Você está na página 1de 4

A poesia de Antnio Nobre

O S uma obra-prima. [] um livro de


memrias, premonies e viagens onde
paira, constantemente, uma quase tangvel
obsesso pela morte que talvez mais no
seja que a forma (hipersensvel) de o poeta
manifestar o seu entranhado amor vida.

QUEIRS, Antnio Jos, Prefcio, in LETRIA, Jos
Jorge, 2000.
Nobre: O Livro da Alma. Porto: Granito
A poesia de Antnio Nobre

- Narcisismo excessivo
- Interesse pelo provinciano, pitoresco e popular
- Temas mrbidos ou lgubres
- Conjugao de referentes idealizados e miserveis ou
repulsivos
- Tom pessimista e melanclico
- Conjugao da biografia pessoal com a histria coletiva
- Evocao pela memria
A poesia de Antnio Nobre

- Oposio passado (infncia feliz) / presente (vida de


dor e de desencanto)
- Excesso de conscincia e dor de pensar
- Obsesso da morte
- Figuras femininas de natureza sublime e espiritualizada
- Simplicidade e infantilidade de algumas composies
- Saudade: da Ptria, da infncia e do paraso perdido (a
infncia)
A poesia de Antnio Nobre

- Tom coloquial
- Inflexes ntimas e emocionais
- Conjugao do humor e da ternura com as notas
srias e as questes religiosas
- Filtro popular e infantil na apresentao do real
- Linguagem simples e direta
- Presena da mitologia popular
- Prosasmo
- Variedade de usos e de combinaes de estrofes e
de metros