Você está na página 1de 1

Qual a importância de um departamento de Recursos Humanos?

- 26/10/2010 09h56

As Políticas de Recursos Humanos referem-se às maneiras pelas quais a organização lida com seus
funcionários. As políticas de RH variam conforme a empresa. Cada organização desenvolve a política de
recursos humanos mais adequada à sua filosofia e às suas necessidades. Uma política de recursos humanos
deve abranger o que a organização pretende acerca dos seguintes procedimentos:

Processo de Agregar Pessoas: refere-se aos processos de recrutamento e seleção, tanto interno como
externo. Neste ponto é interessante que a empresa realize um mapa das competências esperadas nos
candidatos, para medir este nível de competência num processo seletivo, com o intuito de contratar ou
promover a pessoa que melhor se enquadre às necessidades do cargo. Cabe também a responsabilidade da
empresa em socializar e integrar o novo colaborador, dentro das diretrizes e princípios organizacionais.

Processo de Aplicação de pessoas: neste momento o departamento de RH, junto com gestores, analisa e
acompanha o desempenho de suas equipes de trabalho, através de uma metodologia de avaliação própria. O
Feedback torna-se uma ferramenta necessária, que certamente ajudará numa melhor orientação do
colaborador em busca de seu amadurecimento profissional e perfeição técnica.

Processo de Manutenção de Pessoas: Consiste nas políticas salariais, de benefício, pesquisas de clima e
satisfação interna, higiene e segurança do trabalhador. Muitas empresas, neste ponto, realizam pesquisas de
satisfação e estudo de mercado, para implantação de programas e políticas, como a de Cargos e Salários e
Participação nos Lucros e Resultados, por exemplo. É também de responsabilidade das empresas a
implantação de programas que visam à preservação da saúde e integridade física dos trabalhadores.

Processo de Desenvolvimento de Pessoas: Refere-se aos programas de comunicação interna e de


qualificação técnica e comportamental do empregado, com o objetivo de adaptá-lo a cultura organizacional e
ao exercício de sua função. Trata-se de uma ação sistemática, para fornecer elementos essenciais para a
superação das dificuldades, o bom andamento do trabalho, bem como a melhoria da interação e das relações
de trabalho.

Contudo, cabe ressaltar que as políticas de RH abrangem muito mais procedimentos além daqueles
executados pelo Departamento de Pessoal. Certamente este é fundamental e necessário, porém administrar
pessoas, não consiste apenas em pagar salários, supervisionar o ponto, gerenciar leis trabalhistas, comprar
uniformes, contratar e desligar empregados, mas consiste também na construção de melhores condições e
relações de trabalho. Assim, as empresas, independente do seu porte e nível de faturamento, devem se atentar
a respeito da importância dos processos que envolvem as políticas de Recursos Humanos. Nota-se que um
ambiente de trabalho que proporcione a integridade física e psicológica do colaborador, resultará também
numa maior produtividade e eficiência organizacional.

A política de RH é um instrumento que auxilia as pessoas a perceberem a importância de seu


cargo/função e o seu relacionamento com os objetivos gerais da organização/empresa.