Você está na página 1de 5

Grupo IV – Gramática

1. Associa a palavra sublinhada nas frases da coluna A à classe e à subclasse que lhe
correspondem na coluna B.

Coluna A Coluna B

(a) Os deuses dirigiram-se ao Olimpo, (1) Conjunção subordinativa comparativa


que Júpiter os tinha convocado. (2) Conjunção subordinativa consecutiva
(b) Mercúrio, que era o mensageiro dos (3) Conjunção subordinativa completiva
deuses, levou a convocatória a todos. (4) Conjunção subordinativa causal
(c) Júpiter afirmou que os portugueses (5) Pronome relativo
eram gente valente.

2. Completa cada uma das frases seguintes com as formas adequadas dos verbos apresentados
entre parênteses, usando apenas tempos simples.

a) Se Júpiter não ________ (pôr) o destino dos portugueses à discussão, Vénus e Baco não
se tinham desentendido.
b) Júpiter esperava que os portugueses ________ (obter) o apoio dos deuses.
c) ___________ (haver) muitos deuses que estavam a favor dos portugueses.
d) Quando Júpiter ____________ (intervir), os deuses fizeram silêncio.

3. Identifica todas as frases em que o elemento sublinhado desempenha a função sintática de


sujeito.

(A) Em frágeis embarcações, navegavam mar fora os marinheiros.


(B) Júpiter observou os marinheiros do Olimpo.
(C) No Olimpo, sobrou tempo para ouvir Júpiter.
(D) Até os marinheiros mostraram o valor da coragem.
(E) Já viram como os marinheiros enfrentaram o mar?

4. Para responderes a cada item (4.1. e 4.2.), seleciona a opção correta.

4.1. Classifica a oração sublinhada na frase.


Caso Júpiter não tivesse convocado os deuses, estes não teriam vindo ao Olimpo.
(A) oração subordinada adverbial causal
(B) oração subordinada adverbial temporal
(C) oração subordinada adverbial comparativa
(D) oração subordinada adverbial condicional
Gramática

1. Associa cada palavra sublinhada nas frases da coluna A à classe e


subclasse que lhe corresponde na coluna B.

COLUNA A COLUNA B

(1) Conjunção subordinativa completiva

(a) Fezestes bem, que é fermosa! (2) Pronome relativo

(b) Pera aquele fogo ardente/ que nom (3) Pronome interrogativo
temestes vivendo.
(4) Conjunção coordenativa explicativa
(c) Juro a Deos que nom t’entendo!
(5) Conjunção subordinativa causal

2. Para responderes a cada item, seleciona a opção que completa cada


afirmação.

2.1. Identifica a relação semântica que a palavra “amor” estabelece com a


palavra “sentimento” na frase seguinte:

Ao longo do tempo, o amor é o sentimento que mais tem atormentado os poetas.

(A) Hiperonímia
(B) Holonímia
(C) Meronímia
(D) Hiponímia

2.2. A frase que contém uma oração subordinada adverbial completiva é

(A) O Frade foi a julgamento para que os erros do clero fossem revelados.
(B) O Frade foi condenado porque não cumpria os seus votos.
(C) O Frade acreditava que iria para o paraíso.
(D) O Frade era tão pecador que iria obrigatoriamente para o inferno.

2.3. Identifica a frase que apresenta predicativo do sujeito.

(A) Na sua intervenção, o Frade revelou-se consciente dos seus pecados.


(B) Apesar de tudo, o Frade não aceita a acusação do Diabo.
(C) O Frade tem uma companheira, a “senhora Florença”.
(D) O clero da época de Gil Vicente é representado pelo Frade.

3. Reescreve a frase seguinte na passiva.

Gil Vicente, o primeiro grande dramaturgo português, retratou bem a sociedade


do seu tempo.

_______________________________________________________________
_______________________________________________________________

4. Reescreve as frases seguintes, substituindo cada expressão sublinhada pelo


pronome pessoal adequado. Faz apenas as alterações necessárias.

Se fosse possível, levaria os meus alunos ao teatro para assistirem a uma


representação do Auto da Barca do Inferno. Eles não diriam que não a essa
possibilidade.

_______________________________________________________________
_______________________________________________________________
Grupo IV

1. Associa as orações iniciadas pelo conector “que” da coluna A às respetivas


classificações na coluna B.

Coluna A Coluna B

1. Oração subordinada substantiva


A. Uma nuvem, que escurecia os ares, completiva
surgiu sobre as cabeças dos marinheiros.

2. Oração subordinada adjetiva relativa


B. A nuvem era tão assustadora, que
restritiva
provocou medo nos nautas.

C. A figura que emergiu do mar era 3. Oração subordinada adjetiva relativa


disforme e gigantesca. explicativa

D. Vasco da Gama considerava que


4. Oração subordinada adverbial
aquela figura medonha era colossal e
consecutiva
temível.

2. Transforma as duas frases simples seguintes numa frase complexa, utilizando uma
locução conjuncional subordinativa final. Faz as alterações necessárias.
O gigante fez um longo discurso aos nautas lusitanos.
Os nautas ficaram a conhecer os motivos da fúria do gigante.

4. Reescreve as frases seguintes, substituindo as expressões sublinhadas pelas formas


adequadas do pronome pessoal. Faz as alterações necessárias.

A. Os portugueses realizaram grandes proezas, mas ainda não tinham terminado a


sua missão.
B. Os nautas querem vencer o gigante e conseguirão o seu objetivo.