Você está na página 1de 323

GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO

SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI


INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

1
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Sumário
BASE NACIONAL COMUM .......................................................................................................................................................................................................... 3
LÍNGUA PORTUGUESA ................................................................................................................................................................................................................ 4
ARTE .............................................................................................................................................................................................................................................. 11
EDUCAÇÃO FÍSICA ..................................................................................................................................................................................................................... 19
LÍNGUA ESTRANGEIRA MODERNA – INGLÊS E ESPANHOL ............................................................................................................................................ 24
MATEMÁTICA .............................................................................................................................................................................................................................. 33
SOCIOLOGIA ................................................................................................................................................................................................................................ 40
FILOSOFIA .................................................................................................................................................................................................................................... 47
HISTÓRIA ...................................................................................................................................................................................................................................... 52
GEOGRAFIA .................................................................................................................................................................................................................................. 60
BIOLOGIA...................................................................................................................................................................................................................................... 68
QUÍMICA ....................................................................................................................................................................................................................................... 76
FÍSICA ............................................................................................................................................................................................................................................ 81
BASE TÉCNICA ............................................................................................................................................................................................................................ 88

2
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

BASE NACIONAL COMUM

3
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

LÍNGUA PORTUGUESA
OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES
• O texto, processos de compreensão e produção;
• Conhecimentos gramaticais e análise linguística;
Comunicação oral e escrita – leitura, compreensão, intepretação e produção textual.
• O texto literário (constituição do imaginário coletivo nas produções literárias);
• Gêneros Digitais.
CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS
Gêneros textuais: Oralidade e escrita;
Condições de produção e recepção de textos orais e escritos;
Dimensão gramatical do texto; elementos das situações de produção e compreensão de texto;
Dimensão formal do texto: recursos mecanismos de estruturação formal dos textos;
O texto nos processos de compreensão e produção Elementos Linguísticos que constituem a estruturação de um texto;
Dimensão semântica: coesão e coerência textuais;
Variação linguística; Relação de sentido; comparação, inferência, antecipação,
intertextualidade e extrapolação;
Identidade cultural; Paráfrase, paródia, citação, plágio, colagem e caricatura.
Mecanismos de coesão textual (sequência e referenciação)
Recursos do padrão escrito na organização textual (paragrafação, periodização, pontuação e
sinais gráficos);
Conhecimentos gramaticais e análise linguística
Recursos do sistema verbal (emprego de categorias e relações gramaticais);
Aspectos morfossintáticos, fonéticos estilísticos e suas interações;
Significação das palavras.
Texto Literário e não literário; denotação e conotação; figuras estilo;
Relações existentes entre, língua, cultura e arte literária;
Conceito e função da literatura;
O texto literário (constituição do imaginário coletivo nas produções literárias) Gêneros literários; épico, lírico e dramático;
Elementos constitutivos da organização interna dos gêneros literários: poemas, romances,
contos, novelas, teatro; estilos de época e escolas literárias;
Leitura de obras literárias de autores lusófonos e brasileiros.
Tecnologia da comunicação e informação; impacto e função social; intertextualidade,
hipertextualidade;
Gêneros digitais Relações entre textos; texto eletrônico; modelo hipertextual de construção do texto eletrônico;
O hipertexto com sua configuração multidimensional e aberta; construção do texto eletrônico
e a utilização dos recursos das tecnologias da informação e comunicação.

4
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA LINGUAGENS

COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA


NÍVEL DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA: 200h/a
PORTUGUESA
CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Utilizar a língua portuguesa para a As sequências discursivas Orientação para pesquisas sobre Analisar o nível de Atividades
compreensão e produção de textos orais e e os gêneros textuais; assuntos abordados em sala; compreensão de textos, individuais e em
escritos, tendo em vista a prática social; Elementos linguísticos Atividade de leitura e interpretação utilizando diversos grupo;
Analisar e aplicar os recursos expressivos das que constituem a de textos; instrumentos; Organização de
linguagens, relacionando textos com seus estrutura do texto; Prática de oralidade e escrita; Observar na produção escrita painéis;
contextos observando a natureza, função, Oralidade e escrita; Organização de seminário e o desenvolvimento de ideias Auto avaliação;
organização e estrutura. Funções da Linguagem e exposição oral. no formato relacional Seminário;
variedade linguística; Prova Objetiva;
1º Dimensão semântica; Elaboração de
Coesão e coerência relatórios
textual. Produção textual.
Recursos do padrão
escrito e organização
textual

Analisar, interpretar e aplicar os recursos Relação entre produção e Debates Argumentativos com os Observar o nível de produção Seminário;
expressivos das linguagens; literária e seus contextos; alunos; na produção escrita o Observação;
Entender princípios, a natureza, a função e o Procedimentos e Produção textual; imaginário nas produções Registro em Fichas;
impacto das tecnologias da comunicação e da construção e recepção de Seminários com orientação prévia literárias Debates;
2º informação na vida pessoal e social; textos; Prova objetiva;
Refletir sobre as formas de constituição do Figuras de estilo; Produção textual;
imaginário nas produções literárias Conceito e função da Resenha.
Identificar nos textos lidos os que apresentam literatura; linguagem
finalidade artística, estabelecendo diferença denotativa e conotativa;
entre eles e os textos informativos e científicos. Texto literário e não
literário;

5
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Tecnologia da
comunicação.

Utilizar os conhecimentos do sistema Gêneros literários; Orientações para pesquisa sobre Análise sobre as reflexões Atividades
linguístico e funcionamento da linguagem Estilos de época; Escolas assuntos abordados em sala; que o aluno/as fazem ao individuais e em
verbal para mobilizar os recursos expressivos literárias; Atividade de leitura e interpretação interpretar e criar textos; grupo;
nas práticas de produção de textos orais e Movimentos literários no de textos; Mobilidade que tem na Organização de
escritos; Brasil; Prática de oralidade e escritas; utilização de recursos painéis;
Distinguir os textos produzidos com finalidade Aspectos linguísticos em Organização de seminário e expressivos trabalhos no ano; Auto avaliação;
artística e os de intenção formativa diferentes textos; exposição oral; Distinção entre diferentes Seminário;
3º Ortografia; Apresentação de estudo de obras tipos de textos sabendo Prova Objetiva;
Morfossintaxe; literárias por meio de práticas distingui-los Elaboração de
O texto literário típico da culturais e organização de seminário. convenientemente; relatórios
cultura de massa, o Observar o desenvolvimento Produção textual.
suporte textual em textual dos alunos no que se
gêneros digitais refere a forma e conteúdos
das produções.

Usar os conhecimentos sobre o sistema Estilos de época; Elaboração de exposição de textos Pesquisa sobre análise do Seminário;
linguístico e funcionamento da linguagem Aspectos eletrônicos; discurso. Observação;
verbal por meio da reflexão sobre a língua para morfossintáticos, Atividade prática em laboratório de Registro em Fichas;
mobilizar recursos expressivos nas práticas de fonéticos, estilísticos e informática para produção de textos Debates;
compreensão de textos orais e escritos suas interações; para a produção de textos com plágio, Prova objetiva;
Reconhecer os gêneros literários, identificando Paráfrase, paródia, colagem e caricatura; Produção textual;
as diferenças entre eles; citação, plágio, colagem e Organização de oficinas literárias Resenha.

Entender a função e o uso dos gêneros digitais caricatura;
no processo de comunicação e informação Leitura de obras literárias
de autores brasileiros;
Intertextualidade;
Relações entre textos;
Textos eletrônicos.

6
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA LINGUAGENS

COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA CARGA HORÁRIA: 160h/a


NÍVEL DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 2ª
PORTUGUESA
PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Utilizar a língua portuguesa para a Os gêneros textuais no sistema Propõe situações problemas Apresentação de Textos poéticos,
compreensão e produção de textos orais e de comunicação e informação; levantando dados da realidade trabalhos orais e narrativos, descritivos e
escritos, tendo em vista a prática social, Estruturas narrativas descritivas vivenciada pelos alunos nas suas escrito; dissertativos.
considerando as condições de produção e dissertativas; práticas sociais relacionando-os com o Observação de Ficha de registros;
dos discursos. Leitura e compreensão de textos assunto abordado; desempenho Avaliação escrita;
nos gêneros: épico, lírico e Exposição dialogada; individual e em Apresentação oral de
narrativo; Leitura e análise de diferentes textos grupo; trabalhos;
Produção escrita e oral de textos Produção de textos orais e escritos; Aplicação de Cartas e requerimento.
literários, jornalísticos, e Organização de trabalho em grupo; avaliação escrita;
1º técnico-científicos; Organização de mural com textos Registro de dados
Produção de textos oficiais e produzidos em sala; referentes aos
empresariais; Estudo em grupo de elementos de trabalhos de
Leitura e produção de textos coesão em textos selecionados; alunos/as;
gráficos e figurativos; Trabalho em grupo para elaboração de Organização e
Dimensões pragmáticas; frases o Whatsaapp com base em um apresentação de
Semântica e formal de textos; tema estudado; Mural;
Empregos dos recursos Levantamento de situações sociais e Produção de cartas
discursivos, semânticos e urbanas e produção de cartas e/ou e/ou requerimento.
formais aos textos produzidos. requerimento para destinatário real.

Analisar, interpretar os recursos Relações entre o contexto Propor situações problema levantando Observação do nível Elaboração de relatório
expressivos da linguagem, observando histórico e a produção literária; dados da realidade vivenciadas pelos de compreensão dos em grupo; resenhas e
textos e seus contextos, bem como refletir Movimentos literários no Brasil; alunos nas suas práticas sociais alunos/as; textos dissertativos
sobre formas de constituição do imaginário Concepções artísticas e relacionando-os com o assunto Apresentação de
coletivo nas produções literárias. construção de texto literário no abordado; trabalhos escritos e
2º gênero lírico, épico e narrativo; Orientação de leitura e análises de orais;
Elementos formais da narrativa obras literárias; Produção de trabalhos
em contos, romances e novelas; Exposição dialogada; individuais e em
Recursos expressivos e Orientação de pesquisas sobre grupo;
estruturais do texto literário. movimentos literários no Brasil Elaboração de
Autores e obras da literatura Organização de seminário e síntese do resenhas de obras
brasileira. estudo; literárias;

7
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Organização de seminários sobre as Organização de


escolas literárias, características e seminários.
autores.

Utilizar os conhecimentos sobre o sistema Análise dos recursos expressivos Propor situações problema levantando Apresentação de Painel;
linguístico tendo em vista o funcionamento da linguagem tendo em vista as dados da realidade vivenciadas pelos trabalhos escritos e Fichas de registros;
da linguagem verbal nas práticas de sequências textuais dos seus alunos nas suas práticas sociais orais; Prova escrita;
compreensão e produção de textos orais e diferentes gêneros e marcas relacionando-os com o assunto Observação de Textos narrativos e
escritos. linguísticas; abordado; trabalho em grupo; dissertativos;
Análise dos enunciados textuais Orientação de leitura e análises de Observação em sala
a partir da estruturação obras literárias; de nível de oralidade
linguística Exposição dialogada; e escrita;

Orientação de pesquisas sobre Análise de textos
movimentos literários no Brasil observando o uso dos
Organização de seminário e síntese do elementos de coesão;
estudo; Elaboração de textos
Organização de seminários sobre as de diferentes gêneros;
escolas literárias, características e Produção de textos
autores. em grupo e
organização de painel
para apresentação.

Entender os princípios, a natureza e a O suporte textual em gênero Propor situações problema levantando Realização de Seminário;
função das tecnologias da comunicação e literário; dados da realidade vivenciadas pelos trabalhos individuais Observação;
informação na vida social e pessoal e seu A caracterização dos alunos nas suas práticas sociais e em grupo; Registro em Fichas;
uso nas práticas sociais interlocutores na comunicação relacionando-os com o assunto Realização de debates Debates;
tecnológica; os recursos abordado; com foco nos Prova objetiva;
linguísticos e os gêneros Orientação de leitura e análises de assuntos pesquisados Produção textual;
digitais; obras literárias; em jornais e revistas. Resenha.
A função social das novas Exposição dialogada;
tecnologias: hipertextualidade, Orientação de pesquisas sobre

hipertextualidade e apropriações movimentos literários no Brasil
discursivas textuais; Organização de seminário e síntese do
Textos eletrônicos estudo;
Organização de seminários sobre as
escolas literárias.

8
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA LINGUAGENS

COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª CARGA HORÁRIA: 160h/a
PORTUGUESA
PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Utilizar os conhecimentos sobre o sistema Linguagem e interação social; Propõe situações problemas Apresentação de Painel;
linguístico tendo em vista o funcionamento Práticas e uso da língua com levantando dados da realidade trabalhos orais e Fichas de registros;
da linguagem verbal nas práticas de foco nas funções da linguagem; vivenciada pelos alunos nas suas escrito; Prova escrita;
compreensão e produção de textos orais e Organização e composição de práticas sociais relacionando-os com o Observação de Textos narrativos e
escritos. textos nos diferentes gêneros; assunto abordado; desempenho dissertativos;
Estudo de textos literários, Exposição dialogada; individual e em
jornalísticos e científicos; Leitura e análise de diferentes textos grupo;
Situações sociais de uso dos Produção de textos orais e escritos; Aplicação de
textos nos diferentes gêneros; Organização de trabalho em grupo; avaliação escrita;
1º Estrutura e organização, textual; Organização de mural com textos Registro de dados
Elementos de coesão e produzidos em sala; referentes aos
coerência; Estudo em grupo de elementos de trabalhos de
Morfossintaxe. coesão em textos selecionados; alunos/as;
Trabalho em grupo para elaboração de Organização e
frases o Whatsaapp com base em um apresentação de
tema estudado; Mural;
Levantamento de situações sociais e Produção de cartas
urbanas e produção de cartas e/ou e/ou requerimento.
requerimento para destinatário real.

Analisar, interpretar os recursos Relações entre o contexto Propor situações problema levantando Observação do nível Elaboração de relatório
expressivos da linguagem, observando histórico e a produção literária; dados da realidade vivenciadas pelos de compreensão dos em grupo; resenhas e
textos e seus contextos, bem como refletir Movimentos literários no Brasil: alunos nas suas práticas sociais alunos/as; textos dissertativos
sobre formas de constituição do imaginário Romantismo, Realismo, relacionando-os com o assunto Apresentação de
coletivo nas produções literários. Parnasianismo e Simbolismo; abordado; trabalhos escritos e
2º Estudos de textos da literatura Orientação de leitura e análises de orais;
brasileira com foco em autores obras literárias; Produção de trabalhos
modernistas e pós-modernistas; Exposição dialogada; individuais e em
Fruição, apreciação e reflexão Roda de Leitura e Recital de poesia; grupo;
sobre o texto literário Organização de seminário e síntese do Elaboração de
estudo; resenhas de obras
literárias;

9
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Organização de seminários sobre as Organização de


escolas literárias, características e seminários.
autores.

Utilizar os conhecimentos sobre o sistema Análise dos recursos expressivos Propor situações problema levantando Apresentação de Painel;
linguístico tendo em vista o funcionamento da linguagem; dados da realidade vivenciadas pelos trabalhos escritos e Fichas de registros;
da linguagem verbal nas práticas de Estudo de textos jornalístico e alunos nas suas práticas sociais orais; Prova escrita;
compreensão e produção de textos orais e científicos; relacionando-os com o assunto Observação de Textos narrativos e
escritos. Situações sociais de uso dos abordado; trabalho em grupo; dissertativos;
textos nos diferentes gêneros; Orientação de leitura e análises de Observação em sala
Linguagem e interação social; obras literárias; de nível de oralidade
Práticas de uso da língua com Exposição dialogada; e escrita;

foco nas funções da linguagem; Orientação de pesquisas sobre Análise de textos
Estrutura e organização social movimentos literários no Brasil observando o uso dos
Organização de seminário e síntese do elementos de coesão;
estudo; Elaboração de textos
Organização de seminários sobre as de diferentes gêneros;
escolas literárias, características e Produção de textos
autores. em grupo e
organização de painel
para apresentação.

Entender os princípios, a natureza e a O suporte textual em gênero Propor situações problema levantando Elaboração de paródia Exercícios;
função das tecnologias da comunicação e digital; dados da realidade vivenciadas pelos e rap; Seminário;
informação na vida social e pessoal e seu A caracterização dos alunos nas suas práticas sociais Dialogo em chats, Observação;
uso nas práticas sociais. interlocutores na comunicação relacionando-os com o assunto gráficos, tabela, Registro em Fichas;
tecnológica; os recursos abordado; imagem e charge. Debates;
linguísticos e os gêneros Elaboração de textos eletrônicos como Portfolio;
4º digitais; blogs e, ou whatsaapp para mediação Prova
Mecanismo do texto eletrônico; entre professor e aluno.
Função social da linguagem
digital

10
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

ARTE
ARTES VISUAIS
OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES

• Elementos formais da linguagem visual, da dança, da música e do teatro;


• Fundamentos compositivos da linguagem visual, da dança, da música e do
Conhecimentos estéticos e artísticos
teatro;
• Movimentos e períodos da linguagem visual, da dança, da música e do teatro.

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

Arte e linguagem, Ponto, Linha, Textura, Forma, Plano, Direção, Tom, Escala, Cor,
Elementos formais da Linguagem Visual
Superfície, Volume.

Bidimensional, Tridimensional, Equilíbrio e Tensão; Perspectiva, Estilização, Deformação,


Figurativo, Nivelamento e Aguçamento; Ângulo de visão; Atração e Agrupamento; Positivo-
Negativo ( Relação Figura-Fundo); Composição plástica ( Harmonia, Simetria e
Fundamentos compositivos da Linguagem Visual
Compensação de massas). Técnicas: desenho, fotografia, pintura, modelagem, história em
quadrinhos, gravura, escultura, instalação, etc. Gêneros: paisagem, religioso, histórico,
mitológico, natureza morta.

Movimentos e Períodos Arte na pré-história; Arte pré-Colombiana; Arte oriental;

11
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

TEATRO

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

Elementos formais da Linguagem do Teatro Personagem, Expressões corporais, vocais, gestuais e faciais; Ação, Tempo, e espaço cênico.

Técnicas: monólogo, jogos teatrais, mímica, improvisação;


Direção, ensaio, teatro-fórum;
Níveis e movimentos no espaço cênico;
Construção dramatúrgica de um texto
Fundamentos compositivos da linguagem do Teatro
Relação palco e plateia, Encenação, Leitura dramatúrgica de um texto;
Gêneros; tragédia, comédia e drama/épico;
Caracterização, Cenografia, Figurino, Iluminação;
Direção, Produção;

Origens do teatro;
Teatro na antiguidade, teatro contemporâneo;
Movimentos e Períodos Teatro no Brasil e no Maranhão;
Teatro e tecnologia, Tendências contemporâneas na cena teatral;
Espetáculos teatrais.

12
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

DANÇA

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

Movimento corporal
Elementos formais da Linguagem da Dança Tempo
Espaço

Kinesfera, fluxo ( livre e interrompido), Peso, Eixo


Salto e queda, Giro, Rolamento, Ponto de apoio
Fundamentos compositivos da linguagem da Dança
Movimentos articulares, Lento, rápido e moderador;
Aceleração e desaceleração, Níveis ( alto, médio e baixo)

Dança na antiguidade;
Dança na Idade média, Dança contemporânea e dança contemporânea no Brasil;
Movimentos e Períodos Danças folclóricas, danças e tecnologia;
Dança indígena e afro-brasileira; Danças Populares Brasileiras e maranhenses; Espetáculos
de dança.

13
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

MÚSICA

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÕES DE CONTEÚDOS BÁSICOS

Altura, duração;
Elementos formais da Linguagem da Música Timbre, intensidade;
Notação musical

Ritmo, melodia, tonal e fusão de ambos;


Gêneros: sacro, profano;
Fundamentos compositivos da linguagem da Música Étnico, folclórico, pop, etc.
Técnicas: vocal, instrumental;
Eletrônica, mista;

Música na Antiguidade;
Música na idade média; Música no Renascimento;
Música Barroca, Classicismo; Romantismo; Modernismo;
Movimentos e Períodos
Música Contemporânea; Música contemporânea no Brasil;
Música e tecnologia; música indígena e afro-brasileira;
Música popular brasileira e maranhense.

14
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA LINGUAGENS

COMPONENTE CURRICULAR:
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA: 60h/a
ARTE
PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
SEMESTRE APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender a arte e suas funções; Artes visuais; Exposição dialogada; Atividades Portfólio do educando contendo
Identificar os elementos pertencentes à Arte e funções; Exibição de vídeo; individuais e em todas as atividades
linguagem visual de forma contextualizada Elementos formais da linguagem Pranchas artísticas; grupos; desenvolvidas em sala de aula;
e prática; visual; Visita a espaços culturais e Pesquisa escrita; Prova objetiva.
Apreciar as artes visuais como atividade Ponto, linha textura; artísticos; Apresentação da
cultural e artística. Forma, plano, direção, tom, escala, Sondagem e discussão; pesquisa;
cor, superfície e volume. Atividade oral, escrita e Teste individual.
1º plástica.

Reconhecer as formas de expressões Teatro; Exposição de vídeo; Atividades Portfólio do educando contendo
corporais em culturas variadas e suas O corpo e voz como elementos Aula expositiva e individuais e em todas as atividades
possibilidades práticas; expressivos; dialogada; grupos; desenvolvidas em sala de aula;
Identificar os elementos que compões a arte Espaço quanto possibilidade de Apreciar espetáculos de Pesquisa escrita; Prova objetiva.
teatral da cultural brasileira, criação e interação; teatro; Apresentação de
contextualizada a partir de suas influências Elementos e objetos quanto Sondagem e discussão; pesquisa;
indígenas e afro. possibilidades significativas de Atividade oral/gestual Testes individuais
2º Apreciar o teatro como atividade cultural e representação e transformação.
artística.

15
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Compreender a estrutura e o funcionamento Dança; Exposição de vídeo; Apresentação de Portfólio do educando contendo
do corpo, bem como os elementos que Movimento corporal; Aula expositiva e trabalhos escritos e todas as atividades
compõem o seu movimento; Kinesfera; dialogada; orais; desenvolvidas em sala de aula;
Interessar-se pela dança como atividade Giros; Apreciar espetáculos de Observação de Prova objetiva.
coletiva; Saltos; dança; trabalho em grupo;
3º Apreciar a dança como atividade cultural e Eixo; Sondagem e discussão; Testes individuais
artística. Peso; Atividade oral/escrita e
Rolamentos; corporal

Compreender a música como linguagem; Música; Exibição de vídeo; Atividades Portfólio do educando contendo
Identificar os elementos que estruturam os Linguagem da música; Aula expositiva e individuais e em todas as atividades
sons na música; Voz e audição; dialogada; grupos; desenvolvidas em sala de aula;
Compartilhar atividades de audição, criação Atributos do som: altura, intensidade Apreciação musical; Pesquisa escrita; Prova objetiva.
e apreciação; e timbre; Sondagem e discussão; Apresentação da
4º Apreciar a música como atividade cultural e Construção de instrumentos músicas. Atividades oral e escrita. pesquisa;
artística. Teste individual.

16
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA LINGUAGENS

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 2ª COMPONENTE CURRICULAR: ARTE CARGA HORÁRIA:60h/a
PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Conhecer e aplicar as possibilidades de Artes visuais; Exibição de vídeo; Atividades Painel;


leitura e fruição de obras artísticas Fundamentos da composição visual; Aula expositiva e individuais e em Fichas de registros;
articulando esses conhecimentos ao Ângulo de visão; dialogada; grupos; Prova escrita;
repertório pessoal; Atração e agrupamento; Apreciar espetáculos de Pesquisa escrita; Textos narrativos e
Positivo-negativo (relação figura- teatros; Apresentação da dissertativos;
fundo); Sondagem e discussão; pesquisa;
Composição plástica; técnicas; Apresentação artística; Teste individual
gêneros. Registrar a cena
Contemporaneidade; modernismo, graficamente.
pós-modernismo e

contemporaneidade Brasil;
Arte maranhense; cinema
contemporâneo; mundial, nacional e
local; Patrimônio Cultural;
Interculturalidade na arte; Novas
tendências artísticas; Bienais de Arte.

Conhecer e aplicar as possibilidades de Teatro; Exibição de vídeo; Atividades Elaboração de relatório em


leitura e fruição de obras teatrais Fundamentos da composição teatral; Aula expositiva e individuais e em grupo; resenhas e textos
articulando esses conhecimentos ao Relação palco e plateia; dialogada; grupos; dissertativos.
repertório pessoal; Encenação; Apreciar espetáculos de Pesquisa escrita;
Reconhecer a maneira de estruturar e Leitura dramática; teatro; Apresentação da
2º compor as artes cênicas nas culturas de Gêneros: tragédia, comédia e Sondagem e discussão; pesquisa;
diferentes sociedades; drama/épico; Apresentação artística; Teste individual.
Analisar de forma críticas os fundamentos Caracterização; cenografia; figurino; Registrar a cena
da composição do teatro iluminação; direção; história do graficamente
teatro: teatro no Brasil e no
Maranhão;

17
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Tendências contemporâneas na cena


teatral;
Espetáculos teatrais.

Conhecer e aplicar as possibilidades de Dança; Exibição de vídeo; Atividades Painel;


leitura e fruição de obras da dança Fundamentos da composição da Aula expositiva e individuais e em Fichas de registros;
articulando esses conhecimentos ao dança; dialogada; grupos; Prova escrita;
repertório pessoal; Gêneros; fluxo; Apreciar espetáculos de Pesquisa escrita; Textos narrativos e
Reconhecer a maneira de estruturar e História da dança; dança; Apresentação da dissertativos;

compor a dança nas culturas Dança no Brasil; Sondagem e discussão; pesquisa;
Dança no Maranhão; Apresentação artística; Teste individual
Tendências contemporâneas. Registrar o movimento
graficamente.

Conhecer e aplicar as possibilidades de Música; Exibição de vídeo; Atividades Exercícios;


leitura e fruição de obras musicais Fundamentos da composição musical; Aula expositiva e individuais e em Seminário;
articulando esses conhecimentos ao Improvisação; dialogada; grupos; Observação;
repertório pessoal; Pulsação; Apreciar espetáculos de Pesquisa escrita; Registro em Fichas;
Reconhecer a maneira de estruturar e Forma; dança; Apresentação da Debates;
compor a música nas culturas de diferentes Textura e tessitura; Sondagem e discussão; pesquisa; Portfolio;

sociedades; Musica e popular, contemporânea, Apresentação artística; Teste individual Prova
Analisar de forma crítica os fundamentos brasileira, maranhense, indígena, afro Registrar o movimento
da composição musical. e eletrônica. graficamente.

18
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

EDUCAÇÃO FÍSICA
OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES

• Práticas corporais e movimento;


Cultura corporal de movimento, envolvendo atividades como danças, esportes, jogos,
• Práticas corporais na promoção de saúde;
lutas e ginástica.
• Práticas corporais e sociedade;

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

História e classificação dos jogos; Conhecimentos e regras de jogos de são;


Ginástica: benefícios e riscos; lutas nacionais; história e fundamentos;
Práticas corporais e movimento História e fundamentos técnicos do futebol, handebol, voleibol, basquetebol;
Desempenho esportivo e qualidades físicas; regras e aplicações;
Definição e classificação dos esportes; fundamentos técnicos do atletismo;

O ser humano e as práticas corporais;


O lazer e os jogos esportivos: as práticas corporais e saúde;
Práticas corporais na promoção da saúde As práticas corporais e o mundo do trabalho;
Corpo e saúde: treinamento excessivo, distúrbios alimentares e uso de drogas;
Políticas públicas de lazer: espaço e equipamento

A mídia e as práticas corporais;


Práticas corporais e sociedade
A inclusão social do esporte; esporte e políticas públicas de saúde.

19
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA LINGUAGENS

COMPONENTE CURRICULAR:
ETAPA DE ENSINO: ENSINO EDUCAÇÃO FÍSICA
SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA:60h/a
MÈDIO

APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO


PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Reconhecer as Práticas corporais e lazer; Exposição dialogada; Atividades Portfólio do educando contendo todas as
práticas corporais História e fundamentos técnicos e táticos do Exibição de vídeo; individuais e em atividades desenvolvidas em sala de aula;
para o lazer; handebol e basquetebol; Produção textual sobre grupos; Prova objetiva.
Compreender a Desempenho esportivo e qualidades físicas. as práticas esportivas; Pesquisa escrita;
história e os Sondagem e Apresentação da
fundamentos discussão; pesquisa;
1º técnicos do Atividade oral, escrita. Teste individual.
handebol;
Compreender a
história e os
fundamentos
técnicos do
basquetebol.

Compreender a Lutas nacionais: história e fundamentos e Exposição de vídeo; Atividades Portfólio do educando contendo todas as
história e os características; Aula expositiva e individuais e em atividades desenvolvidas em sala de aula;
fundamentos das As lutas e a violência social; dialogada; grupos; Prova objetiva.
lutas nacionais; Regras: aplicações e modificações. Discussão sobre o Pesquisa escrita;
Reconhecer o papel papel das lutas no Apresentação de

das lutas contra a combate a violência e pesquisa;
violência social como prática Testes individuais
Vivenciar regras desportiva.
esportivas e suas
aplicações.

Compreender a Práticas corporais e saúde; Exposição de vídeo; Apresentação de Portfólio do educando contendo todas as
estrutura e o Danças no Brasil e Maranhão; Aula expositiva e trabalhos escritos e atividades desenvolvidas em sala de aula;

funcionamento do História e ginástica. dialogada; orais; Prova objetiva.
corpo, bem como os Apreciar espetáculos Observação de
elementos que de dança; trabalho em grupo;

20
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

compõem o seu Sondagem e Testes individuais


movimento; discussão;
Compreender danças Atividade oral/escrita
e ritmo maranhenses e corporal
Apreciar a dança
como atividade
desportiva.

