Síntese Profa. Márcia Oliveira.

2013

 O texto aborda a sociedade da informação, o papel do professor, dos alunos e da escola neste nova configuração.  Traz como alterativa o papel do professor reflexivo para uma sociedade da aprendizagem, bem como uma escola reflexiva sobre a comunidade e desta nova sociedade da informação.  Sugere para isto uma nova configuração de escola vista de dentro com seus atores e comunidade e que está possa apontar soluções para a sociedade e autoridade para mudanças significativas a qual vislumbra.  Traz as concepções de competências para serem desenvolvidas nos alunos (PERRENOUD).

O que trata o texto? 

 A sociedade da informação, como sociedade aberta e global, exige competências de acesso, avaliação e gestão da informação oferecida.  Escola como espaço para desenvolvimento das competências  Diferenças ao acesso à informação;  Resolvido o acesso permanece o problema da capacidade de discernir a informação válida e inválida.  Competência + informação= pessoa preparada para viver na sociedade da informação

Primeira parte... 

 Difícil discernimento para aqueles que não desenvolveram o espírito crítico.A sociedade da informação em que vivemos   Era da sociedade da informação e da comunicação.  Mídia com poder esmagador e influência multifacetada podendo ser usada para o bem e para o mal. . competência que inclui o hábito de se questionar perante o que é oferecido.

. .O mundo precisa. é o conhecimento que é capaz de situar qualquer informação em seu contexto e.  Segundo Morin. no conjunto em que está inscrita.....   (.  Emerge a relevância que se atribui às “coisas”.) do poder clarificador do pensamento. portanto.  Edgar Morin: “ somente o pensamento pode organizar o conhecimento”. o conhecimento pertinente.. para conhecer é preciso pensar. se possível.  Uma cabeça bem feita é a que é capaz de transformar a informação em conhecimento pertinente.

. perceber os fatores que estão na sua gênese... Importa analisar os contornos da crise. . congregar esforços e intervir sistematicamente e coerentemente. é preciso compreender.  Para intervir. a educação está em crise..Para a educação.  Ex.   É preciso investigação para a intervenção na educação.

.  O professor não é o único transmissor do saber.Na era da informação. e aberto à comunidade em que se insere.. pensante e flexível..  O papel do professor: ele tem de aprender a gerir e a relacionar a informações para as transformar no seu conhecimento e no seu saber.... a escola não detém o monopólio do saber. Sistema aberto sobre si mesmo.. (grifo da autora)  A escola como organização deve ser um sistema aberto.  O aluno não é mais passivo.. da comunicação.   (. .)que se quer também o conhecimento... um receptáculo.

. não se constitui em conhecimento.  O conhecimento tornou-se e tem de ser um bem comum..   Sociedade da informação (. não é saber. um direito e uma necessidade. .) sociedade da informação e do conhecimento (. e não se traduz em poder.) sociedade da aprendizagem..  Edgar Morin: a informação. A aprendizagem ao longo da vida..Esta “ era” .  Reconheceu-se que não há conhecimento sem aprendizagem e a informação por si só não é condição suficiente... se não for organizada.

.. nacional. onde a capacidade do sujeito devia ser de seguir instruções para fazer funcionar as máquinas.  Hoje capacidade é de transformar em conhecimento a informação que as máquinas nos proporcionam. internacional.As novas competências exigidas pela nova sociedade da informação e da comunicação... institucional. do conhecimento e da aprendizagem   Podemos traçar paralelismo com a revolução industrial.  O pensamento e a compreensão são grandes fatores de desenvolvimento pessoal... . social.

  A noção de competência em que acordaram incluía não só conhecimentos (fatos. métodos. empenhar-se. mas capacidades (saber o que fazer e como). influência). valores (vontade de agir. acreditar. contatos (capacidades sociais. . conceitos e princípios). aceitar responsabilidades e poder (físico e energia mental).O relatório a partir de 1990 da comunidade europeia define a noção de competência na contemporaneidade. redes de contatos. experiência (aprender com o sucesso e com os erros).

 sabedoria visão compreensão informação dados  Até onde a escola leva os alunos neste percurso?  Alguns ficam apenas nos dados e informações.... poucos atingirão a sabedoria .Representação visual da escada da informação como percurso da aprendizagem  A representação traduz a graduação do percurso..

