Você está na página 1de 35

TRADERS PLAN

PLANILHA PARA INVESTIMENTOS EM RENDA VARIÁVEL


TRADERS & HOLDERS

CONFIDENCIAL PARA USO PRIVADO DOS USUÁRIOS

MANUAL EM DESENVOLVIMENTO | VERSÃO 1.7


ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 22/01/2021
Sumário

1. INTRODUÇÃO ............................................................................................................................ 3
2. VERSÕES .................................................................................................................................... 3
3. USO DA PLANILHA .................................................................................................................... 4
4. SUPORTE ................................................................................................................................... 5
5. ATIVAÇÃO ................................................................................................................................. 5
6. PREJUÍZOS ACUMULADOS ........................................................................................................ 7
7. ATUALIZAÇÃO E RESTAURAÇÃO .............................................................................................. 7
8. INSTRUÇÕES DE USO ................................................................................................................ 9
9. FUNCIONAMENTO DA PLANILHA ........................................................................................... 10
10. IMPORTAÇÃO DE DADOS ..................................................................................................... 14
11. LANÇAMENTO DE OPERAÇÕES ............................................................................................ 17
12. LANÇAMENTO DE OPERAÇÕES NO MERCADO FUTURO ..................................................... 18
13. LANÇAMENTO DE OPERAÇÕES NO MERCADO DE OPÇÕES ................................................ 20
14. LANÇAMENTO DE DIREITOS / RECIBOS DE SUBSCRIÇÃO .................................................... 21
15. OPERAÇÕES TRATATIVAS (CONVERSÕES, SPLITS, EXERCÍCIOS OPÇÕES) ........................... 26
16. VÍDEOS TUTORIAIS ............................................................................................................... 27
17. HISTÓRICO DE ATUALIZAÇÕES ............................................................................................. 28

2
1. INTRODUÇÃO

Meu nome é Guilherme Boari e gosto muito de planilhas. Não sou desenvolvedor
de formação, mas sempre gostei de programação. A programação me permite
automatizar boa parte dos meus trabalhos operacionais, e como utilizo muitas
planilhas em meu trabalho e em meu dia a dia, resolvi aprender programação
de planilhas.
Para quem não gosta de trabalhos operacionais e improdutivos (como eu), criei
uma planilha pensando no investidor que precisa não somente acompanhar os
seus investimentos, mas que ao final tenha um cálculo preciso de seus resultados
e possa apurar os impostos devidos.
Mas esta planilha não deve se limitar a somente isso. Aproveite para comparar
investimentos, monitorar os impostos, saber quando vender os ativos, isentar-se
de impostos, acompanhamento de preços médios, entre muitos outros recursos.
Espero que você goste!

2. VERSÕES

Ao adquirir a Planilha você terá acesso a duas versões, podendo utilizar a versão
que achar melhor pois a ativação da licença não fica vinculada a uma versão
específica.
Veja instruções para a restauração de dados de uma Planilha para a outra em
tópico específico.
Comparativo de Versões
# Versão 2013 Versão 2016
Office 2007*
Office 2010
Office 2016
Office 2013
Compatibilidade Office 2019
Office 2016
Office 365 (instalado)
Office 2019
Office 365 (instalado)
Última Versão
2.738 (descontinuada) 3.09
Possui todos os recursos,
Não possui Recursos do com exceção do Link
PowerQuery Office 365 (para
Limitações
(Dashboard de obtenção das
Resultados) cotações através dos
servidores da Microsoft)

A versão 2.738 “2013” foi descontinuada devido à falta de recursos das versões
mais antigas do Excel. Poderá ser utilizada normalmente, porém para atualizar
para a versão 3, o usuário deverá possuir uma versão mais recente do Office.

3
3. USO DA PLANILHA

I. Requisitos
a) Computador com Sistema Operacional Windows. A Planilha não é
compatível com MacOS, Linux e outros visualizadores de tabelas como
LibreOffice.
b) Microsoft Excel instalado com Licença Válida (Licença do Excel)

II. Descompactar e salvar


a) Após download retire o arquivo da pasta zipada!
b) Salve o arquivo em algum lugar conhecido, preferencialmente uma
pasta para controle de ações. Você pode renomear o arquivo a Planilha com
o nome que achar conveniente.

III. Abrir o arquivo e habilitar o conteúdo e as macros


a) Abrir a Planilha, usando o Excel.
b) Na parte superior da janela do Excel, habilitar o conteúdo na faixa
amarela que aparece abaixo da barra de fórmulas. Essa operação será
necessária na primeira vez que a Planilha for aberta ou sempre que o nome do
arquivo for alterado.
c) Permitir a execução de macros. Essa operação é feita apenas uma vez e
habilita a execução de macros para o Excel, permitindo o uso de macros em
quaisquer planilhas que forem utilizadas daqui pra frente.

No Excel acesse:
Arquivo > Opções > Central de Confiabilidade
> Configurações da Central de Confiabilidade
> Configurações de Macro > Habilitar Macros

IV. Agora você já pode começar a usar a Planilha para fazer o seu controle!

Obs.: para que todos os recursos da Planilha sejam liberados é preciso fazer o
licenciamento por meio de uma Chave de Ativação válida, conforme
explicado no tópico Ativação.

4
4. SUPORTE

Você pode entrar em contato para tirar dúvidas ou fazer sugestões, por meio
dos seguintes canais:
- Grupo do Telegram: https://t.me/joinchat/Tsr0LRoZ2gGzOLD9PclBSQ
- E-mail: suporte@tradersplan.com.br

5. ATIVAÇÃO

A Ativação da planilha é independente da Licença do Excel.


Para a ativação o usuário deve encaminhar o Número de Série, gerado pela
Planilha, e informar a Chave de Ativação que será fornecida por e-mail.

A Chave de Ativação não tem prazo de validade, mas está limitada a um


usuário.
A ativação fica vinculada ao lançamento da primeira Nota de Corretagem
como será explicado mais adiante.

