Você está na página 1de 35
CURSOCURSOCURSOCURSO PREPARATÓRIOPREPARATÓRIOPREPARATÓRIOPREPARATÓRIO PARAPARAPARAPARA

CURSOCURSOCURSOCURSO PREPARATÓRIOPREPARATÓRIOPREPARATÓRIOPREPARATÓRIO PARAPARAPARAPARA CONCURSOSCONCURSOSCONCURSOSCONCURSOS EMEMEMEM ELETROTÉCNICAELETROTÉCNICAELETROTÉCNICAELETROTÉCNICA –––– CPCECPCECPCECPCE

Técnico em Eletrotécnica

Temos a resolução das questões relacionadas abaixo.

Questões da CESGRANRIO.

Questões resolvidas e comentadas passo a passo.

Maximize sua chance de passar em qualquer concurso – Eletrotécnica

Esta é a sua chance de estar entre os 1º colocados do CURSO-CPCE

A grande maioria dos teus concorrentes desconhecem, ainda, a existência deste material, portanto, é a oportunidade que tem para disparar na frente.

Prof.: Jean

WWW.escoladoeletrotecnico.com.br

CURSO-CPCE: curso.cpce@yahoo.com.br.

TÉC QR – 1: A partir das unidades básicas dadas a seguir, encontre as dimensões
TÉC QR – 1:
A partir das unidades básicas dadas a seguir, encontre as dimensões das expressões abaixo:
kg
*
s
*
m
1)
2
4
A
*
m
Solução:
3000 * g
2)
Solução:
corrente
*
tempo
3)
2
distância
Solução:
4) 725m*2g*10s
Solução:
30 km
5)
10 A
* 3
s
Dadas as dimensões a seguir, encontre suas expressões:
1)
M -4 L 2 T
Solução:
2)
10 -2 *L*T -3
Solução:
3
3
L M
+ 3
ML
3)
Solução:

s

2

* m

A

3

* T

2

Encontre as dimensões das seguintes grandezas elétricas:

1)

Resistência elétrica (R) a partir de:

a)

tensão (V) e corrente (I)

Solução:

b)

potência (P) e corrente (I)

Solução:

c)

potência (P) e tensão (V)

Solução:

2)

Tensão elétrica (V) a partir de:

a)

resistência (R) e corrente (I)

Solução:

b)

potência (P) e corrente (I)

Solução:

c)

capacitância (C) e carga (Q)

Solução:

d)

condutância (S) e corrente (I)

Solução:

3)

Campo magnético (B) a partir de:

a)

fluxo magnético ( ) e área (A)

Solução:

b)

força (F) e corrente (I)

Solução:

3

QUESTÕES DAS PROVAS ANTERIORES DA PETROBRAS

PETROBRAS - ELETRICISTA ESPECIALIZADO 2005

31- A grandeza potência é descrita em função das unidades básicas comprimento (L), massa (M), tempo (T) e corrente elétrica (A) do sistema internacional, como:

(A)

(B)

(C)

(D)

L -1 M 1 T -1 A 0

L 1 M

2

T 1 A

1

L 2 M 1 T -3 A 0

L -2 M 1 T -1 A -1

PETROBRAS – TÉCNICO(A) DE PROJETO, CONSTRUÇÃO E MONTAGEM I – ELÉTRICA

2005

32 – A grandeza torque é definida como o momento de uma força de 1 Newton em relação a um ponto

distante 1 metro de sua linha de ação. O torque é representado a partir das grandezas físicas básicas comprimento (L), massa (M) e Tempo (T), como:

(A)

(B)

(C)

(E)

L -1 M 1 T -2

L 1 M

L 2 M

2

1

T

T

-1

-2

L -2 M 2 T -2

PETROBRAS – TÉCNICO(A) MONTAGEM I – ELÉTRICA 2005

32 – Um profissional verificou que determinada grandeza era dimensionalmente compatível com L -1 M 1 T -2 , onde L, M e T representam, respectivamente, comprimento, massa e tempo. Essa grandeza é um(a):

(A)

torque

(B)

momento de inércia

(C)

momento linear

(D)

pressão

(E)

força

PETROBRAS - ELETRICISTA ESPECIALIZADO 2006

21 – Verificou-se em laboratório, que o fluxo magnético , em Wb (weber), medido em certo material

no formato toroidal, é proporcional ao número de espiras N, à corrente I que passa nas espiras e à área

da seção reta S do toróide, sendo inversamente proporcional ao comprimento médio L do trajeto percorrido pelo fluxo. Portanto:

= k

NIS

L

Onde k é constante e depende do material.

