteúdos relevantes e sua
importância na geração de leeds.

Encontre a porta certa. Qual é a sua taxa de


conversão? (Por Kadú Pimentel)
23 de janeiro de 2018

O profissional de marketing de relacionamento com altos índices de fechamento é aquele que consegue,
em uma reunião, descobrir e despertar o interesse do prospecto por aquilo que sua empresa pode oferecer,
quer pelos produtos quer pela oportunidade.

É aquele que descobre a dor, e oferece o remédio. Descobre o problema e oferece a solução. Aquele que
desperta o potencial e oferece a ferramenta.

Imagine a sua empresa como uma sala com diversas portas. Todas as portas de entrada dão para a mesma
sala, no entanto, são portas diferentes. Existe a porta dos produtos, a porta da revenda, do
empreendedorismo, do networking, do resultado financeiro, do estilo de vida, das viagens, do
reconhecimento…

São dezenas de portas.

Erro comum é tentarmos empurrar nossos prospectos pela mesma porta que nós entramos. Fazê-los
acreditar que a oportunidade é incrível por aquilo que você enxergou, sem se preocupar com aquilo que seu
prospecto enxerga ou busca para a vida. Cada pessoa terá uma porta diferente, aquela que mais brilha seus
olhos, motivações diversas para fazer parte do negócio ou consumir seus produtos.

Para ser mais efetivo, seu papel é perfilar o seu prospecto de forma que você reduza as opções de portas e
conduza a apresentação de acordo com aquilo que você detectou como possível dor, problema ou potencial,
que despertará o interesse dele ou dela em se envolver com a empresa.

Se você falar com um grande empreendedor da mesma maneira como fala com um vendedor, ou falar com
um artista famoso da mesma maneira como fala com o porteiro do seu prédio, sua efetividade será baixa.
Agora, se você conseguir, desde já, moldar sua apresentação de acordo com o perfil do seu prospecto, sua
efetividade aumentará muito.

Pense. Você deve conhecer alguém que está desempregado. Você tem mais chances de despertar o interesse
dele mostrando uma forma de trabalhar com flexibilidade de horário para ter uma renda enquanto não se
realoca no mercado de trabalho, ou dando mais ênfase aos números da empresa ou ao bem-estar que a
utilização do seu produto proporciona?

Ao conversar com um representante comercial, as chances de conseguir a atenção dele são maiores
apresentando uma oportunidade para que ele diversifique seu portfólio revendendo seus produtos, ou
falando apenas sobre as viagens e o estilo de vida que seu negócio pode lhe trazer?
Claramente cada pessoa deve ser abordada de maneira diferente e cada apresentação deve ser conduzida de
forma mais individualizada, personalizada, para que sua eficiência seja maior.

Lembre-se que todas as portas dão para a mesma sala. Depois de entrar pela porta escolhida, seu prospecto
vai conhecer todas as maravilhosas oportunidades que sua empresa tem para oferecer. O desafio é trazê-lo
para dentro da sala, pela porta certa.

Sucesso e bons negócios!


Kadú Pimentel

É Diamante da Jeunesse Global e Advogado, formado pela Universidade Estadual de Londrina-PR,


especialista em Direito Tributário e Direito Empresarial, é também Conselheiro da Abranetwork.

Mesmo tendo sucesso na advocacia e na consultoria, conheceu as vendas diretas em 2009 e apaixonou-se
pela atividade. Atualmente, lidera uma grande equipe de distribuidores, presente em mais de 15 estados
brasileiros e outros 10 países, espalhados pela Europa, América do Norte, Ásia e Oceania.

Conhecido por sua ética, profissionalismo e treinamentos avançados, acredita que o sucesso é consequência
da entrega, da dedicação, da resiliência, da busca constante pela excelência, tudo com base em valores e
princípios de integridade, cooperativismo, honestidade e humanidade.

Como vencer pessoas negativas e transformar um


não em sim
5 de setembro de 2016

Muitas pessoas irão torcer pelo seu sucesso, muitas pelo fracasso. E muitos irão tentar te derrubar. É assim
no mundo empresarial tradicional.
No MMN é diferente. O sucesso das pessoas é contagiante e funciona como combustível para você ter o
gás necessário para também brilhar. E quanto mais ajudamos os descendentes, mais crescemos e fazemos
sucesso pessoal e profissional.

O problema é vencer os NÃOS que recebemos na trajetória rumo ao sucesso.

Quando crianças, o NÃO possui um peso forte. Parece que a palavra dá um choque.

Crescemos ouvindo NÃOS. E dependendo da quantidade de NÃOS que recebeu e de suas frustrações, você
pode ter se tornado uma pessoa negativa, reprimida e condicionada a achar que não é capaz; que não vai
conseguir; que não vai dar certo.

Precisamos reprogramar nossa mente substituindo o NÃO pelo SIM.

Sim, você pode fazer! Sim, você vai ganhar! Sim, você vai vencer!

Reprogramando seu cérebro para a vitória e tendo crença e convicção em sua capacidade de fazer e
acontecer, mergulhe de cabeça. Trabalhe. Dedique-se.

Aprenda a se blindar das pessoas negativas que entrarão em seu caminho. E principalmente, das pessoas
que por condicionamento, falta de visão ou falta de conhecimento não entrarão no negócio.

Primeira lição: As pessoas não estão dizendo NÃO para você, mais para o futuro delas e para elas próprias.
É muito importante você se anestesiar e não se frustrar com quem te diz NÃO. Importante são as pessoas
que dirão SIM. Essas é que irão trabalhar, crescer, vencer. É com elas que serão compartilhados momentos
incríveis na vida.

Procure o SIM. O positivo. O vencedor. O que tem visão. O que também acredita em si.

GOSTEI DO NEGÓCIO, MAIS QUANDO CHEGUEI EM CASA…

Seu convidado foi assistir a uma reunião. Gostou da empresa, do negócio e percebeu que tem tudo a ver
com o momento dele, com as necessidades dele e que a oportunidade vai elevar os ganhos financeiros e a
qualidade de vida que sempre desejou.

No entanto ele te fala que vai pensar, analisar e conversar com a esposa, marido ou família porque precisa
do consentimento, do apoio ou mesmo de dinheiro que eles terão que investir ou emprestar a ele.

Ao chegar em casa e explicar o negócio, ao contrário do que esperava, recebe uma saraivada de críticas;
ouve absurdos; e recebe um NÃO. Alto e sonoro e você perdeu um potencial vencedor.

Infelizmente isso acontece o tempo todo. Mas perceba que as pessoas que não estavam na reunião não
podem avaliar, julgar ou sequer emitir opinião sobre a oportunidade apresentada.

Ou seja, uma pessoa que não estava na reunião, que não sabe nada, não conhece nada vai definir o rumo da
vida de seu convidado?

Segunda Lição: sabendo que a pessoa é casada, antecipadamente converse com seu convidado no fim da
reunião, alertando do que poderá ocorrer e se coloque a disposição para apresentar a oportunidade para
quem ele quiser, (caso não se cadastre após a reunião).

Curioso é que muitos pais e mães, maridos e esposas, que não são sinônimos de sucesso profissional e
financeiro e não são exemplo de prosperidade, podam o futuro dos filhos ou cônjuges, por não acreditarem
nelas próprias.

CONDICIONAMENTOS
Muita gente se condicionou a não fazer o que possuem vontade, para atender aos interesses, caprichos dos
pais que desejam que os filhos sejam o que eles querem ou o que eles próprios não foram.

Soma-se a isso, o fato de que fomos formados para servir aos outros, procurando emprego, fazendo
concurso público e não para empreender.

O mesmo ocorre com amigos, que não sabem da seriedade do segmento, do potencial de ganhos, da
profissão que está enriquecendo milhões de pessoas no mundo.

Muitas pessoas sonhavam serem atores, escritores, músicos, professores, empresários e foram
desestimuladas pela família.

Mas o papel dos pais, é preparar os filhos para a vida ou para ser o que os pais querem? Quantas e quantas
pessoas não estão frustradas por fazerem aquilo que não gostam ou que não dá retorno financeiro para
atender aos sonhos e caprichos dos pais?!

A FORÇA DO SIM E DO NÃO

Se você plantar dois pés de feijão num algodão, colocando cada um num vaso e deixar um longe do outro,
emanando pensamento negativo para um deles, falando verbalmente coisas como “Não Gosto de você”;
“Você não vai crescer”; “Você vai morrer”, se não der atenção, deixar num ambiente ruim, negativo, escuro,
o que acha que vai acontecer?

E se você pegar o outro pé de feijão, mandar energia positiva, falar coisas positivas como “Lindo”; “Cresça
forte”; “Adoro você” e colocar em ambientes arejados?

Simples, o que receber negatividade morre enquanto o outro se forma e cresce com vigor. Experimente.

Dizem que uma boa comida quando preparada com amor, fica muito mais saborosa.

Aprenda: as palavras têm força; os pensamentos têm força. Então porque não usá-los de forma positiva?!

“EVITE AS PESSOAS NEGATIVAS! ELAS SEMPRE TÊM UM PROBLEMA PARA CADA


SOLUÇÃO…”

PARE E PENSE
Ninguém abre uma empresa para fracassar. Ninguém se casa, achando que vai se separar. Ninguém entra
numa competição para perder. Ninguém para de fumar ou de beber ou emagrecer achando que não vai
conseguir.

Você contrataria uma pessoa que na entrevista de emprego dissesse que acha que não vai conseguir atender
as necessidades do cargo?

Vence quem pensa positivo, quem tem crença, quem acredita em si. Vence quem diz sim para si mesmo e
carrega consigo palavras como: “Eu posso”; “vou conseguir”; “sou capaz”; “vai ser muito bom”…

Aprenda a acreditar em você. Vá em busca de seus sonhos e não dos sonhos dos pais ou familiares. Não
deixe ninguém decidir seu futuro. Tome as rédeas da sua vida. Vá em direção do que acredita, independente
da opinião dos outros. O sonho é seu e a vida é sua.

“Não sabendo que era impossível, foi lá e fez”

Infelizmente, você estará exposto a pessoas negativas ao longo de sua vida. Felizmente, existem maneiras
de lidar com esse tipo de pessoa que suga todas as suas energias.
Lembre-se de que pode haver várias razões para a negatividade, incluindo insegurança, baixa autoestima,
um passado abusivo, frustração da vida, pouca confiança, etc.

Não peça conselhos para pessoas negativas

Você tem um projeto legal e quer comentar ou discutir exatamente com aquele que pensa que “não vai dar
certo”?! Isso pode ser perigoso porque você pode acabar sendo contaminado por dúvidas que podem tomar
mais tempo para a concretização das suas ideias ou te influencia negativamente. Se quer conversar com
alguém sobre seus projetos, procure uma pessoa imparcial e positiva.

Não tenha medo do mundo a sua volta


Você acredita que o mal vai vencer a guerra? É tanta notícia ruim na TV, tantas desgraças, que parece que
as pessoas, amigos, familiares, perderam a esperança.

Não pense como eles. Energia e pensamento positivo. Sempre.

DICAS
Procure sempre apresentar a oportunidade para o casal;

Ao identificar que alguém ajudará seu convidado a tomar decisão ou poderá influenciá-lo negativamente,
peça para você explicar o negócio para essa pessoa;

Tente identificar o motivo da rejeição e use argumentos inteligentes;

Se é porque a pessoa não tem dinheiro: diga que isso se deve a decisões que ela tomou no passado. Não
seria hora de mudar o presente e o futuro? Dê exemplos de pessoas de sucesso.

Se é porque acham que é pirâmide, explique a diferença entre pirâmide e MMN. Uma coisa não tem nada
a ver com outra.

Sempre coloque positividade. Seja sempre construtivo. Quebre os argumentos de rejeição até que eles não
existam mais.

Se mesmo assim, não for possível convencer, lamente o fato. Coloque-se a disposição. Mas lembre-se que
o NÃO pode ser provisório.

As sementes que jogou podem germinar e no futuro, pode ser que mudem de opinião.

Leve consigo essa frase: hoje para quem quer hoje. Amanhã para quem quer amanhã. Nunca para quem
quer o nunca.

O médico e escritor Dráuzio Varella tem uma frase que diz:

“Se não quiser adoecer, busque soluções. Pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os
problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Somos o que pensamos. O pensamento
negativo gera energia negativa que se transforma em doença”.

Não fique doente e ajude a curar as pessoas.

Receita para o sucesso


5 de setembro de 2016
Seja o melhor profissional que puder, aprenda a exercer sua liderança e ensine pelo exemplo

Você se tornou um empreendedor de MMN para obter resultados, mudar de vida, realizar sonhos e
conquistar o maior ganho financeiro possível.
A boa notícia é que tudo isso pode acontecer, se você trabalhar da forma certa, como um profissional. Se
quer resultados, trabalhe com consistência, mirando e seguindo as pessoas bem-sucedidas.

Você não vai conseguir fazer sucesso sendo um mau profissional porque em nenhuma profissão do mundo,
um amador terá resultados positivos.

Se você estudasse medicina desejaria ser um bom ou mau médico? Se fosse advogado desejaria ser um bom
ou mau advogado? Se fosse um vendedor, iria conseguir sobreviver se não vendesse bem?

Numa mesa de cirurgia um erro medico pode custar a vida do paciente. Se um advogado perder prazos ou
não fazer bom uso da lei para libertar um cliente certamente o mesmo será condenado. Se um engenheiro
errar no cálculo de um edifício o prédio pode desmoronar.

É por isso que existem pessoas bem e mal sucedidas na vida.

Pelo mesmo motivo, lojas, restaurantes, salões de beleza, clínicas de estética, abrem e fecham toda hora,
em todo lugar.

Para um negócio dar certo, você vai precisar ter competência para liderar e gerenciar pessoas. Dessa forma,
seu negócio acontecerá.

Para fabricar um bolo grande, bonito, saboroso, você terá que seguir a receita certa evitando que o bolo
fique solado, cru, queimado, muito doce ou ruim.

Para se formar em medicina, será preciso estudar muito. Para se formar em qualquer coisa, será preciso
estudar muito. Então não entre no MMN acreditando que só porque os produtos são fantásticos, a empresa
ótima e o potencial de ganho alto, conseguirá, sem estudar, sem se dedicar, trabalhando como um amador,
irá obter os melhores resultados.

Você quer ser um vencedor ou um perdedor?

Para ser campeão em qualquer esporte é preciso treinar muito. Você não vai ganhar um campeonato sem
treinar.

No MMN você tem que ser campeão, mais também treinador de campeões. Quanto mais campeões formar,
mais resultados terá.

No esporte, no trabalho ou na vida, você não vai seguir pessoas derrotadas, negativas, fracassadas. Você
não vai andar com pessoas que te fazem mal e não são exemplos de nada.

Você vai seguir os bons exemplos que possui. Vai seguir os vencedores que já passaram por todas as
situações possíveis antes de atingirem seus objetivos. São estas pessoas que farão você evitar erros.
Não perca tempo. Invista em você. Seja o melhor profissional de MMN que puder. Tenha crença,
determinação e trabalhe com foco. Determine o ritmo de seu sucesso. Ninguém melhor que você sabe aonde
deseja chegar.

A partir de agora, a Revista Sucesso está oferecendo uma receita para você seguir e vencer. Faça bom uso
dela. Transforme essa teoria em prática. Sonhos em realidade.

Ensine pelo exemplo


Quando aprender algo, ensine. Quanto mais você aprender, mais terá a ensinar. Quanto mais conhecimento
tiver, mais chance de vencer terá. Então aprenda e ensine pelo exemplo.

Faça sua lista de nomes. Mostre a mesma para seu patrocinador. Mostre as observações ao lado de cada
nome, porque sua lista é dinâmica. Pessoas irão entrar e sair dela e outras pessoas que não entraram no
negócio (devem continuar na lista) porque no futuro poderão entrar. Não desista de ninguém. Mas quando
você estiver fazendo sucesso, as pessoas que disseram NÂO, dirão SIM. E já que tem que ensinar pelo
exemplo, ajude seu patrocinado a fazer a lista de nomes.

Convide uma pessoa pelo telefone, na frente de seu direto para ele aprender a convidar. Vá na rua com ele
e faça um contato frio. Melhor, faça alguns contatos frios. E quando ele estiver preparado, veja ele fazer
contatos também. Mostre o plano de negócios da sua empresa e veja seu Direto mostrar. Corrija ele. Treine
ele. Você é um treinador lembra?

Faça seu consumo e mostre o que comprou. Dessa forma, seu Direto fará o mesmo. Pergunte a ele que
produtos comprou para uso próprio este mês. Que produtos deu de presente para alguém.

Faça uma venda na frente de seu Direto. Depois ele também fará uma venda na sua frente.

Lembre-se que a prática conduz a perfeição. A cada dia você será um profissional melhor, fazendo o que é
certo.

Faça um fechamento com seu direto assistindo. Depois veja ele fazer.

Faça o acompanhamento com quem patrocinou e veja seu direto fazer também.

Quando um novo distribuidor entrar, faça o Patrocínio Responsável, ensinando todos os passos para o
sucesso. Se não fizer, ele ficará perdido e não terá a direção, a motivação e o conhecimento necessário para
seguir e vencer.

Vista-se bem nas reuniões. Todos perceberão seu bom gosto, sua elegância. Seja exemplo.

Ao crescer no negócio e trocar de PIN (qualificação) comemore. Não importa o tamanho do degrau da
escada, você subiu mais um.

Ensinando pelo exemplo, você está sendo profissional e está profissionalizando sua rede. Você está dia a
dia construindo com alicerces sólidos seu futuro no MMN e na própria vida.

Esse atalho vai te levar onde?


Não existe atalho para o sucesso. Existem caminhos que precisarão ser percorridos por você e por todos.

Ficar inventando formas de chegar mais rápido ao sucesso, pode ter efeito contrário e atrasar mais sua
jornada.

O líder já seguiu alguns caminhos e sabe que alguns não possuem saída; outros levarão você para o mesmo
lugar de onde partiu; alguns caminhos estão esburacados, são mais perigosos e muito mais longos do que
se imaginava. O atalho pode ser o caminho para o seu fracasso. Ouça e trabalhe com seu líder. Ele é o
exemplo a ser seguido.
A receita do bolo chamado sucesso
 Pegue o contato da sua linha ascendente. Ela poderá te ajudar quando necessário. Mais siga seu
patrocinador.
 Devore o material de treinamento de sua empresa. Todo “saber” é Bem-Vindo.
 Leia tudo o que puder, livros, revistas, apostilas, faça cursos. O aprimoramento vem com sua
dedicação, força de vontade e conhecimento que adquirir.
 Escreva seus sonhos para mantê-los vivos na mente. Sonhos de curto, médio e longo prazos. Sonhos
pequenos e sonhos altos e grandes.
 Faça sua lista de nomes, incluindo amigos, familiares, conhecidos e pessoas que você não fala a
muito tempo e pessoas que conhece de vista.
 Veja a lista de nomes de seu patrocinador e o contato que ele fará por telefone. Faça o mesmo com
quem você colocar no negócio.
 Venda e ensine as pessoas a venderem. Dê exemplos de vendas legais que alguém do seu grupo fez.
Isso estimula as pessoas a venderem.
 Consuma, mostre ou fale dos produtos. Você é a vitrine de seu negócio.
 Faça contatos frios com seus Diretos. Vivencie essa experiência e aprendizado.
 Aplique o padrão do Sucesso de sua empresa porque com certeza, a fórmula é vencedora.
 Seja o exemplo positivo. Mostre exemplos positivos. Seja motivado para motivar. Sua crença e
convicção irá influenciar positivamente as pessoas.
 Não prejulgue ninguém. Pessoas que você não esperava que fossem se dar bem podem arrebentar.
E quem você apostava tudo pode te decepcionar.
 Aprenda a aceitar os nãos que recebe se blindando deles. As pessoas dizem não para elas próprias,
não para você.
 Mostre o Plano. Vença seus medos. Cada plano que mostrar, será melhor que o anterior.
 Participe das reuniões abertas, seminários, convenções e treinamentos. Seja exemplo. Vá pelo
menos a uma reunião aberta por semana (onde sua linha ascendente está) com ou sem convidado.
Ajude sua rede a fazer fechamento com os convidados. Aprenda com os palestrantes. Não indo você
acha que seus descendentes irão?
 Controle sua ansiedade e a de seu grupo. Quem não realizou os sonhos ao longo de uma vida inteira
vai querer realizar no MMN em poucos meses?
 Tenha visão comercial. Você precisa consumir todo mês. Vender o quanto precisar vender.
Convidar pessoas para construir a base de sua riqueza e investir em seu negócio para virar a mesa e
chegar onde deseja.
 Faça sua parte. Seu patrocinador vai ser exemplo e te ajudar. Ele não vai trabalhar para você. Não
seja dependente dele.
 Em reuniões chegue sempre 30 minutos antes e espere seus convidados irem embora para sair.
 Transmita confiança. Olhe nos olhos das pessoas. Transparência e confiança é tudo.
 Sua simpatia desequilibra. A educação e o sorriso contagiam. Cause uma boa primeira impressão
sempre.
 Em nenhuma hipótese ingira bebida alcóolica em eventos de negócios, como reunião e
treinamentos.
 Parabenize, elogie e edifique sua linha ascendente. Todos gostam de serem bem tratados e de serem
reconhecidos.
 Quando seus descendentes precisarem receber uma crítica construtiva, nunca o faça na frente de
terceiros. Todos nós precisamos melhorar alguma coisa para nos aprimorarmos, mais faça isso com
educação, cuidado e de forma profissional.
 Nunca prometa o que não pode cumprir. Colecione pontos positivos e não negativos.
 Cuide de sua aparência. Transmita uma imagem positiva para todos a sua volta. (Cuide da barba,
maquiagem, hálito, cabelo no nariz e orelha, suor, dentes, pele e cabelo).

Imagine um grande líder que atue em sua empresa. Mire-se nele. Se você está no negócio é porque alguém
te convidou, da mesma forma ele foi convidado. E se chegou onde está, é porque está no caminho certo.
Siga os passos dele. Se seu patrocinador não é tão exemplo como deveria, converse com ele sobre isso e
fale com a linha ascendente.
Ninguém pode te atrapalhar a atingir suas metas. Seja profissional e exemplo. Assim você vai longe. E
muitas pessoas ao pensarem em alguém de sucesso, no futuro, irão se espelhar em você. Tenha certeza
disso.

Marketing pessoal
9 de setembro de 2016

Tudo o que você pode e deve fazer por você mesmo


Que tal investir na sua imagem e em si mesmo? O marketing pessoal vai te ajudar a conquistar novos
amigos e a fazer bons negócios. Com ele sua imagem vai ser mais adequada ao que deseja e você ganha
mais valor, reconhecimento, credibilidade e reputação. E tudo isso, faz com que muitas oportunidades
apareçam.

Com um bom Marketing Pessoal você só tem a ganhar, porque quem faz leva vantagem. Quem não faz, sai
perdendo.

Entenda que no multinível, transmitir confiança, passar credibilidade é fundamental. Ninguém vai acreditar
na proposta que você apresentar se não for convincente e se não passar credibilidade e a segurança
necessária.

Então antes de mais nada, entenda que o Marketing constrói a imagem de produtos e o marketing pessoal
constrói a sua.

Quando um produto é bom, indicamos. Quando é ruím negativamos. E se existe um produto que você nem
percebeu, ele não será comprado, logo, não saberá se é bom ou ruím.

Você é um produto
Acontece que todos nós , de certa forma, somos um produto.

Todo produto, possui um nome, Logomarca, Embalagem, Slogan, Imagem, Conteúdo, Preço, Metas,
Propaganda e Marketing.

E nós, também. Pare e pense no produto que você é:

Você tem que ter nome (forte, memorável); Logomarca (sua identificação é uma marca); Embalagem (a
roupa que você usa); Slogan (faz as pessoas lembrarem de você); Imagem (Idéia que será associada a você);
Conteúdo (suas qualidades, seu profissionalismo, sua amizade); Preço (valor que cedemos nosso expertise
para o trabalho); Metas (onde queremos chegar); Propaganda (a forma como você vende seu peixe e se
comunica) e Marketing (seus projetos e forma como conduz a si próprio).

Entenda que você é uma marca (e precisa ser uma boa marca) porque quando alguém falar de você, o que
virá na cabeça dela?

Virá a palavra, a imagem e o posicionamento que você adotar em seu marketing pessoal.

“Sabendo se vender, você vende tudo melhor. Quem sabe se vender leva vantagem, quem não sabe
perde”

No dia-a-dia do Marketing Multinível, temos que abrir a cabeça das pessoas para novas oportunidades; para
negócios que poderão mudar suas vidas; Então temos que transmitir credibilidade para influenciá-las.

Se uma pessoa não lhe passar firmeza, você não vai comprar um produto, um serviço, ou fazer um negócio.

Aprenda a vender
Observe que numa entrevista de emprego temos que nos vender bem. Para conseguir crédito, empréstimo
ou algo no banco, temos que vender uma idéia. Para conhecer alguém e namorar, temos que nos vender
porque vendemos o tempo todo, mesmo não sendo vendedores.

Então, vamos começar a vender da forma certa e vamos aprimorar essa habilidade, esse dom.

Não que tenhamos que ser vendedores profissionais, mais tudo o que pudermos melhorar em nós mesmos,
valerá a pena.

“ Ou você vende a seu cliente e ele diz sim. Ou quem vende é ele e lhe diz não!”
Então vamos ter uma mente de vencedor e não de derrotado. Vamos transmitir para as pessoas a imagem
do que queremos ser até nos tornarmos essa imagem. Ou seja, temos que ser exemplo para todos.

E vamos observar que temos dois ouvidos para ouvir e uma só boca. Então vamos ouvir mais do que falar.
Entendendo o que as pessoas pensam, podemos argumentar da forma certa pra vender aquilo que desejamos.

1. A) as pessoas gostam dos que concordam com elas


2. B) as pessoas não gostam de quem discorda delas
3. C) as pessoas não gostam de serem contrariadas

Marketing pessoal é a arte e a técnica de se auto promover, se vender melhor, e conquistar seus objetivos
pessoais e profissionais para você se destacar e não ser mais um na multidão.

Pare e pense: quantos dentistas sua cidade possui? E seu bairro? Certamente muitos.

Mas você precisa escolher um e provavelmente sua escolha vai ter relação com a imagem que este dentista
lhe transmitir, além claro, do preço que irá cobrar e da indicação de alguém que você confia.

O Marketing pessoal funciona tanto, que é capaz de vender uma boa imagem de um dentista ruim. Na
política isso acontece com muita frequência. Você compra e acredita numa coisa, mesmo que ela não seja
o que você imagina.

Vamos começar a fazer seu marketing?


Comece avaliando os pontos positivos e negativos de sua personalidade e de suas características pessoais e
profissionais. Liste e avalie este pontos. Escreva o que precisa mudar.

Em seguida, procure encontrar um diferencial em você que possa ser otimizado e percebido pelas pessoas.
Você não pode ser mais um. Encontre uma forma, um nicho, uma oportunidade de posicionamento para se
destacar.

No marketing pessoal é fundamental que você crie diferenciais, beneficios e vantagens em você que possam
ser percebidos por todos a sua volta.

E é indispensável que vc estruture as suas diretrizes e crie estratégias para atingir seus objetivos.

Melhorar suas habilidades, apresentação, organização, produtividade, oratória, forma de se vestir é


essencial.

Da mesma forma que compramos produtos avaliando as embalagens e sendo atraídos por elas. Precisamos
nos vestir adequadamente e cuidar da nossa aparência para não gerar o conflito de imagem junto ao
mercado.

Se você está propondo que as pessoas façam sucesso. Seja exemplo de sucesso. Transmita sucesso,
entusiasmo e crença nas suas convicções.

Em última análise, avalie o produto que você é. Sua embalagem. Seu contéudo. Sua propaganda. Seu preço.
Posicionamento. Imagem. Só assim você poderá criar o produto que precisa ser vendido e que as pessoas
irão comprar.

Da mesma forma que criamos e rotulamos uma palavra, um sentimento, uma opinião em relação a produtos,
precisamos ter uma palavra associada a nossa pessoa. Ou seja, pensamos em leite condensado,
imediatamente vem a nossa mente palavras como “Delicia”, “Gostoso”, “Brigadeiro”. Grude uma palavra
positiva a sua imagem.

Como diz o ditado, o maior inimigo que você pode ter, é você mesmo. Por isso, convém procurar o auto
conhecimento e canalizar suas energias, percepções e talento com foco, estratégia e boa diretriz, afinal
quem não traça seu destino, é traçado por ele.

Arregace as mangas. Melhore seus defeitos e tenha se torne sua própria referencia. Dessa forma, você será
a referencia dos outros e vai ser muito mais fácil, persuadir, convencer e influenciá-las,

DICAS PRÁTICAS
 Olhe nos olhos do interlocutor
 Não seja arrogante e autoritário
 Cuidado para não falar demais
 Administre sua ansiedade
 Seja pontual sempre
 Seja exemplo sempre
 Não fale mal de pessoas e situações
 Desligue o celular em reuniões
 Cuide da pele, do peso e do hálito
 Sua imagem é o seu cartão de visitas
 Seu sorriso quebra todas as barreiras
 Tenha metas
 Supere seus pontos fracos
 Tenha foco
 Seja organizado
 Não perca tempo, mas viva a vida
 Curta seu trabalho e sua família
 Tenha paciência
 Faça amigos
 Ajude e Colabore sempre
 Seja uma marca positiva no mundo
 Mas lembre-se que dinheiro não é tudo, viver bem com saúde é tudo
 Mas ganhe dinheiro também

“Uma pessoa que esteja no topo da montanha não caiu lá vinda do céu”

COMO CONSTRUIR SEU MARKETING PESSOAL


 Registre tudo o que lhe acontecer pessoal e profissionalmente;
 Junte todos os seus curriculos;
 Relacione as pessoas mais importante que você cohece
 Recolha amostras do seu trabalho
 Recolha cartas de clientes
 Junte avaliaçõ de bom desempenho
 Recolha cartas de recomendação
 Recolha todo material escrito sobre você, ou que tenha relação com vocÊ;
 Junte todos os premios, diplomas, certificados, etc.

COMO SE VENDER:
 Diga (VENDA) algo relativo ao que o cliente quer, precisa e entende
 Faça amizades
 Forme uma rede de relacionamentos
 Estabeleca um terreno comum com as pessoas
 Transmita confiança e conhecimento
 Divirta-se
 Não seja pego vendendo. É melhor se vender, sem demonstrar que está se vendendo

SE PERGUNTE:
 Você vai esperar o cliente bater a sua porta?
 O que tem feito para construir relacionamentos?
 Em que você realmente é bom?
 O que precisa melhor em vc?
 Possui um plano pessoal escrito com metas e datas?
 Como você pretende se tornar um vencedor?
 Que é memorável em você?
 O que o difere dos outros?
 Você está preparado para vencer os ladrões de sonhos? (pessoas que te desestimulam?)
 Você está atento aos ladrões de tempo? (A Tv por exemplo é uma)
 Está preparado para entender os NÃOS que recebe das pessoas e da vida?
 Está preparado para persistir e encontrar os SIMS que a vida e a pessoas lhe darão?

É como um bolo. Siga a receita.Você vai acontecer. Como deseja.

Lições que farão toda a diferença em seu negócio


22 de novembro de 2016
Para se dar bem na empresa que desenvolve, você precisa se dedicar e ser profissional. Não espere que
pessoas batam à sua porta e fiquem implorando para entrar em sua rede. Isso não irá acontecer.

Nada de acreditar que ficará milionário simplesmente porque este segmento gera riqueza. E nada de achar
que trabalhando de forma amadora terá resultados positivos.
É fato que o MULTINÍVEL gera prosperidade, riqueza e forma milionários. Também é fato que você
poderá conquistar a liberdade financeira desejada, mas somente se conduzir seu negócio de forma
profissional, com dedicação e crença inabalável.

Se os resultados não aparecerem, é porque você não está fazendo o que precisa ser feito ou não está
trabalhando da forma certa. Toda adversidade e dificuldade que tiver deve e pode ser superada.

Entenda que nada pode atrapalhar seu crescimento e ascensão e, justamente por isso, dedique-se a ser um
networker perfeito, exemplo de liderança e de profissional.

Lembre-se que todos nós somos pedras preciosas sendo lapidadas. Se deseja ter valor, se deseja brilhar,
deixe-se lapidar. Estude os produtos de sua empresa, estude seu negócio, desenvolva habilidades, reinvente-
se. Siga o sistema de treinamento de sua companhia, os passos de sua liderança e torne-se uma.

Preparamos, abaixo, lições que farão toda diferença na sua vida a partir de agora, para que você chegue ao
topo:

 Determine o seu crescimento, seu ritmo, suas metas. Nada de deixar seu grupo determinar seu ritmo.
 Tudo o que você FAZ fala tão alto, que o que DIZ, as pessoas não escutam.
 Observe se suas ATITUDES dão exemplo para sua equipe.
 Mantenha sua motivação e a de seus patrocinados no nível máximo. Mas lembre-se que só o desejo
e a motivação não farão você cruzar a linha de chegada, se não estiver verdadeiramente capacitado.
 Seja um bom aluno para se tornar um grande professor. E quando se tornar um mestre, ensine tudo
o que sabe a seus diretos, fazendo deles bons alunos, para também se tornarem bons mestres.
 Pense grande e tenha sonhos. Sua real necessidade deve ser o combustível para chegar onde deseja.
 Administre sua ansiedade. Não queira ganhar em meses o que não ganhou e conquistou ao longo de
toda sua vida.
 Administre seu tempo. Se ficar adiando o que precisa fazer, mais longe da realização dos sonhos
estará. Acelere o quanto puder. Quanto mais se dedicar à construção de sua equipe, mais resultado
terá.
 Não trabalhe para ganhar dinheiro; deixe o dinheiro trabalhar para você.
 Mantenha sua humildade sempre. Nada de deixar o sucesso subir à sua cabeça.
 Dedique-se ao outro. Trabalhe para dar resultados e enriquecer sua rede. Quanto mais as pessoas
crescerem e ganharem, mais dinheiro estará ganhando.
 Tenha orgulho, nunca arrogância.
 Aprenda com o passado, mas inspire-se no futuro.
 Nada de inventar alternativas e atalhos para o sucesso. Os líderes já perderam muito tempo e
dinheiro para você não ter que errar como já erraram.
 Ouça as pessoas bem sucedidas; fique perto delas. Siga os caminhos que elas seguem para chegar
ao topo.
 Encare a realidade e as dificuldades por mais difíceis que sejam e nunca se torne pessimista.
 Não confunda sonhar com fantasiar. Tenha os pés no chão e a crença em seu sucesso nas alturas.
 Conte com a ajuda de Deus, mas faça sua parte.
 Ao convidar alguém para sua empresa, você está dando um presente a ela. Valorize esse convite
para a pessoa perceber o real valor do negócio.
 Fale POUCO para muitas pessoas, e não MUITO para poucas. Qualidade é mais importante que a
quantidade de informação que transmite.
 No emprego, o salário é um cipó; você só troca ele por outro. No Mutinível o cipó é o PIN. Troque
de cipó sempre.
 Evite pessoas negativas. Elas sempre têm um problema para cada solução.
 O pior não é mirar alto e errar; é mirar baixo e acertar.
 Você vai conhecer pessoas que não estão vendo luz no fim do túnel, que estão perdidas. Não entre
no labirinto com elas se não conhecer a saída. Seja o guia.
 Você deve ter controle da sua motivação, da dedicação ao seu aprimoramento, do consumo que
deve fazer, das vendas que pode efetivar, da duplicação que pode realizar, do apoio à sua equipe e
das realizações e conquistas que deseja. E não terá controle sobre quem não vai a reuniões e eventos
de treinamento, quem não deseja se profissionalizar e quer resultados fáceis, quem se deixa
influenciar por pessoas que emitem e possuem opiniões infundadas, quem se desanima com os
“nãos” que recebe, quem toma decisões equivocadas e quem opta por desistir do negócio.
 Ao invés de dar desculpas para si mesmo, dê motivos para fazer o que precisa ser feito, mesmo que
seja difícil. Supere-se.
 Tenha postura vencedora: desejo ardente, crença, atitude, foco, competência, qualidade no que faz,
urgência e ética.
 Não saia convidando pessoas quando ainda não estiver capacitado para não queimar os contatos e
sua lista. E nada de convidar pelo whatsapp.
 É normal familiares e amigos não entrarem no negócio quando forem convidados. Quando os
resultados acontecerem em sua vida, eles repensam a decisão que tomaram.
 O sucesso tem um preço; pague o preço dele. Faça o que deve ser feito da melhor maneira possível
e abra mão do que for necessário. O sucesso não vai bater à sua porta; a oportunidade sim.
 Para fazer sucesso, você precisa aprender e se submeter a esforços como, por exemplo, abrir a porta
certa, num lugar que possui milhares de portas e atravessá-la, mesmo que ela seja muito pequena e
estreita.
 Nunca se afaste da sua linha ascendente; quanto mais perto dela estiver, melhor.
 Se lateralidade (colocar pessoas diretas a você) é o que dá dinheiro e profundidade (montar rede
abaixo dos seus diretos) e o que concede segurança, faça o que é preciso ser feito. A cada 5 diretos,
aprofunde sua equipe até o quinto nível e reinicie o ciclo.
 Cuidado com os aconselhamentos dos crosslines (equipes de outras lideranças), mesmo que se
posicionem como crosslovers.
 Todo dia fazemos coisas de que não gostamos. Que tal fazer algo que você acredita não gostar, mas
que pode descobrir que gosta? O que é melhor: fazer o que gosta e não ganhar dinheiro ou fazer o
que não gosta ganhando bem? Tendo bom retorno, pode-se fazer o que gosta como hobby.
 Não vendemos apenas produtos, mas soluções e sonhos. Nós vendemos tudo o tempo todo. Crie o
hábito de vender, sem demonstrar que está vendendo. Tenha certeza de que os resultados irão
aparecer.
 A venda mais difícil é aquela que você faz para você mesmo: a dieta, o curso de inglês, parar de
fumar, ir pra academia… Muita gente ainda não se comprou como produto, ou seja, não se acha
capaz. O Primeiro passo é entender que todos nós somos capazes; o segundo é buscar conhecimento
do produto e marketing; o terceiro é você vender pra você mesmo o produto. Quando acreditar que
o produto é bom, sua venda terá verdade e vai ser bem mais fácil.
 Não desista no primeiro não. Como ninguém tem obrigação de confiar em você, sua missão número
1 é criar uma relação de confiança.

