Você está na página 1de 7

1ª Lista de Exercícios de Fenômenos de Transporte

Professores: Denise de Freitas


Leonardo Gentil

OBS: 1 m2 = (100 cm)2


1 kgf = 10 N

1) Defina: Tensão de Cisalhamento, Fluídos, Massa Específica, Peso Específico,


Viscosidade Dinâmica, Viscosidade Cinemática, Fluído Newtoniano, Fluído
não-Newtoniano, Fluidos plásticos e pseudo-plásticos.

2) Um pistão de peso 4N cai dentro de um cilindro com


uma velocidade constante de 2 m.s-1. O diâmetro do
cilindro é 10,1 cm e do pistão é 10 cm. Determine a
viscosidade do lubrificante colocado na folga entre o
pistão e o cilindro. Considere L = 5 cm.

3) Ao misturar duas substâncias líquidas A e B, determine a massa específica, o


peso específico e a densidade relativa da mistura final.
Substância A: V = 1,5x10–3 m³, ρ = 2,0 g/cm³
Substância B: V = 2,5x10–3 m³, ρ = 3000 kg/m³

4) Uma placa fina é separada de duas placas fixas por líquidos viscosos µ1 = 1,49
kg/m.s e µ2 = 0,85 kg/m.s. Os espaços
entre placas são h1 = 2 mm e h2 = 3 mm.
A área de contato entre a placa central e
cada fluido é A = 1,5 m². Considerando
uma distribuição linear de velocidades em
cada fluido, determine a força necessária
para puxar a placa com velocidade
constante de 2 m/s.

5) Um bloco cúbico de aresta a = 10 cm é puxado sobre uma superfície horizontal sobre a


qual há uma fina película de óleo com viscosidade µ = 0,3 N.s/m2. A película de óleo
tem espessura h = 1 mm, como mostrado na figura. Supondo que a distribuição de
velocidades na película de óleo seja linear, determine qual deve ser a força necessária
para puxar o bloco com velocidade
constante V = 0,8 m/s.
6) São dadas duas placas planas paralelas à distância de 2 mm. A placa superior
move-se com a velocidade de 4 m.s-1 enquanto a inferior é fixa. Se o espaço
entre as duas placas for preenchido com óleo (viscosidade cinemática = 1x10–5
m²/s) e massa específica = 830 kg.m-3, qual será a tensão de cisalhamento que
atuará no óleo?

7) Uma placa quadrada de 1,0 m de lado e 2 kgf de peso desliza sobre um plano
inclinado de 30º sobre uma película de óleo. A velocidade da placa é de 2 m.s-1
constante. Qual é a viscosidade dinâmica do óleo se a espessura da película é 2
mm?

8) O dispositivo da Figura abaixo é constituído de dois pistões de mesmas


dimensões geométricas que se deslocam em dois cilindros de mesmas
dimensões. Entre os pistões e os cilindros existe um lubrificante de viscosidade
dinâmica de 10-2 N.s.m-2. O peso específico do pistão (1) é de 20000 N.m-3. Qual
é o peso específico do pistão (2) para que o conjunto se desloque na direção
indicada com uma velocidade de 2 m.s-1 constante? Despreze apenas os atritos
das cordas e roldanas.
9) Um fluido escoa conforme diagrama de velocidades abaixo. Considerando um
perfil de velocidades parabólico (v = ay2 + by + c) com vértice a 10 cm do fundo
e a viscosidade µ = 400 centipoises, calcule:

a) A expressão para a velocidade V em função da altura y


b) A tensão de cisalhamento para y = 0 cm
c) A tensão de cisalhamento para y = 5 cm
d) A tensão de cisalhamento para y = 10 cm

10) De acordo com o diagrama de velocidades dado abaixo (escoamento de um


fluido sobre uma placa). Pede-se:
a) a equação da velocidade em função da altura V(y);
b) a tensão de cisalhamento junto a placa.

11) Determine a pressão manométrica em A, devido à deflexão do mercúrio do


manômetro em “U” da figura.
12) De acordo com a figura e os dados abaixo, pede-se:
a) Determine a diferença de pressão entre A e B;
b) Se a pressão em B = 0,75 kgf cm-2, qual será a pressão em A em mca?
Dados: γH2O = 1000 kgf/m³; γóleo = 800 kgf/m³; h1 = 25 cm, h2 = 15 cm; h3 = 50
cm.

13) Qual a diferença de pressão entre o sistema A e B (PA-PB) da figura?

14) Considere o esquema da figura abaixo.


a) Qual a leitura no manômetro metálico?
b) Qual é a força que age sobre o topo do reservatório?
15) Os recipientes A e B da figura contêm água sob pressão de 3 kgf.cm-2 e 1,5
kgf.cm-2, respectivamente. Qual é a altura do mercúrio (h) no manômetro
diferencial?

16) Determine (PA – PB) das duas canalizações (condutos forçados), empregando-
se o manômetro diferencial de mercúrio. Sabe-se que h = 8,70 m e que a altura z
do mercúrio é de 0,88 m.

17) Um manômetro é constituído por um tubo de vidro de


diâmetro interno uniforme, D = 6,35 mm, como mostrado
na figura. O tubo em U formado é preenchido parcialmente
com água. Em seguida, um volume de 3,25 cm3 de um óleo
(ρ = 0,827 g/cm³) é adicionado no lado esquerdo do tubo.
Calcule a altura de equilíbrio H quando ambas as pernas do
tubo em U estão abertas para a atmosfera.
18) O tubo A da figura contém tetracloreto de carbono com γr = 1,6 e o tanque B
contém uma solução salina com γr = 1,15. Determine a pressão do ar no tanque
B sabendo-se que a pressão no tubo A é igual a 1,72 bar.

19) Determine a leitura do manômetro A da figura. ρHg = 13600 kg/m³

20) Baseado na figura, determine:


a) A pressão absoluta e relativa na interface gasolina-água (Pa);
b) A pressão absoluta e relativa no fundo do reservatório (Pa);
Dados: ρGas = 680 kg/m3; ρH2O = 1000 kg/m3, Patm = 101330 Pa
Gabarito:

2) 0,0636 N s/m2
3) 2625 kg/m³ 26250 N/m³ 2,625
4) 3085 N
5) 2,4 N
6) 0,0083 N s/m2 16,6 N /m2
7) 0,01 N s/m2 10,0 N /m2
8) 14,46 N 16800 N/ m3 13,2 N
9) –250y2 + 50y 20,0 N /m2 10,0 N /m2 0,0 N /m2
2 –2 2
10) –0,75y + 3y + 2 3,0x10 N /m
2
11) 102800N/m
12) 0,013 kgf/cm2 7,37 mca
13) – h1γ1 – h2γ2 +h3γ3 – h4γ4 +h5γ5 +h6γ6
14) 200 N/m2 2000 N
15) 1,35 m
16) 23880 N/m2
17) 1,77 cm
18) 154150 Pa;
19) 79,6 kPa
20) 33320 Pa 43320 Pa 134650 Pa 144650 Pa