Mapa da Mina Matéria: Assunto: IV RACIOCÍNIO LÓGICO: 1 Compreensão de estruturas lógicas.

FUNDAMENTOS DE LÓGICA PROPOSIÇÃO Denomina-se proposição a toda sentença, expressa em palavras ou símbolos, que exprima um juízo ao qual se possa atribuir, dentro de certo contexto, somente um de dois valores lógicos possíveis: verdadeiro ou falso. São exemplos de proposições as seguintes sentenças declarativas: O número 6 é par . Existe um número ímpar menor que dois. Todos os homens são mor tais. Nenhum porco espinho sabe ler . O cão late e o gato mia. 2 + 8 = 10 5>7 A Terra é o maior planeta do Sistema Solar . A polarização horizontal é indicada para ondas terrestres. Míriam quer um sapatinho novo ou uma boneca. Não são proposições: 1) sentenças como as interrogativas: “Qual é o seu nome?” 2) sentenças exclamativas: “Que linda é essa mulher!” 3) sentenças imperativas: “Estude mais.” 4) sentenças que não tem verbo: “O caderno de Maria. ” 5) Sentenças abertas: “ x é maior que 2” ; “ x+ y = 10” . PROPOSIÇÃO SIMPLES Uma proposição é dita proposição simples quando não contém qualquer out ra proposição como sua componente. Não se pode subdividi-Ia em partes menores tais que alguma delas seja uma nova proposição. Exemplo: Fabíola foi ao cinema. Luciana é brasileira. Atenção: A frase “Pedro e Paulo são analistas do SEBRAE” é uma proposição simples. PROPOSIÇÃO COMPOSTA Uma proposição que contenha qualquer outra como sua parte componente é dita proposição composta. Isso quer dizer que uma proposição é composta quando se pode extrair como parte dela, uma nova proposição. Exemplo: Atenção: A proposição “O SEBRAE facilita e orienta o acesso a serviços financeiros” é uma proposição composta. A sentença "Cínthia é irmã de Maurício e de Júlio" é uma proposição composta pois é possível retirar-se dela duas outras proposições: "Cínthia é irmã de Maurício" e "Cínthia é irmã de Júlio" .

independentemente dos valores lógicos das proposições A. Q= Condição Necessária Recíproca de (P Q) a proposição (Q  P) Contrária de (P Q) a proposição (¬P ¬Q) Contra-Positiva (P Q) a proposição (¬Q  ¬P) VISÃO GERAL DOS CONECTIVOS: ORDEM DE PRECEDÊNCIA DOS CONECTIVOS: 1º) ~ (Negação) 2º) ∧ (Conjunção) 3º) ∨ (Disjunção) 4º) → (Condicional) 5º) ↔ (Bicondicional) TAUTOLOGIA: Uma proposição composta formada por duas ou mais proposições A...Atenção: (P Q). CONTRADIÇÃO: Uma proposição composta formada por duas ou mais proposições A. C. onde P= Condição Suficiente. . .. B.. .. . B.. B. C.. que a compõem. que a compõem. será dita uma Tautologia se ela for sempre verdadeira.. será dita uma contradição se ela for sempre falsa. CONTINGÊNCIA: Uma proposição composta será dita uma contingência sempre que não for uma tautologia nem uma contradição. B. . C. independentemente dos valores lógicos das proposições A. C.

NENHUM E ALGUM Exemplos: 1) Negação de “Algum carro é veloz” é: “Nenhum carro é veloz”.”... As negações das sentenças gerais podem ser feitas da seguinte maneira: Sejam Px. As proposições que iniciam com os quantificadores são chamadas de sentenças gerais. “Há um . “Qualquer que seja ..”. 2) Negação de “Nenhuma música é triste” é: “Alguma música é triste”... b) A sentença “ (∀x∈R) (∀y ∈R)(x + y >10) ” é uma proposição falsa. NEGAÇÃO DE PROPOSIÇÕES COMPOSTAS negação de (A e B) = ~ (A e B) = ~A ou ~B negação de (A ou B) = ~ (A ou B) = ~A e ~B negação de (A → B) = ~ (A → B) = A e ~B negação de (A ↔ B) = ~ (A ↔ B) = ou A ou B negação de (ou A ou B) = ~ (ou A ou B) = A ↔ B Equivalentes A ↔ B = (A  B) e (B  A) A  B = ~B  ~A A  B = ~A ou B Quantificador universal: ∀ . 3) Negação de “Nenhum exercício não é difícil” é: “Algum exercício não é difícil”.. Quantificador Existencial: ∃ .”. Rx. Utilizando-se os quantificadores podemos transformar as sentenças abertas em proposições falsas ou verdadeira. sentenças abertas de variável x. 4) Negação de “Toda meditação é relaxante” é: “Alguma meditação não é relaxante”. Qx.NEGAÇÃO DOS TERMOS TODO.Significa “Para todo ....Significa “Existe .. n é um número natural” é uma proposição verdadeira.”.. por exemplo: a) A sentença “∃n ∈R . Então temos: ¬(∀x) (Px) é equivalente a (∃x)(¬Px) . 5) Negação de “Todo político não é rico” é: “Algum político é rico”.

