Você está na página 1de 15

CIÊNCIAS INTERATIVA

PRODUZIDO POR:
Ronnielle Cabral Rolim
tioronnicabral.blogspot.com.br
ronnitic@gmail.com
+55-85-9-9229-5892
EF06CI010

SUBSTÂNCIAS LÍCITAS E ILÍCITAS


SUBSTÂNCIAS NATURAIS E SINTÉTICAS
As substâncias naturais (encontradas na Natureza) ou sintéticas (produzida em laboratórios) que
possuem a capacidade de alterar o funcionamento do organismo, são divididas em dois grandes grupos,
segundo o critério de legalidade perante a Lei: drogas lícitas e ilícitas.
FONTE: infoescola.com

Mas o que são drogas?


São substâncias que utilizadas provocam mudanças no funcionamento do organismo.

As drogas são substâncias capazes de produzir alterações nas sensações físicas, psíquicas e emocionais.
Sendo assim, energéticos, café, refrigerantes, chocolates, dentre muitos outros alimentos, contêm
substâncias que podem ser consideradas drogas pois alteram de alguma maneira as sensações de quem as
ingere. Estas, porém, se ingeridas em quantidade moderada não representam nenhuma ameaça para o ser
humano. Se, no entanto, são demasiadamente utilizadas por alguém, podem causar uma leve dependência e
problemas de saúde futuros.
DROGAS LÍCITAS
As drogas lícitas são aquelas legalizadas, produzidas e comercializadas livremente e que são aceitas
pela sociedade. Os dois principais exemplos de drogas lícitas na nossa sociedade são o cigarro e o álcool.
Outros exemplos de drogas lícitas: anorexígenos (moderadores de apetite), benzodiazepínicos (remédios
utilizados para reduzir a ansiedade), entre outras mais.
FONTE: infoescola.com
CLASSIFICAÇÃO DAS DROGAS
Entre os tipos de substâncias que podem provocar alterações no comportamento humano, podemos citar:

• Alucinógenas ou Perturbadoras: causam alucinações, distorcem a realidade. Ex.: ecstasy, maconha, LSD
e o chá de cogumelos.
• Euforizantes ou Estimulantes: causam a sensação de euforia, bem-estar e poder, porém no final causam
depressão. Ex.: nicotina, cocaína, anfetaminas e o crack.
• Depressoras: induzem ao sono, tontura e torpor. Ex.: tranquilizantes, heroína, ópio, álcool, cola de
sapateiro e alguns xaropes para tosse.

Ecstasy Maconha LSD Chá de cogumelo


CLASSIFICAÇÃO DAS DROGAS
Entre os tipos de substâncias que podem provocar alterações no comportamento humano, podemos citar:

• Alucinógenas ou Perturbadoras: causam alucinações, distorcem a realidade. Ex.: ecstasy, maconha, LSD
e o chá de cogumelos.
• Euforizantes ou Estimulantes: causam a sensação de euforia, bem-estar e poder, porém no final causam
depressão. Ex.: nicotina, cocaína, anfetaminas e o crack.
• Depressoras: induzem ao sono, tontura e torpor. Ex.: tranquilizantes, heroína, ópio, álcool, cola de
sapateiro e alguns xaropes para tosse.

Nicotina Cocaína Anfetaminas Crack


CLASSIFICAÇÃO DAS DROGAS
Entre os tipos de substâncias que podem provocar alterações no comportamento humano, podemos citar:

• Alucinógenas ou Perturbadoras: causam alucinações, distorcem a realidade. Ex.: ecstasy, maconha, LSD
e o chá de cogumelos.
• Euforizantes ou Estimulantes: causam a sensação de euforia, bem-estar e poder, porém no final causam
depressão. Ex.: nicotina, cocaína, anfetaminas e o crack.
• Depressoras: induzem ao sono, tontura e torpor. Ex.: tranquilizantes, heroína, ópio, álcool, cola de
sapateiro e alguns xaropes para tosse.

