Você está na página 1de 15

Colégio João XXIII - Música

Prof. Marcello Soares


Paisagem sonora e ecologia
acústica

Para visualizar clique


Ctrl+F5
As fotos apresentam a Rua dos Andradas (centro de Porto Alegre). A imagem da esquerda (foto 1) foi registrada por volta
da década de 1920, já a imagem da direita (foto 2) em 2016.

Será que o ambiente


Traços visuais diferentes? sonoro da foto 1 era

Traços sonoros diferentes?


Quais seriam?
? mais agradável que o
apresentado na foto 2?
E Por que?
O que é ruído? O ruído pode ser qualquer
som que interfira num
contexto que exija
concentração ou numa
comunicação !
Um som agradável pode se
tornar ruído e vice versa?

Mas música durante


uma ligação O conceito de som
Música em um telefônica! É ruído! agradável e ruído varia de
concerto é som! acordo com o contexto
onde os sons são agentes
da paisagem.

Questões elaboradas pelo 9º Ano E (2017).


Paisagem Sonora
Conceito de Paisagem Sonora foi desenvolvido pelo compositor e pesquisador
canadense R. Murray Schafer (final dos anos 60 na universidade de Vancouver). A
preocupação em relação cada vez maior “perda perceptiva” da audição na educação
e na sociedade impulsionou o estudo de Murray Schafer. Com o passar dos anos
nasce a ideia de ecologia acústica, relacionada aos problemas ocasionados pela
poluição sonora ambiental.

A paisagem sonora é definida como “qualquer porção do ambiente sonoro vista


como um campo de estudos. O termo pode referir-se a ambientes reais ou a
construções abstratas como a composição musical” (SCHAFER, 2001, p.366).

A paisagem sonora se define como um conjunto característico de sons de origem


natural (ventos, mares, canto de pássaros) e/ou produzidos pela atividade humana
(carros, comunicação, fábricas), somadas todas essas sonoridades são responsáveis
por caracterizar locais e ambientes.
R. Murray Schafer
A partir da “observação” (audição) da diversidade desses conjuntos de sons, surgem
Detalhe técnico!
as “paisagens sonoras”. A paisagem sonora pode ser delimitada para o exame das
sonoridades de uma paisagem sonora revela muitos aspectos da identidade e do A pesquisa moderna da paisagem
contexto sociocultural e/ou geográfico específico. sonora só é possível por causa dos
processos e tecnologias de gravação
sonora (lembram do 8º ano?)
Mapas Sonoros

Os mapas sonoros são o resultado da audição analítica de uma


paisagem sonora.

Ele é um produto gráfico que auxilia na localização, discriminação e


identificação cada sonoridade predominante numa determinada
localidade.

Um estudo cuidadoso pode definir área de zoneamento sonoro!


Algumas aplicações do estudo da paisagem sonora:

- Tipos de atividades que podem ser desenvolvidas


dependo do contexto da região “ouvida”;
- Sonoridades que devem ser “incentivadas” ou
“suprimidas”;
- Auxílio na definição de projetos acústicos para
construção civil;
- Auxílio na orientação de políticas locais de sobre
poluição sonora e saúde pública;
- Auxílio no projeto de equipamentos acústicos menos
poluentes e mais eficazes
Detalhe técnico!
Identificando e qualificando a paisagem sonora
O estudo da paisagem sonora é
primordialmente voltado qualidade
O que o analista da paisagem sonora precisa fazer,
acústica de comunidades humanas
em primeiro lugar, é descobrir os aspectos
(rurais ou urbanas).
significativos, aqueles sons que são importantes por
causa de sua individualidade, quantidade ou
preponderância. fonte: A Afinação do Mundo - Murray Schafer
pp. 25 (2001)

Sons fundamentais: são os


sons criados por uma Sinais: são os sons Marcas sonoras: “se refere
geografia (natural ou destacados da paisagem a um som da comunidade
urbana): água, vento, sonora ouvidos de forma que seja único ou que
Sistema de qualificação dos
pássaros, insetos e etc. Eles consciente. Num ambiente, possua determinadas
sons da paisagem sonora:
não precisam ser ouvidos principalmente, urbano são qualidades que o tornem
constantemente ou sons com significados especialmente significativo
conscientemente. São o comunicativos (sirenes, ou notado pelo povo daquele
“pano de fundo” de uma toques de celular e etc). lugar”. fonte: A Afinação do Mundo -
Murray Schafer pp. 27 (2001)
paisagem sonora.
Ecologia acústica Objetivo principal: Preservação e
documentação da paisagem sonora.

Ecologia é o estudo da relação entre os organismos vivos e seu Criação de uma base de
ambiente. A ecologia acústica é, assim, o estudo dos efeitos do ambiente dados de sons naturais.
acústico, Ou paisagem sonora, sobre as respostas físicas ou
características comportamentais das criaturas que nele vivem. Seu
principal objetivo é dirigir a atenção aos desequilíbrios que podem ter Monitoramento acústico
efeito insalubres ou hostis. fonte: A Afinação do Mundo - Murray Schafer pp. 364 (2001) de áreas urbanas, rurais e
selvagens.

Preservação das
sonoridades criadas pelo
homem: línguas e
dialetos.
Ecologia acústica não está ligada apenas a ideia de combate a
poluição sonora.

