Você está na página 1de 7

LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

Universidade Federal Rural do Semi-Árido - UFERSA


Campus Caraúbas

Relatório VIII

Soluções

Discente: Everton Santiago De Carvalho


Ingrid Stephanny Dantas Cavalcante
Othon Pablo Lourenco De Oliveira Santos
Suzana Alves Cândido
Turma: 01
Docente: Ruan Savio da Costa Tertuliano
LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL
LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

1. INTRODUÇÃO

OBJETIVO

2. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

3. MATERIAIS UTILIZADOS
Materiais e reagentes

Materiais / Quantidade

Balão volumétrico com tampa – 03


Becker – 02
Bastão de vidro – 01
Espátula – 01
Funil simples – 01
Pipeta volumétrica – 01
Pipeta Graduada – 01
Pipetador – 02
Frasco de plástico com tampa – 03
Pisseta – 01
Luvas

Reagentes

Ácido clorídrico (HCl)


Hidróxido de sódio (NaOH)

4. RESULTADOS E DISCUSSÕES
MÉTODOS

Preparo da solução de HCl 0,5 mol/L.

1ª Parte – Determinou-se o volume necessário de ácido clorídrico concentrado para se preparar a


LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

solução na quantidade e concentração desejada.

2ª Parte – Utilizou-se o equipamento de proteção por questões de segurança. Pegou-se um balão


volumétrico e adicionou-se água destilada, aproximadamente 1/3 da capacidade da vidraria.

3ª Parte – Na capela, colocou-se um valor aproximado de ácido concentrado em um becker, em


seguida, com o auxílio de uma pipeta graduada, transferiu-se o volume de ácido concentrado,
determinado na (1ª Parte), para o balão volumétrico.

4ª Parte – Esperou-se o balão esfriar até a temperatura ambiente, em seguida, completou-se até o
menisco, com água destilada, e tampou-se. Deve-se sempre manter os recipientes fechados para evitar
a evaporação da solução.

5ª Parte – Fez-se uma homogeneização por inversão. Deve-se sempre segurar bem a tampa para evitar
o derramamento da solução durante o processo de homogeneização por inversão.

6ª Parte – Transferiu-se a solução do primeiro balão para um frasco de plástico com tampa. Rotulou-
se o frasco com os dados da solução, turma, equipe e data.

Preparo da solução de HCl 0,1 mol/L.

1ª Parte – Determinou-se o volume necessário de ácido clorídrico concentrado para se preparar a


solução na quantidade e concentração desejada.

2ª Parte – Pegou-se um balão volumétrico e adicionou-se água destilada, aproximadamente 1/3 da


capacidade da vidraria.

3ª Parte – Na capela, com o auxílio de uma pipeta graduada, colocou-se o volume de ácido
concentrado, determinado na (1ª Parte), para o balão volumétrico.

4ª Parte – Esperou-se o balão esfriar até a temperatura ambiente, em seguida, completou-se até o
menisco, com água destilada, e tampou-se.

5ª Parte – Fez-se uma homogeneização por inversão.

6ª Parte – Transferiu-se a solução para um frasco de plástico com tampa. Rotulou-se o frasco com os
dados da solução, turma, equipe e data.

Preparo da solução de NaOH 0,5 mol/L.

1ª Parte – Determinou-se a massa de hidróxido de sódio, necessária para preparar a solução, em


volume e concentração desejada.
LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

2ª Parte – Com o auxílio de uma espátula transferiu-se uma quantidade de hidróxido de sódio para um
becker limpo e seco e pesou-se a massa determinada que foi de 1 g.

3ª Parte – Com a ajuda de um bastão de vidro, dissolveu-se, no próprio becker, com água destilada.

4ª Parte – Transferiu-se o conteúdo do becker para o balão volumétrico com o auxílio de um funil
simples. Adicionou-se água destilada até o menisco e fez-se uma homogeneização por inversão.

5ª Parte - Transferiu-se a solução para um frasco de plástico com tampa. Rotulou-se o frasco com os
dados da solução, turma, equipe e data.

6ª Parte – Guardou-se as soluções preparadas para utilização nas próximas experiências.