3. A proposição “O dinheiro foi entregue à mulher de Gavião” é verdadeira. A respeito das formas válidas de argumentos. F4 – havia um caixa eletrônico em frente ao banco ou o dinheiro foi entregue à mulher de Gavião. então o dinheiro não ficou com Gavião. Considere a seguinte sequência de proposições: P1 – Existem policiais que são médicos. A proposição F2 é logicamente equivalente à proposição “Se o dinheiro não ficou com Gavião. 4. também verdadeira por consequência lógica das premissas. A questão da desigualdade de gênero na relação de poder entre homens e mulheres é forte componente no crime do tráfico de pessoas para fins de exploração sexual. A negação da proposição F4 é logicamente equivalente à proposição “Não havia um caixa eletrônico em frente ao banco ou o dinheiro não foi entregue à mulher de Gaviã o”. a partir das premissas P1 e P2. respectivamente. Considerando que as proposições F1. F3 e F4 sejam verdadeiras. na sua maioria. obtém-se a conclusão P3. F3 – Gavião e Falcão saíram da cidade. F2 – se havia um caixa eletrônico em frente ao banco. com base nas regras de dedução. então não havia um caixa eletrônico em frente ao banco”. 2. 1. 13% eram meninas. em que P1 e P2 são as premissas e P3 é a conclusão — é considerado válido se. 5. concluída em 2009. Nessas condições. enquanto apenas 12% eram homens e 9% meninos. é correto concluir que o argumento de premissas P1 e P2 e conclusão P3 é válido. então essa sequência de proposições constituirá um argumento válido. assumidas como verdadeiras. . P2 – Nenhum policial é infalível. indicou que 66% das vítimas eram mulheres. por “Todos os leões são pardos” e “Existem gatos que são pardos”. Um argumento constituído por uma sequência de três proposições — P1. Se as premissas P1 e P2 de um argumento forem dadas. e a sua conclusão P3 for dada por “Existem gatos que são leões”. julgue os próximos itens. Uma pesquisa realizada pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC). P3 – Nenhum médico é infalível. então o dinheiro ficou com Gavião. meninas e adolescentes. P2 e P3. pois as vítimas são.COMPREENSÃO DE ESTRUTURAS LÓGICAS QUESTÕES DO CESPE ANO 2011 (POLICIA CIVIL 2011/CESPE) Para descobrir qual dos assaltantes — Gavião ou Falcão — ficou com o dinheiro roubado de uma agência bancária. mulheres. julgue os itens subsequentes. F2. o delegado constatou os seguintes fatos: F1 – se Gavião e Falcão saíram da cidade.

Logo Marta é mulher” é um argumento válido. cinco adolescentes. 9. então a proposição P será verdadeira. julgue os itens a seguir. Dados do Banco . Se a proposição R for falsa e se a proposição composta (P˄Q)→ (~Q˅R) for verdadeira. então a proposição composta (P → ~Q)˅(~Q →R) será verdadeira. então o número de maneiras distintas de se escolher um grupo de 3 homens entre as vítimas será superior a 4. 6. À exceção de Pedro. 8. p. 10. Se apenas uma das três proposições simples P.000. Diversos estudos foram realizados na tentativa de determinar fatores de risco com relação ao uso de drogas na adolescência. A negação da proposição “ter inabilidade de lidar com a raiva e apresentar depressão” é “ter habilidade de lidar com a raiva ou não apresentar depressão”. Julgue os próximos itens. então a proposição Q será falsa. “ou”. 8. João. 7. ter inabilidade de lidar com a raiva e apresentar depressão. 9. a conta fica no vermelho muito rapidamente. Marta foi vítima do tráfico de pessoas. Paula. relativos à lógica sentencial. A negação da proposição (P˅~Q)˄R é (~P˅Q)˄(~R). porém a alegria dura pouco: as contas chegam. em muitos casos. Se for escolhida ao acaso uma das vítimas indicadas na pesquisa. julgue os itens subsequentes. O argumento “A maioria das vítimas era mulher. fumar. Apenas Paula e Carlos não eram depressivos. 7. julgue os itens a seguir. Se as vítimas indicadas na pesquisa totalizaram 250 pessoas. respectivamente. a probabilidade de que ela seja ou do sexo feminino ou um menino será inferior a 80%. todos fumavam. Carlos e Pedro. houve as seguintes conclusões:    Somente Maria e João eram inábeis em lidar com a raiva. as operações lógicas “e”. Tendo o texto acima como referência inicial. “e”. . suponha que Maria. Pedro foi quem apresentou o menor número de fatores de risco. como fatores de risco. 23 (com adaptações). ˄. 10. “não” e “implicação”. em que os símbolos ˄. ˅. acerca de lógica de argumentação e estruturas lógicas. “não” e “condicional”. ser do sexo masculino. Se a proposição composta (P˅~Q) → (R˄S) for verdadeira e se a proposição S for falsa. Enfrentamento ao tráfico de pessoas: relatório do plano nacional. Após a entrevista.Ministério da Justiça. o dinheiro sai e. SEGER/ES – CESPE Começo do mês é tempo de receber salário. De acordo com as informações apresentadas. Sussman e colaboradores evidenciaram. ~ e → representam.e → representam as operações lógicas “ou”. Janeiro de 2010. respectivamente. tenham sido entrevistados com o intuito de identificar os fatores de risco com relação ao uso de drogas. Considerando que os símbolos ˅ . Cada um dos cinco adolescentes apresentou pelo menos um dos fatores de risco. Q e R for falsa. Com base no texto acima. 6.