Em vez de imaginar que seu cliente ou amigo é muito desconfiado, prefira pensar: eu ainda não soube
conquistar a confiança do meu amigo ou cliente.

Busque meios para isso até estabelecer uma relação.


Cuide da sua aparência; ela transmite uma imagem positiva ou negativa do seu negócio.

 Monte uma carteira com 100 clientes. Dessa forma, você vai conseguir viver bem com as suas
próprias vendas. Quando ganhamos dinheiro e estamos felizes, montar a equipe é ainda mais fácil
e consequência natural.
 Você só vence se a sua equipe vencer; caso contrário, estará correndo risco de obter um crescimento
limitado. Se você não vender, sua equipe também não venderá. Seja exemplo para sua rede.

O melhor patrocinador do mundo: VOCÊ


25 de novembro de 2016

Para se obter sucesso profissional, é preciso ser bom. É preciso investir em conhecimento e ser exemplo
para toda sua rede.

Um grande desafio que terá, é o de formar empreendedores tão profissionais e dedicados quanto você.

Não adianta nada, fazer faculdade e se formar e não frequentar as aulas, estudar, fazer cursos
complementares. O fato de ter um diploma, não o tornará um bom profissional.

Da mesma forma, como pretende colher o que plantou, se não cultivar certo?

Entrar no carro, sem saber dirigir, não vai te levar a lugar algum. Para dirigir, terá que fazer aulas, passar
por provas teóricas e práticas. E mesmo que passe e tire a carteira, isso não o tornará um bom motorista.

Pretende correr a maratona de 42 km? Cuide da sua alimentação, do seu corpo, fortaleça sua musculatura.
Treine sua resistência. Comece andando. Depois corra 1 km, 2km, 5km, 10km. Esforce-se. Dedique-se.
Isso não garante que você vá chegar ou vencer. Mais nunca ganhará ou cruzará a linha de chegada,
(atingindo suas metas) se não se preparar e correr.

Por isso, apresentamos agora um Roteiro do Patrocínio Responsável para que você seja competente ao
colocar pessoas em sua rede e não um Patrocinador Irresponsável que patrocina e some.

“A pergunta não é se este negócio funciona, mas se você funciona para este negócio”

Você não pode tomar decisões pelas pessoas, mas pode inspirá-las a tomarem a decisão de construir este
negócio.

A escolha é sua. Sucesso ou Fracasso? Patrocínio Responsável ou Irresponsável? Lembre-se que os


resultados acontecerão quando você se dedicar e ser exemplo. Não basta se cadastrar numa empresa. Não
basta comprar os ingredientes do bolo, se não seguir a receita e fazer o bolo.
Se você está cadastrado numa empresa de Multinível. Vamos te dar a receita que precisa para seu bolo
crescer e ser saboreado por que te ajudou a fazer o bolo. Então, bom apetite!

ROTEIRO DO PATROCINIO RESPONSÁVEL

1. Antes de dar metas de quantas pessoas ele deve convidar e patrocinar, comece pelo básico, do zero.
Mostre todo o material que receberá no Kit;
2. Ensine a preencher, o contrato, pedido e tudo que fizer parte da burocracia de cadastro;
3. Explique tudo sobre o investimento que fez e o que ganhará em troca; aproveite e repasse as formas
de ganho, tipos de kits de adesão; folders, materiais de apresentação e tire todas as dúvidas que ele
tiver, pacientemente.
4. Faça perguntas para verificar se ele realmente entendeu o plano e os procedimentos passados;
5. Converse com ele sobre as possíveis dificuldades que encontrará; o tempo que poderá se dedicar.
Procure conhecer ele melhor. Virtudes e defeitos. Você á patrocinador, amigo, conselheiro,
professor e ao mesmo tempo, um fã dele.
6. Parabenize pela iniciativa. Coloque-se a disposição. Diga que você vai ajudá-lo, mais não trabalhar
por ele.
7. Ajude-o a definir suas metas e sonhos, para os próximos 3 meses, 6 meses, 12 meses, 24 meses e 5
anos. Fale que ele deve colocar tudo em um livro ata. Visualizar permanentemente seus sonhos;
8. Explique a importância dele se cadastrar no sistema de treinamento. De preferência, faça o cadastro
junto com ele;
9. Ajude-o a fazer uma lista de nomes, no mínimo 20, e prequalifique-a (ambição, comunicação,
contatos, credibilidade, condições financeiras e negócio próprio), orientando-o a fazer o mesmo
com todos os nomes que ele vai acrescentar à lista, o maior número possível. Oriente-o também a
colocar em primeiro lugar, na lista, pessoas que ele conhece que já são profissionais de Marketing
Multinível.
10. Faça cinco contatos por telefone com pessoas que fazem parte da lista dele, de preferência as mais
qualificadas e marque duas datas para MOP (mostrar o plano) com ele. Ensine pelo exemplo.
Certifique-se de que após o segundo MOP o novo distribuidor já deverá mostrar sozinho o plano.
11. Ensine-o várias formas de fazer contato para MOP e levar convidados a Reunião Aberta.
12. Explique os motivos pelos quais receberá “nãos” da família, de amigos. E explique os “sims” que
receberá;
13. Promova SISTEMA e treinamento. Todos as ferramentas que sua empresa possui;
14. Fale da revista Sucesso. Mostre uma para ele. Faça ele entender que todo conhecimento profissional
é fundamental e fará toda a diferença na formação e qualificação dele;
15. Indique livros e inclua o Guia de Ação do Denílson Braga que vai prepará-lo para o sucesso
16. Promova sua linha ascendente comprometida com o SISTEMA. Oriente o novo distribuidor a só
trabalhar com pessoas comprometidas com o SISTEMA. E explique a importância de edificar a
linha ascendentes;
17. Explique o ativo (se houver) e a importância do consumo pessoal + venda+ duplicação +
administração da rede;
18. Ensine a regra básica:

a) nem todo mundo que você mostrar o plano vai entrar


b) nem todo mundo que entrar vai permanecer
c) nem todo mundo que entrar vai entrar com você

19. A persistência corrige a falta de habilidade. Por isso, a importância de três DECISÕES: Assinar o
contrato; fazer o que precisa ser feito; conectar-se 100% ao SISTEMA; nunca desistir;
20. Dê uma aula de produtos;
21. Dê uma aula sobre a empresa;
22. Ensine o novo empreendedor a repetir o mesmo processo acima com as pessoas que ele vai
PATROCINAR;
23. Fale da importância de transmitir credibilidade, se vestir bem, cuidar da aparência e não se passar
como uma pessoa chata ou inconveniente; é muito bom cuidar do Marketing Pessoal.
24. Marque o próximo treinamento para ver ele convidando pessoas; para ver ele mostrar o plano; para
vocês fazerem contato frio na rua;
25.
DICAS PRÁTICAS E RÁPIDAS PARA SEU SUCESSO:
Crie um compromisso total com o projeto por no mínimo um ano.
Quer seja um comprometimento de 2 horas por semana ou 40 horas por semana, faça questão de aderir a
isto por pelo menos 12 meses completos. Como qualquer negócio, este negócio precisa de tempo para
florescer e mostrar os resultados, e alguns dos mais bem-sucedidos empreendedores sofreram bastante nos
primeiros meses até aprender a desenvolver esta oportunidade da forma mais correta.

Procure passar 90% do seu tempo dedicado aos negócios com seus empreendedores e prospectos.
Estas são as áreas que tornam o Marketing Multinível àquilo que é atualmente.

Deixe que todos saibam sobre seu novo negócio.


Anuncie para todos, a melhor maneira de fazer isto é estar interessado pelos outros. Faça perguntas sobre
coisas que sejam importantes para eles, eles irão prontamente contar um pouco sobre suas vidas,
necessidades e sonhos, você terá estabelecido um “relacionamento” com eles, e perguntas naturalmente
irão surgir sobre o que cada um de vocês faz para ganhar a vida… e a porta estará aberta!

Motive sua rede todo mês.


Oferecendo reconhecimento, prêmios, jantares para os empreendedores que mais se destacam, livros são
prêmios excelentes.

Misture-se com empreendedores de alto nível e faça perguntas para eles sobre como tiveram sucesso.
Conselhos grátis devem sempre ser apreciados e aceitos com braços abertos.
Seja persistente.
Apenas uma de cada dez pessoas que contatar podem se interessar sobre o negócio, não desista, seja teimoso
em obter o sucesso.
Lidere pelo exemplo.
Nunca pare de recrutar ou treinar. Se seus indicados virem que você é capaz de fazer algo, eles irão fazer
isto também, copiando você, os seres humanos são copiadores.

Mantenha a coisa simples.


As melhores estratégias de marketing são aquelas que todos da sua rede podem facilmente copiar e
implementar eles mesmos.

Concentre-se no que pode fazer por seus empreendedores.


Ao se preocupar com outras pessoas, seu lucro vai aumentar naturalmente. Esta é a regra de ouro e sempre
funciona, embora não seja evidente às pessoas.

Dê aos clientes mais do que eles esperam.


Todos adoram um presente grátis. E, como dizem, tudo aquilo que vai, volta.

Não aceite “não” como resposta final.


A grande maioria dos convidados não vai assinar um contrato na primeira vez em que fala com eles,
assegure-se de fazer acompanhamento com as pessoas “não” algumas vezes por ano, com novas
informações, ou outras razões para avaliar sua empresa e oportunidade, mas cuidado para não se tornar “o
chato” na vida das pessoas.

Fale entusiasmadamente sobre sua oportunidade e produtos.


Se você não estiver entusiasmado (a) com eles, ninguém mais vai estar, veja os programas de vendas pela
televisão e sinta o entusiasmo dos apresentadores, parece bobagem, mas isso vende!

Contate antigos empreendedores de alto nível em outras empresas.


Eles estão abertos. Algumas vezes, a empresa de um grande empreendedor pode ter problemas, ou criar
mudanças desagradáveis, se você contatar o empreendedor enquanto ele ou ela estiver procurando outra
empresa, será um fechamento fácil.

Muitos dizem que isto não é ético, depende, os grandes encontros de Multinível internacional, os “cruzeiros
MMN” etc.… são todos eventos onde os participantes vão tentar fisgar um.

Use uma secretária eletrônica ou serviço de correio de voz e retorne as ligações rapidamente
Se uma pessoa interessada esperar muito, ele pode perder interesse ou receber outra oferta, já vi isto
acontecer muitas vezes.

Não passe rumores negativos para sua rede!


Pare todo rumor negativo que ouça indo direto à fonte e descobrindo as coisas por si mesmo (a).

Invista dinheiro em coisas que irão trazer mais dinheiro.


Muitas coisas, tais como comprar um livro sobre o ramo, podem não parecer que irão trazer dinheiro, porém,
pense novamente.

Agende tarefas importantes para a hora do dia em que você trabalha melhor.
Para muitas pessoas, é de manhã, encontre a hora em que você está melhor e encaixe coisas importantes
nela.

Invista uma porção de seus lucros em seu negócio.


Ao investir R$ 50,00 em panfletos de publicidade, por exemplo, você pode ganhar R$ 200,00 em retorno
da publicidade.

Saiba que se outros podem fazer isso, você também pode.


Na maior parte das vezes, não há nada impedindo você de chegar lá, a não ser você mesmo, deixe-se ir em
frente e realize seu pleno potencial.

Pergunte a seu prospecto o que ele/ela está procurando.


Então, adapte sua apresentação para preencher as necessidades individuais do prospecto, lembre-se: eles
querem saber o que vão ganhar com isto, como poderão crescer como poderão se divertir e lucrar.

Seu trabalho não termina quando a venda ou cadastramento termina.


Trabalhe com as pessoas da sua rede mesmo após ter recebido sua bonificação. Tenha em mente que os
lucros deles são também seu lucro.

Se houvesse uma recompensa de R$10.000,00 apenas por patrocinar três pessoas em uma semana,
você conseguiria fazer isto, pode acreditar.
Você vai descobrir que, ao longo do caminho, três empreendedores de qualidade podem valer bem mais do
que 10 mil reais em dinheiro. Quando se conscientizar disso, não terá mais problemas em recrutar as
pessoas. Pense que se recrutar cinco pessoas por mês terá uma excelente recompensa e será capaz de fazer
isto.

O verdadeiro segredo do sucesso:


Persistência. Quem persiste, consegue seus objetivos.

Como se comportar em Reuniões Abertas


28 de novembro de 2016
Seu profissionalismo tem que ser demostrado também nas Reuniões Abertas. Por isso, tome cuidado com
sua postura e seja exemplo para sua equipe.

– Chegue antes de seu convidado


– Vá embora depois dele
– Homens devem usar ternos de cor escura. Dessa forma, não será preciso ter muitos ternos.
– Mantenha fechado o primeiro botão de seu terno
– Ao se sentar, abra o botão de seu paletó.
– Mantenha fechado o primeiro botão de seu terno
– Ao se sentar, abra o botão de seu paletó.
– Recomenda-se Tailler para mulheres e blusas sociais. Nada de decotes exagerados.
– Olhe sempre nos olhos para transmitir confiança e valorizar o convidado
– Não olhe para as pessoas como Cifrão. Como se elas representassem um ganho financeiro
– Sorria Sempre
– Demostre sua motivação
– Transmita confiança
– Edifique sua linha ascendente no fechamento. Ela está tendo grandes resultados. Os mesmos que você e
seu convidado terão.
– Não beba bebida alcoólica
– Não faça fofoca
– Não fale do passado das pessoas sem autorização
– Não chame a atenção de seu descendente na frente dos outros
– Elogie seus descendentes em público
– Não coloque apelido nas pessoas
– Não fique na frente do telão
– Não fale palavrão
– Se usa aliança, cuidado ao apertar a mão das pessoas
– Se for o palestrante, olhe para todo mundo. Não se prenda a uma ou duas pessoas.
– No fim da apresentação nunca agradeça o convidado por ter ido. Ele é quem tem que te agradecer pela
oportunidade que está dando a ele.
– Não permita que convidado leve convidado. Patrocine seu convidado primeiro. Depois trabalha a lista de
contatos dele.
– Problemas devem ser passados para sua linha ascendente. Coisas positivas devem ser passadas para sua
linha descendentes. Nas reuniões, nos grupos de whatsapp, redes sociais e em todas as oportunidades.
– Se a pessoa não te perguntou, nada de sair falando.
– No fechamento, seja objetivo. Não fique repetindo o plano que a pessoa acabou de assistir.
– Não demonstre ansiedade
– Não marque nada em dia de Reunião aberta e eventos da empresa
– Não trabalhe só com homens ou mulheres.
– Cuida da sua aparência
– Mantenha os cabelos sempre penteados
– Apare as unhas
– Mantenha a barba feita
– Cuide dos dentes e cuidado com o mau hálito
– Cuide de sua maquiagem
– Cuidado para não chegar ou ficar suando

Iremos postar dicas importantes também para as reuniões fechadas.


Você não perde por esperar.

Encontre o líder que existe em você


28 de novembro de 2016

Saiba como ser exemplo de liderança, fazendo, aprimorando e formando líderes em sua rede

Líder é quem motiva as pessoas; indica a direção; mostra os caminhos; coloca dentro de cada pessoa o que
elas precisam para seguir rumo a metas e objetivos.

Líder é quem influencia; inspira; dá o exemplo; cumpre o que promete e coloca em prática o discurso.

Líder é quem tem foco em resultado; quem sai na frente; define rumos; puxa a responsabilidade para si;
Motiva; Envolve; Orienta; Colabora; Tira das pessoas o que possuem de melhor e ensina.

Então… você é líder? Que habilidades precisa aprimorar?

Ok! Então a primeira coisa que precisa saber, é que líder não é uma posição. Liderança é atitude. Postura.

Existem 8 estilos de Liderança. Para começar, encontre a sua:

AUTORITÁRIO: É impositivo. Usa o poder unilateral. Para obter resultados busca obediência.
AFETIVO: privilegia uns mais que os outros. Possui laços de afiliação com colaboradores. Acredita que o
bem-estar do time depende dele.
COACHING: Estimula as pessoas a se desenvolverem. Oferece aprendizado. Desafio e crescimento
permanente. Sua missão é desenvolver pessoas.
DIRETIVO: Mostra com clareza a direção para alcançar objetivos. Trabalha com metas claras. Determina
o que está certo ou errado. Acompanha o processo e faz reuniões regulares.
LAISSEZFAIRE: É ausência da liderança. Não interfere no processo e nas decisões. Modelador. Voltado
a excelência através de um único padrão: o seu. Julga que apenas ele sabe como fazer e que sua maneira é
a melhor para alcançar resultados.
PARTICIPATIVO: Estimula a participação das pessoas, na tomada de decisão. Acredita que todos podem
como contribuir e que a melhor solução virá pelo consenso.
VISIONÁRIO: Cria dimensões futuras. Projeta tendências. Para ele é o futuro que dá sentido ao presente.

OS OUTROS OS LIDERES
Falam Vendem
Impressionam Influenciam
Tentar ser ouvidos Esforçam-se para serem entendidos
Explicam Inspiram
Repete Fatos Contam experiências
Informam Convencem
Na prática, o bom líder forma líderes. Ele sabe que é melhor multiplicar do que somar. Logo, quanto mais
líderes você formar mais força e resultados seu grupo vai ter.

Que habilidades as pessoas diretas a você precisam aprimorar para serem líderes. Identifique e ajude. E
nunca se esqueça que o bom líder é exemplo.

Ele sempre vai parabenizar os acertos e elogiar em grupo. E sempre vai criticar e advertir em particular.

Já que o líder possui habilidade para motivar e influenciar os liderados, de forma ética e positiva, ele
também está sempre motivado, contagia o grupo com sua energia e entusiasmo.

Enquanto um chefe faz as pessoas cumprirem suas responsabilidades, o líder faz as pessoas produzirem
sem que percebam as responsabilidades. O Chefe exige obediência. O líder gera motivação e resultado.

“ Liderar é a arte de conseguir que pessoas comuns tenham resultados e desempenhos fora do comum”.

Mais os líderes devem saber lidar com os estilos predominantes. São eles:

 Estilo Visionário: Canaliza as pessoas para visões e sonhos partilhados. Tem um efeito muito
positivo sobre o clima de trabalho. É apropriado para situações onde ocorra mudanças que exigem
uma nova visão.
 Estilo Conselheiro: Relaciona os desejos das pessoas com os objetivos da organização. Ajuda um
empregado a ser mais eficiente, melhorando as suas capacidades de longo prazo.
 Estilo Relacional: Cria harmonia melhorando o relacionamento entre as pessoas. Ideal para resolver
e sarar conflitos num grupo; dar motivação em períodos difíceis; melhorar o relacionamento entre
as pessoas.
 Estilo Pressionador: Atinge objetivos difíceis e estimulantes. Tem um efeito por vezes negativo
sobre o clima de trabalho pois é frequentemente mal executado.
 Estilo Dirigista: Acalma os receios dando instruções claras em situações de emergência. É
apropriado em situações de crise; para desencadear uma reviravolta na situação; com pessoas
difíceis.

Você precisa conquistar a liderança da forma natural. As pessoas precisam reconhecer sua liderança para
te seguirem. A Liderança imposta, não fideliza, não gera respeito e inviabiliza a duplicação de suas ideias.
O líder emite opiniões coerentes, justas e corretas. Por isso, as pessoas o seguem.

Um gerente pode tomar decisões certas, mas um líder eficaz decide e mostra sua convicção e crença na
decisão ao manter-se fiel a ela, sabendo, no entanto, reconhecer quando erra. Assim, seu pessoal tem força
para sustentar aquela decisão junto com superiores.

O líder de sucesso possui a capacidade de colocar-se no lugar de seu pessoal, de ser capaz de ver o mundo
pelo lado das outras pessoas. Ele não precisa concordar com essa visão, mas deve ser capaz de entender
como as pessoas se sentem e compreender seus pontos de vista.

O líder bem-sucedido entende e executa cada detalhe do seu trabalho e, dispõe de conhecimento e
habilidade para dominar as responsabilidades inerentes à sua posição.

E quando alguém da equipe comete um erro, o líder normalmente assume a responsabilidade pela falha.

“O líder batalha por uma boa causa e não se deixa levar por qualquer causa”
A frase acima, resume bem a importância de se ter uma causa pela qual valha a pena viver e trabalhar.
Nada cuja aquisição tenha valor é muito fácil. O líder de sucesso tem a determinação de atingir objetivos
não importando os obstáculos que surjam pelo caminho. Ele acredita no que está fazendo com a
determinação de batalhar por sua realização.
E agora, vamos colocar sua liderança em prática?

0S 10 MANDAMENTOS PARA QUEM FAZ ACONTECER


1. Sonhar grande
2. Focar no que é prioridade (Importante e Urgente)
3. Enfrentar obstáculos (disciplina, persistência e determinação)
4. Aprender sempre
5. Encontrar maneiras de fazer (o melhor, o mais barato, o mais rápido)
6. Dedicar-se pessoalmente
7. Agir para expandir seu negócio
8. Dividir tarefas de porte em sub tarefas e cumprir
9. Não adiar
10. Aprender com os próprios erros

Identifique os Pontos Fracos e Fortes das Pessoas


8 de dezembro de 2016

PF é o Ponto Fraco das pessoas.


Todo ser humano tem um ou mais Pontos Fracos.
Para patrocinar uma pessoa é importante saber o “Problema”, a “Ferida”, o Ponto Fraco dela.
Identificando o PF das pessoas o patrocínio é mais provável.

Alguém que está com dívida, precisa de um negócio que gere o resultado que ela necessita; uma pessoa
sem tempo, precisa de um negócio para usufruir do que a vida e o mundo possuem de melhor; uma pessoa
que não comprou o carro ou a casa dos sonhos, ou mesmo uma casa própria, precisa saber que ela vai poder
realizar esse sonho; uma pessoa que gostaria de ajudar mais a família, está te dizendo que o pronto fraco
dela, é que ela não está podendo ajudar os familiares.

Use isso para patrocinar.

Encontrando o Ponto Fraco, você está colocando o dedo na ferida delas. Mais apontar ou cutucar a ferida
não basta. É preciso também curar a ferida. E isso vai ser possível, quando você encontrar o PF dela e usar
isso a seu favor, patrocinando-a.

TEM MAIS PONTO FRACO


Você também deve e pode identificar o PF para ajudar as pessoas a crescerem e se aperfeiçoarem.
Uma pessoa tímida, pode deixar de ser, quando você identificar esse PF dela e ajuda-la; se ela não acredita
em si mesma, dê exemplo de pessoas que ficaram milionárias quando passaram a acreditar em si próprias;
se não gosta de vender, explique que tem muita gente ganhando muito dinheiro sem saber ou sem gostar de
vender e complemente, com um “Imagine se gostassem…”

Identificar o PF é fundamental para saber o que você precisa colocar, explicar, ensinar, para que as pessoas
transformem pontos fracos em pontos fortes.
Sim…PF também é ponto forte.

Identificando os pontos fortes, você pode estimular que as pessoas façam uso deles e conquistem seus
sonhos.

A Revista Sucesso Network criou um dicionário de


Multinível pra você
22 de junho de 2017

MAIS QUE UM DICIONÁRIO. UMA AULA DE MULTINÍVEL.


ACOMPANHAMENTO – Quando um candidato se encontra indeciso após conhecer uma empresa e seu
plano de negócios, recebe Folhetos, CDs, DVDs e material complementar para avaliar em casa.
Recomenda-se que em 48h o distribuidor que apresentou a oportunidade agende um horário para buscar
estes materiais, esclarecer possíveis dúvidas e efetuar o cadastro.

ACONSELHAMENTO – Encontro entre distribuidores e líderes de sua linha ascendente para verificar o
progresso, o crescimento, avaliar dificuldades e falhas e programar as próximas metas e ações a serem
atingidas.

O aconselhamento não é treinamento, pois possui caráter individual e de reunião.

AFILHADO – O mesmo que “downline” ou cadastrado direto. O empreendedor é afilhado daquele que o
cadastra.

ASSOCIADO – O mesmo que distribuidor independente, empreendedor, ou franqueado. Indica a pessoa


que está cadastrada em alguma empresa.

BINÁRIO – Plano de compensação que estimula a formação de duas redes, em cada lado do negócio
(direita e esquerda).

As comissões são pagas em função do volume movimentado na perna, rede, time ou organização mais
fraca, ora da esquerda, ora da direita.
BONIFICAÇÃO – É a forma de pagamento, em dinheiro, feita aos distribuidores obedecendo o plano de
remuneração da empresa.

BÔNUS – Ganho residual que o distribuidor recebe pelo esforço de vendas realizado em sua linha
descendente.

CANCELAMENTO DE CONTRATO – Recurso de punição extrema adotado pelas empresas contra


distribuidores que violaram gravemente as normas de conduta estabelecidas pela companhia.

CANDIDATO – Qualquer pessoa que já tenha sido incluída em uma lista de nomes ou convidada a fazer
parte do negócio.

CD – Abreviatura de Centro de Distribuição. Local onde o Distribuidor pode comprar produtos da empresa,
receber treinamento e ponto de encontro para reuniões.

COMISSÃO – Lucro pela venda do produto a clientes, no varejo ou no atacado.

COMPRESSÃO DINÂMICA – Recurso utilizado por alguns planos de compensação para aumentar os
bônus dos distribuidores através da eliminação provisória das posições que não pontuaram naquele mês, o
que ocasiona a subida do bônus na linha ascendente até o primeiro que pontuou.

CONTRATO – Termo de adesão onde o distribuidor informa seus dados cadastrais e adquire os direitos
de representar produtos e serviços da empresa.

CONVENÇÃO – Evento regional, nacional ou internacional que reúne distribuidores em auditórios,


hotéis, e centros de convenções, para reconhecimento, treinamento e encontro com executivos da empresa,
liderenças e profissionais de Coach. Cada empresa possui uma periodicidade, sendo mais comum a
Convenção anual e Semestral.

CROSSLINE – São os distribuidores de pessoas que não fazem parte da sua organização ou rede. Ou seja,
não foram patrocinados por você e por seus descendentes. São distribuidores de outras linhas de patrocínio
ou mesmo de seu patrocinador, que podem possuir estratégias e formas de trabalhar diferente das suas.
Também conhecido como LINHA CRUZADA.

DISTRIBUIDOR INDEPENDENTE – Pessoa que firma contrato com uma empresa de vendas diretas
e/ou Marketing de Rede para representar seus produtos

DOWNLINE – Linha descendente. Pessoas que foram patrocinadas por pessoas que você colocou no
negócio.

DUPLICAÇÃO – Fenômeno observado em qualquer rede, quando o distribuidor mais novo se espelha nos
seus atrocinadores para aprender como se faz o negócio. A duplicação é estimulada através do sistema
padronizado de treinamento da empresa.

EDIFICAÇÃO – Promover as qualidades dos líderes para os seus descendentes e convidados a


ingressarem no negócio. Assim, eles passam a ter mais credibilidade para trabalhar com o seu grupo.

ENGENHARIA DE REDE – Ato de desenvolver a estratégia de crescimento de rede junto com alguns
líderes, observando os principais focos das organizações e onde terão que ser concentrados os próximos
esforços.

ESTOQUE – Comprar produtos em quantidade para obter descontos, pontuação elevada para manter a
qualificação ou apenas para oferecer um serviço de pronta entrega ao cliente final.

EXPOSIÇÃO DE NEGÓCIOS – Reunião semanal, com nomes específicos pra cada empresa.
EXTRATO – Documento emitido pela empresa detalhando as atividades da rede do distribuidor num dado
período, contendo as vendas pessoais, vendas de grupo, título conquistado ou mantido, resumo financeiro,
detalhe dos cálculos e cálculo dos bônus.

FECHAMENTO – Momento da negociação em que o distribuidor já eliminou todas as dúvidas do


candidato e busca uma resposta objetiva para efetuar o patrocínio/venda.

FERRAMENTA – Qualquer material que sirva de apoio à venda ou patrocínio.CDs e DVDs, brochuras,
reportagens de jornal, revistas , panfletos, buttons e manuais são apenas alguns exemplos e ferramentas
disponíveis no mercado.

FRONTLOADING – Significa pressionar os distribuidores a comprar mais produtos do que eles têm
capacidade de vender, ocasionando a formação de estoques, geralmente com a promessa de qualificação a
um nível superior no plano de compensação da empresa. É ilegal. Para evitar o frontloading as empresas
de ponta no multinível oferecem garantia de devolução dos produtos.

HISTOGRAMA – É a representação gráfica da distribuição dos grupos no sistema linear, em gráfico de


barras verticais.

ÍNDICE DE DESISTÊNCIAS – Rotatividade de pessoas, também conhecido como Turnover.

KIT DE PATROCÍNIO – Pasta de negócios contendo todo o matéria necessário para o Distribuidor iniciar
suas atividades numa empresa.

LATERALIDADE – Número de grupos ligados diretamente a um único distribuidor.

LÍDER – Pessoa que participa ativamente das vendas e do recrutamento de novos distribuidores em seu
grupo e age como exemplo para todos.

LINHA ASCENDENTE – O patrocinador, o patrocinador do patrocinador, e todos os que estão acima na


cadeia até chegar à empresa de Marketing de Rede.

LINHA DESCENDENTE – Todos os distribuidores que foram patrocinados a partir de uma determinada
distribuição, incluindo seus respectivos grupos descendentes.

LISTA DE NOMES – Lista elaborada com os nomes e telefones de todos os conhecidos e possíveis
clientes de um distribuidor.

LUCRO DE REVENDA – Ganho imediato que o distribuidor obtém ao comprar produtos da empresa
pelo preço de atacado e revender pelo preço de varejo ao consumidor final.

MAPA DE PATROCÍNIO – Relatório que a empresa emite para mostrar o desenvolvimento do negócio,
com a linha descendente de cada Distribuidor para que este possa controlar melhor o seu grupo e ganhos.

METAS – Objetivos intermediários estabelecidos para auxiliar no planejamento e na avaliação do


desempenho de cada distribuidor, direcionando-o para a conquista de seu objetivo principal (sonho).
Às metas são projetadas em períodos de curto, médio e longo prazos, servindo como importantes marcos
na sua trajetória.

MLM – Abreviatura de Multi-Level Marketing.

MMN – Abreviatura de Marketing Multinível.

MOSTRAR O PLANO – Apresentar a oportunidade de negócios para um ou mais candidatos. MOP é a


sigla de Mostrar o Plano.
NÃO QUALIFICADO – Um distribuidor que conquistou um título de graduação e que não conseguiu se
qualificar para mantê-lo.

NETWORK – Rede

NETWORK MARKETING – Rede de contatos do distribuidor. Sistema de contatos, indicações e


relacionamento para se fazer negócios.

NÍVEL – Estágio de qualificação em que o distribuidor se encontra, para efeito de remuneração e


reconhecimento.

NM – Abreviatura de Network Marketing (Marketing de rede).

ORGANIZAÇÃO – Rede
OVERRIDES – Bônus pagos a graduados baseado nas atividades de suas gerações de graduados na rede.
De acordo com o título do graduado, há diferentes níveis de profundidades para o pagamento de overrides.
Também chamados de royalties.

OVERPRICE – Aumento sobre o preço real do Kit de patrocínio da empresa para comissionar o
patrocinador. Em alguns países é proibido o comissionamento sobre Kits de patrocínio.

PADRÃO – Conjunto de materiais e estratégias formatadas que visam ao máximo à duplicação do trabalho
pelos membros da rede.

PATROCINADOR – É um distribuidor que convida uma pessoa que também se torna distribuidor na
empresa. Isso não quer dizer que o Patrocinador é quem paga a adesão do novo Distribuidor e sim quem
cadastra um novo patrocinado diretamente.

PERNA – Grupo composto por um distribuidor patrocinado diretamente e todo os seus descendentes.

PIN – Distintivo de lapela utilizado para caracterizar o nível em que se encontra o distribuidor..

PLANO DE COMPENSAÇÃO – É a fórmula matemática elaborada pela empresa para remunerar seus
distribuidores. O mesmo que Plano de Bonificação.

PLANO HIBRIDO – Sistema de Ganhos financeiros que oferece o Plano binário (a rede possui apenas
duas laterais) e o plano unilevel (a rede não possui limite de pessoas e é montada por níveis ou linhas) num
mesmo plano de compensação.

PONTO – Unidade de conversão utilizada para adaptar o mesmo plano de compensação para países com
moeda e economia diferentes. O ponto também é utilizado para unificar planos compostos por várias classes
de produtos, com diferentes margens de repasse para a rede. É a moeda interna da empresa.

PRÉ-MARKETING – Período em que se vende produtos e /ou patrocina distribuidores em uma


companhia que ainda não iniciou oficialmente suas atividades no mercado. O pré-marketing pode ser
estimulado pela própria empresa ou por lideranças em abrir vantagem frente à concorrência, mas não é vista
com bons olhos por representar maiores riscos e gerar expectativas que nem sempre são cumpridas.

PROFUNDIDADE – É a distância – medida em função do número de intermediários – que separa o


distribuidor de um descendente. Quanto maior for o número de distribuidores ativos dispostos em
profundidade, maior será a segurança de sua organização. Em outras palavras, o número de níveis na sua
rede.

PROSPECTO – Candidato.
QUALIFICAÇÃO – Nível alcançado pelo distribuidor, após serem aplicadas todas as regras e cálculos
determinados pelo plano de compensação da empresa. Que determina o percentual de ganhos e os descontos
que o distribuidor deverá receber.

RAMIFICAÇÃO – Perna.

RATEIO – É a divisão do bônus ou prêmios pagos pela empresa, entre os distribuidores.

RECONHECIMENTO – Promover os distribuidores que alcançaram novos níveis dentro do plano de


marketing da empresa. O reconhecimento pode se dar em eventos, com apresentação publica dos resultados
ou mesmo na publicação interna da companhia.

RECRUTAMENTO – Ato de inscrever um novo distribuidor na companhia.

RECUPERAÇÃO – É a promoção oferecida por algumas empresas para que o distribuidor possa voltar à
sua posição anterior depois de ter sofrido rebaixamento.

REDE – Grupo de pessoas patrocinadas a partir de uma distribuição, incluindo esta.

REMANEJAMENTO – Refere-se ao deslocamento de um determinado distribuidor em uma determinada


Genealogia/ Rede, em relação ao seu patrocinador. O remanejamento interno ocorre quando o distribuidor
altera sua posição, mas permanece na mesma rede. As empresas adotam critérios diversos para permitir o
remanejamento do distribuidor na rede. Podem ser baseados no tempo de não renovação do contrato, ou no
tempo sem comprar produtos na empresa, etc.

REUNIÃO ABERTA – Reunião semanal.

REUNIÃO FECHADA – O distribuidor convida um ascendente para apresentar a oportunidade de


negócios em sua casa. O tamanho desta reunião depende exclusivamente do espaço disponível e do número
de candidatos confirmados.

SATURAÇÃO – Situação hipotética onde o mercado da empresa de MMN se esgotaria, não havendo mais
para quem vender o produto. É praticamente impossível de acontecer, sendo mais um argumento
depreciativo de distribuidores contra empresas concorrentes.

SEMINÁRIO – Evento mensal ou bimestral realizado pela empresa para treinamento e motivação dos
grupos de negócio. Nele os distribuidores são reconhecidos nos níveis que alcançaram durante o período
anterior.

VOLUME – É a pontuação. Valor usado para calcular os bônus e comissões baseado no preço dos itens
vendidos.

Identifique e vença suas crenças limitantes


24 de junho de 2017
Todos nós seres humanos, temos qualidades e defeitos. E todos nós, ao longo da vida, adquirimos crenças
positivas que nos levam adiante e nos ajudam a vencer e crenças limitantes que nos impedem de seguir, de
agir e e que nos impedem de fazer algo que poderia dar resultados.

As crenças são muros involuntários criados em nossa mente.

E muitas pessoas ficam trocando de empresa, não porque as empresas não são boas, mas porque as crenças
limitantes delas, impedem a continuidade e o sucesso.

São boicotes mentais, adquiridos quando crianças com a educação que recebemos ou ao longo da vida.
O sucesso no MMN tem muito a ver com o fato de você desenvolver o negócio como profissional, dar foco
no negócio e identificar e superar as crenças limitantes que possui, pois elas são os maiores inimigos que
um empreendedor encontra em seu dia a dia e são os principais fatores que geram frustrações e desistências.
As crenças são representadas por todas as ideias que você viu, ouviu ou concluiu e acabaram se tornando
uma verdade absoluta para você.

