Você está na página 1de 11

ATIVIDADES DE NIVELAMENTO

CADERNO DO PROFESSOR
8º Ano / Ensino Fundamental
Coordenação de
Língua Portuguesa
ESCOLA MUNICIPAL ________________________________________________________
TERESINA-PI, __________ DE ______________________________ DE _______________
ALUNO (A): _________________________________________________________________
PROFESSOR (A): _____________________ TURMA: _______ TURNO: _______________

ATIVIDADE 1 – DURAÇÃO: 2 h – GÊNERO: Texto dramático

CONVERSANDO:
Você já foi ao teatro? Já leu uma peça de teatro? O texto a seguir é a cena inicial da peça A última chance,
escrita por Marcia Kupstas com base no livro Um conto de Natal, do escritor britânico Charles Dickens (1812-1870).
Sabendo disso e analisando o título da adaptação para o teatro que será lida, de que maneira você imagina que o tema
natalino será abordado nessa leitura?
A última chance

PERSONAGENS
(por ordem de entrada)
EBENEZER SCROOGE (protagonista), maior avarento de Londres
BOB CRATCHIT, empregado fiel de Scrooge
CRIANÇAS CANTORAS (ou dubladoras), para o primeiro ato
SOBRINHO DE SCROOGE
[...]
PRIMEIRO ATO

ESCRITÓRIO DE EBENEZER SCROOGE. Destaque para uma porta de vidro com os nomes “ Scrooge e Marley”.
Em cena, dois personagens: Scrooge e Bob. Bob está num canto, iluminado por vela, curvado sobre um caderno,
escrevendo. De vez em quando, para e assopra os dedos, demonstrando muito frio. Numa escrivaninha larga está
Scrooge, bem agasalhado, com luvas e gorro.

(Crianças entram no palco – ou podem vir da plateia – cantando ou dublando canções de Natal. Trazem arranjos
natalinos e enfeites. Agem como se estivessem na rua. Scrooge para de trabalhar e fica ouvindo. Fala para a
plateia:)

SCROOGE: Ah! O Natal! Que época curiosa é o natal! As pessoas largam os afazeres do dia a dia e se dedicam a
brincar, festejar dar presentes. Todos procuram bens sentimentos dentro de si.
(Scrooge levante-se e se aproxima da plateia, enquanto fala:)
SCROOGE: Todos desejam boas festas uns aos outros, mesmo às pessoas estranhas. Todos querem encontrar a
bondade, a felicidade e a caridade. Por isso mesmo eu só posso dizer, nessa época do ano, que...
(Scrooge abre os braços e sorri para a plateia, como se fosse desejar bons votos.)
SCROOGE (Grita.) ... que... EU ODEIO O NATAL!

(Luz pisca, crianças saem correndo. Barulho alto de campainha. Há um rapaz diante da porta. Toca de novo a
campainha.)

SCROOGE (Senta atrás da escrivaninha; grita.): Booooooob! Está surdo, rapaz? Vá atender a porta!

(Bob corre para a porta. Entra com o sobrinho de Scroog, que cumprimenta com um abraço. Bob agradece e volta
para o canto. O sobrinho vai até a escrivaninha de Scrooge e tenta abraçar o tio, que se encolhe.

