Você está na página 1de 25

Olá, sou a Carla Tiago!

Sou formada em Administração de Empresas e artesã há mais de 10 anos. Já trabalhei com


vários tipos de artesanatos que você imaginar, mas atualmente sou Designer em Glicerina
(saboaria artesanal) e fundadora do Artesanato Rico.

A minha vocação no artesanato começou em 2003, quando era adolescente, desenvolvia


diversos tipos de artesanatos para festas de amigos e familiares, e devido as minhas
habilidades criativas, a notícia se espalhou muito rapidamente.

Na época, não recebia qualquer remuneração, fazia por hobby.

De lá para cá, muitas coisas mudaram, inclusive meu mindset (minha mentalidade), pois diante
do crescimento que o mercado de Artesanato tem apresentado ao longo dos anos e das inúmeras dificuldades que milhares de
artesãos enfrentam no dia a dia, acabei me tornando numa artesã empreendedora.

Hoje eu obtenho excelentes resultados no artesanato, mas eu tive de parar de pensar e agir no artesanato como algo apenas para
fazer uma “renda extra”, pois quem pensa no artesanato apenas pra fazer um “dinheirinho”, nunca vai ter sucesso e lucrar de fato
com artesanato. E pra mim as coisas só começaram a dar certo, quando mudei a minha mentalidade e passei a tratar o artesanato
como um negócio profissional e potencial. Então, foi a partir dessa mudança de mentalidade que eu ganhei muita experiência e
obtive e ainda venho obtendo muitas conquistas.

2
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Diante dessas conquistas, eu comecei a sentir uma forte necessidade de querer mostrar e compartilhar o que eu aprendi e ainda
tenho aprendido sobre como fazer do artesanato algo lucrativo, para que mais artesãos também possam ir mais longe, possam
enxergar suas potencialidades, pois possuem em suas mãos algo muito valioso, afinal, não é qualquer um que tem o dom ou perfil
para trabalhar com artesanato.

E só podemos ir mais longe, se não pararmos de aprender e a compartilhar nossas experiências com mais pessoas, e foi assim que
decidi criar a minha primeira contribuição no artesanato: ajudar artesãs e artesãos a transformarem seus artesanatos em um
negócio lucrativo também.

A primeira coisa que quero compartilhar com você, é que nessa caminhada, existem altos e baixos como em qualquer negócio, mas
nesse caso, quando eu comecei a trabalhar com artesanato pra valer, eu passei uma das experiências mais complicadas da minha
vida que me fez perder muito dinheiro e quase desistir do artesanato. E o mais chato é que isso não aconteceu só comigo na época,
na verdade observo que isso ainda continua acontecendo com muitas pessoas atualmente.

Sabe o que me refiro?

Os artesãos não sabem calcular os custos obrigatórios de produção de seus artesanatos e acabam praticando preços totalmente
errados. O problema é que o artesão nem se quer imagina que está perdendo dinheiro em cada artesanato produzido.

Então, espero que esse e-book “Cálculo de Preço Artesanato” possa te ajudar a identificar se você está aplicando todos os custos
obrigatórios de produção de seu artesanato e se seu cálculo de preço está sendo feito da forma correta.

Pois eu acredito que a Educação e o Empreendedorismo é a melhor forma de gerar o equilíbrio econômico capaz de trazer
oportunidades reais para qualquer que seja a classe social das pessoas. E neste projeto estou 100% comprometida em ajudar
pessoas com habilidades no artesanato a entrarem nessa seleta lista de profissionais de sucesso.

Boa leitura! :)

3
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Primeiramente quero te mostrar porque é
importante Calcular o Preço do seu
Artesanato da Forma Correta e porque
muitas pessoas ainda calculam da forma
errada.
Uma forma errada que ainda vejo, são de
artesãos Multiplicando o Preço de Custo
por 3, e honestamente, essa não é a melhor
forma e eu vou te dizer o porquê.
Na verdade existem várias maneiras de se
calcular e eu vou te mostrar uma forma que
considero a melhor e que tem ajudado
milhares de pessoas.

