Você está na página 1de 16

UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP

INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO


CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING

SANPLAST Indústria de Plásticos Ltda.


PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR – PIM II

PORTO ALEGRE
2019
UNIVERSIDADE PAULISTA – UNIP

INSTITUTO DE CIÊNCIAS SOCIAIS E COMUNICAÇÃO


CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM MARKETING

SANPLAST Indústria de Plásticos Ltda.


PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR – PIM II

ALUNA: ALESSANDRA RIBEIRO FRAGA RA: 1641471

Projeto Integrado Multidisciplinar – PIM II, apresentado


como um dos pré-requisitos para aprovação do bimestre
vigente, no Curso Superior de Tecnologia em Marketing
(NOME DO CURSO): Tecnologia em Marketing
ORIENTADOR(A): Alexsandra dos Santos Rodrigues

PORTO ALEGRE
2019
RESUMO

O objetivo deste trabalho é realizar um diagnóstico na empresa pesquisada e


identificar práticas executadas na organização e estabelecer relação com as teorias
estudadas no curso de marketing, com base na matéria de economia e mercado,
bem como, avaliar o cenário macroeconômico fazendo uso das ferramentas
administrativas e dos conceitos dos recursos materiais e patrimoniais e dos modelos
matemáticos financeiros para apresentar a empresa técnicas que favoreçam melhor
a tomada de decisões. A Sanplast Indústria de Plásticos é um exemplo típico de
empresas fundadas sem uma análise técnica da economia, sem o plano de negócios
definido, um grande fator que tem levado as empresas a falência em pouco tempo
de operação.

Palavras chave: Diagnóstico. Marketing. Economia e mercado.


ABSTRACT

The objective of this work is to perform a diagnosis in the company researched and
identify practices performed in the organization and to establish relationship with the
theories studied in the marketing course, based on economics and market, as well as
to evaluate the macroeconomic scenario making use of the administrative tools and
the concepts of material resources and assets and financial mathematical models to
present the company techniques that favor better decision making. Sanplast Plastics
Industry is a typical example of companies founded without a technical analysis of
the economy, without the defined business plan, a big factor that has led companies
to bankruptcy in short time of operation.

Keywords: Diagnosis. Marketing. Economy and market.


SUMÁRIO

INTRODUÇÃO ............................................................................................................................... 06
CAPÍTULO 1 – ECONOMIA E MERCADO......................................................................... 07
1.1 Valor Bruto da Produção....................................................................................................... 07
1.2 Produção Física................................................................................................................ 08
1.3 Emprego Formal................................................................................................................ 09
1.4 Exportações....................................................................................................................... 09
1.5 Importações....................................................................................................................... 09
CAPÍTULO 2 – RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS .........................................10
2.1 Recursos Materiais e Patrimoniais..................................................................................... 10
2.2 Compras............................................................................................................................. 11
2.3 Administração e Reposição de Estoque........................................................................... 11
2.4 Inventário............................................................................................................................ 12
2.5 Administração do Patrimônio................................................................................................ 12
CAPÍTULO 3 – MATEMÁTICA APLICADA...................................................................... 13
3.1 Faturamento Anual............................................................................................................. 13
3.2 Compras Anuais............................................................................................................... 14
3.3 Folha de Pagamento............................................................................................................ 14
CONCLUSÃO................................................................................................................................. 15
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS........................................................................................ 16
6

INTRODUÇÃO

Neste PIM II do Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Marketing,


apresento um diagnóstico da empresa Sanplast Indústria de Plásticos, identificando
suas práticas de gestão baseadas nas disciplinas Economia e Mercado, Matemática
Aplicada e Recursos de Materiais e Patrimoniais.
Através de pesquisa e coleta de dados realizados em visita presencial na
empresa, conhecendo os setores, realizei entrevista com o gerente administrativo
que nos forneceu acesso a dados sobre o assunto em questão.
Fundada em setembro de 1974 em Porto Alegre – RS, estabeleceu-se em
Viamão – RS no ano de 1986 numa ampla área de terras de 35.000m². A empresa
conta com instalações modernas e um parque fabril atualizado, a empresa tem
procurado diversificar sua oferta de produtos com o objetivo de colocar a disposição
de seus clientes diversos tipos de embalagens com qualidade e preços competitivos.
7

1. ECONOMIA E MERCADO

A economia da SANPLAST tem uma estrutura muito complexa, e assim a


importância da embalagem tem se tornado cada vez mais significativa dentro do
sistema. E assim ela contribui para a diminuição de perda de produtos, quanto para
a preservação do padrão de vida do homem moderno. As embalagens produzidas
apresenta uma diversificação de formas, modelos e materiais e assim fazendo parte
de nossa vida diária de várias maneiras, algumas podem ser reconhecidas
facilmente, já outras tem influência bem discreta, porém todas proporcionam
benefícios justificando sua existência. Os produtos e as embalagens estão
relacionados que não podem ser considerados um sem o outro.

