Você está na página 1de 2

IDENTIFIQUE OS ARGUMENTOS UTILIZADOS NOS TEXTOS ABAIXO:

· Argumento de autoridade: ajuda a sustentar o ponto de vista, pois lança mão da voz de um especialista, uma pessoa
respeitável (líder, artista, político) ou uma instituição de pesquisa considerada autoridade no assunto em debate.
A – O cinema nacional conquistou nos últimos anos qualidade e faturamento nunca vistos antes. “Uma câmera na mão e uma
ideia na cabeça” - a famosa frase-conceito do diretor Gláuber Rocha – virou uma fórmula eficiente para explicar os R$ 130 milhões
que o cinema brasileiro faturou no ano passado. (Adaptado de Época, 14/04/2004)
_____________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________

· Argumento por exemplificação: pretende-se levar o leitor a admitir a tese ou a conclusão justificando-a por meio de exemplos de
um fato ocorrido, mostrando que aquilo que se defende é válido.
B - Vejam os exemplos de muitas experiências positivas — Jundiaí (SP), Campinas (SP), São Caetano do Sul (SP), Campina
Grande (PB) etc. — sistematicamente ignoradas pela grande imprensa. Tantos exemplos levam a acreditar que existe uma
tendência predominante na grande imprensa do Brasil de só noticiar fatos negativos.
_____________________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________

·Argumento de provas concretas ou de princípio: comprova seus argumentos com informações contestáveis: dados
estatísticos, fatos históricos, acontecimentos notórios.

C - De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílio (PNAD) de 2008, o telefone, a televisão e o computador estão
entre os bens de consumo mais adquiridos pelas famílias brasileiras. Esses dados mostram que boa parte desses bens de
consumo é ligada ao desejo de se comunicar. A presença desses três meios de comunicação entre os bens mais adquiridos pelos
brasileiros é uma evidência desse desejo.

Argumentação por causa e consequência: a tese ou a conclusão é aceita justamente por ser uma causa ou uma consequência
dos fatos apresentados, ou seja, um fato ocorre em decorrência de outro.

D - Ao se desesperar num questionamento em São Paulo, daqueles em que o automóvel não se move nem quando o sinal está
verde, o indivíduo deve saber que, por trás de sua irritação crônica e cotidiana, está uma monumental ignorância histórica. São
Paulo só chegou a esse caos porque um seleto grupo de dirigentes decidiu, no início do século, que não deveríamos ter metrô.
Como cresce dia a dia o número de veículos, a tendência é piorar ainda mais o congestionamento – o que leva técnicos a
preverem como inevitável a implantação de perigos.

Apresentaremos alguns temas e você se incumbirá de encontrar uma causa e uma conseqüência para cada um deles. Escreva-
as,seguindo o modelo apresentado acima:

1 Tema: As linhas de ônibus que percorrem os bairros das grandes metrópoles não têm demonstrado muita eficiência no
atendimento a seus usuários.
Causa:

Conseqüência:

2 Tema:A convivência familiar está muito difícil.


causa:

Conseqüência:

3 Tema: As novelas de televisão passaram a exercer uma profunda influência nos hábitos e na maneira de pensar da maioria dos
telespectadores.
Causa:
Conseqüência:

4 Tema:As doenças infecto-contagiosas atingem particularmente as camadas mais carentes da população.


Causa:

Conseqüências:

5 Tema:Apesar de alertados por ecologistas, os lavradores continuam utilizando produtos agrotóxicos indiscriminadamente.
Causa:

Conseqüência:

1) Nos parágrafos abaixo, sublinhe a tese e coloque os argumentos entre parênteses.

a) As leis já existentes que limitam o direito de porte de arma e punem sua posse ilegal são os instrumentos que efetivamente
concorrem para o desarmamento, e foram as responsáveis pelo grande número de armas devolvidas por todos os cidadãos
responsáveis e cumpridores da lei, independentemente de sua opinião a favor ou contra o ambíguo e obscuro movimento
denominado desarmamento. Os cidadãos de bem obedecem às leis independentemente de resultados de plebiscito, enquanto os
desonestos e irresponsáveis só agem de acordo com seus interesses desobedecendo a todos os princípios legais e sociais, e
somente podem ser contidos através da repressão. (Opinião, site o Globo. In: http://oglobo.globo.com/opiniao/mat/2011/04/12/a-
quem-interessa-um-plebiscito-sobre-desarmamento-924221689.asp)

b) As ditaduras militares foram uma infeliz realidade na América do Sul dos anos 1960 e 1970. Em todas elas houve drástica
repressão às oposições e dissidências, com a adoção da tortura e da perseguição como política de governo. Ao fim desses
regimes autoritários adotaram-se formas semelhantes de transição com a aprovação das chamadas leis de impunidade, as quais
incluem as anistias a agentes públicos. (Eugênia Augusta Gonzaga e Marlon Alberto Weichert, Carta capital.
In:http://www.cartacapital.com.br/sociedade/o-brasil-promovera-justica)

09. Qual dos dois é argumentativo?

TEXTO I
O aborto consiste na interrupção de uma gestação em qualquer uma de suas fases. Em países como a Holanda, é uma
prática comum e de amparo legal. No Brasil, onde, anualmente, centenas de mulheres sofrem mutilações ou chegam ao
óbito em clínicas clandestinas, o aborto só é permitido legalmente, em casos de estupro ou risco para a vida da mãe.
Embora haja essas duas possibilidades de concessão, ainda existe uma forte polêmica moral e religiosa acerca do assunto,
envolvendo, inclusive, a opinião pública.

TEXTO II
O aborto é uma prática inaceitável de banalização da vida e, por isso, deve continuar classificado como ilegal. Trata-se do
assassinato de um ser inocente e indefeso, configurando, portanto, um crime. A sociedade não pode permitir a aprovação
de leis que tentem abalizar tal absurdo, sob a argumentação de preocupação com a saúde da mulher. Para cuidar da saúde
feminina há que aprovar normas que garantam, entre outras medidas, o planejamento familiar; e não liberar o descarte da
vida humana.