Você está na página 1de 16

Semanário Independente

29 Anos
29.12.2017 • Ano XXIX.• N.º 1525 • 0,80 € (IVA incluído) • Fundado em 5.10.1988 PUBLICAÇÕES
PERIÓDICAS
Diretor: Carlos Manuel.| Av. Paulo VI, n.º 11 - 1.º C Fte. – 2040-325 RIO MAIOR AUTORIZADO A CIRCULAR
EM INVÓLUCRO FECHADO

tlf. 243 992 002 | fax 243 996 001| regiao@regiaoderiomaior.pt DE PLÁSTICO OU PAPEL
DE03222014RL/RCMC TAXA PAGA
PODE ABRIR-SE PARA
www.regiaoderiomaior.pt VERIFICAÇÃO POSTAL
PORTUGAL
C C E TAVEIRO

Carnaval do Rio 2018
EDITORIAL já se prepara
C ontra todos os vaticínios dos
grupinhos diretores da Praça
da República, não durou três ou quatro
em Rio Maior .7

Joana Tinta Sobreira, uma jovem
semanas, nem três ou quatro meses,
nem mesmo três ou quatro anos; dado
à estampa pela primeira vez em 5 de
outubro1988, o semanário Região de
Rio Maior publicou-se durante quase

riomaiorense Licenciada em Jornalismo
três décadas – 29 anos, 2 meses e 26
dias.
Assistiu a um boom de desenvol-
vimento, assumiu causas como a da


dotação da cidade com piscinas muni-
cipais, o Desporto como opção estra-
tégica de desenvolvimento do conce-
lho, a Escola Superior de Desporto (ES-
DRM), a localização do novo aeroporto
internacional em Ota, só para mencio-
nar algumas, e ultimamente a da tão ne-
cessária abertura do nó (górdio) do IC2
em Vale de Óbidos e a da Residência de
Estudantes da ESDRM. Espera-se ago-
ra, mais uma vez, a requalificação e mo-
dernização do troço da EN114 entre o
nó Este da A15 e a cidade.
Nos últimos dez anos, este jornal
viu denegada a garantia do tal aeropor-
to na Ota que havia balizado as opções
no concelho e na região e logo a seguir,
como se essa crise não bastasse, so-
mou-se-lhe a crise económica e finan-
ceira do país a engrossar o desfile de
perdas e danos. Região de Rio Maior
tudo suportou até onde pôde. Perdeu
páginas; das habituais 24 passou a 20
e depois a 16. De 5 trabalhadores efeti-
vos passou a 4, depois 3 e finalmente
2. Não importa falar do penoso que foi
esse caminho mas importa dizer que
apenas se conseguiu adiar por dois ou
três anos a insustentabilidade do proje-
to à qual também não são estranhas as
redes sociais, com o telemóvel na fren-
te, e a inundação de “notícias” que pro-
piciam, nem o hábito cada vez mais ar-
reigado da leitura gratuita de jornais e
revistas nos cafés, consultórios, biblio-
tecas, etc. – havendo mesmo casos
em que levam folhas do jornal ou o pró- Alexandra Soares
prio jornal –, com natural consequên-
cia nas vendas das publicações.
e o professor
João
Uma conversa Uma passagem pelas
Esta edição em papel do jornal Re-
com
memórias dos tempos!...
Paulo
gião de Rio Maior que o leitor tem nas
mãos é a última. Doravante, encontrará
Correia.
Alexandra
o título apenas em: www.regiaoderiomai
or.pt e em www.facebook.com/regiao Soares
deriomaior/. a propósito
Agradecemos aos assinantes, lei-
tores em geral, clientes, colaboradores, do movimento
fornecedores e aos nossos amigos que
nos acompanharam, alguns desde o pri-
pela
meiro número, ao longo dos anos. reintrodução
Agradecemos também às pessoas
dos pontos de venda do jornal. da bolota numa
E deem sustentabilidade ao que Rio alimentação

Œ
Maior ainda tem. „
Carlos Manuel humana
diretor
saudável .16
Deseja aos seus assinantes, leitores em geral, colaboradores, clientes
e fornecedores – à comunidade de Rio Maior e da região –, um
Próspero Ano Novo junto de quem mais amam e estimam.
Boas Festas e um Bom Dia de Reis!
2 29.12.2017 | SOCIEDADE/ OPINIÃO

IGREJA

A Palavra, Fonte de Vida
O ANO NOVO DOMINGO dentro da
Oitava do NATAL
NAT
por Miguel Félix Paulo
FESTA D
FESTA DAA SAGRAD
SAGRADAA FAMÍLIA
FAMÍLIA
(31 de dezembro)

E m Rio Maior, U m modelo cristão de família!
há sol e vento, há madeira, areia e pedra que também dão sustento,
há os que fazem pão e vinho, os que viajam do Algarve ao Minho,
os que vão e foram para fora, quem ande certinho e ande à nora,
A festa da Sagrada Família, a partir da última re-
forma do calendário litúrgico, foi colocada bem
dentro do ambiente natalício, no domingo a seguir ao
Natal. É no nascimento de Jesus que vemos por primeira
há quem sofra e chore, quem luta para que isto melhore,
vez reunida a Sagrada família. Por isso, o Natal é consi-
quem faz muito e quem não faça nada, derado por muitos, como a festa da família, pelo que a
quem escreva, quem martele, quem viva da terra arada, Igreja aproveita esta quadra litúrgica para nos traçar o
há os que estudam, os que procuram, os que furam, perfil da família cristã, proclamando a Palavra de Deus
que será, para quem a acolher, a sabedoria do coração
e os que fazem tudo de uma penada, que iluminará tantas dúvidas e incertezas que passam
há quem procure emprego, quem se queixe do desassossego, pelas famílias de hoje.
quem ande doente e quem respira saúde, À semelhança do mundo, a família também atravessa
quem converse amiúde e desbocados, profundas mudanças que ameaçam destrui-la, ameaças
sempre superadas ao longo da História, pelo respeito da
quem se procure tratar e os tratados, dignidade humana, pelo amor e misericórdia.
há o feliz e o triste, o passivo e aquele que anda de arma em riste, O Livro de Ben-Sira (3,3-7.14-17) proclamado nes-
há quem inspire, respire e transpire, ta festa, estabelece os fundamentos humanos que devem
há quem faça queijo, enchidos, quem faça mel e quem se pele, estar na base de toda a vida familiar. Amar pai e mãe é
um dever dos filhos porque Deus quer honrar os pais
por um prato de caracóis, uma bifana ou camarão, nos filhos e firmou sobre eles a autoridade da mãe.
quem seja igual e quem seja diferente, e então, Uma forma muito concreta de os filhos observarem este
quem ande no papel e quem ande na net, mandamento do amor filial é amparar os pais na ve-
lhice e garantir-lhes o merecido descanso. Este é um
quem tenha mota ou vespa e outros trotinette, dever de justiça da parte dos filhos para com os pais.
quem ande a gasóleo e quem ande elétrico, Estes merecem ter uma qualidade de vida digna quando
quem veja o vento e quem seja frenético, já não podem valer-se a si mesmos.
há crianças e jovens, idosos, de meia-idade, Durante a vida dos pais, os filhos não os devem des-
gostar, porque assim como a vida do filho é um dom de
quem tenha os pés na terra e quem ande nas nuvens, na aldeia e na cidade,
Deus aos pais, também a vida dos pais é um dom de Deus
gente branca e de cor, feiras e festa da flor, aos filhos.
gente pobre e gente rica, quem cá esteja e quem cá não fica, Finalmente, outro dever fundamental dos filhos é
há o que dura muito e o que dura pouco, aceitar os pais com muita compreensão e tolerância
quando a sua mente enfraquecer e estes vierem a
com algum juízo e outros com um pouco de louco,
perder o uso das suas faculdades. Quem assim proce-
quem anda na banda e o que apaga o fogo, der obterá o perdão dos seus pecados, encontrará
o que é para já e o que fica para mais logo, alegria nos seus filhos, será atendido nas suas sú-
quem tenha perspectivas e quem pense que não tem futuro, plicas e terá longa vida.
quem tem trabalho mole e quem tem trabalho duro, Se o Livro de Ben-Sira lembra aos filhos os seus deve-
res para com os pais, o Evangelho de S. Lucas (2, 41-52),
quem procure o que gosta e quem pouco se mostra, que nos relata a perda e o encontro de Jesus adolescente
há bola e mais desportos, no Templo, propõe aos pais um caminho de atenção
uns que andam direitos e outros tortos, e respeito pela vida a crescer no filho, em três grandes
lições da família de Nazaré.
há política e politiquice, coisa séria e muita malandrice,
A primeira lição é a preocupação de ir ao encontro
há desejo e ambição, promessas de futuro e desilusão, do filho. José e Maria procuram, com aflição, o filho que
há multas e coimas, carecas de chapéu e boinas, tinham perdido, porque Jesus tinha ficado em Jeru-
penteados, valentes, gordos, magros e desalinhados, salém, sem que os seus pais o soubessem.
estradas boas e cheias de buracos, A segunda lição é o diálogo. Maria, mãe de Jesus,
apressa-se a conversar com o filho para tentar entender a
caçadores de javalis e de tiro aos pratos, atitude dele e perguntou-Lhe porque tinha procedido
pastelarias e cafés em quantidade, assim com eles. Apesar da explicação dada por Jesus,
artistas a brincar e de verdade, naquele momento eles nada entenderam, mas Ma-
ria guardou todos estes acontecimentos em seu co-
falta de Nós de estrada e de compromisso, ração.
uns que se metem em tudo e outros com isso, A terceira lição é a união familiar, que se consegue
Rio Maior é um nosso Mundo, pelo respeito e aceitação mútua, em que cada um, depois
igual a tantos outros mas diferente dos demais de ter dado a sua explicação e de ter apresentado os seus
planos e pontos de vista, aceita viver a VIDA em CO-
que temos de alimentar, melhorar e fazer crescer MUNHÃO e colaborar na PAZ prometida por Deus aos
e no fundo, jamais, deixar morrer. homens de boa vontade.
A Vida acontece num palco sem pano, Senhor, concedei às nossas famílias
E Todos temos a esperança de um Novo Ano. a graça de viverem unidas e felizes!

FELIZ ANO NOVO
Votos de um Bom Ano Novo de 2018.
Direção, Administração, Redação, Publicidade e Composição – Avenida Paulo VI, n.º 11, 1.º C Fte. - 2040-325 RIO MAIOR. Telefone 243 99 20 02; Fax: 243 99 60 01
Semanário Independente Redatores: Adélio Maranhão, Houari Manuel e Luis Carvalho • Colaboradores: Casimiro Lopes, Catarina Abreu, Hélio Bernardo Lopes, Isilda Soveral, João de Castro, Mário Ferreira, Moreira Rijo, Nuno Rocha, Ricardo Aurélio,
Diretor/Editor Serafim Marques, Tomás Duarte Ferreira e Zélia Vitorino • Correspondentes: Mário Gaudêncio (Santarém) • Desenho: António Almeida • Publica-se: às sextas-feiras • Tiragem de dezembro: 10 500 exemplares • Os
Carlos Manuel artigos são da responsabilidade dos seus autores, não sendo as opiniões neles expressas necessariamente as deste semanário. Os originais publicados e não publicados não serão devolvidos • Impressão: FIG - Indústrias
Gráficas, S. A., Rua Adriano Lucas 3020-265 Coimbra - Telf. 239 499 922 | Fax 239 499 981 | e-mail: fig@fig.pt
C.P. 5260
• PUBLICIDADE: Marisa Dias. Depósito Legal n.º 98012/96 • Inscrição no E.R.C. n.º 113531 • Registo de Leitura Fiel, Publicações Unipessoal, Lda. na E.R.C. n.º 223865
Propriedade: Leitura Fiel Publicações Unipessoal, Lda. | Sede: Estrada Nacional 8, N.º 22, 1.º - Lavradio, 2500-294 Tornada. Matriculada na C.R.P.C.C.R. sob o N.º 509918123. Capital social: 5.000 €
SOCIEDADE/ OPINIÃO/ EFEMÉRIDE | 29.12.2017
3
Cresce a fome A Malévola da vida real
no Mundo por Fátima Nascimento

por Hélio Bernardo Lopes

T odos os contos tradi-
cionais fazem parte
guma, pois não tinha como
adivinhar.
da sem entender o que a ha-
via feito mudar de opinião. E
uma mulher demónio que es-
perara uns momentos da mi-

C omo se sabe, a designada Comunidade
Internacional comprometeu-se em 2015 a
erradicar a fome no mundo com a aprovação da Agenda
dum imaginário infantil que
nos acompanha até ao fim
da vida, creio. Depois chega-
Uma outra colega de fa-
culdade, que vivia perto da
casa dos meus pais, onde eu
ela confessou-me que a ou-
tra “se tinha portado bem”
durante a permanência jun-
nha ausência para retirar
dele o que para ela “era gran-
de” ou o fazia “grande” – o
2030 para o Desenvolvimento Sustentável. ram os filmes da Disney que me encontrava naqueles me- to ao seu filho, pois a mãe es- facto de ser como eu – es-
Acontece que neste ano de 2017 foi declarada a fome trouxeram ainda mais ele- ses, quando veio visitar o meu tivera sempre vigilante. Isto critor. Tentei, depois disso,
no Sudão do Sul, sendo que mais de vinte milhões de mentos ao nosso imaginário. filho, disse-me horrorizada, fez-me pensar. Por que me com todas as minhas forças
pessoas estão em risco de morrer por falta de Todos recordam a persona- sem entrar em pormenores, diria isso? E fez-se luz na mi- retiradas do amor maternal,
alimentação se àquele Estado se juntarem os casos da gem «Malévola», aquela bru- reverter o que acontecera,
Somália, da Nigéria e do Iémen. Trata-se, objetivamente, xa que, ao aproximar-se do quanto mais não fosse para
de mais um fracasso da dita Comunidade Internacional. berço da princesa recém- evitar que algo impuro en-
Evidente é, porém, que este não é um fracasso -nascida, lhe lança um feiti- trasse nele. Afinal, havia lido,
técnico, derivado do mau funcionamento das instituições, ço que põe em perigo a sua o tempo não existe, e não é
embora estas devam ser cabalmente reorganizadas. A vida. Felizmente, as fadas linear. Podemos voltar atrás
causa desta horrorosa realidade suporta-se no desprezo madrinhas estavam aten- quando queremos e modifi-
humano por parte dos líderes dos Estados do Primeiro tas... car na mente o passado. Não
Mundo em face dos restantes, explorados por aqueles de Mas, para alguns, infeliz- sei se consegui. Ele ainda
um modo intenso e injusto. mente, para além de perten- não escreve. Se assim é, eu
Ao contrário do preconizado pela Agenda 2030 para cerem ao seu imaginário in- não fui capaz de o proteger
o Desenvolvimento Sustentável, o número de fantil, são também aqueles como desejava com todas as
pessoas que passam fome no mundo aumentou contos um espelho do que se minhas forças.
novamente em 2017. Tinha, claro está, de ser assim, passa na vida real, quando Agora uma questão...
porque aquele documento foi assinado por ser difícil, no damos por isso, claro. Pas- Quem pode, quem consegue
plano público, não o fazer. Outra coisa, como se vê, seria sou-se uma situação pareci- fazer mal a um ser despro-
cumpri-lo. da comigo, mais concreta- tegido que só emana amor?
Hoje, a fome nas zonas rurais de África, Ásia ou mente com o meu filho mais Não tenho resposta. Mas
América Latina tem consequências noutras partes do velho. não me parece pessoa de
mundo, para o que basta olhar o caso das migrações, Alguns meses depois de bem. Depois de ter lido tam-
sendo que os países desenvolvidos só dificilmente ter nascido, uma colega da bém num jornal de vestígios
mantêm as suas contribuições para a organização, a fim universidade, veio “conhecê- de rituais em Portugal de
de se lutar contra a fome. lo”. Lembro-me que estive- pessoas que se convertem ao
Imagine agora o leitor a situação que se criaria se, mos no quarto bastante tem- mal, isto já ajuda a explicar
por um acaso, não existissem hoje no mundo armas po, até que, a certa altura, ti- muita coisa. Mas, não acon-
nucleares. Bom, uma grande guerra teria já tido o seu ve de me ausentar por qual- tece só aqui, creio que isso
início, com países dispondo de riquezas essenciais a quer razão. Quando regres- sucede um pouco por todo o
serem ocupados de novo pelas grandes potências sei, percebi um sobressalto mundo. E, nós, pessoas de
beligerantes, mormente os Estados Unidos, o Reino da sua parte, o que me levou bem, estamos desprotegi-
Unido, a França, a Alemanha, talvez também a Rússia e a verificar se tudo estava das. Por isso, fica aqui o re-
a China. Até mesmo a Turquia. bem com o bebé. Nada de a- cado do meu pai – “não po-
O que este dado da crescente fome no mundo nos normal aparentemente ha- demos levar qualquer pes-
mostra é da mesma natureza do recente reconhecimento via sucedido. Quando se foi soa, por melhor que nos pa-
por DonaldTrump e pelos Estados Unidos de que embora, o meu pai chamou- reça, a ver os nossos filhos”.
Jerusalém é a capital de Israel e que para aqui passará -me para uma conversa. Pa- que aquela colega/amiga nha mente: portara-se bem Há que protegê-los.
a embaixada dos Estados Unidos, logo que possível. A ra grande espanto meu, dis- nunca iria a sua casa ver o com o dela, afirmara com a E, por fim, uma nota tris-
culpa é do dominado, do explorado ou do espoliado, que se-me a determinada altura, seu filho, que pouca idade ti- satisfação aliviada de quem te também quando ouvi des-
deve sair da miséria que lhe é imposta por farisaicos que não poderia trazer qual- nha mais do que o meu. A- sabe que o mesmo não acon- sa «Malévola» de carne e os-
democratas de sempre, oriundos, como se sabe, do quer pessoa para visitar o mi- chei estranho e ainda che- tecera com o meu. Juntei esta so declarar para outra cole-
Ocidente cristão. E assim como tudo acabará na údo, pois algumas pessoas guei a perguntar porquê. à conversa do meu pai e, anos ga sobre o meu ex, “O pai (do
Palestina com apenas o Estado de Israel, com capital em eram perigosas e que a cole- Mas ela continuava a insis- mais tarde, à do meu filho bebé) sabia tirá-lo e não o
Jerusalém, também a fome vai continuar a crescer por ga de faculdade fizera algo tir que ela nunca poria os que afirmava poder ter sido fez! Ele sabe o que fiz e não
quase todo o mundo. A fome e tudo o que, naturalmente, ao bebé, mas que ele não olhos em cima do seu filho. um escritor como eu se não desfez nada.”
tem de a acompanhar. Duas realidades congruentes conseguira ver o que era. Esqueci o assunto. Estava fosse a intervenção da Malé- Quando isto sucede, ca-
entre si e também com a acelerada deterioração do Mas, segundo ele, e não sem no seu direito. vola, a tal antiga colega da ros leitores, as nossas vidas
clima, a caminho da destruição do Planeta. Marcas uma certa amargura, não Algum tempo depois, a faculdade. estão a saque.
fantásticas do triunfo neoliberal, um pouco por todo o valia a pena falar mais do tal colega que nunca seria Como mãe e pessoa ain- Espero que todos tenham
mundo, fruto da globalização e dos grandes interesses, assunto, pois não havia nada autorizada a visitar o filho da hoje sinto o horror e a im- tido melhor sorte do que o
logicamente escorados no que os detentores de riqueza a fazer. Acrescentou ainda veio mesmo visitá-lo, a con- potência de ver o meu primo- meu filho neste assunto, pelo
designam por democracia... „ que eu não tivera culpa al- vite da mãe. Fiquei baralha- génito desprotegido perante menos. „