Reconhecer a história A mídia e as práticas corporais; Aula expositiva e Atividades Portfólio do educando contendo todas as
das danças urbanas e Gênero e danças urbanas; dialogada; individuais e em atividades desenvolvidas em sala de aula;
a construção social Apreciar espetáculos grupos; Prova objetiva.
4º das diferenças pelas de dança; Pesquisa escrita;
expressões corporais Sondagem e Apresentação da
urbanas discussão; pesquisa;
Atividade oral/escrita Teste individual.
e corporal

21
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA LINGUAGENS

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 2º COMPONENTE CURRICULAR: EDUCAÇÃO


CARGA HORÁRIA: 40h/a
FÍSICA
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS AVALIAÇÃO
BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender a definição e a Definição e classificação Exibição de vídeo; Atividades Painel;


classificação dos esportes; dos esportes; Aula expositiva e dialogada; individuais e em Fichas de registros;
Perceber através do esporte a História e fundamentos Apreciar esportes e competições grupos; Prova escrita;
inclusão; técnicos e táticos do Sondagem e discussão; Pesquisa escrita; Textos narrativos e dissertativos;
Compreender a história e os voleibol; Ir a eventos esportes; Apresentação da

fundamentos técnicos e táticos do História e fundamentos do Registrar a cena graficamente. pesquisa;
voleibol; futsal. Teste individual
Compreender a história e os
fundamentos técnicos e táticos do
futsal.

Reconhecer a influencia da mídia em Gênero e esportes; Problematização sobre práticas desportivas e Atividades Elaboração de relatório em
práticas corporais; Práticas corporais e corporais; individuais e em grupo; resenhas e textos
Reconhecer gênero e dança como danças; Aulas expositivas com intervenções grupos; dissertativos.
2º agente influenciador nas relações Construção social da dialogadas. Pesquisa escrita;
sociais. diferença e prática Apresentação da
esportiva pesquisa;
Teste individual.

Compreender os conhecimentos e a Conhecimento e regras


importância dos esportes e jogos de dos jogos de salão; Problematização sobre práticas desportivas e Atividades Painel;
salão; Fundamentos técnicos do ginásticas; individuais e em Fichas de registros;
Compreender a importância, os atletismo e ginástica; Aulas expositivas com intervenções grupos; Prova escrita;

benefícios do atletismo; dialogadas. Pesquisa escrita; Textos narrativos e dissertativos;
Compreender a história e os Apresentação da
fundamentos técnicos da ginástica. pesquisa;
Teste individual
Compreender os conhecimentos e a História e classificação Problematizar a ginástica no cotidiano dos Atividades Exercícios;
importância dos jogos de salão e suas dos esportes coletivos; alunos e oportunizar uma reflexão sobre individuais e em Seminário;
regras; Políticas públicas de lazer benefícios e os riscos; grupos; Observação;

Reconhecer a importância dos jogos e e: espaços e equipamentos Aulas expositivas com intervenções Pesquisa escrita; Registro em Fichas;
esportes coletivos. dialogadas. Apresentação da Debates;
pesquisa; Portfolio;
22
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Teste individual Prova

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – EDUCAÇÃO FÍSICA

COMPONENTE CURRICULAR: EDUCAÇÃO FÍSICA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª CARGA HORÁRIA:

PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS
Exposição dialogada; Atividades individuais e
Reconhecer os efeitos do exercício sobre Corpo e saúde; Exibição de vídeo; em grupos; Portfólio do educando contendo
o funcionamento orgânico; Efeito do exercício sobre o Entrevista orientada sobre os Pesquisa escrita; todas as atividades desenvolvidas
Compreender os padrões corporais nas funcionamento orgânico do padrões corporais; Apresentação da em sala de aula;

questões éticas e estéticas; corpo; Pesquisa orientada sobre drogas e pesquisa; Prova objetiva.
Fundamentos táticos do voleibol; Esportes e drogas; os efeitos no corpo e atividades Teste individual.
Malefícios das drogas associadas ao Fundamentos táticos do voleibol desportivas
esporte
História do futsal e dos esportes História e fundamentos técnico Exposição de vídeo; Atividades individuais e Portfólio do educando contendo
coletivos; do futsal e das danças como Aula expositiva e dialogada; em grupos; todas as atividades desenvolvidas
Dança e o seu legado para as atividades atividades desportivas e Apreciar jogos de futsal; Pesquisa escrita; em sala de aula;
2º desportivas coletivas. Sondagem e discussão; Apresentação de Prova objetiva.
Atividade oral/gestual pesquisa;
Testes individuais

Compreender a estrutura e o Corpo e saúde; Exposição de vídeo; Apresentação de Portfólio do educando contendo
funcionamento do corpo, bem como os Treinamentos e benefícios da Aula expositiva e dialogada; trabalhos escritos e orais; todas as atividades desenvolvidas
elementos que compõem o seu capoeira; distúrbios alimentares Atividade oral/escrita e corporal. Observação de trabalho em sala de aula;
movimento; e uso de drogas. em grupo; Prova objetiva.
3º Compreender o malefício do excesso de Testes individuais
atividade corporal;
Distúrbios alimentares e uso de drogas.
Capoeira no Brasil e Maranhão.

Compreender a história do handebol e a História e fundamentos técnicos Exibição de vídeo; Atividades individuais e Portfólio do educando contendo
história do esporte no Maranhão; e táticos do handebol; Aula expositiva e dialogada; em grupos; todas as atividades desenvolvidas
4º Reconhecer a importância das Competição esportiva como Apreciação musical; Pesquisa escrita; em sala de aula;
competições esportivas na escola no convivência social. Sondagem e discussão; Apresentação da Prova objetiva.
campo da convivência social. Atividades oral e escrita. pesquisa;
Seminário temático. Teste individual.

23
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

LÍNGUA ESTRANGEIRA MODERNA – INGLÊS E ESPANHOL


OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES
• Comunicação análise linguística da língua estrangeira
• Conhecimentos da língua estrangeira e seus mecanismos de acesso a
Comunicação oral e escrita – leitura, compreensão, intepretação e relações linguísticas interculturais da
informação tecnológica;
língua alvo.
• Estruturas linguísticas, suas funções e seu uso social;
• A língua estrangeira e a diversidade cultural.
CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

Saudações, despedidas e apresentação;


Gêneros textuais orais e escritos referentes às rotinas, descrições e relatos;
Alfabeto e acentuação gráfica;
Sons vocálicos e consonantais;
Pronomes e Adjetivos Possessivos;
Comunicação e Análise linguística da Língua. Sinônimos e Antônimos; pronomes e Adjetivos demonstrativos;
Marcadores temporais do futuro;
Complemento direto; Preposição A;
Verbos irregulares no presente do indicativo;
Significado das palavras; Presente do subjuntivo;
Uso do pretérito Imperfeito para descrever.

Leitura: mensagens curtas – perguntas e respostas significativas – textos curtos e


informativos (cartas, poemas, versos e prosa);
Leitura: textos técnicos – Vocabulário referente aos temas tratados e aos textos
técnicos e científicos;
Sinais de pontuação; artigos e contrações; introdução ao gênero em Espanhol;
Número dos substantivos;
Conhecimentos gramaticais e análise linguística Pretérito perfeito e verbos reflexivos: usos do pretérito indefinido dos verbos
regulares;
Diferenças e contrastes do pretérito perfeito e o pretérito indefinido; presente do
subjuntivo;
Locuções prepositivas; Locuções adverbais modismo e frases feitas;
O imperativo afirmativo e negativo.

24
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

A língua estrangeira moderna e diversidade ( música, cinema, teatro, artes);


aspectos culturais da língua inglesa, pronomes e adjetivos demonstrativos; verbos
A língua estrangeira moderna e a diversidade cultural habituais; reflexivos e não reflexivos; irregulares em pretérito indefinido;
modismo e frases feitas; o superlativo; orações do relativo; denotação e
conotação; o condicional ; discurso direto e indireto.

Leitura; mensagens curtas ; perguntas e respostas significativas, textos curtos


informativos ( leitura : textos técnicos – vocabulário referente aos temas tratados
e aos textos técnicos e científicos; sinais de pontuação artigos e contrações;
introdução ao gênero em espanhol; substantivos homônimos; pretérito perfeito
regular e irregular, uso com marcadores temporais; famílias léxicas e campos
Conhecimentos do LEM e seus mecanismos de acesso a informações tecnológicas. semânticos sinônimos; pretérito perfeito e verbos reflexivos; presente do
subjuntivo; locuções prepositivas; locuções adverbiais; modismos e frases feitas;
o imperativo afirmativo e negativo.

25
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – LÍNGUA INGLESA

LÍNGUA I COMPONENTE CURRICULAR:


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª INGLESA CARGA HORÁRIA: 80h/a

CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO


PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Conhecer as formas de comunicação Saudações, despedidas e Reflexões dos alunos/ as formas Atividades individuais e Portfólio do educando contendo todas
básicas da língua inglesa. apresentação; cotidianas de comunicação em em grupos; as atividades desenvolvidas em sala
Gêneros textuais orais e inglês; Pesquisa escrita; de aula;
1º escritos referentes às Audição e repetição; Apresentação da Prova objetiva.
rotinas; Sondagem e discussão; pesquisa;
Conectivos: consequently: Atividade oral, escrita. Teste individual.
when, before.

Associar vocábulos e expressões Sons vocálicos e Exposição de vídeo; Análises e competências Portfólio do educando contendo todas
formais da língua inglesa consonantais; Aula expositiva e dialogada; da língua inglesa as atividades desenvolvidas em sala
Pronomes e adjetivos Questionamento sobre os vocábulos; de aula;
possessivos; Prova objetiva.
Pronomes e adjetivos

demonstrativos;
Expressões com verbo +
Preposição, adjetivo +
Preposição.

Utilizar os conhecimentos da língua Marcadores temporais Sondagem e discussão; Apresentação de Organização dos textos em blog da
inglesa para ampliar acesso as para o futuro; Atividade oral/escrita; trabalhos escritos e turma;
TICS; Complemento direto; Refletir sobre uso das expressões em orais;

Preposição; língua inglesa na internet; Observação de trabalho
Verbos irregulares no Apreciação das formas de em grupo;
presente do indicativo. linguagem e o seu modo de Testes individuais
vinculação;

Identificar os significados das Presente do subjuntivo; Aula expositiva e dialogada; Sintetizar os Portfólio do educando contendo todas

palavras de acordo com as orações Uso do futuro; Pesquisa sobre significados de conhecimentos da língua as atividades desenvolvidas em sala
sentenças; em murais. de aula;

26
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Uso do pretérito Sondagem e discussão; Prova objetiva.


imperfeito para descrever; Atividade oral/escrita.
Textos para leitura em
língua inglesa

27
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – LÍNGUA INGLESA

COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE:2º CARGA HORÁRIA: 80h/a
INGLESA
PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Relacionar um texto em inglês, as Leitura: mensagens curtas, Exibição de vídeo; Apresentação oral das Painel;
estruturas linguísticas, sua função e seu perguntas e respostas Aula expositiva e dialogada; competências Fichas de registros;
1º uso social. significativas; Aula interativa sobre língua sociolinguísticas. Prova escrita;
Leitura: textos técnicos. inglesa no mundo globalizado. Textos narrativos e
dissertativos;

Reconhecer a influencia internacional da Artigos e contrações; introdução Audição e repetição Exame oral das Elaboração de relatório em
língua inglesa como língua estrangeira. ao gênero em inglês; Aulas expositivas com competências discursivas grupo; resenhas e textos

Voz passiva; pronomes relativos; intervenções dialogadas. dissertativos.
Pretérito perfeito;

Identificar os termos gramaticais nas Estrutura de textos; verbos Diálogo de situações reais Atividades individuais e Painel;
frases, orações e períodos. reflexivos; dentro e fora de sala de aula; em grupos; Fichas de registros;
Uso dos verbos regulares; Aula expositiva. Pesquisa escrita; Prova escrita;

Verbos modais para dar Apresentação da Textos narrativos e
conselhos pesquisa; dissertativos;
Teste individual

Empregar as competências linguísticas Diferenças e contrastes do Mecanismos de alfabeto e Atividades individuais e Exercícios;
em diferentes formas verbais, temporais e pretérito perfeito e o pretérito pontuação; audição e repetição em grupos; Seminário;
diversidade fraseológica. indefinido; presente do Aulas expositivas com Pesquisa escrita; Observação;
4º subjuntivo; intervenções dialogadas. Apresentação da Registro em Fichas;
Locuções prepositivas; pesquisa; Debates;
Locuções adverbiais; frases Teste individual Portfolio;
feitas; o imperativo e o Prova
afirmativo;

28
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – LÍNGUA INGLESA

COMPONENTE CURRICULAR:
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª LÍNGUA INGLESA CARGA HORÁRIA: 40h/a

PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Reconhecer a importância da produção A língua estrangeira moderna e Exposição dialogada; Atividades Portfólio do educando contendo
cultural em inglês como representação diversidade; Exibição de vídeo; individuais e em todas as atividades desenvolvidas
da diversidade linguística. Audição musical; grupos; em sala de aula;
1º Pesquisa escrita; Prova objetiva.
Apresentação da
pesquisa;
Teste individual.

Compreender as referências culturais Aspectos culturais da língua estrangeira; Audição e repetição; Atividades Portfólio do educando contendo
apoiadas em marcas linguísticas e não Pronomes e adjetivos demonstrativos; Aula expositiva e dialogada; individuais e em todas as atividades desenvolvidas
linguísticas. Verbos reflexivos; Leitura; grupos; em sala de aula;
2º Pronomes interrogativos. Exercícios escritos. Pesquisa escrita; Prova objetiva.
Apresentação de
pesquisa;
Testes individuais

Utilizar as funções da linguagem para Os comparativos; Audição e repetição; Apresentação de Portfólio do educando contendo
a compreensão geral do texto. Morfologia e uso de alguns verbos Aula expositiva e dialogada; trabalhos escritos e todas as atividades desenvolvidas
irregulares em pretérito indefinido; o uso Leitura; orais; em sala de aula;

do marcador textual: either...or; Exercícios escritos. Observação de Prova objetiva.
neither...nor; o superlativo; trabalho em grupo;
Testes individuais

Descrever os tipos físicos das pessoas Orações do relativo; denotação e Leitura e diálogos em voz Atividades Portfólio do educando contendo
e falar sobre seu caráter; identificar conotação; o condicional; alta; individuais e em todas as atividades desenvolvidas
pessoas e coisas; Discursiva Audição e repetição; grupos; em sala de aula;
4º Expressar gostos e preferências; Expressão oral de língua Pesquisa escrita; Prova objetiva.
expressar coincidências ou não dos inglesa. Apresentação da
gostos. pesquisa;
Teste individual.

29
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – LÍNGUA ESPANHOLA

COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA ESPANHOLA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA: 80h/a

PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Saudar-se se despedir; Pronomes sujeitos; Metodologia comunicativa dentro do Atividades individuais e Peça teatral, produção oral e
Apresentar-se ou apresentar Verbos em presente do âmbito da vida cotidiana, pessoal, em grupos; escrita.
alguém; indicativo; educativa e profissional; Pesquisa escrita;
Solicitar e dar informações Pronomes interrogativos; Realizar pequeno teatro na sala com Apresentação da

pessoais diferenciando Números cardinais; diálogos prescritos. pesquisa;
formalidade de informalidade. Sinais de pontuação; Teste individual.
Uso dos pronomes
tú/vos/uested.

Descrever uma cidade, lugares, Verbo auxiliares; Construção de um mural ilustrativo com Análises e competências Produção oral e escrita
serviços e estabelecimentos Artigos e contrações; verbos dentro do âmbito da vida da língua espanhola
públicos; Comparativos; cotidiana, pessoal, educativa e
Informar a existência de um Advérbios e preposições de profissional.
2º lugar; lugar;
Localizar partes de uma casa e Gênero e número de
seus objetos; substantivos e adjetivos.
Comparar os diferentes tipos de
moradia.

Utilizar os conhecimentos da Marcadores temporais para o Sondagem e discussão; Apresentação de Organização dos textos em blog
língua inglesa para ampliar futuro; Atividade oral/escrita; trabalhos escritos e da turma;
acesso as TICS; Complemento direto; Refletir sobre uso das expressões em orais;
3º Preposição; língua inglesa na internet; Observação de trabalho
Verbos irregulares no presente Apreciação das formas de linguagem e o em grupo;
do indicativo. seu modo de vinculação; Testes individuais

Identificar os significados das Presente do subjuntivo; Aula expositiva e dialogada; Sintetizar os Portfólio do educando contendo
palavras de acordo com as Uso do futuro; Pesquisa sobre significados de sentenças; conhecimentos da língua todas as atividades
orações Uso do pretérito imperfeito Sondagem e discussão; em murais. desenvolvidas em sala de aula;

para descrever; Atividade oral/escrita . Prova objetiva.
Textos para leitura em língua
inglesa
30
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – LÍNGUA ESPANHOLA

COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE:2º CARGA HORÁRIA: 60h/a
ESPANHOLA
PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS
IR + infinitivo. Querer +
Falar planos e projetos futuros; infinitivo; Pensar + infinitivo; Exibição de vídeo; Apresentação oral das Painel;
Expressar intenção de fazer algo; Posição dos pronomes Aula expositiva e dialogada; competências Fichas de registros;
Falar das carreiras profissionais; complementos; Aula interativa sobre língua espanhola no sociolinguísticas. Prova escrita;
Falar do passado. Pretérito perfeito simples e mundo globalizado. Textos narrativos e
1º indefinido; dissertativos;
Marcadores temporais de
passado;
Acentuação de palavras agudas
e graves.
Falar de acontecimentos Pretérito perfeito composto; Audição e repetição Exame oral das Elaboração de relatório em
recentes; Marcadores temporais que Aulas expositivas com intervenções competências grupo; resenhas e textos
Falar de atividades de lazer; incluem o presente, dialogadas. discursivas dissertativos.
Descrever situações do passado; Acentuação de esdrújuças;
2º Comparar passador e presente; Sobreesdrujuças e palavras
terminadas em-mente;
Pretérito imperfeito do
indicativo e pretérito perfeito
simples e pretérito imperfeito
Descrever tipos familiares; Possessivos; Diálogo de situações reais dentro e fora Atividades individuais e Painel;
Falar das relações familiares; Pronomes relativos; de sala de aula; em grupos; Fichas de registros;
Narrar uma recordação pessoal; Acentuação de palavras Aula expositiva. Pesquisa escrita; Prova escrita;

Expressar desejos e interrogativas y exclamativas; Apresentação da Textos narrativos e
possibilidades do futuro. Presente do subjuntivo; pesquisa; dissertativos;
Artigo neutro ( Lo). Teste individual
Imperativo afirmativo e
Descrever hábitos alimentares; negativo; Mecanismos de alfabeto e pontuação; Atividades individuais e Exercícios;
Dar ordens e conselhos; Colocação de pronomes com audição e repetição. em grupos; Seminário;
Dizer nomes dos alimentos; imperativo; Aulas expositivas com intervenções Pesquisa escrita; Observação;
4º Falar do futuro; Acentuação com imperativo; dialogadas. Apresentação da Registro em Fichas;
Expressar condições. Futuro do indicativo; pesquisa; Debates;
Orações condicionais com si+ Teste individual Portfolio;
presente de indicativo Prova
heteronômicos.
31
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – LÍNGUA ESPANHOLA

COMPONENTE CURRICULAR: LÍNGUA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª ESPANHOLA CARGA HORARÍA: 80h/a

PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS
Pedir e dar conselhos; Condicional simples; Metodologia comunicativa dentro do Atividades individuais e Portfólio do educando contendo
Expressar probabilidade; Indefinidos; âmbito da vida cotidiana, pessoal e em grupos; todas as atividades
Expressar identidade ou Regras de pontuação profissional; Atividade oral, desenvolvidas em sala de aula;
quantidade pouco específica; Voz passiva reflexiva; Realizar pequeno teatro em sala de aula. considerando o Prova objetiva.
1º Expressar opinião e argumentos. Distinguir uso de indicativo y desempenho dos alunos;
subjuntivo em contexto de Pesquisa escrita;
opinião. Apresentação da
pesquisa;
Teste individual
Falar de acontecimentos Pretérito pluscuamperfecto e Audição e repetição; Atividades individuais e Portfólio do educando contendo
passados; outros tempos verbais do Aula expositiva e dialogada; em grupos; todas as atividades
Falar de mudanças e passado; Leitura; Pesquisa escrita; desenvolvidas em sala de aula;
transformações; Verbos de mudança; Exercícios escritos. Apresentação de Prova objetiva.

Narrar acontecimentos sem Regras de pontuação; pesquisa;
determinar sujeito; Voz passiva; Testes individuais
Oferecer informação sobre algo Pronomes complementos de
ou alguém. objetos direto e indireto.
Posicionar-se diante de um tema; Discurso indireto; Audição e repetição; Apresentação de Portfólio do educando contendo
Transmitir discurso do outros; Pretérito imperfeito do Aula expositiva e dialogada; trabalhos escritos e todas as atividades
Expressar desejos e condições subjuntivo; Leitura; orais; desenvolvidas em sala de aula;
3º pouco prováveis. Expressões consecutivas; Exercícios escritos. Observação de trabalho Prova objetiva.
Interjeições; em grupo;
Heterossemânticos. Testes individuais

Identificar palavras sinônimas Pretérito pluscuamperfecto; Leitura e diálogos em voz alta; Atividades individuais e Portfólio do educando contendo
segundo o contexto; Conectivos condicionais; Audição e repetição; em grupos; todas as atividades
Expressar desejos impossíveis de Pretérito perfeito do Expressão oral de língua espanhola. Pesquisa escrita; desenvolvidas em sala de aula;
realizar; subjuntivo; Apresentação da Prova objetiva.

Expressar acontecimentos Conectivo do discurso; pesquisa;
possíveis e sentimentos no Advérbios; Teste individual.
passado

32
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

MATEMÁTICA
OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES

• Números, álgebra e funções;


Identificação e a descrição de padrões de linguagem matemática relacionados aos • Grandezas e medidas;
campos do conhecimento matemático. • Geometria;
• Tratamento da informação;

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

NOÇÃO DE CONJUNTOS: introdução à teoria de Conjuntos;


CONJUNTOS NUMÉRICOS: números naturais, números inteiros, números racionais,
números irracionais e números reais.
TÓPICOS DE ÁLGEBRA: fatoração, operações entre polinômios, equação do 2º grau,
sistema do 2º grau.
SEQUÊNCIA: conceito, lei de formação, progressão aritmética e geométrica;
FUNÇÕES DO 1º GRAU E 2º GRAUS: função afim, gráfico de uma função afim, variação
de sinal da função afim, função quadrática- gráfico, máximo e mínimo da função, variação
de sinal.
FUNÇÃO: distância entre dois pontos do eixo real, módulo, equações e inequações
modulares, função modular;
NÚMEROS, ÁLGEBRA E FUNÇÕES.
MATRIZ: conceito de matriz, tipos de matriz, matriz inversa de uma matriz dada, igualdade,
adição subtração e multiplicação, determinantes, propriedades das determinantes;
FUNÇÃO EXPONENCIAL E LOGARÍTMICA: introdução, potencial e radiciação, a função
exponencial e equação exponencial. O conceito das determinantes, o conceito de logaritmo,
suas funções e inequações logarítmicos.
SISTEMAS LINEARES: os sistemas de equações no dia a dia, equação linear, sistema linear;
POLINÔMIOS E NÚMEROS COMPLEXOS: os polinômios na economia, polinômio com
uma variável, fração polinomial, divisão de polinômios por binômios do 1ºgrau, números
complexos, operações com números complexos, módulo de um número complexo, operações
com números complexos, potencia de números complexos com expoentes inteiros,
representação geométrica do conjunto dos números complexos, módulo de um número
complexo, operação com números complexos na forma trigonométrica.

GRANDEZAS E MEDIDAS

33
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

MEDIDAS: grandezas diretamente proporcionais, propriedades da proporção, regra de três


simples e composta.
Grandezas padronizadas e não padronizadas.

GEOMETRIA PLANA: ( polígonos, triângulos, propriedades dos triângulos, teorema de


Tales, semelhança de figuras planas, semelhança de triângulo, relações métricas no triângulo
retângulo, teorema de Pitagóras);
GEOMETRIA ESPACIAL: (poliedros, prisma, cilindro, pirâmide, cone, esfera);
GEOMETRIA ANALÍTICA: ponto e reta ( distância entre dois pontos, coordenada do ponto
médio do segmento de uma reta, distância entre ponto e reta, ângulos formados por duas
GEOMETRIA
retas, área de uma região triangular, circunferência, posição relativa entre a reta e
circunferência, parábola, hipérbole);
TRIGONOMETRIA: ( trigonometria no triângulo retângulo, seno e cosseno de ângulos
obtusos, lei dos senos, lei dos cossenos, arcos e ângulos, circunferência trigonométrica, seno ,
cosseno e tangente de um número real, adição e subtração de arcos, arco duplo e arco
metade).

NOÇÕES DE ESTATÍSTICA: ( noções básicas de estatística, representação gráfica, medidas


de dispersão, estatística e probabilidade, combinatória);
TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO
MATEMÁTICA COMERCIAL E FINANCEIRA: ( porcentagem, fator de atualização, juros
simples e composto, equivalência de capitais).

34
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA MATEMÁTICA

COMPONENTE CURRICULAR:
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª MATEMÁTICA CARGA HORÁRIA: 200h/a

PROCEDIMENTOS FORMA INSTRUMENTOS


PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS AVALIAÇÃO

Utilizar os conhecimentos de números, Conjuntos numéricos, Diagnóstico inicial de Atividades Construção de mapas, produção
álgebra e funções, suas representações, polinômios, equações, conhecimentos importantes para individuais e em oral e escrita.
operações e propriedades fundamentais na sistemas c/02 variáveis, a série; grupos;
resolução de problemas. potenciação e radiciação; Exposição oral; Pesquisa escrita;

Proporção e regra de três, Modelagem algébrica de Apresentação da
relações métricas no triângulo situações problemas; pesquisa;
retângulo. Cálculos algébricos; Teste individual.
Situação problemas.

Reconhecer vários tipos de funções; Função e afim quadrática; Exposição oral; Participação Produção oral e escrita
Utilizar os conhecimentos de funções na Função modular; Problematização de situações individual e em
2º resolução de problemas do cotidiano. Teorema de Tales; práticas de aplicação das funções; grupo
Teorema de Pitágoras; Utilizar situações reais para a
representação dos teoremas.

Reconhecer uma função exponencial a partir Função exponencial; Exposição oral; Apresentação de Exercício diverso e registro em
do seu gráfico; Função logarítmica; Problematizar sobre a relação trabalhos escritos e fichas
Resolver situações problemas, utilizando Ponto; existente entre função orais;
3º conhecimento de equações exponenciais; Reta; exponencial e logarítmica; Observação de
Aplicar logaritmos na solução de problemas Plano. Problematizar sobre as relações trabalho em grupo;
do dia a dia. existentes entre ponto, reta e Testes individuais
plano.

Perceber as relações e propriedades comuns Triângulo, quadriláteros e Exposição oral; Sintetizar os Portfólio do educando contendo
4º existentes entre figuras espaciais, polígonos; Análise de figuras e mapas de conhecimentos todas as atividades
relacionando-as com as formas encontradas Porcentagem, juros simples e espaços e ambientes; espaciais em murais desenvolvidas em sala de aula;
no convívio social. compostos. Prova objetiva.

35
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Construção de figuras
geométricas planas.

36
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA MATEMÁTICA

COMPONENTE CURRICULAR:
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 2º CARGA HORÁRIA: 200h/a
MATEMÁTICA
CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS
Compreender as relações e propriedades comuns existentes Cálculo de volume; Diagnóstico inicial de Ação de trabalhos Painel;
entre figuras espaciais, relacionando-as com as formas Cubo; conhecimentos importantes práticos; Fichas de registros;
encontradas no convívio social. Prisma; para a série; Posicionamentos diante Prova escrita;
Pirâmide; Exposição oral; das situações
Cilindro; Trabalho de reciclagem problemas;

Esfera. envolvendo as figuras Participação em sala de
espaciais; aula.
Cálculos algébricos;
Situação problema.

Compreender a importância do domínio das operações Matriz; Exposição oral; Exame oral das Elaboração de
algébricas para desenvolver o raciocínio lógico e utiliza-lo Determinantes; Problematização de situações competências relatório em grupo;
na generalização padrões para resolver problemas. Sistemas lineares. práticas de aplicação das discursivas
2º funções;
Utilizar situações reais para
representação dos teoremas.

Compreender as relações e propriedades comuns e não Razões trigonométricas; Diálogo de situações reais Atividades individuais Painel;
comuns dos números, da álgebra e das funções, utilizando- Relações dentro e fora de sala de aula; e em grupos; Fichas de registros;
as como ferramentas relevantes para resolver problemas do trigonométricas no Aula expositiva. Pesquisa escrita; Prova escrita;
3º seu convívio social/profissional. triângulo retângulo; Relação existente entre os Apresentação da Exercícios em sala de
Funções conteúdos trabalhados pesquisa; aula.
trigonométricas; Teste individual
Identidades
trigonométricas.

Compreender a importância do domínio das operações Razões trigonométricas Análise de figuras e mapas; Atividades individuais Exercícios;
algébricas para desenvolver o raciocínio lógico e utiliza-lo num triângulo retângulo Exposição oral; e em grupos; Seminário;
na generalização padrão para resolver problemas qualquer; Problematização com figuras Pesquisa escrita; Observação;

Binômio de Newton; geométricas planas Apresentação da Registro em Fichas;
Arranjo simples; pesquisa; Debates;
Permutação simples; Teste individual Portfolio;
Combinação simples. Prova

37
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

38
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA MATEMÁTICA

COMPONENTE CURRICULAR:
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª MATEMÁTICA CARGA HORÁRIA: 160h/a

PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS
Compreender os significados dos Sequências; Exposição oral; Atividades Portfólio do educando
resultados das operações algébricas e Progressão aritmética; Problematização de situações individuais e em contendo todas as atividades
suas propriedades utilizando-os em Progressão geométrica. práticas de aplicação das grupos; desenvolvidas em sala de
situações práticas do dia a dia. funções; Atividade oral, aula;
Utilizar situações reais para considerando o Prova objetiva.
1º representação dos teoremas. desempenho dos
alunos;
Pesquisa escrita;
Apresentação da
pesquisa;
Teste individual.