Tudo o que os indivíduos fazem — a forma como eles pensam, sentem e agem — é resultado de suas
crenças, e é justamente por isso que muitas pessoas agem de formas diferentes em situações idênticas.
As crenças são como imãs: você crê em uma verdade e ela se torna real. Se você crê que a vida é difícil,
ela se torna difícil. Isso acontece porque você está conectado com essa verdade e a vida te trará situações
que sejam compatíveis com esta vibração.

Ou seja, você precisa se conectar com aquilo que realmente quer para sua vida.

Você enxerga o mundo, de acordo com as lentes que usa. As lentes são sus crenças.

CONHEÇA OS TIPOS DE CRENÇAS:

Crenças hereditárias
É representada por tudo aquilo que o indivíduo ouve dos pais e observa em seu sistema familiar. Frases
como “você não faz nada direito”, “você deixa tudo pela metade”, “você nunca vai conseguir ninguém”,
“tem que seguir o exemplo do seu irmão” e “você é burro” ficam registradas para toda a vida. O mesmo
vale para a vivência de situações que envolvem traição, brigas por dinheiro, excesso ou ausência de regras,
relação com a comida e injustiças.

Crenças sociais
São as crenças populares impostas pela mídia ou pela sociedade. Alguns exemplos comuns são: “o mundo
é perigoso”, “os ricos são mais felizes” e “você só será aceito se for magro”.

Crenças pessoais
São as crenças criadas a partir da experiência individual. Elas têm origem hereditária, mas se tornam
verdades pelas experiências. Se você foi mandado embora ou não passou no vestibular, pode desenvolver
a crença de que não é capaz. Se terminaram o namoro com você, pode acreditar que nunca ninguém vai
gostar de você.

Exemplos de crenças limitantes


• “Nunca vou conseguir dinheiro suficiente” ou “não tenho dinheiro para nada”;
• “Só é possível ganhar dinheiro fazendo coisas erradas”;
• “Não tenho tempo para nada”;
• “Não sou bom o suficiente”;
• “Não sei tudo o que preciso”;
• “Não consigo aprender isso”;
• “Nunca vou conseguir alcançar meus objetivos ou realizar meus sonhos”;
• “Tudo precisa ser perfeito”;
• “Não consigo me organizar”;
• “Eu não mereço sucesso ou coisas boas”;
• “Não sei como resolver esse problema”;
• “Eu não posso / não consigo / não sei fazer isso”;
• “Sou muito velho para isso”;
• “É melhor dar do que receber”;
• “Sem trabalho duro não se consegue nada”;
• “Os outros precisam mudar para minha vida melhorar”;
• “Estou destinado a essa vida e a ser desse jeito porque essa é a situação da minha família”;
• “O mundo está em crise, e por isso tudo está muito difícil para mim”;
• “Não tenho jeito para isso”;
• “Não é possível viver do que se ama”.

Para quebrar estas crenças faça uso das seguintes técnicas:


1. Coloque um elástico de borracha no pulso. Sempre que pensar negativo, estique ele e solte para se punir
por pensar ou agir motivado por sua crença limitante.
2. Faça seção de hipnose com algum profissional habilitado e qualificado.
3. Crie rotinas diárias. Ao acordar, diga palavras positivas. Profetize seu dia. Administre seus pensamentos
e ações.
4. Coloque imagens e palavras que deseja conquistar em locais que você frequentemente olha. Cerque-se
com estas imagens e palavras, que alimentem seu cerébro para reprogramá-lo.
5. Leia mais. Estude mais. Cerque-se de pessoas positivas e que sejam exemplos a serem seguidos.
6. Faça seções de Coach com profissionais gabaritados.
7. Acredite em você e trabalhe permanentemente para pensar e agir de forma positiva.

Que tipo de líder você é?

Liderança é a arte de comandar pessoas, atraindo seguidores e influenciando de forma positiva mentalidades
e comportamentos.

A liderança pode surgir de forma natural, quando uma pessoa se destaca no papel de líder, sem possuir
forçosamente um cargo de liderança. É um tipo de liderança informal. Quando um líder é eleito por uma
organização e passa a assumir um cargo de autoridade exercendo uma liderança formal.

Um líder é uma pessoa que dirige ou aglutina um grupo, podendo estar inserido no contexto de indústria,
no exército, etc. Existem vários tipos de líder, que mudam em função das características do grupo (unidade
de combate, equipe de trabalho, grupo de adolescentes).
O líder tem a função de unir os elementos do grupo, para que juntos possam alcançar os objetivos do grupo.
A liderança está relacionada com a motivação, porque um líder eficaz sabe como motivar os elementos do
seu grupo ou equipe.

Novas abordagens sobre o tema defendem que a liderança é um comportamento que pode ser exercitado e
aperfeiçoado. As habilidades de um líder envolvem carisma, paciência, respeito, disciplina e,
principalmente, a capacidade de influenciar os subordinados.

A palavra liderança tem origem no termo em inglês leader, que significa líder. Em inglês, liderança é
traduzida para leadership. Ex: He is a good boss because he has good leadership skills. (Ele é um bom chefe
porque tem boa capacidade de liderança).

Tipos de liderança
A condução de um grupo de pessoas, transformando-o numa equipe que gera resultados, é chamada de
liderança. É a habilidade de motivar e influenciar os liderados, de forma ética e positiva, para que
contribuam voluntariamente e com entusiasmo para alcançarem os objetivos da equipe e da organização.

Assim, o líder diferencia-se do chefe, que é aquela pessoa encarregada por uma tarefa ou atividade de uma
organização e que, para tal, comanda um grupo de pessoas, tendo autoridade de mandar e exigir obediência.
Para os gestores atuais, são necessárias não só as competências do chefe, mas principalmente as do líder.

Liderança autocrática:
Na Liderança autocrática o líder é focado apenas nas tarefas. Este tipo de liderança também é chamado de
liderança autoritária ou diretiva. O líder toma decisões individuais, desconsiderando a opinião dos
liderados.

O líder determina as providências e as técnicas para a execução das tarefas, de modo imprevisível para o
grupo. Além da tarefa que cada um deve executar, o líder determina ainda qual o seu companheiro de
trabalho.

O líder é dominador e pessoal nos elogios e nas críticas ao trabalho de cada membro.

Liderança democrática:
Chamada ainda de liderança participativa ou consultiva, este tipo de liderança é voltado para as pessoas e
há participação dos liderados no processo decisório.

Aqui as diretrizes são debatidas e decididas pelo grupo, estimulado e assistido pelo líder. O próprio grupo
esboça as providências para atingir o alvo solicitando aconselhamento técnico ao líder quando necessário,
passando este a sugerir duas ou mais alternativas para o grupo escolher.

As tarefas ganham novas perspectivas com o debate. A divisão das tarefas fica ao critério do próprio grupo
e cada membro pode escolher os seus próprios companheiros de trabalho. O líder procura ser um membro
normal do grupo. Ele é objetivo e limita-se aos fatos nas suas críticas e elogios.

Liderança liberal:
É a contração da expressão em língua francesa laissez faire, laissez aller, laissez passer, que significa
literalmente “deixai fazer, deixai ir, deixai passar”.

Neste tipo de liderança as pessoas tem mais liberdade na execução dos seus projetos, indicando
possivelmente uma equipe madura, auto dirigida e que não necessita de supervisão constante.

Por outro lado, a Liderança liberal também pode ser indício de uma liderança negligente e fraca, onde o
líder deixa passar falhas e erros sem corrigi-los.

Liderança paternalista:
O paternalismo é uma atrofia da Liderança, onde o Líder e sua equipe tem relações interpessoais similares
às de pai e filho.

A Liderança paternalista pode ser confortável para os liderados e evitar conflitos, mas não é o modelo
adequado num relacionamento profissional, pois numa relação paternal, o mais importante para o pai é o
filho, incondicionalmente.

Já em uma relação profissional, o equilíbrio deve preponderar e os resultados a serem alcançados pela
equipe são mais importantes do que um indivíduo.

Liderança por ideal:


A Liderança por Ideal é um estilo de conduzir equipes por meio das convicções e dos valores do líder sem
desmerecer os objetivos individuais dos liderados.

Na Liderança por Ideal, a cultura organizacional se sustenta na filosofia e nos modelos mentais do líder,
que gera um ambiente de participação e integração dentro do grupo.

O líder por ideal vai além de suas fronteiras organizacionais e cria um elo entre os colaboradores, os
clientes, a cadeia de suprimentos e o próprio líder.

Muitos exemplos deste estilo podem ser dados, tais como: Steve Jobs, Eiji Toyoda, Walt Disney e Sílvio
Santos. A Liderança por Ideal é um estilo identificado pelos professores brasileiros Evandro Prestes
Guerreiro e Roberto Araújo da Silva, tendo como base de método o Sistema LIDI (Sistema que caracteriza
e explica o conceito de líder por ideal).

Embora os estilos de liderança já tenham sido identificados anteriormente e designados com estes ou outros
nomes aqui ficam outros estilos de liderança associados à relação causal entre cada estilo e os efeitos sobre
o clima de trabalho e o desempenho:

Estilo visionário:

Canaliza as pessoas para visões e sonhos partilhados. Tem um efeito muito positivo sobre o clima de
trabalho. É apropriado para situações onde ocorra mudanças que exigem uma nova visão.

Estilo conselheiro: Relaciona os desejos das pessoas com os objetivos da organização. Ajuda um
empregado a ser mais eficiente, melhorando as suas capacidades de longo prazo.

Estilo relacional: Cria harmonia melhorando o relacionamento entre as pessoas. Ideal para resolver e sarar
conflitos num grupo; dar motivação em períodos difíceis; melhorar o relacionamento entre as pessoas.

Estilo pressionador:
Atinge objetivos difíceis e estimulantes. Tem um efeito por vezes negativo sobre o clima de trabalho pois
é frequentemente mal executado.

Estilo dirigista: Acalma os receios dando instruções claras em situações de emergência. É apropriado em
situações de crise; para desencadear uma reviravolta na situação; com subordinados difíceis.

O estilo de liderança é condicionado pelas reações e comportamentos humanos, mas é imprescindível que
seja situacional, flexível e adaptado para os resultados que se pretende. O principal objetivo pretendido
deve contar com as etapas do estilo autocrático, democrático e liberal, levando-se em conta o receptor, auto-
estima e afetividade (respeito ao liderar).

O estilo deve ser situacional visando ao aprimoramento contínuo de todo o ambiente de trabalho.

Aperfeiçoe seu estilo de liderar. Se reconheceu agora?


Uma super aula de Network. Amplie seus contatos.
11 de julho de 2017

Já que a família, os amigos e as pessoas mais próximas querem primeiro ver o seu resultado para depois
entrarem no negócio, que tal aprender técnicas para conhecer pessoas e recrutá–las para sua rede?!

Antes porém, é importante que você acredite em si mesmo; não tenha medo de iniciar uma conversa;
permita que sua popularidade e seu prestigio aumente junto com sua habilidade de conseguir as coisas.

Você se tornará um conversador mais interessante, um melhor orador e será uma pessoa mais entusiasmada.
Importante é você entender que fazer novos amigos, conhecer novas pessoas e convidá-las para o negócio,
deve ser uma atividade tão natural e rotineira quanto escovar os dentes, ir à rua, colocar gasolina no carro,
fazer sinal para um ônibus ou taxi, ou dar bom dia para quem quer que seja.

Justamente por isso, nada de criar expectativas ou ficar se cobrando se a abordagem vai dar certo ou não.
Muitas darão. Muitas não. Não existe bola de cristal que permita adivinhar quem entrará na sua rede e quem
necessita do negócio. Então: aja sempre de forma espontânea, sem demostrar muito interesse, como se a
pessoa fosse sua salvação e sua única chance.

QUEM PODEMOS ABORDAR


Porteiros são ótimos vendedores e duplicadores. eles conhecem todos os moradores do edifício ou
condomínio e as pessoas que trabalham nos prédios comerciais; Donos de Salão e Cabelereiros possuem
poder de duplicação; Se o cliente confia o cabelo, vai confiar na dica que ela de produtos; Estudantes:
precisam de fonte de renda extra. Possuem muitos amigos e com eles os pais dos amigos, os irmãos, etc.
Vendedores: Ir num shopping e fazer contato frio sempre dá retorno.

Os vendedores de lojas ganham um piso salarial e uma comissão baixa e os bons possuem intimidade com
clientes vips. Revendedoras de catálogos: Possuem clientes e sabem trabalhar vendendo por revista.
Precisam entender que o Multinível gera uma renda muito maior. Bancários: Se relacionam com pessoas
de outras agências e com clientes.

Funcionários públicos: Como os bancários se relacionam com pessoas de outras repartições e muitos lidam
com o público. Estranhos: Agora é que o contato frio começa.

Você não sabe o que a pessoa faz, mais ela pode ter um potencial que até ela mesma desconhece. As pessoas
não vão depositar confiança e você, se não perceberem que você é bom, está tendo resultados, está
conquistando bens, fazendo sucesso e tem um grande negócio nas mãos.

Ou seja, nada de abordar as pessoas quando não estiver bem vestido e bem apresentado, E nada de abordá-
las em locais que não inspiram confiança ou não transmitem credibilidade.
Entenda que as pessoas acreditam e depositam confiança e darão legitimidade a você, pela sua apresentação,
comunicação, persuasão e situação de vida. Se é assim, convidar uma pessoa para ganhar muito dinheiro,
quando você está dentro do mesmo vagão de trem dela ou do ônibus, não é recomendável, porque
subconscientemente, ela vai entender eu você está na mesma situação financeira ou de vida, que ela.

Outro ponto muito importante, é perceber e fazer uso da relação familiar e de amizade que as pessoas
possuem. Ou seja, as vezes, a pessoa que você está trabalhando e convidando não é a pessoa certa, mais
pode ser que ela conheça as pessoas certas. Aprenda a trabalhar a lista da lista. A indicação da indicação.

ABORDAGEM
Coloque um sorriso no rosto. Seja simpático. Transmita segurança. Não demonstre que está começando
uma conversa com algum objetivo. Se trocou contato, as vezes é até bom não convidar na hora. Convide
no dia seguinte ou quando encontrar ou falar novamente com ela. Mas se der, aproveite a oportunidade e
convide. Puxe papo. Inicie uma conversa. Se ela não quer falar, não force a barra. Não convém você ser
percebido e rotulado mensalmente como um chato.

Faça perguntas para as pessoas falarem. Dessa forma elas se sentem ouvidas e importantes. Ouça mais do
que fale. Em dado momento pergunte: você trabalha com que?

A crise atingiu sua empresa ou seu mercado? Você está satisfeito no seu trabalho? A pessoa pode dizer que
não está trabalhando. E você pergunta: mais você atua em que área? Posso te indicar para uma empresa, ou
um negócio que pode te gerar uma renda extra ou extraordinária. Tem interesse? Quanto você pretende
ganhar mensalmente? Independente do valor que ela falar. Demonstre convicção e afirme: você vai ganhar
isso ou mais.

DICAS QUE FARÃO TODA A DIFERENÇA


Saia do seu mundo. Convide pessoas, sem prejulgar. Convite todo mundo, todo dia, toda hora. Crie essa
rotina. Se a pessoa está desempregada, você pode ser um anjo que apareceu na vida dela para ajudar; Se
está ganhando pouco, diga que tem uma oportunidade que oferece grande potencial de ganhos e que muitas
pessoas, inclusive você, estão tendo grandes resultados; se ela reclama que o mercado tá ruim, fala que você
trabalha num segmento que não está em crise, muito pelo contrário está crescendo muito; se ela diz que
está estressada, diga que seu mercado não é nem um pouco estressante, ao contrário é muito prazeroso; se
ela não possui potencial de crescimento e ascensão no trabalho, diga que no segmento que atua, o
crescimento é inevitável; ou seja, coloque o dedo na feridas das pessoas e conduza o papo e o novo amigo,
para ajudá-lo a ter essa ferida curada.

• Não fale sobre si mesmo o tempo todo. Faça perguntas sobre a pessoa e demonstre interesse por seus
amigos e suas preferências.
• Você não precisa ser um popstar nem fazer palhaçadas para ser divertido. O que você precisa mesmo é
ser positivo e amigável, para que as pessoas se sintam bem e gostem de estar com você.
• Quando tiver dificuldades com um amigo, nunca fale coisas ruins sobre ele para outra pessoa, porque isso
só piora o problema.
• Amizades não dizem respeito ao que você obtém, mas ao que você pode oferecer.
• Evite apegar-se a uma só pessoa. Misture-se a diferentes grupos, porque se algum amigo se voltar contra
você, haverão outros a quem recorrer.
• Conheça os outros amigos dessa pessoa. Assim, você expandirá sua rede de amigos com interesses em
comum.
• Dê espaço ao seu amigo. Você não precisa vê-lo vinte e quatro horas por dia. Se você nunca sair de perto
de seu amigo, ele se sentirá desconfortável.
• Pergunte sobre a família dele. Pergunte se ele tem algum bicho de estimação e depois conte a ele quantos
você tem. Ele provavelmente perguntará quais animais você tem e o nome deles. Bichos de estimação são
um assunto fácil e interessante para manter a conversa fluindo sem aquele silêncio constrangedor. Da
mesma forma, encoraje seu migo a conhecer sua família para que existam mais chances de vocês manterem
o contato.
• Se existe alguém de quem você quer realmente ser amigo, experimente sentar perto dele, mas evite fazer
isso sempre ou você passará por estranho. Em vez disso, tente fazer amizade com outras pessoas, enquanto
se aproxima dele em outras ocasiões.
• Deixe a amizade desenvolver-se naturalmente. Não force nada, pois ninguém será seu amigo de verdade
se você não puder ser quem é na companhia deles.
• Tente fazer amizade com aquela pessoa que senta ao seu lado ou que parece ser bastante solitária. Sua
companhia pode ser muito útil para elas.
• É sempre importante aconselhar e lembrar seus amigos das coisas que eles devem evitar. Mas tente não
ser intrometido. Isto lhe ajudará a tornar-se uma influência positiva na vida deles e a expressar o quanto
aquele amigo é especial para você.
• Aceite que você nem sempre está certo, e as pessoas nem sempre estão erradas.
• Frequente Clubes ou organizações que tenham os mesmos interesses que você. Clube esportivo, de dança,
de xadrez, etc.
• Use a rede social com inteligência. Muitas portas se abrem e muitos amigos entrarão por ela.
• Seja voluntário. Fazer trabalho voluntário é outra forma de conhecer gente nova, e trabalhar por uma causa
em comum junto de outras pessoas, cria um forte vínculo.
• Tenha conversas informais. Sempre que possível, fale menos e escute mais durante conversas casuais.
• De maneira nenhuma pressione alguém a ser seu amigo. Nunca repreenda conhecidos por não te
convidarem para uma festa, por exemplo. Não chame alguém repetidas vezes nem apareça sem ser
convidado.
• Escolha seus amigos com sabedoria. Ao fazer amizades com mais pessoas, você pode descobrir que é
mais fácil entender-se com algumas do que com outras.
• No fim entregue seu cartão e pegue o contato dela. Use sua sensibilidade para saber a hora certa de
convidar para o negócio. Mas lembre-se, ela precisa ter o desejo de ver o seu negócio. Boa Sorte e Sucesso!

Você é resiliente? Saiba como lidar e superar


obstáculos
27 de julho de 2017

O termo RESILIÊNCIA pode parecer estranho para muitos por não fazer parte do nosso vocabulário do dia
a dia.

É um conceito psicológico emprestado da física, definido como a capacidade de o indivíduo lidar com
problemas, superar obstáculos ou resistir à pressão de condições adversas – choque, estresse, etc. – sem
entrar em surto psicológico.

É semelhante a uma matéria que exposta à situação de pressão é capaz de se recompor. Um bom exemplo
é o elástico, você pode esticar, mas depois ao soltar ele volta a ser o que era e pode ser esticado novamente.
Outro exemplo é a mola que depois de ser esticada volta ao seu estado normal.

Até pouco tempo atrás o quociente de inteligência – QI era considerado o indicador mais importante para
se ter sucesso profissional, logo depois surgiu o quociente emocional – QE, sobre a capacidade de se
relacionar e agora o quociente de adversidade – QA = Resiliência.
Criado pelo economista americano Paul Stoltz, é o mais importante de todos os quocientes e pode ter mais
valor do que a capacitação ou o talento para alcançar o sucesso. Ele entrevistou mais de 100 mil pessoas
com o objetivo de descobrir porque algumas obtinham sucesso na vida e outras não o conseguiam.

Transportando esse conceito ao nosso negócio de Marketing de Rede vemos que o seu sucesso ocorre na
mesma proporção do seu quociente de adversidades – QA que indica como você enfrenta os desafios, as
derrotas, as crises, etc. Temos que entender que apesar das adversidades, das lutas que sofremos ao longo
da vida, somos capazes de resistir, de vencer: resiliência é a invencibilidade.

As pessoas que tem um maior nível de QA não culpam os outros pelos problemas que surgem, assumem as
responsabilidades pelas suas decisões, não vêem as dificuldades como obstáculos e reconhecem que as
adversidades acontecem em decorrência das circunstâncias e não tem caráter pessoal.

Para chegar ao topo no seu negócio você precisa ser resiliente. Muitas pessoas com maior capacitação,
potencial financeiro e inteligência não chegam ao topo, desistem, mas muitos que trabalham até chegarem
lá são perseverantes, apesar dos inúmeros obstáculos na sua caminhada.

Você trabalhou vários anos em parceria com sua empresa de Marketing de Rede, fez centenas de reuniões,
motivou, liderou, chegou ao sucesso total e por circunstâncias do mercado, má administração ou má fé sua
empresa encerra as operações ou deixa o país e você, volta para o zero, vira pó.

Mas você é resiliente e então, reinicia seu negócio em parceria com outra empresa e o fato se repete mais
de uma vez , você não desiste, persevera e vence novamente com outra empresa.
Você fez o trabalho de pré-marketing de uma empresa durante um ano ou mais, investindo dinheiro e tempo
e a empresa não conseguiu entrar no mercado. Mais uma adversidade, mas você é persistente e parte para
outra parceria.

Você perde distribuidores e líderes do seu negócio para outras empresas, então patrocina novas pessoas,
cria novos líderes, seu QA é alto e você supera todos esses problemas. Seu negócio depende somente de
você.

Algumas pessoas da sua rede não aceitam sua liderança, mas você tem paciência, dá o exemplo, ele fala
mais alto do que as palavras e você e sua liderança se impõe ao grupo.

Se há discussões e mágoas entre pessoas da mesma rede ou crossline essas desavenças precisam ser
superadas imediatamente para um crescimento harmonioso. É preciso deixar a emoção de lado e seguir em
frente com a razão.

Sua empresa perde diversos produtos ou serviços devido a uma legislação restritiva, mas você continua
com os que restaram se compromete com a rede e a produção continua porque você é resiliente.

Os problemas e adversidades vão aparecer e todos nós podemos sofrer fracassos e insucessos. Isso faz parte
da vida. Não fomos culpados, mas podemos melhorar. Não pergunte POR QUÊ? Mas PARA QUE? Veja
o lado bom das derrotas. Talvez uma porta se feche, mas outra melhor se abre.

Temos que estar atentos às mudanças tecnológicas, à internet, à melhoria e globalização dos planos de
compensação, dos novos planos, novos produtos, etc. Estar de mente aberta às evoluções, aprender e aceitá-
las e não criticá-las.

“Quando sopram os ventos da mudança alguns constroem abrigos e se sentem seguros, outros constroem
moinhos e ficam ricos.” Claus Moller

Não importa os insucessos que você já tenha sofrido na sua jornada em direção ao topo, você nunca será
um perdedor se mantiver a sua atitude e disposição de aprender com o erro e tentar de novo. Mantenha vivo
o seu sonho. Tenha em mente que os frutos que você vai colher com o Marketing de Rede compensam em
muito as adversidades que pode ter. Pergunte a si mesmo: Qual é o meu QA – Quociente de Adversidade?
Eu sou resiliente?

Sucesso a todos e nos encontramos no topo.


Wanderley Lourenço
Economista, ex-empresário de consultoria econômica, ex-Diamante da Nature’s Sunshine, atualmente
empresário de Marketing de Rede.
www.wanderleylourenco.com.br
E-mail: wanderley_correia@hotmail.com

Você é LIVRE ou é um ESCRAVO moderno?


29 de julho de 2017

Todas as pessoas se sentem livres. Será que são?


No dicionário, “escravo” significa: “Indivíduo que está ou foi privado de sua liberdade, sendo submetido à
vontade de outrem, definido como propriedade. ”

No dicionário, “liberdade” significa: “O direito de agir segundo o seu livre arbítrio, de acordo com a própria
vontade, desde que não prejudique outra pessoa, é a sensação de estar livre e não depender de ninguém.”

Em 13 de maio de 1888, a Princesa Isabel assinou a lei áurea que libertou os escravos; em 1891, o presidente
da república, Marechal Deodoro da Fonseca, assinou um decreto que obrigava as fabricas a registrarem os
funcionários em um livro; em 1932, o presidente da república, Getúlio Vargas, criou a carteira de trabalho;
em 1º de maio de 1940, Getúlio Vargas assina o decreto de lei que instituía o salário mínimo.

Pela trajetória da história, parecia que as pessoas conquistariam a liberdade, no entanto, o sistema acabou
as escravizando novamente. Estas, que se tornaram ESCRAVOS MODERNOS, não perceberam a chegada
deste modelo de servidão, mas o fato é que ele chegou, decidindo tudo sobre suas vidas. Seus patrões
decidem quando irão sair de férias, qual o tipo de casa que irão morar, qual carro poderão comprar, qual a
escola que os filhos poderão estudar e que tipo de vida terão, tudo isso graças ao fato de dependem de um
salário fixo.

Baseando-se na história e no significado da palavra escravo, desde a escravidão, mudou pouca coisa.
Apenas substituíram o trabalho escravo por um emprego remunerado, aumentaram a jornada de trabalho
(além do trabalho diurno que eram exercidos pelos escravos, agora temos os trabalhos noturnos que são
exercidos pelos escravos modernos), os campos foram substituídos por fábricas e empresas, as senzalas
substituídas por moradia popular (com o acréscimo do aluguel), as torturas de açoites com chicotes
substituídos pelas torturas psicológicas do medo de perder o emprego e os grilhões substituídos pela carteira
de trabalho.

Isso quer dizer que, se essa for sua situação você é um ESCRAVO MODERNO.

Já quando falamos em LIBERDADE, entendemos que podemos fazer tudo que queremos, podemos
comprar a casa dos sonhos, um carro incrível, viajar para lugares paradisíacos, não se preocupar com
dívidas, colocar os filhos nas melhores escolas, poder acordar ou dormir a hora que desejamos…
Simplesmente podemos ter qualidade de vida e poder de escolhas.

Mas, para viver dessa forma, não dá para pensar em ter um emprego convencional com horário e salário
fixo estabelecido. Precisamos, sim, ter um trabalho que seja desenvolvido a qualquer hora, sem a
necessidade de horário fixo ou regras trabalhistas e que se ganhe de acordo com a nossa capacidade de
ação, determinação, esforço e competência. Quando procuramos algo assim, logo vem à cabeça ser dono
do próprio negócio, e aí vem as armadilhas: ser dono do próprio negócio significa que trocamos de lugar
com o empregado, não significa que teremos liberdade. Teremos que ser o chefe, pessoas dependerão de
nós; junto com isso, vem as responsabilidades trabalhistas e, novamente, a escravidão toma conta da nossa
vida.

Analisando o significado de liberdade e fazendo uma comparação entre emprego, trabalho e ser dono do
próprio negócio, encontramos a situação perfeita chamada de MARKETING MULTINÍVEL. Criado na
década de 1940 pelo americano Carl Rehnborg, o MARKETING MULTINÍVEL oferece a condição
perfeita de LIBERDADE. Neste caso, somos o dono do próprio negócio, sem a responsabilidade de ter uma
empresa, de ter um horário fixo de trabalho, sem a responsabilidade de ter empregados e, o melhor de tudo,
ganhando no sistema de ALAVANCAGEM, que unido a um método, cria o ambiente perfeito de
LIBERDADE e poder de escolhas.

Liberdade é poder de escolhas


Gildevan Ribeiro
Mentor The Rainmakers Academy.
Método SEM LIMITES

O melhor plano de carreira para sua vida


29 de julho de 2017

Até muitos anos atrás uma pessoa terminava seus estudos, conseguia um emprego e ficava nele a vida toda
executando um plano de carreira até conseguir sua frustrante aposentadoria, que é um resultado
insatisfatório depois de muitos anos de trabalho. Hoje é cada vez mais difíceis histórias como essa
mantendo-se na mesma empresa a vida toda.

Atualmente apenas cerca de 25% das pessoas estão na mesma empresa há mais de 5 anos. Isso acontece
porque as pessoas estão a cada dia buscando novos desafios, principalmente os mais jovens que fazem parte
da geração Y.

Estes querem mais velocidade e transformam cada novo emprego em um degrau na escada que querem
subir.

O que ocorre na atual conjuntura econômica brasileira é que com a instabilidade política e econômica os
investidores sentem insegurança e reduzem seus investimentos, as empresas produzem menos, aumenta o
desemprego, reduz-se dinheiro no mercado, as compras diminuem, vende-se menos, consequentemente
gera-se mais desemprego e o círculo vicioso leva à recessão econômica em que todos perdem.

Nesse contexto cada dia torna-se ainda mais difícil ter um plano de carreira no mercado tradicional e se
manter por muito tempo na mesma empresa, mesmo que esta seja poderosa como algumas multinacionais
que conhecemos e que estão no momento demitindo milhares de pessoas no país. Grandes grupos se fundem
ou compram empresas menores gerando desemprego.

Analisando-se o marketing de rede, é possível fazer um plano de carreira? A resposta tem muita semelhança
e vamos comparar.

Em primeiro lugar; onde você se encontra hoje, qual é a sua situação financeira? Onde você quer chegar,
quais são seus objetivos no médio e longo prazo? Chegar ao topo na sua empresa? Apenas conseguir uma
renda que lhe de um bom estilo de vida? Ficar rico? Quais são os passos, atitudes que você deve tomar para
atingir seus desejos, realizar seus sonhos?

No marketing de rede, a exemplo do marketing tradicional, também temos milhares de pessoas que trocam
constantemente de empresa, sempre mudando da sua atual para uma que diz ser bem melhor. Evidentemente
que não conseguem fazer um plano de carreira porque não conseguem levar sua rede, podem levar uma
parte, mas perdem credibilidade, foco e vão sempre esperar a próxima.

Por outro lado, a exemplo do mercado tradicional o índice de mortalidade de empresas de marketing de
rede está muito alto, muitos aproveitadores criam empresas que prometem muito e duram o tempo suficiente
para que eles e alguns líderes ganhem muito dinheiro, enquanto a grande maioria perde. Memorize os
últimos 5 anos a quantidade de empresas brasileiras e até mesmo estrangeiras que entraram no mercado e
quantas existem até hoje.

Cada dia surgem novas empresas de marketing de rede enchendo nossa caixa de e-mails de spams,
prometendo coisas maravilhosas e muitas vezes não se tem condições de saber nem quem são os donos,
principalmente as virtuais.

Mas fazer um plano de carreira de médio e longo prazo no marketing de rede é totalmente possível e bem
mais viável do que no mercado tradicional, pela simples razão de que você nunca será descredenciado de
sua empresa de MMN, a não ser que cometa um grave erro contra as normas da empresa.

Porém um plano de carreira no marketing de rede ascendente rumo ao crescimento deve ser feito em
parceria com uma empresa sólida, estruturada e que tenha uma visão de médio e longo prazo. Estamos
falando na construção de um plano de carreira que necessariamente deve ser de médio e longo prazo e não
em especulação, loteria, pirâmides, etc.

Deve-se encarar um plano de carreira em uma empresa de marketing de rede como uma aposentadoria
financeira conquistada com vitória, colhendo bons frutos, com uma renda crescente e um bom estilo de
vida, ao contrário do que se obtém com o INSS depois de 40 anos de contribuição. É claro que se sua meta
é ficar rico isso também é possível dependendo da sua escolha, mas prometer riqueza às pessoas é um
grande risco.

Apesar do marketing de rede ter pouco mais de 50 anos, temos exemplo no mundo de planos de carreira
feitos por famílias inteiras já atingindo a sua 3ª geração desenvolvendo o negócio dentro da mesma empresa,
como acontece com a família Dexter Yager na Amway passando de pai para filho, confirmando para os
céticos que o negócio é hereditável. Isso é impensável no mercado tradicional e mesmo os negócios
tradicionais familiares na maioria das vezes não tem possibilidade de concorrer com administrações
profissionais e caem diante da concorrência.

Um plano de carreira no marketing de rede te leva a uma aposentadoria prazerosa depois de alguns ou
muitos anos de trabalho e ainda sentimos motivação para continuar trabalhando de forma gratificante na 3ª
Idade. Quem não vê a hora de se aposentar é porque tem um estilo de vida pouco estimulante ou vibrante
ao contrário do marketing de rede que vão te ouvir até quando você sentir desejo de ajudar outras pessoas.
O palco sempre estará montado para você.

O nosso foco não é parar de trabalhar, mas continuar fazendo aquilo que gostamos, como viajar com a
família e os amigos do negócio, ter tempo livre, curtir a família, etc.
Mas para que você faça um plano de carreira no marketing de rede é imprescindível que a escolha da sua
empresa, do seu sócio seja bem-feita. Sua empresa parceira tem que contar com muitas características que
lhe deem sustentabilidade nas crises ou fora das crises. Para isso é importante que seus produtos não sejam
supérfluos, ou seja, que as pessoas necessitem deles tanto nos momentos de crise financeira como nos
momentos de grande crescimento. São Pessoas e produtos, produtos e pessoas e um plano de marketing
justo.

Sua empresa tem que ter um grande respaldo financeiro e uma excepcional administração para que seu
negócio permaneça sólido e seu plano de carreira seja executado conforme seu planejamento para atingir
os níveis que você pretende alcançar no médio e longo prazo.

É necessário que sua empresa de marketing de rede tenha também longevidade, saiba para onde ir, um
plano de crescimento no médio e longo prazo para que você caminhe com ela, ambos se fortalecendo.

Se sua empresa de marketing de rede for multinacional atuando em vários mercados simultaneamente,
maiores são suas chances de ter um negócio solido e um plano de carreira no futuro, porque eventuais
prejuízos que a empresa possa ter em alguns mercados compensam os de outros, mantendo-se a solidez
mundial e o compromisso com o seu negócio no seu pais.

Mas se sua empresa for nacional e com boa estrutura você também pode perfeitamente fazer um plano de
carreira atuando somente no país, que é o 4º maior mercado de marketing de rede do mundo com 200
milhões de pessoas. Temos alguns exemplos de empresas nacionais que estão crescendo de forma sólida,
porém a maioria tem administrações inconfiáveis e sem compromisso com a ética do marketing de rede.
É importante que esse plano de carreira seja para sua família, para suas futuras gerações e não apenas para
sua geração, esse é um dos melhores benefícios do marketing de rede.

Esses simples argumentos mostram que é muito mais viável desenvolver um plano de carreira em parceria
com uma empresa de marketing de rede do que sendo empregado de uma empresa no mercado tradicional.
Nosso produto são as pessoas e no nosso plano de carreira o que mais importa é o bom relacionamento com
as pessoas da sua rede, as amizades de médio e longo prazo, a constituição de uma nova e numerosa família
viajando pelo mundo.

Se sua empresa te dá essas condições com certeza você pode planejar e executar um plano de carreira para
a vida toda e deixar um grande legado para as suas futuras gerações.

Wanderley Lourenço
Economista mestrado pela USP e ex empresário de consultoria econômica e financeira
Ex Diamante da multinacional americana Nature´s Sunshine

A importância do caráter na Liderança


31 de julho de 2017

O termo CARÁTER vem da palavra grega CHRASSO, que significa imprimir ou gravar.
A nossa conduta moral e ética vai se definindo ao longo da nossa vida como uma gravura.

O caráter de uma pessoa é a soma das suas características refletidas pela sua conduta. É a integração das
virtudes e defeitos morais de alguém. São o comportamento de uma pessoa, suas atitudes, seu modo de
sentir, falar, pensar, reagir e decidir.

A maneira como o líder de marketing multinível trata o seu negócio, revela muito do seu caráter. Os
momentos de dificuldades e crises mostram o verdadeiro caráter do líder.

Ele pode escolher o caráter ou outro caminho, mas com certeza vai se tornar muito mais forte se optar pelo
caráter, mesmo que tenha alguma conseqüência indesejável. O desenvolvimento do caráter está no centro
do nosso crescimento não só como líderes, mas como seres humanos.

Muitos líderes dizem que são íntegros, mas suas ações falam mais alto, como por exemplo, a manipulações
de pontuação para se qualificarem em detrimento da qualificação de um downline , casos até de patrocínio
direto de convidados de seus patrocinados, etc. Nunca se pode separar o caráter de um líder das suas
atitudes.

As suas intenções não podem ser contraditórias com suas ações.

O caráter é uma escolha. Escolher a verdade ou sustentar uma mentira, ganhar dinheiro fácil ou pagar o
preço. Muitos líderes entram em negócios ditos de ganhos mirabolantes, de ganhos rápidos e fáceis, sabendo
que a empresa ou o negócio tem pouco tempo de vida, mas convidam seus amigos para o negócio.

São gananciosos e se beneficiam da ingenuidade de várias pessoas, tendo a certeza de que elas vão perder
dinheiro e não vão ganhar nada. O que interessa para eles é o quanto vão ganhar em pouco tempo.