1.1 Valor Bruto da Produção

O estudo macroeconômico da indústria brasileira de embalagem, realizado


pelo IBRE (Instituto Brasileiro de Economia) / FGV (Fundação Getúlio Vargas) há
vinte anos para a ABRE, demonstra que o valor bruto da produção física de
embalagens atingiu o montante de R$ 71,5 bilhões, um aumento de
aproximadamente 5,1% em relação aos R$ 68 bilhões alcançados em 2016.
8

1.2 Produção Física

Após três anos de resultados desfavoráveis do setor, a produção da indústria


de embalagem apresentou um crescimento de 1,96% em 2017.

A projeção para o ano de 2018 – calculado por um modelo econométrico que


utiliza variáveis como sazonalidade, tendência e produção da indústria de
transformação – é de um crescimento de 2,96% em sua produção física.
Segundo o estudo, é pouco provável que a recuperação seja mais rápida e o
crescimento maior que o previsto.  Alguns fatores como frustração com a reforma da
Previdência, pressões para uso de “atalhos” que permitam um crescimento maior,
eleições, incertezas políticas, geopolítica internacional, etc. podem influenciar
diretamente impactando negativamente a economia em geral, reduzindo o
crescimento projetado.
Das cinco classes de embalagem, quatro registraram crescimento em 2017,
sendo que as embalagens de vidro tiveram o maior crescimento (3,39%), seguidas
por embalagens de plástico (3,37%), papel/papelão/cartão (2,99%) e madeira
(0,56%). A exceção ficou com as embalagens metálicas que apresentaram uma
retração de -3,92%.
Todos os grandes usuários de embalagens apresentaram recuperação da
produção em 2017, impactando nos resultados positivos do setor de embalagens.
9

1.3 Emprego Formal

O nível de emprego na indústria atingiu 218.146 postos de trabalho em


dezembro de 2018, contingente que é 1,12% superior ao de dezembro de 2016.
A indústria de plástico é a que mais emprega, totalizando, em dezembro de
2017, 115.558 empregos formais, correspondendo a 52,97% do total de postos de
trabalho do setor. Em seguida vem papelão ondulado com 32.355 funcionários
(14,83%), papel com 21.659 (9,93%), metálicas com 17.720 (8,12%), madeira com
13.475 (6,18%), cartolina e papelcartão com 9.685 (4,44%) e vidro com 7.694
(3,53%).

1.4 Exportações

As embalagens plásticas correspondem a 39,80% do total exportado,


seguidas pelas metálicas com 35,67% na segunda colocação. Já as embalagens de
papel, cartão e papelão ficaram no terceiro lugar, correspondendo a 19,26% do total
exportado, seguidas por embalagens de vidro (3,90%) e madeira (1,37%).
Em relação ao crescimento de exportações por segmento, o setor de
embalagens metálicas lidera com acréscimo de 22,67% no valor total exportado no
ano passado, seguido por embalagens plásticas (12,80%) e de vidro (11,74%). Já os
setores de embalagens de madeira e de papel/papelão tiveram um decréscimo de
-31,76% e -6,03%, respectivamente.

1.5 Importações

As importações tiveram um crescimento de 5,87% no ano de 2018 na


comparação com o ano anterior, movimentando um total US$ 527,3 milhões. O setor
de plásticos corresponde a 57,80% do total importado, seguido por embalagens
metálicas (18,19%), vidro (13,52%), papel/papelão (10,37%), e madeira (0,12%).
Em relação ao desempenho de importações por segmento, todos as classes
apresentaram crescimento, sendo que as embalagens de madeira apresentaram o
maior acréscimo correspondendo a 117,18%, seguidas por embalagens de vidro
(16,49%), metálicas (5,30%), papel/papelão (4,63%) e plástico (3,93%).
10