É muito importante que você saiba


corretamente o preço do artesanato,
quanto custou cada matéria-prima, quais são todos os custos envolvidos neste processo.

Sabendo isso corretamente, você já terá uma importante informação em suas mãos, concorda? Pois assim, seu artesanato não vai
ficar nem muito caro, nem muito barato, fora do valor de mercado.

4
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Agora, quando você estiver fazendo este processo de cálculo de preços, você deve anotar tudo, ter todos os detalhes e saber
exatamente o que você gasta e todos os outros gastos envolvidos. Porque saiba que não é só matéria-prima que é um gasto, existem
várias outras coisas que você deve considerar no custo e eu vou te mostrar quais são esses custos nesse e-book.

Então, só pra você ficar ciente da importância de Calcular o Preço de Venda de seu Artesanato da Forma Correta, quero te fazer a
seguinte pergunta:

Por que você tem que saber calcular o preço corretamente?


1°) Porque você saberá exatamente quanto gastou para produzi-lo e com isso você terá um preço mais justo e competitivo no
mercado.

2°) Você também evita que seu produto fique caro demais, então se você calcula o preço da maneira errada, o preço pode ficar
muito alto e isso pode ser o motivo das pessoas não comprarem frequentemente de você.

3°) Evita também ter prejuízo, que é o contrário do anterior. Você pode está calculando um preço baixo demais, e isso pode estar
refletindo diretamente no crescimento de seu negócio. Isso significa que talvez você esteja vendendo muito barato e nem saiba que
está tendo prejuízo por conta disso. Literalmente está perdendo dinheiro.

4°) E calculando tudo corretamente, suas vendas aumentam. Agora sabe porque suas vendas aumentam? Porque seu preço vai ser
real, você saberá exatamente se poderá dar desconto ou não sem ter prejuízos.

Ao calcular o preço seguindo algum método antigo ou ultrapassado como, por exemplo, calcular aplicando 3 vezes o valor de
custo, o produto fica muito caro e a maioria dos artesãos não sabe o motivo. Então pode ser que seus produtos artesanais não tem
tido muita saída ultimamente, pois está calculando o preço de seu artesanato com algum método antigo ou ultrapassado.

5
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Agora vamos ver o que você deve considerar
na hora de calcular o preço.

Geralmente esses são os itens que compõe o


preço do seu artesanato:

Custo do material – Você tem que


considerar toda a matéria-prima que foi
utilizada para confeccionar o produto.

Custo da Embalagem – Se você vai enviar o


produto pelos correios ou vender em uma
loja ou ateliê, você precisa considerar a
embalagem, que pode ser a caixa ou o
plástico que você está colocando, tudo que
tiver incluído para embalar o produto deve
ser considerado também.

Custos Fixos e Impostos – Os custos fixos são aqueles custos que você tem com o seu ateliê ou loja. Então, se você possui loja e paga
água, luz, telefone, internet, isso significa que você tem uma empresa registrada, ou seja, um CNPJ aberto, e provavelmente emite
nota fiscal, então, você também paga impostos e esse imposto deve ser aplicado como custo de produção.

6
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Horas Trabalhadas – Você também deve levar em conta quanto tempo você gasta para fazer o produto. Porque você concorda
comigo, que produzir um produto que leva 15 minutos e produzir um produto que leva 5 horas, é totalmente diferente? Então, o
tempo é um fator importante para você considerar.

Eu vou te mostrar como você vai considerar o tempo daqui a pouquinho...

Lucro – O lucro deve ser calculado sobre o preço total. É o que vai fazer seu negócio ser lucrativo.

Depreciação de Máquinas e Equipamentos – Apesar de não ter sido citada na imagem representativa acima, essa eu tenho quase
certeza que você não considera em seu cálculo e não faz ideia da importância. Eu acredito que 99,9% dos artesãos não consideram
esses custos. E eu vou te provar que isso é extremamente importante para que o seu artesanato não dê prejuízos no futuro.