SOBRINHO: Feliz Natal, meu querido tio Scrooge! Que bom encontrar o senhor aqui!
SCROOGE: Ora, e onde estaria eu senão no meu escritório?
SOBRINHO: É mesmo, onde alguém deveria estar, em plena véspera de Natal, senão trabalhando no escritório?
SCROOGE (Fala que sem tirar os olhos do caderno.): O que deseja, sobrinho? Fale logo! Não tenho tempo para
perder com bobagens.
SOBRINHO: Pois não irá perder e sim ganhar! Trago um convite. Venha almoçar amanhã na minha casa. Que tal?
SCROOGE: Ora, nunca fui à sua casa!
SOBRINHO: Por isso mesmo, tio! É Natal e o senhor é meu único parente.
SCROOGE: Todo Natal você insiste nessas bobagens.
SOBRINHO: E continuarei insistindo, tio! Acredito que essa é a época de a família se reunir, trocar presentes,
conversar...
ATIVIDADES DE NIVELAMENTO/SEMEC-2018/8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL
SCROOGE: Pois podem muito bem passar sem mim! Presentes? Nada quero ganhar e muito menos quero retribuir!
Visitas? Nunca visito ninguém para não ter depois de aguentar visitas em casa! Rir, conversar? Grande tolice,
sobrinho, quanta tolice!
SOBRINHO: Mas, tio... Como fica o espirito do Natal?
SCROOGE (Muito irritado, sai de trás da mesa, fala e gesticula.): Espírito de Natal? Pois eu prefiro ser espírito de
porco e não perder o meu tempo! Tempo é dinheiro, sobrinho, não sabia disso?
SOBRINHO: Tio, não fale assim! É impossível! Até o senhor tem de ser tocado pelo generoso espírito de Natal.
SCROOGE (Grita): Tolices! Só idiotas gostam do Natal. Duvida? BOOOOOOOOOOOOOOB!

(Bob pula da sua mesa e corre para perto de Scrooge)

BOB: Chamou, patrão?


SCROOGE: Diga-me, Bob: você gosta do Natal?
BOB: Claro, Scrooge!
SCROOGE (satisfeito, para o sobrinho): Não falei? (Volta-se para Bob.) E por que gosta do Natal, Bob?
BOB (surpreso com a pergunta): Porque o Natal é uma época feliz, nós ficamos mais generosos, desejamos coisas
boas para os outros e...
SCROOGE (Para Bob.): Perda de tempo, desculpa para a preguiça! Que faz aqui? Volte já para o seu trabalho.

(Bob volta correndo para sua mesa. O sobrinho está desconsolado.)

SOBRINHO: Lamento que pense assim, mas eu acredito no espírito do Natal. É por isso que insisto em lhe desejar
boas festas, tio Scrooge, e um feliz Natal.
Márcia Kupstas. A última chance. São Paulo: Melhoramentos, 2013. P. 10;13-22.

1- Como vimos, a história lida se passa na época do Natal. Sobre isso, responda às questões a seguir:
a) Em quais partes do texto isso fica evidente?
R. Já no início, crianças entram no palco cantando ou dublando canções de natal. A primeira fala de Scrooge também
revela a época do ano. Ao abrir a porta para o sobrinho de Scrooge, Bob é cumprimentado com desejos de feliz natal.

b) Considerando as características das personagens e o momento em que a história se passa, qual seria o motivo de a
obra chamar-se A última chance?
R. Sugestão de resposta: seria a última chance de Scrooge ser envolvido pelo espírito do Natal e ser gentil com as
pessoas.

2- Sobre as personagens principais do trecho lido, responda:


a) Quais são elas? Como você chegou à resposta?
R. Scrooge, seu sobrinho e Bob. O nome de cada um aparece antes da fala.

b) Quando Scrooge diz que não tem tempo para perder com bobagens, por que seu sobrinho afirma que ele não vai
perder e sim ganhar?
R. Porque ele foi fazer um convite ao tio para almoçar em sua casa no dia seguinte.

c) O que essa fala de Scrooge revela sobre ele mesmo? E sobre seu sobrinho?
R. Essa fala revela que o tio é alguém que só pensa em benefício próprio, que para ser convencido de passar um
tempo com o sobrinho é preciso que ganhe algo em troca. O sobrinho, por sua vez, mostra-se uma pessoa preocupada
com os outros, principalmente com seu tio.

3- Diferentemente de outros textos narrativos, como contos, romance e crônicas, no texto dramático, em geral, não
há narrador para contar os fatos ocorridos.
a) de que forma os fatos são apresentados ao leitor?
R. Por meio das falas e ações das personagens.

b) Ao longo do texto, aparecem as indicações cênicas, que não são falas de personagens.
 Qual é a função dessas indicações?
R. possíveis respostas: Descrever o cenário; Indicar a movimentação das personagens; Indicar o modo como as
personagens falam, etc.
 De que maneira elas aparecem destacadas no texto?
R. Elas aparecem entre parêntese e em itálico.

4- Analise o seguinte trecho.


ATIVIDADES DE NIVELAMENTO/SEMEC-2018/8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL
SCROOGE (Muito irritado, sai de trás da mesa, fala e gesticula.): Espírito de Natal? Pois eu prefiro ser espírito
de porco e não perder o meu tempo! Tempo é dinheiro, sobrinho, não sabia disso?

 Explique o que significa a expressão em destaque.


R. Pessoa que adora arrumar problemas, antipática, baixo-astral.

5- A última chance é um texto dramático, também conhecido como texto teatral. Qual o principal objetivo do gênero
dramático?
R. É ser encenado, por isso apresenta rubricas, que são as indicações cênicas.

6- Releia o texto a seguir e responda às questões:

SCROOGE: Todos desejam boas festas uns aos outros, mesmo às pessoas estranhas. Todos querem encontrar a
bondade, a felicidade e a caridade. Por isso mesmo eu só posso dizer, nessa época do ano, que...
(Scrooge abre os braços e sorri para a plateia, como se fosse desejar bons votos.)
SCROOGE (Grita.): ... que... EU ODEIO O NATAL!

 Que efeito de sentido o uso das reticências cria nesse trecho?


a) Dúvida, hesitação.
b) Certeza, convicção.
c) Suspense expectativa.
d) Insegurança, medo.

7- A última fala deste trecho condiz com a primeira e com a indicação da rubrica? Que efeito essa fala cria?
R. Não, ela quebra a expectativa do leitor, pois a primeira fala dele e a rubrica pareciam indicar que ele gostava de
Natal.

8- Como você imagina que essa história termina? O que você acha que vai acontecer com Scrooge? Será que a
opinião dele sobre o Natal vai continuar igual?
R. Resposta pessoal.

9- O professor apresentará as partes do texto dramático e você irá identificar, no texto a seguir, cada parte
adequadamente.

SEGUNDO ATO parte do texto dramático


rubrica
Mesma sala. Entram Caroba, Margarida e Dodó
Nomes dos personagens CAROBA: Mas que jeito eu podia dar? Ele queria a entrevista, eu estava
que dialogam precisando agradá-lo para ele confiar em mim e o jeito foi marcar!

DODÓ: Que jeito que nada! O que há é que você se acostumou a agradar
meu pai e ficou contra mim!
SUASSUNA, Ariano. O santo e a porca. Rio de Janeiro: José Olympio, 2013, p. 77.

ESQUEMATIZANDO:

TEXTO DRAMÁTICO

CARACTERÍSTICAS
PÚBLICO-ALVO Dividida em atos ou cenas.
OBJETIVO Diretores, atores, equipe técnica Presença de rubricas.
Orientar a encenação de uma da peça e apreciadores de obras Fala dos personagens indicadas pelos
peça teatral. literárias. respectivos nomes.

ATIVIDADES DE NIVELAMENTO/SEMEC-2018/8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL


ATIVIDADE 2 – DURAÇÃO: 2 h – CONTEÚDO: Verbo

Leia o texto a seguir para responder às questões 1 e 2.

1- Escreva os verbos e as locuções verbais que aparecem no texto e diga em que tempo estão.
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

2- Qual o tempo predominante nas falas do jovem artista? E nas de seu interlocutor?
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

Leia o texto a seguir para responder às questões 3 e 4.

3- Em que tempo estão as formas verbais destacadas?


______________________________________________________________________________________________

4- Explique a mudança de significado provocada pela troca do tempo verbal das formas verbais “vinham”/ “vieram”;
“voltavam”/ “voltaram”.
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

Leia o texto a seguir para responder às questões de 5 a 8.

Disponível em: http://adao.blog.uol.com.br/arch2008-09-01_2008-09-30.html>Acesso em: 29 jan. 2018.

