Você está na página 1de 24

nº 8

2º semestre 2005

Academia Sul-Americana de Medicina Integrada


Sumário Editorial
Encontro de Medicina Integrada Caros leitores,
Conceitos e terapias
buscam a cura do ser .. . . . . . . . . . p. 3 Com grande satisfação, apresentamos mais uma edição
da revista da Academia Sul-Americana de Medicina Integrada
Curso de Medicina Integrada (Asami), que vem cumprindo seu papel de servir como um
Segunda turma recebe espaço para a publicação de artigos e matérias sobre terapias,
certificado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . p. 7 estudos e eventos voltados à ‘medicina do ser’. Cada dia mais
profissionais da área da saúde, movidos pelo sentimento
Entrevista de impotência diante das limitações de alguns tratamentos
Dissidente da AIDS tradicionais, buscam novos caminhos para tratar o ser humano
não acredita no HIV . . . . . . . . . . . . p. 9 como um todo. Essa procura pôde ser bem observada durante
o 7.º Encontro Brasileiro e 4.º Encontro Internacional de
Metástase pulmonar de câncer Medicina Integrada, grande destaque das atividades da
de endométrio: Asami no ano de 2005, que registrou o maior número de
Caso clínico de tratamento inscritos até hoje. O evento reuniu especialistas de diferentes
não-convencional . . . . . . . . . . . . . . p. 13 áreas, mas com um objetivo em comum: analisar cada paciente
sob a perspectiva de um ser biopsicossocial e trabalhar em
Carne processada conjunto para atuar nas causas da doença e não apenas
Risco de câncer de pâncreas . . . . p. 13 direcionar esforços à sintomatologia do problema.
Estamos vivendo em um mundo cada dia mais tóxico e,
Natureza psíquica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . p. 14 infelizmente, muitos tratamentos médicos utilizados atualmente
Tratamento da dor não têm obtido êxito em reduzir as conseqüências dessa
Terapia por ondas sonoras de exposição. Além disso, apesar dos avanços técnológicos na área
médica e da criação de inúmeros medicamentos, a incidência
baixa freqüência intra-som . . . . . p. 16
de doenças crônicas e degenerativas não pára de crescer, o que
Roberto Giraldo recebe prêmio demonstra a ineficiência de uma medicina voltada apenas à
Esculápio de 2004 . . . . . . . . . . . . p. 18 doença. É possível reverter este quadro com o uso de terapias
naturais, com recursos da medicina nutricional e com um
resgate dos ensinamentos de Hipócrates e Samuel Hahnemann,
Dieta vegetariana
criador da homeopatia, que buscavam o equilíbrio do corpo, sem
Maior risco de hipospadia . . . . . . p. 19 impedir as reações à doença, estimulando a ação da natureza e a
Dr. Rath clama pelo capacidade nata de autocura presente em todos os indivíduos.
controle público da saúde . . . . p. 20 A Academia Sul-Americana de Medicina Integrada trabalha
para a disseminação desses conhecimentos e para auxiliar na
Classificação das diáteses formação de profissionais aptos a cuidar da saúde a partir de
e a ação da oligoterapia . . . . . . . p .22 uma visão multidimensionada do ser. Boa leitura!

Inscrição
Asami . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . p. 23

Academia Sul-Americana de Medicina Integrada

Expediente
Direção Jornalista E-mail:
Dr. Roberto Cesar Leite Responsável corpomente@avalon. sul.com.br
Yannik D’Elboux
Departamento MTB 36.512 A Revista da Academia Sul-Americana de Medicina Integrada é
Comercial publicada pela Editora Corpo Mente.
Marcia Rosa Pereira Textos e A Revista da Academia Sul-Americana de Medicina Integrada não
(41) 3019-2966 Revisão Geral se responsabiliza por conceitos emitidos nos artigos assinados.
Yannik D’Elboux
Editoração 2.º Semestre 2005
Editora Corpo Mente Fotos
Divulgação Endereço:
Projeto Gráfico, Capa Rua Senador Xavier da Silva, 39
e Diagramação Informações Alto São Francisco, Curitiba/PR
Michelle Aguiar Tel/Fax: (41) 3019-2966 CEP 80530-060
Encontro de Medicina Integrada
é o grande destaque de 2005

O evento teve mais de 20 palestras e aconteceu na sede do Unicenp em Curitiba

O sistema médico é responsá- todo e não apenas da doença, Orozco Cuéllar, docente da
vel pela terceira maior causa de foram o enfoque principal do En- Fundação de Estudos Médicos
morte nos Estados Unidos e na In- contro de Medicina Integrada. Homeopáticos do Paraná, que
glaterra, ficando atrás apenas das Durante os dois dias do en- falou sobre as ‘Contribuições da
doenças cardíacas e do câncer. Na contro, foram proferidas mais de Homeopatia para a Clínica da
Austrália, drogas e erros médicos 20 palestras com especialistas Medicina Integrada’. O especia-
matam um em cada cinco habi- de diferentes estados brasileiros. lista destacou a característica
tantes. Esses dados alarmantes Além disso, o evento teve como da homeopatia de analisar o
foram apresentados pelo presi- convidado o infectologista Rober- paciente em sua totalidade e
dente da Academia Sul-America- to Giraldo, do New York Presbyterian administrar medicamentos, em
na de Medicina Integrada (Asami), Hospital, Weill Cornell Medical doses mínimas, que atuam nes-
Roberto Cesar Leite, durante o 7º Center, Nova York, nos Estados se conjunto. “O organismo tem
Encontro Brasileiro e 4º Encontro Unidos, que ministrou as palestras uma tendência natural à saúde”,
Internacional de Medicina Inte- ‘Mitos, Realidades e Desafios das enfatizou Cuéllar, explicando que
grada. O evento, realizado nos dias Causas e Soluções da AIDS’ e ‘Uma a homeopatia age no estímulo
16 e 17 de abril em parceria com Alternativa não Tóxica, Efetiva e dessa capacidade humana. O
o Centro Universitário Positivo Econômica para o Tratamento e homeopata também abordou a
(Unicenp) – sede do evento – em Prevenção da AIDS’. Giraldo tam- necessidade de estabelecer uma
Curitiba, no Paraná, foi uma das bém participou de uma mesa re- ponte entre as medicinas para
principais atividades promovidas donda para responder as dúvidas que os profissionais identifiquem
pela Asami neste ano de 2005. O dos médicos sobre o tema. Segun- os pontos comuns ao invés de
encontro acontece anualmente do o especialista, o vírus HIV não tratar separadamente cada parte
com a proposta de ampliar os co- passa de um grande equívoco da do doente. Na seqüência, o mé-
nhecimentos dos profissionais de medicina e a AIDS é uma doença dico e acupunturista Paulo Cesar
saúde sobre essa nova medicina, tóxica e nutricional, que não pode da Silva Maciel proferiu a palestra
que por meio da integralidade ser transmitida sexualmente (leia ‘Os Planos Dimensionais do Ser
e interdisciplinariedade busca mais na entrevista da página 9). e suas Terapias Específicas’, em
o bem-estar do ser humano em A programação do encontro que explicou as cinco principais
todos os aspectos, físico, mental, iniciou com o médico John Ossman dimensões do ser humano, física,
emocional e espiritual.
FOTO: ALISSON ACOSTA

Os números apresentados na
abertura do evento legitimaram
o alerta do presidente da Asami,
que afirmou que o sistema de
saúde atual é, na verdade, um
sistema de doença, voltado quase
exclusivamente para a adminis-
tração de medicamentos, levando
em conta apenas os sintomas das
enfermidades em detrimento de
uma análise multidimensionada
do indivíduo. Conceitos e terapias
capazes de modificar esse quadro,
atuando na origem do problema
e voltados à cura do ser como um Palestra realizada durante o encontro no auditório do Unicenp, em Curitiba-PR

Notícias Academia Sul-Americana de Medicina Integrada 3


FOTO: ALISSON ACOSTA
energética, emocional, mental
e espiritual, e como as enfermi-
dades se manifestam e podem
ser tratadas em cada um desses
planos. “Antes de entendermos
o princípio curador precisamos
compreender o mecanismo gera-
dor de doenças”, ressaltou.
O presidente da Asami, Rober-
to Cesar Leite, nutrológo e doutor
em Naturopatia e Nutrição, falou
sobre ‘Vitaminas, Minerais e An-
tioxidantes em Câncer’. Segundo
o especialista, a saúde nutricional
é fundamental para evitar as neo-
plasias e se inicia antes mesmo do
nascimento, a partir do estado nutri- Dr. Roberto Cesar Leite, presidente da Asami, falou sobre nutrição e câncer
cional dos pais. “Sem os nutrientes
necessários, ocorrem alterações empregada para tratar uma série O médico mineiro Adjar Men-
genéticas que podem levar a de enfermidades, como diarréia, des, nutrólogo, pediatra e presiden-
uma maior propensão ao câncer”, vômito, eczema, depressão e até te do Departamento de Tanatologia
ressaltou. Leite destacou que a distúrbios psiquiátricos. “A talas- da Associação Médica de Minas
Organização Mundial de Saúde soterapia é útil para qualquer Gerais, falou sobre ‘Recursos de
reconhece que 70 a 90% dos tratamento que necessite limpar Medicina Nutricional em AIDS’. O
tumores têm causas nutricionais o meio extracelular”, ressaltou. A especialista fez uma explanação
e ambientais, mas apesar disso a farmacêutica-bioquímica Leila sobre a relação entre alimentação
medicina não vem atacando essas Terezinha Maranho ministrou a e a capacidade imunológica do
áreas e a mortalidade por câncer palestra ‘Fitofármacos’ e abor- paciente e descreveu como deve
aumentou 50% desde 1990. O mé- dou a necessidade de uma ser o tratamento com base na
dico afirmou que é preciso corrigir maior regularização desses pro- medicina nutricional em cada fase
as carências nutricionais para agir dutos para evitar o uso indiscri- da doença. “Uma imunonutrição
na prevenção da doença por meio minado das substâncias. “Existe orientada pode evitar ou retardar
do fortalecimento do sistema imu- a falsa idéia de que remédios a perda de tecido muscular, aspec-
nológico. Leite também explicou naturais não possuem efeitos co- to fundamental para o paciente
que essa conduta é muito impor- laterais. Esses medicamentos tam- continuar integrado à sociedade,
tante durante o tratamento para bém podem ter reações adversas e ajuda a maximizar os resultados
minimizar os efeitos colaterais da e não são inofensivos”, justificou. do tratamento”, enfatizou. ‘A Práti-
quimioterapia e radioterapia. Leila explicou que, diferentemen- ca da Desintoxicação na Medicina
A ‘Talassoterapia’ – terapia te dos fitoterápicos (plantas), os Ayurvédica e sua Importância nas
que tem como base a água do fitofármacos são medicamentos Doenças Crônicas’ foi a palestra
mar – foi o tema da palestra do com princípios ativos isolados a proferida pelo médico Jorge
médico Marco Rogério Marcon- partir de extratos vegetais por Alves Jamili, do Rio de Janeiro. O
des, especialista em Medicina meio da aplicação de modernas especialista afirmou que o para-
Ortomolecular, Homotoxicologia tecnologias que possibilitam a doxo existente entre os avanços
e Medicina Quântica. Segundo o produção industrial. A farmacêuti- médicos e o crescimento atual
palestrante, os minerais e micro- ca-bioquímica afirmou que ainda das doenças crônicas e dege-
nutrientes presentes na água ma- existem muitas pesquisas a serem nerativas advém do excesso de
rinha produzem efeitos benéficos feitas nessa área e que das 55 mil substâncias tóxicas. “Vivemos
nos receptores celulares, promo- espécies de plantas superiores em um mundo tóxico com ali-
vendo um equilíbrio do meio brasileiras apenas 1% já foram mentos ricos em carboidratos,
líquido do organismo. Marcondes estudadas do ponto de vista quí- conservantes, metais, corantes,
explicou que a terapia pode ser mico ou farmacológico. excesso de proteínas e carência