Tranquilizantes Ópio Cachaça Cola de sapateiro Xaropés


O ALCOOLISMO
Do ponto de vista médico, o alcoolismo é uma doença crônica, com aspectos comportamentais e
socioeconômicos, caracterizada pelo consumo compulsivo de álcool, na qual o usuário se torna
progressivamente tolerante à intoxicação produzida pela droga e desenvolve sinais e sintomas de
abstinência, quando a mesma é retirada.
Sem desprezar a importância do ambiente no alcoolismo, há evidências claras de que alguns fatores
genéticos aumentam o risco de contrair a doença.
FONTE: drauziovarella.uol.com.br
Não existem registros oficiais sobre a
origem do café. Sabe-se, entretanto, que se
trata de uma planta nativa das regiões altas
da Etiópia (Cafa e Enária).
Segundo uma das lendas, foi um pastor
etíope, denominado Kaldi, quem percebeu
que havia algo diferente nas plantas da
região. Ele havia alimentado suas cabras com
arbustos e folhagens que tinham um fruto
amarelo avermelhado e notou que os animais
ficaram mais animados e com energia, a
medida em que mastigavam os frutos.
FONTE: graogourmet.com
Cafeteria Palestina
O TABAGISMO
O tabagismo é uma doença causada pelo excesso de nicotina no organismo. Essa substância, um
dos componentes do tabaco, é a responsável por gerar a dependência química e psicológica. Em
poucos segundos, após a primeira tragada com inalação das toxinas que compõem um cigarro, as
substâncias atingem a corrente sanguínea chegando ao cérebro (órgão do sistema nervoso central,
controlador das reações vitais do ser humano), desencadeando a sensação de bem-estar.
Organicamente provoca efeitos adversos, como: redução da ansiedade, diminuição da fome, perda de
peso e melhora na concentração. No entanto, a fumaça do cigarro contém, aproximadamente, 4.700
substâncias químicas, das quais 60 são cancerígenas. Além de ser responsável por 90% dos casos de
câncer no pulmão, também pode desencadear doenças cardiovasculares e até mesmo contribuir com
o aumento de infecções respiratórias por bactérias e vírus.
FONTE: brasilescola.uol.com.br
O PODER DEVASTADOR DO CRACK
O crack é uma forma impura da cocaína, é mais barata e normalmente é fumado, seu efeito é
fulminante, chega ao sistema nervoso central em apenas dez segundos. Essa postagem retrata o
antes e o depois da utilização dessa droga e outras drogas que transformam em pouco tempo o
usuário numa verdadeira degradação humana.
FONTE: drauziovarella.uol.com.br
ATIVIDADE – 01

O alcoolismo é considerado uma doenças, afeta a vida profissional e familiar. O álcool diminui os
reflexos e ceifa centenas de vidas no trânsito em vários países. A organização AA (Alcoólatras
Anônimos) ajuda às pessoas que sofrem desta enfermidade tentando proporcionar uma vida digna e
livre desta substância lícita e de fácil aquisição.
FONTE: tioronnicabral.blogspot.com.br
Marque a alternativa que melhor classifica o álcool:

a) Depressoras.
b) Estimulantes.
c) Perturbadoras.
d) Anabolizantes.
e) Acidulantes.
ATIVIDADE – 02

Muitas culturas antigas tem o hábito de fumar diversas folhagens. Na sociedade moderna, a indústria
do cigarro vem perdendo espaço no rádio, televisão, jornais, revistas e na internet. O número de
fumantes vem decaindo, porém a quantidade de nicotina foi aumentada, para garantir a fidelidade ao
produto. O cigarro industrializado conta com mais 4.700 substâncias, dentre elas se destacam alguns
agentes nocivos, tais como: chumbo, agrotóxicos e elementos radioativos.
FONTE: tioronnicabral.blogspot.com.br
Selecione o item a seguir que classifica a ação da nicotina presente nos cigarros:

a) Depressoras.
b) Estimulantes.
c) Perturbadoras.
d) Anabolizantes.
e) Edulcorantes.
ATIVIDADE – 03

O LSD foi descoberto em 7 de abril de 1938 pelo químico suíço Dr. Albert Hofmann nos Laboratórios
Sandoz em Basel, Suíça, como parte de um grande programa de pesquisa em busca de derivados da
ergolina que impedissem o sangramento excessivo após o parto. A descoberta dos efeitos do LSD
aconteceu quando Hofmann, após manuseio contínuo do produto de uma das substâncias isoladas (a
pequena quantidade de LSD absorvida pelo contato com a pele é, supostamente, o suficiente para
produzir seus efeitos) viu-se obrigado a interromper o trabalho que estava realizando naquele
instante devido aos sintomas alucinatórios pelos quais estava passando.
FONTE: pt.wikipedia.org
Assinale o item que classifica corretamente o LSD:

a) Depressoras.
b) Estimulantes.
c) Perturbadoras.
d) Anabolizantes.
e) Edulcorantes.

Albert Hofmann, o "pai" do LSD.


OBRIGADO