Você está na página 1de 38

A IMPORTÂNCIA DA

BIOFÍSICA E CAMPOS DE
INTERESSE
Prof. BRUNO PORTO
Matéria: Significa tudo o que possui massa e ocupa lugar no
espaço.

Corpo: É uma porção limitada da matéria.

Objeto: É um corpo que se presta a uma finalidade determinada

Substância: É a qualidade da matéria

Partículas: São as formadoras das substâncias, podendo ser


chamadas de íons, átomos e moléculas (conjuntos de átomos).
PROPRIEDADES GERAIS DA
MATÉRIA
Inércia: A matéria não pode por si só modificar a sua condição de
movimento ou repouso.

Impenetrabilidade: Dois corpos não podem ocupar, ao mesmo tempo,


o mesmo lugar no espaço.

Divisibilidade: A matéria pode sempre ser dividida em porções cada


vez menores.

Massa: É a quantidade de matéria existente em um corpo. As principais


unidades de massa são kg (quilograma) ; g (grama) ; mg (miligrama)
Volume: É a ocupação espacial da matéria. As
principais unidades são:

kl (quilolitro) ;
m3 (metro cúbico) ;
l (litro); dm3 (decímetro cúbico);
ml (mililitro) e
cm3 (centímetro cúbico).

Observação: 1 m3 = 1 kl = 1.000 dm3 = 1.000 l.


PROPRIEDADES FÍSICAS
Densidade :
Densidade absoluta ou massa específica é uma característica própria de
cada material, definida como razão entre a massa de uma amostra dele
e o volume ocupado por essa massa, portanto d = m/ v.

A massa de um objeto pode ser medida facilmente com uma balança e


o volume de um objeto regular pode ser calculado medindo-se e
multiplicando-se largura ( l ) , comprimento ( c ) e altura ( h ).

O volume de objetos irregulares pode ser medido colocando-os em um


recipiente graduado cheio de líquido ( água ? ) e medir a variação de
volume deste líquido.
Ponto de fusão:
É a temperatura na qual uma substância pura
passa do estado sólido para o estado líquido.

Ponto de ebulição:
É a temperatura na qual uma substância pura
passa do estado líquido para o estado gasoso.
PROPRIEDADES QUÍMICAS
Combustão: Queima de uma folha de papel

Oxidação: Ferrugem em uma barra de ferro

Fermentação: Preparação de bebidas alcoólicas.


PROPRIEDADES ORGANOLÉPTICAS
São aquelas propriedades perceptíveis pelos nossos sentidos

Visão: Cor, brilho, transparência, opacidade, etc. Olfato: Cheiro


ou odor.

Tato: Estado físico, quente e frio, etc.

Paladar: Sabor

Audição: música, ruído, murmúrio, etc.


TRANSFORMAÇÕES FÍSICAS E
QUÍMICAS
FENÔMENO FÍSICO: É um fato que ocorre com a manutenção
das substâncias originais do sistema. Os mais comuns são as
mudanças de estado físico das substâncias, como fusão,
vaporização etc. .

FENÔMENO QUÍMICO: Fenômeno químico, transformação


química ou reação química é o fato que ocorre com o surgimento
de uma ou mais substâncias novas, como por exemplo queimar,
fritar, assar, cozinhar, oxidação de um metal, a respiração, a
digestão, a fotossíntese etc.
BIOFÍSICA
• Ciência interdisciplinar que aplica as teorias e os métodos da
física para resolver questões de biologia.

• A biofísica busca enxergar o ser vivo com um corpo, que


ocupando lugar no espaço, e transformando energia, existe
num meio ambiente o qual interage com este ser.

• Aspectos elétricos, gravitacionais, magnéticos e mesmo


nucleares estão na fundamentação de vários fenômenos
biológicos, e portanto, podem ser tratados pelos
conhecimentos das ciências físicas.
Biofísica é o estudo da matéria, energia espaço
e tempo nos sistemas biológicos.

• Matéria: pelos objetos; corpos; alimentos.

• Energia: pelo calor; luz ; som; pelo trabalho físico.

• Espaço: pelas distâncias; áreas e volume dos objetos.

• Tempo: pela sucessão dos dias e das noites; pela espera dos
acontecimentos e pela duração da vida .
Alguns biofísicos famosos:
• Luigi Galvani, descobridor da bioeletricidade

• Hermann von Helmholtz, primeiro a medir a velocidade de impulsos nervosos

• Alan Hodgkin e Andrew Huxley, visão moderna do impulso nervoso

• Georg von Békésy, investigação sobre a audição humana

• Bernard Katz, descoberta do funcionamento das sinapses

• Maurice Wilkins e Rosalind Franklin, pioneiros da cristalografia de DNA

• Francis Crick, descoberta da estrutura do DNA

• Max Perutz e John Kendrew, pioneiro da cristalografia de proteínas


• Grandeza Física é tudo aquilo que pode ser medido e
associado um valor numérico e a uma unidade. Exemplos:

Tempo, comprimento, velocidade, aceleração, força, energia,


trabalho, temperatura, pressão.

