Você está na página 1de 410

CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.

COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

Siga-nos no Instagram @acimadetudobrasil

1
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

➔ O valor cobrado pela apostila é simbólico e


inferior a outras apostilas similares! Pedimos
que NÃO COMPARTILHE a apostila!
Para que possamos continuar desenvolvendo
mais apostilas como essa e ajudar cada vez um
número maior de pessoa na busca pelo seu
sonho é fundamental a contribuição simbólica
de quem adquirir esse material.

➔ Se queremos um Brasil melhor, com menos


corrupção, que tal começarmos pelos nossos
exemplos? Compartilhar material sem a devida
autorização é crime e imoral !

➔ Dúvidas, comentários e sugestões podem


ser enviados através do e-mail de contato
acimadetudobrasil@hotmail.com ou através do
Instagram: @acimadetudobrasil

2
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

Sumário
1- PORTUGUÊS ...................................................................................................................... 5
2- CODIGO PENAL ............................................................................................................. 46
2.1 PARTE GERAL ................................................................................................................. 46
GABARITO PARTE GERAL .................................................................................................... 68
2.2 PARTE ESPECIAL ............................................................................................................ 69
GABARITO PARTE ESPECIAL ............................................................................................... 81
3 - DIREITO CONSTITUCIOAL ...................................................................................... 82
3.1 DOS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS ............................................................................... 82
GABARITO PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS ........................................................................... 87
3.2 DOS DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS ......................................................... 88
GAB DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS. ................................................................. 99
3.3 DA ORGANIZAÇÃO DOS PODERES E DO ESTADO ................................................. 100
GABARITO ORGANIZAÇÃO DOS PODERES E DO ESTADO ................................................ 107
3.4 DA DEFESA DO ESTADO E DAS INSTITUIÇÕES DEMOCRÁTICAS .......................... 107
GABARITO DEFESA DO ESTADO E DAS INSTITUIÇÕES DEMOCRÁTICAS ......................... 128
3.5 DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ................................................................................. 129
GABARITO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA ...................................................................... 137
4 - CÓDIGO PENAL MILITAR....................................................................................... 138
4.1 PARTE GERAL ............................................................................................................... 138
GABARITO PARTE GERAL .................................................................................................. 152
4.2 ART. 9º ( CRIMES MILITARES) .................................................................................... 153
GABARTIRO ART. 9º.......................................................................................................... 167
4.3 TEMPO E LUGAR DO CRIME ...................................................................................... 168
GABARITO TEMPO/LUGAR DO CRIME ............................................................................. 170
4.4 DAS PENAS .................................................................................................................... 171
GABARITO “DAS PENAS” .................................................................................................. 180
4.4 DOS CRIMES CONTRA AUTORIDADE E DISCIPLINA MILITAR .............................. 181
GABARITO OS CRIMES CONTRA AUTORIDADE E DISCIPLINA MILITAR ........................... 207
4.5 CONTRA O SERVIÇO E DEVER MILTAR .................................................................... 208
GABARITO DOS CRIMES CONTRA O SERVIÇO E DEVER MILTAR ..................................... 214
4.6 DOS CRIMES CONTRA ADMINISTRAÇÃO MILITAR ................................................. 215
GABARITO DOS CRIMES CONTRA A ADIMINISTRAÇÃO M MILITAR ............................... 239
5 - DIREITOS HUMANOS ............................................................................................... 240
5.1 DH PARTE GERAL......................................................................................................... 240
GABARITO DH PARTE GERAL ............................................................................................ 257

3
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

5.2 ESTATUTO DO IDOSO .................................................................................................. 258


GABARITO ESTATUTO DO IDOSO ..................................................................................... 265
5.3 PRECONCEITO RAÇA E COR E DESCRIMINAÇÃO POR ORIENTAÇÃO SEXUAL
............................................................................................................................................... 266
GABARITO PRECONCEITO RAÇA E COR E DESCRIMINAÇÃO POR ORIENTAÇÃO SEXUAL269
5.4 TORTURA....................................................................................................................... 270
GABARITO TORTURA ........................................................................................................ 288
5.5 PROTEÇÃO A VÍTIMA E TESTEMUNHA ..................................................................... 289
GABARITO PROTEÇÃO A VÍTIMA E TESTEMUNHA ......................................................... 292
6 - LEGISLAÇÃO EXTRVAGANTE ............................................................................ 293
6.1 ESTATUTO DESARMAMAENTO ................................................................................... 293
GABARITO ESTATUTO DESARMAMENTO ....................................................................... 311
6.2 “ECA”.............................................................................................................................. 312
GABARITO “ECA” .............................................................................................................. 317
6.3 JUIZADO CÍVEL/CRIMINAL ......................................................................................... 318
GABARITO JUIZADO CÍVEL/CRIMINAL ............................................................................. 325
6.4 LEI DE DROGAS ............................................................................................................ 326
GABARTIO LEI DE DROGAS ............................................................................................... 348
6.5 CÓDIGO DE ÉTICA E DISCIPLINA MILITAR .............................................................. 349
GABARITO CEDM .............................................................................................................. 364
6.6 CRIMES HEDIONDOS ................................................................................................... 365
GABARITO CRIMES HEDIONDOS ...................................................................................... 369
6.7 MARIA DA PENHA ....................................................................................................... 370
GABARITO MARIA DA PENHA .......................................................................................... 387
NOÇÕES DE ESTATÍSTICA ......................................................................................... 388
GABARITO DE ESTATÍSTICA .............................................................................................. 410

4
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

1- PORTUGUÊS

Ousadia
Fernando Sabino
A moça ia no ônibus muito contente desta vida, mas, ao saltar, a contrariedade
se anunciou:
– A sua passagem já está paga – disse o motorista.
– Paga por quem?
– Esse cavalheiro aí.
E apontou um mulato bem-vestido que acabara de deixar o ônibus, e aguardava
com um sorriso junto à calçada.
– É algum engano, não conheço esse homem. Faça o favor de receber.
– Mas já está paga...
– Faça o favor de receber! – insistiu ela, estendendo o dinheiro e falando bem
alto para que o homem ouvisse:
– Já disse que não conheço! Sujeito atrevido, ainda fica ali me esperando, o
senhor não está vendo?
Vamos, faço questão que o senhor receba minha passagem.
O motorista ergueu os ombros e acabou recebendo: melhor para ele, ganhava
duas vezes.
A moça saltou do ônibus e passou fuzilando de indignação pelo homem. Foi
seguindo pela rua, sem olhar para ele.
Se olhasse, veria que ele a seguia, meio ressabiado, a alguns passos.
Somente quando dobrou à direita para entrar no edifício onde morava, arriscou
uma espiada: lá vinha ele! Correu para o apartamento, que era no térreo, pôs-se
a bater,aflita:
– Abre! Abre aí!
A empregada veio abrir e ela irrompeu pela sala, contando aos pais atônitos, em
termos confusos, a sua aventura:
– Descarado, como é que tem coragem? Me seguiu até aqui!
De súbito, ao voltar-se, viu pela porta aberta que o homem ainda estava lá fora,
no saguão. Protegida pela presença dos pais, ousou enfrentá-lo:
– Olha ele ali! É ele, venham ver! Ainda está ali, o sem vergonha. Mas que
ousadia!
Todos se precipitaram para a porta. A empregada levou as mãos à cabeça:
– Mas a senhora, como é que pode! É o Marcelo.
– Marcelo? Que Marcelo? – a moça se voltou, surpreendida.
– Marcelo, o meu noivo. A senhora conhece ele, foi quem pintou o apartamento.
A moça só faltou morrer de vergonha:
– É mesmo, é o Marcelo! Como é que eu não reconheci! Você me desculpe,
Marcelo,por favor.
No saguão, Marcelo torcia as mãos, encabulado:
– A senhora é que me desculpe, foi muita ousadia...
SABINO, Fernando. Ousadia. In: Para gostar de ler – Crônicas. São Paulo: Ática, 1981.

5
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO

1ª QUESTÃO – Sobre o narrador é CORRETO afirmar que:


A. ( ) O narrador é a personagem que figura como a “moça” e participa da história
narrada.
B. ( ) O narrador não é onisciente.
C. ( ) O narrador é a personagem de nome Marcelo e não participa da história
narrada.
D. ( ) O narrador é onisciente.

2ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA que corresponda à sequência


de comportamentos da protagonista durante o desenrolar da narrativa:
A. ( ) Envergonhada – aflita – indignada – nervosa – contrariada – contente.
B. ( ) Contente – contrariada – nervosa – indignada – aflita – envergonhada.
C. ( ) Indignada – envergonhada – contente – contrariada – nervosa - aflita.
D. ( ) Aflita – nervosa – envergonhada – contente – indignada – contrariada.

3ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA que corresponda à percepção


da personagem Marcelo em relação ao pagamento da passagem:
A. ( ) Ousadia.
B. ( ) Frustração.
C. ( ) Orgulho.
D. ( ) Incompreensão.

4ª QUESTÃO – Na passagem: “O motorista ergueu os ombros e acabou


recebendo...”
Assinale a alternativa CORRETA que corresponda ao resultado auferido pelo
motorista, em consequência da ação do verbo “receber”:
A. ( ) Vergonhoso.
B. ( ) Vantajoso.
C. ( ) Nocivo.
D. ( ) Lesivo.

5ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA que corresponda à motivação


da protagonista em enfrentar o homem que ela acreditava tê-la seguido:
A. ( ) A presença da empregada.
B. ( ) O fato de seu apartamento está localizado no andar térreo.
C. ( ) A proteção dos pais.
D. ( ) O fato de o rapaz ser noivo da empregada.

GRAMÁTICA

6ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA, cuja frase foi apresentada no


sentido conotativo.
A. ( ) Maria ficou sabendo que o seu quarto está limpo.
B. ( ) Maria ficou sabendo que o seu carro está limpo.
C. ( ) No fim de semana teve uma chuva de granizo no centro da capital.
D. ( ) No fim de semana teve uma chuva de dinheiro no centro da capital.

6
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

7ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA, cujas palavras classificam-se


como polissêmicas.
A. ( ) Vela, marginal, cabo, mangueira.
B. ( ) Arrear, arriar, assoar, assuar.
C. ( ) Apóstrofe, apóstrofo, arteriosclerose, aterosclerose.
D. ( ) Cavaleiro, cavalheiro, cauda, calda.

8ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA que corresponda à utilização


do discurso direto:
A. ( ) Sobre o beijo, a moça afirmou o seguinte: “quando desci do carro fui
imobilizada pelo desconhecido que me beijou”.
B. ( ) Ele a havia beijado.
C. ( ) Após imobilizar a moça, o desconhecido a beijou.
D. ( ) Quando a moça desceu do carro, o desconhecido a imobilizou e a beijou.

9ª QUESTÃO – Considerando a função de linguagem na comunicação, marque


a alternativa CORRETA, cuja frase tem a função fática.
A. ( ) Compre batom.
B. ( ) Puxa! Que calor.
C. ( ) Beba Coca-Cola.
D. ( ) Eu te amo mais que tudo nesta vida.

10ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA, cujas palavras sublinhadas


classificam-se como sinônimas.
A. ( ) Retificar é o mesmo que confirmar.
B. ( ) Coreografia é o mesmo que estudar um país.
C. ( ) Ratificar é o mesmo que validar.
D. ( ) Corografia é o mesmo que dançar.

GABARITO

1) D 2) B 3) A 4) B 5) C
6) D 7) A 8) A 9) B 10) C

7
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

VIVER EM SOCIEDADE
Dalmo de Abreu Dallari
A sociedade humana é um conjunto de pessoas ligadas pela necessidade de se
ajudarem umas às outras, a fim de que possam garantir a continuidade da vida e
satisfazer seus interesses e desejos. Sem vida em sociedade, as pessoas não
conseguiriam sobreviver, pois o ser humano, durante muito tempo, necessita de
outros para conseguir alimentação e abrigo.
E no mundo moderno, com a grande maioria das pessoas morando na cidade, com
hábitos que tornam necessários muitos bens produzidos pela indústria, não há quem
não necessite dos outros muitas vezes por dia. Mas as necessidades dos seres
humanos não são apenas de ordem material, como os alimentos, a roupa, a
moradia, os meios de transportes e os cuidados de saúde.
Elas são também de ordem espiritual e psicológica. Toda pessoa humana necessita
de afeto, precisa amar e sentir-se amada, quer sempre que alguém lhe dê atenção
e que todos a respeitem. Além disso, todo ser humano tem suas crenças, tem sua
fé em alguma coisa, que é a base de suas esperanças.
Os seres humanos não vivem juntos, não vivem em sociedade, apenas porque
escolhem esse modo de vida, mas porque a vida em sociedade é uma necessidade
da natureza humana. Assim, por exemplo, se dependesse apenas da vontade, seria
possível uma pessoa muito rica isolar-se em algum lugar, onde tivesse armazenado
grande quantidade de alimentos. Mas essa pessoa estaria, em pouco tempo,
sentindo falta de companhia, sofrendo a tristeza da solidão, precisando de alguém
com quem falar e trocar ideias, necessitada de dar e receber afeto. E muito
provavelmente ficaria louca se continuasse sozinha por muito tempo.
Mas, justamente porque vivendo em sociedade é que a pessoa humana pode
satisfazer suas necessidades, é preciso que a sociedade seja organizada de tal
modo que sirva, realmente, para esse fim. E não basta que a vida social permita
apenas a satisfação de algumas necessidades da pessoa humana ou de todas as
necessidades de apenas algumas pessoas. A sociedade organizada com justiça é
aquela em que se procura fazer com que todas as pessoas possam satisfazer todas
as suas necessidades, é aquela em que todos, desde o momento em que nascem,
têm as mesmas oportunidades, aquela em que os benefícios e encargos são
repartidos igualmente entre todos.
Para que essa repartição se faça com justiça, é preciso que todos procurem
conhecer seus direitos e exijam que eles sejam respeitados, como também devem
conhecer e cumprir seus deveres e suas responsabilidades sociais.
Rosenthal, Marcelo et al. Interpretação de textos e semântica para concursos. Rio de Janeiro:
Essevier, 2012.

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO
1ª QUESTÃO – A partir do texto lido, podemos afirmar que, para o autor, viver em
sociedade é:
A. ( ) uma condição imprescindível para a sobrevivência, uma vez que o homem não
conseguiria viver isolado.
B. ( ) uma forma que um grupo de pessoas unidas encontra para satisfazer seus
interesses pessoais.
C. ( ) como viver em uma comunidade preparada para o caos futuro.
D. ( ) uma forma de regressão como ser humano.

8
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

2ª QUESTÃO – “Toda pessoa humana necessita de afeto, precisa amar e sentir-se


amada, quer sempre que alguém lhe dê atenção e que todos a respeitem. Além
disso, todo ser humano tem suas crenças, tem sua fé em alguma coisa, que é a
base de suas esperanças. ”
De acordo com o texto apresentado, marque a opção CORRETA:
A. ( ) Os seres humanos vivem juntos por mera escolha.
B. ( ) As emoções e sentimentos não são necessários ao homem.
C. ( ) A vida em sociedade é uma necessidade da natureza humana.
D. ( ) Os ricos não precisam de pessoas para sobreviverem, apenas de bens
materiais.

3ª QUESTÃO – Quanto à tipologia, o texto apresenta as características de um (a):


A. ( ) Carta.
B. ( ) Artigo de opinião.
C. ( ) Debate.
D. ( ) Crônica.

4ª QUESTÃO – Em relação ao texto, nas assertivas abaixo, marque “V” se for


verdadeira ou “F” se for falsa e, em seguida, marque a alternativa que contém a
sequência de respostas CORRETA, na ordem de cima para baixo:
( )O autor apresenta uma série de argumentos ordenados logicamente não se
importando em convencer o leitor.
( )O autor fala de forma subjetiva a respeito do tema abordado.
( )Seria impossível a sobrevivência se não existisse a sociedade.
( ) Na sociedade organizada basta que as pessoas possam satisfazer todos os seus
desejos.
A. ( ) V V F F.
B. ( ) F F V V.
C. ( ) V V F V.
D. ( ) F F V F.

5ª QUESTÃO – A função da linguagem predominante no texto é a:


A. ( ) Apelativa.
B. ( ) Metalinguística.
C. ( ) Referencial.
D. ( ) Dissertativa.

6ª QUESTÃO – “E não basta que a vida social permita apenas a satisfação de


algumas necessidades da pessoa humana ou de todas as necessidades de apenas
algumas pessoas.”
De acordo com o excerto acima, marque a opção CORRETA:
A. ( ) Na sociedade organizada com justiça, todas as pessoas satisfazem todas as
suas necessidades.
B. ( ) A tendência da satisfação se torna unilateral e impactante.
C. ( ) As oportunidades e encargos na sociedade serão repartidos aos mais bem
preparados.
D. ( ) Basta na sociedade apenas a satisfação de algumas necessidades da pessoa
humana.

9
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

GRAMÁTICA

7ª QUESTÃO – Escolha a alternativa CORRETA que apresenta coesão:


A. ( ) Solange e Ana caminham e conversam.
B. ( ) Maria estuda. Maria trabalha. Maria dorme.
C. ( ) Tatisa olha. Tatisa bebe. Tatisa come.
D. ( ) Batendo as asas cai na escravidão. Perde a liberdade.

8ª QUESTÃO – “Não existem marcas que mostrem a mudança do discurso. Por


isso, as falas dos personagens e do narrador - que sabe tudo o que se passa no
pensamento dos personagens - podem ser confundidas.”
Marque a alternativa que contém o tipo de discurso CORRETO utilizado no excerto
apresentado:
A. ( ) Discurso indireto.
B. ( ) Discurso indireto livre.
C. ( ) Discurso direto livre.
D. ( ) Discurso direto.

9ª QUESTÃO – Observe as palavras destacadas em negrito dos exemplos abaixo:


Pegou o bonde andando.
André é cobra em matemática.
Maria superou a decepção, os cacos da vida foram colados.
Marque a alternativa CORRETA que denomina as palavras destacadas.
A. ( ) Paradoxo.
B. ( ) Denotação.
C. ( ) Conotação e denotação.
D. ( ) Conotação.

10ª QUESTÃO – Observe as orações que apresentam a palavra destacada em


negrito e responda:
A reunião dos agricultores aconteceu sob a mangueira do quintal.
A mangueira furou ao ser arrastada pelo carro.
Marque a alternativa CORRETA que denomina a palavra quando esta apresenta
multiplicidade de sentidos.
A. ( ) Homônimo.
B. ( ) Sinônimo.
C. ( ) Polissemia.
D. ( ) Antônimo.

GABARITO

1) A 2) C 3) B 4) D 5) C
6) A 7) A 8) B 9) D 10) C

10
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

"Nóis Mudemo"
Fidêncio Bogo
O ônibus da Transbrasiliana deslizava manso pela Belém-Brasília rumo a Porto
Nacional. Era abril, mês das derradeiras chuvas. No céu, uma luazona enorme
pra namorado nenhum botar defeito. Sob o luar generoso, o cerrado verdejante
era um presépio, todo poesia e misticismo.
Mas minha alma estava profundamente amargurada. O encontro daquela tarde,
a visão daquele jovem marcado pelo sofrimento, precocemente envelhecido, a
crua recordação de um episódio que parecia tão banal... Tentei dormir. Inútil.
Meus olhos percorriam a paisagem enluarada, mas ela nada mais era para mim
que o pano de fundo de um drama estúpido e trágico.
As aulas tinham começado numa segunda-feira. Escola de periferia, classes
heterogêneas, retardatários. Entre eles, uma criança crescida, quase um rapaz.
- Por que você faltou esses dias todos?
- É que nóis mudemo onti, fessora. Nóis veio da fazenda.
Risadinhas da turma.
- Não se diz "nóis mudemo", menino! A gente deve dizer: "nós mudamos", tá?
-Tá, fessora!
No recreio, as chacotas dos colegas: "Oi, nóis mudemo!" "Até amanhã, nóis
mudemo!" No dia seguinte, a mesma coisa: risadinhas, cochichos, gozações.
- Pai, não vô mais pra escola
- Oxente! Modi quê?
Ouvida a história, o pai coçou a cabeça e disse:
- Meu fio, num deixa a escola por uma bobagem dessa! Não liga pras gozações
da meninada! Logo eles esquece. Não esqueceram.
Na quarta-feira, dei pela falta do menino. Ele não apareceu no resto da semana,
nem na segunda-feira seguinte. Aí me dei conta de que eu nem sabia o nome
dele. Procurei no diário de classe e soube que se chamava Lúcio - Lúcio
Rodrigues
Barbosa. Achei o endereço. Longe, um dos últimos casebres do bairro. Fui lá,
uma tarde. O rapazola tinha partido no dia anterior para a casa de um tio, no sul
do Pará.
- É, professora, meu fio não aguentou as gozação da meninada. Eu tentei fazê
ele continua, mas não teve jeito. Ele tava chateado demais. Bosta de vida! Eu
devia dité ficado na fazenda côa famia. Na cidade nóis não tem veis. Nóis fala
tudo errado.
Inexperiente, confusa, sem saber o que dizer, engoli em seco e me despedi.
O episódio ocorrera há dezessete anos e tinha caído em total esquecimento, ao
menos de minha parte.
Uma tarde, num povoado à beira da Belém-Brasília, eu ia pegar o ônibus, quando
alguém me chamou. Olhei e vi, acenando para mim, um rapaz pobremente
vestido, magro, com aparência doentia.
- O que é, moço?
- A senhora não se lembra de mim, fessora?
Olhei para ele, dei tratos à bola. Reconstituí num momento meus longos anos de
sacerdócio, digo, de magistério. Tudo escuro.

11
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

- Não me lembro não, moço. Você me conhece? De onde? Foi meu aluno? Como
se chama?
Para tantas perguntas, uma resposta lacônica:
- Eu sou "Nóis mudemo”, lembra?
Comecei a tremer.
- Sim, moço. Agora lembro. Como era mesmo seu nome?
- Lúcio - Lúcio Rodrigues Barbosa.
- O que aconteceu com você?
- O que aconteceu? Ah! fessora! É mais fácil dizê o que não aconteceu. Comi o
pão que o diabo amasso. E êta diabo bom de padaria! Fui garimpeiro, fui bóia-
fria, um "gato" me arrecadou e levou num caminhão pruma fazenda no meio da
mata. Lá trabaiei como escravo, passei fome, fui baleado quando consegui fugi.
Peguei tudo quanto é doença. Até na cadeia já fui pará. Nóis ignorante às veis
fais coisa sem querê fazé. A escola fais uma farta danada. Eu não devia de té
saído daquele jeito, fessora, mas não aguentei as gozação da turma. Eu vi logo
que nunca ia consegui fala direito. Ainda hoje não sei.
- Meu Deus!
Aquela revelação me virou pelo avesso. Foi demais para mim. Descontrolada,
comecei a soluçar convulsivamente. Como eu podia ter sido tão burra e má? E
abracei o rapaz, o que restava do rapaz, que me olhava atarantado.
O ônibus buzinou com insistência. O rapaz afastou-me de mim suavemente.
- Chora não, fessora! A senhora não tem curpa.
- Como? Eu não tenho culpa? Deus do céu!
Entrei no ônibus apinhado. Cem olhos eram cem flechas vingadoras apontadas
para mim. O ônibus partiu. Pensei na minha sala de aula. Eu era uma assassina
a caminho da guilhotina.
Hoje tenho raiva da gramática. Eu mudo, tu mudas, ele muda, nós mudamos,
mudamos, mudaamoos, mudaaamooos... Superusada, mal usada, abusada, ela
é uma guilhotina dentro da escola. A gramática faz gato e sapato da língua
materna - a língua que a criança aprendeu com seus pais, irmãos e colegas - e
se torna o terror dos alunos. Em vez de estimular e fazer crescer, comunicando,
ela reprime e oprime, cobrando centenas de regrinhas estúpidas para aquela
idade.
E os lúcios da vida, os milhares de lúcios da periferia e do interior, barrados nas
salas de aula: "Não é assim que se diz, menino!" Como se o professor quisesse
dizer: "Você está errado! Os seus pais estão errados! Seus irmãos e amigos e
vizinhos estão errados! A certa sou eu! Imite-me! Copie-me! Fale como eu! Você
não seja você! Renegue suas raízes! Diminua-se! Desfigure-se! Fique no seu
lugar!
Seja uma sombra! E siga desarmado pelo matadouro da vida..."
Fonte do texto:http://euterlucia.vilabol.uol.com.br/texto4.html
www.recantodasletras.com.br/pensamentos/3045465
Dados do autor

1ª QUESTÃO – “Eu mudo, tu mudas, ele muda, nós mudamos... Superusada,


mal usada, abusada, ela é uma guilhotina dentro da escola. A gramática faz gato
e sapato da língua materna, a língua que a criança aprendeu com seus pais,
irmãos e colegas – e se torna o terror dos alunos”. De acordo com o excerto,
marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) A professora defende que o estudo da gramática nas escolas destrói a

12
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

espontaneidade do uso da Língua.


B. ( ) A Língua somente ganha vida quando uma gramática descritiva orienta o
uso de uma fala padrão.
C. ( ) Os professores exploraram também o conceito: dor da incompletude. Pode-
se afirmar que esse conceito se refere aos nossos desejos e vontades.
D. ( ) A gramática é um organismo que degenera a linguagem em evolução
contínua, que se mantém ou altera pelo uso linguístico que se faz dela.

2ª QUESTÃO – Assinale a alternativa CORRETA que corresponda ao período


do dia em que ocorreu o reencontro da professora com o aluno Lúcio, que havia
abandonado a escola há 17 anos:
A. ( ) Matutino.
B. ( ) Noturno.
C. ( ) Matinal.
D. ( ) Vespertino.

3ª QUESTÃO – Depois de refletir sobre a vida do aluno Lúcio, a professora se


posicionou acerca do uso da língua e, sobretudo, o emprego da gramática
normativa. Escolha a alternativa CORRETA em relação ao posicionamento da
professora:
A. ( ) A gramática é prescritiva, mas considera a língua em uso pelo aluno no
âmbito familiar.
B. ( ) A gramática é prescritiva e não considera a língua em uso pelo aluno no
âmbito familiar.
C. ( ) A gramática não é prescritiva, mas considera a língua em uso pelo aluno
no âmbito familiar.
D. ( ) A gramática não é prescritiva e concebe também como correta a língua
em uso pelo aluno no âmbito familiar.

4ª QUESTÃO – Leia o excerto a seguir: “Fui bóia-fria, um “gato” me arrecadou e


levou num caminhão pruma fazenda no meio da mata. ” Quanto a interpretação,
marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O personagem não teria sido trabalhador rural e um agenciador de trabalho
escravo não o teria levado para uma fazenda distante da civilização.
B. ( ) O personagem teria sido trabalhador rural e um agenciador de trabalho
escravo o teria levado para uma fazenda distante da civilização.
C. ( ) O personagem teria sido trabalhador rural e um agenciador de trabalho
regular o teria levado para uma fazenda no perímetro urbano.
D. ( ) O personagem teria sido trabalhador urbano e um agenciador de trabalho
lícito o teria levado para uma fazenda de fácil acesso, próximo da civilização.

5ª QUESTÃO – Após o aluno Lúcio ter sido hostilizado pelos colegas de classe,
ele disse ao seu pai que não queria mais frequentar a escola. Marque a
alternativa CORRETA que corresponda ao posicionamento do pai de Lúcio
diante da postura do filho:
A. ( ) Lúcio deveria deixar a escola, pois a zombaria dos colegas de classe não
poderia chegar ao fim em pouco tempo.
B. ( ) Lúcio deveria deixar a escola, pois a zombaria dos colegas de classe
poderia chegar ao fim em pouco tempo.
C. ( ) Lúcio não deveria deixar a escola, pois a zombaria dos colegas de classe

13
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

poderia chegar ao fim em pouco tempo.


D. ( ) Lúcio não deveria preocupar em deixar a escola, pois a zombaria dos
colegas de classe não poderia chegar ao fim em pouco tempo.

6ª QUESTÃO – “No recreio as chacotas dos colegas: Oi, nóis mudemo! Até
amanhã, nóis mudemo! No dia seguinte, a mesma coisa: risadinhas, cochichos,
gozações”. Marque a alternativa que revela a intenção dos colegas de classe ao
proferirem palavras em tom de brincadeira ao aluno Lúcio:
A. ( ) Menoscabar.
B. ( ) Atordoar.
C. ( ) Valorizar.
D. ( ) Execrar.
7ª QUESTÃO – “É, professora, meu fio não aguentou as gozações da mininada.
Eu tentei fazê ele continuá, mas não teve jeito. Ele tava chateado demais. Bosta
de vida! Eu devia di tê ficado na fazenda coa famia. Na cidade nóis não tem veis.
Nóis fala tudo errado”. De acordo com o excerto, marque a alternativa
CORRETA:
A. ( ) Escolas com excesso de alunos por sala de aula e hospitais superlotados
são obstáculos para inserção da população rural.
B. ( ) A população rural é sempre caracterizada pela habitação espalhada, baixos
níveis de miséria, escolaridade e capacidade de compra.
C. ( ) Os migrantes rurais ficam expostos a todo tipo de violência e acabam
perdendo até a identidade.
D. ( ) Os resultados obtidos são modestos até o momento para promover a
fixação do homem no campo.

8ª QUESTÃO – Assinale a alternativa CORRETA, cuja coesão referencial é


estabelecida por meio do uso de pronomes em substituição a substantivos:
A. ( ) O episódio ocorrera há dezessete anos e tinha caído em total
esquecimento.
B. ( ) No recreio as chacotas dos colegas: Oi, nóis mudemo! Até amanhã, nóis
mudemo!
C. ( ) No dia seguinte, a mesma coisa: risadinhas, cochichos, gozações.
D. ( ) Na quarta-feira, dei pela falta do menino. Ele não apareceu no resto da
semana, nem na segunda-feira seguinte.

9ª QUESTÃO – Escolha a alternativa CORRETA que corresponda ao sinônimo


da expressão “ uma resposta lacônica”:
A. ( ) Uma resposta prolixa.
B. ( ) Uma resposta vaga.
C. ( ) Uma resposta com lacunas.
D. ( ) Uma resposta concisa.

10ª QUESTÃO – Nas opções abaixo, marque “V” se for verdadeira ou “F” se for
falsa.
( ) Na função fática, a ênfase se dá ao canal de comunicação, exemplos dessa
função de linguagem podem ser extraídos do cotidiano das pessoas, que se
cumprimentam, desejam boa tarde, boa noite, etc.
( ) A função referencial tem por objetivo o ato de informar, exemplos dessa
função de linguagem podem ser extraídos de textos jornalísticos.

14
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

( ) A função conotativa ou apelativa não tem por objetivo despertar a atenção do


leitor, bem como persuadi-lo de alguma forma. Exemplos dessa função de
linguagem podem ser extraídos de poemas.
( ) Na função metalinguística, explica-se um código com a utilização do próprio
código. Essa função está presente nos dicionários e gramáticas, que se valem
do próprio código linguístico para apresentar informações acerca desse código.
Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas:
A. ( ) V, V, F, V.
B. ( ) F, V, F, V.
C. ( ) V, F, F, V.
D. ( ) F, V, V, F.

GABARITO -

1) A 2) D 3) B 4) B 5) C
6) A 7) C 8) D 9) D 10) A

15
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

TEXTO 1

SEGURANÇA
O ponto de venda mais forte do condomínio era a sua segurança. Havia as belas
casas, os jardins, os playgrounds, as piscinas, mas havia acima de tudo, segurança.
Toda a área era cercada por um muro alto. Havia um portão principal com muitos
guardas que controlavam tudo por um circuito fechado de TV. Só entravam no
condomínio os proprietários e visitantes devidamente identificados e crachados.
Mas os assaltos começaram assim mesmo.
Ladrões pulavam os muros e assaltavam as casas. Os condôminos decidiram
colocar torres com guardas ao longo do muro alto. Nos quatro lados. As inspeções
tornaram-se mais rigorosas no portão de entrada. Agora não só os visitantes eram
obrigados a usar crachá. Os proprietários e seus familiares também. Não passava
ninguém pelo portão sem se identificar para a guarda. Nem as babás. Nem os
bebês.
Mas os assaltos continuaram.
Decidiram eletrificar os muros. Houve protestos, mas no fim todos concordaram. O
mais importante era a segurança. Quem tocasse no fio de alta tensão em cima do
muro morreria eletrocutado. Se não morresse, atrairia para o local um batalhão de
guardas com ordem de atirar para matar. Mas os assaltos continuaram.
Grades nas janelas de todas as casas. Era o jeito. Mesmo se os ladrões
ultrapassassem os altos muros, e o fio de alta tensão, e as patrulhas, e os cachorros,
e a segunda cerca, de arame farpado, erguida dentro do perímetro, não
conseguiriam entrar nas casas. Todas as janelas foram engradadas.
Mas os assaltos continuaram.
Foi feito um apelo para que as pessoas saíssem de casa o mínimo possível.
Dois assaltantes tinham entrado no condomínio no banco de trás do carro de um
proprietário, com um revólver apontado para a sua nuca. Assaltaram a casa, depois
saíram no carro roubado, com crachás roubados. Além do controle das entradas,
passou a ser feito um rigoroso controle de saídas. Para sair, só com exame
demorado do crachá e com autorização expressa da guarda, que não queria
conversa nem aceitava suborno.
Mas os assaltos continuaram.
Foi reforçada a guarda. Construíram uma terceira cerca. As famílias de mais posses,
com mais coisas para serem roubadas, mudaram-se para uma chamada área de
segurança máxima. E foi tomada uma medida extrema. Ninguém pode entrar no
condomínio. Ninguém. Visitas, só num local predeterminado pela guarda, sob sua
severa vigilância e por curtos períodos.
.E ninguém pode sair.
Agora, a segurança é completa. Não tem havido mais assaltos. Ninguém precisa
temer pelo seu patrimônio. Os ladrões que passam pela calçada só conseguem
espiar através do grande portão de ferro e talvez avistar um ou outro condômino
agarrado às grades de sua casa, olhando melancolicamente para a rua.
Mas surgiu outro problema.
As tentativas de fuga. E há motins constantes de condôminos que tentam de
qualquer maneira atingir a liberdade.
A guarda tem sido obrigada a agir com energia.

COMPREENSÃO E INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS

1ª QUESTÃO – Dentre as alternativas abaixo, assinale a que pode ser comprovada


por informações explícitas no texto “Segurança”.

16
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) Um dos pontos altos de venda do condomínio era a beleza das casas, superada
apenas pela perfeição dos playgrounds.
B. ( ) Apesar de toda segurança, os assaltos continuavam e só minimizaram após a
implantação de recursos tecnológicos eficazes.
C. ( ) Havia jardins e piscinas, mas o ponto forte era, justamente, a segurança e os
recursos utilizados para tornar o condomínio bem guardado.
D. ( ) Além do muro alto e das torres com guardas, decidiram eletrificar os muros
impedindo assim a entrada de assaltantes.

2ª QUESTÃO – Em relação à sequência dos fatos e ao processo de organização


das ideias, no texto, é CORRETO afirmar:
A. ( ) No sétimo parágrafo, as medidas de segurança evidenciam a apreensão dos
moradores do condomínio com a falta de liberdade causada pelas janelas que foram
engradadas.
B. ( ) A sequência narrativa é acrescida, gradativamente, de informações
relacionados à segurança de um local mencionado, no início do texto, como muito
seguro.
C. ( ) No décimo primeiro parágrafo, a preocupação com a segurança dos moradores
chega ao extremo, e todos, incluindo os visitantes, são impedidos de entrar no
condomínio.
D. ( ) Ao final do texto, um novo problema é apresentado: a guarda é obrigada a agir
com energia contra moradores e criminosos envolvidos em motins constantes.

3ª QUESTÃO – Pode-se deduzir da leitura do texto “Segurança” que:


A. ( ) Inversamente ao esperado, a guarda responsável pela proteção dos
condôminos foi controlada e vencida pelos incansáveis assaltantes.
B. ( ) Extremamente eficaz, a equipe responsável pela segurança do condomínio
pôs fim aos assaltos, assim que os moradores passaram a respeitar os limites e as
regras impostas pela guarda.
C. ( ) Paralelamente aos assaltos que eram constantes, o sistema de vigilância do
condomínio foi aprimorado. A vida dos moradores tornou-se mais segura e tranquila.
D. ( ) Ironicamente, houve uma inversão de valores, e os moradores tornaram-se
reféns da guarda e dos excessivos recursos utilizados para manutenção da
segurança no condomínio.

TEXTO 2

O MEDO QUE DIVIDE OS DOIS BRASIS


A primeira reação à estridência em torno do banditismo é o medo. Do medo à defesa
pessoal o passo é pequeno. E da defesa vai-se aos exageros de segurança – aos
condomínios fechados e guaritas, às cancelas, aos guarda-costas e carros
blindados. E dos exageros ao delírio de ter medo de todos os desconhecidos.
Claro está que o problema da criminalidade nas metrópoles existe, é grave. Que em
algumas cidades a polícia se misturou com a bandidagem. Que o medo tem razão
de ser. O que não se explica é como será o país que se pretende construir, no qual
se quer viver, se uma parte expressiva da população se cerca e constrói muros cada
vez mais altos para se defender de uma outra categoria de brasileiros que considera
ameaçadora. Não existe país viável baseado na exclusão de uma categoria de
cidadãos. [...] A segregação e a exclusão não podem ser as vigas mestras para fazer
uma civilização democrática.

17
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

As metrópoles brasileiras não irão virar paraísos de tranquilidade do dia para a noite.
O desafio, justamente, é melhorá-las para o conjunto de seus habitantes, não
deixando que se criem guetos – sejam eles de miseráveis ou de triliardários. Os
problemas das grandes cidades do Brasil não são simplesmente policiais ou
urbanos. São problemas sociais. A concentração de renda, os desníveis nas
condições de vida, os extremos de riqueza e pobreza abrem um fosso dividindo o
país. Fazendo com que uma parte tenha medo da outra. O desafio, portanto, é de
outra natureza: em vez de separar com muros, é preciso juntar os Brasis, fazê-lo
justo e democrático.

4ª QUESTÃO – Identifique a ideia, ou as ideias, do texto “O medo que divide os dois


Brasis” que tem/têm relação com o texto “Segurança”.
I - “E da defesa vai-se aos exageros de segurança –aos condomínios fechados e
guaritas, às cancelas, aos guarda-costas e carros blindados. E dos exageros ao
delírio de ter medo de todos os desconhecidos. ”
II - “Claro está que o problema da criminalidade nas metrópoles existe, é grave. Que
em algumas cidades a polícia se misturou com a bandidagem. Que o medo tem
razão de ser.”
III - “O que não se explica é como será o país que se pretende construir, no qual se
quer viver, se uma parte expressiva da população se cerca e constrói muros cada
vez mais altos para se defender de uma outra categoria de brasileiros que considera
ameaçadora. ”
IV - “As metrópoles brasileiras não irão virar paraísos de tranquilidade do dia para a
noite. O desafio, justamente, é melhorá-las para o conjunto de seus habitantes, não
deixando que se criem guetos...”
São ideias do texto “O medo que divide os dois Brasis” relacionadas ao texto
“Segurança”.
A. ( ) Apenas I, II e III.
B. ( ) Apenas I, II, IV.
C. ( ) Apenas II e III.
D. ( ) Apenas I, III e IV.

5ª QUESTÃO – O texto, “O medo que divide os dois Brasis”, é quanto ao gênero


textual classificado como:
A. ( ) Argumentativo.
B. ( ) Expositivo.
C. ( ) Injuntivo.
D. ( ) Narrativo.

TEXTO 1 E 2 -- GABARITO 1-C, 2-B, 3-D, 4-D, 5-A

18
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

TEXTO 3
Uma Galinha

Era uma galinha de domingo. Ainda viva porque não passava de nove horas da
manhã.
Parecia calma. Desde sábado encolhera-se num canto da cozinha. Não olhava para
ninguém, ninguém olhava para ela. Mesmo quando a escolheram, apalpando sua
intimidade com indiferença, não souberam dizer se era gorda ou magra. Nunca se
adivinharia nela um anseio.
Foi pois uma surpresa quando a viram abrir as asas de curto vôo, inchar o peito e,
em dois ou três lances, alcançar a murada do terraço. Um instante ainda vacilou —
o tempo da cozinheira dar um grito — e em breve estava no terraço do vizinho, de
onde, em outro vôo desajeitado, alcançou um telhado. Lá ficou em adorno
deslocado, hesitando ora num, ora noutro pé. A família foi chamada com urgência e
consternada viu o almoço junto de uma chaminé. O dono da casa, lembrando-se da
dupla necessidade de fazer esporadicamente algum esporte e de almoçar, vestiu
radiante um calção de banho e resolveu seguir o itinerário da galinha: em pulos
cautelosos alcançou o telhado onde esta, hesitante e trêmula, escolhia com urgência
outro rumo. A perseguição tornou-se mais intensa. De telhado a telhado foi
percorrido mais de um quarteirão da rua. Pouco afeita a uma luta mais selvagem
pela vida, a galinha tinha que decidir por si mesma os caminhos a tomar, sem
nenhum auxílio de sua raça. O rapaz, porém, era um caçador adormecido. E por
mais ínfima que fosse a presa o grito de conquista havia soado.
Sozinha no mundo, sem pai nem mãe, ela corria, arfava, muda, concentrada. Às
vezes, na fuga, pairava ofegante num beiral de telhado e enquanto o rapaz galgava
outros com dificuldade tinha tempo de se refazer por um momento. E então parecia
tão livre.
Estúpida, tímida e livre. Não vitoriosa como seria um galo em fuga. Que é que havia
nas suas vísceras que fazia dela um ser? A galinha é um ser. É verdade que não se
poderia contar com ela para nada. Nem ela própria contava consigo, como o galo
crê na sua crista. Sua única vantagem é que havia tantas galinhas que morrendo
uma surgiria no mesmo instante outra tão igual como se fora a mesma.
Afinal, numa das vezes em que parou para gozar sua fuga, o rapaz alcançou-a.
Entre gritos e penas, ela foi presa. Em seguida carregada em triunfo por uma asa
através das telhas e pousada no chão da cozinha com certa violência. Ainda tonta,
sacudiu-se um pouco, em cacarejos roucos e indecisos. Foi então que aconteceu.
De pura afobação a galinha pôs um ovo. Surpreendida, exausta. Talvez fosse
prematuro. Mas logo depois, nascida que fora para a maternidade, parecia uma
velha mãe habituada. Sentou-se sobre o ovo e assim ficou, respirando, abotoando
e desabotoando os olhos. Seu coração, tão pequeno num prato, solevava e
abaixava as penas, enchendo de tepidez aquilo que nunca passaria de um ovo. Só
a menina estava perto e assistiu a tudo estarrecida. Mal porém conseguiu
desvencilhar-se do acontecimento, despregou-se do chão e saiu aos gritos:
— Mamãe, mamãe, não mate mais a galinha, ela pôs um ovo! ela quer o nosso bem!
Todos correram de novo à cozinha e rodearam mudos a jovem parturiente.
Esquentando seu filho, esta não era nem suave nem arisca, nem alegre, nem triste,
não era nada, era uma galinha. O que não sugeria nenhum sentimento especial. O
pai, a mãe e a filha olhavam já há algum tempo, sem propriamente um pensamento
qualquer. Nunca ninguém acariciou uma cabeça de galinha. O pai afinal decidiu-se
com certa brusquidão:
— Se você mandar matar esta galinha nunca mais comerei galinha na minha vida!
— Eu também! jurou a menina com ardor. A mãe, cansada, deu de ombros.

19
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

Inconsciente da vida que lhe fora entregue, a galinha passou a morar com a família.
A menina, de volta do colégio, jogava a pasta longe sem interromper a corrida para
a cozinha. O pai de vez em quando ainda se lembrava: "E dizer que a obriguei a
correr naquele estado!" A galinha tornara-se a rainha da casa. Todos, menos ela, o
sabiam. Continuou entre a cozinha e o terraço dos fundos, usando suas duas
capacidades: a de apatia e a do sobressalto.
Mas quando todos estavam quietos na casa e pareciam tê-la esquecido, enchia-se
de uma pequena coragem, resquícios da grande fuga — e circulava pelo ladrilho, o
corpo avançando atrás da cabeça, pausado como num campo, embora a pequena
cabeça a traísse: mexendo-se rápida e vibrátil, com o velho susto de sua espécie já
mecanizado. Uma vez ou outra, sempre mais raramente, lembrava de novo a galinha
que se recortara contra o ar à beira do telhado, prestes a anunciar. Nesses
momentos enchia os pulmões com o ar impuro da cozinha e, se fosse dado às
fêmeas cantar, ela não cantaria mas ficaria muito mais contente. Embora nem
nesses instantes a expressão de sua vazia cabeça se alterasse. Na fuga, no
descanso, quando deu à luz ou bicando milho — era uma cabeça de galinha, a
mesma que fora desenhada no começo dos séculos.
Até que um dia mataram-na, comeram-na e passaram-se anos.

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO
1ª QUESTÃO – De acordo com o texto é CORRETO afirmar que:
A. ( ) A cozinheira é quem narra a história.
B. ( ) A galinha é quem narra a história.
C. ( ) A menina é a narradora da história.
D. ( ) O narrador da história é onisciente.

2ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA que corresponda ao sentido dado


à palavra apatia, na passagem do texto relacionada ao comportamento da galinha
quando ela passou a viver com a família:
A. ( ) Faculdade de compreender emocionalmente um objeto.
B. ( ) Estado caracterizado por indiferença, ausência de sentimentos, falta de
atividade e de interesse.
C. ( ) Capacidade de projetar a personalidade de alguém num objeto.
D. ( ) Processo de identificação em que o indivíduo se coloca no lugar do outro.

3ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA com relação ao que propiciou o


desfecho da história da galinha:
A. ( ) A coragem demonstrada pela galinha na tentativa de fuga.
B. ( ) A capacidade de reprodução da galinha.
C. ( ) O esquecimento da visão da galinha como um animal de estimação.
D. ( ) A capacidade da galinha de sobressaltar.

TEXTO 3 -- GABARITO 1-D, 2B, 3-C,

20
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

TEXTO 4
Tempo de Escolher
“Um homem não é grande pelo que faz, mas pelo que renuncia.”
(Albert Schweitzer)
Muitos amigos leitores têm solicitado minha opinião acerca de qual rumo dar às suas
carreiras. Alguns apreciam seu trabalho, mas não a empresa onde estão. Outros
admiram a harmonia conquistada, mas não têm qualquer prazer no exercício de
suas atividades. Uns recebem propostas para mudar de emprego, financeiramente
desfavoráveis, porém desafiadoras. Outros têm diante de si um vasto leque de
opções, muitas coisas por fazer, mas não conseguem abraçar a tudo.
Todas estas pessoas têm algo em comum: a necessidade premente de escolhas.
Lembro-me de Clarice Lispector: “Entre o sim e o não, só existe um caminho:
escolher”.
Acredito que quase todas as pessoas passam ao longo de sua trajetória pelo “dilema
da virada”. Um momento especial em que uma decisão específica e irrevogável tem
que ser tomada apenas porque a vida não pode continuar como está. Algumas
pessoas passam por isso aos 15 anos, outras, aos 50. Algumas talvez nunca tomem
esta decisão, e outras o façam várias vezes no decorrer de sua existência.
Fazer escolhas implica renunciar a alguns desejos para viabilizar outros. Você troca
segurança por desafio, dinheiro por satisfação, o pouco certo ao muito duvidoso.
Assim, uma companhia que lhe oferece estabilidade com apatia pode dar lugar a
uma dotada de instabilidade com ousadia. Analogamente, a aventura de uma vida
de solteiro pode ceder espaço ao conforto de um casamento.

Prazer e Vocação
Os anos ensinaram-me algumas lições. A primeira delas vem de Leonardo da Vinci
que dizia: “A sabedoria da vida não está em fazer aquilo que se gosta, mas em
gostar daquilo que se faz”. Sempre imaginei que fosse o contrário. Porém, refletindo,
passei a compreender que quando estimamos aquilo que fazemos, podemos nos
sentir completos, satisfeitos e plenos, ao passo que se apenas procurarmos fazer o
que gostamos, sempre estaremos numa busca insaciável, porque o que gostamos
hoje não será o mesmo que prezaremos amanhã.
Todavia, é indiscutível a importância de alinhar o prazer às nossas aptidões.
Encontrar o talento que reside dentro de cada um de nós ao que chamamos
vocação. Oriunda do latim vocatione, e traduzida literalmente por “chamado”,
simboliza uma espécie de predestinação imanente a cada pessoa, algo revestido de
certa magia e divindade. Uma voz imaginária que soa latente, capaz de converter
advogados em músicos, fazer engenheiros virarem suco. É um lugar no tempo e no
espaço onde a felicidade tem sua morada.
Escolhas são feitas com base em nossas preferências. E aí torno a recorrer à
etimologia para descobrir que o verbo “preferir” vem do latim praeferere e significa
“levar à frente”. Parece-me uma indicação clara de que nossas escolhas devem ser
feitas com os olhos no futuro, no uso de nosso livre-arbítrio.
O mundo corporativo nos reserva muitas armadilhas. Trocar de empresa ou mudar
de atribuição, por exemplo, são convites permanentes. O problema de recusá-los é
passar o resto da vida se perguntando: “O que teria acontecido se eu tivesse
aceitado?”. Prefiro não carregar comigo o benefício da dúvida. Por isso, opto por
assumir riscos calculados e seguir adiante. Somos livres para escolher, porém
prisioneiros das consequências.
Para aqueles insatisfeitos com seu ambiente de trabalho, uma alternativa à
mudança de empresa é postular a melhoria do ambiente interno atual. Dialogar e
apresentar propostas são um bom caminho. De nada adianta assumir uma postura

21
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

defensiva e crítica. Lembre-se de que as pessoas não estão contra você, mas a
favor delas.
Por fim, combata a mediocridade em todas as suas vertentes. A mediocridade de
trabalhos desconectados com sua vocação, de empresas que não lhe valorizam, de
relacionamentos falidos. Sob este aspecto, como diria Tolstoi, “Não se pode ser bom
pela metade”. Meias-palavras, meias-verdades, mentiras inteiras, meio caminho
para o fim.
Os gregos não escreviam obituários. Quando um homem morria, faziam uma
pergunta: “Ele viveu com paixão?”.
QUAL SERIA A RESPOSTA PARA VOCÊ?

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO

1ª QUESTÃO – Em relação às ideias apresentadas no fragmento “Prazer e


Vocação”, marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) É preciso gostar daquilo que fazemos e não fazer somente o que gostamos
para não vivermos uma busca inextinguível.
B. ( ) Devemos fazer nossas escolhas com base nas experiências anteriores,
apenas, para não cairmos nas armadilhas do mundo corporativo.
C. ( ) Profissionalmente, a mediocridade é um problema que pode ser contornado
em todas as suas tendências.
D. ( ) Impetrar melhorias do ambiente interno atual é uma alternativa àqueles que
estão insatisfeitos com seu ambiente de trabalho.
2ª QUESTÃO – Nas assertivas abaixo, marque “V” para a(s) verdadeira(s) e “F” para
a(s) falsa(s) e, ao final responda o que se pede.
( )No oitavo parágrafo do texto, os sentidos de “armadilhas” e de “benefício”,
respectivamente, no contexto em que se inserem são certezas e risco.
( )Constituem critérios para as escolhas: preferências, renúncias, desafios e
satisfação.
( )Semanticamente, o pensamento de Albert Schweitzer está ratificado em “Não se
pode ser bom pela metade”.
( )Uma característica apresentada pela vida que é justificativa para a necessidade
de se fazer escolhas é a instabilidade.

Marque a alternativa que contém a sequência de respostas CORRETA, na ordem


de cima para baixo:
A. ( ) V - V - F - F.
B. ( ) F - V - V - V.
C. ( ) F - V - F - V.
D. ( ) V - F - V - V.

3ª QUESTÃO – Com base no texto, o substantivo abstrato cujo sentido NÃO


caracteriza a atitude do profissional num momento crucial de decisão é:
A. ( ) Retroação.
B. ( ) Ousadia.
C. ( ) Flexibilidade.
D. ( ) Vocação.

4ª QUESTÃO – O texto foi dividido em dois momentos. No primeiro, “Tempo de


Escolher”, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) O autor sugere aos leitores que há necessidade de escolha sem culpa.

22
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) O autor explica que devemos realizar todos os nossos desejos, antes das
escolhas.
C. ( ) O autor estabelece critérios para levar adiante as nossas escolhas.
D. ( ) O autor justifica o motivo de elaborar o texto em questão.

5ª QUESTÃO – De acordo com o texto, uma característica apresentada pela vida


que é justificativa para a necessidade de se fazer escolhas é:
A. ( ) A previsibilidade.
B. ( ) A estabilidade.
C. ( ) A imprevisibilidade.
D. ( ) A impassibilidade.

GRAMÁTICA

6ª QUESTÃO – Quanto ao tipo, o texto classifica-se predominantemente, como:


A. ( ) Injuntivo.
B. ( ) Argumentativo.
C. ( ) Expositivo.
D. ( ) Narrativo.

TEXTO 4 GABARITO 1-B, 2-C, 3-A, 4-D, 5-C, 6-B

TEXTO 5

PARA QUE A EXISTÊNCIA VALHA A PENA…


Não lembro em que momento percebi que viver deveria ser uma permanente
reinvenção de nós mesmos — para não morrermos soterrados na poeira da
banalidade, embora pareça que ainda estamos vivos.
Mas compreendi, num lampejo: então é isso, então é assim. Apesar dos medos,
convém não ser demais fútil nem demais acomodada. Algumas vezes é preciso
pegar o touro pelos chifres, mergulhar para depois ver o que acontece: porque a
vida não tem de ser sorvida como uma taça que se esvazia, mas como o jarro que
se renova a cada gole bebido.
Para reinventar-se é preciso pensar: isso aprendi muito cedo.
Apalpar, no nevoeiro de quem somos, algo que pareça uma essência: isso, mais ou
menos, sou eu. Isso é o que eu queria ser, acredito ser, quero me tornar ou já fui.
Muita inquietação por baixo das águas do cotidiano. Mais cômodo seria ficar com o
travesseiro sobre a cabeça e adotar o lema reconfortante: “Parar pra pensar, nem
pensar! ”
O problema é que quando menos se espera ele chega, o sorrateiro pensamento que
nos faz parar. Pode ser no meio do shopping, no trânsito, na frente da tevê ou do
computador. Simplesmente escovando os dentes. Ou na hora da droga, do sexo
sem afeto, do desafeto, do rancor, da lamúria, da hesitação e da resignação.
Sem ter programado, a gente para pra pensar.

23
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

Pode ser um susto: como espiar de um berçário confortável para um corredor com
mil possibilidades. Cada porta, uma escolha. Muitas vão se abrir para um nada ou
para algum absurdo. Outras, para um jardim de promessas. Alguma, para a noite
além da cerca. Hora de tirar os disfarces, aposentar as máscaras e reavaliar:
reavaliar-se.
Pensar pede audácia, pois refletir é transgredir a ordem do superficial que nos
pressiona tanto.
Somos demasiado frívolos: buscamos o atordoamento das mil distrações, corremos
de um lado a outro achando que somos grandes cumpridores de tarefas. Quando o
primeiro dever seria de vez em quando parar e analisar: quem a gente é, o que
fazemos com a nossa vida, o tempo, os amores. E com as obrigações também, é
claro, pois não temos sempre cinco anos de idade, quando a prioridade absoluta é
dormir abraçado no urso de pelúcia e prosseguir, no sono, o sonho que afinal nessa
idade ainda é a vida.
Mas pensar não é apenas a ameaça de enfrentar a alma no espelho: é sair para as
varandas de si mesmo e olhar em torno, e quem sabe finalmente respirar.
Compreender: somos inquilinos de algo bem maior do que o nosso pequeno segredo
individual. É o poderoso ciclo da existência. Nele todos os desastres e toda a beleza
têm significado como fases de um processo.
Se nos escondermos num canto escuro abafando nossos questionamentos, não
escutaremos o rumor do vento nas árvores do mundo. Nem compreenderemos que
o prato das inevitáveis perdas pode pesar menos do que o dos possíveis ganhos.
Os ganhos ou os danos dependem da perspectiva e possibilidades de quem vai
tecendo a sua história. O mundo em si não tem sentido sem o nosso olhar que lhe
atribui identidade, sem o nosso pensamento que lhe confere alguma ordem.
Viver, como talvez morrer, é recriar-se: a vida não está aí apenas para ser suportada
nem vivida, mas elaborada. Eventualmente reprogramada. Conscientemente
executada. Muitas vezes, ousada.
Parece fácil: “escrever a respeito das coisas é fácil”, já me disseram. Eu sei. Mas
não é preciso realizar nada de espetacular, nem desejar nada excepcional. Não é
preciso nem mesmo ser brilhante, importante, admirado.
Para viver de verdade, pensando e repensando a existência, para que ela valha a
pena, é preciso ser amado; e amar; e amar-se. Ter esperança; qualquer esperança.
Questionar o que nos é imposto, sem rebeldias insensatas, mas sem demasiada
sensatez. Saborear o bom, mas aqui e ali enfrentar o ruim. Suportar sem se
submeter, aceitar sem se humilhar, entregar-se sem renunciar a si mesmo e à
possível dignidade. Sonhar, porque se desistimos disso apaga-se a última claridade
e nada mais valerá a pena. Escapar, na liberdade do pensamento, desse espírito de
manada que trabalha obstinadamente para nos enquadrar, seja lá no que for.
E que o mínimo que a gente faça seja, a cada momento, o melhor que afinal se
conseguiu fazer.

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO
1ª QUESTÃO – Lia Luft, a autora do texto, apresenta suas ideias de modo simples
e claro, assim, convida o leitor a:
A.( ) Se conhecer melhor, e se preparar para posicionar de modo inteligente nas
questões cotidianas da vida.
B.( ) Questionar tudo o que ouvimos, porque ninguém pode ser “vaquinha de
presépio”, é preciso repensar sempre.
C.( ) Simplesmente não se importar com as opiniões alheias, pois elas não afetam
de fato.

24
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D.( ) Participar com ela de uma revolução, sair do “lugar comum”, pois não se pode
aceitar imposição alguma, sem antes levar em conta as convicções pessoais, que
por si só, já são plenas.

2ª QUESTÃO – Analise o trecho abaixo e marque a alternativa que o corrobora.


“Se nos escondermos num canto escuro abafando nossos questionamentos, não
escutaremos o rumor do vento nas árvores do mundo. Nem compreenderemos que
o prato das inevitáveis perdas pode pesar menos do que o dos possíveis ganhos.
Os ganhos ou os danos dependem da perspectiva e possibilidades de quem vai
tecendo a sua história.”
A.( ) Se não conseguirmos expor aquilo que nos incomoda, não teremos nenhum
ganho.
B.( ) Nossos sentimentos ficam tão escondidos que não conseguiremos falar sobre
eles com ninguém.
C.( ) Em algumas situações perder acaba causando um mal menor.
D.( ) As inevitáveis perdas são sempre mais dolorosas.

3ª QUESTÃO – O que sugere a autora para que a existência valha a pena?


A.( ) Invenção.
B.( ) Comedimento.
C.( ) Transgressão.
D.( ) Resignação.

4ª QUESTÃO – Observe a charge abaixo. Na conversa entre os colegas de


escritório, a resposta da mulher: “Fora a angústia existencial, tudo ótimo! ”, faz um
link com qual fragmento do texto?

A. ( ) “Sem ter programado a gente para pra pensar.”


B. ( ) “Pensar pede audácia, pois refletir é transgredir a ordem do superficial que
nos pressiona tanto.”
C. ( ) “Hora de tirar os disfarces, aposentar as máscaras e reavaliar: reavaliar-se.”
D. ( ) “Viver, como talvez morrer, é recriar-se: a vida não está aí apenas para ser
suportada nem vivida, mas elaborada”.

25
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

5ª QUESTÃO – Analise o sentido contextual do termo sublinhado em: “Pensar pede


audácia, pois refletir é transgredir a ordem do superficial que nos pressiona tanto.”,
e marque a alternativa em que se enquadra:
A.( ) Pertence à mesma classe de palavra de audacioso.
B.( ) Tem como sinônimo intrepidez.
C.( ) Apresenta como antônimo: robustez.
D.( ) Pode ser substituído por eloquência sem prejudicar o sentido do período.

6ª QUESTÃO – Analise as assertivas abaixo e a seguir, marque a alternativa


CORRETA.
I.“A linguagem é a faculdade que o homem tem de se exprimir e comunicar.”
II“A linguagem gráfica é aquela expressa por meio de gráficos, gravações e mapas.”
III.“A linguagem mímica é aquela expressa por meio de gestos.”
IV.“A linguagem glótica é aquela expressa por meio da fala”.

A.( ) Apenas I, III e IV estão corretas.


B.( ) Apenas I e II estão corretas.
C.( ) Apenas III e IV estão corretas.
D.( ) Apenas II e III estão corretas.

7ª QUESTÃO – Observe o fragmento sublinhado no período abaixo. De acordo com


a significação das palavras, em relação à semântica, marque a alternativa
CORRETA.
“[...] para não morrermos soterrados na poeira da banalidade, embora pareça que
ainda estamos vivos”.
A. ( ) Antonímia.
B. ( ) Denotação.
C. ( ) Conotação.
D. ( ) Paronímia.

8ª QUESTÃO – Observe o termo sublinhado no fragmento abaixo e marque a


alternativa que apresenta a palavra que o substitui, sem alteração de sentido.
“O problema é que quando menos se espera ele chega, o sorrateiro pensamento
que nos faz parar”.
A.( ) Brejeiro.
B.( ) Prazenteiro.
C.( ) Triste.
D.( ) Matreiro.

TEXTO 5 -----GABARITO 1-A, 2-C, 3-B, 4-D, 5-B, 6-A, 7-C, 8-D,

26
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

TEXTO 6
“Minha empregada é muito abusada”
Rosana Pinheiro Machado
Esta coluna começou no churrasco de domingo, quando, na fila do supermercado,
uma mulher disse: "Minha empregada está muito abusada". Sua interlocutora
respondeu: "Nem me fale, a minha também". Ao longo do almoço, eu e meus amigos
tentávamos explicar o que significava a palavra “abusada” para um estrangeiro.
Como fazê-lo entender que, independentemente da eficiência, a maioria das
empregadas brasileiras seria, em algum momento, considerada “abusada”?
A dificuldade era dimensionar a extensão do conceito. Começamos pela obviedade
do significado da palavra “abuso”, que remete a algo de superlativo. Abusar é usar
alguma coisa além do limite socialmente esperado. Por exemplo, quando a
empregada é abusada por não subir no elevador de serviço, mas no social.
Prossegui, explicando que se a empregada come muito, se toma muito refrigerante
da geladeira ou come as bolachas de chocolate, ela é abusada. Se ela pede uma
roupa emprestada, é abusada. Se ela senta à mesa com a família, é abusada.
De todos esses exemplos, ele concluiu que abusada é aquela que quer mais do que
lhe foi dado, que cobiça as coisas da patroa. A conversa ficou mais complexa porque
tivemos de responder que “não”, que o oposto também era verdadeiro: uma
empregada que quer “de menos” também é abusada. Seguimos explicando que, se
a patroa oferece uma roupa velha, furada e fedida e empregada “tem a au-dá-cia”
de não aceitar, ela é abusada.
Ele concluiu, então, que uma boa empregada seria, então, aquela que assume “o
seu lugar”: não pede muito, mas aceita de bom grado o que lhe é dado. Colocando
o pé para fora dessa faixa muito estreita de atuação, ela é abusada. (...)
A negação de presentes indignos por parte das empregadas traz à tona diversas
camadas complexas de significados. A forma desajeitada como as patroas reagem
escancara a profunda patologia social de uma classe média presa ao século XVII –
provavelmente, em uma época em que ela se imagina numa casa-grande, cheia de
porcelana inglesa e de escravos à volta, preferencialmente com uma negra para
cozinhar. Ou melhor, ela se imagina em uma novela da Rede Globo do século XXI,
onde a mulher negra ainda é explorada 24 horas por dia a serviço de suas patroas
ricas.
Essas patroas esperam empregadas sem agência, sem protagonismo, sem voz,
sem vontade e sem opinião. (...). Elas esperam seres eternamente gratos por
receberem restos. Nessa lógica em que, já diria Marcel Mauss, dar é poder, uma
empregada que pede mais dinheiro para lavar a privada suja ou exige seus direitos
garantidos na Constituição, só pode ser abusada. (...)
Por tudo isso, eu penso que não aceitar qualquer presente é um marco muito
importante na passagem de uma relação servil para a profissional (...). A negação
revela a emergência de uma subjetividade repleta de vontades que se impõem na
esfera do trabalho. É da negação que surge uma nova era no Brasil, pois ela quebra
o círculo da dádiva e rompe com o poder do doador, estabelecendo uma condição
de igualdade baseada na troca de serviços – e não de favores.
As transformações recentes da sociedade brasileira indicam um leve rompimento
(...) de uma relação tão pessoal quanto doentia entre patroas e empregadas. Indica
o fim do ser humano como posse de outro ser humano. E isso, é claro, causa
desespero, lamentação, recalque e conflitos
Ainda tem muito a ser feito e conquistado. Muito mesmo. Espero que chegue o dia
em que eu não precise explicar o sentido da palavra "abusada". Neste dia, perder-
se-á também alguma flexibilidade do modelo de empregadas dentro de casa. Será

27
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

preciso se acostumar a ouvir “não, obrigada” e aprender a curtir genuinamente as


fotos postadas daquela viagem. Neste dia, o serviço da limpeza será mais custoso,
mas não há saída: esse é o preço de nosso desenvolvimento e de nossa liberdade
enquanto nação.

LÍNGUA PORTUGUESA - INTERPRETAÇÃO DE TEXTO


1ª QUESTÃO - “A dificuldade era dimensionar a extensão do conceito. Começamos
pela obviedade do significado da palavra „abuso‟, que remete a algo de superlativo”.
De acordo com o trecho, marque a alternativa que corresponde à palavra
superlativo.
A. ( ) Grande.
B. ( ) Extremo.
C. ( ) Hiperbólico.
D. ( ) Maior.

2ª QUESTÃO - “Espero que chegue o dia em que eu não precise explicar o sentido
da palavra „abusada‟. Neste dia, perder-se-á também alguma flexibilidade do
modelo de empregadas dentro de casa. Será preciso se acostumar a ouvir „não,
obrigada‟ e aprender a curtir genuinamente as fotos postadas daquela viagem.
Neste dia, o serviço da limpeza será mais custoso (...)”. De acordo com o trecho,
podemos afirmar que:
A. ( ) O serviço de limpeza será devidamente valorizado.
B. ( ) A tendência é que o serviço de limpeza seja menos custoso.
C. ( ) Haverá maior flexibilidade do modelo de atuação das empregadas.
D. ( ) As empregadas não mais serão chamadas de abusadas.

3ª QUESTÃO - Após a leitura do texto, marque a alternativa CORRETA.


A. ( ) A recusa dos presentes indignos pelas empregadas leva as patroas a refletir.
B. ( ) As patroas esperam empregadas protagonistas.
C. ( ) A empregada abusada cobiça as coisas da patroa.
D. ( ) As patroas querem que as empregadas sejam gratas.

4ª QUESTÃO - “Esta coluna começou no churrasco de domingo, quando, na fila do


supermercado, uma mulher disse: „Minha empregada está muito abusada‟. Sua
interlocutora respondeu: “Nem me fale, a minha também‟. Ao longo do almoço, eu
e meus amigos tentávamos explicar o que significava a palavra “abusada‟ para um
estrangeiro”. Marque a alternativa que corresponde ao recurso linguístico utilizado
pela autora no trecho em destaque.
A. ( ) Discurso direto.
B. ( ) Discurso indireto livre.
C. ( ) Discurso direto composto.
D. ( ) Discurso indireto.

5ª QUESTÃO - “A negação revela a emergência de uma subjetividade repleta de


vontades que se impõem na esfera do trabalho”. De acordo com o trecho, é
CORRETO afirmar que:
A. ( ) A negação e a subjetividade devem sempre se impor às relações trabalhistas.
B. ( ) A negação é prejudicial às relações trabalhistas.
C. ( ) A subjetividade é prejudicial às relações trabalhistas.
D. ( ) A subjetividade e a vontade são essenciais nas relações trabalhistas.

28
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

6ª QUESTÃO - Leia o trecho a seguir e marque a alternativa CORRETA: “Nessa


lógica em que, já diria Marcel Mauss, dar é poder (...)".
A. ( ) O poder está na negação da empregada em receber doações.
B. ( ) O poder está na dádiva da doação.
C. ( ) A doação gera um distanciamento do poder.
D. ( ) O poder está na gratidão em receber restos.

TEXTO 6 GABARITO 1-B, 2-D, 3-D, 4-A, 5-C, 6-B

TEXTO 7

Corda sensível
Um fardão de coronel estava enfiado sobre o espaldar da cadeira de balanço, e a
pequena Maria, apertando na mão uma fatia de pão com manteiga, olhava
extasiada. A cor azul escura da casimira, sob a claridade noturna que enchia a sala,
modelava macieza de veludo e fingia reflexos de roxo. Nas ombreiras do fardão
poisavam as dragonas maciças, de grande gala, com o seu chuveiro de torçais de
ouro; e na frente o papo se escancarava, deixando ver a tela de croché, com que se
costuma proteger as mobílias. A um lado corriam-lhe os oito botões, cada um
crescido como um olho-de-boi...
Mas, quando a pequena deu com o empastamento de condecorações que encobria
lado a lado o peito ao fardão, não pôde resistir ao chamariz, e pondo um joelho à
beira do assento e com os bracinhos estirados agarrando-se aos braços da cadeira,
subiu, apesar do balanço. As mangas da farda começaram então um movimento de
pêndulo, roçando no tapete os canhões encastoados pelas pesadas divisas de
coronel. O amor ao equilíbrio forçou a pequena Maria a ir com a mão ao tope da
cadeira, e aí, olha lá manteiga pelas abas.
Acode naquela cabecinha castanha uma ligeira idéia de remorso, e o que há de mais
simples é deixar as coisas como estavam. A esse tempo brilhavam no escuro da
rua, à altura do peitoril da janela, os olhos da filha do cabo de ordens, que espiava
para dentro, pode ser que arrastada pelo cheiro da ceia, cujos tirlintintins se ouvia.
Que ótimo desvio! E as duas começaram a conversar-se na janela, como pessoas
sisudas; bem entendido, a pequena do cabo de ordens comendo o enfastiado pão
com manteiga, a célebre fatia.
No dia seguinte, quando a criada veio sacudir os móveis, caiu das nuvens, coitada!
Cada rombo deste tamanho, afora uma porção de relidinhas, na casimira do fardão,
de modo que a intertela e os recheios do peitilho estava tudo estripado e esbrugado.
Conseqüência: um ódio entranhado aos ratos. Os cantos da casa povoaram-se de
ratoeiras. Era um nunca acabar.
Pois, senhores, roerem a mais linda, a mais garbosa, a mais rica, a mais nobre farda
da província?! Ah! se o coronel pudesse estrepar toda a ratagem unânime das
nações na ponta de seu gládio!
Em um amanhecer de abril, sofrivelmente belo, a criada, deixando para mais tarde
a visita às ratoeiras, aconteceu que ajuntaram-se à pequena Maria o pequeno
Manuel e o caçula, e foram despescar, por sua conta e risco, as da despensa.
O cabeça do motim, que todos sabem ser a senhora dona Maria, como lhe chama
a mãe quando se enfeza, não teve mais o que fazer, e, cercada pelos dois bargados
consócios, assentou-se no chão, depondo a ratoeira sobre o pano do vestido que
se fazia entre as duas perninhas abertas.

29
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A ratoeira não era mais de que uma cúpula de arame cozida a uma rodelazinha de
pinho. Dentro, porém, havia era um bicho cinzento e uma porção de bichinhos
vermelhos, da cor dos dedinhos do caçula: fenômeno raro, que provocou uma
gritaria hilariante, aliás inconveniente, porque atrás acudiram a criada, a mamãe e
até o coronel, a ver o que fazia aquela troça de quenquéns.
Maria estava metendo a mão para abocanhar a bicharada – em tempo de ser
mordida! – e o Manuel procurava também se havia outro buraco onde ele pudesse
meter a dele.
– Virgem Maria! – vozeava a criada.
– Isto é o diabo! – roncava o coronel.
Recuaram todas as mãos, e a curiosidade das criancinhas foi achar nos olhos delas
o desejado e inviolável refúgio.
A mamãe, porém, encarando o caso, juntou as mãos enternecidamente, e, cobrindo
o marido e os três filhinhos com um daqueles olhares que só em mulheres se
depara, exclamou cheia de profundo sentimento materno:
– Espera, que é uma ratinha que deu à luz na ratoeira!
O duro militar ficou basbaque. Enquanto a rata puérpera, impunemente,
pacatamente, com o salvo-conduto de sua boa estrela de mãe, Saia, como um anão
no meio de enormes gigantes de conto de fada, e galgava novamente as prateleiras
prenhes de queijo. A ninhada se amontoava no regaço da pequena Maria, - uma
porção de bichinhos vermelhos, da cor das carnes tenras do caçula, cujo corpinho
nu estava ali acocorado, a alma de criança aberta nuns olhos admirativos,
exclamando com jubilosa admiração:
– Uói! - apontando para os ratinhos com o dedinho vermelho.

1ª QUESTÃO – De acordo com o texto é CORRETO afirmar que:


A. ( ) A pequena Maria é quem narra a história.
B. ( ) A mãe das crianças é a narradora da história.
C. ( ) A criada é quem narra a história.
D. ( ) O narrador da história é onisciente.