vira uma bola de neve” é logicamente equivalente à proposição “se não houver qualquer imprevisto e o cliente não for demitido.3% anuais. vira uma bola de neve”. “O problema mora aí.estadao.Central mostram que. O cartão de crédito é ainda pior: 238. Caso seja verdadeira a proposição “muitos consumidores contam com o limite da conta para fechar o mês”. Isso não é adequado porque. o valor lógico da proposição “muitos consumidores contam com o limite da conta e com o pagamento mínimo do cartão para fechar o mês” será verdadeiro. “Mesmo que não haja os imprevistos e o consumidor continue empregado. Endividado tenta se equilibrar entre especial e rotativo. A situação é considerada preocupante por economistas porque indica que muitos consumidores contam com o limite da conta e com o pagamento mínimo do cartão para fechar o mês e. a conta vai-se acumulando e pode ficar inviável continuar tocando a vida com o cheque especial e o cartão” é logicamente equivalente a “Se usam todo mês e essas operações têm os maiores juros do país. se houver qualquer imprevisto ou o cliente for demitido. e que o símbolo ˄ represente o conectivo “e”. Fernando Nakagawa. Como usam todo mês e essas operações têm os maiores juros do país. é correto afirmar que a proposição “Começo do mês é tempo de receber salário. 11. 13.6% ao ano.br> (com adaptações). mesmo com o pagamento do salário. assim. não vira uma bola de neve”. tomam esses empréstimos sistematicamente logo após receber o salário”. 12. independentemente do valor lógico da proposição “muitos consumidores contam com o pagamento mínimo do cartão para fechar o mês”. Marcel Solimeo. Considerando-se que a proposição “Começo do mês é tempo de receber salário” seja indicada por P e a proposição “a alegria dura pouco” seja indicada por Q. A proposição “Como usam todo mês e essas operações têm os maiores juros do país. Ricardo José de Almeida. julgue os itens que se seguem. A negação da proposição “se houver qualquer imprevisto ou o cliente for demitido. porém a alegria dura pouco” pode ser corretamente representada por P ˄ Q. essa operação tem um custo”. São consumidores que têm confiança de que receberão o salário no próximo mês e. esperam até o próximo salário. então a conta vai-se acumulando e pode ficar inviável continuar tocando a vida com o cheque especial e o cartão”. Internet: <www. diz o professor de finanças do INSPER. pendurados no crédito. O cheque especial é a segunda linha de crédito mais cara oferecida pelos bancos: juros médios de 163. . diz o superintendente da Associação Comercial de São Paulo. 14. alerta o professor do INSPER. o início do mês é o período em que os brasileiros mais usam o limite da conta-corrente e o crédito rotativo do cartão de crédito. lembra Solimeo.com. Com base no texto acima e nos múltiplos aspectos por ele suscitados. a conta vai se acumulando e pode ficar inviável continuar tocando a vida com o cheque especial e o cartão”. “Muitos clientes encararam com normalidade usar o cheque especial e pagar o mínimo do cartão todo mês. simplesmente a mais cara operação de empréstimo do sistema financeiro. por isso. “O comportamento é preocupante porque revela um estilo de vida em que as pessoas precisam se endividar para sempre.

“ou” e “se. P˄Q (lê-se: P e Q) somente será verdadeira quando ambas. . isto é. 29 Caso sejam verdadeiras as proposições P e Q. a uma proposição pode ser atribuído um e somente um valor lógico. esse juízo. Pressupondo que as premissas apresentadas acima sejam verdadeiras e considerando as propriedades gerais dos argumentos. forem verdadeiras.— Começo de mês é tempo de receber salário. julgue os itens seguintes. 31 Se P e Q representam as proposições “Eu estudo bastante” e “Eu serei aprovado”. ainda. por fim. que é conhecido como valor lógico da proposição. Com base nessas informações. que afirmam fatos ou exprimam juízos a respeito de determinados entes. que a negação de P. a conjunção de P e Q. — Se a conta fica no vermelho muito rapidamente. A afirmação “Começo do mês é tempo de receber salário. Considere. e a condicional de P e Q. a proposição (~P˄Q)˅(~Q˄P) será verdadeira. julgue os itens a seguir. 20. P˅Q (lê-se: P ou Q) somente será falsa quando P e Q forem falsas. a conta fica no vermelho muito rapidamente. pode ser verdadeiro (V) ou falso (F). 30 A proposição “Esta prova não está difícil ou eu estudei bastante” pode ser corretamente representada por ~P˅Q. 19. ˅ e →. sendo objeto de estudo desse ramo da lógica apenas as proposições que atendam ao princípio da não contradição. ˄. Na lógica bivalente. e ao princípio do terceiro excluído. o dinheiro (salário) sai. então”. porém a alegria dura pouco” é uma conclusão válida a partir das premissas apresentadas acima. e será falsa quando P for verdadeira. TRE/ES – CESPE Entende-se por proposição todo conjunto de palavras ou símbolos que exprimem um pensamento de sentido completo. Considere. “e”. em função dos valores lógicos das proposições que a compõem. 18. a disjunção de P e Q. então a alegria dura pouco. 28 A proposição “Dilma Roussef é a primeira mulher a se tornar presidenta de um país na América Latina” é falsa. em que os únicos valores lógicos possíveis para uma proposição são verdadeiro e falso. 22. 17. os quais significam “não”. — Se as contas chegam. em que uma proposição não pode ser simultaneamente verdadeira e falsa. P→Q (lê-se: se P. julgue os itens subsequentes. respectivamente. — As contas chegam. 16. ~P (lê-se: não P) será verdadeira quando P for falsa. Com base nesse conjunto de informações. que a tabela-verdade de uma proposição expresse todos os valores lógicos possíveis para tal proposição. então a alegria dura pouco” é uma conclusão válida a partir das premissas apresentadas acima. 15. Considere que P e Q sejam duas proposições que podem compor novas proposições por meio dos conectivos lógicos ~. 26 Segundo os princípios da não contradição e do terceiro excluído. então Q) somente será falsa quando P for verdadeira e Q falsa. A afirmação “Se as contas chegam. — Se o dinheiro (salário) sai. P e Q. 21. 27 A frase “Que dia maravilhoso!” consiste em uma proposição objeto de estudo da lógica bivalente.