2. RECURSOS MATERIAIS E PATRIMONIAIS

2.1 Recursos Materiais e Patrimoniais

A empresa Sanplast Indústria de Plásticos Ltda. Utiliza como sua principal


matéria prima o plástico, principalmente do tipo polietileno, polímero de maior
produção mundial, tendo um menor custo, sendo mais simples, quimicamente inerte
e derivado do petróleo.
As principais matérias primas utilizadas são:
 Polietileno;
 Polipropileno;
 BOPP (Polipropileno bio orientado);
 Tintas Flexograficas; e
 Aditivos Oxibiodegradáveis.
Ainda existe materiais de uso e consumo utilizados para limpeza, manutenção
e escritório que não são controlados por estoque.
A indústria esta localizada em Viamão-RS numa ampla área de terras de
34.600m² utilizados para o setor fabril e outros 400m² utilizados para a
Administração.
O setor fabril é dividido em 3 grandes setores:
 Extrusão: 5 (cinco) máquinas extrusoras de polietileno de alta ou baixa
densidade. São equipamentos que transformam a matéria prima em um filme
plástico em diversos tamanhos e espessuras. Impressão: 3 (três) impressoras
flexográficas que trabalham com até 8 cores de impressão. Trabalham com
as bobinas de filme plástico entregues pelo setor de extrusão.
 Corte: 12 (doze) máquinas que cortam e/ou soldam as bobinas de filme
plástico: lisas, entregues pela extrusão ou impressas, entregues pelo setor de
impressão. Estas contam com acessórios e têm uma versatilidade muito
grande de configurações possibilitando uma grande variação na linha de
produtos.
Conta com empilhadeira, balanças, misturadores, rebobinadeiras,
refrigeradores de água e prensas.
11

O Patrimônio da empresa pode ser resumido em seu maquinário industrial,


equipamentos de informática e mobiliário de escritório já que não conta com imóveis
em seu patrimônio.

2.2 Compras

A matéria prima principal é o plástico. Como derivado do petróleo, tem seu


preço indexado ao mesmo. Como material adquirido em grandes quantidades e com
custo de aquisição considerável, estas compras são efetuadas diretamente pelo
Diretor Industrial, que avalia a necessidade, busca fornecedores e efetiva as
compras.
As tintas flexográficas são enviadas pelo fabricante em regime de
consignação. Um dos vendedores visita quinzenalmente a empresa para fazer a
contabilização do consumo, juntamente com um funcionário da empresa, e envia a
cobrança do volume utilizado.
Alguns materiais adicionais utilizados como matéria prima são cotados e
comprados conforme a necessidade do modelo de produto produzido.
Materiais de consumo como: limpeza, manutenção, escritório e suprimentos
de informática são comprados conforme necessidade e em quantidades suficientes
para atender a empresa em um período de 30 dias.
Não existe a formalização de pedidos de compras e eventualmente a
empresa solicita que sejam emitidas cotações de fornecedores para a decisão de
uma compra.

2.3 Administração e Reposição de Estoque

A administração de estoque acontece somente com a matéria prima principal,


os polímeros de plástico, em seu estado de grãos.
A quantidade de matéria prima em estoque é determinada por uma
quantidade mínima ou a quantidade necessária para atender o volume de pedidos
de venda aceitos.
Em algumas situações, a empresa compra matéria prima aproveitando-se da
oferta com preço atrativo ou a iminência de aumento de preços.
12

O estoque de tintas em consignação é administrado pelo fornecedor e a


reposição é feita sobre o consumo das mesmas.
Não utilizam a curva ABC e XYB como forma de administração dos itens em
estoque.

2.4 Inventário

O inventário da empresa é efetuado a cada quatro meses. A unidade de


medida das matérias primas é o quilograma. É feita uma pesagem dos materiais em
estoque, em processo e produtos acabados, acrescida de aparas e material disperso
pelo chão, no setor fabril.

2.5 Administração do Patrimônio

A empresa não possui imóveis próprios, dessa forma ela preocupa-se


somente com as instalações e manutenção dos prédios.
Atendendo as necessidades do mercado, redução de custo e otimização da
produção, de tempos em tempos, a empresa investe em novas máquinas e/ou
desfaz-se de outras que não atendem mais as necessidades da empresa.
13