Completaram-se no dia 18 de dezembro de 2017
56 ANOS SOBRE AS BATALHAS NAVAIS PELA ÍNDIA PORTUGUESA
Em 1961, dois a três meses antes da batalha em que se No dia 18 de dezembro de 1961 desenrolaram-se duas das mais importantes batalhas que Portugal
envolveu em Goa, na sua rota para o Estado da Índia travou ao longo da sua história, decorrentes da invasão do Estado Português da Índia. A Marinha perdeu
Portuguesa o Aviso F140 Afonso de Albuquerque, quatro militares em combate.
equiparado a Fragata, esteve no porto de Quelimane, em Em Goa, o aviso de 1ª classe Afonso de Albuquerque combateu contra três fragatas indianas e em Diu a
Moçambique, onde foi visitado pelos alunos do Liceu João lancha de fiscalização Vega foi atingida pela aviação indiana.
A força naval portuguesa era constituída por 3 lanchas de fiscalização e o aviso de 1ª classe Afonso de
de Azevedo Coutinho. Foto (não relacionada) do navio
Albuquerque.
Afonso de Albuquerque: Wikipédia.
Formavam a força naval indiana 1 porta-aviões com 21 aviões, 2 cruzadores, 1 destroyer, 7 fragatas, 4
draga-minas e 1 navio logístico de apoio.
O combate no NRP Afonso de Albuquerque resultou na morte do grumete telegrafista Rosário da Piedade,
num ferido grave, o comandante do navio, CMG Cunha Aragão (mais tarde comodoro) e ainda cerca de 50
feridos ligeiros, dos quais apenas uma dezena teve que receber tratamentos hospitalares.
Do combate da lancha de fiscalização Vega resultaram 3 mortes: o comandante do navio, segundo-te-
nente Jorge Manuel Catalão de Oliveira e Carmo, o cabo artilheiro Aníbal dos Santos Fernandes Jardino e o
marinheiro artilheiro apontador António Ferreira e mais dois feridos.
No 56º aniversário das batalhas navais pela Índia Portuguesa, a Marinha Portuguesa prestou homenagem
às guarnições do NRP Afonso de Albuquerque e da lancha de fiscalização Vega, que de forma abnegada
combateram por amor à sua Pátria e cuja elevada valentia e tenacidade nunca serão esquecidas.
4
FLORICULTURA 29.12.2017 | SABER/ CONHECER

Orquídea
Coordenação e texto: Engº Tomás Duarte Ferreira, nairojorn@hotmail.com

SÍNTESE PRÁTICA dos rizomas. Se a ramificação é monopodial – um único ponto vegeta-
tivo – a propagação pode fazer-se por estacas de ponta, ou a partir de
Nome científico - Cymbidium sp. lançamentos laterais. É na primavera que se executa esta operação
Nome comum - Orquídea, Cimbidio. cultural.
Origem - Ásia.
Exposição - Pleno sol. Fitossanidade – As pragas que com maior frequência ata- sobretudo na área definida pelas projeções das copas, no caso de árvo-
Utilização - Ornamental. cam estas plantas são constituídas por cochonilhas, aranhiço verme- res e arbustos.
Temperatura - Entre 23 e 30ºC. lho e trips que se eliminam por processos convencionais conhecidos • Sempre que a camada superior – 4 cm – da terra seque, é con-
Humidade ambiental - Elevada. dos jardineiros. veniente proceder à rega. Para além disso regar-se-á após cada planta-
Substrato - Terra vegetal e musgo. Doenças originadas por virus, que provocam necroses na folha- ção e terminadas as sementeiras.
Rega - Abundante no período ativo. gem, podem também surgir. • Enriquecer o relvado com estrume ou adubo orgânico e inspecio-
Adubação - Quinzenal no período ativo. nar o sistema de rega que o serve, para além de preparar o terreno para
plantações de primavera, são também tarefas que, no mês de janeiro,
Reenvasamento - Cada 2 a 4 anos. FITOTERAPIA têm perfeito cabimento.
Propagação - Por divisão de rizomas.
• Combatem-se lesmas e caracóis.
Fitossanidade - Cochonilhas, e vírus que provocam NOGUEIRA • Preparam-se os canteiros para as próximas culturas.
necroses.
A nogueira – Juglans
regia – é uma planta ori- —————–—––—————————— Na Horta

A
s orquídeas são, porventura, a maior família de plantas florífe-
ras. Autênticas joias da coroa do reino vegetal têm suscitado tal
interesse que, presentemente, são conhecidas mais de 35 000 espéci-
unda da Europa e Ásia,
que faz parte da família
Juglandaceae.
Este é o mês em que a horta exige menor atividade. Não obstante,
para além da planificação dos trabalhos a executar ao longo do ano,
es. Daí o facto de haver necessidade de agrupar as plantas pertencentes Para além das suas podem também fazer-se os seguintes:
à família botânica das Orchidaceas em duas sub-famílias – Diandrae e propriedades medicinais, • Semear tomates, pimentos, beringelas, alhos, rábanos, cenouras,
Monandrae –, duas sub séries, oitenta e cinco subtribos e mais de 2 500 produz excelente madei- batatas, agriões, coentros, alho francês, cebolas, ervilhas, favas, raba-
géneros! ra que faz dela ótima op- netes, salsa, tomates...
Já Confúcio dizia exalarem as orquídeas o perfume dos reis. Daí a ção na fabricação de móveis de qualidade incomparável. • Preparar e estrumar as terras a cultivar.
justificação do presente que Belkis, rainha de Sheba, terá oferecido a Existe uma lenda segundo a qual Mitríade, famoso rei grego, se • Limpar detritos e folhas mortas.
Salomão, rei de Israel, que mais tarde viria a desposá-la, não se sabe se terá imunizado contra venenos ingerindo os seus frutos. • Estrumar os espargos.
por influência da embriaguez odorífera, se pela deslumbrante beleza dos Já no contexto cristão, também se conta que Eva teria levado • Adubar, com cinza, os alhos.
predicados físicos da ofertante. As orquídeas pertencem ao género uma grande quantidade de folhas de nogueira quando ela e Adão fo- • Sachar ervilhas e favas.
Orchis que, etimologicamente, deriva do vocábulo grego “Órkhis”,que ram expulsos do paraíso. Precavida, Eva achava que as folhas pode-
significa testículo e “eidos”, sufixo que quer dizer “forma”. As primeiras riam ser úteis. –––––——————–—–——–– No Horto Biológico
quinze espécies de orquídeas só em 1795 foram catalogadas pelo Kew Na idade média, o chá das cascas da raiz de nogueira era bas-
Gardens de Londres, altura em que o viveirista alemão Conrad Loddiges, tante utilizado para tratar a sífilis. • Procede-se à construção de abrigos para pássaros.
residente em Inglaterra, iniciou a sua produção industrial. Não obstante A nogueira possui propriedades tonificantes, vermífugas e hipo- • Fertiliza-se o solo com cinza.
as necessidades destas plantas serem diferentes das da maior parte das glicemiantes. Uma de suas indicações é o combate aos parasitas • Limpa-se a terra de folhas e detritos que se aproveitam para
que se cultivam em interior, ao contrário do que é suposto, a sua cultura intestinais, utilizando-se as cascas dos frutos ainda verdes. compostagem.
não oferece quaisquer dificuldades. O fruto da nogueira isto é, a noz, utiliza-se na confeção de bolos, • Renovam-se plantas aromáticas.
Das espécies conhecidas, cerca de metade são terrestres, vivendo entre outros itens culinários. • Procede-se ao planeamento de rotações e culturas a efetuar.
as restantes presas a árvores, arbustos ou superfícies rochosas como Partes diferentes da nogueira têm propriedades diferentes. A
epífitas. casca é antifúngica, adstringente, laxante e purgante; as folhas são —————––––——————–—–——– No Pomar
anti-inflamatórias, tratam eczemas e previnem dores de cabeça e
Instalação e Cultura – As mais cultivadas, como plantas insolações; as nozes são anti-inflamatórias e eficazes no combate ao • Plantam-se fruteiras de folha caduca.
de interior, pertencem ao género Paphiopedilum. No seu habitat natural, colesterol elevado; a casca é um antifúngico e sudorífico. Todas as • Podam-se fruteiras (pevide e caroço), videiras, figueiras e casta-
a maior parte cresce ao sol direto ou na meia sombra. Em cultura de partes possuem propriedades antisséticas e são ligeiramente hipo- nheiros.
interior será necessário, e conveniente, colocar as plantas junto a uma glicémicas. Entre os princípios ativos da nogueira, encontram-se • Plantam-se estacas de marmeleiro.
janela de tal forma que apanhem algum sol tanto de manhã como à tar- inosina, taninos, pécticos, juglona, minerais resinosos e jugladina. • Executam-se adubações e estrumações.
de. Necessitam de humidade elevada, exceto no período do repouso Propriedades medicinais gerais da nogueira: adelgaçadora, ads- • Inicia-se a enxertia dos garfos das amendoeiras.
vegetativo. Por isso deverão conservar-se em ambientes húmidos que tringente, afrodisíaca, amaciante/clareador do cabelo, antissética, • Limpam-se os troncos das árvores dos musgos, e destroem-se
podem ser criados colocando-as sobre seixos e turfa. Excedendo a antiespasmódica, anti-inflamatória, anti-irritante, antimicrobiana, os despojos das podas.
temperatura os 21ºC é conveniente pulverizar as folhas com água, não antiperspirante, calmante dos nervos, cicatrizante, corante, depura- • Executam-se tratamentos de inverno, com óleo de verão e outros
calcária, uma ou duas vezes por dia. A rega é a causa mais frequente do tiva, espasmolítica, hemostática, queratolítica, rubefaciente tónica, produtos consoante as plantas.
insucesso da cultura sendo o excesso de água, mesmo desprovida de vermífuga, hipoglicemiante. • Após a apanha da azeitona, podam-se as oliveiras que necessita-
calcário, mais prejudicial que a sua falta. Desde o fim da primavera até Chá - O chá de nogueira pode ser preparado com as folhas, ou rem.
setembro são, geralmente, necessárias regas abundantes cada 2 ou 3 pedaços dos ramos mais finos. Para isso, use duas colheres de sopa • Se a copa das fruteiras estiver demasiado fechada, deve podar-se
dias, devendo o substrato possuir uma superior capacidade de drena- de folhas de nogueira para cada litro de água. Coloque a água no re- o suficiente para permitir a penetração da luz solar e a circulação do ar.
gem. cipiente junte as folhas ou os talos e leve ao lume até levantar fervura. A desponta também é oportuna nesta época.
O substrato para estas plantas é muito variado sendo, porém, a boa Deixe ferver tudo durante dez minutos. Desligue o lume, tape o reci-
drenagem condição “sine qua non” para o sucesso da cultura para piente e deixe descansar por mais dez minutos. Em seguida coe, e ——–––––——————–—–————— No Campo
além, obviamente, da ausência de calcário. Não obstante é recomenda- consuma. A dose indicada é de duas a três xícaras por dia mas...
da uma mistura de musgo e terra vegetal em partes iguais. deve consultar sempre o seu médico. É neste mês que se iniciam as lavouras das terras argilosas destina-
Sempre que se verifiquem deficiências na drenagem, e sintomas da das às culturas de primavera, e a preparação de terras destinadas a plan-
existência de humidade excessiva no substrato, as plantas devem trans- tações precoces de batata. Semeiam-se favas e ervilhas, de variedades
plantar-se. AGENDA DO MÊS DE JANEIRO de crescimento rápido, e centeio na região Norte e Centro. As aduba-
O repouso vegetativo ocorre no outono/inverno, como na generali- ções de cobertura dos cereais praganosos, se necessárias, devem fa-
dade das plantas, altura em que é apenas necessário regar o suficiente ———————–————————––––– No Jardim zer-se agora sobretudo se os dias estiverem enevoados, ou em situa-
para manter húmido o substrato o que se consegue, normalmente, com ções de chuva miudinha.
uma abundante rega semanal. Em climas temperados, o aumento das horas de luz e das tempera-
É muito importante utilizar água destilada ou mesmo da chuva, turas diárias favorece, sobretudo, plantas que irão florir no próximo mês. ————––––——————–—–––——- Na Floresta
desprovida de calcário. No caso de se regar com água da rede, por A época é propícia à execução dos trabalhos seguintes:
vezes excessivamente calcária, é conveniente baixar o pH adicionando- • Em locais protegidos do frio semeiam-se plantas de floração anu- As principais tarefas a realizar no mês de Janeiro são as seguintes:
-se-lhe sulfato de ferro. al como petúnias, ageratos... e arbustos como azevinhos, piracantas... • Prossegue a desmoita nos montados de sobro.
A adubação é feita quinzenalmente, da primavera ao outono, alter- • Plantam-se roseiras de raiz nua e qualquer árvore ou arbusto de • Principia a poda de limpeza dos montados de sobro e azinho.
nando um fertilizante para plantas de flor, com um outro para plantas raiz protegida ou nua, não estando a terra gelada. • Continua a limpeza das florestas, como medida preventiva dos
verdes. Fora deste período a fertilização é esporádica. • Podam-se árvores e arbustos de folhagem perene ou caduca. Os incêndios florestais.
Após a floração, cada 2, 3 ou 4 anos procede-se ao reenvasamento cortes deverão ser protegidos por pasta cicatrizante, para evitar o ataque • Prossegue a plantação e a sementeira de árvores florestais.
suspendendo-se a rega durante duas ou três semanas. Reenvasar antes de fungos. • Termina o combate à lagarta do pinheiro (processionária).
dos dois anos, não é normal. • Aplica-se calda cúprica a seguir às podas. • Continua o abate de árvores.
• Para que as plantas disponham de reservas alimentares, quando • Inicia-se o aluguer de pinhal para resinagem. „
Multiplicação – A multiplicação de orquídeas com ramifica- as temperaturas aumentarem é conveniente proceder à distribuição de
ção simpodial – pontos vegetativos sucessivos – é viável pela divisão uma pequena quantidade de matéria orgânica de decomposição lenta,
CULTURA/COLECIONISMO | 29.12.2017
5
1996
FEIRAS DE COLECIONISMO/VELHARIAS água, e para sua surpresa, apareceu um corpo sem a cabeça
de uma imagem de barro, envolto pelo lodo das águas do rio.
Mais abaixo no rio, outra vez a rede foi lançada. Recolheram,
• sábado, dia 30/12 - Lisboa (Largo de Santa Clara e Rua

