P. 1
Principais doenças do sistema circulatório

Principais doenças do sistema circulatório

3.0

|Views: 18.164|Likes:
Publicado porAna Maricato

More info:

Published by: Ana Maricato on Jan 19, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/06/2014

pdf

text

original

E.B. 2,3 Paulo da Gama Ciências da Natureza 6º ano Nome:__________________________________________________ N.

º _____ Turma:_____ Data:____/____/_____ Principais doenças do sistema circulatório Na sociedade moderna são muitas as doenças relacionadas com o coração e os vasos circulatórios doenças cardiovasculares que afectam os cidadãos, com graves consequências pessoais e profissionais. Uma das mais graves é a aterosclerose que está associada a outras doenças igualmente graves como o enfarte do miocárdio e o AVC Acidente Vascular Cerebral.

A aterosclerose está relacionada com a deposição de gordura nas artérias, o que lhes retira elasticidade e diminui o diâmetro interno do canal de circulação do sangue, que pode mesmo chegar à obstrução do vaso. Provoca também o aumento da pressão sanguínea, o que pode condu ao rebentamento de vasos. zir O enfarte do miocárdio ocorre quando uma determinada região do coração morre devido à ausência de sangue (oxigénio), por obstrução total da artéria coronária que a irriga. É uma doença com elevada incidência na nossa população, que causa sofrimento, incapacidade e até mesmo morte.

O AVC ocorre quando um vaso sanguíneo se rompe ou é obstruído por um coágulo, causando uma lesão no tecido cerebral. As células nervosas ficam privadas de oxigénio e morrem falhando as funções corp orais por elas controladas. É a primeira causa de incapacidade e a terceira causa de morte em todo o mundo.

Factores que contribuem para doenças do sistema circulatório Há diversos factores que contribuem para a ocorrência das doenças cardiovasculares, sendo muitos deles dependentes do ambiente em que vivemos. Tendo em conta que o ambiente é totalidade dos factores que influenciam as populações existentes numa dada área geográfica, o ambiente humano é muito complexo, tendo uma influência decisiva a cultura, a religião e os hábitos e ritmos de vida, a poluição e tantos outros agentes. Nas sociedades industrializadas ditas desenvolvidas, diversos factores de risco relacionados com a forma de vida estão na base de algumas doenças cardiovasculares, como o colesterol alto e a obesidade, relacionados com os hábitos alimentares, a tensão nervosa, muitas vezes chamada de stress e, ainda, falta de exercício físico. Stress No dia a dia existem características do ambiente em que vivemos que geram grande preocupação e tensão, como por exemplo, a situação socioeconómica, as pressões no trabalho e os problemas no relacionamento familiar.

Obesidade e falta de exercício físico O excesso de peso e a falta de exercício físico podem aumentar o risco de enfarte. O uso e xcessivo do automóvel e do elevador, por exemplo, e ficar sentado por muito tempo, contribuem para que se faça cada vez menos exercício físico.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->