Ler e interpretar informações Noções de estatística: planejamento Utilizar as noções apreendidas Apresentação de Portfólio do educando
apresentadas em listas, tabelas e estatístico; população e amostra. para aplicação prática do trabalhos, atividades contendo todas as atividades
2º gráficos, relacionando-as aos fatos que Índices, coeficientes e taxas; tabelas e conhecimento da vida cotidiana; em grupo. desenvolvidas em sala de
ocorrem em seu cotidiano. gráficos; distribuição de frequência. Exposição oral aula;
Prova objetiva.

Compreender as relações existentes Coordenadas cartesianas; Exposição oral; Participação em sala Exercícios diversos;
entre um objeto e sua posição no Distância entre dois pontos; Análise das figuras e mapas de de aula; Registro de fichas e
espaço, ou em relação a outro objeto. Equações de reta; espaços e ambientes; Apresentação de Prova objetiva.
Condição de paralelismo e Problematização com construção trabalhos, atividades

perpendicularismo; de figuras geométricas em grupo.
Distância entre retas; diferentes;
Circunferência.

Associar resultados obtidos de estudos Medidas de tendência central; Exposição oral; Posicionamento Exercícios diversos;
a situações vivenciadas, utilizando-os Medidas de dispersão; Análise de figuras e mapas de individual; Construção de mapas com as
de forma sistêmica para intervir junto à Operações e propriedades dos espaços e ambientes; Participação em sala; medidas;
4º sociedade. polinômios; Problematização com construção Atividades em Registro em ficha;
Operações e propriedades dos de figuras geométricas planas. grupos. Debates;
números complexos. Prova objetiva.

39
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

SOCIOLOGIA
OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES

• Comunicação análise linguística da língua estrangeira


• Conhecimentos da língua estrangeira e seus mecanismos de acesso a informação
O homem e a Sociedade tecnológica;
• Estruturas linguísticas, suas funções e seu uso social;
• A língua estrangeira e a diversidade cultural.

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

A sociologia como ciência


As grandes revoluções e seus impactos sociais
Augusto Comte, 1798
Emile Durkheim, 1858
Fundamentos históricos da Sociologia
Max Weber, 1833
Karl Marx, 1818
Norbert Elias, 1897
Pierre Bourdieu e Passeron, 1930.
Crítica teórica de diferentes práticas sociais

Grupos sociais
Comunidade
Sociedade
Cidadania
Conceitos fundamentais da Sociologia Ideologia
Religião e religiosidade
Racismo
Movimentos sociais
Respeito às diferenças

O que é cultura?
O estudo antropológico da cultura
Estudos sobre cultura e sociedade Diferenças culturais
Brasile e suas raças
Diversidade e preconceito
Identidade social – respeito à liberdade individual do cidadão
40
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Ética e moral
Indústria cultural
Papel ideológico da mídia e marketing ( consumismo e política)
Responsabilidade social

A politica
Sistema de representação política
A politica e a cidadania
Estudo sobre política e sociedade A cidadania e o Estado de direito
Ação social e assistencialismo
Análise política do governo atual e seus impactos na sociedade
Liderança política e ética

O mundo do trabalho e as exigências sociais


Tendências do mercado de trabalho
Sociologia do Trabalho
Mercado de trabalho local, regional, nacional e internacional;
Solidariedade e cooperação nas relações sociais

41
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

COMPONENTE CURRICULAR: SOCIOLOGIA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA: 60h/a

CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO


PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Conhecer a sociologia como a A sociologia como Exposição oral; Atividades individuais e em Construção de mapas
ciência da sociedade, considerando ciência; Análise dos alunos, sobre o grupos; conceituais, produção oral e
o seu surgimento e história. As grandes acontecimento social do cotidiano e seus Pesquisa escrita; escrita.
revoluções e seus desdobramentos; Apresentação da pesquisa;

impactos sociais; Reflexão sobre a música: “ música de Teste individual.
O pensamento social trabalho” – legião urbana;
científico aplicado às
práticas sociais.

Entender a importância dos Augusto Comte, Análise dos alunos/as sobre o que é fato FORMA: análise parcial e global Produção escrita
principais pensadores e suas teorias 1798; social; dos principais pensamentos dos
para o surgimento da sociologia Emile Durkheim, Realização de pesquisas direcionadas que autores em estudo, considerando

como ciência. 1858; redundarão em seminários em seminários a inferência dos alunos/as e
Max Weber, 1833; em estilos painel; construção coletiva de posicionamento teórico.
Karl Marx, 1818 um mural com sínteses sobre pensadores.

Compreender os fundamentos Augusto Comte; Estudo sobre a sociedade – o que é tema Apresentação de trabalhos Mural construído e
teóricos dos principais autores da Emile, Durkheim, social? escritos e orais; apresentação de trabalhos;
sociologia na explicação das Max Weber, Eleição de temas sociais da atualidade e Observação de trabalho em
3º práticas sociais. Karl Marx, explicação das mesmas sob a orientação grupo;
Norbert Elias, teórica dos pensadores da sociologia em Testes individuais
Pierre Bourdieu e estudo.
Passeron.

Identificar nas práticas sociais Comunidade; Identificar uma comunidade comum aos Organização do pensamento Painel, construído e trabalho
atuais alguns conceitos estruturantes Sociedade; alunos e fazer com eles demarquem essa teórico em relação com a prática em grupo e teste individual
4º da sociologia estimulando Ideologia. comunidade e suas tipologias sociais; social dos alunos/as; capacidade com questões objetivas e
pensamento autônomo e crítico- Problematizar os principais conceitos de síntese para composição do discursivas.
social. apresentados em sala de aula. mural.

42
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 2º COMPONENTE CURRICULAR: SOCIOLOGIA CARGA HORÁRIA: 40h/a
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Refletir sobre a religiosidade humana Religião e religiosidade. Direcionamento de perguntas sobre as Análise crítica da música e Painel;
e conhecer as principais religiões do religiões que os alunos professam filmes; criação de artigo ( Fichas de registros;
mundo. enquanto constituição humana. produção textual) Análise Prova escrita;
Reflexão sobre a “música todas as das contribuições individuais
coisas” de Gilberto Gil, outra de durantes as aulas.

interesse dos alunos;
Análise de filmes coletivamente,
discussão sobre a religiosidade das
expressões sociais.

Identificar as várias formas de O racismo; Problematizar o tema do racismo no Sínteses parciais e globais Elaboração de relatório em
racismo e preconceito desenvolvendo Brasil e suas raças; ambiente escolar, no município e no dos principais pensamentos grupo;
uma compreensão cidadã de Diversidade preconceito; Brasil, utilizando exemplos do dos autores em estudo;
diversidade étnico-racial Ações afirmativas de cotidiano; Atitudes de respeito e
oposição ao preconceito Reflexão das várias formas de racismo análises de interatividade
social; no decorrer da história ( Nazismo), social na turma e escola.
Fatores sociais na saúde identificando as principais
2º pública; características da intolerância presentes
O bullying na escola e em na realidade social;
outros contextos sociais. Pesquisa das leis que protegem os
direitos humanos da diferença;
Entrevistas que visam a desconstrução
de imaginário social preconceituoso;
Incentivo e divulgação de atitudes de
respeito à diversidade.

43
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Reconhecer que as identidades A identidade ética e moral; Levantamento das práticas sociais Atividades individuais e em Painel;
subjetivas fazem parte de uma Postura ética diante dos fatos associadas à identidade dos alunos/as grupos; Fichas de registros;
estrutura social mais ampla sociais; como ponto de partida para pesquisa Pesquisa escrita; Prova escrita;
Grupo social; em grupo; Apresentação da pesquisa; Exercícios em sala de aula.
Movimentos Sociais; Identificação das características dos Teste individual

Impactos político e social dos grupos sociais e movimentos sociais da
movimentos sociais da contemporaneidade;
atualidade, tanto os locais, Entendimento da ática como fenômeno
regionais, nacionais e social presente na formação dos
internacionais. indivíduos e ligados às ideologias e
paradigmas sociais.

Conhecer os diversos conceitos da A política; Relação família e a relação com o Atividades individuais e em Seminário;
política e refletir sobre a real Sistema de representação poder – política como característica grupos; Observação;
participação nesses processos para a política – A política inerente ao ser humano; Pesquisa escrita; Registro em Fichas;
mudança social. brasileira, democracia e Pesquisa biográfica de políticos Apresentação da pesquisa; Debates;
sistema de representatividade conhecidos; Teste individual Portfolio;
popular; A política como fato social passível de Prova
A política e a cidadania; pesquisa. Alienação política na
Responsabilidade política e sociedade;

social. Aula expositiva e dialogada com os
alunos;
Pesquisa da história dos partidos
políticos no Brasil;
Análise conjunta dos impactos das
ações políticas na vida social.

44
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª COMPONENTE CURRICULAR:


SOCIOLOGIA CARGA HORÁRIA: 40h/a

PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO


METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender e valorizar as O que é cultural? Reflexão sobre as músicas da cultura Atividades individuais e em Portfólio do educando
diferentes manifestações culturais O estudo antropológico da popular maranhense e dividir a turma grupos; contendo todas as
sob o princípio estético, político e cultura; em grupos para identificar marcos Atividade oral, considerando atividades desenvolvidas
ético. Diferenças culturais; culturais expressos nas letras e o desempenho dos alunos; em sala de aula;
1º Respeito à diversidade harmonias musicais; Pesquisa escrita; Prova objetiva.
cultural; Aula expositiva com intervenções Apresentação da pesquisa;
Patrimônio cultural; dialogadas; pesquisa antropológica Teste individual.
Aculturação; orientada com os alunos/as-
“estranhando o cotidiano”

Construir uma visão mais crítica Indústria cultural de massa; Solicitar aos alunos/as que lembrem Apresentação de trabalhos, Portfólio do educando
sobre a indústria cultural avaliando o Papel ideológico e marketing propagandas, layouts... e analisar atividades em grupo. contendo todas as
papel ideológico na vida social. ( consumismo e Política); conjuntamente com os alunos/as atividades desenvolvidas
Manobras culturais e intencionalidades e interferências. em sala de aula;
2º políticas; Realização de pesquisas direcionadas Prova objetiva.
Crítica cultural e política. que redundarão em seminários – estilo
painel;
Análise crítica de marketing –
propagandas, embalagens, revistas,
jornais, propagandas de internet.
Compreender as transformações do O mundo do trabalho e as Entrevista orientada obre as intenções Participação em sala de aula; Atividades diversas;
mundo do trabalho geradas por exigências sociais; da turma sobre o mercado de trabalho; Apresentação de trabalhos, Registro de fichas e
mudanças na ordem econômica. Processo de mais valia- valor Pesquisa sobre o mundo do trabalho e atividades em grupo. Prova objetiva.
do trabalho; empreendedorismo regional;

Tendências do mundo do Organização de artigos científicos
trabalho; sobre o mundo do trabalho para o blog
O mercado de trabalho nos da turma, construído pelos alunos.
municípios.
A cidadania e o Estado de Levantamento em nível de senso
Fortalecer a identidade social e Posicionamento individual; Exercícios diversos;
Direitos; comum sobre direitos e deveres do
4º política no contexto do Estado de Participação em sala; Construção de mapas com
Ação social e cidadão;
Direito, para que haja reciprocidade Atividades em grupos. as medidas;
Assistencialismo;
45
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

de direitos e deveres entre o poder Análise Política do Governo Aula expositiva de acordo com as Registro em ficha;
político e o cidadão. atual e seus impactos na temáticas insurgentes; Debates;
sociedade; Elaboração de “frases de efeito” Prova objetiva.
Globalização na Economia. sintéticas com impacto informativo
para serem espalhadas na escola.

46
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

FILOSOFIA
OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES
• Mito e filosofia
• Teoria do conhecimento
• A ética
Pensamento filosófico da humanidade na (re) significação do mundo
• Filosofia e política
• Filosofia e ciência
• Estética
CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

Saber mítico
Saber filosófico
Mito e filosofia Relação mito e filosofia
O que é a filosofia?

O conhecimento
As formas de conhecimento
Teoria do conhecimento O problema da verdade
A questão do método
A lógica e a linguagem

Ética e moral
Pluralidade ética
Ética Razão, desejo e vontade.
Liberdade, autonomia e controle.

Poder
Liberdade e igualdade política
Filosofia política Ideologia e política
Esfera pública e privada
Cidadania e democracia

O que é ciência?
Método científico
Filosofia da Ciência Ideologia e ciência
Ciência e ética

Estética Conceito e natureza de arte


47
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Relação entre filosofia e arte


Categorias estéticas
Estética e sociedade

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

COMPONENTE CURRICULAR: FILOSOFIA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA: 60h/a

48
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO


PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Perceber e compreender a passagem do Mito e Filosofia: Oferecer situação (s) problema(s) que Percepcionar posturas e Ficha de observação;
senso comum com a entrada da filosofia Saber mítico e saber ilustre, visualize, perceba e compreenda a perceber inferências dos Quadro de
como meio de compreensão e filosófico passagem do mito à filosofia. alunos frente aos temas: acompanhamentos das
direcionamento das problemáticas e Leitura e discussão crítico-reflexiva de Auto correção nas avaliações conceituais dos
1º desafios da realidade como um todo texto filosófico e complementar ao discussões e debates; alunos/as;
conteúdo em discussão. Produção individual e/ou Avaliação oral;
coletivos; Avaliação escrita;
Auto avaliação Produção textual, artísticas
e/ou culturais.

Perceber e compreender a passagem do Relação mito e Leitura e discussão crítico-reflexiva do Percepcionar posturas e Ficha de observação;
senso comum com a entrada da filosofia filosofia; texto filosófico e complementares que perceber inferências dos Quadro de acompanhamento
como meio de compreensão e O que é filosofia? fundamentem e esclareçam o conteúdo em alunos frente aos temas: das avaliações conceituais
direcionamento das problemáticas e discussão. Auto corre dos alunos;
2º desafios da realidade como um todo. ção nas discussões e Avaliação oral;
debates; Avaliação escrita;
Produção individual e/ou Produção textual,
coletivos;
Auto avaliação

Conhecer noções elementares da lógica Teoria do Otimizar e possibilitar o raciocínio Apresentação de trabalhos Mural construído e
aristotélica; conhecimento: o analógico, lógico e comparativo dos escritos e orais; apresentação de trabalhos;
Interpretar o significado da linguagem conhecimento e as alunos frente ao tema em estudo. Observação de trabalho em
3º simbólica no desenvolvimento da formas de grupo;
cultura(s) humana(s), distinguindo conhecimento; Testes individuais
símbolo e sinais. O problema da
verdade.

Conhecer noções elementares da lógica A questão do método; Elaboração a apresentação de uma linha Organização do Painel, construído e trabalho
aristotélica; A lógica da do tempo mediante a fundamentação pensamento filosófico em em grupo e teste individual
4º Interpretar o significado da linguagem linguagem teórica filosófica o qual os alunos/as relação com a prática social com questões objetivas e
simbólica no desenvolvimento da cultura possam vislumbrar a atualidade e dos alunos/as; capacidade discursivas.
humana distinguindo símbolos e sinais importância do pensamento filosófico. de síntese para composição
do mural.

49
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 2º COMPONENTE CURRICULAR: FILOSOFIA CARGA HORÁRIA: 40h/a
CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender o conceito de ética e moral e Ética: ética moral; Leitura análise discussão e síntese de textos Análise crítica da música e Painel;
sua abrangência sociopolítica e cultural; Pluralidade ética. filosóficos e complementares que agucem a filmes; criação de artigo ( Fichas de registros;
Perceber e entender conceitos essenciais ao curiosidade e atenção dos alunos, para o produção textual) Análise das Prova escrita;

estudo da ética e política. contexto proposto. contribuições individuais
durantes as aulas.

Compreender o conceito de ética e moral e Razão, desejo e Realização de atividades extraclasse, Sínteses parciais e globais dos Elaboração de
sua abrangência sociocultural; vontade; utilizando os meios como celular para a principais pensamentos dos relatório em grupo;
Perceber e entender conceitos essenciais ao Liberdade, gravação de entrevistas previamente autores em estudo;

estudo da ética e política autonomia e elaboradas. Atitudes de respeito e análises de
controle; interatividade social na turma e
escola.

Evidenciar a importância e a presença da Filosofia e Formatação de um quadro demonstrativo Atividades individuais e em Painel;
filosofia para o caminho entendimento dos política: como resultado das pesquisas de campo. grupos; Fichas de registros;
problemas da contemporaneidade tendo Poder; Pesquisa escrita; Prova escrita;
3º como suporte a historicidade Liberdade e Apresentação da pesquisa; Exercícios em sala de
igualdade; Teste individual aula.
Política;
Ética e política.

Evidenciar a importância e a presença da Esfera pública e Otimizar e possibilitar o raciocínio Atividades individuais e em Exercícios;
filosofia como caminho para o entendimento privacidade; analógico lógico e comparativo dos grupos; Seminário;
dos problemas da contemporaneidade tendo Cidadania e alunos/as frente ao tema em estudo. Pesquisa escrita; Observação;
como suporte a historicidade democracia. Apresentação da pesquisa; Registro em Fichas;

Teste individual Debates;
Portfolio;
Prova

50
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª COMPONENTE CURRICULAR: FILOSOFIA


CARGA HORÁRIA: 40h/a
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender o conceito de ciência e O que é ciência? Leitura e análise discussão de textos Atividades individuais e Portfólio do educando contendo
suas características e abrangência; Métodos e ciência referentes ao surgimento da ciência e a sua em grupos; todas as atividades desenvolvidas
Conhecer o método cientifico importância para a sociedade. Atividade oral, em sala de aula;
e suas possibilidades. considerando o Prova objetiva.
1º desempenho dos alunos;
Pesquisa escrita;
Apresentação da pesquisa;
Teste individual.

Relacionar e perceber o entendimento Ideologia e ciência; Apresentar situação problema fazendo uso Apresentação de Portfólio do educando contendo
da ciência e ética. Ciência e ética. da aplicação dos métodos. trabalhos, atividades em todas as atividades desenvolvidas
2º grupo. em sala de aula;
Prova objetiva.

Conhecer o conceito e a natureza da Conceito e natureza Leitura, analise e discussão de textos Participação em sala de Exercícios diversos;
arte. da arte; imagens, cartuns referentes a estética aula; Registro de fichas e
Identificar a relação entre arte e Relação entre enquanto ciência da arte (Hegel); Apresentação de Prova objetiva.

filosofia. filosofia e arte Produção artística e/ ou expressão das trabalhos, atividades em
categorias estéticas. grupo.

Posicionamento Exercícios diversos;


Entender o conceito de estética a luz Categorias estéticas; Leitura, analise e discussão de textos individual; Construção de mapas com as
da filosofia e sua relação com a estética e sociedade. imagens, cartuns referentes a estética Participação em sala; medidas;
4º sociedade. enquanto ciência da arte (Hegel); Atividades em grupos. Registro em ficha;
Produção artística e/ ou expressão das Debates;
categorias estéticas. Prova objetiva.

51
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

HISTÓRIA
OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES

• História, sociedade e relações de trabalho.


Sujeitos e Processos Históricos • Estado e relações de poder
• História, memória identidade

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

Caminhos da história
Civilizações do crescente Fértil
Civilização grega
Império de Alexandre
A civilização Romana e as migrações bárbaras
Império Bizantino e o mundo Árabe
Os Francos e o Império de Carlos Magno
Feudalismo
Renascimento comercial urbano
História, Sociedade e Relações de Trabalho.
A América antes da conquista
As sociedades Maia, Asteca e Inca.
Sociedades Africanas da região subsaariana até o século XV
Expansão europeia nos séculos XV e XVI: características econômicas, políticas, culturais
e religiosas.
A formação do mercado mundial
Europa no início da Idade Moderna
O encontro entre europeus e as diferentes civilizações da Ásia, Estado e relações África e
América.

Absolutismo na Europa Ocidental


Bases da formação da América Portuguesa
Colonização do Maranhão
Escravidão e formas de resistência indígena e Africana na América portuguesa
Estado e relações de poder
Fundação de São Luís e Batalha de Guaxenduba
Iluminismo e Liberalismo: revoluções Inglesa ( século XVII) e Francesa (XVIII) e
independência dos Estados Unidos
Império Napoleônio
Revolta de Beckman
52
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Companhia de comércio do Grão- Pará e Maranhão (século XVIII) e escravidão


Africana;
Adesão do Maranhão à independência do Brasil
Regência e revoltas no Brasil
Segundo reinado no Brasil
O Brasil Republicano
Imperialismo
conflitos entre os países imperalialistas e a I Guerra Mundial
Revolução Russa e o stalinismo
Totalitarismo: regimes nazifascistas
A crise econômica de 1929
A Guerra Civil Espanhola
II Guerra Mundial
A Guerra Fria e os Golpes militares na América Latina
Descolonização da África e da Ásia

Movimentos sociais e políticos na América Latina e Brasil nas décadas de 1950 e 1960
O Maranhão dos Coronéis e dos Grandes Projetos
As Manifestações culturais de resistência aos governos autoritários nas décadas 1960 a
1970
O papel da sociedade civil e dos movimentos sociais na luta pela Redemocratização
brasileira.
Redemocratização no Brasil
Movimentos Sociais e defesa dos direitos civis no Brasil
Movimentos sociais e defesa dos direitos civis no Brasil contemporâneo
História, Memória e Identidade O fim da Guerra Fria e a Nova Ordem Mundial
A crise Permanente no Oriente Médio: as Guerras do golfo, na Europa e emergência da
China
Grupos Extremistas e terrorismo no mundo
A luta dos Negros no Brasil e o negro na formação da sociedade brasileira
História dos povos indígenas e a formação sociocultural brasileira
Brasil: desafios para o crescimento com equidade social
Diversidade cultural, conflitos e vida em sociedade – Cultura material e imaterial
Patrimônio e diversidade cultural no Brasil

53
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

COMPONENTE CURRICULAR: HISTÓRIA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª
CARGA HORÁRIA: 80h/a
PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Reconhecer o papel do indivíduo como Caminhos da história Pesquisas em fontes varias como: Percepcionar posturas e Ficha de observação;
sujeito e produto histórico; Civilizações do crescente sítios arqueológicos, plantas perceber inferências dos Quadro de
Compreender o processo de construção fértil urbanas, mapas vestimenta, objetos alunos frente aos temas: acompanhamentos das
das identidades social e individual nas O império de Alexandre cerimoniais e rituais; Auto correção nas discussões avaliações conceituais dos
temporalidades históricas; Exibição de vídeos e documentários e debates; alunos/as;
Buscar relações identitárias com referentes aos conteúdos estudados; Produção individual e/ou Avaliação oral;
gerações passadas; coletivos; Avaliação escrita;
1º Compreender o tempo histórico como Auto avaliação Produção textual, artísticas
construção cultural; e/ou culturais.

Atividade para diagnosticar


Reconhecer fontes documentais de A civilização Romana e as conhecimento prévio do aluno; Seminários, Ficha de observação;
natureza diversas; migrações atividades com diferentes fontes de Exibição de filmes; Quadro de acompanhamento
Identificar os diferentes ritmos de s bárbaras informações ( jornais, revistas, Produção textual; das avaliações conceituais
2º duração temporal ou as várias livros, filmes fotografias); Debates. dos alunos;
temporalidades ( acontecimentos levantamento e organização de Avaliação oral;
breves, conjunturais e estruturais). dados e elaboração de mapas e Avaliação escrita;
Estabelecer as relações entre linhas do tempo Produção textual,
permanências e transformações no
processo histórico

54
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Identificar e extrair informações das Feudalismo; Confecção de painel sobre modos de Apresentação de trabalhos Mural construído e
diversas fontes documentais e Renascimento comercial e vida e de costumes de diferentes escritos e orais; apresentação de trabalhos;
interpretá-las; urbano; sociedades; Observação de trabalho em
Comparar problemáticas atuais com A América antes da Debate sobre questões do cotidiano grupo;
problemáticas de tempos remotos conquista; e suas relações com contextos mais Testes individuais
Identificar momentos de ruptura ou de As sociedades: Maia, Inca e amplos;
irreversibilidade no processo histórico; Asteca; Identificar diferentes posições
Sociedades africanas da defendidas por grupos e instituições
3º região subsaariana até sociais para a solução de problemas
século XV. sociais e econômicos.

Reconhecer as experiências históricas Expansão europeia nos Elaboração a apresentação de uma Organização do pensamento Painel, construído e trabalho
dos grupos em sociedades distintas; séculos XV e XVI: linha do tempo mediante a histórico em relação com a em grupo e teste individual
Desenvolver, a partir do conhecimento características econômicas, fundamentação história; prática social dos alunos/as; com questões objetivas e
histórico, políticas, culturais e Solicitar resumos orais e textuais capacidade de síntese para discursivas.
competências que viabilizem a reflexão religiosas; sobre o conteúdo; composição do mural.
sobre si mesmos A formação do mercado Criação de murais e gráficos.
mundial;
4º O Encontro entre europeus
e as diferentes civilizações
da Ásia, África e América;
Europa no início da Idade
Moderna.

55
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

COMPONENTE CURRICULAR:
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 2º CARGA HORÁRIA: 80h/a
HISTÓRIA
PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender os conceitos como Renascimento; Leitura análise discussão e síntese de Análise crítica da música e Painel;
categorias analíticas que auxiliam na Reforma Religiosa; textos e documentos históricos que filmes; criação de artigo ( Fichas de registros;
indagação das fontes e das realidades Absolutismo na Europa agucem a curiosidade e atenção dos produção textual) Análise das Prova escrita;
históricas; Ocidental; alunos, para o contexto proposto. contribuições individuais
Considerar a dinâmica dos conceitos que Relações Europa x Novo durantes as aulas.
adquirem especificidade a partir da Mundo;
1º construção de representações. Bases da formação da
América portuguesa;
Colonização do Maranhão

Criticar, analisar e interpretar fontes Escravidão e formas de Realização de atividades extraclasse, Sínteses parciais e globais Elaboração de relatório em
documentais de natureza diversa; resistência indígena e utilizando os meios como celular dos principais pensamentos grupo;
Identificar o papel das diferentes africana na América para a gravação de entrevistas dos autores em estudo;
linguagens: escrita, pictórica, portuguesa; previamente elaboradas. Atitudes de respeito e
fotográfica, oral, eletrônica; Fundação de São Luis e análises de interatividade
Problematizar a vida social, o passado e Batalha de Guaxenduba; social na turma e escola.
o presente, na dimensão individual e Iluminismo e Liberalismo;

social; Revoluções Inglesa e
Francesa;
Independência dos Estados
Unidos;
Império Napoleônico;
Revolta de Beckman
Companhia de Comércio do
Grão Pará e Maranhão (
século XVIII);

56
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Comércio de escravos
africanos para o Maranhão.

Produzir textos analíticos e A revolução industrial E pesquisa, organizar informações Atividades individuais e em Painel;
interpretativos sobre os processos inglesa (séculos XVIII e coletadas; grupos; Fichas de registros;
históricos a partir das categorias e dos XIX); Pesquisa escrita; Prova escrita;
procedimentos; Processos políticos e sociais Apresentação da pesquisa; Exercícios em sala de aula.
Compreender textos de natureza no século XIX na América Teste individual
histórica (obras de historiadores, Latina;
materiais didáticos). Adesão do Maranhão à

independência do Brasil;
Regência e Revoltas no
Brasil.

Organizar a produção do conhecimento; Segundo reinado no Brasil Otimizar e possibilitar o raciocínio Atividades individuais e em Exercícios;
Reconhecer os diferentes agentes O Brasil Republicano analógico lógico e comparativo dos grupos; Seminário;
sociais e os contextos envolvidos na Imperialismo alunos/as frente ao tema em estudo. Pesquisa escrita; Observação;
produção do conhecimento histórico. Conflitos entre os países Apresentação da pesquisa; Registro em Fichas;
Compreender o passado como imperialistas e a I guerra Teste individual Debates;
construção cognitiva que se baseia em Mundial; Portfolio;
4º registros deixados pela humanidade e A Revolução Russa e o Prova
pela natureza. Stalinismo Totalitarismo:
os regimes nazifascistas.

57
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

COMPONENTE CURRICULAR: HISTÓRIA CARGA HORÁRIA: 80h/a


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª

PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Observar as relações de poder nas A crise econômica de 1929; Atividades para diagnosticar o Atividades individuais e em Portfólio do educando
diversas instâncias da sociedade, como A guerra civil Espanhola; conhecimento prévio do aluno; grupos; contendo todas as atividades
as organizações do trabalho, as II Guerra Mundial; Aulas expositivas com apoio do Atividade oral, considerando desenvolvidas em sala de
instituições da sociedade organizada: O período Vargas; livro, textos complementares, o desempenho dos alunos; aula;
sociais políticas, étnicas e religiosas; O mundo pós-Segunda imagens e outros materiais didáticos; Pesquisa escrita; Prova objetiva.
1º Perceber como o jogo das reações de guerra e a guerra fria; Atividades com diferentes fontes de Apresentação da pesquisa;
dominação, subordinação e resistência Movimentos Sociais e informação ( jornais, revistas, livros, Teste individual.
fazem parte das construções políticas, políticos na América Latina filmes, fotografias).
sociais e econômicas. e Brasil nas décadas de
1950 e 1960.

Compreender e respeitar as A guerra fria e os golpes Criação de murais, exposições e Apresentação de trabalhos, Portfólio do educando
diversidades étnicas, sexuais, religiosas, militares na América estimular a criatividade expressiva; atividades em grupo. contendo todas as atividades
de gerações e de classes como Latina; Leitura, compartilhada e produção desenvolvidas em sala de
manifestações culturais por vezes Descolonização da África e textual; aula;
conflitantes; da Ásia; Leitura de imagens e textos Prova objetiva.
Produzir textos analíticos O Maranhão dos Coronéis e
interpretativos sobre processos dos grandes projetos.

históricos a partir de categorias e dos As manifestações culturais
procedimentos. de resistência aos governos
autoritários nas décadas de
1960 e 1970;
o Papel da sociedade civil e
dos movimentos sociais na
luta pela redemocratização
brasileira.