3. MATEMÁTICA APLICADA

A aplicação da matemática é muito comum no nosso dia a dia, é uma


ferramenta de gestão grandemente importante, podendo apontar lucros e prejuízos,
sua precisão é a premissa, sua aplicação auxilia nas tomadas de decisões e permite
antecipar resultados catastróficos para a empresa.
A matemática aplicada tem como objetivo fornecer uma compreensão mais
aprofundada a respeito de um determinado problema, ajudando a entender o
cotidiano e transforma situações adversas em benefícios.
Em resumo a matemática aplicada dá um desenho de forma favorável dos
produtos, norteia os processos da gestão administrativa, avalia o planejamento e
controla com eficiência as finanças e investimentos.
Considerado como um bem de capital, o software utilizado nas empresas tem
sido utilizado para fins contábeis e financeiros, permite ao empresário executar uma
ou mais tarefas matemáticas específicas, em qualquer campo da empresa
especialmente na área de produção, a maior parte dos softwares de hoje para a
área de gestão, reúnem em seus conteúdos inúmeras ferramentas matemáticas, a
planilha Excel é uma delas.
A Sanplast desde quando foi fundação já se preocupou em investir em
tecnologia, na qualificação e treinamento de sua equipe a empresa opera com o
software Prisma Five, onde todo cálculo é realizado no próprio sistema, controle de
estoque, finalizações de compras e parcelamentos, cálculos de insumos nas
fórmulas de manipulação, receitas administrativas e folha de pagamento, taxas e
impostos, projeções de vendas, custos de pedidos e prejuízos.

3.1 Faturamento Anual

Podemos observar o desenvolvimento de seu faturamento nos últimos 5 anos:

Faturamento
22,000,000.00
20,000,000.00
18,000,000.00
16,000,000.00
2013 2014 2015 2016 2017
14

3.2 Compras Anuais

As compras anuais nos últimos 5 anos são:

Compras Anuais
16,000,000.00
14,000,000.00
12,000,000.00
10,000,000.00
8,000,000.00
6,000,000.00
4,000,000.00
2,000,000.00
0.00
2013 2014 2015 2016 2017

3.3 Folha de Pagamento

Os gastos com folha de pagamento nos últimos 5 anos são:

Folha de Pagamento
400,000.00
300,000.00
200,000.00
100,000.00
0.00
2013 2014 2015 2016 2017
15

CONCLUSÃO

Através deste trabalho nós acompanhamos o desenvolvimento e a


importância das embalagens Flexíveis nos dias atuais.
Concluí que: Embalar é preciso, mas não é fácil... o mercado das embalagens
cresce dia-a-dia, é notável o empenho das empresas em aprimorar, sensibilizar e
atender as necessidades de seu publico alvo, pois alem de investir no
desenvolvimento é preciso avaliar se o produto merece uma embalagem
diferenciada.
A empresa Sanplast Indústria de Plásticos Ltda., através de sua infra-
estrutura; mão de obra qualificada segue em busca da perfeição, tecnologia,
qualidade e diversidade de seus produtos e com certeza em pouco tempo ira
alcançar seus objetivos tornando-se líder no mercado.
Efetuamos uma analise detalhada dos diversos setores e acreditamos que a
Sanplast é uma empresa socialmente responsável, pois atende as expectativas
sociais com transparência mantendo a coerência entre o discurso e pratica, através
de sua conduta e decisões cotidianas que são o resultado dos valores e princípios
de uma empresa, seus proprietários conseguem gerenciar com responsabilidade
social, estabelecendo um dialogo com seus funcionários, respeitando seus direitos
trabalhistas e aumentando e incentivando o desenvolvimento profissional e uma
gestão mais participativa, de total transparência com seus fornecedores e clientes
oferecendo qualidade não somente no processo de venda mas em toda sua rotina
de trabalho.
16

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ABRAFLEX – Associação Brasileira dos Fabricantes de Embalagens Laminadas.


Disponível em http://www.abrafles.com.br

Abief Associação Brasileira da Indústria de Embalagens Plásticas Flexíveis


Disponível em http://www.abief.com.br

SEVERINO, Antonio J. Metodologia do Trabalho Científico. 21 ed. São Paulo:


Cortez, 2000.

PALADINI, E. P. Gestão da Qualidade: teoria e prática . 2ª.ed. São Paulo: Atlas, 2004,
339pp.

SILVA, M. O. ISO 14000. Cursos de Pós-Graduação Lato Sensu (Especialização) à


distância. Lavras: FAEPE, 2003. 1039p.

JURAN, J. M. Juran na liderança pela qualidade. São Paulo: Pioneira, 1993. 386 pp.

http://www.abre.org.br/setor/dados-de-mercado/dados-de-mercado/