4 2º. semestre 2005


de vitaminas, minerais e oligoe- e os dois hemisférios do cérebro, combinar a técnica, que promove
lementos”, alertou. Jamili explicou possibilitando um melhor de- uma limpeza profunda do intesti-
como a medicina ayurvédica sempenho cognitivo, sobretudo no, com uma nutrição adequada.
trabalha na desintoxicação física, para pessoas disléxicas. A médica Almeida apresentou estudos em
por meio da ingestão de água, mostrou um estudo feito em 2001 que a colonterapia obteve me-
alimentos probióticos, prebióti- com 17 estudantes, com idade lhora de 50% a 90% nos casos de
cos, frutas, vegetais e também do entre 14 e 16 anos, com dificulda- constipação, síndrome do cólon
jejum, e na desintoxicação emo- des de aprendizado, realizado nos irritável, psoríase, cefaléias, acne e
cional para reduzir o estresse e Emirados Árabes Unidos pelo ins- depressão.
recuperar o equilíbrio com exer- tituto Alpha Learning. Após cinco O presidente da Associação Ho-
cícios físicos, meditação e ioga. sessões, todos apresentaram, em meopática do Paraná, Helvo Slomp
O alto índice de mortalidade média, aumento na velocidade de Junior, falou no encontro sobre ‘A
por câncer foi o tema central da leitura de 563%, melhora na capa- Importância da Medicina Homeo-
palestra ‘Homeopatia e Câncer’, cidade de compreensão de 385%, pática na Saúde Pública’. Apesar de
proferida pela médica Ana Lúcia além de maior autoconfiança, mo- ter sido implantada em 1988 no
Discacciati Ferreira. A homeopata tivação, disciplina e performance Sistema Único de Saúde, no Brasil,
chamou a atenção dos palestran- escolar. o médico acredita que é preciso
tes para as taxas de sobrevida da ‘Disbiose e Síndrome de So- disseminar ainda mais a homeo-
doença que aumentaram apenas frimento das Mucosas’ foi o tema patia entre a população e garantir
de 50% para 64% entre 1974 e abordado pela médica Liane Be- o acesso aos medicamentos ho-
2000, apesar dos avanços médi- ringhs, especialista em Naturopa- meopáticos, que representam uma
cos, e para o crescimento no nú- tia e Iridologia, do Distrito Federal. significativa redução de custos.
mero de casos.“A mortalidade por A palestrante destacou que entre Helvo Junior abordou a necessida-
câncer não apresenta queda, o as causas do problema estão o de de promover novos protocolos
que mostra a necessidade de uma atual estilo de vida, dieta inade- para a pesquisa homeopática e de
nova abordagem”, destacou. Ana quada com pequena quantidade se instalar o mais breve possível
Lúcia afirmou que a homeopatia de fibras e alimentos com baixo uma política nacional (em trâmite
pode ser usada como método de teor nutritivo, excesso de estresse no Conselho Nacional de Saúde)
prevenção primária; por exemplo físico e emocional, uso indiscrimi- para estimular o atendimento
em casos de histórico familiar, se- nado de medicamentos, poluição, nessa área. O ‘Mecanismo de Ação
cundária; para evitar recidivas da alergias alimentares, entre outros dos Remédios Homeopáticos’ foi
doença, e também como forma fatores. Liane afirmou que com o tema da palestra proferida pelo
de tratamento do câncer; visando equilíbrio nutricional e ingestão farmacêutico-bioquímico Javier
estabilização do quadro ou a cura, de probióticos, como os lacto- Salvador Gamarra Junior, profes-
como um paliativo para amenizar bacilos – entre outras medidas sor do Unicenp. Gamarra explicou
a dor, inquietude, medo da morte – é possível reconstituir uma flora como funciona o princípio da
e também para atenuar efeitos saudável. A colonterapia, outra similitude, a base da homeopatia,
colaterais da quimioterapia e alternativa para esse problema e e as hipóteses possíveis sobre a
radioterapia. A médica também que ajuda a recuperar o bom fun- ação dos medicamentos, já que o
proferiu outra palestra, no se- cionamento do intestino – o mais mecanismo completo ainda não
gundo dia do encontro, sobre importante órgão imunológico foi decifrado pela ciência médica.
uma nova terapia chamada de do organismo – também foi abor- Os princípios da ‘Psiconeuroi-
balanceamento cerebral, com o dada em duas palestras: ‘O Uso da munologia’ foram enfocados na
tema ‘Deficiências Cognitivas em Colonterapia no Tratamento da palestra ministrada pelo médico
Crianças – Abordagem Integrati- Disbiose Intestinal Crônica’, com Rubens Cascapera Junior, de São
va’. Segundo Ana Lúcia, por meio o biomédico Carlos Miguel Naldi, Paulo. O hipnólogo e especialista
de um equipamento composto de São Paulo, e ‘Os Resultados em em Programação Neurolinguística
de eletroencefalograma e um Doenças Crônicas com a Desinto- fez uma explanação sobre como a
dispositivo elétrico-acústico, que xicação com Colonterapia’, proferi- psique, o cérebro e o sistema imu-
emite freqüências de som e luz, da pelo médico Tiago Almeida, do nológico estão ligados e como os
é possível reequilibrar as ondas Rio de Janeiro. Os dois especialis- desequilíbrios em cada uma des-
cerebrais beta, alfa, teta e delta tas ressaltaram a importância de sas esferas interferem na saúde

Notícias Academia Sul-Americana de Medicina Integrada 5


plástica de face e liposaspiração,
a hidrozonoterapia se mostrou
eficaz na redução do crescimento
bacteriano, na diminuição dos he-
matomas devido ao aumento do
fluxo sanguíneo e na aceleração
do processo de cicatrização. Os
outros dois palestrantes fizeram
um histórico da utilização da
ozonioterapia no mundo, falaram
sobre os efeitos da terapia, que
tem poder germicida, funciona
como modulador imunológico e
Palestra: ‘Passado, presente e futuro da Ozonioterapia’, com o Dr. Edson de Cezar de Philippi regulador do estresse oxidativo,
entre outros, e sobre o desafio de
do indivíduo. O tema ‘Fitoterapia co Rogério Saad Vaz, professor regulamentar a prática no Brasil.
Aplicada à Esclerose Múltipla’ foi do Unicenp, proferiu a palestra Um passo importante nesse sen-
apresentado pelo médico Luis ‘Variações de Níveis de Citocina tido foi dado durante o encon-
Carlos Leme Franco, coordenador em Pacientes Terminais Obser- tro com o início do trabalho de
do curso de fitoterapia do Centro vando a Experiência no Hospital criação da Sociedade Brasileira
Brasileiro de Saúde Holística, em John Hopkins – EUA’. Vaz mostrou de Tecnologia em Ozônio, coor-
Santa Catarina. Entre os recursos como uma técnica chamada de denado pelo médico Glacus Brito,
da fitoterapia para retardar as Mindfulness-Based Stress Reduction que tem como objetivo formular
conseqüências da doença, Franco (MBSR), que utiliza música, religião, um consenso de indicações te-
abordou a utilização dos ácidos pintura, meditação, ioga e outras rapêuticas e protocolos clínicos
graxos não saturados essenciais, práticas, contribui para o aumento para a ozonioterapia, com base
como o ácido linoleico, oleico e li- das citocinas, responsáveis pela no conhecimento internacional e
nólico, que estimulam a produção imunidade natural do organismo, na experiência dos médicos brasi-
de mielina. e conseqüentemente produz uma leiros que já utilizam a técnica há
O médico biomolecular Francis- melhora nos casos de câncer, dor vários anos.
co Humberto de Freitas Azevedo, crônica, ansiedade, psoriáse, hiper- Durante o encontro, também
de Minas Gerais, falou a respeito tensão e estresse. foi aberto um espaço para a apre-
do ‘Uso do Hormônio do Cresci- A ozonioterapia também sentação do trabalho científico
mento em Clínica Médica’. Segun- teve destaque especial durante ‘Influência de Estímulo Sonoro
do o especialista, a utilização do o encontro e foi o tema central sobre a Função de Macrófagos
HGH, como é conhecido esse hor- de três palestras: ‘Hidrozonote- Avaliada pela Capacidade Fago-
mônio, a partir dos 40 ou 50 anos rapia em Cirurgia Plástica’; com citária e Metabolismo Oxidativo’,
de idade, quando o organismo o cirurgião João Magalhães, do apresentado pelas alunas Cláudia
começa a apresentar uma queda Rio de Janeiro, que desenvolve Yrlanda Siomn e Helena de Souza
dessa substância, produz resulta- trabalhos com o cirurgião plás- Malnati, do Laboratório de Imuno-
dos surpreendentes. “A reposição tico Ivo Pitanguy; ‘Passado, Pre- logia da Faculdade de Medicina
do HGH é capaz de retardar e sente e Futuro da Ozonioterapia’, da Universidade de Brasília, no
reverter o processo de envelheci- proferida pelo médico Edson de Distrito Federal. No encerramento
mento’, garante. Azevedo afirmou Cezar Philippi, de Santa Catarina, do encontro, o presidente da Asa-
que estudos em diversos países e ‘A Experiência Internacional do mi, Roberto Cesar Leite, destacou
revelam que o hormônio diminui Uso do Ozônio’; ministrada pelo a importância da integração dos
a gordura, aumenta a elasticida- médico Glacus de Brito, de São especialistas como único caminho
de da pele, reduz rugas, melhora Paulo. Em estudo clínico conduzi- para compreender o indivíduo em
função sexual e cognitiva, visão, do pelo médico João Magalhães, sua totalidade de ser biopsicosso-
ajuda a manter o colesterol bom, em casos de pós-operatório de cial e atuar da forma mais eficaz
estimula o crescimento de cabelo, abdominoplastias, colocação de possível para promover a saúde e
entre outros efeitos. O biomédi- próteses nas mamas, cirurgia o bem-estar.