de modo que tais proposições assumem os mesmos valores lógicos em função de suas proposições representa uma forma de expressar uma mesma afirmação de diferentes maneiras. concluiu Joelson. 38 As proposições P˄Q→R e (P→R)˅(Q→R) são logicamente equivalentes. 31. Argumento é a afirmação de que uma sequência de proposições. pode-se concluir corretamente que Joelson não é casado. então. 35. 41 O argumento cujas premissas são “Quem é casado não precisa cortar o cabelo” e “Quem vai procurar uma namorada precisa cortar o cabelo” e cuja conclusão é “Quem é casado não vai procurar uma namorada” é válido. — Ele já é casado. 23. 24. →. mas não quer contá-lo” pode ser corretamente representada por P˄Q. disse Rute. 27. Se a proposição p for verdadeira. Considerando que os símbolos ˅. vou procurar uma namorada. pois seu cabelo está curto. Lucas brinca com seus amigos”. mas não gosta de fazer provas” é logicamente equivalente à proposição “Marcos não gosta de estudar e gosta de fazer provas”. então. acarreta outra proposição. — Meu marido está com o cabelo enorme. — Não é preciso. Considerando essas informações. 33 A proposição ~(~P˄P) é verdadeira. 36 A proposição “Como gosta de estudar e é compenetrado. 34. 25. 39 A proposição “Meu marido está com o cabelo enorme. João se tornará cientista” pode ser expressa por “Se João gosta de estudar e é compenetrado. . “Se Joelson é casado. 32 As proposições ~*(P→Q)˄(Q→P)+ e (~P˄Q)˅(~Q˄P) possuem tabelas-verdade distintas. 29. disse Joelson. q e r são proposições distintas. não procurará uma namorada”. não precisa cortar o cabelo” e “Se Joelson é casado. independentemente do valor lógico da proposição P. acerca da proposição composta P: (p˅~q)↔(~p˄r). ↔ e ˄ representem as operações lógicas “ou”. mas não quer cortá-lo. 32. denominada conclusão. 37 A proposição “Se Lucas vai a sua cidade natal. — É que hoje vou a uma festa. explicou Joelson.respectivamente. “bicondicional” e “e”. a proposição P→Q representa a afirmação “Se eu estudar bastante. em que p. denominadas premissas. julgue os próximos itens. então serei aprovado”. não precisa cortar o cabelo. Diz-se que as proposições P e Q são logicamente equivalentes quando possuem tabelas-verdade idênticas. retrucou Rute. pois ele está curto” pode ser corretamente representada por P→Q. então. Com base no fragmento de texto e no diálogo acima apresentados. “condicional”. 40 A partir das premissas “Se Joelson irá a uma festa e procurará uma namorada. 30. 34 A negação da proposição P→Q é logicamente equivalente à proposição ~P→~Q. — Vou cortar o cabelo hoje. 35 A negação da proposição “Marcos gosta de estudar. ~. então P será falsa. Um argumento é válido quando a conclusão é verdadeira sempre que as premissas são todas verdadeiras. 33. 42 A proposição “Não é preciso cortar seu cabelo. respectivamente. 28. então Lucas brinca com seus amigos” pode ser expressa por “quando vai a sua cidade natal. “não”. se tornará cientista”. julgue os itens a seguir. então Joelson precisa cortar o cabelo”. O número de linhas da tabela-verdade de P é igual a 16. 26. então. julgue os itens que se seguem.

que estabelece que toda autoridade responsável pelo trato de dados ou informações sigilosos. e V nos demais casos. B. mas nunca como V e F simultaneamente. no banho. Considerando que as proposições "As pessoas que. e julgada como F somente quando A for V e B for F. isto é. fecham a torneira ao se ensaboar são ambientalmente educadas" e "Existem crianças ambientalmente educadas" sejam V. então B". isto é. a partir da proposição contida na determinação do chefe citado na situação apresentada acima.º do Decreto n. A proposição ~P é uma tautologia. fecham a torneira ao se ensaboar" também será V. ANO 2010 EMBASA – CESPE A lógica proposicional trata de argumentações elaboradas por meio de proposições. proposição simbolizada por A˄B. julgue os itens que se seguem. então a proposição D será. então a população colaborará para a redução da poluição das águas" seja V. Considerando as regras da lógica sentencial. julgue os itens a seguir. e F. então a população não colaborará para a redução da poluição das águas" também será V. é lida como "A e B" e julgada como V somente quando A e B forem V. no âmbito da administração pública federal. "algum". B→C e *A˄B+→*C→D+ sejam V. deve providenciar para que o pessoal sob suas ordens conheça integralmente as medidas de segurança estabelecidas. As proposições normalmente são simbolizadas por letras maiúsculas do alfabeto e alguns símbolos lógicos são usados para compor novas proposições. Uma conjunção. ABIN – CESPE Para cumprir as determinações do parágrafo único do artigo 3. Considerando que as proposições A. 40. a proposição "Se a EMBASA não promover ações de educação ambiental. 38. mas admite proposições que expressem quantificações do tipo "todo". então a proposição "Existem crianças que. é lida como "se A. nos demais casos. proposição simboliza da por A→B. obrigatoriamente. de declarações que podem ser julgadas como verdadeiras (V) ou falsas (F). 39. A partir dessas notações e definições. Caso a proposição "Se a EMBASA promover ações de educação ambiental.553/2002 . o seu valor lógico é verdadeiro independentemente dos valores lógicos das proposições p. cada servidor deve triturar todos os papéis usados como rascunho ou que não tenham mais serventia para o desenvolvimento dos trabalhos que esteja realizando ou que tenha realizado". "nenhum" etc. no banho. . q e r. A lógica de primeira ordem também trata de argumentações elaboradas por meio de proposições da lógica proposicional.36. zelando pelo seu fiel cumprimento -. Uma implicação. A negação da proposição "estes papéis são rascunhos ou não têm mais serventia para o desenvolvimento dos trabalhos" é equivalente a "estes papéis não são rascunhos e têm serventia para o desenvolvimento dos trabalhos".º 4. V. 37. o chefe de uma repartição que trabalha com material sigiloso fixou no mural de avisos a seguinte determinação: "no fim do expediente.