– Ryuichi Sakamoto
mas sem entusiasmo... Porém o improvável aconteceu: uma
Anchieta), Setúbal, Porto (Eixo Mouzinho e Vandoma) Er-
pequenina cabeça surge presa na rede. Ao aproximar o corpo
mesinde, Braga, Fundão, Estremoz e Armação de Pêra (Antigo
da cabeça, tudo se ajustou perfeitamente. Era uma imagem
Casino).
de Nossa Senhora da Conceição, que por milagre, t inham
• domingo, dia 31/12 - Lisboa (Mercado da Ribeira e Jardim
encontrado nas águas turvas do Rio Paraíba. Aqueles três
BANDA SONORA ESSENCIAL#28 Vasco da Gama).
humildes pescadores sabiam que aquela aparição era um si-
100 discos escolhidos por Henrique Fialho nal de Deus. Um milagre! A partir daquele dia, tudo mudou!
no Blog Antologia do Esquecimento COLECIONISMO Após o encontro da imagem, a pesca fora abundante. Diante
daquele sinal divino, começou de forma maravilhosa a histó-
Filatelia/Marcofilia
A
ria da devoção a Nossa Senhora que carinhosamente passa-
relação entre o cinema e a música vem de há muito,
ram a chamar de Aparecida. Hoje, há 300 anos nas colinas de
quando a sétima arte era uma criança em de- Emissão Brasileira Aparecida, cada peregrino se alegra com o encontro da Ima-
senvolvimento. Ainda nos tempos do mudo, a projeção dos gem de Nossa Senhora Aparecida naquele outubro de 1717.
filmes era frequentemente acompanhada por uma orquestra APARECIDA 300 ANOS DE FÉ E DEVOÇÃO - JUBILEU
300 ANOS DE BÊNÇÃOS 1717-2017: Surgida nas águas do Nesses três séculos de bênçãos, graças e devoção, podemos
instalada na coxia. Alguns compositores ficaram para a história afirmar que a fé do povo brasileiro contribuiu para tornar o
Rio Paraíba do Sul, uma pequenina imagem da Imaculada
ou afirmaram-se plenamente como autores daquilo a que maior Santuário Mariano do mundo em um local único, com
Conceição, enegrecida pelo barro do rio se mostrou sinal de
hoje se dá o nome de bandas sonoras. Deus no Brasil colonial. Desde então tem sido bênção para visitação anual de mais de 12 milhões de romeiros, transfor-
Dificilmente falaremos de western spaghetti sem que todos, peixes em abundância, saúde alcançada e vida cristã mando o lugar em um grande centro acolhimento, peregri-
nos ocorra o nome do compositor italiano Ennio Morricone. reassumida. Nos idos de 1717, havia muita agitação por cau- nação e evangelização.
O ucraniano Dimitri Tiomkin fez praticamente toda a sua sa do ouro no Brasil colônia. As disputas preocupavam as
carreira em Hollywood, assinando muitas das melodias autoridades. Por conta disso, Dom João V, Rei de Portugal, na Nota: Texto em conformidade com a ortografia brasileira.
inesquecíveis que ofereceram ritmo aos filmes aí produzidos. Consulta do Conselho Ultramarino nomeou Dom Pedro de
Assim de repente, ocorrem-me igualmente os enormes su- Almeida Portugal e Vasconcelos, Governador da Capitania de Inteiro Postal
cessos das composições de Michael Nyman para o filme “The São Paulo e das Minas. Em sua viagem da Capitania de São
200 ANOS DO NASCIMENTO DE SILVA PORTO,
Piano” ou as peças do francês Yann Tiersen para filmes como Paulo para a de Minas, Dom Pedro, o futuro Conde de Assumar,
BERNARDINO MACHADO E A EVOCAÇÃO DA PRIMEI-
RA VISITA DE ESTADO, 50 ANOS DA ASSOCIAÇÃO POR-
TUGUESA DOS PROFISSIONAIS DE MARKETING E 135
ANOS DO ENSINO DA ENFERMAGEM EM PORTUGAL.

“Good Bye Lenin!” e “Amélie”. Não deve imenso o realizador
sérvio Emir Kusturica ao talento musical de Goran Brego-
POESIA

O NATAL DE
vic?
Ryuichi Sakamoto é outro extraordinário compositor que
nos habituámos a ouvir nas salas de cinema. Filmes como
“The Last Emperor”, “Merry Christmas Mr. Lawrence”, que
contava com David Bowie no elenco, ou o mais recente
“The Revenant”, ficarão para sempre associados a melodias DEZEMBRO
concebidas por Sakamoto para cenários cujo efeito visual
seria inevitavelmente diferente não fossem os apontamentos por Garcia Cruz
musicais que os acompanharam.
Em meados da década de 1990, o músico japonês É Natal!
resolveu rever a matéria dada num álbum que levou o título Tempo de alegria e tristeza
seco do ano em que surgiu: “1996”. Despido de efeitos, Tempo de consumo
Ryuichi Sakamoto sentou-se ao piano e fez-se acompanhar
apenas por um violinista e do nosso conhecido violoncelista De incerteza.
brasileiro Jaques Morelenbaum. Os temas estão lá e não Tempo de Amor
enganam, são exatamente os mesmos que ilustraram ima-
Tempo de horror
gens mais ou menos sumtuosas na sala de cinema. Ouvimo-
-los e vêm-nos à memória, como se fosse inevitável, cenas, De desespero.
rostos, personagens, até diálogos. Mas agora temos apenas
aproveitou para conhecer cada vila que estava no caminho. E
Tempo de prendas
a música, e apercebemo-nos de quão visual é também a
sua linguagem.
não seria diferente na Vila de Santo Antônio de Guaratinguetá. Tempo sem tempo
No tema “A Tribute to N. J. P.” a introdução de More-
Mensageiros de sua numerosa comitiva se adiantaram para Tempo com todo o tempo do mundo
avisar as autoridades da vila que o Governador chegaria em
lenbaum sublinha isso mesmo, a imagética da linguagem breve e por isso deveriam providenciar um banquete de boas Apenas tempo.
musical. Não precisamos de ter visto o filme para o qual o
tema foi composto para começarmos a imaginar cenários e
vindas. Dom Pedro apesar de sua fama de severo e rígido em Tempo de verdade e mentira
seus julgamentos, era um homem temente a Deus. Como
a estabelecer relações. Antecede “High Heels”, escrito para sua chegada se daria em dia de preceito religioso, era neces- Tempo de cores por inventar
“Tacones Lejanos” de Pedro Almodóvar. Aí a experiência já sária uma pesca farta para sua comitiva. As autoridades con- Tempo de espera
é diferente, a música embala-nos como uma espécie de vocaram os pescadores da região para que pescassem o quanto
memória auditiva. Embarcamos numa digressão melancólica fosse possível. Caso contrário, alguma retaliação poderia acon- Tempo de esperança.
por territórios de um imaginário familiar. tecer. Temendo por suas vidas, os três pescadores, Domingos Tempo de tudo
Tão trágicos quanto introspetivos, na mesma medida Garcia, João Alves e Filipe Pedroso saíram para pescar. Mesmo
sabendo que não era época propícia para pesca. Fizeram uma Este Natal não me anima
épicos e intimistas, os temas de “1996” proporcionam, pelo
despojamento dos arranjos, uma viagem ao centro da
prece a Nossa Senhora da Conceição pedindo que os ajudas- O pai Natal não me basta
se e seguiram jogando a rede durante todo o trajeto, mas
música. Tal como Júlio Verne outrora nos levou ao centro
sem resultado algum. João Alves lançou novamente a rede.
Preciso de tempo
da Terra. „
Sentiu que havia algo preso na trama, retirou suas malhas da Preciso de outro Natal.
6 29.12.2017 | SOCIEDADE

Em defesa da Bacia Hidrográfica do Rio Tejo o PCP SEGURANÇA | G.N.R.

apresentou Projeto de Resolução no Parlamento Atividade operacional de 18 a 25/12/2017
Detenções — 18 detidos em flagrante delito; 8 por condu-
ção sob o efeito do álcool, 7 por falta de habilitação legal, 2 por
O Grupo Parlamentar do ciona. pública, reconhecendo a Ba- des e entidades com respon-
tráfico de estupefacientes e 1 por posse de armas brancas.
PCP apresentou no dia 15 de Há relatos e denúncias cia Hidrográfica do Rio Tejo sabilidades em questões
dezembro de 2017, na As- das populações que eviden- como um bem essencial à ambientais, como a Agência Apreensões — Apreendidos 110 doses de haxixe e 5 armas
sembleia da República, um ciam as más condições do promoção da qualidade de Portuguesa do Ambiente, a brancas.
Projeto de Resolução que re- Tejo, como maus cheiros, á- vida das populações que vi- Inspeção Geral da Agricul-
comenda ao Governo a ado- gua castanha ou negra, exis- vem e trabalham no seu ter- tura, do Mar, do Ambiente e Trânsito
ção de medidas para a defe- tência de espuma, peixes ritório, resolver nos termos do Ordenamento do Territó- ª Fiscalização – Detetadas 499 infrações, destacando o Coman-
sa da Bacia Hidrográfica do mortos, receio de comer pei- legais recomendar ao Gover- rio e o SEPNA da GNR; do Territorial de Santarém: 180 por excesso de velocidade, 53 por
Rio Tejo. xe do rio, redução da ativida- no que: • Assegure a conectivida- estacionamento indevido e 27 por uso indevido de telemóvel no
O PCP argumenta que ao de piscícola e o insuficiente • Adote medidas eficazes de fluvial no Tejo, nomeada-
exercício da condução.
longo do extenso território caudal do rio. para garantir a existência de mente a passagem dos pei-
que o rio percorre está sujei- O Governo criou a Comis- caudais mínimos que preser- xes, tomando medidas ur- ª Sinistralidade – 99 acidentes registados, de que resultaram
to a diversas pressões (de- são de Acompanhamento so- vem o bom estado das águ- gentes para a resolução dos 1 morto, 1 ferido grave e 31 feridos leves.
correntes das várias infraes- bre a Poluição no Rio Tejo em as do Rio Tejo, assim como pontos mais problemáticos;
truturas existentes e das ati- janeiro de 2016, cuja missão os ecossistemas e a biodiver- • Elabore um estudo de Fiscalização geral — Emitidos 10 autos de contraorde-
vidades que são realizadas é “proceder a uma avaliação sidade; avaliação da conetividade nação por infrações ambientais.
na sua proximidade) que e diagnóstico das situações • Garanta a monitoriza- fluvial para assegurar a pas- Ações de sensibilização — Realizadas 16 no âmbito
condicionam a qualidade com impacte direto na quali- ção da qualidade da água do sagem das embarcações; do programa Comércio Seguro e 12 no quadro do programa Flo-
das massas de água. Que as dade da água do rio Tejo e Rio Tejo, incluindo a introdu- • Proceda ao desassore- resta Protegida.
populações, associações e seus principais afluentes; ção de parâmetros que me- amento do rio, com interven-
autarquias têm alertado pa- promover a elaboração e exe- çam os níveis de radioativi- ções regulares que mante-
ra os inúmeros problemas cução de uma estratégia de dade; nham a navegabilidade e a ESTATUTO EDITORIAL DO JORNAL Região de Rio Maior
existentes no Tejo, desde a atuação conjunta e partilha- • Proceda ao reforço de operacionalidade dos por-
inexistência de caudais eco- da entre entidades para fa- realização de ações de fisca- tos; O semanário Região de Rio Maior é um jornal regional
lógicos até ao assoreamen- zer face aos fenómenos de lização e inspetivas regula- • Disponibilize a informa- independente que se destina: a divulgar e defender o património
to, passando pela poluição, poluição e avaliar e propor res que permitam identificar ção para o público quanto à do concelho de Rio Maior e zonas circundantes; a contribuir
os obstáculos à conectivida- medidas conducentes a uma os focos de poluição, e atue monitorização da qualidade para o desenvolvimento sócio-económico, cultural e desportivo
de fluvial e a erosão das mar- maior e efetiva capacidade de forma a assegurar o cum- da água do Rio Tejo, assim deste município e circunvizinhança; a promover o diálogo regi-
gens, que limitam e, nalguns de atuação da Administra- primento da legislação em como os resultados das a- onal; a apreciar criticamente os poderes aqui estabelecidos e a
casos, impedem o desenvol- ção face aos problemas iden- vigor no que respeita à ga- ções de fiscalização e inspeti- levar a informação local, concelhia e regional o mais actualiza-
vimento de atividades econó- tificados”. O relatório da Co- rantia da qualidade ambien- vas realizadas; e da possível e tratada no estrito respeito pelos princípios deonto-
micas tradicionais, o usufru- missão, datado de novembro tal; • Alargue a composição lógicos da imprensa e pela ética profissional, portanto com
to do rio no plano ambiental, de 2016, confirma os proble- • Reforce as ações de da Comissão de Acompa- rigor e isenção, às populações da sua área de implantação e
cultural, desportivo e do la- mas, consideram os deputa- prevenção e defesa da quali- nhamento sobre a Poluição aos ausentes.
zer e não permitem aprovei- dos comunistas. dade ambiental e ecológica no Rio Tejo, integrando as Este tem sido e continuará a ser o compromisso do Região
tar em toda a sua plenitude O Projeto de Resolução da bacia hidrográfica do Tejo; organizações representati- de Rio Maior para com a comunidade que vem servindo desde
as potencialidades de desen- que apresentam vai no sen- • Reforce os meios huma- vas das populações e as au- 5 de Outubro de 1988, a qual lhe tem garantido viabilidade
volvimento local que propor- tido de a Assembleia da Re- nos e técnicos das autorida- tarquias. através das assinaturas anuais ou semestrais, da aquisição
directa nas bancas e da publicidade com que o distingue.
www.regiaoderiomaior.pt

Os Bombeiros Voluntários de Rio Maior
em números de 18 a 24/12/2017
Tipo de Ocorrência Total Bombeiros Km Horas
Incêndio urbano habitacional 01 12 68 02:35
Incêndio em transportes - rodoviário 01 05 43 00:45
Acidentes - Colisão 01 07 11 00:40
Emergência pré-hospitalar 56 112 3 470 94:15
Transporte regular de doentes 38 58 2 884 77:10
Abastecimento de água a entidade privada 01 01 04 01:00
Abertura de porta com socorro 01 05 09 00:50
Abertura de portas sem socorro 01 02 06 00:40
Operações e deslocações 07 17 659 27:45
SOCIEDADE | 29.12.2017
7
Carnaval do Rio 2018 No quadro da animação de Natal da Cidade
já se prepara em Rio Maior O CantoRio atuou na Praça do Comércio
A edição 2018 do Carnaval do ros alegóricos.
Rio já mexe. A organização é da Cada carro alegórico ou grupo
parceria do costume: Associação apeado terá que apresentar no
Empresarial do Concelho de Rio corso um mínimo de 15 figuran-
Maior e Município. tes, em desfile apeado e devida-
Esta será já a 8ª edição do Car- mente fantasiados, sendo que to-
naval do Rio que, como se sabe, dos os figurantes terão que ter
consiste num Desfile Noturno. mais de 6 anos de idade.
Este far-se-á no Sábado de Car- Os figurantes de cada carro
naval, dia 10 de fevereiro, com iní- alegórico ou de cada grupo apea-
cio previsto para as 22 horas e terá do poderão apresentar uma core-
lugar, como tem sido prática nos ografia com uma duração máxi-

O CantoRio - Coro da Associação Cultural do Con- O CantoRio é regido pelo maestro Luís Gamboa
celho de Rio Maior (ACCRM) atuou no passado sába- Ferreira.
do, dia 23 de dezembro de 2017, na Praça do Comércio Recorde-se que o CantoRio tem agendado para 17
da cidade de Rio Maior, no âmbito da programação de março de 2018, o III Encontro de Coros da ACCRM.
de animação da quadra natalícia. Durante a sua estada nesta cidade, os coros con-
O palco estava instalado ao lado da Fonte dos Es- vidados ficarão a conhecer alguns pontos turísticos
tudantes, ao pé da «Casa do Pai Natal». do concelho.

