Você está na página 1de 4

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO DE EDUCAÇÃO Centro Universitário Alaor Queiróz Araújo - Goiabeiras

Centro Universitário Alaor Queiróz Araújo - Goiabeiras Departamento de Educação, Política e Sociedade (DEPS) Política e Organização da Educação Básica POEB código: EPS06025 PERÍODO: 2016.2

EMENTA

A configuração histórica do Estado Brasileiro. A função social da educação e definição da

política educacional. Estado e planejamento educacional: centralização/descentralização,

público/privado e quantidade/qualidade. Organização, financiamento, gestão e avaliação da

Educação Básica. Política de formação de professores no Brasil. Política educacional no

Espírito Santo.

OBJETIVOS

Geral: Analisar as políticas de Educação Básica no Brasil e no Espírito Santo, relacionando-

as aos conceitos de Estado, política, sociedade e educação.

Específicos:

- Reconhecer a gênese do Estado, em seus aspectos históricos, segundo o liberalismo e o

marxismo;

- Identificar a configuração do Estado brasileiro e suas relações com a democracia e a política

educacional no Brasil atual;

- Problematizar as reformas educacionais no Brasil na década de 1990, considerando os

processos de globalização e crises do sistema capitalista;

- Conhecer e analisar os dados da educação básica brasileira e estadual;

- Compreender o sistema educacional brasileiro em sua organização e funcionamento.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

UNIDADE I: Estado, Sociedade e políticas públicas

1. Conceito de Estado, Estado desenvolvimentista, Estado Brasileiro

2. Estado liberal e sociedade capitalista

3. Crise do estado liberal e crise do capitalismo

4. Estado intervencionista e a política social

5. Estado neoliberal e crise dos direitos sociais

UNIDADE II Organização do ensino e educação no Brasil:

2.1 - O Direito à Educação: histórico legal e institucional (trajetória das constituições de 1824 a 1988)

2.2 - Funcionamento e organização da educação Básica: LDB e Reformas educacionais

2.3 Planejamento da Educação no Brasil

2.4 Financiamento da Educação Básica

METODOLOGIA DE ENSINO:

- aula expositiva e dialogada;

- atividades práticas em sala;

- apresentação crítica de textos.

AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM

- A avaliação se dará por duas formas: realização de trabalhos em sala e apresentação de

trabalho final.

BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ARAÚJO, Gilda Cardoso. Estado, política educacional e direito à educação no Brasil: ―O problema maior é o de estudar‖. Educar em Revista, Curitiba, Editora UFPR, Brasil, n. 39, p. 279-292, jan./abr. 2011. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/er/n39/n39a18.pdf> Acesso em 22/07/2016

BRASIL. Lei nº 9.394 Lei de Diretrizes e Bases da Educação de 20 de dezembro de 1996. Disponível em: < http://www4.planalto.gov.br/legislacao/legislacao- 1/estatutos#content.>Acesso em 29/09/2012

CATANI, Afrânio Mendes; OLIVEIRA, João Ferreira; DOURADO,Luiz Fernandes. Mudanças no mundo do trabalho e reforma curricular dos cursos de graduação no brasil. 23ª Reunião Anual da Anped, 2000. Disponível em:<

CURY, Jamil. Direito à educação: direito à igualdade, direito à diferença. Cadernos de Pesquisa, n. 116, p. 245-262, julho/ 2002. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/cp/n116/14405.pdf> Acesso em: 22/07/2016

CURY, Jamil. Estado e políticas de financiamento em educação. Educação e Sociedade. Campinas, SP. V.28, n. 100 especial. p. 831 855, out. 2007.

.

GOUVEIA, Andrea Barbosa; CORBUCCI, Paulo Roberto; PINTO, José Marcelino de

Rezende (org.). Federalismo e políticas educacionais na efetivação do direito à educação

Ipea, 2011. Disponível em:<

OLIVEIRA, Romualdo Portela. O Direito à Educação na Constituição Federal de 1988 e seu restabelecimento pelo sistema de Justiça. Revista Brasileira de Educação, nº 11, 1999. Disponível em:< http://egov.ufsc.br/portal/sites/default/files/anexos/30315-31270-1-PB.pdf> Acesso em: 29/07/2016

no

Brasil.

Brasília

:

OLIVEIRA, Romualdo Portela; ARAÚJO, Gilda Cardoso. Qualidade do ensino: uma nova dimensão da luta pelo direito à educação. Revista Brasileira de Educação, nº 28, 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n28/a02n28.pdf Acesso em: 28/07/2016

SAVIANI, D. Sistema nacional de educação: conceito, papel histórico e obstáculos para sua construção no Brasil. In: REUNIÃO ANUAL DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EM EDUCAÇÃO, 31, 2008, Caxambu. Anais

eletrônicos

<

. Acesso em: 18 jan. 2011. Texto apresentado

no GT-05: Estado e Política Educacional.

VIEIRA, Sofia Lerche. A educação nas constituições brasileiras: texto e contexto. Revista brasileira de estudos pedagógicos, Brasília, v. 88, n. 219, p. 291-309, maio/ago. 2007.

Disponível

em:<

itui%C3%A7%C3%B5es.pdf> Acesso em: 29/07/2016

Caxambu,

2008.

Disponível

em:

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

BEHRING, E. R. Capitalismo, liberalismo e origens. In: Política Social: fundamentos e história. 6ed. São Paulo: Cortez, 2009. (Biblioteca Básica de Serviço Social).

BOBBIO, Norberto. A era dos direitos. tradução Carlos Nelson Coutinho; apresentação de Celso Lafer. Nova ed.Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 7ª reimpressão. Disponível em:< http://www.mprj.mp.br/documents/10227/14586286/a_era_dos_direitos.pdf> Acesso em

29/07/2016

CIAVATTA, M. A; RAMOS, M. A ―era das Diretrizes‖: a disputa do projeto de educação pelos mais pobres. Revista Brasileira de Educação. v. 17 n. 49 jan.-abr. 2012.

CURY, J. Estado e políticas de financiamento em educação. Educação e Sociedade. Campinas, SP. V.28, n. 100 especial. p. 831 855, out. 2007.

FERREIRA, E. B. (Org.); FONSECA, Marilia (Org.). Política e planejamento educacional no Brasil do século XXI. Brasília: Liber Livros, 2013, p. 57-83.

SILVA, M. A.; CUNHA, C. da. (orgs.) Educação Básica: políticas, avanços e pendências. Campinas, SP: Autores Associados, 2014. (Coleção Políticas Públicas de Educação