2ª QUESTÃO – Acerca da identificação da personagem protagonista da história,


marque a alternativa CORRETA
A. ( ) A mãe da menina Maria é a protagonista da história.
B. ( ) A criada é a protagonista da história.
C. ( ) A menina Maria é a protagonista da história.
D. ( ) O coronel é o protagonista da história.

3ª QUESTÃO – Nas assertivas abaixo, marque “V” se for verdadeira ou “F” se for
falsa e, em seguida, marque a alternativa que contém a sequência de respostas
CORRETA, na ordem de cima para baixo:
( ) A manteiga do pão que sujou as abas da cadeira utilizada para depositar farda
atraiu os ratos.
( ) Estão presentes na história 02 crianças e 02 adultos.
( ) Estão presentes na história 03 crianças e 03 adultos.
( ) A expressão “salvo conduto” foi utilizada no texto para retratar a liberação da
ratazana mãe dos filhotes do interior da ratoeira.

A. ( ) F, V, F, F.
B. ( ) V, V, F, V.
C. ( ) V, F, F, V.
D. ( ) F, F, V, F.

30
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

4ª QUESTÃO – Sobre a consequência dos ratos terem danificado a farda do coronel


é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Ocorreu um sentimento de ódio que foi confirmado pela quantidade de ratoeiras
espalhadas pela casa.
B. ( ) Ocorreu um sentimento de ódio que não corresponde à quantidade de ratoeiras
espalhadas pela casa.
C. ( ) Ocorreu um sentimento de emoção que foi confirmado pela quantidade de
ratoeiras espalhadas pela casa.
D. ( ) Ocorreu um sentimento de emoção que não corresponde à quantidade de
ratoeiras espalhadas pela casa.

5ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA que corresponda ao momento da


manifestação do sentimento de emoção por parte das personagens:
A. ( ) O momento em que as personagens se tornaram sensíveis ao sentimento de
emoção ocorreu quando a criada percebeu o nascimento dos ratinhos no interior da
ratoeira.
B. ( ) O momento em que as personagens se tornaram sensíveis ao sentimento de
emoção ocorreu quando a mãe das crianças percebeu o nascimento dos ratinhos
no interior da ratoeira.
C. ( ) O momento em que as personagens se tornaram sensíveis ao sentimento de
emoção ocorreu quando a mãe das crianças percebeu que a ratinha já não estava
mais no interior da ratoeira.
D. ( ) O momento em que as personagens se tornaram sensíveis ao sentimento de
emoção ocorreu quando a criada percebeu que a ratinha já não estava mais no
interior da ratoeira.

6ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA que corresponda à comparação


entre os ratos recém-nascidos e a criança caçula da família:
A. ( ) Os ratos não eram vermelhos e suas carnes eram diferentes das carnes duras
do caçula.
B. ( ) Os ratos possuíam a carne de cor azulada como a cor das carnes velhas do
caçula.
C. ( ) Os ratos eram vermelhos como a carne delicada do caçula.
D. ( ) Os ratos não possuíam a carne de cor semelhante à vermelha, diferente da
carne tenra do caçula.

TEXTO 7 -- GABARITO 1-D, 2-C, 3-C, 4-A, 5-B, 6-C

31
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

TEXTO 8

A mulher do vizinho

Fernando Sabino
Contaram-me que na rua onde mora (ou morava) um conhecido e antipático general
de nosso Exército morava (ou mora) também um sueco cujos filhos passavam o dia
jogando futebol com bola de meia. Ora, às vezes acontecia cair a bola no carro do
general e um dia o general acabou perdendo a paciência, pediu ao delegado do
bairro para dar um jeito nos filhos do sueco.
O delegado resolveu passar uma chamada no homem, e intimou-o a comparecer à
delegacia.
O sueco era tímido, meio descuidado no vestir e pelo aspecto não parecia ser um
importante industrial, dono de grande fabrica de papel (ou coisa parecida), que
realmente ele era. Obedecendo a ordem recebida, compareceu em companhia da
mulher à delegacia e ouviu calado tudo o que o delegado tinha a dizer-lhe. O
delegado tinha a dizer-lhe o seguinte:
— O senhor pensa que só porque o deixaram morar neste país pode logo ir fazendo
o que quer? Nunca ouviu falar numa coisa chamada AUTORIDADES
CONSTITUÍDAS?
Não sabe que tem de conhecer as leis do país? Não sabe que existe uma coisa
chamada EXÉRCITO BRASILEIRO que o senhor tem de respeitar? Que negócio é
este? Então é ir chegando assim sem mais nem menos e fazendo o que bem
entende, como se isso aqui fosse casa da sogra? Eu ensino o senhor a cumprir a
lei, ali no duro: dura lex! Seus filhos são uns moleques e outra vez que eu souber
que andaram incomodando o general, vai tudo em cana. Morou? Sei como tratar
gringos feito o senhor.
Tudo isso com voz pausada, reclinado para trás, sob o olhar de aprovação do
escrivão a um canto. O sueco pediu (com delicadeza) licença para se retirar. Foi
então que a mulher do sueco interveio:
—Era tudo que o senhor tinha a dizer a meu marido?
O delegado apenas olhou-a espantado com o atrevimento.
— Pois então fique sabendo que eu também sei tratar tipos como o senhor. Meu
marido não e gringo nem meus filhos são moleques. Se por acaso incomodaram o
general ele que viesse falar comigo, pois o senhor também está nos incomodando.
E fique sabendo que sou brasileira, sou prima de um major do Exército, sobrinha de
um coronel, E FILHA DE UM GENERAL! Morou?
Estarrecido, o delegado só teve forças para engolir em seco e balbuciar
humildemente:
— Da ativa, minha senhora?
E ante a confirmação, voltou-se para o escrivão, erguendo os braços desalentado:
— Da ativa, Motinha! Sai dessa...

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO
1ª QUESTÃO – Conforme se vê no primeiro parágrafo do texto, o autor optou em
iniciar a narrativa com um verbo na primeira pessoa do plural e depois pela
colocação de verbos entre parênteses. Sobre o uso desse tipo de estrutura, é
CORRETO afirmar que:
A. ( ) Trata-se de uma estratégia que visa o não comprometimento do autor com a
história narrada.
B. ( ) Trata-se de uma estratégia que visa o comprometimento do autor com a
história narrada.

32
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Diz respeito à estética do texto e não está relacionado ao comprometimento


do autor com o texto narrado.
D. ( ) É apenas uma opção do autor e não se relaciona à estética e ao
comprometimento do autor com a história narrada.

2ª QUESTÃO – No quarto parágrafo, é CORRETO afirmar que a expressão utilizada


pelo autor, “(...) só porque o deixaram morar neste país pode logo ir fazendo o que
quer?”, demonstra:
A. ( ) O sentimento de patriotismo do Delegado.
B. ( ) O sentimento de xenofobia do Delegado.
C. ( ) A extrema dedicação do Delegado no cumprimento às leis.
D. ( ) A aceitação do imigrante estrangeiro em nosso país.

3ª QUESTÃO – Considerando o destaque dado às autoridades do Exército


Brasileiro no texto, é CORRETO afirmar que a narrativa apresenta elementos
pertencentes ao seguinte período histórico do Brasil.
A. ( ) Promulgação da Constituição Federal de 1988.
B. ( ) Movimento Diretas Já.
C. ( ) Período da Ditadura Militar.
D. ( ) Revolta da chibata.

4ª QUESTÃO – Sobre a expressão: “E fique sabendo que sou brasileira, sou prima
de um major do Exército, sobrinha de um coronel, E FILHA DE UM GENERAL!
Morou?”, é CORRETO afirmar que ela reflete a um antigo hábito brasileiro utilizado
para:
A. ( ) Mostrar-se imputável e influente.
B. ( ) Demonstrar a decepção em ser brasileira.
C. ( ) Demonstrar o orgulho de ser brasileiro.
D. ( ) Mostrar-se inimputável e influente.

5ª QUESTÃO – Com relação ao modo de agir do delegado no trecho “Tudo isso


com voz pausada, reclinado para trás, sob o olhar de aprovação do escrivão a um
canto.” É CORRETO afirmar:
A. ( ) A voz pausada do delegado e sua postura relaxada, reclinado para trás, foi
apenas uma estratégia utilizada para descontrair o ambiente da entrevista com o
sueco.
B. ( ) Demonstra a maneira polida do autor se referir aos bons serviços prestados
pelas autoridades da época.
C. ( ) A voz pausada do delegado e sua postura relaxada, reclinado para trás, foi
apenas uma estratégia utilizada para recepcionar bem o sueco.
D. ( ) Demonstra a maneira irônica do autor referir-se aos desmandos das
autoridades da época.

6ª QUESTÃO – Considerando que as expressões “casa da sogra” e “vai tudo em


cana”, bem como as palavras “moleques”, “morou” e “gringos” estão presentes no
texto em contexto que marcam uma época, marque a alternativa CORRETA em
relação ao uso dessas expressões e palavras no texto e em contexto diverso do
texto:
A. ( ) A palavra “morou” não foi utilizada no texto como gíria para alcançar o sentido
que emerge da palavra entendeu e será sempre vista como gíria se utilizada em
outro contexto.
B. ( ) As palavras “gringos” e “moleques” não podem ser consideradas no texto

33
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

como uma forma pejorativa de se referir ao sueco e aos filhos dele. Mesmo em outro
contexto de uso, essas palavras jamais serão consideradas como gíria ou algo
pejorativo.
C. ( ) A expressão “casa da sogra” foi utilizada no texto como gíria para se referir a
ambientes desprovidos de regras, mas pode ser utilizada em outro contexto em seu
sentido literal.
D. ( ) A expressão “vai tudo em cana”, não remete ao ato de prender alguém e possui
um sentido literal que pode ser utilizado em outro contexto.

TEXTO 8 -- GABARITO 1- A, 2-B, 3-C, 4-D, 5-D, 6-C

TEXTO 9

A televisão e a volta às cavernas


Roberto Pompeu de Toledo
Tende-se a esquecer, nestes tempos, que o melhor meio de comunicação já
inventado é a palavra. Qual é a minha porta? Está o leitor, ou a leitora, diante dos
toaletes de um restaurante, um teatro ou hotel, e com frequência experimentará um
momento de vacilação. Não que tenha dúvida quanto ao próprio sexo. A dúvida é
com relação àqueles sinais inscritos sobre cada uma das portas –que querem dizer?
Olha-se bem. Procura-se decifrar seu significado profundo.
Enfim, vem a iluminação: ah, sim, este é um boneco de calças. Sim, parece ser isso.
E aquela silhueta, ali ao lado, parece ser uma boneca de saia. Então, esta é a minha
porta, concluirá o leitor. E aquela é a minha, concluirá a leitora.
A humanidade demorou milhões de anos para inventar a linguagem escrita e vêm
agora as portas dos toaletes e a desinventam. Por que não escrever “homens” e
“mulheres”, reunião de letras que proporciona a segurança da clareza e do
entendimento imediato? Não. Algumas portas exibem silhuetas de calças e saias.
Outras, desenhos de cartolas, luvas, bolsas, gravatas, cachimbos e outros adereços
de uso supostamente exclusivo de um sexo ou outro. Milhões de anos de progresso
da humanidade, até a invenção da comunicação escrita, são jogados fora, à porta
dos toaletes.
E, no entanto a palavra, a palavra escrita especialmente, continua sendo estupendo
meio de comunicação. Deixa-se um bilhete para um colega de trabalho dizendo “
Fui para casa”, e vazado nesses termos, com o uso dessas três singelas
palavrinhas, será sem dúvida de entendimento mais fácil e unívoco do que se
desenhar uma casinha de um lado, um hominho de outro, e uma flecha indicando o
movimento de um para a outra. Vivemos um tempo de culto da imagem.
Esquece-se o valor inestimável da palavra.
A comunicação escrita é muito eficiente, inclusive porque tem o dom de atravessar
os séculos. Tomemos Camões. Claro que se algum cinegrafista amador tivesse
registrado o naufrágio do poeta, perto da foz do rio Mekong, nos confins da Ásia, e
as cenas em que ele, como diz a lenda, procurava a salvação simultânea da própria
vida e da obra, nadando com um braço e com o outro segurando os originais dos
Lusíadas, acima da linha d’água para mantê-los secos, seria um documento de
grande valor. Teríamos uma edição de gala do Jornal Nacional. Mas o filme só
despertaria esse interesse porque Camões é Camões.
Ou seja, porque é autor de uma obra escrita que atravessou os séculos. Camões

34
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

comunica-se conosco, quatro séculos depois de sua morte, porque se utilizou dessa
ferramenta insubstituível que é a palavra gravada num papel, ou num papiro, ou
numa prensa.
O pensador italiano Norberto Bobbio, em seu último livro publicado no Brasil (O
tempo da memória), afirma que se irrita em falar ao telefone. Bobbio cita outro
italiano, Guido Ceronetti, que escreveu: “Sempre que posso (...) faço apaixonada
apologia de escrever cartas entre seres pensantes, ainda não embrutecidos, que se
comunicam apenas pelo telefone, ou então por fax ou telefone celular. (...) O homem
que pensa de verdade escreve cartas aos amigos”.
O homem do século XX acostumou-se a pensar que o século XX é maravilhoso. Em
matéria de ciência e tecnologia, suas conquistas seriam inigualáveis. Vá lá, o
telefone representou um avanço. Mas consideremos, por um momento, o que ele
pôs a perder. O hábito de escrever cartas, como diz Ceronetti, e o exercício de
inteligência que isso representa. A conversa direta, olho no olho. O hábito de fazer
visitas, de procurar diretamente as pessoas. Com telefone, não teria havido este
ponto alto da criação humana que é o romance do século XIX. Os enredos tem base
em visitas, encontros inesperados, notícias que chegam tarde.
Com telefone, não há história de Dostoievski, Balzac, Dickens ou Eça de Queirós
que resista.
A desvalorização da comunicação escrita, em nosso tempo, começa numa
banalidade como as portas dos toaletes e culmina neste símbolo do século que é o
culto da conquistas tecnológicas – do rádio ao telefone celular, no caso das
comunicações. Ora, conquista por conquista, continua insuperável, no mesmo ramo
das comunicações, em primeiro lugar a invenção de uma língua comum, em cada
determinada comunidade, e em segundo a reprodução dessa língua em signos
escritos.
Lorde Thomson of Monifieth, um inglês que já presidiu a Independent Broadcasting
Authority, órgão de supervisão do sistema de rádio e televisão na Grã-Bretanha,
disse certa vez numa conferência que lamenta não ter surgido na história da
humanidade primeiro a televisão, e depois os tipos móveis de Gutenberg. “Penso
que imprimir e ler representam formas mais avançadas de comunicação civilizada
do que a transmissão de TV”, afirmou. Esse lúcido inglês confessou que, em seus
momentos sombrios, se sente incomodado com o pensamento de que a
humanidade caminhou milhões de anos para voltar ao ponto de partida. Começou
magnetizada pelos desenhos nas paredes das cavernas e terminou magnetizada
diante das figuras de alta definição nas paredes onde se embutem os aparelhos de
televisão.

1ª QUESTÃO – Assinale a alternativa que exprime CORRETAMENTE a opinião do


autor:
A. ( ) A linguagem escrita tornou-se dispensável para a humanidade.
B. ( ) A imagem é o meio de comunicação dos tempos modernos com isso, a
palavra perdeu seu valor inestimável.
C. ( ) A palavra é o mais importante meio de comunicação.
D. ( ) A leitura de “Camões” e a escrita de cartas devem ser substituídas por emails,
mensagens de celulares e outras tecnologias que acompanhem nosso tempo.

2ª QUESTÃO – Leia: “E no entanto a palavra, a palavra escrita especialmente...”


Assinale a alternativa em que a expressão sublinhada NÃO foi substituída por
outra de valor equivalente:
A. ( ) “E contudo a palavra, a palavra escrita especialmente...”
B. ( ) “E visto que a palavra, a palavra escrita especialmente...”

35
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) “E todavia a palavra, a palavra escrita especialmente...”


D. ( ) “E entretanto a palavra, a palavra escrita especialmente...”

3ª QUESTÃO – Assinale a alternativa que NÃO está de acordo com o texto:


A. ( ) Para dar veracidade aos seus argumentos, o autor cita outros autores
importantes.
B. ( ) O texto encerra de modo impactante a ideia de que a televisão é um retrocesso
em relação à conquista da escrita.
C. ( ) O autor compara a ineficiência da comunicação escrita com a eficiência da
comunicação visual num caso muito particular: a identificação dos banheiros
masculino e feminino.
D. ( ) O autor vale-se de certa dose de ironia ao citar Camões.

4ª QUESTÃO – Leia:
“... e vazado nesses termos...”
Assinale a alternativa em que o termo em destaque pode ser substituído por outro
de igual valor:
A. ( ) Moldado
B. ( ) Lançado
C. ( ) Despejado
D. ( ) Oportuno

5ª QUESTÃO – Assinale a alternativa que NÃO está de acordo com as ideias do


texto:
A. ( ) O pensamento da humanidade caminhou anos até voltar para as cavernas,
onde as figuras estão embutidas na televisão.
B. ( ) A ciência e a tecnologia acabaram com antigos hábitos, como as conversas
olho no olho, as visitas e a leitura de clássicos da literatura.
C. ( ) A obra de Camões só pode ser totalmente compreendida agora, com o avanço
da comunicação escrita.
D. ( ) A comunicação escrita tem seu declínio com a tecnologia através dos
celulares.

6ª QUESTÃO – Leia:
“... um hominho de outro...”. A palavra sublinhada é a forma popular do diminutivo
do vocábulo “homem”. Assinale a forma erudita, culta, adequada a esse texto:
A. ( ) homenzico
B. ( ) homenzarrão
C. ( ) homenzito
D. ( ) homúnculo

TEXTO 9 --GABARITO 1-C, 2-B, 3-C, 4-A, 5-C, 6-D

36
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

TEXTO 10

O Roubo do Relógio
Rolando Boldrin

Naquele arraial do Pau Fincado, havia um sujeitinho danado pra roubar coisas. Às
vezes galinha, às vezes cavalo, às vezes coisas miúdas. A verdade é que o dito cujo
era chegado em surrupiar bens alheios.
Todo mundo daquele arraial já estava até acostumado com os tais furtos. E a coisa
chegou a tal ponto de constância que bastava alguém da por falta de qualquer objeto
e lá vinha o comentário: “Ah, foi o Justino Larápio”.
E foi numa dessas que sumiu o relógio do cumpadi João, um cidadão por demais
conhecido por aquelas bandas do Pau Fincado. Foi a conta de sumir o relógio dele
para o dito cujo correr pra delegacia mais próxima e dar parte do fato.
O delegado pediu que o sêo João arranjasse três testemunhas para lavrar o ocorrido
e então prender o tal ladrãozinho popular. Arranjar três testemunhas de que o tal
Justino havia surrupiado qualquer coisa era fácil, dado a popularidade do dito cujo
pra esses afazeres fora da lei.
A cena que conto agora transcorreu assim, sem tirar nem pôr. Intimado o Justino,
eis ali, ladrão, vítima e três testemunhas:
DELEGADO (para a primeira testemunha) – O senhor viu o Justino roubar o relógio
do sêo João, aqui presente?
TESTEMUNHA 1 – Dotô.Vê, ansim com os óio, eu num posso dizê que vi. Mas sei
que ele é ladrão mêmo. O que ele vê na frente dele, ele passa a mão na hora. Pode
prendê ele dotô!
DELEGADO (para a segunda testemunha) – E o senhor? Viu o Justino roubar o
relógio do sêo João?
TESTEMUNHA 2 – Óia, dotô ...num vô falá que vi ele fazê isso, mas todo mundo no
arraiá sabe que ele róba mêmo, uai. Pode prender sem susto. Eu garanto que foi
ele que robô esse relógio.
DELEGADO (para a última testemunha) – E o senhor? Pode me dizer se viu o
Justino roubar o relógio do sêo João?
TESTEMUNHA 3 – Dotô, ponho a mão no fogo si num foi ele. Prende logo esse sem
vergonha, ladrão duma figa. Foi ele mêmo!
DELEGADO – Mas o senhor não viu ele roubar? O senhor sabe que foi ele, mas
não viu o fato em si?
TESTEMUNHA 3 – Num carece de vê, dotô! Todo mundo sabe que ele róba. Pode
preguntá pra cidade intêra. Foi ele. Prende logo esse peste!
DELEGADO (olhando firme para o Justino) – Olha aqui, Justino. Eu também tenho
certeza de que foi você que roubou o relógio do sêo João. Mas, como não temos
provas cabíveis, palpáveis e congruentes.... você está, por mim, absolvido.
JUSTINO (espantado, arregalando os olhos para o delegado) – O que, dotô ? O que
que o sinhô me diz? Eu tô absorvido????
DELEGADO – Está absolvido.

37
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

JUSTINO – Qué dizê intão que eu tenho que devorvê o relógio?

INTERPRETAÇÃO DO TEXTO E GRAMÁTICA


1ª QUESTÃO – Leia o excerto a seguir marque a alternativa CORRETA. “Naquele
arraial do Pau Fincado, havia um sujeitinho danado pra roubar coisas.”
De acordo com o excerto apresentado, o diminutivo foi empregado pelo autor para
reforçar o sentido:
A. ( ) Pejorativo.
B. ( ) Carinhoso.
C. ( ) Tamanho.
D. ( ) Provocativo.

2ª QUESTÃO – Leia o excerto a seguir e marque a alternativa CORRETA. “Dotô.Vê,


ansim com os óio, eu num posso dizê que vi. Mas sei que ele é ladrão mêmo”.
Quanto ao emprego da vírgula, a oração sublinhada tem a função de:
A. ( ) Conjunção pospositiva.
B. ( ) Adjunto adnominal.
C. ( ) Adjunto adverbial.
D. ( ) Adjetiva explicativa.

3ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Quanto à diversidade linguística


no texto apresentado, podemos afirmar que o autor optou por:
A. ( ) utilizar uma variação diastrática.
B. ( ) utilizar uma variação diafásica.
C. ( ) utilizar uma variação histórica.
D. ( ) utilizar uma variação diatópica.

4ª QUESTÃO – Nas alternativas abaixo, apenas uma das palavras sublinhadas


poderia ser substituída pela que está entre colchetes sem sofrer alteração de
sentido.
Assinale a alternativa em que a substituição está CORRETA.
A. ( ) Mas, como não temos provas cabíveis, palpáveis e congruentes.... você está,
por mim, absolvido. [açoitado]
B. ( ) Num carece de vê, dotô! Todo mundo sabe que ele róba. [convir]
C. ( ) E foi numa dessas que sumiu o relógio do cumpadi João, um cidadão por
demais conhecido por aquelas bandas do Pau Fincado. [conjunto]
D. ( ) Todo mundo daquele arraial já estava até acostumado com os tais furtos. E a
coisa chegou a tal ponto de constância que bastava alguém da por falta de qualquer
objeto e lá vinha o comentário: “Ah, foi o Justino Larápio”. [persistência]

5ª QUESTÃO – Leia as assertivas abaixo e, ao final, responda o que se pede.


I. A variação linguística é um interessante aspecto da língua portuguesa e pode ser
compreendida por meio das influências históricas e regionais sobre os falares.
II. A língua é um sistema que não admite nenhum tipo de variação linguística, sob
pena de empobrecimento do léxico.
III. O tipo de linguagem do texto compromete o seu entendimento ao leitor.

Marque a alternativa CORRETA.


A. ( ) Apenas a assertiva II, está correta.

38
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) Apenas a assertiva I, está correta.


C. ( ) Apenas a assertiva III, está correta.
D. ( ) Todas as assertivas estão corretas.

TEXTO 10 -- GABARITO 1-A, 2-C, 3-A, 4-D, 5-B, 6-C

TEXTO 11
O perigo do álcool em casa para o jovem
JAIRO BOUER
Os pais são os principais fornecedores de bebida alcoólica para os jovens com
menos de 18 anos de idade. Um em cada seis jovens de 12 a 13 anos já recebeu
bebida dos pais e, na faixa etária entre os 15 e 16 anos, esse número aumenta para
um em cada três. Os dados referem-se a menores acompanhados pelo Centro de
Pesquisa Nacional de Álcool e Drogas da Austrália. Duas mil famílias participaram
do estudo, com duração de quatro anos. O intuito dessas famílias ao dar bebida
alcoólica aos menores é permitir que o jovem inicie o consumo em ambiente
controlado. Mas a pesquisa revelou que, ao fazer isso, esses pais mais atrapalham
do que ajudam.
O resultado mostra que jovens que começam a beber no início da adolescência têm
três vezes mais chance de vir a beber de forma exagerada aos 16 anos. O ideal,
segundo essa pesquisa, é retardar ao máximo o contato com a bebida. Outros
estudos corroboram que começar a beber mais tarde é melhor. Um trabalho da
Universidade de Vermont, Estados Unidos, publicado na edição de julho da revista
Nature, [..], mostrava que uma única taça de vinho ou latinha de cerveja aos 14 anos
aumentava o risco de o jovem encarar uma bebedeira ainda na adolescência. Como
esse período da vida é de grande vulnerabilidade, os pesquisadores afirmam que,
se o primeiro gole for adiado em seis meses ou um ano, a chance de abuso de álcool
aos 16 anos diminui de forma considerável.
Esse dado é especialmente alarmante ao considerarmos que, apesar de haver
restrição legal para o consumo do álcool em torno dos 17 ou 18 anos na maioria dos
países ocidentais, o primeiro contato de quase metade dos adolescentes ocorre
antes dos 15 anos. Boa parte desses jovens passa a beber regularmente ainda na
adolescência.
O uso de bebida ainda na adolescência pode expor os jovens a um maior risco de
agressividade, violência, acidentes, doenças sexualmente transmissíveis e
dependência de álcool na vida adulta.
Outro trabalho, feito pela Escola de Saúde Pública Johns Hopkins Bloomberg, que
acaba de ser publicado no periódico médico Drug and Alcohol Dependence,
analisou todas as campanhas de bebida publicadas em revistas americanas de
2008 a 2010. A conclusão foi que 87% dos anúncios trazem mensagens sobre beber
com responsabilidade sem dizer como fazer isso. No máximo, defendiam a
abstinência em determinadas situações. O estudo faz um alerta: as mensagens de
responsabilidade têm menos destaque do que a bebida que promovem. O ideal,
afirma o estudo, é que os rótulos dessas bebidas tenham mensagens explícitas
sobre os perigos do consumo, como ocorre com os maços de cigarro.

1ª QUESTÃO – Depreende-se da leitura do texto que:

39
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) A argumentação construída pelo autor valida o entendimento das famílias de


que é preferível que os jovens bebam em ambiente controlado a se tornarem adultos
viciados.
B. ( ) É na adolescência que muitos se tornam consumidores regulares de bebidas
alcoólicas, a despeito de diversos países do ocidente proibirem o consumo de álcool
por adolescentes.
C. ( ) O consumo de bebida alcoólica iniciado após os 16 anos é garantia de que o
jovem não se tornará um bebedor compulsivo na idade adulta.
D. ( ) Ao incentivarem os filhos a consumirem bebida alcoólica no ambiente
doméstico, os pais frustram o consumo exagerado fora de casa.

2ª QUESTÃO – Conforme o texto, anúncios publicitários publicados em revistas


americanas entre 2008 e 2010:
A. ( ) Limitavam-se a incentivar o consumo do álcool.
B. ( ) Prestavam-se, exclusivamente, a promover o produto, evidenciando desvelo
para com a saúde pública.
C. ( ) Mesmo com foco na venda dos produtos, demonstravam a preocupação dos
fabricantes em alertar os consumidores para os riscos do consumo exagerado.
D. ( ) Omitiam-se quanto aos efeitos deletérios do álcool.

3ª QUESTÃO – Na frase “Outros estudos corroboram que começar a beber mais


tarde é melhor”, o verbo assinalado pode ser substituído, sem modificar o sentido,
por:
A. ( ) Ratificam.
B. ( ) Especulam.
C. ( ) Emendam.
D. ( ) Alertam.

TEXTO 11 – GABARITO 1-B, 2-D, 3-A

TEXTO 12
Fidelidade ou lealdade?
IVAN MARTINS
Nos últimos dias, ando apaixonado pela palavra “lealdade”. Deve ser por causa de
um livro que estou terminando, um romance sobre antigos amigos e amantes que
voltam a se encontrar e precisavam acertar suas diferenças. Eles já não se gostam,
mas confiam um no outro. Eles deixaram de se amar, mas ainda se protegem
mutuamente. Isso é lealdade, em uma de suas formas mais bonitas. Lealdade ao
que fomos e sentimos.
Ao ler o romance, me ocorreu que amar é fácil. Tão fácil que pode ser inevitável. A
gente ama quem não merece, ama quem não quer nosso amor, ama a despeito de
nós mesmos. Tem a ver com hormônios, aparência e sensações que não somos
capazes de controlar. A lealdade não. Ela não é espontânea e nem barata.
Resulta de uma decisão consciente e pode custar caro. Ela é uma forma de nobreza
e tem a ver com sacrifício. Não é uma obrigação, é uma escolha que mistura,
necessariamente, ideias e sentimentos. Na lealdade talvez se manifeste o melhor
de nós. (...)

40
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A lealdade está amparada em valores, não apenas em sentimentos. É fácil cuidar


de alguém quando se está apaixonado. Mais fácil que respirar, na verdade.
Mas o que se faz quando os sentimentos desaparecem – somem com eles todas as
responsabilidades em relação ao outro? Sim, ao menos que as pessoas sejam
movidas por algo mais que a mera atração. Se não partilham nada além do desejo,
nada resta depois do romance. Mas, se houver cumplicidades maiores, então se
manifesta a lealdade. (...)
O romantismo, embora a gente não o veja sempre assim, é uma forma exacerbada
de egoísmo. Meu amor, minha paixão, minha vida. Minha família, inclusive. Tem a
ver com desejo, posse e exclusividade, que tornam a infidelidade insuportável, a
perda intolerável. As pessoas matam por isso todos os dias. Porque amam. É um
sentimento que não exige elevação moral e pode colocar à mostra o pior de nós
mesmos, embora pareça apenas lindo. (...)
Talvez devêssemos pensar de forma mais generosa. Talvez precisemos nos
apaixonar por ideias, nos ligar por compromissos, cultivar sonhos e aspirações que
estejam além dos nossos interesses pessoais. Correr riscos maiores que o de ser
traído ou demitido. O idealismo, que tem sido uma força de mudança na conduta
humana, precisa ser resgatado. Não apenas para salvar o planeta e a sociedade,
mas para nos dar, pessoalmente, alguma forma de esperança. A fidelidade nos leva
até a esquina. A lealdade talvez nos conduza mais longe, bem mais longe.

INTERPRETAÇÃO DO TEXTO
1ª QUESTÃO – De acordo com o texto, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Na lealdade talvez se transpareça o melhor de nós. Já as pessoas com
romantismo exagerado, podem revelar o pior de nós mesmos.
B. ( ) A lealdade se apoia somente em sentimentos, pois é fácil zelar por outrem
quando não se ama.
C. ( ) Amar é algo escusável devido à falta de autocontrole.
D. ( ) O romantismo exacerbado cultiva desejos além dos interesses pessoais.

2ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Conforme o texto, o idealismo,


como
força de mudança na conduta humana:
A. ( ) está aquém da lealdade.
B. ( ) deve enjeitar compromissos.
C. ( ) precisa ser reforçado.
D. ( ) tem como consequência a exasperação.

TEXTO 12 -- GABARITO 1-A, 2-C

41
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

TEXTO 13

Diário de um fescenino
Rubem Fonseca
1º. de janeiro
Decidi, neste primeiro dia do ano, escrever um diário. Não sei que razões me
levaram a isso. Sempre me interessei pelos diários dos outros, mas nunca pensei
em escrever um. Talvez depois de considerá-lo terminado quando?, que dia? — eu
o rasgue, como fiz com um romance epistolar, ou o deixe na gaveta, para, depois
de morto, os outros — nem sei quem serão, pois não tenho herdeiros — resolverem
o que fazer com ele. Ou, então, pode ser que eu o publique.
"O bom diarista", disse Virginia Woolf, "é aquele que escreve para si apenas ou para
uma posteridade tão distante que pode sem risco ouvir qualquer segredo e
corretamente avaliar cada motivo. Para esse público não há necessidade de
afetação ou restrição." Não me imporei restrições, porém sei que estarei sendo
influenciado de várias maneiras, ao considerar a hipótese de ser lido pelos meus
contemporâneos. Os autores de diários, qualquer que seja sua natureza íntima ou
anedótica, sempre escrevem para serem lidos, mesmo quando fingem que ele é
secreto. O Samuel Pepys, que codificou o seu diário, deixou pistas para ser
decifrado.
Nesse gênero literário, o autor fala sozinho numa, espécie de solilóquio. Aqui,
porém, não apenas a minha voz, a do protagonista, será ouvida, mas também as
dos outros, deuteragonistas e tritagonistas. (Podem me chamar de pedante, mas
que nomes posso atribuir a esses outros, a partir do momento em que me denominei
protagonista?) Confesso que, ao realizar essa tarefa, pretendo me exercitar na
técnica de escrever em forma dialogada. Há escritores, talvez eu seja um deles, que
têm um certo preconceito contra o uso freqüente de falas para descrever interações
entre dois ou mais personagens. O teatro não pode prescindir do diálogo e o cinema
pode contar alguma coisa sem usar diálogos graças ao close e outros truques de
câmera, no entanto o que o cinema pode nos dizer com imagens nunca tem a
mesma riqueza de significados da narrativa literária. Acho que fiz todos os meus
livros de ficção sem diálogos por não os ter usado no primeiro que escrevi, que fez
aquele sucesso todo. Tentei repetir o mesmo formato. Mas aqui pretendo contar o
que acontece usando diálogos.
Tentarei reproduzir fielmente as expressões verbais de meus interlocutores. Ao fim
do dia, após digitar os diálogos junto com uma descrição sucinta do cenário e das
circunstâncias em que eles ocorreram, arquivarei tudo na memória do meu
computador. Talvez escapem gestos ou falas importantes, elipses estas que
resultarão de preguiça e algum desleixo; e, por outro lado, é provável que eu inclua
ações e alocuções inúteis.

Os verbetes referentes a diários, journals e similares enchem várias páginas de


qualquer enciclopédia. Os limites classificatórios desses textos são vagos. Numa
firula taxinômica eu diria que não podem ser considerados diários, como muitos o
fazem, o A JournalofthePlagueYear, do Defoe, ou o Diário de um sedutor, do
SorenKierkegaard, que mais me parece um romance epistolar, assim como as
Confissões, de Santo Agostinho, ou as Confissões de um comedor de ópio, do de
Quincey, que devem ser rotulados como literatura confessional. Quatro exemplos
apenas, em uma miríade possível.

1ª QUESTÃO – De acordo com o texto é CORRETO afirmar que na concepção


deVirginia Woolf “o bom diarista” seria quem:

42
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) Escreve a história com fingimento ou limitação.


B. ( ) Escreve a história sem fingimento ou limitação.
C. ( ) Escreve a história sem fingimento e com limitação.
D. ( ) Escreve a história com fingimento e sem limitação.

2ª QUESTÃO – Com relação ao papel a ser desempenhado pelos denominados


deuteragonistas, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Refere-se à quarta personagem de papel mais importante na história.
B. ( ) Refere-se à personagem de papel secundário na história.
C. ( ) Refere-se à personagem de papel principal na história.
D. ( ) Refere-se à terceira personagem de papel mais importante na história.

3ª QUESTÃO – De acordo com o texto, marque nas assertivas abaixo, “V” para as
verdadeiras e “F” para as falsas. Em seguida, marque a alternativa que contém a
sequência de respostas CORRETA, na ordem de cima para baixo:
( ) O teatro não pode abrir mão do diálogo.
( ) As imagens produzidas pelo cinema possuem a mesma riqueza de
significados presentes na narrativa literária.
( ) O cinema não pode substituir o diálogo pela imagem para contar uma
história.
( ) As imagens produzidas pelo cinema não possuem a mesma riqueza de
significados presentes na narrativa literária.
A. ( ) F, V, V, V.
B. ( ) V, F, V, V.
C. ( ) V, F, F, V.
D. ( ) V, V, V, F.

TEXTO 13 -- GABARITO 1-B, 2-B, 3-C

TEXTO 14

LÍNGUA PORTUGUESA
Reforma ortográfica: falar e escrever certo.
Dominar a norma culta de um idioma é plataforma mínima de sucesso para
profissionais de todas as áreas. Engenheiros, médicos, economistas, contabilistas
e administradores que falam e escrevem certo, com lógica e riqueza vocabular, têm
mais chance de chegar ao topo do que profissionais tão qualificados quanto eles
mas sem o mesmo domínio da palavra.
Por essa razão, as mudanças ortográficas interessam e trazem dúvidas a todos. O
acordo diz como se devem usar o hífen e o acento agudo e outros desses
minúsculos sinais gráficos que já fizeram estatelar muitas reputações. A diferença
entre um sucesso e um vexame pode ser determinada por uma simples crase mal
utilizada. Portanto, não há como ignorar quando os sábios se reúnem para
determinar o que é certo e errado no uso do português.
Nas grandes corporações, os testes de admissão concedem à competência
linguística dos candidatos, muitas vezes, o mesmo peso dado à aptidão para
trabalhar em grupo ou ao conhecimento de matemática. Diversas pesquisas

43
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

estabelecem correlações entre tamanho de vocabulário e habilidade de


comunicação, de um lado, e ascensão profissional e ganhos salariais, de outro.
Um estudo feito em 39 empresas americanas mostrou que a chance de ascensão
profissional está diretamente ligada ao vocabulário que a pessoa domina. Quanto
maior seu repertório, mais competência e segurança ela terá para absorver novas
ideias e falar em público. Cresce a consciência de que as línguas bem faladas,
protegidas por normas cultas, são ferramentas da cultura e também armas da
política, além de ser riquezas econômicas.
Após várias tentativas de se unificar a ortografia da língua portuguesa, a partir de
primeiro de janeiro de 2009 passou a vigorar no Brasil, e em todos os países da
CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa), o período de transição para
as novas regras ortográficas que se finaliza em 31 de dezembro de 2012. Algumas
modificações foram feitas no sentido de promover aMunião e proximidade dos
países que têm o português como língua oficial: Angola, Moçambique, Cabo Verde,
Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe, Timor Leste, Brasil e Portugal. No entanto, não
é necessário que haja aversão às alterações, pois são simples e fáceis de serem
apreendidas, além disso, há um prazo de adaptação que contribui para o processo
de assimilação das mudanças.
O acordo entrará em vigor a partir de janeiro de 2009, mas as duas normas
ortográficas, a atual e a prevista no acordo, poderão ser usadas e aceitas como
corretas nos exames escolares, vestibulares, concursos públicos e demais meios
escritos até dezembro de 2012. Segundo o MEC (Ministério da Educação), a medida
deve facilitar o processo de intercâmbio cultural e científico entre os países e ampliar
a divulgação do idioma e da literatura em língua portuguesa.
A escritora Lya Luft disse que a unificação já devia ter ocorrido antes, pois considera
uma medida civilizada. A diferença na escrita dos países que falam português
atrapalha o intercâmbio econômico e editorial. “Como toda reforma, essa proposta
tem suas falhas, mas acho ótimo”, concluiu a escritora.
O gramático Evanildo Bechara, membro da Academia Brasileira de Letras, achou a
unificação ortográfica importante do ponto de vista político, pois implica numa maior
difusão da língua portuguesa nos seus textos escritos, mas considera que a reforma
poderia ter avançado mais.
Texto adaptado de Revista Veja (matéria de capa), edição 2025, de 12/09/2007.

INTERPRETAÇÃO DE TEXTO
1ª QUESTÃO – Do texto se extrai a seguinte passagem: “(...) outros desses
minúsculos sinais gráficos que já fizeram estatelar muitas reputações”. A respeito
da palavra em destaque, é CORRETO afirmar que já fizeram:
A. ( ) enaltecer muitas reputações.
B. ( ) derrubar muitas reputações.
C. ( ) sublimar muitas reputações.
D. ( ) erigir muitas reputações.

2ª QUESTÃO – No texto observa-se a passagem: “(...) Segundo o MEC (Ministério


da Educação), a medida deve (...)”. A respeito da palavra em destaque, é CORRETO
afirmar que:
A. ( ) a palavra faz referência ao período de transição para as novas regras
ortográficas que se finaliza em 31 de dezembro de 2012.
B. ( ) a palavra faz referência aos exames escolares, vestibulares e concursos
públicos.
C. ( ) a palavra representa o processo de intercâmbio cultural e científico entre

44
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

os países.
D. ( ) a palavra representa o acordo ortográfico que entrará em vigor.

3ª QUESTÃO – O texto apresenta duas opiniões a respeito do tema. Após leitura e


análise das afirmativas de cada especialista no assunto, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) ambos opinaram favoravelmente, com algumas ressalvas.
B. ( ) ambos opinaram desfavoravelmente, sem ressalvas.
C. ( ) ambos foram céticos à proposta de mudança.
D. ( ) ambos foram totalmente receptivos, sem ressalvas.

TEXTO 13 -- GABARITO 1-B, 2-D, 3-A

45
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

2- CÓDIGO PENAL

2.1 PARTE GERAL


1ª QUESTÃO – De acordo com as disposições do Código Penal (CP) brasileiro
acerca do concurso de pessoas, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Na hipótese de crime praticado em concurso de pessoas, se a participação
de um dos agentes for de menor importância, este não responde pelo delito.
B. ( ) Se algum dos concorrentes quis participar de crime menos grave, ser-lhe-
á aplicada a pena deste.
C. ( ) A instigação e o auxílio, salvo disposição expressa em contrário, não são
puníveis quando o delito ocorrer na modalidade tentada.
D. ( ) No concurso de pessoas, as circunstâncias e as condições de caráter
pessoal não se comunicam, ainda que elementares do crime
2ª QUESTÃO – De acordo com as disposições do Código Penal (CP) brasileiro
acerca da aplicação da lei penal no tempo e no espaço, marque a alternativa
CORRETA:
A. ( ) A lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos
fatos anteriores desde que não tenha havido o trânsito em julgado da sentença
condenatória.
B. ( ) Para efeito de aplicação da lei penal, considera-se praticado o crime no
momento em que houve a produção do resultado.
C. ( ) Os crimes cometidos no estrangeiro não estão sujeitos à aplicação da lei
penal brasileira.
D. ( ) Aplica-se a lei penal brasileira aos crimes praticados a bordo de aeronaves
ou de embarcações brasileiras, mercantes ou de propriedade privada, que se
achem, respectivamente, no espaço aéreo correspondente ao território nacional
ou em alto-mar.

3ª QUESTÃO – De acordo com as disposições do Código Penal (CP) brasileiro


acerca da imputabilidade penal, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Os menores de 18 (dezoito) anos são penalmente responsáveis somente
nas hipóteses de crimes hediondos.
B. ( ) O agente que age impelido por emoção ou por paixão é penalmente
inimputável.
C. ( ) É isento de pena o agente que, por embriaguez voluntária ou culposa, não
possuía, ao tempo da ação ou da omissão, a plena capacidade de entender o
caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse entendimento.
D. ( ) A pena pode ser reduzida de um a dois terços, se o agente, em virtude de
perturbação de saúde mental ou por desenvolvimento mental incompleto ou
retardado não era inteiramente capaz de entender o caráter ilícito do fato ou de
determinar-se de acordo com esse entendimento.

4ª QUESTÃO – De acordo com as disposições do Código Penal (CP) brasileiro


acerca das excludentes de ilicitude e de culpabilidade, é CORRETO afirmar que:

46
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) Entende-se em legítima defesa, quem pratica o fato para salvar de perigo atual,
que não provocou por sua vontade, nem podia de outro modo evitar, direito próprio
ou alheio, cujo sacrifício, nas circunstâncias, não era razoável exigir-se.
B. ( ) O Código Penal brasileiro restringe a alegação do estado de necessidade
apenas a quem tinha o dever legal de enfrentar o perigo.
C. ( ) Aquele que, usando moderadamente dos meios necessários, repele injusta
agressão, atual ou iminente, a direito seu ou de outrem, pode alegar como
excludente de ilicitude o exercício regular de direito.
D. ( ) Não há crime quando o agente pratica o fato em estado de necessidade, em
legítima defesa, em estrito cumprimento de dever legal ou no exercício regular de
direito.

5ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA em relação ao Código Penal


Brasileiro:
A. ( ) É isento de pena o agente que, sob forte emoção ou paixão, ou ainda em
estado de embriaguez, voluntária ou culposa, pelo álcool ou substância de
efeitos análogos, ao tempo da ação ou da omissão, era inteiramente incapaz de
entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse
entendimento.
B. ( ) Considera-se lugar do crime apenas o local em que ocorreu a ação ou
omissão, no todo ou em parte.
C. ( ) Não há crime quando o agente pratica o fato dando causa ao resultado por
imprudência, negligência ou imperícia.
D. ( ) A moderação no emprego dos meios necessários à repulsa da injusta
agressão, constitui um dos requisitos legais para a configuração da legítima
defesa.

6ª QUESTÃO – Considerando o disposto no Decreto-Lei n. 2.848/1940 (Código


Penal – CP), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O Código Penal Brasileiro adota, tanto para a consideração do tempo do crime,
quanto para o lugar do crime, a teoria da atividade.
B. ( ) No caso da estrita obediência a ordem, o superior hierárquico, autor da ordem,
é o único punido se esta for manifestamente ilegal ou não manifestamente ilegal.
C. ( ) O policial militar, em relação as suas atribuições legais que ensejam deveres
de cuidado, proteção ou vigilância, enquadra-se no caso em que a omissão é
penalmente relevante, ou seja, quando o omitente devia e podia agir para evitar o
resultado.
D. ( ) O agente, nos casos de excludentes de ilicitude, responderá pelo excesso
doloso ou culposo apenas em relação aos fatos praticados em legítima defesa ou
estado de necessidade.

7ª QUESTÃO- Assinale a opção correta, a respeito das regras do regime fechado


de cumprimento das penas privativas de liberdade previstas na legislação vigente.
A. ( ) Em regra, o condenado a pena privativa de liberdade superior a quatro anos
iniciará o seu cumprimento no regime fechado.
B. ( ) A pena de reclusão deve ser cumprida exclusivamente em regime fechado.
C. ( ) A execução da pena em regime fechado deverá ocorrer exclusivamente em
estabelecimento de segurança máxima.
D. ( ) O condenado que cumpre pena no regime fechado pode ser autorizado a
realizar trabalho externo em serviços ou obras públicas.

47
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

E. ( ) O condenado que cumpre a pena no regime fechado deve ficar isolado durante
o repouso noturno e, durante o dia, deve trabalhar em colônia agrícola, industrial ou
estabelecimento similar.

8ª QUESTÃO – Considerando a frase a seguir, e tendo como base o Decreto-Lei


n. 2.848/1940, que dispõe sobre o Código Penal Brasileiro (CP), marque a
alternativa CORRETA:
A extraterritorialidade doutrinariamente denominada “incondicionada”, prevista no
art. 7º, I, do Código Penal, diz que ficam sujeitos à lei brasileira, embora cometidos
no estrangeiro, independentemente de quaisquer condições, os crimes praticados:
A. ( ) Contra a vida e o patrimônio de qualquer brasileiro.
B. ( ) Em aeronaves ou embarcações brasileiras, mercantes ou de propriedade
privada.
C. ( ) Contra a vida ou a liberdade do Presidente da República.
D. ( ) Contra o patrimônio privado.

9ª QUESTÃO – Com relação às penas previstas no Código Penal Brasileiro,


analise as assertivas abaixo:
I - As penas previstas são: privativas de liberdade, restritivas de direitos e de
multa.
II - A pena de reclusão deve ser cumprida em regime fechado, semi-aberto ou
aberto.
III - Considera-se regime fechado a execução da pena em estabelecimento de
segurança máxima ou média;
IV - No cumprimento da pena em regime semi-aberto, o condenado fica sujeito
a trabalho em comum durante o período diurno, em colônia agrícola, industrial
ou estabelecimento similar.
Estão CORRETAS as assertivas:
A. ( ) Todas estão Corretas
B. ( ) I, II e IV apenas
C. ( ) I e III apenas
D. ( ) II, III e IV apenas

10ª QUESTÃO – Com relação ao Código Penal Brasileiro, analise as assertivas


abaixo:
I - Quando o agente, mediante mais de uma ação ou omissão, pratica dois ou
mais crimes, idênticos ou não, aplica-se-lhe a mais grave das penas cabíveis ou,
se iguais, somente uma delas, mas aumentada, em qualquer caso, de um sexto
até metade.
II - No concurso de crimes, as penas de multa são aplicadas distinta e
integralmente.
III - Quando o agente, mediante mais de uma ação ou omissão, pratica dois ou
mais crimes da mesma espécie e, pelas condições de tempo, lugar, maneira de
execução e outras semelhantes, devem os subsequentes ser havidos como
continuação do primeiro, aplica-se-lhe a pena de um só dos crimes, se idênticas,
ou a mais grave, se diversas, aumentada, em qualquer caso, de um sexto a dois
terços.
IV - Quando o agente, mediante uma só ação ou omissão, pratica dois ou mais
crimes, idênticos ou não, aplicam-se cumulativamente as penas privativas de
liberdade em que haja incorrido.
Estão CORRETAS as assertivas:

48
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) Todas estão Corretas


B. ( ) II e III apenas
C. ( ) I, II e III apenas
D. ( ) II, III e IV apenas

11ª QUESTÃO – Marque a alternativa que completa CORRETAMENTE a lacuna


no texto abaixo:
“Considera-se em _____________________ quem pratica o fato para salvar de
perigo atual, que não provocou por sua vontade, nem podia de outro modo evitar,
direito próprio ou alheio, cujo sacrifício, nas circunstâncias, não era razoável
exigir-se.”
A. ( ) Estado de necessidade.
B. ( ) Legítima defesa.
C. ( ) Inexigibilidade de conduta diversa.
D. ( ) Estrito cumprimento de dever legal.

12ª QUESTÃO – Com relação as Penas Privativas de Liberdade, analise as


assertivas abaixo:
I. A pena de reclusão deve ser cumprida em regime fechado, semiaberto ou
aberto. A de detenção, em regime semiaberto ou aberto, salvo necessidade de
transferência a regime fechado.
II. O trabalho externo é inadmissível no regime fechado.
III. O condenado por crime contra a administração pública terá a progressão de
regime do cumprimento da pena condicionada à reparação do dano que causou,
ou à devolução do produto do ilícito praticado, com os acréscimos legais.
Estão CORRETAS as assertivas:
A. ( ) I e II, apenas.
B. ( ) II e III, apenas.
C. ( ) I e III, apenas.
D. ( ) III apenas.

13ª QUESTÃO – A omissão é penalmente relevante quando o omitente devia e


podia agir para evitar o resultado. Conforme art. 13, parágrafo 2°, do Código Penal
(CP), o dever de agir incumbe a quem, EXCETO:
A. ( ) Tenha por lei obrigação de cuidado, proteção ou vigilância.
B. ( ) De outra forma, assumiu a responsabilidade de impedir o resultado.
C. ( ) Com seu comportamento anterior, criou o risco da ocorrência do resultado.
D. ( ) Presenciar fato considerado crime no Código Penal.

14ª QUESTÃO – Sobre o “arrependimento posterior” prescrito no Decreto-Lei nº


2.848, de 07/04/40, Código Penal (CP), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) caracteriza-se quando, voluntariamente, o agente de crime cometido sem
violência ou grave ameaça repara o dano até o recebimento da queixa.
B. ( ) caracteriza-se quando, voluntariamente, o agente de crime se arrepende e
impede que o resultado se produza.
C. ( ) caracteriza-se quando, voluntariamente, o agente de crime de roubo se
arrepende e restitui a coisa roubada antes do recebimento da denúncia.
D. ( ) caracteriza-se quando, voluntariamente, o agente de crime se arrepende
posteriormente ao crime, reparando todos os danos causados à vítima.

49
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

15ª QUESTÃO – Com base nos ensinamentos do Decreto-Lei n. 2.848/1940, que


dispõe sobre o Código Penal Brasileiro (CP), marque a alternativa INCORRETA:
A ( ) Quando, iniciada a execução, não se consuma por circunstâncias alheias à
vontade do agente, diz-se crime tentado.
B ( ) Quando o agente, por intervenção de terceiros, desiste de prosseguir na
execução do crime, diz-se desistência voluntária.
C ( ) Quando o agente quis o resultado ou assumiu o risco de produzi-lo, diz-se crime
doloso.
D ( ) Salvo os casos expressos em lei, ninguém pode ser punido por fato previsto
como crime, senão quando o pratica dolosamente.
16ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Para que se possa concluir pelo
concurso de pessoas, será preciso verificar a presença dos seguintes requisitos:
A. ( ) pluralidade de condutas, relevância causal de cada conduta, liame subjetivo
entre os agentes e a infração penal.
B. ( ) pluralidade de agentes ou de condutas, relevância causal de cada agente,
liame subjetivo entre os agentes e a infração penal.
C. ( ) pluralidade de agentes e de condutas, relevância causal de cada conduta,
liame subjetivo entre os agentes e identidade de infração penal.
D. ( ) pluralidade de condutas, relevância causal de cada agente, liame subjetivo
entre os agentes e a infração penal.

17ª QUESTÃO – Analise as assertivas abaixo em relação ao Decreto-Lei n. 2.848/40


(Código Penal Brasileiro):
I. Ninguém pode ser punido por fato que lei posterior deixa de considerar crime,
cessando em virtude dela a execução e os efeitos penais da sentença condenatória.
II. A lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos
anteriores, ainda que decididos por sentença condenatória transitada em julgado.
III. O erro sobre elemento constitutivo do tipo legal de crime exclui o dolo, mas
permite a punição por crime culposo, se previsto em lei.
IV. O desconhecimento da lei é inescusável. O erro sobre a ilicitude do fato, se
inevitável, isenta de pena; se evitável, poderá diminuí-la de um sexto a um terço.
Estão CORRETAS as assertivas:
A. ( ) I, II e III, apenas.
B. ( ) I, e IV, apenas.
C. ( ) Todas estão corretas.
D. ( ) III e IV, apenas.

18ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA em relação ao Código Penal


Brasileiro:
A. ( ) É isento de pena o agente que, por doença mental ou desenvolvimento mental
incompleto, era, ao tempo da ação ou da omissão, parcialmente incapaz de entender
o caráter ilícito do fato.
B. ( ) Não há crime quando o agente pratica o fato em estado de necessidade, em
legítima defesa, em estrito cumprimento de dever legal ou no exercício regular de
direito.
C. ( ) O erro sobre elemento constitutivo do tipo legal de crime exclui a culpa, mas
permite a punição por crime doloso, se previsto em lei.
D. ( ) Quem, de qualquer modo, concorre para o crime responde por culpa, na
medida de sua imputabilidade.

19ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA acerca das espécies de penas

50
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

previstas no Código Penal Brasileiro:


A. ( ) Privativas de liberdade, restritivas de direitos e de multa.
B. ( ) Privativas de liberdade, restritivas de direitos e de morte.
C. ( ) Restritivas de direito, privativas de liberdade e suspensão condicional da pena.
D. ( ) Restritivas de direito, de multa e suspensão condicional do processo.

20ª QUESTÃO – Considerando o que se estabelece a respeito das espécies e os


sujeitos da infração penal, analise as assertivas abaixo e, ao final, responda o que
se pede.
I. A legislação penal brasileira utiliza uma divisão tripartida com relação às espécies
de infração penal, dividindo se em crimes, delitos e contravenções.
II. As contravenções penais são infrações de menor potencial ofensivo a que a lei
comina, isoladamente, penas de prisão simples ou de multa, ou ambas, alternativa
ou cumulativamente.
III. Nos crimes permanentes o resultado se arrasta na linha do tempo necessitando
de várias ações e resultados fáticos.
IV. O sujeito passivo da infração penal é o titular do bem jurídico ofendido, posto em
perigo ou agredido.
V. Nos crimes habituais o resultado é o conjunto de ações/omissões que
demonstram um estilo de vida próprio.
Marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) Apenas as assertivas I, II e IV estão corretas.
B. ( ) Apenas as assertivas I, III e V estão incorretas.
C. ( ) Apenas as assertivas II, IV e V estão corretas.
D. ( ) Apenas as assertivas II e V estão incorretas.

21ª QUESTÃO – Com relação às excludentes de tipicidade, de ilicitude e de


culpabilidade, com fundamento no Decreto Lei n. 2.848, de 07/12/1940, que institui
o Código Penal Brasileiro, marque “V” para a(s) assertiva(s) verdadeira(s) e “F” para
a(s) falsa(s) e, ao final, responda o que se pede.
( ) A contrariedade de uma conduta com o direito, causando lesão a um bem jurídico
protegido, se amolda ao conceito de antijuridicidade.
( ) O Código Penal prevê a hipótese de utilização da legítima defesa em situação de
agressão que já cessou, além de agressão iminente, ou seja, aquela que está
próxima a ocorrer.
( ) O agente que em virtude de perturbação de saúde mental ou por desenvolvimento
mental incompleto ou retardado, era, ao tempo da ação ou da omissão, inteiramente
incapaz de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse
entendimento, terá sua pena reduzida de um a dois terços.
( ) A emoção ou a paixão não exclui a imputabilidade penal.
( ) O agente que, por embriaguez completa, proveniente de caso fortuito ou força
maior, era, ao tempo da ação ou da omissão, inteiramente incapaz de entender o
caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse entendimento, é
isento de pena.

Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas, na ordem


de cima para baixo.
A. ( ) V, F, F, V, V.
B. ( ) F, V, V, F, V.
C. ( ) V, V, F, V, F.
D. ( ) F, F, F, F, V.

51
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

22ª QUESTÃO – Considerando o que prevê o Código Penal Brasileiro a respeito


dos regimes de cumprimento de pena, enumere a segunda coluna de acordo com a
primeira e, ao final, responda o que se pede.
1.Regime fechado 2.Regime semiaberto 3.Regime aberto

( ) A execução da pena em casa de albergado.


( ) A execução da pena em colônia agrícola.
( ) Poderá, desde o início, cumpri-la, o condenado não reincidente, cuja pena seja
igual ou inferior a quatro anos.
( ) A execução da pena em estabelecimento de segurança máxima ou média.
( ) Deverá começar a cumpri-la, o condenado a pena superior a oito anos.
( ) Baseia-se no senso de responsabilidade do condenado.
( ) O condenado fica sujeito a trabalho em comum durante o período diurno, em
colônia industrial.
Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas, na ordem
de cima para baixo.
A. ( ) 3, 2, 3, 1, 1, 3, 2.
B. ( ) 2, 3, 2, 1, 2, 3, 1.
C. ( ) 3, 1, 3, 2, 1, 2, 3.
D. ( ) 2, 2, 3, 1, 2, 2, 3.

23ª QUESTÃO- Analise a expressão abaixo, depois assinale a alternativa que


melhor atende à disposição expressa. O resultado de um crime apenas pode ser
imputado em uma relação causa e efeito.
A. ( ) Todo crime depende de uma conduta realizada de livre e espontânea vontade
pelo agente, ainda que seja omissiva, ainda que o resultado não seja obtido.
B. ( ) Todo crime depende de uma conduta, ainda que o agente não queira praticá-
la, ainda que seja omissiva, ainda que o resultado não seja obtido.
C. ( ) Todo crime depende de uma conduta, ainda que o agente não queira praticá-
la, ainda que seja omissiva, mas que o resultado dependa dela.
D. ( ) Todo crime depende de uma conduta realizada de livre e espontânea vontade
pelo agente, ainda que seja omissiva, mas que o resultado dependa dela.

24ª QUESTÃO - Analise as afirmativas abaixo:


I. É impossível imputar o crime de roubo quando o agente utiliza arma de brinquedo.
II. A pessoa que ao atirar em legítima defesa contra quem atenta contra sua vida e
acerta indevidamente uma pessoa que atravessou a linha de tiro deve ser
condenada pelo crime culposo, porque assumiu o risco ao atirar.
III. O Estado de Necessidade pode não ser reconhecido totalmente quando era
razoável abrir mão do direito ameaçado, gerando a aplicação de pena reduzida em
até dois terços.

Assinale a alternativa CORRETA.


A. ( ) As afirmativas I, II e III estão corretas.
B. ( ) As afirmativas I, II e III estão incorretas.
C. ( ) Apenas as afirmativas I e II estão incorretas.
D. ( ) Apenas as afirmativas I e III estão incorretas

25ª QUESTÃO - A respeito do CONCURSO DE PESSOAS, analise as assertivas


abaixo: Estão CORRETAS as assertivas:
I - Quem, de qualquer modo, concorre para o crime incide nas penas a este
cominadas, independentemente da sua culpabilidade.

52
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

II - Se algum dos concorrentes quis participar de crime menos grave, ser-lhe-á


aplicada a pena deste; essa pena será aumentada até metade, na hipótese de
ter sido previsível o resultado mais grave.
III - As circunstâncias e as condições de caráter pessoal sempre se comunicam.
IV - O ajuste, a determinação ou instigação e o auxílio, salvo disposição expressa
em contrário, não são puníveis, se o crime não chega, pelo menos, a ser tentado.
A. ( ) IV apenas.
B. ( ) II e IV, apenas.
C. ( ) I e III, apenas.
D. ( ) II e III, apenas.

26ª QUESTÃO – Com relação aos crimes praticados por funcionário público contra
a Administração em geral, analise as assertivas abaixo:
I - Equipara-se a funcionário público quem trabalha para empresa prestadora de
serviço contratada ou conveniada para a execução de atividade típica da
Administração Pública.
II - Considera-se funcionário público, para os efeitos penais, quem, embora
transitoriamente ou sem remuneração, exerce cargo, emprego ou função pública.
III - Equipara-se a funcionário público quem exerce cargo, emprego ou função em
entidade paraestatal.
IV - Considera-se funcionário público quem é ocupante de cargos em comissão ou
de função de direção ou assessoramento de órgão da administração direta,
sociedade de economia mista, empresa pública ou fundação instituída pelo poder
público.

Estão CORRETAS as assertivas:


A. ( ) Todas estão corretas.
B. ( ) I, II e III, apenas.
C. ( ) I, II e IV, apenas.
D. ( ) III e IV, apenas
27ª QUESTÃO – O Direito Penal tem como fim específico a proteção dos bens
jurídicos essenciais ao indivíduo e à sociedade. Embora de caráter coercitivo, busca
limitar o poder de punir do Estado, procurando agir de acordo com os dispositivos
constitucionais, sob pena de se tornar em um instrumento de opressão e violação
de direitos e garantias. Sua aplicação, quando necessário, deve ser coerente e
utilizado como instrumento de ressocialização. Partindo desse entendimento, a
Constituição Federal, em seu art. 5º, inciso XLVI, estabelece modalidades de
“castigo” aos infratores da lei, dentre os quais, “privação ou restrição da liberdade,
perda de bens, multa e prestação social alternativa”. O dispositivo constitucional
destacado expressa um princípio inerente ao direito penal, sendo CORRETA a
afirmativa:
A. ( ) princípio da limitação das penas.
B. ( ) princípio da individualização da pena.
C. ( ) princípio da proporcionalidade.
D. ( ) princípio da fragmentariedade.

28ª QUESTÃO - Da conjugação do direito penal com a Constituição Federal de 1988


pode-se extrair a conclusão da existência de princípios constitucionais penais.
Alguns são explícitos e outros implícitos. Assim, com fulcro nessa assertiva, marque
a alternativa que corresponde ao princípio da ofensividade do fato:
A. ( ) Cada um responde pelo que fez, na medida da sua culpabilidade. Ninguém
pode ser punido no lugar de outra pessoa.

53
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) O fato cometido, para se transformar em fato punível, deve afetar


concretamente o bem jurídico protegido pela norma; não há crime sem lesão ou
perigo concreto de lesão ao bem jurídico tutelado.
C. ( ) Somente os bens jurídicos mais relevantes devem merecer a tutela penal.
Exclusivamente os ataques mais intoleráveis é que devem ser punidos penalmente.
D. ( ) Ninguém pode ser punido pelo que pensa (mera cogitação) ou pelo modo de
viver. Só responde penalmente quem realiza um fato; está proibido punir alguém
pelo seu estilo de vida.

29ª QUESTÃO Com relação ao arrependimento posterior, é correto afirmar que


A. ( ) somente é aplicável aos crimes culposos.
B. ( ) somente é aplicável aos crimes cometidos sem violência ou grave ameaça à
pessoa.
C. ( ) é uma das causas excludentes de ilicitude.
D. ( ) é aplicável como causa obrigatória de diminuição de pena, ainda que tenha
havido dano pessoal e patrimonial à vítima.
E. ( ) pode ser aplicável aos crimes cometidos com violência ou grave ameaça à
pessoa, desde que o arrependimento seja espontâneo.

30ª QUESTÃO- Marque a alternativa CORRETA que apresenta um dos EFEITOS


DA CONDENAÇÃO que é automático, não necessitando ser motivadamente
declarado na sentença:
A. ( ) A perda de cargo, função pública ou mandato eletivo, quando aplicada pena
privativa de liberdade por tempo igual ou superior a um ano, nos crimes praticados
com abuso de poder ou violação de dever para com a Administração Pública.
B. ( ) A incapacidade para o exercício do pátrio poder, tutela ou curatela, nos crimes
dolosos, sujeitos à pena de reclusão, cometidos contra filho, tutelado ou curatelado.
C. ( ) Tornar certa a obrigação de indenizar o dano causado pelo crime.
D. ( ) A inabilitação para dirigir veículo, quando utilizado como meio para a prática
de crime doloso.

31ª QUESTÃO- Marque a alternativa CORRETA sobre as penas privativas de


liberdade.
A. ( ) O condenado não reincidente, cuja pena seja igual ou inferior a 4 (quatro) anos,
poderá, desde o início, cumpri-la em regime aberto.
B. ( ) O condenado a pena superior a 6 (seis) anos deverá começar a cumpri-la em
regime fechado.
C. ( ) O condenado por crime contra a administração pública não terá a progressão
de regime do cumprimento da pena condicionada à reparação do dano que causou,
ou à devolução do produto do ilícito praticado.
D. ( ) O condenado não reincidente, cuja pena seja superior a 4 (quatro) anos e não
exceda a 6 (seis), poderá, desde o princípio, cumpri-la em regime semi-aberto.

32ª QUESTÃO – Um cidadão “A” adquire uma residência situada ao lado de uma
rede de esgoto, sendo invadida, diariamente, no período noturno, pela fresta inferior
da porta de sua cozinha, por ratos e camundongos. O sujeito se arma com um
pedaço de madeira e, nos dias que se seguem, sempre por volta das 22h, com as
luzes apagadas, obtém sucessivos êxitos na captura e morte desses roedores.
Certo dia, na mesma hora de sempre, um vizinho do cidadão “A”, no intuito de
depositar um convite de casamento nessa residência, passa sua mão direita por
baixo da porta, a fim de depositar o envelope, momento em que recebe uma paulada
no dorso do membro, provocando lesão corporal grave. Com o impacto, o vizinho

54
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

bem-intencionado deu um grito, causando uma reação de espanto no cidadão “A”,


que ato contínuo, ascendeu as luzes da casa e abriu a porta, constatando que havia
confundido a mão do infrator com um roedor. A polícia foi chamada, sendo o fato
esclarecido e encerrado na delegacia. O Delegado que recebeu a ocorrência, liberou
todos, haja vista ter sido evidenciado que o proprietário da residência, cidadão “A”,
agiu amparado pela excludente de:
A. ( ) erro de tipo.
B. ( ) erro de proibição.
C. ( ) exercício regular do direito.
D. ( ) legítima defesa.

33ª QUESTÃO- A prática do crime e seu resultado lesivo exigem a relação de


causalidade, tema de grande relevância para a questão da imputabilidade penal.
Dado o enunciado, marque a única alternativa CORRETA.
a) O resultado, de que depende a existência do crime, somente é imputável a quem
lhe deu causa, sendo esta considerada como a ação ou omissão sem a qual o
resultado não teria ocorrido.
b) A superveniênca de causa relativamente independente não exclui a imputação
quando esta, por si só, produziu o resultado; os fatos anteriores, entretanto,
imputam-se a quem os praticou.
c) A omissão é penalmente irrelevante quando o omitente devia e podia agir para
evitar o resultado.
d) A superveniência de causa relativamente independente exclui a imputação
quando, por si só, produziu o resultado; no entanto, os fatos anteriormente
praticados são desconsiderados pela legislação penal.

34ª QUESTÃO- Acerca da relação de causalidade e considerando o que sobre este


tema disciplina o Código Penal brasileiro, assinale a alternativa CORRETA.
a) A concomitância de causa relativamente independente exclui a imputação
quando, por si só ou conjuntamente, produziu o resultado; os fatos anteriores,
entretanto, imputam-se a quem os praticou.
b) A superveniência de causa relativamente independente exclui a imputação
quando, por si só, produziu o resultado; os fatos anteriores, entretanto, imputam-se
a quem os praticou.
c) A superveniência de causa relativamente independente exclui a imputação
quando, por si só, produziu o resultado; os fatos anteriores, entretanto, não se
imputam a quem os praticou.
d) A concomitância de causa relativamente independente exclui a imputação
quando, por si só ou conjuntamente, produziu o resultado; os fatos anteriores,
entretanto, não se imputam a quem os praticou.

35ª QUESTÃO - Sobre o Concurso de Pessoas estabelece o Código Penal que


quem, de qualquer modo, concorre para o crime incide nas penas a este cominadas,
na medida de sua culpabilidade. Sobre o tema, assinale a alternativa INCORRETA.
A. ( ) Se a participação for de menor importância, a pena pode ser diminuída de um
sexto à metade.
B.( ) Não se comunicam as circunstâncias e as condições de caráter pessoal, salvo
quando elementares do crime.
C.( ) O ajuste, a determinação ou instigação e o auxílio, salvo disposição expressa
em contrário, não são puníveis, se o crime não chega, pelo menos, a ser tentado.

55
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D.( ) Se algum dos concorrentes quis participar de crime menos grave, ser-lhe-á
aplicada a pena deste; essa pena será aumentada até metade, na hipótese de ter
sido previsível o resultado mais grave.

36ª QUESTÃO - As colônias agrícolas, industriais ou similares destinam-se ao


cumprimento das penas em regime prisional:
A. ( ) fechado.
B. ( ) semi-aberto.
C. ( ) aberto e semi-aberto.
D. ( ) semi-fechado.

37ª QUESTÃO - Em relação à lei penal no tempo e à irretroatividade da lei penal, é


correto afirmar que à lei penal mais
A. ( ) Severa aplica-se o princípio da ultra-atividade.
B. ( ) Benigna aplica-se o princípio da extra-atividade.
C. ( ) Severa aplica-se o princípio da retroatividade mitigada.
D. ( ) severa aplica-se o princípio da extra-atividade.

38ª QUESTÃO - Determinado policial, ao cumprir um mandado de prisão, teve de


usar a força física para conter o acusado. Após a concretização do ato, o policial
continuou a ser fisicamente agressivo, mesmo não havendo a necessidade.
Nessa situação hipotética, o policial
A. ( ) excedeu o estrito cumprimento do dever legal.
B. ( )abusou do exercício regular de direito.
C. ( )prevaleceu-se de condição excludente de ilicitude.
D. ( )agiu sob o estado de necessidade.
E. ( )manifestou conduta típica de legítima defesa.

39ª QUESTÃO De acordo com o Código Penal Brasileiro, quanto à imputabilidade


penal e quanto ao crime e seus aspectos, assinale a alternativa correta.
A. ( ) O crime é doloso quando o agente deu causa ao resultado por imprudência,
negligência ou imperícia.
B. ( ) O estrito cumprimento do dever legal é causa legal de exclusão da ilicitude.
C. ( ) É isento de pena o agente que, por doença mental ou desenvolvimento mental
incompleto ou retardado, era, ao tempo da ação, relativamente incapaz de entender
o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse entendimento.
D. ( ) A embriaguez completa, voluntária ou culposa, pelo álcool ou substância de
feitos análogos, exclui a imputabilidade penal.

40ª QUESTÃO - Nos termos previstos no Código Penal, é correto afirmar que
A. ( ) se considera praticado o crime no momento do resultado.
B. ( ) a lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, aplica-se aos fatos
anteriores, salvo se decididos por sentença condenatória transitada em julgado.
C. ( ) o dia do começo deve ser excluído no cômputo do prazo. Contam-se os dias,
os meses e os anos pelo calendário comum.
D. ( ) o funcionário público que se apropria, por negligência, de dinheiro, valor ou
qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do
cargo, ou o desvia, em proveito próprio, comete o crime de peculato-culposo.
E. ( ) exigir, para outrem, indiretamente, fora da função mas em razão dela,
vantagem indevida caracteriza o crime de concussão.

56
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

41ª QUESTÃO- NÃO há crime quando o agente pratica o fato típico descrito na lei
penal
A. ( ) mediante coação irresistível ou em estrita obediência a ordem de superior
hierárquico.
B. ( ) por culpa, dolo eventual, erro sobre os elementos do tipo e excesso justificado.
C. ( ) somente em estado de necessidade e legítima defesa.
D. ( ) mediante erro sobre a pessoal contra a qual o crime é praticado, em concurso
de pessoas culposo e nos casos de excesso doloso.
E. ( ) em estado de necessidade, legítima defesa, em estrito cumprimento do dever
legal e no exercício regular de direito.