CESPE Com relação a lógica sentencial. então os processos estavam sobre a mesa. I Se os processos estavam sobre a bandeja. são apresentadas proposições relativas a um cliente de uma instituição financeira.BASA – CESPE Considerando que. ANO 2009 BANCO DO BRASIL . TRT . Se Carlos viajar. então ele comprará um carro novo. então ele não comprará uma moto nem usará o cartão de crédito" é falsa.17ª REGIÃO (ES) Uma dedução é uma sequência de proposições em que algumas são premissas e as demais são conclusões. então o juiz os analisou. então ele comprará uma moto" é verdadeira. Considerando que essas proposições sejam verdadeiras. 30 sejam mulheres. A negação da proposição "se Paulo está entre os 40% dos homens com mais de 30 anos. Se Carlos não viajar. Se Carlos fizer um empréstimo na instituição financeira. Se Carlos comprar uma moto ou usar o cartão de crédito. 43. dos 100 candidatos aprovados em um concurso. então ele não comprará um carro novo. 44. então ele não viajará. A proposição "se Carlos comprar um carro novo. A proposição Se x é um número par. então x não é um número par. sendo que apenas 20% delas têm idade acima de 30 anos. Uma dedução é denominada válida quando tanto as premissas quanto as conclusões são verdadeiras. . julgue os itens a seguir. então Luísa não tem mais de 30 anos". então ele usará o cartão de crédito. 41. então y é um número primo é equivalente à proposição Se y não é um número primo. contagem e combinação. II O juiz estava lendo os processos em seu escritório ou ele estava lendo os processos na sala de audiências. BRB – ADVOGADO A seguir. A proposição "se Carlos fizer um empréstimo no banco. entre os homens. então Luísa tem mais de 30 anos" é "se Paulo não está entre os 40% dos homens com mais de 30 anos. e. 45. Suponha que as seguintes premissas sejam verdadeiras. então ele não fará um empréstimo na instituição financeira" é verdadeira. 42. jugue os itens que se seguem. A proposição "se Carlos viajar. 40% têm idade acima de 30 anos. III Se o juiz estava lendo os processos em seu escritório. julgue os seguintes itens.

chamada conjunção. é V se A for F. é lida como “A ou B” e tem valor logico V se A e B são V. é correto afirmar que a proposição 46. chamada implicação. Denomina-se proposição toda frase que pode ser julgada como verdadeira – V – ou falsa – F –. A partir do texto. nos demais casos. A partir do texto e das informações e premissas acima. C etc. As proposições são usualmente simbolizadas por letras maiúsculas do alfabeto: A. Jorge não foi ao centro da cidade. "Se os processos não estavam sobre a mesa. 48. 51. que simboliza a negação da proposição A. e é F se A for V. então ele estava lendo os processos na sala de audiências" é uma conclusão verdadeira. 52. Uma proposição composta na forma A ˄ B. Manuel declarou o imposto de renda na data correta e Carla não pagou o condomínio. Uma proposição composta na forma A v B. é lida como “ se A. em 2007. no estado do Espírito Santo. então B” e tem valor logico F se A é V e B é F. nos demais casos. Caso a proposição "No Brasil havia. e V. seis juízes para cada 100 mil habitantes na justiça do trabalho estadual. essa média não era de 13 juízes". B. em 2007. também será V a proposição "Se no Brasil não havia. essa média era de 13 juízes" tenha valor lógico V. é lida como “A e B” e tem valor logico V se A e B são V. "Os processos não estavam sobre bandeja" é uma conclusão verdadeira. "Se o juiz analisou os processos. então os processos estavam sobre a bandeja. Além disso.IV O juiz não analisou os processos. Uma proposição composta na forma A → B. em média. seis juízes para cada 100 mil habitantes na justiça do trabalho estadual. As proposições simples são aquelas que não contêm mais de uma proposição como parte. então o juiz estava lendo os processos na sala de audiências" não é uma conclusão verdadeira. chamada disjunção. Considere que cada uma das proposições seguintes tenha valor lógico V. 50. I II III Tânia estava no escritório ou Jorge foi ao centro da cidade. As proposições compostas são construídas a partir de outras proposições. 49. em média. então. no estado do Espírito Santo. mas não com V e F simultaneamente. ~A. mas. nos demais casos. 47. julgue os itens a seguir. "Se o juiz não estava lendo os processos em seu escritório. e F. . As proposições (~A)v(~B) e A → B têm os mesmos valores lógicos para todas as possíveis valorações lógicas das proposições A e B. e F. usando-se símbolos lógicos e parênteses para evitar ambiguidades. A negação da proposição "O juiz determinou a libertação de um estelionatário e de um ladrão" é expressa na forma "O juiz não determinou a libertação de um estelionatário nem de um ladrão". V Se o juiz estava lendo os processos na sala de audiências. então ele não esteve no escritório" é uma conclusão verdadeira.

