Você está na página 1de 1

ATIVIDADE EXTRATIVA E AGROPECURIA NA EUROPA

Uma importante caracterstica da agropecuria do espao europeu so os


subsdios concedidos pelos governos aos agricultores, como emprstimos a juros
baixos e pagamento a longo prazo, principalmente nos pases que fazem parte da
Unio Europeia.
A criao, em 1962, da Poltica Agrcola Comum (PAC) foi uma forma de os
governos europeus protegerem seus agricultores da concorrncia externa, visando
manuteno da renda e do emprego nas reas agrcolas e estabilidade nos preos
dos alimentos. Esse apoio dado agropecuria levou a Europa a tornar-se
praticamente autossuficiente nos principais produtos alimentares, mas no resolveu
problemas como as disparidades entre regies e pases europeus.
A partir de 1980, a CEE, atual Unio Europeia, implementou um sistema
tarifrio que eliminou qualquer possibilidade de os produtos agropecurios
importados competirem com os produzidos internamente.
Por intermdio desse sistema, cada importao agrcola era taxada de forma
diferenciada para igualar o preo do produto importado ao do produto cultivado
internamente. Esse tipo de tarifao recebia o nome de Tarifa Varivel de
Importao.
Essa poltica agrcola alvo de crticas internacionais, principalmente de
instituies como a Organizao Mundial do Comrcio (OMC), dos Estados Unidos
e de diversos pases emergentes, subdesenvolvidos, entre eles o Brasil, que
exercem forte presso para que se reduza o protecionismo agrcola, pois ele
bloqueia a entrada de produtos estrangeiros no mercado europeu.
A perspectiva da diminuio dos subsdios agrcolas tem sido objeto de
protestos em vrios pases europeus, especialmente na Frana maior produtor
agrcola da Europa Ocidental e onde existe o maior nmero de agricultores
beneficiados com os subsdios.