Você está na página 1de 16

CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD

1
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Funções da caixa de mudanças

2
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Características técnicas
Caixa de mudanças ZF 16S 1685 TD Fabricante - ZF
M odelo - ZF 16S 1685 TD
Acionamento - alavanca no assoalho
ZF = Fabricante Sistema de engate - servo-shifting
Nº de marchas - 16 à frente (sincronizadas) e 2 a ré
Volume de óleo - 13 litros
16 = Nº de marchas à frente
Relação de transmissão
1ª 16,41
S = Sincronizada
2ª 13,80
3ª 11,28
16 = Torque nominal (x100 Nm) 4ª 9,49
5ª 7,76
8 = Versão Brasil 6ª 6,53
7ª 5,43
5 = Periféricos VW 8ª 4,57
9ª 3,59
10ª 3,02
T = Truck 11ª 2,47
12ª 2,08
D = Direct drive (relação da 13ª 1,70
última marcha - direta = 1:1) 14ª 1,43
15ª 1,19
16ª 1,00
Ré Baixa: 15,36:1 / Alta: 12,92:1

3
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Interruptores da caixa de mudanças e servo-shifting

Interruptor de Neutro

Interruptor do grupo GP
(primeiro H/segundo H)

Servo-Shifting Sensor do
velocímetro

Interruptor da luz de ré

Interruptor do grupo GV
(baixa/alta)

4
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Carcaça da caixa de mudanças
Carcaça do conjunto
de engrenagens

Tampa frontal e carcaça


da embreagem

Tampa traseira

5
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Grupos de operação

Grupo
Grupo de Grupo redutor
desmultiplicador
transmissão (GP)
(GV)

6
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Grupo de engrenagens

Conjunto de transmissão principal possui quatro


pares de engrenagens para as marchas a frente,
e um trio de engrenagens para a marcha á ré, que
trabalham apoiadas sobre três árvores: primária
(piloto), intermediária e secundária (de saída).

7
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Árvore primária

A árvore primária tem, como principal característica,


a incorporação do cubo de engate do sincronizador do
grupo desmultiplicador (GV) usinado em seu próprio
corpo, em substituição a engrenagem da marcha direta
que, nesta caixa, é apenas apoiada, por rolamento, na
árvore primária.

8
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Árvore intermediária

A árvore intermediária tem como função interligar as árvores


primária e secundária, por meio dos pares de engrenagens
correspondentes a cada uma das velocidades selecionadas
durante a operação do veículo.

9
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Bomba e radiador de óleo

Na extremidade dianteira da árvore


intermediária, uma ranhura diametral de
encaixe frontal aciona a bomba de óleo
lubrificante.

Radiador de óleo

A bomba de óleo, do tipo de lóbulos, é montada na parte externa da carcaça


da embreagem e força a circulação do óleo por toda a
extensão da caixa de mudanças, realizando uma lubrificação forçada
em componentes que atuam em situações de extrema pressão, como
apoios de engrenagens e contato entre dentes.

10
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Árvore secundária
Complementando o grupo de transmissão, a árvore secundária
congrega as engrenagens livres das quatro marchas á frente
disponibilizadas pela caixa de mudanças.

11
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Conjunto sincronizador

Os conjuntos sincronizadores de marchas, construídos em material


de alto coeficiente de atrito e grande resistência abrasiva, oferecendo
excelente durabilidade da transmissão como um todo.

12
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Grupo redutor (GP)

Um conjunto de engrenagens encarregadas de transferir o torque da


árvore secundária da caixa principal para a árvore de saída da transmissão,
produzindo uma relação de transmissão com redução da rotação e,
consequentemente, com aumento do torque transferido.
Esta redução proporciona a duplicação do número de velocidades (H1 e H2)

13
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Grupo desmultiplicador
Marcha alta

Marcha baixa

14
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Grupo desmultiplicador

15
CAIXA DE MUDANÇAS ZF 16S 1685 TD
Diagrama de fluxo de força

Ré B

16