E por último, o Frete – Se você vai vender pela internet, o frete é importantíssimo. Tem alguns sites que já calculam o frete na hora
que o cliente compra, e tem outros que não. Então, você precisa ficar atento(a) com essa parte para não esquecer de considerar no
cálculo ou então cuidado para não aplicar esse custo 2 vezes no preço final. Agora, se o frete não é calculado no seu site ou lojinha
virtual, você não pode esquecer de incluir o frete no preço.

Atenção! Nem todos os itens citados podem ser aplicados para todo mundo.

As vezes para o seu artesanato, alguns itens não estão presentes, então, é só você ignorar. Agora, pode ter algum item que não citei
aqui no e-book. Nesse caso, você precisa pensar todos os custos que envolvem seu artesanato para não esquecer de considerar no
cálculo.

Então, dá uma olhada se esses custos que eu citei aqui servem para você, ou se você tem algum custo extra que eu não coloquei
aqui, acrescente-o.

Tudo bem até aqui?

7
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Então, vamos agora para o cálculo de
preço na prática.

Vamos ver na prática e passo a passo, um


exemplo que eu separei para você calcular
o preço de um artesanato bastante
conhecido e muito procurado pelas
pessoas.

Não se preocupe se o exemplo abaixo não


for referente ao seu artesanato, pois uma
vez que aprender a calcular da forma que
eu ensino, vai conseguir aplicar esse
conhecimento para qualquer artesanato
que quiser ou precisar.

Então, vamos lá?

8
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
O meu exemplo aqui é desse aromatizador
de ambientes.

Então nós vamos calcular o preço


utilizando esse produto artesanal como
exemplo, ok?

Vamos relacionar todos os itens como


expliquei nas telas anteriores para
chegarmos no preço de venda na medida
para o seu caso. Sem correr o risco de
vender muito barato ou muito caro.

Esse processo é algo que você precisa fazer


de forma individual, pois cada artesão é
diferente e possui características únicas na
criação e também nem sempre podemos
considerar os mesmos custos de
fabricação.

9
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
A primeira coisa que eu vou fazer aqui é
calcular os custos da matéria-prima.

Então, vou anotar numa folha de papel


todos os materiais que eu uso para fazer
esse produto, ok?

No exemplo desse aromatizador, o que eu


uso?

240 ml de álcool de cereais – como foi


calculado neste exemplo ao lado.

1 litro custa R$ 9,90, porém, para a


composição deste aromatizador usaremos
apenas 240 ml.

Esse cálculo é uma dúvida muito comum,


mas resolvemos da seguinte forma, para encontrarmos o custo da proporção de apenas 240 ml referente a garrafa de 1L, como eu
faço?

10
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Eu pego o valor de 1 litro que custa R$ 9,90 e multiplico por 240ml, o resultado dessa conta, eu divido por 1000ml que é referente
ao litro do galão. Esse cálculo vai me dar o preço exato da proporção que é R$ 2,38 (dois reais e trinta e oito centavos).

Então, você pode fazer isso na mão mesmo, pegue um caderninho e anota qual é o material que você usa e quanto custa esse
material.

Vamos para a próxima matéria-prima...

66 ml de essência lavanda – aqui vou aplicar a mesma conta que fiz acima. Estou considerando que você tenha adquirido 1 litro
desta essência e precisa utilizar apenas 66 ml para a produção de seu aromatizador. Como calcular a proporção desejada?

Lembrando que a gente está calculando o custo para a produção de apenas 1 aromatizador, certo?

Então, sabendo que R$ 79,00 é o valor do galão de 1 litro de lavanda que você possui, o que eu faço?

Eu pego esse valor e multiplico por 66 que é a quantidade de ml que será utilizada na composição e o resultado é divido por 1000,
que se refere a 1 litro, porém, eu o converti em ml para a conta ficar mais fácil. Desta forma, eu obtenho o preço de custo exato
referente a 66 ml. No caso deu R$ 5,21 (cinco reais e vinte e um centavos).

O cálculo das varetas ficará assim, são 8 varetas, considerando que você tenha um pacote fechado com 50 varetas grandes e pagou
por esse pacote R$ 6,50.

Para saber o preço de custo de apenas 8 varetas, você coloca o valor do pacote R$ 6,50 e multiplica por 8 que é a quantidade de
varetas que você quer saber.

