Você está na página 1de 8

LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA


Campus Caraúbas

Relatório IV

Densidade de sólidos e líquidos

Discente: Everton Santiago De Carvalho


Ingrid Stephanny Dantas Cavalcante
Othon Pablo Lourenco De Oliveira Santos
Suzana Alves Cândido
Turma: 01
Docente: Ruan Savio da Costa Tertuliano
LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

 em
reação
1. INTRODUÇÃO
um Quando
quí
sistema
mica uma
fechaas
ocorre
 OBJETIVO
 Medir a densidade de líquidos e de sólidos utilizando a técnica de picnometria e o
princípio de Arquimedes

2. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
As propriedades físicas da matéria podem ser classificadas em dois grupos, o das intensivas e
extensivas, a última é aquela que o está relacionada diretamente com a massa da amostragem por
exemplo o volume, no entanto, as intensivas são as que não tem relação alguma com a massa, como a
densidade, objeto de estudo desse experimento.

De acordo com De Boni & Goldani, a densidade absoluta (ρ) de um objeto ou de uma substância
se dar através da divisão da sua massa pelo seu volume, sendo a massa dada em g e o volume em cm3.

ρ = m/v

Em outros termos, a densidade absoluta seria o que determina o quanto de matéria existe em uma
unidade de volume.

A densidade relativa (d) é a relação entre a densidade absoluta e a densidade absoluta de uma
substância padrão. Para o cálculo é comumente usada como padrão a densidade absoluta da água, que
é igual a 1,000 kg/ dm-3 (equivalente a 1,000 g /cm-3) a 4°C, et al. César & Paoli, 2004.

d = ρ/ ρ0

Para determinar a densidades que são desconhecidas é utilizada da técnica laboratorial, chamada
de picnometria que consiste na utilização do picnômetro que é um pequeno frasco de vidro construído
cuidadosamente de forma que o seu volume seja invariável, (et al. Rangel, 2017). Sua capacidade
volumétrica do instrumento é facilmente determinável pela pesagem de um líquido tomando como um
padrão de densidade.

Outra forma de mensurar a densidade é através da técnica de Arquimedes, que segue o princípio de
um físico grego de mesmo nome, que diz o seguinte:

"Todo corpo imerso, total ou parcialmente, num fluido em equilíbrio, dentro de um


campo gravitacional, fica sob a ação de uma força vertical, com sentido ascendente,
aplicada pelo fluido; esta força é denominada empuxo, cuja intensidade é igual à do
LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

peso do fluido deslocado pelo corpo." Arquimedes de Siracusa, 287 a.C. – 212 a.C.

Baseando nesse princípio, ao imergir um corpo em um recipiente é possível determina-se a


densidade a partir do deslocamento da água.

3. MATERIAIS UTILIZADOS
Balança analítica
Picnômetro
Funil simples
Pisseta com água
Provetas de tamanhos variados
Solução de hidróxido de sódio 0,5 M
Amostras de materiais sólidos

4. RESULTADOS E DISCUSSÕES
Na prática laboratorial utilizou-se dois métodos para obter resultados do experimento de densidade
de sólidos e líquidos. O método de Picnômetria e o método de Arquimedes.

* O primeiro método utilizado foi o da Picnômetria, que apresentou os seguintes dados:

Massa do Picnômetro (g) = 32,282

Massa do Picnômetro com água (g) = 96,558

Massa da água (g) = 64,276

Densidade da água (g/mL) e Temperatura em (°C) = 1,26 e 24°

Volume do picnômetro (mL) = 53,56

Massa do picnômetro com a solução (g) = 97,633

Massa da solução (g) = 65,239

Densidade da solução (g/mL) = 1,21

* Pelo método de Arquimedes, apresentou-se os seguintes dados:

Valores teóricos das densidades das amostras de materiais sólidos:


LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

Amostra de material d(kg/m³) d (g/cm³)

Aço 7860 7,860

Alumínio 2697 2,697

Cobre 8920 8,920

Dados experimentais colhidos pelo Princípio de Arquimedes.

Dados experimentais - Principio de Arquimedes


Objeto mobjt. (g) Vi (mL) Vf (mL) V objeto ϱ (g/cm³)

Aço 20,336 30 33 3 6,778

Alumínio 7,038 30 32,5 2,5 2,815

Cobre 22,695 30 32 2 11,347

mobjt= Massa do objeto Vi = Volume inicial; Vf = Volume final; V objeto = Vf – Vi; ϱ= Densidade
do objeto.