58
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Identificar o papel e a importância da Redemocratização no Pesquisa sobre temas propostos; Participação em sala de aula; Exercícios diversos;
memória histórica para a vida da Brasil; Interpretação de mapas e gráficos; Apresentação de trabalhos, Registro de fichas e
população e de suas raízes culturais; Movimentos sociais e Leitura e intepretação de texto. atividades em grupo. Prova objetiva.
Compreender textos de natureza defesa dos direitos civis no
histórica. Brasil contemporâneo;
O fim da guerra ria e a nova
ordem mundial;
A crise permanente no

Oriente médio: As guerras
do golfo, do Afeganistão e
do Iraque;
Nova conjuntura política
econômica mundial: Crise
EUA, na Europa e
emergência da China.

Reconhecer a preservação da memória Grupos extremistas e Leitura, analise e discussão de textos Posicionamento individual; Exercícios diversos;
histórica como um direito do cidadão. terrorismo no mundo; imagens, cartuns referentes a estética Participação em sala; Construção de mapas com
Identificar e criticar as construção da A luto dos negros no Brasil enquanto ciência da arte (Hegel); Atividades em grupos. as medidas;
memória de cunho propagandístico e e o negro na formação da Produção artística e/ ou expressão Registro em ficha;
político. sociedade brasileira; das categorias estéticas. Debates;
História dos povos Prova objetiva.
indígenas e a formação
sociocultural brasileira;
Brasil: desafios para o

crescimento com equidade
social;
Diversidade cultural,
conflitos e vida em
sociedade – cultural
material e imaterial;
Patrimônio e diversidade no
Brasil;

59
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

GEOGRAFIA
OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES

• Organização do e Representação do espaço geográfico;


• Ambiente Natural e seu reflexo na ocupação do espaço geográfico;
Espaço Geográfico • As relações socioespaciais e a (re) estruturação do espaço geográfico;
• O impacto da evolução Tecnológica sobre o (re) ordenamento geopolítico e
econômico do espaço geográfico.

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

Espaço, paisagem, Lugar e território;


O espaço geográfico e a materialização dos tempos históricos;
Noções de astronomia;
Localização e orientação;
Projeções Cartográficas;
Linguagem Cartográfica;
Organização e representação do espaço geográfico
O espaço e suas representações;
Cartografia temática;
Cartografia e a evolução tecnológica;
Regionalização do espaço geográfico;

Ambiente natural e seu reflexo na ocupação do espaço geográfico O sistema Terra as inter-relações entre seus subsistemas – litosfera, hidrosfera, atmosfera e
bioesfera;
Tectônica das placas;
A morfogênese do relevo terrestre e sua ocupação pelo ser humano;

60
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

As condições naturais do planeta e suas interações ambientais e sociais;


Meio Ambiente e sociedade;
Domínios morfoclimáticos e biomas: características, importância, aproveitamento e
condições ambientais.

Povoamento e expansão territorial brasileira;


A questão agrária e a organização do espaço no Brasil;
O urbano e o rural: relações de interpendência;
Dinâmica populacional e a (re) estruturação sócio espacial;
Desigualdades sócio espaciais;
As relações socioespaciais a (re) estruturação do espaço geográfico
Urbanização e a estruturação do espaço geográfico;
Industrialização e seu reflexo no espaço geográfico;
Setores produtivos e a organização da sociedade;
Matriz energética e as questões ambientais;
Comunicação e transportes no mundo globalizado.

Ordenamento geopolítico mundial;


Globalização;
Comércio internacional;
Mercados regionais;
O impacto da evolução tecnológica sobre (re) ordenamento geopolítico e econômico do
Os atuais fluxos de informação;
espaço geográfico
As redes sociais e sua influência nas relações econômicas, sociais e culturais atuais;
A questão ambiental: conferências, debate, acordos, protocolos e a política ambiental
brasileira.

61
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª COMPONENTE CURRICULAR: GEOGRAFIA


CARGA HORÁRIA: 80h/a
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Interprete diferentes representações Espaço, paisagem, lugar, região Propor situações-problema que Percepcionar posturas e Ficha de observação;
gráficas e cartográficas dos espaços e território; trate de questões relacionadas à perceber inferências dos Quadro de
geográficos o espaço geográfico e a categoria de lugar como espaço de alunos frente aos temas: acompanhamentos das
materialização dos tempos identificação do indivíduo; Auto correção nas avaliações conceituais dos
históricos; Análise do espaço vivido pelo discussões e debates; alunos/as;
Noções de astronomia; aluno e sua macro relações com Produção individual e/ou Avaliação oral;
Tectônica das placas; paisagem e território; coletivos; Avaliação escrita;

Localização e orientação. Análise os conceitos da geografia Auto avaliação Produção textual, artísticas
com a observação, descrição e e/ou culturais.
organização de dados e
informações do espaço geográfico

Identificar nas diferentes paisagens a Projeções cartográficas; Propor questionamentos a cerca Seminários, Ficha de observação;
materialização de aspectos históricos, O espaço e suas representações; do uso das representações Exibição de filmes; Quadro de
2º geográficos, sociais e as relações de Cartografia temática; cartográficas utilizadas pelas Produção textual; acompanhamento das
poder. Cartografia e evolução mídias; Debates. avaliações conceituais dos
tecnológica. Atividades com diferentes fontes alunos;
de informações ( jornais, revistas, Avaliação oral;
livros, filmes fotografias); Avaliação escrita;
Produção textual,

62
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

levantamento e organização de
dados e elaboração de mapas e
linhas do tempo

Reconhecer a função dos recursos O sistema Terra e as inter- Questionamentos a cerca da Apresentação de trabalhos Mural construído e
naturais na produção do espaço relações entre seus subsistemas; ocupação humana nos diversos escritos e orais; apresentação de trabalhos;
geográfico, relacionando-os com as A morfogênese do relevo tipos de ambientes naturais e suas Observação de trabalho em
mudanças provocadas pelas ações terrestre e sua ocupação pelo ser interferências na dinâmica da grupo;
humanas. humano; natureza; Testes individuais
Domínios morfoclimáticos e Realização de atividades de
3º biomas: características, atividade de estudo meio;
importância, aproveitamento e Debate sobre questões do
condições ambientais. cotidiano e suas relações com
espaços mais amplos;

Compreender as transformações que O urbano e rural: relação de Elaboração a apresentação de uma Organização do Painel, construído e
ocorrem no espaço geográfico como interdependência; linha do tempo mediante a pensamento históricoe m trabalho em grupo e teste
resultado das relações sociais Crescimento, estrutura e fundamentação história; relação com a prática individual com questões
estabelecidas e construídas mobilidade da população Solicitar resumos orais e textuais social dos alunos/as; objetivas e discursivas.
historicamente. mundial; sobre o conteúdo; capacidade de síntese para

Territorialidades no espaço Criação de murais e gráficos. composição do mural.
urbano;
Urbanização e a estruturação do
espaço geográfico.

63
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

COMPONENTE CURRICULAR:
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE:2º CARGA HORÁRIA: 80h/a
GEOGRAFIA
PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender a relação existente entre os Regionalização do espaço Leitura análise discussão e síntese Capacidade relacionar Painel;
elementos culturais e o meio ambiente na geográfico nacional; de textos e documentos; processo de modernização Fichas de registros;
construção das identidades (nacional, Povoamento e expansão Analisar o processo de formação das atividades agrícolas Prova escrita;
regional e local). territorial brasileira; do Estado-Nação brasileiro com o aumento do êxodo
A questão agrária e a através da leitura e interpretação rural no Brasil;
organização do espaço no Brasil; de mapas;
A morfogênese do relevo Elaboração de painel sobre
brasileiro e sua ocupação pelo formação e dinâmicas territorial

ser humano. desde a colonização a te a
inserção do Brasil.

Reconhecer a função dos recursos Os subsistemas ( litosfera, Exibir informações geográficas Sínteses parciais e globais Elaboração de relatório em
naturais na produção do espaço hidrosfera, atmosfera e biosfera) expressas em diferentes dos principais pensamentos grupo;
geográfico, relacionando-os com as nacionais e suas interações; linguagens sobre o processo de dos autores em estudo;

mudanças provocadas pelas ações Domínios morfoclimáticos ocupação dos meios físicos; Atitudes de respeito e
humanas. biomas brasileiros; a política análises de interatividade
ambiental brasileira. social na turma e escola.

64
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Analisar diferentes processos de Desigualdades sócios espaciais E pesquisa, organizar informações Atividades individuais e Painel;
produção ou circulação de riquezas e no espaço geográfico brasileiro; coletadas; em grupos; Fichas de registros;
suas implicações socioespaciais, Urbanização e organização do Pesquisa escrita; Prova escrita;
reconhecendo as transformações técnicas espaço geográfico nacional; Apresentação da pesquisa; Exercícios em sala de aula.
e tecnológicas que determinam as várias A industrialização e seu reflexo Teste individual
formas de ocupação dos espaços. na ocupação do território
nacional;
Setores produtivos e a

organização da sociedade
brasileira.

Compreender as transformações que O Brasil no comércio Elaborar quadro sinótico Atividades individuais e Exercícios;
ocorrem no espaço geográfico como internacional; relacionando o tipo de clima com em grupos; Seminário;
resultado das relações sociais Matriz energética as questões o tipo de vegetação; Pesquisa escrita; Observação;
estabelecidas e construídas ambientais no Brasil; Criar fórum de debate para Apresentação da pesquisa; Registro em Fichas;
historicamente. Os meios de comunicação e debates em sala de aula. Teste individual Debates;
transportes no Brasil e no mundo Portfolio;
globalizado. Prova

65
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS HUMANAS

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª COMPONENTE CURRICULAR:


GEOGRAFIA CARGA HORÁRIA: 80h/a

PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO


METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender as transformações que Regionalização do espaço Questionamentos a respeito da Atividades individuais e Portfólio do educando
ocorrem no espaço geográfico como geográfico mundial; realidade social, política e em grupos; contendo todas as
resultado das relações sociais Ordenamento geopolítico econômica, a partir de vídeos, Atividade oral, atividades desenvolvidas
estabelecidas e construídas mundial; propagandas, panfletos considerando o em sala de aula;
historicamente. Ordenamento geopolítico publicitários, charges e tiras; desempenho dos alunos; Prova objetiva.
nacional; Aulas expositivas com apoio do Pesquisa escrita;
Globalização; livro, textos complementares, Apresentação da pesquisa;

Modelo Econômico e políticas imagens e outros materiais Teste individual.
industriais nacionais; didáticos;
Comércio internacional. Atividades com diferentes fontes
de informação ( jornais, revistas,
livros, filmes, fotografias).

Compreender o significado histórico- Mercados regionais; Criação de murais, exposições e Apresentação de trabalhos, Portfólio do educando
2º geográfico das organizações políticas e O Brasil no comércio estimular a criatividade atividades em grupo. contendo todas as
socioeconômicas em escala local, internacional; expressiva; atividades desenvolvidas
regional ou mundial. Urbanização e a estruturação do Leitura, compartilhada e produção em sala de aula;
espaço geográfico textual; Prova objetiva.
Comunicação e transportes no Leitura de imagens e textos
mundo globalizado

66
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Os Sistemas de transportes
nacional.

Analisar diferentes processos de Os atuais fluxos de Pesquisa sobre temas propostos; Participação em sala de Exercícios diversos;
produção ou circulação de riquezas e informação/comunicação e as Interpretação de mapas e gráficos; aula; Registro de fichas e
suas implicações socioespaciais novas territorialidades; Leitura e intepretação de texto. Apresentação de trabalhos, Prova objetiva.
reconhecendo as transformações técnicas As redes sociais e sua influência atividades em grupo.
e tecnológicas que determinam as várias nas relações econômicas, sociais

formas de ocupação dos espaços e culturais atuais;
Dinâmica populacional;
Desigualdades sócio espaciais;
Mobilidade populacional.

Avaliar criticamente conflitos culturais, Ecossistemas naturais e o avanço Análise de situação-problema que Posicionamento individual; Exercícios diversos;
sociais, políticos, econômicos ou da globalização; trate da estruturação do espaço Participação em sala; Construção de mapas com
ambientais ao longo da história e em Matriz energética as questões geográfico em escala local; Atividades em grupos. as medidas;
suas diferenças espaciais. ambientais; Exibição e análise do Registro em ficha;
A questão ambiental: documentário sobre “Mobilidade Debates;

conferências, debate, acordos, urbana”. Prova objetiva.
protocolos;
Política ambiental brasileira.

67
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

BIOLOGIA
OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES

• O mundo em que vivemos: das origens aos dias de hoje;


• Saúde e qualidade de vida humana;
Os seres vivos e seus aspectos interativos com outros organismos e com o ambientes • Mecanismos biológicos;
• Hereditariedade e manipulação genética;
• Processos evolutivos e a Biodiversidade

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

Origem dos planetas


Origem das primeiras células;
Teorias sobre origem da vida;
Características dos seres vivos;
O mundo em que vivemos: Das origens aos dias de hoje
Relações ecológicas;
Biomas;
Sucessão ecológica;
Meio Ambiente e o Homem.

A nutrição e saúde;
Saúde ambiental;
O sexo e a saúde humana;
Saúde e qualidade de vida humana
Parasitoses humanas;
Problemas relacionados ao uso de drogas;
Anomalias congênitas e adquiridas.

A química da célula;
Organização celular;
Mecanismos biológicos Metabolismo energético;
Divisão celular;
Tipos de reprodução;

68
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Gametogênese;
Fecundação Humana;
Desenvolvimento embrionário;
Organogênese;
Fisiologia Humana

Ácidos nucléicos e o código genético;


O código genético e a síntese de proteína;
Hereditariedade e manipulação genética Os cromossomos;
Usos da Biotecnologia;
Leis da herança genética;

Teorias evolutivas;
Genética de populações;
Especiações;
Classificação biológica: Taxonomia e filogenia;
Os vírus;
As bactérias;
Processos evolutivos e a biodiversidade
Os protozoários;
Os fungos;
As algas;
Os vegetais;
Os animais;
Evolução humana.

69
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª COMPONENTE CURRICULAR: BIOLOGIA


CARGA HORÁRIA: 80h/a
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Conhecer as principais teorias que buscam Origem dos planetas; Esquematizando a representação gráfica Percepcionar posturas e Ficha de observação;
explicar a origem dos planetas e da vida; A terra primitiva e o dos diferentes tipos de células perceber inferências Quadro de
Compreender que o planeta sofre surgimento dos identificando os componentes básicos e dos alunos frente aos acompanhamentos das
transformações ao decorrer do tempo e que primeiros seres vivos; suas respectivas funções; temas: avaliações conceituais dos
os seres vivos influenciam e são O que caracteriza a Aula expositiva; Auto correção nas alunos/as;
influenciados por essas transformações; vida; Análise de rótulos de produtos discussões e debates; Avaliação oral;
Compreender a importância da reciclagem Padrões e influências industrializados consumidos pelos Produção individual Avaliação escrita;
1º da matéria e do equilíbrio ambiental na climáticas; alunos/as; e/ou coletivos;
manutenção da vida. Fluxos de energia e Discussão das causas e as consequências Auto avaliação
Ciclos da matéria. da desnutrição no Brasil e no mundo.
Realização de experimentos que
demonstre mecanismo de entrada e saída
de substâncias na célula.

Relacionar a interação entre seres vivos com Dinâmicas de Discussão dos fatores que levam o Seminários, Ficha de observação;
o crescimento ou diminuição de uma populações e relações crescimento da população e a relação Exibição de filmes; Quadro de acompanhamento
população; ecológicas; desse crescimento com a sobrecarga do Produção textual; das avaliações conceituais
Compreender a importância da conservação Ecossistemas terrestres sistema social; Debates. dos alunos;
dos biomas na manutenção do equilíbrio e aquáticos; Construção de mapas da localização dos Avaliação oral;

biológico; Meio ambiente e biomas, identificando a biodiversidade Avaliação escrita;
Conhecer os principais problemas ambientais equilíbrio ambiental; relacionando com a diversidade aos Produção textual,
que afetam a qualidade de vida humana. Saúde ambiental. fatores climáticos;
Pesquisa sobre as condições ambientais
do bairro, identificando, por exemplo, o
destino do lixo e a qualidade da água.

70
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Reconhecer a célula como a unidade viva Tipos de células; Esquematizando a representação gráfica Apresentação de Mural construído e
responsável pelas atividades metabólicas; A química da vida; dos diferentes tipos de células trabalhos escritos e apresentação de trabalhos;
Conhecer as substâncias químicas Classificação dos identificando os componentes tipos de orais;
intracelulares relacionando-as aos nutrientes alimentos; células identificando os componentes Observação de trabalho
encontrados na alimentação diária. Nutrição e saúde; básicos e suas respectivas funções; em grupo;
Componentes básicos Aula expositiva; Testes individuais

de uma célula; Análise de rótulos de produtos
Fisiologia da membrana industrializados consumidos pelos
alunos;
Realização de experimentos que
demonstre o mecanismo de entrada e
saída da celular.

Identificar as estruturas citoplasmáticas Os componentes do Aula expositiva utilizando modelos de Esquematizar Painel, construído e trabalho
relacionando-as suas respectivas funções; citoplasma; diferentes tipos de células; diferentes tipos de em grupo e teste individual
Compreender a relação entre fotossíntese e Metabolismo Discussão sobre importância da células indicando as com questões objetivas e
respiração com a produção de energia. energético; fotossíntese e da respiração para estruturas celulares; discursivas.
Compreender a relação entre fotossíntese e Os componentes do sobrevivência dos seres vivos; Elaborar resumo que
respiração com a produção de energia; núcleo celular; Pesquisas bibliográficas sobre a demonstre
Relacionar multiplicação celular a Divisão celular; importância da divisão celular e as conhecimento sobre a

crescimento e regeneração com a produção A mitose como forma consequências das divisões importância do
de energia. de reprodução e descontroladas. metabolismo
Relacionar multiplicação celular a regeneração; energético;
crescimento e regeneração e associar As mitoses Analisar e interpretar
divisões celulares descontroladas ao descontroladas. questões.
desenvolvimento de cânceres.

71
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE:2º COMPONENTE CURRICULAR: BIOLOGIA CARGA HORÁRIA: 80h/a
CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender a importância da divisão Tipos básicos de Aula expositiva; Análise das Painel;
celular na manutenção do número na reprodução Análise e interpretação das contribuições Fichas de registros;
manutenção do número de cromossomos de A meiose e a formação representações gráficas da herança de individuais e coletivas, Prova escrita;
uma espécie relacionando a ocorrência de dos gametas; características hereditárias; durantes as aulas.
erros na meiose ao surgimento de anomalias A meiose e as Discussão sobre a produção e utilização
cromossômicas; anomalias de produtos geneticamente modificados;
Conhecer as etapas do desenvolvimento cromossômicas; Levantamento de questões que discuta
humano da fecundação ao nascimento. Fecundação e hereditariedade e preconceitos raciais;
1º Compreender a importância do cuidado com desenvolvimento ética e clonagem terapêutica.
o corpo na prevenção de doenças – DSTs; embrionário;
Conhecer os risco de gravidez na Formação dos Gêmeos;
adolescência e as formas de prevenção. Métodos
anticoncepcionais;
Gravidez na
adolescência;
Anomalias congênitas;
As DTS.
Conhecer os mecanismos de formação de A formação dos tecidos Discussão e debater, sobre os problemas Construção de Elaboração de relatório em
órgão e tecidos; e dos órgãos; de saúde gerados em consequência da Hederogamas; grupo;
Conhecer os principais órgãos do corpo Os sistemas biológicos; vida moderna ( alergias, pressão alta, Atividades individuais
2º humano identificando as funções vitais de Saúde humana obesidade, surdez). e coletivas
cada um; (problemas gástricos,
Relacionar bem estar, saúde e qualidade de imunização efeitos das
vida ao funcionamento regular e equilibrado drogas).
dos sistemas biológicos.
Conhecer os mecanismos de transmissão das A formação dos tecidos E pesquisa, organizar informações Atividades individuais Painel;
características hereditárias relacionando e dos órgãos; coletadas; e em grupos; Fichas de registros;
3º DNA com produção de proteínas; Os sistemas biológicos. Pesquisa escrita; Prova escrita;
Conhecer os riscos e determinação e na Apresentação da Exercícios em sala de aula.
identificação de pessoas; pesquisa;
Conhecer e importância da bioética. Teste individual

72
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Identificar as principais anomalias genéticas Determinação do sexo e Otimizar e possibilitar o raciocínio Atividades individuais Exercícios;
relacionadas aos cromossomos sexuais; heranças ligadas ao analógico lógico e comparativo dos e em grupos; Seminário;
Conhecer as finalidades do aconselhamento sexo; alunos/as frente ao tema em estudo. Pesquisa escrita; Observação;
genético a e do teste de tipagem genética Grupos sanguíneos ( Apresentação da Registro em Fichas;
sistema ABO e RH); pesquisa; Debates;
Incompatibilidade na Teste individual Portfolio;
transfusão de sangue; Prova
Aconselhamento
genético;

73
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

COMPONENTE CURRICULAR:
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª CARGA HORÁRIA: 80h/a
BIOLOGIA
PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS CONTEÚDOS BÁSICOS
METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender que aspectos reprodutivos Teorias evolutivas; Atividades para diagnosticar o Atividades Portfólio do educando
e geográficos podem determinar a Especiações; conhecimento prévio do aluno; individuais e em contendo todas as atividades
extinção ou surgimento de novas Genética de populações; Aulas expositivas com apoio do grupos; desenvolvidas em sala de
espécies; Classificação biológica; livro, textos complementares, Atividade oral, aula;
Conhecer e confrontar as ideias Taxonomia, Nomenclatura e imagens e outros materiais considerando o Prova objetiva.
evolucionistas de Darwin e Lamark filogenia. didáticos; desempenho dos
identificando diferenças e semelhanças; Atividades com diferentes fontes alunos;
Reconhecer a importância das mutações de informação ( jornais, revistas, Pesquisa escrita;

e da reprodução sexuada para a livros, filmes, fotografias). Apresentação da
evolução e relacionar evolução a pesquisa;
diversidade biológica; Teste individual.
Conhecer a relação de parentesco entre
os seres vivos.

Conhecer e utilizar a nomenclatura Os vírus; Intepretação de cladrograma; Apresentação de Portfólio do educando


biológica, os critérios de classificação e As Bactérias; Aulas expositivas; trabalhos, atividades contendo todas as atividades
as categorias taxonômicas; Os protozoários; Atividades individuais e em grupo. em grupo. desenvolvidas em sala de
Conhecer a estrutura e as Os fungos; aula;
particularidades da reprodução viral; Parasitoses; e saúdes humanas; Prova objetiva.
2º Conhecer a importância, estrutura As Algas
celular, as características reprodutivas, e Os vegetais ( classificação,
os principais representantes das reprodução, aspectos evolutivos e
bactérias, protozoários e fungos; importância).
Compreender que aspectos ambientais e Morfologia e fisiologia dos órgãos
de higiene pessoal e coletiva vegetais;
influenciam na ocorrência e propagação Os hormônios vegetais.
de doenças.
74
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Conhecer a importância ecológica, As algas; Pesquisa sobre temas propostos; Participação em sala Exercícios diversos;
econômica e nutricionais de algas e Os vegetais ( classificação, Interpretação de mapas e gráficos; de aula; Registro de fichas e
vegetais; reprodução, aspectos evolutivos e Leitura e intepretação de texto. Apresentação de Prova objetiva.
Conhecer os diferentes grupos de importância) trabalhos, atividades Práticas laboratoriais.
vegetais identificando aspectos Morfologia e fisiologia dos órgãos em grupo.
3º morfológicos e evolutivos; vegetais;
Identificar a função básica dos órgãos Os hormônios vegetais
vegetais e a relação desses órgãos no
mecanismos de produção e transporte
de seiva orgânica

Compreender aspectos morfológicos e Os animais Aula expositiva; Posicionamento Exercícios diversos;


embrionários entre os diferentes grupos (classificação, poríferos, Cnidários, Criação de tabelas e mapas individual; Construção de mapas com as
de animais; Platelmintos, Nematódeas, conceituais que indiquem a Participação em sala; medidas;
Identificar características exclusivas de Anelídeas, artrópodes, moluscos, evolução dos animais; Atividades em Registro em ficha;
cada fio, relacionando aspectos equinodermos e cordados). Discussão sobre higiene individual grupos. Debates;
morfológicos a aspectos adaptativos; e coletiva; Prova objetiva.
Reconhecer representantes de cada filo Debate sobre saneamento básico e

do reino animal; cuidados na manipulação de
Compreender que aspectos ambientais e alimentos;
de higiene pessoas e coletiva Pesquisa bibliográfica sobre o
influenciam na ocorrência de tema estudado.
parasitoses humana;
Reconhecer a importância do
desenvolvimento da linguagem e das
relações na evolução humana.

75
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

QUÍMICA
OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES

• Matéria, sua natureza e propriedades;


Transformações da matéria que ocorrem no mundo físico, observando no • Reações químicas; Biogeoquímica;
mundo físico, observando as propriedades, constituições e os processos • Modelos explicativos; química sintética.
químicos envolvendo energias e reações.

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

Iniciação às atividades científicas;


Matéria;
Noções fundamentais;
Matéria, sua natureza e propriedades. Estudo do átomo;
Tabela Periódica;
Ligações químicas;
Funções inorgânicas;

Reações inorgânicas;
Cálculos químicos;
Estequiometria;
Estudo das dispersões;
Reações químicas Propriedades coligativas;
Termoquímica;
Cinética química;
Equilíbrio químico;
Radiotividade.

Introdução à química orgânica;


Bioquímica Estudo do carbono;
Funções orgânicas;
Isomeria

Modelos Explicativos Reações orgânicas

Polímeros
Química Sintética

76
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA CARGA HORARÍA: 80h/a


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª

CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO


PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Utilizar a linguagem química e científica para Iniciação às Levantamento de conhecimento Percepcionar posturas e Ficha de observação;
relatar investigações e conclusão de atividades atividades prévios dos alunos/as; perceber inferências dos Quadro de acompanhamentos
desenvolvidas como mecanismo de científicas; Propor Situação-problemas que trate alunos frente aos temas: das avaliações conceituais dos
apropriação do conhecimento; Matéria; de questões relacionadas à matéria e Auto correção nas discussões alunos/as;

Identificar e compreender símbolos e Noções o cotidiano do aluno/a; e debates; Avaliação oral;
nomenclaturas próprias da química, presente fundamentais; Estudo da matéria e seus derivados; Produção individual e/ou Avaliação escrita;
nos produtos utilizados em seu cotidiano. Estudo do Átomo Realização de experimentos. coletivos; Produção textual, artísticas
Auto avaliação; e/ou culturais.
Prática laboratorial.

Utilizar a linguagem química e científica para Tabela Periódica; Propor o entendimento quanto os Seminários, Ficha de observação;
relatar investigações e conclusão de atividades Ligações vários tipos de substâncias orgânicos; Desenvolvimento Quadro de acompanhamento
desenvolvidas como mecanismo de Químicas; Utilização dos recursos materiais e experimental sobre a das avaliações conceituais dos
2° apropriação do conhecimento; dos recursos teóricos para o temática alunos;
Identificar e compreender símbolos e aprofundamento do tema Produção textual; Avaliação oral;
nomenclaturas próprias da química, presente Debates. Avaliação escrita;
nos produtos utilizados em seu cotidiano. Produção textual,

Utilizar a linguagem química e científica para Funções Analisar as formas de isômeros Apresentação de trabalhos Mural construído e
relatar investigações e conclusão de atividades Inorgânicas; existentes; escritos e orais; apresentação de trabalhos;
desenvolvidas como mecanismo de Reações Comunicação oral sobre os processos Observação de trabalho em
3º apropriação do conhecimento; Inorgânicas; de reações orgânicas; grupo;
Identificar e compreender símbolos e Cálculos Verificar a presença de contextos Testes individuais
nomenclaturas próprias da química, presente químicos. biológicos nas reações químicas;
nos produtos utilizados em seu cotidiano. Realizações de atividades escritas
Utilizar a linguagem química e científica para Estequiometria. Elaboração a apresentação de uma Participação dos alunos Painel, construído e trabalho
relatar investigações e conclusão de atividades linha do tempo mediante a durante exposição dialogada; em grupo e teste individual
desenvolvidas como mecanismo de fundamentação história; com questões objetivas e
4º apropriação do conhecimento; Solicitar resumos orais e textuais discursivas.
Identificar e compreender símbolos e sobre o conteúdo;
nomenclaturas próprias da química, presente Criação de murais e gráficos.
nos produtos utilizados em seu cotidiano.

77
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE:2º COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA CARGA HORARÍA: 80h/a
CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Apropriar-se do conhecimento pertinente a cada Estudos das Propor situações-problema que Registro escrito dos Painel;
unidade a ser abordada, por série de ensino dispersões. tratem de questões relacionadas à conhecimentos aprendidos; Fichas de registros;
visando ao aproveitamento nas avaliações intra mistura de substâncias e suas Participação dos alunos na Prova escrita;
e extraescolar a serem aplicadas aos alunos ( respectivas concentrações; discussão dos experimentos.
1º ENEM, OLIMPÍADAS) Elaboração de registro síntese de
experimentos realizados pelos
alunos;
Realização de atividades de cálculos.

Apropriar-se do conhecimento pertinente a Propriedades Realização de atividades extraclasse, Análise escrita sobre Elaboração de relatório em
cada unidade a ser abordada, por série de coligativas; utilizando os meios como celular variações de energia e os grupo;
ensino visando ao aproveitamento nas Termoquímica; para a gravação de entrevistas efeitos da velocidade desta Práticas laboratoriais.
2º avaliações intra e extraescolar a serem Cinética química. previamente elaboradas. no meio ambiente humano;
aplicadas aos alunos ( ENEM, OLIMPÍADAS) Participação dos alunos na
discussão dos experimentos.

Apropriar-se do conhecimento pertinente a Equilíbrio E pesquisa, organizar informações Atividades individuais e em Painel;
cada unidade a ser abordada, por série de químico; coletadas; grupos; Fichas de registros;
ensino visando ao aproveitamento nas Eletroquímica; Pesquisa escrita; Prova escrita;

avaliações intra e extraescolar a serem Apresentação da pesquisa; Exercícios em sala de aula.
aplicadas aos alunos ( ENEM, OLIMPÍADAS) Teste individual Experimentos laboratoriais.