A competência não existe sem os conhecimentos.Philipe Perrenoud traz a o conceito de competência   É a capacidade de utilizar os saberes para agir em situação. . Elas nos reorganizam e explicitam a sua dinâmica e valor funcional. Ter competência é saber mobilizar os saberes. constituindo-se assim como mais-valia relativamente aos saberes.

Competências.... embora tenha uma natureza prática e requeira a mobilização de múltiplos conhecimentos.17)  Resolver um problema complexo (.   “ A abordagem por competências não pretende mais do que permitir a cada um aprender a utilizar os seus saberes para atuar”.) não é uma ação simples.p. (PERRENOUD.. .  Como igualmente complexa é a atividade de comunicar verbalmente o conteúdo pesquisado. 2001.

de observar e de pensar.. isto ser capaz de “linguajar” é o alicerce da cidadania. .   Que sugere a capacidade de escutar..Competência da compreensão. mas também a capacidade de utilizar várias linguagens que permite ao ser humano estabelecer com os outros e com o mundo mecanismos de interação e intercompreensão.. a si mesmo .....  Hoje temos mais uma linguagem: a linguagem da informática.  Compreender os outros .. o mundo.

.  Promoção do trabalho colaborativo entre alunos.  Capacidade de aprender autonomamente é fundamental.. reorganizando horários de forma que os alunos tenham horário para pesquisas criando verdadeiras comunidades de aprendizagem .

 Confia no professor a quem a sociedade entrega a missão de o orientar nessa caminhada. se questiona e procura atribuir sentido aos objetos. nas conversas.  Mas. no pensamento. aos acontecimentos e às interações.  . é ele que deve ter de ter o prazer de ser uma mente ativa e não meramente receptiva. no professor.Os alunos na sociedade da aprendizagem  O aluno deve ser um aprendente ao longo da vida.  Deve assumir como um ser (mente. corpo com alma) que observa o mundo e se observa a si.  Busca nos livros. nas discussões.  Tem de se convercer de ir a procura do saber.

 Uma boa parte das competências hoje exigidas são dificilmente ensináveis. Mas.  A aprendizagem é um modo gradual de se ir compreendendo melhor o mundo em que vivemos e de sabermos melhor utilizar os nossos recursos para nele agirmos. .  Subjaz o modelo de uma abordagem pedagógica de caráter construtivista sócio-cultural. contudo elas têm de ser desenvolvidas.

 C) um trabalho colaborativo.  F) o apoio do professor como uma das fontes do saber e de regulação da aprendizagem.  D) uma sistematização orientada.  B) pesquisa pessoal.O que compete aos alunos. ...  E) uma reflexão individual e partilhada sobre a tarefa realizada e os processos de realização e aprendizagem que lhe eram inerentes.   A) tomada de consciência do que sabiam ou precisavam de saber para realizar a atividade.

” (p. sempre pronto a exigir novos saberes.30) . inspiradores de novas ações. flexível e criativa é a melhor preparação para a vivência no nosso mundo supercomplexo. incerto.  “ A capacidade de interagir com o conhecimento de forma autônoma.

pergunta-se então qual o papel dos professores?  “ Criar.” . estruturar e dinamizar situações de aprendizagem e estimular a aprendizagem e a autoconfiança nas capacidades individuais para aprender são competências que o professor hoje tem de desenvolver.Os professores na sociedade da aprendizagem   Colocando-se a ênfase no sujeito que aprende.

a fazer e viver com os outros. “ (1996) . Esses são os quatro pilares da educação.Desenvolvimento afetivo do aluno   “ Na filosofia profissional desta proposta desta professora aprender a ser aluno é fundamental para aprender a conhecer. segundo Delors et al.

É fundamental que os professores percebam esta diversidade... . pois o seu valor informativo possui níveis diferentes conforme o acesso que os seus alunos puderem ter a outras fontes da informação.   O professor é o timoneiro na viagem da aprendizagem em direção ao conhecimento.Na era da informação.  Os professores são estruturadores e animadores das aprendizagens e não apenas estruturadores do ensino.  Os professores têm de repensar o seu papel como fontes de informação.

. embora precisem da informação processual no sentido de a digerirem e criticarem..) outros alunos necessitarão que o professor os informe sobre a substância e sobre o processo. .  (.  Alguns alunos não vão precisar muito da informação do professor.

 Costumo dizer que tem de ser um professor reflexivo numa comunidade profissional reflexiva.  O professor para ajudar os seus alunos necessita considerar-se num constante processo de autoformação e identificação profissional.Professores   Para não se sentirem ultrapassados precisam urgentemente de se recontextualizarem na sua identidade e responsabilidades profissionais. .

Isto tudo é possível num ambiente humano de compreensiva aceitação o que não pode equivaler a permissiva perda de autoridade do professor.Grande desafio para os professores   Ajudar a desenvolver nos alunos. na capacidade de se ouvir a si próprio e de se autocriticar.  O desenvolvimento do espírito crítico se faz no diálogo. . mas também o espírito crítico. confronto de ideias e de práticas. futuros cidadãos. a capacidade de trabalho autônomo e colaborativo.

do eu e dos outros.  Anne Edwards citada por Alarcão afirma:  “ O ensino é uma orquestração relacional do tempo e do espaço. dos alunos e do conhecimento e do afeto e da cognição” .

. mal compreendidas e mal-amadas. talvez inúteis.A escola na sociedade da aprendizagem   As mudanças que estamos falando não se situam só a nível dos alunos e dos professores. Não perceberam ainda que só elas se podem transformar a si próprias. alunos. por dentro. Ficam na espera que alguém as venha transformar. Com pessoas que as constituem: professores. Elas estendem-se ao nível da organização que é escola.  O que a escola pode fazer para ser um centro de aprendizagem?  Muitas permanecem na atitude negativa de se sentirem defasadas. funcionários em interação com a comunidade circundante. ultrapassadas.

na sua missão social e na sua organização. e se confronta com o desenrolar da sua atividade em um processo heurístico simultaneamente avaliativo e formativo” ( ALARCÃO. p.25) . 2001b.A escola reflexiva segundo Alarcão  “ organização que continuadamente se pensa a si própria.

construído com a colaboração dos seus membros. Tem seu próprio projeto. Acredita nos seus professores. Envolve os alunos na construção de uma escola cada vez melhor. Constrói conhecimento sobre si própria. Sabe para onde quer ir e avalia-se permanentemente na sua caminhada. Não esquece a contribuição dos pais e de toda a comunidade.A escola reflexiva   Não é telecomandada do exterior. É autogerida. Considera-se uma instituição em desenvolvimento e em aprendizagem. . Contextualiza-se na comunidade que serve e com esta interage. Pensa-se e avalia-se. cuja capacidade de pensamento e de ação sempre fomenta.

Esta ideia é necessária a ser introduzida nos paradigmas de formação das pessoas e de funcionamento das instituições. Numa escola deste tipo a gestão da informação é muito importante. Nessa reflexão e no poder que dela retira toma consciência de que tem o dever de alertar a sociedade e as autoridades para algumas mudanças a operar são absolutamente vitais para a formação do cidadão do século XXI. Uma escola reflexiva é uma comunidade de aprendizagem e é um local onde se produz conhecimento sobre educação. Vem a propósito aqui mencionar a introdução das novas tecnologias.  Acima de tudo recorrendo à convicção de Morin de que é preciso organizar o pensamento para compreender e poder agir. Concluindo  . Alguns países já compreenderam a importância da escola na educação dos jovens cidadãos e apostam numa educação autonomizante e atual.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful