Você está na página 1de 70
Empreendendo na Escola:Cartilha Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva
Empreendendo na Escola:Cartilha
Projeto de Implantação de Horta Escolar
Thais Taba da Silva
Dedico esta Cartilha a minha filha Giulia e a todas as crianças, para que cresçam
Dedico esta Cartilha a minha filha Giulia e a todas as crianças, para que cresçam
Dedico esta Cartilha a minha filha Giulia e a todas as crianças, para que cresçam

Dedico esta Cartilha a

minha filha Giulia e a todas as crianças, para que cresçam saudáveis

em corpo e mente.

A fim de que se tornem adultos conscientes e multiplicadores de

ideologias sustentáveis para

um mundo melhor.

de ideologias sustentáveis para um mundo melhor. 2 Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto de Implantação
de ideologias sustentáveis para um mundo melhor. 2 Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto de Implantação
de ideologias sustentáveis para um mundo melhor. 2 Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto de Implantação

2

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

Agradecimentos A Deus pela força dada para desenvolver este trabalho de graduação; À Profa. Dra.
Agradecimentos A Deus pela força dada para desenvolver este trabalho de graduação; À Profa. Dra.
Agradecimentos
Agradecimentos

A Deus pela força dada para desenvolver este trabalho de graduação;

À Profa. Dra. Mariana Fraga S. Muçouçah pela excelente orientação;

À equipe do Núcleo Rural I por ceder o espaço para pesquisa e permitir a

concretização do projeto;

À Fatec Mogi das Cruzes por ajudar a realizar sonhos;

Aos amigos de turma de Agronegócios da Fatec Mogi das Cruzes por me auxiliarem,

estarem sempre presentes nestes anos juntos e me apoiarem na execução deste

trabalho.

À minha filha Giulia, por compreender meus momentos de ausência dedicados à

criação deste trabalho;

Aos meus pais, Ritsuko e Francisco que sempre me apoiaram e incentivaram a continuar meus estudos;

Às minhas irmãs Talita e Tamara por estarem sempre ao meu lado e terem revisado este trabalho.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

3

Resumo
Resumo

Esta cartilha apresenta questões relacionadas ao

agronegócio, à sustentabilidade e ao empreendedorismo.

Relacionamento interpessoal da comunidade: pais,

funcionários, alunos e professores que ocorrerão durante

os ciclos utilizados no processo de implantação do projeto

horta na escola. Proporcionando possibilidades para o

desenvolvimento de ações pedagógicas, explorando a

multiplicidade das formas de aprender e preparando as

crianças para que possam ser futuramente

empreendedores conscientes.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

4

A cartilha tem como objetivo orientar a população a partir do ensino infantil para que
A cartilha tem como objetivo orientar a população a partir do ensino infantil para que
A cartilha tem como objetivo orientar a população a partir do ensino infantil para que

A cartilha tem como objetivo orientar a

população a partir do ensino infantil para que se

tornem adultos conscientes, enfatizando a

preocupação em reeducar as ações diárias para

reduzir o lixo, reutilizando-o de forma correta sem

agredir o meio ambiente, além de propor o

aproveitamento dos resíduos orgânicos para a

compostagem, utilizando a agricultura orgânica para

para a compostagem, utilizando a agricultura orgânica para o cultivo das hortaliças e proporcionando maior variedade

o cultivo das hortaliças e proporcionando maior

variedade de alimentos naturais e frescos às

crianças.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

5

Para implantar o projeto de horta é ideal que dentro da equipe escolar todos tenham
Para implantar o projeto de horta é ideal que dentro da equipe escolar todos tenham

Para implantar o projeto de horta é ideal que

Para implantar o projeto de horta é ideal que dentro da equipe escolar todos tenham o
Para implantar o projeto de horta é ideal que dentro da equipe escolar todos tenham o

dentro da equipe escolar todos tenham o mesmo

objetivo e abracem a ideia.

É preciso que o diretor da escola faça uma reunião

com os professores e funcionários para estipular

datas, planos, metas e objetivos.

E os professores transmitam aos alunos o desafio de

formá-los pequenos empreendedores.

Esta cartilha forma multiplicadores de ações

sustentáveis contribuindo para um mundo melhor.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

6

Autoria das ilustrações Thais Taba da Silva Lurdes e Bruna Lurdes e Bruna Cartilha Empreendendo
Autoria das ilustrações Thais Taba da Silva Lurdes e Bruna Lurdes e Bruna Cartilha Empreendendo
Autoria das ilustrações Thais Taba da Silva Lurdes e Bruna Lurdes e Bruna Cartilha Empreendendo
Autoria das ilustrações
Autoria das ilustrações
Autoria das ilustrações Thais Taba da Silva Lurdes e Bruna Lurdes e Bruna Cartilha Empreendendo na
Thais Taba da Silva
Thais Taba da Silva
Lurdes e Bruna
Lurdes e Bruna
Autoria das ilustrações Thais Taba da Silva Lurdes e Bruna Lurdes e Bruna Cartilha Empreendendo na
Autoria das ilustrações Thais Taba da Silva Lurdes e Bruna Lurdes e Bruna Cartilha Empreendendo na
Lurdes e Bruna
Lurdes e Bruna

Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto de Implantação de Horta Escolar - Thais Taba da Silva

7

Sumário
Sumário

COMO INICIAR UM PROJETO DE HORTA ESCOLAR?? 11 A IMPORTÂNCIA DO AGRONEGÓCIO 12

SUSTENTABILIDADE 16

SEPARAÇÃO DE LIXO 19 COMPOSTAGEM 21

A IMPORTÂNCIA DO CONSUMO DE FRUTAS, LEGUMES E

VERDURAS (FLVS) 24

HORTA ORGÂNICA 28

EMPREENDEDORISMO 30 PLANO DE NEGÓCIO 33

EXECUÇÃO DO PROJETO 34

PESQUISA DE PREFERÊNCIAS E HÁBITOS ALIMENTARES 35 MATERIAIS NECESSÁRIOS 36

CRONOGRAMA INICIAL 38 CRONOGRAMA DE CUIDADOS 40

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

8

LOCAL 41 CANTEIRO DE TUBO PVC 42 PLANTIO EM GARRAFA PET 43 CANTEIRO DE PNEUS
LOCAL 41 CANTEIRO DE TUBO PVC 42 PLANTIO EM GARRAFA PET 43 CANTEIRO DE PNEUS
LOCAL 41 CANTEIRO DE TUBO PVC 42 PLANTIO EM GARRAFA PET 43 CANTEIRO DE PNEUS

LOCAL 41 CANTEIRO DE TUBO PVC 42

PLANTIO EM GARRAFA PET 43 CANTEIRO DE PNEUS 44

CANTEIRO NO SOLO 45

ADUBAÇÃO 46 PREPARO DOS CANTEIROS 47

SEMENTEIRA 48

MUDAS 49

TRANSPLANTE DE MUDAS 49

TABELA DE SELEÇÃO DE HORTALIÇAS 50 CUIDADOS COM A HORTA 51

IRRIGAÇÃO 51

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

9

CONTROLE DE ERVAS DANINHAS E PRAGAS 52 DICAS DE CONTROLE DE PRAGAS 53 COLHEITA 54
CONTROLE DE ERVAS DANINHAS E PRAGAS 52 DICAS DE CONTROLE DE PRAGAS 53 COLHEITA 54
CONTROLE DE ERVAS DANINHAS E PRAGAS 52 DICAS DE CONTROLE DE PRAGAS 53 COLHEITA 54

CONTROLE DE ERVAS DANINHAS E PRAGAS 52

DICAS DE CONTROLE DE PRAGAS 53 COLHEITA 54

PRODUTIVIDADE 55

COMERCIALIZAÇÃO 56

FEIRA LIVRE 56

RECEITAS 57 “SUCO DE BETERRABA” 57

“FANTA” 58

“TORTA DE ESCAROLA” 59 “ESFIHA DE ESCAROLA” 60 COMES PARA FESTINHAS TEMÁTICAS 61 BALANÇO FINANCEIRO 62

DICAS 63

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 64 ÍNDICE DE A a Z 68

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

10

1 ª Etapa: Como iniciar um Projeto de horta Escolar? Fazer uma palestra com alunos,
1 ª Etapa: Como iniciar um Projeto de horta Escolar? Fazer uma palestra com alunos,

1 ª Etapa: Como iniciar um Projeto de horta Escolar?

1 ª Etapa: Como iniciar um Projeto de horta Escolar? Fazer uma palestra com alunos, pais,
1 ª Etapa: Como iniciar um Projeto de horta Escolar? Fazer uma palestra com alunos, pais,

Fazer uma palestra com alunos, pais, professores e funcionários da escola.

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

a)

b)

c)

d)

e)

f)

g)

h)

i)

Evidenciar a Importância do agronegócio,

Questões relacionadas à sustentabilidade,

Método de separação de lixo,

Como fazer compostagem,

Integração dos pais e comunidade na escola,

Ressaltar a importância do consumo de frutas, legumes e verduras,

Como fazer uma horta orgânica,

Empreendedorismo na escola,

Plano de negócio.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

11

A importância do agronegócio O agronegócio no Brasil tem grande potencial de crescimento, pois nós
A importância do agronegócio O agronegócio no Brasil tem grande potencial de crescimento, pois nós
A importância do agronegócio
A importância do agronegócio
A importância do agronegócio O agronegócio no Brasil tem grande potencial de crescimento, pois nós somos

O agronegócio no Brasil tem grande potencial de

crescimento, pois nós somos um dos maiores

países agrícolas do mundo.

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

O Brasil é favorecido pelo clima, pelo solo e por

sua extensão territorial.

SEBRAE, 2012

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

12

Com todo esse potencial, pode-se dizer que é necessário investir na educação empreendedora focada no
Com todo esse potencial, pode-se dizer que é necessário investir na educação empreendedora focada no
Com todo esse potencial, pode-se dizer que é necessário investir na educação empreendedora focada no

Com todo esse potencial, pode-se dizer que é

necessário investir na educação empreendedora focada

no setor agrícola, que enfatize o desenvolvimento

sustentável, e crie uma educação que valorize os bens

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

da terra e que aponte ao aluno as muitas opções que o

próprio setor propõe.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

13

Estima-se que em 2023, o Brasil atenderá 40% da demanda mundial de alimentos. Em 1970,
Estima-se que em 2023, o Brasil atenderá 40% da demanda mundial de alimentos. Em 1970,
Estima-se que em 2023, o Brasil atenderá 40% da demanda mundial de alimentos. Em 1970,

Estima-se que em 2023, o Brasil atenderá 40% da demanda mundial dealimentos. Em 1970, um agricultor produzia alimentos para 73 pessoas. Hoje, um agricultor precisa produzir

alimentos.

Em 1970, um agricultor produzia alimentos para 73 pessoas.o Brasil atenderá 40% da demanda mundial de alimentos. Hoje, um agricultor precisa produzir alimentos para

Hoje, um agricultor precisa produzir alimentos para 155 pessoas.Em 1970, um agricultor produzia alimentos para 73 pessoas. 1 ª Etapa: BASF (Badische Anilin und

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

BASF (Badische Anilin und Soda-Fabrik)

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

14

Os números comprovam esse potencial brasileiro: Um terço das 500 maiores empresas do Brasil atuam
Os números comprovam esse potencial brasileiro: Um terço das 500 maiores empresas do Brasil atuam

Os números comprovam esse potencial brasileiro:

Os números comprovam esse potencial brasileiro: Um terço das 500 maiores empresas do Brasil atuam em

Um terço das 500 maiores empresas do Brasil atuam em negócios ligados ao campo;Os números comprovam esse potencial brasileiro: 33% do PIB brasileiro vêm desse setor; 1 ª Etapa:

33% do PIB brasileiro vêm desse setor;empresas do Brasil atuam em negócios ligados ao campo; 1 ª Etapa: 37% dos empregos desse

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

37% dos empregos desse país.campo; 33% do PIB brasileiro vêm desse setor; 1 ª Etapa: O setor agrícola, gerador de

O setor agrícola, gerador de riquezas, pode crescer ainda mais, porque o Brasil

tem todas as condições naturais favoráveis a ser a maior potência do mundo.

(SEBRAE, 2012).

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

15

Sustentabilidade
Sustentabilidade
Sustentabilidade O Projeto Horta na Escola tem a 1 ª Etapa: finalidade de restaurar nossas culturas,

O Projeto Horta na Escola tem a

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

finalidade de restaurar nossas culturas, valorizando

a importância do trabalho do homem do campo e

da natureza

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

16

Seguindo os preceitos que o teólogo e ecologista Leonardo Boff diz em a Carta da
Seguindo os preceitos que o teólogo e ecologista Leonardo Boff diz em a Carta da
Seguindo os preceitos que o teólogo e ecologista Leonardo Boff diz em a Carta da

Seguindo

os preceitos que o teólogo e ecologista Leonardo Boff diz em

a Carta da Terra:

Estamos diante de um momento crítico na história da Terra, numa

época em que a humanidade deve escolher o seu futuro. À medida que o

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

mundo torna-se cada vez mais interdependente e frágil, o futuro enfrenta, ao

mesmo tempo, grandes perigos e grandes promessas. (BOFF, 2000)

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

17

As questões relacionadas à sustentabilidade, preocupação em reeducar as ações diárias para reduzir o lixo
As questões relacionadas à sustentabilidade, preocupação em reeducar as ações diárias para reduzir o lixo
As questões relacionadas à sustentabilidade, preocupação em reeducar as ações diárias para reduzir o lixo

As

questões relacionadas à sustentabilidade, preocupação em reeducar as

ações diárias para reduzir o lixo e o reutilizar de forma correta, sem

agredir o meio ambiente, propondo o aproveitamento dos resíduos

orgânicos para a compostagem, eliminando a necessidade de compra de

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

adubos destinados à preparação da horta.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

18

Separação de lixo Separação dos resíduos de alimentos frescos, que podem ser colocados na composteira,
Separação de lixo Separação dos resíduos de alimentos frescos, que podem ser colocados na composteira,
Separação de lixo
Separação de lixo

Separação dos resíduos de alimentos frescos, que podem ser colocados na

resíduos de alimentos frescos, que podem ser colocados na composteira, como: Frutas, Cascas, 1 ª Etapa:

composteira, como:

Frutas,frescos, que podem ser colocados na composteira, como: Cascas, 1 ª Etapa: Folhas, Borra de café

Cascas,que podem ser colocados na composteira, como: Frutas, 1 ª Etapa: Folhas, Borra de café (Evita

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

Folhas,colocados na composteira, como: Frutas, Cascas, 1 ª Etapa: Borra de café (Evita o mal cheiro

Borra de caféna composteira, como: Frutas, Cascas, 1 ª Etapa: Folhas, (Evita o mal cheiro e formigas) (Mesmo

(Evita o mal cheiro e formigas)

(Mesmo não havendo coleta seletiva na cidade, é bom que haja ao menos a prática

de separação do lixo.)

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

19

Principais separações de lixo: Resíduos de alimentos; Papel e plástico recicláveis. Papel higiênico, papel toalha,
Principais separações de lixo: Resíduos de alimentos; Papel e plástico recicláveis. Papel higiênico, papel toalha,
Principais separações de lixo:
Principais separações de lixo:
Principais separações de lixo: Resíduos de alimentos; Papel e plástico recicláveis. Papel higiênico, papel toalha,
Principais separações de lixo: Resíduos de alimentos; Papel e plástico recicláveis. Papel higiênico, papel toalha,

Resíduos de alimentos;

Papel e plástico recicláveis.

Resíduos de alimentos; Papel e plástico recicláveis. Papel higiênico, papel toalha, restos de alimentos cozidos,

Papel higiênico, papel toalha, restos de alimentos cozidos,

etc.;

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

20

Compostagem O Composto pode ser formado por resíduos orgânicos provenientes do lixo domiciliar, folhas de
Compostagem O Composto pode ser formado por resíduos orgânicos provenientes do lixo domiciliar, folhas de
Compostagem
Compostagem
Compostagem O Composto pode ser formado por resíduos orgânicos provenientes do lixo domiciliar, folhas de verduras,

O Composto pode ser formado por

resíduos orgânicos provenientes do lixo

domiciliar, folhas de verduras, cascas de legumes

e frutas, cascas de ovos, cinzas, borra de café,

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

aparas de gramas de jardim e folhas secas de

árvore, pois a aeração é fundamental para

garantir a oxigenação.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

21

1 ª Etapa: Alimentos cozidos, restos de alimentos temperados, saladas, óleos e gorduras, molhos e
1 ª Etapa: Alimentos cozidos, restos de alimentos temperados, saladas, óleos e gorduras, molhos e
1 ª Etapa: Alimentos cozidos, restos de alimentos temperados, saladas, óleos e gorduras, molhos e
1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

Alimentos cozidos, restos de alimentos

temperados, saladas, óleos e gorduras, molhos e

restos de carnes não devem ser adicionados na

compostagem, pois a dificulta.

O local deve ser levemente inclinado

para que possa ter a drenagem de água e espaço

para revirar a massa vegetal e deve ser protegido

do vento, sol e da chuva.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

22

Podem ser utilizados para compostagem resíduos vegetais e animais pois se transformam em adubo orgânico.
Podem ser utilizados para compostagem resíduos vegetais e animais pois se transformam em adubo orgânico.
Podem ser utilizados para compostagem resíduos vegetais e animais pois se transformam em adubo orgânico.

Podem ser utilizados para compostagem resíduos

vegetais e animais pois se transformam em adubo

orgânico.

A transformação é provocada por

microrganismos que decompõem a celulose das

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

plantas, sendo que quanto mais nitrogênio

tiverem à sua disposição, mais rápido atuarão,

através do calor que se produzirá no material

depositado.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

23

A importância do consumo de frutas, legumes e verduras (FLVs)
A importância do consumo de
frutas, legumes e verduras (FLVs)
1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

É recomendado que as pessoas realizem

de 4 a 6 refeições por dia: café da manhã, lanche

da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.

Quando são realizadas todas essas refeições

diárias, é mais fácil incluir ao menos uma porção

de fruta, legume ou verdura em cada refeição.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

24

1 ª Etapa: É necessário informar às crianças conceitos relacionados a alimentação e saúde, de
1 ª Etapa: É necessário informar às crianças conceitos relacionados a alimentação e saúde, de
1 ª Etapa: É necessário informar às crianças conceitos relacionados a alimentação e saúde, de
1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

É necessário informar às

crianças conceitos relacionados a

alimentação e saúde, de forma que

elas associem que os alimentos

contêm nutrientes que são

essenciais para atividades cotidianas

como andar, correr, estudar e

trabalhar.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

25

Recomendações para aumento de consumo diário de FLVs Valorizar os alimentos da sua região e
Recomendações para aumento de consumo diário de FLVs Valorizar os alimentos da sua região e
Recomendações para aumento de consumo diário de FLVs
Recomendações para aumento de consumo
diário de FLVs
Recomendações para aumento de consumo diário de FLVs Valorizar os alimentos da sua região e preferir

Valorizar os alimentos da sua região e preferir os que estão na

época, pois são mais baratos, saborosos e ricos em nutrientes;

Deixar sempre à mão frutas prontas para serem consumidas, istopois são mais baratos, saborosos e ricos em nutrientes; 1 ª Etapa: é, higienizadas e em

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

é, higienizadas e em lugar visível;

Incrementar suas refeições com FLV. Frutas podem ser usadas para ser usadas para

dar um toque diferente nas saladas e algumas verduras ou legumes

podem ser cozidos juntos com o arroz, com algum tipo de carne

ou acrescentados à farofa;

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

26

Aproveitar o alimento de forma integral, comendo, quando possível as cascas, talos, sementes e folhas;
Aproveitar o alimento de forma integral, comendo, quando possível as cascas, talos, sementes e folhas;

Aproveitar o alimento de forma integral, comendo, quando possível as cascas, talos,sementes e folhas; Variar o tipo de corte e a forma de preparo das FLV

forma integral, comendo, quando possível as cascas, talos, sementes e folhas; Variar o tipo de corte

sementes e folhas;

Variar o tipo de corte e a forma de preparo das FLV ajuda a estimular o consumo,

inclusive entre as crianças;

Trocar o refrigerante, o mate e o guaraná por sucos de fruta natural. No verão,ajuda a estimular o consumo, inclusive entre as crianças; 1 ª Etapa: preparar sacolés de fruta

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

preparar sacolés de fruta natural;

Ao preparar sucos experimente combinar legumes e verduras com frutas, como porNo verão, 1 ª Etapa: preparar sacolés de fruta natural; exemplo, limão com couve e melancia

exemplo, limão com couve e melancia com beterraba.

Fonte: EMBRAPA (2009)

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

27

Horta orgânica A agricultura orgânica é o sistema de
Horta orgânica
A agricultura orgânica é o sistema de

produção que não usa agrotóxico. Ao

invés disso utilizam-se estercos de

animais, rotação de culturas, adubação

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

verde, compostagem e controle biológico

de pragas e doenças.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

28

Devemos ter certeza que só teremos uma agricultura realmente orgânica quando interiorizarmos que a natureza
Devemos ter certeza que só teremos uma agricultura realmente orgânica quando interiorizarmos que a natureza
Devemos ter certeza que só teremos uma agricultura realmente orgânica quando interiorizarmos que a natureza

Devemos ter certeza que só teremos uma agricultura realmente orgânica

quando interiorizarmos que a natureza (Mãe Terra) é um ser vivo.

O sistema orgânico dispensa o emprego de insumos agroquímicos

agressivos, sendo uma tecnologia de processo, pois leva em consideração a relação

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

solo-planta-ambiente, utilizando os recursos disponíveis no local ou na região

(adubação, proteção de plantas, etc.,)

(PENTEADO, 2007).

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

29

Empreendedorismo
Empreendedorismo
Empreendedorismo O empreendedorismo na educação valoriza os processos educacionais que estimulam o desenvolvimento do

O empreendedorismo na educação valoriza os

processos educacionais que estimulam o desenvolvimento

do ser humano em todos os aspectos, de forma que ele

possa contribuir com ideias para o mundo dos negócios e

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

para o ambiente em que está envolvido.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

30

1 ª Etapa: A Educação Empreendedora motiva o indivíduo à busca pelo autoconhecimento, agregando novas
1 ª Etapa: A Educação Empreendedora motiva o indivíduo à busca pelo autoconhecimento, agregando novas
1 ª Etapa: A Educação Empreendedora motiva o indivíduo à busca pelo autoconhecimento, agregando novas
1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

A Educação Empreendedora motiva o indivíduo à

busca pelo autoconhecimento, agregando novas

aprendizagens, além de exercer o espírito de

coletividade. Dessa forma a educação tem a função de

atuar como transformadora deste sujeito e incentivá-

lo à quebra de paradigmas e ao desenvolvimento de

habilidades e comportamentos empreendedores.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

31

Ao criar o empreendedor em instituições escolares, o feito é social e também econômico para
Ao criar o empreendedor em instituições escolares, o feito é social e também econômico para
Ao criar o empreendedor em instituições escolares, o feito é social e também econômico para

Ao criar o empreendedor em instituições

escolares, o feito é social e também

econômico para a região, estado ou país onde

está inserido, uma vez que o ambiente e a

prática de aprendizagem estão envolvidos

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

diretamente com a comunidade em questão e

não somente no interior das escolas.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

32

Plano de negócio Consiste em analisar todos os fatores e etapas que contribuem para a
Plano de negócio Consiste em analisar todos os fatores e etapas que contribuem para a
Plano de negócio
Plano de negócio
Plano de negócio Consiste em analisar todos os fatores e etapas que contribuem para a formação

Consiste em analisar todos os fatores e

etapas que contribuem para a formação do

projeto como:

1 ª Etapa:
1 ª Etapa:

Atividade principal,contribuem para a formação do projeto como: 1 ª Etapa: Descrição do negócio, Produtos ou serviços,

Descrição do negócio,formação do projeto como: 1 ª Etapa: Atividade principal, Produtos ou serviços, Clientes, Concorrentes, Estudo de

Produtos ou serviços,1 ª Etapa: Atividade principal, Descrição do negócio, Clientes, Concorrentes, Estudo de mercado, Localização,

Clientes,principal, Descrição do negócio, Produtos ou serviços, Concorrentes, Estudo de mercado, Localização,

Concorrentes,Descrição do negócio, Produtos ou serviços, Clientes, Estudo de mercado, Localização, Determinação de preços,

Estudo de mercado,do negócio, Produtos ou serviços, Clientes, Concorrentes, Localização, Determinação de preços, Marketing, Pessoal

Localização,ou serviços, Clientes, Concorrentes, Estudo de mercado, Determinação de preços, Marketing, Pessoal chave,

Determinação de preços,Clientes, Concorrentes, Estudo de mercado, Localização, Marketing, Pessoal chave, Fornecedores. Cartilha

Marketing,Estudo de mercado, Localização, Determinação de preços, Pessoal chave, Fornecedores. Cartilha Empreendendo na

Pessoal chave,Localização, Determinação de preços, Marketing, Fornecedores. Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto de

Fornecedores.Determinação de preços, Marketing, Pessoal chave, Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto de Implantação de

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

33

2 ª Etapa: Execução do projeto Anotar todos os custos e doações do projeto. Realizar
2 ª Etapa: Execução do projeto Anotar todos os custos e doações do projeto. Realizar
2 ª Etapa: Execução do projeto Anotar todos os custos e doações do projeto. Realizar

2ª Etapa: Execução do projeto

Anotar todos os custos e doações do projeto.2 ª Etapa: Execução do projeto Realizar pesquisa de preferências e hábitos alimentares para decisão do

Realizar pesquisa de preferências e hábitos alimentares para decisão do tipo dedo projeto Anotar todos os custos e doações do projeto. hortaliça a ser plantada e para

hortaliça a ser plantada e para integrar os pais e comunidade com a ação;

2ª Etapa:
2ª Etapa:

Solicitar apoio da comunidade e dos pais para preparo dos canteiros e doaçõespara integrar os pais e comunidade com a ação; 2ª Etapa: de itens para a horta;

de itens para a horta;

Veja um modelo a seguir

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

34

Pesquisa de preferências e hábitos alimentares Escola: PROJETO HORTA – PESQUISA COM OS PAIS (favor
Pesquisa de preferências e hábitos alimentares Escola: PROJETO HORTA – PESQUISA COM OS PAIS (favor

Pesquisa de preferências e hábitos alimentares

Escola:

PROJETO HORTA PESQUISA COM OS PAIS

Escola: PROJETO HORTA – PESQUISA COM OS PAIS (favor devolver preenchido) Esta pesquisa tem o objetivo

(favor devolver preenchido)

Esta pesquisa tem o objetivo de envolver a participação dos pais no desenvolvimento do projeto da horta escolar. Obrigada! (Equipe Escolar)

Nome do aluno:

Turma:

Seu filho come legumes ou verduras regularmente?

(

) sim

(

)não

Escreva três preferências de legumes ou verduras de seu filho:

1)

2)

3)

De que maneira você pai ou responsável, acredita ser importante o Projeto Horta Escolar em

nossa escola? Escreva no verso.

2ª Etapa:
2ª Etapa:

Assinatura do pai ou responsável:

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar

Thais Taba da Silva

35

2ª Etapa: Materiais necessários: Enxada, Enxadão, Ancinho(rastelo), Sacho (enxadinha), Carrinho-de-mão, Regador,
2ª Etapa: Materiais necessários: Enxada, Enxadão, Ancinho(rastelo), Sacho (enxadinha), Carrinho-de-mão, Regador,
2ª Etapa: Materiais necessários: Enxada, Enxadão, Ancinho(rastelo), Sacho (enxadinha), Carrinho-de-mão, Regador,
2ª Etapa:
2ª Etapa:

Materiais necessários:

Enxada,2ª Etapa: Materiais necessários: Enxadão, Ancinho(rastelo), Sacho (enxadinha), Carrinho-de-mão, Regador, Baldes,

Enxadão,2ª Etapa: Materiais necessários: Enxada, Ancinho(rastelo), Sacho (enxadinha), Carrinho-de-mão, Regador, Baldes,

Ancinho(rastelo),2ª Etapa: Materiais necessários: Enxada, Enxadão, Sacho (enxadinha), Carrinho-de-mão, Regador, Baldes, Mangueira.

Sacho (enxadinha),Materiais necessários: Enxada, Enxadão, Ancinho(rastelo), Carrinho-de-mão, Regador, Baldes, Mangueira. Cartilha

Carrinho-de-mão,Enxada, Enxadão, Ancinho(rastelo), Sacho (enxadinha), Regador, Baldes, Mangueira. Cartilha Empreendendo na Escola:

Regador,Ancinho(rastelo), Sacho (enxadinha), Carrinho-de-mão, Baldes, Mangueira. Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto

Baldes,Sacho (enxadinha), Carrinho-de-mão, Regador, Mangueira. Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto de

Mangueira.Sacho (enxadinha), Carrinho-de-mão, Regador, Baldes, Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto de Implantação de

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

36

Fazer um cronograma definindo: Datas para início e período de orientação com as palestras aos
Fazer um cronograma definindo: Datas para início e período de orientação com as palestras aos

Fazer um cronograma definindo:

Fazer um cronograma definindo: Datas para início e período de orientação com as palestras aos alunos,
Fazer um cronograma definindo: Datas para início e período de orientação com as palestras aos alunos,

Datas para início e período de orientação com as palestras aos alunos, pois é

importante o professor dar esta orientação para que a responsabilidade seja dividida

2ª Etapa:
2ª Etapa:

entre todos garantindo a continuidade do projeto;

2ª Etapa: entre todos garantindo a continuidade do projeto; Organizar a escala diária dos cuidadores da

Organizar a escala diária dos cuidadores da horta, para que a horta tenha o cuidado

de ser irrigada todos os dias e mantida sempre limpa, livre de plantas daninhas.

Veja um modelo a seguir

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

37

Cronograma Horta na escola Cronograma Horta na escola Orientação ( / / ) SEG TER
Cronograma Horta na escola Cronograma Horta na escola Orientação ( / / ) SEG TER
Cronograma Horta na escola Cronograma Horta na escola Orientação ( / / ) SEG TER

Cronograma Horta na escola

Cronograma

Horta na escola

Orientação (

/

/

)

na escola Cronograma Horta na escola Orientação ( / / ) SEG TER QUA QUI SEX

SEG

TER

QUA

QUI

SEX

Horta na escola Orientação ( / / ) SEG TER QUA QUI SEX Envio da pesquisa

Envio da pesquisa aos pais (

/

/

)

2ª Etapa:
2ª Etapa:

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

38

2ª Etapa: Cronograma Horta na   Preparação do canteiro ( / / )    
2ª Etapa: Cronograma Horta na   Preparação do canteiro ( / / )    
2ª Etapa: Cronograma Horta na   Preparação do canteiro ( / / )    
2ª Etapa:
2ª Etapa:

Cronograma

Horta na

 

Preparação do canteiro (

/

/

)

         

escola

SEG

TER

QUA

 

QUI

SEX

Manhã

         

Tarde

         
 

Plantio (

/

/

)

Manhã

         

Tarde

         

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

39

Cronograma Horta na escola Cuidados diários, irrigação SEG TER QUA QUI SEX Manhã 2ª Etapa:
Cronograma Horta na escola Cuidados diários, irrigação SEG TER QUA QUI SEX Manhã 2ª Etapa:

Cronograma

Horta na escola

Cuidados diários, irrigação

SEG

TER

QUA

QUI

SEX

Cuidados diários, irrigação SEG TER QUA QUI SEX Manhã 2ª Etapa: Tarde Cartilha Empreendendo na Escola:

Manhã

2ª Etapa:
2ª Etapa:

Tarde

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

40

3 ª Etapa: Local A escolha do local está vinculada a disponibilidade de sol, água,

3ª Etapa: Local

3 ª Etapa: Local A escolha do local está vinculada a disponibilidade de sol, água, condições
3 ª Etapa: Local A escolha do local está vinculada a disponibilidade de sol, água, condições

A escolha do local está vinculada a disponibilidade de sol, água, condições de

terreno e proteção de ventos fortes e frios.

Poderá ser implementada em área retangular, cercada com alambrado e com um

3ª Etapa:
3ª Etapa:

portão de acesso.

Deve-se observar que o acesso das crianças a horta não deve oferecer risco

algum de acidentes.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

41

Canteiro de tubo PVC Utilize tubos de PVC de 300mm. Efetue um corte horizontal no
Canteiro de tubo PVC Utilize tubos de PVC de 300mm. Efetue um corte horizontal no
Canteiro de tubo PVC Utilize tubos de PVC de 300mm. Efetue um corte horizontal no

Canteiro de tubo PVC

Utilize tubos de PVC de 300mm.

Efetue um corte horizontal no meio a obter duas calhas com 10 a 15 cm de

profundidade. Em seguida, fixe um pedaço de madeira em forma de meia lua

3ª Etapa:
3ª Etapa:

nas laterais.

Na parte interior, faça orifícios para escoamento do excesso de água.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

42

Plantio em garrafa PET 3ª Etapa: Corte a garrafa PET na altura de 20cm e
Plantio em garrafa PET 3ª Etapa: Corte a garrafa PET na altura de 20cm e
Plantio em garrafa PET 3ª Etapa: Corte a garrafa PET na altura de 20cm e

Plantio em garrafa PET

3ª Etapa:
3ª Etapa:

Corte a garrafa PET na altura de 20cm e faça

orifícios no fundo da garrafa para escoamento do

excesso de água.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

43

Canteiro de pneus Utilize pneu velho. Com uma faca amolada, corte-o ao meio inverta e
Canteiro de pneus Utilize pneu velho. Com uma faca amolada, corte-o ao meio inverta e
Canteiro de pneus Utilize pneu velho. Com uma faca amolada, corte-o ao meio inverta e

Canteiro de pneus

Utilize pneu velho. Com uma faca amolada,

corte-o ao meio inverta e deixe-o com aparência

3ª Etapa:
3ª Etapa:

de bacia. Utilize um tampão de madeira para

fechar o fundo. Faça furos no tampão para o

escoamento do excesso de água.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

44

Canteiro no solo Limpar bem o terreno, revirar a terra a uns 15 cm de
Canteiro no solo Limpar bem o terreno, revirar a terra a uns 15 cm de
Canteiro no solo Limpar bem o terreno, revirar a terra a uns 15 cm de

Canteiro no solo

Limpar bem o terreno, revirar a terra a uns 15 cm de profundidade, retirandoCanteiro no solo torrões e nivelando o terreno. Demarcar os canteiros com auxílio de estacas e

torrões e nivelando o terreno.

Demarcar os canteiros com auxílio de estacas e cordas com as dimensões 1,20mde profundidade, retirando torrões e nivelando o terreno. x 2 a 5m e espaçamento de um

x 2 a 5m e espaçamento de um canteiro a outro de 50 cm.

Caso o solo necessite de correção, pode-se utilizar cal hidratada ou serragem.x 2 a 5m e espaçamento de um canteiro a outro de 50 cm. 3ª Etapa:

3ª Etapa:
3ª Etapa:

A divisão dos canteiros pode ser feita com garrafas PET cheias de água ou blocospode-se utilizar cal hidratada ou serragem. 3ª Etapa: de cimento. Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto de

de cimento.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

45

Adubação O Composto pode ser formado por resíduos orgânicos provenientes do lixo de cozinha, folhas
Adubação O Composto pode ser formado por resíduos orgânicos provenientes do lixo de cozinha, folhas

Adubação

Adubação O Composto pode ser formado por resíduos orgânicos provenientes do lixo de cozinha, folhas de

O Composto pode ser formado por resíduos orgânicos provenientes do lixo de

cozinha, folhas de verduras, cascas de legumes e frutas, cascas de ovos, cinzas, borra de

café, aparas

de gramas de jardim

e folhas secas

de árvore, pois

a

aeração é

fundamental para garantir a oxigenação.

Podem ser misturados também a grama cortada, com terra e os resíduos orgânicos,a aeração é fundamental para garantir a oxigenação. 3ª Etapa: enterrados e irrigados diariamente. É importante

3ª Etapa:
3ª Etapa:

enterrados e irrigados diariamente.

É importante não deixar os resíduos orgânicos à vista, deixe-os sempre enterrados,orgânicos, 3ª Etapa: enterrados e irrigados diariamente. pois evita o aparecimento de insetos, ratos e cobras.

pois evita o aparecimento de insetos, ratos e cobras.

O composto deve ficar em decomposição por aproximadamente 45 dias.pois evita o aparecimento de insetos, ratos e cobras. Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto de Implantação

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

46

Preparo dos canteiros Misture o adubo orgânico e se tiver disponível, substrato de composto de
Preparo dos canteiros Misture o adubo orgânico e se tiver disponível, substrato de composto de
Preparo dos canteiros Misture o adubo orgânico e se tiver disponível, substrato de composto de

Preparo dos canteiros

Misture o adubo orgânico e se tiver disponível, substrato de composto dePreparo dos canteiros cogumelo com a terra. Quando o solo já estiver preparado, junte 15 folhas

cogumelo com a terra.

Quando o solo já estiver preparado, junte 15 folhas de jornal e deixe dedisponível, substrato de composto de cogumelo com a terra. molho em água dentro do carrinho de

molho em água dentro do carrinho de mão de um dia para o outro e cubra os

canteiros, faça buracos de 10 cm de diâmetro e espaçamento de 30x30 cm e

3ª Etapa:
3ª Etapa:

faça as covas para plantar,

(a cobertura de jornal evita o crescimento de plantas daninhas e se decompõe e

vira adubo).

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

47

Sementeira As sementes podem ser plantadas em substrato em bandejas próprias ou em bandejas de
Sementeira As sementes podem ser plantadas em substrato em bandejas próprias ou em bandejas de
Sementeira As sementes podem ser plantadas em substrato em bandejas próprias ou em bandejas de

Sementeira

As sementes podem ser plantadas em substrato em bandejas próprias ou emSementeira bandejas de ovos. A sementeira pode ser de material reutilizável. Como regra, a profundidade das

bandejas de ovos.

A sementeira pode ser de material reutilizável. Como regra, a profundidadeem substrato em bandejas próprias ou em bandejas de ovos. das sementes das hortaliças a serem

das sementes das hortaliças a serem semeadas dependerá do tamanho da

3ª Etapa:
3ª Etapa:

semente. A sementeira deve ser previamente umedecida e ser mantida úmida

com regas pela manhã e tarde.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

48

Mudas Podem ser adquiridas mudas já crescidas que encurtam o período de colheita. Transplante de
Mudas Podem ser adquiridas mudas já crescidas que encurtam o período de colheita. Transplante de
Mudas Podem ser adquiridas mudas já crescidas que encurtam o período de colheita. Transplante de

Mudas

Podem ser adquiridas mudas já crescidas que encurtam o período de colheita.Mudas Transplante de mudas da sementeira para o canteiro O transplante é feito após as mudas

Transplante de mudas da sementeira para o canteiro

O transplante é feito após as mudas apresentarem 4 a 6 folhas. Observar quecolheita. Transplante de mudas da sementeira para o canteiro a sementeira deverá ser molhada para a

a sementeira deverá ser molhada para a retirada das mudas.

3ª Etapa:
3ª Etapa:

Se sobrarem muitas mudas, as crianças poderiam levar para casa e tentaremdeverá ser molhada para a retirada das mudas. 3ª Etapa: cultivar lá também! Veja a seguir

cultivar lá também!

Veja a seguir a tabela de seleção de hortaliças

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

49

TABELA DE SELEÇÃO DE HORTALIÇAS

HORTALIÇAS ÉPOCA DE PLANTIO J F M A M J J A S O N
HORTALIÇAS
ÉPOCA DE PLANTIO
J
F
M
A
M
J
J
A
S
O
N
D
CENOURA
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
COENTRO
X
X
X
X
X
X
SALSA
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
FUNCHO
X
X
X
X
X
X
CEBOLINHA
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
AGRIÃO
X
X
X
X
X
COUVE
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
COUVE – FLOR
X
X
X
X
RABANETE
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
REPOLHO – INVERNO
X
X
X
X
X
X
X
REPOLHO – VERÃO
X
X
X
X
X
BROCOLI
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
QUIABO
X
X
X
X
X
X
X
X
VAGEM
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
ERVILHA
X
X
X
X
X
ESPINAFRE
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
BETERRABA
X
X
X
X
X
X
X
ACELGA
X
X
X
X
X
X
X
X
PEPINO
X
X
X
X
X
X
X
X
ABOBRINHA ITALIANA
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
ABOBRINHA MENINA
X
X
X
X
X
X
X
PIMENTÃO
X
X
X
X
X
X
X
TOMATE
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
X
BERINJELA
X
X
X
X
X
X
ALCACHOFRA
X
X
X
X
3ª Etapa:
X X X X X X ALCACHOFRA X X X X 3ª Etapa: Fonte: Neves, 2006

Fonte: Neves, 2006

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

50

4 ª Etapa: Cuidados com a horta Irrigação A horta deve ser regada duas vezes
4 ª Etapa: Cuidados com a horta Irrigação A horta deve ser regada duas vezes
4 ª Etapa: Cuidados com a horta Irrigação A horta deve ser regada duas vezes

4ª Etapa: Cuidados com a horta

4 ª Etapa: Cuidados com a horta Irrigação A horta deve ser regada duas vezes ao
4 ª Etapa: Cuidados com a horta Irrigação A horta deve ser regada duas vezes ao

Irrigação4 ª Etapa: Cuidados com a horta A horta deve ser regada duas vezes ao dia,

A horta deve ser regada duas vezes ao dia, exceto se chover,4 ª Etapa: Cuidados com a horta Irrigação cuide para que o solo não fique encharcado

cuide para que o solo não fique encharcado para evitar o

4ª Etapa:
4ª Etapa:

aparecimento de fungos.

A irrigação pode ser feita com regadores ou com mangueiraencharcado para evitar o 4ª Etapa: aparecimento de fungos. de gotejamento (com furos que ficarão próximos

de gotejamento (com furos que ficarão próximos à cova).

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

51

4ª Etapa: Controle de ervas daninhas e pragas. A horta deve sempre estar limpa, semanalmente
4ª Etapa: Controle de ervas daninhas e pragas. A horta deve sempre estar limpa, semanalmente
4ª Etapa: Controle de ervas daninhas e pragas. A horta deve sempre estar limpa, semanalmente
4ª Etapa:
4ª Etapa:
Controle de ervas daninhas e pragas.
Controle de ervas
daninhas e pragas.

A horta deve sempre estar limpa, semanalmente as

crianças podem ir à horta fazer esta limpeza.

Quanto às pragas, a seguir seguem algumas dicas

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

52

COMBATE ÀS PRAGAS - SOLUÇÕES PRÁTICAS E BARATAS INSUMO MODO DE PREPARO MODO DE USO/INDICAÇÃO
COMBATE ÀS PRAGAS - SOLUÇÕES PRÁTICAS E BARATAS INSUMO MODO DE PREPARO MODO DE USO/INDICAÇÃO

COMBATE ÀS PRAGAS - SOLUÇÕES PRÁTICAS E BARATAS

INSUMO MODO DE PREPARO MODO DE USO/INDICAÇÃO Solução Água e sabão 50g de sabão picado
INSUMO
MODO DE PREPARO
MODO DE USO/INDICAÇÃO
Solução Água e sabão
50g de sabão picado em 5 litros de
Pulverizar depois de esfriar
água. Ferver
Controla pulgões e cochonilha
Gergelim
Providenciar um caminho de gergelim
Controla formigas, pois mata o fungo
em volta do canteiro
do qual se alimentam.
Leite de Vaca
Usar puro
Pulverizar puro nas plantas controla o
oídio em abóboras
Soro de Leite
Usar puro
Pulverizar
Controla ácaros
Macerado de Camomila
Imergir um punhado de flores em
Pulverizar
água por 2 dias
Controla doenças fúngicas
Macerado de Cebola
1 kg de cebola em 10 l de água, deixar
Diluir na proporção de 1:3 - Pulverizar
curtir por 2 dias
Controla lagarta e pulgões
Cobertura com casca de arroz
Utilizada como cobertura morta
Controla pulgões e moscas brancas
entre as plantas
Macerado de manjericão
1 kg de manjericão em 1 l de água por
Diluir na proporção 1:3
1 hora em descanso
Controla besouros
Coentro
Cozinhar folhas de coentro em 2 l de
Diluir na proporção de 1:3
água
Controla ácaros e pulgões
Cartilha Empreendendo na Escola:
Projeto de Implantação de Horta Escolar
Thais Taba da Silva
53
4ª Etapa:
5 ª Etapa: Colheita A colheita será feita obedecendo ao período de maturação das hortaliças.
5 ª Etapa: Colheita A colheita será feita obedecendo ao período de maturação das hortaliças.
5 ª Etapa: Colheita A colheita será feita obedecendo ao período de maturação das hortaliças.

5ª Etapa: Colheita

5 ª Etapa: Colheita A colheita será feita obedecendo ao período de maturação das hortaliças. Fonte:

A colheita será feita obedecendo ao período

de maturação das hortaliças.

feita obedecendo ao período de maturação das hortaliças. Fonte: IRALA, C. H. FERNANDEZ, P. M., 2001

Fonte: IRALA, C. H. FERNANDEZ, P. M., 2001

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

5ª Etapa:
5ª Etapa:

54

Produtividade Pode ser calculada de acordo com a quantidade plantada e a quantidade colhida e
Produtividade Pode ser calculada de acordo com a quantidade plantada e a quantidade colhida e
Produtividade Pode ser calculada de acordo com a quantidade plantada e a quantidade colhida e

Produtividade

Pode ser calculada de acordo com a quantidade

plantada e a quantidade colhida e verificar

porcentagem de perdas.

5ª Etapa:
5ª Etapa:

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

55

Comercialização Feira livre: Pode ser realizada uma feirinha com os produtos colhidos na horta, as
Comercialização Feira livre: Pode ser realizada uma feirinha com os produtos colhidos na horta, as

Comercialização

Comercialização Feira livre: Pode ser realizada uma feirinha com os produtos colhidos na horta, as crianças
Comercialização Feira livre: Pode ser realizada uma feirinha com os produtos colhidos na horta, as crianças

Feira livre:

Pode ser realizada uma feirinha com os produtos colhidos na horta, as crianças

podem trazer outros tipos de frutas, legumes e verduras para complementar a

feira (o dinheiro pode ser de brinquedo).

Podem ser feitos alguns quitutes com os frutos da horta para serem vendidos nacomplementar a feira (o dinheiro pode ser de brinquedo). 5ª Etapa: feira. Lembrem-se de contabilizar tudo

5ª Etapa:
5ª Etapa:

feira.

Lembrem-se de contabilizar tudo o que foi vendido.os frutos da horta para serem vendidos na 5ª Etapa: feira. Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

56

Receitas “Suco de beterraba” Ingredientes: Beterraba crua sem casca ralada 1 unidade média 5ª Etapa:
Receitas “Suco de beterraba” Ingredientes: Beterraba crua sem casca ralada 1 unidade média 5ª Etapa:
Receitas
Receitas
Receitas “Suco de beterraba” Ingredientes: Beterraba crua sem casca ralada 1 unidade média 5ª Etapa: Suco

“Suco de beterraba”

Ingredientes:

Beterraba crua sem casca ralada 1 unidade média

5ª Etapa:
5ª Etapa:

Suco de Limão 1 unidade pequena

Água 1 litro de água

Açúcar, melado ou rapadura ralada 5 colheres de sopa

Técnica de preparo:

1.Bater primeiro a beterraba e coar. O resíduo pode ser utilizado na salada.

2.Bater o restante dos ingredientes com o suco já extraído da beterraba, coá-lo.

Fonte: IRALA, C. H. FERNANDEZ, P. M., 2001

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

57

“Fanta” Ingredientes Medida caseira Água 1 1/2 litro Cenoura 2 unidades grandes Limão cravo (capeta,
“Fanta” Ingredientes Medida caseira Água 1 1/2 litro Cenoura 2 unidades grandes Limão cravo (capeta,

“Fanta”

Ingredientes Medida caseira

“Fanta” Ingredientes Medida caseira Água 1 1/2 litro Cenoura 2 unidades grandes Limão cravo (capeta, rosa

Água 1 1/2 litro

Cenoura 2 unidades grandes

Limão cravo (capeta, rosa ou 1 unidade galego) com casca

5ª Etapa:
5ª Etapa:

Suco de limão 2 limões comuns

Açúcar a gosto

Técnica de preparo:

1.Liquidificar a água com as cenouras e coar;

2.Acrescentar o limão cravo e o suco de limão;

3.Liquidificar novamente

Fonte: IRALA, C. H. FERNANDEZ, P. M., 2001

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

58

“Torta de escarola” Ingredientes: Massa: 5 1 xícara de chá de leite quente ovos 2
“Torta de escarola” Ingredientes: Massa: 5 1 xícara de chá de leite quente ovos 2
“Torta de escarola”
“Torta de escarola”

Ingredientes:

Massa:

5
5

1 xícara de chá de leite quente

ovos

2 xícaras de farinha de trigo

1/2 xícara de amido de milho 1/2 xícara de chá de óleo

1

colher de sopa de fermento em pó

3

colheres de sopa de queijo ralado

Sal a gosto

1 colher de chá de orégano

5ª Etapa:
5ª Etapa:

Recheio:

2 tomates sem sementes picados

1 cebola média picada

2 maços de escarola picado

3 dentes de alho amassados

250 g de mussarela picada

Sal e pimenta-do-reino a gosto

Fonte:Autora

Modo de preparo:

Frite a cebola e o alho no azeite Junte os tomates, a escarola, sal e pimenta a

gosto. Refogue bem até que esteja bem cozido

e sem muito caldo. Reserve.

Massa:

Bata as claras em neve, reserve Em uma batedeira, bata as gemas, o leite, o

óleo, acrescente o amido, a farinha de trigo,

queijo ralado, sal e o orégano Incorpore as claras com o fermento na massa, mexendo delicadamente Unte uma forma média com óleo e farinha de

trigo

Espalhe metade da massa, coloque a escarola

refogada, junte a mussarela picada

Cubra com a outra metade da massa

Salpique queijo parmesão ralado, leve ao forno

médio, pré-aquecido por aproximadamente 30

minutos.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

59

“Esfiha de Escarola” Ingredientes:  Massa 1 tablete(s) de fermento biológico fresco 1 xícara(s) (chá)
“Esfiha de Escarola” Ingredientes:  Massa 1 tablete(s) de fermento biológico fresco 1 xícara(s) (chá)
“Esfiha de Escarola” Ingredientes:  Massa 1 tablete(s) de fermento biológico fresco 1 xícara(s) (chá)
“Esfiha de Escarola”
“Esfiha de Escarola”

Ingredientes:

Massa

1 tablete(s) de fermento biológico

fresco

1 xícara(s) (chá) de leite desnatado

60 ml de Óleo de soja

1 colher(es) (chá) de sal

3 xícara(s) (chá) de farinha de trigo

1 colher(es) (sopa) de margarina

Recheio

2 dente(s) de alho amassado(s)

5ª Etapa:
5ª Etapa:

1 colher(es) (chá) de azeite

2 xícara(s) (chá) de escarola picada(s)

quanto baste de sal

Fonte:Autora

Como fazer:

Massa Dissolva o fermento no leite morno

e junte o óleo, a margarina, o sal e a farinha até ficar uma massa firme

que solte das mãos. Reserve.

Recheio Doure o alho no azeite e junte a

escarola. Mexa até murchar adicione

o sal. Pegue porções de massa e

abra na palma da mão. Coloque na

assadeira, formando a esfiha. Coloque o recheio. Deixe crescer

30 minutos e asse em forno médio

até dourar.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

60

Comes para festinhas temáticas: Podem ser aproveitados os itens da horta para fazer os comes
Comes para festinhas temáticas: Podem ser aproveitados os itens da horta para fazer os comes
Comes para festinhas temáticas: Podem ser aproveitados os itens da horta para fazer os comes

Comes para festinhas temáticas:

Podem ser aproveitados os itens da horta para fazer os

comes de festas, como alface do cachorro-quente, saladas, tortas

5ª Etapa:
5ª Etapa:

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

61

 Balanço financeiro Pode ser feito de maneira simples, contendo os custos, as receitas, e
 Balanço financeiro Pode ser feito de maneira simples, contendo os custos, as receitas, e
 Balanço financeiro Pode ser feito de maneira simples, contendo os custos, as receitas, e

Balanço financeiro

Pode ser feito de maneira simples, contendo os custos, as receitas, e o lucro.

Veja o exemplo de fluxo de caixa:

5ª Etapa:
5ª Etapa:

Fluxo de caixa

1ª Colheita

2ª Colheita

3ª Colheita

Entradas

VENDAS

     

Total de entradas

     

Saídas

CUSTOS

     

Total das saídas

     

Saldo

     

Fonte:Autora

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

62

Dicas
Dicas

Podem ser realizados juntamente com este

projeto, concursos culturais de redação,

desenho, maquetes, teatros, músicas, vídeos

entre outros, pois este é um projeto

interdisciplinar que pode ser aproveitado na

prática em todas as disciplinas e possui os

desdobramentos necessários de acordo

com cada turma e ano.

Cartilha Empreendendo na Escola: Projeto de Implantação de Horta Escolar - Thais Taba da Silva

63

Referências bibliográficas BASF. Planeta faminto . Disponível em:
Referências bibliográficas BASF. Planeta faminto . Disponível em:
Referências bibliográficas
Referências bibliográficas

BASF. Planeta faminto. Disponível em:

bibliográficas BASF. Planeta faminto . Disponível em:

<http://www.agro.basf.com.br/agr/ms/apbrazil/pt/content/APBrazil/basfplanetafaminto

/index>.Acesso em 10 nov. 2013.

BIGIO, ROBERTA SCHEIN. Consumo de frutas legumes e verduras. Disponível em:

<www.teses.usp.br/teses/disponiveis/6/6138/tde

ago. 2013.

/RobertaBigio.pdf>.Acesso

em 02

CEPEA ESALQ/USP. Hortifruti Brasil. Ano 10 n°109. Janeiro/Fevereiro 2012.

BOFF, Leonardo. A Carta da Terra. Preâmbulo. Disponível em:

<http://www.mma.gov.br/estruturas/dai_pnc/_arquivos/carta_da_terra_76.pdf>.

Acesso em 17 mar. 2013.

DOLABELA, Fernando. O segredo de Luisa, Rio de Janeiro: Sextante, 2008.