Atividades individuais e em Exercícios;


Apropriar-se do conhecimento pertinente a Radioatividade. Otimizar e possibilitar o raciocínio grupos; Seminário;
cada unidade a ser abordada, por série de analógico lógico e comparativo dos Pesquisa escrita; Observação;
4º ensino visando ao aproveitamento nas alunos/as frente ao tema em estudo. Apresentação da pesquisa; Registro em Fichas;
avaliações intra e extraescolar a serem Teste individual Debates;
aplicadas aos alunos ( ENEM, OLIMPÍADAS) Portfolio;
Prova

78
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA CARGA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª HORARÍA: 80h/a

CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO


PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Reconhecer benefícios, limitações e aspectos éticos da Química, considerando Introdução à Analisar os diferentes Atividades Portfólio do
estruturas e processos envolvidos na formação de produtos utilizados na química significados da palavra “ individuais e educando contendo
sociedade, como medicamentos e reagentes para diagnósticos de saúde. orgânica; orgânica” receber no contexto em grupos; todas as atividades
Estudo do científico; Atividade oral, desenvolvidas em
carbono. Conhecer todo o estudo que considerando o sala de aula;
engloba o elemento carbono. desempenho Prova objetiva.
1º dos alunos;
Pesquisa
escrita;
Apresentação
da pesquisa;
Teste
individual.

Reconhecer benefícios, limitações e aspectos éticos da Química, considerando Funções Criação de murais, Apresentação Portfólio do
estruturas e processos envolvidos na formação de produtos utilizados na orgânicas; experimentos e estimular a de trabalhos, educando contendo
sociedade, como medicamentos e reagentes para diagnósticos de saúde. análise de dados; atividades em todas as atividades
Leitura de imagens e textos grupo. desenvolvidas em

sala de aula;
Prova objetiva.
Experimentos
Laboratoriais

Reconhecer benefícios, limitações e aspectos éticos da Química, considerando Isomeria; Pesquisa sobre temas Participação Exercícios diversos;
estruturas e processos envolvidos na formação de produtos utilizados na propostos; em sala de Registro de fichas e
sociedade, como medicamentos e reagentes para diagnósticos de saúde. Interpretação de mapas e aula; Prova objetiva.
3º gráficos; Apresentação
Experimentações no de trabalhos,
laboratório. atividades em
grupo.

79
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Reconhecer benefícios, limitações e aspectos éticos da Química, considerando Polímeros. Exposição dialogada sobre a Posicionamento Exercícios diversos;
estruturas e processos envolvidos na formação de produtos utilizados na importância do individual; Construção de
sociedade, como medicamentos e reagentes para diagnósticos de saúde. desenvolvimento de pesquisa Participação mapas com as
para a produção de novos em sala; medidas;
materiais como polímeros na Criatividade na Registro em ficha;
4º sociedade contemporânea; demonstração Debates;
Seminários temáticos sobre os de utilização do Prova objetiva.
diversos exemplos da polímero na
existência de polímeros no realidade
cotidiano. humana;
Atividades em
grupos.

80
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

FÍSICA
OBJETO DE ESTUDO CONTEÚDOS ESTRUTURANTES

• Fundamentos da ciência física: cinemática, dinâmica,


mecânica dos fluídos;
Energia e interações nos contextos sócio históricos e culturais • Termologia, ondulatória e óptica geométrica;
• Relação com as tecnologias, a sociedade e o meio
ambiente.

CONTEÚDOS ESTRUTURANTES SUGESTÃO DE CONTEÚDOS BÁSICOS

Conhecimentos básicos e fundamentais – noções de ordem e


grandeza e sistemas de unidade;
Vetores e grandezas vetoriais;
Tipos de movimentos;
Leis de Newton;
Fundamentos da Ciência Física: Cinemática, Dinâmica, mecânica dos Fluídos
Trabalho, Potência e Energia;
Teorema de Stevin, princípio de Pascal e Arquimedes;
Quantidade de movimento e Impulso;
Gravitação Universal;
Leis de Kleper e movimentos dos corpos celestes.

Calor e Temperatura;
Mudança de fase;
Termologia, Ondulatória e Óptica Geométrica Dilatação térmica;
Calor e trabalho;
Ondas e som;
A luz e seus fenômenos e propriedades.

Carga elétrica e sua quantização, processos de eletrização;


Interação entre cargas: Lei de Coloumb;
Eletricidade e Recursos Energéticos; Eletrostática, Circuitos Elétricos, Magnetismo e Ondulatória Campo Elétrico e potencial elétrico;
Corrente elétrica e circuitos elétricos;
Campos Magnéticos e suas propriedades.

Relação com as tecnologias, a sociedade e o meio ambiente Física Moderna: relatividade, Física quântica e Física Nuclear

81
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

COMPONENTE CURRICULAR: FÍSICA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª CARGA HORARÍA: 80h/a

CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO


PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender enunciados referentes a códigos e símbolos Notação científica; Realizar pesquisa para Percepcionar posturas e Ficha de observação;
físicos; VETORES; levantamento de códigos e perceber inferências dos Quadro de
Conhecer e utilizar conceitos físicos; Grandezas lineares; símbolos mais comuns alunos frente aos temas: acompanhamentos das
Descobrir como funcionam os equipamentos e processos Grandezas angulares; que os alunos Auto correção nas avaliações conceituais

tecnológicos. Movimento retilíneo e reconhecem; discussões e debates; dos alunos/as;
circular. Aulas expositivas e Produção individual Avaliação oral;
experimentos em e/ou coletivos; Avaliação escrita;
laboratórios. Auto avaliação. Produção textual,
artísticas e/ou culturais.

Descobrir como funcionam os equipamentos e processos Leis de Newton e Propor questionamentos Seminários, Ficha de observação;
tecnológicos; aplicabilidade; acerca das aplicações das Debates. Quadro de
Elaborar sínteses ou esquemas ou esquemas estruturados Trabalho, potência e leis de Newton no ramo Práticas experimentais acompanhamento das
dos temas físicos; Energia. da engenharia; em laboratórios; avaliações conceituais

Identificar sínteses ou esquemas estruturados dos temas Analisar de Forma dos alunos;
físicos; sustentável diversas fontes Avaliação oral;
de energia. Avaliação escrita;
Produção textual,

Relacionar informações apresentadas em diferentes formas Teorema de Stevin, Realização de atividades Apresentação de Mural construído e
de linguagem e representação usadas nas ciências físicas princípio de Pascal e com hidrômetros trabalhos escritos e apresentação de
como: texto discursivo, gráficos, tabelas, relações Arquimedes; residenciais; orais; trabalhos;
matemáticas ou linguagem simbólica. Quantidade de movimento Verificação e Observação de trabalho Práticas laboratoriais.
Confrontar interpretações científicas com interpretações e Impulso. aplicabilidade das prensas em grupo;
baseadas no senso comum, ao longo do tempo ou em e macacos hidráulicos; Testes individuais

diferentes culturas. Realização de atividades
de estudo com
embarcação envolvendo
tensão superficial e
empuxo;
Realização de atividade
escrita, elaboração e

82
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

produção de vídeo com


aplicabilidade hidráulica.

Caracterizar causas ou efeitos dos movimentos de Gravitação Universal; Compreender e utilizar Percepcionar posturas e Painel, construído e
partículas, substâncias, objetos ou corpos celestes; Leis de Kepler e leis e teorias físicas dentro perceber inferências dos trabalho em grupo e teste
Relacionar informações para compreender manuais de movimentos dos corpos da construção física dos alunos frente aos temas: individual com questões
instalação ou utilização de aparelhos, ou sistemas celestes. satélites de comunicação; Auto correção nas objetivas e discursivas.
tecnológicos de uso comum. aula expositiva com uso discussões e debates;

de imagens/ ou pequenos Produção individual
vídeos que tratem do e/ou coletivos;
papel, avanços Auto avaliação.
tecnológicos e
contribuição da NASA
para sociedade.

83
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE:2º COMPONENTE CARGA HORARÍA:80h/a


CURRICULAR: FÍSICA
CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO
PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender enunciados referentes a códigos e símbolos Calor e Temperatura; Aulas expositivas; Análise crítica da Painel;
físicos; Mudança de fase. Experimentos; música e filmes; criação Fichas de registros;
Descobrir como funcionam os equipamentos e processos Estudos dirigidos. de artigo ( produção Prova escrita;
tecnológicos, assim como confrontar interpretações textual) Análise das Práticas laboratoriais.
científicas com interpretações baseadas no senso comum, ao contribuições

longo do tempo ou em diferentes culturais. individuais durantes as
aulas.

Relacionar informações para compreender manuais de Dilatação térmica; Análise do Observação; Elaboração de relatório
instalação ou utilização de aparelhos ou sistemas Calor e trabalho. comportamento das Em grupos; em grupo;
tecnológicos de uso comum; estruturas em Auto avaliação; Práticas laboratoriais.
2º Elaborar sínteses ou esquemas estruturados dos temas consequência a variação Observação em sala do
físicos; de temperatura; nível de interferências
Identificar, formular e entender os princípios físicos Experimento envolvendo dos alunos;
atrelados ao desenvolvimento humano e industrial. transferência de calor. produções individuais e
em grupos.

84
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Analisar perturbações ambientais, Ondas e som. Análise do Atividades individuais e Painel;


Identificando fontes, transportes ou destino dos poluentes comportamento das em grupos; Fichas de registros;
ou prevendo efeitos em sistemas naturais, produtivos ou estruturas em Pesquisa escrita; Prova escrita;
sociais; consequência a variação Apresentação da Exercícios em sala de
Relacionar informações apresentadas em diferentes formas de temperatura; pesquisa; aula.
de linguagem e representação usadas nas ciências físicas Analisar de forma Teste individual Práticas laboratoriais.
como: texto discursivo, gráficos, tabelas relações sustentável diversas fontes
matemáticas e simbólicas; de energia;
Utilizar leis físicas para interpretar processos naturais ou Experimento envolvendo
tecnológicos inseridos no contexto da termodinâmica. transferência de calor.

Compreender fenômenos decorrentes da interação entre A luz e seus fenômenos e E pesquisa, organizar Atividades individuais e Exercícios;
radiação e a matéria em suas manifestações em processos propriedades. informações coletadas; em grupos; Seminário;
naturais ou tecnológicos e suas implicações; Aplicabilidade telescópios Pesquisa escrita; Observação;
4º Discriminar as teorias dos comportamentos físicos e noticias de como tratam Apresentação da Registro em Fichas;
presentes na agitação térmica dos corpos, na propagação o fenômeno dos pesquisa; Debates;
das ondas e percepção óptica. relâmpagos; Teste individual Portfolio;
Realização de atividades Prova
escritas, elaboração e
produção de vídeo.

85
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL – ÁREA CIÊNCIAS DA NATUREZA

COMPONENTE CURRICULAR:
CARGA HORARÍA: 80h/a
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 3ª FÍSICA

CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS AVALIAÇÃO


PERÍODO APRENDIZAGENS BÁSICAS
BÁSICOS METODOLÓGICOS FORMA INSTRUMENTOS

Compreender enunciados referentes a códigos e símbolos Carga elétrica e sua Experimentos; Atividades individuais e Portfólio do educando
físicos; quantização, processos de Aula Expositiva; em grupos; contendo todas as
Descobrir como funcionam os equipamentos e processos eletrização; Estudo dirigido. Atividade oral, atividades desenvolvidas
tecnológicos; Interação entre cargas; considerando o em sala de aula;

Confrontar interpretações científicas com interpretações Lei Coloumb. desempenho dos alunos; Prova objetiva.
científicas baseadas no senso comum. Pesquisa escrita; Laboratórios
Apresentação da
pesquisa;
Teste individual.

Relacionar informações para compreender manuais de Campo elétrico e potencial Experimento para Apresentação de Portfólio do educando
instalação ou utilização de aparelhos ou sistemas elétrico; verificação do uso do trabalhos, atividades em contendo todas as
tecnológicos de uso comum; Corrente elétrica e multímetro; grupo. atividades desenvolvidas
2º Elaborar sínteses ou esquemas estruturados dos temas circuitos elétricos. Analisar de forma em sala de aula;
físicos; sustentável diversas fontes Prova objetiva.
Identificar, formular e entender os princípios físicos de produção de energia Laboratórios
atrelados ao desenvolvimento humano e industrial. elétrica.

Relacionar as leis da física para interpretar processos Campos Magnéticos e Física aplicada nos Participação em sala de Exercícios diversos;
naturais no contexto da termodinâmica e magnetismo. suas propriedades. aparelhos de formação de aula; Registro de fichas e
Relacionar informações apresentadas a partir de tabelas, imagem dos aparelhos de Apresentação de Prova objetiva.
3º gráficos e esquemas conceituais e explicativos. formação de imagem do trabalhos, atividades em
aparelho ressonância grupo.
magnética.
Aplicabilidade da física
nos geradores elétricos.

Física Moderna; Exercícios diversos;

86
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Compreender fenômenos decorrentes da interação entre a Relatividade, Física Compreender e utilizar as Posicionamento Construção de mapas
radiação e a matéria em suas manifestações em processos Quântica e Física Nuclear. leis da física nos exames individual; com as medidas;
naturais ou tecnológicos, ou sem suas implicações produzido na medicina Participação em sala; Registro em ficha;
biológicas, sociais e ambientais; nuclear com uso da Atividades em grupos. Debates;
Discriminar as teorias dos comportamentos físicos radioatividade; Laboratórios;
presentes na agitação térmica dos corpos, na propagação Aula expositiva com uso Prova objetiva.
das ondas e percepção óptica. de vídeos , imagens/ou
pequenos vídeos de
radiação x, geração de
imagem e efeitos
biológicos da radiação.

87
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

BASE TÉCNICA

88
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Sumário II

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS ...................................................................................... 90


CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA ................................................................................................... 112
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS ......................................................................................... 134
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS ................................................................................................................ 152
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA ..................................................................................................... 168
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE ................................................................................................ 188
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM LOGÍSTICA ............................................................................................................. 215
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM MINERAÇÃO .......................................................................................................... 233
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO ................................................................................................ 255
CONTEÚDOS CURRICULARES - CURSO TÉCNICO EM AGRICULTURA ........................................................................................................................ 275
CONTEÚDOS CURRICULARES - CURSO TÉCNICO EM ELETROMECÂNICA ................................................................................................................ 281
CONTEÚDOS CURRICULARES - CURSO TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA .................................................................................................................... 288
CONTEÚDOS CURRICULARES - CURSO TÉCNICO EM EQUIPAMENTOS BIOMÉDICOS ............................................................................................ 294
CONTEÚDOS CURRICULARES - CURSO TÉCNICO EM GUIA DE TURISMO ................................................................................................................. 304
CONTEÚDOS CURRICULARES - CURSO TÉCNICO EM INFORMÁTICA BIOMÉDICA ................................................................................................. 312
CONTEÚDOS CURRICULARES - CURSO TÉCNICO EM ZOOTECNIA .............................................................................................................................. 318

89
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: ÉTICA
NÍVEL DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª SEMESTRE: 2°
PROFISSIONAL
INTEGRADO A EDUCAÇÃO PROFISIONAL
CARGA HORÁRIA SEMANAL: 40h AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer os fundamentos Fundamentos da ética; Conhecimento dos conceitos Atividades individuais e
ontológicos e sociais da Legislação profissional; relacionados à ética; em grupo: organização Resenhas e textos
ética; Expressar ideias de forma clara e de painéis; dissertativos;
Compreender os princípios ética; Auto -avaliação; Atividades diversas;

teórico-filosóficos sobre Elaboração Laboratório.
questões ética da de relatórios.
atualidade;

Compreender o processo de Código de Ética aplicado a Entender as relações interpessoais e Atividades individuais e
construção de um ethos profissão éticas. em grupo: organização Resenhas e textos
profissional, o significado de painéis; dissertativos;

de seus valores e as Auto -avaliação; Atividades diversas;
implicações ético político Elaboração Laboratório.
de trabalho de relatórios.

90
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


NÍVEL DE ENSINO: ENSINO MÈDIO SÉRIE: 1ª SEMESTRE: 2º COMPONENTE CURRICULAR: EMPREENDEDORISMO
INTEGRADO A EDUCAÇÃO PROFISIONAL CARGA HORÁRIA SEMANAL: 40h AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Fundamentar o Fundamentos do Conhecer a organização e Atividades individuais e em
empreendedorismo; empreendedorismo. Arranjos gestão de uma empresa; grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
Identificar os arranjos produtivos. Conhecer as características Auto -avaliação; dissertativos;
3º Produtivos; do comportamento Elaboração de Atividades diversas;
Elaborar planos de empreendedor e a relatórios. Laboratório.
negócios; importância de um plano
de negócios;
Conhecer o perfil do Formar e orientar equipes Atividades individuais e em Resenhas e textos
empreendedor. Plano de negócios. Perfil do de trabalho; grupo: organização de painéis; dissertativos;
empreendedor. Identificar as Auto -avaliação; Atividades diversas;
características do Elaboração de Laboratório
comportamento relatórios.

empreendedor e os
elementos básicos de um
plano de negócio.

91
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: FUNDAMENTOS DE
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO INTEGRADO SÉRIE: 1ª SEMESTRE: 2º
INFORMÁTICA
A EDUCAÇÃO PROFISIONAL
CARGA HORÁRIA 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
. Reconhecer e utilizar as O computador; Redes de Reconhecimento e Atividades individuais e
ferramentas digitais comunicação; editor de utilização de ferramentas em grupo: organização Resenhas e textos dissertativos;
disponíveis na web; textos; digitais disponíveis na web; de painéis; Atividades diversas;

. Criação e Auto -avaliação; Laboratório.
Elaboração
de relatórios
Criar apresentações usando Programa de apresentação; apresentações usando Atividades individuais e Resenhas e textos dissertativos;
slides; Planilha de cálculos; slides. em grupo: organização Atividades diversas;
Realizar tarefas de digitação Programa de desenhos em Realização de tarefas de de painéis; Laboratório.

de textos. duas dimensões digitação de textos as Auto -avaliação;
principais ferramentas de Elaboração
informática e tecnologia. de relatórios

92
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: SAÚDE E SEGURANÇA
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO INTEGRADO SÉRIE: 1ª SEMESTRE: 2º
DO TRABALHO
A EDUCAÇÃO PROFISIONAL
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS

Identificar noção de proteção Métodos de investigação e Identificação, noção de Atividades individuais e Resenhas e textos dissertativos;
e combates a incêndios, de intervenção nos processos proteção e combates a em grupo: organização Atividades diversas;
3º serviço de segurança. de adoecimento do incêndios. de painéis; Laboratório.
trabalhado Auto -avaliação;
Elaboração
de relatórios

Identificar os serviço de Relações de saúde e trabalho. Serviço de segurança Atividades individuais e Resenhas e textos dissertativos;
segurança. em grupo: organização Atividades diversas;
de painéis; Laboratório.

Auto -avaliação;
Elaboração
de relatórios.

93
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTES CURRICULARES:
SÉRIE: 1ª SEMESTRE 2º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO INTRODUÇÃO À PESCA E AQUICULTURA
CARGA HORÁRIA- 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS

Oferecer conhecimentos Pesca e aquicultura no Brasil Conhecimentos gerais sobre Atividades individuais e Resenhas e textos dissertativos;
gerais sobre a ciência e no mundo. Importância da a ciência pesqueira, seu em grupo: organização Atividades diversas;
pesqueira, seu pesca e da aquicultura como desenvolvimento, conceito, de painéis; Laboratório.
desenvolvimento, conceito, alternativa para aumentar a sistema, estratégia e Auto- avaliação;
sistema, estratégia e produção de pescado. programa; Elaboração
programa; Definição de princípios, Importância e a situação da de relatórios;
Conhecer a importância e a técnicas e conceitos básicos pesca no mundo e no Brasil; Debates
situação da pesca no mundo envolvendo características de Os diferentes tipos de

e no Brasil; espécies cultiváveis, sistemas pesca e principais espécies
Conhecer os diferentes tipos de cultivo, instalações capturadas no Brasil;
de pesca e principais aquícola, seleção de áreas,
espécies capturadas no
Brasil;
Conhecer os processos
gerais de avaliação básica de
estoque pesqueiro;

Conhecer os conceitos Otimização do uso da Processos gerais de Atividades individuais e Resenhas e textos dissertativos;
gerais de exploração Água, manejo de cultivo, avaliação básica de estoque em grupo: organização Atividades diversas;
sustentável; requerimentos ambientais e pesqueiro: de painéis; Laboratório.
Conhecer a importância e a nutricionais (arraçoamento), Conceitos gerais de Auto- avaliação;
situação da aquicultura no sistema de recirculação, exploração sustentável; Elaboração
mundo e no Brasil. policultivos, concepção e Importância e a situação da de relatórios;
4º Conhecer os diferentes planejamento de projetos e aquicultura no mundo e no Debates
sistemas de cultivo e aspectos econômicos da Brasil.
principais espécies aquicultura e da pesca. Diferentes sistemas de
cultivadas no Brasil Aquicultura no Brasil e no cultivo e principais espécies
mundo. Importância da cultivadas no Brasil
aquicultura como alternativa
para aumentar a produção de
pescado

94
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS

SÉRIE: 1ª SEMESTRE: 2º COMPONENTES CURRICULARES:NOÇÕES DE LIMMOLOGIA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS

Compreender os fenômenos Água - substâncias em solução. Energia radiante - mecânica Fenômenos relacionados à Atividades Resenhas e textos
relacionados à oceanografia na água. Ocupação das águas continentais. Os ambientes oceanografia geológica, física, individuais e dissertativos;
geológica, física, química e lacustres abrangem todos os tipos de águas interiores: lagos, química e biológica; em grupo: Atividades diversas;
biológica; lagoas, reservatórios, rios, açudes, represas, riachos, brejos, Comportamento da organização de Laboratório
Entender o comportamento da áreas inundáveis, águas subterrâneas, Ecossistemas límnicos. temperatura, salinidade, painéis;
temperatura, salinidade, Produtores primários do plâncton. Ecologia do fitoplâncton, densidade e pressão hidrostática, Auto -
densidade e pressão hidrostática, zooplâncton, algas bentônicas e macrófitas, invertebrados além da propagação da luz e do avaliação;
além da propagação da luz e do bentônicos, peixes e demais vertebrados. Bactéria, fungos e som no meio oceânico; Elaboração
3º som no meio oceânico; outros organismos que utilizam matéria orgânica dissolvida. Compartimentação de relatórios
Conhecer a compartimentação geomorfológica e a composição
geomorfológica e a composição dos sedimentos costeiros e
dos sedimentos costeiros e oceânicos;
oceânicos; Fenômenos das ondas, marés,
Entender os fenômenos das correntes e ressurgências e suas
ondas, marés, correntes e relações como modelamento dos
ressurgências e suas relações ambientes costeiro e oceânico;
como modelamento dos
ambientes costeiro e oceânico;

95
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

Conhecer a composição química Ecossistemas: lagos, rios, represas e canais. Ecossistemas Composição química da água do Atividades Resenhas e textos
da água do mar, o conceito de alterados. Comunidades aquáticas em condições extremas. mar, o conceito de tempo de individuais e dissertativos;
tempo de residência e as Sedimentos. Bentos profundos e paleolimnologia. residência e as interações com a em grupo: Atividades diversas;
interações com a fauna e flora fauna e flora marinha; organização de Laboratório
marinha; Divisão do ambiente marinho painéis;
Conhecer a divisão do ambiente quanto ao aspecto biológico e Auto-avaliação;
marinho quanto ao aspecto entender os diferentes estilos de Elaboração

biológico e entender os vida marinhos. de relatórios
diferentes estilos de vida
marinhos.

96
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: MEIO AMBIENTE E
SÉRIE: 2ª SEMESTRE: 1º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Meio Ambiente. Sustentabilidade e meio Compreender os conceitos de Atividades individuais e Debates;
ambiente. Noções gerais de matrizes energéticas e o meio em grupo: organização de Resenhas e textos
ecologia. ambiente; painéis; dissertativos;
1º Auto -avaliação; Atividades diversas;
Elaboração Laboratório.
de relatórios.

Desenvolvimento Sustentável Movimento ambientalista no Conhecer fundamentos da Atividades individuais e Debates;


Brasil e no mundo. Impacto ecologia; em grupo: organização de Resenhas e textos
ambiental. Legislação. Aplicar e respeitar normas de painéis; dissertativos;
Sistema de gerenciamento proteção ao meio ambiente Auto -avaliação; Atividades diversas;
2º ambiental. Poluição das águas. Elaboração Laboratório.
Poluição do solo. Poluição de relatórios.
atmosférica. Poluição
radioativa. Matrizes
energéticas e o meio ambiente.

97
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


SÉRIE: 2ª 2ºSEMESTRE COMPONENTE CURRICULAR: ADMINISTRAÇÃO E
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO LEGISLAÇÃO PESQUEIRA
CARGA HORÁRIA: 60h/a
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer noções de pesca Aspectos conceituais de ética. Noções de pesca extrativista; Atividades individuais e
extrativista; Promover a ética de pesca Propriedades físicas dos em grupo: organização de Resenhas e textos
Entender as propriedades fundamentada na realidade pescados; painéis; dissertativos;
1º físicas dos pescados; atual, promover a capacitação Contextualização os Auto -avaliação; Atividades diversas;
de pessoal relacionado à pesca fundamentos da pesca; Elaboração Laboratório.
e a aquicultura, a partir da de relatórios.
Legislação Pesqueira.
Contextualizar os Códigos de pesca, ordenações, Classificação e descrição das Atividades individuais e Resenhas e textos
fundamentos da pesca; regulamentos e demais normas atividades pesqueiras. em grupo: organização de dissertativos;
Classificar e descrever as complementares nacionais e painéis; Atividades diversas;

atividades pesqueiras. internacionais. Auto -avaliação; Laboratório.
Elaboração
de relatórios.

98
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: CONFECÇÕES E
SÉRIE: 2ª SEMESTRE: 2ª
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO APETRECHOS DE PESCA
CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer os principais tipos Materiais utilizados, Os principais tipos de Atividades individuais e
de embarcações pesqueiras e a Características e classificação embarcações pesqueiras e a em grupo: organização de Resenhas e textos
caracterização destas dos materiais. Confecção dos caracterização destas painéis; dissertativos;
embarcações; aparelhos de captura: redes embarcações; Auto -avaliação; Atividades diversas;
Conhecer as ferramentas e principais e auxiliares para Ferramentas e acessórios na Elaboração Laboratório.

acessórios na construção de águas interiores e Marítimas. construção de apetrechos de de relatórios.
apetrechos de pesca; pesca;

Conhecer como se Classificação dos aparelhos e Confecção dos principais Atividades individuais e Resenhas e textos
confecciona os principais embarcações de pesca. aparelhos de pesca utilizados em grupo: organização de dissertativos;
aparelhos de pesca utilizados Caracterização geral de em águas costeiras e painéis; Atividades diversas;
em águas costeiras e embarcações pesqueiras. oceânicas; Auto -avaliação; Laboratório
oceânicas; Noções de marinharia. Noções Execução dos principais nós Elaboração
Conhecer e executar os de estabilidade de empregados nos aparelhos e de relatórios
principais nós empregados embarcações. Armação de embarcações de pesca;

nos aparelhos e embarcações embarcações pesqueiras. Procedimentos de reparos
de pesca; em aparelhos de captura com
Conhecer os procedimentos linha e com panagens.
de reparos em aparelhos de
captura com linha e com
panagens

99
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: TOPOGRAFIA E
SÉRIE: 2ª 2ºSEMESTRE
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÈDIO CONSTRUÇÃO DE TANQUES
CARGA HORÁRIA: 80h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
. Conhecer princípios da Definições. Divisão da Princípios da construção; Atividades individuais e Resenhas e textos
construção; topografia. Métodos gerais de Utilização operações com em grupo: organização de dissertativos;
levantamentos planimétricos. ângulos; painéis; Atividades diversas;
1º Utilizar operações com Instrumentos e utilização. Aplicação de cálculos de Auto -avaliação; Laboratório
ângulos; Desenho topográfico. Cálculo coordenadas de área; Elaboração
de áreas. Planilha. Altimetria. de relatórios
Conceitos fundamentais
Aplicar cálculos de . Métodos gerais de Compreensão de cálculos das Atividades individuais e Resenhas e textos
coordenadas de área; nivelamentos topográficos. distâncias da área; em grupo: organização de dissertativos;
Nivelamento trigonométrico. Compreensão a estrutura de painéis; Atividades diversas;
Compreender cálculos das Declividade e curvas de nível. tanques e técnicas de Auto -avaliação; Laboratório
distâncias da área; Sistematização de terrenos construção. Elaboração

para implantação de viveiros e de relatórios
Compreender a estrutura de tanques para aquicultura.
tanques e técnicas de
construção.

100
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: MÉTODOS E
ETAPA DE ENSINO: ENSINO SÉRIE: 2ª SEMESTRE: 2º
TÉCNICAS DE REPRODUÇÃO.
MÈDIO
CARGA HORÁRIA: 80H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Elaborar instrumentos Analisar o histórico do cultivo do camarão; Elaboração instrumentos exploração Atividades individuais
exploração de Auxiliar no entendimento da produção de de camarões; e em grupo: Resenhas e textos dissertativos;
camarões; camarões; organização de Atividades diversas;
3º painéis; Laboratório
Auto -avaliação;
Elaboração
de relatórios
Levantar informações Definir critérios de grupos do ciclo do camarão; Levantamento de informações Atividades individuais Resenhas e textos dissertativos;
quantitativas, quantitativas, qualitativas sobre a e em grupo: Atividades diversas;
qualitativas sobre a reprodução. organização de Laboratório
4º reprodução. painéis;
Auto -avaliação;
Elaboração
de relatórios

101
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


ETAPA DE ENSINO: ENSINO SÉRIE: 2ª SEMESTRE: 2º COMPONENTE CURRICULAR:LARVINICULTURA
MÈDIO CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Correlacionar Estudo dos processos biológicos relacionados Correlacionamento elementos Atividades individuais
elementos biológicos e com a reprodução e larvicultura de peixes biológicos e peixes marinhos; e em grupo: Resenhas e textos dissertativos;
peixes marinhos; marinhos. Fisiologia da reprodução, fatores organização de painéis; Atividades diversas;
ambientais que interferem na reprodução, Auto -avaliação; Laboratório
seleção de espécies, escolha de reprodutores, Elaboração
reprodução induzida, preservação do sêmen. de relatórios
Desenvolvimento embrionário e larva, criação
3º de larvas e cultivo de organismos fito e
zooplanctônicos, utilizados como alimento na
larvicultura.