EXPOSIÇÃO «ESTÁGIO EM PORTUGAL»
Arrouquelas - Mercado Diário | 29/12/2017 (18h) - 6/1/2018

BEM-VINDO!
Esta exposição representa a visão de Arrouquelas e Portugal através dos nossos olhos, duas
últimos anos, na Avenida João Fer- ma de 2 minutos, defronte do pa- raparigas checas, que estão aqui na organização H2O para fazer o nosso estágio através do
reira da Maia, entre a rotunda do lanque do júri. Se necessitarem de programa Erasmus+, com o nome "Mobilidade Estudantil de Colocação". Passámos aqui mais de
Município e o Largo Padre Quarti- música específica, esta deverá ser meio ano e durante esse período experimentámos muitas coisas, visitámos muitos lugares por
lho. entregue à organização até 3 de todo o Portugal e conhecemos muitas pessoas.
As inscrições já estão abertas, fevereiro. No início do nosso estágio, criámos um álbum público do Facebook que tem um amplo alcance e
não são apenas pessoas da República Checa e Portugal que nos seguem. Durante o nosso estágio,
em fichas fornecidas pela organi- Durante o desfile, os carros
tirámos muitas fotos e escrevemos artigos regulares para este álbum, cujo objetivo é a promoção
zação, quer para grupos apeados alegóricos e os grupos apeados
do Erasmus+, o nosso campo de estudo – Educação de adultos (Andragogia), estágios de pós-
quer para carros alegóricos, que serão avaliados por um júri desig- graduação num país estrangeiro, setor sem fins lucrativos e de Portugal em geral. No nosso
terão que ser devolvidas à mesma nado pela organização que deve- álbum, também nos concentrámos na comparação da cultura checa e portuguesa, bem como na
até 19 de janeiro, devidamente pre- rá ter em conta: motivação para viajar e aprender coisas novas. De todos os artigos, escolhemos aqueles que
enchidas. • No caso dos carros alegóri- considerámos ser os mais interessantes para nós e decidimos integrá-los na exposição.
A parceria organizadora do cos, o tema, o carro, a fantasia, a De acordo com o feedback positivo que temos recebido dos nossos amigos e familiares, decidimos
Carnaval do Rio conta com a cola- confeção, o conjunto, a animação fazer esta exposição aqui para que também vocês, moradores de Arrouquelas, pudessem ver
boração das juntas de freguesia e e a originalidade; outra perspetiva da vida nesta aldeia, ler as nossas histórias e quem sabe, talvez também
a participação de associações, co- • No caso dos grupos apeados, aprender algo novo. Quando voltarmos para a República Tcheca, a exposição continuará – não
letividades e entidades particula- o tema, a fantasia, a confeção, o só na nossa biblioteca local mas também na nossa universidade, que prometeu cooperar
res várias. Cada Junta de Fregue- conjunto, a animação e a originali- connonsco. Iremos manter este formato de exposição, no entanto, estamos a planear aumentá-la
sia, coletividade, associação ou dade. com mais textos informativos sobre os lugares em Portugal que visitámos, mas também sobre
entidade particular só poderá par- O tema do Carnaval do Rio gastronomia e cultura local.
ticipar com um máximo de 2 car- 2018 é livre. Desejamos que desfrute desta exposição!

STOP ingerir bebidas alcoólicas e conduzir

NÃO É BOA IDEIA!...
8 29.12.2017 | SOCIEDADE/ OPINIÃO

Uma passagem pelas memórias dos tempos!...

A
ndré Gustave jovem e estava em casa antigo salão dos verbas para gastar e que ligeira reparação no
Citroën, dos seus pais atravessava bombeiros. Ao fundo da rua o Sr. Presidente da Junta alcatrão da rua que tem o
engenheiro o jardim municipal para com o nome do Sr. João podia pedir à Sra. nome do Sr. João
mecânico e construtor do ir para a Rádio Maior que Teodósio Barbosa existiu Presidente Isaura e ao Sr. Teodósio Barbosa e
Citroën Modele Avante o Sr. João Pereira Lopes também a Adega Museu Vice-Presidente Luís coloque alguma
Arrastadeira de tracção fundou em 5 de Outubro das Caves Dom Teodósio Filipe que também gosta iluminação no
dianteira e chassis de 1985, para fazer que foi fundada há 93 de relíquias antigas com estacionamento para os
monobloco montado em programas na rádio que anos e na qual esteve o duas rodas para falarem fregueses se sentirem em
Paris no ano de 1957, ficava na mesma rua do Sr. Presidente da com a empresa que é a segurança quando vão à
viatura oficial do Sr. João Barbosa e que República Mário Soares dona dos terrenos que Rodoviária do Tejo, à
Presidente da República trazia de casa os discos no dia 8 de Novembro de eram do Sr. João Barbosa Picolé, à Clínica, à
Francesa Charles de de vinil que tocava na 1986 numa visita de e que podiam propor o Contabilidade, ao Ninho,
Gaulle. De passagem por rádio. Estado que incluiu o seguinte: Entregamos o às Missas na Igreja Nova
Rio Maior no dia 15 de Contou também o Sr. descerramento de uma terreno que não é preciso e à Junta de Freguesia
Dezembro de 2017 (sexta- Frazão que nesses bonita lápide que e no terreno que vai que fica ao fundo da rua.
feira), pelas 3 horas da tempos distantes havia assinalou a primeira sobrar os senhores que Porque vejam bem...
tarde entrava no em Rio Maior a Rádio visita de um Presidente são os donos das parcelas Está mais bem arranjado
estacionamento e afoguei Cidade que teve a da República civil a Rio autorizam que se faça um e seguro o
quando estava num primeira emissão no ar a Maior, tendo a Casa estacionamento mais estacionamento que a
terreno privado onde 6 de Novembro de 1988 e Museu sido demolida uns pequeno sem águas e nossa Junta oferece às
eram as caves do Sr. João na qual o Sr. João Pedro anos mais tarde perante lamas no inverno e sem bancas do mercado em
Barbosa e que agora são passava as músicas do a passividade da Câmara as nuvens de poeiras no Santana que é uma aldeia
de uma empresa que seu tempo em discos de da época que não se opôs verão, para os munícipes que o estacionamento
produz vinho noutro vinil que também trazia ao desaparecimento da terem um que serve aos fregueses
local. Contava o Sr. José de casa dos seus pais histórica Casa Museu estacionamento mais de uma cidade e aos
Frazão que era tendo a malfadada rádio onde Mário Soares digno e seguro a condizer utentes de uma Câmara.
trabalhador das Caves, sido ignorada no livro dos conviveu com a com o centro de uma Se por estes lados correr
que o Sr. João Carlos que presidentes da câmara população. cidade. tudo bem até breve... Se
é o novo Presidente da que há pouco tempo foi Contava ainda o Sr. Se a Junta conseguir tudo correr mal até
Junta de Freguesia de apresentado pelo Sr. Frazão que a Junta de arranjar uma pequena sempre... „
Rio Maior quando era Vice-Presidente no Freguesia tinha poucas verba faça também uma A.G.C.
SOCIEDADE | 29.12.2017
9
Aberta a todas as oportunidades na sua área
Joana Tinta Sobreira é uma jovem
riomaiorense Licenciada em Jornalismo
J
ovem, riomaiorense, desporto e depois fico rotulada de tes, tanto na imprensa como na te-
Licenciada em ser adepta deste ou daquele clube levisão... Mas se me perguntarem
Jornalismo, Joana porque viram no jornal! – disse a qual é o meu sonho – é fazer rádio.
Tinta Sobreira é filha de João jovem rindo-se com vontade. Região – Mas não na rádio que
Paulo Garcia Rodrigues Região – A Joana está num pro- anda pela internet, pois não?
Sobreira e de Isabel Maria grama de televisão da Escola Su- JTS – Uma rádio nacional com
David Tinta. perior de Comunicação Social... transmissão para todo o país seria
Antes dos estudos JTS – Basicamente é um pro- muito agradável. Chegar às ondas
superiores foi aluna da Escola grama de televisão dentro da Es- hertzianas seria uma grande vitó-
Secundária Dr. Augusto César cola que é feito por alunos. Trata- ria.
da Silva Ferreira, de Rio Maior, -se de um núcleo da Escola, tipo Região – Tem contactado com
para onde passou depois de clube, a que se juntam as pessoas emissoras de radiodifusão?
frequentar a Escola Básica que querem fazer televisão e foi as- JTS – Eu já fiz um estágio de
Integrada Marinhas do Sal. sim que eu comecei nestas andan- verão aqui em Rio Maior, na Hiper
No ensino secundário era ças. FM e também fiz rádio desde o iní-
da área de Ciências e Região – Esse programa pas- cio da Licenciatura na ESCS FM,
Tecnologias e quando foi para sa num canal público de televisão que é a rádio dos alunos da Escola
o ensino superior entrou em... – a RTP2 –, duas vezes por sema- Superior de Comunicação Social,
Fisioterapia. na. Como é que se chama o progra- que funciona lá mesmo, na Escola.
ma? Também já colaborei, por exemplo,
W JTS – O programa chama-se com a Antena 3; fui eu juntamente
E2. Eu tenho uma rubrica de en- com a produtora deles que produ-
Região de Rio Maior (Região) – A trevistas dentro do programa, que zimos, em 2017, o «Dia Mundial da
Joana entrou em Fisioterapia... e se chama «O da Joana», no qual eu Rádio». Mas ainda não comecei a
acabou jornalista! entrevisto pessoas que já passa- enviar currículos para as rádios.
Joana Tinta Sobreira (JTS) – ram pela rádio ou que ainda estão Região – A Joana já está Licen-
Não! Inicialmente fui para Fisiote- na rádio atualmente. ciada mas continua na ESCS...
rapia mas desiludi-me com a op- Região – Em que dias é que JTS – A minha participação nas
ção, achei que aquele não era o meu passa o E2? atividades da Escola acaba por ser
caminho e nem sequer era a mi- JTS – O E2 é transmitido às ter- um complemento apenas, não es-

que surjam... com certeza...
Região – E se a oportunidade JTS – Sim, sim! Tive excelen-
surgir de uma televisão? tes professores de Português, tan-
JTS – É claro que aceito! Neste to no ensino básico como no secun-
momento não quero excluir quais- dário. Já no superior acho que es-
quer oportunidades. Lá por gostar crevia de forma muito agradável
muito de fazer rádio não significa mas tive um professor que ainda
que tenha que fazer só rádio ou que elevou o patamar da escrita.
a primeira oportunidade que surja Região – A concluir esta conver-
seja na rádio... Se for ficarei muito sa, a Joana gostaria de deixar al-
contente mas se for na imprensa gum conselho aos estudantes que
ou em televisão também ficarei ob- ainda andam no ensino secundá-
viamente contente. rio?
Região – O seu futuro está pois JTS – Aos alunos da minha ter-
na comunicação social... Não con- ra digo que acho ser importante
templa, por exemplo, a comunica- que agarrem as oportunidades in-
ção empresarial? dependentemente de serem aque-
JTS – Não, não. Comunicação las que querem ou não, porque
social – jornalismo. Pode ser na nunca se sabe se ao abrir-se aque-
área do infotainment que associa la porta não se abrirá depois a ja-
conteúdos de informação pura e nela que vocês desejam. Nunca dei-
dura com conteúdos de entreteni- xem de lutar por aquilo em que
mento. Mas não descarto possibili- acreditam. „
dades.
Região – Claro. Escreve bem Carlos Manuel

nha área, porque eu não me via a ças-feiras por volta da uma hora tou lá propriamente a estudar. É
fazer mais nada na área das Ciên- da madrugada e repete aos domin- uma parte que me ocupa algum
cias que não fosse relacionado com gos às oito da manhã. Mas se as tempo mas não todo o dia, enquan-
Medicina e portanto achei que era pessoas quiserem aceder aos con- to estou à espera de oportunidades.
altura de fazer uma mudança e teúdos do programa podem fazê- Região – Já sabemos que gos-
não me arrependo nada da esco- -lo através do link da página de «O taria de estar numa rádio; concre-
lha que fiz. da Joana»: facebook.com/odajoana tamente a fazer o quê?
Região – Está portanto na área podcast. JTS – Eu tanto gosto da parte
da Comunicação Social. Região – Pode inferir-se que a de produção de conteúdos, de tudo
JTS – Eu fiz a Licenciatura em sua ideia de futuro passa pela tele- o que os envolve, todos os eventos
Jornalismo na Escola Superior de visão? que uma rádio tem à sua volta são
Comunicação Social em Benfica JTS – A minha grande paixão é extremamente importantes... Eu
(Lisboa)... a rádio e eu não a escondo. Apesar tanto gosto da parte de infotain-
Região – Ai sim? E é benfiquis- de gostar muito de televisão aquilo ment, como da parte de informa-
ta?... que eu gosto “maaais” de fazer é ção pura e dura e também me vejo
JTS – Isso não posso revelar, rádio! O que não significa que não na parte de locução em si. Estou
porque um dia ainda vou para o esteja à vontade nas outras verten- aberta a todas as oportunidades
10 29.12.2017 | DESPORTO

INFRAESTRUTURAS - PiscinavaiMunicipal
Ciclismo – Cláudio Paulinho do Cadaval
vestir a camisola adota do
da equipa energia limpa
concelho comMaior
de Rio vistana
a reduzir
próximaaépoca
fatura da eletricidade
O Município do Cadaval celebrou, a 20 de dezembro, um contrato com a EDP, que visa a instalação, na Piscina Municipal, de painéis solares para
autoconsumo. A medida visa reduzir a fatura da eletricidade através da utilização de uma energia limpa e amiga do ambiente. A referida Unidade de Pro-
Os textos desta secção não são todos escritos ao abrigo

dução de Autoconsumo (UPAC) irá ter uma potência instalada de 20,54 quilowatts-pico (kWp), permitindo uma produção anual de mais de 31,2 mega-
watts-hora (MWh). Contas feitas, a medida prevê uma redução anual da fatura energética acima dos 20 por cento. A dita UPAC contará, igualmente, com
um sistema de gestão de consumos, que irá permitir monitorizar os consumos da piscina e a produção dos painéis solares fotovoltaicos. Refira-se que
o Município do Cadaval tem já instalados painéis solares (térmicos) em muitas das escolas de 1.º ciclo do concelho. Especificamente apetrechadas com
painéis solares de autoconsumo (fotovoltaicos) estão as escolas básicas da Murteira e de Alguber, assim como a Biblioteca Municipal. Segundo respon-
do Acordo Ortográfico

sáveis da Câmara Municipal do Cadaval, a prossecução da aposta nas energias renováveis constitui um objetivo a perseguir, estando a mesma já em estu-
do para os próximos anos. Disso exemplo é a otimização do Núcleo Museológico do Moinho das Castanholas (Cadaval), com possibilidade de instalação,
naquele local, de um gerador eólico destinado a autoconsumo pela EB1 do Cadaval, estabelecimento de ensino localizado junto ao referido moinho.