Outros mudam de empresa e se transformam em PIRATAS DE DOWNLINE, pessoas inescrupulosas que


criticam sua ex-empresa, falando mal dos produtos, da liderança, do plano de marketing com a intenção de
levar distribuidores para sua nova empresa.

Fale bem da sua nova empresa, mas não fale mal da sua empresa anterior. Será que sua nova empresa não
tem atrativo suficiente no negócio?

Mas o pior ainda são elementos que dentro da sua própria empresa, aliciam pessoas de linhas cruzadas
prometendo apoio e oferecendo vantagens financeiras em dinheiro, kit de cadastros de graça para levar a
rede, convites grátis para seminários, transportes, estoques de produtos, etc…

Esses indivíduos estão literalmente roubando a linha ascendente que trabalhou e patrocinou essas pessoas
que eles conseguem aliciar. Eles escolhem pessoas de potencial e que normalmente estão em situação
financeira difícil, prometendo crescimento rápido no negócio, novos pins, etc..

São esses elementos de mau caráter que denigrem a imagem do marketing multinível.
Ainda temos que mencionar aqueles líderes que criam um sistema de treinamento com o objetivo de ganhar
muito dinheiro com convites caros pagos pela rede.

Somos a favor de eventos, seminários, treinamentos, etc., mas que se auto paguem, sem objetivos de auferir
altos lucros para alguns.

O caráter traz sucesso duradouro. A verdadeira liderança é procurada e seguida por outros lideres. Ninguém
vai seguir por muito tempo o líder sem ética, com falhas de caráter. Mas, muitas pessoas supervalorizam
dons ou habilidades e pouco se importam com o caráter.

Os dons e habilidades muitas vezes impressionam aqueles que estão à sua volta. São habilidades genéticas
como; inteligência, espírito de liderança, ou desenvolvidas por treinamentos, como oratória, conhecimento
profundo do negócio, etc.
É muito importante distinguir caráter de dom ou habilidade. Um fala do que uma pessoa é, enquanto o outro
se refere ao que ela faz.

Muitos líderes talentosos alcançam o topo e em seguida se desestruturam completamente. A explicação


para isso é o caráter.

Não estavam preparadas para o sucesso e se tornam arrogantes, querem tapete vermelho, ficam inacessíveis
à rede e o pior, começam aventuras de adultério com pessoas da própria rede.

Esse tipo de aventura destrói completamente o líder pela rejeição da sua rede. Como aceitar alguém nessas
condições no palco?

Nós profissionais de marketing multinível precisamos nos conscientizar que nosso negócio são pessoas, e
temos que estar preparados para liderar e criar novos líderes.

– “Liderar é ter a capacidade e vontade de mobilizar homens e mulheres para um objetivo comum e ter o
caráter que inspira confiança” Bernard Montgomery.

Suas palavras e ações são coerentes o tempo todo? Quando você promete apoio total ao seu candidato você
cumpre? Você faz as reuniões que promete para os seus downlines? Você está sempre disponível para tirar
duvidas? Sempre disposto a motivar sua rede?

Observe como tem sido seu compromisso com as pessoas. Você está preparado para o sucesso? Você é
duplicável na rede?

Analise suas respostas e comece a ajustar o seu caráter. Avalie seus pontos fracos e faça um plano para não
cometer os mesmos erros novamente.

Para obter o respeito que a liderança exige é necessária uma ética inquestionável.

“SEJA BEM MAIOR POR DENTRO DO QUE POR FORA.”


www.wanderleylourenco.com.br

Você pode se superar, vencer a timidez e


transformar sua vida
6 de agosto de 2017

Sua timidez está com os dias contados se você quiser.

Pra começar, entenda os motivos que influenciaram e criaram sua timidez. Depois avalie em que situação
você fica tímido. E em seguida, siga as dicas abaixo que sua timidez já era.

Você não é tímido? Compartilhe essa matéria com que é. Ajude os timidos de sua equipe a vencerem essa
crença e depois comemore a transformação que você gerou nessa pessoa e os resultados do sucesso dela.
Timidez é:
1. estado, condição ou característica de tímido; acanhamento excessivo.
2. qualidade de quem é fraco, frouxo.

A timidez ou o acanhamento pode ser definida como o desconforto e a inibição em situações de interação
pessoal que interferem na realização dos objetivos pessoais e profissionais de quem a sofre. Caracteriza-se
pela obsessiva preocupação com as atitudes, reações e pensamentos dos outros. A timidez aflora
geralmente, mas não exclusivamente, em situações de confronto com a autoridade, interação com algumas
pessoas: contato com estranhos e ao falar diante de grupos – e até mesmo em ambiente familiar. Também
conhecida como a inibição do discernimento social.

Pode comprometer de forma significativa a realização pessoal e constitui-se em fator de empobrecimento


da qualidade de vida. A timidez, por si mesma, não é considerada um transtorno mental.

Aliás, quando em grau moderado, todos os seres humanos são, em algum momento de suas vidas, afetados
pela timidez, que funciona como uma espécie de regulador social, inibidor dos excessos condenados pela
sociedade como um todo, ou microssociedades.

A timidez funciona ainda como um mecanismo de defesa que permite à pessoa avaliar situações novas
através de uma atitude de cautela e buscar a resposta adequada para a situação.

Existem três tipos de timidez:

Timidez situacional: a inibição se manifesta em ocasiões específicas, e portanto o prejuízo é localizado


(por exemplo: a pessoa interage bem com a autoridade e pessoas do sexo oposto, mas sente vergonha de
falar em público);

Timidez crônica: a inibição se manifesta em todas as formas de convívio social. A pessoa não consegue
fazer amigos e falar com estranhos, intimida-se diante da autoridade, tem medo de falar em público etc.

Timidez “proposital”: um termo que designa a misantropia. Neste caso a timidez vira um “Sociopatismo
enrustido”. Seria um radicalismo na timidez, `isolação social é pouco`. Um tímido legítimo tem vergonha
de si mesmo, um misantropo tem vergonha da sociedade e por isso não se socializa. Alguns misantropos
querem ser antissociáveis; então, tenha sempre paciência ao conhecer algum.

Philip Zimbardo, da Universidade de Stanford, refere-se ainda a outra espécie de tímido, aquele que não
teme o relacionamento social, simplesmente prefere estar só, sentindo-se mais confortável com suas ideias
e com seus objetos inanimados do que com outras pessoas. Esta seria a pessoa comumente chamada de
introvertida, que tem muitos pontos em comum com o tímido e se torna vulnerável a transtornos de
ansiedade.

Origem da timidez
Adultos tímidos foram crianças tímidas ou adolescentes tímidos. Já adolescentes tímidos não foram
necessariamente crianças tímidas. No entanto, ter um temperamento tímido na infância ou na adolescência
não torna inevitável que alguém seja tímido por toda a vida.

Infância
Algumas crianças nascem com pre-disposição a serem tímidas, assim como outras têm predisposição para
se tornarem hiperativas ou calmas. Mas, se uma criança com tal predisposição genética encontrar um
ambiente propício para a timidez se desenvolver, isso certamente ocorrerá.

Não há unanimidade entre os estudiosos sobre quais sejam as causas da timidez na infância, variando as
opiniões de acordo com a corrente doutrinária adotada por cada profissional.

O psicoterapeuta Ruy Miranda aponta que o papel dos pais é decisivo neste processo e a timidez certamente
desenvolverá se um ou ambos os pais: forem eles próprios tímidos – a percepção depreciada de si mesmo
é transferida para o filho; forem muito agressivos – o filho passa a perceber os outros como potencialmente
hostis; submeterem o filho a constantes críticas ou humilhações silenciosas ou públicas – a autoestima do
filho é comprometida; criem problemas familiares que causem vergonha – se o pai bebe ou leva uma vida
desregrada a criança ou o jovem pode carregar esta vergonha como parte de sua vida; o mesmo problema
ocorre com a separação dos pais; tiverem um comportamento frio – pais que não exprimem seus
sentimentos não ajudam os filhos a desenvolver a percepção de confiança em si próprios.

Em suma, a timidez deve ser vista como um traço do temperamento, com tudo o que ele implica, isto é,
algo estável presumivelmente herdado, que aparece cedo na vida de numa criança e que provavelmente
determina o posterior desenvolvimento da personalidade, da emotividade e da conduta social. Mas, apesar
do peso da hereditariedade, este traço do temperamento poderá ser atenuado ou reforçado pela conduta dos
pais e pelas experiências vividas pela criança na infância.

Adolescência
A timidez é mais comum na adolescência e, como vimos, independe de o adolescente ter sido tímido na
infância. O quadro na adolescência, principalmente nos primeiros anos, pode se mostrar sério, mesmo
quando na infância se apresentasse leve ou quase imperceptível.

O rápido crescimento por que passam os adolescentes pode fazer com que ele crie uma autoimagem
desfavorável de seu corpo, do todo ou de parte dele, mesmo que essa imagem distorcida não corresponda à
realidade. Numa fase da vida em que a aceitação pelo grupo é essencial, esta distorção do corpo gera no
jovem a insegurança de não ser bem visto pelos outros e favorece o reforço da timidez.

Este estado de insegurança se alterna, por vezes, com um estado de euforia, quando o jovem faz alguma
coisa para mudar a parte do corpo que lhe causa desconforto (por exemplo, mudando o corte de cabelo ou
fazendo regime para emagrecer). Este estado de euforia, no entanto, não costuma durar muito e logo, a
insegurança e a timidez se reinstalam.

Este quadro não costuma perdurar quando o jovem entra na idade adulta, por volta dos vinte anos. A
persistir, tem tudo para se transformar num quadro realmente grave de transtorno mental.

Causas Fisiológicas:
Estudos mais recentes apontam causas fisiológicas para a timidez. Pesquisas feitas nos Estados Unidos com
crianças de até dois meses de vida, submetidas a tomografia computadorizada do cérebro, mostram que
crianças tímidas apresentam mais atividade no lado direito do cérebro, enquanto crianças que não
apresentam este quadro tem o lado esquerdo mais ativo.

A amígdala e o hipocampo são outros órgãos cuja ação é afetada pela timidez. A amígdala, considerada “o
centro do medo”, parece estar conectada a situações estressantes, enquanto o hipocampo transmite os
sintomas da timidez (tremura, suor, tensão muscular) para o corpo.

A Escola de Medicina Harvard realizou pesquisa com pessoas de vinte anos, que não demonstravam mais
sinais da timidez sofrida na adolescência. Submeteu-as a tomografias computadorizadas enquanto lhes
mostravam fotos de pessoas desconhecidas: todas apresentaram hiperatividade na amígdala.

A abordagem biológica da timidez possibilitará que esta seja tratada no futuro com remédios criados
especificamente para atuar diretamente nesses sintomas físicos.

A timidez não é um transtorno mental. Mas a timidez crônica pode evoluir para uma patologia,
principalmente quando o adolescente não consegue superá-la ao entrar na vida adulta.

Fobia social
Tem-se aí a fobia social, quando a pessoa passa a evitar todas as situações sociais que não lhe são impostas
pela mais absoluta necessidade. Assim, compelida a garantir sua sobrevivência, a pessoa pode, com algum
sacrifício, trabalhar, mas evita outras situações que exijam exposição social, como comer em restaurantes,
falar em público ou usar banheiros públicos. Quando submetida a essas situações, suas reações físicas são
mais visíveis e intensas, obrigando às vezes a uma internação hospitalar. Além das sudoreses e tremores
comuns nos tímidos, o fóbico sofre de taquicardia, náuseas e desconforto abdominal.

O sofrimento de quem é acometido de fobia social é tão mais insuportável porque, no íntimo de seu ser, a
pessoa anseia por manter um “relacionamento social”, mas só não o faz porque uma intensa sensação de
ameaça impede que isso ocorra.

Síndrome do pânico
Mais grave que a fobia social é o transtorno ou síndrome do pânico. Ao contrário da fobia social, não
depende de nenhuma interação social ou mesmo da presença de outra pessoa para que se desencadeie o
processo patológico, em que o paciente apresenta sensação de desmaio ou de morte iminentes.

Os ataques de pânico ocorrem aleatoriamente e o portador da síndrome pode passar longos períodos sem
senti-los, tanto que as primeiras manifestações são interpretadas como sendo apenas sinais de uma exaustão
física ou uma decorrência do stress.

20 DICAS PARA SUPERAR A TIMIDEZ


Cansado de ser tímido? Não faltam motivos para isso, afinal pessoas tímidas deixam de aproveitar o que
vida tem de melhor: conhecer gente nova, dançar na frente de desconhecidos, ficar, beijar e namorar. Se
isso já não fosse o bastante os tímidos também tem maior dificuldade em conseguir emprego (por conta das
entrevistas e seleções), na vida acadêmica e outros inúmeros outros problemas. Mas não se desespere a
timidez tem jeito, nesse artigo irei passar 20 dicas que podem dar fim ao seu mal.

1. O mundo não é seu inimigo

Geralmente o tímido pensa que as outras pessoas vão a qualquer momento criticá-los ou rir da sua cara. É
claro que existe quem faça esse tipo de coisa, mas eles são minoria no mundo (ainda bem). Essa é uma
classe distinta de gente que chamamos de “babacas”, não se importe com a opinião deles porque ninguém
se importa. A maior parte da população é bem mais compreensível e não vai se incomodar com os seus
deslizes.

O principal motivo pelo qual as pessoas não se incomodam com as suas possíveis falhas advém do fato de
elas estarem muito mais preocupadas com as próprias falhas. Assim como você elas desejam atenção e
aceitação e também possuem medo de falar algo errado e que os outros não gostem delas.

Então pare de pensar que as outras pessoas estão te julgando, pois elas não estão! Na verdade elas estão
mais preocupadas com suas próprias vidas.

2. Não se cobre tanto

Tímidos em geral se cobram demais, eles acham que precisam fazer tudo sempre certinho e que não podem
falhar. Não leve as coisas tão a sério, errar é humano e se você for humano vai errar também. Por isso
gaguejar, engasgar ou der branco quando for falar alguma coisa entenda que ninguém irá deixar de gostar
de você por causa disso. Mesmo dizer alguma bobagem não é ruim, desde que não ofenda a ninguém.

3. Não supervalorize os outros

É muito comum que os tímidos vejam algumas pessoas como sendo perfeitas ou superiores: “a menina mais
bonita da escola” ou “o cara mais popular”. Quando se faz isso a comparação se torna inevitável, e então
surge ideia de que nunca será como aquela pessoa e por isso ninguém vai gostar de você. Pensando assim
é como se ter a ideias do tipo “se eu fosse daquele jeito todos iriam me adorar”. Isso não é verdade, tenha
certeza de que muitas pessoas apreciam o seu jeito de ser.

4. Aceite! Você não pode agradar a todo mundo

Naturalmente há alguns lugares em que você não vai se enturmar muito bem, existem pessoas com as quais
não irá conseguir falar por muito tempo e grupos em que terá dificuldade de se entrosar. Isso acontece com
qualquer um, por essa razão temos uma quantidade limitada de amigos, afinal não dá para ter afinidade com
todo mundo. Por isso não se incomode se acreditar que algumas pessoas não vão muito com a sua cara, as
coisas são assim. Se aproxime de pessoas que gostem das mesmas coisas que você, as conversas irão fluir
mais espontaneamente e a amizade ou algo mais será mais fácil.

5. Pegue leve com seus defeitos

Não supervalorize os seus defeitos e evite usá-los como desculpa para sua timidez, não importa que você
seja gordo ou muito magro, baixinho ou muito alto, se usa óculos ou qualquer coisa da qual tenha vergonha.
Existe uma multidão de pessoas com o mesmo problema que você, no entanto tais pessoas estão namorando
(ou casadas) e possuem muitos amigos, trabalho, etc. Então seu “defeito” não é razão para você se esconder.

6. Pare de olhar tanto para si mesmo

Introversão quer dizer olhar para dentro de si. Os tímidos passam tanto tempo fazendo isso que as palavras
timidez e introversão são usadas como sinônimo. Na verdade esse é um ótimo hábito, porém se fizer isso o
tempo todo vai ter grande dificuldade em entender o outro, e quando não se entende o outro não se sabe o
que fazer para ser agradável.

Outro problema do excesso de introversão é que ele faz com que veja as próprias sensações de maneira
exagerada. Por exemplo, é natural sentirmos vergonha ao perguntar algo a um desconhecido. Do mesmo
modo o coração de todo mundo dispara quando se tenta aproximar de alguém em que se está interessado.
O introvertido, porém acha que só ele sente vergonha e acredita que a dele é a pior coisa do mundo.

7. Não se ofenda tanto

A verdade é que a maioria dos tímidos e se ofende muito facilmente, aquilo que para outra pessoa poderia
ser considerado brincadeira ou uma crítica construtiva, o tímido pode tomar como uma ofensa terrível. Sei
que isso se deve a problemas de autoestima, e até já falei sobre isso na série Melhore sua autoestima, mesmo
assim você pode se controlar e evitar se ofender com qualquer coisa.

Aprenda rir de si mesmo, muitos comediantes famosos eram adolescentes e crianças tímidas, mas eles
aprenderam a driblar a timidez através do humor. Quando você aprende rir dos seus problemas, defeitos e
dificuldades sua vida se torna menos sofrida e as outras pessoas passam a ter mais vontade de se aproximar
de ti e te ajudar.

8. Não seja arrogante

Uma postura que muitos tímidos tomam é de quererem mostrar que são superiores as outras pessoas e por
isso não se misturam. Então eles viram aquele tipinho que não gosta de nada o que é popular: musica da
moda, balada que todo mundo vai, etc. Essa atitude é só uma forma de esconder que se tem medo de se
aproximar dos outros, além te tornar um chato (ou hipster se preferir) te impede conhecer muita gente legal.
Não estou dizendo para se tornar capacho de ninguém, mas humildade é sempre bom.

9. Não seja derrotista

Você possui aquele hábito de ficar imaginando que algo ruim vai acontecer?

• Vou gaguejar na frente dela (e)


• Vai me dar um branco na frente da sala
• Vou falar alguma besteira

É claro que algumas coisas podem dar errado, mas o mesmo acontece em outras situações (não sociais) e
você consegue resolver não é mesmo? Você tem a capacidade de solucionar problemas caso eles surgirem,
então não se deixe levar pelo espírito do tudo vai dar errado. Se ficar acreditando que o pior pode acontecer,
então vai desistir antes de tentar, ou seja, não vai tentar conversar com as pessoas, falar em público ou
conquistar quem você gosta, resumindo vai continuar sendo tímido.

10. Seja otimista

Quando você acredita que alguma coisa vai dar certo passa tentar como mais vontade e isso aumenta a
possibilidade do que você vai fazer realmente dar certo. Além disso, o otimismo afasta os pensamentos
derrotistas que como vimos é o que te torna refém da timidez. Comece a pensar que as coisas que você quer
fazer vão dar certo e verá como a sua vida vai mudar para melhor.

Quando decidir que vai tentar conversar com aquela pessoa que você está interessado comece imaginar que
tudo vai dar certo, faça o mesmo quando tentar se enturmar em grupo ou algo do tipo.

11. Aceite elogios

Pessoas tímidas tendem a não acreditar nos elogios que os outros lhe fazem. Quando alguém lhe faz um
elogio é por que ela acredita no que está dizendo, por exemplo, um amigo (a) diz que você é bonita (o),
você pode não ser bonita (o) para os seus próprios padrões, mas para os padrões daquela pessoa você é.
Todas as qualidades são relativas e dependem dos olhos de quem vê. Além disso, um elogio é um presente
e rejeitá-lo é uma tremenda falta de educação. A medida que você começa a aceitar os elogios que te fazem
você passa acreditar em suas qualidades e isso é um passo enorme em direção a vencer a timidez.

12. Arrume a postura

Não sei você, mas no meu caso, assim como tantas outras pessoas que eu conheço, os pais viviam pedindo
para “andar direito”: “arruma essa coluna menino!!” “não fique olhando para baixo o tempo todo!”. Na
época eu acreditava que isso era apenas implicância, porém hoje eu sei que a postura corporal influencia os
nossos pensamentos e sentimentos. Se você assume uma postura corporal de quem está isolado e derrotado
(corpo curvado olhando para baixo) não só vai passar a se enxergar como alguém assim (derrotado e
isolado) quanto irá impedir que as pessoas se aproximarem de você. Isso mesmo ao ver uma pessoa com
postura assim e com cara de poucos amigos os outros evitam contato. Então pelo bem de sua saúde corporal
e emocional corrija a postura.

13. Aprenda a lidar com a ansiedade

Você já deve ter sentido falta de ar, coração acelerado e dor de estômago assim que tentou conversar com
alguém ou falar em público. Apesar de essa sensação parecer a pior coisa do mundo ela nada mais é do que
uma pequena crise de ansiedade. Essa ansiedade é gerada exatamente pelo fato de você estar fazendo algo
que tem medo, tão logo perca o medo dessas coisas vai parar de sentir essas sensações. Uma dieta
balanceada e exercícios regulares ajudam a controlar esse problema em casos mais leves, já os casos mais
sérios necessitam da intervenção de um médico ou de psicólogo. Técnicas ou exercícios de relaxamento
ajudam a aliviar as crises imediatas.

14. Melhore a sua autoimagem

Em grande parte a sua timidez se deve ao fato de você não gostar muito de si mesmo. Você pode se achar
feio (a) esquisito (a) burro (a) ou qualquer outra coisa que desagrade às pessoas. Enquanto você se enxergar
assim dificilmente vai deixar de ser tímido. A solução é mudar a ideia que você faz ao seu próprio respeito:

• Mude sua forma de se vestir


• Mude o corte de cabelo
• Use aparelho ortodôntico
• Vá a um (a) fonoaudiólogo
• Leia mais
Não sei o que te incomoda, mas no tempo atual praticamente tudo tem solução, basta você querer, claro
que dinheiro também é necessário, mas a experiência me diz que se você deseja muito alguma coisa você
dá um jeito.

15. Acredite em você

Quando se possui autoconfiança a timidez se torna impossível! A pessoa tímida sempre pensa que não é
capaz de aquentar os desafios que virão. O medo está sempre ao lado do tímido. Já quem possui
autoconfiança está sempre seguro de si e não tem medo do que o futuro tem para oferecer. Não fique
aprisionado pelo medo, tente fazer o que quer, se der errado não será o fim do mundo e isso é muito melhor
do que viver sem tentar.

16. Procure ajuda adequada

Às vezes não dá para você sozinho curar a timidez (a), nesses casos o ideal é procurar ajuda. Existem muitos
cursos que ensinam a vencer a timidez, aulas de teatro também são úteis, pois nelas se aprende formas de
se expressar e se comunicar. Há ainda psicoterapias específicas para tratar a timidez e a dificuldade em se
relacionar com outras pessoas. Em alguns casos a timidez se torna fobia social e então é necessário o
acompanhamento com psiquiatras e psicólogos.

17. Você não está só

Uma das coisas que intensifica a timidez e a torna menos suportável é imaginar que apenas você é tímido
e todas as outras pessoas no mundo são extrovertidas. Ledo engano, a verdade é que todo mundo é tímido
em determinadas situações e muitas outras pessoas são tímidas o tempo, não é toa que criei esse blog, afinal
eu fui tímido durante muito tempo da minha vida. E se eu tantas outras pessoas conseguiram vencer a
timidez você também consegue
.
18 Encare seu medo

Você não vai deixar de ser tímido somente lendo livros de como vencer a timidez ou sites com essa mesma
temática, é necessário por todas as teorias em prática. Tente realmente fazer contato com as pessoas, seja
para começar uma amizade, namoro ou por qualquer outro motivo.

Se por algum motivo não der certo, continue tentando, essa é a única forma de deixar de ser tímido. Se você
fugir das pessoas e das situações que te causam timidez viverá fugindo para sempre. A única pessoa que
vence é aquela que não desiste.

19. Saia do seu mundinho

Você não vai deixar de ser tímido (a) se continuar fechado na sua casa ou nos locais que confia e já conhece
todo mundo. Se quiser se livrar desse problema vai ter que sair e se expor, quanto mais situações sociais
você conhecer e encarar, menos ficará intimidado com elas. Outro ponto é que quanto mais pessoas te virem
maiores são as chances de que alguém se interesse por você de alguma forma e tente entrar em contato. Por
isso vá ao shopping, saia da sala na hora do intervalo, vá a uma danceteria etc….

20 Faça contato com as pessoas

Essa é a parte que faz os tímidos tremerem na base e a maioria das pessoas se diz tímida exatamente por ter
dificuldade em fazer contato ou manter dialogo com alguém. Porém é importante que você inicie alguma
forma de contato com as outras pessoas, não precisa se tornar o rei do camarote, mas dizer bom dia e como
vai você abre muitas portas. Fale com o máximo de pessoas possível, comece com gente que não te deixe
intimidado sejam desconhecidos ou pessoas pouco conhecidas faça contato.

Aprenda a fazer uso dos Gatilhos Mentais


15 de agosto de 2017

Você sabe o que são e para que servem os gatilhos mentais?


Imagine que você esteja com um problema e possui duas alternativas para resolvê-lo e, aparentemente, está
em dúvida sobre qual decisão tomar.

Faça algo simples: jogue uma moeda para o alto.

Não que a moeda vá decidir por você, mas nos instantes que ela estiver no ar, você vai saber para o que
está torcendo.

E sabe por que isso acontece?

Porque todas as nossas decisões são tomadas, primeiro, no inconsciente, e só depois vêm à consciência,
normalmente acompanhadas de uma justificativa racional.

Um estudo realizado pela Associação Americana para o Avanço da Ciência (AAAS) mostrou que o ato de
escolher pode ser dividido em três partes:

Seu cérebro decide o que você vai fazer;

Essa decisão aparece na sua consciência, o que transmite a sensação de que você está tomando a decisão
de forma racional;

Você age de acordo com a decisão tomada.

Pode parecer estranho, mas na realidade existe um número enorme de decisões que nosso cérebro toma e
executa sem informar à nossa consciência.

Quando decidimos caminhar, por exemplo, a decisão é consciente, mas logo em seguida o cérebro assume
o controle e coordena a ação de dezenas de músculos nas pernas e braços, garantindo que demos um passo,
e depois outro e assim sucessivamente.

Algumas decisões do nosso dia a dia são simples e demandam pouca energia do nosso cérebro. No entanto,
outras, como comprar um imóvel, são mais complexas e exigem mais esforço mental.

Mas, imagine se, para toda decisão complexa, seu cérebro tivesse que analisar minuciosamente cada aspecto
da situação. O cansaço mental seria uma constante em nossas vidas.

Porém, nosso sistema nervoso possui um mecanismo de filtragem para validar as nossas escolhas. E é aí
que entram os gatilhos mentais.
Eles são diretrizes que o nosso cérebro adota para não precisar fazer todo um trabalho de reflexão a cada
tomada de decisão.

Isso quer dizer que, ao aplicar os gatilhos mentais de forma correta, você é capaz de engajar as pessoas,
motivando-as a agir.

CONHEÇA 9 GATILHOS MENTAIS QUE O AJUDARÃO A TER MELHORES RESULTADOS


EM SEU DIA A DIA:
Gatilho Mental #1 – Escassez
Gatilho Mental #2 – Urgência
Gatilho Mental #3 – Autoridade
Gatilho Mental #4 – Reciprocidade
Gatilho Mental #5 – Prova Social
Gatilho Mental #6 – Porque
Gatilho Mental #7 – Antecipação
Gatilho Mental #8 – Novidade
Gatilho Mental #9 – Relação Dor x Prazer

Mas atenção! Esses atalhos mentais são extremamente poderosos e devem ser usados com ética.
Além disso, se você não entrega ao público aquilo que promete, seu negócio está fadado ao fracasso.
Lembre-se: “O cliente só não é Deus porque não sabe perdoar”.

Seu Cérebro em Ação: Rápido ou Devagar? Duas Formas de Pensar


Responda rápido:

1. Quantos animais de cada espécie Moisés colocou na arca?


E sobre esse enigma?
2. Se um bastão de beisebol + uma bola de beisebol custam juntos R$ 1.10 e o bastão custou R$ 1,00 a mais
do que a bola… Qual é o preço da bola de beisebol?
Você respondeu dois na primeira pergunta e R$ 0,10 na segunda?
Esse é o seu cérebro buscando decisões rápidas, chamadas de fast thinking, ou pensamento rápido.
Ele busca atalhos para encontrar uma solução o mais depressa possível para o que você precisa.
Agora… você saberia me dar rapidamente a resposta para essa pergunta?
3. Quanto é 19 x 26?
Humm, claro que sei, a resposta é… (peraí! deixa só eu pegar a calculadora…)
Exato! Você é capaz de acertar essa multiplicação rapidamente se realmente quisesse, mas seu cérebro
entrou no modo slow thinking, ou pensamento lento.
Esse é o seu cérebro reconhecendo uma dificuldade maior na tomada de decisão e precisando de mais tempo
para processar a resposta.
Ao invés de atalhos rápidos, ele procura mais lógica para embasar a conclusão.
Fascinante, não é mesmo?
Sabendo dessa diferença entre os dois modos de pensar, vamos conhecer vários gatilhos mentais nesse
artigo para que
você ative o pensamento rápido de outra pessoa.
Afinal, se você desejar persuadir, influenciar ou vender um produto ou ideia, você precisa ativar essa zona
de pensamento rápido.
Ah, as respostas para as 3 perguntas que fiz acima:
Nenhum. Não foi Moisés, mas sim Noé quem colocou animais na arca.
R$ 0,05. Se o bastão custa R$ 1,00 a mais e o preço dos dois juntos é de R$ 1,10, o bastão custa R$ 1,05 e
a bola R$ 0,05. Se fosse R$ 0,10, o bastão custaria R$ 1,10, somando R$ 1,20.
494. Mas eu não calculei de cabeça. rs
E a referência para esses estudos estão no livro Thinking, Fast and Slow e no vídeo abaixo “Brain Tricks –
This is How Your Brain Works“.
Gatilho Mental #1 – Escassez: “Tive que perder para dar valor”
É comum ouvirmos alguém dizer que “precisou perder para dar valor”, especialmente no que diz respeito
a relacionamentos afetivos.
Acredite, a mesma lógica funciona para os negócios. As pessoas costumam dar mais valor àquilo que é
escasso.
Isto porque o inconsciente coletivo costuma associar que, quanto mais difícil for conseguir determinado
objeto de desejo, mais raro e valioso ele é.
Além disso, estudos realizados por Daniel Kanheman (o mesmo do livro citado acima) e Amos Tversky,
comprovaram que o sentimento de perda é muito mais forte do que o sentimento de ganho, sendo 1,5x –
2,5x maior.
E é fácil entender isso…
Você prefere ganhar um desconto de R$ 5,00 ou evitar um pagamento adicional de R$ 5,00?
Se você é como a maioria das pessoas, você prefere evitar um pagamento adicional de R$ 5,00…
Mas receber um desconto de R$ 5,00 não traria o mesmo resultado?
Sim!
Embora em ambas situações você economizasse R$ 5,00, na primeira você tem uma sensação positiva
(ganhar um desconto), enquanto na segunda uma sensação negativa (evitar pagamento adicional).
As palavras são poderosas. E quando usadas para reforçar um gatilho mental, elas se tornam extremamente
persuasivas.
Caso de Sucesso:
“Apenas um restante em estoque…”
A mente do consumidor automaticamente entra no estado “não posso perder”.
O gatilho da escassez é utilizado direto por sites de vendas, como a gigante Amazon.
Ao invés de tratar o baixo estoque de produtos como algo negativo, as empresas perceberam que colocar
as pequenas quantidades restantes de um produto aumentaram as vendas.
Esse é um gatilho muito poderoso quando utilizado com integridade.
Como usar o gatilho mental da Escassez no seu negócio:
O gatilho da escassez é um dos mais poderosos. Quando o cliente não está totalmente seguro sobre comprar
o seu produto, a possibilidade de não podê-lo mais adquirir o fará agir.
A partir do momento que você manda um email anunciando que é a última oferta, ou quando divulga um
curso com “vagas limitadas”, o seu público tende a tomar uma decisão rapidamente e de forma automática.
Isso acontece porque ele será movido pelo medo inconsciente de perder aquela oportunidade que talvez
nunca mais se repita.
Use essa estratégia não só em títulos, mas também oferecendo conteúdo exclusivo a um número restrito de
pessoas.
Exemplo: oferecer um bônus apenas para os 20 primeiros que comprarem/ligarem.
Mas não se esqueça de estabelecer uma escassez real. Se o público perceber que você sempre usa este
artifício apenas para chamar atenção, o efeito pode ser justamente o oposto.
Não passe a impressão de que as pessoas sempre têm que fazer as coisas quando você quer, apenas torne a
decisão mais clara para elas.

Gatilho Mental #2 – Urgência: É agora ou nunca!


O gatilho mental da Urgência é muito parecido com o da Escassez, mas está ligado ao fator tempo, pois o
produto ou serviço têm um prazo limite para serem adquiridos.
É um gatilho muito efetivo porque uma das piores sensações para o ser humano é a impossibilidade de
escolher. Depois que o prazo acabar, a única escolha da pessoa será ficar sem aquele produto ou serviço.
Como odiamos nos sentir impotentes, agimos o mais rápido possível. Afinal, adquirir um produto e se
arrepender é menos pior que viver com a dúvida sobre a diferença que aquilo faria na sua vida.
Caso de Sucesso:
O site de ofertas coletivas Groupon disponibiliza uma oferta aos visitantes com tempo definido.
O relógio está correndo e o cliente só pode aproveitar a oferta até um determinado e preciso horário.
Ver a mudança dos números no horário, principalmente nos últimos minutos, faz com que a sensação de
perder uma oportunidade seja iminente, causando ansiedade ao visitante.
Baseando-se no gatilho de urgência, sites de ofertas coletivas e leilões ganharam uma grande força na
internet.
Perceba também na imagem acima como eles utilizam outro gatilho mental logo abaixo do contador: “8842
omprados”.
Você sabe qual é?
Falaremos dele adiante nesse artigo.
Como usar o gatilho mental da Urgência no seu negócio:
A procrastinação é um dos maiores vilões para qualquer tipo de negócio.
Os clientes adiam a decisão de compra e acabam desistindo dela. Mas ao usar esse gatilho, você ativará um
comportamento impulsivo no seu cliente.
Isto porque quando algo demanda urgência, não pensamos muito, apenas agimos no ato inconsciente de
nos resguardarmos de um perigo iminente. (no caso, o fato de nunca mais conseguir adquirir determinado
produto)
Para ativar esse gatilho, você pode usar palavras e expressões que demandem uma resposta comportamental
instantânea, como: “Só até hoje”, “Sua última chance”, “Hoje é o último dia”, “Imediato” e “Agora”.
Assim como na Escassez, use apenas quando o que você tem a oferecer realmente for urgente e finito. E o
mais importante: sempre explique o porquê de ter um prazo limitado.
Quanto mais o motivo for verdadeiro e incontestável, mais esse gatilho mental será eficiente. De
preferência, use-o associado a outros gatilhos, como o da reciprocidade.

Gatilho Mental #3 – Autoridade: Manda quem pode, obedece quem tem juízo
Este é um gatilho bem peculiar, pois ao mesmo tempo que é muito eficaz, também pode ser nocivo se usado
para o mal.
Houve um grande experimento realizado por Stanley Milgrim na década de 1960 (link da Wikipedia), no
qual as pessoas estavam dispostas a castigarem outros participantes movidas pelas ordens de uma
autoridade (um professor).
Toda vez que um dos participantes (um ator) errasse uma pergunta, o outro integrante do estudo (pessoa
comum) deveria dar-lhe um choque. Os choques eram de mentira, mas o ator fingia estar sentindo cada vez
mais dor, chorando e gritando.
Mesmo sentindo-se desconfortáveis com a situação, os participantes convidados cumpriam o que era
mandado porque o ser humano tende a obedecer a quem ele julga como superior, por uma questão de
respeito.
Então, se você quiser que as pessoas confiem em você e no seu trabalho, precisa posicionar-se como uma
autoridade no nicho em que atua.
Caso de Sucesso:
“Quem usa Tigre é autoridade no assunto”.
Essa tagline tem como objetivo mostrar às pessoas que a marca em questão é a melhor escolha se tratando
de tubos e conexões.
Quem sabe disso, é tratado como autoridade, é respeitado e levado a sério. Ao contrário, quem não entende
sobre tubos e conexões e acredita que são todos iguais, simplesmente não é respeitado.
E assim acontece em qualquer negócio ou até situações comuns do dia a dia.
Se você vai a um hospital para visitar um familiar e um homem de calça jeans e camiseta fala com você, é
diferente de quando uma pessoa com jaleco branco dá uma informação.
O simples fato de a pessoa estar vestida com um acessório característico da área médica já dá a ela a
autoridade de falar como tal.
Enfim, transmita a ideia de que você é uma autoridade em seu nicho. E mais importante que isso: seja uma
autoridade! Castelos construídos sobre areia não duram muito tempo. (tweet essa frase)
Como usar o gatilho mental da Autoridade no seu negócio:
Para usar este gatilho em seu negócio, é preciso mostrar que você entende bem sobre aquilo que se propôs
a escrever ou explicar e posteriormente vender.
Sendo assim, antes de oferecer qualquer produto pago ao seu público, ceda materiais úteis e gratuitos.
Mostre às pessoas que você tem experiência no assunto, adquira a confiança delas e a autoridade será uma
consequência, juntamente com a reciprocidade (gatilho que veremos adiante).
Se você já palestrou em algum evento, considere usar uma imagem sua dando essa palestra.
É incrível o poder que uma foto de uma pessoa segurando um microfone tem.
Inclusive, a página sobre do Viver de Blog possui uma imagem que reune algumas das palestras que já
ministrei pelo Brasil.
Além disso, peça que especialistas do seu nicho gravem depoimentos sobre você e sobre suas habilidades.
Para tanto, por mais que você queira se posicionar como autoridade, sempre tenha humildade e respeito
pelo trabalho de outras pessoas.
Cite as referências que você usa em seu trabalho, indique alguém capacitado quando você não dominar
determinado assunto. Dessa forma, você construirá uma rede sincera de contatos qualificados.
Ou seja, conquistar autoridade não é tarefa fácil, mas através de um trabalho consistente e bem feito, ser
visto como especialista é algo natural.
Dica: Se você já conquistou sua autoridade, não a jogue no lixo promovendo profissionais ou produtos os
quais não confia plenamente. É a sua credibilidade que está em jogo. Fique atento a isso principalmente se
você deseja trabalhar na internet. A confiança da sua audiência é seu bem mais precioso.
Confiança demora-se muito tempo para adquirir, mas pode acabar com apenas uma experiência negativa.
E, não tenha dúvida, recuperar a confiança de alguém é muito mais difícil que adquiri-la pela primeira vez.