ATIVIDADES DE NIVELAMENTO/SEMEC-2018/8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL


5- Você se surpreendeu com a explicação que a personagem dá para o fato de gostar de caminhos difíceis e
esburacados?
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

6- Quando leu o primeiro quadrinho, que razão você imaginou que o homem daria para não gostar de estradas fáceis?
______________________________________________________________________________________________

7- Escreva os verbos que aparecem nos dois primeiros quadrinhos do texto e diga em que tempo estão.
______________________________________________________________________________________________

8- Qual é a ideia expressa por esse tempo verbal, no contexto desses quadrinhos?
______________________________________________________________________________________________

Leia o texto a seguir para responder às questões de 9 a 13.

9- Qual a relação entre o texto e a imagem?


______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

10- Qual é a principal recordação que o eu poético preserva da cidade?


______________________________________________________________________________________________

11- Os verbos destacados no texto estão em que tempo?


______________________________________________________________________________________________
ATIVIDADES DE NIVELAMENTO/SEMEC-2018/8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL
12- Por que, provavelmente, o poeta escolheu esse tempo verbal?
______________________________________________________________________________________________

13- Em que tempo está a forma verbal destacada na última estrofe? Por que o poeta usou esse tempo verbal?
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

Leia o texto a seguir para responder às questões de 14 a 16.

14- Qual a finalidade desse texto?

______________________________________________________________________________________________
__________________________________________________

15- Em que tempo e em que pessoa está conjugada a maioria das formas verbais empregadas no texto?
______________________________________________________________________________________________
__

16- Geralmente, os textos de propaganda utilizam verbos no modo imperativo. Nesse texto, não se empregou
o modo imperativo para dar as recomendações ao leitor. Em sua opinião, por que foi usado o tempo e a
pessoa que você identificou no item anterior?
_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________
__________________________________________________________________

Leia o texto a seguir para responder às questões de 17 a 19.

ATIVIDADES DE NIVELAMENTO/SEMEC-2018/8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL


17- Em sua opinião, Garfield leva a sério a fala do primeiro quadrinho?
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

18- Nesse texto, aparece uma locução verbal no futuro do presente. Qual é ela?
______________________________________________________________________________________________

19- Como ficaria se usássemos apenas um verbo?


______________________________________________________________________________________________

Leia o texto a seguir para responder às questões de 20 a 23.

20- Observe o cartaz do filme. Pela postura das personagens, pela idade delas,
pelo figurino, podemos deduzir se o filme é para crianças ou adultos?

1- Verbos: fizeram (pretérito perfeito), sei (presente), desisto (presente); locuções verbais: vou serigrafar, vou pregar, vou usar (futuro).
2- Nas do jovem artista, predomina o futuro; nas de seu interlocutor, o pretérito perfeito.
______________________________________________________________________________________________
3- No pretérito imperfeito.
______________________________________
4- A frase original conta uma ação habitual: os lampioneiros sempre iam acender e apagar os lampiões. Com o pretérito perfeito, a frase
passa a expressar um fato ocorrido e concluído num determinado momento do passado; refere-se, portanto, a um único episódio.
21- Em quepessoal.
5- Resposta tempo foi conjugado o verbo que aparece no título do filme?
6- Resposta pessoal.
______________________________________________________________________________________________
7- Gosto: presente do indicativo.
______________________________________
8- Nesses quadrinhos, o presente do indicativo indica que o fato é habitual.
9- O poema descreve a cidade representada na pintura.
22-
10-Que efeito
O reflexo da esse
cidadetempo
no lago.verbal produz no título?
______________________________________________________________________________________________
11- No pretérito imperfeito (refletia, morava, disputavam).
12- Porque o pretérito imperfeito indica ações que eram habituais no passado ou que tiveram longa duração.
______________________________________________________________________________________________
13- Está no pretérito perfeito. Porque o pretérito perfeito indica ações acabadas, que aconteceram uma única vez.
__________
14- Mostrar às pessoas como podem evitar a proliferação do vírus da dengue.
15- Na primeira pessoa do singular do presente do indicativo.
16- O tempo e a pessoa verbal empregados criam a impressão de que já há pessoas seguindo as recomendações e que servirão de exemplo
para todos; o tempo e a pessoa verbal escolhidos levam o leitor a imaginar que, para algumas pessoas, as ações de prevenção da dengue já
23-
sãoQue mudança de sentido haveria no título se fizéssemos as alterações abaixo?
habituais.
a)17-
O Não
queleva
vocêa sério,
fez?pois mostra-se interessado na programação que está passando na TV.
______________________________________________________________________________
18- Vou começar.
b)19-OComeçarei.
que você faz? ______________________________________________________________________________
c)20-
O Sim,
que provavelmente
você fará? _____________________________________________________________________________
para adultos.
21- No futuro do pretérito.
22- O futuro do pretérito é usado para expressar uma ação futura que aconteceria se outra acontecesse: O que você faria se... (determinada
coisa acontecesse?)
ATIVIDADES DE NIVELAMENTO/SEMEC-2018/8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL
23- a) A pergunta passaria a se referir a uma ação praticada no passado.
b) Ela passaria a se referir a uma ação habitual no presente.
c) A pergunta passaria a se referir a uma ação futura.
ATIVIDADE 3 – DURAÇÃO: 1 h – PRODUÇÃO DE TEXTO