O resultado disso você divide pelo total de varetas do pacote, no caso, 50. Isso vai dar o preço de custo de apenas 8 varetas, ou
seja, R$ 1,04 (um real e quatro centavos).

11
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
E o último é 1 vidro cubo de 350 ml para colocar o líquido da composição. E custa R$ 5,70.

Então, eu peguei todas as matérias-primas, calculei o preço conforme explicado.

Somando tudo, deu R$ 14,33 (quatorze reais e trinta e três centavos).

Nesse exemplo, esse foi o custo apenas da matéria-prima para a confecção deste aromatizador de ambientes.

Agora, tome cuidado para não cobrar do cliente ferramentas de trabalho, neste foi preciso usar medidor de funil, jarra, espátula e
outras ferramentas de trabalho para esse tipo de artesanato. Note que não foi citado no orçamento.

Porque não é legal considerar o valor dessas ferramentas no preço?


Porque, por exemplo, um medidor eu faço um número incontáveis de aromatizadores e servirão para outros produtos, certo? Basta
cuidar bem destas ferramentas e durará por muito tempo. E outra, essas ferramentas devem ser consideradas como investimento
do seu negócio e conforme você vai lucrando, esse investimento será pago a curto ou médio prazo.

12
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Próximo item...

Horas Trabalhadas – quantas horas você


gasta para produzir um produto? Nesse
caso, vamos considerar o tempo para
produzir esse Aromatizador.

É aquele exemplo que falei... se você gasta


em um trabalho 15 minutos e no outro 5
horas, concorda que são coisas bem
diferentes?

Então, você tem que considerar o seu


tempo de trabalho corretamente, ok?

Agora, você precisa definir a meta de


quanto vai tirar por mês. É o que seria a
sua meta de salário mínimo, ou seja, qual o
salário você gostaria de ganhar com artesanato?

Então pega o salário que você gostaria de ganhar, divide por 160 e você vai ter o valor mínimo da hora trabalhada.

13
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Agora, porque eu peguei o salário mínimo e dividi por 160?

Porque 160 é o número de horas que uma pessoa trabalha em 1 mês.

Como que eu cheguei nesse número?

Eu peguei 40 horas semanais que é um número padrão de trabalho em qualquer empresa. E multipliquei por 4, pois são 4 semanas
no mês, certo? Isso vai dar 160, entendeu?

Então você vai usar o valor que você considerar mais adequado para o seu caso.

Se você pensar: “Poxa, o salário mínimo não está bom pra mim, gostaria que meu salário fosse de 2.000 mil reais mensais”.

Então você pega 2.000 e divide por 160.

O resultado desta conta vai te mostrar o valor de 1 hora de trabalho.

E assim, você poderá acrescentar o valor da hora trabalhada no preço de custo de produção.

Essa é uma parte importante para o crescimento de seu negócio, porém, você precisa ter bom senso e especificar seu salário com
muito cuidado, para que o preço final não se torne muito caro para o cliente.

14
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Próximo item...

Custos fixos – Se você tem um ateliê ou


loja física, você deve considerar os custos
fixos desse seu empreendimento que
podem ser:

Água, luz, telefone, internet... tudo que


você gasta para manter seu espaço físico
funcionando, porque isso faz parte do
custo de produção do seu artesanato.

Então, por exemplo, vamos supor que eu


tenho um ateliê e gaste R$ 180 por mês
somando água, luz, internet, telefone.

E suponhamos que esse mês está previsto


eu produzir 100 produtos. O cálculo ficaria
assim: você pega os 180 reais de custo e divide por 100 que é o total de produtos que você irá produzir nesse mês.

Isso vai te dar o custo fixo por produto. Neste exemplo, foi de R$ 1,50 (um real e cinquenta centavos) por produto.

15
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Então esse é o seu custo fixo por produto, ok?

Você tem que considerar isso, mas tem que tomar um pouco de cuidado com essa parte aqui também para não informar uma
estimativa muito distante porque pode ocorrer 2 problemas:

1° Problema: Se você informar uma projeção muito baixa, o custo por produto ficará mais caro fazendo com que o preço final fique
elevado para cliente.