Gatilho Mental #4 – Reciprocidade: Gentileza gera gentileza


O gatilho da reciprocidade é um dos mais importantes e é também a base do inbound marketing.
Isso porque temos uma tendência natural a querer retribuir àquilo ou àquele que nos gera valor de alguma
forma. Mas é claro que precisamos perceber esse ato como algo espontâneo, feito de coração.
Por isso suas ações devem, primeiramente, objetivar tornar a vida das pessoas mais simples e, depois, gerar
algum lucro para você. Não o contrário. As pessoas sentem isso.
Caso de Sucesso:
Eu desafio você a assistir esse vídeo sem esboçar um sorriso (ou deixar cair uma lágrima).

Não existe nada mais gratificante do que ver pessoas sendo gentis e ajudando outras pessoas sem intenção
nenhuma de serem recompensadas…
Mas a própria rede “The Fifties” se sentiu na “obrigação” de retribuir, oferecendo uma sobremesa grátis
pela gentileza gerada.
Nasce o nome da campanha: “Gentileza gera sobremesa”.
O objetivo é incentivar que o frequentador da lanchonete doe R$ 1,26 por mês pelo período de um ano ao
Projeto Giramundo, iniciativa da ONG Cidadania Corporativa, que colabora com a inserção social de
indivíduos com alguma necessidade especial de locomoção.
Não faça as coisas esperando uma recompensa, mas a vida sempre trata de retribuir as boas ações.
Como usar o gatilho mental da Reciprocidade no seu negócio:
A reciprocidade é o gatilho mais nobre e deve ser usado em qualquer negócio, mesmo aqueles que não
usam uma estratégia de marketing de conteúdo.
Sempre ofereça materiais gratuitos para seu público. Até quando for vender algo, dê uma amostra grátis do
seu produto ou serviço.
Assim, a pessoa ficará com a sensação de que está te devendo um favor e precisa retribuir de alguma forma,
seja cadastrando o email na sua lista ou mesmo comprando um de seus produtos.
E o mais importante: tenha a reciprocidade como um hábito. Ela gera frutos para o seu negócio, mas os
ganhos estão para além do que a ciência pode explicar.
A sensação de ajudar as pessoas e se sentir útil é imensurável.
Observação: Existe um gatilho que chamamos de reciprocidade inversa, mais conhecida como Efeito Ben
Franklin, que é estimulado quando pedimos um pequeno favor possível a alguém.
Após a realização desse pedido, a pessoa passa a ter um sentimento bom por quem o pediu, mesmo em
casos de inimizade.
Isso acontece porque a partir do momento em que a pessoa executou o favor, ela tem uma dissonância
cognitiva.
Isto é, percebe que é incompatível a relação entre seus sentimentos anteriores e a ação de ajudar a quem
pediu o favor.
Para ordenar ambas as cognições e resolver o conflito interno, a pessoa passa a gostar da outra justamente
para que pensamento e atitude estejam em acordo.
Em seu negócio, este gatilho pode ser usado quando você oferece ao público a possibilidade de ajudar na
resolução de algum problema em seus materiais (gratuitos ou pagos).
Para que a reciprocidade inversa funcione, certifique-se de:
Pedir um favor simples e fácil de realizar aos leitores/clientes;
Assegure-se de que seu pedido foi atendido;
Agradeça sinceramente pelo favor feito;
Não retribua o favor instantaneamente para que a dissonância não se esclareça;
Continue tratando as pessoas para quem pediu o favor de maneira amigável para reforçar o sentimento.

Gatilho Mental #5 – Prova Social: Diga-me com quem anda…


Jean-Paul Sartre já dizia: “O outro é nosso melhor espelho”. Sim, somos seres sociais e muitas das nossas
atitudes baseiam-se no que as outras pessoas esperam de nós.
Além disso, temos necessidade de pertencer a grupos que nos identifiquem como indivíduos, dessa forma,
a prova social é um gatilho muito poderoso.
Veja um exemplo do cotidiano. Se você tivesse que escolher entre dois restaurantes: um bem mais cheio,
com uma fila de espera, ou o do lado, totalmente vazio… Qual escolheria?
Por mais que as pessoas não gostem de esperar, elas preferem não se decepcionar. Logo, pensamos: se o
restaurante está cheio é porque é bom. E vice-versa.
Em um estudo realizado em 1968, Leonard Bickman, Lawrence Berkowitz e Stanley Milgram analisaram
3 casos:
No primeiro, uma pessoa fica parada na rua olhando para o céu. O resultado foi que, das pessoas que
passavam pelo lugar, 40% também paravam e olhavam na mesma direção;
No segundo caso, duas pessoas estavam paradas olhando para cima e dessa vez 60% das pessoas paravam
e olhavam na mesma direção;
Por último, 4 pessoas olhavam para cima e nesse caso, 80% dos pedestres pararam e também olharam para
cima
A que conclusão nós chegamos?
Independemente do motivo (medo, curiosidade, hesitação), quanto mais pessoas optam por determinada
opção, mais somos influenciados a tomar a mesma atitude.
Seja em relação à moda, alimentação, um aplicativo e etc.
Caso de Sucesso:
Você já ouviu falar sobre Dubsmash?
Eu aposto que sim. Afinal, o aplicativo de dublagem viralizou sendo baixado mais de 20 milhões de vezes.
Essa é (ou era até o momento que estávamos escrevendo o artigo) a nova sensação do momento (até
quando?), sendo usado por diversos famosos, gerando curiosidade e uma enorme prova social para o
aplicativo.
Alguns famosos como Cléo Pires, Caio Castro, Cláudia Leite, entre vários outros, usaram esse aplicativo
para publicar um vídeo em suas contas no Instagram.
Esse pequeno ato fez com que milhares de fãs o baixassem instantaneamente para gravarem seus próprios
vídeos com ele.
As redes sociais são uma ferramenta explosiva para viralização e mostram como simples ideias podem cair
no gosto popular rapidamente.
Como usar o gatilho mental da Prova Social no seu negócio:
Para ativar esse gatilho em seu negócio, use depoimentos de clientes, números de pesquisas de satisfação,
quantidade de unidades vendidas, imagens de pessoas usando seu produto ou serviço, engajamento nas
redes sociais, número de leitores do site.
Um exemplo de prova social aqui no Viver de Blog é o infográfico sobre a Psicologia das Cores, com mais
de 35.000 compartilhamentos sociais e o infográfico sobre Erros Gramaticais, que está a caminho dos
10.000 compartilhamentos.
Vale lembrar que o gatilho da prova social está intimamente ligado ao da autoridade. Se você conseguir
gravar depoimentos de pessoas famosas ou especialistas falando bem do seu produto, o efeito certamente
será otimizado.
Além disso, dê a mesma atenção às críticas que recebe. Hoje em dia, antes de adquirir um produto ou
serviço, as pessoas procuram pela opinião de terceiros em diversos sites.
Não negligencie as reclamações, pelo contrário, faça delas uma oportunidade de se aproximar das pessoas
que compraram alguma coisa de você.
Se você for cordial e procurar resolver o problema, certamente o consumidor levará isso em consideração.

Gatilho Mental #6 – Porque: “Não são as respostas que movem o mundo, são as perguntas”
Por mais que nossas decisões sejam tomadas no âmbito do inconsciente, nossa mente sempre procura
respostas racionais para justificar nossas ações.
Mesmo em situações em que não há nenhuma justificativa inerente, nosso cérebro busca algum significado.
Talvez por isso muitas vezes as pessoas recorram ao sobrenatural para explicar determinados fatos.
Podemos perceber que esse questionamento faz parte da essência humana quando vemos crianças de apenas
3, 4 anos perguntando o motivo de uma série de situações estranhas a elas.
Em seu livro Influence, Robert Cialdini analisa um estudo realizado sobre os pedidos de uma pessoa para
passar à frente em uma fila de xerox.
Os testes examinaram como diferentes solicitações podem afetar a disposição das pessoas para permitir que
este indivíduo fure ou não a fila.
No primeiro teste, o participante disse: “Desculpa, tenho cinco páginas. Posso usar a máquina de xerox?”
Neste cenário, cerca de 60% das pessoas permitiram que ele furasse fila e usasse a máquina antes delas.
Na segunda situação, a solicitação foi ligeiramente alterada. Desta vez, o participante disse: “Tenho cinco
páginas. Posso usar a máquina de xerox porque estou com pressa?”
Você percebeu a sutil diferença entre os dois pedidos?
Vamos decompô-lo: Não foi apenas a solicitação minimamente alterada, mas sim o “porque” (o motivo)
que fez a diferença para que ele furasse fila.
“Porque eu estou com pressa” não é uma boa desculpa para a maioria de nós. Mesmo assim, cerca de 94%
das pessoas deixaram que ele furasse a fila desta vez.
Se você acha estranho, vamos à solicitação usada no terceiro e último teste:
“Desculpe-me, tenho cinco páginas. Posso usar a máquina de xerox porque eu tenho que fazer cópias?”
É uma justificativa insuficiente para que as pessoas deixassem o participante furar fila, afinal, todo mundo
ali quer tirar cópias.
Apesar disso, 93% das pessoas permitiram que ele passasse na frente, apenas 1% a menos que no caso
anterior, porém, 33% a mais que no primeiro teste, no qual não há um porquê.
Cialdini explica que se trata de um princípio bem conhecido do comportamento humano.
Quando pedimos a alguém para nos fazer um favor, a chance de ser bem sucedido se torna muito maior
quando oferecemos um motivo.
As pessoas simplesmente gostam de ter razões para o que elas fazem.
Sendo assim, sempre busque justificar o que você está fazendo. Quanto mais verdadeiro e genuíno for seu
argumento, maiores serão as chances de seu público confiar em você.
Caso de Sucesso:
Essa campanha do Esporte Clube Vitória, de 2012, foi tão convincente, que além de alcançar seu objetivo,
também conquistou dois leões de ouro e dois de prata no Festival Internacional de Criatividade Cannes
Lions.
Este é o prêmio máximo da publicidade, o reconhecimento mundial da campanha mais premiada feita por
um clube de futebol.
E, se você gosta de futebol e possui um time do coração, certamente ficaria sensibilizado caso ele mudasse,
de uma hora para outra, as cores da bandeira, o escudo ou qualquer outro elemento que o caracterizasse
como aquele time.
Foi pensando nisso que o Vitória, time tradicionalmente rubro-negro, tirou o vermelho da camisa dos
jogadores e a cor só voltaria aos uniformes conforme os estoques de sangue do Hemoba, hospital de
Salvador, aumentassem.
Com menos de duas semanas de campanha lançada, o número de doações havia aumentado 46%.
Sabemos que a prática de doar sangue é necessária, mas muitas vezes precisamos estar com um ente querido
necessitando de doações para despertamos para isso.
Nesse caso, o amor pelo futebol falou alto e, mais que isso, o amor pela camisa e pela história do clube.
O tema “O Vitória só depende do torcedor para voltar a ser rubro-negro” mostrou como um bom motivo é
o divisor de águas entre uma campanha comum e uma campanha épica.
Como usar o gatilho mental do “Porque” no seu negócio:
Na sua demonstração de vendas ou/e marketing, coloque o motivo de você estar oferecendo algo, isso
saciará a mente consciente da pessoa.
Exemplo: Eu acredito que toda pessoa pode viver de blog porque todo mundo possui uma habilidade única
que o mundo precisa conhecer através de um blog/site na internet.
Tente analisar sua ação de vendas com o olhar do público e responda a todas ou principais objeções sobre
seu produto ou serviço.
Quando usar os gatilhos de urgência e escassez, procure explicar porque seu curso oferece vagas limitadas
ou porque seu produto só será vendido até o dia seguinte.
Caso não exista uma explicação, geralmente as pessoas desconfiam que é apenas uma estratégia de venda.
E mais importante que isso: se você disse que as vendas se encerrarão amanhã, elas devem se encerrar
amanhã e ponto final.
Mais a frente veremos no gatilho sobre Compromisso e Coerência como as pessoas valorizam a
concordância entre o que falamos e o que fazemos.

Gatilho Mental #7 – Antecipação: “A melhor forma de prever o futuro é criá-lo” (Alan Kay)
Quando você vai ao cinema e assiste a um trailer empolgante que mexe com as suas emoções, fica ansioso
pela estreia daquele filme.
Este é o gatilho da antecipação, sem dúvida uma gatilho muito poderoso, pois mexe com as nossas
expectativas em relação ao futuro.
Algumas pesquisas indicam que projetar o futuro e o apresentar às pessoas ativa partes do cérebro ligadas
à felicidade.
Provavelmente porque o futuro é incerto e nos sentimos confortáveis com boas perspectivas.
Em relação aos negócios, é importante arquitetar um cenário favorável, preparando o terreno para o que
está por vir. No caso, um produto ou serviço.
Ao anunciarmos algo que está por vir, é preciso mostrar suas funcionalidades e como ele pode ajudar as
pessoas, tocando nas dores e desejos dela.
Quando isso é bem feito, mesmo quem não precisa do produto sente-se atraído por ele.
A (boa) publicidade mexe com nossa imaginação, e muitas vezes o ato de desejar determinada coisa acaba
sendo mais prazeroso que possuí-la.
De qualquer forma, com as expectativas elevadas, estaremos propensos a realizar uma compra quando a
mesma estiver disponível.
Caso de Sucesso:
A Apple é uma empresa mestre em usar o gatilho da antecipação. Não é à toa que todo ano organiza um
evento exclusivo para anunciar as novidades da empresa.
Além dos eventos que são divulgados para todo o mundo, a empresa possui estratégias para cada produto
específico.
Mas todas guardadas em segredo, criando um ar de mistério sobre quais serão os próximas passos dessa
empresa.
No vídeo acima chamado “reveal”, ela apresentou o Apple Watch em setembro de 2014, mas que só foi
lançado em abril de 2015 (em alguns países).
A antecipação criada para comprar um relógio desses foi enorme e, no momento que escrevo esse artigo,
ainda é muito difícil conseguí-lo. (se você tiver um, compartilhe com a gente nos comentários)
Embora todos os produtos da Apple sejam lançados usando fortemente o gatilho da antecipação, o vídeo
possui elementos clássicos de um trailer:
Pouca informação ou informação incompleta sobre o produto
Música envolvente
Logo da empresa no final
Inclusive, vi esse trailer em um cinema aqui no Rio.
Como usar o gatilho mental da Antecipação no seu negócio:
Para usar este gatilho em sua estratégia, planeje o lançamento do seu produto e comece a fazer a
publicidade, soltando informações ou dicas sobre ele, semanas ou meses antes do lançamento.
Temos o costume de usar o termo “seeding” para essa estratégia. Ele significa “semear”. É como se você
estivesse semeando o terreno para o que está por vir.
Você pode realizar webinários, entrevistas com especialistas na área, escrever um artigo mostrando um
pouco da sua história e até mesmo criar um trailer para o seu produto que será lançado.
Se for possível, peça a pessoas influentes para comentarem sobre o produto que está por vir.
Dessa forma, você estará formando uma comunidade de pessoas ansiosas para comprar seu produto,
especialmente se já houver uma demanda latente por ele.

Gatilho Mental #8 – Novidade


O homem é um animal que adora tanto as novidades que se o rádio fosse inventado depois da televisão,
haveria uma correria a esse maravilhoso aparelho completamente sem imagem – Millôr Fernandes
As pessoas adoram novidades. Em termos neurológicos, quando somos expostos a algo novo, há um
aumento na liberação de dopamina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer.
Apesar de coisas familiares gerarem certa tranquilidade, a novidade nos tira da zona de conforto e nos
motiva a buscar pela recompensa associada a ela.
Empresas de tecnologia e de automóveis usam esse gatilho frequentemente. Afinal, a cada ano, somos
expostos a um novo modelo de celular, televisão, carro.
Embora muitas vezes as diferenças entre os modelos sejam extremamente pequenas, trocamos os objetos
antigos pelo simples prazer de estar usando algo moderno, inovador e, como quase sempre deduzimos,
melhor.
Caso de Sucesso:
Você já ouviu falar em self-driving cars?
São carros em que não apenas o câmbio é automático, mas todo ele é automático.
Eles dirigem por conta própria, com uma segurança estatística muito maior do que nós seres humanos.
O vídeo acima mostra a Mercedes F 015, carro que muitos especialistas chamam de “o carro do futuro”.
Não é à toa que a quantidade de tecnologia utilizada nesse carro é enorme.
Afinal, o gatilho da novidade tende a andar muito próximo da inovação e tecnologia.
Não poderia deixar esse comercial fora da lista de gatilhos mentais.
Afinal, ele é considerado por muitos, o melhor e mais inovador comercial já produzido, de título “1984”.
Com forte storytelling (inimigo público comum) preferimos deixá-lo na categoria novidade, já que um
computador pessoal foi uma das maiores inovações de nossa era.
A campanha ganhou inúmeros prêmios, que você pode conferir junto com várias outras informações nessa
página da Wikipedia.
Como usar o gatilho mental da Novidade no seu negócio:
Em seu negócio, você pode usar este gatilho incluindo, de tempos em tempos, uma atualização em seu
produto ou serviço.
Mas sempre atualizações significativas, que façam ter sentido adquirir a nova versão.
Além de estar usando um atalho mental poderoso, você não corre o risco de se tornar obsoleto em relação
ao mercado em que atua.
E, de fato, com a velocidade com que coisas novas são descobertas, é cada vez mais necessário buscar
atualização.
No marketing digital, por exemplo, isto é notório, porém, vale para a maioria dos nichos.
Esse foi um dos motivos da ampla aceitação do infográfico sobre Instagram que publicamos aqui no blog.
Falamos sobre novidades, curiosidades e ajudamos o leitor/visitante a se atualizar sobre os números do
Instagram, as hashtags mais usadas, aplicativos para edição de imagens e vídeos e muito mais.
Extra: Quando você lança um produto, seja online ou off-line, poucas vezes no ano, além de estar usando
o gatilho da novidade, também está ativando a escassez.
Associar este dois mecanismos no seu negócio fará com que as vendas aumentem consideravelmente.
Gatilho Mental #9 – Relação Dor x Prazer
O prazer nos visita algumas vezes, mas a dor agarra-se cruelmente a nós – John Keats
O ser humano sempre guia suas ações sob a lógica de evitar a dor e alcançar o prazer.
Sendo assim, esse gatilho mental é extremamente importante, pois se baseia naquilo que orienta toda e
qualquer ação que tomamos.
Vale lembrar que, instintivamente, as pessoas são mais propensas a se afastarem da dor do que a se
aproximarem do prazer.
Isso porque geralmente associamos a falta de dor e sofrimento a uma consequente sensação de prazer ou,
no mínimo, de estabilidade e segurança, especialmente emocional.
Para usar este gatilho, é necessário saber quais são as maiores dores e desejos do público-alvo, já que nem
todas as pessoas possuem problemas e prazeres semelhantes.
Caso de Sucesso:
Ryan Grepper é o criador do Coolest, um gadget que veio revolucionar o conceito de cooler, acabando com
todas as objeções de pessoas que gostam de passear ao ar livre.
O produto é equipado com uma bateria recarregável de 18 volts, que traz um liquidificador embutido e
entradas USB para recarga de outros aparelhos, como celulares e laptops.
Com capacidade para cerca de 55 litros, o Coolest tem ainda alto-falantes à prova d’água com conexão
Bluetooth e luzes de LED que iluminam seu interior e também um abridor de garrafas do lado de fora.
Além disso, as rodas do Coolest são duas vezes mais largas que o normal, fazendo com que ele se locomova
mais facilmente na areia.
O produto ainda oferece vários outras funcionalidades. Assista ao vídeo e veja se, mesmo não sendo o tipo
de pessoa que usa cooler, você não vai sentir vontade de comprar um!
P.S.: O produto já arrecadou, desde a metade de 2014 até agora, nada mais nada menos que U$13 milhões!
Como usar o gatilho mental da Relação Dor x Prazer no seu negócio:
Para ativar este gatilho em suas vendas, você deve levar em consideração o fato de as pessoas se
preocuparem mais em afastar o sofrimento do que obter satisfação.
Sendo assim, em primeiro lugar, apresente as soluções que seu produto ou serviço oferecem para os
problemas dos clientes.
Foque na dor das pessoas, fale sobre cada aspecto negativo daquele incômodo e como aquilo tem
atrapalhado a vida do seu público-alvo.
Apresente seu produto como a resolução definitiva e só depois disso, mostre como as pessoas desfrutarão
do que você tem a oferecer.
Isto é, apenas depois de mostrar os problemas e as soluções é que você deve relacionar seu produto a algo
prazeroso.
Faça isso usando palavras negativas para a primeira etapa de vendas (caso seja um vídeo, mostre isso na
sua expressão). E, em seguida, usar palavras associadas à felicidade, ao prazer.
Extra: Se você quiser ver na prática como utilizamos esse gatilho em um vídeo de venda, veja a página do
nosso tema premium para WordPress chamado Épico.
Você consegue identificar todos os gatilhos mentais nesse vídeo?
Recapitulando os 9 Gatilhos Mentais:
Até agora, os gatilhos mentais apresentados para você dominar a arte da persuasão e aumentar suas vendas
foram:
Escassez
Urgência
Autoridade
Reciprocidade
Prova Social
Porque
Antecipação
Novidade
Relação Dor x Prazer
Num próximo artigo, apesentaremos mais 8 gatilhos para complementar seu aprendizado.

Como transformar sua mente e sua vida pessoal e


profissional
16 de setembro de 2017
A Sucesso traz com exclusividade, entrevista com Reginah Araujo, diretora do Master Mind Rio de Janeiro,
com informações valiosas que poderão ajudar sua transformação pessoal e profissional.
Vale a pena ler.
Publicidade

Na segunda feira próxima (dia 18), vai acontecer a primeira aula do curso Master Mind Lince,
representando uma chance incrível de revolução pessoal.
As vagas são limitadíssimas e o pagamento super facilitado em até 10 vezes, através de boleto.
Não perca o curso e essa entrevista.
Poderia falar do Master Mind?
O Grupo MASTER MIND é uma das principais escolas de desenvolvimento de líderes do Brasil e é a única
empresa brasileira certificada pela The Napoleon Hill World Foundation – Purdue University Calumet –
Hamont, Indiana/USA. Isso significa que nossos participantes recebem uma certificação internacional,
respeitada mundialmente.
Nossas equipes de instrutores são qualificadas e capacitadas com referencial teórico exclusivo e consistente,
com atuação nacional. O Grupo MASTER MIND possui modernos programas de treinamento voltados para
o desenvolvimento global do potencial humano.
A cada ano, milhares de líderes das mais variadas áreas profissionais e setores econômicos são formados
pela nossa inovadora metodologia de ensino.
Os treinamentos MASTER MIND de Alta Performance são inspirados nas obras de Napoleon Hill, como
A Lei do Triunfo; um dos livros mais lidos e estudados no mundo e uma das referências mundiais em
liderança, e Pense e Fique Rico, com mais de 30 milhões de exemplares vendidos no mundo.
O conceito MASTER MIND começou a ser estudado pelo pensador Napoleon Hill em 1908 na sua obra A
Lei do Triunfo.
Como foi a primeira grande pesquisa sobre comportamento empresarial no mundo, serve de fundamento
para inúmeras pesquisas em mais de 20 países.
E a Fundação Napoleon Hill?
Napoleon Hill nasceu em 1883, no estado da Virgínia, Estados Unidos. Em 1908, recebeu a incumbência
de entrevistar Andrew Carnegie, um dos homens mais ricos da época, industrial extremamente bem
sucedido. 

O encontro marcou o início de uma relação que, anos depois, geraria valiosos frutos. Andrew
Carnegie revelou ao jovem repórter a sua crença de que seria possível, por meio de extenso trabalho de
pesquisa, identificar em homens de triunfo características que poderiam ser desenvolvidas pelo homem
comum. Ou seja, descobrir uma espécie de fórmula para o triunfo.
A seleção de virtudes, que se reunidas em uma só personalidade, garantiriam o completo êxito de tal
indivíduo. O milionário então propôs a Hill que iniciasse um grandioso projeto de entrevistar pessoas de
sucesso. 

Andrew disse que estava certo de que o trabalho não poderia ser cumprido em menos de duas
décadas, afinal, fazer sucesso por um ano é relativamente fácil, permanecer é que é o grande desafio.


Porém, estava convicto também de que valeria a pena, pois o resultado beneficiaria milhões de pessoas
no mundo inteiro.
Assim, o jornalista dedicou 25 anos de sua vida à realização de cerca de 16.000 entrevistas, envolvendo
pessoas das mais variadas atividades e níveis sociais. Napoleon Hill carregava a certeza de que esse imenso
trabalho lhe traria um inestimável tesouro. Na obra, ele apresenta 17 leis que abrangem 15 virtudes
essenciais para a conquista do triunfo. 

Hill deixou como legado ferramentas poderosas que, se
colocadas em prática, nos levam à vitória profissional e pessoal.
Percorrer esse caminho depende da atitude de cada um de nós!ENDEREÇOS INTERNACIONAIS: THE
NAPOLEON HILL FOUDATION
O Master Mind agora está no Rio, quais os planos?
Procuramos parceiros para abrir frente a um grande número de alunos que buscam em nossos treinamentos
o autoconhecimento e principalmente sua melhoria continua.
Precisamos formar 30 instrutores para crescermos ainda mais e atuarmos em todas as frentes do Rio de
Janeiro de ponta a ponta.
Estamos com nossos escritórios no Citta América e com nossos treinamentos no Centro Empresarial Barra
Shopping.
Poderia dar exemplo do quanto os cursos são transformadores?
Nossos participantes não recebem apenas conhecimento, eles experimentam o conhecimento. Nosso
método existe desde 1908, portanto é um método testado e comprovado. O índice de satisfação de nossos
cliente é de 98,7% de aprovação. Presente em 27 países e 23 estados do Brasil, MASTER MIND, fará a
diferença em sua vida.
Quais os desafios que possui a frente do Master Mind?
Formar instrutores e conseguirmos atuar em todas as grandes cidades do Rio.
Feliz com a parceria feita com a Universidade Sucesso?
Muito feliz, tenho certeza absoluta que esta parceria irá possibilitar a muito mais pessoas estarem aptas a
atingir o TOPO.
O MASTER MIND tem uma grande afinidade com o Marketing Multinivel já que falamos a linguagem de
todos eles e temos ferramentas práticas que colocadas no dia a dia permite qualquer pessoa que deseje o
sucesso atingir com muita tranquilidade.
Por mais difícil que seja, poderia falar da importância e dos benefícios dos 5 principais cursos na sua
opinião?
Claro! Sobre o MASTER MIND LINCE: ele trabalha a liderança, a inteligência interpessoal, a
comunicação eficaz, novas atitudes e melhores resultados.
O Treinamento Master Mind LINCE foi criado por Napoleon Hill e hoje encontra-se em 27 países e 23
Capitais no Brasil e em mais de 300 cidades.
O curso é uma especialização e parte do princípio de que a liderança não é desenvolvida apenas por
conhecimentos, mas principalmente pelas habilidades e atitudes do profissional. Foi concebido exatamente
para desenvolver as competências essenciais da liderança que produz resultados extraordinários.
Neste treinamento de liderança são desenvolvidas as competências mais importantes para se chegar ao êxito
profissional e pessoal. Autoconfiança, Inteligência Interpessoal, Flexibilidade, Comunicação Eficaz,
Controle de Preocupações, Imaginação, Visão estratégica e Entusiasmo.
O MASTER MIND VENDAS possúi alto valor agregado.
Este programa foi criado pelo Instituto MASTER MIND para gerar o máximo de resultados em VENDAS.
O treinamento MASTER MIND VENDAS DE ALTO VALOR AGREGADO, baseia-se no modelo
Experiential Learning, usada nas grandes escolas de negócios do mundo – Além de receberem
conhecimento, nossos participantes experimentam o conhecimento. Somos uma organização que atua na
América, Ásia e Europa na área comportamental, especialistas em desenvolver pessoas. Desde 1908, nosso
método é testado e aprovado.
O MASTER MIND PLENO, é um programa de liderança, estratégia e negociação em oratória, novas
atitudes e melhoras na oratória.
Para muitos profissionais, melhorar a comunicação pessoal é um grande desafio. A simples perspectiva de
fazer uma apresentação para o mercado de um novo produto vem cercada de dificuldades. O mesmo pode
ocorrer em uma reunião com os acionistas para defender uma ideia, uma negociação difícil ou uma
entrevista para a televisão. Qualquer falha pode ser decisiva para sua imagem, sua carreira ou seus negócios.
A oratória também é fundamental para os políticos: afinal, muitas eleições foram decididas após um
discurso ou um debate público. 


O curso foi desenvolvido especialmente para àqueles profissionais que estão crescendo na carreira e querem
aprimorar ao máximo sua comunicação pessoal. O participante obtém confiança, clareza, convicção e
carisma em todas as situações nas quais precisa vender ideias e convencer pessoas.
Com uma equipe de instrutores e vagas limitadas a 14 pessoas por grupo, o participante receberá atenção
individual, inclusive com gravação em vídeo de oito apresentações, entrevistas individuais e coaching
personalizado. São três dias de treinamento intensivo, que produzem resultados extraordinários.
O MASTER MIND ENEAGRAMA é incrível.
Ele faz as pessoas se conheçerem melhor, entendendo como os outros agem, gerenciando sua vida e
alcançando melhores resultados.
Este programa tem o objetivo de construir uma identidade de autoconhecimento, de desenvolvimento do
potencial humano, buscando um processo de transformação pessoal através do conhecimento dos padrões
de comportamento humano conhecidos há mais de dois mil anos. 

Baseado nos ensinamentos de
Gurdjieff, um pensador russo que trouxe para o ocidente no início do século 20, o conceito de pessoas
notáveis, onde contextualizou os ensinamentos do Oriente com o Ocidente, criando métodos de leitura da
personalidade de profundo saber.
Dentro deste contexto, ele dizia que o ser humano não é! Ele está! Mas para ser, precisa se conhecer.


Mas para ser, precisa se conhecer, e sem esforços, a evolução é impossível. O grupo é o começo de
tudo. Uma pessoa só, pouco produz. No grupo, ele tem a oportunidade de chegar a resultados ampliados.
e o MASTER MIND LÍDERES, que foi desenvolvido na forma “In Company” é voltado ao
desenvolvimento dos gestores (Diretores, Gerentes, Supervisores e Coordenadores), que necessitam
persuadir pessoas por intermédio de sua habilidade interpessoal e gerencial, com foco em resultados
positivos, concretos, práticos e atuais. O programa é focado em exemplos e desafios reais da empresa
contratante.
Alguma mensagem para os leitores?
Segundo pesquisa da revista Você S/A, a maior parte dos talentos deixa a empresa por problemas
comportamentais, o Método Master Mind treina estes profissionais e lhes dá oportunidade de mudanças
reais e consistentes em seus comportamentos, mesmo que sejam valores profundos e arraigados de sua
personalidade.
Segundo a Universidade de Harvard 3% da populaçao detem 90% da riqueza do mundo inteiro.
Sabem por quê?
Por que sabem onde querem chegar e tem por escrito seus planos.
Venha você também para o Master Mind. Novas atitudes, melhores resultados.
Reginah Araujo é autora do livro o Executivo e o Canoeiro

Aumente poderosamente suas vendas, aprendendo


a VENDER
24 de setembro de 2017
Tudo acontece no mundo dos negócios quando uma venda é feita. No MMN não é diferente. Vender gera
lucro imediato; gera pontuação; aumenta o ticket médio e nivela sua rede por cima.
Sempre que uma rede tem um vendedor nato, as pessoas aprendem com ele; seguem o exemplo e se
inspiram nele.
Vender é arte, técnica, talento, percepção, timing, oportunidade e muito mais. Tudo ao mesmo tempo.
Publicidade