6 2º. semestre 2005


Curso de Medicina Integrada forma segunda turma
A medicina convencional busca tratar a doença, as melhores formas de tratá-lo. “A compreensão do
basicamente, por meio do uso de drogas, que mui- ser humano não acaba, quem pensa que já sabe
tas vezes são excessivamente agressivas ao corpo e tudo ainda não começou a aprender”, explica. Maciel
acabam produzindo um número de efeitos colate- apreciou o caráter informativo e prático do curso
rais tão grande quanto os sintomas. As limitações e já está aplicando os conhecimentos adquiridos
dessa medicina, apesar dos avanços tecnológicos no dia-a-dia de seu consultório. Como atende pa-
e da quantidade de medicamentos disponíveis, são cientes com os mais diversos tipos de problemas e
evidentes, sobretudo quando se analisa o aumento enfermidades, a partir de uma visão integral do ser
das doenças crônicas e degenerativas. Esse é um dos humano, o médico utliza várias técnicas terapêuti-
motivos que tem levado um número cada vez maior cas e o conhecimento de novas práticas o auxilia a
de pessoas a buscar técnicas não-convencionais. oferecer as opções mais adequadas e eficazes de
Nos Estados Unidos, pesquisas realizadas em 1990 e tratamento para cada indivíduo. “Costumo dizer
em 1997 mostraram que nesse período as consultas que a melhor terapia é a que funciona para aquela
aos especialistas em medicina complementar e al- pessoa”, resume.
ternativa subiram de 400 milhões para 600 milhões Os alunos da turma de 2005, que fizeram o cur-
de visitas por ano. Ciente da necessidade de prepa- so promovido pela Asami em parceria com o Cen-
rar os profissionais para atender a essa demanda da tro Universitário Positivo (Unicenp), em Curitiba,
sociedade moderna, a Academia Sul-Americana de irão concluir o último módulo da programação em
Medicina Integrada (Asami) promove o curso de novembro deste ano.
extensão universitária em Medicina Integrada, que
formou a segunda turma no início deste ano. Os alu-
nos receberam o certificado de conclusão durante FORMANDOS DA TURMA
o 7º Encontro Brasileiro e 4º Encontro Internacional 2004
de Medicina Integrada (veja relação de formandos
ao lado). JOÃO DANIEL HOBEIKA
O curso de Medicina Integrada é pioneiro no LUIS CLÁUDIO FRONZA
Brasil e possibilita o acesso a uma série de infor-
mações e terapias voltadas à promoção da saúde
MARCOS DE LAYRTON ALVES PEREIRA
e prevenção das enfermidades. Entre os temas MARIA ISABEL ALLEGRINI
abordados estão: medicina bioxidativa, fitoterapia, MARLY PEREIRA SANTIAGO
nutrologia, colonterapia, bioressonância, medicina NILSA DOMINGA F. MONTEIRO
ayurveda, laserterapia, terapia celular, apiterapia, NORMA BIER VIEIRA
iridologia, helioterapia, terapia neural, entre outros.
Esse conteúdo é mais uma ferramenta para ajudar PAULO CESAR DA SILVA MACIEL
a preencher a lacuna deixada pelas faculdades de RICARDO ZOCOLARO NETO
medicina, que não fizeram muitas modificações na
grade curricular dos últimos anos e continuam com
o foco do aprendizado apenas na análise do aspec-
to físico das enfermidades. Nas escolas, o
corpo do ser humano ainda permanece
dissociado da mente e a importância da
nutrição praticamente não é abordada.
Para o médico Paulo Cesar da Silva
Maciel (foto), um dos formandos, o
curso de Medicina Integrada o aju-
dou na sua busca incessante para
compreender a complexidade do
ser humano e encontrar Formandos da turma 2004 e os doutores Roberto Cesar Leite e
Roberto Giraldo na entrega dos certificados

Notícias Academia Sul-Americana de Medicina Integrada 7


Aulas em 2006 começam em maio
O curso de extensão em Medicina Integrada, coordenado pelo presidente da Asami, Roberto Cesar Leite, é
voltado para profissionais da área da saúde. O programa é dividido em cinco módulos, com encontros bimes-
trais, e as aulas em 2006 começarão em maio. O curso tem 80 horas de duração e mais informações podem ser
obtidas pelo telefone (41) 3019-2966 ou pelo e-mail corpomente@avalon.sul.com.br. Veja abaixo a relação de
temas que serão abordados durante o curso.

ALGUMAS DISCIPLINAS QUE FAZEM PARTE DO CURSO DE


EXTENSÃO EM MEDICINA INTEGRADA
1º Módulo – Maio 4º Módulo – Setembro
• Medicina Bioxidativa • Bioressonância
• Microscopia de Campo Escuro • Fitoterapia
e Isopatia • Iridologia
• Nutrologia • Proloterapia
• Nutrologia
2º Módulo – Junho
• Fitoterapia 5º Módulo – Novembro
• Terapia Neural • Apiterapia
• Terapias Intravenosas • Cinesiologia Aplicada
• Hormônios Bioidênticos • Laserterapia
• Medicina Ayurveda
3º Módulo – Julho • Terapia Celular
• Oligoelementos • Atualizações em Exames Laboratoriais
• Heliotetapia
• Nutrologia * As datas de cada módulo ainda serão definidas.
A ordem das disciplinas está sujeita à alteração e
• Colonterapia outras serão incluídas na programação.

• Fitoterapia
• Medicamentos Naturais
• Hormônios Bioidênticos
• Vitaminas, sais minerais
e suplementos nutricionais

Rua Nilo Peçanha, 16 • Alto São Francisco


Curitiba - PR
Tel/Fax: (41) 3013-2941
e-mail: fbelladonna@gmail.com

8 2º. semestre 2005


ENTREVISTA
Dr. Giraldo: “AIDS não é causada por vírus”
Para a história da medicina, humana está ameaçada, não por Doenças e o Instituto Nacional de
o ano de 1984 foi marcante de- um vírus, mas pelo incremento de Saúde do governo dos Estados Uni-
vido a descoberta de um vírus agentes tóxicos e pela piora das dos decidem arbitrariamente que
chamado de HIV, que seria o res- condições de vida. O especialista a AIDS era uma doença infecciosa,
ponsável pela tão temida AIDS, também chama a atenção para a de transmissão sexual, e ninguém
a Síndrome da Imunodeficiência indústria que se criou em torno mais falou sobre a primeira possi-
Adquirida, com casos registra- da AIDS, com a produção atual de bilidade. Tudo isso aconteceu mui-
dos pela primeira vez em 1981. mais de 30 retrovirais, e que tenta to antes da ‘descoberta’ do HIV. Mas
Para o infectologista de origem impedir que essas informações o mais grave aconteceu no início
colombiana Roberto Giraldo, do cheguem ao conhecimento do de 1982 quando esses órgãos esta-
New York Presbyterian Hospital, público. Em entrevista à revista da beleceram as normas para evitar a
Weill Cornell Medical Center, nos Academia Sul-Americana de Me- transmissão da AIDS e encaminha-
Estados Unidos, esse foi o ano dicina Integrada, o infectologista ram para a Organização Mundial
do maior equívoco da medicina. Roberto Giraldo faz revelações de Saúde, que passou para todos
O especialista faz parte de um importantes, que contrariam a os países do mundo. Muito antes
grupo de dissidentes que não maioria dos conceitos dissemina- do HIV o mundo já acreditava que
acredita na existência do HIV e dos até hoje sobre a AIDS. a AIDS era uma enfermidade con-
atribui a doença a um conjunto tagiosa, o que não é verdade.
de fatores externos, denominados Se não existe HIV, como ocorre
agentes estressantes, que podem a transmissão da doença? Mas por que a hipótese de en-
envolver desde deficiências nutri- DR. GIRALDO: Não há transmis- fermidade tóxica foi completa-
cionais até o contato com subs- são e essa é a maior dificuldade mente abandonada?
tâncias químicas tóxicas. Giraldo, que temos com as pessoas no mun- DR. GIRALDO: A única forma de
assim como os defensores dessa do inteiro para entender isso. Os compreender isso é entender o que
teoria, fundamentam-se no fato primeiros casos de AIDS surgiram acontecia no mundo antes dessa
de que o denominado vírus HIV em 1981 e o HIV foi descoberto ou época. Em 1880 o pensamento era
nunca foi isolado e que existem ‘inventado’ em 1984. Esses casos dominado pelas idéias de Pasteur,
mais de 6 mil casos de AIDS no eram em homens homossexuais que descobriu que muitas enfer-
mundo sem a presença do HIV. de Los Angeles, nos Estados Unidos, midades são infecciosas e o mundo
Além disso, o especialista afirma mas em pouco tempo começa- chega em 1980 com 100 anos de
que inúmeros casos estudados na ram a aparecer casos em diversos influência Pas-
África não podem ser explicados estados norte-americanos e, em teuriana, o
pela teoria convencional de trans- seguida, na Espanha e outros paí-
missão do vírus, como os de crian- ses da Europa. Analisando os cinco
ças infectadas que possuem pais primeiros casos de AIDS era lógico
com HIV negativo, nunca tiveram pensar que era uma enfermidade
relações sexuais ou foram subme- tóxica porque esses homens eram
tidas a transfusões sangüíneas. grandes usuários de drogas e to-
Giraldo afirma também que dos também utilizavam popers
os testes para detectar o HIV (inalante à base de gás nitrogênio
não são adequados e que mais e nitrito de amila). Então, por esse
de 70 condições diferentes po- motivo, a primeira teoria era de
dem resultar em falsos positivos. que a AIDS era uma doença tóxica,
O infectologista acredita que o mas como começa a espalhar-se
colapso do sistema imunológico rapidamente surge a teoria de que
por meio dessa doença que se a doença era infecciosa e logo se
convencionou chamar de AIDS é esquece a primeira teoria. Nesse
um sinal de alerta que a espécie momento, o Centro de Controle de
Dr. Roberto Giraldo