2° Problema: Agora, se você informar uma projeção muita alta, o custo ficará mais barato para o cliente, porém, quem assumirá o
verdadeiro custo de produção será você, e é aqui que mora um dos grandes problemas, porque muito artesão esquece ou não aplica
esse tipo de custo corretamente, assumindo literalmente todo o custo fixo de produção para o seu próprio bolso, gerando sérios
prejuízos.

16
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Próximo item...
Impostos – Se você em CNPJ, isso significa
que você paga impostos, certo?

Eu coloquei aqui 2 tipos de empresas que


os artesãos geralmente tem:

A pessoa pode ser um MEI – Micro


Empreendedor Individual, geralmente são
pessoas que pagam um pequeno valor fixo
mensal de imposto para a prefeitura.

Então, você precisa pegar esse valor fixo


de imposto e dividir pelo número total de
produtos que você produz no mês. Aí você
vai ter o valor de imposto por cada
produto.
Agora, se você for uma ME – Micro Empresa, você vai pagar um percentual do total que for vendido. Geralmente uma micro
empresa paga 6%, essa porcentagem dependerá muito da atividade que você registrou na abertura de sua empresa. Você pode
solicitar essa informação para o seu contador. Mas no geral, é 6% aproximadamente. Então você tem que incluir no preço final do
produto, 6% que é referente ao imposto.

17
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Vamos agora calcular o valor de venda.

Resumi tudo aqui numa tabela e mais


algumas coisas que eu tinha considerado
antes.

Então, na matéria-prima eu tinha calculado


R$ 14,33.

Veja que eu coloquei ao lado também tags


e cartões. Porquê?

Em cada peça produzida, eu considerei que


o cliente pediu um cartãozinho e uma tag.
Então, nesse exemplo, do aromatizador
que estamos produzindo, o custo foi de R$
1,00.

Horas trabalhadas, eu também considerei no cálculo lembra? Que foi salário mínimo divido por 160. Na verdade eu não considerei
o salário mínimo, eu considerei um pouquinho a mais. Então, naquele cálculo deu R$ 5,00 a hora. E considerei que eu gastei apenas

18
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
30 minutos para fazer esse aromatizador. Então se 1 hora de trabalho é R$ 5,00, meia hora dá R$ 2,50 (dois reais e cinquenta
centavos).

Agora, se eu gastasse 2 horas de trabalho, é só pegar R$ 5,00 e multiplicar por 2. Isso dará R$ 10,00, e assim por diante.

Outra coisa, embalagem. Coloquei aqui o preço da embalagem. Se eu for enviar pelos correios, por exemplo, eu vou precisar da
embalagem ou se você vende em lojas ou gosta de entregar seu produto numa embalagem diferenciada, considere ela aqui
também.

Então somando esses gastos até o momento, deu R$ 20,83. Somei todos os gastos!

Agora como que eu chego no meu preço de venda?

Para isso você deve considerar a sua margem de lucro.

A margem de lucro é o que vai fazer a sua empresa crescer ou te fazer lucrar, então, a margem de lucro é uma das partes mais
importantes do cálculo.

Então, você vai pegar esse total parcial e aplicar uma margem de 50%.

Eu apliquei uma margem de lucro de apenas 50%, mas é você quem escolhe quantos porcentos quer ganhar de lucro em cada
produto, ok?

Do que depende essa margem de lucro?

Do preço dos seus concorrentes, do acabamento do seu produto, da matéria-prima utilizada. Então, você pode colocar uma
margem maior ou uma margem menor. Isso vai depender de todos esses fatores.

19
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Então, o total parcial ficou R$ 20,83 x 50%, você vai lucrar R$ 10,41.

O total final do preço de venda desse produto que você vai passar para o cliente é de R$ 31,24.

Agora, após você calcular o preço final de venda seu produto, você deve comparar esse valor com o valor dos seus concorrentes
para saber se ficou dentro do mercado.

Vamos ver alguns exemplos.

20
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Pesquisei na internet, 3 concorrentes que
fazem aromatizadores e que utilizaram as
mesmas composições do meu exemplo.