Mas o importante, é que você pode vender. Pode aprender. Quanto mais tentar e praticar, mais domínio
terá. Quanto mais vender, mais sua arte e técnica será aprimorada. Maior será seu talento, sua percepção.
Quanto mais praticar, mais timing terá para identificar o momento, a melhor oportunidade, argumentos e
ganchos.
Se você gosta de vender: venda. Se não gosta: venda também.
Não pense no medo, nos obstáculos, dificuldades. Pense no resultado, no prêmio e no dinheiro.
Você não precisa se cobrar. Ficar exigindo ser o número 1. Apenas comece. Treine. Venda. E venda de
novo. E de novo. Quando se der conta, não só estará vendendo, como ensinando e estimulando as pessoas
a vender.
Vale a pena lembrar, que quem vende, ganha mais. Numa empresa a área comercial é sempre uma das que
mais ganham.
Não perca tempo. Comece a vender assim que acabar de ler essa revista. Jeffrey Gitomer, autor do livro “A
Bíblia de Vendas”, oferece excelentes ensinamentos. Veja só:
OS 10 MANDAMENTOS DAS VENDAS
1. PENSE
A venda está na sua mente. Então prepare seu estado de espirito e mentalidade. Seja autoconfiante,
amigável, positivo, confidente, entusiástico, simpático e preparado.
2. ACREDITE
Desenvolva um sistema de crenças para ter uma força inabalável. Acredite na sua empresa, produto e em
você mesmo ou não conseguirá vender. Sua crença determinará seu resultado.
É fundamental ter convicção que os produtos são maravilhosos e possuem valor para os clientes.
Escreva num papel por que acredita na sua empresa; por que acredita nos produtos; por que acredita em si
mesmo e por que será melhor para o cliente comprar de você.
3. ENVOLVA-SE
Desenvolva compatibilidade e envolvimento pessoal.
Faça o cliente ter interesse no que você tem para dizer. Envolva-o com perguntas e tente fazê-lo sorrir.
O cliente sempre estará pronto para julgá-lo. Se as condições forem iguais, ele pode querer comprar de
outro amigo ou pessoa. Como você tem 100% de controle de si mesmo, suas palavras logo ao chegar darão
o tom da venda.
Nada de começar falando de pneu furado ou problemas. Comece perguntando coisas amenas, demostrando
interesse nelas. Não pergunte sobre religião, política ou família.
4. DESCUBRA
Pessoas compram pelos seus próprios motivos, não pelos seus. Descubra os motivos delas primeiro.
Entenda que as pessoas não gostam de serem “vendidas”, mas adoram comprar. Descobrir por que as
pessoas compram é mais valioso do que “como vender”.
As pessoas não querem saber de você.
Descobrir as razões para a compra é fundamental. Para descobrir, você tem que perguntar, procurar saber
mais, conhecer seu cliente e suas motivações. Dessa forma, você estabelece sinergia com ele.
Quais as necessidades que possuem? Qual o desejo que ele quer resolvido?
As vendas são feitas emocionalmente e depois justificadas racionalmente. Se o cliente é apaixonado pelo
produto, transmita também sua paixão. Ele vai gostar dessa cumplicidade.
Motivos comuns de desejo de clientes:
Desejo de possuir o melhor; de levar vantagem numa compra; de resolver um problema; de recuperar algum
dano que foi causado; de ganhar mais do que ganhariam comprando; por vaidade por que ficou ótimo nele;
para impressionar as pessoas; para ter tranquilidade e paz de espirito; para ter resultados concretos.
5. PERGUNTE
Faça as perguntas erradas e obtenha respostas erradas. Perguntas são o coração da venda. Perguntas
transformam o processo de venda em compra. Perguntas revelam fatos e motivos para compras. Mas faça
perguntas inteligentes.
Perguntas que seus clientes respondam com o que você precisa ouvir para vender. E nunca pergunte, “o
que é importante para você”?
Depois de uma reunião de apresentação de negócios por exemplo, uma pergunta inteligente é: “Então…o
que te impede de desenvolver o negócio da empresa (cite o nome da empresa). Se a resposta for um nada
impede, patrocine ele na hora, sem titubear.
Qualquer outra resposta, dará os motivos reais que o impedem, facilitando os esclarecimentos que deverá
dar.
6. OBSERVE
Sua habilidade em observar tem de ser tão poderosa quanto sua habilidade em vender e sua habilidade em
escutar. Seu cliente tem uma Harley Davidson e você também. Excelente, porque agora existe um assunto
em comum. Mas se ele tiver um troféu de boliche e você não joga e não entende, não fale sobre Boliche.
Observação leva ao entendimento. Observar ajudará a entender mais sobre seu cliente e sobre o negócio
dele. Observando você poderá ter boas ideias ou revelar algo importante para a venda.
7. ATREVA-SE
Tenha ousadia de se arriscar. Qual o seu fator de risco? Está disposto a se arriscar em nome do sucesso?
Tente uma ideia, uma estratégia, algo novo. Atreva-se a ter sucesso. Mas atreva-se com segurança e
convicção.
É preciso ter coragem para fazer um contato frio, fazer uma ligação, quebrar argumentos de resistência,
negociar preço, fazer um follow-up. Parta para cima.
8. ASSUMA
Saiba de quem é a culpa quando uma venda não é feita. Se o cliente comprou da concorrência ou não
retornou sua ligação, a culpa é sua, por não ter conseguido usar as palavras certas, fazer as perguntas
corretas, ou por não ter estabelecido um link com seu cliente.
Na verdade, você não conquistou este cliente e não fez ele se curvar para você.
Assuma a responsabilidade, mas não se culpe. E faça algo para isso não voltar a ocorrer. Pense sobre o que
ocorreu e sobre o que você deveria ter feito ou mesmo sobre o que você deixou de fazer.
A pessoa não retornou sua ligação?
Será que a mensagem que deixou poderia ser mais criativa, curiosa, interessante, inteligente e persuasiva?
9. MEREÇA
Venda pelo relacionamento, não pela comissão. Se fizer uma venda ganhará comissão. Se fizer um amigo,
ganhará uma fortuna. Se ajudar uma pessoa e não só cumprir a sua cota, baterá recorde de vendas.
Ajude seu cliente ou seu prospect a construir, vencer, produzir e lucrar. Assim você ganhará a fidelidade
dele.
Construa relacionamentos.
Faça por merecer cada cliente e amigo que tiver e fizer.
10. PROVE
Um testemunho vale por 100 apresentações de vendas. Testemunhos superam objeções, influenciam e
vendem.
Testemunho em vídeo, também gera grande retorno e impacto para influenciar pessoas. Testemunhos dão
veracidade ao que você fala de uma empresa, produto ou negócio.
“Você não se torna um excelente vendedor em um dia. Você se torna um excelente vendedor no dia a dia”
Na prática, vá para rua para fazer as suas 100 primeiras vendas ou visitas. Isso mesmo: 100. Estabeleça sua
dose diária, a realização diária. Crie sua rotina e discipline-se.
DICAS ÚTEIS
– Administre seu tempo. Nada de desperdiçá-lo com coisas que não levam a lugar algum. Torne os horários
improdutivos em produtivos.
– Controle seu humor. Seu dia a dia tem que ser feliz. Descubra o que atrapalha seu humor, seu dia, sua
vida e resolva já.
– Fuja de pessoas negativas. Se aproxime de pessoas que fazem acontecer e são exemplos.
– Para de culpar a si mesmo, a crise ou os outros. Crie oportunidades.
– Não leve problemas pessoais para todas as pessoas que te cercam, para clientes, amigos com quem deseja
fazer negócio e mesmo para o trabalho. Se o problema é pessoal, não é público.
– Nada de ficar esperando o pior. Se ficar esperando, o pior realmente vai acontecer.
– Ignore notícias, pessoas, locais e situações inúteis. Ganhe tempo.
– Leia livros interessantes, motivacionais e que o tornem uma pessoa e um profissional melhor.
– Ouça CDS sobre atitude. Faça cursos. Invista em você.
– Verifique sua linguagem. Nada de: não posso e não vai dar
– Seja mais solicito sempre, sem esperar nada em troca.
– Reflita sobre suas bênçãos todos os dias.
GUIA PARA O SEU SUCESSO
– Fixe suas metas
– Tenha autodisciplina
– Seja auto motivado
– Adquira cada vez mais conhecimento
– Domine todos os produtos que vende
– Domine as informações de sua empresa
– Desenvolva relacionamento para fazer novos amigos sempre
– Seja autoconfiante
– Gosto de você e adore as pessoas
– Aceite positivamente desafios e goste deles
– Adore vencer
– Aceite rejeição como uma atitude positiva
– Atente para detalhes.
– Seja entusiasta
– Seja observador
– Seja um bom ouvinte
– Aprimore sua percepção
– Seja um comunicador cada vez mais hábil
– Seja um trabalhador dedicado
– Trabalhe para conseguir liberdade financeira
– Seja persistente
REGRAS BÁSICAS PARA VENDER
– FATOS: Sem lenga lenga. Seja direto.
– VERDADE: Não use a palavra “honestamente” e não afirme algo que a pessoa duvide
– ÉTICA: Construa sua reputação com ações e não com palavras. Trate bem e encante seus clientes.
– MOTIVO: Dê o motivo pelo qual as pessoas precisam de seu produto
– PROVA: Prove o que diz. Vendedor quer vender e as pessoas podem não acreditar no que falam, porque
sabem que você está ganhando. Mais na venda, é o cliente quem tem que ganhar.
– NÃO ESTAR SOZINHO: As pessoas querem saber como o produto funcionou em outro lugar com outras
pessoas. Relate.
– TESTEMUNHOS: É chave. Testemunhos dão autoridade e veracidade. Cliente gostam e acreditam.
– PÓS-VENDA: Dê garantia. Todo mundo quer.
– ARGUMENTE: Mostre que o preço é justo.
– PAGAMENTO: Mostre a melhor maneira de pagar
– OPÇÕES: Forneça opções para o cliente decidir.
– REFORÇO: A pessoa pode estar insegura. Reforce a opção dela
– DISCUSSÃO: Mesmo que esteja errado, não discuta.
– CONFUSÃO: Não me confunda
– NEGATIVO: Nada de falar algo negativo sobre concorrência, outras pessoas ou qualquer coisa
– SUBESTIMAR: Nada de achar que sabe tudo e que o cliente é tolo
– CRITICAS: As pessoas querem se sentir inteligentes e de bem com suas decisões
– OUÇA: As pessoas querem dizer o que pretendem comprar e tem vendedor ocupado demais tentando
vender o que a pessoa já tem.
– ESPECIAL: Quem não quer se sentir especial
– SINCERIDADE: nenhum cliente quer se decepcionar com marcas e vendedores que só querem a venda
ou o dinheiro dele.
 TÉCNICAS: Não pareça um vendedor. Pareça um amigo. Alguém que deseja ajudar
 CUMPRA: Entregar na data e fazer o que for combinado é fundamental
 AJUDE: Ajude a comprar. Não seja o “vendedor”.
RECEITA PARA O SUCESSO
1. Estabeleça e mantenha uma atitude positiva
É a primeira regra de vida. Seu compromisso com uma atitude positiva o colocará numa trilha de sucesso
que nada o deterá jamais. Se você dúvida, isso quer dizer que não adotou uma atitude positiva. Assuma o
compromisso de ter atitudes positivas diariamente
2. Acredite em você
Se você acha que não é capaz, quem será? Você controla a ferramenta mais importante em vendas: sua
mente.
3. Estabeleça metas e alcance-as
Trace um plano. Defina e atinja metas importantes de longo e curto prazo com tudo o que deseja conquistar.
As metas são o mapa que o guiará para o sucesso.
4. Aprenda e execute os fundamentos de vendas
Nunca para de aprender a vender. Leia, ouça e participe de seminários. Pratique o que aprender sempre.
5. Entenda os clientes e as necessidades deles
Pergunte e ouça o cliente potencial e descubra suas verdadeiras necessidades.
Não prejulgue os clientes potenciais.
6. Venda para ajudar
Não seja ganancioso. Venda para ajudar os clientes. Não venda para ganhar comissões.
7. Estabeleça relações duradouras
Seja sincero e trate os outros da maneira como você quer ser tratado.
8. Acredite em sua empresa e produto
Sua convicção e sua crença contagia e impressiona as pessoas. Se você não acreditar em seu produto, seu
cliente também não vai acreditar.
9. Prepare-se
Sua motivação e preparo são vitais para sua excelência. Esteja preparado para fazer a venda, sempre munido
com kit de vendas e todo o material necessário.
10. Seja sincero
Se quiser ajudar sinceramente, isso ficará evidente.
11. Chegue pontualmente para a visita
O atraso significa que “não respeita o tempo de seu cliente”. Se não for chegar na hora, ligue para a pessoa,
explique-se e confirma a reunião.
12. Tenha uma aparência profissional
Roupa, estilo, irão refletir o que você tem de positivo.
13. Estabeleça um vínculo e ganhe a confiança de seu cliente
Não comece a vender antes de ganhar a confiança de seu cliente.
14. Venda benefícios e não especificações de produtos
Clientes querem saber como o produto irá ajudar
15. Diga a verdade assim você não precisará lembrar do que disse
16. Se você faz uma promessa, mantenha-a. Esse é o melhor caminho para ganhar e manter clientes.
17. Não critique sua concorrência. Venda os pontos fortes de sua empresa e produto e não os pontos fracos
da concorrência
18. Faça uma projeção das objeções. Ensaie respostas para enfrenta-las
19. Vá direto a verdadeira objeção. Os clientes não falam de primeira a verdadeira objeção. Antecipe se
puder.
20. Supere as objeções. Entenda que a venda começa quando o cliente diz não. Ouça tudo o que puder e
apresente os melhores argumentos que se preparou para apresentar e supere as objeções feitas.
21. Se não concluir a venda. Marque uma nova visita.
22. Follow-up. Follow-up, Follow-up. Faça tudo o que for possível, sem se diminuir para obter o retorno
que necessita
23. Redefina rejeição. Eles não o estão rejeitando; simplesmente rejeitam a oferta que você fez.
24. Preveja mudanças e saiba lidar com elas. Seja flexível para ter êxito.
25. Entenda que trabalhar com dedicação é o que traz sorte. Então trabalhe.
26. Saiba conviver com seus colegas de trabalho. Vender não é um esforço isolado. Forme equipe e
parcerias.
27. Desenvolva o poder da persistência. Quanto mais negativas, mais forte se torne. O futuro vai dizer que
os sim valeram a pena
28. Encontre o número de sua fórmula de sucesso. Determine quanto follow-ups, indicações de vendas,
ligações, visitas e apresentações são necessárias para se chegar a venda. Depois, aplique a fórmula.
29. Faça isso com paixão. Faça melhor que nunca
30. Seja lembrado. De maneira positiva e profissional. Você é responsável pela lembrança que deixa.

Como usar o Instagram para patrocinar pessoas e


gerar network
30 de setembro de 2017
O Instagram é a ferramenta de network do momento e já é a segunda rede social mais usada no Brasil.
Muitos líderes garantem que ele é muito melhor que o Facebook para gerar contatos, lista e patrocínios.
Então é hora de aprender a usar essa grande ferramenta pra fazer sua rede crescer e por decorrência seu
bônus.
Publicidade

A Sucesso dividiu esta matéria/treinamento em 3 partes. Na primeira você vai aprender sobre o Instagram.
Na segunda, os recursos que ele dispoê e na terceira, estratégias poderosas que farão toda diferença em seu
negócio.
PARTE 1: SOBRE O INSTAGRAM:
– É gratuito. basta você baixar.
– É uma rede social principalmente visual, onde um usuário pode postar fotos e vídeos de curta duração,
aplicar efeitos a eles e também interagir com publicações de outras pessoas, através de comentários e
curtidas.
– O usuário pode seguir outro para poder acompanhar suas postagens e suas atividades dentro da rede. O
número de seguidores inclusive contribui para a visibilidade do perfil.
– Nele também encontramos as famosas hashtags, que servem como um mecanismo de busca das
publicações, e ajuda na hora de segmentar o seu público, caso possua uma página para sua marca.
A história do Instagram
Foi lançado em 2010 pelo norte-americano Kevin Systrom e pelo brasileiro Mike Krieger, ambos
engenheiros de software.
No mesmo dia do lançamento, o aplicativo tornou-se o mais baixado na Apple Store e, já em dezembro do
mesmo ano, contava com a impressionante marca de 1 milhão de usuários.
Em 2011, a empresa, que tinha apenas 6 funcionários já possuía 10 milhões de usuários na rede.
Em 2012, após o tão esperado lançamento do aplicativo na versão para Android, o Instagram foi comprado
pelo Facebook, por 1 bilhão dólares.
Atualmente, a rede social conta com mais de 500 milhões de usuários em todo o mundo, sendo que 7% das
contas criadas são de brasileiros.
PARTE 2: O QUE VOCÊ PODE FAZER:
Recursos

– Além dos famosos filtros originais inspirados na câmera Polaroid, o Instagram apresenta uma série de
recursos interessantes que contribuem para a experiência do usuário no aplicativo e que foram
implementados ao longo de seus 6 anos de existência. Aqui estão os principais deles:
Edição de imagem
é POSSÍVEL aplicar filtros às fotos, ajustar seu tamanho, cortá-la ou endireitá-la e inserir efeitos de luz,
contraste e cor.
Curtidas
Possuem um coração que fica vermelho como símbolo e talvez seja o recurso mais importante e querido
dentro do aplicativo. Com elas, é possível medir a popularidade e interação de suas postagens e quantas
pessoas gostaram do que você publicou.
Comentários
Podem ser feitos nas publicações e gera interação entre os usuários. É possível marcar amigos nestes
comentários para que eles também vejam o conteúdo rapidamente.
“Seguindo”
Neste recurso, é possível acompanhar o que seus amigos e outras pessoas que você segue estão fazendo na
rede.
Fotos que foram curtidas, pessoas seguidas e comentários em fotos podem ser visualizados nesta opção.
“Explorar”
A aba “explorar”, disponibiliza uma galeria de fotos de pessoas de todo o mundo, inspiradas nas fotos que
você curte e em quem você segue.
Este recurso possibilita a descoberta de novos perfis que despertem o seu interesse, já que, de alguma forma,
se encaixam com suas preferências dentro da rede.
Marcação em fotos
A opção de marcação de fotos, gera, dentro do seu próprio perfil, uma galeria de fotos postadas por outras
pessoas, onde você esteja presente e marcado.
Caso o usuário não queira, ele pode selecionar a opção de ocultar aquela foto de seu perfil, e dessa forma,
ela não aparece nesta galeria .
Mensagens Diretas
As mensagens diretas funcionam como uma espécie de chat, que conecta usuários que se conhecem, e
também, caso seja autorizado pelo receptor da mensagem, usuários que não se seguem, por meio de
conversas individuais ou em grupo.
Além desta troca de mensagens, é possível enviar fotos do seu próprio aparelho, ou de dentro do Instagram.
Localização
Ao postar uma foto, pode-se adicionar qual foi o local onde ela foi tirada. Isso ajuda outros usuários a
saberem a localização daquela imagem e também cria um mapeamento de lugares visitados que podem ser
visualizados em seu próprio perfil.
É uma maneira interessante de se ter uma visão geral sobre lugares visitados em seu país, ou ao redor do
mundo.
Instagram Stories
Este é o recurso mais recente do aplicativo e que gerou muitas polêmicas.
Muito parecido com o já famoso Snapchat, o Instagram Stories permite o compartilhamento em tempo real
de imagens e vídeos que desaparecem após 24 horas, e a inclusão de emojis, desenhos e manuscritos.
Nele, pode-se determinar a privacidade de suas histórias para que apenas alguns usuários tenham acesso,
ou para que qualquer usuário da rede possa ver suas publicações.
Além disso, assim como o Snapchat, existe a possibilidade de ter acesso a quem visualizou suas
publicações.
Devido ao seu formato mais dinâmico, ele permite criar uma relação mais intimista. É possível mostrar o
que está acontecendo, basicamente em tempo real, para que os usuários sintam-se parte do seu dia a dia.
Agora, vamos ver as principais funcionalidades do Instagram Stories.
A primeira delas é o Boomerang, que permite criar vídeos curtinhos no estilo de GIFs animados, que rodam
infinitamente. Sempre que o vídeo acaba, ele começa de novo. Depois de criar o vídeo com o Boomerang,
você pode compartilhá-lo no feed do Instagram.
A segunda funcionalidade, com a qual você provavelmente já está familiarizado, são os filtros. Você pode
adicionar stickers e emojis, texto ou marcações feitas a mão livre na sua história.
Os stickers são a opção mais recente. Você pode usar stickers de clima, horário, localização ou outros
temáticos (como os stickers de Natal). É possível incluir múltiplos itens. As caixas de texto podem ser
alinhadas à esquerda, direita ou centro do vídeo.
A terceira funcionalidade é marcar pessoas nas suas InstaStories. Basta incluir um texto diretamente sobre
a história, com @nomedeusuário. O texto ficará sublinhado e vai se tornar um link para o perfil do
mencionado.
Como você vai usar a marcação como parte da estratégia de marketing?
Uma alternativa é marcar influenciadores nas histórias. Assim, sempre que alguém buscar o perfil destes
influenciadores dentro do Instagram, vai encontrar também as histórias do seu negócio.
O InstaStories está sempre passando por atualizações, em busca de tornar-se um competidor em pé de
igualdade com o Snapchat.
Com as últimas atualizações, por exemplo, o usuário pode soltar o botão “Gravar” enquanto filma uma
história. Esse recurso foi chamado de câmera com mãos livres. Assim, você ganha mais mobilidade
enquanto produz o conteúdo.
Além disso, as contas verificadas agora podem colocar links externos em suas histórias. Dessa forma, você
pode levar os usuários a saber mais sobre um produto ou sobre a empresa, direcionando para o site oficial.
Vídeo ao Vivo
Como no Facebook, o Vídeo ao Vivo, são transmissões em tempo real através da câmera do aplicativo. O
detalhe é que a transmissão será apagada imediatamente, assim que acabar. Nada ficará registrado no feed
do usuário.
O Vídeo ao Vivo possui duração máxima de uma hora e será possível inserir um comentário fixo, para que
todos os seguidores que estão acompanhando a transmissão vejam. Eles, é claro, também poderão deixar
comentários.
Na área Explorar do app do Instagram, serão exibidos os Top Live (principais transmissões) em andamento.
O Vídeo ao Vivo é excelente para promover webinars acessíveis e exclusivas aos seus seguidores, o que
vai contribuir para a qualificação de leads.
PARTE 3: ESTRATÉGIAS PARA GERAR LISTA E PATROCÍNIOS
1. Para ser lembrado é preciso ser visto. Por isto, estar presente nas redes sociais é importantíssimo para ter
uma estratégia de marketing eficaz.
2. O Instagram, apesar de ser lembrado como uma rede social mais jovem e menos “séria”, é uma ótima
ferramenta de divulgação de suas idéias (través de mensagens e vídeos) e criam sua imagem, despertando
interesse em quem você tem como público-alvo.
3. Crie um perfil interessante, mesclando postagens de frases impactantes e motivacionais, com fotos suas
que sejam interessantes, ou curiosas, mas sempre de bom gosto.
4. Nada de publicar fotos sensuais. Biquini ou sunga pode, pois gera audiência, mas não vulgar e não tão
exposta. recomenda-se a cada 40 fotos, uma a vontade.
5. Mostre seu estilo de vida pelas fotos, mas poste glamour, lugares interessantes, riqueza e crie uma imgae
de bem sucedido.
6. O ideal é que seu perfil não fale da empresa que você desenvolve. Assim você não cria rejeição. través
do Direct (mensagem de texto que pode enviar para quem deseja) você pode iniciar amizade, sem
demonstrar interesse direto no patrocínio.
7. Mas se quiser ter um perfil da sua empresa, fique a vontade. Neste caso, assuma sua posição, mas seu
perfil será percebido como de negócios e tem muita gente que não usa o Instagram para negócio.
8. Em seu perfil, funciona muito se apresentar como caçador de talentos; investidor; consultor de negócios
ou head hunter.
9. Publicar texto no perfil tipo: procuro pessoas que desejem oportunidade financeira e profissional, dá
certo.
10. Interaja com seu público. O propósito das redes sociais é a interação e o foco principal é o
relacionamento entre os usuários. Responda aos comentários e principalmente as perguntas.
Crie postagens que incentivem a interação entre seus seguidores e faça com que eles se sintam importantes!
Curta suas publicações sempre que possível e siga alguns perfis.
Lembre-se de ter sempre em mente a sua persona, para que você possa direcionar as publicações para o tipo
certo de público.
Anuncie
Os anúncios pagos do Instagram se mostraram muito eficazes.
Utilizando um algoritmo bem similar ao do Facebook, o aplicativo identifica usuários que possuam
interesses semelhantes aos de seu público alvo, e apresenta seus anúncios a eles.
Além disso, o ads possibilita incluir nas postagens hiperlinks que podem direcionar o usuário para uma
página de compra, por exemplo. O que não é possível quando publicamos uma foto sem anunciar.

#Hashtags
As hashtags, utilizadas inicialmente pelo Twitter, funcionam como uma espécie de palavra-chave, que
facilita e ajuda a classificar o tipo de público.
A criação de uma hashtag própria pode ser uma grande ajuda e é uma estratégia muito utilizada, pois pode
criar uma comunidade que irá associá-la a sua marca ou produto.
Mas cuidado para não criar uma tag que seja longa ou específica demais e acabe não sendo usada por
ninguém!
Instagram stories e marketing digital
Sabemos que o Snapchat possui as mesmas funcionalidades deste novo recurso, mas e se o fato de o usuário
poder permanecer na mesma rede social para acompanhar sua marca mais de perto for um grande
diferencial?
Com este recurso, é possível criar uma relação mais próxima com seus seguidores, já que será possível para
eles, acompanhar o dia a dia da empresa, ou ficar mais por dentro de como os produtos são feitos.
Não sabe como criar um Instagram Stories? Fizemos um post especial que vai te ajudar com isso!
Qualidade é fundamental
Esta regra vale tanto para o conteúdo, quanto para as imagens!
Invista em boas imagens! Lembre-se que o Instagram é uma rede visual, e imagens bem produzidas e que
possuem destaque, sempre serão lembradas e apreciadas pelo seu público.
Não é necessário postar apenas imagens do seu produto! Divulgar imagens de como é o dia a dia em sua
empresa ou o que seus funcionários estão fazendo, ajuda ainda mais na aproximação dos seus seguidores
com sua marca.
As legendas também são muito importantes. Aposte numa linguagem mais humanizada e não tenha medo
de falar do seu produto, desde que este não seja o único foco da página.
Incentivar seu público através de promoções e Calls To action também é uma ótima maneira de mantê-lo
interessado.
Lembre-se que as pessoas querem ser surpreendidas e terem boas experiências que serão associadas à você.
Sabemos que, cada vez mais, as redes sociais são os maiores aliados de quem deseja crescer e se destacar
no mercado, por isso, não deixe de seguir estas nos práticas e se mantenha sempre atualizado sobre as novas
tendências.
Vimos que o Instagram teve uma rápida expansão e ganhou os corações de usuários de todo o mundo
através de sua plataforma intuitiva e de seus recursos inovadores.

Vá lá e utilize bem o seu perfil no Instagram.

Dicas de Moda e Postura para Homens de Sucesso


29 de outubro de 2017
Entre não ligar para moda, mas vestir-se bem, adequadamente, alinhadamente, é bem diferente do que não
ligar para moda e andar relaxadamente.
Entre o guarda-roupa estar lotado de roupas, também não significa que seu bom gosto e roupas da moda
estejam presentes ali. Portanto, quantidade não é qualidade. Vejam nossa explanação e verifique no que
poderemos ajudar para se adequar e mudar alguns pontos de extrema importância.
Publicidade

Não entendia também porque as pessoas gastavam uma fortuna em sapatos, relógios e bolsas. Moda para
mim consistia em pessoas ricas e fúteis. Grande erro…
Quando comecei a trabalhar, também comecei a ver e sentir a importância do “vestir bem”, me sentia um
trapo (minhas roupas não eram de péssima qualidade), apenas eram “normais”. Comecei a prestar atenção
ao que a moda é realmente e ao que eu estava usando.
Comecei a comprar roupas melhores e mais ‘fashion’ e uma coisa muito estranha e diferente aconteceu: ao
invés das pessoas me tratarem pior e me acharem superficial, elas começaram a me tratar melhor, bem
melhor.
Aí veio o motivo e comecei a entender: quanto melhor as pessoas se vestem, mais elas parecem ter status
social e dinheiro, elas se sentem mais confiantes e as pessoas as respeitam mais.
Adquiri um novo conceito sobre moda e hoje tenho uma opinião completamente diferente. O seu ‘look’
reflete o seu estado de espírito, é um jeito de expressar a sua individualidade e de mostrar para o mundo
que você faz parte de uma tribo, passa a mostrar para as pessoas o seu valor social.
Reconhecendo a importância da moda, preciso dizer que não sou a favor de gastar todo o dinheiro em
roupas e acessórios, (afinal, quem gosta do meu dinheiro, sou eu) mas acho que é importante ter pelo menos
algumas peças melhores, de boa qualidade, para causar uma boa impressão. Você vai precisar.
Lembre-se: as pessoas julgam você pela forma como você se veste, e a primeira impressão é a que fica (isso
é verdade), e para tirar essa primeira impressão, pode ser tarde.
Nas reuniões de sua empresa, siga as orientações do sistema de treinamento. Se recomendam terno, use
terno. Se permitem trajes casuais, use os trajes mais com muito bom gosto.
Se você quer impor respeito em uma reunião de trabalho, deve estar se vestindo e de maneira correta, então
siga essas dicas para não errar.
Apresente uma imagem elegante
Elegante não significa “enfeitado”: significa refinado. Sua intenção deve ser parecer profissional e não
bonito ou na moda: uma aparência exterior clássica e estruturada é um sinal do que você tem em mente.
– Cuide dos detalhes: cabelos e unhas bem cuidados, limpos, maquiagem suave, sem exagero, roupas bem
passadas, sapatos engraxados e meias perfeitas mostram que você leva seu trabalho a sério.
– Se a sua área é conservadora, vista-se de forma conservadora. As mulheres podem evitar riscos usando
saias e terninhos em cores escuras, conservadoras, sapatos que cobrem os dedos e blusas, em vez de
camisetas.
Os homens podem vestir um terno escuro bem cortado, de cor discreta, e uma gravata sóbria.
Lembre-se que os sapatos pretos combinam melhor com ternos marinhos, cinzas e pretos; sapatos marrons
combinam com ternos marrons ou beges.
Use sapatos de couro com cadarços e engraxe-os regularmente. Suas meias devem combinar com a cor de
suas calças, a menos que seu terno seja bege. Neste caso, as meias devem combinar com os sapatos.
Seja cuidadoso com as cores:
Os consultores de imagem enfatizam que as cores que você veste não apenas expressam sua personalidade,
mas também influenciam o modo como os outros reagem a você.
As cores para carreiras tradicionais são o preto, o cinza e o azul.
– O preto é elegante e sereno e obviamente o mais formal;
– O cinza-escuro é uma alternativa segura para o cotidiano e para reuniões de negócios especiais;
– O azul, principalmente o marinho, é uma cor bem-sucedida no meio corporativo, transmitindo confiança
e credibilidade;
– Tons mais claros sugerem avidez e entusiasmo.
Vista-se para o que deseja
Demostre respeito vestindo-se um pouco melhor do que aqueles abaixo de seu cargo ou nível. Se você
quiser subir na empresa, vista-se de acordo com o cargo que você quer, não com o cargo que você tem. Se
você deseja ser um líder qualificado de sucesso, tenha a aparência de alguém que possa ocupar essa posição.
Vista-se como seu chefe ou líder, mas seja cuidadoso: você não deve deixar isso muito óbvio!
Não seja tão informal
Há uma diferença entre roupas que são apropriadas para ir trabalhar e aquelas que são melhores para o fim
de semana. Se você vestir jeans no escritório, ele deverá ser escuro e bem ajustado, com as barras bem
feitas. Nunca use chinelos, trajes de praia ou qualquer coisa muito reveladora, folgada ou apertada.
Homens que usam cabelos compridos devem mantê-los presos; sua barba deve parecer bem cuidada, como
você a quer, não como se você não tivesse tempo para fazê-la.
OBS: Piercings no rosto, joias na língua e tatuagens, perfumes e loções pós-barba fortes simplesmente não
fazem parte do ambiente de trabalho ideal.
Vista-se para a ocasião

Se você tiver uma apresentação ou uma reunião com clientes, preste


mais atenção à sua aparência do que normalmente. Afinal de contas, você quer ter certeza de que as pessoas
ouvirão o que você diz em vez de serem distraídas pela sua aparência. Quando se trata de reuniões com
clientes, a regra prática é se vestir um pouco melhor que seus clientes.
Lembre-se: Outro ponto importante que não pode jamais ser esquecido: não vista nada muito escandaloso
para festas onde pessoas do ambiente profissional estejam: seus colegas nunca, jamais esquecerão!
Dicas para sua reunião
Estar atentO, ser objetivO e pontual, além de saber como se vestir adequadamente ao tipo de reunião, são
apenas alguns dos pontos primordiais para o seu sucesso.
1 – Dê atenção extra à vestimenta. Suas roupas devem ser apropriadas ao tipo de reunião, isso não significa
usar marcas caras e famosas, mas discrição e elegância.
2 – Seja pontual. Não deixe que ninguém fique à sua espera. Não use como justificativa de seu atraso a
organização dos documentos que vai utilizar, pois eles devem estar prontos o quanto antes.
3 – Faça seu marketing pessoal sem exageros. O tom de voz é muito importante e a forma de se expressar
também. Construa uma adequada comunicação interpessoal.
4 – Seja firme e objetivo ao argumentar e ao apresentar suas idéias, porém não deixe de usar a diplomacia
e a polidez, além de prezar pela ética em suas respostas.
5 – Entenda qual é o seu papel na reunião e demonstre o seu comprometimento com as ações tomadas.
Esteja atento ao desdobramento da pauta.
6 – Busque sinergia, pois esse também é um momento de aprendizado. Cuidado para não ficar falando
sozinha ou deixar de interagir com os outros, pois o objetivo da reunião é justamente o contrário.
7 – Fique atento às suas expressões não-verbais. Muitas vezes não nos damos conta, mas nos expressamos
com pequenos gestos. Abrir e fechar uma caneta dá a impressão de impaciência, pressa ou falta de interesse,
por exemplo.
8 – Se você é quem vai liderar a reunião, fique atento às condições do local: temperatura, ruído, ventilação,
alimentação se for longa, iluminação, disposição dos móveis e equipamentos, evite telefones, inclusive
celulares e bips, ou outros tipos de interrupções.
9 – Registre os assuntos importantes, pois você pode precisar retomar um dos tópicos. É fundamental criar
uma metodologia simples de forma que tenha em mãos o que foi dito na reunião.
10 – Se for apenas participar, concentre-se na reunião e seja um bom ouvinte. Não há nada mais
desconcertante do que perceber que o interlocutor não está prestando atenção ao que está sendo dito.
Então, na próxima vez que você tiver uma reunião importante, faça uma força um pouco maior em se vestir
melhor. Importa mais do que você imagina.
Busque credibilidade através do estilo
A credibilidade é conquistada por um conjunto de fatores, a aparência é uma delas. Quando uma pessoa te
vê pela primeira vez, ela faz um julgamento prévio e inconsciente de você em poucos segundos,
determinando a sua classe social e o seu grau de sucesso.
Você pode pensar o que quiser sobre isso! “Isso é coisa de gente preconceituosa, etc e tal!”. Mas é uma
questão neurológica. Quando você vê alguém pela primeira vez o seu cérebro precisa buscar referências de
alguém que você já tenha visto e que se pareça com a pessoa que está na sua frente. Dessa maneira, o seu
cérebro vai lhe entregar o manual de como você trata as pessoas com aquela imagem.
Como exemplo, podemos citar um momento em que você vê alguém de cabelos brancos. Automaticamente,
você chama de “Senhor”, ou quando você vê alguém caminhando na sua direção de maneira titubeante,
com um moletom com gorro cobrindo a cabeça.
Instantaneamente você segura sua carteira e celular cerra os dentes e entra no primeiro estabelecimento que
ver na sua frente não é verdade? Por isso o pré-conceito se refere a uma ideia prévia que temos sobre algo
antes mesmo de conhecê-la.
Não pense que com você é diferente. Quando você se encontra com um cliente, ele já reparou sua camisa,
calça sapato relógio, celular e tudo mais que estiver na vista dele.
E por mais que ele seja cortês e educado, já fez um pré-julgamento a seu respeito e isso pode facilitar ou
piorar as coisas para o seu lado.
É melhor não se arriscar, principalmente quando se trata de fechar negócios em tempos bicudos como o
que estamos vivendo.
Buscar uma boa aparência
Para melhorar a sua imagem pessoal, é fundamental dominar algumas técnicas de autoconhecimento que
normalmente não estão por aí, pois custam muito caro. Procure saber quanto custa uma consultoria de
imagem pessoal e você vai entender o que eu estou falando.
É por isso que muitos homens ficam com a aparência subjugada, pois quando resolvem dar uma estilizada
no guarda-roupa, pedem auxílio para uma namorada, esposa ou mãe, e em alguns casos elas não conhecem
muito do universo masculino e acabam fazendo escolhas que podem deixar o homem mais velho ou muito
jovem, mais baixo, mais gordo, sem credibilidade, etc.
Ou seja são pessoas que não são bem instruídas em relação ao propósito de imagem pessoal e acabam
levando muitos homens a piorar a própria imagem ao invés de ajudar. Lembro-me do caso de um executivo
do ramo financeiro cujo a esposa escolheu novos óculos para ele.
Os óculos eram sofisticados demais para a forma como ele se vestia e o tipo de corte de cabelo que ele
tinha. Além do mais, a personalidade recatada desse profissional, não sustentava aquele óculos.
No fim, não passou de um dinheirão gasto inutilmente, pois ele não levou nem uma semana para voltar ao
par antigo.
SAPATOS

Use sapatos casuais,


nunca tênis! Os sapatos casuais são excelentes apostas para o dia a dia do José, eles permeiam com
tranquilidade desde um ambiente informal ao pouco formal. Sapatos casuais são conhecidos por sua sola
de borracha e muitas vezes com cores diferentes. É claro que em um ambiente corporativo, cores berrantes
não são ideais, mas não há nada demais em colocar uma corzinha na composição.
MEIAS
Apesar dos
antenados da moda preferirem as opções mais coloridas e listradas, com tecidos grossos, o bom é ter a meia
com o tom do sapado ou terno.
APRENDA A DAR NÓ EM GRAVATA
LARGURA DA GRAVATA

A largura da gravata deve coincidir com a largura da lapela


UM LENÇO QUADRADO DE BOLSO ADICIONA UM NÍVEL EXTRA DE ESTILO
OPTAR POR UM TERNO CINZA AO PRETO
COLETE

Um colete é mais usado com ternos single-breasted (por isso é realmente visível). Se você estará vestindo
seu terno em um clima frio, um colete pode adicionar uma grande quantidade de calor. Ele também adiciona
um toque formal ao seu terno.
IMPORTANTE: Mantenha sempre o botão inferior desabotoado.
AO COMPRAR UM TERNO, A PRIMEIRA COISA A VERIFICAR É A FORMA COMO OS
OMBROS SE ADEQUAM

PUNHOS DE MANGA DEVEM SER EXPOSTOS CERCA DE MEIA POLEGADA

ABOTOAMENTO CLÁSSICO Se for um traje de negócios formal, opte por um botão duplo.
CONFORTÁVEL E BEM AJUSTADO Você deve ser capaz de deslizar a mão entre o seu peito e seu
casaco abotoado de tal forma que se sinta confortável, mas com espaço para se movimentar.
SUA GRAVATA DEVE SER SEMPRE MAIS ESCURA DO QUE SUA CAMISA

OUTRA DICAS
– SUA GRAVATA DEVE APENAS ATINGIR O CÓS DAS CALÇAS, OU SER UM POUCO MAIS
CURTA
– O CINTO DEVE SER FINO E DA MESMA COR QUE OS SEUS SAPATOS
– SEMPRE DESABOTOAR SEU TERNO ANTES DE SE SENTAR
– Usando terno: o primeiro botão de dois (ou o botão do meio de um botão de três) deve cair dentro ou
acima do umbigo.
AGUARDE AS DICAS DE MODA E POSTURA PARA MULHERES
Quer entender mais e se vestir melhor, visite:
Fonte: https://manualdohomemmoderno.com.br

Uma lição de como alcançar nossos objetivos


9 de novembro de 2017
Ao definir metas , a primeira pergunta que sempre me pergunto é: quem devo me tornar para alcançar esse
resultado específico? Quem devo me tornar para trazer esse objetivo particular para a vida?
Se você ainda não está fazendo isso, você ainda não se tornará aquela pessoa que pode atingir esse objetivo
muito específico.
Publicidade

Você simplesmente não tem o quadro mental que apóia a realização, a manifestação, dessa visão.
Eu chamo isso de lacuna de identidade. Há uma lacuna entre quem você é e quem precisa se tornar para
atingir seus objetivos.
Sempre haverá uma lacuna, porque temos visões e desejos de algo que queremos e de quem desejamos nos
tornar.
Temos que ter um propósito, uma missão, uma razão para viver e evoluir.
Quanto mais metas definimos para nós mesmos, mais lacunas criamos.
Assista este vídeo (Em Inglês)

Aprenda a blindar sua equipe


16 de novembro de 2017
É muito importante que você blinde sua equipe contra a concorrência.
Isso não quer dizer que você vá falar mal dela, mas que vai fixar na mente dos seus empreendedores, os
pontos fortes da sua empresa.
Publicidade

Mais que isso, você precisa criar uma blindagem emocional e racional.
Emocional: você precisa associar sentimentos positivos, entusiasmo, motivação, expectativa de sucesso,
criando um elo de possibilidade de realização pessoal e profissional. As pessoas de sua equipe precisam
acreditar que a empresa é maravilhosa.
Racional: mostrando a elas as vantagens, os benefícios, os pontos fortes, as qualidades que sua empresa
possui x os defeitos e pontos fracos da concorrência (sem denegrir ou falar mal destas).
Blindando sua equipe, você terá menos baixas na rede, porque o turnover diminui.
NA VIDA VOCÊ SE BLINDA DE COISAS NEGATIVAS
É normal as pessoas se blindarem contra energias negativas, relacionamentos complicadas, pessoas do mal,
pessoas difíceis. Então você precisa aprender a se blindar para se defender de toda ameaça que possa sofrer.
E uma vez que se blinde, fortaleça sua rede contra dois tipos de pessoas:
As que dirão Não para a oportunidade de negócio oferecida e para as que empreendem em outras empresas
e irão assediar seus empreendedores.
Considerando que as pessoas sempre tendem a achar que a grama do vizinho é mais verde, você precisa
desconstruir a concorrência, criando obstáculos mentais e emocionais na rede.
Algumas dicas:
– Faça as pessoas amarem…se apaixonarem pela empresa…pela história dela…pelos donos…pelos
produtos.
– Faça as pessoas se apaixonarem pelo seu time…adorarem a linha ascendente ea linha descendente.
– Faça as pessoas terem resultados. Isso é fundamental.
Porque as pessoas param?
 Param porque não se conectaram ao sistema
 Param porque as crenças limitantes vencem
 Param porque os negativos vencem
 Param porque não estão sendo profissionais
 Param porque ficam sozinhas, sem apoio
 Param porque não estão obtendo resultados
 Param quando perdem a convicção de que poderiam atingir suas metas

Técnicas que a concorrência usa para levar pessoas da sua equipe:


– Depoimentos de pessoas que já foram da sua empresa, não tiveram resultado e na nova Cia estão bem;
– Fazem comparativos que seus empreendedores vão acreditar por não conhecerem a concorrência. Logo,
tudo o que falarem, tendem a acreditar ser real;
– Falarão pontos negativos da empresa ou farão seu empreendedor falar, garantindo que na empresa deles,
isso não aconteceria;
– Mostrando resultados financeiros em pouco tempo. Muitas vezes, porque pessoas já chefaram com rede
pronta;
– Apresentando pins ou títulos em pouco espaço de tempo;
– Argumentam que é a empresa é a que mais cresce ou a que tem o melhor plano;

Ou seja: é preciso se antecipar ao assédio, preparando seu empreendedor para estas situações, antes que
seja tarde e você perca sua rede.