42ª QUESTÃO- Considera-se o crime consumado, quando nele se reúnem todos os


elementos de sua definição legal. Entretanto, a tentativa de crime pode gerar várias
repercussões jurídicas. Nessa matéria, o código penal determina que
A. ( )a tentativa é punível mesmo quando, por ineficácia absoluta do meio ou por
absoluta impropriedade do objeto, é impossível consumar-se o crime.
B. ( ) o crime é tentado, quando, iniciada a execução, não se consuma por
circunstâncias decorrentes da vontade do agente.
C. ( ) a tentativa é punida, salvo disposição expressa em contrário, com pena
correspondente ao crime consumado, diminuída de um a dois terços.
D. ( ) o ajuste, a determinação ou instigação mesmo sem disposição expressa em
contrário, são puníveis, ainda que o crime não chegue a ser tentado.

43ª QUESTÃO- Sabe-se que não há crime quando o agente pratica o fato em estado
de necessidade, em legítima defesa, em estrito cumprimento do dever legal ou no
exercício regular de um direito, tratando-se os mencionados institutos de
excludentes de ilicitude. Sobre essa temática, conforme o código penal, afirma-se
que
A. ( ) pode alegar estado de necessidade quem tinha o dever legal de enfrentar o
perigo.
B. ( ) está em legítima defesa quem, usando imoderadamente dos meios
necessários, repele injusta agressão, atual ou iminente, a direito seu.
C. ( ) no estado de necessidade, embora seja razoável exigir-se o sacrifício do
direito ameaçado, a pena poderá ser reduzida de um a dois terços.
D. ( ) o agente, em qualquer das hipóteses de excludente de ilicitude, responderá
tão -somente pelo excesso doloso.

44ª QUESTÃO- Sobre a aplicação da lei penal, de acordo com o Decreto Lei n.º
2.848, de 7 de dezembro de 1940, Código Penal, marque V para as afirmativas
verdadeiras e F para as falsas.
( ) Não há crime sem lei posterior que o defina.
( ) Considera-se praticado o crime no momento da omissão, ainda que outro seja o
momento do resultado.
( ) Considera-se como extensão do território nacional, para efeitos penais, a
aeronave de propriedade privada, que se ache no espaço aéreo correspondente.
( ) Não fica sujeito à lei brasileira, embora cometido no estrangeiro, o crime contra a
liberdade do Presidente da República.
Assinale a sequência correta.
A. ( ) V, F, F, V
B. ( )F, V, V, F
C. ( )V, V, F, F
D. ( ) F, F, V, V

57
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

45ª QUESTÃO- Em relação à legítima defesa, assinale a opção INCORRETA.


A. ( ) Na legítima defesa, pode-se utilizar de qualquer meio à disposição para repelir
ataque injusto.
B. ( ) A legítima defesa deve ser dirigida somente contra o agressor e não contra
terceiros.
C. ( ) Não há que se falar em legítima defesa se uma pessoa se defende de um
animal raivoso que a ataca na rua.
D. ( ) Considera-se requisito da legítima defesa: defesa de direito próprio (legítima
defesa própria) ou de terceiros (legítima defesa de terceiros).
E. ( ) Considera-se a existência da legítima defesa somente quando se está diante
de uma injusta agressão.

46ª QUESTÃO- Quanto ao estado de necessidade, é CORRETO afirmar:


A. ( ) Há estado de necessidade, quando a pessoa atua diante de um perigo a que
deu causa propositalmente.
B. ( ) Em situação que não extrapole os limites legais do exercício de sua profissão,
pode o bombeiro militar deixar de socorrer uma pessoa em perigo alegando estado
de necessidade.
C. ( ) Pode-se reconhecer o estado de necessidade se havia outro modo de evitar
o perigo.
D. ( ) Caracteriza-se o estado de necessidade mesmo diante de situação de perigo
que não seja atual ou iminente.
E. ( ) Um dos pressupostos do estado de necessidade é a demonstração da
inevitabilidade do comportamento, ou seja, a demonstração de que não havia outra
forma de atuar diante da situação de perigo.

47ª QUESTÃO Fausto foi condenado por sentença transitada em julgado por crime
cometido em 2010, encontrando-se em cumprimento da pena de 10 anos. Em 2015,
entrou em vigor uma lei que não mais considera como crime a conduta que levou
Fausto à prisão. Neste caso, Fausto
A. ( ) será beneficiado pela nova lei, pois a lei penal retroage.
B. ( ) não será beneficiado pela nova lei, pois a Constituição Federal garante a
irretroatividade da lei penal.
C. ( ) será beneficiado pela nova lei apenas se esta favorecer ao menos 10
condenados.
D. ( ) não será beneficiado pela nova lei, pois a Constituição garante a retroatividade
apenas da lei civil.
E. ( ) não será beneficiado pois a nova lei não pode prejudicar a coisa julgada.

48ª QUESTÃO O dia do ...... ...... no cômputo do prazo. Contam-se ......, ...... e ......
pelo calendário comum.
Com relação à contagem do prazo penal, preenche, correta e respectivamente, as
lacunas:
A. ( ) final - incluiu-se - as horas - os dias - os meses
B. ( ) início - exclui-se - os dias - os meses - os anos
C. ( ) começo - inclui-se - os dias - os meses - os anos
D. ( ) final - excluiu-se - as horas - os dias - os anos
E. ( ) começo - considera-se - as horas - os dias - os meses

49ª QUESTÃO- Embora cometidos no estrangeiro, NÃO ficam sujeitos à lei


brasileira os crimes

58
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) contra a vida ou a liberdade do Presidente da República.


B. ( ) contra o patrimônio ou a fé pública da União, do Distrito Federal, de Estado,
de Território, de Município, de empresa pública, de sociedade de economia mista,
autarquia ou fundação instituída pelo Poder Público.
C. ( ) contra a Administração pública, por quem está a seu serviço.
D. ( ) de genocídio, quando o agente for estrangeiro.
E. ( ) praticados em aeronaves ou embarcações brasileiras, mercantes ou de
propriedade privada, quando em território estrangeiro e ainda que aí não sejam
julgados.

50ª QUESTÃO- Com relação à aplicação da lei penal, é INCORRETO afirmar:


A. ( ) Não há crime sem lei anterior que o defina. Não há pena sem prévia cominação
legal.
B. ( ) A lei excepcional ou temporária, embora decorrido o período de sua duração
ou cessadas as circunstâncias que a determinaram, aplica-se ao fato praticado
durante sua vigência.
C. ( ) Pode-se ser punido por fato que lei posterior deixe de considerar crime, se já
houver sentença penal definitiva.
D. ( ) A pena cumprida no estrangeiro atenua a pena imposta no Brasil pelo mesmo
crime, quando diversas, ou nela é computada, quando idênticas.
E. ( ) Considera-se praticado o crime no momento da ação ou omissão, ainda que
outro seja o momento de seu resultado.

51ª QUESTÃO- Artigo 1.º do Código Penal Brasileiro: “Não há crime sem lei anterior
que o defina. Não há pena sem prévia cominação legal.” O dispositivo legal ora
transcrito explicita, dentre outros, o princípio
A. ( ) da insignificância.
B. ( ) da intervenção mínima.
C. ( ) da taxatividade.
D. ( ) da culpabilidade.
E. ( ) da proporcionalidade.

52ª QUESTÃO-Sobre a aplicação da lei penal, assinale a alternativa correta.


A. ( ) A lei temporária aplicar-se-á ao fato praticado durante sua vigência, desde
que dentro do período de sua duração.
B. ( ) Nem em caso de lei excepcional ou temporária é possível punir o agente pelo
cometimento de um crime, ainda que lei posterior deixe de considerá-lo infração
penal.
C. ( ) Considera-se praticado o crime no momento da ação ou omissão, ainda que
outro seja o momento do resultado.
D. ( ) Considera-se praticado o crime no lugar em que ocorreu a ação ou omissão,
no todo ou em parte, excluindo-se o lugar onde se produziu ou deveria produzir-se
o resultado.
E. ( ) A lei posterior, que de qualquer modo favorecer o agente, não se aplicará aos
fatos anteriores, desde que condenado por sentença condenatória transitada em
julgado.

53ª QUESTÃO-Beltrano e Ciclano saem juntos para comemorar o sucesso obtido


em concurso público. Beltrano não pode ingerir em hipótese alguma bebida
alcoólica. Entretanto, Ciclano coloca as escondidas álcool no refrigerante de
Beltrano. Ao tomar o refrigerante, Beltrano perde a capacidade de se comportar

59
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

conforme o direito e de entender inteiramente o caráter ilícito de seus atos.


Totalmente fora de si, Beltrano quebra uma garrafa na cabeça de Ciclano que falece.
Considerando o exposto, e correto afirmar:
A. ( ) Beltrano esta isento de pena porque no momento que ceifou a vida de Ciclano
encontra-se em situação de inimputabilidade.
B. ( ) Beltrano não cometeu nenhum crime, visto que está amparado pela excludente
de estado de necessidade.
C. ( ) Beltrano responderá por homicídio, pois a embriaguez em nenhuma hipótese
o isenta de pena.
D. ( ) Beltrano responderá por homicídio visto que deveria ser mais cuidadoso para
não ingerir bebida alcoólica.
E. ( ) Beltrano está isento de pena porque agiu sob coação irresistível.

54ª QUESTÃO-É correto afirmar que a pena cumprida no estrangeiro


A. ( ) não é nela computada, quando de natureza idêntica.
B. ( ) não produz qualquer efeito, para os fins de atenuação ou de agravação de
penas no Brasil pelo mesmo crime.
C. ( ) agrava a pena imposta no Brasil pelo mesmo crime, quando de natureza
idêntica.
D. ( ) atenua a pena imposta no Brasil pelo mesmo crime, quando de natureza
diversa.
E. ( ) é nela computada, quando de natureza diversa.

55ª QUESTÃO- A respeito da contagem de prazo no Código Penal, é correto afirmar


que
A. ( ) o ano penal é composto de apenas trezentos e sessenta dias.
B. ( ) o dia do começo inclui-se no cômputo do prazo.
C. ( ) os dias, os meses e os anos não são contados pelo calendário comum.
D. ( ) o dia do fim não se inclui no cômputo do prazo.
E. ( ) os sábados e domingos são desprezados no cômputo do prazo.

56ª QUESTÃO- Aquele que antes de praticar o fato até hipotetiza que ele pode
ocorrer, mas acredita, sinceramente, que o resultado não se verificará e, portanto,
não admite previamente a possibilidade de o resultado advir, comete crime
A. ( ) premeditado.
B. ( ) doloso.
C. ( ) tentado.
D. ( ) intencional.
E. ( ) culposo.

57ª QUESTÃO-Dispõe o parágrafo único do art. 14 do CP que o crime tentado é


punido, salvo exceção, com a pena
A. ( ) correspondente à prevista para o crime consumado, diminuída de um a dois
terços.
B. ( ) igual à do crime consumado.
C. ( ) correspondente à metade da prevista para o crime consumado.
D. ( ) livremente estabelecida pelo Juiz, mas em patamar obrigatoriamente inferior
à correspondente à prevista para o crime consumado.
E. ( ) correspondente à prevista para o crime consumado, diminuída de um ano.

60
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

58ª QUESTÃO-De acordo com o art. 23 do CP, não comete crime, por exclusão da
ilicitude, aquele que pratica fato típico em
A. ( ) idade inferior a 18 (dezoito) anos.
B. ( ) circunstância de completa embriaguez, causada por força maior.
C. ( ) situação de extrema emoção.
D. ( ) situação de extrema paixão.
E. ( ) estado de necessidade, para salvaguardar direito alheio.

59ª QUESTÃO O princípio da fragmentariedade do Direito Penal significa:


A. ( ) que, uma vez escolhidos aqueles bens fundamentais, comprovada a lesividade
e a inadequação das condutas que os ofendem, esses bens passarão a fazer parte
de uma pequena parcela que é protegida pelo Direito Penal.
B. ( ) que o legislador valora as condutas, cominando-lhes penas que variam de
acordo com a importância do bem a ser tutelado.
C. ( ) que apesar de uma conduta se subsumir ao modelo legal não será
considerada típica se for socialmente adequada ou reconhecida, isto é, se estiver
de acordo com a ordem social da vida historicamente condicionada.
D. ( ) que as proibições penais somente se justificam quando se referem a condutas
que afetem gravemente direitos de terceiros.
E. ( ) que a lei é a única fonte do Direito Penal quando se quer proibir ou impor
condutas sob a ameaça de sanção.

60ª QUESTÃO Em matéria de Direito Penal, ocorre crime doloso quando:


A. ( ) quando o agente está embriagado.
B. ( ) quando for impossível consumar o crime.
C. ( ) quando o agente atua sob domínio de forte emoção.
D. ( ) quando o resultado é decorrente de imperícia.
E. ( ) o agente assumiu o risco de produzir o ato.

61ª QUESTÃO- Assinale a alternativa correta acerca do cumprimento de pena no


estrangeiro
A. ( ) Será convertida em pena restritiva de direitos.
B. ( ) Deverá ser atenuada a pena imposta no Brasil, quando for pelo mesmo crime.
C. ( ) Não poderá ser computada no Brasil, em função da sua soberania.
D. ( ) O Direito Penal é internacional, considerando-se, sempre, automaticamente,
atenuado o seu cumprimento no Brasil.
E. ( ) Deverá submeter o agente a novo julgamento, quando verificada a ocorrência
do mesmo crime.

62ª QUESTÃO - De acordo com o Código Penal, os crimes cometidos no estrangeiro


ficam submetidos à lei brasileira quando:
A. ( ) praticados contra brasileiro.
B. ( ) praticados no exercício da função.
C. ( ) previstos no Código Penal Brasileiro.
D. ( ) praticados contra qualquer agente público.
E. ( ) praticados contra quem está a serviço da administração pública.

63ª QUESTÃO- No que diz respeito ao conceito do crime, é correto afirmar que

61
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) é considerada como causa do crime a ação ou omissão sem a qual o resultado


não teria ocorrido, sendo que a superveniência de causa relativamente
independente exclui a imputação do crime quando, por si só, produziu o resultado.
B. ( ) ao agente que tenha por lei obrigação de cuidado, proteção ou vigilância, não
será imputado o crime se apenas omitiu-se, ainda que pudesse agir para evitar o
resultado.
C. ( ) se considera o crime tentado quando iniciada a preparação; este não se
consuma por circunstâncias alheias à vontade do agente.
D. ( ) para a caracterização da omissão penalmente relevante é suficiente que o
agente tivesse o poder de agir para evitar o resultado do crime.
E. ( ) se pune a tentativa se, por ineficácia absoluta do meio ou por absoluta
impropriedade do objeto, é impossível consumar-se o crime.

64ª QUESTÃO-Em relação aos crimes dolosos e culposos, é correto afirmar:


A. ( ) a culpa estará caracterizada se o agente previu o resultado e assumiu o risco
de produzi-lo.
B. ( ) o dolo estará caracterizado quando o agente quis o resultado ou assumiu o
risco de produzi-lo.
C. ( ) a culpa consciente estará caracterizada quando o agente assumiu o risco de
produzir o resultado do crime.
D. ( ) o dolo estará caracterizado se o agente previu o resultado, mas não assumiu
o risco de produzi-lo.
E. ( ) com fundamento na parte geral do Código Penal, o agente será
responsabilizado pela prática de crime culposo se praticar uma conduta prevista na
lei como crime doloso, mas tenha agido com imprudência, imperícia ou negligência,
independentemente da previsão legal do crime na modalidade culposa.

65ªQUESTÃO - Assinale a alternativa correta a respeito das excludentes de


antijuridicidade previstas no Código Penal.
A. ( ) Ao agir em estrito cumprimento de dever legal, o agente não responderá pelo
excesso culposo, e, sim, apenas pelo excesso doloso.
B. ( ) Considera-se em estado de necessidade quem pratica o fato para salvar de
perigo atual, que provocou por sua vontade e podia de outro modo evitar, direito
próprio ou alheio, cujo sacrifício, nas circunstâncias, não era razoável exigir-se.
C. ( ) A alegação do estado de necessidade independe do fato de o agente ter o
dever legal de enfrentar o perigo.
D. ( ) Em qualquer das hipóteses de excludente de antijuridicidade, previstas na
Parte Geral do Código Penal, o agente responderá pelo excesso doloso ou culposo.
E. ( ) Para a caracterização da legítima defesa, basta que o agente demonstre ter
repelido uma injusta agressão, atual ou iminente, a direito seu ou de outrem.

66ªQUESTÃO- Assinale a alternativa correta de acordo com o Direito Penal.


A. ( ) A lei penal é irretroativa.
B. ( ) Na contagem de prazo no Direito Penal computa-se o dia de início e exclui-se
o dia final.
C. ( ) Não se admite a ultra-atividade da lei no direito penal.
D. ( ) O dia de início é excluído no Direito Penal, devendo-se na contagem do prazo
ser considerado o dia final.

62
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

E. ( ) As frações de dias, e, na pena de multa, as frações de pecúnia, deverão


sempre ser consideradas para fins de execução da pena.

67ªQUESTÃO - Em relação ao princípio da legalidade (artigo 1º do Código Penal),


assinale a afirmação correta.
A. ( ) Estabelece que as condutas consideradas como imorais pelo corpo social
podem ser penalmente sancionadas, diante da magnitude da lesão causada à
coletividade.
B. ( ) Permite concluir que ninguém poderá ser punido por conduta praticada que
não esteja previamente definida como crime na lei.
C. ( ) Autoriza o uso de normas penais vagas e imprecisas para permitir ao julgador
ampla discricionariedade no momento de optar pela condenação ou pela absolvição
dos acusados.
D. ( ) Conforme a extensão do dano causado, pode ser flexibilizado para viabilizar
a condenação de autores de fatos praticados antes da entrada em vigor da lei penal
em questão, desde que fundamentada a decisão pelo Juiz.
E. ( ) Não há crime sem lei anterior que o defina, mas o Juiz poderá determinar a
pena sem prévia cominação legal.

68ªQUESTÃO-Acerca do princípio da retroatividade da lei penal mais benéfica,


assinale a afirmação INCORRETA.
A. ( ) Determina que a lei penal poderá retroagir para atingir fatos praticados antes
da sua entrada em vigor quando possuir sanção mais branda ao acusado.
B. ( ) Deverá alcançar também as sentenças penais condenatórias transitadas em
julgado.
C. ( ) Não incide em casos envolvendo crimes hediondos em razão do elevado grau
de lesividade causado por crimes dessa espécie.
D. ( ) Impõe a extinção da punibilidade quando a lei nova descriminalizar a conduta
imputada ao acusado.
E. ( ) Impõe o arquivamento do termo circunstanciado quando a lei nova
descriminalizar a conduta imputada ao autor do fato.

69ªQUESTÃO - Analise as seguintes afirmativas e assinale a alternativa correta.


A. ( ) Considera-se o momento do crime aquele em que foi atingido o resultado
delituoso, sendo irrelevante a data em que tenha sido praticada a ação.
B. ( ) Embarcação pública a serviço do governo brasileiro, uma vez tendo
ingressado em território estrangeiro, passa a ser considerada, para efeitos penais,
extensão deste.
C. ( ) Ninguém pode ser punido por fato que lei posterior deixa de considerar crime,
cessando em virtude dela a execução e os efeitos penais da sentença condenatória.
D. ( ) Considera-se lugar do crime apenas aquele onde ocorreu a ação, sendo
irrelevante o local do resultado.
E. ( ) A sentença penal estrangeira não pode produzir qualquer efeito jurídico no
território brasileiro.

70ªQUESTÃO-Constituem circunstâncias que excluem a ilicitude de conduta


descrita na lei penal como típica, todas as alternativas abaixo, EXCETO:
A. ( ) a legitima defesa.
B. ( ) o estado de necessidade.

63
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) a ausência de culpabilidade do agente.


D. ( ) o estrito cumprimento de dever legal.
E. ( ) o exercido regular de direito.

71ªQUESTÃO - A tripulação de determinado navio africano de propriedade privada,


quando a embarcação já se encontrava em águas territoriais brasileiras, percebeu
a presença de um passageiro clandestino que, jogado ao mar antes de a
embarcação atracar no porto de Maceió, morreu afogado.
A partir dessa situação hipotética, assinale a opção correta a respeito da aplicação
da lei penal.
A. ( ) A lei penal brasileira só será aplicada ao caso se os responsáveis pelo delito
não forem julgados em seus países de origem.
B. ( ) Nesse caso, aplica-se a lei penal brasileira para a punição dos responsáveis
pelo delito, ainda que todos sejam de nacionalidade estrangeira.
C. ( ) Deve ser aplicada ao caso exclusivamente a lei penal do país de origem do
navio, já que não se trata de embarcação que estava a serviço de país estrangeiro.
D. ( ) Aplica-se a essa situação a lei penal do país onde se localizava o último porto
em que a embarcação havia atracado antes de ingressar em águas marinhas
brasileiras.
E. ( ) Segundo previsão expressa do Código Penal, a lei brasileira será aplicada ao
caso narrado apenas se a vítima for de nacionalidade brasileira.

72ªQUESTÃO - Determinado cidadão brasileiro praticou delito de genocídio na


Argentina, tendo matado membros de um grupo étnico daquele país, onde foi
condenado definitivamente à pena máxima de oito anos de reclusão, segundo a
legislação argentina. Após ter cumprido integralmente a pena, esse cidadão
retornou a Maceió, cidade onde sempre estabeleceu domicílio.
A partir dessa situação hipotética, assinale a opção correta em relação à
extraterritorialidade da lei penal, à pena cumprida no estrangeiro e à eficácia da
sentença estrangeira.
A. ( ) hipótese revela situação de extraterritorialidade da lei penal brasileira, que
seria aplicada apenas se o brasileiro não tivesse sido condenado na Argentina.
B. ( ) Se tivesse sido absolvido pela justiça argentina, o brasileiro não deveria ser
submetido à aplicação da lei penal brasileira, sob pena de violação do princípio da
anterioridade.
C. ( ) Nesse caso, o brasileiro poderá ser condenado novamente pela justiça do
Brasil e, se a pena aplicada no Brasil for superior àquela cumprida na Argentina,
será atenuada.
D. ( ) A sentença estrangeira, quando a aplicação da lei brasileira produz na espécie
as mesmas consequências, não pode ser homologada no Brasil para fins de
reparação civil.
E. ( ) Por se tratar de delito de genocídio, a utilização da lei penal argentina afasta
a aplicação da lei penal brasileira, que só seria aplicada caso as vítimas fossem
brasileiras.

73ªQUESTÃO-O Direito Penal busca primordialmente a proteção de algo


selecionado pelo legislador dentro de um critério político, somente merecendo sua
proteção aqueles bens mais importantes, sempre na ideia de que a intervenção

64
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

desse ramo do Direito se justifica apenas quando outro não se mostrar suficiente.
Qual dos princípios abaixo melhor fundamenta o texto acima no seu ponto fulcral?
A. ( ) Proporcionalidade.
B. ( ) Legalidade.
C. ( ) Adequação social.
D. ( ) Intervenção mínima.
E. ( ) Lesividade.

74ªQUESTÃO-Em tema de aplicação da lei penal, é INCORRETO afirmar:


A. ( ) Na contagem do prazo pelo Código Penal, não se inclui no seu cômputo, o dia
do começo, nem se desprezam na pena de multa, as frações de Real.
B. ( ) Considera-se praticado o crime no lugar em que ocorreu a ação ou omissão,
no todo ou em parte, bem como onde se produziu ou deveria produzir-se o resultado.
C. ( ) O princípio da legalidade compreende os princípios da reserva legal e da
anterioridade.
D. ( ) A regra da irretroatividade da lei penal somente se aplica à lei penal mais
gravosa.
E. ( ) As leis temporárias ou excepcionais são autorrevogáveis e ultrativas.

75ªQUESTÃO-Na forma do Art. 7º , I, do Código Penal, não configura caso de


extraterritorialidade incondicionada o crime
A. ( ) contra a vida de chefe de governo estrangeiro.
B. ( ) contra a fé pública de sociedade de economia mista.
C. ( ) de genocídio, quando o agente for brasileiro ou domiciliado no Brasil.
D. ( ) contra a liberdade do Presidente da República.
E. ( ) contra a administração pública, por quem está a seu serviço.

76ª QUESTÃO-A omissão é penalmente relevante quando o omitente devia e podia


agir para evitar o resultado. Nestes termos, o dever de agir não incumbe a quem
A. ( ) tenha por lei obrigação de cuidado.
B. ( ) tenha por lei obrigação de vigilância.
C. ( ) não ajudou quando podia.
D. ( ) de outra forma, assumiu a responsabilidade de impedir o resultado.
E. ( ) com seu comportamento anterior, criou o risco da ocorrência do resultado.

77ª QUESTÃO- Em direito penal, juristas e estudiosos formulam diferentes


conceituações formais para “ Crime” . Este conceito deriva da análise do crime
sobre o "aspecto da técnica jurídica, do ponto de vista da lei" . Entre tantos,
podemos citar que crime é uma conduta (ação ou omissão) contrária ao direito, a
que a lei atribui uma pena. Segundo o Código Penal, é CORRETO afirmar que “
crime culposo” é:
A. ( ) Quando o agente quis o resultado ou assumiu o risco de produzi-lo.
B. ( ) Quando o agente deu causa ao resultado por imprudência, negligência ou
imperícia.
C. ( ) Quando o agente que, voluntariamente, desiste de prosseguir na execução
ou impede que o resultado se produza, só responde pelos atos já praticados.
D. ( ) Quando o agente inicia a execução, mas não se consuma por circunstâncias
alheias à vontade.

65
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

78ª QUESTÃO- Conduta é toda a ação ou omissão humana, consciente e


voluntária, voltada a uma finalidade. Assinale a alternativa que define
corretamente o Artigo 25 do Código Penal, “ legítima defesa” .
A. ( ) Quem atua ou se omite sem a consciência da ilicitude do fato, quando lhe era
possível, nas circunstâncias, ter ou atingir essa consciência.
B. ( ) Quem, por doença mental ou desenvolvimento mental incompleto ou
retardado, era, ao tempo da ação ou da omissão, inteiramente incapaz de
entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com esse
entendimento.
C. ( ) Quem pratica o fato para salvar de perigo atual, que não provocou por sua
vontade, nem podia de outro modo evitar, direito próprio ou alheio, cujo sacrifício,
nas circunstâncias, não era razoável exigir-se.
D. ( ) Quem, usando moderadamente dos meios necessários, repele injusta
agressão, atual ou iminente, a direito seu ou de outrem.

79ª QUESTÃO - Considere o exemplo a seguir: João quer ferir e assim dá um soco
no rosto de Antônio; esse ao cair, bate com a cabeça na pedra e morre.
É CORRETO afirmar que estamos diante de exemplo de um crime
A. ( ) com erro de tipo.
B. ( ) com imperícia, unicamente.
C. ( ) para julgamento no tribunal do júri.
D. ( ) preterdoloso.

80ª QUESTÃO Sempre exclui a ilicitude, EXCETO:


A. ( ) legítima defesa real.
B. ( ) estado de necessidade.
C. ( ) estrito cumprimento do dever legal.
D. ( ) consentimento do ofendido.
E. ( ) exercício regular de direito.

81ª QUESTÃO - Considerando apenas a regra constitucional sobre os efeitos da lei


penal no tempo, imagine a situação em que determinado cidadão comentou com
colegas de trabalho que vez ou outra tinha vontade de matar sua ex-esposa. Duas
semanas após a conversa, foi editada lei definindo como crime o ato de pensar em
delinqüir. O cidadão acima mencionado
A. ( ) poderá ser processado, mas terá a pena reduzida porque praticou a conduta
antes de ter ciência de sua tipificação como crime.
B. ( ) deverá ser processado pela prática de crime, uma vez que a confissão foi feita
em intervalo inferior a 30 (trinta) dias antes da edição da lei.
C. ( ) deverá ser processado pela prática de crime, uma vez que a lei mais severa
retroage para atingir o delinqüente, em prol da segurança pública.
D. ( ) não poderá ser processado, uma vez que a tipificação de conduta como crime
exige prévia lei assim definindo.
E. ( ) não poderá ser processado, uma vez que a lei não pode retroagir para
beneficiar ou prejudicar a pessoa que praticou a conduta.

66
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

82ª QUESTÃO - Em relação à responsabilidade do agente que, voluntariamente,


desiste de prosseguir na execução ou impede que o resultado se produza, é correto
afirmar que:
A. ( ) não há nenhuma responsabilidade criminal possível.
B. ( ) o agente responde apenas pelos atos praticados.
C. ( ) o agente será punido com a pena do crime consumado, reduzida de 1/3 a 2/3.
D. ( ) não obstante a desistência ou o impedimento da produção do resultado, o
agente responderá pelo crime tal como se ele tivesse sido consumado.
E. ( ) se trata de hipótese de erro de tipo, que exclui a responsabilidade penal, salvo
se inescusável.

83ª QUESTÃO- Leia as afirmações.


I. No crime consumado, reúnem-se todos os elementos de sua definição legal.
II. O crime tentado é aquele que não se consuma por circunstâncias alheias à
vontade do agente.
III. A pena do crime consumado está prevista na parte geral do código penal,
enquanto que a pena do crime tentado é a mesma do crime consumado diminuída
de 1 a 2/3.
Está correto o contido em
A. ( ) I e II, apenas.
B. ( ) I e III, apenas.
C. ( ) II e III, apenas.
D. ( ) I, II e III.
E. ( ) III, apenas.

84ª QUESTÃO- Tendo em conta o Princípio da Reserva Legal, é correto afirmar que
A. ( ) é lícita a aplicação de pena não prevista em lei se o fato praticado pelo agente
for definido como crime no tipo penal.
B. ( ) o juiz pode fixar a pena a ser aplicada ao autor do delito acima do máximo
previsto em lei, aplicando os costumes vigentes na localidade em que ocorreu.
C. ( ) é vedado o uso da analogia para punir o autor de um fato não previsto em lei
como crime, mesmo sendo semelhante a outro por ela definido.
D. ( ) fica ao arbítrio do juiz determinar a abrangência do preceito primário da norma
incriminadora se a descrição do fato delituoso na norma penal for vaga e
indeterminada.
E. ( ) o juiz tem o poder de impor sanção penal ao autor de um fato não descrito
como crime na lei penal, se esse fato for imoral, anti-social ou danoso à sociedade.

85ª QUESTÃO- No que tange à aplicação da lei penal, considere:


I. crime cometido no estrangeiro contra a administração pública, por quem está a
seu serviço;
II. crime de genocídio, quando o agente for brasileiro ou domiciliado no Brasil;
III. crime cometido no estrangeiro por brasileiro, que não é punível no país em que
foi praticado.
Dentre os crimes acima, ficam sujeitos à lei brasileira os indicados APENAS em
A ( ) I.
B. ( ) II.
C. ( ) I e II.

67
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) I, II, e III.

86ª QUESTÃO Em se tratando de extraterritorialidade, pode-se afirmar que se


sujeitam à lei brasileira, embora praticados no estrangeiro,
A. ( ) os crimes contra a administração pública, por quem não está a seu serviço.
B. ( ) os crimes de genocídio, ainda que o agente não seja brasileiro ou domiciliado
no Brasil.
C. ( ) os crimes praticados em aeronaves ou embarcações brasileiras, quando em
território estrangeiro, mesmo que aí sejam julgados.
D. ( ) os crimes contra o patrimônio ou a fé pública da União, do Distrito Federal, de
Estado ou de Município.
E. ( ) os crimes contra o patrimônio praticados contra o presidente da República.

87ª QUESTÃO Referente ao crime tentado, pune-se a tentativa com a pena


correspondente ao crime consumado :
A. ( ) diminuída de um terço.
B. ( ) de forma idêntica.
C. ( ) de forma proporcional.
D. ( ) diminuída de um a dois terços.

88ª QUESTÃO - Assinale a alternativa que, de forma mais completa, representa os


elementos legais do conceito de estado de necessidade.
A. ( ) Perigo iminente, salvar direito próprio, dever legal de salvar do perigo.
B. ( ) Perigo iminente, salvar direito alheio, inexistência do dever legal de salvar do
perigo.
C. ( ) Perigo atual, salvar direito próprio ou alheio, inexisistência do dever legal de
enfrentar o perigo.
D. ( ) Perigo futuro, salvar direito próprio ou alheio, dever legal de salvar do perigo.

GABARITO CÓDIGO PENAL PARTE GERAL

1) B 2) D 3) D 4) D 5) D 6) C 7) D 8) C 9) A 10) B
11) A 12) C 13) D 14) A 15) B 16) C 17) C 18) B 19) A 20) C
21) A 22) A 23) D 24) C 25) B 26) A 27) B 28) B 29) B 30) C
31) A 32) A 33) A 34) B 35) A 36) B 37) B 38) B 39) B 40) E
41) E 42) C 43) C 44) B 45) A 46) E 47) A 48) C 49) D 50) C
51) C 52) C 53) A 54) D 55) B 56) E 57) A 58) E 59) A 60) E
61) B 62) E 63) A 64) B 65) D 66) B 67) B 68) C 69) C 70) C
71) B 72) C 73) D 74) A 75) A 76) C 77) B 78) D 79) D 80) D
81) D 82) B 83) D 84) C 85) C 86) D 87) D 88) C

68
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

CODIGO PENAL

2.2 PARTE ESPECIAL


1ª QUESTÃO – De acordo com as disposições do Código Penal (CP) brasileiro, é
CORRETO afirmar que:
A. ( ) Para efeito de configuração do crime de furto (art. 155 do CP), a energia elétrica
é equiparada à coisa móvel.
B. ( ) O crime de roubo (art. 157 do CP) consiste na conduta de subtrair, para si ou
para outrem, coisa alheia móvel, sem o emprego de violência ou de grave ameaça
à pessoa.
C. ( ) O emprego de arma de fogo para o exercício da violência ou da grave ameaça,
no crime de roubo (art. 157 do CP), é uma circunstância irrelevante para fins de
aplicação da pena.
D. ( ) Aquele que se apropria de coisa alheia móvel, de que tem a posse ou a
detenção, pratica o crime de furto (art. 155 do CP).

2ª QUESTÃO – De acordo com as disposições do Código Penal (CP) brasileiro


acerca dos crimes contra a administração pública, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Deixar o Diretor de Penitenciária e/ou agente público de cumprir seu dever de
vedar ao preso o acesso a aparelho telefônico, de rádio ou similar, que permita a
comunicação com outros presos ou com o ambiente externo, trata-se do crime de
condescendência criminosa, tipificado no art. 320 do Código Penal.
B. ( ) No crime de peculato (art. 312 do CP), na sua modalidade culposa, a reparação
do dano, se precede à sentença irrecorrível, extingue a punibilidade; se lhe é
posterior, reduz de metade a pena imposta.
C. ( ) Configura-se o crime de concussão (art. 316 do CP), quando o funcionário
público solicita ou recebe, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que
fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou
aceita promessa de tal vantagem.
D. ( ) No crime de facilitação de contrabando ou descaminho (art. 318 do CP), a
pena é aumentada de um terço, se, em consequência da vantagem ou promessa, o
funcionário retarda ou deixa de praticar qualquer ato de ofício ou o pratica infringindo
o dever funcional.

3ª QUESTÃO – Em relação aos crimes tipificados no Título XI, Capítulo I, Parte


Especial do Código Penal Brasileiro, que versa sobre os crimes praticados por
funcionário público contra a Administração em Geral, marque a alternativa
CORRETA:
A. ( ) No crime de Corrupção Passiva (Art 317 CP), a pena é aumentada de um
terço, se, em conseqüência da vantagem ou promessa, o funcionário retarda ou
deixa de praticar qualquer ato de ofício ou o pratica infringindo dever funcional.
B. ( ) No crime de peculato culposo (§ 2º do Art 312 CP), que se configura quando
o funcionário público concorre culposamente para o crime de outrem, a reparação
do dano após a sentença irrecorrível extingue a punibilidade.
C. ( ) No crime de Concussão (Art 316 CP), se o funcionário desvia, em proveito
próprio ou de outrem, o que recebeu indevidamente para recolher aos cofres
públicos, reduz de metade a pena imposta.

69
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) No crime de abandono de função (Art 323 CP), se o funcionário público


patrocina, direta ou indiretamente, interesse privado perante a administração
pública, aumenta-se a pena de 1/3 (um terço).

4ª QUESTÃO – Em relação ao crime de Furto (Art 155 do Código Penal), marque a


alternativa CORRETA:
A. ( ) A destruição ou rompimento de obstáculo à subtração da coisa, o abuso de
confiança, a escalada ou destreza, o cometimento do crime com emprego de chave
falsa ou mediante concurso de duas ou mais pessoas são qualificadoras do crime
de furto.
B. ( ) Se o criminoso é primário e é de pequeno valor a coisa furtada, há a extinção
da punibilidade.
C. ( ) A pena aumenta-se da metade, se o crime é praticado durante o repouso
noturno.
D. ( ) Se a subtração for de semovente domesticável de produção, ainda que abatido
ou dividido em partes no local da subtração ou se a subtração for de veículo
automotor que venha a ser transportado para outro Estado ou para o exterior, a pena
prevista será a do caput, ou seja, de um a quatro anos, e multa
5ª QUESTÃO – Em relação aos crimes contra a pessoa, previstos no Título I da
Parte Especial do Código Penal Brasileiro, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Não se pune o aborto praticado por médico, se não há outro meio de salvar a
vida da gestante. No caso de a gravidez resultar de estupro e o aborto é praticado
por médico e precedido de consentimento da gestante ou, quando incapaz, de seu
representante legal, reduz de metade a pena imposta.
B. ( ) Na lesão corporal seguida de morte, se o agente comete o crime impelido por
motivo de relevante valor social ou moral ou sob o domínio de violenta emoção, logo
em seguida a injusta provocação da vítima, há a extinção da punibilidade.
C. ( ) Na hipótese de homicídio culposo, o juiz poderá deixar de aplicar a pena, se
as consequências da infração atingirem o próprio agente de forma tão grave que a
sanção penal se torne desnecessária.
D. ( ) No crime de feminicídio, se o crime for praticado durante a gestação ou nos
3 (três) meses posteriores ao parto ou ainda contra pessoa menor de 14 (catorze)
anos, maior de 60 (sessenta) anos ou com deficiência, o criminoso responderá em
concurso material com o crime de infanticídio.

6ª QUESTÃO - Um 1º Tenente PM, que atendia uma ocorrência de roubo a


estabelecimento, obriga um cidadão, que passava pelo local, a ser testemunha do
fato que este nem sequer presenciou. O cidadão se negava a testemunhar, mas
após ser ameaçado pelo oficial, deu seu testemunho no registro da ocorrência. Qual
o crime cometido pelo tenente?
A. ( ) Cárcere privado.
B. ( ) Ameaça.
C. ( ) Sequestro.
D. ( ) Constrangimento ilegal.
7ª QUESTÃO – Assinale a alternativa CORRETA que indica os crimes contra a
honra:
A. ( ) Estupro, atentado violento ao pudor, corrupção de menores.
B. ( ) Ameaça, constrangimento ilegal, ato obsceno.
C. ( ) Calúnia, injúria e difamação.
D. ( ) Abandono de posto, embriaguez em serviço, dormir em serviço.

70
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

8ª QUESTÃO – O Código Penal estabelece o rol dos crimes contra a pessoa.


Assinale a alternativa que NÃO corresponde a um crime contra a pessoa:
A. ( ) Homicídio simples.
B. ( ) Genocídio.
C. ( ) Lesão leve.
D. ( ) Latrocínio.

9ª QUESTÃO – Com base no Código Penal, são crimes contra o patrimônio


EXCETO:
A. ( ) Estelionato.
B. ( ) Peculato.
C. ( ) Furto.
D. ( ) Apropriação indébita.

10ª QUESTÃO – Em relação aos crimes contra a honra, é correto afirmar que:
A. ( ) em nenhuma hipótese a opinião desfavorável da crítica literária pode se
constituir em ofensa punível.
B. ( ) é uma crime inafiançável, porém suscetível de graça ou anistia.
C. ( ) em relação à calúnia, incorre na mesma pena prevista ao agente, aquele que,
sabendo falsa a imputação, a propala ou divulga.
D. ( ) admite-se a modalidade culposa.

11ª QUESTÃO – A violação de domicílio, prevista no art. 150 do Código Penal,


consiste em “entrar ou permanecer, clandestina ou astuciosamente, ou contra a
vontade expressa ou tácita de quem de direito, em casa alheia ou em suas
dependências”. No entanto, o Código Penal elenca, no parágrafo 3º do art. 150,
hipóteses em que a conduta não constitui crime e, com base exclusivamente nessas
hipóteses, analise as assertivas abaixo:
I - Não constitui crime de violação de domicílio a entrada ou permanência em casa
alheia ou em suas dependências quando algum crime está sendo ali praticado.
II - Não constitui crime de violação de domicílio a entrada ou permanência em casa
alheia ou em suas dependências, durante o dia, com observância das formalidades
legais, para efetuar prisão.
Marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Apenas a assertiva I está correta.
B. ( ) Apenas a assertiva II está correta.
C. ( ) As assertivas I e II estão corretas.
D. ( ) As assertivas I e II estão incorretas.

12ª QUESTÃO – A conduta de “Abandonar pessoa que está sob seu cuidado,
guarda, vigilância ou autoridade, e, por qualquer motivo, incapaz de defender-se dos
riscos resultantes do abandono” configura o crime de:
A. ( ) Omissão de socorro.
B. ( ) Maus-tratos.
C. ( ) Abandono de incapaz.
D. ( ) Lesão corporal.

13ª QUESTÃO – Julgue os seguintes itens, relacionados aos crimes contra o


patrimônio.
I. Considere a seguinte situação hipotética. Vicente, mediante a utilização de arma
de fogo, ingressou na residência de Osvaldo, subtraindo-lhe a quantia de R$
5.000,00. Tendo sido identificado e indiciado pelo crime de roubo, Vicente resolveu

71
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

devolver a quantia furtada a Osvaldo. Nessa situação, ocorreu o arrependimento


posterior, sendo possível a redução da pena de um a dois terços.
II. Considere a seguinte situação hipotética. Aderbal constrangeu Heloísa, mediante
grave ameaça, utilizando-se de arma de brinquedo, a fornecer-lhe a senha de seu
cartão bancário. Nessa situação, Aderbal praticou o crime de extorsão, incidindo
causa de aumento de pena em razão do instrumento utilizado para ameaçar a
vítima.
III. O crime de apropriação indébita consuma-se quando o agente passa a agir como
se fosse o proprietário do bem apropriado, sem a intenção de promover a sua
restituição.
IV. No crime de estelionato mediante emissão de cheque sem provisão de fundos,
o pagamento até o recebimento da denúncia afasta a justa causa para a propositura
da ação penal.
Estão certos apenas os itens:
A. ( ) I e II.
B. ( ) I e III.
C. ( ) II e IV.
D. ( ) III e IV.
14ª QUESTÃO – Em relação às qualificadoras do crime de furto previsto no Código
Penal (CP), é CORRETO afirmar que qualifica o mencionado crime:
A. ( ) O cometimento durante o período noturno.
B. ( ) O concurso de duas ou mais pessoas.
C. ( ) O emprego de substância inflamável ou explosiva.
D. ( ) Se a vítima está em serviço de transporte de valores e o agente conhece tal
circunstância.

15ª QUESTÃO – Marque a alternativa INCORRETA em relação ao crime de


homicídio, previsto no art. 121 do Código Penal Brasileiro:
A. ( ) Se o agente comete o crime de homicídio impelido por motivo de relevante
valor social ou moral, ou sob o domínio de violenta emoção, logo em seguida a
injusta provocação da vítima, o juiz pode reduzir a pena de 1/6 (um sexto) a 1/3 (um
terço).
B. ( ) Motivo fútil e emprego de veneno, fogo, explosivo, asfixia, tortura ou outro meio
insidioso ou cruel, ou de que possa resultar perigo comum são qualificadoras deste
crime.
C. ( ) A pena é aumentada de 1/3 (um terço) até a 1/2 (metade) se o crime for
praticado por milícia privada, sob o pretexto de prestação de serviço de segurança,
ou por grupo de extermínio.
D. ( ) Em se tratando de homicídio culposo, o juiz em hipótese alguma poderá deixar
de aplicar a pena, mesmo se as consequências da infração atingirem o próprio
agente de forma tão grave que a sanção penal se torne desnecessária.

16ª QUESTÃO – Analise as assertivas abaixo previstas no Código Penal Brasileiro


acerca dos crimes contra o patrimônio:
I. Para o crime de furto, equipara-se à coisa móvel a energia elétrica ou qualquer
outra que tenha valor econômico.
II. O indivíduo que constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, e com
o intuito de obter para si ou para outrem indevida vantagem econômica, a fazer,
tolerar que se faça ou deixar de fazer alguma coisa, comete o crime de roubo
previsto no Código Penal.

72
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

III. Para o crime de extorsão, se o criminoso é primário, e é de pequeno valor a coisa


extorquida, o juiz pode substituir a pena de reclusão pela de detenção, diminuí-la de
1/3 (um terço) a 2/3 (dois terços), ou aplicar somente a pena de multa.
IV. Aquele que destrói, inutiliza ou deteriora coisa alheia comete o crime de
Apropriação Indébita previsto no Código Penal.
Está (ão) CORRETAS a(s) assertiva(s):
A. ( ) II e III, apenas.
B. ( ) I, apenas.
C. ( ) I, II e IV, apenas.
D. ( ) I e III, apenas.

17ª QUESTÃO – Considerando o que estabelece pelo Código Penal Brasileiro, mais
especificamente sobre o crime de homicídio, analise as assertivas abaixo e, ao final,
responda o que se pede.
I. É causa de aumento de pena, a prática do crime contra integrantes da Força
Nacional de Segurança Pública, no exercício da função.
II. É causa de diminuição de pena, no caso de feminicídio, se o crime for cometido
na presença de descendentes ou de ascendente da vítima.
III. No homicídio culposo, a pena é aumentada de 1/3 (um terço), se o crime resulta
de inobservância de regra técnica de profissão, arte ou ofício.
IV. São consideradas circunstâncias legais que qualificam o crime de homicídio, a
realização do tipo penal: por motivo fútil, à traição, mediante dissimulação e com
emprego de explosivo.
Marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) Apenas as assertivas II e III estão incorretas.
B. ( ) Apenas as assertivas I e II estão incorretas.
C. ( ) Apenas as assertivas I e IV estão corretas.
D. ( ) Apenas as assertivas II e III estão corretas.

18ª QUESTÃO – Com relação aos crimes contra a administração pública, com fulcro
no Código Penal Brasileiro, marque “V” para a(s) assertiva(s) verdadeira(s) e “F”
para a(s) falsa(s) e, ao final, responda o que se pede.
( ) O funcionário público que praticar violência, no exercício da função ou à pretexto
de exercê-la, comete o crime de violência arbitrária.
( ) A conduta de aceitar, em razão de futura função pública ainda não assumida,
mesmo em razão desta, promessa de vantagem indevida, é considerada como um
fato atípico.
( ) No peculato culposo, se o funcionário concorre culposamente para o crime de
outrem, a reparação do dano, se precede à sentença irrecorrível, reduz de metade
a pena imposta.
( ) O funcionário público que revela fato de que tem ciência em razão do cargo e que
deva permanecer em segredo, ou facilitar-lhe a revelação, comete o crime de
advocacia administrativa.
Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas, na ordem
de cima para baixo.
A. ( ) F, V, V, F.
B. ( ) V, F, V, V.
C. ( ) F, V, F, V.
D. ( ) V, F, F, F.

19ª QUESTÃO – Político de expressão nacional, mas de índole controvertida, em


visita a uma grande cidade do interior mineiro, desfila por vias públicas urbanas em

73
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

carro aberto. Em determinado local, durante esse desfile, Pedro e Paulo, cada um
desconhecendo a conduta do outro, efetuam disparos de arma de fogo na direção
do político, coincidentemente ao mesmo tempo, com a intenção de matá-lo, e o
evento morte realmente é alcançado. Apura-se, no curso das investigações, com
forte e convincente apoio em prova pericial regularmente produzida, que o evento
letal foi provocado pelo disparo efetuado por Pedro, ao passo que o disparo efetuado
por Paulo só atingiu a vítima superficialmente, em um dos membros superiores.
Nesse caso, como se define a responsabilidade criminal de cada um desses
agentes?
A. ( ) Paulo não responde por crime algum, porque sua conduta, nessa hipótese, foi
atípica, uma vez que o resultado morte, embora querido, não foi provocado por ele,
com relação a quem houve crime impossível.
B. ( ) Pedro e Paulo respondem por homicídio, porque agiram em co-autoria dolosa,
visando ao mesmo resultado que foi alcançado.
C. ( ) Pedro responde por homicídio e Paulo responde por tentativa de homicídio,
por se tratar de autoria colateral.
D. ( ) Pedro e Paulo respondem por homicídio, como autor e partícipe,
respectivamente, por terem agido com dolo, visando ao mesmo resultado que foi
alcançado.

20ª QUESTÃO - Chico Dunga, desgostoso com a vida, decide suicidar-se, no que é
instigado por Tício. Atira-se do segundo andar de um edifício, não conseguindo, no
entanto, lograr seu intento, sofrendo apenas lesões corporais leves. Tício
responderá por:
A( ) Crime de lesão corporal leve, na forma dolosa.
B( ) Crime de instigação ao suicídio, na forma tentada.
C( ) A conduta de Tício não é punível.
D( ) Crime de lesão corporal na forma culposa.

21ª QUESTÃO – A Lei n. 13.104/15 (Feminicídio) alterou o art. 121 do Código Penal
estabelecendo que a pena do feminicídio é aumentada de 1/3 (um terço) até a
metade se o crime for praticado:
A. ( ) Contra pessoa menor de 16 (dezesseis) anos, maior de 65 (sessenta e cinco)
anos.
B. ( ) Na presença de parentes colaterais da vítima.
C. ( ) Nos 4 (quatro) meses posteriores ao parto.
D. ( ) Contra pessoa com deficiência.

22ª QUESTÃO – Dois autores, agindo de comum acordo, apontaram revólveres


para determinado cidadão exigindo a entrega de seu celular. Quando um dos
autores encostou sua arma no corpo da vítima, esta reagiu, entrando em luta
corporal com os autores, recusando a entrega da “res furtiva”. Nesse entrevero, a
arma portada por um dos autores disparou e o projétil atingiu a vítima, que veio a
falecer. Os autores empreenderam fuga, todavia, sem levar coisa alguma do
falecido.
Esse fato configura:
A. ( ) Roubo tentado e lesão corporal seguida de morte.
B. ( ) Roubo tentado e homicídio consumado.
C. ( ) Latrocínio.
D. ( ) Homicídio consumado.

23ª QUESTÃO- Em relação aos CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA,

74
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

marque a alternativa CORRETA:


A. ( ) Concussão é um crime material que para consumação exige a efetiva obtenção
da vantagem indevida.
B. ( ) Deixar o Diretor de Penitenciária e/ou agente público, de cumprir seu dever de
vedar ao preso o acesso a aparelho telefônico, de rádio ou similar, que permita a
comunicação com outros presos ou com o ambiente externo, possui a previsão da
pena de reclusão, de 3 (três) a 8 (oito) anos, e multa.
C. ( ) Para que exista o crime de desobediência não é necessário que haja ordem
legal emanada de funcionário público competente. A ordem pode ser retransmitida
por terceiros, ao destinatário, isto e, àquele que tenha o dever de obedecê-la.
D. ( ) Não haverá o delito de "dar às verbas ou rendas públicas aplicação diversa da
estabelecida em lei", se o desvio de verbas for realizado para evitar danos
decorrentes de calamidades públicas como inundações, epidemias, incêndios. O
fato, no caso, é típico, mas não é ilícito, ante a presença da excludente da ilicitude
(Estado de Necessidade).

24ª QUESTÃO - Em relação ao crime de abandono de incapaz previsto no art. 133


do Código Penal, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Há crime se a pessoa abandonada é, apesar de menor de idade, por exemplo,
capaz de se defender dos riscos do abandono.
B. ( ) Se após o abandono e consequente exposição ao perigo, o agente reassume
o dever de assistência, fica excluída a infração penal de perigo, uma vez que apenas
foi atingida a fase da preparação e não da consumação.
C. ( ) O sujeito ativo deste crime é aquele que tem o dever de zelar pela vítima, que
assume a posição de garantidor em decorrência da Lei (Código Civil, Estatuto da
Criança e do Adolescente, Estatuto do Idoso etc), de contrato ou convenção
(enfermeiros, médicos, amas, babás, diretores de colégio etc) e de qualquer fato
lícito e ilícito (recolhimento de pessoa abandonada, condução de incapaz em viagem
caçada etc). Tratando-se de delito próprio.
D. ( ) As penas deste crime aumentam de um terço, se a vítima é enteado (a) do
agente.

25ª QUESTÃO - Ladrolino, jovem estudante de 19 anos, com o auxílio de dois


amigos, planeja forçar Padrelino, seu genitor, a lhe entregar a quantia de R$
100.000,00 em dinheiro, mediante a ameaça de sequestrar um de seus filhos. Ao
colocarem o plano em ação, após 2 dias de ameaças, um dos amigos de Ladrolino
foi identificado. Preso, ele revela os nomes dos demais participantes.
Analise o caso à luz do direito penal e marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) A autoridade policial não irá instaurar inquérito policial em desfavor de
Ladrolino, pois incorrerá em ausência de justa causa, em face da imunidade
absoluta de que gozam os ascendentes e descendentes no cometimento de crimes
contra o patrimônio.
B. ( ) Ladrolino e seus amigos responderão, em co-autoria, pelo crime de extorsão,
qualificada pela presença de duas ou mais pessoas, conforme previsto no art. 158,
§ 1º,CP.
C. ( ) A autoridade policial só poderá instaurar o inquérito, mediante a representação
de Padrelino, pai de Ladrolino, pois a ação penal é pública condicionada.
D. ( ) Trata-se, no caso, de imunidade absoluta, denominada escusa absolutória,
que beneficia somente o agente descendente da vítima (Ladrolino), respondendo os
demais pela prática do crime cometido.

75
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

26ª QUESTÃO – Dentre os crimes contra o patrimônio previstos no CP aquele que


se apropria de coisa alheia móvel, de que tem a posse ou detenção, comete o crime
de:
A. ( ) Apropriação indébita
B. ( ) Furto simples.
C. ( ) Furto de uso.
D. ( ) Apropriação de coisa achada.

27ª QUESTÃO – Uma empregada doméstica, percebendo que os proprietários se


encontravam na cama, sorrateiramente, tranca a porta do quarto com chave pelo
lado de fora, impedindo-os de acessar outros cômodos da residência.
Imediatamente, permite a entrada de dois comparsas que, durante 10 (dez) minutos,
passam a recolher todos os objetos de valor que conseguem transportar em duas
mochilas grandes de costa. Os proprietários levantam com o barulho e ao tentarem
sair do quarto percebem estar trancados naquele ambiente, quando passam a
chamar pela empregada que, todavia, ignora deliberadamente o chamado,
abandona o emprego com os demais membros do grupo, após a empreitada
criminosa. Pela janela da casa, conseguem chamar um vizinho que, adentra ao
imóvel e destranca a porta do cômodo. Após saírem do quarto, os proprietários
percebem o desaparecimento de vários objetos de valor, bem como a ausência da
empregada. A polícia foi acionada, sendo registrada ocorrência com codificação
principal de:
A. ( ) Roubo.
B. ( ) Furto.
C. ( ) Cárcere privado.
D. ( ) Apropriação indébita.

28ª QUESTÃO – O “Sr Espertalhão” cobrou a quantia de R$500,00 de um dos


concorrentes do Pregão para compra de materiais de escritório do 50º BPM, sob o
pretexto de interferir na solução deste pregão, considerando ser amigo do “Sgt
Administrativo”, pregoeiro do 50º BPM, responsável pelo referido Pregão. De acordo
com CP, o “Sr Espertalhão” cometeu o crime de:
A. ( ) corrupção ativa.
B. ( ) corrupção passiva.
C. ( ) tráfico de influência.
D. ( ) fraude de concorrência.

29ª QUESTÃO – Em conformidade com o Código Penal (CP), é CORRETO afirmar:


A. ( ) Constitui o crime de concussão aceitar para outrem, indiretamente, fora da
função, mas em razão dela, quantia volumosa de dinheiro, em espécie.
B. ( ) Constitui o crime de Peculato apropriar-se o funcionário público de dinheiro,
valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em
razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito próprio ou alheio.
C. ( ) Constitui o crime de prevaricação deixar de praticar, devidamente, ato de ofício
ou praticá-lo conforme disposição expressa de lei, para satisfazer algum interesse.
D. ( ) Constitui o crime de corrupção ativa solicitar ou receber, para si ou para outrem,
direta ou indiretamente, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem.

30ª QUESTÃO – Caracteriza a modalidade criminosa conhecida como “sequestro


relâmpago”, o fato do agente abordar a vítima e, mediante violência ou grave
ameaça, a retém para que seja realizado o saque em sua conta bancária, em um
caixa eletrônico, e, em seguida, a abandona em local que proporcione a fuga do

76
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

agente. De acordo com o Decreto-Lei n. 2.848/1940, que contém o Código Penal


(CP), esta conduta constitui o seguinte crime:
A. ( ) Roubo.
B. ( ) Extorsão mediante sequestro.
C. ( ) Extorsão.
D. ( ) Extorsão indireta.

31ª QUESTÃO – Em relação aos crimes contra a pessoa, previstos no Decreto-Lei


n. 2.848/1940 (Código Penal – CP), analise as assertivas e, a seguir, marque a
alternativa CORRETA:
I - O Código Penal considera qualificado, dentre outras hipóteses, o homicídio
praticado contra a mulher por razões da condição de sexo feminino (feminicídio).
II - Considera-se o crime de desobediência quando alguém se opõe à execução de
ato legal mediante violência ou ameaça a funcionário competente para executá-lo
ou a quem lhe esteja prestando auxílio.
III - Aquele que agencia, alicia, recruta, transporta, transferir, compra, aloja ou acolhe
pessoa, mediante grave ameaça, violência, coação, fraude ou abuso, com a
finalidade de remover-lhe órgãos, tecidos ou partes do corpo, de submetê-la a
trabalho em condições análogas à de escravo, de submetê-la a qualquer tipo de
servidão, de adoção ilegal ou de exploração sexual, incorre no crime de tráfico de
pessoas.
IV - Todos os crimes contra a honra (calúnia, difamação e injúria) admitem a
chamada exceção da verdade, ou seja, é permitido ao autor (sujeito ativo)
demonstrar e provar que os fatos imputados à vítima (sujeito passivo) são
verdadeiros.
A. ( ) Apenas as assertivas I, e III são verdadeiras.
B. ( ) Apenas as assertivas I, II e IV são falsas.
C. ( ) Apenas as assertivas II, III e IV são falsas.
D. ( ) Todas as assertivas são verdadeiras.

32ª QUESTÃO – O art. 133 do Código Penal estabelece que abandonar pessoa que
está sob seu cuidado, guarda, vigilância ou autoridade e, que, por qualquer motivo,
seja incapaz de defender -se dos riscos resultantes do abandono é crime cuja pena
é aumentada de um terço
A. ( ) se o agente é parente da vítima.
B. ( ) se do abandono resulta lesão corporal de natureza leve.
C. ( ) se o abandono ocorre em lugar ermo.
D. ( ) se a vítima é maior de 50 (setenta) anos.

33ª QUESTÃO - Assinale a opção correta com relação a crimes contra a


administração pública.
A. ( ) Policial que exigir propina para liberar a passagem de pessoas por uma estrada
cometerá corrupção passiva.
B. ( ) O agente penitenciário que não recolher aparelhos celulares de pessoas em
privação de liberdade cometerá crime de condescendência criminosa.
C. ( ) Um governador que ordenar a aquisição de viaturas policiais e o pagamento
destas com recurso legalmente destinado à educação infantil cometerá o crime de
peculato.
D. ( ) Se forem ocupantes de cargos em comissão ou de função de direção ou
assessoramento de órgão da administração direta, sociedade de economia mista,
empresa pública ou fundação instituída pelo poder público, os autores de crimes
contra a administração pública terão direito a redução de suas penas.

77
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

E. ( ) A circunstância de funcionário público é comunicável a particular que cometa


o crime sabendo dessa condição especial do funcionário.

34ª QUESTÃO - No tocante aos crimes praticados por funcionário público contra a
Administração em geral, assinale a alternativa que menciona o crime o qual a
legislação penal expressamente admite sua prática na modalidade culposa.
A. ( ) Modificação ou alteração não autorizada de sistema de informações.
B. ( ) Peculato.
C. ( ) Inserção de dados falsos em sistema de informações.
D. ( ) Corrupção passiva.
E. ( ) Concussão.

35ª QUESTÃO O funcionário público que pratica, deixa de praticar ou retarda ato de
ofício, com infração de dever funcional, cedendo a pedido ou influência de outrem,
comete a forma privilegiada do crime de :
A. ( ) exploração de prestígio.
B. ( ) advocacia administrativa.
C. ( ) condescendência criminosa.
D. ( ) corrupção passiva.

36ª QUESTÃO K. S., funcionário público, solicita, para si, indiretamente, uma
determinada quantia em dinheiro de M. F, para não multá-lo. Sabendo-se que M. F.
não pagou a propina para K. S., este deve responder por crime de :
A. ( ) corrupção passiva, na forma consumada.
B. ( ) prevaricação, na forma tentada.
C. ( ) corrupção ativa, na forma tentada.
D. ( ) concussão, na forma consumada

37ª QUESTÃO Quem oferece ou promete vantagem indevida a servidor público para
que ele pratique ou retarde ações relativas ao seu cargo comete o crime de :
A. ( ) desacato.
B. ( ) sonegação.
C. ( ) corrupção ativa
D. ( ) usurpação de função pública.
E. ( ) violação de sigilo profissional.

38ª QUESTÃO Considerando os crimes contra a Administração Pública, previstos


no Código Penal e praticados por funcionário público, é correto afirmar que a
conduta de “solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente,
ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem
indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem”, tipificará o crime de:
A. ( ) emprego irregular de verbas.
B. ( ) corrupção passiva.
C. ( ) concussão.
D. ( ) excesso de exação.
E. ( ) peculato.

39ª QUESTÃO - Adão, alegando ter poder de persuasão sobre seu primo, delegado
de polícia que presidia inquérito policial em que Cláudio estava sendo investigado,
solicitou deste determinada quantia de dinheiro, a pretexto de repassá-la ao
delegado, para impedir o indiciamento de Cláudio pela prática de estupro.
Nessa situação hipotética, a conduta de Adão configurou o crime de

78
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) corrupção passiva privilegiada.


B. ( ) advocacia administrativa.
C. ( ) tráfico de influência.
D. ( ) exploração de prestígio.
E. ( ) corrupção passiva.

40ª QUESTÃO - Uma investigadora de polícia exigiu de um traficante de drogas o


pagamento de determinada importância em dinheiro a fim de que evitasse o
indiciamento dele em inquérito policial. O traficante pediu um prazo para o
pagamento do valor acordado e, dois dias depois, entregou o dinheiro à
investigadora, a qual, então, ocultou as provas contra o traficante.
Com relação a essa situação hipotética, assinale a opção correta.
A. ( ) A conduta da investigadora configura crime de concussão, consumado quando
ela exigiu do traficante o pagamento do valor pecuniário.
B. ( ) A investigadora e o traficante, pela aplicação da teoria monista, deverão
responder pelo mesmo tipo penal.
C. ( ) A investigadora cometeu crime de corrupção passiva, consumado a partir do
momento em que o traficante efetuou o pagamento.
D. ( ) O cumprimento, pela investigadora, do acordado com o traficante configura
circunstância qualificadora do crime.
E. ( ) O traficante deverá responder pelo crime de corrupção ativa, consumado a
partir do momento em que as provas contra ele foram ocultadas.

41ª QUESTÃO Antônio utilizava diariamente o serviço de manobrista de


determinado shopping center para estacionar seu carro. Lara, frequentadora do
mesmo local, passou a observar a rotina de Antônio e, certa tarde, se apresentou
ao manobrista como namorada daquele, informando que havia vindo buscar o carro
a pedido do namorado. O manobrista entregou as chaves do carro a Lara, que
entrou no veículo e saiu da garagem do estabelecimento em alta velocidade.
A conduta de Lara caracteriza crime de
A. ( ) estelionato.
B. ( ) furto mediante fraude.
C. ( ) furto com abuso de confiança.
D. ( ) apropriação de coisa havida por erro.
E. ( ) apropriação indébita.

42ª QUESTÃO Mário, ao envolver-se em uma briga, lesionou Júlio.


Nessa situação hipotética, Mário responderá por lesão corporal de natureza grave
se tiver
A. ( ) provocado em Júlio debilidade permanente de função, como, por exemplo, a
redução da capacidade mastigatória pela perda dentária.
B. ( ) ofendido a integridade corporal de Júlio, causando-lhe diversas escoriações
no corpo.
C. ( ) causado a morte de Júlio, ainda que em circunstâncias que evidenciem que
Mário não queria matá-lo.
D. ( ) causado a morte de Júlio em circunstâncias que evidenciem que Mário
assumiu o risco de produzir o resultado.
E. ( ) provocado a incapacitação de Júlio para ocupações habituais, como, por
exemplo, o trabalho e o estudo, por quinze dias.

43ª QUESTÃO - Após uma discussão em um bar, Pedro decide matar Roberto. Para
tanto, dirige-se até sua residência onde arma-se de um revólver. Ato contínuo,

79
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

retorna ao estabelecimento e efetua um disparo em direção a Roberto. Contudo,


erra o alvo, atingindo Antônio, balconista que ali trabalhava, ferindo-o levemente no
ombro. Diante do caso hipotético, Pedro praticou, em tese, o(s) crime(s) de
A. ( ) lesão corporal leve.
B. ( ) lesão corporal culposa.
C. ( ) homicídio tentado e lesão corporal leve.
D. ( ) lesão corporal culposa e tentativa de homicídio.
E. ( ) homicídio na forma tentada.

44ª QUESTÃO Setembrino, oficial de Justiça, recebe ligação de um amigo, o qual


solicita a protelação do cumprimento de certa decisão judicial. A fim de atender ao
pedido do amigo, o funcionário público retarda o ato de ofício. Nesse contexto, é
correto dizer que Setembrino cometeu:
A. ( ) mero ato de improbidade administrativa
B. ( ) desobediência.
C. ( ) corrupção passiva
D. ( ) prevaricação

45ª QUESTÃO O objeto material do crime de peculato- apropriação pode ser:


A. ( ) dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, de natureza pública ou privada,
de que tem o funcionário público a posse em razão do cargo.
B. ( ) dinheiro, valor ou qualquer outro bem imóvel ou móvel, de natureza pública ou
privada, de que tem o funcionário público a posse em razão do cargo.
C. ( ) dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, sempre de natureza pública, de
que tem o funcionário público a posse em razão do cargo.
D. ( ) dinheiro, valor ou qualquer outro bem imóvel ou móvel, sempre de natureza
pública, de que tem o funcionário público a posse em razão do cargo.

46ª QUESTÃO O crime de peculato é praticado quando o


A. ( ) funcionário público exige, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda
em que fora da função, vantagem indevida.
B. ( ) funcionário público se apropria de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel,
público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em
proveito próprio.
C. ( ) funcionário público se apropria de dinheiro ou de qualquer outro bem móvel do
particular de que tinha a posse, sem razão do cargo.
D. ( ) indivíduo oferece ou promete vantagem indevida a funcionário público, para
determiná-lo a praticar, omitir ou retardar ato de ofício.
E. ( ) funcionário público dá às verbas ou rendas públicas aplicação diversa da
estabelecida em lei.

47ª QUESTÃO A lesão corporal classifica-se como gravíssima se apresenta como


consequência
A. ( ) incapacidade para as ocupações habituais por mais de trinta dias.
B. ( ) enfermidade incurável.
C. ( ) perigo à vida.
D. ( ) debilidade permanente de membro.
E. ( ) aceleração de parto.

80
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

48ª QUESTÃO - Com relação aos crimes contra o patrimônio, assinale a opção
correta.
A. ( ) receptação não será punível quando for desconhecido ou isento de pena o
autor do crime de que proveio a coisa receptada.
B. ( ) A subtração de valores de conta-corrente, mediante transferência fraudulenta
para conta de terceiro, sem consentimento da vítima, configura crime de estelionato.
C. ( ) No delito de furto, se o criminoso é primário, e é de pequeno valor a coisa
furtada, o juiz pode substituir a pena de reclusão pela de detenção, diminuí-la de um
a dois terços, ou aplicar somente a pena de multa.
D. ( ) Introduzir ou deixar animais em propriedade alheia, sem consentimento de
quem de direito, ainda que o fato resulte em prejuízo, não constitui crime.

49ª QUESTÃO No que concerne aos crimes contra a honra, considere as


afirmativas abaixo:
I. Não é admissível a exceção da verdade para o delito de injúria.
II. A retratação somente é admissível nos casos de calúnia e difamação.
III. O juiz pode deixar de aplicar a pena na difamação no caso de retorsão
imediata, que consista em outra difamação.
Está correto o que se afirma em
A. ( ) I, II e III.
B. ( ) I e III, apenas.
C. ( ) II e III, apenas.
D. ( ) I e II, apenas.

50ª QUESTÃO - Considere as disposições do Código Penal Brasileiro e assinale


a alternativa correta sobre o crime de injúria.
A. ( ) O crime de injúria tem pena base de reclusão, de um a seis anos, ou multa.
B. ( ) O juiz pode deixar de aplicar a pena no caso de retorsão imediata, que
consista em outra injúria.
C. ( ) O juiz não pode deixar de aplicar a pena se o ofendido, ainda que de forma
reprovável, tenha provocado a injúria.
D. ( ) Se a injúria consiste em violência ou vias de fato, que, por sua natureza ou
pelo meio empregado, se considerem aviltantes a pena passa a ser de reclusão
de três meses a um ano mais multa, excluindo-se a pena correspondente à
violência.

GABARITO PARTE ESPECIAL

1) A 2) B 3) A 4) A 5) C 6) D 7) C 8) D 9) B 10) C
11) C 12) C 13) D 14) B 15) D 16) B 17) B 18) D 19) C 20) C
21) D 22) C 23) D 24) C 25) B 26) A 27) A 28) C 29) B 30) C
31) A 32) C 33) E 34) B 35) D 36) A 37) C 38) B 39) C 40) A
41) A 42) A 43) E 44) C 45) A 46) B 47) B 48) C 49) D 50) B

81
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

3 - DIREITO CONSTITUCIOAL

3.1 DOS PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS


1ª QUESTÃO – Sobre o contido na Constituição da República Federativa do Brasil
de 1988, avalie as assertivas abaixo:
I. Garantir o desenvolvimento nacional é um dos fundamentos da República
Federativa do Brasil.
II. Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público,
independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião
anteriormente convocada para o mesmo local, dispensando-se prévio aviso à
autoridade competente.
III. O pluralismo político é um dos fundamentos da República Federativa do Brasil.
IV. Promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, Idade e
quaisquer outras formas de discriminação constitui um dos objetivos fundamentais
da República Federativa do Brasil.
V. A concessão de asilo político é um dos princípios que rege a República Federativa
do Brasil nas suas relações internacionais.
São CORRETAS as assertivas:
A. ( ) I, IV e V apenas.
B. ( ) II e III apenas.
C. ( ) III, IV e V apenas.
D. ( ) II, III e IV apenas.

2ª QUESTÃO – A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel


dos Estados, Munícipios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático
de Direito. Com relação aos princípios que regem as relações internacionais do
Brasil, analise as alternativas abaixo:
I. Construção de uma sociedade livre, justa e solidária.
II. Promoção do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor e idade.
III. Repúdio ao terrorismo e ao racismo.
IV. Garantia do desenvolvimento nacional.
V. Solução pacífica dos conflitos.
VI Prevalência dos direitos humanos.
Estão CORRETAS as assertivas:
A. ( ) I, II e IV, apenas.
B. ( ) III, V e VI, apenas.
C. ( ) II, IV e VI, apenas.
D. ( ) Todas estão corretas.

3ª QUESTÃO – O Título I da Constituição Federal é nominado “Dos Princípios


Fundamentais”. Com base no presente Título, marque a opção CORRETA:
A. ( ) A erradicação da pobreza e da marginalização e a redução das desigualdades
sociais e regionais é um dos princípios ao qual o Brasil rege em suas relações
internacionais.
B. ( ) Todo o poder emana do povo, que o exerce exclusivamente por meio de
representantes eleitos, nos termos desta Constituição.
C. ( ) O pluralismo político é um dos fundamentos da República Federativa do Brasil.

82
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) O Legislativo, o Executivo, o Judiciário e o Ministério Público são Poderes da


União, independentes e harmônicos entre si.

4ª QUESTÃO – Marque a resposta que contém todos os fundamentos da República


Federativa do Brasil:
A. ( ) A soberania; o Legislativo; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais
do trabalho e da livre iniciativa; o pluralismo político.
B. ( ) A soberania; a cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais
do trabalho e da livre iniciativa; o pluralismo político.
C. ( ) A soberania; a cidadania; a construção de uma sociedade livre, justa e político.
D. ( ) A soberania; a cidadania; a dignidade da pessoa humana; os valores sociais
do trabalho e da livre iniciativa; a prevalência dos direitos humanos.

5ª QUESTÃO – De acordo com os princípios fundamentais previstos na Constituição


da República Federativa do Brasil de 1988, assinale a alternativa CORRETA:
A. ( ) São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Judiciário, o
Ministério Público, a Advocacia-Geral da União e a Defensoria Pública.
B. ( ) A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados
e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e
tem como um de seus fundamentos a cidadania.
C. ( ) Constitui um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil a
solução pacífica dos conflitos.
D. ( ) Constitui um princípio da República Federativa do Brasil que rege as suas
relações internacionais promover o bem de todos, sem preconceitos de origem,
raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

6ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Um dos objetivos fundamentais


da República Federativa do Brasil, contidos no artigo 3º da Constituição Federal de
1988 é:
A. ( ) Garantir o desenvolvimento nacional.
B. ( ) Apoiar o pluralismo político.
C. ( ) Promover a dignidade da pessoa humana.
D. ( ) Desenvolver a cidadania.