Não são completamente iguais, mas


bastante semelhantes.

Então, eu encontrei um aromatizador que


custa R$ 40,00, outro que custa R$ 47,00 e
outro que custa R$ 50,00.

A média de preço desse produto e de R$


45,66.

Como encontrei essa média?

Eu simplesmente somei os 3 valores dos


concorrentes e dividi por 3, o total é a
média.

21
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Vamos relembrar alguns pontos
importantes...

Lembra que o preço de venda desse


aromatizador havia dado R$ 31,24?

Repare que esse preço de venda ficou um


pouco abaixo do preço de mercado, da
média de mercado.

Então, o que eu posso fazer nesse caso?

Posso aumentar um pouquinho a margem


de lucro.

Vamos lá?

22
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Se a média de mercado desse produto é
R$ 45,66, eu vou aumentar um pouco a
margem de lucro.

De 50%, eu calculei agora para 120% e o


meu preço chegou em R$ 45,82. Agora sim
estou com um preço praticado dentro do
mercado.

Se eu quisesse o preço um pouco mais


barato, eu poderia aplicar uma margem,
por exemplo, de 110%.

Então, você viu aqui que nesse caso, você


pode reduzir o preço do seu produto de
maneira consciente, sabendo que mesmo
reduzindo, você não vai ter prejuízo, só vai
ter um lucro um pouco menor.

Por isso, essa é a importância de saber calcular o preço de venda da forma correta para que você diminua ou aumente o preço de
maneira consciente, sabendo o que está fazendo.

23
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Então, esse seria o preço final de venda de meu aromatizador com base nos meus concorrentes: R$ 45,82.

Agora, vamos pensar o seguinte, suponhamos que eu queira fazer um preço promocional para oferecer em datas comemorativas ou
em datas importantes!

Como oferecer descontos no preço de um produto sem ter prejuízo?

Se você sabe todos os custos que estão envolvidos nesse produto, é só diminuir um pouco mais a sua margem de lucro. Lembra que
eu havia colocado 120% de margem de lucro? Então, vou reduzir para 100% que por sinal ainda é uma excelente porcentagem de
lucro. E de R$ 45,82, ele vai sair por R$ 41,66.

Você está baixando o preço para o seu cliente, não no chute, não sem controle, está baixando o preço com base nos números.

Então, tendo esse controle, você pode garantir uma boa margem de lucro e garantir o seu trabalho para que seja sempre lucrativo
e que seu negócio cresça, ok?

Bem, então é isso que eu queria te ensinar, espero que você tenha gostado do conteúdo desse e-book e ficaria feliz em receber seus
comentários, me escreva dizendo o que achou.

Agora, se você achou todos esses cálculos complicados ou cheio de detalhes, saiba que eu lancei recentemente uma planilha que
realiza todos esses cálculos para o artesão, onde não é necessário calcular nada a mão, pois a planilha possui as fórmulas
matemáticas corretas e foi projetada para calcular todos esses cálculos de forma automática.

Isso significa que você não vai mais perder dinheiro porque essa planilha garante o seu lucro a cada peça ou produto calculado, além
de calcular o preço de seu artesanato da forma correta.

A planilha se chama CPAELA – Cálculo de Preço Altamente Eficaz e Lucrativa no Artesanato.

24
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR
Assim que terminar de ler esse e-book, entre em contato comigo e diga que leu meu e-book, pois estarei disponibilizando um
Cupom Exclusivo para acesso a CPAELA apenas para as primeiras pessoas que leram meu e-book e entrarem em contato por e-mail.

Então, recapitulando: As primeiras pessoas que entrarem em contato comigo no e-mail contato@artesanatorico.com.br solicitando
o Cupom Exclusivo para acesso a essa ferramenta, conseguirão ter para sempre em seu computador a planilha CPAELA + 4 Bônus
Exclusivos.

Ainda dá tempo, entre em contato assim que possível.

Espero que tenha gostado do E-book Gratuito e fico à disposição.

Um super beijo e até a próxima! :)

Carla Tiago
Artesanato Rico

25
WWW.ARTESANATORICO.COM.BR