DRUCKER, Peter. F. O Gerente Eficaz. Editora Zahar, São Paulo, 1974.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

64

Referências EMBRAPA. Minhocultura e produção de húmus para a agricultura familiar. Disponível em:
Referências EMBRAPA. Minhocultura e produção de húmus para a agricultura familiar. Disponível em:
Referências
Referências
Referências EMBRAPA. Minhocultura e produção de húmus para a agricultura familiar. Disponível em:

EMBRAPA. Minhocultura e produção de húmus para a agricultura familiar. Disponível em:

<http://www.cpact.embrapa.br/publicacoes/download/circulares/Circular_57.pdf>.Acesso

em 17 mar. 2013.

EMBRAPA. Promover o consumo de frutas, legumes e verduras Escolas e Creches. Instituto de

Nutrição da UERJ. 2009. Disponível em:

<http://www.aedb.br/faculdades/ped/Downloads/4ano/flv_escolas_creches.pdf>. Acesso

em 10 ago. 2013.

FERREIRA, J. S.; FIGUEIREDO, I. O.; PEREIRA, M. M. PROJECTO EDUCAÇÃO PARA O EMPREENDEDORISMO: Guião: Promoção do Empreendedorismo na Escola. 2007.

Disponível em:

<http://juventude.gov.pt/Emprego/InovaJovensCriativos/Documents/Guiao_Promocao_E

mpreendedorismo_escola_DGE.pdf>.Acesso em 10 nov. 2013.

IRALA, C. H. FERNANDEZ, P. M. Manual para escolas.A escola promovendo hábitos saudáveis; Brasília, 2001.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

65

Referências MAPA. 5° CONGRESSO PAN AMERICANO de incentivo ao consumo de frutas e hortaliças para
Referências MAPA. 5° CONGRESSO PAN AMERICANO de incentivo ao consumo de frutas e hortaliças para
Referências
Referências
Referências MAPA. 5° CONGRESSO PAN AMERICANO de incentivo ao consumo de frutas e hortaliças para a

MAPA. 5° CONGRESSO PAN AMERICANO de incentivo ao consumo de frutas e

hortaliças para a promoção da saúde. Disponível em:

<http://www.agricultura.gov.br/arq_editor/file/camaras_setoriais/Hortalicas/24_reuniao

/A_Politica_Nacional.pdf>. Acesso em 10 ago. 2013.

MONDINI, Lenise. FRUTAS, LEGUMES E VERDURAS (FLV): uma comunicação sobre os

níveis de consumo da população adulta urbana brasileira. Informações Econômicas, SP,

v.40, n.2, fev. 2010.

MORADA DA FLORESTA. Composteira doméstica. Disponível em:

<http://loja.moradadafloresta.org.br/ecommerce_site/categoria_502_5735_Compostag

em-Domestica>.Acesso em 08 ago. 2012.

NEVES, Maria Inês Soares Costa. Projeto horta escolar. Agosto de 2006. PREFEITURA

MUNICIPAL DE MOGI DAS CRUZES. Secretaria Municipal de Educação. Disponível em <www.sme.pmmc.com.br/arquivos/ambiental/horta.doc>.Acesso em 08 ago. 2012.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

66

Referências NÓSNALINHA, R. V. Cinco Dedos Doces . A empresa de Su Cesso. Associação Industrial
Referências NÓSNALINHA, R. V. Cinco Dedos Doces . A empresa de Su Cesso. Associação Industrial
Referências
Referências
Referências NÓSNALINHA, R. V. Cinco Dedos Doces . A empresa de Su Cesso. Associação Industrial Portuguesa.

NÓSNALINHA, R. V. Cinco Dedos Doces . A empresa de Su Cesso. Associação Industrial

Portuguesa. 2012

OLIVEIRA. S. P. de. Promoção do consumo de frutas, legumes e verduras em Unidades de

Educação Infantil: diagnóstico inicial. Rio de Janeiro: Embrapa Agroindústria de

Alimentos, 2008.

PENTEADO, Silvio Roberto. Adubação orgânica compostos orgânicos e

biofertilizantes. Campinas. SP. Edição do autor. 2 a Edição. 2007. 154p. Edição sob demanda.

SEBRAE. Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP): Material de apoio para

professores do Ensino Fundamental, 2012.

TABA,Thais. Um mundo melhor. 2013. Revista Educando em Mogi, n° 66,

Dezembro/2013,Ano XII, pág. 84. SP.

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

67

Índice de A a Z A IMPORTÂNCIA DO AGRONEGÓCIO 12 24 ADUBAÇÃO 46 BALANÇO FINANCEIRO
Índice de A a Z A IMPORTÂNCIA DO AGRONEGÓCIO 12 24 ADUBAÇÃO 46 BALANÇO FINANCEIRO
Índice de A a Z
Índice de A a Z
Índice de A a Z A IMPORTÂNCIA DO AGRONEGÓCIO 12 24 ADUBAÇÃO 46 BALANÇO FINANCEIRO 62

A IMPORTÂNCIA DO AGRONEGÓCIO 12

24

ADUBAÇÃO 46 BALANÇO FINANCEIRO 62 CANTEIRO DE PNEUS 44 CANTEIRO DE TUBO PVC 42 CANTEIRO NO SOLO 45 COLHEITA 54 COMERCIALIZAÇÃO 56 COMES PARA FESTINHAS TEMÁTICAS 61 COMO INICIAR UM PROJETO DE HORTA ESCOLAR?? 11 COMPOSTAGEM 21 CONTROLE DE ERVAS DANINHAS E PRAGAS 52

A IMPORTÂNCIA DO CONSUMO DE FRUTAS, LEGUMES E VERDURAS (FLVS)

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

68

CRONOGRAMA DE CUIDADOS 40 CRONOGRAMA INICIAL 38 CUIDADOS COM A HORTA 51 DICAS 63 DICAS
CRONOGRAMA DE CUIDADOS 40 CRONOGRAMA INICIAL 38 CUIDADOS COM A HORTA 51 DICAS 63 DICAS
CRONOGRAMA DE CUIDADOS 40 CRONOGRAMA INICIAL 38 CUIDADOS COM A HORTA 51 DICAS 63 DICAS

CRONOGRAMA DE CUIDADOS 40 CRONOGRAMA INICIAL 38

CUIDADOS COM A HORTA 51

DICAS 63

DICAS DE CONTROLE DE PRAGAS 53

EMPREENDEDORISMO 30

ESFIHA DE ESCAROLA” 60

EXECUÇÃO DO PROJETO 34

FANTA” 58

FEIRA LIVRE 56

HORTA ORGÂNICA 28

IRRIGAÇÃO 51

LOCAL 41

MATERIAIS NECESSÁRIOS 36

MUDAS 49

PESQUISA DE PREFERÊNCIAS E HÁBITOS ALIMENTARES 35

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

69

PLANO DE NEGÓCIO 33

PLANO DE NEGÓCIO 33 PLANTIO EM GARRAFA PET 43 PREPARO DOS CANTEIROS 47 PRODUTIVIDADE 55 RECEITAS
PLANO DE NEGÓCIO 33 PLANTIO EM GARRAFA PET 43 PREPARO DOS CANTEIROS 47 PRODUTIVIDADE 55 RECEITAS
PLANO DE NEGÓCIO 33 PLANTIO EM GARRAFA PET 43 PREPARO DOS CANTEIROS 47 PRODUTIVIDADE 55 RECEITAS

PLANTIO EM GARRAFA PET 43

PREPARO DOS CANTEIROS 47

PRODUTIVIDADE 55

RECEITAS 57

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 64

SEMENTEIRA 48

SEPARAÇÃO DE LIXO 19 SUCO DE BETERRABA” 57 SUMÁRIO 8 SUSTENTABILIDADE 16 TABELA DE SELEÇÃO DE HORTALIÇAS 50 TORTA DE ESCAROLA” 59 TRANSPLANTE DE MUDAS 49

Cartilha Empreendendo na Escola:

Projeto de Implantação de Horta Escolar Thais Taba da Silva

70