Triatlo

São cerca de 100 os triatletas que por estes dias ocuparam o Complexo Desportivo de Rio Maior
Rio Maior recebeu triatletas provenientes dos mais diversos pontos do globo
O Complexo Desportivo de Rio Maior |
Sports Complex, recebeu nos últimos dias
triatletas vindos dos mais diversos pontos
do globo.
Para além dos atletas das Seleções da
Grã Bretanha, Filipinas, Bélgica, Itália, Por-
tugal e Brasil, e contando com os participan-
tes no Training Camp de Triatlo focado na
Natação organizado pela Desmor, são cerca
de 100 os triatletas que por estes dias
ocuparam o Complexo Desportivo de Rio
Maior.
Aqui fica uma foto com muitos daqueles
que escolheram o Centro de Estágios de Rio
Maior para mais um importante momento
de preparação da sua época desportiva. 

Marcha Atlética

Campeonato Nacional de Marcha em Estrada cha Atlética, que terá lugar nos dias 5 e 6 de
maio de 2018, na cidade de Taicang, na
Estarão ainda presentes neste dia, cerca
de uma dezena de atletas olímpicos.
China. Assim, em virtude da realização deste
N o próximo dia 7 de janeiro, a partir Esta competição será um dos momentos Além destas provas, vai ainda realizar- evento, o trânsito na vila de Porto de Mós
das 8 horas vai realizar-se, em Porto de Mós, de avaliação para a Federação Portuguesa -se um conjunto de provas extra que levarão estará condicionado no dia 7 de janeiro, ve-
o Campeonato Nacional de Marcha em de Atletismo fazer a seleção dos atletas para ao concelho de Porto de Mós mais de uma rificando-se algumas alterações à circulação
Estrada nas distâncias de 35 e 50 Km. o Campeonato do Mundo de Nações em Mar- centena de participantes. rodoviária. 

Krav Maga

Escola de Krav Maga de Santarém em
ação solidária a favor da ASPA
A Escola de Krav Maga FPKM Santa- Santarém.
rém realizou uma ação solidária a favor da A ASPA sobrevive com a ajuda dos sócios
ASPA - Associação Scalabitana de Proteção e com os donativos que lhe vão chegando,
Animal. quer de empresas quer de particulares; está
Esta iniciativa resultou na angariação de aberta à comunidade que pode visitar as
60 Kg de comida para cão, 2 Kg de comida instalações e contribuir com ações de volun-
seca para gato e 5 Kg de areia para gato, tariado na ajuda das tarefas diárias ou sim-
tudo bens que foram entregues na ASPA pelo plesmente para brincar e mimar estes ani-
instrutor da Escola de Krav Maga FPKM mais. 
DESPORTO | 29.12.2017
11
Futebol
CAMPEONATO DISTRITAL DA 1ª DIVISÃO TAÇA DO RIBATEJO DE SENIORES - 2017/18
Novas leis do jogo DE SANTARÉM - 2017/18 1ª ELIMINATÓRIA
RESULTADOS DA 11ª JORNADA TODOS OS RESULTADOS
Dirigentes, diretores, treinadores e U. ABRANTINA-MOÇARRIENSE .................... 2-0
SAMORA CORREIA-U. TOMAR. .................... 0-5
União de Santarém 6-0 Atalaiense
Emp. Comércio 4-2 Aferrarede

atletas do RMSC receberam formação
OURIENSE-SL CARTAXO. ............................. 1-3 Marinhais 0-1 Glória
F. ZÊZERE-U. ALMEIRIM ............................. 13-2 Samora Correia 3-1 União Abrantina
FAZENDENSE-MAÇÃO ................................. 2-0 Ferreira do Zêzere (4)1-1(3) Riachense
RIACHENSE-AMIENSE ................................ 12-1 Mação 3-0 Fazendense
N o passado dia 14 de dezembro, os di- fessor Albino Maria, no Centro de Estágios e E. COMÉRCIO-TORRES NOVAS. ................... 0-3 Torres Novas 7-2 Benavente
rigentes, diretores, treinadores e jogadores Formação Desportiva de Rio Maior e foi mi- CLASSIFICAÇÃO GERAL Amiense 0-1 União de Tomar
do Rio Maior Sport Clube participaram numa nistrada pelos árbitros da Associação de RIO MAIOR S.C. J V E D G P
ação de formação sobre as alterações às leis Futebol de Santarém, Pedro Fonseca e Rú- MAÇÃO 11 .... 8 .... 2 ... 1 .... 19-8 .... 26 CAMPEONATO NACIONAL JUNIORES C (SUB 15)
do jogo, introduzidas na nova época despor- ben Pinheiro, tendo estado também presen- U. TOMAR 11 .... 5 .... 3 ... 2 .... 23-12 .. 21 2ª FASE - MANUTENÇÃO E DESCIDA - 2017/18
tiva. te o presidente do Conselho de Arbitragem, FAZENDENSE 11 .... 5 .... 6 ... 0 .... 21-8 .... 21 SÉRIE D - RESULTADOS DA 4ª JORNADA
A formação teve lugar no Auditório Pro- Jorge Maia. U. ALMEIRIM 11 .... 5 .... 4 ... 2 .... 23-11 .. 19 MARINHENSE-LEIRIA E MARRAZES ............. 3-1
FER. ZÊZERE 11 .... 6 .... 1 ... 4 .... 23-17 .. 19 PORTALEGRENSE-NS RIO MAIOR ................ 3-2
TORRES NOVAS 11 .... 6 .... 1 ... 4 .... 17-13 .. 19 CALDAS SC-SERTANENSE. ........................ 14-1
OURIENSE 11 .... 5 .... 2 ... 4 .... 23-18 .. 17 EAS M. GRANDE-SL CARTAXO ..................... 3-0
SAMORA COR. 11 .... 5 .... 2 ... 4 .... 16-18 .. 17
SL CARTAXO 11 .... 5 .... 1 ... 5 .... 16-16 .. 16 CLASSIFICAÇÃO GERAL
AMIENSE 11 .... 4 .... 1 ... 6 .... 14-17 .. 13 RIO MAIOR S.C. J V E D G P
U. ABRANTINA 11 .... 3 .... 0 ... 8 .... 13-21 .... 9 EAS
M. GRANDE 4 ... 4 .... 0 ... 0 ... 10-0 ..... 23
MOÇARRIENSE 11 .... 1 .... 4 ... 6 .... 18-22 .... 7 CALDAS SC 4 ... 2 .... 2 ... 0 ... 18-1 ..... 18
RIACHENSE 11 .... 2 .... 1 ... 8 .... 14-30 .... 7 MARINHENSE 4 ... 3 .... 0 ... 1 ... 18-4 ..... 12
E. COMÉRCIO 11 .... 1 .... 2 ... 8 .... 10-34 .... 5 PORTALEGRENSE 4 ... 2 .... 1 ... 1 ... 16-7 ..... 12
NS RIO MAIOR 4 ... 1 .... 0 ... 3 ... 17-11 ..... 8
12ª Jornada - 7/1/2018 - 15h: Torres Novas-Samora
Correia; Amiense-Ferreira do Zêzere; U. Tomar-Fazen- LEIRIA E MARRAZES 4 ... 0 .... 2 ... 2 ... 12-6 ....... 8
dense; Mação-Riachense; U. Almeirim-Ouriense; Emp. SL CARTAXO 4 ... 0 .... 2 ... 2 ... 12-9 ....... 5
Comércio-Moçarriense; SL Cartaxo-U. Abrantina. SERTANENSE 4 ... 0 .... 1 ... 3 ... 12-7 ....... 3
5ª Jornada - 30/12/2017 - 11h: Sertanense-Leiria e Mar-
CAMPEONATO DISTRITAL DE SENIORES razes; Caldas Sport Clube-EAS Marinha Grande; SL
Cartaxo-Portalegrense. 14/1/2018 - 11h: Núcleo Spor-
2ª DIVISÃO DE SANTARÉM - SÉRIE A - 2017/18
tinguista de Rio Maior-Marinhense (Campo n.º 3).
RESULTADOS DA 7ª JORNADA
TRAMAGAL-CP PEGO ................................. 13-3 CAMPEONATO DIST. JUNIORES B (SUB 17)
ESPINHEIRENSE-ORTIGA ............................. 2-1 1ª DIVISÃO SANTARÉM - 2017/18
CAXARIAS-ALFERRAREDE ........................ 14-1
Em cima: ATALAIENSE-ALDEIENSE ............................. 3-0 RESULTADOS DA 9ª JORNADA
um momento RIO MAIOR SC-AC PERNES. ......................... 7-0 U. Almeirim 1-0 Fátima; Atalaiense 3-1 Abrantes
da ação de CLASSIFICAÇÃO GERAL e Benfica; Vilarense 2-2 Núcleo Sportinguista de
formação. Rio Maior; Goleganense 2-2 U. Tomar; Porto Alto
Foto inserida: RIO MAIOR S.C. J V E D G P 4-1 SL Cartaxo; Salvaterrense 0-3 Académica St.;
o presidente TRAMAGAL 7 ... 5 .... 2 ... 0 .... 12-5 .... 17 EFCA 10-0 Moçarriense.
do RMSC, RIO MAIOR SC 7 ... 5 .... 1 ... 1 .... 29-7 .... 16
Classificação: 1º Goleganense 23p; 2º U. Almeirim
Leandro ATALAIENSE 7 ... 5 .... 0 ... 2 .... 18-6 .... 15 21p; 3º NS Rio Maior 21p; 4º Académica de Santa-
Antunes, com ESPINHEIRENSE 7 ... 5 .... 0 ... 2 .... 14-10 .. 15 rém 21; 5º U. Tomar 20p;
Jorge Maia (o ALDEIENSE 7 ... 3 .... 2 ... 2 .... 12-11 .. 11
CP PEGO 7 ... 2 .... 2 ... 3 .... 13-18 .... 8 10ª Jornada - 6/1/2018 - 15h: Abrantes e Benfica-
mais alto) Goleganense. 7/1/2018 - 9h: Fátima-Vilarense; Aca-
e os ORTIGA 7 ... 2 .... 1 ... 4 .... 11-12 .... 7
démica St.-EFCA. 10h: NSRio Maior-Porto Alto
formadores. CAXARIAS 7 ... 2 .... 0 ... 5 .... 11-12 .... 6 (Campo n.º 3); SL Cartaxo-Atalaiense. 11h: Moçar-
ALFERRAREDE 7 ... 2 .... 0 ... 5 .... 13-25 .... 6 riense-U. Almeirim; U. Tomar-Salvaterrense.
AC PERNES 7 ... 0 .... 0 ... 7 .... 12-29 .... 0
Futebol
8ª Jornada - 7/1/2018 (15h) Espinheirense-Aldeiense;
TAÇA DO RIBATEJO DE SENIORES - 2017/18 TAÇA DO RIBATEJO DE JUNIORES - 2017/18 AC Pernes-Caxarias; Ortiga-Rio Maior SC; Alferrarede- CAMPEONATO DIST. JUNIORES B (SUB 17)
QUARTOS DE FINAL 2ª ELIMINATÓRIA Tramagal; CP Pego-Atalaiense. 2ª DIVISÃO SANTARÉM - Série A - 2017/18
28/1/2018 - 15h 30/12/2017 - 15h RESULTADOS DA 9ª JORNADA
Desportivo de Torres Novas - União de Santarém Ouriense - CD Fátima (adiado para 6/1/2018) CAMPEONATO DISTRITAL DE JUNIORES Fazendense 4-2 NS Rio Maior
União de Tomar - Sport Glória Vasco da Gama - Moçarriense DA 1ª DIVISÃO DE SANTARÉM - 2017/18 2-1 Ouriquense 0-2 U. Almeirim
Ass. Desportiva de Mação - Samora Correia União de Almeirim - Académica de Santarém RESULTADOS DA 8ª JORNADA Coruchense 0-1 Benavente
Empregados do Comércio - Ferreira do Zêzere CAD Entroncamento - União de Tomar MOÇARRIENSE-OURIENSE ........................... 3-0 Classificação: 1º Fazendense 15p; 2º Núcleo
U. ALMEIRIM-U. TOMAR ............................ 13-0 Sportinguista de Rio Maior 14p; 3º U. Almeirim 14p;
SL CARTAXO-RIO MAIOR SC. ....................... 0-1 4º Samora Correia 14p; 5º Benavente 9p.
ANDEBOL FUTSAL SALVATERRENSE-FÁTIMA. ........................... 1-3 10ª Jornada - 7/1/2018 - 9h: Coruchense-U. Almei-
CAMPEONATO NACIONAL DA 3ª DIVISÃO CAMPEONATO DISTRITAL DA 1ª DIVISÃO CLASSIFICAÇÃO GERAL rim. 10h: Forense-Benavente. 11h: Ouriquense-Sa-
ZONA 3 - 2017/18 DE SANTARÉM - 2017/18 RIO MAIOR S.C. J V E D G P mora Correia.
RESULTADOS DA 7ª JORNADA RESULTADOS DA 8ª JORNADA MOÇARRIENSE 6 ... 5 .... 1 ... 0 .... 16-5 .... 16 Nota: Marinhais e Vale da Pedra desistiram.
BATALHA AC-AA ALMEIRIM ..................... 29-29 OS PATOS-EMP. COMÉRCIO. ........................ 7-3 U. TOMAR 7 ... 4 .... 1 ... 2 .... 11-8 .... 13
FÁTIMA 8 ... 4 .... 1 ... 3 .... 14-14 .. 13 Folgam: Fazendense e N S Rio Maior.
NA ENTRONCAMENTO-NA ESDRM. ......... 24-38 CARVALHOS FIGUEIREDO-BENF. GOLEGÃ ... 6-3
GE PONTE DE SOR-NA SAMORA C. .......... 27-39 V. PEDRA-CAD CORUCHE. ........................... 6-4 U. ALMEIRIM 6 ... 3 .... 1 ... 2 .... 15-8 .... 10
NDA POMBAL-CISTER SA. ....................... 25-28 CERCAL V. E NINHO-VITÓRIA SANTARÉM .... 8-3 ACADÉMICA ST. 7 ... 3 .... 1 ... 3 .... 16-15 .. 10 CAMPEONATO DIST. JUNIORES C (SUB 15)
ACADÉMICA RIO MAIOR-S. VICENTENSE ..... 3-5 CADE 6 ... 3 .... 1 ... 2 .... 10-10 .. 10 2ª DIVISÃO SANTARÉM - SÉRIE 1 - 2017/18
NA ESDRM-NDA POMBAL ........................ 34-20
RIO MAIOR SC 7 ... 3 .... 1 ... 3 .... 10-11 .. 10
CLASSIFICAÇÃO GERAL CLASSIFICAÇÃO GERAL RESULTADOS DA 13ª JORNADA
SL CARTAXO 6 ... 2 .... 0 ... 4 .... 16-8 ...... 6
RIO MAIOR S.C. J V E D G P RIO MAIOR S.C. J V E D G P OURIENSE 7 ... 1 .... 1 ... 5 .... 16-16 .... 4 Footkart 12-0 Marinhais;
CISTER SA 7 .. 6 ... 0 ... 1 ... 236-178 .. 19 OS PATOS 7 ... 6 .... 0 ... 1 .... 54-17 .. 18 SALVATERRENSE 6 ... 1 .... 0 ... 5 .... 10-19 .... 3 NSRM 6-1 Glória;
NA SAMORA C. 7 .. 6 ... 0 ... 1 ... 224-185 .. 19 S. VICENTENSE 7 ... 5 .... 1 ... 1 .... 39-19 .. 16 TORRES NOVAS 0 ... 0 .... 0 ... 0 .... 10-0 ...... 0 Forense 1-2 S. Correia;
NA ESDRM 7 .. 5 ... 0 ... 2 ... 207-159 .. 17 CAD CORUCHE 7 ... 4 .... 1 ... 2 .... 35-25 .. 13 ABRANTES E BENFICA 0 ... 0 .... 0 ... 0 .... 10-0 ...... 0 Ouriquense 5-1 Salvaterrense.
AA ALMEIRIM 7 .. 4 ... 1 ... 2 ... 210-188 .. 16 VITÓRIA St. 7 ... 4 .... 0 ... 3 .... 26-27 .. 12 9ª Jornada - 6/1/2018 - 15h: U. Tomar-Sport Lisboa e
BATALHA AC 7 .. 3 ... 1 ... 3 ... 163-173 .. 14 B. GOLEGÃ 7 ... 4 .... 0 ... 3 .... 27-30 .. 12 Cartaxo; Académica de Santarém-CADE; Moçarriense-
Classificação: 1º Footkart A 33p; 2º Fazendense
CARVALHOS F. 7 ... 3 .... 2 ... 2 .... 32-32 .. 11 U. Almeirim; Rio Maior SC-Salvaterrense. 31p (menos 1 jogo); 3º NS Rio Maior B 21p (me-
GE PONTE SOR 7 .. 1 ... 1 ... 5 ... 175-237 .. 10
ACADÉMICA RM 7 ... 2 .... 2 ... 3 .... 21-27 .... 8 nos 2 jogos); 4º Ouriquense 19p (menos 1 jogo);
NDA POMBAL 7 .. 1 ... 0 ... 6 ... 161-199 .... 9 Folgam: dada a desistência do T. Novas e do Abrantes
E. COMÉRCIO 7 ... 2 .... 0 ... 5 .... 27-41 .... 6 e Benfica folgam Atlético Ouriense e Centro Desportivo
5º Samora Correia 16p (menos 1 jogo).
NA ENTRONCAMENTO 7 .. 0 ... 1 ... 6 ... 164-221 .... 8
VALE PEDRA 7 ... 1 .... 0 ... 6 .... 25-49 .... 3 de Fátima. 14ª Jornada - 20/12/2017 - Glória-Fazendense (0-
8ª Jornada - 6/1/2018:
CERCAL VN 7 ... 0 .... 2 ... 5 .... 19-38 .... 2 12, em jogo antecipado). 7/1/2018 - 9h: Ouri-
AA Almeirim-Núcleo de Andebol da Escola Superior de quense-Footkart. 10h: Salvaterrense-Forense; Sa-
Desporto de Rio Maior; GE Ponte Sor-Batalha AC; NA
9ª Jornada - 6/1/2018: B. Golegã-Vale da Pedra; Vitória
St.-C. Figueiredo; S. Vicentense-Os Patos; CAD Coru-
www.regiaoderiomaior.pt mora Correia- NSRio Maior.
Entroncamento-Cister SA; Núcleo de Desporto Amador che-Académica Rio Maior (Pavilhão Municipal de Coru- Nota - Folga o Marinhais dada a desistência do SL
de Pombal-NA Samora Correia. che - 19h); Emp. Comércio-Cercal VN. www.facebook.com/regiaoderiomaior/ Cartaxo.
12 29.12.2017 | PUBLICIDADE

