Você está na página 1de 2

consequência da expansão do protestantismo

Reforma buscavam combater o protestantismo por meio do


ensino e expansão da fé católica
Protestante para a igreja se manter, tiveram que retirar as
indulgencias além de reformar diversos aspectos
Reforma Protestante é o nome dado ao
movimento reformista que surgiu no cristianismo Concílio de Trento
no século XVI.
buscava restabelecer a unidade da fé cristã, bem
Esse movimento iniciou-se a partir de como a disciplina eclesiástica em contraposição à
Martinho Lutero, um monge católico que doutrina protestante.
estava insatisfeito com algumas práticas e
questões teológicas defendidas pela Igreja  ficou conhecido como o “Concílio
Católica. A atuação de Lutero teve como ponto de da Contrarreforma”
partida a divulgação das 95 teses, que rapidamente
espalharam-se pela Europa e deram origem ao
reformismo no seio da Igreja Católica. Da atuação
de Lutero, surgiu o protestantismo.
Expansão Marítima
Expansão Marítima é o nome dado ao
Causas fenômeno ocorrido entre os séculos XV e XVII,
quando inúmeras expedições partiram das
 Aspectos políticos
 Aspectos econômicos
grandes potências europeias na busca por
 Aspectos teológicos alcançar as terras no Extremo Oriente.
Seus objetivos eram retomar o comércio
Todos contra a igreja: direto de especiarias, encontrar novas
Eles possuíam muitas terras, cobravam altos fontes de metais preciosos e converter
impostos, vendiam indulgências e eram
corruptos. populações nativas ao cristianismo.
Esse foi um processo fundamental não só para
história das potências monárquicas, mas também
Martinho Lutero para o contexto global, uma vez que foi a
Monge e professor de teologia expansão marítima que possibilitou a conquista
estava insatisfeito com condutas da Igreja de territórios até então desconhecidos pelos
elaborou um documento conhecido como 95 europeus.
teses Para compreender esse fenômeno, precisamos
adentrar nas transformações estruturais
 a intenção não era romper com a Igreja políticas, culturais e econômicas pelas
Católica, queria apenas que se quais a Europa passava desde o fim da Idade
realizasse uma reforma em Média.
determinadas questões

Protestantismo Motivações
Monopólios:
vertente do cristianismo que rompeu com a Igreja
centralização do saber
Católica
metais:
o rompimento de Lutero com a Igreja Católica
aconteceu a partir do momento em que passou a novas fontes
ser perseguido
religião:
Contrarreforma expansão da fé cristã
a conquista de territórios até então
desconhecidos pelos europeus.
Pioneirismo Português
Geografia: Para compreender esse fenômeno,
precisamos adentrar nas transformações
Extenso litoral
estruturais políticas, culturais e
Espírito aventureiro econômicas pelas quais a Europa passava
desde o fim da Idade Média.
Burguesia:
Novos produtos e mercados
Fruto dos interesses em comum das classes
pioneiras
Crise de sucessão:
Revolução de avis
D. João I vence
Unificação precoce
Crescimento e aproximação dos burgueses
com a nobreza

Consequências
Economia:
Revolução comercial
Interação entre mercados mundiais

Globalização
Colonialismo:
Sistema jurídico, econômico, social e cultural
Troca cultural:
Conhecimentos trocados dos povos europeus com
os povos nativos e africanos

Novas culturas e mudanças na cultura


europeiaExpansão Marítima é o nome dado
ao fenômeno ocorrido entre os séculos XV e
XVII, quando inúmeras expedições partiram
das grandes potências européias na busca
por alcançar as terras no Extremo Oriente.

Seus objetivos eram retomar o comércio


direto de especiarias, encontrar novas
fontes de metais preciosos e converter
populações nativas ao cristianismo.

Esse foi um processo fundamental não só


para história das potências monárquicas,
mas também para o contexto global, uma vez
que foi a expansão marítima que possibilitou