Utilizar processos de Conceitos sobre a criação de juvenis em Utilização e processos de cultivo de Atividades individuais Resenhas e textos dissertativos;
cultivo de espécies; tanques-rede e em sistemas de recirculação de espécies; e em grupo: Atividades diversas;
Elaborar descritores de água. Larvicultura de Camarões Estudo da Elaboração descritores de manejo. organização de painéis; Laboratório
manejo importância da larvicultura no cultivo de Auto -avaliação;
camarões. Alimentação de larvas. Valor Elaboração

protéico dos alimentos e seletividade de relatórios
alimentícia. Taxa de mortalidade nos
diferentes estágios larvais. Predadores de
larvas. Qualidade da água e sua influência na
sobrevivência das larvas.

102
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


ETAPA DE ENSINO: ENSINO SÉRIE: 2ª SEMESTRE: 2º COMPONENTE CURRICULAR: CARNICULTURA
MÈDIO CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Analisar o histórico do Histórico do cultivo camarões. Aspectos Analise do histórico do cultivo do Atividades individuais
cultivo do camarão; biológicos dos camarões. Escolha de locais e camarão e em grupo: Resenhas e textos dissertativos;
estrutura para o cultivo de camarões. Auxilio no entendimento da organização de Atividades diversas;
Auxiliar no produção de camarões; painéis; Laboratório.
entendimento da Auto -avaliação;

produção de camarões; Elaboração
de relatórios.

Definir critérios de Formas de produção de sementes, crescimento Definição critérios de grupos do Atividades individuais Resenhas e textos dissertativos;
grupos do ciclo do e colheita dos camarões. Formas de ciclo do camarão; e em grupo: Atividades diversas;
camarão; industrialização e comercialização de organização de Laboratório.
camarões. painéis;
4º Auto -avaliação;
Elaboração
de relatórios

103
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: EMBARCAÇÕES
SÉRIE: 2ª SEMESTRE: 2º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO NÁUTICAS
MÉDIO CARGA HORÁRIA: 80h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer a Estuda preliminarmente a história das Conhecimento da infraestrutura dos Atividades individuais Resenhas e textos dissertativos;
infraestrutura dos embarcações, suas diferentes classes e os sistemas de embarcações náuticas; e em grupo: Atividades diversas;
sistemas de materiais utilizados nas construções. O módulo Aplicação procedimentos adequados organização de Laboratório.
embarcações náuticas; reforça as noções de história geral, regional e para procedimentos nas embarcações painéis;
local mediante conteúdos que abordam as remanescentes; Auto -avaliação;
Aplicar procedimentos singraduras com barcos universais e também

adequados para das populações indígenas, além das soluções Elaboração
procedimentos nas de flutuantes particulares. de relatórios.
embarcações
remanescentes;

.
Administrar . O módulo dá ênfase, todavia, no estudo dos Administração dos serviços dos Atividades individuais Resenhas e textos dissertativos;
corretamente os barcos contemporâneos que constituem o sistemas de fabricação, manuseio das e em grupo: Atividades diversas;
serviços dos sistemas de panorama de trabalho para os egressos, substancias explosivas. organização de Laboratório.
fabricação, manuseio apreendendo as diferenças das classes, painéis;
4º das substancias estruturas de engenharia náutica, materiais de Auto -avaliação;
explosivas. construção, técnicas de conserto e manutenção
de marinharia. Elaboração
de relatórios

104
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: PESCA DULCÍCOLA
ETAPA DE ENSINO: ENSINO SÉRIE: 2ª SEMESTRE: 2º
ARTESANAL
MÈDIO
CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer os métodos Conceito de pesca dulcícola artesanal. Conhecimento dos métodos de Atividades individuais Debates;
de artesanais dulcícolas; Recursos extraídos pela pesca artesanal. artesanais dulcícolas; e em grupo: Resenhas e textos dissertativos;
Determinação de seletividade de redes de Conhecimentos dos tipos de organização de Atividades diversas;
3º Conhecer os tipos de emalhe. Avaliação de estoques. planejamento curto; painéis; Laboratório.
planejamento curto; Auto -avaliação;
Elaboração
de relatórios.
Definir critérios para Manejo dos recursos. Principais espécies. Definição de critérios para Atividades individuais Debates;
segmentação e Principais métodos de pesca segmentação e setorização dos e em grupo: Resenhas e textos dissertativos;
setorização dos pescados artesanais; organização de Atividades diversas;
4º pescados artesanais; painéis; Laboratório.
Auto -avaliação;
Elaboração
de relatórios.

105
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: PRODUÇÃO
ETAPA DE ENSINO: ENSINO SÉRIE: 3ª SEMESTRE: 1º
PESQUEIRA
MÈDIO
CARGA HORÁRIA: 80h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer princípios Generalidades e características do setor Conhecimento princípios básicos em Atividades individuais
básicos em pesqueiro; Exploração racional de recursos processamento pesqueiro; e em grupo: Resenhas e textos dissertativos;
processamento pesqueiros; Pesca artesanal e industrial; Frota Conhecimento e identificação dos organização de Atividades diversas;
pesqueiro; pesqueira nacional; Classificação dos tipos de pesca; painéis; Laboratório
Conhecer e identificar Aparelhos de Pesca; Embarcações pesqueiras; Conhecimento e identificação dos Auto -avaliação;
os tipos de pesca; Técnicas de captura em águas interiores e tipos de embarcações; Elaboração
Conhecer e identificar marinhas; Seletividade dos aparelhos de pesca; Conhecimentos e identificação dos de relatórios;
os tipos de Construção de equipamentos; Operação de tipos de métodos de captura; Debates

embarcações; embarcações; Operações de equipamentos Identificação dos tipos de dispositivo
Conhecer e identificar eletrônicos de comunicação; de seletividade;
os tipos de métodos de
captura;
Identificar os tipos de
dispositivo de
seletividade;
.
Conhecer e executar Operação de equipamentos de captura; Técnicas de condicionamento do Atividades individuais Resenhas e textos dissertativos;
técnicas de Segurança nas atividades pesqueiras: riscos de pescado a bordo; e em grupo: Atividades diversas;
condicionamento do acidentes, riscos ambientais. Equipamentos de Equipamentos eletrônicos nas organização de Laboratório
pescado a bordo; proteção, ergonomia; operações de captura; painéis;
Utilizar equipamentos Segurança em trabalhos com embarcações e Rotina de embarque. Auto -avaliação;
eletrônicos nas equipamentos de pesca; Sinistros a bordo de Elaboração

operações de captura; embarcações de pesca; Plano de fuga e de relatórios;
Conhecer a rotina de evacuação em caso de incêndio a bordo da Debates
embarque; embarcação. Material de emergência para
pronto atendimento (maca, máscaras, farmácia
para curativos, talas unidade portátil de
oxigênio).

106
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: TECNOLOGIA
ETAPA DE ENSINO: ENSINO SÉRIE: 3º SEMESTRE:1º
PESQUEIRA
MÈDIO
CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Transformar os Noções práticas de tecnologia de alimentos Transformação dos conhecimentos Atividades individuais
conhecimentos do durante o manuseio, armazenamento e do censo comum e de outras áreas e em grupo: Resenhas e textos dissertativos;
censo comum e de conservação do pescado, provenientes do setor técnicas, para a linguagem técnica organização de Atividades diversas;
outras áreas técnicas, pesqueiro ou aquícola, proporcionando análises da produção de alimentos. painéis; Laboratório
para a linguagem físico-químicas e microbiológicas do produto Resolução de problemas ligados à Auto -avaliação;
técnica da produção de para manutenção de sua qualidade. tecnologia do pescado a partir dos Elaboração
1º alimentos; conhecimentos específicos de relatórios
Resolver problemas adquiridos.
ligados à tecnologia do
pescado a partir dos
conhecimentos
específicos adquiridos;
.
Aplicar conceitos de Conhecer e executar técnicas de Aplicação conceitos de controle de Atividades individuais
controle de qualidade condicionamento do pescado a bordo. qualidade na indústria do pescado. e em grupo: Resenhas e textos dissertativos;
na indústria do pescado organização de Atividades diversas;
2º painéis; Laboratório
Auto -avaliação;
Elaboração
de relatórios

107
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: EXTENSÃO
ETAPA DE ENSINO: ENSINO SÉRIE: 3º SEMESTRE: 1º
PESQUEIRA
MÈDIO
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer o processo de Extensão Pesqueira: histórico, princípios Conhecimento do processo de Atividades individuais
comunicação: a filosóficos e objetivos. A extensão rural e seus comunicação: a metodologia e o e em grupo: Resenhas e textos dissertativos;
metodologia e o desdobramentos na extensão pesqueira. O planejamento de comunicação na organização de Atividades diversas;
planejamento de processo de comunicação: a metodologia e o extensão pesqueira; painéis; Laboratório
comunicação na planejamento de comunicação na extensão Auto -avaliação;
extensão pesqueira; pesqueira. Elaboração
de relatórios

Diagnosticar estratégias Diagnósticos e estratégias de ação. Diagnostico estratégico de ação. Atividades individuais Resenhas e textos dissertativos;
de ação; O associativismo pesqueiro. Ação comunitária Planejamento das atividades de e em grupo: Atividades diversas;
e planejamento participativo. Planejamento das avaliação do setor pesqueiro. organização de Laboratório
2º Planejar as atividades atividades de avaliação painéis;
de avaliação do setor Auto -avaliação;
pesqueiro. Elaboração
de relatórios

108
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS


COMPONENTE CURRICULAR: PROCESSAMENTO
ETAPA DE ENSINO: ENSINO SÉRIE: 3ª SEMESTRE: 1º E BENEFICIAMENTO DO PESCADO
MÈDIO
CARGA HORÁRIA: 80h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer os aspectos Conhecimentos sobre a biologia de diferentes Conhecimento dos aspectos gerais da Atividades individuais Resenhas e textos dissertativos;
gerais da morfologia, animais aquáticos, principalmente a dinâmica morfologia, fisiologia e ecologia dos e em grupo: Atividades diversas;
fisiologia e ecologia dos populacional, hábitos alimentares, e animais aquáticos com importância organização de painés; Laboratório
animais aquáticos com enfermidades que por ventura possam atacar econômica ou que interagem com a Auto -avaliação; Debates;
importância econômica esses animais, e de que modo é possível pesca e aquicultura. Elaboração Resenhas e textos dissertativos;
ou que interagem com a combater a diminuição dos estoques, estando de relatórios Atividades diversas;
pesca e aquicultura; eles em ambiente natural ou artificial. Os conceitos gerais da amostragem Laboratório
biológica e da estrutura de uma
Conhecer os conceitos Processamento e Beneficiamento do Pescado população, dinâmica de crescimento,
gerais da amostragem Reconhecimento das características do reprodutiva e alimentar dos
biológica e da estrutura pescado, como matéria-prima, composição organismos aquáticos;
de uma população; química, controle de qualidade, qualidade

Conhecer os conceitos (preservação, higiene, aditiva). Alterações
gerais da dinâmica de físicas e químicas por processamento.
crescimento,
reprodutiva e alimentar
dos organismos
aquáticos;
Conhecer sobre a
migração e marcação de
organismos aquáticos;

Conhecer sobre as Noções sobre o funcionamento das máquinas Migração e marcação de organismos Atividades individuais Resenhas e textos dissertativos;
principais enfermidades envolvidas no processamento do pescado. aquáticos e enfermidades dos e em grupo: Atividades diversas;
dos organismos Instalações industriais. Industrialização do organismos aquáticos. organização de painés; Laboratório
aquáticos; pescado, processamento da salga, da secagem, Fundamentos da tecnologia de Auto -avaliação; Debates;

Aplicar os fundamentos de enlatados, de defumados, de pastas e alimentos no manuseio, Elaboração Resenhas e textos dissertativos;
da tecnologia de embutidos. Conservação do pescado pela ação armazenamento e conservação do de relatórios Atividades diversas;
alimentos no manuseio, do frio (resfriamento, congelamento). pescado. Laboratório
armazenamento e Aproveitamento de subprodutos da indústria

109
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

conservação do pesqueira. Farinha e solúvel do pescado. Pesca Conhecimento dos conceitos básicos
pescado; Dulcícola Artesanal. da microbiologia de alimentos
Conhecer os conceitos aplicada ao estudo do pescado;
básicos da Subsídios metodológicos para a
microbiologia de realização análises físico-químicas e
alimentos aplicada ao microbiológicas do pescado.
estudo do pescado; Obtenção conhecimentos teórico-
Adquirir os subsídios práticos sobre a elaboração de
metodológicos para a produtos derivados do pescado.
realização análises
físico-químicas e Aplicação conceitos de controle de
microbiológicas do qualidade na indústria do pescado.
pescado;
Obter conhecimentos
teórico-práticos sobre a
elaboração de produtos
derivados do pescado;
Aplicar conceitos de
controle de qualidade
na indústria do
pescado.

110
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM RECURSOS PESQUEIROS

SÉRIE: 3º SEMESTRE: 2º COMPONENTE CURRICULAR: ESTÁGIO


ETAPAS DE ENSINO:
CARGA HORÁRIA: 80h/a AVALIAÇÃO

APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
ESTÁGIO: Carga O estágio curricular supervisionado é uma Vivência; Praticidade no campo
horária: 180h atividade curricular obrigatória, de treinamento Cadastro de empresas; Termo de Frequência; de estágio;
prático, aprimoramento técnico, cultural, Convênio; termo de Outorga; Plano Avaliação do
científico e de relações humanas, visando à de atividades; Supervisor de Campo;
complementação do processo de ensino- Relatório Final de Estágio; Avaliação do
aprendizagem proporcionado ao aluno através professor orientador;
de observações, estudos, pesquisas, visitas, Frequência auto avaliação;
exercício profissional remunerado ou não em Relatório Final
empresas públicas e/ou privadas, assessorias a

movimentos sociais, dentre outros. Os tópicos
a seguir serão esclarecidos e discutidos em sala
de aula com os alunos devidamente
matriculados na disciplina: 1. Legislação para
Estágio Supervisionado; 2. Termo de outorga e
aceitação de estágio curricular obrigatório; 3.
Plano de Atividades de Estágio; 4. Ficha de
Avaliação de Estágio; 5. Elaboração e entrega
de Relatório de Atividades do estágio

111
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


SÉRIE: 1º SEMESTRE: 2º COMPONENTE CURRICULAR: ÉTICA PROFISSIONAL
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA:40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICA METODOLÓGICOS
Conhecer os conceitos Fundamentos da ética. Conhecimento dos conceitos Atividades individuais e em grupo:
relacionados à Ética; Legislação profissional. relacionados à Ética; organização de painéis; Resenhas e textos
Expressar ideias de forma . Auto -avaliação; dissertativos;

clara e ética; Elaboração de Atividades diversas;
relatórios; Laboratório
Debates
Entender as relações Código de ética Entendimento das relações Atividades individuais e em grupo: Resenhas e textos
interpessoais e Éticas interpessoais e Éticas organização de painéis; dissertativos;
Auto -avaliação; Atividades diversas;

Elaboração de Laboratório
relatórios;
Debates

112
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTE CURRICULAR:
SÉRIE: 1º SEMESTRE: 2º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO LINGUAGEM,TRABALHO E TECNOLOGIA
CARGA HORÁRIA:40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
. Analisar textos técnicos da Textos técnicos/ comerciais da Analise textos técnicos da Atividades individuais e em grupo: Debates;
área de Agropecuária, por área de Administração, por meio área de Agropecuária, por organização de painéis; Resenhas e textos
meio de indicadores de indicadores linguísticos e de meio de indicadores Auto -avaliação; dissertativos;
linguísticos e de indicadores indicadores extralinguísticos. linguísticos extralinguísticos. Elaboração de Atividades diversas;
extralinguístico; Textos técnicos aplicados à área Desenvolvimento de textos relatórios Laboratório
de Administração, de acordo técnicos aplicados de acordo
Desenvolver textos técnicos com normas e convenções com normas e convenções
aplicados de acordo com específicas. específicas.

normas e convenções Pesquisa e analise informações Analise informações da área
específicas; da área de Administração em de Agropecuária em diversas
Pesquisar e analisar diversas fontes convencionais e fontes convencionais e
informações da área de eletrônicas. eletrônicas;
Agropecuária em diversas
fontes convencionais e
eletrônicas;

Utilizar recursos linguísticos Definição procedimentos Utilização recursos Atividades individuais e em grupo: Debates;
de coerência e de coesão; linguísticos que levem à linguísticos de coerência e de organização de painéis; Resenhas e textos
Identificar e aplicar qualidade nas atividades coesão; Auto -avaliação; dissertativos;
elementos de coerência e de relacionadas com o público Identificar e aplicar Elaboração de Atividades diversas;
coesão em artigos e em consumidor. elementos de coerência e de relatórios Laboratório
documentação técnico- coesão em artigos e em

administrativa, relacionados documentação técnico-
à área de Agropecuária; administrativa, relacionados
Selecionar e utilizar fontes à área de Agropecuária;
de pesquisa convencionais e Selecionar e utilizar fontes de
eletrônicas. pesquisa convencionais e
eletrônicas.

113
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTE CURRICULAR: APLICATIVOS
SÉRIE: 1º SEMESTRE: 2º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO INFORMATIZADOS NA ÁREA DE AGROPECUÁRIA
CARGA HORÁRIA:40h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Compreender e utilizar os Introdução a Informática. Compreensão e uutilização Atividades individuais e em grupo: Debates;
recursos básicos de um Sistema operacional. Internet. dos recursos básicos de um organização de painéis; Resenhas e textos
sistema de computador; Correio eletrônico. Editor de sistema de computador; Auto -avaliação; dissertativos;
Entender e Utilizar o Sistema texto. Planilha eletrônica. Entendimento e Utilização Elaboração de relatórios; Atividades diversas;
operacional; Sistema operacional; Pesquisa Laboratório
Analisar e Escolher um Analise e Escolha um

microcomputador para seu microcomputador para seu
uso; uso;
Conhecer e Trabalhar com Trabalho com editores de
editores de texto eletrônico e texto eletrônico e elaboração
elaborar Planilha eletrônica; Planilha eletrônica;

Conhecer e utilizar softwares Programa de apresentação. Conhecimento e utilização de Atividades individuais e em grupo: Debates;
proprietários e livres; Aplicações Atuais da softwares proprietários e organização de painéis; Resenhas e textos
Identificar e Efetuar Informática. livres; Auto -avaliação; dissertativos;

controles de processos controles de processos Elaboração de relatórios; Atividades diversas;
através de sistemas através de sistemas Pesquisa Laboratório
informatizados. informatizados.

114
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTE CURRICULAR: SAÚDE E SEGURANÇA
SÉRIE: 1º SEMESTRE: 2º
DO TRABALHO
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA:
AVALIAÇÃO
40H
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer o Histórico, atos e Histórico, atos e condições Conhecimento do Histórico, Atividades individuais e em grupo:
condições inseguras, estudo inseguras, estudo do ambiente atos e condições inseguras, organização de painéis; Resenhas e textos
do ambiente do trabalho; do trabalho; noção de proteção estudo do ambiente do Auto -avaliação; dissertativos;
Esboçar mapas de riscos e combate a incêndios, serviço trabalho, esboço de mapas de Elaboração de Atividades diversas;
ambientais, equipamentos de de segurança, esboço de mapas riscos ambientais, relatórios Laboratório

proteção individual e de riscos ambientais; equipamentos de proteção
coletiva, sinalização de . individual e coletiva,
segurança, produtos sinalização de segurança,
perigosos; produtos perigosos;

Identificar noção de proteção Equipamentos de proteção Identificação de noção de Atividades individuais e em grupo: Resenhas e textos
e combates a incêndios, individual e coletiva, proteção e combates a organização de painéis; dissertativos;
4º serviço de segurança. sinalização de segurança, incêndios, serviço de Auto -avaliação; Atividades diversas;
produtos perigosos. segurança. Elaboração de Laboratório
relatórios

115
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTE CURRICULAR: LEGISLAÇÃO E
SÉRIE: 1º SEMESTRE: 2°
POLITICAS AGROPECUÁRIAS
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA:
AVALIAÇÃO
40H
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer as sanções penais e Noções da legislação Conhecimento das sanções Atividades individuais e em grupo: Resenhas e textos
administrativas por danos e ambiental: Municipal; Estadual; penais e administrativas por organização de painéis; dissertativos;
crimes ao meio ambiente; nacional Agroecologia: danos e crimes ao meio Auto-avaliação; Atividades diversas;
Propor soluções para Conceito; princípios e ambiente. Elaboração de relatórios; Laboratório
questões ambientais; Gerir fundamentos; Problematização das Debates
resíduos sólidos e efluentes; questões ambientais.
3º . Gerenciamento resíduos
sólidos e efluentes;

Conhecer a legislação dos Noções da legislação dos Conhecimento da legislação Atividades individuais e em grupo:
produtos orgânicos; produtos orgânicos: Nacional. dos produtos orgânicos; organização de painéis; Resenhas e textos
Planejar e articular ações de Certificação de produtos. Planejamento e articulação Auto-avaliação; dissertativos;
responsabilidade civil, Produtos orgânicos: de ações de responsabilidade Elaboração de Atividades diversas;
4º reparação do dano ecológico Certificadoras e normas. civil, reparação do dano relatórios; Laboratório
ecológico. Debates

116
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTE CURRICULAR: GESTÃO AMBIENTAL
SÉRIE:2º SEMESTRE 1º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO PARA AGRICULTURA E PECUÁRIA
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer os fundamentos da Fundamentos da educação Conhecimento dos Atividades individuais e em grupo:
educação ambiental como ambiental como área do fundamentos da educação organização de painéis; Resenhas e textos
área do conhecimento conhecimento teórico, ambiental como área do Auto -avaliação; dissertativos;
teórico, científico- científico- metodológico e conhecimento Elaboração de Atividades diversas;
metodológico e aplicado às aplicado às ciências ambientais. teórico, científico- relatórios Laboratório
1º ciências ambientais; Histórico e perspectivas da metodológico e aplicado às
. situação ambiental no Brasil e ciências ambientais;
no mundo. O papel da educação
ambiental no ambiente laboral.
Educação ambiental e
interdisciplinaridade.
A importância da Política Conhecimento da Atividades individuais e em grupo: Resenhas e textos
Reconhecer a importância da Ambiental em empresas e importância da Política organização de painéis; dissertativos;
Política Ambiental em Instituições públicas e/ou Ambiental em empresas e Auto -avaliação; Atividades diversas;
empresas e Instituições privadas. Sistema de Gestão Instituições públicas e/ou Elaboração de Laboratório
2º públicas e/ou privadas; Ambiental (SGA). privadas; relatórios
Responsabilidade Social. Papel da educação ambiental
Identificar o papel da Sistema de Gestão Integrada no ambiente laboral.
educação ambiental no (SGI). A relação com o ensino Educação ambiental e
ambiente laboral e a pesquisa. interdisciplinaridade;

117
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTES CURRICULARES: AGRICULTURA
SÉRIE: 2º SEMESTRE: 2º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO GERAL
CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer a relação das Relação das características do Conceito e Histórico da Atividades individuais e em grupo: Resenhas e textos
características do solo com solo com os diversos fatores de agricultura; Evolução, organização de painéis; dissertativos;
os diversos fatores de formação. divisão e importância nos Auto -avaliação; Atividades diversas;
formação; Classes de uso do solo, o perfil aspectos sociais, culturais, Elaboração de relatórios Laboratório
Identificar as classes de uso do solo e as propriedades físicas econômicos e ambientais;
do solo, o perfil do solo e as e químicas; Conceitos relacionados à
propriedades físicas e Propriedades físico-químicas do física, química, morfologia e
químicas; solo; conservação do solo;
Calcular e comparar os

valores das propriedades
físico-químicas do solo;
Identificar o processo de
absorção e translocação de
nutrientes;
Identificar os efeitos dos
fatores climáticos nas plantas
cultivadas;

Conhecer a importância e as Processo de absorção e Fatores climáticos e sua Atividades individuais e em grupo: Resenhas e textos
formas existentes de uso e translocação de nutrientes; importância na agricultura; organização de painéis; dissertativos;
conservação; Fatores climáticos nas plantas Uso e conservação da água Auto -avaliação; Atividades diversas;
Identificar potenciais e os cultivadas; em sistemas agrícolas. Elaboração de relatórios Laboratório
4º multiusos dos recursos Importância e formas existentes
hídricos, propor formas de de uso e conservação;
utilização e aproveitamento Multiusos dos recursos
da água. hídricos, formas de utilização e
aproveitamento da água.

118
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTES CURRICULARES: EXTENSÃO RURAL E
SÉRIE: 2º SEMESTR: 1º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO ASSOCIATIVISMO
CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
-Conceituar a importância Políticas Públicas para Conceito, importância Atividades individuais e em grupo: Debates;
do histórico da extensão Agricultura: Desenvolvimento: histórico da extensão rural. organização de painéis; Resenhas e textos
rural; agrícola, agrário e rural; Metodologias para a Auto -avaliação; dissertativos;
Desenvolver metodologias políticas agrícolas; políticas extensão rural. A agricultura Elaboração de relatórios Atividades diversas;
agrícolas, agrário e rural; agrárias; políticas de familiar no Brasil. Extensão Laboratório
desenvolvimento rural; rural e desenvolvimento
instrumentos de política sustentável.

pública. Evolução e Desenvolvimento rural.
diferenciação da agricultura; Comunicação, assistência
movimentos sociais no campo; técnica e extensão rural.
agroecologia e agricultura Extensão rural e reforma
sustentável; Administração e agrária.
estabelecimentos rurais.
Ambiente dos
Desenvolver instrumentos Estabelecimentos Rurais: O Política agrícola atual. Atividades individuais e em grupo: Debates;
de Políticas Públicas ambiente e os fatores internos; Novas abordagens da organização de painéis; Resenhas e textos
2º agrárias; o ambiente e os extensão rural. Auto -avaliação; dissertativos;
fatores externos. Elaboração de relatórios Atividades diversas;
Laboratório

119
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTES CURRICULARES: PRODUÇÃO E
SÉRIE: 2º SEMESTRE: 2º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO NUTRIÇÃO ANIMAL
CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Classificar as necessidades Importância da nutrição na Alimentos e alimentação de Atividades individuais e em grupo: Debates;
nutricionais dos animais; produção animal. ruminantes e não ruminantes. organização de painéis; Resenhas e textos
Necessidades nutricionais Digestão, absorção e Auto-avaliação; dissertativos;
Avaliar os lipídios, glicídios dos animais. Alimentos: assimilação de carboidratos, Elaboração de relatórios Atividades diversas;
e proteínas na nutrição características, composição proteínas, lipídios, vitaminas Laboratório
animal; e classificação. Digestão dos e sais minerais;
animais ruminantes e não Alimentos alternativos e
Conhecer os princípios ruminantes. Avaliação do aditivos na alimentação de
3º tóxicos dos alimentos; valor nutritivo dos ruminantes e não ruminantes;
alimentos.
Conceituar as exigências
nutricionais e princípios
básicos sobre formulação de
dietas animal.

Conhecer os princípios Os lipídios, glicídios e Conhecer princípios tóxicos Atividades individuais e em grupo: Debates;
tóxicos dos alimentos; proteínas na nutrição dos alimentos; organização de painéis; Resenhas e textos
animal. As vitaminas e Conceitos sobre exigências Auto-avaliação; dissertativos;
Conceituar as exigências minerais na nutrição dos nutricionais e princípios Elaboração de relatórios Atividades diversas;
nutricionais e princípios animais. Fenação e silagem. básicos sobre formulação de Laboratório

básicos sobre formulação de Formulação e dietas animal.
dietas animal. balanceamento de rações.

120
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTES CURRICULARES: MANEJO E
SÉRIE: 2° SEMESTRE: 2º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO CONSERVAÇÃO DO SOLO
CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Reconhecer a importância do Solo: Introdução; conceitos. Reconhecimento da Atividades individuais e em grupo: Debates;
uso adequado do solo e Gênese do solo: Origem do importância do uso adequado organização de painéis; Resenhas e textos
demonstrar conhecimento solo; formação do do solo demonstrando Auto- avaliação; dissertativos;
sobre as práticas de solo; composição do solo; conhecimentos sobre as Elaboração de Atividades diversas;
conservação do solo; propriedades físicas, práticas de conservação do relatórios Laboratório
químicas e biológicas do solo;
solo; acidez e acidificação Identificação das causas e
dos solos. explicação dos processos de
Classificação do solo: Perfil degradação do solo, com
do solo; ênfase nos mecanismos de
Fertilidade do solo: erosão hídrica;

Amostragem de solo e tecido
vegetal; análise de solo e
tecido vegetal; interpretação
dos resultados de análise;
recomendação de calagem e
adubação; adubos e
corretivos; adubação mineral
e orgânica – compostagem e
vermicompostagem.