Osteopata
JÚLIO ARANHA ISABEL MONTEIRO Pedro Aranha
CARDIOLOGISTA
Consultas de Cardiologia
MÉDICA Diplomado em Osteopatia pela Escola de Óptica de Rio Maior
CARDIOLOGIST
CARDIOL OGIST
OGISTA A Medicinas Alternativas e Complementares do Porto Rua Maestro Fernando Carvalho, Nº 10
Ecocardiograma M e 2 D
Osteopatia Osteopatia Estrutural (em frente aos Correios) em Rio Maior
Ecocardiogramas com doppler a cor Consultas de Cardiologia Sacro-Craniana: e Periférica:
granicentro ECG Holter de 24 horas
Electrocardiogramas - Autismo; Ansiedade - Cervicalgias
Monitorização Ambulatória da
s Dr.
Sociedade Comercial
de Mármores
Pressão Arterial Ecocardiogramas
- Fibromialgia; Fobias
- Hiperactividade; Stress
- Dorsalgias
- Lombalgias
co nsultas ao
Agora, de manhã
Electrocardiograma
e Granitos, Lda. Prova de Esforço Modo M, 2D e Doppler a cor - Desordem de Défice - Patologias de Ombro, Miguel Caixinha
de Atenção; Depressões pé, joelho, etc. s
Casal da Amieira - Batalha
244 765 217/ 526/ 529
SANTARÉM - RIBAMÉDICA
Praceta Cónego Dr. Manuel Nunes
R. Dr. António José de Almeida, Rio Maior | Tlm. 914 507 789 sábado Marcações:
Formigão, Nº 1, R/C Esq.
Nº 11 - 4º Dtº – 2000 SANTARÉM Santarém
granicentro@granicentro.pt Tel. 243 092 883 • Tlm. 912 72 22 06  243 326 957 Tlf. 243 092 883 / Tlm. 912 722 206 243 995 086 / 930 619 597

Direção Clínica: Drª Ana Patrícia Barbosa
Licenciatura em Medicina Dentária CENTRO MÉDICO
I.S.C.S. Egas Moniz
Mestrado em Odontopediatria DENTÁRIO RIO MAIOR
I.S.C.S. Egas Moniz ORALMAIOR
Dr
Dr.. PPaulo
aulo de Deus Dr
Dr.. Manuel Marques
NOVOS SERVIÇOS: Dr
Dr.. Ricardo Mar tins
Martins
Sedação Consciente | Terapia da Fala (Médicos Dentistas Inscritos na Ordem)
Reabilitação Oral – Ortodôncia (Aparelhos
Aparelhos Fixos
Fixos) – Implantes
Rio Maior: Rua Dr. Fernando Sequeira Aguiar, 14 A, r/c Dtº
Cirurgia Oral – Prótese Fixa e Removível – Odontopediatria (Crianças
Crianças
Crianças)
2ª a 6ª das 09h00 às 19h00 | sábados das 09h00 às 14h00 Rua 5 de Outubro Nº 13 – 3º - Rio Maior (frente ao Cine-Teatro)
Tlf.: 243 908 581 | Tlm.: 916 116 110 Horário: 9:00 – 19:00 Marcações: 243 995 888 - 969 118 881 - 91 26 26 317
apbarbosa.md@gmail.com kkkkk
ABERTO AO SÁBADO DAS 09:00 ÀS 14:00 jjjjj

Dr. RICARDO GOMES SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE RIO MAIOR
MÉDICO DENTISTA
MEDICINA DENTÁRIA Rua D. Afonso Henriques, CENTRO MÉDICO
ACORDOS:
Axa Victoria Seguros BES Tranquilidade Nº 20-A – 1º Esqº Rua António Barata – Lote A - 1º Andar – Tel. 243 90 96 21
Generali Lusitania Açoreana Cimpor 2040-273 RIO MAIOR
SAMS MGEN Popular Seguros Médis
Telef. 243 995 474 Aberto de Segunda a Sexta-feira das 08.30 às 20 horas
Caixa Geral de Depósitos
Parcelamos 12 meses s/ juros 4as • 5as • 6as • Sábados (manhã) MARCAÇÕES E INFORMAÇÕES: Telef. 243 90 96 21
mediante aprovação acima de 300 € Rua António Cândido da Encarnação CONSULTAS MÉDICAS DE ESPECIALIDADE
ORÇAMENTO GRATUITO Ed. Jordão, 1º Piso - Sala 5
Avª Paulo VI, nº 29, Lj. A, RIO MAIOR 2440-110 BATALHA Cardiologia - Dr. Carlos Bastos Oftalmologia - Dr. Fernando Eusébio
Tlf.: 243 907 520 Tlm.: 935 593 161 Telef. 244 767 593 Cirurgia Pediátrica - Dr. Vitor Martins Ortopedia - Dr. Duarte Cadavez | Dr. Paulo Borrego
happy_dente@hotmail.com 2as • 3as Dermatologia - Dr. Manuel Martins Otorrinolaringologia - Dr. António Marques Pereira
Endocrinologia/Diabetes - Dr.ª Natércia Candeias Pediatria - Dr.ª Manuela Brandão

Votos Laboratório Fisiatria - Dr.ª Manuela Caliço
Gastrenterologia - Dr. Horácio Lopes
Pneumonologia/Alergologia - Drª Cristina Cristóvão
Podologia - Dr.ª Anabela Vieira
de um Análises Clínicas Ginecologia e Obstetrícia - Dr.ª Ana Bonança | Dr.ª Margarida Estrela Psicologia - Dr.ª Carla Oliveira | Drª Vanda Santos
Cirurgia Geral - Dr. António Manuel Martins Psiquiatria/Doenças Nervosas - Dr. Vitor Henriques
próspero Medicina Geral e Familiar - Dr. Generoso Barbosa Reumatologia - Dr. Luís Gaião
Ano Novo Neurologia - Dr.ª Ana Amélia Pinto Terapia da Fala - Dr.ª Vanessa Lopes | Dr. João Matos
Nutricionismo - Dr.ª Micaela Reis Silva Urologia - Dr. Martinho do Rosário
40 ANOS
a valorizar a sua saúde! MEIOS AUXILIARES DE DIAGNÓSTICO
• Endoscopias • Colonoscopias • Electrocardiogramas • Provas de Esforço • Ecocardiogramas M Mode e
Bidimensional • Medição Ambulatória da Pressão Arterial • Electrocardiograma 24 horas (HOLTER)
www.leitaosantos.pt ƒ Audiograma e Timpanograma ƒ Próteses Auditivas
ƒ ANÁLISES CLÍNICAS (Direcção Técnica – Drª Anabela Colaço)
DIAGNOLAB Colheitas das 8H às 10.00H, à 3.ª, 5.ª e 6.ª Feira • Também Colheitas ao domicílio
Tel. 243 996 052
Rua Serpa Pinto, 10
HORÁRIO DO GABINETE
DE ENFERMAGEM o 2ª, 4ª e 6ª feira entre as 14h00 e as
16h00 (Marcar pelo tlf. 243 90 96 21)
POSSIBILIDADE DE SERVIÇOS AO DOMICÍLIO E
ATENDIMENTO DE URGÊNCIAS SEMPRE QUE SOLICITADO
2040-249 RIO MAIOR
SERVIÇO DE FISIOTERAPIA
A funcionar para convencionados, entidades, companhias de seguro e particulares
com 3 Fisioterapeutas, todos os dias úteis das 08h00 às 20h00
MARCAÇÃO: tlf. 243 99 59 80 ou tlm. 966 90 92 26
ACORDOS NO CENTRO MÉDICO (algumas especialidades) e na FISIOTERAPIA com:
SNS (Serviço Nacional de Saúde), ADM, GNR, PSP, SAMS, CGD, ADSE e MEDIS
De 2ª a 6ª feira M CONSULTAS DE MEDICINA CHINESA M Dra. Inês Vieira
Viva e deixe viver. Faça uma condução defensiva Acupuntura • Acupuntura Estética • Acupuntura no Desporto • Ligaduras Neouromusculares
• Massagem Tui Na • Fitoterapia Chinesa
Marcação: tlm. 914 080 659

Região de Rio Maior LAR DR. CALADO DA MAIA — Assistência médica, de enfermagem e de nutricionismo a pessoas
acamadas e autónomas | Ambiente acolhedor, humanismo e competência | ACORDO COM A SEGURANÇA SOCIAL
INSCRIÇÕES: DIAS ÚTEIS - 9H ÀS 17H30 – TELEFONE: 243 90 96 20
Edição em papel todas as semanas CENTRO INFANTIL «O NINHO» TELEFONE: 243 90 96 22
desde 5 de Outubro de 1988 CRECHE TRADICIONAL • PRÉ-ESCOLAR • CRECHE FAMILIAR (Amas Legalizadas) • EDUCADORAS EM TODAS AS SALAS
• APOIO DE ENFERMAGEM | REFEIÇÕES ELABORADAS POR NUTRICIONISTA
Horário: todos os dias úteis das 07.30 H às 19.00 H (com tolerância até às 19.30 H)
Mais informação em CRECHE TRADICIONAL DA CHAINÇA TEL: 243 99 15 00
www.regiaoderiomaior.pt EDUCADORAS EM TODAS AS SALAS • APOIO DE ENFERMAGEM | REFEIÇÕES ELABORADAS POR NUTRICIONISTA
Horário: todos os dias úteis das 07.30 H às 19.00 H (com tolerância até às 19.30 H)

STOP ingerir bebidas alcoólicas e conduzir

NÃO É BOA IDEIA!...
BLOCO DE NOTAS | 29.12.2017
13
Dia 27 de janeiro vamente 1º, 2º e 3º single do disco, são serviu de mote para uma campanha
artes e espetáculos de um reconhecimento imediato e de de consciencialização à causa animal
Cinema Hands On Approach no uma grande consistência sonora e mu- e contou com a participação de várias
sical. caras conhecidas no videoclip, Nuno
RIO MAIOR | Cineteatro Municipal | bilheteira@cineteatrorm.pt |Tlm. CCC em Caldas da Rainha Agora com 20 anos de carreira, os Markl, Débora Monteiro, Ângelo Ro-
961 789 266 | Tlf. 243 999 350. Hands On Approach lançaram um novo drigues, são apenas alguns dos presen-
Dia 27 de janeiro, pelas 21h30, con-
• 4/1 (21h30) - Roda Gigante M/14. disco intitulado de “Hearts”. Este tra- tes.
certo com os Hands On Approach, no
(4€) (Desconto de 20% para cartões RM balho contem 10 temas originais, que Bilhetes: Plateia - 12,50 €; Tribuna e
Centro Cultural e Congressos em Cal-
Jovem e 65). Nova Iorque, década de incluem os singles “Be True”, tema que Camarotes - 10,00 €.
das da Rainha.
1950. Ginny é uma ex-atriz que agora
Os Hands On Approach são uma
trabalha como empregada de mesa. Ca-
banda portuguesa originária da cida-
sada com Humpty, o operador de car-
de de Setúbal. Em inícios de 1996, o
rossel do Parque de Diversões de Coney
vocalista Rui David, tocava guitarra e
Island, sente a vida passar-lhe ao lado.
cantava numa praia do Algarve quan-
Um dia, conhece Mickey, um jovem e
do um DJ de uma rádio o ouviu; Gos-
atraente nadador-salvador que sonha tor-
tando das canções, convidou o Rui a
nar-se escritor, por quem se apaixona per-
tocá-las ao vivo no seu programa. De-
didamente. Mas quando Carolina, a filha
pois disso, e durante os 3 anos que se
de Humpty, regressa inesperadamente a
seguiram, a banda fez o percurso na-
casa para fugir do marido, Ginny vê-se a
tural de atuações ao vivo, festivais de
dividir com ela a atenção do jovem amante. Entre as duas nasce uma
música, e gravações de demos. Em
rivalidade que acaba por colocá-las numa situação particularmente de-
1999, a PolyGram assinou contrato com
licada… Com realização e argumento do veterano Woody Allen, um
a banda. O álbum de estreia da ban-
filme dramático com Kate Winslet, Jim Belushi, Juno Temple e Justin
da, “Blown”, foi lançando em março
Timberlake nos papéis principais.
de 1999 e foi disco de ouro à saída. O
• 5 e 6/1 (21h30) - Star Wars: Os Últi-
primeiro single retirado do álbum foi
mos Jedi 3D M/12. (5€) (Desconto de
“My Wonder Moon”, que permaneceu
20% para cartões RM Jovem e 65). “É
no primeiro lugar das tabelas radio-
tempo de os Jedi acabarem.” Luke Sky-
fónicas portuguesas durante quase 2
walker (Mark Hamill), em tempos um dos
meses. Passados 8 anos, “My Wonder
heróis da galáxia e o mais poderoso dos
Moon” é ainda um tema recorrente das
seus Jedi, quebra o seu exílio quando é
rádios nacionais. O segundo single,
encontrado por Rey (Daisy Ridley), uma
“Silent Speech”, que também passou
jovem que desconhece a sua família e
bastante nas rádios, é a primeira faixa
cujo poder em torno da Força a faz pro-
do álbum. A banda foi a revelação da
curar um mestre. Mas está relutante. Rey
é também uma emissária da Resistência
da general Leia Organa (Carrie Fisher, no
seu último papel), irmã de Luke, que pre-
cisa da ajuda do Jedi eremita para combater a Primeira Ordem de Kylo
Ren (Adam Driver) e Armitage Hux (Domhnall Gleeson). A guerra está
aberta e a formação de jovens combatentes no seio da Força e da
galáxia muito, muito distante, traz consigo novas personagens como a
vice-almirante Holdo (Laura Dern), a rebelde Rose Tico (Kelly Marie
Tran) ou a personagem a interpretar por Benicio del Toro.
SANTARÉM | Salas W Shopping | 28/12 a 3/1
Sala A Estrela de Natal M/6: 11h00 (c) e 13h00 (za) | Star Wars: música portuguesa em 1999 e fez uma
Os Últimos Jedi M/12: 15h00, 18h10 (q) e 21h20 (q). Sala Coco + digressão intensa, com 90 concertos
Olaf’s Frozen M/6: 11h00 (c), 13h40 (za) e 16h30 (zy) | Um Ritmo nos 8 meses que se seguiram ao lan-
Perfeito 3 M/12: 19h10 (zy) e 21h15 (q) | A Promessa M/14: 23h40 çamento do álbum. Uma edição brasi-
(a) | A Vida de um Génio: 18h50 (h). Sala My Little Pony – A leira do “Blown” foi lançada, com um
Magia dos Póneis + Hanazuki M/6: 11h00 (c) | O Grande Showman CD extra gravado ao vivo. Em novem-
M/12: 13h10 (za), 15h30, 18h15 (q), 21h40 (q) e 23h50 (a). Sala bro de 2000 foi lançado o seu segundo
Jumanji: Bem-Vindos à Selva M/12: 13h30 (za), 16h10 (q), 18h40 álbum, “Moving Spirits”, que conse-
(q), 21h10 (q) e 00h10 (a). Sala A Promessa M/14: 13h00 (za), guiu atenção considerável nas rádios
15h45 (q), 18h30 (q), 21h30 (q) | Um Ritmo Perfeito 3 M/12: 00h00 (o primeiro single foi “The Endless
(a). Sala Ferdinando M/6: 11h00 (c), 13h20 (za), 15h50, 18h20 Road”), e levou a banda para a estra-
(q) | Entre Rivais M/12: 21h00 (q) | Star Wars: Os Últimos Jedi M/ da para uma nova série de concertos
12: 23h30 (a). pelo país. Nesta altura, outro músico
(a) Sessão válida 6ª e sáb. (c) Sessão válida dom. (h) Sessão válida 3ª (n) juntou-se à banda, o compositor/teclis-
Sessão válida todos os dias, exceto 3ª (q) Sessão válida todos os dias ta Hugo Novo. Ambos os discos foram
exceto dom. (za) Sessão válida todos os dias exceto 2ª (zy) Sessão válida gravados e produzidos por Darren
todos os dias exceto dom. (véspera de Ano Novo) e 3ª
Allison, que já trabalhou com Skunk
D = digital; E = estreia; EN = estreia nacional; VO = versão original; VP = Anansie, Spiritualized e The Divine
versão portuguesa.
Comedy. O álbum “Groovin on Mons-
ter’s Eye-balls” é lançado em setem-
Exposições bro de 2005, e o primeiro single a sair é
“A Chance”, que conquistou muitos
ARRUDA DOS PISÕES - RIO MAIOR | Edifício da Escola
novos fãs ao integrar a banda-sonora
Primária
da novela Morangos com Açúcar, que
• Até 1/1/18 – Exposição de fotografia «Arruda ao longo dos tem-
atingiu Platina. Após o lançamento do
pos». Horário: dom. das 10h30 às 12h00 e das 15h00 às 18h30.
álbum, a banda estava confiante de
SANTARÉM que tinha feito um bom trabalho, mas
• Casa Pedro Álvares Cabral/Casa do Brasil - Até 7/2/18 – Exposição o enorme êxito que se revelou o seu se-
«Santarém Cidade em Crescente». Horário: 3ª a sáb. das 09h00 às gundo single, “If You Give Up”, uma
12h30 e das 14h00 às 17h30. das músicas mais tocadas nas rádios
• Biblioteca Municipal Braamcamp Freire - Até 29/12 – Exposição portuguesas nesse ano, estava muito
«Coleção de arte contemporânea ‘Manuela de Azevedo’». Horário: além dos seus sonhos e confirmou os
2ª a 6ª das 09h30 às 12h30 e das 14h00 às 17h30. Hands On Approach como uma ban-
ALVIELA | Centro Ciência Viva da de referência no panorama musi-
• Até 30/12 – Exposição de fotografia «Gravidade Zero» de Cristiana cal português. Já em 2007, a banda
Gomes. edita “10 Anos-Casino Figueira”. A
MINDE | Museu de Aguarela Roque Gameiro banda volta em força em 2010 com o
• Até 31/12 – Exposição «Roque Gameiro – um passeio à beira-mar». seu 4º álbum “High & Above”. Pela pri-
Horário: 3ª a dom. das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00. meira vez produzido e gravado por Rui
David (vocalista da banda), a maturi-
GOUXARIA - ALCANENA | Artspace João Carvalho
dade de 14 anos de uma carreira re-
• Até 27/1/18 – Exposição de arte digital «Nesto f Time / Ninho do
cheada de canções marcantes reco-
Tempo» de Adam Martinakis.
nhece-se de imediato na consistência
CALDAS DA RAINHA | Centro Cultural e Congressos e afirmação da sonoridade deste dis-
• Até 31/12 – Exposição «Cama de Ópio» de Ana Jacinto Nunes. co. Temas como “High & Above”,
• Até 31/12 – Exposição de marionetas «500 anos depois do Inferno de “Days Of Our Own” e “Black Tears”
Gil Vicente» de José Carlos Barros. (em dueto com Ana Free), respeti-
14 29.12.2017 | DIVERSOS

Z Mega Passagem HORÓSCOPO COM O
de Ano em Rio Maior PATROCÍNIO
A Câmara Municipal de Rio Maior SOLIPOC
Contabilidade e Fiscalidade, Lda.
vai levar a efeito mais uma Mega Pas-
sagem de Ano 2017/2018 numa Ten- Tel.: 243 992 080/1 z Fax: 243 996 426
da Eletrónica no Jardim Municipal de Av. Paulo VI, N.º 7 - 2.º Dt.º
Rio Maior com Foka Energie e Nuno 2040-325 RIO MAIOR
Remix, onde também haverá fogo de
artifício. As entradas são livres.
LISBOA
Tel.: 213 54 4 621
Z Comemorações do Avenida Miguel Bombarda n.º 117 - 1.º
1050-164 LISBOA
Feriado Municipal
1 CARNEIRO - 21/3 a 20/4 – Para esta semana, tem o arcanjo uriel,
no Cadaval o que significa que terá oportunidades para sentir mais entusiasmo,
este arcanjo de luz amarela ajuda a iluminar e a alegrar a sua energia,
também é bem possível que possa ajudar pessoas próximas de si a
O Município do Cadaval vai levar a sentir mais leveza e alegria.
efeito as Comemorações do seu Feria- ––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––—––––––
do Municipal (13 de janeiro), nos dias 2 TOURO - 21/4 a 21/5 – O anjo da intuição ajuda-lhe nesta
13 e 14 de janeiro de 2018, com a se- semana a sentir mais a sua voz interior e a perceber melhor as suas
guinte programação: Dia 13 (sábado): intuições, confie no que sente, na sua alma e siga em frente no
09h30 - Hastear da Bandeira com a caminho da verdade, da sua verdade. É possível que surjam sinais a
Banda da Associação Filarmónica e indicar-lhe o que fazer, sempre que estiver em dúvida, feche os
Cultural do Cadaval nos Paços do Con- olhos, coloque as mãos no meio do peito e respire com consciência.
celho; 10h30 - Prova de Atletismo - Cor- ––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––—––––––
ta Mato no Parque de Lazer; 11h00 - 3 GÉMEOS - 22/5 a 21/6 – O anjo da prosperidade está presente na
Inauguração da exposição «Vida e Obra sua semana para lhe ajudar a sentir mais confiança nas suas ca-
de Rafael Bordalo Pinheiro» na Biblio- pacidades, e acreditar mais em si mesma/o e na sua energia de
teca Municipal; 12h00 - Eucaristia pe- concretização, coloque as sementes em ação do que quer realizar,
los Beneméritos do Concelho na Igre- poderá ser uma altura fértil e abundante para planear ou investir em
ja Matriz; 16h00 - Inauguração da Re- algo que quer fazer.
qualificação da Escola Básica do Pai- ––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––—––––––
nho em Painho; Dia 14 (domingo): 4 CARANGUEJO - 22/6 a 22/7 – Tem o anjo da criação esta se-
15h00 - Apresentação do livro de poe- mana, que vem relembrar que cada dia é uma nova página, e que tem
sia “Os meus Olhares” de António Belo a potencialidade de criar a sua vida de acordo com o que deseja e
na Biblioteca Municipal; 16h30 - Con- precisa, no entanto a sua energia precisa de estar alinhada com o seu
certo de Natal pelo Grupo Coral do Ca- propósito, para que tudo fluía ainda melhor.
daval na Igreja Matriz. ––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––—––––––
5 LEÃO - 23/7 a 23/8 – O anjo da nutrição está na sua semana para
ajudar-lhe com o seu bem estar no geral, possivelmente poderá estar
CARTÓRIO NOTARIAL DE ÓBIDOS mais interessado/a em cuidar da sua alimentação, das suas rotinas
de saúde e bem estar a vários níveis. Invista em si e se quiser melhorar
algo no seu dia a dia, poderá ser a altura certa para o fazer, se precisar
Notário: António Alberto Machado Bértolo de ser guiado/a por um nutricionista procure por essa ajuda.
––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––—––––––
REGIÃO de Rio Maior — 29.12.2017
6 VIRGEM - 24/8 a 23/9 – O anjo do poder está consigo para lhe
ajudar a afirmar-se mais nesta semana, será essencial honrar o que
EXTRACTO sente e o que quer com convicção e coragem, deverá orgulhar-se de
Certifico narrativamente, para efeitos de publicação, que por escritura de hoje, iniciada a folhas seis do Livro de Notas si mesma/o, e manifestar a sua verdade com força interior. Será
número Cinquenta e Cinco- F, deste Cartório Notarial, compareceram como outorgantes ARMANDO CÂNDIDO COIMBRA importante não se exaltar mas ter calma e humildade, como também
respeitar a sua energia.
DA COSTA, NIF e mulher MARIA ALICE MARQUES SOUSA DA COSTA, residentes em 33 Rue Mechenheck, Berchem,
––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––—––––––
Luxemburgo, e, quando em Portugal, no Casal da Alegria, São João da Ribeira, Rio Maior, que declararam que são, com 7 BALANÇA - 24/9 a 23/10 – Para esta semana tem o anjo da
exclusão de outrem, donos e legítimos possuidores do seguinte imóvel: sabedoria, o que significa que será uma semana importante para
PRÉDIO URBANO, composto de parcela de terreno para construção urbana, sito no Casal da Alegria, União das avaliar alguns aspetos da sua vida com maturidade e responsabilidade.
Freguesias de São João da Ribeira e Ribeira de São João, concelho de Rio Maior, a confrontar do Norte com Estrada Algo na sua vida poderá estar preparado para acontecer, algo que
Nacional, a Sul e Nascente com Herdeiros de Adelino Ascenção Sousa e do Poente com Armando Cândido Coimbra da quer, confie na sua própria sabedoria interna para tomar as decisões
Costa, com a área de mil e oitenta metros quadrados, a desanexar do prédio descrito na Conservatória do Registo Predial certas.
de Rio Maior sob o número QUATROCENTOS E SESSENTA E NOVE/ São João da Ribeira, cuja aquisição se encontra ––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––—––––––
registada a favor de Adelino Ascensão Sousa e mulher Helena Marques, pela apresentação número sete de vinte e três 8 ESCORPIÃO - 24/10 a 22/11 – Nesta semana vai sentir bonitos
de Abril de mil novecentos e setenta e cinco, a desanexar da parte rústica da citada descrição, nomeadamente do artigo gestos de amor, afeto e boas vibrações, irá sentir vontade de partilhar
1, da Secção V, da União das Freguesias de São João da Ribeira e Ribeira de São João (anterior artigo 1, Secção V, da com as outras pessoas de forma especial com amor incondicional,
sentirá a troca harmoniosa entre o dar e receber de igual para igual.
extinta Freguesia de São João da Ribeira).
Sinta-se orgulhosa pela sua generosidade amorosa e acredite na
Na supra identificada parcela de terreno, os justificantes construíram uma casa de habitação, composta de cave, rés-
bondade dos outros também.
do-chão e primeiro andar, destinada a habitação e logradouro, com a área total de mil e oitenta metros quadrados, sendo ––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––—––––––
cento cinquenta e quatro metros quadrados de área coberta e novecentos e vinte e seis metros quadrados de área 9 SAGITÁRIO - 23/11 a 20/12 – O Arcanjo Jofiel nesta semana irá
descoberta, inscrito na matriz predial urbana sob o artigo 1372, da já referida União das Freguesias de São João da ajudar-lhe a transformar os seus pensamentos, para que sejam cada
Ribeira e Ribeira de São João (anterior artigo 2372 da extinta Freguesia de São João da Ribeira). vez mais fortes em termos de luz e amor, pensamentos mais har-
A parcela de terreno foi adquirida por doação verbal efectuada pelos identificados Adelino Ascenção Sousa e moniosos e em equilíbrio. Vai ajudar-lhe também a sentir mais auto
mulher Helena Marques, respectivamente sogros e pais dos justificantes, no dia nove de Agosto de mil novecentos e confiança e amor próprio para se sentir mais valorizado/a. Irá libertar
setenta e nove. os receios, e procurar pela sua própria força interior.
A casa de habitação construída nesta parcela de terreno, foi feita única e exclusivamente a expensas dos aqui ––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––—––––––
justificantes. 0 CAPRICÓRNIO - 21/12 a 20/1 – O anjo da criatividade está na
A parcela de terreno e a construção nela erigida constituem um prédio autónomo. sua semana para lhe ajudar a sentir mais energia criativa, possivelmente
as ideias poderão fluir ainda mais nestes dias, algum projeto poderá
Como a doação foi verbal, os justificantes não ficaram a dispor de título que lhes permitisse registar o prédio em seu
ganhar mais realismo, possibilidades e sentirá tudo a fluir melhor. A
nome na Conservatória. criatividade poderá ser manifestada de diferentes formas e terá
Que possuem o referido prédio em nome próprio, há trinta e sete anos, agindo como proprietários e na convicção oportunidades ao longo da semana para expressar o que sente.
de o serem, sem a menor oposição de quem quer que seja, desde o seu início, posse que sempre exerceram sem ––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––—––––––
interrupção e ostensivamente, com o conhecimento de toda a gente da freguesia de São João da Ribeira, lugares e _ AQUÁRIO - 21/1 a 19/2 – Para esta semana tem o anjo da ver-
freguesias vizinhas, usufruindo-o, cuidando dele, tendo procedido a obras de conservação e a pinturas, nele residindo dade, tem a mesma carta da semana passada, portanto significa que
quando se encontram em Portugal, com a convicção de não lesarem o direito de quem quer que seja, pagando os será essencial novamente honrar a sua verdade. Expresse o que
respectivos impostos e contribuições, agindo sempre pela forma correspondente ao exercício do direito de proprieda- sente e pensa, e não deixe para amanhã o que pode expressar hoje,
de, sendo, por isso, uma posse pacífica, pública, contínua e de boa fé, pelo que adquiriram o referido prédio por mas fale e aja com consciência sobretudo com alma. A intuição
USUCAPIÃO. revela-se através do sentir, portanto confie no que sente.
––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––—––––––
= PEIXES - 20/2 a 20/3 – Tem para esta semana o anjo do ro-
Óbidos, dezoito de Dezembro de dois mil e dezassete.
mance, o que indica que terá uma semana romântica e amorosa,
poderá sentir o amor a fluir fortemente na sua vida e no seu ser, se já
O Notário, estiver numa relação irá querer sentir de forma plena e profunda e
ANTÓNIO ALBERTO MACHADO BÉRTOLO entrar numa nova etapa de ainda mais conexão.
DIVERSOS |129.12.2017
15
LAR DE VALE DA ROSA PUBLICIDADE? SERVIÇOS DE URGÊNCIA
Aceitam-se idosos Há suportes MAIS O