Importante:
- Antes de ativar a Planilha confirme que o lançamento da primeira Nota
de Corretagem foi feito corretamente, pois essa Nota e suas respectivas
operações não poderão ser alteradas.
- Nunca desvincule a primeira Nota de Corretagem lançada na Planilha,
pois isso irá alterar o Número de Série e invalidar a Chave de Ativação!
- Apagar todos os lançamentos ou restaurar a Planilha acarreta a
alteração do Número de Série e a perda da Chave de Ativação.

Geração do número de Série:


Para gerar o número de série da sua planilha, será necessário:
• Nota de Corretagem mais antiga do Usuário, e/ou
• Posição Acionária na Data de Início do Controle
Caso 1: O Usuário começou a operar em 01/05/2019, possui a Nota de
Corretagem da data 01/05/2019 em mãos e quer controlar todas as operações
desde esta data.
a. Abrir a janela: OPERAÇÕES | NOTAS DE CORRETAGEM
b. Lançar as operações realizadas na data 01/05/2019 manualmente ou via
Importador CEI

5
c. Apertar o botão “Vincular uma Nota de Corretagem”, referente as
operações lançadas na Data 01/05/2019
Caso 2: O Usuário começou a operar em 2014, não possui a Nota de
Corretagem mais antiga, porém possui as notas a partir de 01/01/2019 em mãos
e quer controlar todas as operações desde esta data.
a. Abrir a janela: OPERAÇÕES | NOTAS DE CORRETAGEM
b. Lançar a Posição Acionária em 31/12/2018 manualmente
c. Apertar o botão “Vincular uma Nota de Corretagem” referente a
posição acionária. Utilize a opção “Saldo Inicial” na parte superior da
janela para indicar que se trata do Saldo Inicial do Usuário.
Definida a data de início do controle e vinculada a primeira nota, seguir com os
próximos passos para finalizar a Ativação.

Procedimentos para Ativação:


a) Lançar pelo menos uma Operação de compra ou venda (link
OPERAÇÕES) e vincular a Nota de Corretagem, conforme explicado no tópico
“Geração do Número de Série”, mais adiante. Para a versão 3.0 ou superior
podem ser solicitadas mais notas vinculadas para a exibição do menu de
ativação.
b) Na tela inicial da Planilha, acessar o link ATIVAÇÃO
c) Confirmar se no campo NÚMERO DE SÉRIE é exibido um número com oito
dígitos. Caso seja exibida a palavra “Trial” verifique se as etapas descritas no
tópico “Geração do Número de Série” foram seguidas corretamente. Para
solicitar a Chave de Ativação é necessário informar o número de série gerado
pela Planilha.
d) Tendo sido exibido o Número de Série, clicar o botão SOLICITAR CHAVE
e) Será exibida uma página de formulário para o preenchimento das
informações necessárias para obtenção da Chave de Ativação
f) Informar
- E-mail
- Nome de usuário
- CPF
- Número de série gerado pela Planilha
g) A receber o e-mail com a Chave de Ativação copiar o número fornecido
e colar no campo CHAVE
h) Pressionar ENTER, confirmar a atualização da Chave e preencher os
dados do Usuário
i) Após a ativação salvar a Planilha para guardar a Chave!

6
Recuperação da Chave de Ativação:
Não é possível solicitar uma nova Chave de Ativação, mas é possível restaurar
o Número de Série da Planilha, o que tornará a Chave de Ativação válida
novamente.
Para restaurar o Número de Série será necessário enviar, por e-mail, a primeira
Nota de Corretagem em nome do Usuário cadastrado na compra da Planilha.

6. PREJUÍZOS ACUMULADOS

Antes da versão 3.0, os prejuízos acumulados eram lançados diretamente na


aba de impostos do período em questão.
A partir da versão 3.0, o usuário poderá informar os valores na janela Imposto de
Renda, janela em que pode ser encontrado tudo a respeito de IR. Esta janela
deve ser utilizada apenas se o controle do usuário for posterior ao início de suas
operações.

7. ATUALIZAÇÃO E RESTAURAÇÃO

Os links de download das versões mais recentes estarão presentes no grupo do


Telegram. Para entrar no grupo, acesse:
https://t.me/joinchat/Tsr0LRoZ2gGzOLD9PclBSQ
O Usuário poderá (recomendado) realizar uma cópia do arquivo de segurança
para em caso de problemas não perder a chave de ativação.
O usuário é responsável pelo arquivo e o desenvolvedor não se responsabiliza
pelo fornecimento de novas ativações em caso de erros causados pelo usuário.
7
Para atualizar da
V3.x para a V3.Y

Até a versão 3.0 (v2.X para v3.Y), para atualizar, o usuário deverá “restaurar os
dados” de uma versão antiga. Para isso, seguir o passo a passo:
a) Baixe em seu computador a versão mais recente.
b) Abra a nova versão e habilite o conteúdo (feche outras janelas abertas do
Excel).
c) Clique no botão Restaurar versão anterior.
d) Selecione o botão: "Selecionar Arquivo"
e) Busque e escolha o arquivo com os seus dados na versão anterior.
f) Siga as orientações da planilha.

Após a versão 3.0 (v3.X para v3.Y), o processo de atualização será mais
convencional, utilizando o botão “Selecionar Atualização”, ao qual deverá ser
selecionada a versão mais recente na caixa de diálogos.
a) Baixe em seu computador a versão mais recente.
b) Abra a versão atual sendo utilizada pelo usuário e feche outras janelas
abertas do Excel.
c) Clique no botão “Dados e Atualização” no menu de início.
d) Selecione o botão: "Selecionar Atualização".
e) Busque e escolha o arquivo em sua versão mais recente.
f) Siga as orientações da planilha.

O suporte via e-mail não responde dúvidas acerca da atualização, para esse
tipo de dúvida direcionar as questões para o Grupo do Telegram.