é correto afirmar que a proposição 53. valor lógico V. ~A que simboliza a negação da proposição A. As proposições compostas são construídas a partir de outras proposições.F -. se A for V. nos demais casos. B.CESPE Para a análise de processos relativos a arrecadação e aplicação de recursos de certo órgão público. II Manuel declarou o imposto de renda na data correta e Carla não pagou o condomínio. Além disso. – A sede do TRT/ES localiza-se no municipio de Cariacica. 58. usando-se símbolos lógicos. chamada disjunção. TCU . parênteses e colchetes para que se evitem ambiguidades. nos demais casos. se A e B são V. A proposição "Carlos é juiz e é muito competente" tem como negação a proposição "Carlos não é juiz nem é muito competente". se A for F. A sequência de frases a seguir contém exatamente duas proposições. e F. obrigatoriamente. "Tânia não estava no escritório" tem. uma forma simbólica correta para Q é*A˄(~B)+v*(~A)˄(~B)+. As proposições são usualmente simbolizadas por letras maiúsculas do alfabeto: A. a proposição composta *A˄(~B)+vB tem exatamente 3 valores lógicos V e um F. I Tânia estava no escritório ou Jorge foi ao centro da cidade. 60. Para todos os possíveis valores lógicos atribuídos às proposições simples A e B. 59. Uma proposição composta da forma A v B . 57. Uma proposição composta da forma A v B. As proposições simples são aquelas que não contêm nenhuma outra proposição como parte delas. III Jorge não foi ao centro da cidade.V . Proposições são frases que podem ser julgadas como verdadeiras . – Por que existem juizes substitutos? – Ele é um advogado talentoso. foram destacados os analistas Alberto. se A e B são F.A partir dessas proposições.ou falsas . e vice-versa. e F. A partir das informações do texto. julgue os itens a seguir. 54. e V. deve ser lida como "A e B" e tem valor lógico V. chamada conjunção. "Carla pagou o condomínio" tem valor lógico F. Sabe-se que Alberto recebeu a processos . A proposição "A Constituição brasileira é moderna ou precisa ser refeita" será V quando a proposição "A Constituição brasileira não é moderna nem precisa ser refeita" for F. Bruno e Carlos. Considere que cada uma das proposições seguintes tenha valor lógico V. A partir dessas proposições. "Manuel declarou o imposto de renda na data correta e Jorge foi ao centro da cidade" tem valor lógico V. mas não como V e F simultaneamente. C etc. é correto afirmar que a proposição 55. deve ser lida como "A ou B" e tem o valor lógico F. 56. Nessa situação. é V.

C. Ficou determinado que cada voo ocorreria cinco minutos após o anterior. iria começar às 10 horas daquele dia. B. então a próxima decolagem. os aviões A. Se uma equipe for campeã ou 3. P → Q é sempre verdadeira. 64. 63. em um aeroporto. Sabe-se que a equipe B ganhou da equipe A por 2×1. Q: a+b+c=10. um total de 4 processos. A proposição ~Q é equivalente à proposição seguinte: Pelo menos um analista recebeu apenas um processo. – se as três equipes ficarem empatadas segundo os critérios anteriores. Com base nessas informações. será do avião C. Bruno recebeu b processos e Carlos recebeu c processos. C. ANAC . 65. e cada equipe ficou com saldo de gols zero. 61. Se o avião D decolar antes dos aviões B ou de C. As equipes A. sendo que a × b × c = 30. as três serão consideradas campeãs. que A decolaria após C e que E decolaria 5 minutos antes de B. a equipe A marcou 3 gols. então ele deverá ser o primeiro dos cinco a decolar. D e E estavam esperando o momento da decolagem. Ficou determinado que cada voo ocorreria cinco minutos após o anterior. que. Nessa situação. por más condições de tempo. R: Um analista recebeu mais que 8 processos e os outros 2 receberam. jogando cada equipe contra as outras duas uma vez. por más condições de tempo. Com base nessas informações. julgue os itens que se seguem. considere as proposições seguintes. marcada para as 10 h 15min. julgue os itens a seguir. As regras do torneio para a classificação final são. juntos. D e E estavam esperando o momento da decolagem. que A decolaria após C e que E decolaria 5 minutos antes de B. Em determinado dia. B e C disputaram as finais de um torneio de futebol. – maior numero de gols feitos. que. Com base nessas informações. P: A quantidade de processos que cada analista recebeu é menor ou igual a 5. Se R é verdadeira. os aviões A. B. julgue os itens a seguir. 62.para análise. os aviões A e D já estiverem voando. . iria começar às 10 horas daquele dia. nessa ordem: – maior número de vitórias.ª colocada a equipe vencedora do confronto direito entre as duas. então S é falsa.CESPE Em determinado dia. Se. às 10 h 12 min. S: Algum analista recebeu apenas 2 processos. em um aeroporto.

72. então ele não estudou. Uma sequência de proposições A1. ainda. e José disse: Carlos e eu somos de tipos opostos. então ele fracassou na prova de Física. lida como “A ou B”. Nesse caso.. for obtido que a proposição Pv(¬P) é verdadeira. A partir dessas informações. e V. Fred mora em São Paulo ou ele é engenheiro. Fred não tem porte de arma. então B”. Se Fred mora em São Paulo. é uma consequência das anteriores. com base nessas declarações e na regra da contradição. B. já sabia que. a proposição *(A → B)˄(~B)+ → (~A) tem somente o valor lógico F. usando-se símbolos lógicos. A equipe A foi campeã ou a equipe C foi campeã é uma proposição verdadeira. tem valor lógico V quando A e B forem V. então ele é policial. ao supor verdadeira uma proposição P. Se Fred é engenheiro. simbolizadas por letras maiúsculas: A. As proposições "Se o delegado não prender o chefe da quadrilha. 71. tem valor lógico F quando A for V e B for F. lida como “se A. Duas proposições são equivalentes quando têm os mesmos valores lógicos para todos os possíveis valores lógicos das proposições que as compõem. Considere que um delegado. quando foi interrogar Carlos e José. Ak. Se Carlos jogou futebol. Considere. lida como “A e B”. Nesse caso. é correto inferir que a proposição "Fred não mora em São Paulo" é uma conclusão verdadeira com base nessa sequência. . nos demais casos. POLÍCIA FEDERAL – CESPE Uma proposição é uma declaração que pode ser julgada como verdadeira — V —. Independentemente dos valores lógicos atribuídos às proposições A e B. Carlos não fracassou na prova de Física. consideradas V e denominadas premissas. P tem de ser falsa. então ele tem porte de arma. na quadrilha à qual estes pertenciam. então P não pode ser verdadeira. julgue os itens os itens subsequentes. 73. 67. os comparsas ou falavam sempre a verdade ou sempre mentiam. C. – ¬A é a negação de A: tem valor lógico F quando A for V. 66. 70. tem valor lógico F quando A e B forem F. denominada conclusão. – A v B. mas não como V e F simultaneamente. 69. julgue os itens seguintes quanto aos valores lógicos das proposições apresentadas. nos demais casos. quando A for F. – A → B. A sequência de proposições a seguir constitui uma dedução correta. então a operação agarra será bem-sucedida" são equivalentes. . As proposições são. ou falsa — F —. será V. nos demais casos. O número de gols marcados pelas equipes nas finais foi maior que 6 é uma proposição verdadeira. As proposições compostas são expressões construídas a partir de outras proposições. A2. que. se. A regra da contradição estabelece que. D etc. Se Carlos não estudou. Se Fred é policial. frequentemente. Ak é uma dedução correta se a última proposição. A equipe B foi campeã e a equipe A ficou em último lugar é uma proposição falsa. será F. seria correto o delegado concluir que Carlos e José mentiram.. Carlos disse: José só fala a verdade. então ele faz cálculos estruturais. 68.. Carlos não jogou futebol. – A ˄ B.A respeito dessa situação hipotética e considerando que os três critérios listados foram suficientes para definir a classificação final das três equipes. como nos casos a seguir. então a operação agarra não será bem-sucedida" e "Se o delegado prender o chefe da quadrilha. no interrogatório. Considere que as proposições da sequência a seguir sejam verdadeiras. será V.