RESULTADOS

Fez-se os cálculos para o preparo da solução de HCl 0,5 M, utilizando a equação CiVi = CfVf
{Vi é o volume inicial do reagente para o preparo da solução}
12M×Vi = 0,5M×100Ml
Vi = (0,5 × 100) ÷ 12
Vi = 4,16 mL => (adotando-se o valor de Vi = 4 mL)

Em seguida fez-se os cálculos para o preparo da solução de HCl 0,1 M, também utilizando a
equação CiVi = CfVf

12M×Vi = 0,1M×100Ml
Vi = (0,1 × 100) ÷ 12
Vi = 0,83 mL => (adotando-se o valor de Vi = 1 mL)

Por ultimo fez-se os cálculos para o preparo da solução de NaOH 0,5 M, por meio da equação
M = m ÷ (MM × V) determinou-se a massa de hidróxido de sódio necessária para preparar a
solução.
Dados:
M = 0,5 mol/L
m =?
MM = 40 g/ml
V = 0,05 L
M = m ÷ (MM × V)
0,05mol/L = m ÷ (40g/mol × 0,05 L)
m = 0,5 × 40 × 0,05
m = 1g
 PRÉ-LABORATÓRIO
LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

1) O que é solução? Como se pode classifica-las?


Soluções são substancias formadas pela mistura homogênea de dois ou mais compostos
químicos, sendo que a composição química é sempre a mesma ao longo de toda a mistura. As
soluções podem ser classificadas adotando os seguintes critérios: Estado de agregação, Razão
soluto/solvente e Natureza das partículas dispersas.

2) Descreva o procedimento adequado para se preparar uma solução quando o soluto é


um líquido.
a) Determine o volume necessário do líquido concentrado para se preparar a
solução na quantidade e concentração desejada. Atente para as informações no
rótulo do frasco do reagente;
b) Coloque água destilada, aproximadamente 1/3 da capacidade da vidraria, no
balão volumétrico;
c) Na capela, coloque um valor aproximado do líquido concentrado em um becker e
em seguida, com o auxílio de um pipetador, transfira o volume do líquido
concentrado, determinado no item (a), para o balão volumétrico;
d) Espere o balão esfriar até a temperatura ambiente e complete, até o menisco, com
água destilada;
e) Faça uma homogeneização por inversão.

3) Descreva o procedimento adequado para se preparar uma solução quando o soluto é


um sólido.
a) Determine a massa do sólido, necessária para preparar a solução, em volume e
concentração desejada. Atente para as informações no rótulo do frasco do
reagente;
b) Pese a massa determinada, em um becker limpo e seco;
c) Com a ajuda de um bastão de vidro, dissolva-o, no próprio becker, com água
destilada;
d) Transfira o conteúdo do becker para o balão volumétrico, e siga os
procedimentos de preparo de soluções.

4) Qual o procedimento para se preparar uma solução diluída a partir de uma solução
concentrada de uma determinada substância?
 Essas soluções costumam ser preparadas pegando-se uma alíquota, isto é, uma
parte da solução inicial com uma pipeta, que é um instrumento utilizado para
medir e transferir volumes de líquidos com alta precisão e transferi-la para um
balão volumétrico, de capacidade desejada.
 Complete com água destilada até o menisco, seguindo o procedimento de preparo
indicado anteriormente.
LABORATÓRIO DE QUÍMICA GERAL

5) Calcule o volume de HCl necessário para se preparar 250 mL de solução de HCl 0,5
mol/L, partindo de uma solução de HCl a 37% em massa e ρ = 1,19 g/mL.
V = 250 mL = 0,25 L
M × MM = título x densidade x 1000
Precisamos encontrar a Molaridade inicial
MM HCl = 36,5 g /mol
M × 36,5 = 0,37 × 1,19 × 1000
M = 12 mol / L
M1 × V1 = M2 × V2
12 × V1 = 0,5 × 0,25
v1 = 0,0104 L = 10,4 mL

6) Calcule o volume de HCl necessário para se preparar 25 mL de solução de HCl 0,1


mol/L, partindo da solução de HCl 0,5 mol/L.
c₁.v₁ = c₂.v₂
0,5× v₁ = 0,1.25
v₁ = 2,5/0,5
v₁ = 5 mL
7) Calcule a massa de NaOH necessária para se preparar 250 mL de solução NaOH 0,5
mol/L.
2 g------100 mL
x-------250 mL

100x = 250 mL.2 g


X = 500 mL/100 mL
X=5g

8) Converta HCl 0,5M, para unidades de concentração comum, g/L.

5. CONCLUSÃO

6. REFERÊNCIAS
LABORATÓRIO de Química Geral e Química Básica UFERSA. [S.l.: s.n.], 2010. Disponível em:
<http://file:///C:/Users/suzan/Downloads/apostila_laboratorio_quimica_geral.pdf>. Acesso em: 18
julho 2018.