Você está na página 1de 5

Ficha de Formação Cívica

Tema: Educação do Consumidor

Data: ___/ ___/ ____ Nome: ____________________________________

Os sete direitos do Consumidor

Segurança
Figura 1

Os consumidores:
• devem ser protegidos dos serviços e produtos perigosos
ou inseguros.
• têm o direito a ser informados dos riscos associados a
esses serviços ou produtos.
• têm o direito ao bom funcionamento dos mecanismos de
fiscalização e recolha dos produtos em condições insatisfa-
tórias.

Informação
Figura 2
Os consumidores têm direito:
• a toda a informação necessária acerca dos bens e servi-
ços. Esta informação deve ser prestada de forma com-
preensível.
• a toda a informação sobre os potenciais perigos associa-
dos aos bens e serviços que pagam.
• a comparar produtos.
• à privacidade.
Escolha
Figura 3

Os consumidores devem ser:


• protegidos da exploração da sua credulidade e da publicidade comparativa.
• encorajados a comparar com vista à melhor opção.

Representação
Figura 4
Aos consumidores deve ser:
« assegurada a participação em instâncias ligadas à
protecção dos seus interesses.
• assegurada a possibilidade de acção jurídica junto
dos tribunais.
• facilitado, através de organizações públicas ou
não governamentais, o encaminhamento de quei-
xas e reclamações.
• facilitado o acesso a ajuda legal e financeira no
sentido de resolverem os seus problemas enquanto
consumidores, sobretudo aos mais desfavorecidos.
Reclamação
Figura 5

Aos consumidores deve(m) ser "facultados meios rápidos


e claros para defesa dos seus direitos legais.
• garantido o direito à compensação no caso de prejuízo
resultante do uso de bens defeituosos ou de serviços mal
prestados.
• assegurados os meios que permitam acções colectivas
junto dos tribunais.
• facultado um canal de comunicação com as entidades
governamentais a quem possam endereçar as suas quei-
xas.

Educação do consumidor
Figura 6
As leis do consumo devem ser claras de forma a
serem facilmente interpretadas.
Os consumidores:
• têm direito à informação acerca dos seus
direitos.
• devem ser informados das suas responsabili-
dades.
• devem ter assegurada a educação básica sobre
consumo nas escolas.
Ambiente saudável
Figura 7

Os consumidores devem ser protegidos:


• da poluição, através da promoção de produtos que
contribuam para a sustentabilidade ambiental ou do
encorajamento da reciclagem.
• de produtos potencialmente perigosos para a saúde
e para o ambiente, através de uma eficaz acção fisca-
lizadora.
Aos produtores e fornecedores de bens e serviços
deve ser exigida responsabilidade ética, social e
ambiental.

Considera as seguintes situações de consumo:

O anúncio da agência de viagens era claro: "Hotel situado a 50 metros da praia. Todos os quartos com
varanda virada para o oceano (...)". No entanto, a realidade com que eles foram confrontados no pri-
meiro dia de férias era bem diferente - o quarto que lhes tinha sido destinado não tinha varanda e
aquilo que podiam ver da única janela do quarto eram as garagens situadas nas traseiras do hotel.

Todos os meses o ritual era religiosamente cumprido. Com o dinheiro da mesada no bolso, a Rita diri-
gia-se à megastore e trazia para casa algumas preciosidades musicais que a deliciariam durante algu-
mas semanas Nesse dia, ainda à saída da loja, retirou impacientemente o plástico que envolvia a caixa
do último CD dos U2 que acabava de comprar. Abriu-a e nem queria acreditar no que os seus olhos
viam -a caixa estava vazia.

O Pedro não cabia em si de contente. O pai não só lhe tinha oferecido a consola de jogos que ele há
muito pedia, mas também lhe tinha dado um jogo que encontrara em promoção na loja. Contudo, ao
fim de urnas horas a alegria estava a transformar-se em frustração, por não conseguir ultrapassar
aquele irritante primeiro nível. A consulta do manual de instruções não ajudou nada - nas páginas
repletas de indicações em inglês, alemão e japonês, nem uma só palavra em português...
Depois da extenuante viagem de autocarro do trabalho até casa, a dona Elvira apenas teve tempo para
passar pelo supermercado, onde comprou carne, pão e um pé de alface. Após ter rasgado o celofane
que revestia a embalagem de carne não conseguiu suster urn esgar de náusea. Por debaixo dos bifes de
aspecto suculento e cor vermelha encontrou outros de cor acastanhada e cheiro desagradável. Nessa
noite. Pilão, o cão da casa, teve direito a dose reforçada.

No horto onde habitualmente comprava plantas, o senhor Albino comprou três estacas de roseiras A
vistosa etiqueta que as atava ostentava belíssimas flores vermelhas que cativaram a atenção do senhor
Albino Alguns meses depois, colheu as primeiras rosas das suas roseiras esmeradamente tratadas.
- As rosas não deveriam ser vermelhas? - perguntou a mulher do senhor Albino, recebendo um belo
ramo de rosas amarelas do seu marido.

Nessa semana o senhor Alves tinha chegado atrasado ao emprego por duas vezes. Sexta-feira, resolvido
a chegar a horas, fez-se à auto-estrada meia hora antes do que era costume. Pagou a portagem, mas ao
fim de poucos quilómetros as suas boas intenções esfumaram-se completamente. A empresa conces-
sionária da auto-estrada tinha decidido iniciar as obras de renovação do pavimento. Chegou novamen-
te atrasado e, desta vez, recebeu uma repreensão por escrito que comprometeu seriamente as suas
aspirações a uma promoção.

Há muito que os filhos da família Lopes tinham aprendido a lição. Nunca deveriam tocar naquilo que
quase todos os restaurantes insistiam em colocar em cima da mesa mal eles se sentavam para o seu
almoço de domingo Dessa vez. apesar de não terem tocado nas apetitosas entradas que o restaurante
apresentava aos clientes, a conta era bem clara, couvert 5,60 euros. Após reclamação do senhor Lopes,
o gerente do restaurante insistiu na cobrança desse valor.

1. Relativamente a cada situação apresentada, indica qual dos direitos anteriormente referidos foi pos-
to em causa.
2. Discute com os teus colegas de grupo as atitudes que os consumidores em questão deveriam tomar
face às situações apresentadas.

Interesses relacionados