Você está na página 1de 1

HISTÓRIA DO VOTO NO BRASIL

1555 1821 1881 1891 1932 1950 1963 1989 1996


VOTO CENSITÁRIO CORTE LUSA LEI SARAIVA VOTO DE CABRESTO VOTO FEMININO SEM MAIORIA ABSOLUTA PRIMEIRO REFERENDO ELEIÇÕES DIRETAS URNA ELETRÔNICA

Da Colônia até quase o O Clero, nobreza e Decreto do primeiro- Constituição de 1891 Estabeleceu-se voto E m 1 9 4 6 , a O C o n g r e s s o A r e a b e r t u r a Após experiências
democrática trouxe a
fim do Império, só exército se revoltaram, ministro do Império ratificou as votações secreto e obrigatório Constituição não condicionou a posse nova Constituição de desde 1989, 57
podiam votar (e ser exigindo a monarquia José Antônio Saraiva diretas. Em 1904, a Lei para “cidadão maior de exigia a maioria de João Goulart ao 1988. Presidente, cidades usam urna
votados) nobres, constitucional em estabeleceu eleições R o s a e S i l v a 21 anos, sem distinção absoluta dos votos parlamentarismo. Em governadores e eletrônica na eleição
burocratas, militares, Portugal. D. João VI diretas para câmaras e estabeleceu que, além de sexo” em 1932. para representantes janeiro de 1963, o prefeitos de grandes municipal. Em 2000,
comerciantes ricos, convocou eleições em assembleias. da cédula que ia para a Assim, mulheres do Executivo. Assim, brasileiro participou do cidades seriam eleitos na primeira eleição
senhores de engenho março de 1821 para a Províncias foram urna, outra seria p o d i a m v o t a r. E m menos da metade dos s e u p r i m e i r o em dois turnos. Jovens informatizada do
e homens de posses, nova corte com 72 divididas em distritos e preenchida, datada e 1934, a idade mínima eleitores levaram três referendo, que teve acima de 16 anos, mundo, 110 milhões de
analfabetos e maiores
mesmo analfabetos. vagas para a elite eleitores com renda rubricada por fiscal para votar passou a presidentes ao poder: como resultado a de 70 anos ganharam pessoas escolheram
brasileira. mínima anual de 200 eleitoral. ser de 18 anos. Getúlio, Juscelino e rejeição do novo direito facultativo ao prefeitos e vereadores
mil-réis Jânio. sistema. voto. de 5559 municípios.

BRASIL COLÔNIA INDEPENDÊNCIA PROCLAMAÇÃO ERA VARGAS REPÚBLICA CÉDULA OFICIAL DITADURA MILITAR
DO BRASIL DA REPÚBLICA POPULISTA NOVA REPÚBLICA
ABOLIÇÃO DA
ESCRAVATURA
REPÚBLICA
VELHA

André Luiz Fanzeres Tozato Castilho


Amanda Meireles dos Santos
Ana Carolina Pereira
Dandhara Sepulchro Souza
Joyce Hellen Trindade
Leticia Almeida Moura