Ela também engloba os estudos bio acústicos que tem o objetivo de


obter dados para o desenvolvimento de tecnologias e ações que
beneficiem o homem e seu meio.

Esses estudos encontram aplicação em diferentes áreas


conhecimento: tecnologia acústica, arquitetura, sociologia,
antropologia, economia, política e estética.
One Square Inch of Silence (uma polegada quadrada de silêncio)

Uma polegada quadrada do silêncio é um


projeto de controle do ruído simbolizado por
uma pedra vermelha pequena colocada na
floresta do Olimpyc Nacional Park (estado de
Washington) em 2005. O autor do projeto é o
especialista em gravação ambiental Gordon
Hempton.

O local da pedra foi chamado "o lugar o mais


quieto nos Estados Unidos".

Sua importância é tão acentuada que algumas


companhias aéreas voluntariamente
redirecionaram vôos para evitar poluição
sonora no local da polegada quadrada.

Hempton formou uma fundação para impedir o


ruído dos aviões de jato sobre o parque
nacional Olympic e em outros parques.
Atividade individual Entrega: ou /03.

Formato:
Capa e uma página de texto.
Fonte: Arial
Tamanho 10

Exercício de escuta:

1. Escolha uma lugar qualquer em qualquer horário;


2. De preferência esteja sozinho;
3. Gaste algum tempo com isso;
4. Note todos os sons que você estiver ouvindo;
5. Anote a data, o horário e o tempo gasto em sua escuta;
6. Um ou dois dias depois faça o mesmo processo no mesmo local (não precisa repetir o mesmo
horário;
7. Faça uma comparação das listas e escreva uma rápida análise.
Pesquisa: Mapa sonoro Início: 19/03 (semana 1)
Entrega: 23/04 (semana 5)
A turma irá se dividir em grupos de no mínimo quatro Nota: 5,0
em no máximo seis componentes.

Seguir as etapas da pesquisa para produção de um mapa sonoro:

Objetivo: cada equipe produzir um mapa sonoro de um local específico do colégio para serem reunidos em um único mapa
geral.

1. As equipes definem seus locais. (semana 1)

2. Para que os dados apresentem uma amostragem ampla sua coleta deve ser efetuado no mesmo local, mas em dias
diferentes e contextos diversos (mínimo de três coletas de dados). (semana 2 e 3)

3. Cada equipe fará a análise dos seus dados. Seguindo as categorias psicoacústicas e semânticas (material a será
disponibilizado). (semanas 2 à 4)

4. Cada grupo produzirá um mapa sonoro (A qualidade do material apresentado será avaliado) (semana 4 e 5)

Entrega: semana 5
A pesquisa para produção do 2. Gravar os sons do
mapa sonoro tem quatro etapas ambiente.

1. Estabelecer objetivo da A gravação deve ter registros exatos


1.1. Delimitar o local da (datas e horários) se possível
pesquisa.
paisagem sonora. comentários descritivos da paisagem
(textos e fotos). Os sons gravados serão
Objetivos: identificar chamados de Amostras. Sempre usar
singularidades da paisagem Dependendo do objetivo da áudio! Evitar uso de vídeos!
sonora; detectar problemas de pesquisa uma área é definida
poluição e propor soluções; para captação dos sons.
preservar paisagem sonora; uso
para composições musicais.

Semântica
4. Criar mapa sonoro
Define o que significam
3. Analisar os sons gravados. os sons: linguista e Documento gráfico que
comunicólogo localiza geograficamente os
sons de uma paisagem Utilizar dados da
A forma de análise também sonora. link
irá depender do objetivo da Estética pesquisa.
pesquisa. Temos 4 tipos Define que sons são
mais comuns de análise. atraentes para uso criativo:
compositores e
sounddesigners

Acústica Psicoacústica
Define o que são os Define como os sons são
sons: físicos e percebidos: fisiólogo e
engenheiros psicólogo
Ferramentas para projeto

Medição: Decibelímetro

Registro: Fotografias e gravações Análise: sistema schafer


(material a ser disponibilizado)
escala de decibéis

Relatório: análise dos elementos


sonoros positivos e negativos de
uma paisagem. Sugerir
possíveis ações de melhoria da
paisagem sonora.
Ferramentas: Decibelímetro app

Android IOS
Referências e curiosidades

British Library - Sound Map

Entrevista com Murray Schafer (vídeo em inglês)

Animação com conceitos básicos de Paisagem Sonora (vídeo em português)

Ecologia acústica (artigo revista Planeta)

Entrevista com Prof. Dr. Marcelo Petraglia (USP) sobre Ecologia Sonora (vídeo em português)

Mapa sonoro de Curitiba

Mapa sonora dos dialetos Peruanos

Mapa sonoro País Basco

World SoundScape Project

Textos
Afinação do Mundo - R. Murray Schafer. Ed. Unesp (2001)
Ouvido Pensante - R. Murray Schafer. Ed. Unesp (1992)
Educação Sonora - R. Murray Schafer. Ed Melhoramentos (2009)
Música e Meio Ambiente: ecologia sonora - Marisa Trench Oliveira Fonterrada. Ed. Irmãos Vitale (2004)
Ecologia Acústica - Raquel Lemos Castro (mestrado em ciências da comunicação Universidade Nova de Lisboa)
(2007) PDF
Uma Introdução à Ecologia Acústica - Kendall Wrightson. traduzido por Lulu Camargo PDF