Algumas das seis unidades básicas do S.I. (Sistema Internacional) são: metro (m) para comprimento, quilograma (kg) para massa, segundo (s) para tempo, ampère (A) para intensidade de corrente elétrica.

(E)

L 1 M 2 T 1 A

0

(D)

L 1 M 1 T

-1

4

Sabendo-se que todas as variáveis medidas no laboratório estavam no S.I., a constante k é dimensionalmente compatível com:

(A)

kg 2 ms -3 A -2

(B)

kg ms -3 A -1

(C)

kg m -2 s -3 A

(D)

kg ms -2 A -2

(E)

kg 2 ms -2 A -1

Solução:

5

TÉC QR – 2:

Calcule, sem auxílio de calculadora, as correntes (seus módulos) em cada um dos circuitos a seguir.

1)

, as correntes (seus módulos) em cada um dos circuitos a seguir. 1) Solução: 2) Solução:

Solução:

2)

, as correntes (seus módulos) em cada um dos circuitos a seguir. 1) Solução: 2) Solução:

Solução:

3)

, as correntes (seus módulos) em cada um dos circuitos a seguir. 1) Solução: 2) Solução:

Solução:

4)

, as correntes (seus módulos) em cada um dos circuitos a seguir. 1) Solução: 2) Solução:

Solução:

6

5)

5) Solução: 6) Solução: 7) Solução: 8) Indique, também, o sentido de fluxo de corrente no

Solução:

6)

5) Solução: 6) Solução: 7) Solução: 8) Indique, também, o sentido de fluxo de corrente no

Solução:

7)

5) Solução: 6) Solução: 7) Solução: 8) Indique, também, o sentido de fluxo de corrente no

Solução:

8) Indique, também, o sentido de fluxo de corrente no circuito

5) Solução: 6) Solução: 7) Solução: 8) Indique, também, o sentido de fluxo de corrente no

Solução:

9)

7

Solução: 10) Solução: 11) Solução: 12)

Solução:

10)

Solução: 10) Solução: 11) Solução: 12)

Solução:

11)

Solução: 10) Solução: 11) Solução: 12)

Solução:

12)

8

Solução: 13) Solução: 14) Solução: 15) Solução: 16)

Solução:

13)

Solução: 13) Solução: 14) Solução: 15) Solução: 16)

Solução:

14)

Solução: 13) Solução: 14) Solução: 15) Solução: 16)

Solução:

15)

Solução: 13) Solução: 14) Solução: 15) Solução: 16)

Solução:

16)

9

O triângulo acima representa o triângulo de impedância de uma carga cuja a tensão nominal

O triângulo acima representa o triângulo de impedância de uma carga cuja a tensão nominal é

110V. A corrente nominal desta carga é:

Solução:

17)

é 110V. A corrente nominal desta carga é: Solução: 17) O triângulo acima representa o triângulo

O triângulo acima representa o triângulo de impedância de uma carga. Calcule o valor da

resistência R dessa carga.

Solução:

18)

Solução:

o triângulo de impedância de uma carga. Calcule o valor da resistência R dessa carga. Solução:

10

TÉC QR – 3:

1) Calcule a queda de tensão em cada elemento passivo do circuito abaixo.

de tensão em cada elemento passivo do circuito abaixo. 2) Calcule a corrente I 3) Calcule

2) Calcule a corrente I

de tensão em cada elemento passivo do circuito abaixo. 2) Calcule a corrente I 3) Calcule

3) Calcule a f.e.m (Força Eletromotriz) E

de tensão em cada elemento passivo do circuito abaixo. 2) Calcule a corrente I 3) Calcule

11

4) Calcule a impedância equivalente Z eq e I T do circuito abaixo.