Blindar sua equipe é fundamental.

Como focar adequadamente sua ambição


18 de novembro de 2017
No lado esquerdo da Pirâmide do Sucesso, abaixo da fé , existem quatro peças adicionais de argamassa:
ambição, adaptabilidade, engenhosidade e luta. Essas qualidades abrangem a determinação, a ingenuidade
e a resiliência do espírito humano.
Em seu livro , Pyramid of Success do Coach Wooden , com Jay Carty, John Wooden definiu a ambição e
sua importância desta forma: “A ambição é um sentimento ou um desejo de alcançar um objetivo.
Publicidade

Normalmente, esse objetivo gira em torno da definição de sucesso ou grandeza de uma pessoa.
Eu acredito que possamos ter sucesso quando a ambição é focada em propósitos e resultados nobres e
dignos, e não em metas de egoísmo.
Se a nossa ambição seja altamente divulgada, receba muito reconhecimento, obtenha uma posição de poder
ou prestígio, ou ganhe muito dinheiro , não temos objetivos nobres.
Se estamos focados longe de nós mesmos e da equipe e de outros, possuímos objetivos nobres “.
Sob cada pedaço de argamassa na pirâmide, entre parênteses, há um breve conselho de aplicação para essa
argamassa.
Na pirâmide original sob ambição, o conselho de aplicação disse: “devidamente focado”. Mais tarde, o
treinador mudou o conselho de aplicação para a ambição de dizer “para objetivos nobres”.
A motivação do treinador para a mudança é clara: queria ter certeza de que nós entenda que nossa ambição
é “devidamente focada” quando se trata de um “objetivo nobre”.
O treinador definiu a ambição como uma qualidade importante.
Como diz o ditado, “Aqueles que planejam realizar nada sempre atingem seu objetivo”.
A ambição, quando devidamente focada, pode ser um ato tremendo, mas se estiver fora de foco , pode ser
uma falha fatal para qualquer equipe.
Devemos ter certeza de que não temos membros da nossa equipe, cuja ambição equivale a uma mentalidade
de todos os custos.
Nós queremos pessoas que são grandes competidores, mas que têm a mesma intenção de jogar de acordo
com as regras.
Como o treinador Wooden disse: “Nunca deixe a ambição fazer com que você sacrificar sua integridade ou
diminuir seus esforços em qualquer outro aspecto da Pirâmide.
Ao mesmo tempo, você nunca alcançará um objetivo sério, a menos que tenha a intenção de fazê-lo “.
Um objetivo é nobre quando a sua realização beneficia os outros.
Treinador de madeira teve grande ambição como treinador. Ele queria ganhar um campeonato nacional,
mas esse não era seu objetivo.
Seu objetivo era conseguir os melhores jogadores possíveis e ajudá-los a se tornar os melhores jogadores e
cidadãos. Ele também queria que eles melhorassem em equipe.
O treinador gostou de se referir aos campeonatos como “cereja no topo do bolo”, enquanto nos lembra que
“fazer o nosso melhor” foi o bolo.
“Esteja mais preocupado com o que você pode fazer pelos outros do que o que os outros podem fazer por
você – você ficará tão surpreso com os resultados”.
Citação do treinador: “Esteja mais preocupado com o que você pode fazer pelos outros do que o que os
outros podem fazer por você – você ficará tão surpreso com os resultados”, descreve a importância de
incluir outros em nossa jornada para o sucesso.
Se quisermos alcançar o sucesso, devemos ter ambição com integridade direcionada a um objetivo nobre. A
ambição pessoal egoísta não conseguirá isso.
Como o treinador gostava de dizer: “A habilidade pode levá-lo ao topo, mas é preciso ter um caráter para
mantê-lo lá”.
O treinador aconselhou-nos a manter nossas ambições na perspectiva apropriada: “Não fique tão
preocupado com a vida que se esqueça de fazer uma vida”.

Você foi condicionado a ter baixa auto-estima.


Mude isso agora
27 de novembro de 2017
Muitas vezes, as pessoas confundem confiança e auto-estima. Embora correlacionados, eles não são a
mesma coisa. A confiança é um sentimento de autoconfiança que decorre da apreciação das habilidades de
alguém (como ser um bom tenista ou empresário) ou qualidades (como ser engraçado ou bonito), enquanto
a auto-estima é a confiança no próprio valor ou valor inerente.
Aqueles de nós que confundem confiança e auto-estima muitas vezes nos acham tentando e não recebendo
satisfação. Podemos ser bons em fazer muitas tarefas incríveis e difíceis.
Nós podemos até ser o superstar em nosso campo e ainda assim, não nos sentimos bem o suficiente.
Dizem que sete em 10 meninas com idades entre 8 a 17 têm opiniões negativas de si mesmas de alguma forma,
como a aparência, o desempenho escolar ou as relações com familiares e amigos.
A pesquisa nos diz que a maioria das meninas nesta faixa etária são inseguras e inseguras de si mesmas. Aos 17
anos, nossa auto-estima não aumenta de forma significativa, mas a pesquisa sobre a auto-estima desaparece
porque deixamos de nos concentrar em manter-nos em alta consideração e começar a esmagar as realizações –
com a esperança de que a confiança crescente reduza a lacuna.
Nós nos tornamos uma estrela do rock de todas as formas em que os valores da sociedade não o cortam,
porque a sociedade é onde estamos, não quem somos. Ainda mais, quanto mais internamos a sociedade e a
sua mensagem, mais nossa auto estima está em risco. Deixe-me explicar.
Publicidade
As mensagens que as mulheres recebem desde o nascimento – para serem finas, atraentes e inteligentes tem
um limite.
Elas não podem ser muito inteligentes, bem sucedidas para não ameaçar o sistema social –
Somos ensinados que nosso valor é baseado em nossa aparência e nosso status de relacionamento. Não nos
valorizamos por quem somos e não reconhecemos o nosso valor real.
Preciamos derrubar o impacto das normas sociais para mudar o que inconscientemente internalizamos.
Para aumentar a estima, devemos identificar o problema (normas sociais) e entrar na solução (nós
mesmos!). Você me ouviu. Não somos o problema. Em vez disso, somos a solução. É hora de parar de
assumir a posição da sociedade com a nossa auto-fala negativa, concentrar-se na adequação e desejo de ser
apreciado.
Dicas práticas para mudar sua baixa auto estima:
Tome o controle de seus pensamentos.
Cada um de nós tem uma voz de pensamento positiva e negativa. A voz negativa é a parte que você
internalizou nas mensagens distorcidas que recebeu e acreditou. A voz negativa está tentando salvá-lo da
rejeição na maior parte do tempo.
Tradicionalmente, a psicologia nos disse que a voz negativa, ou “crítica interna”, tira pensamentos
irracionais. Discordo. A sociedade alimenta os pensamentos autodestrutivos. Não cometa erros! Você não
está louco. Você é um bom ouvinte intuitivo, que é a própria razão pela qual muitos de nossos pensamentos
autodestrutivos se parecem, como “eu sou feio”, “eu sou estúpido”, “eu sou um fardo” ou “eu” “Sou um
perdedor”.
Quando não está aberto, tudo o que você precisa fazer é ler entre as linhas das mensagens sociais e é isso
que você obtém.
Os pensamentos levam a sentimentos e sentimentos levam a ações. Para mudar a maneira como você se
sente, mude a maneira como você pensa. Identifique os padrões de pensamento que levem a sentimentos
indesejados.
Os pensamentos não são fatos. Em vez de comprar o que você internalizou durante décadas, convido você
a desafiar o que aprendeu.
Você é a única pessoa no mundo com suas experiências e perspectivas. Você não tem um
propósito. Você é o seu propósito, e, nós precisamos de você. Você deve aparecer por você, para
nós. O objetivo é ter sua cabeça e seu corpo no mesmo lugar ao mesmo tempo.
Os 8 Ps do Marketing Multinível
26 de fevereiro de 2018

Você já ouviu falar dos 8Ps do Marketing


Multinível?
Quando os negócio estão dando certo, naturalmente pensamos em expansão. Mas é preciso ter cuidado para
não pular nenhuma etapa importante.
Os 8 Ps do MMN são as principais etapas de sucesso do seu negócio. Cada “P” te ajudará a entender se o
modelo de negócio da sua empresa está vulnerável ou não. Dessa forma você identifica o que poderá
atrapalhar o seu crescimento. Confira o infográfico abaixo:
Publicidade
1º) Produto;
O seu produto/serviço precisa ter qualidade comprovada e que permita vendas repetitivas.
2º) Preço;
O preço precisa ser competitivo e alinhado com a expectativa do consumidor.
3º) Ponto de Vendas;
A sua equipe de vendas precisa estar distribuida pela maior quantidade possível de bairros, cidades e
estados.
4º) Presença;
Uma distribuição logística eficaz e com capacidade de entregar o produto onde seu cliente estiver, com
agilidade e custos compatíveis.
5º) Promover;
Uma comunicação contínua com todos os membros da sua equipe, orientando as melhores estratégias de
vendas.
6º) Produtividade;
Usar de tecnologias que ajudem a aumentar o resultado da sua equipe.
7º) Pessoas;
Ajudar uma média de 12 pessoas que estejam sinceramente comprometidas com o seu negócio.
8º) Processo;
Trabalhar como uma empresa que realmente conheça como funciona o MMN.
Pensar em um sistema de marketing multinível (MMN) é considerar uma completa otimização de todos os
processos envolvidos em seu negócio.
Então, conseguiu identificar quantos “Ps” estão OK na sua empresa? Espero que tenha gostado.
Este material foi desenvolvido pela Maxx Multinível, empresa de Tecnologia para empresas de MMN
https://blog.maxxmultinivel.com.br

Como construir você


16 de março de 2018

As verdadeiras histórias de sucesso na venda direta são tanto sobre o crescimento pessoal e auto-
aperfeiçoamento quanto sobre os negócios.
Leve a história de Mary Kay Ash como um exemplo perfeito. Nascida em 1918 em Hot Wells, no Texas,
Ash passou de dona-de-casa para a vendedora porta-a-porta para o topo do mundo dos cosméticos em cerca
de 25 anos.
Ash, que morreu em 2001, disse uma vez que ela trabalhava tentando melhorar e melhorar e melhorar para
que realmente se tornasse melhor”.
Publicidade

Este impulso para melhorar, se esforçar para melhorar, é transformador. A prática de melhorar a si mesmo
através de uma maior autoconsciência e autoconhecimento – é a chave.
O desenvolvimento pessoal não é algo que apreciamos ao longo do caminho da vida; na verdade é o
caminho em si. Abraçar essa conclusão cria oportunidades para que os executivos criem as culturas de suas
empresas, tanto internamente quanto no campo, com capacitação em treinamento e políticas de
desenvolvimento.
O representante independente típico, geralmente chega sem nenhum experiência empresarial anterior. Os
tropeços são inevitáveis. As qualidades como a resiliência, a disciplina, o foco, o gerenciamento do tempo,
o otimismo e a adaptabilidade são cruciais para a capacidade de se levantar, eliminar a rejeição e o
desapontamento e continuar.
No final do dia, ajudar as pessoas a se tornarem melhores e ajudá-las a identificar e atingir o potencial delas,
não tem preço.
O conceito evolutivo de ‘Líder’
Um princípio fundamental do desenvolvimento pessoal é a noção de que qualquer um pode – e todos devem
– desencadear o líder dentro de sí mesmos. Entender, fazer uso e amadurecer a inteligência emocional fará
toda a diferença na capacidade de efetvar e realizar o sucesso.
E a orientação, é uma ferramenta extremamente poderosa para ajudar qualquer pessoa, independentemente
da posição, a lançar a visão, definir metas ambiciosas e se estender além dos limites existentes ou
percebidos. Na verdade, um verdadeiro líder também é mentor, intencionalmente ou não.
A liderança real é sobre a construção de outras pessoas e sobre a sua luz, não sobre você”, diz John Addison,
CEO da Addison Leadership Group, em seu livro Leadership: 9 Práticas simples para liderar e viver com
finalidade. “É o tipo de liderança que não só funciona, mas também tem um impacto duradouro”.
A liderança tem muito menos a ver com o título ou cargo de uma pessoa e muito mais a ver com habilidades
interpessoais. Esta é uma consciência que parece crescer no mundo mais amplo, embora dentro do canal
muitos sempre tenham sabido que isso é verdade. Todo o conceito de ser um líder de campo enfatiza a
liderança através da realização, e não por meio de um título.
“A liderança real é sobre a construção de outras pessoas e brilhar a luz sobre elas, não em você mesmo”.
(John Addison)
AMA Enterprise, uma divisão da American Management Association, divulgou os resultados de sua
pesquisa sobre as principais tendências que influenciam o treinamento e desenvolvimento organizacional.
Entre esses fatores é a percepção de que o significado do “líder” está se ampliando.
“A maioria das grandes organizações agora considera que os indivíduos são líderes com base em seu
impacto, não em sua autoridade ou posição”.
Cada vez mais, um líder é visto como” qualquer um, se eles gerenciam outros ou não, são atores de alto
desempenho num papel específico”.
O relatório também indica que certas habilidades também estão subindo na lista de prioridades, à medida
que as pessoas compreendem o valor da inteligência emocional, incluindo qualidades como habilidades de
comunicação, autoconsciência, empatia, auto-regulação, habilidades sociais, resolução de conflitos, entre
outros.
É indiscutível que o sucesso ou o fracasso de uma empresa depende da sua capacidade de desenvolver
líderes que deixem suas marcas com as habilidades já citadas.
Sempre que você encontrar ou desenvolver esse líder, também encontrará um compromisso profundo com
o desenvolvimento pessoal. “Quando incentivamos o desenvolvimento pessoal, ele deslvolve novos
líderes”.
“Não importa quem você seja, o que você é, quais são seus antecedentes, qual seu nível socioeconômico, o
desenvolvimento pessoal pode ser obtido. Isso é possível para qualquer pessoa que quiser. ” garante Connie
Tang, presidente e CEO da Princess House

A Psicologia dos Milionários. Aprenda a pensar


como um Milionário
20 de março de 2018

Veja como as pessoas que alcançaram sucesso material têm uma forma de pensar peculiar, e saiba como
pensar da mesma forma.
Gerir dinheiro relaciona-se muito mais com psicologia e atitude do que você pensa. Foi o que Napoleon
Hill pregou no seu best-seller “Pense e Enriqueça”, de 1937 – o culminar do seu intensivo estudo sobre
mais de 500 milionários que alcançaram esse estatuto por esforço próprio.
Publicidade
O milionário Steve Siebold, que alcançou esse estatuto por esforço próprio e que entrevistou 1.200 das mais
ricas pessoas do mundo ao longo das últimas três décadas, concorda.
De acordo com o que escreve no seu livro “How Rich People Think” (Como pensam as pessoas ricas) ficar
rico tem muitas vezes mais a ver com a atitude do que com o dinheiro – por mais retrógrada que essa
afirmação possa soar.
Seguem-se as 21 atitudes dos mais ricos que você pode passar a adotar a partir de hoje.
As pessoas ricas acreditam que a pobreza é a raiz de todos os males.
De acordo com Siebold verifica-se uma certa vergonha no fato de se “ficar rico” no seio de comunidades
de baixo rendimento. Escreve: “O indivíduo de classe média sofreu uma lavagem cerebral para acreditar
que as pessoas ricas ou têm sorte ou são desonestas.” Acrescenta: “A classe alta sabe que ter dinheiro não
seja garantia de felicidade ou mesmo torna a vida mais fácil e mais agradável.” As pessoas ricas consideram
o egoísmo uma virtude … Enquanto que a maioria das pessoas considera o egoísmo um vício. “Os ricos
procuram tornar-se felizes. Não fingem que querem salvar o mundo.” – Avançou Siebold ao Business
Insider.
O problema é que a população de classe média considera-o como algo negativo – e isso mantém-na pobre.
Escreve. “Se você não tomar conta de si próprio não se encontra em posição de ajudar seja quem for. Você
não pode dar aquilo que não tem.”
Os indivíduos ricos têm uma mentalidade orientada para a ação … Enquanto que a maioria das pessoas têm
uma mentalidade orientada para a loteria. “Enquanto que as massas esperam escolher os números certos e
rezam por prosperidade – os grandes resolvem problemas.” – Escreveu Siebold. “O herói pelo qual [a
maioria das pessoas] esperam é talvez Deus, o governo, o seu chefe ou o seu cônjuge. É o nível de raciocínio
da maioria das pessoas que gera esta abordagem em relação à vida – enquanto o relógio continua a avançar.
” As pessoas ricas acreditam na aquisição de conhecimentos específicos … Enquanto que a maioria das
pessoas acredita que o caminho para a riqueza é pavimentado pela educação formal. “Muitos indivíduos de
classe alta têm pouca educação formal e acumularam a sua riqueza através da aquisição e posterior venda
de conhecimento específico.” – Escreve Siebold. “Enquanto isso, as massas estão convencidas que os graus
de mestre e doutor são o caminho para a riqueza – muito porque se encontram presos na linha de pensamento
linear que os afasta de níveis mais elevados de consciência…
Os ricos não estão interessados nos meios, apenas nos fins.” As pessoas ricas sonham com o futuro …
Enquanto que a maioria das pessoas relembra os bons velhos tempos.
“As pessoas que acreditam que os seus melhores dias estão para trás raramente ficam ricas – e muitas vezes
lutam com situações de infelicidade e depressão.” – escreveu Siebold. “Os milionários, que atingem esse
estatuto através de esforço próprio, chegam a ricos pois estão dispostos a apostar em si próprios e a projetar
os seus sonhos, objetivos e ideias num futuro desconhecido.
” As pessoas ricas pensam no dinheiro de forma lógica … Enquanto que a maioria das pessoas vê o dinheiro
através dos olhos da emoção. “Uma pessoa inteligente, bem-educada e bem-sucedida pode transformar-se
instantaneamente num pensador baseado no medo e orientado para a escassez cuja principal aspiração
financeira passa por uma reforma confortável.” – Escreveu Siebold.
“A classe alta vê o dinheiro pelo que é e pelo que não é – através dos olhos da lógica. Sabe que o dinheiro
é uma ferramenta crítica que apresenta opções e oportunidades.”
As pessoas ricas seguem a sua paixão … Enquanto que a maioria das pessoas ganha dinheiro fazendo coisas
que não gosta. “Para a população média parece que os ricos trabalhando a toda a hora.” – Avançou Siebold.
“Mas uma das estratégias mais inteligentes destes últimos é que fazem precisamente aquilo de que gostam
e encontram uma forma de serem pagos por isso.” Por outro lado, os membros da classe média aceitam
empregos de que não gostam “pois precisam do dinheiro, e foram ensinados na escola – e condicionados
pela sociedade – a viverem num mundo com uma forma de pensamento linear, que iguala o ganhar dinheiro
ao esforço mental ou físico.
” As pessoas ricas estão à altura do desafio … Enquanto que a maioria das pessoas define baixas expetativas
para nunca ficarem desapontadas. “Os psicólogos e outros peritos em saúde mental aconselham, muitas
vezes, as pessoas a definirem baixas expetativas para a sua vida – para garantirem que não se desiludam.”
– Escreve Siebold.
No entanto, diz “Nunca ninguém chegará a rico ou viverá os seus sonhos sem grandes expectativas.
” As pessoas ricas utilizam o dinheiro de outras pessoas … Enquanto que a maioria das pessoas acredita
que precisa de dinheiro para ganhar dinheiro. Siebold afirma que os ricos não têm medo de financiar o seu
futuro a partir dos bolsos de outras pessoas. Escreve: “As pessoas ricas sabem que não é relevante não ter
a necessária solvência para comportar, pessoalmente, determinado investimento. A verdadeira questão é
‘Vale a pena comprar, investir ou perseguir isto?.”
” As pessoas ricas sabem que os mercados são movidos pela emoção e pela ganância … Enquanto que a
maioria das pessoas acredita que são movidos pela lógica e pela estratégia.
“Os ricos sabem que as emoções primárias que movem os mercados financeiros são o medo e a ganância e
contam com esses fatores em todos os negócios e tendências que observam.” – Escreve Siebold.
“Este conhecimento da natureza humana e do seu impacto de sobreposição sobre a negociação dá-lhes
vantagem estratégica na construção de maior riqueza através da alavancagem.
” As pessoas ricas ensinam os seus filhos a ficarem ricos … Enquanto que a maioria das pessoas ensina os
seus filhos a sobreviver. Segundo Siebold, os pais ricos ensinam os seus filhos, desde tenra idade, sobre o
mundo dos ricos e dos pobres. Apesar de muitos argumentarem que apoia a ideia de elitismo – Siebold
discorda.
“[As pessoas] dizem que os pais estão a ensinar os seus filhos a olharem para as massas, que são pobres.
Isto não é verdade.” – Escreve. “O que estão a ensinar aos seus filhos é que vejam o mundo através dos
olhos da realidade objetiva – a forma como a sociedade realmente é.
” As pessoas ricas encontram paz de espírito na riqueza … Enquanto que a maioria das pessoas deixa que
o dinheiro as afete. A razão pela qual as pessoas ricas ganham mais é que as mesmas não têm medo de
admitir que o dinheiro pode resolver a maioria dos problemas, diz Siebold.
“[A classe média] vê o dinheiro como um mal necessário interminável e que deve ser suportado como parte
da vida. A classe alta vê o dinheiro como o grande libertador – que, quando suficiente, permite comprar a
paz de espírito financeira.
” As pessoas ricas preferem ser educadas do que entretidas … Enquanto que a maioria das pessoas prefere
divertir-se a ser educado. Apesar de os ricos não colocarem muito esforço na promoção da riqueza através
de educação formal acabam por apreciar o poder da aprendizagem até muito depois da faculdade ter
terminado, explica Siebold.
“Entre na casa de uma pessoa rica e uma das primeiras coisas que irá ver é uma extensa biblioteca de livros
que a mesma utilizou para se educar a si própria – relativamente a como tornar-se melhor sucedida.” –
Escreve.
“A classe média lê romances, tabloides e revistas de entretenimento.” As pessoas ricas só se querem cercar
de pessoas com a mesma atitude … Enquanto que a maioria das pessoas considera os ricos snobes. A
mentalidade negativa que envenena a classe média é o que faz com que os ricos se deem com ricos, afirma
Siebold.
“[As pessoas ricas] não conseguem lidar com as mensagens de tristeza e melancolia.” – Escreve. “Isto é
muitas vezes mal interpretado pelas massas como snobismo. Rotular a classe alta como snob é outra forma
que a classe média encontra para se sentir bem consigo própria e com o caminho de mediocridade escolhido.
” As pessoas ricas concentram-se em ganhar dinheiro … Enquanto que a maioria das pessoas se foca em
poupar dinheiro. Siebold teoriza que as pessoas ricas se focam mais no que irão ganhar com a tomada de
riscos do que em poupar aquilo que têm.
“As massas estão tão focadas em cortar cupões e viver frugalmente que perdem a maioria das
oportunidades.” – Escreve. “Mesmo no meio de uma crise de fluxo de caixa os ricos rejeitam a forma de
pensar das massas. São mestres a concentrar a sua energia mental onde a mesma pertence: no dinheiro.
” As pessoas ricas sabem quando assumir riscos … Enquanto que a maioria das pessoas joga pelo seguro
com o dinheiro. “A alavancagem é a palavra de ordem dos ricos.” – Escreve Siebold. “Todos os investidores
perdem dinheiro em determinada ocasião mas a classe alta sabe que não importa o que aconteça será sempre
capaz de ganhar mais.
” As pessoas ricas encontram conforto na incerteza … Enquanto que a maioria das pessoas quer estar
confortável. “O conforto físico, psicológico e emocional é o principal objetivo da atitude da classe média.”
– Escreve Siebold.
“A classe alta aprende desde cedo que chegar a milionário não é fácil e que a necessidade de conforto pode
ser devastadora. Aprendem a estar confortáveis num estado de incerteza constante.” As pessoas ricas
esperam ganhar mais dinheiro … Enquanto a maioria das pessoas espera ter de continuar a lutar. “Não ouça
os pessimistas que lhe dizem que a vida é suposto ser uma luta e que você deve assentar e agradecer o que
tem.” – Escreve Siebold no Business Insider. Você tem de pensar em grande. Porque não um milhão de
dólares?
As pessoas ricas estão obcecadas com o sucesso … Enquanto que a maioria das pessoas acredita que a
obsessão é uma palavra má. “A verdade é que as pessoas ricas têm uma obsessão saudável com conseguirem
o que querem, o que inclui o dinheiro.” – Escreve Siebold.
“Os mais ricos veem os negócios e a vida como um jogo, e é um jogo que adoram vencer.” Pense naquilo
que quer e como é que o irá obter exatamente – Aconselha Siebold. Será necessário um certo nível de
disciplina para “ganhar”. As pessoas ricas veem o dinheiro como um amigo … Enquanto que a maioria das
pessoas o vê como inimigo.
“A maioria das pessoas tem uma relação disfuncional, conflituosa, com o dinheiro. Afinal de contas somos
ensinados que o dinheiro é escasso – difícil de ganhar e ainda mais difícil de manter.” – Escreve Siebold.
“Se você quiser começar a atrair dinheiro pare de vê-lo como seu inimigo e pense no mesmo como um dos
seus maiores aliados. É um amigo que tem o poder de acabar com noites sem dormir por preocupação e dor
física e que pode salvar a sua vida. Os mais ricos veem o dinheiro como um amigo especial que os pode
ajudar de formas que nenhum outro amigo pode – e estes sentimentos positivos levam-nos a construir uma
relação mais forte todos os dias.”
As pessoas ricas sabem que você pode ter tudo … Enquanto que a maioria das pessoas acredita que têm de
escolher entre uma grande família ou ser rico. A ideia de que a riqueza deve surgir em detrimento do tempo
com a família não é nada mais do que um pretexto – afirma Siebold.
“As massas foram alvo de lavagem cerebral para acreditarem que ou é um ou outro.” – Escreve. “Os mais
ricos sabem que você pode ter tudo o que quiser se encarar o desafio com uma atitude baseada no amor e
na abundância.”

Faça um teste agora para começar a transformar


sua história
11 de abril de 2018
A BrainPower desenvolveu um teste, fundamentado nas mais avançadas técnicas de Neurociência para você
começar a se conhecer melhor e tendo interesse, iniciar o processo que irá transformar sua história.
Estamos publicando abaixo, um questionário.
Publicidade

1) Na primeira coluna tem uma frase. Por exemplo: ‘Sei dizer não’.
2) Você deve marcar um X na coluna que mais se adequar a você. (anote em um pedaço de papel)
3) Por exemplo: se você sempre diz não sem dificuldade você irá marcar um X na coluna SEMPRE.
4) Seja honesto com você mesmo!! Este diagnóstico é o início de qualquer mudança.
QUESTIONÁRIO:
SEMPRE AS VEZES NUNCA
Conquisto amizades facilmente e as pessoas gostam
muito de estar perto de mim
As pessoas confiam nas minhas decisões e raramente
as questionam

Influencio de forma não autoritária, sendo


naturalmente um líder respeitado

Tenho facilidade para cativar mesmo as pessoas


mais difíceis e conseguir o que preciso

É fácil para mim direcionar minha família/cônjuge


sem gerar estresse e brigas

As pessoas contam comigo para negociar ou gerenciar


assuntos difíceis pois consigo atingir acordos melhores

Eu digo não e argumento com facilidade, sem gerar


embates profissionalmente me considero um líder
inspirador e meu time me admira

Mobilizo pessoas para meus projetos com facilidade,


deixando-as altamente motivadas.
Quando necessário eu conquisto a atenção rapidamente

Eu percebo a situação emocional das pessoas


rapidamente e consigo contornar situações difíceis

Eu considero que minha comunicação encanta e


cativa os ouvintes

Meu preço não só é maior que a média mas é também


absolutamente inegociável (não dou desconto)

Sei exatamente o que dizer para convencer sobre


meu produto, empresa ou a mim próprio.

Considero que gero valor para as pessoas e para o


mundo e por isso vivo uma vida de abundância

Ao longo dos últimos anos consegui mobilizar


muitas pessoas a fazer coisas diferentes, e elas são
gratas a mim.

Eu sei como vou reagir a cada tipo de situação, antes


mesmo dela ocorrer.

Estou satisfeito com meus atuais resultados e nível


que atingi na vida

PASSO 2

Utilize suas respostas para contabilizar seus pontos.


Multiplique por 0, 3 ou 5 cada resposta, sendo 0 quando a resposta for “Nunca”, 3 quando for “As vezes”,
e 5 “Sempre”.
Some todos os resultados acima e chegue no seu resultado final.
RESULTADO
De 0 a 34 pontos
Nível: Alarmante
Se você está nesse nível, você precisa tomar uma ação corretiva urgente para começar a ter resultados mais
expressivos e intensificar seu impacto no mundo. Essa escassez de resultados dos últimos tempos tem
gerado e continuarão gerar consequências que tendem a ser bastante cruéis, afinal cada dia perdido não tem
mais volta. Neste nível, você sabe, sente e se incomoda profundamente por não ter a vida que gostaria. Algo
que parece cada vez mais distante. Provavelmente você vêm buscando maneiras simples ou atalhos para
solucionar ou então está em um processo intenso de tentativa e erro, geralmente ainda sem ter ideia de que
maneira se comunicar, qual estratégia seguir, para conseguir fazer seus maiores objetivos destravarem.
De 35 a 65 pontos
Nível: Preocupante
A maioria das pessoas se enquadra aqui. Esse nível significa que sua maior fonte de resultados é seu esforço
individual, mas você sabe como isso é algo desgastante demais. Quanto mais o tempo passa, mais
desgastante vai se tornando. Por isso, geralmente na área da vida que essa energia é aplicada o
desenvolvimento acontece (relacionamento, saúde, profissão, etc), mas esse esforço intenso tende a
desbalancear outras partes e essa tem sido a consequência mais incomoda. Objetivos mais imediatos
que dependem só de você são atingidos com freqüência satisfatória, mas os objetivos mais intensos e
importantes geralmente são interrompidos no meio do caminho por “faltar algo” ou até por esse desgaste
no processo. Deixando uma consequência de frustração que você tenta não demonstrar, mas internamente
isso é algo que incomoda.

De 66 a 80 pontos
Nível: Satisfatório
Neste nível você já está de certa forma acima da média. Na sua área de conhecimento você já começou a
se tornar uma referencia e construir sua autoridade. Atingiu já importantes resultados e o poder que
a persuasão lhe confere te agrada. Por conta disso você já sente que gera um pouco de valor para o mundo.
Mas está num ponto em que sabe que já tem uma base sólida para alçar voos mais intensos, e gostaria
de magnificar ainda mais esse impacto envolvendo outras áreas da sua vida que acabaram ficando de lado
no processo. É a hora de usar sua base e autoridade para criar uma alavanca, levando seu impacto para outro
nível e gerando fãs e admiradores no processo. E agora gerando de fato valor intenso no processo.
De 81 a 90 pontos
Nível: Super Homem
O nome é apenas uma brincadeira, pois provavelmente quase ninguém se enquadrou neste nível. Se você
foi um dos raros que chegou aqui meus mais sinceros parabéns! Você com certeza é uma pessoa admirável
e já atingiu grande parte dos seus objetivos pessoais, profissionais e espirituais. Você é uma pessoa que
busca aprender, se desenvolver constantemente com os melhores e não aceita apenas ficar no processo de
tentativa e erro que a maior parte das pessoas se encontra por acreditar erroneamente que é mais fácil
descobrir do que aprender. Continue seu processo de aprendizado e desenvolvimento, pois evolução não
tem fim e é ela que nos satisfaz.
Nos vemos no topo!

10 Dicas para se vestir bem como um


empreendedor de Sucesso
25 de abril de 2018
A rotina de empreendedores pode ser tão diversa que muitas vezes fica difícil saber o que vestir para, em
um mesmo dia, passar a manhã no escritório, almoçar com um cliente e tentar um empréstimo no banco no
fim do dia. Segundo um levantamento da consultoria americana Harris Interactive, boa aparência – que não
tem a ver com beleza física – passa mais confiança.
Para 90% dos entrevistados, quem se arruma mais tem mais chances de causar uma boa primeira impressão.
Publicidade

Marcele Goes, consultora de imagem pessoal e corporativa da Estilo Sob Medida, diz que não há fórmula
mágica para estar sempre vestido adequadamente. “É indicado ter um look reserva guardado no escritório,
que pode ser somente uma camisa passada para os homens e um vestido para as mulheres, algo que possa
ser trocado rapidamente e transforme o look”, diz.
Para não errar na hora de escolher a roupa e causar uma boa impressão, Marcele indicou como estar pronto
para diversas ocasiões do cotidiano empreendedor. Nas fotos, cenas de filme exemplificam o que a
consultora considera mais adequado para cada circunstância.
Mesmo que você trabalhe em casa, não dá para passar o dia de pijamas ou roupa de ginástica. Para Marcele,
a chave é unir elegância e conforto. “Mesmo que o ambiente permita roupas mais casuais, algumas nunca
devem entrar no código de vestir profissional, como shorts, bermudas, camisetas, saias curtas, blusas
decotadas ou com transparência”, diz.
Além disso, a dica é definir um padrão de formalidade é importante, dependendo da área de atuação. Em
locais mais informais, mulheres podem usar sapatilhas, como a usada por Katherine Heigl na cena do filme
A Verdade Nua e Crua, e os homens, sapato social sem amarração.
1. Dia a dia

Mesmo que você trabalhe em casa, não dá para passar o dia de pijamas ou roupa de ginástica. Para Marcele,
a chave é unir elegância e conforto. “Mesmo que o ambiente permita roupas mais casuais, algumas nunca
devem entrar no código de vestir profissional, como shorts, bermudas, camisetas, saias curtas, blusas
decotadas ou com transparência”, diz.
Além disso, a dica é definir um padrão de formalidade é importante, dependendo da área de atuação. Em
locais mais informais, mulheres podem usar sapatilhas, como a usada por Katherine Heigl na cena do filme
A Verdade Nua e Crua, e os homens, sapato social sem amarração.
2. Almoçar com um cliente
O almoço pode parecer um momento mais informal, mas é parecido com uma conversa com o gerente do
banco: é preciso ganhar a confiança do interlocutor, provar que é capaz. “Para isso, a vestimenta é
semelhante: calça e camisa social. Neste caso, a cor é mais ainda importante: tons claros na parte de cima
como branco ou off white não criam barreiras entre as pessoas”, diz. Na foto, George Clooney atuando no
filme Amor Sem Escalas.