Notícias Academia Sul-Americana de Medicina Integrada 9


que chamamos de Teoria Germi-
nal. Durante toda essa época, as
investigações médicas, veterinárias
e biológicas têm como foco os mi-
cróbios e os parasitas. Era uma bus-
ca obsessiva por micróbios para
todas as doenças vitais; tanto que
quando se começa o programa
“Guerra Contra o Câncer” do gover-
no dos Estados Unidos, ao invés de
procurar os agentes tóxicos causa-
dores da doença ou determinados
comportamentos que podem levar
ao surgimento da enfermidade os
pesquisadores também estavam
dedicados a encontrar um ‘vírus’ do Dr. Roberto Giraldo faz explanação durante o Encontro de Medicina Integrada
câncer. O mundo se preparou 100
anos para cometer o erro sobre a alimentos, lubrificantes íntimos uma série de agentes tóxicos e in-
causa da AIDS, não havia maneira – que são constituídos de subs- dustriais, que estão contaminando
de evitá-lo. Todos estavam prepa- tâncias derivadas do benzeno e o ar, o solo, os alimentos, etc. A AIDS
rados para essa visão, os médicos, altamente tóxicas –, preservativos é um sinal de alerta que a espécie
os biólogos, a mídia, os pesquisa- de látex – material tóxico que pode humana está em perigo. E não
dores, porque tinham a mentalida- ser absorvido pelos órgãos genitais apenas a espécie humana porque
de infecciosa, a medicina é muito e mucosas –, a poluição, o excesso também estão aparecendo muitos
linear em seus estudos. de ondas eletromagnéticas, as casos de imunodeficiências em
drogas, o estresse emocional, as animais e em plantas.
Então, na sua opinião, a AIDS é vacinas, a carência de nutrientes
uma doença tóxica causada por e muitos outros. E existe um incre- Mas se a AIDS decorre apenas
quais fatores? mento desses agentes estressantes desses fatores – e não da trans-
DR. GIRALDO: A AIDS deriva de no mundo porque há indícios de missão – como se explica o fato
um conjunto de fatores. A medici- que todos os habitantes do planeta que muitas vezes em um casal
na convencional busca sempre a Terra possuem algum grau de imu- o homem ou a mulher também
causa de um fenômeno, mas isso nodeficiência; nosso sistema imune adquire a doença logo após o
não ocorre na natureza, todos os está se deteriorando, se esgotando, parceiro?
fenômenos da natureza são mul- e sabemos disso porque o número DR. GIRALDO: Isso se explica com
ticausais. Um dos fatores é a cons- de doenças voltou a crescer. Até a uma frase muito conhecida do
tituição genética de uma pessoa, década de 50, de forma geral, as senso comum: ‘Diga-me com que
que se forma no ventre materno e doenças infecciosas foram dimi- andas que te direi quem és”. Nor-
– dependendo do que a mãe come, nuindo, antes mesmo das vacinas malmente, os casais fazem coisas
das alegrias e das tristezas que e dos antibióticos, e concluímos parecidas, estão em um ambiente
passa – influencia a formação e o que isso aconteceu por causa da igual, têm a mesma alimentação e
funcionamento dos órgãos. Outro melhora nas condições de vida. estão expostos aos mesmos agen-
é a personalidade, a mente de uma Mas depois dessa época começou tes estressantes.
pessoa, que é muito importante na a acontecer o contrário e existem
relação com todas as enfermida- duas teorias no mundo para ex- E o que acontece com as mu-
des e com a AIDS também. Além plicar isso: os micróbios estariam lheres grávidas diagnosticadas
disso, temos a exposição crônica e passando por um processo de mu- com HIV positivo? Os bebês não
múltipla a uma variedade de agen- tação e voltando mais resistentes, correm perigo?
tes estressantes químicos, físicos, que é a que predomina hoje em dia, DR. GIRALDO: O que a mãe trans-
biológicos, mentais e nutricionais. e a outra, em que acredito, de que mite ao bebê são tóxicos químicos,
Alguns exemplos desses agentes houve uma piora nas condições de a maioria das crianças que nascem
são os agrotóxicos, corantes dos vida, sobretudo pelo incremento de com AIDS na Europa e nos Estados

10 2º. semestre 2005


Unidos – mais de 90% – são ge- de empresas comerciais, que têm têm uma ação positiva são os ini-
radas por mães viciadas em dro- interesses. Além disso, os órgãos bidores de protease, apesar de tam-
gas, isso é um fato demonstrado internacionais de saúde e alguns bém terem muitas reações tóxicas
cientificamente. Mas existe uma governos poderosos censuram vio- porque todas as células humanas
diferença entre os casos de AIDS de lentamente nossas informações. possuem protease. Porém, esses
ricos e pobres. Entre os ricos, o fator são antioxidantes, são antibióticos,
fundamental pode ser a droga, que E quanto ao tratamento da diminuem a carga viral, aumentam
é a última gota d´água para acar- AIDS, já que o senhor não acre- os linfócitos e as pessoas se sentem
retar o problema, mas na África e dita no vírus HIV também não melhor, têm uma maior qualidade
em outros países pobres o fator é a concorda com o uso de retro- de vida, mas de qualquer forma
pobreza, a carência nutricional, as virais? acabam morrendo.
más condições de vida. DR. GIRALDO: De nenhuma ma-
neira, porém nunca dizemos aos E qual o tipo de tratamento que
Existem estudos que compro- nossos pacientes para suspender o senhor sugere? Com esse tra-
vam a sua teoria? o uso ou não tomar retrovirais, por- tamento é possível escapar da
DR. GIRALDO: Há muitas investi- que somos muito respeitosos quan- morte em decorrência da AIDS?
gações, inclusive um recente estudo to ao direito das pessoas de decidir DR. GIRALDO: As pessoas voltam
da Universidade de Harvard, que o tratamento depois de estarem a ter uma vida normal, trabalham,
mostra que o bebê de uma mulher bem informadas. Mas lhe explica- têm filhos. Infelizmente, continuam
grávida com HIV positivo e níveis mos tudo, toda a verdade sobre a sendo HIV positivas, é algo que
normais de vitamina A nasce HIV AIDS. Agora, por que não quere- ainda não sou capaz de mudar
negativo, mas se tiver níveis baixos mos a utilização dos retrovirais? e me dói a alma, mas estamos
de vitamina A o bebê nasce HIV po- Porque o uso de retrovirais é muito estudando esse assunto com se-
sitivo. Há outros estudos com resul- suspeito, não existem tratamen- riedade e esperamos em breve ser
tados similares verificando os índi- tos para a poliomelite, nem para capazes de negativizar as pessoas
ces de vitamina C, E, zinco e selênio, as hepatites, sarampo, caxumba, HIV positivas. Mas vivem muito
mas há maior número de pesquisas gripe, que são causados por vírus. bem desde que sigam uma dieta,
com vitamina A. O que significa isso E isso pela razão que a essência tomem antioxidantes e se cuidem.
é que: se a mãe tem baixos níveis de do vírus é um material genético e Uma vez que uma pessoa é HIV
vitamina A é porque está oxidada, todas as nossas células possuem positiva tem que ter um estilo de
então a mãe está transmitindo ao esse material também, nesse caso vida muito natural, não pode vol-
filho a oxidação e não nenhum se tivermos um tratamento para tar a usar drogas, nem trabalhar na
vírus. Essa relação com a oxidação destruir o vírus vamos destruir as fábrica onde se intoxicou, não pode
e carência nutricional também outras células também. No caso limpar a casa com todos esses pro-
se verificou em outros indivíduos, das bactérias é diferente porque os dutos químicos que existem, somos
homens e mulheres, que se tornam antibióticos podem atacar a pare- muito cuidadosos. Se a pessoa for
HIV positivos quando têm níveis de bacteriana, que as outras células um homem homossexual pode
baixos de macronutrientes, micro- não têm. O primeiro retroviral que continuar a ter relações sexuais,
nutrientes e antioxidantes. Isso está surgiu, o AZT, foi descoberto em mas sem camisinhas de látex ou
demonstrando que o fenômeno 1964 como um quimioterapêutico lubrificantes industrializados,
conhecido como transmissão de para destruir células cancerosas, deve utilizar outros lubrificantes
pessoa para pessoa não existe. mas nunca foi aprovado pelo FDA naturais e preservativos de propi-
porque mata o câncer e a pessoa leno, que são melhores e não são
Por que essas informações não também, pelo grau tóxico, o que é absorvidos pelas mucosas como
são disseminadas? ilógico é que agora ressuscitaram o látex. O que não se pode negar
DR. GIRALDO: Porque são as com- o AZT e estão dando para mulhe- às pessoas é o direito à atividade
panhias farmacêuticas que estão res grávidas e crianças. Outro fato sexual porque isso significa mor-
dando as informações, as pessoas suspeito no tratamento com retro- rer sem vida. O tratamento que
que estão passando as informa- virais é que hoje em dia existem fazemos com todas as pessoas em
ções à mídia não são sequer os atu- mais de 30 desses medicamentos, diversas partes do mundo envolve
ais investigadores sobre o assunto. por que tantos? Porque é uma in- vários passos: (1) a desintoxicação
A maior fonte de informação vem dústria. Os únicos retrovirais que mental, o mais importante, que é

Notícias Academia Sul-Americana de Medicina Integrada 11


limpar do cérebro a idéia do HIV, a co, fundamentalmente. Também Sites da internet com mais in-
dúvida, o temor, o medo de estar fazemos com os pacientes jejum, formações sobre a polêmica cien-
contagiado e contagiar outro ser meditação, exercícios moderados tífica internacional a respeito das
humano. Quando não conseguimos – porque exercícios exagerados são causas e soluções da AIDS e com
desenvolver isso bem, o tratamento oxidantes. (4) Estimular todos os muitas referências:
não evolui, a pessoa não melhora órgãos e sistemas debilitados,
na mesma velocidade que pode- usando por exemplo comple- • www.robertogiraldo.com
ria. (2) Evitar mais intoxicações e xo B para estimular o sistema
(espanhol, inglês)
isso depende da situação de cada imunológico e também porque
pessoa, precisamos estudar bem o é um tranqüilizante do cérebro, • www.taps.org.br
ambiente familiar, de trabalho, as utilizamos plantas, como aloe (português)
relações, o estresse, ou seja, avaliar vera, equináceas, unha de gato,
todos os tipos de agentes tóxicos a cúrcuma, enfim, isso depende • www.laverdaddelsida.com
que está submetida esta pessoa. de cada lugar e isso aprende- (espanhol)
(3) Desintoxicar todos os órgãos e mos com os estudiosos de cada
sistemas intoxicados com tratamen- local. E onde podemos também • www.free-news.org
to e o uso de antioxidantes, medimos utilizamos o ozônio, acupuntu- (espanhol)
os níveis de antioxidantes quando ra, homeopatia, florais de Bach,
• www.virusmyth.net (inglês)
é possível e utilizamos vitamina A, reiki, meditação, cuidado espiri-
E, C, zinco, selênio, ácido alfa-lipói- tual, etc. • www.duesberg.com (inglês)

12 2º. semestre 2005


Metástase pulmonar de câncer de
Carne processada
endométrio: caso clínico de tratamento eleva risco de câncer
não-convencional Um estudo conduzido com
200 mil homens e mulheres
Dra. Ana Lúcia Discacciati Ferreira (Curitiba/PR)
durante sete anos pela Univer-
sidade do Havaí, nos Estados
Paciente: MMBM Paciente optou por não fazer
Unidos, revelou que o risco de
Sexo: Feminino tratamento convencional. desenvolver câncer de pâncreas
Idade: 69 anos Submeteu-se, então, a partir é 6.700% maior em pessoas que
de fevereiro de 2003, a terapias consomem grandes quantidades
Antecedentes familiares: de desintoxicação, orientação de cachorro-quente, linguiças e
Pai falecido de câncer nutricional, homeopatia, outras carnes processadas em
Mãe falecida de diabetes melitus psicoterapia, acupuntura e comparação a indivíduos que
fisioterapia. ingerem pouco ou nenhum
Antecedentes pessoais: desses produtos. O aumento
1997: adenocarcinoma endometrial EVOLUÇÃO da incidência da doença é atri-
invadindo até ¾ da espessura do buído a susbtâncias químicas
endométrio – tratado com pan- TC de Tórax com contraste adicionadas à carne processada
histerectomia e quimioterapia. (06/03/03): nódulos pulmonares com objetivo de conservá-la e
1999: recidiva do câncer em cúpula subpleurais, esparsos nos campos manter uma aparência atraente
vaginal – tratado com radioterapia pulmonares, adjacentes a estruturas aos consumidores. Apesar do
local/braquiterapia e radioterapia vasculares; aorta ateromatosa. estudo não nomear o nitrito de
convencional (33 sessões). sódio como responsável pelo
2002: paciente sentia-se fraca, TC de Tórax com contraste problema, essa susbtância é co-
indisposta e com sensação de (05/06/03): são observadas nhecida por suas propriedades
peso nas pernas, sem queixas somente pequenas nodulações tóxicas ao organismo e outras
respiratórias. subpleurais junto a parede anterior pesquisas já relacionaram seu
do pulmão direito, de menores consumo a leucemia, tumores
Rx de tórax (04/11/02): dimensões em relação ao estudo cerebrais em crianças e câncer
Pequenos nódulos em lobos anterior. Aorta ateromatosa. de cólon.
superiores. Se cada vez mais são com-
TC de Tórax com contraste provados os perigos do nitrito
de sódio à saúde, por que os
TC helicoidal de tórax (06/01/03): (16/10/03): presença de duas
produtores alimentícios conti-
Múltiplos nódulos pulmonares diminutas formações nodulares
nuam utilizando essa substância?
bilaterais de dimensões variadas (o subpleurais no segmento anterior
Esse produto químico realça a
maior medindo 1,7 cm de diâmetro), do LSD. Estruturas vasculares do
cor da carne, mantendo o as-
alguns com sinais de cavitação. mediastino preservadas. pecto avermelhado e fresco
que atrai os consumidores. Car-
Jan/03 Abr/03 Out/03 Jan/04 nes embaladas e processadas,
normalmente, teriam uma apa-
Hemoglobina 13,7 13,7 12,1 11,6 rência acizentada, mas com
a adição de nitrito de sódio
Leucócitos 5.700 2.900 4.100 4.600
parecem frescas, mesmo após
totais
longos períodos nas prateleiras
Plaquetas 254.000 324.000 233.000 244.000 e balcões dos supermercados.
Essas informações fazem parte
Ferritina *** 295 119 111,9 do livro Grocery Warning, do
nutricionista Mike Adams, que
VHS 1h (mm) *** 20 8 15 ensina como reconhecer e evi-
tar produtos alimentícios que
CEA (ng/ml) 0,8 *** *** 0,5 causam doenças crônicas.

CA 125 0,6 *** *** 2,1 Mais informações no site:


www.truthpublishing.com/
Atualmente, a paciente encontra-se em ótimo estado geral, mantendo suas grocerywarming.html
atividades diárias sem qualquer limitação.

Notícias Academia Sul-Americana de Medicina Integrada 13


Natureza psíquica
Dra. Luciani Trentino (Curitiba/PR)

Luminus nimirium naturae... a natureza psíquica do pelo indivíduo no isolamento e com acentuada
tem em si uma idéia de luminosidade, luzes que se força, produz um choque brutal que altera o progra-
acham dispersas e jogadas na trama, que é a psique, ma biológico de sua espécie, conduzindo impulsos
e que procuram clarear pontos obscuros desta. Essa eletromagnéticos ou eletrofisiológicos, enviados
luz foi dada por Deus, que deu a cada homem muita pelo cérebro ao órgão de similaridade ao conflito
luz para que ele fosse predestinado e não errasse. emocional, gerando o desequilíbrio das células, e
Paracelso já compartilhava desta idéia, pois para em conseqüência, a doença.
ele ao nascer o homem é “dotado com a luz perfeita
da natureza”. A medida que o homem movido pelos Caso clínico
impulsos do ego se afasta deste lúmen, a natureza
psíquica, movida pelo inconsciente, lança mão de Após identificação pelas leis de ferro de Hamer
recursos para devolver sua homeostase como so- do choque sofrido pelo indivíduo e pela psico-
nhos, insights, percepções, lapus linguae... ou encon- terapia, para conscientizarmos este choque, que
trando a via do sintoma, que muitas vezes percorre ameaçava o programa biológico deste paciente,
o caminho da doença na tentativa de fazer com que lançamos mão de uma técnica chamada EMDR que
o indivíduo busque sua luz;“que não devemos procu- promove através de estímulos visuais ou táteis a
rar em nós, embora esteja em nós, mas na imagem de desensibilização e o reprocessamento de traumas,
Deus que está em nós” (Theatrum chemicum, a filoso- permitindo que o indivíduo pelo sentido da fala,
fia meditativa). repetindo a cena traumática, rompa este material
Assim, a alquimia da psicoterapia está em au- reprimido na consciência, elucidando e permitindo
xiliar o homem a encontrar essa luz clareando os ao seu programa de espécie oportunidade para re-
conteúdos inconscientes obscuros da natureza equilibrar-se.
psíquica para poder fazer o homem surgir com Esse paciente, senhor de meia idade, responsá-
sublimidade e sabedoria para conduzir sua própria vel pelo sustento da família, foi diagnosticado com
luminosidade ao mundo. câncer de próstata. O conflito desse câncer, segundo
Essa subjetividade pode ser encontrada na Hamer, é sexual e por se tratar de um órgão de te-
trama de um paciente que se encontrava sob o do- cido embrionário endodermo se refere à obtenção
mínio de uma doença, que na verdade servia como da energia (ar, alimento e reprodução), ou seja,
uma espécie de auto-regulação para estabelecer uma necessidade de assegurar
um equilíbrio. A terapia utilizada foi a de reconduzir a continuidade da vida a
a consciência aos chamados conteúdos reprimidos seu próprio nível, isto
que se tornaram inconscientes; cabe mencionar que passa a representar
o inconsciente não é só um receptáculo de todos um conflito quando
aqueles conteúdos traumáticos vivenciados pela o que assegura a
consciência, mas também é criador de conteúdos sobrevivência for
novos. ameaçado.
O inconsciente é dotado de energia criadora O paciente es-
específica. Se em conseqüência do trauma seus teve diante de
produtos não encontram acolhida na consciência, uma dificuldade
surge uma espécie de represamento, semelhante sexual, sentiu-
ao que ocorre com a bílis, um produto da função do se não desejado
fígado quando impedida de fluir para o intestino. pela esposa que
Da mesma forma que a bílis penetra na corrente não valorizou o
sanguínea, assim também o conteúdo reprimido se problema sexual.
irradia para outros domínios. Esse conteúdo
No caso do paciente mencionado, associado ao vivenciado por ele
método de psicoterapia, encontramos em Hamer, no isolamento fora re-
médico atual cujas leis puderam ser aplicadas, uma forçado quando ameaçado
forma eficaz de entender que todo trauma vivencia- injustamente no seu trabalho,

14 2º. semestre 2005


com profundo significado moral para ele,
viu-se com dificuldade em assegurar sua
sobrevivência e a continuidade da vida.
Surge com essa situação a angústia e o so-
frimento psíquico, aumentados quando diante
do diagnóstico de câncer, diga-se de passagem
que esse fato pode ser considerado por Hamer
como significativo para criar metástases dian-
te da forma como lhe é passada tal informação.
Sendo o paciente acolhido em imediato,
e já inserido em um programa de Medicina
Biológica Integrada, a elucidação do sintoma
pela fala, a liberação da angústia e a conscien-
tização das leis de Hamer foram bem aceitas.
Ao trabalhar com a técnica de EMDR, pôde-se
reconhecer na fala do paciente um material sig-
nificativo de crenças, que ampliavam a angústia
por ele sentida. Essas crenças foram reproces-
sadas e o paciente fora orientado para realizar
sessões diárias de relaxamento e meditação,
procurar repousar e estar em contato com os as-
pectos positivos e os recursos naturais da vida.
As respostas positivas foram seguidas pela
redução do seu nível de estresse, favorecendo o
alívio da angústia e dos pensamentos agitados,
criando uma sensação agradável com os aspectos
da sua vivência diária, aumentando sua auto-es-
tima e conseqüentemente a energia vital, o que
favoreceu respostas imunológicas bem satisfató-
rias, ciência hoje reconhecida com a Psiconeuroi-
munologia, além da obtenção da cura do câncer.
A ligação da psique com o cérebro é tão evi-
dente, e indiscutível, quanto na explanação do
caso. A alma humana vive unida ao corpo, numa
unidade indissolúvel e por isso só para fins didáticos
é que a psicologia pode ser separada da biologia.

Notícias Academia Sul-Americana de Medicina Integrada 15


Tratamento da dor por ondas sonoras
de baixa freqüência intra-som
Dra. Jaqueline Zacachuka (Curitiba/PR)

Procedimentos técnicos e científicos comprova- aos movimentos do assento e também às reações


dos pela prática são empregados cada vez com mais das molas e amortecedores. Ao ouvirmos música,
freqüência e enorme sucesso no tratamento de inú- somos confrontados com altas e baixas freqüências,
meras doenças. Dentre esses, destaca-se a terapia bem como a escala de sons. No trabalho e no lazer,
através de ondas sonoras, que desempenha papel até no sono, estamos submetidos a oscilações! Es-
importante na moderna e avançada biomedicina. sas oscilações forçosamente têm influência sobre
O tratamento com ondas sonoras baseia-se nos fe- o nosso corpo, que podem ser benéficas ou não,
nômenos físicos de ressonância e produz uma ação perceptíveis ou não. Nosso corpo reage sensivel-
natural e profunda sobre as células de todo tipo de mente às oscilações sobre tendões, sistema nervoso,
tecido. Através dele, o metabolismo é estimulado, músculos,articulações e ossos. Está também sujeito
acelerando assim o processo de cura. às oscilações internas, como do sangue nas artérias,
Há 30 anos, o uso da terapia por ondas sonoras dos vasos sanguíneos sobre os tecidos vizinhos, das
foi introduzido com sucesso na prática médica. A ações que o andar provoca na coluna vertebral e às
origem e idealização dessa terapia deve-se às pes- vibrações da corrente de ar nas vias respiratórias. Em
quisas do professor Dr. Schliephake, que também é menor escala, as células de secreção que funcionam
o criador da terapia por ondas-curtas (hipertermia). como suporte nos espaços intercelulares, e que con-
O método terapêutico consiste na aplicação local ferem a cada tecido sua freqüência ressonante pró-
das ondas de baixa freqüência intra-som direta- pria, também estão oscilando ininterruptamente.
mente nas partes doloridas. O intra-som, ou som As moléculas que compõem nossos órgãos,
audível, é o nome atribuído às oscilações e ondas tecidos e células estão em constante oscilação,
em matérias elásticas em um nível de freqüência mesmo com o corpo em repouso e são, portanto,
entre 20 e 20.000 hertz, percebido pelo ouvido hu- muito sensíveis a fatores externos. A ação das os-
mano de acordo com sua composição como som, cilações depende da sua freqüência, que significa
timbre ou ruído. Se um corpo com capacidade os- velocidade com que o movimento de oscilação se
cilatória no estado sólido, líquido ou gasoso receber repete. O som é subdividido de acordo com a sua
seguidamente pequenos impulsos na freqüência freqüência, sendo que o ouvido humano é utilizado
própria, começará a vibrar. Dessa forma, entra em como referência:
ressonância e está em condições de conduzir ondas.
O mesmo é válido para as moléculas que compõem • abaixo de 20 hertz temos o infra-som;
os tecidos do organismo humano. Se estas entram • entre 20 e 20.000 hertz temos o intra-som
em contato com ondas sonoras, absorvem uma ínfi- que é percebido pelo ouvido humano;
ma parte de energia destas ondas, sendo estimula- • acima de 20.000 hertz temos o ultra-som.
das a emitir fortes oscilações e a transmitirem esses
impulsos a outras moléculas. Cada molécula tem Existe ainda outra classificação que divide-se:
sua própria freqüência. Essas partículas começam • até 400 hertz, som de baixa freqüência;
a emitir fortes vibrações e ficam em ressonância • de 500.000 até 3.000.000 hertz, som de alta
só quando entram em contato com oscilações da freqüência.
mesma freqüência.
Oscilações são parte da nossa existência; vive- A terapia das ondas sonoras de baixa freqüência
mos em um universo de oscilações. Elas podem intra-som produz ondas sonoras que atuam entre
ser perceptíveis ou imperceptíveis. Ao andarmos 70 e 100 hertz, onde através da estimulação vertical
de carro, estamos sujeitos às vibrações do motor, nos locais de dor se obtém uma massagem

16 2º. semestre 2005


profunda exatamente no local onde o corpo
está debilitado, ou seja, onde não possui mais
resistência e força. Por meio do intra-som, ocor-
re um crescimento acelerado de novas células,
resultando assim no alívio das dores. Essa técni-
ca realiza uma atividade mecânica, ou seja, uma
massagem intensiva sobre o sistema nervoso,
ossos, células, tecidos, circulação sangüínea,
com ínfima alteração de temperatura e, através
da aceleração das trocas metabólicas, serão
aliviadas dores musculares e articulares. Esses
efeitos são obtidos somente com a terapia de
baixa freqüência intra-som, que produz oscila-
ções que atingem até 3 cm de diâmetro e 6 cm
de profundidade; efeitos gerados pelos impul-
sos mecânicos e verticais de 100 hertz.
As ondas sonoras de baixa freqüência intra-
som merecem destaque principalmente no
campo da lubrificação/cartilagem (articular),
como nos casos de hérnia de disco e artroses
em geral; onde através do efeito da massagem
profunda com 100 hertz de freqüência são cons-
tituídas novas células em um processo acelera-
do. Isso faz com que seja restabelecida a lubri-
ficação articular, resultando na recuperação da
energia e força do organismo, podendo assim,
numa segunda etapa, partir para a estimulação
da regeneração da cartilagem desgastada.
As indicações da terapia são para dores em
geral, processos reumáticos, falta de lubrificação
das articulações (artrose, hérnia de disco, etc.),
artrites, osteoporose, ciatalgia, Dort, tendinites,
bursites, doenças respiratórias, cefaléias em
geral, labirintites, paralisia facial, flebites, úlceras,
estética facial (rugas), estética corporal (estrias e
celulites) e drenagem linfática pós procedimen-
to estético cirúrgico. Também apresenta resul-
tados significativos no campo da acupuntura,
através da aplicação direcionada nos pontos
energéticos das ondas sonoras de baixa freqü-
ência. Não existem contra-indicações, podendo
ser aplicada em crianças e gestantes. O tempo
de tratamento varia entre 10 até 25 sessões
(aplicações) com duração de 15 a 30 minutos.
Além do alívio da dor, os pacientes sentem esta
forma de terapia, indolor e não invasiva, como
muito agradável e relaxante.

Notícias Academia Sul-Americana de Medicina Integrada 17


Roberto Giraldo recebe prêmio Esculápio de 2004
Todos os anos a Academia Sul- o professor Jacob Frenckel, no síndrome tóxica-nutricional cau-
Americana de Medicina Integrada Kansas University Medical Center, sada pelo incremento alarmante
concede o prêmio Esculápio a nos Estados Unidos, infecções por no mundo de agentes estres-
uma personalidade que tenha se Toxoplasma gondii e Pneumocys- santes do sistema imunológico”,
destacado por suas contribuições tis carinii como marcadores clíni- nos idiomas inglês e espanhol.
para a evolução da medicina a cos para imunodeficiência huma- Roberto Giraldo é membro desde
partir de uma visão holística do na. Neste mesmo ano, analisou in- 2000 do Conselho Consultivo da
ser humano. O prêmio de 2004 fecções oportunistas por fungos Presidência da África do Sul para
foi entregue durante o 7º En- com o professor Donald Greer no a AIDS e conselheiro de vários
contro Brasileiro e 4º Encontro Center for Disease Control (CDC), países africanos a respeito de
Internacional de Medicina Inte- na cidade do Kansas. De 1974 a nutrição e doenças relacionadas
grada ao médico Roberto Giraldo, 1975, o especialista estudou os à pobreza. Em 2003, apresentou
infectologista especialista em principais fatores de risco para para 14 ministros da Saúde da
doenças infecciosas e tropicais, o sarcoma de Kaposi endêmico Southern African Development
com formação pela Universidade em países da África. De 1979 a Community (Comunidade Sul-
de Antioquia, na Colômbia, e pela 1987, atuou como médico clíni- Africana de Desenvolvimento) as
London School of Hygiene and co geral em uma remota área de bases científicas de sua proposta:
Tropical Medicine, da Universida- floresta na Colômbia, onde teve a “Terapia Nutricional para o trata-
de de Londres. Nas últimas quatro oportunidade de trabalhar lado a mento e a prevenção da AIDS”.
décadas, Giraldo tem se dedicado lado com curandeiros tradicionais Atualmente, Giraldo é tecnólo-
a atividades clínicas, acadêmicas indígenas, explorando formas de go do Laboratório de Imunologia
e pesquisas sobre diferentes as- tratar uma grande variedade de Clínica e Diagnóstico Molecular
pectos de doenças infecciosas, problemas médicos relacionados no New York Presbyterian Hospital,
tropicais e imunológicas em vá- à pobreza, má nutrição, a imuno- Weill Cornell Medical Center, em
rias regiões da Colômbia, Estados deficiências, parasitas e infecções. Nova York, onde teve a oportuni-
Unidos e países da África. A maior Pesquisador independente dade de executar e conhecer em
parte de seu trabalho envolve sobre a AIDS desde 1981, possui detalhes os testes de HIV Elisa,
imunodeficiências secundárias diversos trabalhos publicados so- Western blot e PCR (carga viral).
ou adquiridas, principalmente bre o tema, entre os quais o livro Ex-presidente do Rethinking AIDS,
aquelas que ocorrem em países “AIDS e estressantes: AIDS não é um grupo internacional que visa
em desenvolvimento. uma doença infecciosa nem se- a reavaliação científica da AIDS, o
Em 1967, Girado estudou com xualmente transmissível. É uma especialista também é conselheiro
científico de diversas organiza-
ções não-governamentais em
países como México, Nicarágua,
Colômbia, Peru, Brasil, Argentina,
Chile, Bolívia e Espanha.
Segundo o presidente da
Academia Sul-Americana da Me-
dicina Integrada, Roberto Cesar
Leite, a escolha do infectologista
Roberto Giraldo como premiado
do ano de 2004 demonstra o ob-
jetivo da Asami em homenagear
médicos que ainda seguem os
princípios de Esculápio, que pri-
mava por uma medicina verda-
deira, baseada no ser. “O doutor
Dr. Roberto Giraldo (centro) com o Dr. Roberto Cesar Leite (presidente da Asami)
e Caroline Fávaro (Editora Corpo Mente)
Giraldo prioriza o ser humano

18 2º. semestre 2005


e não tem medo de expor seus pontos de vista,
mesmo que se oponham as principais correntes Dieta vegetariana na gravidez
atuais. Além disso, tem disposição para pesquisar e aumenta chances de hipospadia
demonstrar seus pontos de vista”, ressalta.
Mulheres que mantêm dieta vegetariana durante
Quem foi Esculápio? a gravidez têm cinco vezes mais risco de dar à luz a
Na mitologia grega, Esculápio (ou Asclépio) era meninos com hipospadia, deformação caracterizada
pela abertura da uretra na face inferior ou ventral do
rei da Tessália e foi criado pelo centauro Quiron,
pênis, em comparação com gestantes que incluem
exímio conhecedor das plantas medicinais que lhe carne na alimentação. Essa foi a conclusão de um
ensinou a arte de curar. O discípulo aprendeu tão estudo desenvolvido na Divisão de Saúde da Criança
bem a arte que, além de curar, descobriu como res- da Universidade de Bristol, na Inglaterra, e publicado
suscitar os mortos. Por essa ousadia, Zeus, senhor em 2000 no British Journal of Urology International.
do Olimpo, fulminou-o com um raio, a pedido de A equipe de pesquisadores acredita na possibilidade
Hades (ou Plutão), o deus dos infernos, que temia do fenômeno ter relação com o grande consumo
de fitoestrógenos, hormônios vegetais encontrados
perder seu reino. Depois desse ato, Zeus se arre-
na soja, que poderia influenciar negativamente no
pendeu e elevou Esculápio, que passou a ser con- desenvolvimento do sistema reprodutor masculino.
siderado filho de Apolo, à categoria de deus da me- O estudo envolveu 7.928 meninos recém-nascidos
dicina, cultuado tanto na Grécia como no Império e desse total 51 foram diagnosticados com hipospadia.
Romano. Muitos templos foram construídos em Os pesquisadores obtiveram informações detalhadas
homenagem à Esculápio e eram uma mistura de das gestantes, que preencheram questionários sobre
santuário religoso com spa de saúde, já que nessa o histórico obstétrico, estilo de vida e hábitos
alimentares. Além do vegetarianismo, outras duas
época o ser humano era visto em sua totalidade:
situações apresentaram maior probabilidade de risco
matéria e espírito. Nesses locais, as pessoas oravam para a má formação congênita: mulheres que tomaram
e os enfermos eram tratados com banhos e jejuns suplementos de ferro, duas vezes maior – que os
para serem purificados. Os templos eram erguidos pesquisadores consideraram de pouca relevância –, e
em bosques, ao lado de fontes naturais, e um dos que tiveram gripe (influenza) nos três primeiros meses
mais famosos na Grécia foi Epidauro, no Pelopone- de gestação, apresentando um risco três vezes maior.
so, fundado no século VI a.C. A correção da hipospadia requer cirurgia e a falta
Nas esculturas, Esculápio era representado por de tratamento pode interferir nas funções urinária
e sexual. Os benefícios advindos do consumo de
um homem barbado, de aspecto sério, segurando vegetais e frutas para a saúde são indiscutíveis, porém
um bastão com uma serpente enrolada, que se o simples fato de manter uma dieta vegetariana não
tornou o símbolo da medicina. O significado desse significa que a pessoa é saudável.
símbolo é bastante discutido e algumas hipóteses
são que o bastão representa o poder, como o cetro Macrobiótica
dos reis; a magia, como a vara de Moiséis; ou ainda a A morte em julho de 2001 de Aveline Kushi, uma
árvore da vida, com o ciclo de morte e renascimento. das pioneiras da macrobiótica, devido a um câncer
de colo de útero, é mais uma demonstração de que
Em relação à serpente, algumas interpretações pos-
nenhuma dieta é perfeita. Após nove anos de batalha
síveis são que seria o símbolo do bem e do mal, por- contra o câncer, apesar da dieta ser apresentada como
tanto da saúde e da doença; da sabedoria, podendo uma forma ideal de prevenção e até tratamento para
se tornar remédio ou veneno; ou até representante a doença, Aveline morreu por causa das complicações
do poder de rejuvenescimento, caracterizado pela da neoplasia aos 78 anos de idade. Os seguidores da
troca de pele periódica da serpente. O nome de Es- macrobiótica se alimentam basicamente de frutas,
culápio tornou-se um termo utilizado para desig- legumes, cereais integrais e alguns também comem
peixe. Os adeptos são contra o consumo de carnes
nar os médicos em geral. Esculápio também teve
e alimentos processados. Apesar dessa filosofia
duas filhas que se tornaram conhecidas na história naturalista, existem adeptos que fumam – porque
da medicina: Higéia de onde se originou a palavra acreditam que o tabaco é uma substância yang de
higiene e que representava a saúde, o poder cura- acordo com a filosofia macrobiota que divide os
tivo do próprio organismo, e Panacéia, que significa alimentos em yin e yang – e bebem quantidades
para todos os males, simbolizando os remédios e as excessivas de café, motivados segundo alguns
forças externas. Além disso, Hipócrates, considerado estudiosos pela necessidade de estimulantes por
causa da falta de quantidades adequadas de gorduras
o pai da medicina, também é descendente da famí-
e proteínas na dieta.
lia de Esculápio.

Notícias Academia Sul-Americana de Medicina Integrada 19


Dr. Rath defende o controle público da saúde
O médico alemão Matthias Rath, atualmente nos A saúde deve ser colocada imediatamente e irre-
Estados Unidos, é um dos precursores do conceito vogavelmente sob o controle público. Somente se
científico de medicina celular. Além disso, é um im- nós controlarmos o fim do “negócio com doença”,
portante pesquisador na área de medicina nutricio- poderemos erradicar as doenças endêmicas atuais,
nal e busca comprovar os benefícios à saúde dos mi- salvando milhões de vidas e reduzindo orçamen-
cronutrientes no combate a uma série de doenças. tos públicos e privados de saúde.
Rath também trabalhou com o ganhador do prêmio
O objetivo de nossa nova visão será impe-
Nobel Linus Pauling em diversos estudos nutricio- dir eficientemente doenças e erradicá-las.
nais e é um médico determinado a lutar por justiça Esse novo sistema de saúde será oposto
e paz. Esse comprometimento com valores sociais ao farmacêutico “negócio com doença”, que é
culminaram em 2002 com a criação da Dr. Rath Health baseado na perpetuação e disseminação de
Foundation, uma organização sem fins lucrativos enfermidades como base para um mercado
que visa dar suporte a diversas atividades na área de de consumidores de longo prazo.
saúde humana, justiça social e preservação da paz
mundial. A fundação defende o estabelecimento de O setor público – federações e municipalidades
um novo sistema global de cuidados médicos que a – será responsável por adequadamente
partir da medicina celular, de recentes descobertas e fornecer a população suplementos nutriti-
de terapias naturais melhore as condições de saúde vos, como também outros remédios natu-
rais, visando prevenir doenças endêmicas
da população e das futuras gerações, acabando com
e para serem usados como tratamentos
doenças como câncer, AIDS e problemas cardiovas- adjuvantes. Adicionalmente, o fornecimen-
culares a um custo muito menor e acessível. to de poucos preparados farmacêuticos que tenham
No site da organização, Rath clama pela atenção alguma utilidade será submetido gradualmente ao
de toda a humanidade para um controle público da controle público. Os remédios que não podem ter
saúde, alegando que boa saúde é um direito fun- seus efeitos curativos ou preventivos comprovados,
damental e deve ser garantido a todos os seres hu- isto é aqueles que mostram as características típi-
manos (www.dr-rath-foundation. org). O médico cas da maioria das fórmulas farmacêuticas, serão
alerta para o monopólio da indústria farmacêutica proibidos.
sobre o mundo, que em sua opinião se estabeleceu
com base na perpetuação e proliferação de doen- Os setores chaves para o tratamento das en-
ças. A prevenção e a erradicação das doenças com fermidades, de hospitais às clínicas ligadas
às universidades, serão sujeitos ao con-
tratamentos naturais curativos e eficientes, segundo
trole público. Somente dessa maneira a
Rath, colocam a existência do negócio farmacêutico estratégia geral para um sistema da saú-
em perigo. de voltado à prevenção e a erradicação
No texto, o médico faz a seguinte declaração: de doenças pode ser garantido e não sabotado
“Nós, povos desse planeta, declaramos que não que- pelo “negócio com doença”.
remos mais continuar sujeitos à vontade de grupos
de interesse que não possuem escrúpulos, ou seus Os cofres da doença serão submetidos ao
cúmplices políticos que tentam semear a dominação controle público. A responsabilidade de
do mundo por meio da proliferação de doenças e reembolsar custos de tratamentos que
guerras. Estamos prontos para assumir responsabi- provem ter efeitos preventivos e terapêuti-
lidades, por nós mesmos e pelas futuras gerações. cos e, em particular, remédios naturais com
base científica, será assumida. Os represen-
Nós iremos dedicar todos os nossos esforços para
tantes dos interesses da indústria farmacêutica serão
erradicar as doenças endêmicas atuais, a fim de que o
excluídos dos quadros que protegem e controlam as
farmacêutico ‘negócio com doença’ perca a fundação finanças destinadas ao tratamento de doenças. Os
que o sustentou até agora. Dessa forma, criaremos as representantes dos pacientes, selecionados por eles
circunstâncias necessárias para apreciar um mundo mesmos, terão maioria nesses quadros. Somente des-
mais saudável, justo e em paz”. Para Rath, a primeira sa maneira pode-se garantir que os custos com os cui-
etapa para atingir esse principal objetivo é o controle dados de saúde não serão desperdiçados financiando
público da saúde, a partir desses 10 itens ao lado: o farmacêutico “negócio com doença.”

20 2º. semestre 2005


Similarmente, a autorização de remédios no- Educação na área de saúde e, em parti-
vos será submetida a estritos controles públi- cular, a disseminação do conhecimento
cos. Além dos representantes das profissões relacionado à dieta saudável e a outras
ligadas à saúde, as comissões encarregadas medidas para prevenir enfermidades
da autorização serão compostas principal- serão obrigatórias em escolas de edu-
mente de representantes dos pacientes e cação infantil e em todos os centros de
de cidadãos eleitos democraticamente. So- outros níveis de educação. As crianças aprenderão
mente dessa forma a influência precedente da indús- do começo de sua instrução que o corpo humano
tria farmacêutica será removida do processo, colocan- não pode produzir a vitamina C e que durante suas
do um ponto final a autorização de produtos que são vidas inteiras necessitam fornecer a seus corpos
na maior parte inúteis e quase sempre prejudiciais. essa substância por meio de suplemento dietético.
O treinamento e a instrução contínuos da popula-
A pesquisa médica e científica será ção em matérias de saúde serão intensificados em
sujeita aos controles públicos visando todos os níveis, incluindo fóruns públicos.
desenvolver remédios curativos eficientes
para prevenir e erradicar doenças. Os fundos A fim poder espalhar rapidamente
públicos serão empregados para o finan- o conhecimento da importância de
ciamento de pesquisas em universidades nutrientes essenciais e de outros
e em outros centros públicos que forneçam benefí- remédios naturais para a manutenção
cios para todos os pacientes. A indústria farmacêutica de boas condições de saúde (e para
não irá mais receber subsídios públicos. Somente garantirmos assim os serviços de saú-
dessa maneira o desperdício de fundos públicos com de básicos que são apropriados para
pesquisa farmacêutica que não elimina doenças, pelo a população) novas profissões na área da saúde
contrário, garante sua continuidade estabelecendo a serão oficialmente reconhecidas. Incluindo entre
base do “negócio com doença”, será levado ao fim. essas “consultores nutritivos” ou “consultores celu-
lares da medicina” com especialidade em saúde e
O treinamento de médicos e outros profissionais consultas preventivas. Dessa maneira, o controle
da área de saúde será realizado sob controle monopólico da medicina por tratamentos farma-
público. A prática existente de ter que fornecer cêuticos e alta tecnologia acabará.
recursos da indústria farmacêutica a fim alcan-
çar os líderes das faculdades médicas será inter- Boa saúde é um direito
rompida imediatamente. O único critério para a fundamental de todos
indicação de professores para as diferentes profissões os seres humanos.
ligadas à saúde será suas qualificações profissionais e
não sua dependência financeira dos grupos farmacêu- Nós estamos fazendo esse
ticos. Somente dessa forma chegará ao fim a devasta- apelo a toda a humanidade
dora influência comercial que tem sido empregada por com o intuito de alcançar
décadas pela indústria farmacêutica no treinamento de
esses objetivos juntos.
médicos e outras carreiras no setor da saúde.

Notícias Academia Sul-Americana de Medicina Integrada 21


Oligoterapia e diáteses
Dr. Marco Rogério Marcondes (Maringá/PR)