8
8. INSTRUÇÕES DE USO

Importante:
Algumas configurações do Office podem gerar dificuldades para o usuário, por
exemplo:
➢ Ao lançar uma operação, o preço ser multiplicado por 1000000;
➢ Ao selecionar uma data de operações abertas, não localizar
lançamentos;
Nestes casos, verifique o seguinte:
a) Veja se o Office está em inglês. Se estiver, abra Opções do Excel > Idioma
> Instalar idioma adicional > Instale Pt_br e deixe como preferencial.
b) Veja se o Windows está em inglês. Se sim, em algumas das formatações,
o Excel mantém as mesmas do sistema (Windows). Abra Opções do Excel
> Avançado > Opções de edição > desmarque a opção (Usar
separadores de sistema) > digite vírgula (,) no separador decimal e
ponto(.) no separador de milhar. > clique
c) Verifique as configurações do Windows.
Configurações > Idioma > Região > Configurações adicionais de Data,
Hora e Região > Alterar Formatos de Data, Hora e Número >
Configurações Adicionais.

O símbolo decimal deverá ser a vírgula (,) e o separador de milhar deverá


ser o ponto (.) obrigatoriamente para o correto funcionamento da planilha.

d) Reinicie o computador.
e) Ao abrir novamente, clique em DEBUG e veja se os quesitos estão
marcados com OK.

9
9. FUNCIONAMENTO DA PLANILHA

A Planilha opera de uma maneira bem simples, as Operações são os Negócios


Realizados pelo Usuário, que podem ou não gerar Nota de Corretagem pela
corretora.

Para a planilha, não importa se a Negociação gerou ou não gerou Nota de


Corretagem pela corretora, porém todas as Operações devem ter uma NOTA
VINCULADA (mesmo que fictícia).

A Nota Vinculada é utilizada para encerrar as Operações. Esse encerramento


gera a Posição Consolidada e o Preço Médio do Ativo, além de apurar o
resultado, classificar a operação, ratear os custos, determinar se houve day-
trade entre outras funções.

Vincular Notas é o recurso chave desta planilha e deve respeitar algumas


regras, a serem tratadas mais adiante.

(Imagem v3)

OPERAÇÕES
PREENCHER OU IMPORTAR SEPARADAS POR DATA

POSIÇÃO EM ANDAMENTO / POSIÇÃO PROJETADA


DISPONÍVEL APÓS PREENCHER OU IMPORTAR AS OPERAÇÕES

NOTAS
VINCULAR OPERAÇÕES SELECIONADAS SEPARADAS POR NÚMERO DA NOTA

POSIÇÃO CONSOLIDADA
DISPONÍVEL APÓS VINCULAR NOTAS

PROVENTOS
DISPONÍVEL APÓS VINCULAR NOTA LANÇAMENTO MANUAL

RELATÓRIOS
DISPONÍVEL APÓS VINCULAR NOTA ATUALIZAÇÃO AUTOMÁTICA

10
Podemos exemplificar o processo (manual) da seguinte maneira:

a) Cadastro das “Operações” de acordo com as suas datas


(importação direta do CEI mais adiante)

b) As “Operações” ficam salvas nas datas “Em Aberto”


(Neste momento é possível ver a “Posição Em Andamento”, mais
detalhes abaixo)

Posição em andamento:

11
c) O encerramento das “Operações” ocorre ao “Vincular uma Nota”

Informados os dados da Nota e selecionadas as Operações da mesma. Note


que não foi selecionada a Operação ITUB4.

12
d) A Nota Vinculada é listada ao lado direito em “Notas Vinculadas”

Obs. A Operação ITUB4 continua “aberta” pois faltou vincular Operações

e) Ao Vincular a Nota “Operação” é encerrada.


(Neste momento é possível ver a “Posição Consolidada”, mais detalhes
abaixo)

Obs. A Operação Aberta ITUB4 não é exibida na Posição Consolidada pois ainda
não foi vinculada a nenhuma “Nota”

f) Caso não tenha mais operações na data, a data vai sumir da lista “Em
Aberto”. Neste caso a operação ITUB4 ficou em aberto para ser
vinculada em outra Nota.

g) Com a nota vinculada, você pode lançar proventos e utilizar os relatórios

13
10. IMPORTAÇÃO DE DADOS

A importação de dados foi desenvolvida como um método acessório para


simplificar o lançamento das operações do usuário.

Importante destacar que a planilha utiliza uma modelagem própria para


identificação de dados, a qual ocorre de forma totalmente off-line preservando
a segurança dos dados do usuário. Possíveis falhas na importação poderão ser
analisadas mediante envio das notas em PDF, para que melhorias possam ser
aplicados em futuras atualizações.

Os dados são separados em Dados das Notas e Operações. A planilha não


diferencia as operações, portanto a importação da mesma nota ou relatório
CEI, implica na duplicação das operações. Operações duplicadas deverão ser
removidas manualmente.

Diferenças entre os Importação via CEI Importação de PDFs


métodos de importação
Disponível a partir da 2.6 2.7
versão
Limitações de data Disponível somente últimos Sem limitações
540 dias
Recomendações Utilização quando as notas Verificar os dados
não puderem ser importadas importados ao longo da
vinculação das notas
Mercados A Vista Compras e Vendas Compras e Vendas
Opções Compras e Vendas Compras e Vendas
Termo Compras Compras
Futuro Apenas Day Trade Day Trade e Swing Trade
Importação de Proventos Não suportado N/A
Dados das Notas Não importados, deverão Importados
ser lançados manualmente
Identificação do Ticker Todos até data do Todos até data do
lançamento da versão lançamento da versão
Validação da Todos Todos
classificação de ativos
Programas necessários Nenhum Adobe Reader
Corretoras disponíveis Todas Verificar lista de corretoras
de acordo com a versão
da planilha
Modelos de Notas N/A Consultar modelos
compatíveis

14
I – IMPORTADOR CEI
Para utilizar o importador CEI, o usuário precisa ter os dados de acesso ao
portal.
Depois disso, deve acessar e baixar um dos relatórios disponíveis conforme a
necessidade.