A tabela acima mostra os resultados obtidos através do método de Arquimedes. Para descobrir as
massas, pesou-se as amostras. E para o volume, acrescentou-se uma certa quantidade de água
destilada, e com a variação da água é possível obter o volume.

 PRÉ-LABORATÓRIO
1) Explique a diferença entre densidade absoluta e densidade relativa
LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

A densidade absoluta é uma propriedade específica, isto é, cada substância pura tem uma
densidade própria, que a identifica é a diferencia das outras substâncias. Enquanto a densidade
relativa de um material corresponde a relação entre a sua densidade absoluta e a densidade
absoluta de uma substância estabelecida como padrão.

2) O que é picnômetria?
A picnometria é uma técnica laboratorial utilizada na determinação da massa volumétrica de um
líquido ou de um sólido onde o solido deve estar dissolvido.

3) Descreva o princípio de Arquimedes.


O princípio de Arquimedes consiste na determinação do volume de um corpo a partir do deslocamento
de volume de água do recipiente o qual o corpo foi submerso.

4) Quais as vidrarias e equipamentos necessários para se determinar a densidade, por


picnômetria e pelo princípio de Arquimedes?

Para determinar a densidade por picnometria utiliza-se da balança analítica, picnômetro, funil
simples e pipeta. No entanto, pelo princípio de Arquimedes é necessário de balança analítica,
pisseta com água destilada, provetas e pinça metálica.

 PÓS-LABORATÓRIO
1) A partir dos dados obtidos na prática calcule o volume do picnômetro e a densidade da solução
analisada.
LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

Massa da solução = 65,239g


Massa da água = 64,276 g
Densidade da água = 1,26 g/mL
V=m/d d=m/v
V= 64,276/ 1,26 d = 65,239/ 51,01

V=51,01 mL d =1,27 g/mL

2) Efetue os cálculos das densidades das amostras sólidas


Massa do cobre: 22,695g Massa do alumínio: 7,038 g Massa do aço: 20,336 g
Volume do cobre: 2 mL Volume do alumínio: 2,5 mL Volume do aço: 3 mL

d=m/v d=m/v d=m/v

d= 22,695/2 d= 7,038/2,5 d= 20,336/3

d= 11,347 g/mL d= 2,815 g/mL d= 6,778 g/mL

3) Efetue os cálculos dos erros percentuais das densidades das amostras sólidas.
Valor teórico da densidade dos materiais a 20ºC
Aço = 7,860 g/ cm³
LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

Alumínio = 2,697 g/cm³


Cobre = 8,920 g/cm³

Valor experimental da densidade dos materiais


Aço = 6,778 g/mL
Alumínio = 2,815 g/mL
Cobre = 11,347 g/mL

Erro% = | Valor teórico – Valor experimental | *100


Valor teórico

 Aço

Erro% = | 7,860 – 6,778 | *100


7,860

Erro% = 13,765 %

 Alumínio

Erro% = | 2,697 – 2,815 | *100


2,697

Erro% = 4,375 %

 Cobre

Erro% = | 8,920 - 11,347 | *100


8,920

Erro% = -27,208 %

4) Comente os possíveis erros.


O volume final do cobre deveria ter se apresentado maior do que o do alumínio, mas chegou-se à
conclusão que isto ocorreu devido aos diferentes tamanhos de proveta usados no experimento.
LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

A utilização da temperatura no valor de 24°C no experimento interfere nos valores obtidos quando
comparados com os valores teóricos, onde a temperatura considerada na teoria é de 20° C.

5. CONCLUSÃO
Após a realização do experimento, concluiu-se que, os resultados obtidos deram-se através
do controle dos materiais e dos agentes externos. A massa e a densidade de materiais podem ser
facilmente calculadas na prática. Conhecendo-se a densidade e a massa, obtém-se o volume. Vale
salientar que o volume é função da temperatura, e que a densidade também varia com a mesma.

6. REFERÊNCIAS
CÉSAR, Janaína, PAOLI, Marco-Aurélio De. A Determinação da Densidade de Sólidos e
Líquidos.UEC.2004

DE BONI, Luis Alcides Brandini, GOLDANI, Eduardo. Introdução Clássica à Química Geral.
Porto Alegre, Ed. Tchê Química Cons. Educ. LTDA, 2007.. p 26-27.1979

RANGEL, Fernando Cesário. A Determinação da Densidade de Sólidos e Líquidos: Método do


picnometro. UESC.Ilheus.2017.

SANTOS, Francisco Klebson Gomes de, GOMES, Kalyanne Keyly Perreira, SILVA, Marta Ligia
Perreira da.LABORATÓRIO de Química Geral e Química Básica. UFERSA. p 22-23.