3. Uma viagem de negócios


Em viagens de negócios, geralmente a agenda do empresário é apertada e nem sempre dá tempo de ir até o
hotel trocar de roupa. “Aqui é importante pensar em um look possível de ser transformado, porque no avião
você precisa de conforto e na reunião você precisa de um look impecável”, diz. A dica da consultora é
escolher uma parte de baixo de tecido mais confortável, que não amasse, e levar uma camisa para vestir ao
desembarcar. “Desta forma, você já estará pronto se alguém vier recepcioná-lo e também poderá ir direto
para a reunião”, diz. Levar só o necessário é importante para evitar situações como a da foto, uma cena do
filme Amor Sem Escalas.
4. Fazer uma reunião com a equipe
Se for uma reunião de dia a dia, vale o mesmo que o empreendedor já usa nas atividades diárias. Se o
objetivo for uma reunião especial, para falar de resultados, por exemplo, pode exigir mais do empresário.
“Adicione tons de vermelho em alguns detalhes, como gravata para os homens, lenço e cinto para as
mulheres, para criar contraste e impor respeito”, indica Marcele. Na foto, Meryl Streep usa algo mais formal
e Anne Hathaway, mais informal, na cena de O Diabo Veste Prada.

5. Happy hour
Nesta situação, o look mais causal está liberado. “Use jeans escuro ou uma calça social e uma camisa um
pouco mais colorida”, diz Marcele. Para as mulheres, é possível usar mais acessórios e vestidos discretos.
Na foto, Patrick Dempsey e Michelle Monaghan atuam em O Melhor Amigo da Noiva.

6. Ir a uma feira ou evento de negócios


Para eventos de negócios, a dica é praticidade. “Você vai precisar vender seu peixe o tempo todo, vai
gesticular, vai se movimentar, então é preciso reunir elegância e praticidade: foque na escolha de tecidos
que sejam confortáveis e se mantenham visualmente em ordem para aguentar a jornada de trabalho”, diz
Marcele. O visual de Jason Bateman e Jennifer Aniston, no filme Coincidências do Amor, exemplificam
isso. Aparecer todo amassado vai causar uma má impressão. Além disso, pense no conforto, já que esses
eventos exigem disposição para caminhar e ficar de pé por algumas horas.

7. Conversar com um investidor ou alguém muito bem sucedido


A dica aqui é, sempre que possível, conhecer o investidor e o local do encontro para estar no mesmo padrão
de formalidade. “Aqui você vai adentrar o ambiente do outro, então é indicado estar no grau de formalidade
dele, que provavelmente será uma vestimenta mais formal: costume e gravata para os homens, camisa e
calça de alfaiataria para as mulheres”, indica. “Utilize contrastes marcados, como branco com preto e um
tom de vinho ou vermelho”, ensina. Na foto, William Hurt, do filme Grande Demais para Quebrar, usa a
gravata com um tom de vinho.

8. Ir ao banco negociar vantagens com o gerente


Este é um momento crucial para pequenas empresas e causar uma boa impressão pode fazer diferença. “É
preciso transmitir seriedade, credibilidade e profissionalismo. A dupla camisa e calça social cumprem bem
este papel”, indica Marcele. Segundo ela, tons claros na camisa e mais escuros na calça são adequados.
“Pode-se adicionar um paletó, que forme conjunto ou não com a calça”, diz. A combinação de Ryan
Reynols, em cena com Sandra Bullock no filme A Proposta, é um bom exemplo.

9. Para recrutar casualmente


Para Marcele, é importante passar alguma formalidade nesta situação. “Ninguém deseja transmitir uma
mensagem de que a sua própria empresa é pequena e desestruturada, pelo contrário, o intuito é trazer
talentos para incrementar o recurso humano”, diz. Para homens, vale a dupla camisa clara e calça social
escura. Para mulheres, parte de baixo mais escura e uma blusa mais estruturada. Sarah Jessica Parker
e Pierce Brosnan, do filme Não Sei Como Ela Consegue, exemplificam o visual na foto.
10. Visitar Alguém
 Se você precisa visitar alguém numa empresa, provavelmente pode acontecer de precisar conversar
com os donos, diretores ou prospects. “Neste momento, você está reforçando a confiança que aquela
empresa deposita em você como cliente, então não opte por um look despojado demais. Se não
quiser ser formal demais, a dupla camisa clara e calça social escura sempre é certeira”, indica. A
combinação de Ryan Reynolds, no filme The Change-Up, é um bom exemplo.

8 Dicas de Sucesso Empresarial Altamente


Eficazes para Empreendedores
22 de maio de 2018
Empreender é ter paciência, perseverança. É fundamental saber administrar, planejar e organizar bem…
“Empreender é o modo de pensar e agir de forma inovadora, identificando e criando oportunidades,
inspirando, renovando e liderando processo.
se consegues sonhar consegues fazê-lo
Publicidade

1. Mantenha a grande visão à vista.


Uma grande visão irá levá-lo longe. Eu coloco essa dica primeiro, porque quando as coisas dão errado no
caminho para o seu sucesso, manter a grande visão em mente permitirá que você siga o caminho de volta
para um curso de sucesso. Pode não ser sempre o curso que você imaginou, mas sua grande visão se torna
sua estrela do norte, o que, por sua vez, ajuda você a navegar e se orientar na escuridão. Eu acredito muito
nisso, eu escrevi um livro sobre o assunto. Sua visão é sua base, bússola e farol celestial, iluminando o
caminho a seguir.
2. Abasteça sua visão com perseverança.
O que deve andar de mãos dadas com uma grande visão é a perseverança de que você precisa para seguir
em frente. Se você é um observador de Game of Thrones, houve uma ótima frase em um episódio recente,
quando Stannis Baratheon estava sendo aconselhado sobre a falta de sabedoria em começar uma batalha na
neve. Ele respondeu: “Nós marchamos para a vitória ou marchamos para derrotar, mas vamos para frente,
apenas para frente”.
Às vezes, quando as coisas ficam desafiadoras em seu caminho como empreendedor, você precisa se
comprometer a seguir em frente, independentemente do desconforto e do medo que cercam os próximos
passos. Quando você alimenta a sua grande visão com perseverança e o espírito de “apenas avançar”, você
acaba encontrando o seu sucesso.
3. Faça um plano, mas seja flexível.
Você precisa de alguns conjuntos de planos, mesmo que cada um seja apenas algumas páginas. Um plano
de negócios, com um esboço de marketing que o acompanha, são importantes projetos para o sucesso. Eles
ajudam você a mapear os principais marcos do caminho a seguir, definir seu sucesso e dividir a jornada em
métricas importantes nas quais você pode acompanhar seu progresso.
Eu não sou de um plano robusto e gigantesco que ninguém vai acessar, mas eu defendo um plano mais
modesto que possa atuar como seu manual básico de instruções e responsabilizá-lo por números
específicos. A razão pela qual não apoio planos altamente detalhados é que acredito que você precisa da
flexibilidade para alterar o curso conforme necessário. Às vezes, grandes mudanças no plano serão
necessárias.
4. Abrace seus conhecimentos.
Se você já é bom em alguma coisa, ou tem uma habilidade, aceite isso. Não tente ser tudo para todos os
aspectos do seu negócio. Contrate ou assine contratos com agências para as coisas que você não pode fazer,
e concentre-se em seus pontos fortes o mais rápido e freqüentemente possível. Não seja um pau para toda
obra e um mestre de ninguém.
5. Não reinvente a roda.
O que já está funcionando nos modelos de negócios de outras pessoas, em seu setor, em aplicativos de
software e outras operações de negócios que você pode emular em vez de recriar? Não desperdice seu
tempo tentando configurar sistemas quando você pode simplesmente comprar e instalar um, economizando
tempo precioso e gastando pouco dinheiro. Mas às vezes a melhor decisão é assumir os custos de alguns
bons sistemas, para que você não tenha que perder tempo e cometer erros ao construir o seu próprio sistema.
6. Não queime.
Este não é apenas um conselho obsoleto: sua saúde é literalmente a coisa mais importante em sua
vida. Quando seu corpo ceder, você está feito. Seu coração não se importa com o bom negócio que você
tem; Seu sistema circulatório não é tão impressionado com seu dinheiro ou realizações. . . você entendeu?
Pessoalmente, eu tento comer realmente boa comida, dormir bem e levar o máximo de tempo que eu
consigo, dia após dia, para rir com meus filhos e ver minha esposa.
Você vai queimar se você sacrificar sua saúde física e mental no altar de seu negócio. Então, cuide-se.
7. Alavancar tudo.
Os hacks da vida podem parecer apenas forragem viral na internet, mas eles podem ensinar uma importante
lição sobre alavancagem. Quando você usa alavancagem para sua vantagem em todos os aspectos da sua
vida, você vai mais longe, mais rápido. Aproveite a ajuda terceirizada para agilizar tarefas e ganhar tempo
de tráfego para chamadas telefônicas importantes. Aproveite o tempo de espera em qualquer lugar (o
consultório do médico, a escola do seu filho, a sala de espera do seu mecânico, o seu voo de avião) para
fazer as coisas.
8. Mantenha seu senso de humor.
Se você não pode rir de si mesmo, você está perdendo. Eu estava quase dormindo na outra noite quando
pensei em um evento engraçado que aconteceu mais cedo naquele dia, e de repente me vi em erupção de
riso tão alto que acordei o cachorro.
Rir é uma boa cura para difundir o estresse, infundir alguma leveza na vida e ter alguma perspectiva sobre
o fato de que, ei, isso é apenas vida, afinal de contas – você não precisa levar isso tão a sério.
Então, tente rir mais e se estresse um pouco menos. O senso de humor fortalece seu bem-estar emocional e
mental, além de ser muito mais divertido de se ter por perto.
Por: Gary Whitehill

10 segredos para se comunicar como os grandes


líderes
1 de junho de 2018

É praticamente impossível se tornar um grande líder sem ser bom em comunicação. Se uma mensagem não
for recebida profundamente por cada um de nós, provavelmente, não será compreendida e muito menos
apoiada.
Uma comunicação eficaz é, então, um componente essencial para o sucesso profissional, seja a nível pessoal
ou organizacional. Desenvolver uma capacidade comunicativa é mais fácil do que se pensa, mas ser capaz
de utilizá-la nos momentos mais apropriados nem sempre é fácil.
Publicidade
Os melhores comunicadores são também ótimos ouvintes e observadores astutos: sabem ler uma pessoa ou
um grupo e percebem os estados de ânimo, as dinâmicas, as atitudes, os valores e as preocupações.
Veja na galeria de fotos abaixo dez segredos da arte da oratória explicados à FORBES por Mike Myatt
(considerado um dos principais especialistas em liderança do mundo):
1. Não fale de maneira afiada
Na maior parte dos casos, as pessoas não se abrem a quem não confiam. Quando um líder é digno de
confiança, as pessoas assumem riscos que jamais assumiriam frente a personalidades fracas e pouco
íntegras. Pedir a confiança raramente funciona. Em vez disso, é preciso conquistá-la com as ações certas.
2. Personalize
É melhor ter uma conversa do que uma comunicação: pense em um diálogo, não em um monólogo. Quanto
mais a comunicação for pessoal e envolvente, mais será eficaz. Há uma grande verdade: “Às pessoas não
interessa o quanto você sabe se elas não souberem o quanto você se importa”. Se você não desenvolver
relações significativas com as pessoas, não saberá que coisas têm em mente até que seja tarde demais para
fazer qualquer coisa a respeito.
3. Seja específico
A especificidade é melhor do que a ambiguidade: aprenda a se comunicar com clareza. Ser simples e
conciso é sempre melhor do que complicado e confuso. É importante que os líderes aprendam a ser diretos.
Sem compreender o valor de ser breve e claro, as pessoas irão se distrair muito antes de escutarem seu
ponto central. O seu objetivo deve ser eliminar o supérfluo e fazer valer as suas palavras.
4. Concentre-se no que você deixa em vez de no que você leva
Os melhores comunicadores não apenas são hábeis na aprendizagem e compilação de informações durante
a comunicação, mas também ao propor ideias, alinhar expectativas, inspirar à ação e difundir sua visão.
Quando você se concentra realmente em contribuir mais do que em receber, atinge o objetivo. Mesmo que
pareça contra intuitivo, ao se concentrar intensamente nos desejos e nas necessidades da outra parte, você
aprende muito mais do que enquanto você permanece focado apenas em seus interesses.
5. Tenha uma mente aberta
Uma mente fechada é, frequentemente, o maior limite para as novas oportunidades. O líder joga em um
plano completamente novo no momento em que se propõe a discutir com quem tem opiniões discordantes
e posições opostas, com o objetivo não de convencê-los a mudar de ideia, mas de compreender a sua
argumentação. Esteja aberto ao diálogo com aqueles que o confrontam, desafiam e estimulam. Lembre-se
de que não é a opinião que conta, mas, principalmente, a vontade de discutir com a mente aberta e aprender.
6. Fique quieto e escute
Os grandes líderes sabem quando falar e quando ficar calados. Transmitir a sua mensagem até a exaustão
não terá o mesmo resultado do que uma conversa. A maior forma de discurso se desenvolve dentro de um
diálogo, e não com um monólogo. Quando você começar a entender que o conhecimento se obtém quando
se está em escuta, terá dado o primeiro passo para se tornar um comunicador esperto.
7. Substitua o ego pela empatia
Quando a franqueza vem comunicada com empatia e zelo, e não com a arrogância orgulhosa de um ego
cheio demais de si, você começa a ver resultados. Os comunicadores empáticos mostram um nível de
autenticidade e transparência que aqueles que escolhem se comunicar dentro de uma imagem atentamente
elaborada não têm. Compreender esse princípio de comunicação é o que ajuda a transformar a raiva em
respeito, e a dúvida, em confiança.
8. Leia nas entrelinhas
Reserve um momento para refletir sobre qualquer grande líder que lhe venha à mente: você perceberá que
eles são muito hábeis em ler nas entrelinhas. Têm a capacidade extraordinária de compreender aquilo que
não se diz, fala ou sente. Nessa época de comunicação instantânea, todos parecem ter tanta pressa de
comunicar aquilo que pensam que não param para compreender o quanto se pode obter da mente dos outros.
Mantenha os olhos e os ouvidos abertos, e a boca fechada, e ficará surpreso com quanto a sua consciência
aumentará.
9. Conheça aquilo de que você fala
Desenvolva um domínio dos assuntos sobre os quais você fala. Se você não possuir experiência no tema,
poucos lhe darão ouvidos. As pessoas de maior sucesso têm interesse escasso em escutar aqueles indivíduos
que não podem agregar valor a uma situação ou a um assunto. Você certamente já ouviu falar que “não é
importante o que você diz, mas como diz”. Há seguramente um componente de verdade nessa afirmação,
mas também é muito importante aquilo que você diz. Os bons comunicadores prestam atenção tanto no
“que” quanto no “como” da mensagem.
10. Fale a grupos como se fossem indivíduos
Os grandes comunicadores conseguem personalizar uma mensagem, dirigindo-se a dez pessoas em uma
sala de conferências ou a 10 mil pessoas em um auditório como se falassem individualmente com cada um
deles.

Marketing Multinível: o que você precisa saber


sobre esta indústria
14 de junho de 2018
O Marketing Multinível é uma atividade que permite que pessoas sem nenhuma
experiência empresarial e comercial, se tornem empreendedores independentes de
empresas, para comprar produtos com descontos, vender produtos com margem de lucro
e montar uma equipe, para ganhar percentuais de todo o faturamento oriundo da equipe
montada.
Desta forma, a empresa ganha um alto índice de fidelidade de clientes (por terem se tornados
empreendedores) uma vez que a empresa pagará comissões e bônus, pelo trabalho gerado e movimento
financeiro da rede.
História do marketing multinível

Publicidade

Os primeiros negócios de MMN reconhecidos nos Estados Unidos foram a Califórnia Vitamin Company
(fundada em 1920 e depois renomeada Nutrilite em 1939), e a California Perfume Company (incorporada
em 1909 e posteriormente renomeada Avon Products em 1932).
Em 1979, uma decisão histórica envolvendo a Amway ajudou a legitimar a indústria de marketing
multinível. A FTC descobriu que a Amway não estava operando como um esquema de pirâmide de acordo
com a definição estatutária estrita de uma, mas ordenou que a empresa parasse de enganar seus
distribuidores sobre seu potencial de renda.
Em 2016, a FTC cobrou uma multa de US $ 200 milhões contra a Herbalife por enfatizar demais o
recrutamento sobre as vendas de produtos. No entanto, a FTC teve o cuidado de evitar chamar a Herbalife
de um esquema de pirâmide, que foi visto como uma vitória para a indústria de MMN como um todo.
A Associação de Venda Direta, fundada em 1910, é a associação comercial nacional para suas empresas-
membro. A DSA é composta quase inteiramente por multinacionais de marketing, embora empresas como
a Tupperware, que utiliza a venda direta, mas não o marketing multinível, tenham saído em 2013, citando
o desejo de se distanciar dos esquemas de pirâmide.
Em 2012, a DSA conseguiu isentar as empresas de marketing multinível dos regulamentos de proteção ao
consumidor incluídos na “Regra de Oportunidades de Negócios” da FTC. A decisão é considerada o mais
importante sucesso de lobby na história da indústria de MMN.
Como saber se uma empresa é um MMN legítimo
À primeira vista, pode ser muito difícil distinguir se uma empresa é ou não um MMN. Ao conversar com a
pessoa que está recrutando você, aqui estão algumas perguntas importantes a serem feitas que podem ajudá-
lo a ter uma ideia do tipo de empresa que são:
1. Qual porcentagem da receita da empresa vem de vendas para consumidores e vendas para
empreendedores?
2. Os distribuidores gastam mais tempo recrutando outros distribuidores ou vendendo o produto?
3. Quais são as comissões mensais médias para os distribuidores nos 33% inferiores, 33% médios e 33%
superiores?
4. Existe um auto-envio de produtos necessários para se tornar um distribuidor?
5. Eles estão confortáveis em lhe dar o nome da empresa para a qual trabalham, eles exigem que você os
contate através de uma mensagem pessoal / direta em Mídias Sociais?
6. A empresa possui sede física e registrada no país onde você está sendo contatado?
7. Existe contrato entre a empresa e o empreendedor, com entrega real de produto ou algum bem real?
8. Setenta por cento do faturamento da empresa vem das vendas ou do recrutamento de pessoas?
Palavras populares na indústria de marketing multinível
Há uma variedade de termos usados como sinônimos para o marketing multinível, mas muitos deles não se
encaixam na definição exata.
 Venda Direta : Embora os MMNs se concentrem quase exclusivamente na venda direta, este não é um
sinônimo exato porque a venda direta é simplesmente o método pelo qual os distribuidores nos MMNs
vendem produtos e / ou recrutam novos membros. A venda direta é a ideia de que os vendedores
alavancam seus contatos e relacionamentos pessoais, enquanto os vendedores de uma empresa normal
costumam trabalhar com pessoas que eles não conhecem pessoalmente.
 Pool de lucro de varejo (RPP) : Um esquema de investimento frequentemente empregado por golpistas
para convencer os investidores a juntar seu dinheiro para obter retornos mais altos. Embora essa
metodologia possa ser empregada com sucesso por empresas e profissionais de investimento legítimos, os
MMNs geralmente usam isso como uma frente para uma configuração de esquema Ponzi.
 Programa de Investimento de Alto Rendimento (HYIP) : Um tipo de esquema Ponzi que promete retornos
inatingíveis pagando a investidores anteriores o dinheiro de novos investidores. Esses esquemas, como
todos os esquemas Ponzi, são modelos insustentáveis a longo prazo.
 Marketing de rede: quando os distribuidores de marketing multinível alavancam suas redes pessoais de
familiares e amigos para fazer vendas e recrutar novos membros.
 Esquema de Pirâmide : Um modelo de negócio insustentável (e ilegal) no qual os lucros dos novos membros
são pagos aos membros anteriores.
Principais empresas de marketing multinível
Devido às altas taxas de atrito dos distribuidores, a maioria das empresas de marketing multinível não dura
mais do que um ano. No entanto, alguns MLMs duraram décadas. Você pode encontrar as principais
empresas MMN de 2018 aqui .

Conheça o Ranking das 100 maiores empresas de


Vendas Diretas do mundo em primeira mão
3 de maio de 2018
A Sucesso é o primeiro veiculo de comunicação a divulgar o Ranking contendo as 100 maiores de Vendas
Diretas e MMN do mundo de 2018.
Este ranking é baseado nas informações que voluntariamente as empresas fornecem, e são aferidas por
pesquisadores que ajudam na elaboração do Ranking.
Publicidade

Esta classificação usou como base o faturamento das receitas de 2017.


As novidades deste ranking, quando comparado ao ano anterior são as seguintes:
1. Nenhuma empresa brasileira de MMN enviou os dados para a DSN e por isso não entraram no Ranking.
Tanto Hinode, quanto Polishop conseguiriam excelentes posições se optassem por participar no Ranking.
2. A empresa doTERRA, não entrou no Ranking porque a empresa nunca divulga seu balanço financeiro
para o Ranking, porque não querem ser comparados com empresas de outros setores. O foco da empresa é
gerar qualidade de vida para as pessoas e não ficar sendo comparada com outras, comunica sua
diretoria. Prova disso, é que a empresa divulga seu faturamento publicamente através de balanços em
veículos de comunicação, pela transparência que oferecem a seus empreendedores e ao governo americano.
Se a empresa fornecesse seu faturamento para o Ranking, seria a nona maior empresa do mundo, com
apenas 10 anos de vida.
3. A Amway se manteve como a empresa número um do mundo, apesar de ter caído de 8,8 para 8,6 bilhões.
4. A Avon conseguiu se recuperar de um ano ruím e se manteve em segundo lugar com o mesmo
faturamento.
5. A brasileira Natura pulou de nona, para a sétima maior empresa do segmento no mundo.
6. As empresas chinesas estão ganhando cada vez mais mercado. A Infinitus, por exemplo, ultrapassou a
Mary Kay e já é a quinta maior do mundo.
7. A Nu Skin subiu de décima primeira colocada para a nova posição.
8. A Jeunesse perdeu faturamento e caiu da décima quarta, para a décima oitava posição.
9. A Belcorp teve crescimento de faturamento, mas caiu da décima quarta para a vigésima primeira posição,
porque outras empresas cresceram mais.
10. A americana Pure Romance que vende produtos sensuais, cresceu em faturamento e no ranking e pulou
da posição 70 para 66.
11. A Tupperware se manteve na décima posição.
12. A 4Life se manteve na posição 51.
13. A Omnilife não entrou no Ranking deste ano porque não forneceu os dados de faturamento.
14. Iremos publicar um comparativo e uma análise detalhada do Ranking 2018 x 2017.
CONHEÇA O RANKING DE 2018:
Rank Company Revenue

1 Amway $8.60B

2 Avon Products Inc. $5.70B

3 Herbalife $4.40B

4 Vorwerk $4.19B

5 Infinitus $3.92B

6 Mary Kay $3.25B

7 Natura $3.09B

8 Perfect $2.96B

9 Nu Skin $2.28B

10 Tupperware $2.26B

11 Coway $2.05B

12 JoyMain $1.58B

13 Oriflame Cosmetics $1.537B

14 SUN HOPE $1.536B

15 Young Living $1.52B

16 Rodan + Fields $1.50B

17 New Era $1.33B

18 Jeunesse $1.30B

19 Pola $1.22B

20 Ambit Energy $1.15B

21 Belcorp $1.14B

22 DXN Marketing Sdn Bhd $1.10B

23 USANA Health Sciences $1.05B


24 Longrich $1.00B

25 Telecom Plus $979M

26 Yanbal International $971M

27 Isagenix $958M

28 Market America $820M

29 Quanjian $786M

30 Yandi $740M

31 Stream $737M

32 Juice Plus $730M

33 Team National $719M

34 Yofoto $696M

35 Amore Pacific $681M

36 PM International $632M

37 Hualin $577M

38 Faberlic $563M

39 Plexus $562M

40 Arbonne International $553M

41 Miki $535M

42 Golden Days $518M

43 AdvoCare $472M

44 Scentsy $468M

45 Rolmex $459M

46 LegalShield $457M

47 Pro-Health $400M

48 For Days $383M

49 Nature’s Sunshine $342M

50 Resgreen $326M

51 4Life Research $316M

52 Monat Global $314M


53 Apollo $296M

54 LG Household & Healthcare $292M

55 Family Heritage Life $284M

56 OPTAVIA / Medifast, Inc. $257M

57 Hy Cite Enterprises, LLC $253M

58 Alphay $252M

59 Noevir $250M

60 CUTCO/Vector Marketing $245M

61 Best World Int’l Ltd $237M

62 Alpha $222M

62 AnRan $222M

64 Menard $221M

65 Southwestern Advantage $219M

66 Pure Romance $218M

67 Prüvit $214M

68 Norland $207M

69 KK Assuran $205M

70 Green Leaf $201M

71 New Image Group $200.815M

72 SEACRET $200.007M

73 LifeVantage $200.000M

74 NHT Global $198M

75 Merro $192M

76 Giffarine Skyline Unity Co. $179.0M

77 Princess House $178.9M

78 ARIIX $178.0M

79 Cosway $177.9M

80 Kangli $177.6M

81 Mannatech $176.7M
82 BearCere’Ju $169M

83 World Global Network $165M

84 Charle $161M

85 Vida Divina $153M

86 Marketing Personal $147M

87 Diana $144.5M

88 Ideality $143.6M

89 Youngevity $142M

90 Fuxion Biotech $141M

91 Naris $138M

92 Vestige Marketing $127M

93 Jimon $118M

93 Tiens $118M

95 Naturally Plus $111M

96 Usborn Books & More $107M

97 Kasly Ju $104M

98 Immunotec Research Ltd $102M

99 Xyngular $100M

100 ZURVITA $94M

Como os grandes lideres criam uma cultura


vencedora em suas equipes
25 de junho de 2018
Se você desenvolver uma cultura de reconhecimento de pequenos resultados e lucros como reconhece
grandes resultados e lucros em sua equipe, seu negócio de marketing de rede pode prosperar de uma maneira
surpreendente.
Alguma vez você já se perguntou como os principais líderes criam uma “cultura vencedora” em seu
time? Uma chave é reconhecer “pequenas vitórias como grandes vitórias”.
Publicidade

Se você desenvolver uma cultura de reconhecimento de pequenas conquistas como GRANDES conquistas,
seu negócio de Venda Direta irá prosperar muito. Acredite! O apresentador do evento Mastermind, Darnell
Self, é um mestre em cultivar esse conceito na cultura de sua equipe diz:
Quando meu filho tinha sete anos, jogava futebol. eu estava na arquibancada como pai, e queria que ele
chutasse a bola pelo uma vez em direção ao gol. E toda vez que a bola vinha em sua direção, ele corria na
direção oposta. Era vergonhoso como pai e gritava:
Chute a bola! Vá atrás da bola! “E ele olha para mim e diz: ‘Nuh uh'”.
Em dado momento, a bola está no ar, desce e cai no pé dele e ele então chuta a bola.
Agora, ele não chutou a bola porque de repente sentiu a necessidade de ser um jogador de futebol
maravilhoso. Ele chutou a bola porque todas as outras crianças correram em direção a ele e queriam tirar a
bola dele.
Mas quando ele chutou a bola, colocou seu companheiro de equipe na cara do gol e todos começaram a
pular em cima dele, dizendo “Isso foi incrível!”
Ele olhou para mim com cara de “eu fiz!” Então, sem ser ingênuo, eu dei-lhe um choque de mãos e disse:
“Isso foi incrível!”. Eu sabia a razão pela qual ele chutou a bola, mas eu disse: “Foi incrível! Foi um passe
incrível! “E ele disse:” Obrigado, pai. ”
Adivinha que três jogos depois, ele se tornou o artilheiro da equipe pelo resto da temporada.
As pessoas precisam de pequenas vitórias e de pequenos lucros.
Se você está acostumado a ganhar US $ 300 por mês e de repente você ganhou até US $ 1500 por mês, isso
é um pequeno ganho. Talvez você ache que é pequeno demais para você falar. E isso é o que acontece com
nossos companheiros de equipe.
Às vezes, quando você está com pessoas que ganham $ 10.000 por mês, $ 20.000 por mês, todo o dinheiro
do grande astro do rock, você sente que seus $ 500 por mês não são importantes, mas a única razão pela
qual as pessoas ganham US $ 10.000 ou US $ 20.000 por mês é porque muitas pessoas fazem entre US $
500 e US $ 1.000 a US $ 1.500 por mês. Essas pessoas devem ser reconhecidas tanto quanto os $ 10.000
por mês.
Então, o que acontece é que, infelizmente, em uma cultura que alguns criaram, eles reservam aplausos para
os grandes. E essas são as pessoas que recebem a admiração e aplausos.
Você não deve reservar seus aplausos apenas para os “grandes”. Reconheça os pequenos.
Se queremos que a duplicação aconteça, devemos reconhecer as pessoas novas, as que ganham pouco, as
que começaram a ganhar dinheiro agora, as que conquistaram os primeiros PINS, porque essas pessoas
estão apenas começando a se tornar seus futuros milionários.
Todo milionário que conheço nessa profissão começou ganhando pouco, recebendo os PINS básicos e
foram reconhecido por suas pequenas vitórias. Portanto, há futuros milionários que alguém precisa
reconhecer. Torço para que esse alguém seja você e seus downlines, porque aprenderão com você e seguirão
seu exemplo.

5 passos para criar um nome forte no Marketing


Multinível
9 de julho de 2018

Como qualquer pessoa pode ganhar dinheiro com marketing multinível, se atuar de forma profissional e
consistente, a maneira mais fácil de maximizar os lucros é formar uma equipe treinada, dedicada e bem
sucedida de networkers que trabalham com você.
Ao montar sua equipe, seus lucros aumentam a cada venda.
Publicidade
Existem vários segredos para construir um lucrativo negócio de marketing de rede, mas a chave mais
importante é transformar seu nome e reputação em uma marca reconhecída.
Então, não perca tempo. Construa uma boa imagem em torno de seu nome e de sua pessoa implantando as
dicas abaixo:
1. Faça um nome para si mesmo
No Marketing Multinível, a ferramenta mais valiosa que você tem para crescer o seu negócio é a sua
reputação. Você pode já ter tido grande sucesso, mas isso não o ajudará a avançar, a menos que as pessoas
saibam disso. As redes sociais são uma maneira fácil e barata de transformar seu nome em uma marca que
as pessoas reconhecem e associam com confiabilidade, inovação e sucesso. Ao criar um perfil online
completo (Facebook, Twitter, Instagram, Linkeding, Site, Blog ou canal no You Tube), você pode acessar
um recurso gratuito e fácil que tem o potencial de atingir milhares de pessoas em sua área. Crie conteúdo
(posts, links para artigos relevantes, etc.) que atraiam sua base de clientes e você será reconhecido em breve
como líder em sua área.
2. Mas não se esqueça, de usar um bom nome
Embora a construção de seu próprio nome seja excelente, o marketing de rede oferece a oportunidade de
capitalizar uma marca muito maior do que qualquer indivíduo. Empresas de sucesso estão ligadas a
empresas de marketing de rede populares, como Hinode, Avon, Jeunesse, Mary Kay, Polishop, Racco, entre
outros.
Destaque sua conexão com essas empresas respeitadas, contribuirá muito para a construção de sua
própria marca. Ao convencer futuros profissionais de marketing de rede a se unirem à sua equipe, sua
parceria com uma grande empresa tornará fácil para alguém dedicar seu tempo e energia à sua
empresa. Existem muitas empresas que oferecem marketing multinível no Brasil e no mundo. Reserve um
tempo para escolher o caminho certo e alinhe-se com seus principais valores.
3. Seja Profissional
Sua reputação o precede em todas as áreas de negócios, e não há maneira mais fácil de manter uma
reputação positiva do que ser um profissional confiável. Você agendou uma reunião? Chegue no horário.
Você enviou um email? Verifique erros tipográficos.
São pequenas coisas que contribuem grandemente para uma imagem geral de profissionalismo. Em uma
empresa de MMN, seus gerentes buscam consistência e excelente liderança. Dê um exemplo de trabalho
duro e atenção aos detalhes ; Sua equipe fará o mesmo.
4. Não se esqueça de ser um amigo
Embora seja importante manter uma reputação de profissionalismo, é igualmente importante construir
relacionamentos por meio de confiança, gentileza e apoio. O marketing de rede é uma indústria baseada
em relacionamentos: quanto melhor você cultivar amizades e associações empresariais, mais forte será o
seu negócio. Quando você montar sua equipe de MMN, eles também procurarão ter uma equipe própria. Dê
um exemplo positivo enquanto estiver ativo em seus grupos de negócios, apoiando seus parceiros naquilo
que acredita e fornecendo conselhos quando eles solicitarem. Empresas corporativas podem ser
implacáveis, mas o marketing de rede tem a ver com forte colegiado de trabalho em grupo.
5. Seja diferente
É quase obrigatório alcançar para alcançar o sucesso que deseja, ser profissional, amigável e um bom
promotor de si mesmo. No entanto, quase qualquer um pode fazer essas coisas com foco e trabalho duro.
Para realmente se destacar e construir sua marca pessoal, faça um esforço consciente para ser diferente .
Escolha o único aspecto do seu negócio que você faz melhor do que todo mundo e coloque-o no centro do
seu marketing. Mostre que você é o líder mais compreensivo, destacando os recursos que você fornece ao
seu grupo.
Enfatize sua experiência de marketing e mostre como você permitirá que os profissionais de sua equipe
alcancem mais pessoas e clientes e obtenham mais sucesso.
Todos querem fazer parte de algo grandioso: ao mostrar sua melhor qualidade, incentive os outros a darem
o melhor de si e a também criarem um nome forte.

4 tipos de pessoas que vc deveria escutar para seu


sucesso
13 de julho de 2018

Nas 21 leis irrefutáveis da liderança , digo que o líder toca o coração antes de pedir a mão. Essa é a lei da
conexão. Antes que um líder possa tocar o coração de uma pessoa, ele precisa saber o que está nele. E isso
é aprendido ouvindo.
Entre as pessoas com o dom da liderança, não há muitos que não têm capacidade de ouvir. Peter Drucker,
o pai do conceito moderno de administração dos Estados Unidos, acredita que 60% de todos os problemas
administrativos são resultado de comunicações precárias. Eu diria que a grande maioria dos problemas de
comunicação vem de não saber ouvir.
Publicidade
Há muitas vozes por aí que exigem nossa atenção. Quando decidir ouvir, lembre-se de que, ao fazer isso,
você está procurando dois propósitos:
relacionar-se com as pessoas e aprender com elas. É por isso que você deve manter seu ouvido aberto para:
1. Seus seguidores
Bons líderes, aqueles que as pessoas gostam de seguir, não apenas conduzem seus assuntos quando
interagem com seus seguidores. Eles tomam o tempo para conhecê-los como as pessoas que são. Philip
Stanhope, o Conde de Chesterfield, acreditava que “muitos homens gostam mais do que alguém de ouvir
suas histórias para receber um desejo”. Se você tem o hábito de ouvir apenas os fatos e não a pessoa que os
expressa, mude seu foco e ouça realmente quem está falando com você.
2. Seus clientes
Um provérbio cherokee diz, “escute os sussurros e você nunca terá que ouvir os gritos”. Estou entristecido
por líderes que estão tão envolvidos em suas próprias idéias que nunca ouvem as preocupações, reclamações
e sugestões de seus clientes. Em seu livro Business @ the Speed of Thought , Bill Gates, presidente da
Microsoft, diz: “Clientes insatisfeitos são sempre uma preocupação. Eles também são a maior oportunidade
“. Para bons líderes, é uma prioridade manter contato com as pessoas que eles servem.
3. Seus concorrentes
Sam Markewich disse: “Se você não concorda comigo, significa que você não está me ouvindo”. Embora
eu estivesse brincando, a triste realidade é que quando um líder vê outra organização como uma competição,
ele concentra sua atenção em si mesmo e como superar isso, esquecendo de aprender o que o outro está
fazendo. Larry King diz: “Todas as manhãs lembro-me de que nada do que eu digo neste dia me ensinará
alguma coisa, por isso, se vou aprender, tenho que fazê-lo ouvindo”. Como líder, você não deve basear sua
tarefa no que outra pessoa está fazendo, mas deve ouvir e aprender o que puder para melhorar a si mesmo.

4. Seus conselheiros
Nenhum líder é tão hábil ou experiente que possa se dar ao luxo de não ter um conselheiro. Aprendi muito
com líderes que têm mais experiência do que eu, pessoas como Melvin Maxwell (meu pai), Elmer Towns,
Jack Hayford, Fred Smith e J. Oswald Sanders. Se você ainda não tem um conselheiro, vá e encontre um. Se
você não consegue encontrar alguém para ajudá-lo pessoalmente, comece a procurá-lo lendo livros; É onde
eu comecei A questão principal é colocar o processo em movimento.
Extraído do livro As 21 qualidades essenciais de um líder de John C. Maxwell

Quer ter milhares de seguidores e novas pessoas na


sua rede social e na sua rede?
1 de dezembro de 2017
A Sucesso fechou parceria com uma empresa de Marketing Digital, que turbina seu Facebook e Instagram
imediatamente.
Você poderá comprar seguidores reais no Instagram, curtidas e amigos no Facebook.
Publicidade

A empresa administra um incrível mailling de 150 mil pessoas, formados por homens e mulheres, maiores
de idade e 100% brasileiros.
Essa parceria irá estimular que empreendedores e empresas conquistem seguidores para gerar
relacionamento e prospecção para suas redes.
Em menos de 20 minutos, você ganha 1.000 seguidores no Instagram por apenas R$ 35,00. Por dia você
pode conquistar 50 mil seguidores.
O investimento é muito acessível, mas a promoção possui tempo limitado.
Mais informações… Entre em contato, pelos WhatsApp: (21) 9970-50110