Devem ser realizados os downloads dos extratos para cada corretora.


Com os extratos salvos, o usuário deve procurar pelo Botão Importador CEI, no
menu lateral.

Após abrir o importador, o usuário deverá informar o arquivo e a corretora, e


clicar em extrair operações.

As operações serão apresentadas na lista e deverão ser classificadas


conforme o tipo de operação. Caso o usuário faça uma classificação
diferente do banco de dados da planilha, será questionado sobre a intenção
de correção ou seguimento.
Terminada a classificação dos ativos, prosseguir com o botão importar, no qual
todas as operações serão importadas para o banco de dados da planilha.
Atenção para não importar as mesmas operações mais de uma vez, pois a
planilha não saberá distinguir que estão em duplicidade.
Realizar esse procedimento com as demais corretoras.

15
II – IMPORTADOR DE NOTAS EM PDF
Para utilizar o importador de notas em PDF, o usuário deverá ter as notas salvas
em PDF, em formato de texto editável sem nenhuma alteração. O arquivo
deverá ser aberto usando o Adobe Reader, e as notas devem estar no padrão
utilizado na validação do importador.
Após a abertura do arquivo em PDF usando o Adobe Reader, selecione o
conteúdo completo do arquivo e clique em Copiar.

Com os dados copiados, volte para a planilha e clique em Importador de


PDFs.

Selecione a corretora em questão e caso seja necessário faça os devidos


ajustes. Caso a corretora não esteja na lista, o usuário poderá testar alguns dos
modelos criados, pois algumas corretoras utilizam a mesma formatação.
Nesses casos, use a função Renomear Corretora.
As operações serão apresentadas na lista e deverão ser classificadas
conforme o tipo de operação. Caso o usuário faça uma classificação

16
diferente do banco de dados da planilha, será questionado sobre a intenção
de correção ou seguimento.
Verifique se o Ticker do Ativo está sendo convertido corretamente, e se
necessário faça os devidos ajustes.
Terminada a classificação dos ativos, prosseguir com o botão Salvar Notas e
Importar, no qual todas as operações serão importadas para o banco de
dados da planilha.
Atenção para não importar as mesmas operações mais de uma vez, pois a
planilha não saberá distinguir que estão em duplicidade.
Realizar esse procedimento com as demais corretoras.

11. LANÇAMENTO DE OPERAÇÕES


São as negociações realizadas, individualmente ou em conjunto.

As operações são separadas por lançamentos individuais, podendo ser


representados por uma única negociação ou pelo conjunto de
negociações do mesmo Ativo desde que, estejam na mesma data e
representem a média de uma operação.

Todas as operações realizadas na mesma data são agrupadas.

A planilha apura os dados de duas maneiras:

• POSIÇÃO EM ANDAMENTO: (descontinuada na versão 3.0)


A partir das operações executadas (método utilizado pelas
corretoras)
o baixa precisão no preço médio
o não considera os custos
o não apura os resultados corretamente
o apura a posição corretamente
• POSIÇÃO PROJETADA: (versão 3.0)
A partir das operações executadas
o não calcula o preço médio (alto desempenho)
o não apura resultados
o apura a posição corretamente
• POSIÇÃO CONSOLIDADA:
A partir da posição inicial e final ao vincular notas de corretagem
o alta precisão no preço médio nota a nota
o considera custos
o apura os resultados nota a nota
o apura os resultados e histórico de resultados
o distingue corretamente day-trades e swing trades

17
Posição Consolidada é a posição das Notas Vinculadas. Fornece os
dados apurados Nota a Nota, com fidelidade de preços médios.

A Posição em Andamento e Posição Projetada são utilizadas para


verificação de que todas as operações lançadas estão de acordo com
a Posição Atual do Usuário. Ajuda a encontrar operações “Ocultas”,
como Grupamentos, Desdobramentos, Exercícios, Conversões, etc.

Essas operações Ocultas são chamadas Operações Tratativas e serão


abordadas mais adiante.

12. LANÇAMENTO DE OPERAÇÕES NO MERCADO FUTURO

Sobre as operações no Mercado Futuro


Operações no Mercado Futuro compreendem os contratos derivativos de
Moedas, Índices, Juros, Commodities, entre outras. As mais comuns e operadas
na bolsa são Dólar (DOL), Mini Dólar (WDO), Índice (IND) e Mini índice (WIN).
Note que as negociações realizadas por meio de contratos envolvem algumas
conversões muitas vezes desconhecidas por parte de investidores. Na planilha,
para estas conversões, vamos utilizar a nomenclatura Valor/Ponto.

O valor/ponto é uma representação da taxa de conversão a ser utilizada para


calcular as apurações corretamente. No caso do mini índice por exemplo, cada
ponto negociado na bolsa tem o valor financeiro de R$ 0,20. Por essa razão, o
fator será 0,20 e um contrato de 100.000 pontos terá o valor atribuído de 100.000
x 0,20 = R$ 20.000,00.
Alternativamente, contratos de milho (CCM) são negociados na bolsa pelo
valor da saca. Porém, o contrato futuro de milho é composto por 450 sacas.
Sendo assim, o valor/ponto para contratos de milho utilizado será 450. Ou seja,
uma compra de CCM a R$ 80,00 representa o montante financeiro de 80,00 x
450 = R$ 36.000,00.

Sobre as operações em Swing Trade


Negociar Futuros em Swing Trade pode parecer complicado, mas não é. A
grande questão por trás de derivativos é a possibilidade de operações
alavancadas a um baixo custo. Porém operações alavancadas significam risco
para as corretoras, que devem monitorar as garantias para impedir a retirada
de recursos antes da conclusão de uma operação.
As corretoras utilizam um artifício chamado Ajuste Diário, que tem como função
principal ajustar o valor do contrato diariamente na conta do cliente, reduzindo
a necessidade da corretora tomar um percentual muito alto do cliente para
efeitos de garantia, e permitindo que o cliente alavanque ainda mais as suas
operações.