7ª QUESTÃO - Nos termos da Constituição da República Federativa do Brasil de


1988, analise as assertivas abaixo e marque a opção CORRETA que apresenta um
dos Objetivos Fundamentais da República Federativa do Brasil, elencados no art. 3º
desta:
A. ( ) A soberania.
B. ( ) Construir uma sociedade livre, justa e solidária.
C. ( ) A dignidade da pessoa humana.
D. ( ) A cidadania

8ª QUESTÃO - Para os direitos e garantias individuais previstos no art. 5 º da


Constituição Federal de 1988, podemos dizer que são:
A. ( ) Relativos.
B. ( ) Absolutos.
C. ( ) Fundamentais.
D. ( ) Desnecessários.

83
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

9ª QUESTÃO -. A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, em seu


artigo 3º, cita quais são seus objetivos fundamentais. Marque a alternativa que
apresenta um desses objetivos fundamentais:
A. ( ) garantir o desenvolvimento nacional.
B. ( ) cooperação entre os povos para o progresso da humanidade.
C. ( ) valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
D. ( ) prevalência dos direitos humanos.

10a QUESTÃO - O artigo 1º da Constituição Brasileira agasalha princípios


orientadores, esposam valores fundamentais. São fundamentos desse artigo,
EXCETO:
A. ( ) A soberania.
B. ( ) A dignidade da pessoa humana.
C. ( ) Os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
D. ( ) A segurança pública.

11ª QUESTÃO – CONSTITUI objetivo fundamental da República Federativa


o Brasil:
A. garantir o desenvolvimento internacional.
B. radicar a pobreza e a marginalização.
C. reduzir as desigualdades sociais e regionais.
D. promover cooperação entre os povos para o progresso da humanidade.

12ª QUESTÃO –Assinale a alternativa correta, considerando-se o texto


constitucional.
A. ( ) A República Federativa do Brasil constitui Estado Democrático de Direito e tem
como fundamento, entre outros, o pluralismo político.
B. ( )Constitui objetivo fundamental da República Federativa do Brasil, entre outros,
promover os valores sociais do trabalho e os da livre-iniciativa.
C. ( ) O lazer não está incluído no rol dos direitos sociais.
D. ( ) A criação de cooperativas depende de autorização, na forma da lei.
E. ( )No caso de iminente perigo, não se assegurando indenização ulterior em caso
de dano de pequena monta, a autoridade competente poderá usar de propriedade
particular.

13ª QUESTÃO – De acordo com o art. 1º da Constituição Federal, a República


Federativa do Brasil é formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e
do Distrito Federal, constituindo-se em Estado Democrático de Direito que se baseia
nos seguintes fundamentos:
A. ( ) Soberania, civilidade, dignidade da pessoa humana, pluralismo partidário,
valores sociais do trabalho e da livre iniciativa.
B. ( ) Cidadania, soberania, dignidade da pessoa humana, valorização do trabalho,
fraternidade e pluralismo político.
C. ( )Fraternidade, cidadania, soberania, prevalência dos direitos humanos e
igualdade entre os Estados.
D. ( ) Dignidade da pessoa humana, valores sociais do trabalho e da livre iniciativa,
pluralismo político, cidadania e soberania.
E. ( ) Soberania, cidadania, dignidade da pessoa humana, valores sociais do
trabalho e da livre iniciativa, defesa da paz e pluralismo partidário.

84
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

14ª QUESTÃO- NÃO se constitui um objetivo fundamental da República Federativa


do Brasil:
A. ( ) Promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade
e quaisquer outras formas de discriminação.
B. ( ) Prevalência dos direitos humanos.
C. ( ) Garantir o desenvolvimento nacional.
D. ( ) Erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e
regionais.
E. ( ) Construir uma sociedade livre, justa e solidária.

15ª QUESTÃO- Considere os símbolos nacionais:


I. língua portuguesa. II. bandeira nacional. III. hino nacional.
IV. armas nacionais. V. selo nacional.
A. ( ) I, III, IV e V.
B. ( ) II, III, IV e V.
C. ( ) I, II, III e IV.
D. ( ) I, II, III e V.
E. ( ) I, II, IV e V.

16ª QUESTÃO- Acerca dos princípios fundamentais previstos na CF, julgue os itens
a seguir.
I - O poder que emana do povo será exercido somente por meio de seus
representantes eleitos.
II - O Brasil rege-se, nas relações internacionais, pelos princípios da intervenção e
da negativa de asilo político.
III - São objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil a erradicação da
pobreza e da marginalização e a redução das desigualdades sociais.
IV - A República Federativa do Brasil visa à formação de uma comunidade latino-
americana de nações por meio da integração econômica, política, social e cultural
dos povos da América Latina.
Estão certos apenas os itens
A. ( ) I e III.
B. ( ) II e IV.
C. ( ) III e IV.
D. ( ) I, II e III.
E. ( ) I, II e IV.

17ª QUESTÃO - De acordo com a Constituição Federal de 1988, ao tratar dos


princípios constitucionais do Estado Brasileiro, a República Federativa do Brasil
rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios:
1. solução pacífica dos conflitos.
2. não-intervenção.
3. não concessão de asilo político.
4. autodeterminação dos povos.
Assinale a alternativa que indica todas as afirmativas corretas.
A. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 3.
B. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1, 2 e 4.
C. ( ) São corretas apenas as afirmativas 1, 3 e 4.
D. ( ) São corretas apenas as afirmativas 2, 3 e 4.
E. ( ) São corretas as afirmativas 1, 2, 3 e 4.

85
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

18ª QUESTÃO - Nos termos que se encontra previsto(a) na Constituição Federal de


1988, NÃO pode ser considerado(a) como fundamento da República Federativa do
Brasil:
A. ( ) soberania.
B. ( ) cidadania.
C. ( ) dignidade da pessoa humana.
D. ( )defesa da paz.
E. ( )pluralismo político.

19ª QUESTÃO - Nos termos da Constituição Federal de 1988, sobre os princípios


fundamentais, é correto afirmar que:
A. ( ) são poderes da União, dependentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o
Executivo e o Judiciário.
B. ( ) a República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelo
princípio da proibição de asilo político.
C. ( ) a República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelo
princípio da intervenção.
D. ( ) a República Federativa do Brasil tem como fundamento o pluralismo político.
E. ( ) constitui objetivo fundamental da República Federativa do Brasil erradicar a
pobreza e a marginalidade e reduzir somente as desigualdades regionais.

20ª QUESTÃO - Quanto aos princípios fundamentais contidos na Constituição


Federal, assinale a alternativa INCORRETA.
A. ( ) As relações internacionais da República Federativa do Brasil são regidas pela
prevalência dos direitos humanos.
B. ( ) Dentre os objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil,
encontramos a erradicação da pobreza e da marginalização, bem como a redução
das desigualdades regionais.
C. ( ) A igualdade entre Estados foi recepcionada na Constituição Federal na esfera
das relações internacionais.
D. ( ) A Constituição Federal acolheu os valores do trabalho e da livre iniciativa como
um de seus fundamentos.
E. ( ) A garantia do desenvolvimento nacional caracteriza-se como um dos
fundamentos da República Federativa do Brasil, conforme preceito constitucional.

21ª QUESTÃO - Os objetivos fundamentais da república brasileira são metas que o


Estado deve promover com força vinculante e imediata, servindo como norte a ser
seguido em toda e qualquer atividade estatal. Nessa acepção, a Constituição
Federal aponta, expressamente, como objetivo fundamental a promoção
A. ( ) do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo e cor.
B. ( ) de uma sociedade livre, justa e solidária com repúdio ao racismo e ao
terrorismo.
C. ( ) da erradicação da miséria e da marginalização e da redução da desigualdade
nacional.
D. ( ) da autodeterminação dos povos e dos direitos humanos.

22ª QUESTÃO - Constituem objetivos fundamentais da República do Brasil,


EXCETO:
A. ( ) A construção de uma sociedade livre, justa e solidária.
B. ( ) A garantia do desenvolvimento nacional, a erradicação da pobreza e da
marginalização e a redução das desigualdades sociais e regionais.

86
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) a promoção do bem de todos, sem preconceito de origem, raça, sexo, cor


idade e quaisquer outras formas de discriminação.
D. ( ) A defesa da paz, o repúdio ao terrorismo e a independência nacional.

23ª QUESTÃO - Levando em consideração os itens abaixo, assinale a alternativa


que contém apenas objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:
I) construir uma sociedade livre, justa e solidária;
II) repudiar ao terrorismo e ao racismo;
III) conceder asilo político;
IV) garantir a independência nacional.

A. ( ) I e II
B. ( ) Apenas I
C. ( ) II e IV
D. ( ) III e IV
E. ( ) I, II e IV

24ª QUESTÃO - Conforme dispõe a Constituição Federal em relação aos Princípios


Fundamentais, assinale a alternativa correta.
A. ( ) A cidadania e a soberania são princípios que regem as relações internacionais
do Brasil.
B. ( ) Todo poder emana do povo, que o exerce por meio de seus representantes
eleitos indiretamente, nos termos da Constituição.
C. ( ) São Poderes da União, dependentes e interligados entre si, o Legislativo e o
Judiciário.
D. ( ) Os valores sociais do trabalho e o repúdio ao terrorismo constituem objetivos
da República Federativa do Brasil.
E. ( ) A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política,
social e cultural entre os povos da América Latina, visando à formação de uma
comunidade latino-americana de nações.

25ª QUESTÃO Nas suas relações internacionais, a República Federativa do Brasil


rege-se por diversos princípios, tais como
A. ( ) o desenvolvimento nacional e os valores sociais da livre iniciativa.
B. ( ) a soberania e a cidadania.
C. ( ) o pluralismo político e a igualdade entre os Estados.
D. ( ) o repúdio ao terrorismo e a erradicação da pobreza.
E. ( ) a prevalência dos direitos humanos e a defesa da paz.

GABARITO PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS


1) C 2) B 3) C 4) B 5) B
6) A 7) B 8) C 9) A 10) D
11) C 12) A 13) D 14) B 15) B
16) C 17) B 18) D 19) D 20) E
21) A 22) D 23) B 24) E 25) E

87
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

3.2 DOS DIREITOS E GARANTIAS


FUNDAMENTAIS
1ª QUESTÃO – Nas assertivas abaixo, marque “V” se for verdadeira ou “F” se for
falsa. A seguir, marque a alternativa que contém a sequência de respostas
CORRETA, de acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil de
1988:
( ) É livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação,
independentemente de censura ou licença.
( ) É inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telegráficas, de
dados e das comunicações telefônicas, salvo, em todos os casos, por ordem judicial,
nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal ou
instrução processual penal.
( ) A lei punirá qualquer discriminação atentatória dos direitos e liberdades
fundamentais.
( ) Constitui crime afiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis ou
militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático.
A. ( ) F,F,V,V.
B. ( ) V,F,V,F.
C. ( ) V,V,F,V.
D. ( ) F,V,F,F.

2ª QUESTÃO – De acordo com o art. 14, da Constituição da República Federativa


do Brasil de 1988, que trata “dos direitos políticos”, marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) Podem alistar-se como eleitores os estrangeiros e, durante o período do
serviço militar obrigatório, os conscritos.
B. ( ) É exigido a idade mínima de 30 (trinta) anos para se eleger Senador.
C. ( ) O mandato eletivo poderá ser impugnado ante a Justiça Eleitoral no prazo de
quinze dias contados da diplomação, instruída a ação com provas de abuso do
poder econômico, corrupção ou fraude.
D. ( ) A lei que alterar o processo eleitoral entrará em vigor na data de sua
publicação, não se aplicando à eleição que ocorra até dois anos da data de sua
vigência.

3ª QUESTÃO – Sobre os direitos e deveres individuais e coletivos, é CORRETO


afirmar que:
A. ( ) todos podem reunir-se pacificamente, com armas, em locais abertos ao
público, independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião
anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à
autoridade competente.
B. ( ) a criação de associações e, na forma da lei, a de cooperativas dependem de
autorização, sendo obrigatória a interferência estatal em seu funcionamento.
C. ( ) a lei assegurará aos autores de inventos industriais privilégio temporário para
sua utilização, bem como proteção às criações industriais, à propriedade das
marcas, aos nomes de empresas e a outros signos distintivos, tendo em vista o
interesse social e o desenvolvimento tecnológico e econômico do País.
D. ( ) a pequena propriedade rural, assim definida em lei, mesmo trabalhada pela
família, pode ser objeto de penhora para pagamento de débitos decorrentes de sua
atividade produtiva, dispondo a lei sobre os meios de financiar o seu
desenvolvimento.

88
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

4ª QUESTÃO - Nos termos da Constituição Federal de 1988, marque a alternativa


CORRETA:
A. ( ) A Constituição poderá ser emendada na vigência de intervenção federal, de
estado de defesa ou de estado de sítio.
B. ( ) É competência privativa da União o estabelecimento e a implantação de
políticas de educação para a segurança no trânsito.
C. ( ) São de iniciativa privativa do Congresso Nacional as leis que fixem ou
modifiquem os efetivos das Forças Armadas.
D. ( ) Ninguém será preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e
fundamentada de autoridade judiciária competente, salvo nos casos de
transgressão militar ou crime propriamente militar, definidos em lei.

5ª QUESTÃO - De acordo com a Constituição Federal de 1988, marque a alternativa


CORRETA:
A. ( ) O militar alistável é elegível, independentemente do seu tempo de serviço, e
se eleito será agregado pela autoridade superior sendo-lhe facultado optar pela sua
remuneração.
B. ( ) O militar alistável é elegível se contar menos de dez anos de serviço, deverá
afastar-se da atividade; se contar mais de dez anos de serviço, será agregado pela
autoridade superior e, se eleito, passará automaticamente, no ato da diplomação,
para a inatividade.
C. ( ) O militar do serviço ativo, no exercício do mandato eletivo e havendo
compatibilidade de horários, perceberá as vantagens de seu posto ou graduação,
sem prejuízo da remuneração do cargo eletivo.
D. ( ) O militar estadual somente terá que afastar do seu cargo se for investido no
mandato de Prefeito, haja vista a incompatibilidade de horários para o exercício de
ambos os cargos.

6ª QUESTÃO – Sobre a nacionalidade, nos termos da Constituição da República


Federativa do Brasil de 1988, analise as seguintes assertivas:
I - São brasileiros natos os nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que
de pais estrangeiros, desde que estes não estejam a serviço de seu país e os
nascidos no estrangeiro, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde que sejam
registrados em repartição brasileira competente, ou venham a residir na República
Federativa do Brasil antes da maioridade e, alcançada esta, optem, em qualquer
tempo, pela nacionalidade brasileira.
II - São brasileiros naturalizados os que, na forma da lei, adquiram a nacionalidade
brasileira, exigidas aos originários de países de língua portuguesa apenas
residência por um ano ininterrupto e idoneidade moral, e os estrangeiros de qualquer
nacionalidade, residentes na República Federativa do Brasil há mais de quinze anos
ininterruptos e sem condenação penal, desde que requeiram a nacionalidade
brasileira.
III - Não será declarada a perda da nacionalidade do brasileiro que adquirir outra
nacionalidade, em caso de reconhecimento de nacionalidade originária pela lei
estrangeira ou de imposição de naturalização, pela norma estrangeira, ao brasileiro
residente em estado estrangeiro, como condição para permanência em seu território
ou para o exercício de direitos civis.
IV - Nenhum brasileiro nato ou naturalizado será extraditado, salvo em caso de
comprovado envolvimento em tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, na
forma da lei, bem como não será concedida extradição de estrangeiro por crime
político ou de opinião.

89
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

Marque a alternativa CORRETA:


A. ( ) Somente I, II e IV estão corretas.
B. ( ) Somente I e III estão corretas.
C. ( ) Somente II e III estão corretas.
D. ( ) Somente II e IV estão corretas.

7ª QUESTÃO – De acordo com os direitos e garantias fundamentais previstos na


Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 é CORRETO afirmar que:
A. ( ) É livre a manifestação do pensamento, sendo consentido apenas o anonimato.
B. ( ) A casa é asilo inviolável do indivíduo e ninguém nela nunca pode penetrar
durante a noite.
C. ( ) Ninguém será preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e
fundamentada de autoridade judiciária competente, salvo nos casos de
transgressão militar ou crime propriamente militar, definidos em lei.
D. ( ) O preso poderá ser informado de seus direitos, entre os quais o de permanecer
quieto, sendo-lhe assegurado a assistência de defensor constituído às expensas do
Estado.

8ª QUESTÃO – De acordo com os direitos e garantias fundamentais previstos na


Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, assinale a alternativa
CORRETA:
A. ( ) O Estado indenizará o condenado por erro judiciário, assim como o que ficar
preso além do tempo fixado na sentença.
B. ( ) Ninguém será levado à prisão ou nela mantido, quando a lei admitir a prisão
preventiva ou a prisão temporária.
C. ( ) O Estado prestará assistência jurídica integral e onerosa aos que comprovarem
insuficiência de recursos logísticos.
D. ( ) A todos, no âmbito judicial e administrativo, são defesos a razoável duração
do processo e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação

9ª QUESTÃO - Nos termos da Constituição Federal de 1988, marque a alternativa


que contém dispositivo legal aplicável aos militares estaduais:
A. ( ) O militar inalistável é elegível, se para sua candidatura for agregado pela
autoridade superior independente do tempo de serviço que possuir, e, se eleito,
passará automaticamente, no ato da diplomação para a situação de reformado.
B. ( ) O militar da ativa investido no mandato de Prefeito, será afastado do cargo
militar, sendo-lhe facultado optar pela sua remuneração.
C. ( ) O militar da ativa investido no mandato de Vereador, havendo compatibilidade
de horários, perceberá as vantagens de seu cargo, sem prejuízo da remuneração
do cargo eletivo, e, não havendo compatibilidade, será afastado do cargo, sendo-
lhe facultado optar pela sua remuneração.
D. ( ) O militar alistável é elegível, atendidas as seguintes condições: se contar mais
de dez anos de serviço, será agregado pela autoridade superior e, se eleito, passará
automaticamente, no ato da diplomação, para a inatividade
10ª QUESTÃO – De acordo com os princípios fundamentais previstos na
Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, assinale a alternativa
CORRETA:
A. ( ) São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Judiciário, o
Ministério Público, a Advocacia-Geral da União e a Defensoria Pública.

90
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados


e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e
tem como um de seus fundamentos a cidadania.
C. ( ) Constitui um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil a
solução pacífica dos conflitos.
D. ( ) Constitui um princípio da República Federativa do Brasil que rege as suas
relações internacionais promover o bem de todos, sem preconceitos de origem,
raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

11ª QUESTÃO – No artigo 5º da Constituição Federal estão previstos os “Direitos e


deveres individuais e coletivos”. Baseando-se no artigo constitucional em questão,
marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) A prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena
de reclusão, nos termos da lei.
B. ( ) Conceder-se-á habeas data sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado
de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou
abuso de poder.
C. ( ) Constitui crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis
ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado democrático.
D. ( ) A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem
consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para
prestar socorro, ou, durante o dia, por determinação judicial.

12ª QUESTÃO – Nas assertivas abaixo, marque “V” se for verdadeira ou “F” se for
falsa, em relação ao contido na Constituição da República Federativa do Brasil de
1988 de acordo com os direitos e deveres individuais e coletivos.
( ) Salvo no caso de flagrante delito, ninguém será submetido a tratamento
desumano ou degradante.
( ) É assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas
entidades civis e militares de internação coletiva.
( ) É inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telegráficas, de
dados e das comunicações telefônicas, salvo, em último caso, por ordem judicial,
nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal ou
instrução processual penal.
( ) No caso de iminente perigo público, a autoridade competente poderá usar de
propriedade particular, assegurada ao proprietário indenização ulterior, se houver
dano.
Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas:
A. ( ) F, V, V, V.
B. ( ) V, F, V, V.
C. ( ) F, F, V, F.
D. ( ) F, V, V, F.

13ª QUESTÃO – Conforme a Constituição da República Federativa do Brasil de


1988, em relação aos direitos e deveres individuais e coletivos, marque a alternativa
INCORRETA:
A. ( ) A lei punirá qualquer discriminação atentatória dos direitos e liberdades
fundamentais.
B. ( ) Constitui crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis
ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático.
C. ( ) A lei penal retroagirá para beneficiar ou aplicar penalidade mais gravosa ao
réu.

91
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Ninguém será privado da liberdade ou de seus bens sem o devido processo


legal.

14ª QUESTÃO – “No Japão, considerado modelo de desenvolvimento, os jovens


representam 42,6% dos infratores, e a idade de imputabilidade penal é de 20 anos”
De acordo com o previsto na Constituição da República Federativa do Brasil,
podemos afirmar que:
A. ( ) quando da aplicação de qualquer medida privativa da liberdade não deve ser
observado a condição peculiar de pessoa em desenvolvimento que é a criança e o
adolescente.
B. ( ) são penalmente inimputáveis os menores de dezoito anos, sujeitos às normas
do código penal.
C. ( ) são penalmente inimputáveis os menores de dezoito anos, sujeitos às normas
da legislação especial.
D. ( ) são penalmente inimputáveis os menores de 21 (vinte e um) anos.
15a QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Arnaldo é sargento da Polícia
Militar, possuindo 22 (vinte e dois) anos de serviço e deseja se candidatar ao cargo
de Deputado Estadual, nas próximas eleições. De acordo com a Constituição da
República Federativa do Brasil, Arnaldo poderá se candidatar, desde que atendida
a seguinte condição:
A. ( ) deverá se afastar da atividade.
B. ( ) deverá passar automaticamente para a inatividade.
C. ( ) deverá ser agregado pela autoridade superior.
D. ( ) deverá ser afastado do serviço operacional ( na rua ) devendo ser empenhado
apenas no serviço administrativo
16ª QUESTÃO – Em relação aos direitos e deveres individuais e coletivos previstos
na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, marque “V” para a(s)
assertiva(s) verdadeira(s) e “F” para a(s) falsa(s) e, ao final, responda o que se pede.
( )Conceder-se-á habeas corpus sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado
de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou
abuso de poder.
( )Não haverá prisão civil por dívida, salvo a do responsável pelo inadimplemento
voluntário e inescusável de obrigação de impostos e a do depositário fiel.
( )Conceder-se-á mandado de segurança para proteger direito líquido e certo, não
amparado por habeas corpus ou habeas data, quando o responsável pela
ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica
no exercício de atribuições do Poder Público.
( )Conceder-se-á habeas data para fins de trancamento de ação penal abusiva.
( )Conceder-se-á mandado de injunção sempre que a falta de norma
regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais
e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à cidadania.
Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas, na ordem
de cima para baixo.
A. ( ) V, F, V, V, V.
B. ( ) V, F, V, F, V.
C. ( ) F, V, V, V, F.
D. ( ) F, V, V, V, F

17ª QUESTÃO – Nos termos da Constituição da República Federativa do


Brasil/1988, marque “V” para a(s) assertiva(s) verdadeira(s) e “F” para a(s) falsa(s)
e, ao final, responda o que se pede.

92
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

( )São direitos dos trabalhadores urbanos garantia de salário, nunca inferior ao


mínimo, salvo para os que percebem remuneração variável.
( )São direitos dos trabalhadores jornada de oito horas para o trabalho realizado em
turnos ininterruptos de revezamento, independente de negociação coletiva.
( )São direitos dos trabalhadores urbanos e rurais, além de outros que visem à
melhoria de sua condição social, relação de emprego protegida contra despedida
arbitrária ou sem justa causa, nos termos de lei complementar, que preverá
indenização compensatória, dentre outros direitos.
( )É livre a associação profissional ou sindical, observado, dentre outros, o seguinte:
a lei não poderá exigir autorização do Estado para a fundação de sindicato,
ressalvado o registro no órgão competente, vedadas ao Poder Público a
interferência e a intervenção na organização sindical.
( )É proibida a participação dos sindicatos nas negociações coletivas de trabalho.

Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas, na ordem


de cima para baixo.
A. ( ) V, V, F, F, V.
B. ( ) F, F, F, V, F.
C. ( ) V, V, V, F, V.
D. ( ) F, F, V, V, F.

18ª QUESTÃO – Nos termos da Constituição da República Federativa do Brasil de


1988, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Qualquer cidadão é parte legítima para propor ação civil pública que vise a
anular ato lesivo ao patrimônio público ou de entidade de que o Estado participe, à
moralidade administrativa, ao meio ambiente e ao patrimônio histórico e cultural,
ficando o autor, salvo comprovada má-fé, isento de custas judiciais e do ônus da
sucumbência.
B. ( ) É função institucional do Ministério Público promover o inquérito civil e a ação
popular, para a proteção do patrimônio público e social, do meio ambiente e de
outros interesses difusos e coletivos.
C. ( ) Conceder-se-á "habeas-corpus" sempre que alguém sofrer ou se achar
ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por ação
ou omissão do poder público.
D. ( ) Conceder-se-á mandado de injunção sempre que a falta de norma
regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e liberdades constitucionais
e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à soberania e à cidadania.

19a QUESTÃO – Trata-se de direito social previsto na Constituição da República


Federativa do Brasil:
A. ( ) direito de herança.
B. ( ) aposentadoria.
C. ( ) direito de propriedade.
D. ( ) a gratuidade do registro civil de nascimento.

20a QUESTÃO – Observe as frases abaixo, assinalando V, para as verdadeiras F,


para as falsas, e marcando a opção correspondente:
A Constituição da República Federativa do Brasil, de 1988, prevê que:
I. Em hipótese alguma, haverá pena de morte e nenhuma pena passará da pessoa
do condenado.

93
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

II. São direitos e garantias fundamentais do preso: permanecer calado, sendo-lhe


assegurada a assistência da família e de advogado; a identificação dos
responsáveis por sua prisão ou por seu interrogatório policial.
III. São inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos, salvo nos
casos de relevante valor social.
IV. Constitui crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis ou
militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático.
A. ( ) F, F, V, V.
B. ( ) F, V, F, V.
C. ( ) V, V, F, V.
D. ( ) V, F, V, F.

21ª QUESTÃO – A respeito dos direitos e deveres individuais e coletivos previstos


na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 e, tendo-se por
referência a atividade policial militar, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) A casa é asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar sem o
consentimento do morador, salvo em caso de flagrante delito ou desastre, ou para
prestar socorro, ou por determinação judicial, sendo dia ou noite.
B. ( ) Ninguém será preso senão em flagrante delito ou por ordem escrita e
fundamentada de autoridade judiciária competente, salvo nos casos de
transgressão militar ou crime propriamente militar, definidos em lei.
C. ( ) Constitui crime inafiançável e imprescritível a prática da tortura, o tráfico ilícito
de entorpecentes, o terrorismo e a ação de grupos armados, civis ou militares, contra
a ordem constitucional e o Estado Democrático.
D. ( ) Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao
público, desde que autorizado pelo órgão municipal e/ou policial competente e
desde que não frustrem outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local.

22ª QUESTÃO – Com relação aos direitos e garantias fundamentais previstos na


Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, marque “V” para a(s)
assertiva(s) verdadeira(s) e “F” para a(s) assertiva(s) falsa(s) e, ao final, responda o
que se pede:
( ) Sem o consentimento do morador, somente é possível penetrar na casa, asilo
inviolável do indivíduo, durante o dia, por determinação judicial.
( ) Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público,
independentemente de autorização, desde que não frustrem outra reunião
anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à
autoridade competente.
( ) A prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito à pena
de reclusão, nos termos da lei.
( ) A prática do crime de tortura constitui crime inafiançável e imprescritível, sujeito
à pena de reclusão e perda da função do agente público, nos termos da lei.
Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas, na ordem
de cima para baixo:
A. ( ) F, V, V, V.
B. ( ) F, V, V, F.
C. ( ) V, F, F, V.
D. ( ) F, V, F, V.

23ª QUESTÃO – De acordo com a Constituição Federal de 1988, o princípio da


inviolabilidade da casa, segundo o qual ninguém nela pode penetrar sem o
consentimento do morador, é excetuado na seguinte hipótese:

94
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) para prestar socorro ou, durante o dia, por determinação judicial.


B. ( ) em caso de flagrante delito ou, em qualquer horário, por determinação judicial.
C. ( ) em caso de desastre ou, em qualquer horário, por determinação judicial.
D. ( ) na vigência do estado de defesa, em qualquer ponto do território nacional.

24ª QUESTÃO - Segundo a Constituição da República de 1988, assinale a


alternativa CORRETA:
A. ( ) A casa é o asilo inviolável do indivíduo, ninguém nela podendo penetrar, em
hipótese alguma, sem o consentimento do morador.
B. ( ) Não haverá pena de trabalhos forçados, salvo nos casos de guerra externa.
C. ( ) São admissíveis, no processo, provas obtidas por meios ilícitos.
D. ( ) Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado da sentença penal
condenatória.

25ª QUESTÃO - Qual das generalizações abaixo é verdadeira em relação à


Constituição?
A. ( ) Não haverá pena de morte.
B. ( ) Nenhum brasileiro será extraditado.
C. ( ) O civilmente identificado não será submetido à identificação criminal.
D. ( ) São inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos.

26ª QUESTÃO – “A”, Policial Militar da ativa, candidatou ao cargo eletivo de


vereador nas eleições municipais de sua cidade. Para ser considerado alistável e
elegível deverá atender determinadas condições. Com base na Constituição da
República Federativa do Brasil de 1988, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) se “A” contar mais de dez anos de serviço, será agregado pela autoridade
subordinada pelo prazo de 30 dias.
B. ( ) se “A” for eleito, passará automaticamente, no ato da diplomação, para a
atividade remunerada.
C. ( ) “A” não pode candidatar, pois durante o período do serviço na Polícia Militar é
considerado conscrito.
D. ( ) se “A” contar menos de dez anos de serviço, deverá afastar-se da atividade.

27ª QUESTÃO – De acordo com a Constituição Federal de 1988 a liberdade de


reunião pacífica, sem armas, em locais abertos ao público, e desde que não frustre
outra reunião anteriormente convocada para o mesmo local:
A. ( ) está condicionada à autorização prévia da autoridade competente, caso
programada para município com mais de um milhão de habitantes.
B. ( ) independe de autorização, mas exige prévio aviso à autoridade competente.
C. ( ) na vigência do estado de defesa, não poderá sofrer restrições caso não
exercida no seio de associação profissional.
D. ( ) na vigência do estado de sítio, poderá ser suspensa por decisão do Conselho
da República e do Senado Federal.

28ª QUESTÃO – No que se refere aos direitos e deveres individuais e coletivos,


previstos na Constituição Federal, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) a lei não poderá, em hipótese alguma, restringir a publicidade dos atos
processuais.
B. ( ) no caso de crime militar próprio, o militar poderá ser preso, mesmo que não
esteja em flagrante delito ou com ordem escrita de autoridade judiciária competente.

95
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) as ações de “habeas corpus”, “habeas data” e mandado de segurança são


gratuitas.
D. ( ) a lei não prejudicará o direito adquirido, o ato jurídico perfeito e o processo
iniciado judicialmente

29ª QUESTÃO – Segundo o art. 5º, inciso XLVI, da Constituição da República


Federativa do Brasil de 1988, a lei regulará a individualização da pena e adotará
algumas penas. Dentre as alternativas abaixo marque a pena que está prevista no
referido inciso do citado artigo:
A. ( ) Suspensão ou interdição de direitos.
B. ( ) Pena de caráter perpétuo.
C. ( ) Trabalhos forçados.
D. ( ) Banimento.

30ª QUESTÃO - Como medida judicial e constitucional contra ato arbitrário da


autoridade pública, não amparado pelo habeas corpus ou habeas data, definimos
com correto o seguinte:
A. ( ) Ação Civil Pública.
B. ( ) Mandado de Segurança.
C. ( ) Ação Popular.
D. ( ) Mandado de Injunção.

31ª QUESTÃO - O porte ilegal de armas exclusivas das Forças Armadas


caracteriza-se como:
A. ( ) Contravenção Penal.
B. ( ) Peculato.
C. ( ) Crime.
D. ( ) Subrrogação.

32ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA, com fulcro no artigo 5º, da


Constituição Federal de 1988:
A. ( ) É inviolável o sigilo da correspondência e das comunicações telegráficas, de
dados e das comunicações telefônicas, salvo, em todos os casos, por ordem judicial,
nas hipóteses e na forma que a lei estabelecer para fins de investigação criminal ou
instrução processual penal.
B. ( ) Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao
público, dependente de autorização, desde que não frustrem outra reunião
anteriormente convocada para o mesmo local, sendo apenas exigido prévio aviso à
autoridade competente.
C. ( ) Nenhuma pena passará da pessoa do condenado, podendo a obrigação de
reparar o dano e a decretação do perdimento de bens ser, nos termos da lei,
estendidas aos sucessores e contra eles executadas, até o limite do valor do
patrimônio transferido.
D. ( ) A prática do racismo constitui crime afiançável e imprescritível, sujeito à pena
de reclusão, nos termos da lei.

33ª QUESTÃO – Com relação aos Direitos Civis e Políticos, É FALSA a


seguinte afirmativa:
A. ( ) todo indivíduo tem direito à liberdade e à segurança de sua pessoa.
B. ( ) todo indivíduo preso será informado, no momento do fato, das razões
dessa detenção.
C. ( ) ninguém pode ser objeto de prisão ou detenção arbitrária.

96
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) todo indivíduo ilegalmente preso não terá o direito a compensação.

34ª QUESTÃO – Assinale a opção FALSA no que se refere às principais


características dos direitos fundamentais:
A. ( ) os direitos humanos fundamentais não se perdem com o passar do
tempo.
B. ( ) os direitos fundamentais não se transferem de uma pessoa para outra.
C.( ) os direitos fundamentais não podem ser desrespeitados por nenhuma lei
ou autoridade.
D. ( ) os direitos fundamentais aplicam-se apenas a alguns indivíduos
representantes do Estado

35ª QUESTÃO – Quanto ao papel da polícia face aos direitos fundamentais É


FALSA a afirmativa:
A. ( ) a polícia é uma instituição de serviço à cidadania.
B. ( ) direitos humanos, segurança pública e cidadania são temas antagônicos.
C. ( ) a polícia é necessária para manutenção e preservação do estado
democrático.
D. ( ) direitos humanos, cada vez mais, está relacionado à polícia.

36ª QUESTÃO – A Constituição do Brasil prevê que "todos são iguais perante
a lei, sem distinção de qualquer natureza...", com base nesta premissa, É
ERRADO AFIRMAR que:
A. ( ) os homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos
da Constituição.
B. ( ) o direito à moradia não será concedido aos estrangeiros residentes no país.
C. ( ) ninguém será submetido a tratamento desumano.
D. ( ) e assegurado o livre exercício de cultos religiosos.

37ª QUESTÃO – A assistência à saúde é dever do Estado QUE IMPLICA na


garantia de:
A. ( ) valorização do profissional da educação.
B. ( ) dignidade, gratuidade e boa qualidade no atendimento e tratamento de
saúde.
C. ( ) participação exclusiva de instituições estrangeiras no sistema único de
saúde – SUS.
D. ( ) integralidade na prestação de contas relativas a tratamentos particulares.

38ª QUESTÃO – À luz da Constituição Federal brasileira é CORRETO afirmar


que:
A. ( ) não será admitida ação penal privada nos crimes de ação pública, em hipótese
alguma.
B. ( ) mesmo em caso de guerra não haverá pena de morte ou de caráter perpétuo.
C. ( ) é gratuita para as pessoas reconhecidamente pobres, na forma da lei, a
certidão de casamento cível.
D. ( ) é assegurado a todas as pessoas o acesso à informação, resguardado o sigilo
da fonte, quando necessário ao exercício profissional.

39ª QUESTÃO – Toda criança e adolescente têm o direito à educação,


DEVENDO ao Estado ASSEGURAR:
A. ( ) ensino supletivo, obrigatório e gratuito.
B. ( ) atendimento em creche às criança de zero a seis anos de idade.

97
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) vaga em escolas particulares quando a rede pública não puder


atender a todos.
D. ( ) atendimento educacional especializado às crianças super-dotadas.

40a QUESTÃO -Em conformidade com a Constituição da República


Federativa do Brasil, educação, saúde, trabalho, lazer, segurança,
previdência social, proteção à maternidade e à infância, assistência aos
desamparados, são considerados direitos:
A. ( ) civis.
B. ( ) fundamentais.
C. ( ) políticos.
D. ( ) sociais.

41a QUESTÃO - Quanto aos Direitos Humanos Fundamentais, eles


apresentam algumas características, EXCETO:
A. ( ) são imprescritíveis.
B. ( ) são intermitentes.
C. ( ) são irrenunciáveis.
D. ( ) são inalienáveis.

42a QUESTÃO- À luz da disciplina constitucional dos direitos e garantias


fundamentais,
A. ( ) ninguém será levado à prisão ou nela mantido, quando a lei admitir
a liberdade provisória, com ou sem fiança.
B. ( ) é permitida a extradição de estrangeiro por crime político ou de
opinião.
C. ( ) nenhuma pena passará da pessoa do condenado, podendo a
obrigação de reparar o dano e a decretação do perdimento de bens ser,
nos termos da lei, estendidas aos sucessores e contra eles executadas,
até o limite do valor do dano causado.
D. ( ) conceder-se-á habeas corpus para proteger direito líquido e certo,
não amparado por mandado de segurança ou habeas data, quando o
responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou
agente de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Público.
E. ( ) são inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meio de
interceptação telefônica, ainda que autorizada pela autoridade judicial.

43a QUESTÃO Acerca dos direitos individuais e coletivos, julgue os itens


a seguir.
I-O exercício do direito de reunião em locais abertos ao público depende
de prévia autorização da autoridade competente.
II-As associações só poderão ser compulsoriamente dissolvidas por
decisão judicial com trânsito em julgado.
III-As entidades associativas têm legitimidade para representar seus
filiados judicial ou extrajudicialmente, independentemente de autorização
expressa.
Assinale a opção correta.
A. ( ) Apenas o item I está certo.
B. ( ) Apenas o item II está certo
C. ( ) Apenas os itens I e III estão certos.
D. ( ) Apenas os itens II e III estão certos.
E. ( ) Todos os itens estão certos.

98
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

44a QUESTÃO No que diz respeito aos direitos e deveres individuais e


coletivos previstos no art. 5º da Constituição da República Federativa do
Brasil, analise as seguintes afirmações:
I. O exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão pode ser limitado
por qualificações profissionais estabelecidas em lei.
II. O acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando
necessário ao exercício profissional, é assegurado a todos pela
Constituição.
III. Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos
ao público, desde que não frustrem outra reunião anteriormente
convocada para o mesmo local, sendo apenas exigida prévia autorização
da autoridade competente.
Quais estão corretas?
A. ( ) Apenas I.
B. ( ) Apenas I e II.
C. ( ) Apenas I e III.
D. ( ) Apenas II e III.
E. ( ) I, II e III.

GAB DIREITOS E GARANTIAS FUNDAMENTAIS.

1) B 2) C 3) C 4) D 5) B 6) C 7) C 8) A 9) D 10) B
11) B 12) A 13) C 14) C 15) C 16) B 17) D 18) D 19) B 20) B
21) B 22) B 23) A 24) D 25) D 26) D 27) B 28) B 29) A 30) B
31) C 32) C 33) D 34) D 35) B 36) B 37) B 38) D 39 B 40) D
41) B 42) A 43) B 44) B

99
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

3.3 DA ORGANIZAÇÃO DOS PODERES E


DO ESTADO
1ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Pode propor a ação direta de
inconstitucionalidade e a ação declaratória de constitucionalidade:
A. ( ) Confederação sindical ou entidade de classe de âmbito estadual.
B. ( ) O Procurador-Geral da República.
C. ( ) O Conselho Estadual da Ordem dos Advogados do Brasil
D. ( ) O Procurador-Geral do Estado.

2ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. A Constituição da República


poderá ser emendada mediante proposta:
A. ( ) Do Presidente do Senado.
B. ( ) Do Presidente da Câmara dos Deputados.
C. ( ) De mais da metade das Assembléias Legislativas das unidades da Federação,
manifestando-se, cada uma delas, pela maioria relativa de seus membros.
D. ( ) De dois terços, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados e do
Senado Federal.

3ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Compete ao Conselho Nacional de


Justiça:
A. ( ) Representar ao Ministério Público, no caso de crime contra a administração
pública ou de abuso de autoridade.
B. ( ) Processar e julgar, originariamente o litígio entre Estado estrangeiro ou
organismo internacional e a União, o Estado, o Distrito Federal ou o Território.
C. ( ) Processar e julgar, originariamente a extradição solicitada por Estado
estrangeiro.
D. ( ) Fiscalizar a elaboração anual de relatório estatístico sobre processos e
sentenças prolatadas, por unidade da Federação, nos diferentes órgãos do Poder
Judiciário.

4ª QUESTÃO – Em relação ao Poder Legislativo previsto no Título IV (Organização


dos Poderes) na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, marque a
alternativa CORRETA:
A. ( ) O Senado Federal compõe-se de representantes do povo, eleitos, pelo sistema
proporcional, em cada Estado, em cada Território e no Distrito Federal.
B. ( ) Os Deputados e Senadores, desde a expedição do diploma, serão submetidos
a julgamento perante a Vara da Justiça Federal do Distrito Federal.
C. ( ) A Câmara dos Deputados compõe-se de representantes dos Estados e do
Distrito Federal, eleitos segundo o princípio majoritário.
D. ( ) Desde a expedição do diploma, os membros do Congresso Nacional não
poderão ser presos, salvo em flagrante de crime inafiançável. Nesse caso, os autos
serão remetidos dentro de vinte e quatro horas à Casa respectiva, para que, pelo
voto da maioria de seus membros, resolva sobre a prisão.

5ª QUESTÃO – O Poder Judiciário está previsto no Capítulo III do Título IV


(Organização dos Poderes) na Constituição da República Federativa do Brasil de
1988. Com base no texto constitucional, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Compete ao Superior Tribunal Militar processar e julgar os militares das Forças
Armadas, dos Estados e do Distrito Federal, nos crimes militares definidos em lei e

100
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

as ações judiciais contra atos disciplinares militares, ressalvada a competência do


júri quando a vítima for civil, cabendo ao tribunal competente decidir sobre a perda
do posto e da patente dos oficiais e da graduação das praças.
B. ( ) Compete ao Superior Tribunal de Justiça processar e julgar, originariamente,
nos crimes comuns, os Governadores dos Estados e do Distrito Federal.
C. ( ) O Superior Tribunal de Justiça poderá, de ofício ou por provocação, mediante
decisão de dois terços dos seus membros, após reiteradas decisões sobre matéria
constitucional, aprovar súmula que, a partir de sua publicação na imprensa oficial,
terá efeito vinculante somente em relação à administração pública federal e
municipal.
D. ( ) O Conselho Nacional do Ministério Público é órgão integrante do Poder
Judiciário.

6ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Nos termos da Constituição da


República Federativa do Brasil de 1988, o processo legislativo compreende a
elaboração de:
A. ( ) I - emendas à Constituição; II - leis disciplinares; III - leis ordinárias; IV - leis
delegadas; V - medidas protetivas; VI - decretos do executivo; VII -resoluções.
B. ( ) I - emendas à Constituição; II - leis severas; III - leis ordinárias; IV – leis
delegadas; V – atos provisórios; VI - decretos legislativos; VII – instruções
normativas.
C. ( ) I - emendas à Constituição; II - leis complementares; III - leis ordinárias; IV -
leis delegadas; V - medidas provisórias; VI - decretos legislativos; VII - resoluções.
D. ( ) I – Atos de emendas; II - leis complementares; III - leis benéficas; IV – leis
delegadas; V - medidas provisórias e regulamentares; VI – decretos legislativos; VII
- resoluções.

7ª QUESTÃO - Nos termos da Constituição da República Federativa do Brasil de


1988, os Estados organizarão sua Justiça, observados os princípios estabelecidos
nesta Constituição. A esse respeito, analise as assertivas abaixo e marque a
CORRETA:
A. ( )Compete à Justiça Militar estadual processar e julgar os militares dos Estados,
nos crimes militares definidos em lei e as ações judiciais contra atos disciplinares
militares, incluindo a competência do júri quando a vítima for civil, cabendo ao
Tribunal de Justiça do Estado, mesmo o Estado possuindo Tribunal de Justiça
Militar, decidir sobre a perda do posto e da patente dos oficiais e da graduação das
praças.
B. ( )Compete aos juízes de direito do juízo militar processar e julgar, através do
colegiado, os crimes militares cometidos contra civis, as ações judiciais contra atos
disciplinares militares, e julgar os demais crimes militares.
C. ( )Compete aos juízes de direito do juízo militar processar e julgar, singularmente,
os crimes militares cometidos contra civis e as ações judiciais contra atos
disciplinares militares, cabendo ao Conselho de Justiça, sob a presidência de juiz
de direito, processar e julgar os demais crimes militares.
D. ( )O instrumento legal que a Constituição da República Federativa do Brasil
definiu para criação da Justiça Militar estadual, nos Estados em que o efetivo seja
superior a vinte mil integrantes, advinda de proposta do Tribunal de Justiça, é a lei
federal.

101
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

8ª QUESTÃO – Em consonância ao estabelecido na Constituição da República


Federativa do Brasil de 1988, marque a alternativa CORRETA:
A ( ) Compete à Justiça Militar estadual processar e julgar as ações judiciais contra
todos os atos, da Administração Militar, sejam eles disciplinares ou não.
B ( ) Compete à Justiça Militar estadual processar e julgar os militares dos Estados,
quando em serviço, pela prática de crime doloso contra a vida de civil.
C ( ) Compete à Justiça Militar estadual processar e julgar os civis pela prática de
crimes militares definidos em lei.
D ( ) Compete à Justiça Militar estadual processar e julgar os militares dos Estados,
pela prática de crimes militares definidos em lei.

9ª QUESTÃO Há um rol limitado de legitimados para propositura de determinadas


ações constitucionais. São legitimados para propor ação direta de
inconstitucionalidade e ação declaratória de constitucionalidade, marque a
alternativa correta .
a) O Presidente, os Governadores e os Presidentes de Oscip’s.
b) O Conselho Federal da OAB, o Ministério Público Estadual e a Mesa das Câmaras
Municipais.
c) Partidos Políticos, Sindicatos e Governadores.
d) O Presidente, os Governadores e a Mesa do Senado Federal.

10ª QUESTÃO – Marque a alternativa INCORRETA. Compete ao Supremo Tribunal


Federal, precipuamente, a guarda da Constituição, cabendo-lhe processar e julgar,
originariamente:
A. ( ) A extradição solicitada por Estado estrangeiro.
B. ( ) Nas infrações penais comuns, o Presidente da República, o Vice-Presidente,
os membros do Congresso Nacional, seus próprios Ministros e o Procurador-Geral
da República.
C. ( ) A ação direta de inconstitucionalidade de lei ou ato normativo federal ou
estadual e a ação declaratória de constitucionalidade de lei ou ato normativo federal.
D. ( ) Os habeas corpus, quando a autoridade coatora for juiz federal.

11ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. A Constituição da República


Federativa do Brasil de 1988 poderá ser emendada mediante proposta:
A. ( ) Por unanimidade das Assembleias Legislativas das unidades da Federação.
B. ( ) De um terço, no mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados ou do
Senado Federal.
C. ( ) Do Governador do Distrito Federal.
D. ( ) De metade das câmaras de vereadores de uma unidade da Federação.

12ª QUESTÃO – Sobre as emendas à Constituição da República Federativa do


Brasil de 1988, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Não será objeto de deliberação a proposta de emenda tendente a abolir a
forma federativa de Estado, o voto direto, secreto, universal e periódico, a separação
dos Poderes e os direitos e garantias individuais e coletivos.
B. ( ) A Constituição poderá ser emendada mediante proposta de um terço, no
mínimo, dos membros da Câmara dos Deputados ou do Senado Federal, do
Presidente da República ou de mais da metade das Assembleias Legislativas das
unidades da Federação, manifestando-se, cada uma delas, pela maioria relativa de
seus membros.
C. ( ) A proposta será discutida e votada em cada Casa do Congresso Nacional, em
dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em ambos, três quintos dos votos

102
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

dos respectivos membros, e caso rejeitada ou havida por prejudicada pode ser
objeto de nova proposta na mesma sessão legislativa.
D. ( ) A Constituição não poderá ser emendada na vigência de intervenção federal,
de estado de defesa ou de estado de sítio, ressalvados os casos de emendas
necessárias à manutenção de direitos e garantias fundamentais.

13ª QUESTÃO – Compete ao Conselho Nacional de Justiça, o controle da atuação


administrativa e financeira do Poder Judiciário e do cumprimento dos deveres
funcionais dos juízes, cabendo-lhe, além de outras atribuições que lhe forem
conferidas pelo Estatuto da Magistratura:
A. ( ) zelar pela observância do art. 37 e apreciar, de ofício ou mediante provocação,
a legalidade dos atos administrativos praticados por membros ou órgãos do Poder
Judiciário, podendo desconstituí-los, revêlos ou fixar prazo para que se adotem as
providências necessárias ao exato cumprimento da lei, sem prejuízo da
competência do Tribunal de Contas da União.
B. ( ) receber e conhecer das reclamações contra membros ou órgãos do Poder
Judiciário, exceto contra seus serviços auxiliares, serventias e órgãos prestadores
de serviços notariais e de registro que atuem por delegação do poder público ou
oficializados, sem prejuízo da competência disciplinar e correicional dos tribunais,
podendo avocar processos disciplinares em curso e determinar a remoção, a
disponibilidade ou a aposentadoria com subsídios ou proventos proporcionais ao
tempo de serviço e aplicar outras sanções administrativas, assegurada ampla
defesa.
C. ( ) rever, de ofício ou mediante provocação, os processos disciplinares de juízes
e membros de tribunais julgados há mais de um ano.
D. ( ) elaborar anualmente relatório estatístico sobre processos e sentenças
prolatadas, por unidade da Federação, nos diferentes órgãos do Poder Judiciário.

14ª QUESTÃO – Nos termos da Constituição Federal, sobre os pagamentos devidos


pelas Fazendas Públicas Federal, Estaduais, Distrital e Municipais, em virtude de
sentença judiciária, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) os débitos de natureza alimentícia compreendem aqueles decorrentes de
salários, vencimentos e suas complementações, benefícios previdenciários e
indenizações por morte ou por invalidez , fundadas em responsabilidade civil ou
penal, em virtude de sentença judicial transitada em julgado.
B. ( ) os débitos de natureza alimentícia compreendem aqueles decorrentes de
salários, vencimentos, proventos, pensões e suas complementações, benefícios
previdenciários e indenizações por morte ou por invalidez, fundadas em
responsabilidade civil, em virtude de sentença judicial transitada em julgado.
C. ( ) os débitos de natureza alimentícia compreendem aqueles decorrentes de
salários, proventos, pensões e suas complementações e benefícios previdenciários,
em virtude de sentença judicial, mesmo não transitada em julgado.
D. ( ) os débitos de natureza alimentícia compreendem aqueles decorrentes de
salários, vencimentos, gratificações e suas complementações, benefícios
previdenciários e indenizações por morte ou por invalidez, fundadas em
responsabilidade civil e penal, em virtude de sentença judicial transitada em julgado.

15ª QUESTÃO – Analise as assertivas abaixo. São funções institucionais do


Ministério Público:
I - requisitar diligências investigatórias e a instauração de inquérito policial, indicados
os fundamentos jurídicos de suas manifestações processuais.
II - defender judicialmente os direitos e interesses das populações indígenas.

103
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

III - promover o inquérito civil e a ação civil pública, para a proteção do patrimônio
público e social, do meio ambiente e de outros interesses difusos e coletivos.
IV - exercer o controle externo da atividade policial, na forma da lei complementar
mencionada no artigo anterior.
Marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) Apenas a alternativa II é falsa.
B. ( ) A alternativa II e IV são falsas.
C. ( ) Apenas a alternativa III é falsa.
D. ( ) Todas as alternativas são verdadeiras.

16ª QUESTÃO - Nos termos da Constituição Federal de 1988, marque a alternativa


CORRETA:
A. ( ) A lei estadual poderá criar, mediante proposta do Tribunal de Justiça, a Justiça
Militar estadual, constituída, em primeiro grau, pelos juízes de direito e pelos
Conselhos de Justiça e, em segundo grau, pelo próprio Tribunal de Justiça, ou por
Tribunal de Justiça Militar nos Estados em que o efetivo militar seja superior a vinte
mil integrantes.
B. ( ) Compete aos juízes de direito do juízo militar processar e julgar, singularmente,
os crimes militares cometidos contra civis e as ações judiciais contra atos militares,
cabendo ao Conselho de Justiça, sob a presidência do Oficial de maior posto,
processar e julgar os crimes praticados por militares.
C. ( ) Os Conselhos de Justiça julgam crimes comuns e militares, cabendo aos juízes
de direito do juízo militar processar e julgar, singularmente, as ações judiciais contra
atos disciplinares militares.
D. ( ) As ações judiciais contra atos disciplinares militares, são julgadas pelos
Conselhos de Justiça, sob a presidência do juiz de direito do juízo militar.

17ª QUESTÃO – À Justiça Militar Estadual compete processar e julgar:


A. ( ) os crimes militares definidos em lei.
B. ( )os policiais-militares e bombeiros-militares, qualquer que seja o crime praticado,
desde que tenha ocorrido em serviço.
C. ( ) os militares do Estado, qualquer que seja o crime praticado.
D. ( ) apenas os militares da ativa e somente pelos crimes praticados em serviço.

18ª QUESTÃO - A respeito do Princípio da Separação de Poderes (princípio do


Direito Constitucional), assinale a alternativa correta.
A. ( ) O legislador constituinte originário elegeu a separação de Poderes como
cláusula pétrea da Constituição Federal de 1988.
B. ( ) São Poderes da República, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo,
o Executivo, o Judiciário e o Ministério Público.
C. ( ) Como exemplo do sistema de freios e contrapesos do Princípio da Separação
de Poderes, os membros do Supremo Tribunal Federal são escolhidos pelo Senado
Federal e se submetem à aprovação da Presidência da República.
D. ( ) O Judiciário exerce tipicamente a jurisdição e a fiscalização contábil, financeira
e orçamentária dos dinheiros públicos.
E. ( ) O Poder Legislativo tem como função típica a atividade de legislação, sendo
responsável pela edição de medidas provisórias.

19ª QUESTÃO - No que diz respeito à Organização dos Poderes disciplinada no


Título IV, assinale a alternativa correta.
A. ( ) O Presidente da República possui iniciativa privativa para propor projeto de lei
sobre a organização do Ministério Público da União.

104
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) O Conselho da República é órgão de consulta do Presidente da República para


assuntos relacionados à celebração da paz.
C. ( )O Presidente da República não poderá ausentar-se do país sem licença da
Câmara dos Deputados, sob pena de perda do cargo.
D. ( )O Supremo Tribunal Federal julga originariamente os mandados de segurança
contra ato de Ministro de Estado.
E. ( )O Presidente da República pode ser responsabilizado por atos estranhos ao
exercício de suas funções durante o seu mandato.

20ª QUESTÃO Quantos aos princípios do Estado brasileiro constantes na


Constitução Federal, assinale a alternativa incorreta.
A. ( ) A promoção da cidadania e a dignidade da pessoa humana são exemplos de
fundamentos da República Federativa do Brasil.
B. ( ) São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o
Executivo e o Judiciário.
C. ( ) A República Federativa do Brasil apenas é formada pela união dos Municípios
e do Distrito Federal.
D. ( ) Construir uma sociedade livre, justa e solidária, bem como garantir o
desenvolvimento nacional, são exemplos de objetivos fundamentais da República
Federativa do Brasil.
E. ( ) A prevalência dos direitos humanos, assim como o repúdio ao terrorismo e ao
racismo, são exemplos de princípios que devem reger o Brasil nas relações
internacionais.

21ª QUESTÃO - Nos termos da Constituição Federal, a convocação de plebiscito é


competência exclusiva:
A. ( ) do Senado Federal.
B. ( ) do Presidente da República.
C. ( ) do Congresso Nacional.
D. ( ) da Câmara dos Deputados.
E. ( ) do Procurador-Geral da República.

22ª QUESTÃO A separação dos poderes enquanto técnica para a limitação do


poder, no Brasil, está configurada a partir da Constituição Federal de 1988, em:

A. ( ) Poder Ministerial, Poder Executivo e Poder Legislativo.


B. ( ) Poder Executivo, Poder do Ministério Público, Poder da Advocacia Pública.
C. ( ) Poder Executivo, Poder da Câmara dos Deputados e Poder do Senado
Federal.
D. ( ) Poder do Executivo Federal, Poder do Executivo Estadual e Poder do
Executivo Municipal.
E. ( ) Poder Legislativo, Poder Executivo e Poder Judiciário.

23ª QUESTÃO - Assinale a alternativa que está incorreta:


A. ( ) A República Federativa do Brasil é formada pela união indissolúvel dos Estados
e Municípios e do Distrito Federal.
B. ( ) São Poderes da União, independentes e sucessivos entre si, o Legislativo, o
Executivo e o Conselho Nacional de Justiça.
C. ( ) A soberania e o pluralismo político são fundamentos da República Federativa
do Brasil.
D. ( ) É objetivo fundamental da República Federativa do Brasil garantir o
desenvolvimento nacional.

105
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

24ª QUESTÃO- Acerca da organização dos poderes, assinale a opção correta.


A. ( ) O Senado Federal é composto de representantes dos estados e do Distrito
Federal, eleitos pelo princípio proporcional para mandato de oito anos.
B. ( ) As comissões parlamentares de inquérito possuem poderes de investigação
próprios das autoridades judiciais e só podem ser criadas pela Câmara dos
Deputados e pelo Senado Federal, em conjunto.
C. ( ) Compete ao Senado Federal fiscalizar as contas das empresas
supranacionais de cujo capital social a União participe de forma direta, nos termos
do tratado constitutivo.
D. ( ) Apenas o vice-presidente da República e o ministro da Justiça devem
obrigatoriamente compor tanto o Conselho da República quanto o Conselho de
Defesa Nacional, devendo os presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado
Federal participar da composição de apenas um dos dois.
E. ( ) A CF adota o sistema de freios e contrapesos ou de controle do poder pelo
poder ao dispor que, embora independentes, os poderes são harmônicos entre si.
O princípio da separação dos poderes é cláusula pétrea.

25ª QUESTÃO - Relativamente aos Estados-membros e Municípios, no âmbito da


federação brasileira,
A. ( ) são reservadas aos Estados as competências que não lhes sejam vedadas
pela Constituição da República.
B. ( ) por gozarem de capacidade de auto-organização e autolegislação, os Estados-
membros podem editar livremente as Constituições e leis pelas quais se organizarão
e serão regidos.
C. ( ) a fiscalização do Município será exercida pelo Poder Legislativo estadual,
mediante controle externo, com o auxílio dos Tribunais de Contas dos Estados ou,
onde houver, dos Conselhos ou Tribunais de Contas dos Municípios.
D. ( ) por ser a República Federativa do Brasil indissolúvel, os Estados-membros
não podem incorporar-se entre si, subdividir-se ou desmembrar-se para se
anexarem a outros ou formarem novos Estados.
E. ( ) por não serem entidades federativas, os Municípios não gozam de capacidade
de auto-organização e autolegislação, devendo assim ser regidos pela Constituição
do Estado que integrarem.

26ª QUESTÃO - A forma de Estado prevista na Constituição é a:


A. ( ) federativa, caracterizada pela união indissolúvel dos Estados, do Distrito
Federal e dos Municípios.
B. ( ) republicana, caracterizada pela outorga do poder ao povo e pelo exercício
direto ou por meio de representantes eleitos.
C. ( ) federativa, caracterizada pela união indissolúvel dos Estados, do Distrito
Federal, dos Municípios e dos Territórios.
D. ( )presidencial, em que o Chefe do Poder Executivo é eleito pelo povo, não sendo
escolhido entre os parlamentares.
E. ( ) federativa, caracterizada pela união dissolúvel dos Estados, do Distrito Federal,
dos Municípios e dos Territórios.

106
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

GABARITO ORGANIZAÇÃO DOS PODERES E DO


ESTADO

1) B 2) C 3) A 4) D 5) B
6) C 7) C 8) D 9) D 10) D
11) B 12) B 13) A 14) B 15) D
16) A 17) A 18) A 19) A 20) C
21) C 22) E 23) B 24) E 25) A
26) A ---- ---- --- ---

3.4 DA DEFESA DO ESTADO E DAS


INSTITUIÇÕES DEMOCRÁTICAS
1ª QUESTÃO – Sobre o Estado de Defesa, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Decretado o estado de defesa ou sua prorrogação, o Presidente da República,
dentro de quarenta e oito horas, submeterá o ato com a respectiva justificação ao
Senado Federal, que decidirá por maioria absoluta.
B. ( ) Decretado o estado de defesa ou sua prorrogação, o Presidente da República,
convocará, extraordinariamente, o Congresso Nacional se este estiver em recesso,
no prazo de, no máximo, três dias.
C. ( ) O Congresso Nacional apreciará o decreto dentro de, no máximo, cinco dias
contados de seu recebimento, devendo continuar funcionando enquanto vigorar o
estado de defesa.
D. ( ) Decretado o estado de defesa ou sua prorrogação, o Presidente da República,
dentro de vinte e quatro horas, submeterá o ato com a respectiva justificação ao
Congresso Nacional, que decidirá por maioria absoluta.

2ª QUESTÃO – De acordo com o disposto na Constituição da República Federativa


do Brasil/1988, marque a resposta CORRETA:
A. ( ) Compete privativamente à Câmara dos Deputados aprovar previamente, por
voto secreto, após arguição em sessão secreta, a escolha dos chefes de missão
diplomática de caráter permanente.
B. ( ) É da competência exclusiva do Congresso Nacional escolher metade dos
membros do Tribunal de Contas da União.
C. ( ) É da competência exclusiva do Congresso Nacional aprovar o estado de
defesa e a intervenção federal, autorizar o estado de sítio, ou suspender qualquer
uma dessas medidas.
D. ( ) Compete privativamente ao Senado Federal autorizar, por dois terços de seus
membros, a instauração de processo contra o Presidente e o Vice- Presidente da
República e os Ministros de Estado.

107
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

3ª QUESTÃO – Nas assertivas abaixo, marque “V” se for verdadeira ou “F” se for
falsa, de acordo com o previsto na Constituição da República Federativa do
Brasil/1988. A seguir, marque a alternativa que contém a sequência de respostas
CORRETA:
( ) Durante a vigência do estado de defesa permite-se a incomunicabilidade do preso
por crime contra o Estado.
( ) Após decretado o estado de sítio o Congresso Nacional permanecerá fechado
por trinta dias.
( ) Cessado o estado de defesa ou o estado de sítio, cessarão também seus efeitos,
sem prejuízo da responsabilidade pelos ilícitos cometidos por seus executores ou
agentes.
( ) O militar, enquanto em serviço ativo, não pode estar filiado a partidos políticos.
( ) As mulheres e os eclesiásticos ficam isentos do serviço militar obrigatório em
tempo de paz, sujeitos, porém, a outros encargos que a lei lhes atribuir.
A. ( ) V, F, F, F, V.
B. ( ) F, F, V, V, V.
C. ( ) F, F, V, V, F.
D. ( ) V, V, F, F, V.

4ª QUESTÃO – A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 define


que a segurança pública é dever do Estado, direito e responsabilidade de todos e é
exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do
patrimônio. Elenca, ainda, em seu Art. 144 Caput os Órgãos responsáveis pelas
atividades de Segurança Pública. Nesse contexto, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) São órgãos responsáveis pela segurança pública: polícia federal, polícia
rodoviária federal, força nacional, polícias civis, polícias militares e corpos de
bombeiros militares.
B. ( ) São órgãos responsáveis pela segurança pública: polícia federal, polícia
rodoviária federal, polícia ferroviária federal, polícias civis, polícias militares e corpos
de bombeiros militares.
C. ( ) São órgãos responsáveis pela segurança pública: polícia federal, polícia
rodoviária federal, polícias civis, Guardas Municipais, polícias militares e corpos de
bombeiros militares.
D. ( ) São órgãos responsáveis pela segurança pública: polícia federal, polícia
rodoviária federal, polícias civis, sistema penitenciário, polícias militares e corpos de
bombeiros militares.

5ª QUESTÃO – É CORRETO AFIRMAR que segurança pública é:


A. ( ) dever do Estado, direito e responsabilidade de todos.
B. ( ) um método de controle das ações dos cidadãos com a finalidade de proteção
de seus direitos individuais.
C. ( ) um dever do Estado, não podendo serem atribuídas responsabilidades aos
cidadãos.
D. ( ) um sistema de proteção do indivíduo que tem por objetivo eliminar todos os
tipos de ameaças contra a seguridade social

6ª QUESTÃO – Em relação ao previsto na Constituição Federal, marque a


alternativa CORRETA:
A. ( ) A lei estadual específica disporá sobre o ingresso na Polícia Militar, os limites
de idade, a estabilidade e outras condições de transferência do militar para a
inatividade, os direitos, os deveres, a remuneração, as prerrogativas e outras
situações especiais dos militares, consideradas as peculiaridades de suas

108
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

atividades, inclusive aquelas cumpridas por força de compromissos internacionais e


de guerra, não incidindo sobre os militares dos Estados as regras específicas de
aposentadoria dos demais servidores públicos.
B. ( ) Compete à União, aos Estados e aos Municípios legislar concorrentemente
sobre as normas gerais de organização, efetivos, material bélico, garantias,
convocação e mobilização das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares
em situação de calamidade pública.
C. ( ) Os Estados podem incorporar-se entre si, subdividir-se ou desmembrar-se
para se anexarem a outros, ou formarem novos Estados, Territórios Federais ou
Territórios Independentes mediante aprovação da população diretamente
interessada, através de plebiscito, e do Congresso Nacional, por lei complementar.
D. ( ) Compete exclusivamente à União legislar sobre direito civil, comercial, penal,
processual, eleitoral, agrário, marítimo, aeronáutico, espacial, do trabalho,
disciplinar das Forças Armadas e das Polícias e Corpos de Bombeiros Militares.

7ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA.


A. ( ) As mulheres e os eclesiásticos ficam isentos do serviço militar obrigatório
em tempo de paz, sujeitos, porém, a outros encargos que a lei lhes atribuir.
B. ( ) Durante o Estado de Defesa, devidamente decretado pelo Presidente da
República, para restabelecer a ordem pública, poderá ser determinado, por medida
de segurança, a incomunicabilidade do preso por crime contra o Estado.
C. ( ) Os prefeitos das cidades com mais de 500.000 habitantes poderão, através
de lei complementar, criar polícias municipais, destinadas à proteção dos seus
bens, serviços e instalações.
D. ( ) Não haverá juízo ou tribunal de exceção, salvo nos crimes de Improbidade
Administrativa.

8ª QUESTÃO – De acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil,


marque as afirmativas abaixo com (V) para as que forem verdadeiras e (F) para as
que forem falsas. A seguir, assinale a alternativa que contenha a sequência
CORRETA:
I. ( ) O militar em atividade que aceitar cargo público civil, mesmo que temporário,
será transferido para a reserva.
II. ( ) Ao militar são proibidas a sindicalização e a greve.
III. ( ) O militar, enquanto em serviço ativo, não pode ser filiado a partido político.
IV. ( ) Os oficiais e praças só perderão a função pública se forem julgados indignos
para a profissão ou com ela incompatível, por decisão de tribunal militar de caráter
permanente.
A. ( ) V,F,V,F
B. ( ) F,V,F,V
C. ( ) F,V,V,F
D. ( ) V,F,F,V

9ª QUESTÃO – De acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil de


1988, marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) A sindicalização e a greve são proibidas ao militar.
B. ( ) O militar, enquanto em serviço ativo, não pode estar filiado a partidos políticos.
C. ( ) O serviço militar é obrigatório nos termos da lei.
D. ( ) Os membros das Forças Armadas são denominados policiais militares.

10ª QUESTÃO - De acordo com a Constituição Federal de 1988, marque a


alternativa CORRETA:

109
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) As pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de


serviços públicos responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade,
causarem a terceiros, assegurado o direito de regresso contra o responsável nos
casos de dolo e não de culpa.
B. ( ) O oficial condenado na justiça comum ou militar a pena privativa de liberdade
superior a dois anos, por sentença transitada em julgado só perderá o posto e a
patente se for julgado indigno do oficialato ou com ele incompatível, por decisão de
tribunal militar de caráter permanente, em tempo de paz, ou de tribunal especial, em
tempo de guerra.
C. ( ) Em observância ao princípio da isonomia, ao militar é permitida a
sindicalização e a greve.
D. ( ) Às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia de carreira, incumbem,
ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e a apuração
de infrações penais, inclusive as militares.

11ª QUESTÃO – Baseado na Constituição da República Federativa do Brasil de


1988 (CRFB) analise as assertivas abaixo e, ao final, responda o que se pede.
I - O militar pode sindicalizar-se, mas não pode fazer greve.
II - O militar inativo não pode estar filiado a partido político.
III - O militar tem direito social ao gozo de férias anuais remuneradas com, pelo
menos, um terço a mais do que o salário (vencimentos) normal.
IV - O militar em atividade que tomar posse em cargo público civil permanente será
transferido para a reserva, em face de a CRFB/88 não admitir, em hipótese alguma,
a acumulação de cargos.
Marque a alternativa CORRETA:
A ( ) Existe somente uma assertiva falsa.
B ( ) Apenas as assertivas I e II são verdadeiras.
C ( ) Existe somente uma assertiva verdadeira.
D ( ) Apenas as assertivas III e IV são falsas.

12ª QUESTÃO – De acordo com a Constituição Federal de 1988, marque a


alternativa INCORRETA:
A.( ) conceder-se-á habeas corpus sempre que alguém sofrer ou se achar
ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por
ilegalidade ou abuso de poder.
B.( ) é de competência exclusiva da União zelar pela guarda da Constituição, das
leis e das instituições democráticas e conservar o patrimônio público.
C. ( )conceder-se-á mandado de segurança para proteger direito líquido e certo,
não amparado por hábeas corpus ou hábeas data, quando o responsável pela
ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica
no exercício de atribuições do Poder Público.
D.( ) compete a União decretar o estado de sítio, o estado de defesa e intervenção
federal.

13ª QUESTÃO – Considerando as disposições da Constituição da República


Federativa do Brasil de 1988, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O militar estadual, enquanto em serviço ativo, não pode estar filiado a partidos
políticos, sendo proibidas a sindicalização e a greve.
B. ( ) Será transferido para a reserva remunerada o oficial ou praça que houver sido
eleito para cargo e tiver 5 (cinco) anos ou mais de serviço.

110
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Compete aos Conselhos de Justiça Militar, sob a presidência de juiz militar,


processar e julgar os crimes militares cometidos contra civis e as ações judiciais
contra atos disciplinares militares.
D. ( ) Às polícias militares incumbem, ressalvada a competência da União, as
funções de polícia judiciária e a apuração de infrações penais, inclusive as militares

14ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Quanto à segurança pública que


é dever do Estado, direito e responsabilidade de todos e é exercida para a
preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio,
podemos afirmar que:
A. ( ) Às polícias militares cabem a polícia ostensiva e a preservação da ordem
pública; aos corpos de bombeiros militares, além das atribuições definidas em lei,
incumbe a execução de atividades de defesa civil.
B. ( ) Às polícias militares, dirigidas por oficiais de carreira, incumbem, ressalvada a
competência da União, as funções de polícia judiciária e a apuração de infrações
penais, exceto as militares.
C. ( ) A polícia militar, órgão permanente, organizado e mantido pela União e
estruturado em carreira, destina-se, na forma da lei, ao patrulhamento ostensivo das
ferrovias federais.
D. ( ) A polícia militar, órgão permanente, organizado e mantido pela União e
estruturado em carreira, destina-se, na forma da lei, ao patrulhamento ostensivo das
rodovias federais.

15ª QUESTÃO analise as afirmativas abaixo:


I. A Polícia Federal possui funções limitadas a crimes de ordem política e social que
atentem contra a União, assim como a prevenção e repressão do tráfico de drogas,
do contrabando ou descaminho, exercendo a polícia de fronteira e de aeroporto.
Não possui, contudo, missões atinentes a crimes de competência estadual.
II. A Polícia Militar cabe a polícia ostensiva, mas suas atribuições são limitadas nos
crimes de competência da Polícia Federal.
III. Aos municípios é facultada a criação de Guardas Municipais, que desenvolverão
missões, que possuem missões como a proteção de serviços públicos essenciais.
Assinale a alternativa correta .
A. ( ) Apenas a afirmativa I está correta.
B. ( ) Apenas a afirmativa III está correta.
C. ( ) As afirmativas I, II e III estão corretas.
D. ( ) As afirmativas I, II e III estão incorretas.

16ª QUESTÃO – De acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil


de 1988, marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) Às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia de carreira, incumbem,
ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e a apuração
das demais infrações penais.
B. ( ) A polícia federal, instituída por lei como órgão permanente, organizado e
mantido pela União e estruturado em carreira, destina-se a dentre outras funções,
exercer, com exclusividade, as funções de polícia judiciária da União.
C. ( ) A polícia rodoviária federal e a polícia ferroviária federal, órgãos permanentes,
organizados e mantidos pela União e estruturados em carreiras, destinam-se, na
forma da lei, ao patrulhamento ostensivo, respectivamente, das rodovias federais e
ferrovias federais.