O julgamento de uma proposição lógica composta depende do julgamento que se faz de suas proposições componentes. B. Considerando os possíveis julgamentos V ou F das proposições A e B. dependentemente dos valores lógicos de B. Se Carlos jogou futebol. então Jane foi aprovada em concurso público.74. B e C a seguir. e "ou". Carlos não jogou futebol. então ele não estudou. é correto concluir que a proposição "O Brasil é um país de economia emergente" é V. tem-se a seguinte tabela-verdade para algumas proposições compostas. Se Carlos não estudou. indicado pelo símbolo lógico v. 76. As proposições "Se o delegado não prender o chefe da quadrilha. A partir de proposições dadas. 77. Se A for a proposição "Todos os policiais são honestos". construir novas proposições mediante o uso do condicional "se A então B". pode-se. então a proposição ¬A estará enunciada corretamente por "Nenhum policial é honesto". representado pelo símbolo lógico ¬. Nesse caso. indicado pelo símbolo lógico ˄. é par. então a operação agarra será bem-sucedida" são equivalentes. e diz-se que A é uma contradição quando A tem valor lógico F. ou de modificador (¬) ou de condicional (→). Usa-se o modificador "não". então a operação agarra não será bem-sucedida" e "Se o delegado prender o chefe da quadrilha. A proposição A → B é equivalente à proposição ¬B → ¬A. Considerando como V as proposições "Os países de economias emergentes têm grandes reservas internacionais" e "O Brasil tem grandes reservas internacionais". podem-se construir novas proposições compostas. C etc. Carlos não fracassou na prova de Física. C etc. As proposições são normalmente representadas pelas letras maiúsculas A. Em relação às proposições = uma contradição. mediante o emprego de conectivos (ʌ ou v). 85. independentemente dos valores lógicos de B. . Considere as proposições A. C: Jane é policial federal ou procuradora de justiça. ANO 2008 SERPRO – CESPE Uma proposição é uma sentença que pode ser julgada verdadeira (V) ou falsa (F). diz-se que A é uma tautologia quando A tem valor lógico V. para produzir a negação de uma proposição. A V V F F B V F V F A˄ B V F F F AVB V V V F V ~A F A→B V F V V Considerando-se a proposição A. C etc. C etc. A sequência de proposições a seguir constitui uma dedução correta. mediante o emprego de símbolos lógicos chamados conectivos: "e". isto é. B: Jane foi aprovada em concurso público. 75. A: Se Jane é policial federal ou procuradora de justiça. 83. então ele fracassou na prova de Física. representado por A → B. a proposição composta A → B é 84. se A e B forem V. então C também será V. formada a partir das proposições B. também. A e B têm sempre o mesmo valor lógico. Uma proposição A é equivalente a uma proposição B quando A e B têm as tabelas-verdade iguais.

Coréia do Sul. Toda proposição lógica pode assumir no mínimo dois valores lógicos. A negação da proposição "As palavras mascaram-se" pode ser corretamente expressa pela proposição "Nenhuma palavra se mascara". A negação da proposição “2 + 5 = 9” é a proposição “2 + 5 = 7”. A proposição "Não existem mulheres que ganham menos que os homens" pode ser corretamente simbolizada na forma Ǝx(M(x) → G(x)) Com relação à lógica formal. 100 A proposição ¬(PvQ) é equivalente à proposição (¬P)v(¬Q). Considere que A seja a proposição "As palavras têm vida" e B seja a proposição "Vestem-se de significados". A frase “Pedro e Paulo são analistas do SEBRAE” é uma proposição simples. 87. 97. a proposição A˄(¬B) é F. e que sejam consideradas verdadeiras. A proposição “João viajou para Paris e Roberto viajou para Roma” é um exemplo de proposição formada por duas proposições simples relacionadas por um conectivo de conjunção. 102 A proposição “Existe alguém que será considerado culpado ou condenado sem julgamento” é uma proposição logicamente equivalente à negação da proposição acima. Toda proposição simbolizada na forma A→B tem os mesmos valores lógicos que a proposição B → ª 88. 94. Nesse caso. 91. acerca dessa proposição. 95. 93. 103 “Todos serão considerados culpados e condenados sem julgamento” não é uma proposição logicamente equivalente à negação da proposição acima. 90. 98 A negação da proposição “Ninguém aqui é brasiliense” é a proposição “Todos aqui são brasilienses 99 A proposição “Tanto João não é norte-americano como Lucas não é brasileiro. . Índia. Rússia}. julgue os itens subseqüentes. 89. 101 A proposição [(PQ)v(QR)]  (PR) é uma tautologia Considere a seguinte proposição: “Ninguém será considerado culpado ou condenado sem julgamento. A proposição "Se o Brasil não tem reservas de 190 milhões de dólares. A proposição “Ninguém ensina a ninguém” é um exemplo de sentença aberta. A proposição "Existem países cujas reservas ultrapassam meio bilhão de dólares" é F quando se considera que o conjunto dos países em questão é {Brasil.” Julgue os itens que se seguem. se Alberto é francês” poderia ser representada por uma expressão do tipo P[(¬Q)v(¬R)]. então o país fica protegido de ataques especulativos" pode também ser corretamente expressa por "O país ficar protegido de ataques especulativos é condição necessária para que as reservas internacionais aumentem". então o Brasil tem reservas menores que as da Índia" tem valor lógico F. 92. A proposição "Se as reservas internacionais em moeda forte aumentam. 96.86.