equivalente Z e q e I T do circuito abaixo. 5) Calcule o módulo da corrente

5) Calcule o módulo da corrente I

T do circuito abaixo. 5) Calcule o módulo da corrente I 6) No circuito abaixo, os

6) No circuito abaixo, os amperímetro A T, A L e A c representam a corrente total, indutiva e capacitiva, respectivamente. Pede-se para calcular o módulo da corrente em cada um dos amperímetros.

respectivamente. Pede-se para calcular o módulo da corrente em cada um dos amperímetros. 7) Calcule a

7) Calcule a corrente I

respectivamente. Pede-se para calcular o módulo da corrente em cada um dos amperímetros. 7) Calcule a

12

8) Calcule a resistência equivalente R eq

8) Calcule a resistência equivalente R e q 9) Calcule o módulo da corrente I 10)

9) Calcule o módulo da corrente I

a resistência equivalente R e q 9) Calcule o módulo da corrente I 10) Calcule a

10) Calcule a impedância equivalente Z eq

a resistência equivalente R e q 9) Calcule o módulo da corrente I 10) Calcule a

13

11) Calcule a impedância total Z T

11) Calcule a impedância total Z T 12) Calcule a impedância equivalente Z e q 13)

12) Calcule a impedância equivalente Z eq

total Z T 12) Calcule a impedância equivalente Z e q 13) Calcule Z e q

13) Calcule Z eq e I. Diga quais são os elementos passivos que constituem cada uma das três impedâncias.

passivos que constituem cada uma das três impedâncias. 14) calcule Z e q e as quatro

14) calcule Z eq e as quatro correntes indicadas no circuito a seguir

14

15) Calcule I 16) Calcule R e q 17) Calcule a corrente I 18) Calcule

15) Calcule I

15) Calcule I 16) Calcule R e q 17) Calcule a corrente I 18) Calcule 

16) Calcule R eq

15) Calcule I 16) Calcule R e q 17) Calcule a corrente I 18) Calcule 

17) Calcule a corrente I

15) Calcule I 16) Calcule R e q 17) Calcule a corrente I 18) Calcule 

18) Calcule Z eq

15

19) Calcule as quedas de tensão V R 1 , V R 2 e V

19) Calcule as quedas de tensão V R1 , V R2 e V R3.

as quedas de tensão V R 1 , V R 2 e V R 3 .

20) Calcule as três correntes indicadas na figura abaixo.

as quedas de tensão V R 1 , V R 2 e V R 3 .

16

TÉC QR – 4:

Exercícios – questões dos concursos anteriores

Potência e correção de potência

CASA DA MOEDA DO BRASIL

TÉCNICO INDUSTRIAL/ ELETROTÉCNICA – CESGRANRIO - SET. 2005

1) Uma pequena usina geradora industrial alimenta 10 kW de aquecedores (FP=1) e uma carga puramente indutiva cuja potência é 17 kVAr. Qual a potência, em kVAr, do banco de capacitores a ser instalado para aumentar o fator de potência (FP) para 0.707 ( ÷2/2)indutivo?

2)Um motor monofásico de 3 HP (considere 1 HP = 740 W) está conectado a uma fonte de 200 Volts rms. Possui um fator de potência 0,5 atrasado e um rendimento de 60%. O valor da corrente elétrica requerida da fonte, em Ampères rms é?

TRANSPETRO

ELETRICISTA ESPECIALIZADO – CESGRANRIO- MAR. 2006

3) No mesmo ramo do circuito elétrico que alimenta um motor CA monofásico estão conectados:

um wattímetro medindo 850 W, um voltímetro medindo 120V eficaz e um amperímetro medindo 8 A eficaz. O fator de potência e a resistência efetiva do circuito, em ohms, respectivamente, são:

4) Uma determinada instalação elétrica tem duas cargas (B e C) conectadas em série. A fonte de entrada fornece uma tensão eficaz de 100 volts. A carga B apresenta uma potência aparente de 11,5 VA e fator de potência de 0,5 indutivo. A carga C possuí uma potência ativa de 17,4 W e fator de potência de 0,87 capacitivo. A potência reativa total nas cargas é, aproximadamente, de:

5) ELETRICISTA ESPECIALIZADO – CESGRANRIO- JUN. 2006

Objetivando elevar para 1,0 o fator de potência de um equipamento cuja potência reativa solicitada da fonte é de 25 kvar, será necessária a instalação de um Banco de Capacitores, em kvar, de:

PETROBRAS

6) ELETRICISTA ESPECIALIZADO – CESGRANRIO - MAIO 2006

6) ELETRICISTA ESPECIALIZADO – CESGRANRIO - MAIO 2006 O triângulo das potências acima representa a operação

O triângulo das potências acima representa a operação de um motor monofásico. Foram realizadas medidas de potência por um wattímetro, da tensão nos terminais do motor, por um voltímetro e da corrente solicitada, por um amperímetro. É correto afirmar que a{o):

(A) potência medida pelo wattímetro é igual a

2 1000 2 + 600
2
1000 2
+ 600

W

(B)

potência medida pelo wattímetro é igual a 600 var

(C)

produto dos valores medidos pelo voltímetro e pelo amperímetro é igual à potência aparente.

(D)

produto dos valores medidos pelo voltímetro e pelo amperímetro é igual a 1000 W.

(E)

produto dos valores obtidos pelas medidas do voltímetro e do amperímetro é igual ao valor

17

medido pelo wattímetro.

7) ELETRICISTA ESPECIALIZADO – CESPE – 28/3/2004

Uma instalação elétrica tem carga monofásica de 800 W com fator de potência igual a 0,8 indutivo. Em relação a essa carga, julgue os itens subseqüentes.

A) Ao realizar o cálculo de um capacitor em derivação (shunt ) para efetuar compensação da carga, esse capacitor foi sobredimensionado de modo que o fator de potência da carga compensada passou a ficar capacitivo. Nesse caso, a potência reativa do capacitor é inferior a 600 Var.

B) Essa carga apresenta potência aparente igual a 1kVA

C) Se outra carga monofásica de 200 VA e fator de potência igual a 0,5 indutivo for acrescentada em paralelo, ocorrerá aumento do consumo da instalação de 100 W e aproximadamente 173 Var, respectivamente" de potência ativa e de potência reativa.

8) TECNICO DE PROJETO, CONSTRUÇÃO E MONTAGEM I - ELÉTRICA - CESGRANRIO - MAIO 2006

Um circuito elétrico alimenta um único equipamento que absorve a potência de

alimenta um único equipamento que absorve a potência de 6 kVA, com fator indutivo. A de
alimenta um único equipamento que absorve a potência de 6 kVA, com fator indutivo. A de

6 kVA, com fator

indutivo. A

de potência 2 2 indutivo. Deseja-se elevar o fator de potência desse circuito para 2 3

potência reativa, em kvar do banco de capacitores que deve ser instalado é:

9) TECNICO DE PROJETO, CONSTRUÇÃO E MONTAGEM I - ELÉTRICA - CESGRANRIO - 2005

2 sen(377t) V e a corrente

circulante é de i(t)=10 2 sen (377t - 6 ) A, onde t representa o tempo em segundos. Os valores de

potência ativa, reativa e aparente, respectivamente, são:

Um circuito CA monofásico é alimentado pela fonte de tensão v(t)=127

CA monofásico é alimentado pela fonte de tensão v(t)=127 10) TECNICO DE MANUTÊNÇÃO I – ELÉTRICA

CA monofásico é alimentado pela fonte de tensão v(t)=127 10) TECNICO DE MANUTÊNÇÃO I – ELÉTRICA

10) TECNICO DE MANUTÊNÇÃO I – ELÉTRICA - CESGRANRIO - DEZ 2005

Um circuito CA monofásico é alimentado pela fonte de tensão v(t)=200

CA monofásico é alimentado pela fonte de tensão v(t)=200 2 . sen(314t) V e a corrente

2 . sen(314t) V e a corrente

pela fonte de tensão v(t)=200 2 . sen(314t) V e a corrente 7 circulante correspondente é

7

circulante correspondente é i(t)=10 2 .sen (314t + 4

corretamente, a impedância equivalente da carga e sua respectiva característica.

) A. Assinale a alternativa que apresenta,

IMPEDÂNCIA

CARACTERISTlCA

(A)

20

capacitiva

(B)

20

indutiva

(C)

10

capacitiva(C) 10

(D)

10

indutiva(D) 10

(E)

conhecida

impossível determinar

18

11) ELETRICISTA ESPECIALIZADO – CESGRANRIO – DEZ. 2005

Para calcular valores de potências em um circuito monofásico CA, um técnico eletricista dispunha de um voltímetro e de um amperímetro analógicos. Considerando as medidas de tensão V m e corrente I m obtidas pelos dois aparelhos, é correto afirmar que o produto V m x I m :

I - representa o valor da potência ativa, independentemente do tipo de carga; II - representa o valor da potência aparente, independentemente do tipo de carga;

III - representa o valor da potência reativa, independentemente do tipo de carga;

IV - representa o valor da potência ativa do circuito, somente se a carga for puramente resistiva;

V - é sempre numericamente maior ou igual ao valor da potência ativa.

Quais afirmações são corretas?

ELETRONUCLEAR

12) TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA B – NCE -2006

Ligando-se uma lâmpada de 100W/110V em 220V, a potência dissipada pela lâmpada será:

13) TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA A – NCE - 2007

A correção do fator de potência de uma instalação elétrica industrial geralmente é efetuada através de:

a) capacitores ou de banco de capacitores, para a compensação da carga de motores elétricos e reduzir a corrente da rede de alimentação;

b) reatores indutivos trifásicos ou banco de reatores para a compensação da carga dos motores elétricos de indução;

c) capacitores ou banco de capacitores, para a compensação da carga de motores elétricos e elevar a corrente da rede de alimentação;

d) capacitores ou de banco de capacitores, para a compensação da carga de motores elétricos para reduzir a potência útil da instalação;

e) reatores indutivos trifásicos ou banco de reatores para a compensação da carga dos motores elétricos de indução e reduzir a potência aparente.

PRODESP

14) TÉCNICO DE MANUTÊNÇÃO

O que significa e qual será o valor do fator de potência de uma instalação onde se obteve com o

Wattímetro 8kW, e 6kVar com o Várimetro?

(A)

O fator de potência é o co-seno do ângulo de defasagem entre a corrente e a tensão, e para esta instalação o fator de potência será de 0,8.

(B)

O fator de potência é o co-seno do ângulo de defasagem entre a potência ativa e a reativa, e para esta instalação o fator de potência será de 1.

(C)

O fator de potência é o seno do ângulo de defasagem entre a corrente e a tensão, e para esta instalação o fator de potência será de 0,8.

(D)

O fator de potência é o co-seno do ângulo de defasagem entre a corrente e a potência ativa, e para

esta instalação o fator de potência será de 0,3. (E) O fator de potência é o seno do ângulo de defasagem entre a potência ativa e a reativa, e para esta

instalação o fator de potência será de 1.

19

ELETROBRÁS

15) TÉCNICO ELETROTÉCNICO - NCE

Uma instalação de 1.000kVA apresenta fator de potência. 0,6 indutivo. Desejando-se corrigir o seu fator de potência para 0,8 atrasado, é necessário instalar um banco de capacitores com potência de:

ELETRONORTE

16) TÉCNICO DE MANUTÊNÇÃO ELÉTRICA – NCE - 2006

Uma instalação é constituída por 3 cargas:

CargaA: 40 kW; cos = 0,8 ind.

CargaB: 9 kW;

Carga C: 5kVAr. cos nulo indutivo

A quantidade de potência reativa que corrige o fator de potência total para o valor unitário é igual a:

cos = 0,6cap.

INFRAERO

TÉCNICO EM ELETROTÉCNICA – NCE

17) Uma carga monofásica indutiva de fator de potência. 0,6 consome 12 kW. Essa carga está conectada a uma linha de 380 V. A capacidade (kVAr) do capacitor necessário para que o fator de potência se torne unitário é de:

(Considerar: cos = 0,60 => sen = 0,80)

18)

aproximadamente:

O ângulo [acrtg(?)] do fator de potência da carga RL representada no circuito abaixo é de,

potência da carga RL representada no circuito abaixo é de, NUCLEP 19) TÉCNICO DE ELETRICIDADE (MANUTENÇÃO)

NUCLEP

19) TÉCNICO DE ELETRICIDADE (MANUTENÇÃO)

Uma instalação elétrica possui 5 kVA de potência aparente com fator de potência 0,5 indutivo. Considerando co-seno 21,56º = 0,93 e tangente 21,56º = 0,395, o valor dos Volts-Ampères capacitivo para elevar o fator de potência a 0,93 será de:

CEDAE

20) ENGENHEIRO ELETRICISTA – 1991

A resistência interna de um aquecedor de água de 2kW, que solicita 8A, é:

20

ENGENHEIRO ELETRICISTA – 2002

21) A potência média P em uma resistência de 350 , através da qual passa uma corrente i(t) = 23 cos t ampères, vale:

22) Uma instalação consome 100 kW, a um fator de potência médio de 75% atrasado. Para que este fator de potência passe a 92%, um banco de capacitores deve ser instalado, com a seguinte potência:

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUEIMADOS

ENGENHEIRO ELETRICISTA – 1995

23)

MUNICIPAL DE QUEIMADOS ENGENHEIRO ELETRICISTA – 1995 23) Ambas as cargas possuem corrente atrasada em relação

Ambas as cargas possuem corrente atrasada em relação à tensão e são indicadas suas potências (P) e fatores de potência (cos ). O fator de potência do conjunto formado pelas duas cargas vale:

24) Uma determinada concessionária de energia elétrica cobra multa das empresas que possuem fator de potência inferior a 0,92. Uma determinada fábrica possui carga instalada de 7500kW com fator de potência 0,8. Para corrigir o fator de potência da fábrica será necessário um banco de capacitores com capacidade de:

25) A maioria das unidades consumidoras consomem energia reativa indutiva, e quanto maior for em relação à energia ativa consumida, menor será o fator de potência. Essa potência reativa é utilizada para criar e manter os campos eletromagnéticos das cargas indutivas, representando um desperdício de energia gerada, pois a potência ativa é a que efetivamente realiza trabalho. Dentre as alternativas abaixo, a única não apresenta equipamentos que contribuem para a ocorrência de baixo fator de potência em uma instalação elétrica é:

a) máquinas de solda

b) aquecedores elétricos resistivos de alta potência

c) grande quantidade de motores de pequena potência

d) motores e transformadores operando com pequenas cargas

e) lâmpadas de descarga fluorescentes sem reatores de alto fator de potência

FURNAS

ENGENHEIRO ELETRICISTA – 1997

26) Uma linha de tensão 100 V ef alimenta as duas cargas abaixo.

- um motor com 1,5 kVA e 1,2 kW

- lâmpadas fluorescentes com 2 kW e cos = 0,6 indutivo O fator de potência desse conjunto é:

21

TRE

ENGENHEIRO ELETRICISTA – 2001

27) Um circuito equivalente R-L série tem os seguintes parâmetros: . R = 6 ohms . XL = 3 ohms Se uma corrente alternada senoidal, 60 Hz, de valor eficaz de 5A percorre este circuito, as potências ativa, reativa e aparente supridas pela fonte serão, respectivamente:

28) A figura abaixo representa um circuito RLC paralelo. Suponha que este circuito é alimentado por uma fonte senoidal ideal de 250 V (eficazes), 60 Hz, e que pode ser desprezada qualquer resistência nos ramos indutivo e capacitivo. As impedâncias de cada um dos ramos, como mostrado na figura, é igual a 10 ohms.

um dos ramos, como mostrado na figura, é igual a 10 ohms. A corrente total (Amperímetro

A corrente total (Amperímetro A) e de cada um dos ramos (amperímetros A1, A2 e A3), são respectivamente:

22

TÉC QR – 5:

FASORES

A - Encontre e posicione os fasores das formas de onda a seguir e determine a impedância do circuito

e o ângulo de fase e diga quais das impedâncias calculadas são impossíveis de ocorrerem na prática caso R>0 e diga que tipo de fp tem o circuito.

1)

v(t) = 380sen(377t - /3) e i(t) = 120 sen(377t - /4)

2)

v(t) = 120

3)

v(t) = 50

4)

v(t) = 127

5)

v(t) = 50

3) v(t) = 50 4) v(t) = 127 5) v(t) = 50 8 cos(t - /3)

8 cos(t - /3) e i(t) = 12 cos(t + /4)

6 6
6
6

6 cos(10t + /4) e i(t) = 20

cos(10t - /4)

2 cos(100t + 5 /3) sen(10t - /4)

2 cos(100t + 5 /3) e i(t) = 20

6 cos(10t + /4) e i(t) = 20

B

- Escreva as grandezas instantâneas dos fasores a seguir e determine a impedância do circuito.

1)

2)

a seguir e determine a impedância do circuito. 1) 2) 3) 4) C- CASA DA MOEDA

3)

e determine a impedância do circuito. 1) 2) 3) 4) C- CASA DA MOEDA TÉCNICO INDUSTRIAL
e determine a impedância do circuito. 1) 2) 3) 4) C- CASA DA MOEDA TÉCNICO INDUSTRIAL

4)

e determine a impedância do circuito. 1) 2) 3) 4) C- CASA DA MOEDA TÉCNICO INDUSTRIAL

C- CASA DA MOEDA TÉCNICO INDUSTRIAL / ELETROTÉCNICA SET 2005 CESGRANRIO

TÉCNICO INDUSTRIAL / ELETROTÉCNICA SET 2005 CESGRANRIO No circuito da figura acima, a tensão aplicada na

No circuito da figura acima, a tensão aplicada na entrada é representada na forma fasorial, em módulo e fase, por V i = 40 45V. Calcule a tensão fasorial de saída (V 0 ), em volts. Atenção: Nenhuma das opções de resposta fornecidas na prova está correta.

a)

5

45º

, b)

5

53º

, c)

5

37º

, d) ,

5

45º

, e)

50 2
50
2

37º

2

2

2
2
2
2

2

23

ANÁLISE DAS TENSÕES NODAIS

D- PETROBRAS – TÉCNICO DE MANUTENÇÃO I – ELÉTRICA 2005

CESGRANRIO

De acordo com a lei das correntes de Kirchhoff, a soma das correntes que chegam a um determinado nó do circuito deve ser igual à soma das correntes que partem desse mesmo nó

ser igual à soma das correntes que partem desse mesmo nó 1) Escreva a equação que

1)

Escreva a equação que resulta da aplicação dessa lei sobre o nó 2 (V 2 ), no circuito ilustrado acima.

2)

Escreva as equações das tensões nodais nos nós 1, 3 e 4.

E- TRANSPETRO – ELETRICISTA ESPECIALIZADO JUN 2006 CESGRANRIO

– ELETRICISTA ESPECIALIZADO JUN 2006 CESGRANRIO No circuito mostrado acima, sabendo-se que a tensão no nó

No circuito mostrado acima, sabendo-se que a tensão no nó A é de 12V, calcule a tensão da fonte E,

em Volts.

Resposta = 25,6V

CORRENTE DE MALHA

F - Dada a figura abaixo, calcule a corrente real no resistor de 5

para os casos a seguir:

a) As correntes de malha I 1 e I 2 estão no sentido horário.

b) As correntes de malha I 1 e I 2 estão no sentido anti-horário

c) I 1 está no sentido anti-horário e I 2 no horário

de malha I 1 e I 2 estão no sentido anti-horário c) I 1 está no

24

G - PETROBRAS – ELETRICISTA ESPECIALIZADO 2006 CESGRANRIO

Considere a figura abaixo.

ESPECIALIZADO 2006 CESGRANRIO Considere a figura abaixo. Sabe-se: - O circuito da figura mostra duas baterias

Sabe-se:

- O circuito da figura mostra duas baterias alimentando um circuito resistivo;

- A bateria B é de 63 V com resistência interna de 9 ;

- A bateria C é de 66 V com resistência interna de 6 . Neste caso, calcule o valor da corrente I, em A.

H - PETROBRAS – TÉCNICO DE MANUTENÇÃO I – ELÉTRICA 2005

PETROBRAS – TÉCNICO DE MANUTENÇÃO I – ELÉTRICA 2005 Resposta = 2,4A CESGRANRIO No circuito acima,

Resposta = 2,4A

CESGRANRIO

No circuito acima, cada um dos resistores R dissipa 50W, e ambos estão submetidos à tensão de 10V. Sendo assim, calcule o valor da resistência interna Rint da fonte, em ohms.

POTÊNCIA ELÉTRICA

I- CASA DA MOEDA TÉCNICO INDUSTRIAL / ELETROTÉCNICA SET 2005 CESGRANRIO

Um motor monofásico de 3 HP (considere 1 HP = 740 W) está conectado a uma fonte de 200 Volts rms. Possui um fator de potência 0,5 atrasado e um rendimento de 60%. Calcule o valor da corrente elétrica requerida da fonte, em Ampères rms.

J- PROMINP GRUPO E

JUL 2006

IMPEDÂNCIA

CESGRANRIO

rms. J- PROMINP GRUPO E JUL 2006 IMPEDÂNCIA CESGRANRIO Se o circuito da figura acima opera

Se o circuito da figura acima opera na freqüência de 10 rad/s, qual a impedância equivalente deste circuito?

K- PROMINP GRUPO E

JUL 2006

CESGRANRIO

deste circuito? K- PROMINP GRUPO E JUL 2006 CESGRANRIO No circuito resistivo da figura acima, calcule

No circuito resistivo da figura acima, calcule o valor da corrente, em A, que atravessa o resistor de

40

.

25

L- PROMINP INSPETOR DE ELÉTRICA GRUPO E

JUL 2006

CESGRANRIO

L- PROMINP INSPETOR DE ELÉTRICA GRUPO E JUL 2006 CESGRANRIO A figura acima mostra uma fonte

A figura acima mostra uma fonte de tensão senoidal de freqüência rad/s, conectada a uma carga formada por um resistor em série com um indutor. As variáveis que representam grandezas de tensão e corrente, na figura, são fasores. Considere V FP a tensão de pico da fonte.

1)

Calcule a tensão eficaz (em função de V FP )sobre o resistor R em regime permanente

2)

No que se refere à potência solicitada pela carga em regime permanente, pode-se afirmar que a potência ativa será:

a) maior que a potência reativa, independente dos valores de R, L e .

b) maior que a potência aparente, independente dos valores de R, L e .

c) maior que a potência reativa, caso R > L.

d) maior que a potência reativa, caso R < L.

e) menor que a potência reativa, caso R < L.

3)

Com relação às leis de Kirchhoff e considerando que as unidades das variáveis envolvidas estejam no sistema internacional (S.I) de unidades, qual é a expressão da tensão V R sobre o resistor em função de V F , e I F ?

4)

O circuito da figura abaixo é constituído por uma fonte de tensão contínua de 12 volts e dois resistores em série. Se o valor de R 2 for de 1 ohm, calcule a tensão V o , em volts, e a potência dissipada em R 2 , em W.

Se o valor de R 2 for de 1 ohm, calcule a tensão V o ,

26

TÉC QR – 6:

P 2

TÉC QR – 6: P 2 P 16

P 16

TÉC QR – 6: P 2 P 16

27

P 2

P 2
P 2

28

P3
P3

P3

29

P4
P4

P4

P4

30

P2

P2 P 15

P 15

P2 P 15
P2 P 15

31

P 3
P 3

P 3

P 3

32

P 8 P 19

P 8

P 8 P 19

P 19

P 8 P 19

33

34
34

34

P 6

P 6   Código Valor (R$) 1 TÉC. QR - 1 20,00 2 TÉC. QR -
 

Código

Valor (R$)

1

TÉC. QR - 1

20,00

2

TÉC. QR - 2

20,00

3

TÉC. QR - 3

20,00

4

TÉC. QR - 4

30,00

5

TÉC. QR - 5

20,00

6

TÉC. QR - 6

20,00

 

Prova Resolvida 17

 

7

(Téc. de Manut. Elét – 2010 Petrobras - Cesgranrio)

30,00

 

Prova Resolvida 40

 

8

(Téc. de Manut. Elét – 2010 Petrobras - Cesgranrio)

30,00

Para depósito ou transferência bancária:

30,00 Para depósito ou transferência bancária: Após efetuar o depósito, nos envie os dados desse

Após efetuar o depósito, nos envie os dados desse depósito (Nome, valor depositado e nº do depósito) para que as apostilas lhe sejam enviadas.

35