18
Porém esse artifício é financeiro e não contábil. Para a Receita, o que deve ser
verificado é a somatória dos ajustes diários na data de encerramento de uma
posição. Basicamente é a mesma coisa que uma operação em swing trade sem
nenhum ajuste diário, os resultados são os mesmos.
Para a planilha, ajustes diários não são processados. Nesses casos, os valores das
notas de corretagem não serão os mesmos das notas vinculadas na planilha.
Porém o somatório das notas de corretagem e o somatório das notas vinculadas
resultarão no mesmo valor.
Resumidamente, para esses casos, não devem ser lançadas as operações
chamadas AJUSPOS, e caso estas operações sejam importadas pelo
importador, elas deverão ser excluídas.

Como lançar as operações no Mercado Futuro?


a) Importando o relatório do CEI, relatório BM&F, fornecido mensalmente.
b) Manualmente operação por operação.
Vídeo: https://youtu.be/ox1wBZqdlZk
Os métodos a) e b) podem demandar muitas operações e deixar a planilha
muito carregada, porém são bons para verificar se a corretora efetuou
corretamente os cálculos.
Porém, para simplificar e consumir menos processamento, é possível lançar
somente o Resultado das operações da seguinte forma:
c) Lançar somente o resultado das operações:
O resultado é dado pelo valor total das operações indicado na Nota de
Corretagem.
Para lançar lucros:
Modificar Valor/Ponto para 1,00
Compra 1 a preço 0,00
Venda 1 a preço X (sendo X o lucro)

Em caso de prejuízo você lança 1 Compra a preço do prejuízo e 1 venda a


preço 0,00.

19
13. LANÇAMENTO DE OPERAÇÕES NO MERCADO DE OPÇÕES

É necessário entender o que aconteceu.


Qual a data desta nota?
A opção pode ser vendida (ou comprada) e a posição zera.
A opção pode ser exercida (na data de vencimento) - aparece na nota de
corretagem com um E no final
A opção pode ser encerrada (na data do vencimento) - virou pó > neste caso
não tem nota de corretagem

Se a opção foi comprada ou vendida, você lança a compra ou a venda


normalmente na planilha,

Se a opção foi exercida ou encerrada, você precisa usar o botão de


encerramento e exercício conforme eu demonstro neste vídeo:
https://youtu.be/wtAN5qleNC4

Obs. vencimento de opção é na terceira segunda feira do mês.

Para Opções, são 3 possibilidades:


a) Liquidar antes do prazo (vender ou comprar) para zerar a posição
> lançamento na planilha normal de compra e venda, conforme nota de
corretagem

b) Encerrar no vencimento (virar pó)


> usar o botão para encerrar no dia do vencimento

c) Exercer no vencimento
> não lançar conforme nota de corretagem. Você deve excluir a
operação(caso tenha importado do CEI) e utilizar o botão para Exercício. Esse
botão vai gerar uma operação a ser vinculada à sua nota de corretagem.

20
14. LANÇAMENTO DE DIREITOS / RECIBOS DE SUBSCRIÇÃO

Os direitos de subscrição no Brasil, regidos pela lei 6.404, Capítulo VI, são
títulos nominativos negociáveis, emitidos por uma sociedade anônima, de
capital autorizado, que conferem ao seu proprietário, nas condições constantes
no certificado, o direito de subscrever ações do capital social da empresa
emissora.
A compra de um bônus de subscrição garante ao acionista o direito de
comprar ações desta mesma empresa dentro de um prazo estabelecido, por
um preço pré determinado. No caso de o acionista não efetuar a compra no
período estipulado este perderá seu direito e não terá restituição do valor pago
antecipadamente, e poderá ver sua participação acionária reduzida em
relação ao total da companhia.

O processo completo de subscrição, envolve as seguintes etapas:


a) Compra ou Bonificação do DIREITO de subscrição.
b) Exercício do DIREITO, entra em sua carteira o RECIBO
c) Após determinado período esse RECIBO se converte no TICKER
principal

Exemplificando:
Tenho 100 cotas de IRDM11 (Fundo Imobiliário)
Recebi 20 direitos de subscrição IRDM12
Exerci os 20 direitos, agora tenho na minha carteira 20 recibos IRDM13
Passadas algumas semanas, esses recibos se converteram em IRDM11
Agora tenho na minha carteira 120 IRDM11

Para a Planilha:
O ideal é simplificar, pois os objetivos finais são: posição, resultados e IR.
Então vou separar em 6 possibilidades para facilitar o lançamento:
a) Ganhei os direitos e não os exerci (viraram pó)
Nesta situação, você não precisa fazer nada na planilha, o direito não
tem valor de aquisição quando bonificado

b) Ganhei os direitos e os exerci (comprei o ativo)


Você pode simplificadamente lançar a compra do ativo final (ex.
IRDM11) diretamente pelo valor negociado, na data da subscrição,
vinculando como subscrição.
Alternativamente, você pode lançar direto a compra do ticker do
recibo (ex. IRDM13) na data da subscrição e vincular como

21
subscrição. Na data da integração você faz uma conversão do ticker
IRDM13 para IRDM11.

c) Ganhei os direitos e os vendi (realizei resultado)


Se você ganhou os direitos e vai vender, utilize o tipo Recibo Ação (ou
Recibo FII) para garantir que a venda seja tributada. (não contempla
na isenção dos 20.000,00). Lance como compra ao valor de 0,00 e
vincule como sendo uma bonificação.
Agora, quando for vender você terá o direito em estoque para
venda!

d) Comprei os direitos e os exerci (comprei o direito e depois o ativo)


Lance a compra conforme a nota de corretagem e lembre de
classificar como sendo Recibo Ação ou Recibo FII. Utilizando essa
classificação, você poderá aproveitar o valor de aquisição no preço
médio final do ativo subscrito, utilizando a função Subscrever:

Coloque na planilha a data da subscrição, selecione o ticker do


Direito na listagem de Posição Consolidada e clique em Subscrever
Recibo.
Agora você pode optar por lançar diretamente o ativo final, ou o
ticker do recibo, conforme orientado no item 2

e) Comprei os direitos e os vendi


Lance a compra conforme a nota de corretagem e lembre de
classificar como sendo Recibo Ação ou Recibo FII.
Agora você pode vender o Direito e ficar tranquilo que essa venda
será tributada, por isso sempre utilize o tipo Recibo Ação ou Recibo FII.

Obs. Existem muitas dúvidas em relação a compensação de prejuízos


com lucros provenientes da venda de recibos. Como a lei não é
objetiva nesse aspecto, e como no IRPF não existem campos
específicos para esse tipo de lançamento, a planilha irá apurar a
venda de Direitos de ações como sendo venda de ação tributada e
a venda de direitos de FII como sendo venda de FII tributada. Sendo
assim os lucros nestas operações entraram normalmente nas
apurações, podendo ser compensadas com prejuízos anteriores ou
dentro do próprio mês.

COMO LANÇAR DIREITOS DE SUBSCRIÇÃO (MODO COMPLETO)


COMPRA > RECIBO AÇÃO/FII > TICKER DO DIREITO
VALOR PARA BONIFICAÇÃO: 0,00

22
VALOR PARA AQUISIÇÃO: CONFORME NOTA

Em seguida, vincule a uma nova nota:

Em caso de bonificação, altere na parte superior:

Neste momento você terá em sua carteira da seguinte forma:

EXERCENDO O DIREITO DE SUBSCRIÇÃO


Durante o processo de vincular as notas, pare os vínculos em data
imediatamente anterior a qual o direito foi exercido.
1) Selecione o direito na listagem
2) Informe a data em que foi exercido o direito – data de débito (será
computada como uma nota vinculada (tenha certeza que está na
sequência)
3) Clique em Subscrever Recibo

23
4) Informe o Ticker do Ativo alvo e o preço de aquisição:
Obs. Neste momento você pode subscrever para o Recibo e
posteriormente realizar a conversão para o ativo principal, ou
diretamente para o ativo principal.
Neste exemplo:
GFSA1 – direito de subscrição
GFSA2 – recibo de subscrição
GFSA3 – ativo a ser incorporado

Caso o direito tenha sido adquirido, o custo de aquisição será


implementado no preço unitário do ativo.

5) Selecione a operação aberta para a data e proceda com o vínculo da


nota de subscrição para efetivar a compra.

24
6) Selecione a operação e marque Subscrição no topo da janela.

7) Proceder com os vínculos das demais operações até a data em que os


Recibos são integrados na carteira do usuário. Nesse momento, usar a
função Conversão para convergir a posição GFSA2 em GFSA3.

8) Caso a posição do ativo final seja 0 a conversão será automática.


9) Caso os recibos integrem a posição já existente, será necessário realizar
um vínculo final da operação em aberto para a Convergência das
posições.

25
15. OPERAÇÕES TRATATIVAS (CONVERSÕES, SPLITS, EXERCÍCIOS
OPÇÕES)

Operações Tratativas são operações que fazem ajustes na carteira do usuário,


e que devem ser lançadas em suas datas correspondentes.
Estas operações podem ser, Encerramento de Opções, Exercício de Opções,
Conversão de Tickers, Agrupamentos e Desdobramentos, Liquidações de
Termos, e Subscrição de Recibos.
A partir da Versão 3.0, estas operações podem ser realizadas diretamente da
janela de Vínculos, facilitando a obtenção da Posição Consolidada ao mesmo
tempo em que os vínculos são realizados. Nesta janela, também é possível
identificar as datas de vencimento das Opções, facilitando ainda mais as suas
tratativas.

Para utilizar as funções, marque o ativo em questão e determine a data da


operação tratativa. Em seguida utilize as funções no menu lateral.
Nas versões anteriores à 3.0, as operações tratativas eram realizadas na janela
de operações, e a data da operação era a mesma data do lançamento de
novas operações.

26
16. VÍDEOS TUTORIAIS

Item Assunto Link do Vídeo


1 - Baixar e Atualizar versão
1 https://youtu.be/UPbgGjzVh_U
2 - Mercado A Vista - Lançamentos
2 https://youtu.be/Yyzhseu_bnU
3 - Mercado a Termo - Lançamentos e
3 Liquidações https://youtu.be/j3Lb4GSBrS8
4 - Mercado de Opções - Exercícios e
4 Encerramentos https://youtu.be/wtAN5qleNC4
5 - Mercado Futuro - Lançamentos
5 https://youtu.be/ox1wBZqdlZk
6 - Rateio e absorção de custos no Preço
6 Médio https://youtu.be/6GsEXmluJBs
7 - Grupamento / Desdobramento /
7 Conversão / Bonificação / Subscrição https://youtu.be/D6SKDS3tmWE
8 - Relatório de Posição no Google Finance
8 e no Bull DDE https://youtu.be/PGJWIzTPWME
9 - Editar Operações em aberto e Notas
9 Vinculadas https://youtu.be/Rs0UIUVjGm4
10 - Relatório Imposto de Renda
10 https://youtu.be/FqhfpjDWTOg
11 - Lançamento de Proventos
11 https://youtu.be/qMTPASKTyO0
12 - Compra, Ativação, Suporte e
12 Agradecimentos https://youtu.be/oTsR9Lm0stA
13 - Dashboards Planilha de Ações |
13 atualização v2.5 https://youtu.be/VoktmRSXm7M
14 - A Planilha para TRADERS que MAIS
14 CRESCE no Brasil | atualização v2.64 https://youtu.be/i0TDcIZqHlY
15 - Importação de NOTAS de CORRETAGEM
em PDF na Planilha para TRADERS |
15 atualização v2.71 https://youtu.be/-IpgBFIvOPw

27
17. HISTÓRICO DE ATUALIZAÇÕES

########## v3.09 ##########


Ano de vencimento de opções renova a cada 11 meses
Cancelar acesso aos proventos da B3 na aba proventos após clicar no botão
RICO RTD e TRYD RTD
DDE Profit One
Cálculo do Saldo Teórico ajustado
Ajuste importação de notas com Exercício de Opções
Ao importar Futuros em ST não são importados mais lançamentos AJUPOS
Ajustes nota BTG
Correção seleção BDR na lista de mercado a vista
Correção no botão reclassificar para BDRs
Correção ordem juros/multa na janela de Impostos
Correção no importador de PDFs para tickers com final 4 e final 10
Novo modelo de importação: INTER sinacor
Novo modelo de importação: NOVA FUTURA sinacor
Importação notas com BDR não adicionam mais o (D)
Novas maneiras de ordenação na lista de posição (A-Z, Z-A, Maior Valor, Menos
Valor)
Direcionamento para nova nota quando não possuem notas para a data
selecionada na janela de vínculos.
Novos botões na janela de vínculos, para acesso rápido às operações e para
desvincular notas.

########## v3.0 ##########


(Importador) Novas corretoras: Sinacor Toro, Sinacor Agora, Web Safra, Itaú, C6
Bank
(Importador) Opção de colocar a data no número da nota

(Importador) Opção de remover o (D) nas operações Day Trade

(Geral) Mudança completa no visual


(Geral) Homepage com informações diversas e destaques

28
(Geral) Botão TURBO para vincular notas (em testes)
(Geral) Novo menu de início, dashboard de posição, dashboard de resultados

(Geral) Nova janela de Imposto de Renda, com dados de Prejuízos Acumulados


e rápido acesso às DARFs pagas e a pagar.

(Geral) Gerenciamento das DARFs pagas

(Geral) Aba de Imposto de Renda Melhorada 100% automatizada.

(Geral) Nova tabela de Posição para fácil acesso ao usuário

(Geral) Nova tabela de Rebalanceamento de Carteira

(Geral) Novas tabelas para visualização rápida e dinâmica de dados


(Geral) Cotações de ativos via Link Office 365
(Geral) Link RTD Profit cadastrado
(Geral) Links DDE/RTD/Office trazem agora muito mais informações sobre os
ativos
(Geral) Operações Tratativas na janela de vínculos
(Geral) Vencimento das opções na janela de vínculos
(Geral) Mudança de Posição em Andamento para Posição Projetada (mais
rápida)
(Geral) Novas informações nos dashboards, como quantidade de trades, índice
de acertos, saldo na corretora
(Geral) Liberado o acesso ao banco de dados de pesquisa e referência (aba
oculta “DADOS”)
(Geral) Possibilidade de atualizar versão (antes era possível somente restaurar a
versão)
(Geral) Dados da B3 atualizados até 31/12/2020
(Geral) Dados de ativos atualizados (CNPJ e Razão Social)
(Geral) Ajustes no relatório de Bens e Direitos
(Geral) Obtenção de Posição Consolidada muito mais rápida
(Geral) Limpar Abertas agora tem a função De / Até para seleção de período

(Correção) IRRF Day Trade Banco Inter e notas Web


(Correção) Notas novo padrão corretora Genial
(Correção) Importação com (D) em ativos com ED no nome
(Correção) IRRF gerado na venda de ação via exercício de opção
(Correção) Exercício de Opção ETF

29
(Correção) IRRF gerado na venda de futuros em swing trade

(Proventos) Lançamento de provento tipo lucro com BTC


(Proventos) Novos proventos: amortização / lucro com BTC

(Relatórios) Relatório Bens e Direitos com Código e descritivo “sugerido” (em


testes)

########## v2.738 ##########


Novos Recursos:
(Importador) Novas corretoras no importador de notas: Vitreo, Easyinvest,
Órama (padrão sinacor)

Correções:
(Importador) Correção na importação de notas do BTG (fundos imobiliários)

########## v2.73 ##########


Novos Recursos:
(Importador) Novas corretoras no importador de notas: Genial, Terra, Órama,
Mirae
Correções:
(Geral) Corrigido erro ao reclassificar tipo
(Geral) Correção linha do tempo sem marcar todas as opções
(Geral) Corrigido erro no novo modo de visualização de notas
Outros:
(Geral) Fechar janela ao restaurar a planilha

########## v2.72 ##########


Novos Recursos:
(Geral) Nova janela de tutorial, abas de atualização, passo-a-passo e outros
(Operações) Aba de Ajustes (Reclassificação de ativo e renomear Ticker)
(Geral) Relatório de custos
(Importador) Adicionado suporte notas em PDF: BTG, Modalmais, Banco Inter e
Ágora

30
(Operações) Notas abertas mostram Data e Corretora e são organizadas por
Data

Correções:
(Geral) Corrigido erro ao vincular nota com dados faltando
(Geral) Corrigido erro Estouro ao fazer Split Day Trade
(Importador) Melhorias na importação XP / Clear / Rico
(Importador) Melhorias ao identificar operações Day Trade (D)
(Importador) Identificação correta dos Tickers (erro comum: BBAS3 – BKBR3)
(Geral) Corrigido erro botão limpar tudo

Outros:
(Operações) Adicionado o % representativo da carteira na posição
(Operações) Novo modo de visualização das Notas (resultado por operação)
(Importador) Termo nas notas da Clear
(Diversos) Botão Ativar
(Diversos) Lista de FIIs atualizada
(Diversos) Lista de empresas listadas atualizada

########## v2.71 ##########

Novos Recursos:
(Importador) Importador de Notas em PDF modelo SINACOR
(Importador) Botão TURBO para rápida classificação
(Geral) Botão Ajustar IRPF Day Trade
(Geral) Histórico operações em aberto e botão
(IRPF) Quadro resumo de imposto a pagar
(Opções) Encerramento de opções pode ser feito em qualquer data (sem
desvincular notas)
(Geral) Nova listagem da B3 com ativos desde 2015
(Geral) Botão limpar operações até a data
(DDE) Adição do link TRYD

31
(Geral) Validação de CPF ao abrir planilha e importar notas

Correções:
(Geral) Buscar o tipo mesmo com (D)
(Geral) Validação nota sem número
(Geral) Estouro no relatório de extrato (divisão por 0)
(Geral) Relatório Bens e Direitos buscando pelas 4 letras iniciais (funciona mesmo
com a corretora no ticker do ativo)

########## v2.64 ##########

Novos Recursos:
(Geral) Novo relatório: Extrato de cálculo dos resultados para verificação e
conferência
(Geral) Novo relatório: Extrato das operações realizadas

Correções:
(Geral) Vincular notas em aberto sem corretora selecionada
(Importador) Performance extremamente melhorada no importador CEI

Outros:
(Importador) Botão para acessar o CEI
(Importador) Importador CEI no menu inicial
(Geral) Melhoria na conciliação do tipo do ativo via banco de dados
(Geral) Botão para download da última versão do Manual em PDF
(Geral) Melhorias em performance
(Geral) Novo botão para excluir corretora cadastrada

########## v2.63 ##########

Diversos:
(Geral) Novo relatório: Aba de impostos no padrão adaptado para PJ
(Geral) Correção na geração do número ao lançar bonificações

32
(Geral) Opção para Subscrição ao Vincular Nota

########## v2.62 ##########

Novos relatórios:
(Impostos) Novo relatório de apuração de impostos
(Posição) Relatório de Bens e Direitos com CNPJ e Razão Social
(Proventos) Novo relatório de proventos com totais por tipo, CNPJ e Razão Social

Novos recursos:
(Proventos) Nova janela para lançamento de proventos
(Proventos) Ativos organizados por ordem alfabética
(Proventos) Botão de acesso ao histórico de proventos distribuídos pelo ativo
direto do site da B3
(Proventos) Resumo de proventos ordenados por data
(Posição) Ativos organizados por ordem alfabética
(Posição) Nova janela de posições
(Posição) DDE direto da planilha para várias plataformas (Profit, Bull, Tradezone,
XP PRO)
(Posição) Resultados aparecem no gráfico da posição da carteira em tempo
real (via DDE), ou informados manualmente.
(Posição) Novos campos para total aportado e saldos na corretora para melhor
acompanhamento dos resultados
(Operações) Botão PM Day-Trade para adicionar (D) ao ticker do ativo e
separar os preços médios em Day-Trade
(Operações) Botão Compra/Venda para alternar compra e vendas
(Operações) Importador CEI foi incorporado na planilha
(Operações) Novo visual na janela de operações
(Operações) Criação dos tipos Recibo Ação e Recibo FII para categorizar os
direitos de subscrição recebidos ou comprados
(Operações) Botão subscrever para executar o recibo de subscrição
(Operações) Validação do tipo de ativo ao classificar o ativo (beta)
(Operações) Remoção do F ao lançar fracionados
(Geral) Modo ajuda na janela de proventos
(Geral) Menu inicial sem botões

33
(Geral) Auto salvamento ao lançar operações e proventos
(Geral) Banco de dados com informações (razão social, CNPJ, tipo) de ações,
etfs, fiis.
(Geral) Botão Mostrar dicas na janela de operações
(Geral) Rateio proporcional e absorção de custos habilitado por padrão
(Geral) Validação dia da semana ao selecionar a data

Correções:
(Geral) Correção de filtro ativado no dashboard posição
(Geral) Aviso para não excluir as janelas de Dashboards

########## v2.51 ##########

Novos recursos:
(Geral) Dashboard dos Resultados Operações + Proventos (Office 2016)
(Geral) Dashboard da Posição Consolidada
(Geral) Botão Desvincular Notas até determinada Data
(Geral) Janela de histórico das movimentações do ativo (duplo clique na janela
de posição)
(Geral) Aviso confirmação ao limpar operações
(Geral) Preço Médio com 6 casas decimais
(Geral) Novos avisos para orientações diversas

Correções:
(Geral) Nome do ativo não ode ser numérico
(Futuros) Necessidade de lançar primeiro futuros
(Isentas) Mensagem de aviso não considerava ações isentas
(Geral) Seleciona operação mais recente ao desvincular Nota
(Proventos) Correção dos tipos e aviso ao remover itens filtrados

Outros:
(Geral) Termos de Uso atualizados
(Geral) Separadas as versões em 2 (2013 e 2016) Conforme o Office do Usuário

34
########## v2.41 ##########

Novos Mercados:
(A vista) Ações / ETFs / Ouro / Ações Isentas
(Fundos) FIIs
(Opções) Ações / ETFs / Ouro
(Futuros) Dólar / Mini Dólar / Índice / Mini Índice / Juros / Outros
(Termo) Ações / ETFs / Ouro

Novos recursos:
(Geral) Lançamento tipo Bonificação na Nota de Corretagem
(Geral) Exportar posição atual no padrão Google Sheets (Google Finance)
(Geral) Ver notas em aberto e selecionar para vincular com operações em
aberto
(Geral) Visualizar Notas melhorado
(Geral) Botão para ajustar o IRRF individualmente
(Geral) Conversão pode também Convergir (ex. recibo de subscrição)
(Geral) Posição consolidada na janela de operações
(Termo) Botão liquidar Termo
(Futuros) Valor da pontuação para ajuste do preço automático
(Impostos) Nova planilha de impostos

Correções:
(Opções) Valor do ativo no exercício da opção
(Opções) IRRF para opções executadas
(Futuros) Correção do valor da Nota de corretagem
(Futuros) IRRF no swing trade
(Geral) Exceção para IRRF/operação comum menor que R$1,00 no mês não
sendo considerado nos impostos
(Geral) Remoção de notificação ao salvar

35