Você está na página 1de 89

DRY NEEDLING AVANÇADO E

TÉCNICAS ASSOCIADAS

Prof. Ms. Mosiah Araújo Silva


CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
• Revisão de alguns conceitos teóricos e práticos
importantes
• Localização e utilização dos Pontos Homeostáticos;
• Localização e utilização dos Pontos Sintomáticos (trigger
points e tender points);
• Localização e utilização dos Pontos Paravertebrais
• Agulhamento seco avançado e técnicas associadas
(Liberação Miofascial Manual e Instrumental IASTM) no
controle da dor nas principais lesões ortopédicas nas
seguintes regiões:
– ATM, Cervical, Ombro, Cotovelo, Punho, Torácica, Lombar,
Quadril, Joelho e Tornozelo;
• Agulhamento seco avançado em patologias não dolorosas;
• Utilização da Eletroestimulação e do Laser para
potencializar o tratamento
DRY NEEDLING/ACUPUNTURA
x
PLACEBO
DRY NEEDLING
x
ACUPUNTURA (MTC)
TIPOS DE AGULHAMENTO SECO
• Agulhamento Seco Superficial (Baldry, 2005);

• Agulhamento Seco Profundo (Gunn, 1996);

• Twitch (Hong, 1994);


PONTOS HOMEOSTÁTICOS
H1
H2
H3
H4
H5
H6
LOCALIZAÇÃO DOS PONTOS
SINTOMÁTICOS
Trigger Points ou Tender Points
PTERIGÓIDEO LATERAL
ZIGOMÁTICO
ESTERNOCLEIDOMASTÓIDEO
ESCALENO
LATÍSSIMO DO DORSO
SERRÁTIL ANTERIOR
SUBESCAPULAR
BÍCEPS
TRÍCEPS
EXTENSOR RADIAL LONGO DO CARPO
QUADRADO LOMBAR
LOCALIZAÇÃO DOS PONTOS
PARAVERTEBRAIS
Pontos Paravertebrais
• Os PP são selecionados em combinação com os AS
correspondentes conforme a segmentação espinal.
• EXTREMIDADE SUPERIOR = Agulhar PP de C4 a T1.
• EXTREMIDADE INFERIOR = Agulhar PP de L2 a S3.
• REGIÃO SUPERIOR DO DORSO E TÓRAX = Agulhar
de T1 a T7
• REGIÃO ABDOMINAL = Agulhar PP de T8 a L1.
PROTOCOLO DE TRATAMENTO
• DOR AGUDA = Agulhar os pontos sintomáticos
PS (Pontos Gatilhos e Pontos Dolorosos).
• DOR CRÔNICA = Agulhar os acupontos
Homeostaticos, Sintomáticos e Paravertebrais
(PH + PS + PP)
LIBERAÇÃO MIOFASCIAL MANUAL
OS DEDOS
O PUNHO
O COTOVELO
AS JUNTAS
O POLEGAR
PINÇAR, PUXAR E MOVER
MOBILIZAÇÃOINSTRUMENTAL
DE TECIDOS MOLES /IASTM
VAMOS PENSAR!!!
ATM e CERVICAL
5 PONTOS MO
OMBRO e TORÁCICA
PUNHO e COTOVELO
LOMBAR e QUADRIL
JOELHO e TORNOZELO
AGULHAMENTO SECO AVANÇADO EM
PATOLOGIAS NÃO DOLOROSAS
Distúrbios Ginecológicos
SINUSITE
PARALISIA DE BELL
UTILIZAÇÃO DA ELETROESTIMULAÇÃO E DO
LASER PARA POTENCIALIZAR O TRATAMENTO
Parâmetros Ajustáveis
- Comprimento de onda ʎ
ʎ - 630 a 685nm e ʎ - 790 a 904nm

Fonte: WWW.NUPEN.COM.BR
TIPOS DE LASER TERAPÊUTICOS

COMPRIMENTO
DE ONDA

Fonte: LOW & REED,2002.


Fluência, densidade de energia ou dosimetria
(J∕cm²) é a maneira com que se deposita a dose
de energia por sessão de aplicação de laser
(calculada pelo operador)

Ex: 60 J∕cm² depositado em doses de 1,7J, por ponto (7 pontos)

Fonte: WWW.NUPEN.COM.BR
Parâmetros Ajustáveis

- Tempo de Exposição

Fonte: WWW.NUPEN.COM.BR
RECOMENDAÇÕES
RECOMENDAÇÕES
INDICAÇÕES CLINICAS
1. O local da lesão para promover a cura,
remodelação e reduzir a inflamação.
2. Gânglios linfáticos para reduzir o edema e
inflamação.
3. Nervos para induzir analgesia.
4. Pontos gatilhos para reduzir a tensão/dor e
relaxar as fibras musculares contraídas.
ELETROESTIMULAÇÃO
Liberação de Opióides em função da
Frequência
OBRIGADO!!!

mosiaharaujo@hotmail.com