Você está na página 1de 8

Eloah Bittencourt

Luísa Sales Martins


Nathália Guimarães Araújo Candela
Tatiane Macedo de Souza
Verônica Aiceles
 Estudos epidemiológicos mostram a
hipertensão arterial como principal
fator de risco para doenças
cardiovasculares. Além disso, é uma
das doenças mais frequentes em
populações de países
desenvolvidos.
 Alimentos funcionais e
intervenções nutricionais são
ferramentas para melhorar e
manter a saúde. Tem caráter
profilático e terapêutico. Dieta
DASH é promissora no
contexto de DC mostrando-se
em estudos capaz de reduzir
PA.
 Dieta DASH:
 Uma outra alternativa alimentar que se mostrou capaz de ajudar na redução da
Pressão Arterial foi o consumo de Ácido Graxo Poliinsaturado ω-3 mas para se atingir
a recomendação de ω-3, é necessário o consumo regular de peixes. Que se torna
uma preocupação uma vez que esses peixes possam estar contaminados com
metais pesados.
 A necessidade de uma alternativa de fonte de PUFAs na dieta surgiu, e a solução
pode ser encontrada nos ovos de galinha. Uma vez que são produtos alimentares
naturais, ricos em ácidos graxos poliinsaturados, fosfatidilcolina, aminoácidos
exógenos, luteína, xantofila, ácido fólico, bem como vitaminas B1 e B2. Mas os
estudos se mostram controversos, não chegando a um consenso se os ovos seriam
mocinhos ou vilões.
 Os ovos foram enriquecidos com PUFAs pela modificação da dieta das galinhas. Não
foram utilizados métodos de engenharia genética ou uso de produtos sintéticos. As
galinhas foram alimentadas com produtos fonte naturais como algas, peixes e óleo de
linhaça.
 E assim criariam Ovos de Nova Geração, com a redução de componentes não
desejados e enriquecimento dos ovos com ω-3, capazes de não só pode diminuir os
potenciais riscos relacionados à DC como também induzir um efeito benéfico no
metabolismo de lipídeos e o curso de várias doenças.