Você está na página 1de 32

Métodos

contraceptivos
e Doenças
sexualmente
transmissíveis
“Saúde sexual é mais que a ausência de
doenças.
Vai muito além da ausência de gravidez
indesejada e DSTs.
Ter saúde sexual é ter a capacidade de obter
prazer a partir da atividade sexual e das
relações íntimas.
Envolve respeito a si mesmo e aos outros,
não-exploração, gratificação e alegria.
Depende do bem-estar dos indivíduos e de
seu senso de auto-estima.
Requer confiança, honestidade e
comunicação entre os parceiros.“
As doenças sexualmente transmissíveis
– DST são conhecidas também como:
• Doenças venéreas;
• Doenças sexuais;
• Doenças de rua;
• Doenças do mundo.

E são transmitidas principalmente


durante a relação sexual. Qualquer
pessoa pode pegar ou passar DST.

MAS AFINAL, O QUE SÃO DST’S?


SEGUNDO OMS
(ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE
SAÚDE) EXISTEM 26 TIPOS DE
DST´S QUE PODEM SER
CLASIFICADAS EM TRÊS:
1- doenças que causam
corrimentos.
2- doenças que causam feridas.
3- doenças que causam verugas.
QUAIS AS CONSEQUÊNCIAS DAS DST?
Quando não tratadas adequadamente, as DST
podem causar sérias complicações, além do risco de
pegar outras DST, inclusive o vírus da aids. Essas
complicações podem ser:
• Esterilidade no homem e na mulher (a pessoa não
pode ter mais filhos);
• Inflamação nos órgãos genitais do homem
podendo causar impotência;
• Inflamação no útero, nas trompas e ovários da
mulher, podendo complicar para uma infecção em
todo o corpo, o que pode causar morte;
• Mais chance de ter câncer no colo do útero e no
pênis;
• Nascimento do bebê antes do tempo ou com
defeito no corpo ou até mesmo a sua morte na
barriga da mãe ou depois do nascimento.
COMO FAZER A PREVENÇÃO DAS DST E DO HIV?
• A melhor forma de prevenir a transmissão das DST é usar
sempre e corretamente a camisinha em todas as relações
sexuais;
• Não compartilhar agulhas e seringas com outras pessoas;
• No caso de necessitar receber uma transfusão de sangue,
exija que ele seja testado para todas as doenças que
podem ser transmitidas pelo sangue.
• Evite banho em banheiras;
• Não use toalhas e roupas de outras pessoas;
• Lave as roupas intima com água e sabão;
• Passe as roupas íntimas com ferro a vapor.
• Tomar vacina contra o HPV
• As DSTs aumentam em até 18 vezes o risco
de pegar aids!

• Se não forem tratadas no começo as DSTs


podem piorar e causar muitos problemas.

IMPORTANTE • Se você tem algum sintoma de DSTs, não


procure uma farmácia. Vá direto ao serviço
de saúde.

• Qualquer dúvida, não pense duas vezes:


procure logo um profissional de saúde. Só
ele tem condições de tratar as DSTs.
QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS DST’s?
AIDS ou Síndrome da
Imunodeficiência Adquirida
• Provocada pelo vírus HIV
• Ataca os glóbulos brancos sanguíneos,
que são as células de defesa.
• Destruindo essas células, o organismo
da pessoa fica imunodeficiente, com
células de defesa fracas, ou seja,
permite o estabelecimento de doenças
oportunistas, como infecções,
tuberculose, gripe, etc; que podem
levar à morte.
• Causada pela
Gonorreia bactéria Neisseria
gonorrhoea.
• Cresce facilmente em
áreas quentes e úmidas
do útero, tubas uterinas
e uretra, também se
desenvolve na boca,
ânus, olhos e garganta.
• Produz uma secreção
com pus, inchaço e
vermelhidão
Sífilis

• Causada pela bactéria Treponema


palidum
• É uma doença grave e possui 3
estágios:
• sífilis primária: com lesões
indolores
• sífilis secundária: lesões
pequenas e avermelhadas
nos pés e nas mãos
Se não tratada adequadamente, pode levar à demência,
• sífilis terciária: pode atacar o cegueira e morte.
cérebro, vísceras, olhos e
ossos.
Tricomoníase