As grandezas físicas estão relacionadas aos rítmos biológicos


circadianos; por ex. ritmos da termorregulação; ritmos no
sistema respiratório e rítmos no sistema cardiovascular.
Sistema Internacional de Unidades (SI)
Notação Científica
• Escrever um número em notação científica é
expressá-lo sob a forma de um produto de
dois fatores, a saber:

• A finalidade é facilitar a apresentação de uma


quantidade muito grande ou muito pequena,
omitindo-se os zeros.
• Por exemplo:

• 500.000 Kg = 5,0 x 105Kg

• 300.000.000 m/s = 3,0 x 108m/s

• 0,000015m = 1,5 x 10-5m

• 0,025 A = 2,5 x 10-2A


Como utilizamos essas unidades?
Questão
1- Qual a temperatura do nosso corpo?
2- Qual a pressão ideal para o nosso organismo?
3- Qual a velocidade media do melhor corredor de
100m/s?
4- Quanto levantamos em uma seria de pernas?
5- Qual o volume que podemos doar de sangue?
6- Qual o volume médio de sangue no corpo
humano?
Questão problema: Um anestésico de uso intravenoso age na
dose de 4mg/kg de massa corporal. De acordo com o fabricante
a concentração do medicamento está a 10mg/mL na ampola e o
paciente pesa 80kg. Qual o volume a ser injetado?

Dados:
Dose ativa: 4mg/kg
Concentração 10mg/mL
Paciente : 80kg

Volume a injetar: ? mL
Grandezas da área de saúde
Respiração, Coração
- Força (Newton)
- Pressão Arterial (mmHg)
- Pressão Glomerular
- Contração Cardíaca
- Viscosidade dos Sangue(Pa·s)
- Tensão Superficial (N/m2)
- Temperatura (calor)oC
Os seres vivos e a composição do universo

• São compostos de matéria (Massa)

• Utilizam e produzem energia

• Ocupam lugar no espaço próprio e vivem na dimensão


Tempo

• Na vida comum , o tempo pode ser avaliado por qualquer


fenômeno periódico como os batimentos cardíacos ou as
estações do ano
Aplicações das grandezas
• MASSA : MEDIDA DA QUANTIDADE DE MATÉRIA DE UM
SER VIVO. Sob ação da gravidade exerce uma força que é o
peso corporal. Indicar do estado de Higidez do indivíduo.

• ÁREA e Volume: superfície corporal


A relação massa/ volume é a densidade quantidade de matéria
existente na unidade de volume de um corpo.
Velocidade: espaço percorrido /pelo tempo
decorrido
• OS SERES VIVOS , SUAS PARTES ( MEMBROS; ÓRGÃOS ; SANGUE ETC. ESTÃO
EM CONSTANTE MOVIMENTOS.

• Força: massa x aceleração (mudança da velocidade em função do


tempo)

• Pressão: P =força /área

• Viscosidade: atrito interno visível no escoamento de um líquido.

• Tensão superficial: força que deve ser feita para a penetração de


objetos em uma superfície líquida .

• Temperatura é medida da intensidade da energia térmica (ET) e


calor é a quantidade de E T .
Frequência
• Fenômenos biológicos repetitivos em função do
tempo. Unidade de medida é o Hertz (um evento por
segundo).

• Frequência Respiratória: 14 a 20 irpm

• Frequência Cardíaca: 60 a 100 bpm


Vamos praticar?
Tensão superficial
• Tensão superficial: força que deve ser feita
para a penetração de objetos em uma
superfície líquida.
• Pressão: P =força /área
• Grandeza escalar é uma grandeza que é determinada
apenas por um valor numérico chamado de módulo.

Por exemplo, um carro se move a 100 km / h.

Nesse caso, o movimento do carro é tratado como


Grandeza Escalar.

Não dizemos COMO ele está se movimentando.

• A temperatura, área, volume, são também grandezas


escalares.
• Grandeza Vetorial é uma grandeza que, além do módulo, é determinada por
uma direção e um sentido.
Por exemplo, um carro se move na direção horizontal, da esquerda para
direita e a 100 km / h.
Nesse caso, o movimento do carro é tratado como uma Grandeza Vetorial,
com módulo, direção e sentido.
→ 100 km / h
Essa seta chamada vetor (→) é o ente usado para determinar as Grandezas
Vetoriais.
Ele determina a direção (horizontal, vertical ou inclinada).

• Grandezas vetoriais: velocidade, aceleração, força. . .

• Módulo (distância), direção e sentido, são denominadas grandezas vetoriais.


• Módulo do vetor - é dado pelo comprimento
do segmento em uma escala adequada (d = 5
cm).
• Direção do vetor - é dada pela reta suporte do
segmento (30º)
• Sentido do vetor - é dado pela seta colocada
na extremidade do segmento.
Obrigado!