111
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Às polícias militares cabem a polícia ostensiva e a preservação da ordem


pública; aos corpos de bombeiros militares, além das atribuições definidas em lei,
incumbe a execução de atividades de defesa civil.

17ª QUESTÃO – Tendo-se por referência o regramento estabelecido na


Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 a respeito aos Militares
Estaduais, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Os membros das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares,
instituições organizadas com base na hierarquia e disciplina, são militares dos
Estados, do Distrito Federal e dos Territórios.
B. ( ) Aos militares dos Estados é admitida a sindicalização, porém, é vedada a
possibilidade de greve.
C. ( ) A lei não excluirá da apreciação do poder judiciário lesão ou perigo de lesão a
direito e, nesse sentido a Constituição da República Federativa do Brasil de 1988
assegura ao policial militar a impetração de habeas corpus no que se refere à
punições disciplinares militares.
D. ( ) Os direitos, deveres, prerrogativas e obrigações dos Militares Estaduais estão
diretamente relacionados às definições que a Constituição da República Federativa
do Brasil de 1988 assegura à qualquer servidor público dos Estados e do Distrito
Federal.

18ª QUESTÃO – De acordo com o disposto na Constituição da República


Federativa do Brasil de 1988, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército, pela
Aeronáutica, pelas Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares e pelas
Guardas Municipais são instituições nacionais permanentes e regulares,
organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do
Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes
constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem.
B. ( ) O oficial somente perderá o posto e a patente e a praça a graduação, se forem
julgados indignos com a carreira militar ou com ela incompatível, por decisão de
tribunal militar de caráter excepcional, em tempo de paz, ou de tribunal especial, em
tempo de guerra.
C. ( ) Às polícias militares cabem a polícia ostensiva e a preservação da ordem
pública; aos corpos de bombeiros militares, além das atribuições definidas em lei,
incumbe a execução de atividades de defesa civil.
D. ( ) A polícia rodoviária federal, órgão permanente, organizado e mantido pela
União e estruturado em carreira, destina-se, na forma da lei, ao patrulhamento
ostensivo das rodovias e ferrovias federais.

19ª QUESTÃO – De acordo com a Constituição de República Federativa do


Brasil de 1988, marque a alterativa CORRETA:
A. ( ) Às Polícias Militares, instituições organizadas com base na hierarquia e
disciplina, forças auxiliares e reserva do Exército, cabem a polícia ostensiva e a
preservação da ordem pública.
B. ( ) A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é
exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do
patrimônio, através dos seguintes órgãos: polícia federal, polícia rodoviária federal,
polícia ferroviária federal, polícias civis, polícias militares, corpos de bombeiros
militares e guardas municipais.

112
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Os Municípios poderão constituir guardas municipais destinadas à proteção de


seus bens, serviços, instalações e à preservação da ordem pública, conforme
dispuser a lei.
D. ( ) Às polícias civis incumbem, ressalvada a competência da União, as funções
de polícia judiciária e a apuração de infrações penais, inclusive as militares.

20ª QUESTÃO - Assinale a opção CORRETA:


A. ( ) Compete, privativamente, à Polícia Federal, prevenir e reprimir o tráfico ilícito
de entorpecentes e drogas afins.
B. ( ) A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiro Militar, em Minas Gerais, são órgãos
distintos e se subordinam ao Governador do Estado.
C. ( ) Ao militar são permitidas a sindicalização e a greve.
D. ( ) A revisão geral da remuneração do servidor público, com distinção de índices
entre servidor público civil e militar, se fará sempre na mesma data.

21ª QUESTÃO – De acordo com a Constituição do Estado de Minas Gerais, “a


segurança pública, dever do estado e direito e responsabilidade de todos, é exercida
para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do
patrimônio” é exercida pelos seguintes órgãos:
A. ( ) Polícia Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal
B. ( ) Polícia Civil, Polícia Militar e Agente Penitenciário
C. ( ) Corpos de Bombeiros Militar, Polícia Militar e Polícia Civil
D. ( ) Polícia Civil e Polícia Militar

22ª QUESTÃO – De acordo com a Constituição do Estado de Minas Gerais, marque


as afirmativas abaixo com (V) para as que forem verdadeiras e (F) para as que forem
falsas, referentes às competências da PMMG. A seguir, assinale a alternativa que
contenha a sequência CORRETA:
I. ( ) Polícia ostensiva de prevenção criminal.
II. ( ) Restauração da ordem pública.
III. ( ) Garantir o poder de polícia de outros órgãos públicos.
IV. ( ) Coordenação e a execução de ações de defesa civil.
A. ( ) F,V,F,V
B. ( ) V,V,V,F
C. ( ) V,F,V,V
D. ( ) V,V,F,F

23a QUESTÃO - A segurança pública, dever do Estado, direito e


responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem
pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos
seguintes órgãos:
A. ( ) Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar.
B. ( ) Polícia Ferroviária Federal, Polícia Civil e Guarda Nacional.
C. ( ) Corpos de Bombeiros Militares, Polícia Municipal e Polícia Civil.
D. ( ) Polícia Federal, Polícia Ferroviária Federal e Polícia Municipal.

24 a QUESTÃO Com base nas previsões da Constituição Federal de


1988, é correto afirmar sobre a segurança pública que
A. ( ) às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia de carreira,
incumbem, ressalvada a competência da União, as funções de polícia
judiciária e a apuração de infrações penais, inclusive as militares.

113
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) é competência concorrente das polícias federal e civil as funções


de polícia judiciária da União.
C. ( ) os servidores policiais serão remunerados exclusivamente por
subsídio fixado em parcela única, vedado o acréscimo de qualquer
gratificação, adicional, abono, prêmio, verba de representação ou outra
espécie remuneratória.
D. ( ) é permitido aos Municípios que detenham a partir de 30 (trinta) mil
habitantes a constituição de guardas municipais destinadas à proteção
de seus bens, serviços e instalações.
E. ( ) compete à polícia civil exercer, com exclusividade, as funções de
polícia judiciária da União.

25 a QUESTÃO - A segurança viária, nos termos da Constituição Federal,


A. ( ) compreende a educação, engenharia e fiscalização de trânsito, bem como a
execução de atividades de polícia judiciária e apuração de infrações penais em
matéria de trânsito, além de outras atribuídas em lei aos agentes de trânsito.
B. ( ) compete, no âmbito dos Municípios, às guardas municipais, que poderão
cumular com essa outras atividades destinadas à proteção de bens, serviços,
instalações municipais e de polícia ostensiva e preservação da ordem pública.
C. ( ) é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das
pessoas e do seu patrimônio nas vias públicas, competindo, no âmbito dos
Estados, aos respectivos órgãos ou entidades executivos e seus agentes de
trânsito.
D. ( ) compreende atividades previstas em lei, que assegurem ao cidadão o direito
à mobilidade urbana eficiente, de competência, no âmbito da União, das polícias
rodoviária e ferroviária federal.
E. ( ) compete, no âmbito da União, à polícia federal, instituída por lei como órgão
permanente, organizado e estruturado em carreira.

26 a QUESTÃO - As polícias civis estaduais subordinam-se aos


A. ( ) governadores, diferentemente dos corpos de bombeiros militares, que são
auxiliares e reserva do Exército.
B. ( ) diretores das respectivas corporações, e não aos governadores.
C. ( ) governadores, assim como as polícias militares e os corpos de bombeiros.
D. ( )governadores, diferentemente da Polícia Civil do Distrito Federal, que é
organizada e mantida pela União, à qual é subordinada.
E. ( ) governadores, diferentemente das polícias militares, que são auxiliares e
reserva do Exército.

27 a QUESTÃO De acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil


de 1988, o exercício das funções de polícia marítima, aeroportuária e de fronteiras
é incumbência da:
A. ( ) Polícia Civil.
B. ( ) Polícia Militar.
C. ( ) Polícia Federal.
D. ( ) Polícia Rodoviária Federal.
E. ( ) Guarda Municipal.

28 a QUESTÃO Conforme disposto na Constituição da República Federativa do


Brasil de 1988, os Municípios poderão constituir guardas municipais destinadas a:

114
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) apurar infrações penais.


B. ( ) preservar a ordem pública.
C. ( ) exercer policiamento ostensivo.
D. ( ) executar atividades de defesa civil.
E. ( ) proteger bens, serviços e instalações.

29 a QUESTÃO - Assinale a alternativa correta acerca do estado de defesa e do


estado de sítio, conforme disposto na Constituição Federal.
A. ( ) O Presidente da República pode decretar estado de defesa por tempo
indeterminado.
B. ( ) Na vigência do estado de defesa, a prisão por crime contra o Estado só pode
ser determinada pelo juiz competente.
C. ( ) O Presidente da República pode, independentemente de autorização do
Congresso, decretar o estado de sítio.
D. ( ) O decreto do estado de sítio indicará sua duração, as normas necessárias a
sua execução e as garantias constitucionais que ficarão suspensas, e, depois de
publicado, o Presidente da República designará o executor das medidas
específicas e as áreas abrangidas.

30 a QUESTÃO Nos termos da Constituição da República, assinale a alternativa


correta:
A. ( ) A segurança pública tem por objeto a preservação da ordem pública e da
incolumidade das pessoas e do patrimônio, sendo exercida, dentre outros órgãos,
através do Ministério Público militar.
B. ( ) Incumbe à polícia federal, à polícia rodoviária federal e à polícia ferroviária
federal exercer, com exclusividade, as funções de polícia judiciária da União.
C. ( ) As polícias militares e corpos de bombeiros militares de Minas Gerais, forças
auxiliares e reserva do Exército, subordinam-se, juntamente com as polícias civis,
aos Governador do Estado.
D. ( ) Em caso de incêndio florestal, catástrofe ou epidemia que coloque em risco a
população local, incumbe à Força Nacional planejar e coordenar as atividades de
defesa civil a serem executadas pelas polícias florestais e guardas municipais.

31 a QUESTÃO - Ao disciplinar a Defesa do Estado e das Instituições


Democráticas, a Constituição Federal prescreve que
A. ( ) o estado de sítio e o estado de defesa podem ser decretados pelo Presidente
da República, desde que previamente autorizados pelo Congresso Nacional, por
maioria absoluta dos membros de cada Casa Legislativa.
B. ( ) o estado de sítio pode ser decretado para preservar ou prontamente
restabelecer, em locais restritos e determinados, a ordem pública ou a paz social
ameaçadas por grave e iminente instabilidade institucional ou atingidas por
calamidades de grandes proporções na natureza.
C. ( ) o decreto que instituir o estado de defesa deve, dentre outros requisitos,
especificar as medidas coercitivas que vigorarão no período de sua vigência,
dentre as quais são admissíveis restrições aos direitos de sigilo de
correspondência, de sigilo de comunicação telegráfica e telefônica e de reunião.
D. ( ) o estado de sítio é uma limitação circunstancial ao poder constituinte
reformador, uma vez que a Constituição Federal não pode ser emendada durante

115
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

sua vigência, ao contrário do estado de defesa, que não impede a aprovação de


emendas constitucionais no período.
E. ( ) o decreto que instituir o estado de sítio deve indicar as garantias
constitucionais que ficarão suspensas no período de sua vigência, sendo vedado,
contudo, o estabelecimento de restrições relativas à liberdade de imprensa,
radiodifusão e televisão.

32 a QUESTÃO - Considere as seguintes atividades:


I. Policiamento ostensivo e preservação da ordem pública.
II. Apuração de crime de furto de equipamentos de propriedade da União.
III. Proteção de esculturas instaladas em parques municipais.
IV. Prevenção à prática de crimes de contrabando e descaminho.
De acordo com a Constituição Federal, essas atividades são atribuições das

A. ( ) I − polícia militar; II − polícia federal; III − polícia militar; IV − polícia civil.


B. ( ) I − guarda municipal; II − polícia federal; III − guarda municipal; IV − polícia
militar.
C. ( ) I − polícia federal; II − polícia civil; III − polícia militar; IV − polícia militar.
D. ( ) I − polícia militar; II − polícia federal; III − guarda municipal; IV − polícia
federal.
E. ( ) I − polícia militar; II − polícia federal; III − polícia civil; IV − polícia federal.

33 a QUESTÃO A segurança pública, Constitucionalmente no Estado de


Rondônia, é exercida para preservação da ordem pública e da incolumidade das
pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos, EXCETO:
A. ( ) Polícia Militar.
B. ( ) Forças Armadas.
C. ( ) Corpo de Bombeiros Militar.
D. ( ) Polícia Civil

34 a QUESTÃO Com relação ao estado de defesa, assinale a opção correta.


A. ( ) A prisão por crime contra o Estado, determinada pelo executor da medida,
será por este comunicada imediatamente ao juiz competente, ficando a autoridade
policial dispensada de apresentar o exame de corpo de delito do detido.
B. ( ) O estado de defesa poderá ser instituído por decreto que especifique as áreas
a serem abrangidas e as medidas coercitivas a vigorarem, a exemplo de restrições
de direitos e ocupação e uso temporário de bens e serviços públicos.
C. ( ) O tempo de duração do estado de defesa não poderá ser prorrogado.
D. ( ) O sigilo de correspondência e de comunicação telefônica permanecem
invioláveis na vigência do estado de defesa.

35 a QUESTÃO - Assinale com V o que for verdadeiro e com F o que for falso.
( ) A Polícia Federal é mantida pela União e tem por destinação, dentre outras,
prevenir e reprimir o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins.
( ) Nas rodovias federais, a Polícia Federal fiscaliza, prioritariamente, veículos que
transportam cargas.
( ) As Polícias Civis Estaduais incumbem-se, ressalvada a competência da União,
das funções, dentre outras, de apuração de infrações penais, inclusive infrações
militares.

116
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

( ) As Polícias Militares Estaduais são subordinadas aos governadores dos estados


e são responsáveis pelo policiamento ostensivo e preventivo, e pela manutenção da
ordem pública.
A sequência correta, de cima para baixo, é:
A. ( ) V, F, F, V.
B. ( ) F, V, F, V.
C. ( ) V, F, V, F.
D. ( ) F, V, V, F.

36 a QUESTÃO A respeito das disposições constitucionais acerca da defesa do


Estado e das instituições democráticas, assinale a alternativa correta.
A. ( ) O Presidente da República pode, ouvidos o Conselho da República e o
Conselho de Defesa Nacional, solicitar ao Congresso Nacional autorização para
decretar o estado de defesa nos casos de declaração de estado de guerra ou
resposta à agressão armada estrangeira.
B. ( ) Decretado o estado de defesa ou sua prorrogação, o Presidente da República,
dentro de vinte e quatro horas, submeterá o ato com a respectiva justificação ao
Congresso Nacional, que decidirá por maioria absoluta.
C. ( ) O Presidente da República, ao solicitar autorização para decretar o estado de
sítio ou sua prorrogação, relatará os motivos determinantes do pedido, devendo o
Congresso Nacional decidir por maioria simples.
D. ( ) Na vigência do estado de sítio decretado no caso de comoção grave de
repercussão nacional ou ocorrência de fatos que comprovem a ineficácia de medida
tomada durante o estado de defesa, poderão ser tomadas contra as pessoas as
medidas consistentes em detenção em edifício destinado a acusados ou
condenados por crimes comuns e intervenção em empresas privadas.
E. ( ) Na vigência do estado de defesa, a prisão ou detenção de qualquer pessoa
não poderá ser superior a vinte dias, salvo quando autorizada pelo Poder Judiciário.

37 a QUESTÃO - De acordo com o exposto na Constituição Federal de 1988, o


Presidente da República pode, ouvidos o Conselho da República e o Conselho de
Defesa Nacional, decretar estado de defesa para preservar ou prontamente
restabelecer, em locais restritos e determinados, a ordem pública ou a paz social
ameaçadas por grave e iminente instabilidade institucional ou atingidas por
calamidades de grandes proporções na natureza. Diante disso, na vigência do
estado de defesa, a Constituição determina que
A. ( ) pode haver restrições ao sigilo de comunicação telegráfica e telefônica.
B. ( ) é impossível se estabelecer restrições aos direitos de reunião.
C. ( ) a prisão ou detenção de qualquer pessoa poderá ser superior a dez dias.
D. ( ) é permitida a incomunicabilidade do preso.

38 a QUESTÃO - A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade


de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das
pessoas e do patrimônio, por meio de órgãos variados, dentre eles a polícia federal,
cujas competências envolvem
A. ( ) exercer, sem exclusividade, as funções de polícia judiciária da União e atuar
no patrulhamento ostensivo das ferrovias federais.
B. ( ) prevenir e reprimir o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, não cabendo
a esse órgão atuar para prevenir e reprimir o contrabando e o descaminho.

117
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) executar as funções de polícia marítima, aeroportuária e de fronteiras e exercer


as atividades de patrulhamento ostensivo das rodovias federais.
D. ( ) apurar infrações penais contra a ordem política e social ou em detrimento de
bens, serviços e interesses da União ou de suas entidades autárquicas e empresas
públicas.

39 a QUESTÃO A segurança pública é dever do Estado e direito e responsabilidade


de todos. É exercida pela Polícia Federal e por outros órgãos, com base na
Constituição Federal, para a preservação da ordem pública e da incolumidade das
pessoas e do patrimônio. Acerca desse tema, assinale a alternativa correta.
A. ( ) Juntamente com a Polícia Civil, cabe à Polícia Federal exercer funções de
Polícia Judiciária da União.
B. ( ) A Polícia Federal é um órgão permanente, organizado e mantido pela União,
e estruturado em carreira que se destina, na forma da lei, ao patrulhamento
ostensivo das rodovias federais.
C. ( ) As Polícias Federais, Militares e os Corpos de Bombeiros Militares, as forças
auxiliares e a reserva do Exército subordinam-se, juntamente com as Polícias Civis,
aos governadores dos estados, do Distrito Federal e dos territórios.
D. ( ) À Polícia Federal cabe apurar as infrações penais contra a ordem política e
social ou em detrimento de bens, serviços e interesses da União ou de suas
entidades autárquicas e empresas públicas.
E. ( ) Às Polícias Civis incumbe, ressalvada a competência da União, a apuração de
infrações penais, incluindo as militares.

40 a QUESTÃO De acordo com a Constituição Federal, consideradas as


peculiaridades das atividades exercidas pelos policiais militares, é correto afirmar
que
A. ( ) o militar que puder concorrer a cargos eletivos e contar com menos de dez
anos de serviço será agregado pela autoridade superior e, se eleito, passará
automaticamente, no ato da diplomação, para a inatividade.
B. ( ) as polícias militares e os corpos de bombeiros militares são forças auxiliares e
reserva do Exército, justificando-se sua sujeição ao poder disciplinar das Forças
Armadas.
C. ( ) ao militar são proibidas a sindicalização e a greve, mas permitida a filiação a
partidos políticos enquanto em serviço ativo, uma vez que é assegurado seu direito
de concorrer a cargos eletivos.
D. ( ) a lei disporá sobre o ingresso, os limites de idade, a estabilidade e outras
condições de transferência do militar para a inatividade, os direitos, os deveres, a
remuneração, as prerrogativas e outras situações especiais dos militares.
E. ( ) a perda de graduação como pena acessória criminal, ou em virtude de sanção
disciplinar administrativa, é de competência exclusiva da Justiça Militar estadual,
nos termos do § 4o do art. 125 da Constituição Federal.

41 a QUESTÃO Na vigência do estado de sítio, decretado em virtude de comoção


grave de repercussão nacional, poderão ser tomadas as seguintes medidas contra
as pessoas, EXCETO:
A. ( ) Restrições relativas ao sigilo das comunicações.
B. ( ) Restrições relativas à inviolabilidade das correspondências.
C. ( ) Restrições relativas à liberdade de imprensa.

118
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Restrição à difusão autorizada pela Casa do pronunciamento de


parlamentares.

42 a QUESTÃO - Qual destinação da Polícia Federal está INCORRETA, dentro das


atribuídas pela Constituição Federal?
A. ( ) Exercer as funções de polícia marítima.
B. ( ) Executar atividade de defesa civil.
C. ( ) Exercer, com exclusividade, as funções de polícia judiciária da União.
D. ( ) Apurar infrações penais em detrimento de bens, serviços e interesses da
União.
E. ( ) Exercer as funções de polícia de fronteiras.

43 a QUESTÃO Considere as disposições abaixo.


I - O militar alistável é inelegível.
II - Não cabe habeas corpus em relação a punições disciplinares militares.
III - Ao militar são proibidas a sindicalização e a greve e, enquanto em serviço ativo,
a filiação a partidos políticos.
Quais aplicam-se aos militares dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios,
além do que vier a ser fixado em lei?
A. ( ) Apenas I.
B. ( ) Apenas II.
C. ( ) Apenas I e II.
D. ( ) Apenas II e III.
E. ( ) I, II e III.

44 a QUESTÃO - Segundo a Constituição da República Federativa do Brasil, os


membros das Forças Armadas são denominados militares.
São disposições constitucionais aplicáveis aos membros das Forças Armadas,
EXCETO:
A. ( ) Ao militar, são proibidas a sindicalização e a greve.
B. ( ) O militar, enquanto em serviço ativo, não pode estar filiado a partido político.
C. ( ) Ao militar da ativa não é deferido o direito de liberdade de associação.
D. ( ) As patentes, com prerrogativas, direitos e deveres a elas inerentes, são
conferidas pelo Presidente da República.

45 a QUESTÃO Por Estado de Sítio entende-se a situação de comoção interna ou


externa sofrida pelo Estado, que enseja a suspensão temporária de garantias
individuais, a fim de preservar a ordem constituída, que se encontra perturbada por
motivo de comoção grave de repercussão nacional ou por situação de beligerância
com Estado estrangeiro. Referida situação acarreta a suspensão temporária e
localizada das garantias individuais. Assinale a alternativa INCORRETA que não
representa uma medida a ser tomada no curso do Estado de Sítio:
A. ( ) Restrições relativas à inviolabilidade da correspondência, ao sigilo das
comunicações, à prestação de informações e à liberdade de imprensa, radiodifusão
e televisão, na forma da lei.
B. ( ) Detenção em edifício não destinado a acusados ou condenados por crimes
comuns.
C. ( ) Suspensão da liberdade de reunião; intervenção nas empresas de serviços
privados; requisição de bens.

119
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Obrigação de permanência em localidade determinada.

46 a QUESTÃO Quanto ao Estado de Defesa e ao Estado de Sítio, disciplinados


sob o Título Da Defesa do Estado e das Instituições Democráticas, assinale a
alternativa que contém assertiva INCORRETA.
A. ( ) O Presidente da República deve ouvir o Conselho da República e o Conselho
de Defesa Nacional previamente à decretação do Estado de Defesa e do Estado de
Sítio.
B. ( ) O Estado de Defesa exige autorização prévia do Congresso Nacional para sua
decretação, enquanto que o Estado de Sítio exige comunicação posterior à sua
decretação.
C. ( ) A Mesa do Congresso Nacional designará Comissão composta de cinco de
seus membros para acompanhar e fiscalizar a execução das medidas referentes ao
Estado de Defesa e ao Estado de Sítio.
D. ( ) O tempo de duração do Estado de Defesa não será superior a 30 dias, podendo
ser prorrogado uma vez, por igual período, se persistirem as razões que justificaram
a sua decretação.

47 a QUESTÃO - Em relação ao estado de defesa e ao estado de sítio, a alternativa


INCORRETA é:
A. ( ) no estado de defesa a prisão ou detenção de qualquer pessoa não poderá ser
superior a dez dias, salvo quando autorizada pelo Poder Judiciário.
B. ( ) na vigência do estado de defesa é vedada a incomunicabilidade do preso.
C. ( ) o tempo de duração do estado de defesa não será superior a trinta dias,
podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, se persistirem as razões que
justificaram a sua decretação.
D. ( ) caracteriza fundamento para a decretação do estádio de sítio comoção grave
de repercussão regional nos Estados Federativos ou ocorrência de fatos que
comprovem a ineficácia de medida tomada durante o estado de defesa.
E. ( ) solicitada autorização para decretar o estado de sítio durante o recesso
parlamentar, o Presidente do Senado Federal, de imediato, convocará
extraordinariamente o Congresso Nacional para se reunir dentro de cinco dias, a fim
de apreciar o ato.

48 a QUESTÃO - Analisar os itens abaixo:


I - Durante o estado de sítio é possível alterar o texto da Constituição Federal.
II - O estado de defesa é utilizado para sanar grave e iminente instabilidade
institucional ou calamidades de grandes proporções na natureza.
III - O estado de defesa tem vigência de 30 dias não podendo ser prorrogado.
IV - Compete privativamente ao Congresso Nacional decretar o estado de defesa e
o estado de sítio.
Está(ão) CORRETO(S):
A. ( ) Todos os itens.
B. ( ) Somente o item III.
C. ( ) Somente os itens III e IV.
D. ( ) Somente os itens I e II.
E. ( ) Somente o item II.

120
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

49 a QUESTÃO Com relação à defesa do Estado e das instituições democráticas, é


correto afirmar que
A. ( ) a polícia federal se destina a apurar quaisquer infrações que tenham
repercussão interestadual ou internacional.
B. ( ) a polícia civil pode ser dirigida por qualquer servidor integrante com carreira
de delegado, agente, perito ou escrivão.
C. ( ) compete à polícia federal apurar infrações penais cometidas contra a União,
suas fundações, autarquias, empresas públicas e sociedades de economia mista.
D. ( ) a CF prevê a polícia federal, a polícia rodoviária federal, a polícia ferroviária
federal e a polícia aeroportuária federal como órgãos permanentes, estruturados em
carreira, organizados e mantidos pela União.
E. ( ) a polícia civil do Distrito Federal, a polícia militar do Distrito Federal e o corpo
de bombeiros militar do Distrito Federal são organizados e mantidos pela União,
mas estão subordinados ao governador do Distrito Federal.

50 a QUESTÃO - Examine as seguintes assertivas acerca do estado de defesa e do


estado de sítio:
1) O tempo de duração do estado de defesa não será superior a trinta dias, podendo
ser prorrogado uma vez, por igual período, se persistirem as razões que justificaram
a sua decretação.
2) No caso de comoção grave de repercussão nacional ou ocorrência de fatos que
comprovem a ineficácia de medida tomada durante estado de defesa, o decreto de
estado de sítio poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, se persistirem as
razões que justificaram a sua decretação.
3) Solicitada autorização para decretar o estado de sítio durante o recesso
parlamentar, o Presidente do Senado Federal, de imediato, convocará
extraordinariamente o Congresso Nacional para se reunir dentro de dez dias, a fim
de apreciar o ato.
4) A Mesa do Congresso Nacional, ouvidos os líderes partidários, designará
Comissão composta de cinco de seus membros para acompanhar e fiscalizar a
execução das medidas referentes ao estado de defesa e estado de sítio.
Marque a resposta CORRETA:
A. ( ) apenas as assertivas 1 e 2 estão corretas;
B. ( ) apenas as assertivas 2 e 4 estão corretas;
C. ( ) apenas as assertivas 2 e 3 estão corretas;
D. ( ) apenas as assertivas 1 e 4 estão corretas.

51 a QUESTÃO Nos termos da Constituição da República, na hipótese de membro


da ativa da Polícia Militar de determinado Estado tomar posse em cargo de
Secretário de Segurança Pública do governo estadual,
A. ( ) terá o tempo de serviço exercido nessa condição computado para efeito tanto
de aposentadoria, como de disponibilidade.
B. ( ) deverá ser observado o que fixado em lei federal específica em relação a
condições de transferência do militar para a inatividade, consideradas as
peculiaridades de suas atividades.
C. ( ) será transferido para a reserva, nos termos da lei, enquanto permanecer
nessa situação.
D. ( ) ficará agregado ao respectivo quadro e somente poderá, enquanto permanecer
nessa situação, ser promovido por antiguidade.

121
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

E. ( ) perderá o posto e a patente e passará, automaticamente, no ato da posse,


para a inatividade.

52 a QUESTÃO A respeito do estado de sítio, assinale a alternativa correta.


A. ( ) As imunidades de deputados ou senadores subsistirão durante o estado de
sítio, só podendo ser suspensas mediante o voto de dois terços dos membros da
Casa respectiva, nos casos de atos praticados fora do recinto do Congresso
Nacional que sejam incompatíveis com a execução da medida.
B. ( ) O Congresso Nacional decidirá sobre a solicitação do presidente da República
para decretar estado de sítio por meio de maioria relativa.
C. ( ) No estado de sítio, não se admite a suspensão da liberdade de reunião.
D. ( ) A difusão de pronunciamentos de parlamentares inclui-se na restrição à
liberdade de expressão imposta aos cidadãos, quando assim previsto
expressamente no decreto do estado de sítio.
E. ( ) O estado de sítio poderá ser decretado, inicialmente, por 120 dias, na hipótese
de comoção grave de repercussão nacional.

53 a QUESTÃO - Acerca das disposições constitucionais a respeito dos órgãos de


segurança pública, assinale a alternativa correta.
A. ( ) A polícia federal possui a atribuição de apurar infrações cuja prática tenha
repercussão interestadual e exija repressão uniforme conforme dispuser a lei, ainda
que tais infrações não ocorram em detrimento de bens, serviços e interesses da
União.
B. ( ) Segundo a CF, os municípios podem constituir guardas municipais para
suplementar eventual omissão do Estado em matéria de segurança pública.
C. ( ) Segundo a CF, as guardas municipais possuem a atribuição de colaborar com
o órgão que atua como polícia judiciária local.
D. ( ) Às polícias militares, cabem a polícia ostensiva, a preservação da ordem
pública e a execução de atividades de defesa civil.
E. ( ) Às polícias civis, dirigidas por agentes de polícia de carreira, incumbem as
funções de polícia judiciária e de patrulhamento das divisas interestaduais e a
apuração de infrações penais, exceto as militares.

54 a QUESTÃO Assinale a alternativa que apresenta o(s) órgão(s) que não se


encontra(m) enumerado(s) na CF entre os que se destinam especificamente à
segurança pública.
A. ( ) polícia rodoviária federal
B. ( ) polícia ferroviária federal
C. ( ) polícias militares e corpos de bombeiros militares
D. ( ) polícia federal
E. ( ) Forças Armadas

55 a QUESTÃO - Em relação ao estado de defesa e ao estado de sítio, assinale a


afirmativa correta.
A. ( ) Devem ser decretados pelo Congresso Nacional, a partir de provocação do
Presidente da República.
B. ( ) A atuação do Congresso Nacional está limitada à fiscalização dos atos
praticados pelo Presidente da República.

122
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Deve ser colhido o pronunciamento do Conselho da República e do Conselho


de Defesa Nacional no item voltado à sua decretação.
D. ( ) No caso de comprovada ineficácia das medidas adotadas durante o estado
de sítio, é autorizada a decretação do estado de defesa.
E. ( ) É vedada a restrição da liberdade de imprensa durante o estado de sítio.

56 a QUESTÃO A respeito do capítulo “Das Forças Armadas”, previsto na


Constituição Federal, assinale a alternativa INCORRETA:
A. ( ) O militar, enquanto em serviço ativo, somente pode se filiar a partidos políticos
após dez anos em atividade.
B. ( ) As polícias militares e corpos de bombeiros militares são forças auxiliares e
reserva do Exército.
C. ( ) As mulheres e os eclesiásticos ficam isentos do serviço militar obrigatório em
tempo de paz, sujeitos, porém, a outros encargos que a lei lhes atribuir.
D. ( ) O oficial só perderá o posto e a patente se for julgado indigno do oficialato ou
com ele incompatível, por decisão de tribunal militar de caráter permanente, em
tempo de paz, ou de tribunal especial, em tempo de guerra.

57 a QUESTÃO A Emenda Constitucional no 82, de 16 de julho de 2014, introduziu


no Título V da Constituição (Da Defesa do Estado e das Instituições Democráticas)
disciplina específica sobre a segurança viária. Nos termos de suas disposições, a
segurança viária
A. ( ) é exercida para a melhoria do transporte público em perímetro urbano e a
preservação da incolumidade das pessoas e do seu patrimônio nas vias públicas.
B. ( ) compreende a educação, engenharia e fiscalização de trânsito, além de outras
atividades previstas em lei, que assegurem ao cidadão o direito à mobilidade urbana
eficiente.
C. ( ) compete privativamente aos Estados e ao Distrito Federal, que lhe dão
execução por meio de órgãos ou entidades específicos e seus agentes de trânsito,
estruturados em carreira, na forma da lei.
D. ( ) compete privativamente aos Municípios, que lhe dão execução por meio de
órgãos ou entidades específicos e seus agentes de trânsito, estruturados em
carreira, na forma da lei.
E. ( ) constitui direito fundamental assegurado mediante o exercício pelo Poder
Público de atividades de planejamento, administração, normatização, pesquisa,
registro e licenciamento de veículos, formação, habilitação e reciclagem de
condutores, educação, engenharia, operação do sistema viário, policiamento,
fiscalização, julgamento de infrações e de recursos e aplicação de penalidades.

58 a QUESTÃO - Sobre o tema e de acordo com a Constituição da República


Federativa do Brasil - CRFB/88 é correto afirmar, exceto:
A. ( ) Na vigência do estado de defesa a prisão por crime contra o Estado,
determinada pelo executor da medida, será por este comunicada imediatamente ao
juiz competente, que a relaxará, se não for legal, facultado ao preso requerer exame
de corpo de delito à autoridade policial.
B. ( ) Decretado o estado de defesa ou sua prorrogação, o Presidente da República,
dentro de vinte e quatro horas, submeterá o ato com a respectiva justificação ao
Congresso Nacional, que decidirá por maioria absoluta.

123
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Na vigência do estado de defesa a comunicação será acompanhada de


declaração, pela autoridade, do estado físico e mental do detido no momento de sua
autuação.
D. ( ) Na vigência do estado de defesa a prisão ou detenção de qualquer pessoa
não poderá ser superior a trinta dias, estando vedada, ainda, a incomunicabilidade
do preso.
E. ( ) O tempo de duração do estado de defesa não será superior a trinta dias,
podendo ser prorrogado uma vez, por igual período, se persistirem as razões que
justificaram a sua decretação.

59 a QUESTÃO - A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade


de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das
pessoas e do patrimônio.
Nesse sentido é correto afirmar, exceto:
A. ( ) Aos corpos de bombeiros militares cabem as atribuições definidas em lei,
salvo a execução de atividades de defesa civil.
B. ( ) Às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia de carreira, incumbem,
ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e a apuração
de infrações penais, exceto as militares.
C. ( ) A polícia federal, instituída por lei como órgão permanente, organizado e
mantido pela União e estruturado em carreira, destina-se, dentre outras atribuições
previstas constitucionalmente, a exercer as funções de polícia marítima,
aeroportuária e de fronteiras.
D. ( ) As polícias militares e corpos de bombeiros militares, forças auxiliares e
reserva do Exército, subordinam-se, juntamente com as polícias civis, aos
Governadores dos Estados, do Distrito Federal e dos Territórios.
E. ( ) Às polícias militares cabem a polícia ostensiva e a preservação da ordem
pública.

60 a QUESTÃO - As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e


pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas
com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da
República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais
e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem.
Considerando o previsto constitucionalmente acerca do assunto, analise as
afirmações a seguir e assinale a alternativa correta.
I Ao militar são permitidas a sindicalização mas, enquanto em serviço ativo, não
pode estar filiado a partidos políticos.
II O oficial perderá o posto e a patente se for julgado indigno do oficialato ou com
ele incompatível por decisão de tribunal militar especial, em tempo de paz ou de
guerra.
III As mulheres e os eclesiásticos ficam isentos do serviço militar obrigatório em
tempo de guerra, sujeitos, porém, a outros encargos que a lei lhes atribuir.
IV Não caberá "habeas-corpus" em relação a punições disciplinares militares.
V Os membros das Forças Armadas são denominados militares.
A. ( ) Todas as afirmações estão corretas.
B. ( ) Apenas IV e V estão corretas.
C. ( ) Apenas II e III estão corretas.
D. ( ) Apenas III e IV estão corretas.

124
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

E. ( ) Apenas I, II e III estão corretas.

61 a QUESTÃO Segundo o que estabelece o texto constitucional em relação às


forças armadas, é correto afirmar que
A. ( ) o oficial condenado na justiça comum ou militar a pena privativa de liberdade
superior a dois anos, por sentença transitada em julgado, será submetido a
julgamento por Tribunal Militar e só perderá o posto e a patente se for julgado indigno
do oficialato ou com ele incompatível.
B. ( ) o oficial condenado na justiça comum ou militar a pena privativa de liberdade
superior a um ano, por sentença transitada em julgado, será submetido a julgamento
por Tribunal Militar e só perderá o posto e a patente se for julgado indigno do
oficialato ou com ele incompatível.
C. ( ) a sindicalização é direito do militar, sendo vedada a greve.
D. ( ) o militar, mesmo em serviço ativo, pode estar filiado a partidos políticos, exceto
os Comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica.
E. ( ) o oficial condenado na justiça comum, por sentença transitada em julgado,
perderá automaticamente o posto e a patente.

62 a QUESTÃO A respeito das Forças Armadas, assinale a afirmativa correta.


A. ( ) Não cabe Habeas Corpus em relação a punições disciplinares militares.
B. ( ) É vedada ao militar, em serviço ativo, a filiação partidária, salvo se esta tiver
ocorrido em momento anterior ao ingresso dele nas Forças Armadas.
C. ( ) O militar em atividade que tomar posse em cargo público permanente será
imediatamente exonerado.
D. ( ) Ao militar é permitida a sindicalização, sendo vedada, contudo, a greve.
E. ( ) As mulheres, a partir da CF/88, não são mais isentas do serviço militar
obrigatório em tempo de paz.

63 a QUESTÃO - Assinale a opção correta acerca da defesa do Estado e das


instituições democráticas.
A. ( ) O presidente da República, ao solicitar autorização para prorrogar o estado
de sítio, deve relatar os motivos determinantes do pedido, devendo o Congresso
Nacional decidir por maioria absoluta.
B. ( ) A mesa da Câmara dos Deputados, ouvidos os líderes partidários, deve
designar comissão composta de cinco de seus membros para acompanhar e
fiscalizar a execução das medidas referentes ao estado de defesa e ao estado de
sítio.
C. ( ) No decreto de instituição do estado de defesa, podem-se determinar
restrições aos direitos de sigilo de correspondência, mas não ao sigilo de
comunicação telefônica.
D. ( ) Durante a vigência do estado de defesa, a prisão ou a detenção de qualquer
pessoa não poderá ser superior a dez dias, salvo se autorizada pelo presidente da
República.
E. ( ) A decretação de estado de defesa pelo presidente da República depende de
prévia autorização da Câmara dos Deputados.

64 a QUESTÃO Sobre segurança e defesa do estado democrático de direito,


assinale a alternativa correta:

125
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) Estado de defesa implica restrições aos direitos de reunião, sigilos de


correspondência e de comunicação telefônica, além de autorizar, pelo prazo máximo
de 10 (dez) dias, a incomunicabilidade do preso.
B. ( ) Conselho de Defesa Nacional, órgão de consulta do Presidente da República
nos assuntos relacionados com a soberania nacional e a defesa do Estado
democrático, conta com a presença de todos os Comandantes das Forças Armadas
em sua composição.
C. ( ) Incumbe ao Conselho de Defesa Nacional aprovar a decretação do estado
de defesa e autorizar o estado de sítio.
D. ( ) A decretação de estado de sítio, medida mais gravosa que o estado de defesa,
permite a realização de busca e apreensão domiciliar independentemente de ordem
escrita e fundamentada de autoridade judicial.

65 a QUESTÃO A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de


todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das
pessoas e do patrimônio. Sobre a matéria, de acordo com a Constituição Federal de
1988, assinale a alternativa correta.
A. ( ) O Ministério Público e as Secretarias de Estado de Segurança Pública
integram os órgãos mencionados na Constituição Federal de 1988, como
responsáveis pela segurança pública dos Estados.
B. ( ) A Polícia Federal destina-se a exercer, com exclusividade, as funções de
polícia judiciária da União.
C. ( ) Às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia de carreira, incumbem,
ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e de apuração
de infrações penais, inclusive as militares.
D. ( ) A Polícia Rodoviária Federal destina-se, na forma da lei, ao patrulhamento
ostensivo das rodovias federais e estaduais.
E. ( ) A Polícia Civil destina-se, dentre outras funções , a apurar infrações penais e
exercer as funções de polícia de fronteiras.

66 a QUESTÃO Analise as assertivas abaixo e assinale a alternativa CORRETA:


I - No estado de defesa para preservar ou restabelecer a ordem pública ou a paz
social ameaçadas por grave e iminente instabilidade institucional ou atingidas por
calamidades de grandes proporções na natureza, é possível a restrição temporária
aos direitos de reunião, sigilo de correspondência e de comunicação telegráfica e
telefônica.
II - Na vigência do estado de sítio, não se admitem restrições à liberdade de ir e vir
nem à inviolabilidade de correspondência.
III - Aos militares asseguram-se, entre outros direitos, o gozo de férias anuais
remuneradas, com acréscimo de 1/3, e licença-gestante de 120 dias.
IV - As funções de polícia judiciária da União são exercidas, com exclusividade, pela
polícia federal.
A. ( ) apenas os itens I e II são corretos;
B. ( ) apenas os itens II e IV são corretos;
C. ( ) apenas os itens I, III e IV são corretos;
D. ( ) apenas os itens III e IV são corretos;

67 a QUESTÃO Sobre as Forças Armadas, é correto afirmar:


A. ( ) Caberá "habeas-corpus" em relação a certas punições disciplinares militares.

126
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) Ao militar é proibida a greve e permitida a sindicalização.


C. ( ) O militar ativo e inativo não pode estar filiado a partidos políticos.
D. ( ) As mulheres e os eclesiásticos ficam isentos do serviço militar obrigatório em
tempo de paz sujeitos, porém, a outros encargos que a lei lhes atribuir.

68 a QUESTÃO Acerca da defesa do Estado e das instituições democráticas,


assinale a opção correta.
A. ( ) As imunidades dos deputados federais e dos senadores previstas na CF
subsistirão mesmo no estado de sítio, não havendo possibilidade de sua suspensão.
B. ( ) O estado de defesa autoriza a convocação extraordinária do Congresso
Nacional pelo presidente da República.
C. ( ) A emenda à CF, mesmo na hipótese de estado de defesa ou de estado de
sítio, necessita de maioria e carece, para sua aprovação, de votação em cada casa
do Congresso Nacional, em dois turnos, considerando-se aprovada se obtiver, em
ambos, três quintos dos votos dos respectivos membros.
D. ( ) O estado de defesa autoriza a restrição ao direito de reunião, ainda que
exercida no seio das associações, ao sigilo de correspondência e ao sigilo de
comunicação telegráfica e telefônica.
E. ( ) Às polícias civis, dirigidas por delegados de polícia de carreira, incumbem,
ressalvada a competência da União, as funções de polícia judiciária e a apuração
de infrações penais, inclusive eleitorais e militares.

69 a QUESTÃO Quanto à defesa do Estado e das instituições democráticas, assinale


a alternativa correta.
A. ( ) Aos policiais civis e militares são vedadas a sindicalização e a greve.
B. ( ) Compõem a Polícia da União a Polícia Federal e a Polícia Rodoviária Federal.
C. ( ) Os policiais civis, militares e do corpo de bombeiros do Distrito Federal têm
sua remuneração sob a forma de subsídio, e é da União a competência para editá-
la.
D. ( ) O porte de arma é vedado, sem exceções, às guardas municipais.
E. ( ) Para a decretação do estado de defesa, faz-se necessário que o presidente
da República realize prévia solicitação ao Congresso Nacional, que se manifestará
por maioria absoluta de seus membros.

70 a QUESTÃO Sobre as Forças Armadas, é correto afirmar que


A. ( ) ao militar é proibida a greve, mas não a sindicalização.
B. ( ) enquanto no serviço ativo, o militar pode estar filiado a partido político desde
que não ocupe cargo de direção.
C. ( ) o militar em atividade, que tomar posse em cargo ou emprego público civil
permanente, será transferido para a reserva, nos termos da lei.
D. ( ) em tempo de guerra, os eclesiásticos ficam isentos do serviço militar
obrigatório.

127
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

GABARITO DEFESA DO ESTADO E DAS


INSTITUIÇÕES DEMOCRÁTICAS
1) D 2) C 3) B 4) B 5) A 6) A 7) A 8) C 9) D 10) B
11) C 12) B 13) A 14) A 15) B 16) A 17) A 18) C 19) A 20) B
21) C 22) B 23) A 24) C 25) C 26) C 27) C 28) E 29) D 30) C
31) C 32) D 33) B 34) B 35) A 36) B 37) A 38) D 39) D 40) D
41) D 42) B 43) D 44) C 45) C 46) B 47) D 48) E 49) E 50) D
51) B 52) A 53) A 54) E 55) C 56) A 57) B 58) D 59) A 60) B
61) A 62) A 63) A 64) B 65) B 66) C 67) D 68) D 69) C 70) C

128
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

3.5 DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA


1ª QUESTÃO – A Constituição da República Federativa do Brasil de 1988 trata em seu artigo
37, sobre as disposições gerais da Administração Pública. Assim, com base neste artigo, marque
a alternativa CORRETA.
A. ( ) Um dos princípios expressamente disposto no artigo 37, caput, é o da Razoabilidade.
B. ( ) Somente por lei específica poderá ser criada autarquia e autorizada a instituição de
empresa pública, de sociedade de economia mista e de fundação, cabendo à lei ordinária, neste
último caso, definir as áreas de sua atuação.
C. ( ) A proibição de acumular cargos públicos estende-se a empregos e funções e abrange
autarquias, fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias, e
sociedades controladas, direta ou indiretamente, pelo poder público.
D. ( ) Os atos de improbidade administrativa importarão, dentre outras coisas, a cassação dos
direitos políticos, na forma e gradação previstas em lei.

2ª QUESTÃO - Nos termos da Constituição Federal de 1988, marque a alternativa em que o


dispositivo legal é aplicado aos militares dos Estados:
A. ( ) O militar em atividade, de qualquer categoria, que tomar posse em cargo ou emprego
público civil permanente, será transferido, necessariamente, para a reserva, nos termos da lei.
B. ( ) Aos profissionais de saúde da Polícia Militar havendo a compatibilidade de horários, admite-
se a cumulação remunerada de dois cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde,
com profissões regulamentadas.
C. ( ) O militar em atividade, de qualquer categoria, havendo compatibilidade de horários poderá
cumular dois cargos públicos.
D. ( ) Aos profissionais de saúde da Polícia Militar, admite-se a cumulação remunerada de dois
cargos ou empregos privativos de profissionais de saúde, com profissões regulamentadas,
independentemente da compatibilidade de horários.

3ª QUESTÃO – Sobre a Administração Pública, de acordo com o disposto na Constituição da


República Federativa do Brasil/1988, marque a opção INCORRETA:
A. ( ) Para efeitos administrativos, a União poderá articular sua ação em um mesmo complexo
geoeconômico e social, visando a seu desenvolvimento e à redução das desigualdades
regionais.
B. ( ) A investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso
público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo
ou emprego, na forma prevista em lei, ressalvadas as nomeações para cargo em comissão
declarado em lei de livre nomeação e exoneração.
C. ( ) Somente por lei específica poderá ser criada autarquia e autorizada a instituição de
empresa pública, de sociedade de economia mista e de fundação, cabendo à lei complementar,
neste último caso, definir as áreas de sua atuação.
D. ( ) Permite-se a vinculação ou equiparação de espécies remuneratórias para o efeito de
remuneração de pessoal do serviço público.

4ª QUESTÃO – Nos termos da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, marque


a resposta INCORRETA:
A. ( ) A investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso
público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo
ou emprego, na forma prevista em lei, ressalvadas as nomeações para cargo em comissão
declarado em lei de livre nomeação e exoneração.
B. ( ) Permite-se a vinculação ou equiparação de espécies remuneratórias para o efeito de
remuneração de pessoal do serviço público.
C. ( ) É garantido ao servidor público civil o direito à livre associação sindical.
D. ( ) A lei estabelecerá os casos de contratação por tempo determinado para atender à
necessidade temporária de excepcional interesse público.

5a QUESTÃO – O art. 37, caput, da Constituição da República Federativa do Brasil, de 1988,


estabelece que a administração pública obedecerá aos seguintes princípios:
A. ( ) legitimidade, probidade, publicidade, moralidade e ética.
B. ( ) publicidade, eficiência, dignidade da pessoa humana e devido processo.

129
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.


D. ( ) legalidade, moralidade, devido processo, ampla defesa e contraditório.

6ª QUESTÃO – A respeito dos princípios que regem a administração pública, assim definidos na
Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados,
do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade,
moralidade, publicidade e eficiência.
B. ( ) A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados,
do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade,
moralidade, proporcionalidade e eficiência.
C. ( ) A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados,
do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade,
moralidade, razoabilidade e eficiência.
D. ( ) A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados,
do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade,
moralidade, indispensabilidade e eficiência.

7ª QUESTÃO – Conforme disposto na Constituição Federal, o militar, sendo eleito para um


cargo de Deputado Estadual, se contar com mais de 10 (dez) anos de serviço, estará na seguinte
situação:
A. ( ) ficará, permanentemente, agregado ao respectivo quadro.
B. ( ) Passará, automaticamente, no ato da divulgação do resultado da eleição, para a
inatividade.
C. ( ) ficará, enquanto durar o mandato eletivo, à disposição da Assembléia Legislativa.
D. ( ) Passará, automaticamente, no ato da diplomação, para a inatividade.

8ª QUESTÃO - De acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, marque


a alternativa CORRETA:
A. ( ) Os vencimentos dos cargos do Poder Executivo e do Poder Judiciário não poderão ser
superiores aos pagos pelo Poder Legislativo.
B. ( ) A lei estabelecerá os prazos de prescrição para ilícitos praticados por qualquer agente,
servidor ou não, que causem prejuízos ao erário, ressalvadas as respectivas ações de
ressarcimento.
C. ( ) Os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público serão computados e
acumulados para fins de concessão de acréscimos ulteriores.
D. ( ) Os atos de improbidade administrativa importarão a perda dos direitos políticos, a
suspensão da função pública, a disponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário, na forma
e gradação previstas em lei, sem prejuízo das ações penal e civil cabíveis.

9ª QUESTÃO - Quais são os princípios administrativos, previstos na CF/88, que a administração


pública direta e indireta deve obedecer:
A. ( ) Finalidade, forma, publicidade e motivo;
B. ( ) Legalidade, finalidade, discricionariedade e vincularidade;
C. ( ) Legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência;
D. ( ) Oportunidade, formalidade, finalidade, discricionariedade e publicidade

10ª QUESTÃO - De acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil de 1988,


assinale a alternativa CORRETA.
A. ( ) A lei estabelecerá os casos de contratação por tempo indeterminado para atender à
necessidade temporária de excepcional interesse público.
B. ( ) As funções de confiança, exercidas exclusivamente por servidores ocupantes de cargo
efetivo, e os cargos em comissão, a serem preenchidos por servidores de carreira nos casos,
condições e percentuais mínimos previstos em lei, destinam-se apenas às atribuições de direção,
chefia e assessoramento.
C. ( ) O prazo de validade do concurso público será de até três anos, prorrogável mais de uma
vez, por igual período.
D. ( ) Os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis somente aos brasileiros que
preencham os requisitos estabelecidos em lei.

130
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

11ª QUESTÃO De acordo com a Constituição Federal, assinale a alternativa correta quanto ao
exercício de cargos, empregos e funções públicas.
A. ( ) A nomeação em qualquer cargo ou emprego público dependerá de aprovação prévia em
concurso público de provas ou de provas e títulos.
B. ( ) Os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros natos que
preencham os requisitos estabelecidos em lei, vedado o ingresso de estrangeiros.
C. ( ) O prazo de validade do concurso público será de dois anos, prorrogável uma única vez,
por igual período.
D. ( ) A remuneração, o subsídio, os proventos, as pensões ou outra espécie remuneratória,
percebidos cumulativamente ou não, incluídas as vantagens pessoais ou de qualquer outra
natureza, dos ocupantes de cargos, funções e empregos públicos da administração direta,
autárquica e fundacional no âmbito dos Poderes Executivos Estaduais e do Distrito Federal não
poderão ultrapassar o subsídio mensal do respectivo Governador.
E. ( ) É permitida a acumulação remunerada de cargos públicos, exceto nos casos em que haja
expressa vedação legal, por ser exigida a dedicação exclusiva.

12ª QUESTÃO À luz do disposto na CF, assinale a opção correta a respeito da administração
pública.
A. ( ) O servidor público da administração direta, autárquica ou fundacional que estiver no
exercício de mandato eletivo federal, estadual, distrital ou municipal ficará afastado de seu cargo,
emprego ou função, sendo-lhe facultado optar pela sua remuneração.
B. ( )Nos termos da lei, a investidura em todo e qualquer cargo ou emprego público depende de
aprovação prévia em concurso público de provas e títulos, de acordo com a natureza e a
complexidade do cargo ou emprego.
C. ( ) As funções de confiança e os cargos em comissão são exercidos exclusivamente por
servidores ocupantes de cargos efetivos e destinam-se às atribuições de direção, chefia e
assessoramento.
D. ( ) A administração fazendária e a segurança pública e seus respectivos servidores, os fiscais
e os policiais, terão, dentro de suas áreas de competência e circunscrição, precedência sobre os
demais setores administrativos, na forma da lei.
E. ( ) Tanto a administração pública direta quanto a indireta de qualquer dos poderes da União,
dos estados, do Distrito Federal e dos municípios devem obedecer aos princípios de legalidade,
impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.

13ª QUESTÃO - Considerando o disposto na Constituição Federal da República Federativa do


Brasil de 1988, em relação à Administração Pública brasileira, assinale a alternativa correta.
A. ( ) O prazo de validade do concurso público será de, no mínimo, um ano, prorrogável uma
única vez por igual período.
B. ( ) É reservado o percentual mínimo de 2% (2 por cento) dos cargos e empregos públicos para
as pessoas portadoras de deficiência.
C. ( ) As funções de confiança destinam-se apenas às atribuições de direção, chefia e
assessoramento.
D. ( ) Ainda que haja compatibilidade de horários, é vedada a acumulação de dois cargos públicos
de professor.
E. ( ) O teto remuneratório dos servidores públicos do Poder Legislativo Estadual não poderá
exceder o subsídio mensal do Governador do Estado.

14ª QUESTÃO- A Constituição da República de 1988, ao tratar das disposições gerais da


administração pública, estabelece que:
A. ( ) a publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos
deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação eleitoral e partidária;
B. ( ) os vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do Poder Judiciário deverão ser
superiores aos pagos pelo Poder Executivo;
C. ( ) a vinculação ou equiparação de quaisquer espécies remuneratórias é permitida para o
efeito de remuneração de pessoal do serviço público;
D. ( ) os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público deverão ser computados e
acumulados para fins de concessão de acréscimos ulteriores;
E. ( ) a administração fazendária e seus servidores fiscais terão, dentro de suas áreas de
competência e jurisdição, precedência sobre os demais setores administrativos, na forma da lei.

131
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

15ª QUESTÃO- A Constituição da República de 1988 estabelece que o servidor público estável
só perderá o cargo nas hipóteses lá elencadas, dentre elas, em virtude de:
A. ( ) sentença judicial recorrível, em que tenham sido assegurados o contraditório e a ampla
defesa;
B. ( ) procedimento de avaliação periódica de desempenho, na forma de lei complementar,
assegurada a ampla defesa;
C. ( ) sindicância sumária disciplinar, em que tenham sido assegurados o contraditório e a ampla
defesa;
D. ( ) processo administrativo de que tenha resultado condenação por ato de improbidade
administrativa aplicada pelo chefe do Poder Executivo;
E. ( ) inquérito policial do qual tenha resultado relatório final assinado pelo Delegado de Polícia
apontando prática de crime.

16 ª QUESTÃO- A Constituição da República de 1988 em sua atual redação estabelece que uma
servidora pública municipal estatutária ocupante de cargo efetivo de Analista Legislativo pode
aposentar-se voluntariamente com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, caso
preencha, cumulativamente, os requisitos de tempo mínimo de:
A. ( ) 20 (vinte) anos de efetivo exercício no serviço público e idade mínima de 65 (sessenta e
cinco) anos;
B. ( ) 5 (cinco) anos de efetivo exercício no serviço público e idade mínima de 55 (cinquenta e
cinco) anos;
C. ( ) 10 (dez anos) no cargo efetivo em que se dará a aposentadoria, e idade mínima de 65
(sessenta e cinco) anos;
D. ( ) 10 (dez anos) de efetivo exercício no serviço público e 5 (cinco) anos no cargo efetivo em
que se dará a aposentadoria, e idade mínima de 60 (sessenta) anos;
E. ( ) 25 (vinte e cinco) anos de efetivo exercício no serviço público e dez anos no cargo efetivo
em que se dará a aposentadoria, e idade mínima de 65 (sessenta e cinco) anos.

17 ª QUESTÃO - Ao identificar a organização do Estado o legislador constituinte optou por


estabelecer princípios e regras a serem observados pela Administração Pública da União,
Estados e também dos Municípios. Considerando a disciplina do artigo 37 e seus respectivos
incisos da Constituição Federal, analise as alternativas e assinale a correta.
A. ( ) A proibição de acumulação de cargos não se estende a empregos e funções das autarquias
e fundações.
B. ( ) Os vencimentos de cargos do Poder Legislativo e também do Judiciário poderão ser
superiores aos pagos pelo Poder Executivo.
C. ( ) A vinculação ou equiparação de quaisquer espécies remuneratórias somente é possível
para o efeito de remuneração de pessoal do serviço público.
D. ( ) Os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público não serão computados nem
acumulados para fins de concessão de acréscimos ulteriores.

18 ª QUESTÃO Sobre a administração pública, analise as afirmativas a seguir:


I – É vedada a vinculação ou equiparação de quaisquer espécies remuneratórias para o efeito
de remuneração de pessoal do serviço público.
II – Os vencimentos dos cargos do Poder Executivo e do Poder Legislativo não poderão ser
superiores aos pagos pelo Poder Judiciário.
III – A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá
ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes,
símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos.
IV – Os atos de improbidade administrativa importarão a suspensão dos direitos políticos, a
suspensão da função pública, a indisponibilidade dos bens e o ressarcimento ao erário, na forma
e gradação previstas em lei, sem prejuízo da ação penal cabível.
V – As funções de confiança, exercidas exclusivamente por servidores ocupantes de cargo
efetivo, e os cargos em comissão, a serem preenchidos por servidores de carreira nos casos,
condições e percentuais mínimos previstos em lei, destinam-se apenas às atribuições de direção,
chefia e assessoramento.
Assinale a alternativa CORRETA:

A. ( ) Apenas I, II e III estão corretas.


B. ( ) Apenas I, III e IV estão corretas.

132
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Apenas I, IV e V estão corretas.


D. ( ) Apenas I, III e V estão corretas.

19ª QUESTÃO - De acordo com as disposições sobre servidores públicos constantes da


Constituição Federal de 1988, afirma-se corretamente que
A. ( ) a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso
público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo
ou emprego, na forma prevista em lei, inclusive para cargo em comissão declarado em lei de
livre nomeação e exoneração.
B. ( ) as funções de confiança, exercidas exclusivamente por servidores ocupantes de cargo
efetivo, e os cargos em comissão, a serem preenchidos por servidores de carreira nos casos,
condições e percentuais mínimos previstos em lei, destinam-se apenas às atribuições de direção,
chefia e assessoramento.
C. ( ) é vedado ao servidor público civil o direito à livre associação sindical.
D. ( ) serão estabelecidos por ato do Chefe do Poder Executivo os casos de contratação por
tempo determinado para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público.
E. ( ) a proibição de acumular cargos não abrange servidores ou empregados de autarquias,
fundações, empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias, e sociedades
controladas, direta ou indiretamente, pelo Poder Público.

20ª QUESTÃO - Assinale a alternativa correta sobre a disciplina constitucional da administração


pública.
A. ( ) O prazo de validade do concurso público será de até dois anos, improrrogável.
B. ( ) É permitida a equiparação de espécies remuneratórias para o efeito de remuneração de
pessoal do serviço público.
C. ( ) A proibição de acumular cargos públicos remunerados não se estende aos empregos e às
funções, nem abrange autarquias, fundações e empresas públicas.
D. ( ) É absolutamente vedado o direito de greve no âmbito da administração pública.
E. ( ) A lei estabelecerá os casos de contratação por tempo determinado para atender a
necessidade temporária de excepcional interesse público.

21ª QUESTÃO- A respeito das disposições constitucionais sobre a administração pública,


assinale a alternativa correta.
A. ( ) É vedado ao servidor público civil o direito à livre associação sindical.
B. ( ) A investidura em cargo público depende de aprovação prévia em concurso, inclusive
nomeações para cargos em comissão.
C. ( ) Os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público não serão computados nem
acumulados para fins de concessão de acréscimos ulteriores.
D. ( ) Os vencimentos dos cargos do Poder Judiciário e do Poder Executivo não poderão ser
superiores aos pagos pelo Poder Legislativo.
E. ( ) O prazo de validade do concurso público será de até três anos, prorrogável uma vez, por
igual período.

22ª QUESTÃO De acordo com a Constituição Federal de 1988, sobre os servidores públicos, é
correto afirmar que:
A. ( ) são estáveis, após 3 (três) anos de efetivo exercício, os servidores nomeados para cargo
de provimento efetivo em virtude de concurso público.
B. ( ) são estáveis, após 2 (dois) anos de efetivo exercício, os servidores nomeados para cargo
de provimento efetivo em virtude de concurso público.
C. ( ) o servidor estável perderá o cargo somente em virtude de sentença judicial transitada em
julgado.
D. ( ) o servidor estável perderá o cargo somente em virtude de processo administrativo em que
lhe seja assegurada ampla defesa.
E. ( ) como condição para aquisição de estabilidade, não é obrigatória a avaliação especial de
desempenho.

23ª QUESTÃO - De acordo com o art. 40 da CF, na nova redação dada pela EC n° 20/1998, o
regime próprio, disposto no artigo 40 da Constituição Federal tem como participantes:
A. ( ) servidores públicos e ocupantes de mandato eletivo.
B. ( ) qualquer brasileiro que deseje contribuir para o custeio do plano.

133
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) exclusivamente, o servidor público titular de cargo efetivo.


D. ( ) servidores e empregados públicos.
E. ( ) o servidor público titular e os ocupantes de cargo em comissão.

24ª QUESTÃO Sobre a Administração Pública na Constituição Federal, é correto afirmar:


A. ( ) As funções de confiança e os cargos em comissão destinam-se, preferencialmente, às
atribuições de direção, chefia e assessoramento, exercidas exclusivamente por servidores
ocupantes de cargo efetivo.
B. ( ) Durante o prazo de validade previsto no edital de convocação, o respectivo órgão ou
entidade do Poder Público não poderá lançar novos concursos para o provimento de cargos ou
empregos em que ainda existam candidatos aprovados no concurso em vigor, sob pena de
nulidade da respectiva atividade administrativa.
C. ( ) É vedada a contratação de pessoal, por tempo determinado, para atuação na Administração
Pública, ainda que para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público.
D. ( ) Somente por lei específica poderá ser criada autarquia e autorizada a instituição de
empresa pública, de sociedade de economia mista e de fundação, cabendo à lei complementar,
neste último caso, definir as áreas de sua atuação.

25ª QUESTÃO Sobre a Administração Pública na Constituição Federal, é correto afirmar:


A. ( ) É garantido a todos os servidores públicos o direito à livre associação sindical, sendo que
o seu direito de greve será exercido nos termos e limites definidos em lei específica.
B. ( ) Os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros que preencham os
requisitos estabelecidos em lei, vedado o acesso aos estrangeiros, ressalvados os casos
previstos em tratados internacionais, casos em que fica dispensada a regulamentação em lei
específica.
C. ( ) A vedação à acumulação remunerada de cargos públicos, ressalvadas as exceções
constitucionais e a situação da compatibilidade de horários, não se estende aos empregos e
funções públicas.
D. ( ) As pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de serviços
públicos responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros,
assegurado o direito de regresso contra o responsável nos casos de dolo ou culpa.

26ª QUESTÃO - Assinale a opção que apresenta disposição constante na CF sobre os


servidores públicos.
A. ( ) São estáveis após dois anos de efetivo exercício os servidores nomeados para cargo em
comissão.
B.( ) A promoção na carreira independe da participação em curso de formação e
aperfeiçoamento.
C. ( ) O salário do servidor público poderá ser reduzido em caso de contenção de gastos pelo
governo.
D. ( ) São estáveis após três anos de efetivo exercício os servidores nomeados para cargo de
provimento efetivo em virtude de concurso público.

27ª QUESTÃO De acordo com a Constituição Federal de 1988, assinale a opção que indica os
princípios que regem a Administração Pública.
A. ( ) Legalidade, impessoalidade, moralidade, probidade e eficácia.
B. ( ) Legalidade, impessoalidade, moralidade, proporcionalidade e eficácia.
C. ( ) Legalidade, impessoalidade, moralidade, proporcionalidade e externalidade.
D. ( ) Legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.
E. ( ) Legalidade, impessoalidade, moralidade, probidade e eficiência.

28 ª QUESTÃO Assinale a afirmativa correta:


A. ( ) A promoção na carreira independe da participação em curso de formação e
aperfeiçoamento.
B. ( ) A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados,
do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, pessoalidade,
moralidade, publicidade e eficácia.
C. ( ) O prazo de validade do concurso público será de até dois anos, prorrogável uma vez, por
igual período e durante o prazo improrrogável previsto no edital de convocação, aquele aprovado

134
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

em concurso público de provas ou de provas e títulos será convocado com prioridade sobre
novos concursados para assumir cargo ou emprego, na carreira.
D. ( ) A lei estabelecerá os casos de contratação por tempo indeterminado para atender a
necessidade temporária de excepcional interesse público.

29 ª QUESTÃO - A Constituição Federal estabelece bases para o bom exercício da


Administração Pública. Neste contexto, assinale a alternativa que não reflete mandamento
constitucional relacionado ao tema.
A. ( ) Os vencimentos dos cargos dos Poderes Legislativo e Judiciário não podem ser superiores
aos pagos pelo Executivo
B. ( ) O direito de greve no serviço público é permitido, nos limites instituídos em lei específica
C. ( ) Apenas aos brasileiros natos há acesso a cargos, funções e empregos públicos, desde
que preenchidos requisitos estabelecidos em lei
D. ( ) É possível a contratação de servidor público temporário, devendo existir lei específica
tratando sobre o tema e sua excepcionalidade
E. ( ) As funções de confiança são destinadas apenas àquelas de chefia, assessoramento e
direção

30 ª QUESTÃO - Em relação à Administração pública, em sua conformação constitucional atual,


é correto afirmar que
A. ( ) na hipótese de o prazo de validade de determinado concurso público ser fixado em seis
meses, admite-se uma única prorrogação por um ano.
B. ( ) é admitida a vinculação ou equiparação de espécies remuneratórias para o efeito de
remuneração de pessoal do serviço público.
C. ( ) a vedação de acumulação de cargos públicos estende-se a empregos e funções e abrange
empresas públicas, sociedades de economia mista, suas subsidiárias, e sociedades controladas,
direta ou indiretamente, pelo Poder Público.
D. ( ) na hipótese de insuficiência de desempenho, a perda do cargo de servidor público estável
que, em decorrência das atribuições de seu cargo efetivo, desenvolva atividades exclusivas de
Estado, depende de decisão judicial transitada em julgado.
E. ( ) o servidor público da Administração direta no exercício de mandato eletivo de Senador da
República ficará afastado de seu cargo, mas o seu tempo de serviço será contado para todos os
efeitos legais, inclusive para promoção por merecimento.

31 ª QUESTÃO No que se refere às normas estabelecidas no art. 40, sobre servidores públicos,
assinale a alternativa correta.
A. ( ) O tempo de contribuição federal, estadual ou municipal será contado para efeito de
aposentadoria, sendo facultado à lei estabelecer contagem de tempo de contribuição fictício.
B. ( ) Ao servidor ocupante, exclusivamente, de cargo em comissão declarado em lei de livre
nomeação e exoneração, bem como de outro cargo temporário ou de emprego público, aplica-
se o regime geral de previdência social.
C. ( ) É vedada a existência de mais de um regime próprio de previdência social para os
servidores titulares de cargos efetivos, sendo facultada a existência de mais de uma unidade
gestora do respectivo regime aos Estados-membros.
D. ( ) Os proventos de aposentadoria e as pensões, por ocasião de sua concessão, poderão,
nos termos da lei, exceder a remuneração do respectivo servidor, no cargo efetivo em que se
deu a aposentadoria ou que serviu de referência para a concessão da pensão.
E. ( ) Os servidores públicos titulares de cargos efetivos serão aposentados compulsoriamente,
aos setenta e cinco anos de idade, com proventos integrais, ou por invalidez permanente, com
proventos proporcionais aos anos de contribuição.

32 ª QUESTÃO De acordo com a Constituição Federal, assinale alternativa correta.


A. ( ) Ainda que o direito de greve seja assegurado aos servidores públicos civis, lhes é vedado
a livre associação sindical.
B. ( ) Os vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do Poder Judiciário poderão ser
superiores aos pagos pelo Poder Executivo, desde que haja previsão orçamentária.
C. ( ) É vedada a vinculação ou equiparação de quaisquer espécies remuneratórias para o efeito
de remuneração de pessoal do serviço público.

135
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) A administração fazendária e seus servidores fiscais terão, independentemente de suas


áreas de competência e jurisdição, precedência sobre os demais setores administrativos, na
forma da lei.
E. ( ) O subsídio e os vencimentos dos ocupantes de cargos e empregos públicos são
irredutíveis, não se admitindo qualquer ressalva.

33 ª QUESTÃO - Acerca das normas constitucionais que regem a administração pública, assinale
a opção correta.
A. ( ) Advogado concursado de órgão público federal que seja aprovado em concurso público
para o cargo de professor em universidade estadual estará impedido de tomar posse enquanto
estiver no exercício do cargo no órgão federal, ainda que haja compatibilidade de horários.
B. ( ) Após o estágio probatório, o servidor público somente perderá seu cargo em razão de
processo administrativo disciplinar ou de decisão judicial condenatória transitada em julgado.
C. ( ) Ao ocupante de cargo público federal efetivo eleito vereador será garantida a investidura
no mandato eletivo, não havendo necessidade de afastamento do cargo que exerce nem prejuízo
de sua remuneração, desde que haja compatibilidade de horários.
D. ( ) Servidor público de sessenta e cinco anos de idade e em exercício, há trinta anos, no cargo
para o qual foi aprovado por concurso público tem direito à requisição da aposentadoria com
proventos integrais, independentemente do tempo de contribuição.
E. ( ) Cidadão estrangeiro, ainda que residente no Brasil há mais de dez anos, não pode ser
nomeado para exercer cargo em comissão, uma vez que a natureza desse cargo exige a
condição de brasileiro nato ou naturalizado.

34 ª QUESTÃO - No que concerne aos direitos garantidos pela Constituição Federal ao servidor
público, é correto afirmar que
A. ( ) o direito de greve será exercido nos termos e nos limites definidos em ato específico.
B. ( ) é lícita a vinculação ou equiparação de quaisquer espécies remuneratórias para o efeito
de remuneração de pessoal do serviço público.
C. ( ) os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros que preencham os
requisitos estabelecidos em lei, vedados aos estrangeiros.
D. ( ) os vencimentos dos cargos do Poder Legislativo e do Poder Judiciário poderão ser
superiores aos pagos pelo Poder Executivo.
E. ( ) a lei reservará percentual dos cargos e empregos públicos para as pessoas portadoras de
deficiência e definirá os critérios de sua admissão.

35 ª QUESTÃO - Sobre a Administração Pública na Constituição Federal, é correto afirmar:


A. ( ) A vedação à acumulação remunerada de cargos públicos, ressalvadas as exceções
constitucionais e a situação da compatibilidade de horários, não se estende aos empregos e
funções públicas, vez que se trata de norma legal restritiva de direitos e deve ser interpretada
restritivamente.
B. ( ) É garantido a todos os servidores públicos o direito à livre associação sindical, sendo que
o direito de greve será exercido nos termos e nos limites definidos em lei específica.
C. ( ) A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos
deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar
nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores
públicos.
D. ( ) O prazo de validade do concurso público será sempre de dois anos, prorrogável uma vez,
por igual período, nos termos previstos pelo respectivo edital.

36 ª QUESTÃO As regras para a aposentadoria do servidor público são diferenciadas. Dessa


forma, algumas peculiaridades existem para a devida concessão desse benefício. Atualmente,
de acordo com a Constituição Federal, o servidor se aposenta
A. ( ) por invalidez permanente, sendo os proventos proporcionais ao tempo de contribuição,
em qualquer circunstância.
B. ( ) de forma voluntária, desde que cumprido tempo mínimo de dez anos de efetivo exercício
no serviço público, sem idade mínima para a aposentadoria.
C. ( ) de forma compulsória, com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, aos setenta
anos de idade, ou aos setenta e cinco anos de idade, na forma de lei complementar.
D. ( ) por tempo de serviço, calculados os proventos a partir de seu último salário em atividade,
caso seja abrangido pelo regime geral da previdência.