• Causada pelo protozoário Trychomonas


vaginalis, que habita a vagina
• Mas o homem também pode contrair.
• Os sintomas são coceiras e corrimentos
vaginal ou uretral.
• O tratamento é feito com medicamentos
para combater o protozoário e os
sintomas.
Cancro mole

• Causado pela bactéria Haemophilus


ducreyi.
• Aparecem feridas dolorosas com base
mole.
• Se não tratada, a doença pode evoluir para
úlceras purulentas (pus) e complicações
agudas na área afetada.
Herpes genital
• Causada por vírus que manifesta
seus sintomas na virilha, pênis,
grandes e pequenos lábios e
região perianal.
• Aparecem bolhas amareladas e
podem estourar, gerando feridas.
• Não existe cura, mas tem
medicamentes que alivia a dor e
diminui as cicatrizes das lesões.
• Causada pela
bactéria Chlamydia
trachomatis
• Primeiro estágio:
Formação de pequenas
feridas no local de
entrada que devem ser
tratadas.
• Segundo estágio: se
não tratado, aparece
Linfogranuloma venéreo um inchaço doloroso
nos gânglios da virilha.
Condiloma acuminado

• Conhecida como crista-de-galo ou


verruga genital
• Causada pelo vírus HPV
• Os sintomas são o aparecimento de
verrugas parecidas com couve-flor,
na região genital, ânus e áreas
próximas.
• Se não tratada, pode evoluir para
câncer de colo do útero, de pênis ou
de ânus.
E COMO SE
PROTEGER
DAS DST’s?

USANDO
PRESERVATIVOS!!
QUAIS EU NÃO DEVO
UTILIZAR POIS NÃO
FUNCIONAM E NÃO
PROTEGEM DAS DOENÇAS?

• Tabelinha
• Coito interrompido
• Uso isolado de
espermicidas
• A tabelinha, é quando a
mulher tem o ciclo
menstrual regular e pode
calcular o seu período
fértil.
• Método arriscado, pois,
pode ocorrer alteração
hormonal, estresse e vários
outros fatores que
desregulam o ciclo.
• Não impede a transmissão
de doenças.
• O coito interrompido, é a
interrupção do ato sexual no
momento que a ejaculação está
prestes a acontecer.
• Método arriscado, pois, pode
ocorrer a secreção de líquido
seminal antes, com
possibilidade de gravidez.
• Não impede a transmissão de
doenças.
• Os espermicidas, é
uma substância que
elimina os
espermatozoides, mas
deve ser utilizado com
um método
anticoncepcional de
barreira
• Não impede a
transmissão de
doenças.
QUAL O MAIS
UTILIZADO E É
EFICAZ CONTRA DST
E GRAVIDEZ
INDESEJADA?
O preservativo ou
camisinha, é o mais
usado, é eficaz e além
disso, impede a
transmissão de
doenças.
QUAIS SÃO OS
OUTROS MÉTODOS
QUE VOCÊS JÁ
OUVIRAM FALAR?
O diafragma, é usado no colo do
útero, e precisa de ajuda de um
ginecologista para colocar do
modo correto.
A pílula
anticoncepcional, é um
inibidor de hormônios
que impede a ovulação,
mas não impede a
transmissão de doenças.
A pílula do dia
seguinte, provoca a
menstruação
imediata e perda
do endométrio,
evitando a nidação.
Deve ser usada
apenas em casos
de EMERGÊNCIA!
O DIU, mesmo
que ocorra a
fecundação, esse
aparelho que é
colocado pelo
ginecologista, faz
com que o
embrião não se
implante no
útero, sendo
degenerado.
QUAIS SÃO OS MÉTODOS CIRÚRGICOS?
Vasectomia, é um
procedimento
cirúrgico, que corta
o canal deferente,
impedindo a
passagem dos
espermatozoides.
Laqueadura,
também um
procedimento
cirúrgico, que corta
as tubas uterinas,
impedindo que os
espermatozoides
cheguem nos óvulos.
QUAL O MÉTODO
MAIS EFICAZ DE
TODOS?
A ABSTINÊNCIA!
(rsrs)