Nesta atividade, você leu o texto dramático A última chance, de Márcia Kupstas, uma adaptação para o teatro
da obra Um conto de Natal, de Charles Dickens. Você aprendeu também que o principal objetivo de um texto
dramático é a encenação; por isso ele apresenta indicações cênicas, chamadas de rubricas. Agora é a sua vez de agir
como se fosse um dramaturgo e escrever um trecho de um texto dramático.
Releia o trecho do texto A última chance e imagine como foi o Natal de Scrooge. Você pode escrever a
continuação do texto a partir da última fala do sobrinho de Scrooge, em que deseja um “feliz Natal” ao tio, ou a cena
da ceia de Natal: imagine se Ebenezer Scrooge continua odiando a Natal ou algo o fez mudar de ideia sobre isso.

A sua produção deve conter no mínimo 15 linhas e, no máximo, 20 linhas.

O Natal de Ebenezer Scrooge

______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
ATIVIDADES DE NIVELAMENTO/SEMEC-2018/8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

ATIVIDADE 4 – DURAÇÃO: 1 h – PRODUÇÃO DE TEXTO

Leia:

Bill Watterson. Algo babando embaixo da cama. Cedibra, 1988. p. 99.

Na tira acima, o menino Calvin e o tigre Haroldo conversam sobre a transformação de um espaço. Os dois
não conseguem acreditar no que estão vendo. No lugar dos bosques, a construção de condomínios. Assim, não há
mais animais no local. Reflita sobre essa situação, buscando identificar as causas, as consequências e possíveis
soluções. Em seguida, produza um texto argumentativo sobre a destruição de um espaço natural.

Orientações para a produção:


1. Escreva o seu texto argumentativo, seguindo esta estrutura:
- Título;
- Introdução: apresentação do assunto do texto;
- Desenvolvimento: as suas ideias sobre o tema com argumentos;
- Conclusão: a sua opinião sobre o tema abordado.
2. O seu texto deve ser escrito segundo a norma culta da língua.
3. A sua produção deve conter no mínimo 15 linhas e, no máximo, 20 linhas.
ATIVIDADES DE NIVELAMENTO/SEMEC-2018/8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL
Bom trabalho!
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________________________

REFERÊNCIAS
DELMANTO, Dileta e CARVALHO, Laiz B. de. Jornadas.port: língua portuguesa, 7º ano. 1 ed. São Paulo: Saraiva,
2012.
PASSOS, Daniela Oliveira. Convergências: português, 8º ano. 1 ed. São Paulo: Edições SM, 2016.

ATIVIDADES DE NIVELAMENTO/SEMEC-2018/8º ANO ENSINO FUNDAMENTAL