— respondeu Ana. . considere o seguinte diálogo: (1) Você sabe dividir? — perguntou Ana. 105 todos os que têm direito de herança são cidadãos brasileiros. (5) Está errado! Você não sabe dividir. independentemente de A e B serem V ou F. então a proposição ¬B v A é F. 112. 108 A sentença (5) é F. a proposição “Se um artesão fica feliz. B e C são proposições simples.A proposição simbólica (AvB)(¬(A (¬B))) é sempre julgada como V. 116. 113.Se A. então ele produz mais” também será avaliada como V 115. 109 A frase (2) é uma proposição 110 A proposição “O SEBRAE facilita e orienta o acesso a serviços financeiros” é uma proposição simples. a proposição “Se seu chefe lhe passa uma ordem. mas não como ambas.Se as proposições “Se um artesão recebe o prêmio SEBRAE TOP 100 de Artesanato. 106 se Joaquina não é cidadã brasileira. após fazer a conta. II Joaquina não tem garantido o direito de herança. onze centenas e onze por três? — perguntou Ana. (3) Então. — respondeu Mauro. então ele fica feliz” e “Se um artesão recebe o prêmio SEBRAE TOP 100 de Artesanato. Supondo que todas essas proposições sejam verdadeiras. então ele produz mais” forem avaliadas como V. qual é o resto da divisão de onze milhares.Considere as seguintes proposições: I Todos os cidadãos brasileiros têm garantido o direito de herança. 114.As proposições na forma ¬(A ^ B) têm exatamente três valores lógicos V. é correto concluir logicamente que 104 Joaquina não é cidadã brasileira. para todos os possíveis valores lógicos de A e B.Se A for considerada uma proposição F e B for considerada uma proposição V. então você aceita a ordem sem questioná-la” é julgada como F. então Joaquina não é de muita sorte. 111 Considerando que as proposições “Seu chefe lhe passa uma ordem” e “Você não aceita a ordem sem questioná-la” sejam V. então existem exatamente duas possibilidades para que a proposição (AvB)vC seja avaliada como V. III Todos aqueles que têm direito de herança são cidadãos de muita sorte. A partir das informações e do diálogo acima. Nesse sentido. julgue os itens que se seguem. Uma proposição é uma sentença afirmativa ou negativa que pode ser julgada como verdadeira (V) ou falsa (F). (2) Claro que sei! — respondeu Mauro. 107 A frase indicada por (3) não é uma proposição. (4) O resto é dois.

117.Se a proposição Alguns administradores são especialistas em recursos humanos for considerada V. 122. então a proposição João não tem planos de investir em agronegócio mas tem planos de investir em uma indústria de confecções será V.Se A for a proposição Joaquim é agricultor.Se a proposição João tem planos de investir em agronegócio ou em uma indústria de confecções for considerada F.Proposições na forma (¬(A ^( B v C))) v (A ^ (B v C)) têm somente valores lógicos V. A: Todo marciano é péssimo jogador de futebol. para quaisquer que sejam os valores lógicos de A. então a proposição Alguns especialistas em recursos humanos são administradores também será V. 1–E 11 – E 21 – C 31 – E 41 – E 51 – C 61 – C 71 – C 81 – E 91 – C 101-C 111-C 121-E 2–C 12 – C 22 – C 32 – C 42 – E 52 – C 62 – C 72 – C 82 – E 92 – E 102-C 112-C 122-E 3–C 13 – C 23 – E 33 – C 43 – C 53 – E 63 – C 73 – C 83 – C 93-C 103-C 113-E 4–E 14 – E 24 – C 34 – E 44 – E 54 – C 64 – E 74 – C 84 – E 94-E 104-C 114-E 5–E 15 – C 25 – E 35 – C 45 – C 55 – E 65 – E 75 – E 85 – E 95-E 105-E 115.Considere as proposições a seguir. 121.C 6–E 16 – E 26 – C 36 – E 46 – E 56 – C 66 – C 76 – E 86 – E 96-E 106-E 116-C 7–E 17 – E 27 – C 37 – E 47 – E 57 – E 67 – C 77 – C 87 – E 97-C 107-C 117-E 8–C 18 – C 28 – E 38 – C 48 – E 58 – E 68 – C 78 – C 88 – E 98-E 108-E 118-C 9–E 19 – C 29 – C 39 – C 49 – C 59 – C 69 – E 79 . então a sentença verbal correspondente à proposição B v(¬A) será Marieta é empresária e Joaquim não é agricultor. então a proposição ¬((¬A) ^ B) será F. e B. 118.C 89 – C 99-C 109-C 119-E 10 – E 20 – C 30 – E 40 – E 50 – C 60 – E 70 .E 80 – E 90 – E 100-C 110-E 120-C . B e C. a proposição Marieta é empresária. 119.Considerando-se que A e B sejam proposições ambas V ou sejam ambas F. a proposição Pelé é péssimo jogador de futebol é F. 120. Nessa hipótese. B: Pelé é marciano.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful