Você está na página 1de 2

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIAS E TECNOLOGIA DO PIAUÍ

Campus: Pedro II
Curso: Ciências Biológicas
Disciplina: Fundamentos de Química
Aluno: Luís Gustavo Gomes Mesquita

1-) Explique pq o raio atômico do alumínio é maior do que o raio do gálio?

Resposta – se um átomo tem um alto número de prótons, ele terá uma alta atração pela
sua eletrosfera, fazendo com que ela seja comprimida. Com essa compressão, a distância
entre o núcleo e a última camada da eletrosfera. Com o gálio ocorre isso, pois apesar de
ter mais camadas que o alumínio, ele tem também um número considerável de prótons a
mais que o alumínio, o que faz com que ocorra a compressão com ele, fazendo com que
seu raio atômico seja menor.

2-) Explique o que é Contração Lantanídica?

Resposta – É quando ocorre uma contração, ou compressão, da eletrosfera, devido a


atração dos prótons pelo núcleo. Isso ocorre no grupo dos lantanídeos, também
conhecidos como terras raras, que são elementos da tabela periódica que vão do lantânio
ao lutécio e estão localizados no sexto período da tabela periódica.

3-) Explique o efeito do par inerte

Resposta – É a tendência de formar íons com cargas duas unidades abaixo do que se
espera que forme, com base no seu grupo numérico. Esse efeito ocorre em elementos do
bloco p da tabela periódica, eles possuem um volume maior, ou seja, que são mais
pesados. O efeito se dá porque eles estão tão baixos na tabela periódica que seus
elétrons de valência tem uma energia muito baixa. Eles possuem pares de orbitais s que
são tão distantes do núcleo que sua energia é mais baixa do que estão próximos do
núcleo. Isso faz com que não faça muita diferença perder esses pares de orbitais s.

4-) Explique pq a primeira energia de ionização do berílio é maior do que do boro

Resposta – A energia de ionização é usada para retirar elétrons dos elementos. Quanto
mais distante um elétron está do núcleo (quanto maior seu raio atômico), menos
resistência ele oferecerá para ser retirado, logo, sua energia de ionização será menor.
Sabendo disso, temos que levar em conta a quantidade de elétrons presentes em cada
elemento para determinar qual tem menor resistência. Se observarmos na tabela
periódica, podemos ver que o boro possui um elétron a mais que o berílio, com os dois
tendo, respectivamente, 5 e 4 elétrons em suas camadas. Tendo entendido como
funciona a energia de ionização, deduzimos que é necessária uma quantidade menor da
mesma para retirar um elétron do boro.

5-) Explique por que a primeira energia de ionização do nitrogênio é maior que a do
oxigênio
Resposta – Porque o raio atômico do nitrogênio, ou seja, a distância dos seus elétrons
para seu núcleo, é menor do que o raio atômico do oxigênio. Isso acontece porque quanto
mais perto os elétrons estão do núcleo, mais atraídos eles vão ser, e, por isso, será
preciso uma energia maior para a retirada de um desses átomos. A energia usada para
fazer essa retirada é a energia de ionização.