136
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

GABARITO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA


1) C 2) B 3) D 4) B 5) C 6) A
7) D 8) B 9) C 10) B 11) D 12) E
13) C 14) E 15) B 16) D 17) D 18) D
19) B 20) E 21) C 22) A 23) C 24) D
25) D 26) D 27) D 28) C 29) C 30) C
31) C 32) C 33) C 34) E 35) C 36) C

137
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

4 - CÓDIGO PENAL MILITAR

4.1 PARTE GERAL


1ª QUESTÃO - Na aplicação da lei penal militar, pune-se a tentativa :
A. ( ) Com a pena correspondente ao crime, diminuída de um sexto.
B. ( ) Com a pena correspondente ao crime, diminuída de um a dois terços.
C. ( ) Com a pena correspondente ao crime, diminuída de um a dois terços, podendo o juiz, no
caso de excepcional gravidade, aplicar a pena correspondente ao crime consumado;
D. ( ) Com a pena correspondente ao crime consumado, diminuída de metade.

2ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. De acordo com o Código Penal


Militar, extingue-se a punibilidade do autor do fato pela:
A. ( ) anistia, graça ou indulto.
B. ( ) reabilitação e pela transação.
C. ( ) morte do agente e pela prescrição.
D. ( ) retroatividade de lei mais benéfica e pelo ressarcimento do dano no crime de peculato.

3ª QUESTÃO – Em relação à aplicação da pena prevista no Código Penal Militar,


marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) são circunstâncias que sempre agravam a pena, quando não integrantes ou qualificativas
do crime, a reincidência e ter o agente cometido o crime por motivo fútil ou torpe.
B. ( ) são circunstâncias que sempre atenuam a pena, ser o agente menor de 18 (dezoito) anos
ou maior de 70 (setenta) anos.
C. ( ) quando ocorre mais de uma agravante ou mais de uma atenuante, o juiz deve considerar
todas para aplicação da pena cominada ao crime.
D. ( ) no concurso de agravantes e atenuantes, a pena deve aproximar-se do seu limite mínimo.

4ª QUESTÃO – De acordo com o previsto no Código Penal Militar, é CORRETO afirmar:


A. ( ) O condenado pela Justiça Militar de uma região não pode cumprir pena em estabelecimento
de outra região.
B. ( ) O máximo da pena de reclusão é de 20 (vinte) anos.
C. ( )O condenado a que sobrevenha doença deve ser recolhido a manicômio judiciário, onde lhe
seja assegurado custódia e tratamento.
D. ( )Os crimes previstos neste Código não podem ser cometidos por civil.

5ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. À luz do Código Penal Militar, podemos dizer
em relação aos crimes cometidos em coautoria que:
A. ( ) A punibilidade de qualquer dos concorrentes é dependente da dos outros, determinando-
se segundo a sua própria culpabilidade. Não se comunicam, outrossim, as condições ou
circunstâncias de caráter pessoal, salvo quando elementares do crime.
B. ( ) A pena é diminuída em relação ao agente que promove ou organiza a cooperação no crime
ou dirige a atividade dos demais agentes.
C. ( ) Reputam-se cabeças os agentes que na prática de qualquer crime cometido por
subordinados provocam, instigam ou excitam a ação.
D. ( ) Quem, de qualquer modo, concorre para o crime incide nas penas a este cominadas.

6ª QUESTÃO – Considerando o estabelecido no Código Penal Militar (CPM), Decreto-Lei n.


1.001, de 21/10/1969, acerca do iter criminis (caminho do crime), analise as assertivas abaixo e,
ao final, responda o que se pede.
I. Cogitação é a fase que se passa na mente do agente, de modo a definir qual será a infração
penal a ser praticada; idealizando, imaginando, prevendo, planejando e antecipando
mentalmente o resultado o qual se busca a alcançar.
II. Preparação é a fase em que o agente, uma vez já selecionada a infração penal a ser cometida,
começa a se preparar, praticar atos imprescindíveis à execução, cria condições adequadas para
a consecução com êxito da empreitada criminosa.

138
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

III. Execução é fase na qual o agente consegue efetivamente praticar a infração penal pretendida,
violando o bem jurídico protegido, após reunir todos os elementos de sua definição legal,
atingindo desta forma o seu intento inicial.
IV. Consumação é a fase na qual o agente evidencia o início do ataque, a agressão, ao bem
jurídico protegido, utilizando os meios traçados no plano criminoso.
Marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) As assertivas II e IV estão corretas.
B. ( ) As assertivas I, e III estão corretas.
C. ( ) As assertivas II e III estão corretas.
D. ( ) As assertivas I e II estão corretas.

7a QUESTÃO - Marque a segunda coluna de acordo com a primeira e, a seguir, marque a


alternativa que contém a sequência de respostas CORRETA na ordem de cima para baixo.
1. Caso fortuito. 2. Força maior. 3. Estado de necessidade 4. Estrito cumprimento do dever legal.

( ) Considera-se quem pratica o fato para preservar direito seu ou alheio, de perigo certo e atual,
que não provocou, nem podia de outro modo evitar, desde que o mal causado, por sua natureza
e importância, seja consideravelmente inferior ao mal evitado, e o agente não fosse legalmente
obrigado a arrostar o perigo.
( ) É causa de justificação, pois decorre de um fator humano, como greve sem aviso, assalto,
sequestro e outros, que está fora do controle da pessoa.
( ) É causa de justificação, pois decorre de um acontecimento da natureza, como enchentes,
terremotos, doenças e outros, que estão fora do controle da pessoa.
( ) É a causa de exclusão da ilicitude que consiste na realização de um fato típico, por força do
desempenho de uma obrigação imposta por lei, nos exatos limites dessa obrigação.

A. ( ) 4, 3, 2, 1.
B. ( ) 3, 1, 4, 2.
C. ( ) 3,1, 2, 4.
D. ( ) 2, 4, 1, 3.

8ª QUESTÃO – De acordo com o Decreto-Lei nº 1.001, de 21/10/1969 (Código Penal Militar),


analise as seguintes assertivas:
I -A pena de impedimento sujeita o condenado a permanecer no recinto ou fora da unidade,
sendo permitido o prejuízo da instrução militar.
II - O militar da reserva ou reformado, empregado na administração militar, equipara-se ao militar
em situação de atividade, para o efeito da aplicação da lei penal militar.
III - A pena cumprida no estrangeiro atenua a pena imposta no Brasil pelo mesmo crime quando
diversas ou nela é computada quando idênticas.
IV - Somente o militar da reserva conserva as responsabilidades e prerrogativas do posto ou
graduação, para o efeito da aplicação da lei penal militar, quando pratica ou contra ele é praticado
crime militar.
V - A pena de suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função consiste na
agregação, no afastamento, no licenciamento ou na disponibilidade do condenado, pelo tempo
fixado na sentença, sem prejuízo do seu comparecimento regular à sede do serviço. Não será
contado como tempo de serviço, para qualquer efeito, o do cumprimento da pena.

Marque a alternativa CORRETA:


A. ( ) As assertivas I e III são corretas.
B. ( ) As assertivas II, IV e V são corretas.
C. ( ) As assertivas I e IV são corretas.
D. ( ) As assertivas II, III e V são corretas.

9ª QUESTÃO – Considera-se “superior”, para efeito de aplicação do Código Penal Militar


(CPM):
A. ( ) O militar mais antigo em relação ao mais moderno, em qualquer situação.
B. ( ) O militar que, em virtude da função, exerce autoridade sobre outro de igual posto ou
graduação.

139
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Apenas quando o militar possuir o posto ou a graduação superior, dentro da escala


hierárquica da PMMG, em relação ao outro militar.
D. ( ) O militar da ativa em relação ao militar da reserva ou reformado.

10ª QUESTÃO – Nas assertivas abaixo, em conformidade ao disposto na Parte Geral do Código
Penal Militar, assinale a alternativa INCORRETA:
A. ( ) Considera-se praticado o crime no momento da ação ou omissão, ainda que
outro seja o momento do resultado.
B. ( ) O militar da reserva ou reformado conserva as responsabilidades e prerrogativas do posto
ou graduação para efeito da aplicação da lei penal militar, quando pratica ou contra ele é
praticado crime militar.
C. ( ) O militar que, em virtude da função, exerce autoridade sobre outro de igual
posto ou graduação, considera-se superior, para efeito da aplicação da lei penal militar.
D. ( ) Há crime quando o agente pratica o fato em estado de necessidade, em
legítima defesa, em estrito cumprimento do dever legal ou em exercício regular de direito.

11ª QUESTÃO – No crime de deserção, embora decorrido o prazo de prescrição, esta só


extingue a punibilidade quando o agente, sendo Oficial:
A. ( ) Atingir a idade de 60 (sessenta) anos.
B. ( ) Não for reincidente em crime doloso.
C. ( ) Contar com pelo menos 30 (trinta) anos de idade quando do início do fluxo do prazo
prescricional.
D. ( ) Permanecer incorporado à instituição militar.

12ª QUESTÃO - De acordo com o Código Penal Militar, NÃO se compreende no termo "casa”:
A. ( ) Taberna, boate, casa de jogo e outras do mesmo gênero.
B. ( ) Qualquer compartimento habitado.
C. ( ) Aposento ocupado de habitação coletiva.
D. ( ) Compartimento não aberto ao público, onde alguém exerce profissão ou atividade.

13ª QUESTÃO – Nos termos do Código Penal Militar (CPM), considera-se tentado o crime
quando:
A. ( ) Iniciada a execução, o crime somente se consuma por vontade direta do agente.
B. ( ) Iniciada a execução, o crime não se consuma por circunstâncias alheias à vontade do
agente.
C. ( ) Iniciada a execução, o agente desiste de prosseguir na execução do crime.
D. ( ) Consumada a execução, o agente repara o dano causado.

14ª QUESTÃO – Sobre o crime culposo, considerando o regramento estabelecido no Código


Penal Militar (CPM), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Somente nos casos expressos em lei o agente poderá ser punido por fato previsto como
crime, quando praticado de forma culposa.
B. ( ) O agente do crime culposo sempre prevê a possibilidade de ocorrência do seu resultado.
C. ( ) Será culposo o crime quando o agente assumir o risco de produzir o seu resultado.
D. ( ) O CPM não prevê a possibilidade de crime militar culposo.

15ª QUESTÃO – Em relação às circunstâncias que sempre atenuam a pena, previstas no artigo
72 do Código Penal Militar (CPM) marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) Ser o agente menor de dezoito ou maior de sessenta anos.
B. ( ) Ter o agente cometido o crime sob a influência de emoção, provocada por ato justo da
vítima.
C. ( ) Ter o agente cometido o crime estando de serviço.
D. ( ) Ser meritório o comportamento anterior do agente.

16ª QUESTÃO – Segundo o Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) A pena cumprida no estrangeiro atenua a pena imposta no Brasil pelo mesmo crime, quando
diversas, ou nela é computada, quando idênticas.
B. ( ) Lei posterior que favoreça o agente, não retroagirá em nenhuma hipótese.

140
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) A lei posterior que, de qualquer outro modo, favorece o agente, aplica-se retroativamente,
ainda quando já tenha sobrevindo sentença condenatória irrecorrível.
D. ( ) Considera-se praticado o crime no momento da ação ou omissão, ainda que outro seja o
do resultado.

17ª QUESTÃO – Nos termos do Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Em um turno de serviço onde estão escaladas cinco guarnições comandadas por 3º Sgt
PM, a definição de superior hierárquico, para fins de aplicação da Lei Penal Militar, se dá
considerando-se a antiguidade na graduação.
B. ( ) 3º Sgt PM Sargenteante da Companhia é considerado superior hierárquico a outro 3º Sgt
PM Comandante de Guarnição, desde que pertencentes à mesma Companhia PM, para fins da
aplicação da Lei Penal Militar.
C. ( ) Em uma Operação Policial cuja equipe é composta por quatro 3º Sgt PM e dez
Cabo/Soldados, o 3º Sgt PM que figurar na escala na condição de Comandante da Operação é
considerando superior hierárquico aos demais 3º Sgt PM da equipe, para fins de aplicação da
Lei Penal Militar.
D. ( ) 3º Sgt PM que exerce as funções de coordenador de turno de serviço em uma determinada
Unidade PM é considerado superior hierárquico aos demais 3º Sgt da Unidade, independente de
trabalharem no mesmo turno de serviço.

18ª QUESTÃO - Cb Mateus e Cb Marcos são inimigos do Sd Lucas, que reside na


cidade vizinha. Em determinado dia, ambos ficam sabendo por Ordem de Serviço operacional
que o Sd Lucas trabalhará na cidade deles, e que a chamada será às 10 horas da manhã. Então,
sem que um saiba da decisão do outro, Cabo Mateus e o Cabo Marcos resolvem matar seu
desafeto, fazendo uma emboscada. Ainda sem qualquer conhecimento da conduta do outro,
ambos se colocam cada qual, de um lado da estrada e ficam aguardando a passagem da vítima.
Quando esta aparece, Cb Mateus efetua os disparos que atingem e matam Lucas, ao passo que
o Cb Marcos apenas atira quando Lucas já tinha falecido em virtude dos tiros desfechados pelo
Cb Mateus. A perícia confirma estes fatos. Diante disso, a alternativa CORRETA é:
A. ( ) Cb Mateus responderá pelo homicídio e Cb Marcos por tentativa de homicídio.
B. ( ) Cb Mateus e Cb Marcos responderão pelo homicídio, mas Mateus deverá
receber pena maior.
C. ( ) Cb Mateus e Cb Marcos responderão pelo homicídio.
D. ( ) Cb Mateus responderá pelo homicídio e Cb Marcos não responderá pelo
mesmo crime.

19ª QUESTÃO – A respeito da prescrição e da reabilitação no Direito Penal Militar, é CORRETO


afirmar:
A. ( ) O curso da prescrição da execução da pena interrompe-se enquanto o condenado está
preso por outro motivo, e suspende-se pelo início ou continuação do cumprimento da pena, ou
pela reincidência.
B. ( ) A prescrição começa a correr, no crime de insubmissão, do dia em que o insubmisso atinge
a idade de sessenta anos.
C. ( ) A reabilitação alcança quaisquer penas impostas por sentença definitiva.
D. ( ) A prescrição substitui-se pela reabilitação nos crimes cuja pena cominada é de reforma ou
de perda do cargo.

20ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Com relação as hipóteses de


exclusão do crime previstas no Código Penal Militar:
A. ( ) Não haverá crime quando o militar praticar o fato em estado de necessidade.
B. ( ) Não haverá crime quando o militar praticar o fato sob coação irresistível.
C. ( ) Não haverá crime quando o militar praticar o fato em razão de erro de direito.
D. ( ) Não haverá crime quando o militar praticar o fato em razão de erro de fato.

21ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Sobre a excludente de crime


denominada legítima defesa, prevista no Código Penal Militar:
A. ( ) Entende-se em legítima defesa quem, usando dos meios necessários, repele injusta
agressão a direito seu ou de outrem, ainda que imoderadamente.
B. ( ) Entende em legítima defesa quem, usando dos meios necessários, repele injusta agressão
a direito seu ou de outrem, ainda que a agressão não seja

141
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

atual e iminente.
C. ( ) Sendo a agressão atual e iminente, quem a repele agirá sempre em legítima defesa.
D. ( ) Entende-se em legítima defesa quem, usando moderadamente dos meios
necessários, repele injusta agressão, atual e iminente, a direito seu ou de outrem.

22ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Nos termos do Código Penal Militar, sobre a
ação penal militar:
A. ( ) A ação penal é pública condicionada a representação do ofendido e pode ser promovida
por queixa formulada pelo Ministério Público.
B. ( ) A ação penal é privada e somente pode ser promovida pelo próprio ofendido.
C. ( ) A ação penal é pública e somente pode ser promovida por denúncia do Ministério Público
Militar.
D. ( ) A ação penal é pública e pode ser promovida por qualquer pessoa que se sinta prejudicada.

23ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Extingue-se a punibilidade:


A. ( ) Pela reabilitação.
B. ( ) Pela ação praticada em estado de necessidade.
C. ( ) Pela ação praticada em legítima defesa.
D. ( ) Pela ação praticada em estrito cumprimento do dever legal.

24ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. De acordo com o Código Penal Militar, o termo
"casa" compreende:
A. ( ) Taverna.
B. ( ) Qualquer compartimento habitado.
C. ( ) Boate.
D. ( ) Casa de jogo e outras do mesmo gênero.

25ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Sobre a deserção, crime propriamente militar,
previsto nos artigos 187 e 188 do Decreto-Lei n. 1001, de 21/10/1969, Código Penal Militar,
podemos afirmar:
A. ( ) É um crime propriamente militar, que se consuma quando o militar se apresenta ou é
capturado pela autoridade competente, no oitavo dia de ausência.
B. ( ) É um crime propriamente militar, que não se consuma se o militar se apresentar
voluntariamente dentro de oito dias após a consumação do crime.
C. ( ) De acordo com o Código Penal Militar, tem-se extinta a punibilidade quando a praça
desertora atinge a idade de 45 (quarenta e cinco) anos, e o oficial, a de 60 (sessenta) anos.
D. ( ) É crime propriamente militar, que se consuma quando o militar abandona, sem ordem
superior, o posto ou lugar de serviço que lhe tenha sido designado.

26ª QUESTÃO - Acerca do Código Penal Militar, julgue os itens a seguir, sendo que “V” é
Verdadeiro e “F” é Falso.
I- ( ) Todos os crimes militares, quando dolosos contra a vida, serão da competência da justiça
comum.
II- ( ) O condenado a que sobrevenha doença mental deve ser recolhido a manicômio judiciário
ou, na falta deste, a outro estabelecimento adequado, onde lhe seja assegurada custódia e
tratamento.
III- ( ) Fica sujeito à declaração de indignidade, o militar (oficial ou praça) da ativa que for
condenado ao crime de pederastia, qualquer que seja a pena a ele imposta.
IV- ( ) A reunião de militares armados que assentem em recusa conjunta de obediência, contra
superior, é tipificada como crime de revolta.
A seqüência de respostas CORRETA é:
A ( ) F, V, V, V.
B ( ) V, F, V, F.
C ( ) F, V, F, V.
D ( ) V, V, F, V.

27ª QUESTÃO - Segundo o Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa CORRETA:
A ( ) Quanto ao tempo do crime, considera-se praticado o crime no momento da ação ou omissão,
bem como no momento em que se produziu ou deveria produzir o resultado.
B ( ) O militar reformado, empregado na administração militar, equipara-se ao militar em situação
de atividade, para o efeito da aplicação da lei penal militar.

142
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C ( ) Há possibilidade de haver punição por fato que lei posterior deixa de considerar crime.
D ( ) O mínimo da pena de reclusão é de um ano, e o máximo de trinta anos. Já o mínimo da
pena de detenção é de dez dias, e o máximo de cinco anos.

28ª QUESTÃO - Marque a alternativa INCORRETA com relação ao Decreto-Lei nº 1.001, de


21/10/69, Código Penal Militar:
A. ( ) Consideram-se como extensão do território nacional as aeronaves e os navios brasileiros,
onde quer que se encontrem, sob comando militar ou militarmente utilizados ou ocupados por
ordem legal de autoridade competente, ainda que de propriedade privada.
B. ( ) O militar que, em virtude da função, exercer autoridade sobre outro de igual posto ou
graduação, não será considerado superior hierárquico, para efeito da aplicação da lei penal
militar.
C. ( ) O militar da reserva ou reformado, empregado na administração militar, equipara-se ao
militar em situação de atividade, para o efeito da aplicação da lei penal militar.
D. ( ) O militar da reserva, ou reformado, conserva as responsabilidades e prerrogativas do posto
ou graduação, para o efeito da aplicação da lei penal militar, quando pratica ou contra ele é
praticado crime militar

29a QUESTÃO – Considerando o que estabelece o Código Penal Militar, marque a alternativa
CORRETA.
A. ( ) Para fins de aplicação do Código Penal Militar entende-se que pares, ou seja, do mesmo
posto, nunca serão considerados superiores um do outro.
B. ( ) Para fins de aplicação do Código Penal Militar entende-se que antiguidade é posto,
portanto, o militar mais antigo que o outro do mesmo posto será sempre considerado superior.
C. ( ) O militar que, em virtude da função, exerce autoridade sobre outro de igual posto ou
graduação, considera-se superior, para efeito da aplicação da lei penal militar.
D. ( ) Para fins de aplicação do Código Penal Militar entende-se que todos os tenentes são pares,
portanto, não há que se considerar superior independentemente de se tratar de um primeiro
tenente em relação ao segundo tenente.

30ª QUESTÃO – Empregada doméstica, durante o trabalho em casa alheia, dali tomou para si
certo objeto que, todavia, supunha ser seu. Esse fato configura:
A. ( ) erro de proibição.
B. ( ) erro de tipo.
C. ( ) causa de exclusão da ilicitude.
D. ( ) crime impossível.
31ª QUESTÃO – Tendo-se por referência o previsto no Código Penal Militar, marque a alternativa
CORRETA:
A. ( ) 3º Sgt PM QPE que, de posse de arma da PMMG (armado fixo), pratica crime previsto na
Lei Penal Comum e na Lei Penal Militar, comete crime militar, em razão do uso de armamento
de propriedade da instituição militar.
B. ( ) 1º Tenente QOE que, no interior da APM, pratica crime doloso contra a vida contra um 1º
Tenente QOC terá a Justiça Comum como a competente para o processo e julgamento (Tribunal
do Júri).
C. ( ) Para efeito da aplicação da lei penal militar, um 1º Tenente da reserva (QOR), empregado
na administração militar, equipara-se ao militar da ativa.
D. ( ) 3º Sgt PM reformado que agride um 3º Sgt QPE que executa policiamento durante o show
de uma banda de música, durante uma apresentação em praça pública, não comete crime militar
e sim crime comum, visto a sua condição de militar reformado e não da reserva.

32ª QUESTÃO – Considerando o regramento estabelecido no Código Penal Militar (CPM),


marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) 1º Tenente QOS que comente crime militar e, após a condenação, advém nova lei que o
favoreça tem, portanto, em seu favor a aplicação retroativa dessa nova lei.
B. ( ) Para que um crime seja considerado militar, a lei exige que a tipificação seja exclusiva no
Código Penal Militar. Assim, se um crime tiver descrição idêntica no Código Penal Militar e no
Código Penal Comum, não será considerado crime militar e sim comum.
C. ( ) Para que se tenha por configurado qualquer crime militar, é necessário que o autor, seja
ele da ativa, da reserva ou reformado, pratique a conduta em local sujeito à administração militar.

143
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Oficial do QOS que se encontra na reserva remunerada conserva a sua condição de militar,
portanto, pode ser vítima de crime militar. Já um Oficial do QOS reformado não se submete ao
código penal militar por estar desobrigado com o serviço militar e, portanto, não pode figurar
como vítima de um crime militar.

33ª QUESTÃO – No tocante às regras previstas na Parte Geral do Código Penal Militar, é correto
afirmar:
A ( ) O militar da reserva, empregado na administração militar, equipara-se ao militar em situação
de atividade, para o efeito da aplicação da lei penal militar.
B ( ) Considera-se praticado o crime no momento em que ocorre o resultado da ação ou da
omissão praticada.
C ( ) Quando por ineficácia absoluta do meio empregado é impossível consumar-se o crime, a
pena aplicável é diminuída de um terço até a metade.
D ( ) Diz-se o crime consumado, quando o agente quis o resultado ou assumiu o risco de produzi-
lo.

34ª QUESTÃO – Em qual opção abaixo encontramos o princípio da anterioridade da lei:


A. ( ) ninguém pode ser punido por fato que lei posterior deixa de considerar como
crime.
B. ( ) não há crime sem Lei anterior que o defina. Não há pena sem prévia cominação
Legal.
C. ( ) considera-se praticado o crime no momento em que se produz o resultado.
D. ( ) não há crime quando o agente pratica o fato em legítima defesa.

35ª QUESTÃO – A ação penal no Juízo Militar Estadual é procedida:


A. ( ) A ação penal é pública e somente pode ser promovida por denúncia do Juiz
Militar.
B. ( ) A ação penal é pública e somente pode ser promovida por denúncia do da Corregedoria
C. ( ) A ação penal é privada mediante representação e somente pode ser promovida por
denúncia do Ministério Público Militar.
D. ( ) A ação penal é pública e somente pode ser promovida por denúncia do Ministério Público
Militar.

36ª QUESTÃO – Os crimes militares são assim denominados em razão de critérios que levam
em consideração:
A. ( ) Pessoa, local, tempo.
B. ( ) Tempo, local, modo.
C. ( ) Matéria, tempo, local.
D. ( ) Pessoa, local e matéria.

37ª QUESTÃO – Em relação ao termo “casa” previsto no CPM em seu artigo 226,
parágrafo 4º, assinale a alternativa que NÃO corresponde ao conceito de “casa”:
A. ( ) qualquer compartimento habitado.
B. ( ) compartimento não aberto ao público onde alguém exerce a profissão de advogado.
C. ( ) aposento não ocupado de habitação coletiva.
D. ( ) compartimento não aberto ao público onde alguém exerce a atividade de artesão.

38ª QUESTÃO – Nos crimes militares de falsidade, o artigo 125, § 2°, “d”, do Código
Penal Militar prevê que a prescrição da ação penal começa a correr:
A. ( ) Do dia em que o crime se consumou.
B. ( ) Da data em que o fato se tornou conhecido.
C. ( ) Do dia em que cessou a permanência.
D. ( ) Da data em que o fato foi praticado.

39ª QUESTÃO – Com base no artigo 123 do Código Penal Militar, em qual hipótese
não ocorrerá a extinção da punibilidade do militar.
A. ( ) Pela morte do agente.
B. ( ) Pela prescrição.
C. ( ) Pelo perdão da vítima.
D. ( ) Pela reabilitação.

144
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

40ª QUESTÃO – O 3º Sgt PM José Silva, durante um rastreamento a indivíduos traficantes de


drogas, teria efetuado um disparo de arma de fogo, atingindo a perna de um civil, que conduzia
uma moto, causando-lhe lesões corporais. Segundo consta, as testemunhas presentes teriam
ouvido um disparo de arma de fogo, que se originou de uma pessoa que estava na garupa da
moto, além de estar fugindo da viatura policial na contra-mão de direção. Diante do exposto, é
CORRETO afirmar que:
A. ( ) O militar cometeu delito de abuso de autoridade.
B. ( ) Configura-se excludente criminal de legítima defesa.
C. ( ) Há excludente criminal de estado de necessidade.
D. ( ) Houve o cometimento de crime de violência arbitrária.

41ª QUESTÃO – De acordo com o Código Penal Militar, assinale a alternativa CORRETA: o
agente que, voluntariamente, desiste de prosseguir na execução ou impede que o resultado do
crime se produza responderá:
A. ( ) Não responderá nem pelos atos já praticados.
B. ( ) Responderá somente pelos atos já praticados e aqueles que cogitou a
praticar.
C. ( ) Somente pelos atos já praticados.
D. ( ) Responderá somente pelos atos que cogitou a praticar.

42ª QUESTÃO – Sobre a Lei Penal Militar assinale a alternativa CORRETA:


A. ( ) Excepcionalmente, admite-se a punição por fato que lei posterior deixa de
considerar como crime.
B. ( ) Não poderá haver crime sem lei anterior que o defina.
C. ( ) Não haverá a retroatividade da lei, mesmo que a lei posterior seja mais favorável ao agente.
D. ( ) Poderá ser aplicada pena, sem a prévia cominação legal.

43ª QUESTÃO – De acordo com o Código Penal Militar, marque a alternativa CORRETA sobre
as causas extintivas de punibilidade:
A. ( ) Extingue-se a punibilidade pela anistia, graça ou indulto.
B. ( ) Extingue-se a punibilidade pela reversão.
C. ( ) Extingue-se a punibilidade por ter o agente sido acometido de doença grave.
D. ( ) Extingue-se a punibilidade pela retroatividade de lei que não mais considera
o fato como criminoso.

44ª QUESTÃO – Assinale a alternativa CORRETA acerca do termo inicial da


prescrição da ação penal:
A. ( ) Nos crimes de falsidade, da data em que o fato foi praticado mesmo que
não tenha se tornado conhecido.
B. ( ) Nos crimes permanentes, não há prescrição da ação penal.
C. ( ) Do dia em que o crime se consumou.
D. ( ) No caso de tentativa, do dia em que iniciou a atividade criminosa.

45ª QUESTÃO – Segundo o Código Penal Militar, aponte a afirmativa que está
CORRETA sobre a compreensão do termo "casa":
A. ( ) Qualquer compartimento.
B. ( ) Taverna, boate, casa de jogo e outras do mesmo gênero.
C. ( ) Compartimento aberto ao público, onde alguém exerce profissão ou atividade.
D.( ) Aposento ocupado de habitação coletiva.

46ª QUESTÃO – Marque a alternativa correta. A Ação Penal Militar é:


A. ( ) Pública.
B. ( ) Personalíssima.
C. ( ) Privada.
D. ( ) Privada condicionada.

47ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. A Ação Penal Militar somente


poderá ser exercida pelo:
A. ( ) Governador do Estado.
B. ( ) Ministério Público Militar.
C. ( ) Comandante-Geral da Polícia Militar.

145
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Presidente do Tribunal de Justiça Militar.

48a QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Não há crime quando o agente


pratica o fato:
A. ( ) Em estrita obediência a ordem direta de superior hierárquico, manifestamente ilegal.
B. ( ) A fim de resguardar direito a que não faz jus.
C. ( ) Em exercício regular de direito.
D. ( ) Desiste posteriormente, restituindo o valor ou sanando o dano praticado.

49a QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA:


A. ( ) Diz-se o crime doloso, quando o agente quis o resultado ou assumiu o risco
de produzi-lo.
B. ( ) Diz-se o crime culposo, quando o agente, empregando a devida cautela, atenção ou
diligência ordinária, ou especial, a que estava obrigado em face das circunstâncias, prevê o
resultado e assume o risco dessa conduta.
C. ( ) Diz-se o crime doloso, quando o agente não quis o resultado e ainda, não assumiu o risco
de produzi-lo.
D. ( ) Diz-se o crime culposo, quando o agente tem a clara intenção e desejo de cometer o delito.

50a QUESTÃO – De acordo com a redação do Código Penal Militar, assinale a ÚNICA alternativa
CORRETA:
A. ( ) A pena de reforma não sujeita o condenado à situação de inatividade.
B. ( ) O condenado a que sobrevenha doença mental pode vir a ser recolhido a um asilo, desde
que adequado ao seu tratamento e custódia, e não exista manicômio judiciário disponível.
C. ( ) É vedado ao condenado, pela Justiça Militar, de uma Região da Polícia Militar cumprir pena
em estabelecimento de outra Região.
D. ( ) A pena de suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função não poderá ser
aplicada ao militar da reserva e, tampouco convertida à pena privativa de liberdade.

51a QUESTÃO - Nas assertivas abaixo, em conformidade com o previsto no Código Penal Militar
(Decreto-lei 1.001/69), marque ‘V’ se for verdadeira ou ‘F’ se for falsa. A seguir, marque a
alternativa que contém a sequência de respostas CORRETA na ordem de cima para baixo.
( ) Conforme previsto no art. 203 (dormir em serviço), não há modalidade culposa para o crime,
ou seja, é necessário que o militar tenha a vontade (dolo) de dormir.
( ) O Comandante de Unidade que deixa de responsabilizar disciplinarmente subordinado que
comete infração no exercício de sua função, comete o crime de prevaricação previsto no art. 319.
( ) No CPM, somente há previsão de crimes que possuam natureza diversa do previsto do Código
Penal Comum.
( ) Nos termos da lei em questão, considera-se militar em atividade aquele que se encontra na
ativa, independente se ele está ou não de serviço.

A. ( ) V, F, F, V.
B. ( ) F, V, V, V.
C. ( ) V, F, V, F.
D. ( ) F, V, F, F.

52ª QUESTÃO – Nas afirmativas abaixo, assinale V para as que forem verdadeiras e F para as
que forem falsas. À seguir, assinale a alternativa que apresenta a sequência de respostas
CORRETA.
( ) Não caberá habeas corpus em relação a punições disciplinares militares.
( ) Ao militar são proibidas a sindicalização e a greve.
( ) O militar, enquanto no serviço ativo, não poderá estar filiado a partidos políticos.
( ) O oficial só perderá o posto e a patente se for julgado indigno do oficialato ou com ele
incompatível, por decisão do Governador do Estado.
A. ( ) V – F – V – V
B. ( ) F – V – F – F
C. ( ) F – F – F – V
D. ( ) V – V – V – F

53ª QUESTÃO – A respeito da legislação penal militar, é CORRETO afirmar que:

146
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) A morte do agente não possui o condão de extinguir a punibilidade.


B. ( ) No turno de serviço, onde as cinco viaturas são comandadas por 3º Sgt, tem-se que os
comandantes de viatura mais antigos são considerados superiores, em
relação aos mais modernos, para fins de aplicação da lei penal militar.
C. ( ) Militar que, atuando em razão da função comente crime doloso contra a vida,
será processado e julgado perante a Justiça Militar haja vista haver atuando como militar.
D. ( ) Numa guarnição (viatura) composta por dois 3º Sgt, tem-se que o comandante da guarnição
é considerado superior para efeito da aplicação da lei penal militar.

54ª QUESTÃO – Enumere a 2ª coluna, ligando os conceitos legais e situações fáticas nela
contida aos excludentes de ilicitude e de culpabilidade definidos no Código Penal Militar,
constantes da 1ª coluna. A seguir, marque a alternativa que contém a sequência CORRETA:
1- Estado de necessidade, como excludente do crime.
2- Estado de necessidade, como excludente da culpabilidade.
3- Legítima defesa.
4- Estrito cumprimento do dever legal
5- Exercício regular
6- Obediência hierárquica.

( ) Usando da força necessária e do meio adequado, um Soldado PM repele uma injusta e


violenta agressão que um Cabo PM sofria de um criminoso.
( ) Militar pratica ato não manifestamente criminoso, em estrita obediência a ordem direta de
superior hierárquico, em matéria de serviço.
( ) Um militar desfere uma trombada em outro militar, durante um torneio de jogo de futebol no
Quartel PM, para evitar um gol.
( ) Para proteger direito próprio, contra perigo certo e atual, que não provocou, nem podia de
outro modo evitar, o militar sacrifica direito alheio, superior ao direito protegido, sendo que não
lhe era razoavelmente exigível conduta diversa.
( ) Militar restringe o direito de ir e vir de um indivíduo em atitude suspeita, para realizar uma
busca pessoal.
( )Militar pratica o fato para preservar direito próprio, contra perigo certo e atual, que não
provocou, nem podia de outro modo evitar, sendo que o mal causado, por sua natureza e
importância, é consideravelmente inferior ao mal evitado, e o agente não era legalmente obrigado
a arrostar o perigo.

A. ( ) 4, 3, 6, 1, 5, 2.
B. ( ) 3, 6, 5, 2, 4, 1.
C. ( ) 4, 6, 1, 3, 5, 2.
D. ( ) 3, 4, 5, 2, 6, 1.

55ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Conforme o Código Penal Militar, a lei
posterior que, de qualquer outro modo, favorece o agente, em virtude dela, aplica-se:
A. ( ) Retroativamente, ainda quando já tenha sobrevindo sentença condenatória irrecorrível.
B. ( ) Retroativamente, somente quando tenha sobrevindo sentença condenatória recorrível.
C. ( ) Irretroativamente, ainda quando já tenha sobrevindo sentença condenatória irrecorrível.
D. ( ) Irretroativamente, e, mesmo assim, quando tenha sobrevindo sentença
condenatória recorrível.

56ª QUESTÃO – Conforme o Código Penal Militar, sobre a lei excepcional ou temporária, é
CORRETO afirmar que:
A. ( ) Decorrido o período de sua duração ou cessadas as circunstâncias que a determinaram,
aplica-se ao fato praticado após sua vigência.
B. ( ) Embora decorrido o período de sua duração, somente se cessadas as circunstâncias que
a determinaram, aplica-se ao fato praticado após sua vigência.
C. ( ) Decorrido o período de sua duração não mais se aplica ao fato praticado durante sua
vigência.
D. ( ) Embora decorrido o período de sua duração ou cessadas as circunstâncias que a
determinaram, aplica-se ao fato praticado durante sua vigência.

57ª QUESTÃO - De acordo com o Código Penal Militar, complete as lacunas e, a seguir, marque
a alternativa que contém a sequência CORRETA:

147
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

São reduzidos de metade os prazos da prescrição, quando o criminoso era, ao tempo do crime,
menor de ______anos ou maior de _____.
A. ( ) dezoito /sessenta.
B. ( ) vinte e um/ sessenta.
C. ( ) dezoito/setenta.
D. ( ) vinte e um/ setenta.

58ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. De acordo com o Código Penal Militar,
extingue-se a punibilidade:
A. ( ) Pelo arquivamento do processo administrativo que não considerou o fato
transgressão disciplinar.
B. ( ) Pela anistia, graça ou indulto.
C. ( ) Pela morte da vítima.
D. ( ) Pela morte do agente e pela prescrição.

59ª QUESTÃO – Marque a alternativa INCORRETA. Nos termos do Decreto-Lei nº 1.001, de


21/10/1969 – Código Penal Militar é:
A. ( ) Não será considerado culpado o inferior que cometer o crime sob coação irresistível e em
obediência hierárquica mesmo que a ordem do superior tenha por objeto a prática de ato
manifestamente criminoso.
B. ( ) Consideram-se como extensão do território nacional as aeronaves e os navios brasileiros,
onde quer que se encontrem, sob comando militar ou militarmente utilizados ou ocupados por
ordem legal de autoridade competente, ainda que de propriedade privada.
C. ( ) É também aplicável a lei penal militar ao crime praticado a bordo de aeronaves ou navios
estrangeiros, desde que em lugar sujeito à administração militar, e o crime atente contra as
instituições militares.
D. ( ) Quando o agente, por erro de percepção ou no uso dos meios de execução, ou outro
acidente, atinge uma pessoa em vez de outra, responde como se tivesse praticado o crime contra
aquela que realmente pretendia atingir.

60ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O Sd Jonh Valen Tão, decidido a praticar
violência contra seu superior hierárquico e, querendo se isentar de qualquer responsabilização,
decidiu que, antes de cometer o crime, faria uso excessivo de bebida alcoólica para alcançar um
estado de embriaguez completa. Sobre o entendimento do militar:
A. ( ) Está correto, pois será considerado inimputável aquele que, no momento da ação ou da
omissão, não possui a capacidade de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de
acordo com esse entendimento.
B. ( ) Está equivocado, pois só seria considerado inimputável se a embriaguez fosse proveniente
de caso fortuito ou força maior.
C. ( ) Está equivocado, pois não é imputável quem, no momento da ação ou da omissão, não
possui a capacidade de entender o caráter ilícito do fato ou de determinar-se de acordo com
esse entendimento, somente em virtude de doença mental ou de desenvolvimento mental
incompleto ou retardado.
D. ( ) Está correto, pois conseguirá provar, através do etilômetro, que o nível de teor de álcool no
seu sangue, compromete totalmente a sua capacidade de entender o caráter ilícito do fato ou de
determinar-se de acordo com esse entendimento

61ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. À luz do Código Penal Militar (Decreto-lei n.
1.001/69), pode-se afirmar que crime tentado ocorre quando:
A. ( ) O crime é falho, ou seja, quando o agente termina todo o processo executório e o resultado
pretendido não é alcançado por circunstâncias alheias a sua vontade.
B. ( ) Nele se reúnem todos os elementos de sua definição legal.
C. ( ) Iniciada a execução, não se consuma por culpa do agente.
D. ( ) Iniciada a execução de um crime preterdoloso, não se consuma por circunstâncias alheias
à vontade do ofendido.

62ª QUESTÃO – No que tange à aplicação da lei penal militar, em consonância com o que
prescreve o Código Penal Militar, assinale a alternativa CORRETA:
A. ( ) É admissível a retroatividade de lei penal posterior, desde que seja para prejudicar o réu.

148
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) Os crimes militares, em tempo de paz, quando dolosos contra a honra e cometidos contra
civil, serão da competência da Justiça Comum.
C. ( ) O militar que, em virtude da função, exerce autoridade sobre outro de igual posto ou
graduação, considera-se superior, para efeito da aplicação da lei penal militar.
D. ( ) O militar da reserva ou reformado, mesmo quando empregado na administração militar,
não se equipara ao militar em situação de atividade, para fins de aplicação da lei penal militar.

63ª QUESTÃO – Em relação ao Decreto-lei n. 1.001/69 (Código Penal Militar),


analise as assertivas abaixo:
I – O Código Penal Militar adota a teoria da atividade ou da ação em relação à definição de lugar
de crime.
II – O furto de uso definido no art. 241, exige que o infrator não tenha por objetivo ter a posse de
forma definitiva e o objeto seja restituído imediatamente após o uso, ou reposto no lugar onde se
achava.
III – Nos termos da Lei Penal Militar, o militar que exerce função, a qual exerça autoridade sobre
outro de igual posto ou graduação, é considerado superior.
IV – Configura o delito do sono, o militar que, sendo negligente no plantão, deixa se vencer pelo
sono, vindo a cochilar durante o serviço.

São INCORRETAS as assertivas:


A. ( ) I, III e IV, apenas.
B. ( ) I e III, apenas.
C. ( ) I e IV, apenas.
D. ( ) Todas estão incorretas.

64ª QUESTÃO – No que se refere às regras de prescrição, contidas no Código Penal Militar, é
CORRETO afirmar:
A. ( ) A prescrição da ação penal começa a correr, nos crimes permanentes, do dia em que o
crime se consumou.
B. ( ) No caso de concurso de crimes, a prescrição é referida à pena unificada de todos os crimes
praticados.
C. ( ) O curso da prescrição da ação penal interrompe-se pela sentença condenatória recorrível.
D. ( ) A prescrição não pode ser declarada de ofício pelo juiz, devendo ser requerida pela parte
interessada.

65a QUESTÃO – A respeito da ação penal, nos crimes militares, é CORRETO afirmar:
A.( ) é pública e somente poderá ser promovida por denúncia do Ministério Público Militar, sendo
que, após apresentada, o Ministério Público não poderá desistir da ação penal.
B.( ) é pública e pode ser promovida por denúncia do Ministério Público, Civil ou Militar, que dela
pode desistir, a qualquer tempo, desde que ainda não haja sentença transitada em julgado.
C.( ) pode ser pública ou privada, carecendo, neste caso, de requerimento do ofendido.
D.( ) somente pode ser promovida por juiz do Tribunal de Justiça Militar.

66ªQUESTÃO - Assim que adentrou no estabelecimento, o “Sd Ligeirinho” foi surpreendido por
um dos envolvidos que apontou-lhe uma arma de fogo. Através de uma rápida reação, o militar
sacou sua arma e efetuou um disparo contra o citado cidadão que veio a falecer a caminho do
hospital. Com base no Código Penal, marque a ÚNICA alternativa que descreve a excludente de
ilicitude que poderá ser utilizada na defesa do “Sd Ligeirinho”:
A. ( ) estado de necessidade.
B. ( ) legítima defesa.
C. ( ) estrito cumprimento de dever legal.
D. ( ) exercício regular de direito.

67ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Não é culpado quem comete o


crime:
A. ( ) Sob coação irresistível ou que lhe suprima a faculdade de agir segundo a
própria vontade.
B. ( ) Em afronta à ordem direta e legal de superior hierárquico em matéria de serviços.
C. ( ) Com a clara intenção de obter o resultado delituoso e ainda, assume o risco de produzi-lo.

149
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Em estrita obediência a uma ordem de um superior hierárquico, ainda que manifestamente


ilegal.

68ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. No Código Penal Militar há previsão de


Extinção de Punibilidade, quando:
A. ( ) Pela confissão da autoria e materialidade.
B. ( ) Pela anistia, perdão da vítima, graça ou indulto.
C. ( ) Pela morte do agente.
D. ( ) Pelo ressarcimento do dano, no caso de peculato doloso.

69ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA:


A. ( ) São aumentados os prazos da prescrição, quando o criminoso era, ao tempo
do crime, menor de vinte e um anos e maior de setenta.
B. ( ) O curso da prescrição da ação penal não se interrompe pela instauração do processo.
C. ( ) A prescrição da ação penal corre enquanto o agente cumpre pena no estrangeiro.
D. ( ) No crime de deserção, embora decorrido o prazo da prescrição, esta só extingue a
punibilidade quando o desertor atinge a idade de quarenta e cinco anos, e, se oficial, a de
sessenta.

70ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Quando um policial militar, estando em serviço
e fardado, aborda em via pública por fundada suspeita um cidadão, cerceando-lhe
momentaneamente o direito de ir e vir do abordado age sob o abrigo de qual excludente de
ilicitude?
A. ( ) Exercício regular do direito.
B. ( ) Estado de necessidade.
C. ( ) Legitima defesa.
D. ( ) Estrito cumprimento do dever legal.

71ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Nos termos do Código Penal Militar podemos
afirmar que:
A. ( ) Não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal.
B. ( ) Poderá ocorrer punição mesmo em razão de fato que lei posterior deixa de considerar
crime.
C. ( ) A lei posterior que, de qualquer outro modo, favorece o agente, é irretroativa, ainda quando
já tenha sobrevindo sentença condenatória irrecorrível.
D. ( ) Para se reconhecer qual a mais favorável, a lei posterior e a anterior devem ser
consideradas de maneira conjunta, extraindo-se os benefícios de ambas.

72ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Nos termos do Código Penal Militar podemos
afirmar que:
A. ( ) Considera-se crime militar, em tempo de paz: aquele praticado por militar em situação de
inatividade, ainda que em lugar não sujeito à administração militar, contra militar da mesma
situação, ou civil.
B. ( ) Considera-se crime militar, em tempo de paz: aquele praticado por militar em serviço ou
atuando em razão da função, em comissão de natureza militar, ou em formatura, ainda que fora
do lugar sujeito à administração militar contra militar da reserva, ou reformado, ou civil.
C. ( ) Considera-se crime militar, em tempo de paz: aquele praticado por assemelhado durante o
período de manobras ou exercício, ainda que em lugar não sujeito a administração militar.
D. ( ) Considera-se crime militar, em tempo de paz: aquele praticado por militar em situação de
inatividade, contra o patrimônio alheio a administração militar, ou a ordem administrativa militar.

73ª QUESTÃO – O art. 9º do Código Penal Militar (CPM) define as situações em que determinada
conduta é crime militar. Assim, considerando que um 3º Sgt QPE esteja na Reserva remunerada
e seja reconvocado pela Administração Militar para prestar serviços no HPM, para o efeito da
aplicação da lei penal militar, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Permanece inalterada sua situação de militar da reserva para fins do CPM.
B. ( ) Passa para a condição de Assemelhado.
C. ( ) Quando pratica o crime é considerado militar da ativa e, quando contra ele é praticado,
militar da reserva.
D. ( ) Equipara-se ao militar em situação de atividade.

150
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

74ª QUESTÃO – Quanto à aplicação do Código Penal Militar (CPM) é CORRETO


afirmar que:
A ( ) Aplica-se aos crimes previstos no CPM, embora também o sejam com igual definição na lei
penal comum, em qualquer situação, bastando que o agente seja militar.
B ( ) Aplica-se aos crimes de que trata o CPM, quando definidos de modo diverso na lei penal
comum, ou nela não previstos, qualquer que seja o agente, salvo disposição especial.
C ( ) Aplica-se apenas aos militares dos Estados ou militares federais.
D ( ) Não tem aplicação aos crimes cometidos por guarda municipal, agente penitenciário e
bombeiro militar quando previstos também na lei penal comum.

75ª QUESTÃO – Considerando a aplicação da lei penal militar, é CORRETO


afirmar que:
A ( ) Exceto quanto ao militar reformado, o militar da reserva empregado na administração militar,
equipara-se ao militar em situação de atividade, para o efeito da aplicação da lei penal militar.
B ( ) A lei penal militar posterior que favorece o agente, não aplica-se retroativamente, se já tiver
sobrevindo sentença condenatória irrecorrível.
C ( ) O militar que, em virtude da função, exerce autoridade sobre outro de igual posto ou
graduação, considera-se superior, para efeito da aplicação da lei penal militar.
D ( ) A lei penal militar não tem aplicabilidade ao crime cometido fora do território nacional.

76ª QUESTÃO - Em relação ao Decreto-Lei Nº 1001, de 21/10/69 – Código Penal


Militar, marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) Para os efeitos da lei penal militar consideram-se como extensão do território
nacional as aeronaves e os navios brasileiros, onde quer que se encontrem, sob
comando militar ou militarmente utilizados ou ocupados por ordem legal de autoridade
competente, ainda que de propriedade privada.
B. ( ) Não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação
legal.
C. ( ) A pena cumprida no estrangeiro não atenua a pena imposta no Brasil pelo mesmo crime,
quando diversas, ou nela é computada, quando idênticas.
D. ( ) A lei excepcional ou temporária, embora decorrido o período de sua duração ou cessadas
as circunstâncias que a determinaram, aplica-se ao fato praticado durante sua vigência.

77ª QUESTÃO - Em relação ao Decreto-Lei Nº 1001, de 21/10/69 – Código Penal


Militar, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O militar da reserva, ou reformado, não conserva as responsabilidades e prerrogativas do
posto ou graduação, para o efeito da aplicação da lei penal militar, quando pratica ou contra ele
é praticado crime militar.
B. ( ) O militar da reserva ou reformado, empregado na administração militar, equipara-se ao
militar em situação de atividade, para o efeito da aplicação da lei penal militar.
C. ( ) Segundo o Código Penal Militar, a pena de morte é executada por injeção letal.
D. ( ) É previsto no Código Penal Militar o mínimo de dois anos e máximo de trinta
anos para a pena de reclusão e o mínimo de quinze dias e o máximo de dez anos para a pena
de detenção.

78ª QUESTÃO – Nos termos do Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa
CORRETA.
A. ( ) O militar que, em virtude da função, exerce autoridade sobre outro de igual
posto ou graduação, considera-se superior, para efeito da aplicação da lei penal militar.
B. ( ) A condenação da praça a pena privativa de liberdade, desde que por tempo
superior a quatro anos, importa na sua exclusão da Instituição Militar Estadual.
C. ( ) O militar da reserva equipara-se ao militar em situação de atividade, para o efeito da
aplicação da lei penal militar.
D. ( ) São exemplos de penas acessórias: reforma; suspensão do exercício do posto, graduação,
cargo ou função; suspensão do pátrio poder, tutela ou curatela; suspensão dos direitos políticos.

151
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

79ª QUESTÃO – O agente que, por descuido plenamente justificado, apanha uma mala
semelhante à sua, cheia de jóias, que estava na sala de espera de uma rodoviária, estará, em
tese, diante de uma situação de:

A. ( ) erro sobre a ilicitude do fato.


B. ( ) concurso material.
C. ( ) concurso formal.
D. ( ) erro sobre elemento do tipo.

GABARITO PARTE GERAL


1) C 2) C 3) A 4) C 5) D 6) D 7) C 8) D 9) B 10) D
11) A 12 A 13) B 14) A 15) D 16) B 17) C 18) D 19) C 20) A
21) D 22) C 23) A 24) B 25) C 26) C 27) B 28) B 29) C 30) B
31) C 32) A 33) A 34) B 35) D 36) D 37) C 38) B 39) C 40) B
41) C 42) B 43) D 44) C 45) D 46) A 47) B 48) C 49) A 50) B
51) A 52) D 53) D 54) B 55) A 56) D 57) D 58) D 59) A 60) B
61) A 62) C 63) C 64) C 65) A 66) B 67) A 68) C 69) D 70) D
71) A 72) B 73) D 74) B 75) C 76) C 77) B 78) A 79) D

152
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

4.2 ART. 9º ( CRIMES MILITARES)


1ª QUESTÃO – Nos termos do artigo 9º do Código Penal Militar (CPM), que
descreve as situações definidoras dos crimes militares em tempo de paz, é
INCORRETO afirmar que:
A. ( ) Será crime militar o fato praticado por militar estadual da ativa em face de outro
militar estadual da ativa.
B. ( ) Será crime militar o fato praticado por militar estadual da ativa que, embora
não estivesse em serviço nem em local sujeito à Administração Militar, utilizou-se de
uma PT .40 da carga da PMMG para lesionar um militar estadual da reserva
remunerada.
C. ( ) Será crime militar o fato praticado por militar estadual da reserva, fora de local
sujeito à Administração Militar, em face de militar estadual que se encontrava de
serviço no rádio patrulhamento.
D. ( ) Será crime militar o fato praticado por militar estadual em serviço, fora de local
sujeito à Administração Militar, em face de civil.

2ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Em relação ao crime militar em


tempo de paz, previsto no Art. 9º, do CPM:
A. ( ) A situação de ativa, reserva ou reformado do militar é relevante para definir se
o crime é ou não militar.
B. ( ) Os crimes de motim e deserção são considerados crimes militares impróprios.
C. ( ) Os crimes de homicídio e lesão corporal previstos no CPM são considerados
crimes militares próprios.
D. ( ) Será da competência da justiça comum julgar o policial militar da ativa que
pratica crime doloso contra a vida, tendo como vítima outro policial militar na mesma
situação

3ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Consideram-se crimes militares,


em tempo de paz:
A. ( ) Os crimes previstos no Código Penal Comum, praticados por militares, estando
estes de folga e à paisana, fora dos locais sujeitos à fiscalização da administração
pública militar.
B. ( ) Os crimes de que trata o Código Penal Militar, quando definidos de modo
diverso na lei penal comum, ou nela não previstos, qualquer que seja o agente, salvo
disposição especial.
C. ( ) A deserção, o motim, a rebeldia e a indisciplina.
D. ( ) Aqueles praticados por militares em situação de inatividade contra as
instituições civis.

4ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. É exemplo de crime militar


praticado por militar atuando em razão da função:
A. ( ) Policial Militar que estando no serviço de sentinela abandona seu posto, sendo
surpreendido por um seu superior hierárquico em um bar ingerindo bebida alcoólica.
B. ( ) Policial militar de serviço, para conter multidão em pânico, efetua disparos de
arma de fogo para o alto.
C. ( ) Policial militar que, de folga e em trajes civis, surpreende um homem matando
o outro com quatro tiros e, após apresentar-se como policial, tendo que utilizar-se
de força física, causa lesões corporais no autor dos disparos ao prendê-lo.

153
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Policial militar estando escalado no serviço de intendente da Cia., aproveitando


de sua função, apropria de trinta cartuchos de munição calibre 38 polegadas, para
proveito próprio.

5ª QUESTÃO – Conforme se extrai do conceito de crime militar constante do art. 9º


do CPM, é CORRETO afirmar:
A. ( ) O fato de um militar, estando de folga e à paisana, praticar um assalto
utilizando-se de arma de fogo da carga da sua Unidade, com a qual estava armado
fixo, por si só não configura crime militar nos termos do art. 9º do CPM.
B. ( ) Dois soldados PM da ativa que, de folga e à paisana, se agridem e se lesionam
mutuamente no interior do Clube dos Cabos e Soldados, cometem crime militar
tendo em vista que o fato se deu em lugar sujeito à administração militar.
C. ( ) Os crimes de que trata o art. 9º do CPM, quando dolosos contra a vida e
praticados por militar de serviço, serão da competência da justiça comum.
D. ( ) O militar da reserva ou reformado somente praticará crime militar contra outro
militar na mesma situação quando o fato ocorrer no interior de lugar sujeito à
Administração Militar.

6ª QUESTÃO – Nos termos do art. 9º do Código Penal Militar (CPM), que trata dos
crimes militares, em tempo de paz, marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) Considera-se crime militar apenas o fato praticado por militar em situação de
atividade contra militar na mesma situação.
B. ( ) Não haverá situação em que o militar reformado praticará crime militar.
C. ( ) Consideram-se crimes militares, em tempo de paz, os crimes de que trata o
Código Penal Militar, quando definidos de modo diverso na lei penal comum, ou nela
não previstos, qualquer que seja o agente, salvo disposição especial.
D. ( ) Os crimes de que trata o Código Penal Militar, quando dolosos contra a vida e
cometidos contra civil, serão da competência da justiça comum ou militar, a
depender das circunstâncias do fato.

7a QUESTÃO – Em relação ao Decreto Lei nº 1.001/69, que contém o Código Penal


Militar, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Ao militar da reserva ou reformado, empregado na administração militar, em
situação de atividade, não será conferida equiparação em relação ao militar da ativa
quanto à aplicação da lei penal militar.
B. ( ) O militar que, em virtude da função, exerce autoridade sobre outro de igual
posto ou graduação, considera-se par deste, para efeito da aplicação da lei penal
militar.
C. ( ) Consideram-se crimes militares, em tempo de paz, os crimes previstos no
Código Penal Militar, embora também o sejam com igual definição na lei penal
comum, quando praticados por militar em situação de atividade contra militar na
mesma situação.
D. ( ) Constituem penas acessórias a inabilitação para o exercício da função pública,
a perda do posto e patente e a reclusão.

8ª QUESTÃO – Analise o seguinte fato: um 3º Sgt PM Comandante de um


Destacamento PM, estando de serviço, foi agredido e lesionado por outro 3º Sgt PM
integrante do mesmo Destacamento, que se encontrava de folga. A seguir, marque
a alternativa CORRETA, nos termos do Código Penal Militar (CPM):
A. ( ) Não há relação de superioridade e inferioridade hierárquica entre o 3º Sgt PM
agredido e 3º Sgt PM agressor, tendo em vista que ambos são pares.

154
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) Mesmo que o 3º Sgt PM agressor fosse da reserva ou reformado, de acordo


com o conceito de crime militar constante do art. 9º do CPM, seria crime militar.
C. ( ) De acordo com o conceito de crime militar constante do art. 9º do CPM, o fato
narrado somente seria considerado crime militar se tivesse ocorrido no interior do
Destacamento PM ou o 3º Sgt PM agressor estivesse de serviço.
D. ( ) O fato narrado é crime militar tendo em vista que toda infração penal praticada
por militar da ativa será crime militar.

9a QUESTÃO - Baseado no Código Penal Militar, marque a alternativa CORRETA:


A ( ) O militar reformado não conserva as responsabilidades e prerrogativas do posto
ou graduação, para o efeito da aplicação da lei penal militar, quando pratica ou
contra ele é praticado crime militar.
B ( ) A pena de morte prevista no CPM é executada por enforcamento.
C ( ) Por crime militar praticado em tempo de guerra não poderá o civil ficar sujeito
a cumprir a pena, no todo ou em parte em penitenciária militar.
D ( ) Consideram-se crimes militares, em tempo de guerra, os crimes definidos na
lei penal comum ou especial, embora não previstos no CPM, quando praticados em
zona de efetivas operações militares ou em território estrangeiro, militarmente
ocupado.

10ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Conforme o Código Penal Militar


(CPM), considera-se crime militar, em tempo de paz, a conduta:
A. ( ) Capitulada no Código Penal Militar, quando definido de modo diverso na lei
penal comum, ou nela previsto, desde que seja o militar o agente.
B. ( ) Prevista no Código Penal Militar, embora também o seja com igual definição
na lei penal comum, quando praticado por militar em serviço ou atuando em razão
da função, ainda que fora do lugar sujeito à administração militar contra militar da
reserva, ou reformado, ou civil.
C. ( ) Praticada por militar da reserva e, embora não prevista no Código Penal Militar,
atente contra a instituição militar ou civil.
D. ( ) Capitulada como crime doloso contra a vida e cometido contra civil.

11a QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA: Consideram-se crimes militares,


em tempo de paz:
A. ( ) Os crimes comuns praticados por civis contra militares, estando estes últimos
de folga e à paisana, em locais não sujeitos à Administração Militar.
B. ( ) Os crimes previstos no Código Penal, praticados por militares, estando estes
de folga e à paisana, fora dos locais sujeitos à fiscalização da administração pública
militar.
C. ( ) A deserção, o motim, a rebeldia e a indisciplina.
D. ( ) Os crimes de que trata o Código Penal Militar, quando definidos de modo
diverso na lei penal comum, ou nela não previstos, qualquer que seja o agente, salvo
disposição especial.

12ª QUESTÃO – Arredio, policial militar do serviço ativo, pertencente ao 120° BPM,
de BH, de folga e em trajes civis, em companhia de seu colega de batalhão, nas
mesmas condições, após o término do turno de serviço, posto que ambos
trabalharam juntos compondo a mesma guarnição, foram “curtir” a folga em um
balneário numa cidade da RMBH. Em dado momento, por motivo não revelado,
Arredio entrou em luta corporal com seu colega, causando-lhe graves ferimentos.
Com base nas informações acima, marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) Arredio cometeu crime militar e será processado julgado na justiça

155
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

militar estadual.
B. ( ) Arredio cometeu crime comum e será processado julgado em uma vara
criminal na comarca de BH.
C. ( ) Arredio cometeu crime comum e será processado julgado em uma vara
criminal na comarca onde ocorreu o crime.
D. ( ) Arredio cometeu crime militar e será processado julgado em uma vara
criminal na comarca onde ocorreu o crime.
13ª QUESTÃO – Ébrio, Soldado do serviço ativo da Polícia Militar do Estado do Rio
de Janeiro, durante seu período de férias, em visita a Belo Horizonte, caminhava,
durante a madrugada, em atitude suspeita em uma das ruas do centro de BH,
quando foi abordado por uma guarnição da PMMG, escalada naquele setor de
patrulhamento. Insatisfeito com a ação dos Militares Estaduais de Minas Gerais,
Ébrio, passou a difamar e injuriar os integrantes da Guarnição, sendo por isto preso
em flagrante delito. Com as informações acima e baseado no Artigo 9º do Código
Penal Militar marque abaixo a única opção correta:
A. ( ) O Soldado Ébrio cometeu crime militar.
B. ( ) O Soldado Ébrio NÃO cometeu crime militar e sim crime comum.
C. ( ) O Soldado Ébrio NÃO cometeu crime algum.
D. ( ) O Soldado Ébrio cometeu crime militar e crime comum.
14ª QUESTÃO – Trata-se de crime de natureza militar, conforme estabelece o
CPM, a seguinte situação:
A. ( ) militar da ativa, de folga e à paisana, lesiona com um soco no peito, militar da
reserva, em via pública, sendo que o agente desconhecia a situação de militar da
vítima.
B. ( ) militar da reserva, durante intervenção de interesse particular, utilizando
armamento que adquiriu em plano de armas da PMMG, atira contra seu vizinho
vitimando-o de forma letal.
C. ( ) Sd PM “Fogo Certo”, atuando em razão da função policial militar, portando
armamento particular legalmente adquirido através do plano de armas/PM, após ser
recebido a tiros pelo cidadão infrator, vem a alvejá-lo com a citada arma causando-
lhe lesão na altura do ombro.
D. ( ) militar reformado, atenta contra a integridade física de militar da reserva, seu
superior hierárquico, em local não sujeito à administração militar.

15ª QUESTÃO - Nos termos do Decreto-lei n. 1.001/69 (Código Penal Militar),


marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) Conforme art. 9º do Código Penal Militar, considera-se crime militar os previstos
no CPM e os previstos na legislação penal, quando praticados por militar em
situação de atividade contra militar na mesma situação.
B. ( ) Considera-se crime militar, os crimes de que trata o Código Penal Militar,
quando definidos de modo diverso na lei penal comum, ou nela não previstos, sendo
o sujeito ativo, civil ou militar.
C. ( ) Será crime militar, o fato ilícito cometido por militar em serviço ou atuando em
razão da função, em comissão de natureza militar, ou em formatura, somente se
cometido em lugar sujeito à administração militar contra militar da reserva, ou
reformado, ou civil.
D. ( ) Os crimes definidos no art. 9º, quando dolosos contra a vida e cometidos por
militares das Forças Armadas contra civil, serão da competência da Justiça Militar
da União, se praticados no contexto, dentre outras situações, em ação que envolva
a segurança de instituição militar ou de missão militar, mesmo que não beligerante

156
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

16ª QUESTÃO – De acordo com o Decreto-Lei nº 1.001, de 21/10/69 – Código


Penal Militar, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Configura o crime de motim, o fato de reunirem-se dois ou mais militares ou
assemelhados, com armamento ou material bélico, de propriedade militar,
praticando violência à pessoa ou à coisa pública ou particular em lugar sujeito ou
não à administração militar.
B. ( ) A partir do recebimento da denúncia, pelo Juiz, inicia-se a contagem do prazo
da prescrição da ação penal.
C. ( ) Iniciar-se-á a contagem do prazo prescricional do crime de deserção, no dia
seguinte à sua consumação.
D. ( ) Consideram-se crimes militares, aqueles praticados por militar da reserva, ou
reformado em lugar sujeito à Administração Militar, contra militar em situação de
atividade ou assemelhado e, ainda que fora do lugar sujeito à Administração Militar,
contra militar em função de natureza militar, ou no desempenho de serviço de
vigilância, garantia e preservação da ordem pública, administrativa ou judiciária.

17aQUESTÃO–Marque a alternativa CORRETA. Considera-se como exemplo de


crime militar, em tempo de paz, previsto no Código Penal Militar vigente:
A. ( ) Um Sargento PM da ativa pertencente a uma Cia do 80º BPM, em Belo
Horizonte, MG, ao quebrar culposamente uma obra de arte em uma casa cultural na
Lagoa da Pampulha, cujo patrimônio estava sob a responsabilidade da
administração da Prefeitura de Belo Horizonte.
B. ( ) Um Soldado PM da ativa, de folga e à paisana, usa armamento de propriedade
militar para a prática de um crime roubo.
C. ( ) Um cidadão civil que pratica crime previsto no Código Penal Militar (CPM)
contra um Capitão da ativa da PMMG.
D. ( ) Um Tenente PM da ativa que, em comissão de natureza militar, representando
a Polícia Militar mineira, estando dentro de uma Secretaria de Estado da Agricultura
de outro Estado da Federação, agride e causa lesões corporais no Capitão QOR
(quadro de oficiais da reserva) da PMMG, devido a um grave desentendimento por
uma pasta de anotações que seria distribuída por assessores daquela Secretaria.

18ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA, segundo o Código Penal Militar:


A ( ) O militar reformado não conserva as responsabilidades e prerrogativas do posto
ou graduação para efeito de aplicação da lei penal militar.
B ( ) São considerados crimes militares, em tempo de paz, os crimes previstos no
Código Penal Militar, quando definidos de modo diverso ou até mesmo não previstos
na Lei Penal Comum, qualquer que seja o agente, salvo disposição especial.
C ( ) Segundo o Código Penal Militar, o mínimo previsto para aplicação da pena de
reclusão é de 02 (dois) anos e o máximo de 30 (trinta) anos.
D ( ) A pena de impedimento, previsto no Código Penal Militar, sujeita o condenado
a permanecer no recinto da Unidade. Nesse caso, haverá prejuízo da instrução do
militar.

19ª QUESTÃO - Sobre o Código Penal Militar é CORRETO afirmar que:


A. ( ) Em um crime militar em que só esteja estabelecida a pena máxima de reclusão,
significará que a mínima não poderá ser inferior a 30 dias.
B. ( ) Será da competência da justiça militar os crimes dolosos contra a vida
cometidos contra civil quando praticados no contexto de ação militar realizada na
forma do art. 303 do Código Brasileiro de Aeronáutica.

157
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) O militar que se encontrar em gozo de férias-prêmio não será considerado


militar em situação de atividade para os fins do art. 9º do CPM.
D. ( ) O uso de armamento de propriedade militar por integrante da PMMG, ainda
que não esteja em serviço, será considerado decisivo para a configuração do crime
militar.

20ª QUESTÃO – Após leitura do enunciado que segue, e com fulcro no Decreto-
Lei n. 1.001/1969, que contém o Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa
INCORRETA:
O art. 9º, II, do CPM, estabelece que são considerados crimes militares, em tempo
de paz, aqueles previstos no referido Código, embora também o sejam com igual
definição na lei penal comum, quando praticados:
A ( ) Por militar que, embora de folga, utilize armamento de propriedade da
administração militar.
B ( ) Por militar em situação de atividade contra militar nessa mesma situação.
C ( ) Por militar em situação de atividade, em lugar sujeito à administração militar,
contra militar reformado.
D ( ) Por militar em situação de atividade contra o patrimônio sob a administração
militar.

21ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Em relação ao disposto no


Código Penal Militar são considerados crimes militares em tempo de paz:
A. ( ) Os crimes praticados por militares fora do horário do serviço operacional em
quaisquer situações.
B. ( ) Os crimes previstos no Código Penal Militar, quando praticados por militar em
serviço, contra militar na mesma situação.
C. ( ) Todos os crimes praticados por militares no exercício do serviço, sem exceção.
D. ( ) Os crimes previstos no Código Penal Militar, quando praticados por militar da
reserva (inativo) contra civil.

22ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Consideram-se crimes militares,


em tempo de paz, os crimes previstos no Código Penal Militar, embora também o
sejam com igual definição na lei penal comum, quando praticados:
A. ( ) Por militar da ativa contra militar da reserva ou reformado, em lugar não sujeito
à administração militar.
B. ( ) Por militar da reserva contra militar da reserva, em lugar sujeito à administração
militar.
C. ( ) Por militar de serviço, apenas em lugar sujeito à administração militar.
D. ( ) Por militar da ativa contra outro militar da ativa, mesmo que em lugar não
sujeito à administração militar.

23ª QUESTÃO – Considerando o disposto estritamente no art. 9º do Decreto-Lei n.


1.001, de 21/10/69 - Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Não será considerado militar o crime de lesão corporal praticado por um militar
estadual reformado contra um oficial de justiça, serventuário da Justiça Militar
Estadual, no momento em que realizava a intimação do referido militar para uma
audiência na 1ª AJME.
B. ( ) Não será considerado crime militar a conduta do militar estadual da ativa que,
estando de serviço em uma operação blitz, vem a exigir certa quantia em dinheiro
de um militar das Forças Armadas para liberar o seu veículo que estava em situação
irregular.

158
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Não será considerado crime militar o fato de um militar estadual da ativa que,
estando de licença médica, e havendo comparecido ao Hospital da Polícia
Militar para uma consulta, vem a furtar o aparelho celular de um militar estadual
reformado que também estava no mesmo local aguardando ser atendido.
D. ( ) Não será considerado militar o crime de lesão corporal praticado por um militar
estadual da reserva contra outro militar estadual da reserva no interior do 1º BPM.

24ª QUESTÃO – O oficial médico do HPM que, no interior deste nosocômio, vier ,
intencionalmente, a provocar aborto em uma Sargento Fem do QPE, sendo ambos
da ativa, estará, em tese, cometendo:
A. ( ) crime de natureza militar.
B. ( ) crime de natureza comum.
C. ( ) apenas infração administrativa.
D. ( ) contravenção penal.

25º QUESTÃO – Considerando o conceito de crime militar em tempo de paz,


previsto no Código Penal Militar, marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) São crimes militares os crimes previstos no Código Penal Militar, quando
praticados por militar em situação de atividade, em lugar sujeito à administração
militar, contra militar da reserva, ou reformado.
B. ( ) São crimes militares os crimes previstos exclusivamente na lei penal comum,
quando praticados por militar em situação de atividade, contra militar na mesma
situação.
C. ( ) São crimes militares os crimes previstos no Código Penal Militar quando
praticados por militar em situação de atividade, em lugar sujeito à administração
militar, contra a vida de civil.
D. ( ) São crimes militares os crimes previstos no Código Penal Militar, praticados
por militar da reserva, ou reformado, ou por civil, contra o patrimônio sob a
administração militar.

26ª QUESTÃO – A respeito dos crimes militares, analise as assertivas e, a seguir,


marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) O militar reformado só comete crime militar se o fato ocorrer em local sujeito a
administração militar.
B. ( ) Consideram-se crimes militares em tempo de paz os crimes praticados por
militar reformado contra o patrimônio sob a administração militar.
C. ( ) Não existe a possibilidade de um crime estar previsto no Código Penal Militar
e encontrar a mesma previsão no Código Penal Comum.
D. ( ) Os crimes previstos no Código Penal Militar, quando praticados por policial
militar em serviço, contra civil serão considerados crimes comuns.

27a QUESTÃO – De acordo com o Código Penal Militar, é CORRETO afirmar:


A. ( ) caracteriza crime militar o homicídio doloso praticado por militar da ativa, de
folga, contra outro militar, da reserva, ocorrido no interior de uma boate.
B. ( ) é crime comum o homicídio doloso praticado por militar em serviço, contra uma
vítima civil.
C. ( ) o fato delituoso praticado por militar da reserva contra militar da ativa, de folga,
em local não sujeito à administração militar, é considerado crime militar.
D. ( ) configura crime militar a lesão corporal praticada por militar da ativa, de folga,
contra militar da reserva, em local não sujeito à administração

28ª QUESTÃO – Observando-se os princípios estabelecidos no artigo 9º do Código

159
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

Penal Militar, pode-se afirmar que, em tempo de paz, a conduta criminosa do Oficial
ou Praça da PMMG será considerada, em regra, delito de natureza militar na
seguinte hipótese:
A. ( ) militar da reserva X militar da ativa em qualquer situação.
B. ( ) militar da reserva X militar da reserva quando no interior de estabelecimento
militar.
C. ( ) militar da ativa X militar da ativa em qualquer situação.
D. ( ) militar da ativa X militar reformado em qualquer hipótese.

29a QUESTÃO – São considerados crimes militares, em tempo de paz, previstos


no artigo 9º do Código Penal Militar vigente, os crimes previstos no Código Penal
Militar (CPM) quando praticados por:
A. ( ) militar que embora não estando em serviço, usa armamento de propriedade
militar.
B. ( ) militar em comissão de natureza militar, ainda que fora do lugar sujeito á
administração militar contra militar reformado.
C. ( ) por civil contra militar.
D. ( ) militar em situação de atividade, contra o patrimônio que não está sob a
administração militar.