Identificar as causas e Nutrição de plantas: Elaboração e planejamento Atividades individuais e em grupo: Debates;
explicar os processos de Absorção de nutrientes; de procedimentos com vistas organização de painéis; Resenhas e textos
degradação do solo, com classificação dos nutrientes; à conservação e recuperação Auto- avaliação; dissertativos;
ênfase nos mecanismos de funções dos nutrientes; do potencial produtivo do Elaboração de Atividades diversas;
4º erosão hídrica deficiência e toxidez dos solo; relatórios Laboratório
nutrientes;
* Conservação e Manejo do
Solo: Erosão do solo;

121
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


SÉRIE: 2° SEMESTRE 2° COMPONENTE CURRICULAR: TOPOGRAFIA
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Dominar a técnica de Introdução ao desenho técnico: Domínio a técnica de Atividades individuais e em
escalas de desenho técnico; Instrumentos e manejo, letras e escalas de desenho técnico; grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
algarismos (Normas ABNT), Aplicação conhecimentos Auto -avaliação; dissertativos;
Aplicar conhecimentos escalas e cotas, uso do escalímetro, básicos envolvendo Elaboração de Atividades diversas;
básicos envolvendo desenho geométrico, perspectivas. cálculos de escala; relatórios Laboratório
cálculos de escala; Conceitos fundamentais; objetivos Conhecimento a inter-
Conhecer a inter-relação e importância da topografia; relação das principais
das principais unidades de influência da forma e dimensões da unidades de medidas

medidas agrárias de terra nos levantamentos agrárias de desenho técnico
desenho técnico aplicado à topográficos. Planimetria: aplicado à topografia;
topografia; Domínio a técnica de
Dominar a técnica de desenhos a partir de
desenhos a partir de levantamentos
levantamentos topográficos;
topográficos;

Conhecer técnicas de Introdução; rumo, azimute e Conhecimento técnicas de Atividades individuais e em Resenhas e textos
determinar alinhamentos, ângulo interno/conversões; determinar alinhamentos, grupo: organização de painéis; dissertativos;
medir e demarcar ângulos e medidas de distâncias: métodos e medir e demarcar ângulos e Auto -avaliação; Atividades diversas;
executar levantamentos de instrumentos; medidas de ângulos: executar levantamentos de Elaboração de Laboratório
áreas com uso de métodos e instrumentos; áreas com uso de relatórios
diastímetros; levantamento planimétrico por diastímetros;
Realizar o manuseio irradiação; cálculos e normas de Realização e manuseio
correto dos equipamentos desenho; distribuição dos erros correto dos equipamentos
4º de medição direta de angulares e lineares; cálculo de de medição direta de
distâncias e ângulos; fazer coordenadas; reconstituição de distâncias e ângulos;
medição direta de poligonais; cálculo da área; normas medição direta de
distâncias e avaliar a técnicas para desenho de plantas. distâncias, avaliação da
influência dos erros nas Altimetria: Introdução; influência dos erros nas
medições; nivelamento geométrico: simples e medições;
Desenvolver a capacidade composto; cálculos do nivelamento Desenvolvimento da
de visualização espacial geométrico. capacidade de visualização
espacial.

122
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


SÉRIE: 2º SEMESTRE: 2º COMPONENTE CURRICULAR: ZOOTECNIA GERAL
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO CARGA HORÁRIA:
AVALIAÇÃO
60h/a
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Reconhecer a importância Introdução a Zootecnia: histórico e Reconhecimento da Atividades individuais e em
da zootecnia nos aspectos importância das espécies importância da zootecnia grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
produtivos, sociais e domésticas; Terminologia utilizada nos aspectos produtivos, Auto -avaliação; dissertativos;
econômicos; para as espécies de interesse sociais e econômicos; Elaboração de Atividades diversas;
econômico; Taxonomia dos Relacionamento da relatórios Laboratório
Relacionar a zootecnia animais domésticos; Domesticação zootecnia com as outras
com as outras ciências sua e Domesticidade;. ciências; situar a zootecnia
evolução histórica, na na sua evolução histórica,
3º atividade produtiva, na atividade produtiva,
econômica e social; econômica e social;
Ccomparar a evolução e comparação e evolução e
variação das espécies variação das espécies
através dos tempos; através dos tempos;
Descrever o processo descrição do processo
evolutivo das criações; evolutivo das criações;

Conhecer os principais Introdução à anatomia geral; Conhecimento dos Atividades individuais e em Resenhas e textos
aspectos de Bioclimatologia animal; Etologia principais aspectos de grupo: organização de painéis; dissertativos;
bioclimatologia animal; animal; Ecologia aplicada à bioclimatologia animal; Auto -avaliação; Atividades diversas;
Identificar os elementos produção animal; Princípios de Identificação dos elementos Elaboração de Laboratório
climáticos e sua relação genética e métodos de climáticos e sua relação relatórios
com a produção e melhoramento; Técnicas de com a produção e
produtividade animal; reprodução; Sistemas de criação; produtividade animal;
Relacionar os sistemas Alimentos e alimentação dos Relacionamento dos

produtivos com a ecologia animais domésticos. sistemas produtivos com a
natural das espécies e ecologia natural das
raças; espécies e raças;
Identificar as relações que Identificação das relações
estão envolvidas entre os que estão envolvidas entre
animais e o local de os animais e o local de
Produção Produção

123
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTE CURRICULAR: IRRIGAÇÃO E
SÉRIE: 3° SEMESTRE: 1º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO DRENAGEM PARA A AGROPECUÁRIA
CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Caracterizar e manejar as Conceitos, importância e histórico. Caracterização e manejo Atividades individuais e em Resenhas e textos
gramíneas e leguminosas Relação água-solo-planta. Fontes das gramíneas e grupo: organização de painéis; dissertativos;
anuais e perenes, hibernais de suprimento de água. Captação e leguminosas anuais e Auto -avaliação; Atividades diversas;
e estivais. Conservação e aproveitamento da água. perenes, hibernais e Elaboração de Laboratório
forragem; Hidrometria. Sistemas de irrigação: estivais. Conservação e relatórios;
Dimensionamento dos sistemas; forragem; Pesquisas
Entender a relação solo, diferentes sistemas de irrigação. Entendimento da relação
1º água e plantas. Qualidades Drenagem: conceito e importância; solo, água e plantas.
da água para a irrigação, tipos de drenos; dimensionamento Qualidades da água para a
medição, captação e de drenos. irrigação. Medição,
condução da água para Forrageiras anuais e perenes de captação e condução da
irrigação; outono/inverno: produção animal água para irrigação;
baseada em pastagens;
.

Realizar métodos de Instalação, utilização e manejo de Realização de métodos de Atividades individuais e em Resenhas e textos
irrigação: superficial, pastagens; forrageiras cultivadas; irrigação: superficial, grupo: organização de painéis; dissertativos;
aspersão e localizada; conservação de forragens.. aspersão e localizada; Tipos Auto -avaliação; Atividades diversas;
Tipos e métodos de e métodos de drenagem; Elaboração de Laboratório
2º drenagem; Compreensão de drenagem relatórios;
Compreender a drenagem dos solos agrícolas: Pesquisas
dos solos agrícolas: conceito, importância e
conceito, importância e histórico.
histórico

124
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


SEMESTRE: 1º COMPONENTE CURRICULAR: AVICULTURA
SÉRIE: 3º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 80H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Origem e evolução da avicultura. Conhecer avicultura Atividades individuais e em Debates;
Importância econômica e social da industrial. Estudar Raças grupo: organização de painés; Resenhas e textos
avicultura. Situação atual e de aves e suas origens. Auto -avaliação; dissertativos;
perspectivas do mercado avícola. Avicultura orgânica. Elaboração de Atividades diversas;
Noções de anatomia e fisiologia Instalações e equipamentos relatórios Laboratório

dos sistemas que compõe a para avicultura. Manejar de
estrutura da ave. Instalações e frangos de corte.
sistema de criações (galpões,
gaiolas, campo). Equipamentos nos
diferentes sistemas de criação. .
Manejo das aves: poedeiras e Manejo de galinhas Atividades individuais e em Debates;
frango de corte. Nutrição: poedeiras. Manejo de grupo: organização de painés; Resenhas e textos
exigências nutricionais para frango matrizes para corte e Auto -avaliação; dissertativos;
2º de corte e poedeiras. Reprodução postura. Manejo de Elaboração de Atividades diversas;
das espécies de criação. Custos de incubatório de aves. relatórios Laboratório
produção nos diferentes sistemas Manejo sanitário da
criação.

125
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


SÉRIE: 3° SEMESTRE: 1º COMPONENTE CURRICULAR: SUINOCULTURA
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
-Identificar fases da O suíno e sua importância: Identificação das fases da Atividades individuais e em
criação: pré- inicial inicial, Introdução, origem, função social e criação: pré- inicial inicial, grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
inicial pós desmame, econômica, condições essenciais. inicial pós desmame, recria Auto - avaliação; dissertativos;
recria ou crescimento e Tipos de raças de suínos: escolha ou crescimento e Elaboração de Atividades diversas;
acabamento; do tipo a criar; características das acabamento; Realização relatórios Laboratório
-Realizar abate dos raças; principais raças criadas no abate dos animais;
animais, reprodução de Brasil. Sistemas de criação. Reprodução de suínos;
suínos, manejo nutricional; Instalação, equipamentos, manejo. Manejo nutricional;
1º Alimentação: formação de ração;
manejo alimentar e tipos de
alimentos. Anatomia: Sistema
respiratório, circulatório e urinário.
Reprodução: manejo do macho e
da fêmea; aparelho reprodutor
masculino e feminino; manejo
antes, durante e após o parto;
inseminação artificial;
-Identificar controle de Manejo com o recém-nascido; Identificação controle de Atividades individuais e em Resenhas e textos
parasitos internos e manejo na recria e terminação; parasitos internos e grupo: organização de painéis; dissertativos;
externos. Controle escolha dos reprodutores. Custo de externos. Controle Auto - avaliação; Atividades diversas;

profilático e tratamento produção do suíno. profilático e tratamento das Elaboração de Laboratório
das principais doenças de principais doenças de relatórios
suínos. suínos.

126
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


SÉRIE: 3° SEMESTRE: 1º COMPONENTE CURRICULAR: SILVICULTURA
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 60h/a AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer conceito de Introdução: Importância Conhecimento de Atividades individuais e em
silvicultura; econômica da silvicultura; silvicultura; grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
importância social, ambiental e Distinção e caracterização Auto -avaliação; dissertativos;
Distinguir e caracterizar econômica da silvicultura. de diferentes essências Elaboração de Atividades diversas;
diferentes essências Planejamento e implantação de florestais nativas e relatórios Laboratório
florestais nativas; viveiros florestais: importância de reconhecimento das
Reconhecer a importância um viveiro florestal; tipos de mesmas no aspecto
das mesmas no aspecto viveiro florestal; escolha do local; econômico e
econômico e materiais necessários; conservacionista;
conservacionista; equipamentos necessários; Identificação de
instalações. Coleta de sementes:
época de coleta de semente;
1º seleção de plantas matrizes;
procedimentos de coleta.
Beneficiamento de sementes:
Importância do beneficiamento de
sementes; cuidados no
beneficiamento; quebra de
dormência; especificidade de
algumas espécies. * Propagação de
espécies florestais nativas e
exóticas: Conceito e importância;
partes reprodutivas das planas;
tipos de propagação; fatores que
afetam a propagação.
Identificar Técnicas Implantação de florestas plantadas: Técnicas florestais das Atividades individuais e em Resenhas e textos
florestais das principais Espaçamento; preparo de covas; principais culturas grupo: organização de painéis; dissertativos;
culturas florestais da plantio. Tratos culturais: florestais da região; Auto -avaliação; Atividades diversas;

região; Adubação e calagem; Manejo florestas Elaboração de relatórios Laboratório
Manejar florestas cultivadas.
cultivadas.

127
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTE CURRICULAR: MECANIZAÇÃO
SÉRIE: 1° SEMESTRE: 1º AGRÍCOLA PARA A AGROPECUÁRIA
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer as operações e Descrição dos tratores agrícolas. Conhecimento das Atividades individuais e em Debates;
diferenças entre maquinas, Identificação das principais partes operações e diferenças grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
implementos das máquinas e componentes das máquinas e entre maquinas, Auto -avaliação; dissertativos;
e equipamentos; implementos agrícolas. Operação implementos das máquinas Elaboração de relatórios Atividades diversas;
Identificar os mecanizava: Semeadura; tratos e equipamentos; Laboratório
equipamentos adequados a culturais mecânicos; adubação Identificação dos
cada prática proposta, na mecânica; colheita mecanizada. equipamentos adequados a
transformação dos terrenos Práticas com conjuntos cada prática proposta, na
e condução dos cultivos; motomecanizáveis agrícolas. transformação dos terrenos
Conhecer a respeito de e condução dos cultivos;
motores e máquinas Conhecimento a respeito
agrícolas; de motores e máquinas

Conhecer o agrícolas;
funcionamento, assim
como, as fontes de
potência dessas maquinas,
utilizadas na agricultura;
Escolher o implemento
mais adequado para as
diversas operações
agrícolas;
Regular e operar máquinas
e implementos agrícolas
corretamente.
Conhecer a respeito de Manutenção e regulagem de Conhecimento o Atividades individuais e em Debates;
motores e máquinas máquinas e equipamentos funcionamento, das fontes grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
agrícolas; agrícolas. Segurança com de potência dessas Auto -avaliação; dissertativos;
Conhecer o máquinas e equipamentos maquinas, utilizadas na Elaboração de relatórios Atividades diversas;
funcionamento, assim agrícolas: Uso/cuidados; agricultura; Laboratório

como, as fontes de equipamentos de segurança Escolha do implemento
potência dessas maquinas, . mais adequado para as
utilizadas na agricultura; diversas operações
Escolher o implemento agrícolas; operar máquinas
mais adequado para as e implementos agrícolas
128
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

diversas operações corretamente, observando


agrícolas; Regular e operar todos os cuidados para fins
máquinas e implementos de segurança.
agrícolas corretamente.

129
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA

SÉRIE: 3º SEMESTRE: 1º COMPONENTES CURRICULARES: FRUTICULTURA


ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Analisar os fatores que Introdução à fruticultura: Análise dos fatores que Atividades individuais e em
influenciam a produção de Importância social e econômica; influenciam a produção de grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
frutíferas, com ênfase nas situação atual da Fruticultura; frutíferas, com ênfase nas dissertativos;
fruteiras tropicais de perspectivas da fruticultura; fruteiras tropicais de Auto -avaliação; Atividades diversas;
importância econômica; principais regiões produtoras do importância econômica, Laboratório
Estado, País e mundo. * destacando-se os diferentes Elaboração de
Planejamento e implantação de sistemas de produção relatórios
pomares: Condições e (convencional, produção
1º dafoclimáticas; elaboração do integrada de frutas e
projeto; classificação dos pomares; orgânico), a fisiologia da
adubação orgânica e mineral; produção, o controle do
formas de tutoramento; plantio. florescimento e da
Viveiros de mudas frutíferas: qualidade de frutos, a
Conceito e importância; tipos de nutrição e adubação das
viveiros; sementeiras e plantas.
embalagens; principais substratos.

Propagação de espécies frutíferas. Planejamento e Atividades individuais e em Resenhas e textos


Planejar a implantação de Conceito e importância; partes implantação de pomares; grupo: organização de painéis; dissertativos;
pomares; reprodutivas das plantas; tipos de tratos culturais; manejo de Atividades diversas;
Elaborar projetos de propagação; fatores que afetam a pragas e doenças; colheita; Auto -avaliação; Laboratório
fruticultura; propagação. Tratos culturais: rendimento e
Adubação e calagem; poda e comercialização das Elaboração de
Conhecer os diferentes limpeza; controle de plantas principais frutíferas de relatórios
2º tipos de viveiros, espontâneas; manejo e tratamento clima tropical cultivadas no
sementeiras, e fitossanitário; raleio de frutos; Estado do Rio de Janeiro:
embalagens; colheita e pós-colheita; pontos de coco, maracujá, manga,
colheita; cuidados durante a banana, citros, goiaba e
colheita; cuidados com o acerola. Elaboração de
transporte; cuidados com a Projetos de Fruticultura.
armazenagem Produção integrada
de frutíferas (PIF) .

130
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTES CURRICULARES:
SÉRIE: 3° SEMESTRE: 1º BOVINOCULTURA
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer as normas de Fundamentos da nutrição: sistema Normas de alimentação e os Atividades individuais e em Debates;
alimentação e os padrões digestivo dos ruminantes, padrões de necessidades grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
de necessidades necessidade nutricional da vaca, nutricionais das espécies Auto -avaliação; dissertativos;
nutricionais das espécies valor nutritivo dos alimentos; bovinas; técnicas de divisão Elaboração de Atividades diversas;
bovinas. alimentos concentrados e e alocamento animal dentro relatórios Laboratório
volumosos; fórmulas de rações de uma empresa rural;.

caseiras, suplementação mineral.
Alimentação da vaca leiteira: feno
e silagem. Rala para corte;
cruzamento, tipos de cruzamentos,
princípios da heterose, escolha das
raças para cruzamentos, adaptação.
Conhecer as técnicas de Desmame: tradicional, aos 90 e Estratégias alimentares Atividades individuais e em Debates;
divisão e alocamento 120 dias e alimentação artificial de para produção animal grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
animal dentro de uma bezerros, leitura dos dentes. Auto -avaliação; dissertativos;
empresa rural. Suplementação mineral; Elaboração de Atividades diversas;
alimentação, inverno/verão. relatórios Laboratório

Recomendar estratégias Novilho precoce. Engorda de
alimentares para produção bovinos em confinamento; controle
animal de qualidade e classificação de
carcaças; esquema dos cortes e de
distribuição das carnes.

131
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTES CURRICULARES:
SÉRIE: 3° SEMESTRE: 1º CAPRINOCULTURA
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer a origem e Origem e evolução da Caracterizar sistemas de Atividades individuais e em
evolução da caprinocultura. Importância criação; Orientar e realizar grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
caprinocultura; econômica e social da o manejo da criação; Auto -avaliação; dissertativos;
Conhecer a importância caprinocultura. Situação atual e Orientar para alimentar Elaboração de Atividades diversas;
econômica e social da perspectivas para a caprinocultura. adequadamente as relatórios; Laboratório
caprinocultura; Instalações e equipamentos. Raças diferentes espécies Debate
e cruzamentos; Sistema de criações: /categorias de animais
extensivo, semiextensivo e domésticos; Orientar e
intensivo. executar a preparação de
Manejo dos caprinos: fase de cria, animais para eventos como
1º recria e de reprodutores. Nutrição: exposições, leilões e
exigências nutricionais nos afins.Manejar animais nos
caprinos. sistemas de criação,
animais lactantes, em fase
de cria e/ou inicial de
crescimento, matrizes e
reprodutores. Alimentar
adequadamente diferentes
categorias de animais
utilizando conceitos
fundamentais de nutrição.
Conhecer o sistema de Reprodução: natural, artificial. Conhecer as necessidades Atividades individuais e em Resenhas e textos
criação: extensivo, Parasitas: controle de endoparasitas nutricionais de cada fase da grupo: organização de painéis; dissertativos;
semiextensivo e intensivo; e ectoparasitas. Custos de produção criação. Auto -avaliação; Atividades diversas;

na caprinocultura Elaboração de Laboratório
relatórios;
Debate

132
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA


COMPONENTE CURRICULAR: ESTÁGIO
SÉRIE: 3° SEMESTRE: 2º
ETAPA DE ENSINO: ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 180H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
TÉCNICO EM disciplina: 1. Legislação para Cadastro de empresas; Frequência;
AGROPECUÁRIA Estágio Supervisionado; Termo de Convênio; termo Avaliação do Supervisor de Vivência,
2. Termo de outorga e de Outorga; Plano de Campo; Praticidade no Campo de
aceitação de estágio atividades; Avaliação do professor Estágio; relatório final;
curricular obrigatório; 3. Frequência. orientador; auto avaliação; frequência.
Plano de Atividades de Relatório Final

Estágio;
4. Ficha de Avaliação de
Estágio;
5. Elaboração e entrega de
Relatório de Atividades do
estágio.

133
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: REDAÇÃO
SÉRIE: 1° SEMESTRE: 2° TÉCNICA
1° ANO DO ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Analisar textos técnicos/ Textos com linguagem Analise textos técnicos/ Atividades individuais e
comerciais da área Jurídica, jurídica. Textos com comerciais da área Jurídica; em grupo: organização Resenhas e textos
por meio de indicadores linguagem jurídica. Técnicas Desenvolver textos técnicos de painéis; dissertativos;
linguísticos e de indicadores de redação. aplicados à área Jurídica de Auto -avaliação; Atividades diversas;
extralinguísticos. acordo com normas e Elaboração Laboratório

Desenvolver textos técnicos convenções específicas. de relatórios
aplicados à área Jurídica de
acordo com normas e
convenções específicas;

Analisar e estabelecer as Ciência da comunicação. Pesquisar as fontes do Direito Atividades individuais e Resenhas e textos
relações entre os Aspectos gramaticais. Redação em revistas, livros, em grupo: organização dissertativos;
fundamentos e princípios técnica. Interpretação de textos jurisprudências e outros que de painéis; Atividades diversas;
gerais do Direito. jurídicos possam desenvolver novas teses Auto -avaliação; Laboratório
4º Identificar os objetivos do em matérias jurídicas. Elaboração
Direito. de relatórios
Identificar e interpretar as
ciências jurídicas.
.

134
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: INTRODUÇÃO
SÉRIE: 1° SEMESTRE: 2° AO ESTUDO DO DIREITO
1° ANO DO ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Analisar e estabelecer as Noção elementar e introdutória Analisar e estabelecer as relações Atividades individuais e em
relações entre os de Direito. Evolução histórica entre os fundamentos e grupo: organização de Resenhas e textos
fundamentos e princípios do Direito. Origem e princípios gerais do Direito. painéis; dissertativos;
gerais do Direito; Fundamento do Direito. Identificar os objetivos do Auto -avaliação; Atividades diversas;
Direito e Moral. Teoria Direito. Elaboração de Laboratório
3º Tridimensional. Fontes do Identificar e interpretar as relatórios
Direito. Ramos do Direito. ciências jurídicas.
Técnica Jurídica. Codificação. Pesquisar as fontes do
Relação Jurídica. Sujeito de
Direito e Personalidade.
Hermenêutica.
Identificar os objetivos do Integração e Aplicação do Direito em revistas, livros, Atividades individuais e em Resenhas e textos
Direito; Direito. Princípios Gerais do jurisprudências e outros que grupo: organização de dissertativos;
Identificar e interpretar as Direito. possam desenvolver novas teses painéis; Atividades diversas;

ciências jurídicas; em matérias jurídicas. Auto -avaliação; Laboratório
Elaboração de
relatórios

135
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR : ÉTICA
SÉRIE: 1° SEMESTRE: 2°
1° ANO DO ENSINO MÉDIO PROFISSIONAL
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Analisar o conhecimento Ética, moral e condição Fornecer o conhecimento teórico Atividades individuais e em
teórico sobre Ética, moral e humana. Ética e cidadania no sobre Ética, moral e condição grupo: organização de Resenhas e textos
condição humana; mundo do trabalho. O trabalho, humana. Ética e cidadania no painéis; dissertativos;
o trabalhador e as organizações mundo do trabalho. O trabalho, o Auto -avaliação; Atividades diversas;
Conhecer a importância da no mundo contemporâneo. O trabalhador e as organizações no Elaboração de Laboratório

Ética e cidadania no mundo futuro da ética e da cidadania mundo contemporâneo. O futuro relatórios
do trabalho; numa sociedade cheia de da ética e da cidadania numa
contradições. sociedade cheia de contradições.
Realidade e utopia.

Realidade e utopia. Relações Buscar Relações étnico-raciais. Atividades individuais e em Resenhas e textos
Conhecer o trabalho, o étnico-raciais. Sustentabilidade. Percalços e grupo: organização de dissertativos;
trabalhador e as Sustentabilidade. Percalços e conquistas na busca de uma painéis; Atividades diversas;
organizações no mundo conquistas na busca de uma cidadania planetária. Auto -avaliação; Laboratório
4º contemporâneo; cidadania planetária Elaboração de
relatórios
Buscar Relações étnico-
raciais;

136
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: FUNDAMENTOS
SÉRIE: 1° SEMESTRE: 2°
1° ANO DO ENSINO MÉDIO DE INFORMÁTICA
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Identificar sistemas Manter-se atualizado com Manter-se atualizado com Atividades individuais e
operacionais e aplicativos relação às novas linguagens e relação às novas linguagens e aos em grupo: organização de Resenhas e textos
úteis para as áreas jurídica, aos novos programas de novos programas de computador. painéis; dissertativos;
judiciária e de gestão; computador. Identificar Identificação sistemas Auto -avaliação; Atividades diversas;
sistemas operacionais e operacionais e aplicativos úteis Elaboração Laboratório
Identificar equipamentos e aplicativos úteis para as áreas para as áreas jurídica, judiciária e de relatórios
acessórios pertinentes a jurídica, judiciária e de gestão. de gestão.
3º atividades administrativas; Identificar equipamentos e Identificação equipamentos e
Identificar e operar sistemas acessórios pertinentes a acessórios pertinentes a
gerenciadores de banco de atividades administrativas. atividades administrativas.
dados; Identificar e operar sistemas .
por meios eletrônicos. Enviar
e-mail. Excel básico. Word
(configuração e formatação de
documentos).
Selecionar e classificar Pesquisa de documentos e Identificação e operação de Atividades individuais e Resenhas e textos
informações das áreas jurisprudência na internet. sistemas gerenciadores de banco em grupo: organização de dissertativos;
jurídica, judiciária e de Sistemas gerenciadores de de dados. Seleção e classificação painéis; Atividades diversas;
gestão por meios banco de dados. Seleção e de informações das áreas Auto -avaliação; Laboratório
eletrônicos. classificação de informações jurídica, judiciária e de gestão Elaboração
da área jurídica por meio por meios eletrônicos de relatórios

eletrônico. Armazenamento de
arquivos de diversos tipos por
meio do sistema operacional.
Programas de aplicação a partir
da avaliação das necessidades
do usuário.

137
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: FUNDAMENTOS
SÉRIE: 2° SEMESTRE: 1°
2° ANO DO ENSINO MÉDIO DA MATEMÁTICA FINANCEIRA
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Interpretar índices, taxas, Razão e Proporção. Interpretação de índices, taxas, Atividades individuais e em Debates;
porcentagens, descontos, Porcentagem. porcentagens, descontos, grupo: organização de Resenhas e textos
acréscimos, juros e Juros simples e Composto. acréscimos, juros e painéis; dissertativos;
capitalizações; Descontos capitalizações. Analise de Auto -avaliação; Atividades diversas;
Analisar os Sistemas Sistemas Financeiros; Elaboração de Laboratório
Financeiros de Amortização Elaboração de cálculos relatórios
e aplicar o mais vantajoso judiciais, trabalhistas e
em cada situação; liquidação de sentença.
Elaborar cálculos judiciais, Identificação de conceitos e
trabalhistas e liquidação de aplicação prática de índices,
1º sentença; taxas, porcentagens, juros e
Efetuar cálculos capitalizações. Cálculos
matemáticos de juros matemáticos de juros simples,
simples, juros compostos, juros compostos, capital, valor
capital, valor presente, valor presente, valor futuro, descontos
futuro, descontos e e capitalizações. Identificar os
capitalizações. Identificar os diferentes Sistemas de
diferentes Sistemas de Amortização
Amortização;

Calcular as amortizações . Calculo de amortizações Atividades individuais e em Debates;


praticadas no mercado Cálculo de amortizações; praticadas no mercado grupo: organização de Resenhas e textos
financeiro; Mercado financeiro financeiro. Selecionar, organizar, painéis; dissertativos;
Selecionar, organizar, relacionar e interpretar dados e Auto -avaliação; Atividades diversas;
relacionar e interpretar informações sobre os tipos de Elaboração de Laboratório

dados e informações sobre amortizações praticados no relatórios
os tipos de amortizações mercado financeiro para tomada
praticados no mercado de decisões.
financeiro para tomada de
decisões.

138
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: TEORIA GERAL
SÉRIE: 2° SEMESTRE: 1°
2° ANO DO ENSINO MÉDIO DO PROCESSO
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Analisar as formas Introdução. Fontes do Direito Analise das formas processuais Atividades individuais e em Resenhas e textos
processuais existentes no Processual. Formas existentes no direito processual. grupo: organização de dissertativos;
direito processual; processuais. Princípios do Identificação de estratégias e painéis; Atividades diversas;
Identificar estratégias e Direito Processual. Jurisdição.. procedimentos de atuação Auto -avaliação; Laboratório
procedimentos de atuação processual. Analise dos Elaboração de

processual; Analisar os fundamentos do direito relatórios
fundamentos do direito processual civil, penal e
processual civil, penal e administrativo.
administrativo;

Identificar as formas Poder Judiciário. Competência. Identificação das formas Atividades individuais e em Resenhas e textos
processuais existentes no Ações. Processo processuais existentes no grupo: organização de dissertativos;
universo jurídico universo jurídico. painéis; Atividades diversas;

Auto -avaliação; Laboratório
Elaboração de
relatórios

139
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: PLANEJAMENTO
SÉRIE: 2º SEMESTRE: 1°
2ºANO DO ENSINO MÉDIO OPERACIONAL
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Analisar técnicas e O conceito e importância do Analisar técnicas e processos de Atividades individuais e em
processos de Planejamento Operacional. A operacionalização dos fluxos de grupo: organização de Resenhas e textos
operacionalização dos Estratégia Operacional e os trabalho em instituições painéis; dissertativos;
fluxos de trabalho em tipos de Planejamento. O judiciárias, jurídicas e empresas Auto -avaliação; Atividades diversas;
instituições judiciárias, Planejamento Estratégico. privadas: atendimento ao Elaboração de Laboratório
jurídicas e empresas público; cumprimento das relatórios

privadas; determinações legais; expedição
de documentos; registro de
informações; arquivos de
processos e de documentos
jurídicos em geral.

Identificar a importância e Planejamento Tático e Identificar a importância e Atividades individuais e em Resenhas e textos
formas de organizar Planejamento Operacional. A formas de organizar atividades grupo: organização de dissertativos;
atividades em instituições execução e o controle em instituições judiciárias, painéis; Atividades diversas;
2º judiciárias, jurídicas e operacional. A avaliação dos jurídicas e empresas privadas, Auto -avaliação; Laboratório
empresas privadas; resultados e o Planejamento. participando de metodologias Elaboração de
operacionais e da divulgação de relatórios
normas.