Por que algumas pessoas desenvolvem deter- às agressões físicas e quando adoece são doenças
minadas patologias e outras não, apesar de muitas que podem evoluir sem muita gravidade. São indi-
vezes possuírem hábitos e estilo de vida muito pa- víduos idealizadores, que realizam seus sonhos. São
recidos? Uma das respostas está relacionada ao que ainda afetivos, nervosos, agressivos, otimistas, tími-
chamamos de terreno constitucional. As doenças dos, dinâmicos, emotivos, explosivos e não guardam
nada mais são do que informações que carregamos rancores.
em nós mesmos, oriundas de um acervo informa-
tivo a que fomos submetidos na concepção. Uma Diátese II – Hipostênica ou Artro-Tuberculosa
lesão é patologicamente o resultado de uma per- É também uma diátese constitucional, ao des-
turbação metabólica já existente em nosso acervo compensar de seus mecanismos de repressão aos
informativo, que poderá manifestar-se conforme arquétipos, por motivos variados, apresentará as se-
a exposição a múltiplos fatores, como poluição at- guintes características: trata-se de um indivíduo que,
mosférica, campos eletromagnéticos, contaminação na medida em que passa o dia (ou ano ou período)
alimentar, além de fatores hormonais, sociais, emo- vai se cansando, apresenta astenia progressiva que
cionais, entre outros. O conjunto de características às vezes pode destruir sua autoconfiança. Torna-se
semiológicas que definem o terreno constitucional angustiado e pessimista, precisa de muito repouso
é chamado de diátese, que exprime o afloramento para retomar seus afazeres e recuperar sua capaci-
de arquétipos não reprimidos pelas barreiras prote- dade de trabalho e intelectual. É por natureza um
toras do organismo. indivíduo calmo, ponderado, ordenado, meticuloso,
A diátese classifica o doente, ligado a uma dis- agarra-se a detalhes, não gosta de imprevistos, de-
função orgânica, de uma forma individualizada por testa o fato de ficar em débito, geralmente indiferen-
meio de características físicas, emocionais e reações te ao meio, parecendo não se interessar por nada.
pessoais. O comportamento diatésico é reflexo Intelectualmente, tem dificuldade de se concentrar,
móvel de um estado em evolução – a luta entre a prestar atenção nas aulas por muito tempo, nas últi-
informação e sua repressão. Ao chegar em um es- mas aulas quase não aproveita seu conteúdo; é ain-
tado patológico, é fisiologicamente a conseqüência da desatento, distraído, poupa esforços, fala pouco e
de uma anomalia crescente das trocas metabólicas só o que interessa. Caracteriza-se por hipotonia, este
e um bloqueio progressivo das funções regulado- terreno aproxima-se do tuberculinismo da homeo-
ras. O médico francês Jacques Ménétrier, precursor patia. Encontra-se com freqüência nas famílias cujos
da medicina funcional ou oligoterapia, levando em parentes sofrem ou sofreram de problemas respira-
conta o estado ácido básico e o sistema redox do or- tórios e de estados hipostênicos.
ganismo, classificou as diáteses conforme o estado
psíquico e orgânico de cada pessoa. Segundo Mé- Diátese III – Distônica ou Neuro-Artrítica
nétrier, as diáteses são constitucionais – alérgicas e Essa diátese não é constitucional e, geralmente, é
hipoalérgicas – e evolutivas – distônicas e anérgicas. fruto de evolução da diátese I. Aparece normalmente
Além desses quatro tipos, há uma quinta classifi- no adulto e é um sinal de alerta para o médico, pois
cação, que não é considerada propriamente uma a instalação de disfunção orgânica de degeneração
diátese, mas uma desadaptação. dá início a processos não curáveis. Já numa fase
celular, onde as toxinas estão adentrando na célula,
Descrição das diáteses: marca uma divisão entre doença funcional e orgâ-
nica, sendo a distônica uma evolução das alérgicas,
Diátese I – Alérgica ou Artrítica no sentido de uma baixa vitalidade e senescência.
É uma diátese constitucional, que ao descom- Geralmente, significa um desequilíbrio circulatório,
pensar seu estado de repressão aos arquétipos apre- emocional e hormonal, assim o paciente passa a
sentará as seguintes características: geralmente um ‘desafinar’ no seu acorde freqüencial ideal. Muda
indivíduo jovem, magro, agitado, apressado, colérico, seu humor, primeiramente, passa a ser ansioso,
nervoso, que padece de mal digestivo, tem doenças depressivo, emotivo e conserva o espírito criativo da
na infância, predominando as alergias. Reage muito diátese I, que geralmente a deu origem. Essa diátese

22 2º. semestre 2005


se caracteriza por envelhecimento geral, diminuição A partir da análise das diáteses, a oligoterapia
da concentração, perda da memória, perda do en- pode ser usada para prevenção de patologias ou
tusiasmo (sem deixar de ser criativo); isso é impor- como auxílio na terapia de problemas de difícil
tante para diferenciar da diátese IV. Perda de ânimo, tratamento. A oligoterapia consiste na utilização
diminuição do desejo sexual (sem deixar de perder dos oligoelementos, micronutrientes em doses in-
o prazer), alteração no sono, insônia, diminuição do finitesimais, que a partir de uma técnica específica
sono ou da qualidade dele. Apresenta fadiga pro- são ionizados, obtendo-se substratos ativos dos
gressiva no decorrer do dia. Amanhece ainda bem, mais variados minerais, metais e metalóides, como
porém no final da tarde está cansado, sente dores manganês, ferro, cobre, iodo, fósforo, enxofre, etc.
nos membros inferiores, por estase venosa, que me- As doses ínfimas dessas substâncias desencadeiam
lhora ao levantar as pernas, sensível ao estresse. reações bioquímicas imprescindíveis à manutenção
da vida biológica. Essas reações funcionam como
Diátese IV – Anérgica catalisadoras e favorecem o restabelecimento do
Essa diátese nunca é constitucional. É sempre metabolismo enzimático, contribuindo para a ho-
uma evolução das diáteses precedentes e, normal- meostase do organismo e, conseqüentemente, para
mente, muito grave. Já está numa fase celular ou a promoção da saúde e qualidade de vida.
degenerativa ou até mesmo neoplásica. Aparece
de maneira gradual caso as diáteses anteriores não Ações da oligoterapia:
sejam tratadas ou não deixem de evoluir esponta-
neamente. Pode aparecer por excesso de homoto- 1. Aumenta a bioreceptividade celular dos
xinas ambientais, farmacológicas, virais, bacterianas, minerais;
fúngicas e emocionais, como por exemplo o excesso 2. Trata terreno mórbido (onde afloram as in-
de homotoxinas medicamentosas. formações patológicas);
3. Repõe o oceano primitivo da matriz extra-
Diátese V – Síndrome de Desadaptação celular;
Não é propriamente uma síndrome, apesar de al- 4. Desintoxica a matriz extracelular;
guns autores a considerarem. Na opinião da maioria 5. Impõe uma mente de cura, através do trata-
dos estudiosos do assunto, trata-se de uma desa- mento mineral.
daptação endócrina e/ou hipofiso-supra-renal.

Participe da Academia Sul-Americana de Medicina Integrada!


Faça parte dessa rede de conhecimento voltada à ‘medicina do ser’. O objetivo principal da Academia Sul-Americana de Medicina
Integrada (Asami) é funcionar como um canal de troca de informações, conceitos e técnicas que permitam tratar o ser humano
em sua integralidade. A Asami reúne médicos e profissionais da saúde das mais diversas áreas, dedicados a unir conhecimentos
e diferentes especialidades para auxiliar cada paciente, conforme suas características e necessidades individuais, a alcançar o
pleno bem-estar físico, mental e emocional. A Asami também oferece aos associados a oportunidade de divulgar seus estudos e
experiências na área de medicina integrada, além de descontos em todas as atividades da Academia e nos materiais da Editora
Corpo Mente. Associe-se e contribua para o progresso da ciência e para a consolidação de uma medicina direcionada à cura do
ser como um todo.

Para fazer parte da Academia Sul-Americana de Medicina Integrada, preencha esta ficha e envie para:
Rua Senador Xavier da Silva, 39 . Alto São Francisco . Curitiba/PR . CEP 80530-060
ou pelo Fax (41) 3019 2966, ou então, mande em e-mail para corpomente@avalon.sul.com.br
Anuidade = R$ 150,00
Depósito na Agência 1525 da Caixa Econômica Federal, conta nº 1237-0, nominal à RCL Publicações Ltda.
Obs.: ENVIAR COMPROVANTE DE DEPÓSITO PARA O FAX (41) 3019 2966.

Nome: _________________________________________________________________________________________
Especialidade: _____________________________________________ CRM: _______________________________
Endereço: _________________________________________________ Nº: _______ Complemento: ______________
Bairro: __________________________ CEP: _____________Cidade: ______________________________ UF: ______
Tel. (residencial): ___________________ Tel. (comercial): ___________________ Fax: _________________________
e-mail: _________________________________________________________________________________________
233
23 3
A Corpo Mente trabalha para levar, aos profissionais da área da saúde e
ao público em geral, informações voltadas à cura e ao tratamento do ser hu-
mano como um todo por meio de métodos tradicionais e inovadores. Livros,
apostilas, vídeos e outros materiais, que privilegiam a pesquisa científica e a
experiência de renomados especialistas, ensinam técnicas e terapias capazes
de produzir excelentes resultados no tratamento de diversas enfermidades. O
objetivo principal das publicações é transmitir conhecimentos que contribu-
am para o bem-estar físico, mental e emocional de cada indivíduo.
Alguns títulos

Saiba mais sobre


• Kefir
• Colonterapia
• Vitaminas e
Minerais
• Plantas Medicinais
com Propriedades
HÁ ESPAÇO PARA A PERÓXIDO DE
A MULHER ESPIRITUALIDADE HIDROGÊNIO Anticâncer
Dr. Luiz Carlos Leme Franco NA MEDICINA? Dr. Roberto Cesar Leite
Dr. Roberto Cesar Leite Gilnei Lopes e Ceura F. Lopes Dr. Francisco Humberto de
Freitas Azevedo
• Magnetoterapia
O livro ensina como Pelo relato de experiências
aproveitar o potencial pessoais, descrição de casos Apesar de ter sido
apresentada pela primeira
• Nutrição e
terapêutico das plantas e técnicas desenvolvidas
no tratamento de
diferentes disfunções
durante uma longa vez no início do século
passado, poucos médicos
Desintoxicação
caminhada, os autores
hormonais e ginecológicas.
Os autores descrevem a
mostram a relação existente conhecem as propriedades
da terapia com peróxido de
• Hidroterapia
entre a saúde espiritual e
ação e a forma de utilização
dos fitoterápicos para aliviar
física. O livro visa também
estimular a busca do leitor
hidrogênio. O livro relata
estudos e fornece infor- • Relaxamento e
sintomas e até mesmo curar mações importantes sobre
doenças.
pelo sentido mais amplo
da vida. esse poderoso agente no Alongamento
combate a infecções.

Peça um catálogo com a relação de todas as publicações disponíveis pelo telefone (41) 3019-2966 ou mande um
e-mail para: corpomente@avalon.sul.com.br / www.corpomente.com.br

5º. Encontro Internacional de Medicina Integrada


A disseminação de conceitos e técnicas que permitam praticar uma medicina voltada para a totalidade do ser é o principal
objetivo desse evento. O encontro, promovido pela Academia Sul-Americana de Medicina Integrada, terá uma série de palestras
e grupos de discussão com especialistas brasileiros e estrangeiros renomados por suas contribuições em busca de uma medicina
integrada e de uma vida mais saudável.
Em tempos de muito trabalho e pouco tempo para os estudos e o lazer, a Asami traz para você, médico preocupado em
se atualizar sobre os últimos tratamentos utilizados na Europa e EUA, informações e técnicas que buscam a integração de várias
disciplinas e métodos para obter sucesso na cura e prevenção de doenças.
Programe-se para fazer parte dessa jornada de conhecimento rumo a uma medicina multdimensionada capaz de tratar de
maneira eficaz as aflições físicas, mentais e emocionais do ser humano.

Data: 29 e 30 de abril de 2006 • Local: Curitiba/PR


Mais informações e inscrições: Telefone: (41) 3019-2966 ou pelo e-mail: corpomente@avalon.sul.com.br
• Desconto de 30% na inscrição para associados da Academia Sul-Americana de Medicina Integrada (Asami).
• Trabalhos científicos devem ser submetidos à Asami para análise de conteúdo e possibilidade de apresentação durante o evento.

Remetente:
RCL PUBLICAÇÕES Ltda. - Rua Senador Xavier da Silva, 39 . Alto São Francisco . Curitiba/PR . CEP 80530-060