30ª QUESTÃO – O Código Penal Militar trata dos crimes militares próprios e dos
crimes militares impróprios. Assim, no Estado Democrático de Direito a que estão
submetidas todas as Instituições civis e militares brasileiras do século XXI, o
“conceito de crime militar”, apenas se satisfaz completamente, quando
compreendemos e julgamos a ação humana praticada, em suas dimensões formal,
material e constitucional. Partindo dessa afirmativa, marque “V”, para as
verdadeiras e “F”, para as falsas:
( ) Crime militar, impróprio, pode ser praticado por militar da ativa, reserva, reformado
e civil, nas mesmas circunstâncias de tempo, modo e lugar.
( ) O civil, em regra, não pratica crime propriamente militar, mas pode praticá-lo por
exceção.
( ) O tráfico e a posse de entorpecentes, por militar estadual, dentro de Unidade
Militar Estadual, embora haja previsão em legislação especial penal comum, pode
se constituir em crime militar impróprio.
( ) O crime militar praticado em lugar sujeito à administração militar, é causa de
agravamento da pena.
Marque a alternativa que contém a sequência de respostas CORRETA, na ordem
de cima para baixo:
A. ( ) F, V, V, F.
B. ( ) V, F, F, V.
C. ( ) F, V, F, V.
D. ( ) V, F, V, F.

31ª QUESTÃO – Conforme capitulado no Decreto-Lei nº 1001, de 21Out1969,


Código Penal Militar (CPM), a respeito dos crimes militares e de suas penas é
CORRETO afirmar que:
A. ( ) Os crimes definidos legalmente no artigo 9º do Código Penal Militar, quando
dolosos contra a vida e cometidos contra civil, serão da competência da justiça
comum.
B. ( ) Para configurar um crime tipicamente militar, é necessário que a prática do
delito tenha como autor, exclusivamente, um militar da ativa ou da reserva.
C. ( ) Não há crime previsto no Código Penal Militar que tenha igual definição na lei

160
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

penal comum.
D. ( ) No Código Penal Militar a pena mínima para a reclusão é de um ano, podendo
haver conversão em prestação de serviços e multa.

32ª QUESTÃO – O Código Penal Militar (CPM), embora elaborado no ano de 1969,
teve que se adequar a ordem Constitucional. Neste contexto, marque a alternativa
CORRETA:
A. ( ) Comete crime de constrangimento ilegal o militar que, no estrito cumprimento
do dever legal, mediante uso de força física, retira civil, integrante de torcida
organizada, do interior do estádio de futebol, após se envolver em tumulto
generalizado.
B. ( ) Se um militar estadual pratica vários crimes, em momentos e locais diversos,
sendo condenado várias vezes, poderá ter sua pena agravada para aplicação de
penas futuras, por ser considerado um criminoso “habitual ou por tendência”.
C. ( ) O civil que esteja na prática de crime permanente de receptação, tráfico de
entorpecentes ou extorsão mediante sequestro e venha a ingressar na PMMG por
meio de concurso público, poderá responder pela prática de crime militar caso se
mantenha na prática dos delitos quando em atividade militar ou em lugar sujeito a
administração militar.
D. ( ) Quando policiais militares encontrarem-se em concurso de agentes, o cabeça
será sempre o militar estadual com maior graduação ou posto (superior hierárquico),
devendo ser considerado como o mentor intelectual do delito, não importando a
participação dos subordinados na ação criminosa

33ª QUESTÃO – Os crimes militares estão previstos no Decreto-Lei Federal nº


1.001/1969, que dispõe sobre o Código Penal Militar. A lei penal militar considera
como crimes militares:
I – Os crimes previstos em leis especiais e as contravenções penais, quando
praticadas por militar da ativa.
II – Os crimes previstos no Código Penal Militar, embora também o sejam com igual
definição na lei penal comum, quando praticados por militar em situação de
atividade, contra o patrimônio sob administração militar, ou a ordem administrativa
militar.
III – Os crimes previstos no Código Penal Militar, quando definido de modo diverso
na lei penal comum, ou nela não previstos, qualquer que seja o agente, salvo
disposição especial.
IV - Os crimes previstos no Código Penal Militar, embora também o sejam com igual
definição na lei penal comum, quando praticados por militar em situação de
atividade, contra militar na mesma situação.
A respeito da assertivas acima, marque a alternativa CORRETA:
A. ( )I e IV são verdadeiras.
B. ( )I, II e III são verdadeiras.
C. ( )II, III e IV são verdadeiras.
D. ( )todas são verdadeiras

34ª QUESTÃO – Nos termos do Decreto-Lei n. 1.001, de 21/10/1969 (Código Penal


Militar – CPM), marque a alternativa CORRETA sobre os crimes militares em tempo
de paz.
A. ( ) Todos os crimes militares dolosos contra a vida praticados por militar, ainda
que em serviço ou atuando em razão da função, serão da competência da justiça
comum.

161
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) O militar da reserva não pratica crime militar contra outro militar da reserva ou
reformado.
C. ( ) Um policial militar da ativa, estando de folga, cometerá crime militar de roubo,
se, para subtrair a coisa alheia móvel, utilizar de armamento de propriedade da
PMMG.
D.( ) O mlitar da ativa sempre pratica crime militar, quando atuando em razão da
função.

35ª QUESTÃO - Com fulcro no art. 9º do Código Penal Militar (CPM), que estabelece
o conceito de crime militar em tempo de paz, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Os crimes dolosos contra a vida praticados por militares estaduais nas
situações descritas no art. 9º do CPM serão da competência da justiça comum.
B. ( ) São considerados crimes militares em tempo de paz, os crimes previstos no
CPM, embora também o sejam com igual definição na lei penal comum, quando
praticados por militar da reserva ou reformado contra militar da ativa, ainda que fora
do lugar sujeito à administração militar.
C. ( ) São considerados crimes militares em tempo de paz, os crimes previstos no
CPM, embora também o sejam com igual definição na lei penal comum, quando
praticados por militar da ativa contra militar da reserva, ou reformado, ou civil, ainda
que fora do lugar sujeito à administração militar.
D. ( ) São considerados crimes militares em tempo de paz, os crimes de que trata o
CPM, quando definidos de modo diverso na lei penal comum, ou nela não previstos,
qualquer que seja o agente, salvo disposição especial. São exemplos os crimes
militares de motim, de violência contra superior, de desrespeito a superior, entre
outros.

36ª QUESTÃO – O parágrafo único do art. 9º, do Código Penal Militar, assevera que
“os crimes de que trata este artigo, quando dolosos contra a vida e cometidos contra
civil, serão da competência da justiça comum”. Diante desta assertiva, marque a
alternativa correta:
A. ( )o militar de serviço que comete crime de homicídio contra outro militar será
julgado na justiça comum.
B. ( )o militar de serviço que comete crime de latrocínio contra um civil será julgado
na justiça comum.
C. ( )o militar de serviço que pratica o crime de auxílio ao suicídio contra um civil
será julgado pela justiça comum.
D. ( )o militar de serviço que comete crime de lesão corporal contra um civil será
julgado na justiça comum

37ª QUESTÃO – Nos termos do art. 9º do Código Penal Militar (CPM), que trata dos
crimes militares em tempo de paz, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Considera-se crime militar apenas o fato praticado por militar em situação de
atividade contra militar na mesma situação ou praticado por militar em serviço ou
atuando em razão da função contra civil.
B. ( ) Consideram-se crimes militares os crimes de que trata o Código Penal Militar,
quando praticados por militares em serviço ou com emprego de armamento
vinculado ao patrimônio da respectiva Instituição Militar.
C. ( ) Considera-se crime militar apenas o fato praticado por militar da ativa em
desfavor de militar da ativa ou da reserva remunerada, quer seja em serviço ou
atuando em razão do serviço.

162
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Consideram-se crimes militares os crimes de que trata o Código Penal Militar,


quando definidos de modo diverso na lei penal comum, ou nela não previstos,
qualquer que seja o agente, salvo disposição especial.

38ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Consideram-se crimes militares


em tempo de paz os crimes previstos no Código Penal Militar (CPM), embora
também o sejam com igual definição na lei penal comum, quando praticados por
militares da ativa na seguinte situação:
A. ( ) De folga e à paisana, em lugar não sujeito à administração militar, contra civil.
B. ( ) De folga e à paisana, em lugar não sujeito à administração militar, contra militar
da reserva ou reformado.
C. ( ) De folga e à paisana, contra o patrimônio sob a administração militar ou
patrimônio particular, em lugar sujeito ou não à administração militar.
D. ( ) De folga e à paisana, contra o patrimônio sob a administração militar.

39ª QUESTÃO – No Brasil, atualmente, além dos militares, o civil ainda é submetido,
excepcionalmente, à lei penal militar. O conceito de crime militar em tempo de paz
é bastante controvertido e, por vezes, determina debates acalorados no âmbito de
nossas cortes superiores, especialmente, no que tange a posicionamentos do
Superior Tribunal Militar em linha divergente com o Supremo Tribunal Federal.
Partindo do princípio de que vivemos em um Estado Democrático de Direito,
considere as afirmativas abaixo e marque a alternativa
CORRETA.
A. ( ) Os militares da ativa, reserva e reformados que praticaram crimes em tempo
de paz, em lugar sujeito à administração militar, somente poderão ser processados
e julgados por tribunais militares.
B. ( ) Como o Código Penal Militar proíbe a crítica indevida de ato de superior ou de
assunto atinente à disciplina militar, impede a liberdade de expressão e livre
manifestação do pensamento dos militares.
C. ( ) Os crimes propriamente militares, assim como os impropriamente militares,
somente autorizam a prisão do militar em caso de flagrante delito ou por ordem
judicial.
D. ( ) Mediante a análise comparativa dos conceitos doutrinários, infere-se que a
definição clássica romana de crime militar próprio continua sendo o fato praticado
pelo militar, infringindo deveres militares resultantes de sua função ou profissão.

40ª QUESTÃO – Consideram-se crimes militares em tempo de paz os crimes


previstos no Código Penal Militar (CPM), embora também o sejam com igual
definição na lei penal comum. Nesse sentido, marque a alternativa CORRETA que
contém uma situação que, se praticada, constituirá crime militar assim definido no
CPM:
A. ( ) Militar estadual da reserva designado para o serviço ativo, de folga e à paisana,
em lugar não sujeito à administração militar, contra militar estadual da reserva ou
reformado.
B. ( ) Militar estadual da reserva contra militar estadual reformado, no interior da
Academia de Polícia Militar (APM).
C. ( ) Militar estadual da ativa, de folga e à paisana, contra civil, em lugar não sujeito
à administração militar e mediante o uso de arma da Instituição Militar sob sua
guarda.
D. ( ) Militar estadual da ativa, contra o patrimônio particular de civil, em lugar sujeito
à administração militar.

163
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

41ª QUESTÃO – De acordo com as previsões insertas no Decreto-Lei nr 1001/69


(Código Penal Militar - CPM), é CORRETO afirmar:
A. ( )a pena de morte, ressalvada constitucionalmente em caso de guerra externa,
é executada por enforcamento, fuzilamento ou injeção letal.
B. ( )o crime praticado por militar da reserva, ou reformado, será configurado crime
militar somente quando tenha sido cometido em lugar sujeito à administração militar;
C. ( )com o advento da Constituição Federal de 1988, a detenção deixou de figurar
no rol das penas principais do Código Penal Militar.
D. ( )considera-se crime militar, aquele previsto no CPM, embora também exista com
a mesma definição na lei penal comum, quando praticado por militar da ativa contra
a ordem administrativa militar.

42ª QUESTÃO – A ação do policial militar, no cumprimento da missão de


preservação da ordem pública, deve pautar-se nos parâmetros legais vigentes,
tendo por ordenamento maior a Constituição da República de 1988. Neste contexto,
é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Atualmente, os maiores de dezesseis anos sujeitam-se às normas da
legislação penal comum, pois são penalmente imputáveis.
B. ( ) O policial militar de Minas Gerais, pelo cometimento de crime militar, é julgado
pela justiça militar, ressalvada a competência do tribunal do júri.
C. ( ) Aos maiores de sessenta anos é garantida a gratuidade dos transportes
coletivos urbanos.
D. ( ) É missão da Polícia Militar a apuração de infrações penais contra a ordem
política e social.

*43ª QUESTÃO – Nos termos do Decreto-Lei n. 1.001, de 21/10/1969 (Código Penal


Militar – CPM), marque a alternativa CORRETA sobre os crimes militares em tempo
de paz.
A. ( ) Todos os crimes militares dolosos contra a vida praticados por militar, ainda
que em serviço ou atuando em razão da função, serão da competência da justiça
comum.
B. ( ) O militar da reserva não pratica crime militar contra outro militar da reserva ou
reformado.
C. ( ) Um policial militar da ativa, estando de folga, cometerá crime militar de roubo,
se, para subtrair a coisa alheia móvel, utilizar de armamento de propriedade da
PMMG.
D. ( ) Não comete crime militar, mas sim crime comum, um Sargento PM da ativa
que, estando de folga e em trajes civis, discute e agride seu vizinho, um Subtenente
PM, também da ativa, lesionando-o.

QUESTÃO 44- O artigo 9º do Código Penal Militar trata das hipóteses de incidência
da Lei Penal Militar em tempo de paz. Analise os fatos abaixo:
“Num final de semana, um Coronel da Ativa Y viaja de férias para Poços de
Caldas/MG e encontra o Tenente da Reserva PMMG X, que fora seu subordinado e
desafeto. Inesperadamente, o Tenente X agride o Coronel Y na saída do hotel em
que estavam hospedados.”
Assinale a alternativa correta :
a) A atitude do Tenente X configura crime militar, mas por se tratar de oficial da
reserva o autor, o processo tramitará na Justiça Comum.
b) A atitude do Tenente X configura crime militar, por se tratar de crime de militar
para militar e o processo tramitará na Justiça Militar

164
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

c) A atitude do Tenente X não configura crime militar, mas o processo tramitará na


Justiça Militar por se tratar de crime de militar para militar.
d) A atitude do Tenente X não configura crime militar, mas sim crime comum, e o
processo tramitará na Justiça Comum.

45ª QUESTÃO - De acordo com a parte geral do Código Penal Militar (Decreto Lei
n. 1.001/69) e nos termos do art. 9º (são considerados crimes militares no tempo de
paz...), analise as assertivas abaixo:
I - O homicídio culposo contra militar praticado por militar, fora do horário de serviço,
será considerado crime comum.
II - O militar da reserva remunerada, nos termos da lei penal militar, independente
de sua situação perante a administração militar, sempre estará em situação de
atividade, quando se envolver em delito de natureza penal militar contra militar da
ativa.
III - O homicídio doloso contra civil praticado por militar do Corpo de Bombeiros, em
local sujeito à administração militar, em situação de atividade, a competência de
julgamento será da justiça militar.
IV - O militar da PMMG, estando de folga e à paisana, ao atuar em razão de sua
função em uma ocorrência policial, se acaso venha a cometer um crime de lesão
corporal, este será de competência da justiça comum.

São INCORRETAS as assertivas:


A. ( ) I, III e IV, apenas.
B. ( ) Todas estão incorretas.
C. ( ) I e III, apenas.
D. ( ) I e IV, apenas.

46ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Consideram-se crimes militares


em tempo de paz os crimes previstos no Código Penal Militar (CPM), embora
também o sejam com igual definição na lei penal comum, quando praticados por
militares da ativa na seguinte situação:
A. ( ) De folga e à paisana, em lugar não sujeito à administração militar, contra civil.
B. ( ) De folga e à paisana, em lugar não sujeito à administração militar, contra militar
da reserva ou reformado.
C. ( ) De folga e à paisana, contra o patrimônio sob a administração militar ou
patrimônio particular, em lugar sujeito ou não à administração militar.
D. ( ) De folga e à paisana, contra o patrimônio sob a administração militar.

47ª QUESTÃO – Levando em consideração apenas os dispositivos contidos no


artigo 9º do Código Penal Militar, Dec. 1001/69-CPM, no seu aspecto meramente
formal, sem qualquer interferência de posicionamentos doutrinários e
jurisprudenciais, analise as afirmativas abaixo e marque “V”, para as verdadeiras e
“F”, para as falsas:
( ) O crime de homicídio culposo contra civil, praticado por militar estadual em
serviço, será considerado crime militar.
( ) O crime de homicídio doloso contra civil, praticado por militar estadual em serviço,
será da competência da justiça comum.
( ) O crime de homicídio doloso contra militar estadual, praticado por militar estadual
em serviço, será considerado crime comum.
( ) O crime de homicídio culposo contra militar estadual, praticado por militar estadual
em seu período de folga, descanso ou repouso, será considerado crime comum.

165
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

Marque a alternativa que contem a sequência de respostas CORRETAS, na ordem


de cima para baixo.
A. ( ) F, V, V, F.
B. ( ) V, V, F, F.
C. ( ) V, F, F, V.
D. ( ) F, F, V, V.

48ª QUESTÃO – Em consonância com a parte geral e especial do Código Penal


Militar (Decreto-lei n. 1.001/69), em especial o artigo 9º que regula os crimes
militares em tempo de paz, e, ainda, em face do previsto na Constituição Federal,
analise as assertivas abaixo:
I - Conforme Constituição Federal, o militar condenado na justiça comum ou militar
à pena privativa de liberdade superior a dois anos, por sentença transitada em
julgado, será considerado indigno com a carreira, sendo julgado para tanto, por
tribunal militar de caráter permanente, em tempo de paz.
II - Um soldado da Polícia Militar, estando de folga e a paisana, ao intervir em uma
ocorrência policial em razão de sua função pública, se acaso venha a cometer um
delito, este será de competência da justiça comum.
III - O militar da reserva remunerada, nos termos da lei penal militar, comete crime
de natureza militar, ao lesionar outro militar reformado, durante uma parada cívico
militar.
IV - Nos termos da Constituição Federal, compete à Justiça Militar estadual
processar e julgar os militares dos Estados, nos crimes militares definidos em lei e
as ações judiciais contra atos disciplinares militares, ressalvada a competência do
júri, no tempo de paz, quando a vítima for civil.
São INCORRETAS as assertivas:
A. ( ) I, III e IV, apenas.
B. ( ) Todas estão incorretas.
C. ( ) I e III, apenas.
D. ( ) I e IV, apenas.

49ª QUESTÃO – Determinado militar reformado compareceu à administração do


Centro de Administração de Pessoal (CAP) para requerer direito que acreditava
possuir. Tendo sido frustrado seu pleito, por não fazer jus ao que requeria, o
reformado acusou um militar integrante da seção em que se encontrava dizendo-lhe
que este o estaria prejudicando de maneira proposital com o intuito de causar-lhe
prejuízo financeiro. O reformado, não satisfeito, utilizando palavras de baixo calão,
injuriou o companheiro que o atendia, na presença de outros militares. Levando-se
em consideração o fato acima narrado, o militar reformado:
A. ( ) praticou um crime militar.
B. ( ) praticou um crime comum.
C. ( ) praticou uma contravenção penal.
D ( ) não praticou nenhum tipo de infração penal

50ª QUESTÃO – Os militares estaduais, por sua condição especial, estão


vinculados a regramentos jurídicos próprios e, dentro deste contexto, sujeitam-se ao
Código Penal Militar. A este respeito, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Pelo cometimento de um crime militar, não há hipótese de aplicação de pena
de reclusão ao militar.
B. ( ) A lei penal militar não permite que seja computado, no cumprimento da pena
privativa de liberdade, o tempo de prisão provisória.
C. ( ) São tidos como crimes militares os crimes previstos na lei penal militar, quando

166
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

definidos de modo diverso na lei penal comum.


D. ( ) O militar, quando condenado a mais de dois anos de pena privativa de
liberdade, deverá cumpri-la em penitenciária militar e, na falta dessa, será
transferido para outro estado federativo, no qual haja penitenciária militar.

GABARTIRO ART. 9º

1) B 2) A 3) B 4) C 5) A 6) C 7) C 8) B 9) D 10) B
11) D 12) A 13) A 14) C 15) C 16) D 17) D 18) B 19) B 20) A
21) B 22) D 23) D 24) B 25) B 26) B 27) B 28) C 29) B 30) A
31) A 32) C 33) C 34) B 35) D 36) C 37) D 38) D 39) D 40) D
41) D 42) B 43) B 44) D 45) B 46) D 47) B 48) B 49) A 50) C

167
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

4.3 TEMPO E LUGAR DO CRIME


1ª QUESTÃO – Considerando as disposições do Código Penal Militar (CPM), que
tratam do conceito de tempo e lugar do crime, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O tempo do crime é considerado o momento da ação ou omissão, ainda que
outro seja o do resultado.
B. ( ) O tempo do crime é considerado o momento em que se desenvolveu a
atividade criminosa, no todo ou em parte, e ainda que sob forma de participação,
bem como o momento em que se produziu ou deveria produzir-se o resultado.
C. ( ) Nos crimes omissivos, o lugar do crime é definido de acordo com o lugar onde
produziu-se o resultado.
D. ( ) Nos crimes comissivos, considera-se praticado o fato, no lugar onde se
produziu ou deveria produzir-se o resultado, sendo desconsiderado o lugar onde se
desenvolveu a atividade criminosa.

2ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA nos termos do Código Penal Militar:


A. ( ) Considera-se praticado o crime somente no momento do resultado.
B. ( ) Considera-se praticado o crime no momento da ação ou omissão, ainda que
outro seja o do resultado.
C. ( ) Considera-se praticado o crime somente no momento da ação, excluindo a
omissão e o momento do resultado.
D. ( ) Considera-se praticado o crime, independentemente do momento da ação, da
omissão e do momento do resultado

3ª QUESTÃO – Considerando as disposições do Código Penal Militar (CPM), que


tratam do conceito de tempo e lugar do crime, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O tempo do crime é considerado o momento da ação ou omissão, ainda que
outro seja o do resultado.
B. ( ) O tempo do crime é considerado o momento em que se desenvolveu a
atividade criminosa, no todo ou em parte, e ainda que sob forma de participação,
bem como o momento em que se produziu ou deveria produzir-se o resultado.
C. ( ) Nos crimes omissivos, o lugar do crime é definido de acordo com o lugar onde
produziu-se o resultado.
D. ( ) Nos crimes comissivos, considera-se praticado o fato, no lugar onde se
produziu ou deveria produzir-se o resultado, sendo desconsiderado o lugar onde se
desenvolveu a atividade criminosa.

4ª QUESTÃO – Considerando o estabelecido no Código Penal Militar (CPM),


Decreto-Lei n. 1.001/69, acerca do lugar do crime, analise as assertivas abaixo e,
ao final, responda o que se pede.
I. Considera-se praticado o fato, no lugar em que se desenvolveu a atividade
criminosa, no todo ou em parte, e ainda que sob forma de participação, bem como
onde se produziu ou deveria produzir-se o resultado.
II. Nos crimes omissivos, o fato considera-se praticado no lugar em que deveria
realizar-se a ação omitida.
III. Aplica-se a teoria da atividade para os crimes comissivos e omissivos.
IV. Aplica-se a teoria do resultado para os crimes comissivos e omissivos.

Marque a alternativa CORRETA:


A. ( ) Somente as assertivas I, II e III estão corretas.
B. ( ) Somente as assertivas I e II estão corretas.

168
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Somente as assertivas II e III estão corretas.


D. ( ) Somente as assertivas I e IV estão corretas.

5ª QUESTÃO – Sobre a aplicação da Lei Penal Militar, considerando o


regramento estabelecido no Código Penal Militar, marque a alternativa
CORRETA:
A. ( ) Há crime sem lei anterior que o defina e pena sem prévia cominação legal.
B. ( ) Considera-se praticado o crime no momento da ação, omissão ou do
resultado.
C. ( ) Ninguém pode ser punido por fato que lei posterior deixa de considerar
crime, cessando, em virtude dela, a própria vigência de sentença condenatória
irrecorrível, salvo quanto aos efeitos de natureza civil.
D. ( ) Considera-se praticado o fato, no lugar em que se desenvolveu a atividade
criminosa, e não no local onde se produziu ou deveria produzir-se o resultado.

6ª QUESTÃO – Nos termos do Código Penal Militar, marque a alternativa


CORRETA:
A. ( ) Pelo Princípio da Legalidade estabelecido no art. 1º do CPM, tem-se que não
haverá crime sem lei anterior que o defina, independentemente de prévia cominação
legal.
B. ( ) Considera-se praticado o crime militar no lugar da ação ou omissão, ainda que
outro seja o do resultado.
C. ( ) Aplica-se a lei penal militar, em regra, ao crime militar cometido tanto no
território nacional quanto no estrangeiro.
D. ( ) O militar reformado perde as responsabilidades e prerrogativas do posto ou
graduação, para o efeito da aplicação da lei penal militar.

7ª QUESTÃO - Em relação à aplicação da lei penal, conforme disposto no Decreto-


lei 1001/69 (Código Penal Militar), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Não obstante o Código Penal Militar adotar o princípio de territorialidade para
a aplicação da lei penal militar, caso o militar cometa um delito de natureza militar
nas condições definidas no art. 9º em missão fora do país, será aplicada a lei penal
militar, por força do princípio da extraterritorialidade.
B. ( ) O militar da reserva empregado na livraria dentro do quartel, sendo esta
terceirizada pela administração militar, equipara-se a militar em situação de
atividade, para o efeito da aplicação da lei penal militar.
C. ( ) As medidas de segurança regem-se pela lei vigente ao tempo da execução,
prevalecendo, entretanto, se diversa, a lei vigente ao tempo da sentença.
D. ( ) Não será aplicada a lei excepcional ou temporária, ao fato praticado durante
sua vigência, quando decorrido o período de sua duração ou cessadas as
circunstâncias que a determinaram.

8º QUESTÃO – Considerando as disposições do Código Penal Militar, marque a


alternativa CORRETA:
A. ( ) A lei posterior que, de qualquer outro modo, favorece o agente, aplica-se
retroativamente, exceto quando já tenha sobrevindo sentença condenatória
irrecorrível.
B. ( ) A lei penal militar aplica-se somente ao crime cometido, no todo ou em parte,
no território nacional, assim consideradas as aeronaves e os navios brasileiros, onde
quer que se encontrem.
C. ( ) Para definição do “tempo do crime”, considera-se o momento onde se produziu
ou deveria produzir-se o resultado.

169
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Nos crimes comissivos, considera-se praticado o fato, no lugar em que se


desenvolveu a atividade criminosa, no todo ou em parte, e ainda que sob forma de
participação, bem como onde se produziu ou deveria produzir-se o resultado.

9a QUESTÃO – Nos termos do Decreto-Lei 1.001, de 21 de outubro de 1969, Código


Penal Militar, marque “V” para as assertivas verdadeiras e “F” para as falsas, e, a
seguir marque a alternativa que contém a sequência de repostas CORRETA, na
ordem de cima para baixo.
( ) A pena cumprida no estrangeiro atenua a pena imposta no Brasil pelo mesmo
crime, quando diversas, ou nela é computada, quando idênticas.
( ) Considera-se praticado o crime no momento do resultado.
( ) Considera-se praticado o fato, no lugar em que se desenvolveu a atividade
criminosa, no todo ou em parte, e ainda que sob forma de participação, bem como
onde se produziu ou deveria produzir-se o resultado. Nos crimes omissivos, o fato
considera-se praticado no lugar em que deveria realizar-se a ação omitida.
( ) Para efeito da aplicação do Código Penal Militar, considera-se navio toda
embarcação.
( ) O militar da reserva ou reformado, empregado na administração militar, equipara-
se ao militar em situação de atividade, para o efeito da aplicação da lei penal militar.
A. ( ) F, V, V, V, F.
B. ( ) F, F, F, V, V.
C. ( ) V, F, V, V, V.
D. ( ) V, F, V, F, V.

GABARITO TEMPO/LUGAR DO CRIME

1) A 2) B 3) A 4) B 5)C
6) C 7) A 8) D 9) D

170
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

4.4 DAS PENAS


1ª QUESTÃO-O CPM prevê, dentre outras, as seguintes penas acessórias, marque
a alternativa correta .
a) Perda de posto e patente, Transferência Compulsória e Suspensão dos Direitos
Políticos.
b) Indignidade para o Oficialato, Incompatibilidade com o Oficialato e Inabilitação
para o exercício de função pública.
c) Reforma Administrativa, Perda de posto e patente e Inabilitação para o exercício
de função pública.
d) Incompatibilidade para com o Oficialato, Exação e Perda da Função Pública.

2ª QUESTÃO – Considerando os estudos acerca das sanções penais previstas no


Código Penal Militar, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Não será computada na pena privativa de liberdade o tempo de prisão
provisória.
B. ( ) São somente as seguintes penas principais estabelecidas no CPM: morte,
reclusão, detenção, prisão, impedimento, suspensão do exercício do posto,
graduação, cargo ou função e reforma.
C. ( ) São algumas penas acessórias previstas no CPM: perda do posto, patente ou
graduação do militar da reserva, suspensão do pátrio poder, tutela ou curatela e
suspensão dos direitos políticos.
D. ( ) A imposição de uma pena acessória independe da condenação a uma pena
principal.

3ª QUESTÃO – Marque a CORRETA alternativa acerca da pena acessória


denominada “exclusão das forças armadas”, nos termos no Código Penal Militar
(CPM):
A. ( ) Aplica-se somente à praça que for condenada a pena privativa de liberdade,
por tempo superior a 02 (dois) anos.
B. ( ) Aplica-se a qualquer militar condenado a pena privativa de liberdade, por tempo
superior a 04 (quatro) anos.
C. ( ) Aplica-se também ao oficial condenado, qualquer que seja a pena, nos crimes
de traição, espionagem ou cobardia.
D. ( ) Aplica-se no caso de condenação a pena privativa de liberdade por crime
cometido com abuso de poder ou violação de dever inerente à função pública

4ª QUESTÃO- Marque qual é uma pena acessória:


A. ( ) Impedimento.
B. ( ) Perda do posto ou da patente.
C. ( ) Reforma.
D. ( ) Suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função.

5a QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. É uma pena acessória prevista no


Código Penal Militar:
A ( ) A perda de posto e patente.
B ( ) Impedimento.
C ( ) Suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função.
D ( ) Reforma.

171
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

6ª QUESTÃO – De acordo com o que prescreve o Código Penal Militar (CPM), um


Policial Militar que, condenado a 05 (cinco) anos de reclusão, pela prática de crime
previsto no CPM, mas cujo Estado em que serve não possua penitenciária militar,
cumprirá sua pena:
A. ( ) em estabelecimento prisional civil, ficando o recluso sujeito ao regime conforme
a legislação penal comum.
B. ( ) em estabelecimento prisional civil, mas ficando o recluso sujeito a regime
conforme a legislação penal militar.
C. ( ) em recinto de estabelecimento militar (quartel) da Polícia Militar, ficando o
recluso sujeito ao regime determinado pelo respectivo comandante.
D. ( ) em penitenciária militar de outro Estado.

7ª QUESTÃO – De acordo com o Decreto-Lei n. 1001, de 21/10/1969, Código Penal


Militar, enumere a segunda coluna de acordo com a primeira, relacionando os tipos
de penas e, ao final, responda o que se pede:
1. Penas acessórias 2. Penas Principais

( )Exclusão das forças armadas.


( )Reforma.
( )Perda de posto e patente.
( )Suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função.
( )Morte.
Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas, na ordem
de cima para baixo:

A. ( ) 2, 1, 2, 1, 1.
B. ( ) 1, 2, 1, 2, 2.
C. ( ) 1, 2, 1, 1, 1.
D. ( ) 1, 2, 2, 2, 2

8ª QUESTÃO: Assinale a alternativa que NÃO corresponde a um tipo de pena


principal previsto no Código Penal Militar:
A. ( ) Impedimento.
B. ( ) Demissão.
C. ( ) Prisão.
D. ( ) Reclusão

9ª QUESTÃO - Em relação às penas previstas no Código Penal Militar, marque a


alternativa CORRETA:
A. ( ) O oficial condenado a uma pena de detenção de 03 (três) anos, terá a pena
convertida em prisão e, cumprida, em recinto de estabelecimento militar.
B. ( ) A pena de reforma, sujeita o condenado à situação de inatividade, não podendo
perceber mais de um vinte e cinco avos do soldo, por ano de serviço prestado à
Instituição Militar.
C. ( ) A pena de impedimento consiste na agregação do militar, pelo tempo fixado
na sentença, sem prejuízo do seu regular comparecimento à sede do serviço.
D. ( ) A pena de morte será executada por fuzilamento, não podendo ser executada,
sem que seja comunicada, após trânsito em julgado, ao Presidente da República,
senão depois de cinco dias da comunicação à autoridade.

10a QUESTÃO – Analise as assertivas abaixo. Em relação às penas previstas no


Código Penal Militar vigente, dentre outras, são penas acessórias:

172
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

I. A perda de posto e patente.


II. A indignidade para o oficialato.
III. A incompatibilidade com o oficialato.
IV. A exclusão das forças armadas.
V. A perda da função pública, ainda que eletiva.
São CORRETAS as assertivas:
A. ( ) I e II, apenas.
B. ( ) I e V, apenas.
C. ( ) II e III, apenas.
D. ( ) Todas as assertivas são corretas

11ª QUESTÃO - Com relação ao Decreto-Lei nº 1.001, de 21/10/69, Código Penal


Militar, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) A perda de posto ou patente é uma pena principal prevista no Código Penal
Militar.
B. ( ) O militar condenado a menos de 2 (dois) anos pelos crimes de traição ou
espionagem, não poderá estar sujeito à declaração de indignidade para o oficialato.
C. ( ) A perda de posto e patente resulta da condenação a pena privativa de liberdade
por tempo superior a dois anos, e importa a perda das condecorações.
D. ( ) Incorre na inabilitação para o exercício de função pública, pelo prazo de quatro
até vinte anos, o condenado a reclusão por mais de dois anos, em virtude de crime
praticado com abuso de poder ou violação do dever militar ou inerente à função
pública.

12ª QUESTÃO - Com relação ao Decreto-Lei nº 1.001, de 21/10/69, Código Penal


Militar, marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) São consideradas penas principais no Código Penal Militar: morte, reclusão,
detenção, prisão, impedimento, suspensão do exercício do posto, graduação, cargo
ou função e reforma.
B. ( ) A sentença definitiva de condenação à morte é comunicada, logo que passe
em julgado, ao Presidente da República, e não pode ser executada senão depois
de sete dias após a comunicação.
C. ( ) A pena de reclusão ou de detenção até 2 (dois) anos, aplicada a militar, é
convertida em pena de prisão e cumprida, quando não cabível a suspensão
condicional, em recinto de estabelecimento militar, se o condenado for oficial, e em
estabelecimento penal militar, onde ficará separada de presos que estejam
cumprindo pena disciplinar ou pena privativa de liberdade por tempo superior a dois
anos, se o condenado for praça.
D. ( ) A pena de morte é executada por fuzilamento ou injeção letal.

13ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Segundo o Código Penal Militar,


são consideradas penas acessórias:
A ( ) A perda do posto e patente e a indignidade para o oficialato.
B ( ) A incompatibilidade para o oficialato e o impedimento.
C ( ) A perda da função pública, ainda que eletiva, e a reforma.
D ( ) A suspensão dos direitos políticos e a suspensão do exercício do posto,
graduação, cargo ou função

14ª QUESTÃO - Nos termos do Código de Penal Militar, sobre o Capítulo I, que trata
DAS PENAS PRINCIPAIS, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O civil cumpre a pena aplicada pela Justiça Militar, em estabelecimento

173
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

prisional militar, ficando ele sujeito ao regime conforme a legislação penal comum,
de cujos benefícios e concessões, também, poderá gozar.
B. ( ) O condenado pela Justiça Militar de uma região, distrito ou zona não pode
cumprir pena em estabelecimento de outra região, distrito ou zona.
C. ( ) A pena de reclusão ou de detenção até dois anos, aplicada a militar, é
convertida em pena de prisão e cumprida, quando não cabível a suspensão
condicional, pelo oficial, em recinto de estabelecimento militar.
D. ( ) A pena de impedimento sujeita o condenado a permanecer fora do recinto da
unidade, sem prejuízo da instrução militar.

15ª QUESTÃO – Em relação ao disposto no Código Penal Militar, quanto às penas


principais em tempo de guerra, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Não haverá penas de morte, de caráter perpétuo, de trabalhos forçados,
de banimento ou cruéis.
B. ( ) O mínimo da pena de reclusão é de trinta dias.
C. ( ) O mínimo da pena de detenção é de dez anos.
D. ( ) A pena de morte é executada por fuzilamento.

16ª QUESTÃO – Segundo o Decreto-Lei n. 1001, de 21/10/1969, Código Penal


Militar, complete as lacunas:
A pena de impedimento sujeita o condenado a permanecer no recinto da unidade,
____________ prejuízo da instrução militar.
O mínimo da pena de ______________ é de um ano, e o máximo de trinta anos; o
mínimo da pena de _______________ é de trinta dias, e o máximo de dez anos.
A pena de suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função consiste
na agregação, no afastamento, no licenciamento ou na disponibilidade do
condenado, pelo tempo fixado na sentença, __________ prejuízo do seu
comparecimento regular à sede do serviço. Não será contado como tempo de
serviço, para qualquer efeito, o do cumprimento da pena.
Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de preenchimento das
lacunas:
A. ( ) Com, reclusão, detenção, sem.
B. ( ) Com, detenção, reclusão, com.
C. ( ) Sem, detenção, reclusão, sem.
D. ( ) Sem, reclusão, detenção, sem.

17ª QUESTÃO – Sobre as penas principais e acessórias previstas no Código


Penal Militar (CPM), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) A condenação da praça a pena privativa de liberdade, por tempo superior
a dois anos, importa na aplicação da pena acessória de “exclusão das forças
armadas”.
B. ( ) A “reserva” constitui uma das penas principais.
C. ( ) A pena acessória de “suspensão dos vencimentos” pode ser aplicada pelo
juiz durante o processo.
D. ( ) A pena principal de “impedimento” será aplicada ao condenado a reclusão
por mais de quatro anos.

18ª QUESTÃO – De acordo com o Código Penal Militar (CPM), marque a


alternativa CORRETA:
A. ( ) O CPM prevê, dentre as suas penas principais, a de morte. Contudo, essa
pena jamais será aplicada em virtude de expressa vedação constitucional.

174
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) A pena acessória de reforma sujeita o condenado à situação de inatividade,


não podendo perceber mais de um vinte e cinco avos do soldo, por ano de serviço,
nem receber importância superior à do soldo.
C. ( ) Enquanto a perda de posto e patente é uma das penas acessórias, a
suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função é uma das penas
principais.
D. ( ) O tempo que o militar permanecer provisoriamente preso não computará na
pena privativa de liberdade que lhe for imposta.

19º QUESTÃO – A respeito das penas previstas no Código Penal Militar, marque a
alternativa CORRETA:
A. ( ) O mínimo da pena de reclusão é de um ano e o máximo, de trinta e cinco anos.
B. ( ) Não se computa na pena privativa de liberdade o tempo de prisão provisória
cumprida no estrangeiro.
C. ( ) A suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função trata-se de
pena acessória prevista no Código Penal Militar.
D. ( ) A pena de suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função
consiste na agregação, no afastamento, no licenciamento ou na disponibilidade do
condenado, pelo tempo fixado na sentença, sem prejuízo do seu comparecimento
regular à sede do serviço.

20º QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA, que contém algumas das penas
principais previstas no Código Penal Militar:
A. ( ) Reclusão, reforma e suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou
função.
B. ( ) Reclusão, detenção e repreensão.
C. ( ) Detenção, prisão e perda de posto e patente.
D. ( ) Morte, prisão e indignidade para o oficialato.

21a QUESTÃO - Em relação às penas previstas no Código Penal Militar, marque a


alternativa INCORRETA.
A. ( ) O civil que for condenado a pena privativa superior a dois anos pela Justiça
Militar (União), perderá a função pública se a estiver exercendo.
B. ( ) A pena de morte será executada por fuzilamento, não podendo ser executada,
em hipótese alguma, sem a comunicação ao Presidente da República.
C. ( ) A suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função é uma pena
principal, a qual o militar ou civil pode vir a ser submetido.
D. ( ) A pena de reforma implica na transferência compulsória do militar para a
inatividade independente do tempo de serviço.

22a QUESTÃO – De acordo com o contido no Decreto-Lei 1.001, de 21 de outubro


de 1969, Código Penal Militar, marque a alternativa INCORRETA.
A. ( ) O condenado pela Justiça Militar de uma região, distrito ou zona pode cumprir
pena em estabelecimento de outra região, distrito ou zona.
B. ( ) A pena de morte é executada por fuzilamento.
C. ( ) Para efeito de separação, no cumprimento da pena de prisão, atender-se-á,
também, à condição das praças especiais e à das graduadas, ou não; e, dentre as
graduadas, à das que tenham graduação especial.
D. ( ) A pena de impedimento sujeita o condenado a permanecer no recinto da
unidade, com prejuízo da instrução militar.

175
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

23a QUESTÃO – Com respeito ao Código Penal Militar (CPM) vigente, observe as
frases abaixo, assinalando “V” para as verdadeiras e “F” para as falsas. A seguir,
marque a alternativa correspondente:
I - ( ) O mínimo da pena de detenção é de trinta dias e o máximo de vinte anos.
II - ( ) A pena de suspensão do exercício do posto não se considera como pena
principal.
III - ( ) A pena de reforma sujeita o condenado à situação de inatividade.
IV - ( ) Considera-se como crime de motim a reunião de militares assentindo em
recusa a obediência contra superior, podendo neste caso, a pena ser aumentada
em um terço para os cabeças.
A. ( ) F, V, F, F.
B. ( ) V, F, V, F.
C. ( ) V, F, F, V.
D. ( ) F, F, V, V.

24ª QUESTÃO – São exemplos de penas que podem ser aplicadas ao militar que
cometer delito previsto no Código Penal Militar:
A. ( ) Reclusão e Impedimento.
B. ( ) Detenção e Repreensão.
C. ( ) Morte e Prestação de Serviço.
D. ( ) Suspensão da Graduação e Advertência

25ª QUESTÃO – Em relação às penas principais previstas no Código Penal Militar,


é CORRETO afirmar que:
A. ( ) A pena de morte será executada por fuzilamento.
B. ( ) O assemelhado cumpre a pena independente do posto ou graduação que lhe
é correspondente.
C. ( ) A prisão perpétua será cumprida em penitenciária militar e, na falta desta, em
penitenciária comum.
D. ( ) Poderá ser aplicada a pena de impedimento do exercício do posto, graduação,
cargo ou função.

26ª QUESTÃO – Em relação às penas principais previstas no Código Penal Militar,


marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) O mínimo da pena de reclusão é de 02 (dois) anos, e o máximo de 30 (trinta)
anos.
B. ( ) A pena de morte é aplicada por fuzilamento em zonas de guerra e por
enforcamento em tempo de paz.
C. ( ) O condenado militar a que sobrevier doença mental permanecerá recolhido
em penitenciária militar.
D. ( ) A pena privativa de liberdade superior a 02 (dois) anos, aplicada a militar, é
cumprida em penitenciária militar e, na falta dessa, em estabelecimento prisional
civil.

27ª QUESTÃO – Nos termos do artigo 56 do Código Penal Militar, a pena de morte
é executada por:
A. ( ) Enforcamento.
B. ( ) Fuzilamento.
C. ( ) Apedrejamento.
D. ( ) Decapitação.

176
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

28 a QUESTÃO - A Decreto - lei nº 1.001, de 21/10/69 (Código Penal Militar), em


sua Parte Geral, Título V, trata “Das Penas”, aplicadas pelo mencionado dispositivo
legal. A esse respeito, nas alternativas que se seguem, assinale com um “V” se
julgar a alternativa VERDADEIRA, ou com a letra “F” se julgar a alternativa FALSA.
Em seguida, marque a única opção CORRETA.
1. ( ) A sentença definitiva de condenação à morte é comunicada, logo que passe
em julgado, ao Presidente da República, e será executada por enforcamento ou
injeção letal.
2. ( ) A pena de reforma sujeita o condenado à situação de inatividade.
3. ( ) A pena de impedimento sujeita o condenado a permanecer no recinto da
unidade, sem prejuízo da instrução militar.
4. ( ) O período de cumprimento da pena de suspensão do exercício do posto,
graduação, cargo ou função será normalmente contado como tempo de serviço.
A. ( ) F, F, F, F.
B. ( ) F, V, V, F.
C. ( ) V, V, F, V.
D. ( ) V, F, V, V.

29ª QUESTÃO – Em relação às penas principais e acessórias, considerando o


estabelecido pelo Código Penal Militar (CPM), Decreto-Lei n. 1.001, de 21/10/1969,
marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) A pena de incompatibilidade com o oficialato e a pena de exclusão das forças
armadas são consideradas, respectivamente, pena principal e acessória.
B. ( ) A pena de impedimento e a pena de perda do posto e da patente são
consideradas, respectivamente, pena principal e acessória.
C. ( ) A pena de suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função e
pena de reforma são consideradas, respectivamente, pena principal e acessória.
D. ( ) A pena de perda de posto e patente e a pena de indignidade para o oficialato
são consideradas, respectivamente, pena principal e acessória.

30ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O art. 55, do Código Penal Militar,
estabelece as penas as quais os condenados pela Justiça Militar ficam sujeitos,
dentre elas, a pena de morte. À luz do Código Penal Militar é CORRETO afirmar que
a pena de morte será executada da seguinte forma:
A. ( ) A pena de morte será executada aos condenados pela Justiça Militar por
fuzilamento.
B. ( ) A pena de morte será executada aos condenados pela Justiça Militar por
enforcamento.
C. ( ) A pena de morte será executada aos condenados pela Justiça Militar por meio
de câmara de gás.
D. ( ) A pena de morte será executada aos condenados pela Justiça por
estrangulamento.

31a QUESTÃO – Com respeito ao Código Penal Militar (CPM) vigente, observe as
frases abaixo, assinalando “V” para as verdadeiras e “F” para as falsas. A seguir,
marque a alternativa correspondente:
I - O mínimo da pena de detenção é de um ano e o máximo de trinta anos.
II - Não há previsão de pena de suspensão do exercício de função.
III - Há previsão de cumprimento de pena por civil em penitenciária militar.
IV - Pode haver pena de reclusão aplicada a militar convertida em pena de prisão e
cumprida, quando não cabível a suspensão.
A. ( ) F, F, V, V.

177
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) F, V, F, F.
C. ( ) V, F, V, F.
D. ( ) V, F, F, V.

32a QUESTÃO – De acordo com o estabelecido no Decreto-lei nº 1.001/69, que


dispõe sobre o Código Penal Militar (CPM), é CORRETO afirmar que:
A. ( ) O mínimo da pena de reclusão é de um ano, e o máximo de trinta anos; o
mínimo da pena de detenção é de trinta dias, e o máximo de dez anos.
B. ( ) No caso de lesões leves, o juiz pode considerar a infração como disciplinar.
C. ( ) Retardar ou deixar de praticar, ainda que devidamente, ato de ofício, ou
praticá-lo contra expressa disposição de lei, para satisfazer interesse ou sentimento
pessoal, amolda-se, em tese, ao delito de prevaricação previsto no CPM.
D. ( ) Não incorre na pena prevista para o crime de deserção, o militar que não se
apresenta no lugar designado, dentro de oito dias, findo o prazo de trânsito ou férias.

33a QUESTÃO – Em relação ao Decreto-Lei 1.001, de 21/10/69 – Código Penal


Militar, marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) A pena de impedimento não sujeita o condenado a permanecer no recinto da
unidade, havendo dessa maneira prejuízo da instrução militar.
B. ( ) A pena de morte é executada por injeção letal.
C. ( ) O condenado pela Justiça Militar de uma região, distrito ou zona não pode
cumprir pena em estabelecimento de outra região, distrito ou zona.
D. ( ) A suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função é uma das
penas principais previstas no Código Penal Militar.

34ª QUESTÃO – Os militares condenados nos crimes previstos no Decreto-Lei nº


1001, de 21/10/1969 (Código Penal Militar), estão sujeitos às seguintes penas
principais, previstas no art. 55 do referido diploma legal. EXCETO:
A. ( ) Perda do Posto e Patente.
B. ( ) Morte.
C. ( ) Impedimento.
D. ( ) Reforma.
35ª QUESTÃO - De acordo com o Decreto-Lei nº 1.001/1969 – Código Penal Militar
(CPM), marque “V” para as alternativas verdadeiras e “F” para as falsas. A seguir,
marque a alternativa que contém a sequência de respostas CORRETA, na ordem
de cima para baixo.
( ) O militar da reserva ou reformado, conserva as responsabilidades e prerrogativas
do posto ou graduação para o efeito de aplicação da lei penal militar, quando pratica
ou contra ele é praticado crime militar.
( ) A morte, impedimento e suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou
função, são consideradas penas acessórias.
( ) O condenado pela Justiça Militar de uma região, distrito ou zona pode cumprir
pena em estabelecimento de outra região, distrito ou zona.
( ) São penas principais, dentre outras, reclusão e detenção.
A. ( ) F, V, F, F.
B. ( ) F, V, F, V.
C. ( ) V, F, V, F.
D. ( ) V, F, V, V.

36a QUESTÃO – Sobre as penas previstas no Decreto-Lei 1001/69, que contém o


Código penal Militar, é CORRETO afirmar que:

178
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) A pena de suspensão do exercício do posto, graduação, cargo ou função


consiste na agregação, no afastamento, no licenciamento ou na disponibilidade do
condenado, pelo tempo fixado na sentença, sendo desobriga o seu comparecimento
regular à sede do serviço. Não será contado como tempo de serviço, para qualquer
efeito, o do cumprimento da pena de comparecer na Unidade no período de
cumprimento da pena.
B. ( ) A condenação da praça a pena privativa de liberdade, por tempo superior a
um ano, importa sua exclusão.
C. ( ) Incorre na pena acessória de inabilitação para o exercício de função pública,
pelo prazo de dois até vinte anos, o condenado a reclusão por mais de quatro anos,
em virtude de crime praticado com abuso de poder ou violação do dever militar ou
inerente à função pública.
D. ( ) A imposição de qualquer das penas acessórias previstas no Código Penal
Militar deve constar expressamente da sentença penal, para que seja executada.

37a QUESTÃO - Marque a alternativa que NÃO corresponde a uma pena acessória
segundo o Código Penal Militar.
A. ( ) Incompatibilidade com o oficialato.
B. ( ) Cassação dos direitos políticos.
C. ( ) Suspensão da tutela ou curatela.
D. ( ) Perda da função pública, ainda que eletiva.

38a QUESTÃO – Com respeito às Penas previstas no Código Penal Militar, assinale
a única resposta CORRETA:
A. ( ) A sentença definitiva de condenação à morte é comunicada, logo que passe
em julgado, ao Governador do Estado, e não pode ser executada senão depois de
sete dias após a comunicação.
B. ( ) Não há previsão expressa no Código Penal Militar de separação de praças
especiais e graduadas, no cumprimento de pena de prisão; somente a distinção
entre oficiais e praças.
C. ( ) O mínimo da pena de reclusão é de dois anos e o máximo de trinta anos.
D. ( ) Na falta de penitenciária militar, a pena privativa de liberdade por mais de 2
(dois) anos, aplicada a militar, é cumprida em estabelecimento prisional civil, não
obstante benefícios e concessões que poderá gozar, nos termos da legislação penal
comum.

39ª QUESTÃO – Nos termos do Código Penal Militar (CPM), marque a


alternativa CORRETA:
A. ( ) O militar da reserva, ou reformado, conserva as responsabilidades e
prerrogativas do posto ou graduação, para o efeito da aplicação da lei penal
militar, quando pratica ou contra ele é praticado crime militar.
B. ( ) Nas infrações disciplinares militares (ilícito administrativo) aplicam-se as
penas previstas no CPM.
C. ( ) Em se tratando de concurso de agentes, tem-se que o ajuste, a
determinação ou instigação e o auxílio são puníveis mesmo que o crime não
chegue a ser tentado.
D. ( ) Consideram-se crimes militares, em tempo de paz, os crimes de que trata
o CPM, quando definidos de modo diverso na lei penal comum, ou nela não
previstos, desde que o agente seja militar em situação de atividade.

179
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

GABARITO “DAS PENAS”


1) B 2) B 3) A 4) B 5) A 6) A 7) B 8) B 9) B 10) D
11) C 12) D 13) A 14) C 15) D 16) D 17) A 18) C 19) D 20) A
21) B 22) D 23) D 24) A 25) A 26) D 27) B 28) B 29) B 30) A
31) A 32) A 33) D 34) A 35) D 36) C 37) B 38) D 39) A

180
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

4.4 DOS CRIMES CONTRA AUTORIDADE E


DISCIPLINA MILITAR
1ª QUESTÃO – De acordo com o Decreto-Lei n. 1.001, de 21/10/1969 (Código Penal
Militar – CPM), marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) Comete crime militar de furto simples, previsto no art. 240 do CPM, o militar
estadual que subtrai, em proveito próprio, algum bem móvel pertencente à carga da
Polícia Militar, valendo-se da facilidade que lhe proporciona a qualidade de militar.
B. ( ) O militar que contribui dolosamente para que outrem subtraia ou desvie o
dinheiro, valor ou bem, mas, antes da sentença irrecorrível, repara do dano, terá
extinta a punibilidade do crime de peculato.
C. ( ) O motim, tipificado no art. 149 do CPM, pode se configurar pela reunião de
militares desarmados agindo contra a ordem de superior, ou negando-se a cumpri-
la e está no rol dos crimes contra a autoridade ou a disciplina militar.
D. ( ) O policial militar que, estando de serviço, receber, para si, vantagem indevida
consistente em soma em dinheiro a pretexto de se omitir, indevidamente, na prática
ato de ofício, comete o fato tipificado como crime militar de concussão, previsto no
art. 305 do CPM.

2ª QUESTÃO – Dos crimes a seguir relacionados, marque a alternativa CORRETA


que descreve os crimes existentes somente no Código Penal Militar:
A. ( ) reunião ilícita, desobediência, desacato, motim e deserção.
B. ( ) reunião ilícita, recusa de obediência, insubmissão e estupro de vulnerável.
C. ( ) reunião ilícita, recusa de obediência, rigor excessivo e atentado violento ao
pudor.
D. ( ) atentado violento ao pudor, violência contra inferior, furto de uso e supressão
de documento.

3ª QUESTÃO – Um grupo de militares federais, todos da ativa, desarmados,


resolveram paralisar os serviços administrativos de uma determinada Unidade,
praticando desobediência contra ordem de superiores. O mentor dessa empreitada
criminosa, conforme ficou comprovado nos autos da investigação policial militar, foi
um Cabo. Do grupo, ainda faziam parte 01 (um) Tenente, 06 (seis) Subtenentes e
05 (cinco) Sargentos. Considerando a dosimetria da pena que os juízes de direito
militares devem observar em relação à participação de cada militar na conduta
infracional, certo é que:
A. ( ) a maior pena seria aplicada ao Tenente, por ser considerado cabeça no crime
de motim, que é de autoria coletiva necessária.
B. ( ) a maior pena seria aplicada ao Cabo, por ser considerado o mentor intelectual
no crime de motim, que é de autoria coletiva necessária.
C. ( ) a pena seria aplicada igualmente a todos os amotinados, por ser o crime de
motim considerado de autoria coletiva necessária.
D. ( ) a maior pena seria aplicada ao Cabo, por ser considerado o mentor intelectual
no crime de revolta, que é de autoria coletiva necessária.

4ª QUESTÃO – Nos termos do Decreto-Lei n. 1.001, de 21/10/1969 (Código Penal


Militar – CPM), marque a alternativa CORRETA.

181
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) Comete crime militar de violência contra militar de serviço o 3º Sargento que,


estando escalado como Comandante de Guarnição, agride o Subtenente que
exercia a função de Coordenador de Policiamento da Unidade (CPU).
B. ( ) Comete o crime militar de desrespeito a superior um 3º Sargento que
desrespeita um 2º Sargento, diante de um servidor civil da PMMG.
C. ( ) Os militares que se reunirem, agindo contra a ordem recebida de superior ou
negando-se a cumpri-la, cometerão crime militar de revolta, porém, se os agentes
estavam armados, passam a cometer o crime militar de motim.
D. ( ) Comete o crime militar de recusa de obediência um Cabo PM que,
expressamente, se nega a cumprir a ordem do 3º Sargento, Comandante do
Destacamento, no sentido de cancelar o deslocamento da guarnição que iria
recolher o turno de serviço, para que fosse prestado um apoio a outra guarnição que
estaria em dificuldades em uma abordagem policial.

5ª QUESTÃO – Três policiais militares reuniram-se na sala da intendência do quartel


a que pertencem e decidiram agir contra a ordem recebida de seu superior
hierárquico, no sentido de assumir o serviço em postos de sentinela do referido
quartel, atuando, dessa forma, em flagrante cometimento do crime de motim. A
respeito do crime, com base no conteúdo do Decreto-Lei nº 1.001/69 (Código Penal
Militar), é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Caso os agentes estivessem armados, o crime praticado ainda seria motim,
bastando para isso que eles tivessem pactuado que não utilizariam o armamento
em nenhuma circunstância.
B. ( ) O que fez configurar o crime de motim foi o fato da reunião ocorrer no interior
de quartel.
C. ( ) Não é possível identificar um líder (cabeça), cuja pena no crime de motim é
aumentada, pois o grupo de apenas três policiais militares não é uma fração
constituída, elemento essencial para configurar o tipo.
D. ( ) Se um dos três policiais militares, antes da execução do motim e quando ainda
possível evitar-lhe as consequências, denunciar o ajuste do qual participou, será ele
isento de pena.

6ª QUESTÃO – De acordo com o Código Penal Militar, qual crime abaixo NÃO existe
previsão na modalidade culposa:
A. ( )Receptação.
B. ( )Lesão corporal.
C. ( )Prevaricação.
D. ( )Condescendência criminosa.

7ª QUESTÃO – De acordo com o Código Penal Militar, marque a alternativa


CORRETA no tocante ao crime do art. 157 (Praticar violência contra superior):
A. ( )Se a violência é praticada com arma, a pena é aumentada da metade.
B. ( )Se da violência resulta lesão corporal, aplica-se, além da pena da violência, a
do crime contra a pessoa.
C. ( )Se o superior é comandante da unidade a que pertence o agente (sujeito ativo),
a pena é de detenção.
D. ( )A pena é aumentada de um terço, se o crime ocorre em serviço.

8a QUESTÃO – Qual das opções abaixo apresenta APENAS crimes propriamente


militares:
A. ( )Motim, abandono de posto e corrupção ativa.
B. ( )Incitamento, recusa de obediência e violência contra superior.

182
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( )Concussão, homicídio e furto de uso.


D. ( )Prevaricação, lesão corporal e desacato a superior.

9ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O Código Penal Militar prevê,


dentre outros, os seguintes crimes militares que admitem a modalidade culposa:
A. ( ) Abandono de posto (art. 195 do CPM); descumprimento de missão (art. 196
do CPM); revelação de notícia, informação ou documento (art. 144 do CPM).
B. ( ) Descumprimento de missão (art. 196 do CPM); consecução de notícia,
informação ou documento para fim de espionagem (art. 143 do CPM); dormir em
serviço (art. 203 do CPM).
C. ( ) Descumprimento da missão (art. 196 do CPM); omissão de providência para
evitar danos (art. 199 do CPM); turbação de objeto ou documento (art. 145 do CPM).
D. ( ) Turbação de objeto ou documento (art. 145 do CPM); conservação ilegal de
comando (art. 168 do CPM); ofensa aviltante a inferior (art. 175 do CPM).

10ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. São crimes militares próprios:


A. ( )homicídio e peculato.
B. ( )revolta e conspiração.
C. ( )receptação e concussão.
D. ( )estelionato e motim.

11ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Um Cabo da Polícia Militar, que


na presença de 03 (três) civis, no interior do Quartel, joga o livro contendo sua escala
de serviço em cima da mesa onde se encontrava sentado o Oficial, que elaborara a
referida escala, por não estar satisfeito com o seu empenho mensal, à luz do Código
Penal Militar, comete:
A. ( ) Conduta atípica.
B. ( ) Desacato a superior.
C. ( ) Desrespeito.
D. ( ) Recusa de obediência.

12ª QUESTÃO – O Comandante de uma Unidade da PMMG, que, intencionalmente,


deixar de responsabilizar um seu comandado que praticar uma infração no exercício
do cargo que exerce, estará cometendo, em tese, o seguinte delito especificado no
Código Penal Militar:
A. ( ) prevaricação.
B. ( ) exercício funcional ilegal.
C. ( ) condescendência criminosa.
D. ( ) patrocínio indébito.

13a QUESTÃO – Tratam-se de crimes contra a autoridade ou disciplina militar,


conforme dispõe o Código Penal Militar:
A. ( ) motim e ofensa às forças armadas.
B. ( ) injúria real e inobservância de lei, regulamento ou instrução.
C. ( ) desacato a superior e desacato a militar.
D. ( ) omissão de lealdade militar e incitamento.

14ª QUESTÃO – Considerando o estabelecido pelo Código Penal Militar, analise as


assertivas abaixo.
I –No crime de violência contra superior, quando da prática da violência resultar
morte, o autor responderá pelo crime de homicídio e não pelo crime de violência
contra superior.

183
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

II –No crime de violência contra superior, quando da violência resultar lesão corporal,
aplica-se, além da pena da violência, a do crime contra a pessoa.
III –No crime de violência contra militar de serviço, a pena é aumentada se a
violência é praticada com arma.
IV –No crime de violência contra inferior, quando da prática da violência resultar
morte, é também aplicada a pena do crime de homicídio.
V –No crime de violência aviltante a inferior, se da violência resultar lesão corporal,
o infrator responderá pelo crime de lesão corporal e não pelo crime de violência
aviltante a inferior.

Marque a alternativa CORRETA.


A. ( ) As assertivas I, IV e V são as únicas falsas.
B. ( ) As assertivas II e V são verdadeiras.
C. ( ) As assertivas II, III e IV são as únicas verdadeiras.
D. ( ) As assertivas I e III são falsas.

15a QUESTÃO - De acordo com o Código Penal Militar NÃO é um crime contra o
serviço militar e o dever militar.
A. ( ) Descumprimento de missão.
B. ( ) Deserção.
C. ( ) Omissão de oficial.
D. ( ) Recusa de obediência.

16a QUESTÃO - De acordo com o Código Penal Militar assinale a alternativa


CORRETA.
A. ( ) No crime de peculato culposo não há possibilidade de minoração da pena,
mesmo havendo a reparação do dano posterior a sentença irrecorrível.
B. ( ) No crime de desacato a superior a pena é majorada, mesmo se o superior for
comandante de unidade diversa a do agente.
C. ( ) Há previsão da prática dos crimes de condescendência criminosa e de
inobservância de lei, regulamento ou instrução, por negligência.
D. ( ) Receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da
função, ou antes de assumi-la, mas em razão dela vantagem indevida, ou aceitar
promessa de tal vantagem, trata-se do crime de concussão.

17ª QUESTÃO – Considerando o que prevê o Código Penal Militar, marque a


alternativa CORRETA.
A. ( ) Para que o crime militar de “Desrespeito a Superior” seja configurado, a lei
penal militar exige que o agente o pratique diante de qualquer pessoa.
B. ( ) Para que o crime militar de “Desrespeito a Superior” seja configurado, a lei
penal militar exige que o agente o pratique diante de outro militar.
C. ( ) Para que o crime militar de “Desrespeito a Superior” seja configurado, a lei
penal militar exige que o autor o pratique diante de outro militar, desde que também
superior hierárquico.
D. ( ) Para que o crime militar de “Desrespeito a Superior” seja configurado, a lei
penal militar exige que o autor o pratique diante de outro militar, que deve ser um
seu superior hierárquico ou, se do mesmo posto/graduação, mais antigo.

18ª QUESTÃO – Considerando o regramento estabelecido no Código Penal Militar,


marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) A reunião de policiais militares armados, recusando obediência a superior,
constitui crime de motim.

184
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) A reunião de policiais militares armados, agindo contra a ordem recebida de


superior, ou negando-se a cumpri-la, constitui crime de revolta.
C. ( ) A reunião de policiais militares armados, agindo contra a ordem recebida de
superior, ou negando-se a cumpri-la, constitui crime de motim.
D. ( ) A reunião de policiais militares desarmados, recusando obediência a superior,
constitui crime de revolta.

19ª QUESTÃO–Marque a alternativa CORRETA. “Deixar o militar ou assemelhado


de levar ao conhecimento do superior o motim ou revolta de cuja preparação teve
notícia, ou, estando presente ao ato criminoso, não usar de todos os meios ao seu
alcance para impedi-lo. Conforme o Código Penal Militar, o crime acima tipificado é:
A. ( ) Crime de Conspiração.
B. ( ) Crime de Incitamento.
C. ( ) Crime de Violência Contra Superior.
D. ( ) Crime de Omissão de Lealdade Militar.

20ª QUESTÃO – A respeito dos crimes militares de insubordinação, marque a


alternativa CORRETA.
A. ( ) 3º Sgt QPE que critica publicamente ato de seu superior ou assunto atinente
à disciplina militar, comete crime militar.
B. ( ) 3º Sgt QPE que se opõe às ordens de um Sd 2ª Cl escalado na sentinela do
quartel, não comete o crime militar de oposição a ordem de sentinela por faltar-lhe
dever de obediência a quem lhe é hierarquicamente inferior.
C. ( ) 3º Sgt QPE que critica publicamente ato de seu superior ou assunto atinente
à disciplina militar, só terá sua conduta criminalizada se a crítica trouxer prejuízo à
administração militar.
D. ( ) 3º Sgt QPE que se opõe às ordens de um Sd 2ª Cl escalado na sentinela do
quartel, só terá sua conduta criminalizada do ponto de vista militar se do seu
comportamento gerar risco para a integridade física do Sd 2ª Cl escalado na
sentinela do quartel.

21ª QUESTÃO – Nos termos do Decreto-Lei 1.001, de 21 de outubro de 1969,


Código Penal Militar, marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) “Participar, de modo ostensivo ou simulado, diretamente ou por interposta
pessoa, em contrato, fornecimento, ou concessão de qualquer serviço concernente
à administração militar, sobre que deva informar ou exercer fiscalização em razão
do ofício” é um tipo penal previsto no Código Penal Militar.
B. ( ) A pena para o cometimento do crime militar de “Condescendência Criminosa”
é aumentada se o agente age por negligência.
C. ( ) É considerado crime de Prevaricação “retardar ou deixar de praticar,
indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra expressa disposição de lei, para
satisfazer interesse ou sentimento pessoal”.
D. ( ) O crime militar de “Inobservância de lei, regulamento ou instrução” é um crime
contra o dever funcional.

22a QUESTÃO – Em relação aos crimes previstos no Código Penal Militar, marque
a alternativa CORRETA.
A. ( ) O incitamento à indisciplina não constitui crime militar, mas caracteriza
transgressão disciplinar prevista no CEDM.
B. ( ) O crime de desrespeito a superior consiste na recusa de obedecer a ordem do
superior sobre assunto ou matéria de serviço, ou relativamente a dever imposto em
lei, regulamento ou instrução.

185
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Comete crime de publicação ou crítica indevida o militar que publicar, sem


licença, ato ou documento oficial, ou criticar publicamente ato de seu superior ou
assunto atinente à disciplina militar, ou a qualquer resolução do Governo.
D. ( ) Constitui crime de corrupção ativa a exigência, para si ou para outrem, direta
ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumí-la, mas em razão
dela, vantagem indevida.

23ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. De acordo com o Código Penal


Militar (CPM), o militar que deixar de responsabilizar subordinado que comete
infração no exercício do cargo, ou, quando lhe falte competência, não levar o fato
ao conhecimento da autoridade competente, cometerá o seguinte crime militar:
A. ( ) Prevaricação (art. 319 do CPM).
B. ( ) Inobservância de lei, regulamento ou instrução (art. 324 do CPM).
C. ( ) Desvio (art. 307 do CPM).
D. ( ) Condescendência criminosa (art. 322 do CPM).

24ª QUESTÃO – Considerando-se os estudos relativos aos crimes militares, marque


a alternativa CORRETA.
A. ( ) 3º Sgt PM que usa, indevidamente, insígnia de 2º Sgt PM, comete crime militar.
B. ( ) 3º Sgt PM que usa farda de um 3º Sgt BM (Corpo de Bombeiros Militar) não
comete crime militar e sim crime comum, por tratar-se de Instituição diversa da que
serve.
C. ( ) 3º Sgt PM que usa, indevidamente, insígnia de Cabo PM (Cb PM), não comete
crime militar por falta de previsão legal.
D. ( ) 3º Sgt PM que usa farda de um 3º Sgt QPE auxiliar de saúde (farda branca),
não comete crime militar uma vez que o referido fardamento é permitido pelo
regulamento da Instituição.

25ª QUESTÃO – Em relação aos crimes militares, marque a alternativa CORRETA.


A. ( ) 3º Sgt PM que afixa no quadro de aviso da Companhia impresso que contenha
incitamento à prática da indisciplina, comente, em tese, crime militar.
B. ( ) Militar que no interior do quartel faz apologia do crime comum de disparo de
arma de fogo em via pública, comete crime militar de apologia de fato criminoso.
C. ( ) Em se tratando do crime de violência contra sentinela, a lei penal militar exige
que o sujeito ativo seja superior hierárquico do sujeito passivo.
D. ( ) 3º Sgt PM que desrespeita um 2º Sgt PM diante de um funcionário civil da
Unidade, comete o crime militar de “desrespeito a superior”.

26ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Configura o crime de Motim:


A ( ) Somente quando há reunião de militares recusando obediência a superior.
B ( ) É possível o crime de Motim entre civis desde que haja pelo menos um militar
no grupo.
C ( ) Reunirem-se militares armados ocupando quartel, estabelecimento militar,
hangar, aeródromo ou aeronave, navio ou viatura militar, para ação militar, ou prática
de violência, em desobediência a ordem superior ou em detrimento da ordem ou da
disciplina militar.
D ( ) Reunirem-se militares agindo contra a ordem recebida de superior.

27ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA no que se refere aos crimes


militares em tempo de paz.

186
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A ( ) Recusar obedecer a ordem do superior sobre assunto ou matéria de serviço,


ou relativamente a dever imposto em lei, regulamento ou instrução configura crime
de Recusa de obediência.
B ( ) A prática de violência contra superior é punida com reclusão.
C ( ) Somente configura o crime de opor-se às ordens da sentinela se esta estiver
de serviço em local de manobras ou treinamento de atividade de campo.
D ( ) Praticar, diante da tropa, ou em lugar sujeito à administração militar, ato que se
traduza em ultraje a símbolo nacional só aplica-se ao militar federal.

28ª QUESTÃO - Em relação à parte especial do Código Penal Militar, marque a


alternativa CORRETA:
A. ( ) No crime de Desacato a superior a pena é agravada, mesmo se o superior for
comandante de outra unidade a que pertence o agente.
B. ( ) O militar que recebe ordem direta e objetiva, de superior hierárquico, na
presença de testemunhas, para se apresentar no dia seguinte em lugar sujeito à
administração Militar, a fim de participar de instrução relativa a serviço, e não
comparece, enquadra-se o fato no crime de recusa de obediência.
C. ( ) Militar à paisana que comparece a uma “boca de fumo” e exige do traficante
que lhe seja repassado R$ 500,00 (quinhentos reais), caso contrário lhe prenderia
e fecharia o local, comete o crime de corrupção passiva.
D. ( ) Não há previsão da prática do crime de condescendência criminosa por
negligência.

29ª QUESTÃO – Analise as assertivas e, a seguir, marque a alternativa CORRETA.


I - Um Policial Militar que, armado com uma pistola .40, recusa a obedecer ordem
legal de um superior hierárquico comete o crime militar de revolta.
II - Uma turma do TPB, composta por vários 3º Sgt PM que, desarmados agem
contra ordem recebida de um 2º Sgt PM, comete o crime militar de motim.
III - 3º Sgt PM que se opõe à ordem de um Sd PM em atividade na sentinela da
Unidade, comete o crime militar de “Oposição à ordem de sentinela”.
IV - 3º Sgt PM que critica, durante a chamada do turno de serviço, a forma como o
Comandante da Companhia distribui o efetivo nos turnos, comete crime militar de
“crítica indevida”.
V - O Código Penal Militar define como crime os atos de violência praticados pelo
subordinado em relação ao superior, mas não o faz quando a violência é praticada
pelo superior em relação ao subordinado, exceto nos casos de lesão corporal.
A. ( ) As assertivas II e III são as únicas verdadeiras.
B. ( ) As assertivas II, III e IV são verdadeiras.
C. ( ) As assertivas I e IV são falsas.
D. ( ) As assertivas I e II são as únicas falsas.

30ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. A Praça que, na condição de


Presidente de Associação de Classe, estimula seus congêneres a, em sinal de
protesto, tumultuar tradicional solenidade militar, marchando em sentido contrário
ao desfile das tropas oficiais, pratica o crime de:
A. ( ) Incitamento.
B. ( ) Motim.
C. ( ) Revolta.
D. ( ) Omissão de lealdade.

31ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O policial militar que reagindo a


prisão, atinge superior hierárquico com soco no rosto e, dominado, o agride

187
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

verbalmente, com palavras de baixo calão, comete os crimes militares de:


A. ( ) Violência contra superior e desacato contra superior.
B. ( ) Violência contra superior e injuria contra superior.
C. ( ) Lesão corporal e injuria real.
D. ( ) Violência contra militar em serviço e desacato.

32ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O Soldado PM que, na presença


de outros militares, com palavras insolentes e desdenhosa, desrespeita o Cabo PM
que realizava a chamada do turno, pratica o crime de:
A. ( ) Desrespeito a comandante.
B. ( ) Desrespeito a superior.
C. ( ) Desacato contra a superior.
D. ( ) Difamação contra superior.

