Você está na página 1de 4

INSTITUTO MÉDIO DE INFORMÁTICA E GESTÃO

1º Semestre de ano 2020


Especialidade: Electricidade Industrial (SE2/SE3 )
Disciplina: Maquinas Eléctricas Formador: João Carlos Cumbane

Geradores de Excitação em Paralelo

Rendimento e perdas nos Motores CC


1.0 Perdas do Motor/Gerador
1.0 Perdas no Cobre
 Na armadura
 No campo
2.0 Perdas no Ferro
 Por histerese
 Por correntes parasitas (corrente de Foucault)
3.0 Perdas no Mecânicas (atrito e ventilação)
4.0 Perdas nas escovas essa tensão varia de 1,5-2,5V
5.0 Perdas suplementares – 1% da potência nominal do motor.

2.0 Cálculo de potência e seu rendimento


a) Potência eléctrica (Entrada “Motor” de saída “Gerador ”)

b) Potência eléctrica entregue ao rotor

c) Potência mecânica (Entrada/saída)

d) Rendimento da máquina

Tipo de ensaio Em Vazio Rotor Bloqueado


Descrição Usado para determinar as perdas rotacionais do motor Usado para determinar a resistência da armadura
Formulas

Formador: Joca Modalidade Ensino a Distância IMIG /2020


“A sabedoria não consiste em saber muito, mas o necessário “
1
EXERCICIO EXEMPLO 1.0

Formador: Joca Modalidade Ensino a Distância IMIG /2020


“A sabedoria não consiste em saber muito, mas o necessário “
2
3.0 Auto-excitação do gerador paralelo (Derivação ou Shunt)

3.1 O processo de auto-excitação

A tensão de operação a vazio é obtida resolvendo o sistema: ou

3.2 Motivos que impedem a auto-excitação do gerador shunt


Ausência de magnetismo residual (Eares = 0);
Circuito de campo aberto (If = 0);
Circuito de armadura aberto ou mau contacto entre as escovas ( Vesc = Eares)
Resistência de campo (Rf ) maior que o valor crítico (Rfcr´itico)

A velocidade de rotação do gerador shunt também pode


influenciar sua auto-excitação. A figura abaixo mostra
como a curva característica e a resistência crítica
variam com .

3.3 Característica terminal


A característica terminal do gerador shunt é influenciada pela a tensão de terminal que é a própria mesma tensão usada na
alimentação do campo.

1.0 A medida que a carga consome corrente mais corrente (IL) a corrente de armadura do gerador (Ia) também
aumenta;
2.0 O efeito da REAÇÃO da ARMADURA e a queda de tensão em RaIa reduzem a tensão terminal Vt do gerador;
3.0 A diminuição da tensão terminal Vt por sua vez enfraquece o fluxo da máquina devido a redução de If .

Desse modo Ea diminui devido à reacção da armadura e devido à diminuição de If .

Formador: Joca Modalidade Ensino a Distância IMIG /2020


“A sabedoria não consiste em saber muito, mas o necessário “
3
ENTREGA DOS EXERCÍCIOS
ATÉ DIA 22/05/2020 POR
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO (ENTREGA ATÉ DIA 22/05/2020) WHATSAPP DO FORMADOR

EX1:

Um motor de corrente continua de aplicação geral de excitação paralela tem na chapa característica os seguintes dados:

Pn=40kW Un=440V =450rpm =92,5%

a) Determine o valor da resistência adicional para limitar sua velocidade a 350rpm.


b) Introduzindo um regulador de tensão qual seria o valor da tensão aplica para segura a mesma velocidade da alínea a.

EX2

Um motor série, com uma resistência do induzido de ra=0,2Ω e com uma resistência do indutor série de rf=0,1Ω encontra-se alimentado
sob uma tensão constante de 220V. A reacção do induzido é desprezável e o circuito magnético não se encontra saturado. À velocidade de
1000 rpm consome uma corrente de 50A.
a) Qual o binário electromagnético desenvolvido?
b) Qual será a velocidade desta máquina N2 se a corrente consumida passar para metade (I2=25A)?
c) Na situação da alínea b) determine qual o novo valor do binário desenvolvido.

EX3

Explique o processo de Arranque reostático do motor de excitação derivação.

Formador: Joca Modalidade Ensino a Distância IMIG /2020


“A sabedoria não consiste em saber muito, mas o necessário “
4