140
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTES CURRICULARES:
SÉRIE: 2º SEMESTRE: 2º NOÇÕES DE ECONOMIA
1º ANO DO ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Possibilitar ao aluno o Conceitos Básicos de Possibilitar ao aluno o Atividades individuais e Debates;
entendimento básico Economia. Modos de entendimento básico dinâmica da em grupo: organização de Resenhas e textos dissertativos;
dinâmica da economia; Produção, Fatores de economia e os principais fatores painéis; Atividades diversas;

Produção, Oferta, que impactam na mesma; Auto -avaliação; Laboratório
Elaboração
de relatórios
Proporcionar ao aluno o Demanda, Equilíbrio de Proporcionar ao aluno o Atividades individuais e Debates;
conhecimento básico de Mercado, Estruturas de conhecimento básico de micro e em grupo: organização de Resenhas e textos dissertativos;
micro e Macroeconomia. Mercado, Macroeconomia, macroeconomia e como esta painéis; Atividades diversas;

produção, emprego e inflação. estrutura interfere na vida da Auto -avaliação; Laboratório
sociedade. Elaboração
de relatórios

141
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: RELAÇÕES
SÉRIE: 2° SEMESTRE: 2°
2° ANO DO ENSINO MÉDIO HUMANAS E ROTINAS DE TRABALHO
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Desenvolver técnicas de Atendimento ao cliente interno Desenvolvimento de técnicas de Atividades individuais e
atendimento ao cliente e externo em suas diversas atendimento ao cliente interno e em grupo: organização Resenhas e textos
interno e externo; modalidades: pessoal, externo. de painéis; dissertativos;
Utilizar a linguagem formal telefônico, eletrônico. Organização do ambiente de Auto -avaliação; Atividades diversas;
e precisa, com discrição, Recepção e acompanhamento trabalho, adequando-o às Elaboração Laboratório
1º preservando a imagem da ao cliente. Organização do exigências e peculiaridades da de relatórios
empresa, setor e chefia. local de trabalho. Organização instituição.
de agendas. Estratégias de Utilização da linguagem formal e
cobrança. Planejamento e precisa, com discrição,
controle de ações de rotina. preservando a imagem da
empresa, setor e chefia
Identificar as necessidades Recepção e emissão de Identificação as necessidades de Atividades individuais e Resenhas e textos
de atendimento do correspondências. Técnicas de atendimento do consumidor em em grupo: organização dissertativos;
consumidor em empresas arquivamento. Gerenciamento empresas privadas. de painéis; Atividades diversas;
2º privadas. de tempo. Marketing pessoal. Auto -avaliação; Laboratório
Elaboração
de relatórios

142
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: NOÇÕES DE
SÉRIE: 2° SÉRIE SEMESTRE: 1°
2° ANO DO ENSINO MÉDIO DIREITO
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Analisar os fundamentos e Conceito de Constituição. Analise dos fundamentos e Atividades individuais e
princípios gerais do Direito Estrutura da Constituição. princípios gerais do Direito em grupo: organização de Resenhas e textos
Constitucional; Noções de Controle de Constitucional. painéis; dissertativos;
Constitucionalidade. Direitos e Interpretação das normas Auto -avaliação; Atividades diversas;
Interpretar as normas Garantias Fundamentais. constitucionais como parâmetros Elaboração Laboratório

constitucionais como Tutela Constitucional das para a aplicação das demais de relatórios
parâmetros para a aplicação Liberdades. Direitos Sociais. normas do ordenamento
das demais normas do Organização dos Poderes. jurídico.
ordenamento jurídico Funções essenciais à justiça.
Espécies normativas.

143
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: NOÇÕES DE
SÉRIE: 2º SEMESTRE: 1°
2° ANO DO ENSINO MÉDIO DIREITO EMPRESARIAL E TRIBUTÁRIO
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Interpretar as inovações do Noções de Direito Interpretação das inovações do Atividades individuais e em Debates;
Direito Empresarial; Empresarial. Empresário. Direito Empresarial. grupo: organização de Resenhas e textos
Analisar os principais Títulos de crédito. Sociedade Analise dos principais aspectos do painés; dissertativos;
aspectos do Direito limitada. Renovação Direito Empresarial; Auto -avaliação; Atividades diversas;
Empresarial; compulsória das locações. Pesquisa das inovações do Direito Elaboração de Laboratório
Pesquisar as inovações do Cláusula de não Empresarial. relatórios
Direito Empresarial; restabelecimento. Identificação dos conceitos de
Identificar os conceitos de Transformação de Direito Empresarial.
3º Direito Empresarial sociedades. Direito do
Consumidor. Noções de
Direito Tributário. Espécies
de tributos. Competência.
Imunidade. Lançamento.
Limitação ao poder de
tributar. Isenção. Regulação
do mercado por meio dos
tributos.

144
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTES CURRICULARES: NOÇÕES DE
SÉRIE: 2º SEMESTRE: 2°
2º° ANO DO ENSINO MÉDIO DIREITO ADMINISTRATIVO
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Interpretar as inovações do Introdução. Administração Interpretação das inovações do Atividades individuais e Debates;
Direito Administrativo; Pública. Princípios. Serviços Direito Administrativo. em grupo: organização de Resenhas e textos
Analisar os principais Públicos. Atos Analise dos principais aspectos painés; dissertativos;
3º aspectos do Direito Administrativos. do Direito Administrativo; Auto -avaliação; Atividades diversas;
Administrativo; Pesquisa das inovações do Elaboração Laboratório
Pesquisar as inovações do de relatórios
Direito Administrativo.

Identificar os conceitos, Contratos administrativos. Direito Administrativo. Atividades individuais e Debates;


elementos e poderes do Licitação. Servidores Públicos. Identificação dos conceitos, em grupo: organização de Resenhas e textos
4º Estado Bens Públicos. elementos e poderes do Estado. painés; dissertativos;
Auto -avaliação; Atividades diversas;
Elaboração Laboratório
de relatórios

145
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: NOÇÕES DE
SÉRIE: 3º SEMESTRE:1°
3° ANO DO ENSINO MÉDIO DIREITO PREVIDENCIÁRIO
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Analisar métodos e O Estado e a proteção Analise de métodos e instrumentos Atividades individuais e em
instrumentos de propagação social ao trabalhador. de propagação de atos jurídicos grupo: organização de Resenhas e textos
de atos jurídicos Direito da Seguridade previdenciários, por meios painéis; dissertativos;
previdenciários; Social. Fundamentos da convencionais e por meios Auto -avaliação; Atividades diversas;
1º Previdência Social. eletrônicos. Elaboração de Laboratório
Benefícios relatórios
previdenciários. Acidente
do trabalho e doenças
ocupacionais.
Propagar atos processuais da Responsabilidade civil dos Propagação dos atos processuais da Atividades individuais e em
área previdenciária, por meios empregadores. Lei área previdenciária, por meios grupo: organização de Resenhas e textos
convencionais e por meios 8.213/91. Lei 10803/03 convencionais e por meios painéis; dissertativos;

eletrônicos. eletrônicos Auto -avaliação; Atividades diversas;
Elaboração de Laboratório
relatórios

146
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: INTRODUÇÃO
SÉRIE: 3º SEMESTRE: 1°
3° ANO DO ENSINO MÉDIO AO DIREITO CIVIL
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Analisar os diversos Sistemas Lei de Introdução ao Analise dos diversos Sistemas Atividades individuais e em
Jurídicos no Ordenamento Código Civil. Jurídicos no Ordenamento Jurídico grupo: organização de Resenhas e textos
Jurídico Mundial; Personalidade jurídica. Mundial. painéis; dissertativos;
1º Capacidade. Domicílio. Auto -avaliação; Atividades diversas;
. Tratamento legal do bem Elaboração de Laboratório
de família. Fato jurídico. relatórios
Ato e negócio jurídico.
Identificar os princípios do Responsabilidade Civil. Identificação dos princípios do Atividades individuais e em
Direito Civil; Noções de direito das Direito Civil. grupo: organização de Resenhas e textos
Obrigações. Noções de Identificação das diferenças entre painéis; dissertativos;
2º Identificar a diferença entre os Direito Contratual. Noções os sistemas jurídicos existentes Auto -avaliação; Atividades diversas;
sistemas jurídicos existentes de Direito das Coisas. Elaboração de Laboratório
Noções de Direito de relatórios
Família e Sucessões.

147
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: LESGISLAÇÃO
3° ANO DO ENSINO MÉDIO SÉRIE: 3º SEMESTRE:1°
TRABALHISTA
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Analisar os principais Normas e dispositivos legais Analise dos principais aspectos da Atividades individuais e Debates;
aspectos da aplicáveis às relações de Consolidação das Leis do em grupo: organização de Resenhas e textos
Consolidação das Leis emprego. Hierarquia dos Trabalho. painés; dissertativos;
do Trabalho; dispositivos legais. Identificação dos princípios do Auto -avaliação; Atividades diversas;
Identificar os princípios do Direito do Trabalho; Elaboração de Laboratório

Direito do Trabalho; relatórios
Distinguir os conceitos de
empregador e
empregado;
.
Identificar os institutos do Princípios do direito do Distinção entre empregador e Atividades individuais e Debates;
Direito do Trabalho; trabalho. Relação de empregado. em grupo: organização de Resenhas e textos
Identificar os documentos trabalho e relação de Identificação dos Direitos do painés; dissertativos;
ligados ao Direito do emprego. Empregado. Trabalho e documentos Auto -avaliação; Atividades diversas;
Trabalho Empregador. Procedimento ligados ao Direito do Trabalho Elaboração de Laboratório
admissional. Carteira de relatórios
trabalho e previdência social
(CTPS). Contrato individual
de trabalho. Jornada de
trabalho. Salário e
remuneração. Férias. 13º

salário. Fundo de garantia
por tempo de serviço. Aviso
prévio. Rescisão do contrato
de trabalho. Seguro
desemprego. Cálculos de
verbas Trabalhistas.
Organização e Competência
da Justiça do Trabalho. Ação
Trabalhista. Dissídio
individual. Recursos
Trabalhistas.

148
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR:
SÉRIE: 3º SEMESTRE:1°
3° ANO DO ENSINO MÉDIO INTRODUÇÃO AO DIRETO PENAL
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Interpretar os princípios de Princípios penais. Teoria do Interpretação dos princípios de Atividades individuais e em
Direito Penal. crime. Direito Penal. grupo: organização de Resenhas e textos
painés; dissertativos;

Auto -avaliação; Atividades diversas;
Elaboração de Laboratório
relatórios
Interpretar os princípios de Tipo penal. Ilicitude. Penas. Interpretação dos princípios de Atividades individuais e em Resenhas e textos
Direito Penal Ação Penal. Direito Penal. grupo: organização de dissertativos;
painés; Atividades diversas;

Auto -avaliação; Laboratório
Elaboração de
relatórios

149
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


COMPONENTE CURRICULAR: INTRODUÇÃO À
SÉRIE: 3º SEMESTRE:2°
3° ANO DO ENSINO MÉDIO PRÁTICA DE PROCESSO CIVIL E PENAL
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Interpretar diferentes tipos Sujeitos do Processo. Atos Interpretação de diferentes tipos Atividades individuais e Resenhas e textos
de ações judiciais e as Processuais. Formação, de ações judiciais e as respectivas em grupo: organização de dissertativos;
respectivas partes no suspensão e extinção do partes no processo; painéis; Atividades diversas;
processo; Processo. Processo e Auto -avaliação; Laboratório
Procedimento. Recursos. Elaboração
1º . Execução. Tutela Cautelar e de relatórios
Antecipada. Liminar. Súmula
Vinculante. Jurisprudência.
Acórdão. Revelia. Provas.
Audiência. Coisa Julgada.
Mandado de Segurança
Identificar diferentes tipos . Introdução ao Processo Penal. Identificação de diferentes tipos Atividades individuais e Resenhas e textos
de ações judiciais; Eficácia da Lei Penal. de ações judiciais e distinção das em grupo: organização de dissertativos;
Distinguir as partes no Inquérito Policial. Ação Penal. partes no processo. painéis; Atividades diversas;

processo Prova Penal. Prisão Processual. Auto -avaliação; Laboratório
Júri. Habeas Corpus. Elaboração
de relatórios

150
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM SERVIÇOS JURÍDICOS


SÉRIE: 3º SEMESTRE: 2° COMPONENTES CURRICULARES: ESTÁGIO
3° ANO DO ENSINO MÉDIO
CARGA HORÁRIA: 180H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS CONTEÚDOS PROCEDIMENTOS
PERÍODO FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS PROGRÁTICOS METODOLÓGICOS
Técnico em Serviços disciplina: 1. Legislação para Cadastro de empresas; Termo de Frequência; Vivência; praticidade no
Jurídicos Estágio Supervisionado; Convênio; termo de Outorga; Relatório Final; Campo de Estágio;
. Termo de outorga e aceitação Plano de atividades; Avaliação do supervisor Relatórios.
de estágio curricular Frequência de Campo;
obrigatório; Avaliação do Professor
3. Plano de Atividades de orientador;

Estágio; Auto avaliação;
4. Ficha de Avaliação de Relatório Final
Estágio;
5. Elaboração e entrega de
Relatório de Atividades do
estágio.

151
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


COMPONENTES CURRICULARES:
SÉRIE: 1º SEMESTRE: 2°
1º ANO DO ENSINO MÉDIO EMPREENDEDORISMO
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Entender o conceito de Empreendedorismo, o perfil Entender o conceito de Atividades individuais e
empreendedorismo; empreendedor. O conhecimento para empreendedorismo, seus em grupo: organização de Resenhas e textos
Conhecer e identificar a empreender. Inovação. Técnicas de conceitos básicos, tipologia; painéis; dissertativos;
aplicação do identificação e aproveitamento de Conhecer e identificar a Auto -avaliação; Atividades diversas;

empreendedorismo na oportunidades. Técnica de estudo de aplicação do Elaboração Laboratório
profissão; viabilidade de eventos. Plano de empreendedorismo na de relatórios
negócios para implantação de eventos profissão.

Verificar as principais Abertura de Empresas. Elementos Verificar as principais formas Atividades individuais e Resenhas e textos
formas de administração básicos de Marketing. Elementos de administração de empresas em grupo: organização de dissertativos;
de empresas de Eventos; básicos de Gestão de Pessoas. da área de eventos. Planejar a painéis; Atividades diversas;

Planejar a implementação Elementos básicos de Finanças. Básico implementação de negócios Auto -avaliação; Laboratório
de negócios relacionados à em Estrutura Organizacional. relacionados a profissão de Elaboração
Eventos. cerimonia lista. de relatórios

152
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


COMPONENTES CURRICULARES: ÉTICA
SÉRIE: 1º SEMESTRE: 2º
1º ANO DO ENSINO MÉDIO PROFISSIONAL
CARGA HORÁRIA: 40 AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS

Desenvolver e ou As origens da ética ocidental. A Códigos de ética profissional, Atividades individuais e Resenhas e textos
aprimorar habilidades, existência ética. A filosofia moral. Ética as regras e regulamentos em grupo: organização de dissertativos;
tendo em vista melhorar o profissional. Ética e corrupção. organizacionais; painéis; Atividades diversas;
desempenho pessoal e Relacionar informações pessoais com as Atualizar conhecimentos, Auto -avaliação; Laboratório
organizacional; relações interpessoais.. desenvolver e ou aprimorar Elaboração
Trabalhar em equipe e habilidades, aderir a criações de relatórios
cooperativamente, e introduzir inovações tendo
valorizando e encorajando em vista melhorar o
a autonomia e a desempenho pessoal e
contribuição de cada um; organizacional;
3º Promover a imagem da
organização, percebendo
ameaças e oportunidades que
possam afetá-la e os
procedimentos de controle
adequados a cada situação;
Trabalhar em equipe e
cooperativamente,
valorizando e encorajando a
autonomia e a contribuição de
cada um;

Reconhecer e prever Expor ideias e respeitar a opinião dos Reconhecer e prever situações Atividades individuais e Resenhas e textos
situações de risco ou outros. Trabalhar em equipe. Tomar de risco ou desrespeito à em grupo: organização de dissertativos;
desrespeito à saúde pessoal, decisões em grupo saúde pessoal, social e painéis; Atividades diversas;
4º social e ambiental e ambiental e selecionar Auto -avaliação; Laboratório
selecionar procedimentos procedimentos que possam Elaboração
que possam evitá-las. evitá-las de relatórios

153
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


COMPONENTES CURRICULARES: FUNDAMENTOS
SÉRIE: 1º SEMESTRE: 2º
1º ANO DO ENSINO MÉDIO DA INFORMÁTICA
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Analisar softwares e Uso e Gestão de Computadores e de Analise softwares e Atividades individuais e em Debates;
aplicativos pertinentes à Sistemas Operacionais aplicativos pertinentes à grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
área de Eventos; Selecionar área de ; Seleção Auto -avaliação; dissertativos;
programas de aplicação, a programas de aplicação, Elaboração de Atividades diversas;

partir da avaliação das a partir da avaliação das relatórios Laboratório
necessidades do usuário; necessidades do
usuário.

Utilizar adequadamente os Uso e Gestão de Computadores e de Utilização Atividades individuais e em Debates;


principais software e Sistemas Operacionais adequadamente os grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
aplicativos na resolução de principais software e Auto -avaliação; dissertativos;
problemas; aplicativos na resolução Elaboração de Atividades diversas;
Utilizar equipamentos, de problemas. relatórios Laboratório
acessórios e sistemas Utilização
operacionais específicos equipamentos,
para área de eventos. acessórios e sistemas

operacionais
específicos para área de
eventos.

154
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


COMPONENTE CURRICULAR: CERIMONIAL,
SÉRIE: 1º SEMESTRE: 1º
1º ANO DO ENSINO MÉDIO PROTOCOLO E ETIQUETA
CARGA HORÁRIA: 40H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Identificar Fundamentação histórica do cerimonial Avaliar a cultura da Atividades individuais e
procedimentos que e do protocolo e etiqueta; ritos e organização, identificando em grupo: organização de Resenhas e textos
permitam estabelecer. importância na formação cultural das procedimentos que permitam painéis; dissertativos;
regras básicas de civilizações. Ordem geral de estabelecer regras básicas de Auto -avaliação; Atividades diversas;
comportamento e precedência e as particularidades nos comportamento e convívio Elaboração Laboratório
convívio em eventos poderes Executivo, Legislativo e em eventos públicos ou de relatórios
3º públicos ou privados; Judiciário, níveis federal, estadual e privados. Planejamento,
Planejar, organizar o municipal. Símbolos Nacionais – forma organização de Protocolo
Protocolo Oficial e e apresentação. Normas e Oficial e Precedências.
Precedências; comportamentos. Ética no cerimonial e Reconhecimento dos
Reconhecer os no protocolo oficial. símbolos Nacionais e a
símbolos correta utilização e/ou
aplicação dos mesmos.
Nacionais e a correta Definição e origem. Normas de Conduta Planejamento da disposição Atividades individuais e Resenhas e textos
utilização e/ou e Comportamento Social. Etiqueta de mesas e lugares em em grupo: organização de dissertativos;
aplicação dos mesmos; profissional. Vestuário. Etiqueta à mesa eventos públicos e privados. painéis; Atividades diversas;
Planejar a disposição e Etiqueta estrangeira. Estruturação dos conceitos Auto -avaliação; Laboratório
de mesas e lugares em básicos de etiqueta, em Elaboração
eventos públicos e eventos públicos e privados de relatórios

privados; (formais ou informais).
Estruturar os conceitos
básicos de etiqueta, em
eventos públicos e
privados (formais ou
informais).

155
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


COMPONENTES CURRICULARES: CUSTOS E
SÉRIE: 2º SEMESTRE: 1º
2º ANO DO ENSINO MÉDIO ORÇAMENTOS PARA EVENTOS
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Supervisionar o conjunto Planejamento e controle financeiro em Supervisão o conjunto ou Atividades individuais e Resenhas e textos
ou partes dos serviços das eventos. Instrumentos de planejamento partes dos serviços das em grupo: organização de dissertativos;
empresas organizadoras de e controle financeiro. Tipos de custeio. empresas organizadoras de painéis; Atividades diversas;
eventos; eventos. Analise da relação Auto -avaliação; Laboratório
1º Analisar a relação custo/beneficio com vistas à Elaboração
custo/beneficio com vistas lucratividade de de relatórios
à lucratividade de empreendimentos.
empreendimentos;

Coordenar recursos Cálculo de custos e avaliação de Coordenar recursos Atividades individuais e Resenhas e textos
institucionais financeiros, relatórios financeiros. Desenvolvimento institucionais financeiros, em grupo: organização de dissertativos;
patrimoniais e materiais; de um modelo orçamentário. patrimoniais e materiais, painéis; Atividades diversas;
Avaliar eticamente o suprimento, cobrança, Auto -avaliação; Laboratório
desempenho segurança pessoal e Elaboração
administrativo do patrimonial, e serviços de relatórios
2º empreendimento; auxiliares e de apoio.
Analisar a gestão da Avaliação eticamente o
logística que envolve o desempenho administrativo
planejamento dos eventos. do empreendimento. Analise
a gestão da logística que
envolve o planejamento dos
eventos.

156
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


COMPONENTES CURRICULARES: ALIMENTOS
SÉRIE: 2º SEMESTRE: 1º
2º ANO DO ENSINO MÉDIO E BEBIDAS PARA EVENTOS
CARGA HORÁRIA: 80H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Identificar e aplicar Técnicas de higienização e manuseio de Identificação e aplicação de Atividades individuais e Debates;
diferentes técnicas de alimentos e bebidas. diferentes técnicas de em grupo: organização de Resenhas e textos
decoração de mesas, decoração de mesas, painéis; dissertativos;
alimentos e ambientes de alimentos e ambientes de Auto -avaliação; Atividades diversas;
acordo com cada acordo com cada finalidade. Elaboração Laboratório
finalidade; de relatórios
Programar produtos e
serviços a serem
oferecidos ao cliente e ao
participante de evento;
1º Identificar o procedimento
de mise en place na
composição de um evento;
Sintetizar e relacionar
informações com meios e
recursos humanos
disponíveis; Identificar e
avaliar consequências e
perigos dos riscos que
caracterizam o trabalho
nesta área.
Procedimento de mise en Organização de buffets, cardápios e Organização de produtos e Atividades individuais e Debates;
place na composição de serviços em recepções. serviços a serem oferecidos em grupo: organização de Resenhas e textos
um evento; Sintetizar e ao cliente e ao participante de painéis; dissertativos;
relacionar informações evento. Identificação do Auto -avaliação; Atividades diversas;
com meios e recursos procedimento de mise en Elaboração Laboratório
humanos disponíveis; place na composição de um de relatórios
Identificar e avaliar evento. Sintetização e relação

consequências e perigos de informações com meios e
dos riscos que recursos humanos
caracterizam o trabalho disponíveis. Identificação e
nesta área. avaliação de consequências e
perigos dos riscos que
caracterizam o trabalho nesta
área.
157
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


COMPONENTES CURRICULARES: ACESSIBILIDADE
SÉRIE: 2º SEMESTRE: 2º
2ºANO DO ENSINO MÉDIO EM EVENTOS
CARGA HORÁRIA:40 AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Identificar estruturas que Inclusão. Políticas inclusivas. Identificação de Atividades individuais e em
favoreçam a inclusão; Necessidades especiais. ABNT. estruturas que favoreçam grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
3º Analisar as necessidades Acessibilidade em eventos. a inclusão. Auto -avaliação; dissertativos;
que favoreçam a Elaboração de Atividades diversas;
acessibilidade aos eventos; relatórios Laboratório

Possibilitar acessibilidade ABNT. Acessibilidade em eventos. Analise dos espaços Atividades individuais e em Resenhas e textos
na realização de eventos a físicos que favoreçam a grupo: organização de painéis; dissertativos;
4º pessoas com deficiência. acessibilidade aos Auto -avaliação; Atividades diversas;
eventos. Elaboração de Laboratório
relatórios

158
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


COMPONENTES CURRICULARES: ORGANIZAÇÃO
SÉRIE: 2º SEMESTRE: 1º
2º ANO DO ENSINO MÉDIO DE EVENTOS
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Possibilitar a compreensão O planejamento e a organização de Possibilidades de Atividades individuais e em Debates;
dos fundamentos teóricos eventos. Regras de serviço. Diferenças compreensão dos grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
da organização de eventos; entre serviços, especificidades técnicas fundamentos teóricos Auto -avaliação; dissertativos;
Promover a reflexão sobre e étnicas. Etiqueta à mesa e Ordem de da organização de Elaboração de Atividades diversas;
estes temas no contexto Mets. O trato com alimentos perecíveis. eventos, promovendo a relatórios Laboratório
1º social; A Simbologia dos eventos reflexão sobre estes
Capacitar os alunos para o temas no contexto
planejamento, organização social.
e avaliação e programas
recreativos relacionados;

Estimular a criatividade, a . A relação entre conceito e imagem de Capacitação dos alunos Atividades individuais e em Debates;
cooperação e a reflexão um evento, as consequências práticas para o planejamento, grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
através das vivências e das escolhas adotadas. organização e avaliação Auto -avaliação; dissertativos;
conteúdos propostos; e programas recreativos Elaboração de Atividades diversas;
2º relacionados; Estimulo relatórios Laboratório
a criatividade, a
cooperação e a reflexão
através das vivências e
conteúdos propostos;

159
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


COMPONENTES CURRICULARES: DECORAÇÃO DE
SÉRIE: 2º SEMESTRE: 2º
2º ANO DO ENSINO MÉDIO AMBIENTES PARA EVENTOS
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Conhecer os layouts para Ambientação. Layout – arrumação. Conhecimento dos Atividades individuais e em
os espaços de eventos e as Composição do espaço. layouts para os espaços grupo: organização de Resenhas e textos
técnicas de decoração e de eventos e as técnicas painéis; dissertativos;
ornamentação. de decoração e Auto -avaliação; Atividades diversas;
ornamentação. Elaboração de Laboratório
relatórios

Conhecer os layouts para Programa de necessidades. Conhecimento dos Atividades individuais e em Resenhas e textos
os espaços de eventos e as Profissional X Cliente. Projeto final. layouts para os espaços grupo: organização de dissertativos;
técnicas de decoração e Especificações. de eventos e as técnicas painéis; Atividades diversas;
ornamentação. de decoração e Auto -avaliação; Laboratório

ornamentação. Elaboração de
relatórios

160
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


SEMESTRE: 1º COMPONENTES CURRICULARES: PLANEJAMENTO
SÉRIE: 3º
3º ANO DO ENSINO MÉDIO DE EVENTOS
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Elaborar check list; Elaborar projetos em eventos. Elaboração de check Atividades individuais e em Resenhas e textos
. list; grupo: organização de painéis; dissertativos;
1º Auto -avaliação; Atividades diversas;
Elaboração de Laboratório
relatórios
Elaborar layouts para Auxiliar no planejamento, na gestão e na Elaboração layouts para Atividades individuais e em Resenhas e textos
eventos. promoção de eventos eventos; grupo: organização de painéis; dissertativos;
2º Auto -avaliação; Atividades diversas;
Elaboração de Laboratório
relatórios

161
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


COMPONENTES CURRICULARES: MARKETING
SÉRIE: 3º SEMESTRE: 1º
3º ANO DO ENSINO MÉDIO PARA EVENTOS
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Identificar características Estudo do plano de Marketing para Identificação de Atividades individuais e em Debates;
e metodologias de pesquisa eventos: análise da necessidade do características e grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
de mercado; mercado metodologias de pesquisa Auto -avaliação; dissertativos;
Identificar e analisar as de mercado. Identificação Elaboração de Atividades diversas;
oportunidades do mercado e analise das relatórios Laboratório
de eventos; oportunidades do

Identificar e analisar os mercado de eventos.
aspectos que envolvem o Identificação e analise
mix de marketing e vendas dos aspectos que
em eventos; envolvem o mix de
marketing e vendas em
eventos.
Reconhecer, analisar e Delimitação das oportunidades; Reconhecimento analise e Atividades individuais e em Debates;
coletar informações sobre objetivos, estratégias e técnicas de coleta de informações grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
o comportamento do Merchandising. sobre o comportamento Auto -avaliação; dissertativos;
consumidor no segmento do consumidor no Elaboração de Atividades diversas;
de eventos; segmento de eventos. relatórios Laboratório
Selecionar e analisar as Seleção e analise de
2º estratégias de lançamento estratégias de lançamento
de produtos e serviços em de produtos e serviços em
eventos; eventos. Identificação de
Identificar o evento como evento como potencial
potencial veículo de veículo de marketing,
marketing, com aplicação com aplicação das mídias.
das mídias.

162
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA
PRÓ-REITORIA DE ENSINO - PROEN
CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS BASE NACIONAL COMUM E BASE TÉCNICA

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO ANUAL DO CURSO TÉCNICO EM EVENTOS


COMPONENTES CURRICULARES: TÉCNICAS DE
SÉRIE: 3º SEMESTRE: 1º
3º ANO ENSINO MÉDIO NEGOCIAÇÃO PARA EVENTOS
CARGA HORÁRIA: 60H AVALIAÇÃO
APRENDIZAGENS PROCEDIMENTOS
PERÍODO CONTEÚDOS BÁSICOS FORMA INSTRUMENTOS
BÁSICAS METODOLÓGICOS
Elaborar plano de Compreender o perfil do Ter noções de como Atividades individuais e em
negócios; negociador de eventos e as elaborar plano de negócios; grupo: organização de painéis; Resenhas e textos
Utilizar as técnicas de estratégias para empreender no Utilização das técnicas de Auto -avaliação; dissertativos;
1º negociação para gerar setor de eventos. negociação para gerar Elaboração de Atividades diversas;
emprego; emprego; relatórios Laboratório

Identificar os principais Compreender o perfil do Identificação dos principais Atividades individuais e em Resenhas e textos
elementos que negociador de eventos e as elementos que constituem o grupo: organização de painéis; dissertativos;
constituem o mercado estratégias para empreender no mercado de eventos e como Auto -avaliação; Atividades diversas;
2º de eventos; setor de eventos. poderão ser aplicado aos Elaboração de Laboratório
Conhecer as eventos; Conhecimento das relatórios
tendências dos eventos tendências dos eventos no
no Brasil. Brasil.

163
GOVERNO DO ESTADO DO MARANHÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO - SECTI
INSTITUTO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO – IEMA