Você está na página 1de 16

A BÍBLIA

A Bíblia é a colecção de livros, proclamados


pela Igreja como escritos sob a inspiração do
Espírito Santo, que contêm a “Palavra de
Deus”. Trata-se de uma biblioteca de 73 livros
de épocas, autores e escritos diferentes.
Embora a Bíblia tenha sido inspirada pelo
Espírito Santo, foi escrita por homens,
escolhidos por Deus, que, com sua cultura,
sua época e sua fé, colaboraram para que
Deus se revelasse à humanidade.
• Antigo e Novo Testamento
• A Bíblia é dividida em duas partes: o
Antigo Testamento (AT), contendo os
livros, que narram a história do Povo
de Deus, foi escrito antes de Cristo
(a.C). Ele corresponde à Primeira
Aliança.
• O Novo Testamento (NT), contendo os
livros que narram a vida de Jesus e das
primeiras comunidades cristãs e conta
a história do novo Povo de Deus, foi
escrito depois de Cristo (d.C.). Ele
corresponde à Nova Aliança.
O “Antigo Testamento” contém 46 Livros
e o Novo Testamento, 27 Livros.
Iniciamos do Antigo Testamento:
o “Pentateuco” são os cinco primeiros
livros, que contêm a lei da primeira
Aliança, também chamados “Tora”, que
quer dizer Lei.
São eles: Gênesis, Êxodo, Levítico,
Números e Deuteronómio.
Os “Livros Históricos” são 16:
eles narram a história da formação do
Povo de Deus, com a vida, os nomes, as
lutas e a fé de seus heróis e do próprio
povo. São eles:
Josué, Juizes, Rute, 1 Samuel, II Samuel,
1 Reis, II Reis, 1 Crônicas, II Crônicas,
1 Esdras, II Esdras ou Neemias, Tobias,
Judite, Ester, 1 Macabeus e II Macabeus.
Os “Livros Sapienciais” são 7:
neles encontramos as reflexões e as
expressões de sabedoria, poesias,
cantos, orações, hinos e provérbios, nos
quais o povo regista os seus
sentimentos e expressa a sua sabedoria,
extraída da experiência de vida. São eles:
Jób, Salmos, Provérbios, Eclesiastes, (ou
Qohélet) Cântico dos Cânticos,
Sabedoria e Eclesiástico (ou Ben Sira)
Os “Livros Proféticos” são 18:
eles trazem a mensagem, a acção e
alguns dados sobre a vida dos
profetas.
São eles: Isaías, Jeremias,
Lamentações, Baruc, Ezequiel,
Daniel. Oseias, Joel, Amós, Abdias.
Jonas, Miqueias, Naum, Habacuc,
Sofonias, Ageu, Zacarias e
Malaquias.
Novo Testamento
O “Novo Testamento” é composto
pelos Evangelhos, pelos Actos dos
Apóstolos e pelas Cartas.
Os “Evangelhos” são 4.
Evangelho é uma palavra que vem
do grego, que significa Boa Nova ou
Boa Notícia.
Os Evangelhos foram escritos por
Mateus. Marcos. Lucas e João.
Os Evangelhos de Mateus, Marcos e
Lucas são também chamados
Evangelhos Sinópticos, porque,
colocados em colunas paralelas,
podem conter muita semelhança
entre si (Mc 3.14. Mt 10,5, Lc 6,13).
O estilo do Evangelho de João é
diferente dos demais.
Os “Actos dos Apóstolos” narram,
sobretudo, a reflexão de Lucas
sobre os próprios Apóstolos, mas,
de modo especial, de Pedro e Paulo.
Descrevem também um pouco da
organização e das dificuldades de
algumas das primeiras comunidades
cristãs e reflectem sobre a sua
realidade sob o olhar de Deus.
As “Cartas” são também chamadas
Epístolas. São elas: 1 Romanos, II
Romanos. 1 Coríntios, II Coríntios,
Gálatas, Filipenses, Colossenses,
1Tessalonicenses,IITessalonicense,
1 Timóteo, II Timóteo, Tito, Filemon,
Hebreus. Tiago, 1 Pedro, II Pedro,
1 João, II João, III João, Judas e o
Apocalipse.
Chaves para ler, conhecer e viver a
Palavra de Deus
O primeiro passo para conhecer a Bíblia
é a sua leitura. Dispomos de 7 Chaves,
que abrem o nosso coração para ler a
Bíblia, de forma libertadora, agradável e
correcta. Estas chaves são fáceis de se
encontrar, pois estão simbolizadas no
seu próprio corpo.
Com as «Sete Chaves» descobrimos a
“Palavra de Deus” na Bíblia e na vida,
entendendo melhor o seu sentido, oculto
atrás das palavras.
1) Pés bem plantados na realidade:
para ler bem a Bíblia é preciso
ler bem a vida, conhecer a
realidade pessoal, familiar e
comunitária do país e do mundo.
E preciso conhecer também a
realidade na qual viveu o Povo
da Bíblia.
A Bíblia não caiu do céu
prontinha. Ela nasceu das lutas,
das alegrias, da esperança e da
fé de um povo (Ex 3,7).
2) Olhos bem abertos:
um olho deve estar fixo no texto da
Bíblia e o outro no texto da vida.
O que fala o texto da Bíblia?
O que fala o texto da vida?
A Palavra de Deus está na Bíblia e
está na vida de cada um de nós.
Precisamos utilizar os olhos para
enxergá-la.
3) Ouvidos atentos, em alerta:
um ouvido deve escutar o
chamamento de Deus e o outro
escutar o seu irmão.
4) Coração livre para amar:
Ler a Bíblia com sentimento, com a
emoção que o texto provoca.
Só quem ama a Deus e ao próximo
pode entender o que Deus fala na
Bíblia e na vida.
Coração pronto para viver em
conversão.
5) Boca para anunciar e denunciar
aquilo que os o lhos viram, os
ouvidos ouviram e o coração sentiu
sobre a Palavra de Deus e a vida.

6) Cabeça para pensar: usar a


inteligência para me ditar, estudar e
buscar respostas para as nossas
dúvidas.
Devemos ler a Bíblia, mas também
outros livros que a expliquem.
7) Joelhos dobrados em
oração:
com muita fé e oração
podemos entender a Bíblia e
a vida.
Devemos pedir o dom da
sabedoria ao Espírito Santo
para entender a Bíblia.