O
Bombeiros Voluntários Alcanede ......................... 243 409 200
Bombeiros Voluntários Benedita ............................ 262 925 500
Bombeiros Voluntários Caldas da Rainha ............... 262 840 550
em regime permanente.
O

EFICAZES do que os O
Bombeiros Voluntários Rio Maior ............................ 243 999 510
O
Bombeiros Voluntários Santarém ........................... 243 323 122
Também aceitamos casais CESTOS dos PAPÉIS O

O
Guarda Nacional Republicana Benedita ................. 262 925 120
Guarda Nac. Republicana Caldas da Rainha ........... 262 845 043
colocados à ENTRADA Guarda Nacional Republicana Rio Maior ................. 243 999 500
96 539 74 18 ou 243 949 445
O

O
Guarda Nacional Republicana Santarém ................ 243 300 070
dos PRÉDIOS O

O
Brigada de Trânsito (Santarém) .............................. 243 300 030
Unidade de Saúde de Rio Maior .............................. 243 999 200
O
Hospital da Misericórdia de Rio Maior ..................... 243 909 620
Hospital Distrital de Santarém ................................ 243 300 200
MARIA HELENA MARTINS BRAZ MATEUS ISABEL RICARTE DA PIEDADE
O

O
Intoxicações .......................................................... 217 950 143
O
Cruz Vermelha Rio Maior ........................................ 243 997 367
O
S.O.S. .................................................................... 243 996 112

FARMÁCIAS
N. - 20/9/1960 N. - 23/9/1947 O
RIO MAIOR:
F. - 12/12/2017 F. - 20/12/2017 - Farmácia Almeida ................................................. 243 992 255
- Farm. Serviço: Farmácia Barbosa (29/12 a 4/1) ....... 243 994 700
RIO MAIOR Teira - Farmácia Central ............................................... 243 946 148
RIO MAIOR - Farmácia Ferraria Paulino .................................... 243 949 056
O
S. JOÃO RIBEIRA: Farmácia São João ................... 243 945 087
AGRADECIMENTO AGRADECIMENTO O
ALCANEDE: Farmácia Apolinário ......................... 243 408 515
O
ALCOENTRE: Farmácia Peralta ............................ 263 487 052/3
Seu marido, filhos, pais, irmão, cunhada e restante família vêm, Seu marido, filha, genro, netos e restante família vêm, muito O
ABITUREIRAS: Farmácia Silva .............................. 243 469 429
muito reconhecidos, manifestar a sua gratidão, a todas as pessoas reconhecidos, manifestar a sua gratidão, a todas as pessoas que O
AMIAIS DE BAIXO: Farmácia Justo ......................... 249 870 363
que se dignaram acompanhar a saudosa extinta senhora à sua se dignaram acompanhar a saudosa extinta senhora à sua última .. Farmácia Rodrigues .................. 249 870 103
última morada e a todas as demonstrações de amizade, afeto e morada e a todas as demonstrações de amizade, afeto e carinho.
O
BENEDITA:
- Farmácia Nova ..................................................... 262 929 121
carinho. Agradecem igualmente a todas as pessoas que por Agradecem igualmente a todas as pessoas que por qualquer outra
- Farmácia Alves ..................................................... 262 925 510
qualquer outra forma se associaram à sua dor neste transe e os forma se associaram à sua dor neste transe e os confortaram pela O
MANIQUE INTEND.: Farmácia Ferreira Camilo ....... 263 485 359
confortaram pela perda sofrida. A todos bem hajam. perda sofrida. A todos bem hajam.
Tratou deste funeral a Funerária Cristo Redentor, Lda.,
Rio Maior – Tlf.: 243 995 111 - Tlm.: 969 286 118
Tratou deste funeral a Funerária Cristo Redentor, Lda.,
Rio Maior – Tlf.: 243 995 111 - Tlm.: 969 286 118
SERVIÇO DE ÁGUAS
O
Piquete de Rio Maior ............................................ 966 012 512

Alcobertas | Turquel EDP
O
Avarias e Atendimento: Linha verde ....................... 800 506 506
Rio Maior | A-dos-Francos
OUTROS TELEFONES ÚTEIS
São João da Ribeira • Agrup. Escolas EBI Fernando Casimiro 243 999 180 • Agrup. Escolas
EBI Marinhas do Sal 243 909 710 • Biblioteca Municipal 243 999 387 •
Câmara Municipal 243 999 300 •C.E.Especial“ONinho”243995383•Centro
243 995 111 918 336 183 Estágios243 999 700 • Correios 243 999 001/02 • Escola de Cond. Riomaio-
rense 243 996 365 • Escola Profissional 243 999 450 •Escola Secundária
243 999 040 • Escola Superior de Desporto 243 999 280/81 • Jardim Infantil
www.funerariacristoredentor.pt “O Ninho” 243 909 622 • Junta de Freguesia Rio Maior 243 995 114 • Lar
dos Velhinhos 243 909 740 • Loja do Cidadão 243 999 380 • REGIÃO de
geral@funerariacristoredentor.pt Rio Maior 243 992 002 • Repartição de Finanças 243 996 721 • Rodoviária
do Tejo 243 996 003 • Santa Casa da Misericórdia 243 909 623 • Táxis 243
996 699 • Tribunal Judicial 243 909 440 • Viagens Lucas 243 992 281.

Pontos ARROUQUELAS: Supermercado «O Pote» . ASSEICEIRA:
Minimercado de Asseiceira. RIBEIRA DE S. JOÃO: Minimercado
SEJA PRUDENTE NA
Silvas. RIO MAIOR: Bar das Piscinas • Boutique dos Jornais • Café Ouro
de
CONDUÇÃO
Sob Azul (Chainça) • Continente • Ganaus Café • Papelaria Casimiros Esteja sempre atento à travessia dos peões nas
• Papelaria Isamar • Papelaria Ritinha • Petrocaldas (Pingo Doce - Taipas) passadeiras: eles têm o direito de passar primeiro!

venda
• Pingo Doce (Espadanal) • Pingo Doce (Rua das Taipas) • Quiosque
MAS SE É PEÃO...
Avenida • Quiosque Intermarché • Quiosque do Jardim • Snack Bar 24 Nunca atravesse a rua, mesmo na passadeira, sem ter a certeza
Horas (Bombas Prio) • Tabacaria Dezena Mágica (Pingo Doce - absoluta de que a viatura que se aproxima vai parar!
Espadanal). S. JOÃO DA RIBEIRA: Café-Bar S. João. VALE DE Mais: por favor, não se ponha à conversa na passadeira, nem
à entrada da passadeira se não vai atravessar, obrigando assim
ÓBIDOS: Ganaus Café 2. VILA DA MARMELEIRA: A Lojinha da Nani. os condutores a parar — dê-se ao respeito se quer ser respeitado!

AGÊNCIA FUNERÁRIA
ROSÁRIO,, LD
PINTO & ROSÁRIO LDA.
A. AGÊNCIA FUNERÁRIA
Gerência de Joaquim Coelho Pinto
Funerais z Trasladações z Cremações z Embalsamamentos
Registo de actividade nº 346 conforme Dec-Lei nº 206/2001
XAVIER, LDA.
z Atendimento personalizado
Funerais • Trasladações • Cremações
z Tratamento integral dos processos de segurança social Tratamos de toda a documentação incluindo a entrega dos Req. à Segurança Social - Gratuito
para obtenção de regalias sociais
z Funeral Social – Portaria 1230/2001 TELEMÓVEIS: 965 025 085 / 962 723 941
z Serviço Permanente ATENDIMENTO PERMANENTE (24 horas): 243 408 205
AGÊNCIA: RESIDÊNCIA (Serviço Nocturno): FILIAL: Tremez (Frente à Igreja), R. de S. Tiago, 115 a 117 – Telef./Fax: 243 479 515
Rua Mouzinho de Albuquerque 26-A r/c Esq. Rua Principal – Bastidas SEDE: Rua do Comércio, Nº 10, ALCANEDE – Telef.: 243 408 205 / Fax: 243 406 157
2040-253 Rio Maior 2040 - Rio Maior
Telef.: 243 996 882 • Telem.: 969 027 068 Telef.: 243 996 233 www.agenciafunerariaxavier.pai.pt

CAMPAS E JAZIGOS | MÁRMORES E GRANITOS PARA CONSTRUÇÃO CIVIL

Casal da Amieira - BATALHA | 244 765 217 | 244 765 526 | 244 765 529
Luis Filipe Miguel (sócio gerente) 919 937 770
granicentro granicentro@granicentro.pt | www.granicentro.pt
Sociedade Comercial
de Mármores
e Granitos, Lda. Visite a maior exposição da zona centro junto à Exposalão Batalha
16 N.º 1525| 29.12.2017 Avenida Paulo VI, n.º 11 - 1.º C Fte. – 2040-325 RIO MAIOR Siga-nos no Facebook e no Twitter

Uma conversa com Alexandra Soares a propósito do movimento
pela reintrodução da bolota numa alimentação humana saudável
“ Em 23 de novembro de 2017
o Dia da Floresta Autóctone
celebrou a conservação das flores-
tas naturais da Península Ibérica
e a promoção das espécies de ár-
vores originárias do nosso territó-
rio.
Neste ano de seca e com vasta
área ardida, aumentou o reconhe-
cimento da importância da flores-
ta autóctone, pela sociedade.
No nosso país, a maior parte
das florestas naturais desapare-
ceu ou está já muito alterada. A
preservação dos bosques reliqui-
ais da nossa floresta autóctone é
essencial e algumas espécies,
mais raras e ameaçadas, devem
ser alvo de legislação específica
com vista à sua conservação.
As espécies que compõem os
nossos ecossistemas florestais au-
tóctones tais como os carvalhais,
os azinhais e os sobreirais desen-
volvidos, são espécies adaptadas
aos nossos solos e clima, e que se
apresentam como bastante resis-
tentes e resilientes aos incêndios
florestais.
E depois há que reintroduzir os
produtos da floresta autóctone na
nossa alimentação.
Por exemplo, a farinha de bolo-
ta, que antes da introdução da ba-
tata vinda da América nos anos
1500, era uma das bases da nossa
alimentação. Região de Rio Maior (Região) – castanha e para substituir também var. Por exemplo, há uma receita ção aos que são produzidos em mo-
Foi precisamente com a confe- Dra. Alexandra Azevedo, porquê es- farinhas de vários tipos de cereais. tão boa que é o risotto com lenti- do de produção biológica – os ali-
ção de pão de farinha de bolota e ta sensibilização para a reitrodu- A bolota não é um cereal, é um lhas, que há alunos que se recu- mentos silvestres são sempre mais
de bolinhos de farinha de bolota e ção da bolota na alimentação hu- fruto e por isso não tem glúten, não sam provar mas que aqueles que ricos em vários minerais e antioxi-
figo que a Escola Básica Marinhas mana? é particularmente rica em proteí- provam, regra geral gostam. dantes, os tais fatores que fazem
do Sal assinalou o Dia da Floresta Alexandra Soares (AS) – Por- na mas tem mais proteína do que Região – Aqui em Rio Maior, no do alimento um medicamento –, se
Autóctone, com a colaboração da que a bolota é a base do nosso ecos- a batata ou a castanha, por exem- seio da população estudantil, par- consumidos em pequenas quanti-
Dra. Alexandra Azevedo, ambien- sistema e ainda por cima estamos plo. Conjugando-a com legumino- ticularmente na da Escola Superi- dades poderiam compensar as ca-
talista e autora de dois livros sobre numa fase em que a natureza nos sas ou com algas... – nós temos or de Desporto, verifico que, quan- rências de uma alimentação de
alimentação racional precisamen- está a dizer que estamos a fazer mui- uma costa tão vasta e no entanto do vão às grandes superfícies com- uma época de abundância ilusória
te a partir de produtos há muito ar- tas coisas más e ao mesmo tempo. as algas nunca entraram na nos- prar géneros alimentares, geral- pois se é rica em proteína animal e
redados da nossa alimentação e Portanto temos aqui vários proble- sa tradição alimentar a não ser nal- mente incluem brócolos nas suas calorias é pobre no que de facto faz
que fazem imensa falta ao orga- mas, como a seca, a eucaliptiza- gumas populações mais costeiras opções. Por que será? mais falta ao organismo – e daí o
nismo”, escreveu-se na edição n.º ção do país, os problemas de saú- – ... que são outro alimento a des- AS – Os brócolos são ricos em rol de doenças desde as demênci-
1521, de 1/12/2017, do jornal Região de pública enormes porque 86% cobrir e serão o tema do meu próxi- ferro. A bolota também é extrema- as aos AVC, cancros, etc. – e com-
de Rio Maior, com a indicação de que das mortes dos portugueses são mo livro – eu já tenho dois publica- mente rica em ferro; a bolota é rica pensando essas carências evitari-
se tratava de um assunto desenvol- causadas por doenças crónicas dos que são «Frutos Silvestres Co- em cálcio. Os brócolos também são am que recorrêssemos a suple-
vido numa conversa com a referi- não transmissíveis. Conjugando is- mestíveis - Guia Prático» em que ricos em cálcio. E mais ricas em mentações alimentares.
da ambientalista, na edição seguin- so tudo, nas minhas pesquisas fui se integra a bolota e «Ervas Sil- tudo isto, cerca de dez vezes mais Porque a verdade é que temos
te, o que não foi possível dada a exi- chegando à conclusão de que pre- vestres Comestíveis - Guia Práti- ricas em minerais do que qualquer carência de uma série de antioxi-
guidade de espaço disponível mas cisamos de recuperar o nosso bos- co», editados pela Quercus. planta terrestre são as algas mari- dantes e de alguns minerais como
agora é. que e para isso temos que nos vol- Região – A senhora tem corrido nhas, também ricas em proteína, o selénio, o zinco, tudo substâncias
tar a alimentar dele e a bolota é várias escolas. Qual é a aceitação sendo portanto um alimento que em em que uma produção mais inten-
* que é o fruto que foi a base da ali- dos alunos para a (re)introdução poucas quantidades permite corri- siva foi empobrecendo os solos que
mentação das primeiras popula- destes produtos na alimentação? gir as carências de alimentos ter- hoje em dia só não são pobres em
Alexandra Azevedo dedica-se à ções humanas – e serviu de alimen- AS – Tem sido surpreendente- restres. nitratos, potássio, produtos quími-
Educação Ambiental, à recupera- to às pessoas até há poucas déca- mente boa. Normalmente dizemos O que estes alimentos demons- cos que não propiciam de modo
ção de alguns ecossistemas em pe- das atrás! que as gerações mais novas não tram é que apesar de a nossa soci- nenhum uma fertilização equilibra-
quena escala, está muito ligada ao Região – Quer recordar às pes- gostam de alimentos saudáveis edade atual ser urbanizada, indus- da, embora faça as plantas cres-
movimento que procura reintrodu- soas as propriedades que a bolota mas não é assim; têm é que ser trial, é que os alimentos silvestres cerem... É uma espécie de fast fo-
zir a bolota nos hábitos alimenta- tem para a qualidade da alimenta- propostas bem confecionadas e de deviam continuar a fazer parte do od para as plantas e portanto nós
res dos portugueses e foi durante ção? qualidade e esse é, também, um nosso leque de alimentos. É claro assistimos a um sistema de fast
10 anos dirigente nacional da Quer- AS – Com a bolota nós pode- grande desafio. que por si sós não serão suficien- food que abrange toda a cadeia de
cus. Tem um canal no YouTube que mos fazer todo o tipo de receitas Lá aparece um caso ou outro tes nesta altura mas como são produção. „
é o «Natureza Comestível». que se fazem com batata ou com em que um aluno se recusa a pro- muito mais ricos, mesmo em rela- Carlos Manuel

Seja bem-vindo ao website do jornal REGIÃO de Rio Maior
Mais informação e qualidade
www.regiaoderiomaior.pt
Rio Maior Regional Social Economia Desporto Educação Saúde Opinião Cultura Diversos Grande Entrevista