33ª QUESTÃO – Nos termos do Código Penal Militar (Decreto-lei n. 1.001/69),


marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) O crime de estupro somente se consuma quando se constrange alguém
conjunção carnal, mediante violência ou grave ameaça ou a praticar ou a permitir
que se pratique outro ato libidinoso.
B. ( ) O crime de despojamento a símbolo nacional ocorre quando o militar pratica
diante da tropa, ou lugar sujeito à administração militar, ato que se traduza em ultraje
a símbolo nacional.
C. ( ) A fuga de preso de estabelecimento penal comum, cuja vigilância é exercida
pela Polícia Militar, é crime definido no art. 178 (fuga de preso ou internado) do
Código Penal Militar.
D. ( ) No crime de incitamento previsto no artigo 155 da lei penal militar há a
consumação quando o militar, nos termos do art. 9º, incita a prática de indisciplina.

34ª QUESTÃO – Vários policiais militares ajustaram, durante uma reunião, a prática
do crime de motim, ocasião em que cometeram o crime de conspiração. Antes da
execução do crime de motim, quando ainda era possível evitar as suas
consequências, um dos militares denunciou à administração militar o ajuste de que
participou. Nestas circunstâncias, este militar:
A. ( ) Responderá apenas pelo crime de organização de grupo para a prática de
violência.
B. ( ) Responderá pelo crime de tentativa de motim, mas terá sua pena reduzida.
C. ( ) Será isento de pena.
D. ( ) Será processado normalmente pelo crime de conspiração, podendo sua pena
ser atenuada.

35ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Constitui crime militar de


Insubordinação, previsto no art. 163 do CPM:
A. ( ) Desrespeitar superior diante de outro militar.
B. ( ) Desobedecer à ordem legal de autoridade militar.
C. ( ) Recusar obedecer a ordem do superior sobre assunto ou matéria de serviço
ou relativamente a dever imposto em lei, regulamento ou instrução.
D. ( ) Opor-se à execução de ato legal, mediante ameaça ou violência ao executor,
ou a quem esteja prestando auxílio.

36ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Os Militares que, armados,


reúnem-se com o objetivo de agir contra a ordem recebida de superior, ou de negar-
se a cumpri-la, praticam o crime militar de:

188
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) Motim.
B. ( ) Revolta.
C. ( ) Recusa de obediência.
D. ( ) Insubordinação.
37ª QUESTÃO - De acordo com o Código Penal Militar marque a alternativa
CORRETA alusiva ao convocado que deixa de apresentar-se, dentro do prazo que
lhe foi marcado, para a incorporação:
A. ( ) Deserção.
B. ( ) Insubordinação.
C. ( ) Insubmissão.
D. ( ) Desobediência.

38ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Pelo Código Penal Militar, a


insubordinação caracteriza-se pelo (a):
A. ( ) Desrespeito a superior, desde que na presença de outro militar.
B. ( ) Recusa em obedecer a ordem do superior sobre assunto ou matéria de serviço,
ou relativamente a dever imposto em lei, regulamento ou instrução.
C. ( ) Desrespeito a superior, independente da presença de outro militar.
D. ( ) Recusa em obedecer ordem de superior ainda que versando sobre assunto ou
matéria estranha ao serviço, ou relativamente a dever imposto em lei, regulamento
ou instrução, desde que na presença de outro militar.

39ª QUESTÃO – De acordo com o Código Penal Militar, a conduta do 3° Sgt PM


que, por tolerância, deixa de levar ao conhecimento da autoridade competente
infração administrativa cometida por um Cb PM que se encontrava no exercício do
seu cargo, constitui:
A. ( ) Não constitui crime contra a Administração Militar.
B. ( ) Crime de prevaricação.
C. ( ) Crime de inobservância de lei, regulamento ou instrução.
D. ( ) Crime de condescendência criminosa.
40ª QUESTÃO – O Sd PM que agride um Cb PM que se encontrava de serviço
como sentinela do 5° BPM, comete o seguinte crime militar:
A. ( ) Violência contra superior (art. 157 do CPM).
B. ( ) Desrespeito a superior (art. 160 do CPM).
C. ( ) Lesão corporal leve (art. 209 do CP).
D. ( ) Violência contra militar de serviço (art. 158 do CPM).

41ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Pelo Código Penal Militar,


configura-se, em tese, o crime de motim a reunião de:
A. ( ) Militares ou assemelhados, armados ou não, para ato de violência, em comum,
contra superior.
B. ( ) Militares, exclusivamente, desarmados, agindo sem violência com o fim de
recusar obediência a superior.
C. ( ) Militares armados para recusa de obediência contra ordem de superior.
D. ( ) Militares ou assemelhados, desarmados, agindo contra a ordem recebida de
superior, ou negando-se a cumpri-la.

42ª QUESTÃO – Considere a seguinte situação hipotética: “O policial militar que


arranca peças de fardamento, suas insígnias e distintivos, demonstrando desprezo
pelo que elas representam”, comete, em tese, o crime de:

189
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) Conspiração, artigo 152 do Código Penal Militar.


B. ( ) Excesso de exação, artigo 306 do Código Penal Militar.
C. ( ) Omissão de lealdade militar, artigo 151 do Código Penal Militar.
D. ( ) Despojamento desprezível, artigo 162 do Código Penal Militar.

43ª QUESTÃO – A reunião de militares armados agindo contra a ordem recebida de


superior ou negando-se a cumprí-la, caracteriza segundo o Código Penal Militar, o
crime de:
A. ( ) Motim.
B. ( ) Revolta.
C. ( ) Conspiração.
D. ( ) Organização de grupo para a prática de violência

44ª QUESTÃO – O Sgt PM Ocitelto, estando de serviço de radiopatrulhamento,


recebeu ordem do CPCia para se deslocar até outro setor, a fim de dar cobertura a
uma guarnição que está fazendo uma operação programada, em cumprimento a
Ordem de Serviço da Unidade. De súbito, o graduado respondeu, via rádio, que não
iria, pois a sua área não poderia ficar desguarnecida. Embora, o CPCia tenha sido
enfático na sua ordem, ela foi frontalmente descumprida pelo militar. Em tese, ele
cometeu crime de:
A. ( ) Desobediência.
B. ( ) Recusa de obediência.
C. ( ) Motim.
D. ( ) Violência contra superior.

45ª QUESTÃO – Os militares, desarmados, que se reúnem, agindo contra a ordem


recebida de superior, ou negam-se a cumprí-la, praticam o crime militar de:
A. ( ) Revolta.
B. ( ) Reunião Ilícita.
C. ( ) Organização de Grupo Ilegal.
D. ( ) Motim.

46ª QUESTÃO – O militar que deixa de levar ao conhecimento do superior o motim


ou revolta de cuja preparação teve notícia, pratica o crime militar de:
A. ( ) Conspiração.
B. ( ) Omissão de Lealdade.
C. ( ) Omissão de Ofício.
D. ( ) Desídia.
47ª QUESTÃO – Na hipótese de Aloprado, Soldado policial militar do serviço ativo,
pertencente ao 95° BPM, de BH, agredir e ofender um Cabo PM de seu BPM, ainda
que da agressão não resultem lesões corporais, pratica o crime militar de:
A. ( ) Injúria.
B. ( ) Vias de fato.
C. ( ) Violência Contra Superior.
D. ( ) Desacato.

48ª QUESTÃO – O militar que Recusa obedecer a ordem do superior sobre assunto
ou matéria de serviço, ou relativamente a dever imposto em lei, regulamento ou
instrução, pratica o crime militar de:
A. ( ) Desobediência.
B. ( ) Recusa de Obediência.
C. ( ) Oposição a ordem.

190
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Descaso de Superior.

49ª QUESTÃO – Considere a seguinte situação hipotética: “O policial militar que, na


qualidade de Comandante de Destacamento, comprovadamente sabedor da
ocorrência de festas e bacanais promovidas por subordinados seus no interior do
aquartelamento, deixa de coibir tais práticas e de levar os fatos ao conhecimento do
escalão superior”, comete, em tese, o crime de:
A. ( ) Condescendência criminosa (artigo 322 do Código Penal Militar).
B. ( ) Participação em rixa (artigo 211 do Código Penal Militar).
C. ( ) Violação de recato (artigo 229 do Código Penal Militar).
D. ( ) Concussão (artigo 305 do Código Penal Militar).

50ª QUESTÃO – Considere as alternativas abaixo, associando-as aos crimes


previstos no Código Penal Militar e assinale a sequência numérica correta:
(1) Motim. (art. 149)
(2) Recusa de Obediência. (art. 163)
(3) Desrespeito a Superior. (art. 160)
(4) Omissão de Lealdade Militar. (art. 151)
( ) Desrespeitar superior diante de outro militar.
( ) Deixar o militar ou assemelhado de levar a conhecimento do superior o motim ou
revolta de cuja preparação teve notícia, ou, estando presente ao to criminoso, não
usar de todos os meios ao seu alcance para impedi-lo.
( ) Reunirem-se militares ou assemelhados assentindo em recusa conjunta de
obediência, ou em resistência ou violência em comum, contra superior.
( ) Recusar obedecer a ordem do superior sobre assunto ou matéria de serviço, ou
relativamente a dever imposto em lei, regulamento ou instrução.
A. ( ) 4,2,3,1.
B. ( ) 2,3,4,1.
C. ( ) 3,4,1,2.
D. ( ) 3,1,2,4.
51ª QUESTÃO – O militar que deixa de levar ao conhecimento do seu superior o
motim ou revolta de cuja preparação teve notícia, pratica o crime militar de:
A. ( ) Omissão de Motim.
B. ( ) Omissão de Lealdade Militar.
C. ( ) Omissão de Revolta.
D. ( ) Motim e Revolta.
52ª QUESTÃO – Num final de semana, no quartel do 122º BPM, o Sgt “Correto”, de
serviço de Adjunto ao Oficial de Dia, deu uma ordem ao Soldado “Druzio”, que ao
local chegava, para que estacionasse o veículo corretamente na vaga. O problema
foi que o Soldado “Druzio” dirigiu ao Sargento “Correto” e sem justo motivo, desferiu-
lhe um murro no peito, razão pela qual fora preso e autuado em flagrante delito por
esta prática. Com as informações acima, marque a ÚNICA OPÇÃO CORRETA,
indicando qual crime militar praticado pelo Sd “Druzio”:
A. ( ) O Soldado cometeu crime militar de Lesão Corporal de natureza Leve.
B. ( ) O Soldado cometeu crime militar de Injúria Real.
C. ( ) O Soldado cometeu crime militar de Violência contra Superior.
D. ( ) O Soldado cometeu crime militar de Violência a Militar de Serviço

53ª QUESTÃO – De acordo com o Decreto-Lei 1.001, de 21/10/69, é considerado


crime de “Organização de Grupo para a prática de violência”:

191
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) quando militares reunirem-se armados, agindo contra a ordem recebida de


superior ou negando-se a cumpri-la.
B. ( ) quando reunirem-se dois ou mais militares com armamento ou material bélico,
de propriedade militar, praticando violência a pessoas ou à coisa pública ou
particular em lugar sujeito ou não à Administração Militar.
C. ( ) quando militares reunirem-se armados, recusando obediência a superior e
praticando violência.
D. ( ) quando militares reunirem-se armados ou não, recusando obediência a
superior e praticando violência.

54ª QUESTÃO - Quando militares ou assemelhados, desarmados, reúnem-se para


agir contra a ordem recebida de superior, ou negando-se a cumpri-la, cometem qual
crime Militar:
A. ( ) motim.
B. ( ) revolta.
C. ( ) conspiração.
D. ( ) desobediência.

55ª QUESTÃO - O militar ou assemelhado que deixa de levar ao conhecimento do


superior o motim ou revolta de cuja preparação teve notícia, comete o crime Militar
de:
A. ( ) Condescendência criminosa.
B. ( ) Omissão de comunicação de crime.
C. ( ) Participação em motim ou revolta.
D. ( ) Omissão de lealdade militar.

56ª QUESTÃO - O Soldado Aloprado, do 60º BPM, estando de serviço, praticou


violência contra o Tenente que se encontrava de Oficial-de-dia naquela OPM. Qual
crime militar o Sd Aloprado cometeu:
A. ( ) lesão corporal.
B. ( ) violência contra militar de serviço.
C. ( ) violência contra oficial de dia.
D. ( ) agressão contra superior.

57ª QUESTÃO - Suponha que o Sgt Tício, pertencente à 300ª Cia do 55º BPM,
tenha se suicidado após ter sido induzido e instigado pelo Sgt Mérvio de sua OPM.
Neste caso hipotético, segundo o CPM, a pena do Sgt Tício, será agravada:
A. ( ) se o autor não se arrepender e deixar de socorrer a vítima.
B. ( ) se o autor apresentar resistência física ao ser preso.
C. ( ) se o autor não for parente da vítima.
D. ( ) se o crime é cometido por motivo egoístico.

58ª QUESTÃO - O militar que não executa ordem recebida de seu superior para
dirigir-se ao serviço-de-dia da OPM para buscar a chave a fim de abrir o gabinete
do comandante, comete o crime de:
A. ( ) desobediência.
B. ( ) recusa de obediência.
C. ( ) desrespeito a superior.
D. ( ) insubordinação.

59ª QUESTÃO - O militar que profere palavras de baixo calão ofendendo a


dignidade ou decoro de um seu superior, em razão de uma determinação legal

192
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

deste, comete o crime:


A. ( ) desacato a militar.
B. ( ) desobediência.
C. ( ) desacato a superior.
D. ( ) desrespeito a superior.
60ª QUESTÃO – Nos termos do Código Penal Militar (CPM), marque a
alternativa CORRETA:
A. ( ) O crime de Violência contra superior, previsto no art. 157 do CPM, exige
que a conduta delituosa seja praticada diante de outro militar.
B. ( ) O crime de Rigor excessivo, previsto no art. 174 do CPM, exige,
obrigatoriamente, para sua consumação a prática de violência.
C. ( ) O crime de Motim, previsto no art. 149 do CPM, é um crime atentatório a
autoridade ou disciplina militar.
D. ( ) O crime de Deserção, previsto no art. 187 do CPM, se consuma no oitavo
dia de ausência injustificada do militar.

61ª QUESTÃO – Cumprindo escala de prontidão às vésperas do carnaval, na sede


da 1000ª Companhia PM, o Cb PM Alteradino, aproveitando-se da ausência
momentânea do Cap Vaiquetô, Cmt da Cia PM, reúne Cabos e Soldados PM ali
presentes e passa a discutir sobre a mudança nas escalas de serviço, assinadas
pelo Cmt da Cia, inclusive, sendo cogitada uma maneira de não cumpri-las. O crime
cometido pelo Cb PM Alteradino é de:
A. ( ) motim.
B. ( ) reunião ilícita.
C. ( ) conspiração.
D. ( ) incitamento.
62º QUESTÃO - O superior hierárquico que, por indulgência, deixa de
responsabilizar subordinado, que cometeu infração, no exercício do cargo, pratica o
crime de:
A. ( ) prevaricação.
B. ( ) corrupção passiva.
C. ( ) condescendência criminosa.
D. ( ) desobediência.

63ª QUESTÃO – A guarnição formada pelo 2º Sgt “Bom de Serviço”, Cb


“Competente” e Sd “Vibrador”, durante ocorrência policial recusa-se a assumir
ocorrência, após ordem legal do 2º Ten CPCia do 56º BPM. A guarnição entendeu
que o Oficial teria dado uma ordem a qual não deveria cumprir. Estando os
integrantes da guarnição, no turno de serviço, devidamente armados e equipados,
em conformidade com o Decreto- Lei 1.001/69, CPM, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) A guarnição formada pelo 2º Sgt “Bom de Serviço”, Cb “Competente” e Sd
“Vibrador” estão cometendo o crime militar de conspiração.
B. ( ) A guarnição formada pelo 2º Sgt “Bom de Serviço”, Cb “Competente” e Sd
“Vibrador” estão cometendo o crime militar de motim, tendo acréscimo de um sexto
a mais na pena para o 2º Sgt “Bom de Serviço”, tendo em vista ser ele o mais antigo.
C. ( ) Apenas o 2º Sgt “Bom de Serviço” estará cometendo o crime de aliciação para
cometimento de motim ou revolta, tendo em vista ser ele o mais antigo da guarnição,
respondendo o Cb “Competente” e o Sd “Vibrador” apenas pelos atos de violência,
caso estes ocorram.
D. ( ) A guarnição formada pelo 2º Sgt “Bom de Serviço”, Cb “Competente” e Sd
“Vibrador” estão cometendo o crime militar de revolta, tendo acréscimo de um

193
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

terço a mais na pena para todos aqueles que encabeçaram o crime.

64ª QUESTÃO – O 1º Sgt “Corretíssimo” quando de folga e a paisana, enquanto


deslocava em seu veículo particular, juntamente com seus familiares, foi parado em
operação “blitz”. Durante a abordagem realizada pelo Cb “Competente” da
Companhia de Trânsito é constatado que o 1º Sgt “Corretíssimo” não está portando
sua carteira de habilitação, motivo pelo qual o Cabo passa a tomar as providências
conforme legislação de trânsito em vigor. Insatisfeito com a conduta fiscalizadora do
Cb “Competente” o 1º Sgt “Corretíssimo” passa a discutir com o militar chamando-o
de “bitolado” e “profissionalzinho de quinta categoria”, alegando que estaria tendo a
sua condição de 1º Sargento desconsiderada e, ainda, sendo constrangido perante
seus familiares, determinando ao Cabo que cessasse a fiscalização. Conforme o
Decreto-Lei 1.001/69, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) o 1º Sgt “Corretíssimo” não cometeu o crime de desacato contra militar, pois
este se aplica apenas no caso de civil contra militar em exercício da função e no
caso de subordinado para com o superior hierárquico, podendo apenas sua conduta
ser enquadrada no Código de Ética e Disciplina dos Militares.
B. ( ) o 1º Sgt “Corretíssimo” cometeu o crime de desacato contra militar, podendo
estar sujeito ainda as sanções administrativas previstas no Código de Ética e
Disciplina dos MIlitares.
C. ( ) o Cb “Competente” está cometendo o crime de desacato a superior por estar
ferindo a dignidade do 1º Sgt “Corretíssimo”.
D. ( ) o Cb “Competente” está cometendo o crime de desobediência, tendo em vista
o 1º Sgt “Corretíssimo” ter lhe dado ordem direta para que a fiscalização fosse
encerrada, tendo o militar da Companhia de Trânsito se negado a cumprir a ordem.

65ª QUESTÃO - Um Soldado PM ao visitar seu filho no HPM, deparou-se com sua
esposa conversando com um outro militar, na penumbra da sala de televisão da
enfermaria do referido nosocômio sem saber do que se tratava a conversa, mas
insatisfeito com o fato, desferiu tapas e pontapés na mesma, evadindo-se do local.
O adjunto-de-dia confeccionou relatório que originou um IPM, que ao final poderá
indiciar o militar em qual crime militar abaixo:
A. ( ) excesso de exação.
B. ( ) violência arbitrária.
C. ( ) desacato a militar.
D. ( ) desacato a assemelhado ou funcionário.

66ª QUESTÃO - Antes do início do turno de serviço, em uma Unidade no interior do


Estado, cinco militares, todos desarmados e uniformizados, insatisfeitos com a
política adotada pelo Comandante da Unidade referente às férias anuais,
resolveram manter as viaturas paradas, ocupando a área de estacionamento do
Quartel. O Sub Cmt, diante da atitude dos mesmos, ordenou-os que cessassem o
movimento imediatamente e se deslocassem para seus postos de rádio-
patrulhamento, obtendo resposta negativa dos militares, que permaneceram
parados no interior do Quartel. Que crime praticaram os militares:
A. ( ) revolta.
B. ( ) organização de grupo para a prática de violência.
C. ( ) desrespeito a superior.
D. ( ) motim.

67ª QUESTÃO – Em uma Unidade da Capital, antes do início do turno de serviço,


militares estaduais, todos devidamente armados e uniformizados, insatisfeitos com

194
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

a política adotada pelo Comandante-Geral da PMMG referente ao uso de


rastreadores nas viaturas operacionais, resolveram manter as mesmas paradas,
ocupando a área de estacionamento do Quartel. O CPU da Unidade, diante da
conduta presenciada, ordenou que os militares cessassem o movimento
imediatamente e se deslocassem para seus postos de rádio patrulhamento, obtendo
resposta negativa dos militares, que permaneceram parados no interior do Quartel.
Sendo você, um dos sargentos que praticava a conduta descrita e, resolvendo o
Oficial CPU dar voz de prisão em flagrante aos militares reunidos, responderiam
pelo crime:
A. ( ) organização de grupo para a prática de violência.
B. ( ) Motim e revolta.
C. ( ) Revolta.
D. ( ) Desrespeito a superior.
68a QUESTÃO – O Cb PM Nucumpro Ordhem foi escalado pelo Cap PM, seu Cmt
de Cia, no posto de triagem de determinado evento esportivo. Durante o evento, o
cmt deste que era um 1º tenente, decidiu remanejar o Cb Nucumpro Ordhem para
auxiliar na busca pessoal, nos portões de entrada, tendo este terminantemente se
recusado a cumprir a determinação, alegando que havia sido escalado por ato de
um capitão, pelo que um 1º tenente não tinha autoridade para modificar sua escala
original. A este respeito, marque a alternativa CORRETA:
A.( ) O Cb Nucumpro Ordhem cometeu crime militar de desrespeito a superior.
B.( ) O Cb Nucumpro Ordhem cometeu crime militar de desacato a superior.
C.( ) O Cb Nucumpro Ordhem não cometeu crime militar, em razão da ordem ser
ilegal, visto que realmente o tenente não possuía, no caso citado, competência para
alterar escala assinada por um capitão.
D.( ) O Cb Nucumpro Ordhem cometeu crime militar de desobediência.

69ª QUESTÃO – O Sargento PM “Sabetudo” deixou de levar ao conhecimento da


autoridade competente o fato de um seu subordinado hierárquico, Cb PM
“Sabenada”, que cometeu uma grave infração no exercício de suas atribuições
legais. A conduta do Sargento, à luz do Código Penal Militar, caracteriza-se, em
tese, no delito denominado:
A. ( ) inobservância de instrução.
B. ( ) prevaricação.
C. ( ) condescendência criminosa.
D. ( ) exercício funcional ilegal.
70ª QUESTÃO – O militar que profere palavras ríspidas a seu superior durante a
chamada do turno de serviço e em ato continuo recusa a entregar a arma que
portava, comete respectivamente os crimes de:
A. ( ) desrespeito a superior e desobediência.
B. ( ) desacato e insubordinação.
C. ( ) desrespeito a superior e recusa de obediência.
D. ( ) desacato e recusa de obediência.
71ª QUESTÃO - O militar que não executa ordem recebida de seu superior para
dirigir-se ao serviço-de-dia da OPM para buscar a chave a fim de abrir o gabinete
do comandante, comete o crime de:
A. ( ) desobediência.
B. ( ) recusa de obediência.
C. ( ) desrespeito a superior.
D. ( ) insubordinação.

195
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

72ª QUESTÃO - O militar que profere palavras de baixo calão ofendendo a


dignidade ou decoro de um seu superior, em razão de uma determinação legal
deste, comete o crime:
A. ( ) desacato a militar.
B. ( ) desobediência.
C. ( ) desacato a superior.
D. ( ) desrespeito a superior.

73ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Um Soldado, da Polícia de Meio


Ambiente, que recusa ordem do Sargento, em matéria de serviço, para adentrar na
mata, como componente de patrulha e ainda, com a condescendência do graduado,
de tirar o serviço na portaria do parque, sob o argumento de pretensa indisposição
não provada, tratando-o ainda, de forma acintosa, com palavras desrespeitosas na
presença de outros
militares, estará cometendo quais crimes previstos no Código Penal Militar:
A. ( ) violência contra superior e desobediência.
B. ( ) desacato a superior e recusa de obediência.
C. ( ) desrespeito a superior e recusa de obediência.
D. ( ) desacato a militar e desobediência.

74ª QUESTÃO – Em relação aos crimes preterdolosos previstos no Código Penal


Militar (CPM), Decreto-Lei n. 1.001, de 21/10/1969, marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) Os crimes de violência contra o superior (artigo 157 do CPM) e violência contra
militar de serviço (artigo 158 do CPM) podem ocorrer na modalidade preterdolosa,
se da violência resulta morte ou lesão corporal e as circunstâncias evidenciam que
o agente não quis o resultado nem assumiu o risco de produzi-lo.
B. ( ) É possível afirmar que existe tentativa para todos os crimes preterdolosos
previstos no CPM, quando da violência resulta morte ou lesão corporal e as
circunstâncias evidenciam que o agente não quis o resultado nem assumiu o risco
de produzi-lo, sendo que, a pena do crime contra a pessoa é sempre diminuída de
um terço e a da tentativa sempre diminuída da metade, podendo o juiz, no caso de
excepcional gravidade, aplicar a pena do crime consumado.
C. ( ) Os crimes de desrespeito a superior (artigo 160 do CPM) e ofensa aviltante a
inferior (artigo 176 do CPM) podem ocorrer na modalidade preterdolosa, se da
violência resulta morte ou lesão corporal e as circunstâncias evidenciam que o
agente não quis o resultado nem assumiu o risco de produzi-lo.
D. ( ) Os crimes de rigor excessivo (artigo 174 do CPM) e violência contra o inferior
(artigo 175 do CPM) podem ocorrer na modalidade preterdolosa, se da violência
resulta lesão corporal ou morte, atendendo-se, neste caso, as circunstâncias que
evidenciam que o agente não quis o resultado nem assumiu o risco de produzi-lo.

75ª QUESTÃO – De acordo com o Código Penal Militar marque a alternativa


INCORRETA:
A. ( ) o crime de revolta caracteriza-se pelo emprego de arma por seus agentes
B. ( ) no crime de violência contra militar de serviço, se a violência é praticada com
arma, a pena é aumentada de um terço.
C. ( ) o crime de ordem arbitrária de invasão é um crime permanente.
D. ( ) o crime de resistência mediante ameaça ou violência é um crime
permanente.

196
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

76ª QUESTÃO - Nas assertivas abaixo, em conformidade com o previsto no Código


Penal Militar, marque “V‟ se for verdadeira ou “F‟ se for falsa. A seguir, marque a
alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas.
( ) O crime de despojamento desprezível ocorre quando o militar se despoja de
uniforme, condecoração militar, insígnia ou distintivo, por menosprezo ou vilipêndio.
( ) Configura-se o crime de organização de grupo para a prática de violência, a
reunião de três ou mais militares, com armamento ou material bélico, de propriedade
militar ou particular, praticando violência à pessoa ou à coisa pública ou particular
em lugar sujeito à administração militar.
( ) Constitui crime de apologia de fato criminoso ou do seu autor, o fato de fazer
apologia de fato que a lei militar considera crime, ou do autor do mesmo, ou de fato
previsto em transgressão disciplinar, em lugar sujeito à administração militar.
( ) O crime de desrespeito a superior previsto no art. 160, somente se configura se
ocorrer perante outro militar.
A. ( ) V, F, F, V
B. ( ) F, V, V, V
C. ( ) F, F, F, V
D. ( ) V, V, F, F

77ª QUESTÃO – Com base nos crimes previstos no Código Penal Militar (Decreto-
lei 1.001/69), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O crime de furto atenuado ocorre se o agente é primário e é de pequeno valor
a coisa furtada, devendo o juiz considerar a infração como disciplinar. Entende-se
pequeno o valor que não exceda a um décimo da quantia mensal do mais alto salário
mínimo do país.
B. ( ) Para a ocorrência do crime de violência arbitrária, torna-se necessário praticar
a violência, no interior de repartição ou estabelecimento militar, no exercício de
função ou a pretexto de exercê-la.
C. ( ) No crime de deserção, previsto no art. 187 do CPM, a deserção se consuma
no oitavo dia de ausência do militar no lugar onde deveria prestar serviço ou
permanecer.
D. ( ) O crime de desacato a superior previsto no art. 298 do Código Penal Militar,
somente restará caracterizado se ocorrer diante de outro militar.

78ª QUESTÃO – Considerando o que prevê o Código Penal Militar (CPM), marque
a alternativa CORRETA:
A. ( ) Para que o crime militar de desrespeito a superior seja configurado, a lei penal
militar exige que o agente o pratique diante de qualquer pessoa.
B. ( ) Para que o crime militar de desrespeito a superior seja configurado, a lei penal
militar exige que o agente o pratique diante de outro militar.
C. ( ) Para que o crime militar de desrespeito a superior seja configurado, a lei penal
militar exige que o autor o pratique diante de outro militar, desde que também
superior hierárquico.
D. ( ) Para que o crime militar de desrespeito a superior seja configurado, a lei penal
militar exige que o autor o pratique diante de outro militar, que deve ser um seu
superior hierárquico ou, se do mesmo posto/graduação, mais antigo.

79ª QUESTÃO – Considerando o estabelecido pelo Código Penal Militar, analise as


assertivas e, ao final, responda o que se pede:

197
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

I. No crime de violência contra superior, quando da prática da violência resultar


morte, o autor responderá pelo crime de homicídio e não pelo crime de violência
contra superior.
II. No crime de violência contra militar de serviço, a pena é aumentada se a violência
é praticada com arma.
III. No crime de violência contra inferior, quando da prática da violência resultar
morte, é também aplicada a pena do crime de homicídio.
IV. No crime de violência aviltante a inferior, se da violência resultar lesão corporal,
o infrator responderá pelo crime de lesão corporal e não pelo crime de violência
aviltante a inferior.
Marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) As assertivas II e III são verdadeiras.
B. ( ) As assertivas I e III são falsas.
C. ( ) As assertivas II, III e IV são verdadeiras.
D. ( ) Apenas a assertiva II é verdadeira.

80a QUESTÃO – “Deixar o militar ou assemelhado de levar ao conhecimento do


superior o motim ou revolta de cuja preparação teve notícia, ou, estando presente
ao ato criminoso, não usar de todos os meios ao seu alcance para impedi-lo”. De
acordo com o previsto no Decreto-Lei 1.001, de 21/10/69 – Código Penal Militar, o
enunciado em destaque refere-se ao crime:
A. ( ) Omissão de lealdade militar.
B. ( ) Conspiração.
C. ( ) Organização de grupo para a prática de violência.
D. ( ) Motim.

81 Questão - Em conformidade com o Decreto-lei nº 1.001/69, que dispõe sobre o


Código Penal Militar (CPM), é CORRETO afirmar que se amolda, em tese, ao delito
tipificado como motim, previsto no CPM, a seguinte conduta:
A. ( ) Praticar o militar diante da tropa, ou em lugar sujeito à administração militar,
ato que se traduza em ultraje a símbolo nacional.
B. ( ) Recusar obedecer a ordem do superior sobre assunto ou matéria de serviço,
ou relativamente a dever imposto em lei, regulamento ou instrução.
C. ( ) Promover a reunião de militares, ou nela tomar parte, para discussão de ato
de superior ou assunto atinente à disciplina militar.
D. ( ) Reunirem-se militares assentindo em recusa conjunta de obediência, ou em
resistência ou violência, em comum, contra superior.

82a QUESTÃO – Considerando os dispositivos que estabelecem os tipos penais


militares, assim definidos no Código Penal Militar, marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) O resultado morte advindo da prática do crime de violência contra superior,
não qualifica o crime.
B. ( ) Fazer apologia de fato que a lei militar considera crime, ou do autor do mesmo,
em lugar sujeito ou não à administração militar, constitui crime militar.
C. ( ) A reunião de militares armados, agindo contra a ordem recebida de superior,
ou negando-se a cumpri-la, constitui infração penal militar definida como revolta.
D. ( ) 3º Sgt QPE que desrespeita um 1º Ten QOE na presença de um Sd PM não
comete o crime de desrespeito a superior uma vez que o tipo penal exige que o
desrespeito ocorra em presença de um militar mais antigo ou superior hierárquico
ao que pratica a conduta tida por ilícita.

198
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

83ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA com relação ao Decreto-Lei nº


1.001/69 –Código Penal Militar (CPM):
A ( ) Para a tipificação do crime de Desacato a Militar (artigo 299 CPM) não é exigido
que o militar desacatado esteja no exercício de função de natureza militar ou em
razão dela.
B ( ) O militar que “exigir para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que
fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida”,
estará cometendo o crime tipificado no art. 303 do CPM (Peculato).
C ( ) No crime de Corrupção Passiva (artigo 308 CPM), a pena será reduzida pela
metade, se o agente deixa de praticar qualquer ato de ofício, seja por culpa ou dolo.
D ( ) No crime de Desacato a Superior (artigo 298 CPM), a pena é agravada, se o
superior é oficial-general ou comandante da Unidade a que pertence o agente.

84ª QUESTÃO - Acerca do Código Penal Militar, marque a alternativa CORRETA:


A ( ) O superior hierárquico pode cometer crime de desacato em face de militar
subordinado que esteja no exercício de função de natureza militar ou em razão dela.
B ( ) Quando houver a reparação do dano antes da sentença irrecorrível, nos crimes
de peculato, indistintamente, haverá a extinção da punibilidade. Se a sobredita
reparação for posterior à sentença irrecorrível, haverá redução da pena imposta, em
metade.
C ( ) O agente que deixa de praticar ou retarda ato de ofício com infração de dever
funcional, cedendo a pedido ou influência de outrem, comete ato tipificado como
prevaricação.
D ( ) A conduta de constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a
presenciar, a praticar ou permitir que com ele pratique ato libidinoso diverso da
conjunção carnal é tipificada como crime de estupro.

85ª QUESTÃO – Nos termos do Decreto-Lei nº 1.001, de 21/10/1969 – Código Penal


Militar, marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) Comete o crime de desobediência o militar que se recusa a obedecer a ordem
do superior sobre o assunto ou matéria de serviço, ou relativamente a dever imposto
em lei, regulamento ou instrução.
B. ( ) O militar que, em virtude da função, exerce autoridade sobre outro de igual
posto ou graduação, considera-se superior, para efeito da aplicação da lei penal
militar.
C. ( ) Fica sujeito à declaração de indignidade para o oficialato o militar condenado,
qualquer que seja a pena, nos crimes de traição, espionagem ou covardia.
D. ( ) A perda de posto e patente resulta da condenação a pena privativa de liberdade
por tempo superior a dois anos, e importa a perda das condecorações.

86ª QUESTÃO – Marque a opção CORRETA. Sobre o crime de motim, previsto no


artigo 149 do Código Penal Militar, pode-se afirmar:
A. ( ) É um crime propriamente militar, previsto no Código Penal Militar, que tem,
dentre outras características, a conduta de assentir em recusa conjunta de
obediência, ou em resistência ou violência, em comum, contra superior.
B. ( ) É um crime propriamente militar, previsto apenas no Código Penal Militar, que
apresenta, dentre outras características, ação conjunta praticada contra a pessoa
do superior hierárquico.
C. ( ) É um crime propriamente militar, previsto apenas no Código Penal Militar e
apresenta, entre outras características, a omissão do militar em levar ao do superior
a assentimento em recusa de obediência conjunta, que teve notícia.

199
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) É um crime propriamente militar previsto apenas no Código Penal Militar e


refere-se a concerto de militares para a prática de motim.

87ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O Ten Epaminondas Feroz,


estando de serviço durante o carnaval, recebe no quartel a visita de seu superior
hierárquico, de quem já não tinha simpatia, com palavras de degradantes,
ofendendo a pessoa do seu superior. O cometeu o delito militar de:
A. ( ) Desacato a superior.
B. ( ) Desacato a militar.
C. ( ) Insubmissão.
D. ( ) Desobediência.
88ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA, conforme previsto no Código
Penal Militar:
A ( ) O uso indevido de uniforme, distintivo ou insígnia de posto ou de graduação
superior, não é crime militar, tratando-se apenas de transgressão disciplinar.
B ( ) No crime previsto no artigo 157 (Violência contra Superior), se a violência é
praticada com arma, a pena é aumentada de um terço.
C ( ) A facilitação a fuga de pessoa legalmente presa não é crime militar, sendo
tipificado apenas na Lei Penal Comum.
D ( ) Para o cometimento do crime de deserção (artigo 187do CPM), o militar deverá
ausentar-se, sem licença, da unidade em que serve, ou do lugar em que deve
permanecer, por no mínimo 7 (sete) dias.

89ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Conforme previsto no Código


Penal Militar (CPM), a concentração de militares ou assemelhados para a prática do
crime de motim, configura:
A. ( ) Organização de grupo para a prática de violência.
B. ( ) Conspiração.
C. ( ) Omissão de lealdade militar.
D. ( ) Revolta.

90ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. De acordo com o Código Penal


Militar o crime que não admite a modalidade culposa é:
A. ( ) Fuga de preso ou internado.
B. ( ) Descumprimento de missão.
C. ( ) Peculato.
D. ( ) Publicação ou crítica indevida.

91ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Nos termos do Código Penal


Militar, deixar de responsabilizar subordinado que comete infração no exercício do
cargo, ou, quando lhe falte competência, não levar o fato ao conhecimento da
autoridade competente. O policial militar que incorre nestas disposições legais
pratica o crime de:
A. ( ) Prevaricação.
B. ( ) Condescendência criminosa.
C. ( ) Violação do dever funcional com o fim de lucro.
D. ( ) Inobservância de lei, regulamento ou instrução.

92ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. É caracterizado como crime de


motim, no Código Penal Militar:

200
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) Reunirem-se dois ou mais militares ou assemelhados, com armamento ou


material bélico, de propriedade militar, praticando violência à pessoa ou à coisa
pública ou particular em lugar sujeito ou não à administração militar.
B. ( ) Reunirem-se militares ou assemelhados recusando obediência a superior,
quando estejam agindo sem ordem ou praticando violência.
C. ( ) Incitar à desobediência, à indisciplina ou à prática de crime militar.
D. ( ) Fazer apologia de fato que a lei militar considera crime, ou do autor do mesmo,
em lugar sujeito à administração militar.

93ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA considerando a situação


hipotética: O Comandante do 99º Batalhão de Polícia Militar, insatisfeito com a
prestação de serviço da Seção de Assistência à Saúde da Unidade, reúne-se em
seu gabinete com os oficiais de saúde que lá laboram, quando determina ajustes
nos horários de trabalho dos integrantes da Seção, a fim de amoldá-los ao que
estatui a Resolução nº 3.542/00, que trata da jornada de trabalho na Polícia Militar.
Inconformados com a medida do Comandante, dois dos militares que participaram
da reunião, de comum acordo, negaram-se a cumprir a ordem recebida, fato que se
constituiu numa infração penal militar. De acordo com o Código Penal Militar qual foi
o crime cometido pelos militares:
A. ( ) Recusa de obediência.
B. ( ) Omissão de lealdade militar.
C. ( ) Motim.
D. ( ) Desrespeito a superior.

94ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Nos termos do Código Penal


Militar, recusar obedecer a ordem do superior sobre assunto ou matéria de serviço,
ou relativamente a dever imposto em lei, regulamento ou instrução configura:
A. ( ) Desobediência.
B. ( ) Desacato a superior.
C. ( ) Insubordinação.
D. ( ) Desrespeito a superior.

95ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Um Sargento PM, estando de


folga e embriagado, que se recusa a identificar-se a um Ten PM fardado, durante o
atendimento de uma ocorrência, dirigindo-lhe palavras de baixo calão, com frases e
expressões que demonstram a intenção de desqualificar sua autoridade de oficial e
menosprezá-lo, comete:
A. ( ) Crime militar de calúnia.
B. ( ) Crime militar de desacato a superior.
C. ( ) Infração administrativa.
D. ( ) Desrespeito a superior.
96ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O 1º Tenente QOS, médico da
SAS, ao receber ordem de seu Subcomandante da Unidade, para que alterasse o
horário de atendimento de 07:00 às 12:00 horas para 13:00 às 18:00 horas, afirmou
diretamente ao Subcomandante que não iria fazer pois já havia assumido outros
compromissos para o período vespertino. A conduta praticada pelo 1º Ten QOS
caracteriza, no Código Penal Militar, o crime de:
A. ( ) Revolta.
B. ( ) Desacato.
C. ( ) Desrespeito a superior.
D. ( ) Recusa de obediência.

201
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

97ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA.


Durante o atendimento de uma Praça, no consultório da SAS da Unidade, o Oficial
QOS é agredido com um soco e empurrões por não ter homologado uma licença
médica. Apesar de não ter causado lesão corporal, a conduta praticada pela Praça
caracteriza-se, no Código Penal Militar, o crime de:
A. ( ) Violência contra superior.
B. ( ) Violência contra militar de serviço.
C. ( ) Desrespeito a superior.
D. ( ) Desacato.
98ª QUESTÃO – As Praças QPE do Centro Odontológico ao serem informadas dos
novos encargos móveis (lançamentos de contas da SPC-A Sau) que lhes foram
atribuídas promovem uma reunião e decidem não realizar os lançamentos no
Sistema. A conduta descrita caracteriza-se, no Código Penal Militar, o crime de:
A. ( ) Revolta.
B. ( ) Motim.
C. ( ) Recusa de obediência.
D. ( ) Incitamento.
99ª QUESTÃO – Das condutas descritas abaixo, qual NÃO constitui crime de motim,
capitulado no Código Penal Militar?
A. ( ) Recusar obedecer a ordem do superior sobre matéria de serviço.
B. ( ) Reunirem-se militares agindo contra ordem recebida de superior.
C. ( ) Reunirem-se militares ou assemelhados negando-se a cumprir ordem de
superior.
D. ( ) Reunirem-se militares recusando obediência a superior, quando estejam
agindo sem ordem.
100ª QUESTÃO – O Decreto-Lei nr 1001, de 21/10/1969 (Código Penal Militar -
CPM), no Título II da Parte Especial, trata dos crimes contra a autoridade ou
disciplina militar.
A respeito do contido no mencionado supedâneo legal, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Se os agentes de motim estiverem armados, configura-se o crime de Revolta.
B. ( ) Para caracterizar o crime de motim, é necessária a reunião de 4 (quatro) ou
mais militares, à semelhança do crime de quadrilha ou bando, previsto no Código
Penal Brasileiro.
C. ( ) Reduz-se a pena de um terço até a metade para aquele que, antes da
execução do crime de conspiração e quando ainda era possível evitar-lhe as
conseqüências, denuncia o ajuste de que participou.
D. ( ) O crime de conspiração, previsto no CPM, está vinculado ao delito de
desrespeito a superior hierárquico.

101ª QUESTAO – Nos Crimes contra a autoridade ou disciplina militar, capitulados


no Decreto-lei nº 1001/69 (Código Penal Militar), verifica-se que os tipos penais ali
contidos são caracterizados por condutas específicas, de claro entendimento.
Leia atentamente as assertivas abaixo, referentes a delitos previstos no Título dos
Crimes contra a autoridade ou disciplina militar e, a seguir, assinale a alternativa
CORRETA:
I – o delito de recusa de obediência (art 163) não admite concurso de pessoas
porquanto, se houver co-autoria, a hipótese será de motim (art 149) ou revolta (art
149 § único).
II – o delito de desrespeito a superior (art 160) somente se configura se ocorrido
diante de outro militar.

202
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

III – o militar que pratica ato que ultraje a Bandeira Nacional, hasteada na Prefeitura
Municipal de sua cidade e na presença de dois ou mais civis, incorre no delito de
desrespeito a símbolo nacional (art 161).
A. ( ) Apenas as assertivas I e III estão corretas.
B. ( ) Apenas as assertivas I e II estão corretas.
C. ( ) As assertivas I, II e III estão corretas.
D. ( ) Apenas as assertivas II e III estão corretas.
102ª QUESTÃO – O Cb PM Rui Barbosa, Comandante da Guarda, descontente com
a escala de serviço apresentada, procura o Oficial de Dia e o agride fisicamente.
Diante deste fato o graduado poderá ser preso em flagrante pelo cometimento de
qual delito:
A. ( ) Violência contra militar de serviço.
B. ( ) Violência contra superior.
C. ( ) Motim.
D. ( ) Desrespeito a superior.

103ª QUESTÃO – A reunião de dois ou mais militares com armamento de


propriedade militar, praticando violência à coisa pública em lugar sujeito a
administração militar configura, nos termos do Código Penal Militar, o crime de:
A. ( ) Participação em motim.
B. ( ) Conspiração.
C. ( ) Organização de grupo para a prática de violência.
D. ( ) Revolta.

104ª QUESTÃO –Relacione a 1ª coluna de acordo com a 2ª coluna e em seguida


marque a alternativa com a sequência CORRETA.
( ) Deixar o militar ou assemelhado de levar ao conhecimento de superior o motim
ou revolta de cuja preparação teve notícia
( ) Reunirem-se militares ou assemelhados, agindo contra ordem recebida de
superior.
( ) Reunirem-se militares ou assemelhados, armados, negando-se a cumprir ordem
recebida de superior
( ) Concertarem-se militares ou assemelhados para a prática de motim

1. Motim(art. 149/CPM)
2. Conspiração (art. 152/CPM)
3. Revolta (art. 149, § único/CPM)
4. Omissão de lealdade militar (art. 151/CPM)

A. ( ) 1,4,3,2
B. ( ) 4,2,1,3
C. ( ) 3,2,4,1
D. ( ) 4,1,3,2
105ª QUESTÃO - Um Cabo da Polícia Militar/MG que se recusa identificar-se a um
Sargento do Corpo de Bombeiros Militar/MG, fardado, durante uma ocorrência,
dirigindo-lhe termos de baixo calão e com frases que expressam a nítida intenção
de desqualificar sua autoridade e menosprezá-lo, comete:
A. ( ) crime militar de desacato a superior.
B. ( ) crime militar de calúnia.
C. ( ) conduta atípica penalmente.
D. ( ) crime militar de desrespeito a superior.

203
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

106ª QUESTÃO - São exemplos de crimes militares próprios à luz do Código Penal
Militar:
A. ( ) fuga de pessoa presa e violência contra superior.
B. ( ) favorecimento pessoal e insubordinação.
C. ( ) dormir em serviço e motim.
D. ( ) deserção e peculato.

107ª QUESTÃO – Assinale a alternativa CORRETA, de acordo com o Código Penal


Militar vigente:
A. ( ) Exige-se nos crimes de motim e de revolta a reunião de quatro ou mais
militares.
B. ( ) Trata-se, exemplificativamente, de crime de organização de grupo para a
prática de violência, a reunião de dois ou mais militares com armamento ou material
bélico, de propriedade militar, praticando violência a pessoas em lugar sujeito à
administração militar.
C. ( ) Pratica crime militar de recusa de obediência o Soldado que não cumpre
determinação de seu superior para comprar um cartão telefônico, para uso
particular, na banca de revista.
D. ( ) Pratica crime militar de violação de segredo profissional, o Sd PM Esquecildo
da Silva, servindo no 40º BPM, que revela, sem justa causa, apesar de não causar
dano a outrem, segredo que tem ciência, em razão de função ou profissão, exercida
em local sob a administração militar.

108ª QUESTÃO – A conduta de deixar o militar ou assemelhado de levar ao


conhecimento do superior o motim ou revolta de cuja preparação teve notícia, ou,
estando presente ao ato criminoso, não usar de todos os meios ao seu alcance para
impedi-lo, se amolda ao crime de:
A. ( ) Motim.
B. ( ) Omissão de lealdade militar.
C. ( ) Revolta.
D. ( ) Conspiração.

109ª QUESTÃO – O militar que se opuser à execução de ato legal, mediante


ameaça ou violência ao executor, ou a quem esteja prestando auxílio, comete crime
militar. Marque a alternativa CORRETA com relação à tipificação do crime cometido
e previsto no Código Penal Militar:
A. ( ) Desacato a militar (artigo 299 do CPM).
B. ( ) Resistência mediante ameaça ou violência (artigo 177 do CPM).
C. ( ) Abuso de requisição militar (artigo 173 do CPM).
D. ( ) Oposição a ordem de sentinela (artigo 164 do CPM).

110ª QUESTÃO – Nos termos do Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa
CORRETA que apresenta o momento em que o crime de “Omissão de lealdade
militar”, previsto no art. 151 do CPM, se consuma:
A. ( ) Quando concentrarem-se militares para a prática do crime previsto no artigo
149 (Motim).
B. ( ) Quando reunirem-se dois ou mais militares, com armamento ou material bélico,
de propriedade militar, praticando violência à pessoa ou à coisa pública ou particular
em lugar sujeito ou não à administração militar.
C. ( ) Quando o militar fizer apologia de fato que a lei militar considera crime, ou do
autor do mesmo, em lugar sujeito à administração militar.

204
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Quando deixar o militar de levar ao conhecimento do superior o motim ou


revolta de cuja preparação teve notícia, ou, estando presente ao ato criminoso, não
usar de todos os meios ao seu alcance para impedi-lo.

111ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. De acordo com o disposto no


Código Penal Militar, recusar a obedecer a ordem do superior sobre assunto ou
matéria de serviço, ou relativamente a dever imposto em lei, regulamento ou
instrução, configura:
A. ( ) Desrespeito a superior.
B. ( ) Descumprimento de missão.
C. ( ) Omissão de oficial.
D. ( ) Recusa de obediência.

112ª QUESTÃO – O militar que se negar a obedecer a ordem de seu superior


hierárquico, chefe direto, relativo a serviço ou dever imposto em lei, comete crime
militar de:
A. ( ) Descumprimento de missão.
B. ( ) Recusa de Obediência.
C. ( ) Desobediência.
D. ( ) Omissão de providências para evitar danos.

113ª QUESTÃO – Considerando os dispositivos que estabelecem os tipos penais


militares, assim definidos no Código Penal Militar (CPM), enumere a segunda coluna
de acordo com a primeira e, a seguir, responda o que se pede.
(1)Guarnição PM composta por um 3º Sgt e dois Cb, após armarem e equiparem na
intendência, negam-se a cumprir ordem do CPU no sentido de assumirem o registro
de uma ocorrência de trânsito.
(2)Cb PM que, ao ser abordado por uma guarnição PM, agride o 3º Sgt Cmt da
Guarnição com um empurrão, jogando-o ao chão.
(3)Cb PM que, estando de serviço com um Sd PM no policiamento a pé, ao ser
questionado por um 3º Sgt PM Cmt de Viatura a respeito do não uso da boina, dirige-
se ao 3º Sgt, em presença do Sd, nos seguintes termos: “que canseira, o Sr não tem
mais o que fazer?”
(4)3º Sgt PM que atua no COPOM, durante o serviço, estando armado, ao receber
ordem do Coordenador para assumir outra cabine de rádio, dirige-se a ele dizendo
que “não deixará a cabine que está acostumado a trabalhar”.
(5) Sd PM escalado na sentinela da APM dá ordem a um 3º Sgt PM para não
adentrar com veículo ao quartel em razão da realização de uma solenidade. O 3º
Sgt ignora a fala do Sd e adentra ao quartel com seu veículo.

( )Crime de violência contra superior.


( )Crime de oposição à ordem da sentinela
( )Crime de desrespeito a superior
( )Crime de recusa de obediência
( )Crime de revolta

Marque a alternativa CORRETA:


A. ( ) 5, 4, 3, 1, 2.
B. ( ) 2, 5, 3, 5, 1.
C. ( ) 3, 5, 4, 1, 2.
D. ( ) 2, 5, 3, 4, 1.

205
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

114ª QUESTÃO – Considerando o disposto no Decreto-Lei n. 1.001/1969 (Código


Penal Militar – CPM), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Para configurar o crime militar de dormir em serviço (art. 203 do CPM), é
necessário que o autor (sujeito ativo) esteja em serviço, como oficial de quarto ou
de ronda, ou em situação equivalente, ou, não sendo oficial, em serviço de sentinela,
vigia, plantão às máquinas, ao leme, de ronda ou em qualquer serviço de natureza
semelhante, e aja com dolo ou, pelo menos, culpa.
B. ( ) No crime militar de Ofensa Aviltante a Inferior (art. 176 do CPM), o ato de
violência é elementar do tipo penal.
C. ( ) O crime militar de embriaguez no serviço (art. 202 do CPM) somente se
configura quando o militar se embriaga durante o decorrer do serviço.
D. ( ) O crime militar de abandono de posto (art. 195 do CPM) configura-se apenas
em relação aos militares que exercem a atividade de sentinela ou em patrulhamento
(policiamento ostensivo).

115ª QUESTÃO - Nos termos do Decreto-lei n. 1.001/1969 - Código Penal Militar


(CPM), analise as assertivas abaixo e marque a CORRETA que descreve o crime
de Ofensa Aviltante a Inferior, previsto no art. 176 da mencionada norma:
A. ( ) Praticar violência contra inferior.
B. ( )Ofender inferior, mediante ato de violência que, por natureza ou pelo meio
empregado, se considere aviltante.
C. ( ) Desacatar militar no exercício de função de natureza militar ou em razão dela.
D. ( ) Desobedecer a ordem legal de autoridade militar.

116ª QUESTÃO – Os crimes militares são classificados em crimes propriamente


militares e impropriamente militares. Dos crimes abaixo, marque a alternativa
CORRETA que corresponde a um crime impropriamente militar:
A. ( ) Artigo 178, CPM – Fuga de preso ou internado.
B. ( ) Artigo 163, CPM – Recusa de obediência.
C. ( ) Artigo 149, CPM – Motim.
D. ( ) Artigo 187, CPM – Deserção.

206
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

GABARITO OS CRIMES CONTRA AUTORIDADE E


DISCIPLINA MILITAR

1) 2) 3) 4) 5) 6) 7) 8) 9) 10)
C C A D D C B B C B
11) 12) 13) 14) 15) 16) 17) 18) 19 20)
A C D C D C B B D A
21) 22) 23) 24) 25) 26) 27) 28) 29) 30)
B C D A A D A B B A
31) 32) 33) 34) 35) 36) 37) 38) 39) 40)
A B D C C B C B D D
41) 42) 43) 44) 45) 46) 47) 48) 49) 50)
D D B B D B C B A C
51) 52) 53) 54) 55) 56) 57) 58) 59) 60)
B C B A D B D B C C
61) 62) 63) 64) 65) 66) 67) 68) 69) 70) C
B C D B B D C D C
71) 72) 73) 74) 75) 76) 77) 78) 79) 80)
B C C A D A B B A A
81) 82) 83) 84) 85) 86) 87) 88) 89) 90)
D C D A A A A B B D
91) 92) 93) 94) 95) 96) 97) 98) 99) 100)
B B C C B D A B A A
101) 102) 103) 104) 105) 106) 107) 108) 109) 110)
B A C D A C B B B D
111) 112) 113) 114) 115) 116)
D B D B B A

207
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

4.5 CONTRA O SERVIÇO E DEVER


MILTAR

1ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Um militar que estando escalado


de serviço de sentinela do Quartel, posto fixo de observação avançada, em noite fria
e chuvosa, após iniciar o serviço é surpreendido por seu superior hierárquico, dentro
do paiol de munição, afastado de seu posto, deitado e enrolado em um espesso
cobertor, à luz do Código Penal Militar (CPM), Decreto-Lei n. 1.001, de 21/10/1969,
comete:
A. ( ) Dormir em serviço, artigo 203 do CPM.
B. ( ) Descumprimento da missão, artigo 196 do CPM.
C. ( ) Abandono de posto, artigo 195 do CPM.
D. ( ) Recusa de obediência, artigo 163 do CPM.

2ª QUESTÃO – Conforme descrito no Decreto-Lei nº 1.001/69 (Código Penal


Militar), a ausência do militar, sem licença, da Unidade em que serve, ou do lugar
em que deve permanecer, por mais de oito dias, configura o crime de deserção. A
esse respeito, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Quem dá asilo a desertor, sabendo ou tendo razão para saber que este
cometeu o crime, incorre nas mesmas penas do criminoso (desertor).
B. ( ) Se o agente é capturado dentro de oito dias após a consumação do crime de
deserção, sua pena é diminuída de um terço.
C. ( ) Em caso de favorecimento a desertor, se o favorecedor é ascendente,
descendente, cônjuge ou irmão do criminoso, sua pena será aumentada de um
terço.
D. ( ) O militar que consegue exclusão do serviço ativo ou situação de inatividade,
criando ou simulando incapacidade, incorre na mesma pena da deserção.

3ª QUESTÃO – O crime de Desrespeito a Superior consiste na falta de


consideração, de respeito ou de acatamento, praticada entre militares, previsto no
Decreto-Lei 1.001/1969 (Código Penal Militar). Sobre o referido tipo penal, marque
a alternativa INCORRETA:
A. ( )é um crime militar próprio.
B. ( )exige que o desrespeito seja praticado na presença de outro militar.
C. ( )se o agente desconhece tratar-se de superior, não há crime.
D. ( )é um crime contra o serviço militar e o dever militar.

4º QUESTÃO – Considerando o crime de peculato, previsto no Código Penal Militar,


marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O crime militar de peculato admite somente a modalidade dolosa.
B. ( ) Não há previsão de aplicação de pena privativa de liberdade, em desfavor do
militar que contribui culposamente para que outrem subtraia ou desvie o dinheiro,
valor ou bem, público ou particular, de que tenha a posse ou detenção, em razão do
cargo ou comissão.
C. ( ) Na modalidade culposa do peculato, a reparação do dano, antes da sentença
irrecorrível, acarreta a extinção da punibilidade do agente.

208
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Na modalidade culposa do peculato, a reparação do dano, após o trânsito em


julgado da sentença penal

5º QUESTÃO – Considerando as modalidades do crime de deserção previstas no


Código Penal Militar, analise as assertivas a seguir e, ao final, responda o que se
pede:
I. O militar que foge em seguida à prática de crime para evitar prisão, permanecendo
ausente por mais de oito dias, não comete crime de deserção, enquadrando-se no
crime de fuga de preso ou internado.
II. O militar que falta sete dias consecutivos ao serviço, apresentando-se no oitavo
dia, não comete crime militar de deserção.
III. O militar que não se apresenta no lugar designado, dentro de oito dias, findo o
prazo de trânsito ou férias, incorre na mesma pena do crime militar de deserção.
IV. O militar que consegue exclusão do serviço ativo ou situação de inatividade,
criando ou simulando incapacidade, incorre na mesma pena do crime militar de
deserção.

Marque a alternativa CORRETA:


A. ( ) Apenas as assertivas I, II e III estão corretas.
B. ( ) Apenas as assertivas II e III estão corretas.
C. ( ) Todas as assertivas estão corretas.
D. ( ) Apenas as assertivas II, III e IV estão corretas.

6ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. De acordo com o Código Penal


Militar (CPM), são crimes militares previstos contra o serviço e o dever militar:
A. ( ) Abandono de posto (art. 195 do CPM); descumprimento de missão (art. 196
do CPM); omissão de eficiência de força (art. 198 do CPM); omissão de socorro (art.
201 do CPM); e dormir em serviço (art. 203 do CPM).
B. ( ) Arrebatamento de preso ou internado (art. 181 do CPM); insubmissão (art.183
do CPM); deserção (art. 187 do CPM); embriaguez em serviço (art. 202 do CPM); e
dormir em serviço (art. 203 do CPM).
C. ( ) Abuso de requisição de militar (art. 173 do CPM); violência contra inferior (art.
175 do CPM); ofensa aviltante a inferior (art. 176 do CPM); fuga de preso (art. 178
do CPM); e evasão de preso ou internado (art. 180 do CPM).
D. ( ) Omissão de providências para salvar comandados (art. 200 do CPM); omissão
de socorro (art. 201 do CPM); dormir em serviço (art. 203 do CPM); abandono de
pessoa (art. 212 do CPM); maus tratos (art. 213 CPM).

7ª QUESTÃO - Marque a alternativa que contém o crime que só tem previsão no


Código Penal Militar, tratando-se de crime militar próprio.
A. ( ) Peculato.
B. ( ) Deserção.
C. ( ) Condescendência criminosa.
D. ( ) Concussão.

8ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Comete o crime de deserção, o


militar que:
A. ( ) Deixar de se apresentar à autoridade competente, dentro do prazo de dez
dias, contados daquele em que termina ou é cassada a licença.
B. ( ) Não se apresentar no lugar designado, dentro de cinco dias, findo o prazo de
trânsito.

209
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Ausentar-se, sem licença, da unidade em que serve, ou do lugar em que deve


permanecer, por mais de oito dias.
D. ( ) Deixar de se apresentar à sua unidade/fração, dentro de nove dias a contar
daquele em que termina o gozo de férias.

9ª QUESTÃO – A legislação penal militar cuida, dentre outras, daquelas situações


que constituem crimes militares e, nesse rol, tem-se o crime de deserção. A respeito
do referido crime, analise as assertivas e marque a alternativa CORRETA.
I- 3º Sgt PM que se ausenta, sem licença, da unidade em que serve, por mais de
oito dias, comete, em tese, o crime de deserção.
II- 3º Sgt PM que não se apresenta à autoridade competente, dentro do prazo de
oito dias, contados daquele em que termina a licença paternidade, comete, em tese,
o crime de deserção.
III- 3º Sgt PM que, em companhia de outros graduados concertam-se para a prática
da deserção, sem, contudo, chegar a consumar-se, não comete crime militar por ser
a consumação requisito do crime de deserção.
IV- 3º Sgt PM que preso em um quartel da PMMG pela prática de um crime comum,
estando à disposição da Justiça Comum, evadi do recinto de prisão e permanece
ausente por mais de oito dias comete crime militar de deserção por evasão ou fuga.
V- 3º Sgt PM que mantém escondido em sua casa um Sd PM que sabe ser desertor,
fica isento de pena se o Sd PM desertor for irmão do referido 3º Sgt PM.
A. ( ) As assertivas II, III e V são falsas.
B. ( ) As assertivas II, III e IV são verdadeiras.
C. ( ) Somente as assertivas I e V são verdadeiras.
D. ( ) Somente a assertiva III é falsa.

10ª QUESTÃO – Em relação aos crimes militares, marque a alternativa CORRETA.


A. ( ) Militar que se ausenta, sem licença, da unidade em que serve, por mais de
cinco dias, comete o crime de deserção.
B. ( ) Militar que, tendo sido preso em flagrante, evade do poder da escolta,
permanecendo ausente por mais de cinco dias, comete crime militar de deserção
por evasão ou fuga.
C. ( ) Militar que se ausenta, sem licença, da unidade em que serve, por mais de oito
dias, comete o crime de deserção.
D. ( ) O simples fato de um grupo de militares concentrarem-se para a prática da
deserção, sem, contudo a deserção chegar a consumar-se, não configura crime
militar.

11ª QUESTÃO – Considerando-se os estudos relativos aos crimes militares, marque


a alternativa CORRETA.
A. ( ) O crime militar de “embriaguez em serviço”, exige que o militar se embriague
quando em serviço ou que apresente-se para prestar o serviço embriagado.
B. ( ) Policial Militar que se apropria de dinheiro apreendido, e que está sob sua
posse em razão do cargo, durante ocorrência policial, comete o crime militar de
prevaricação.
C. ( ) Policial Militar que se apropria de dinheiro apreendido, e que está sob sua
posse em razão do cargo, durante ocorrência policial, comete o crime militar de
concussão.
D. ( ) O crime militar de “embriaguez em serviço”, exige que o militar se embriague
quando em serviço, sendo que no caso de apresente-se para prestar o serviço
embriagado, a questão se resolve no âmbito das transgressões disciplinares
definidas no Código de Ética (CEDM).

210
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

12ª QUESTÃO – Em relação aos crimes tipificados no Código Penal Militar, marque
a alternativa CORRETA:
A. ( ) Ausentar-se o militar, da unidade em que serve, ou do lugar em que deve
permanecer, por mais de oito dias configura Deserção, com pena de detenção de
seis meses a dois anos; se oficial, a pena é agravada.
B. ( ) Abandonar, sem ordem superior, o posto ou lugar de serviço que lhe tenha
sido designado, ou o serviço que lhe cumpria, antes de terminá-lo, configura
Abandono de posto, cuja pena é de detenção de três meses a um ano.
C. ( ) Na mesma pena do crime de deserção, incorre o militar que, findo o prazo de
trânsito ou férias, não se apresenta no lugar designado dentro de nove dias.
D. ( ) Embriagar-se o militar, quando em serviço, ou apresentar-se embriagado para
prestá-lo, configura o crime de Embriaguez em serviço, cuja pena é de reclusão de
seis meses a dois anos.

13ª QUESTÃO – Durante as atividades de policiamento em um jogo de futebol no


Mineirão, um certo militar, estando escalado na área externa do estádio, foi
surpreendido por um seu superior hierárquico assentado numa das cabines do
estádio destinada a uma emissora de televisão, assistindo à partida de futebol.
Considerando a conduta do militar em questão, preso em flagrante pelo seu
superior, à luz do Código Penal Militar, assinale a alternativa abaixo descrita que
menciona o crime por ele cometido:
A. ( ) descumprimento de missão.
B. ( ) desobediência.
C. ( ) abandono de posto.
D. ( ) deserção.

14ª QUESTÃO – Segundo as prescrições do Código Penal Militar (Decreto-lei n.


1.001/69), marque a alternativa que corresponde a um crime que admite tentativa:
A. ( ) Criar ou simular incapacidade (art. 188, inciso IV: “consegue exclusão do
serviço ativo ou situação de inatividade, criando ou simulando incapacidade”).
B. ( ) Descumprimento da missão (art. 196: “deixar o militar de desempenhar a
missão que lhe foi confiada”).
C. ( ) Abandono de posto (art. 195: “abandonar, sem ordem superior, o posto ou
lugar de serviço que lhe tenha sido designado, ou o serviço que lhe cumpria, antes
de terminá-lo”).
D. ( ) Dormir em serviço (art. 203: “dormir o militar, quando em serviço, como oficial
de quarto ou de ronda, ou em situação equivalente, ou, não sendo oficial, em serviço
de sentinela, vigia, plantão às máquinas, ao leme, de ronda ou em qualquer serviço
de natureza semelhante”).

15ª QUESTÃO – Sobre o crime militar de deserção e os casos assimilados, previsto


no Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Caso o militar se apresente somente no oitavo dia de ausência, resta
configurado o crime de deserção.
B. ( ) É considerado um caso assimilado, o militar que não se apresenta no lugar
designado, logo após o término do prazo de trânsito ou férias.
C. ( ) É considerado um caso assimilado o militar que consegue exclusão do serviço
ativo ou situação de inatividade, criando ou simulando incapacidade.

211
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) O agente que se apresenta, voluntariamente, dentro em oito dias após a


consumação do crime fica isento de pena.

16ª QUESTÃO – Tendo-se por referência o previsto no Código Penal Militar (CPM),
marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) 1º Tenente QOS que, no horário de folga e no interior do HPM, desfere golpes
de bisturi contra outro 1º Tenente QOS, causando-lhe a morte, comete crime militar,
porém, por tratar-se de crime doloso contra a vida, o processo e julgamento caberá
à Justiça Comum, por meio do Tribunal do Júri.
B. ( ) 1º Tenente QOS que, durante o serviço de plantão no HPM, embriaga-se,
comente crime militar, mesmo que, da embriaguez, não ocorram prejuízos ao
atendimento médico.
C. ( ) 1º Tenente QOS que, durante o serviço de plantão no HPM, embriaga-se,
comente crime militar, desde que, da embriaguez, ocorram prejuízos ao atendimento
médico.
D. ( ) 1º Tenente QOS que, no horário de folga e no interior do HPM, desfere golpes
de bisturi contra outro 1º Tenente QOS, causando-lhe lesões corporais, comete
crime comum, por estar no horário de folga.

17ª QUESTÃO – O policial militar, nos termos do Código Penal Militar, comete o
crime de deserção na seguinte situação:
A. ( ) 1º Tenente QOE, lotado na APM, ausenta-se da Unidade por seis dias, trabalha
dois dias e ausenta-se por mais seis dias.
B. ( ) 3º Sgt PM QPE, transferido da Diretoria de Apoio Logístico (Belo Horizonte)
para a 11ª RPM (Montes Claros), não se apresenta na nova Unidade, no primeiro
expediente administrativo, após findar o período de férias que se encontrava.
C. ( ) 3º Sgt PM QPE, transferido da Diretoria de Apoio Logístico (Belo Horizonte)
para a 11ª RPM (Montes Claros), findo o período de trânsito, não se apresenta à
nova Unidade, dentro do prazo de oito dias.
D. ( ) 1º Tenente QOE, lotado na APM, ausenta-se da Unidade por sete dias,
apresentando-se no corpo da guarda às 23h00min do oitavo dia, apesar da sua
escala de serviço para a referida data ter previsão de encerramento às 23h30min.

18ª QUESTÃO - Nos termos do Decreto-lei n.º 1.001/69 (Código Penal Militar),
marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) O crime de incitamento da lei penal militar se exaure quando o civil ou militar,
nos termos do art. 9º, incita, publicamente, a prática de crime comum ou militar.
B. ( ) O militar, ao não se identificar ao sentinela do portão das armas do quartel,
desobedecendo-lhe a ordem de parada, comete o crime de desobediência previsto
no art. 301.
C. ( ) O militar que deixa de desempenhar uma missão que lhe foi dada por seu
Comandante, pode ser indiciado por cometimento de crime definido no título que
versa sobre os crimes contra o serviço militar e o dever militar.
D. ( ) O crime de organização de grupo para a prática de violência caracteriza-se
quando três ou mais militares se reúnem, com armamento bélico, de propriedade
militar, praticando violência à pessoa ou à coisa pública ou particular em local sujeito
ou não à administração militar.

19a QUESTÃO – Considerando os tipos penais descritos no Código Penal Militar,


marque a alternativa CORRETA.

212
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) Oficial do QOE que findo o prazo de trânsito não se apresenta, dentro de oito
dias, na Unidade para a qual fora transferido/designado, comete, em tese, crime de
deserção.
B. ( ) No crime de deserção, a pena aumenta de 1/3 (um terço) se se tratar de Oficial,
Sub Tenente ou Sargento.
C. ( ) 1º Ten QOE que dá asilo a um filho, 3º Sgt PM, que se encontra na condição
de desertor, é apenado pela prática do crime de favorecimento a desertor.
D. ( ) Policial Militar que estando no horário de folga veste a farda e deslocar para
um bar e lá se embriaga, comete o crime de embriaguez em serviço.

20ª QUESTÃO – Sobre o crime militar de deserção e os casos assimilados, previsto


no Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Caso o militar se apresente somente no oitavo dia de ausência, resta
configurado o crime de deserção.
B. ( ) É considerado um caso assimilado, o militar que não se apresenta no lugar
designado, logo após o término do prazo de trânsito ou férias.
C. ( ) É considerado um caso assimilado o militar que consegue exclusão do serviço
ativo ou situação de inatividade, criando ou simulando incapacidade.
D. ( ) O agente que se apresenta, voluntariamente, dentro em oito dias após a
consumação do crime fica isento de pena.

21ª QUESTÃO – Em relação ao instituto da deserção, prevista no Decreto-Lei n.


1.001/1969 (Código Penal Militar – CPM), analise as assertivas e, a seguir, marque
a alternativa CORRETA:
I - Todos os casos assimilados a deserção (art. 188 do CPM) possuem período de
graça.
II - Se o militar ausentar-se, sem licença, da unidade em que serve, ou do lugar em
que deve permanecer, por menos de oito dias, não incorrerá em deserção simples
(art. 187 do CPM), pois o fato é atípico, e a conduta poderá ser considerada, apenas,
transgressão disciplinar.
III - O militar que evade do poder da escolta ou foge em seguida à prática de crime
para evitar prisão, permanecendo ausente por mais de oito dias, também se
enquadra em uma das espécies de deserção.
IV - O militar que consegue exclusão do serviço ativo ou situação de inatividade,
criando ou simulando incapacidade, incorre nas mesmas penas da deserção.
A. ( ) Apenas as assertivas II, III e IV são verdadeiras.
B. ( ) Apenas as assertivas I, II e IV são verdadeiras.
C. ( ) Todas as assertivas são verdadeiras.
D. ( ) Apenas as assertivas I, II e III são verdadeiras

QUESTÃO 22- Teodoro é policial militar e deveria retornar de férias no dia 25 de


janeiro, às 22h. Contudo, o policial não compareceu ao serviço. Em relação à
suposta deserção do policial, assinale a alternativa correta :
A. ( ) A deserção é crime militar em tempo de guerra e não pode ser imputada em
tempo de paz.
B. ( ) A deserção será consumada no dia 01 de fevereiro.
C. ( ) A deserção será consumada no dia 02 de fevereiro.
D. ( ) A deserção será consumada no dia 03 de fevereiro.

213
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

GABARITO DOS CRIMES CONTRA O SERVIÇO E


DEVER MILTAR

1) C 2) D 3) D 4) C 5) D 6) A 7) B 8) C 9) D 10) C
11) A 12) B 13) C 14) A 15) C 16) B 17) C 18) C 19) A 20 C
21) A 22) D --- --- --- --- --- --- --- ---

214
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

4.6 DOS CRIMES CONTRA


ADMINISTRAÇÃO MILITAR

1ª QUESTÃO – Considerando o estabelecido no Código Penal Militar (CPM), acerca


do crime de supressão de documento (art. 316), complete as lacunas do texto abaixo
e, a seguir, marque a alternativa que contém a sequência de palavras CORRETA:
Art. 316 - ________, suprimir ou ______, em benefício próprio ou de outrem, ou em
prejuízo alheio, documento ___________, de que não podia dispor, desde que o
fato atente contra a __________ ou o serviço militar.
A. ( ) Destruir; ocultar; verdadeiro; administração.
B. ( ) Guardar; destruir; particular; autoridade.
C. ( ) Omitir; apropriar; verdadeiro; administração.
D. ( ) Destruir; ocultar; particular; autoridade.

2ª QUESTÃO – Considere a seguinte situação hipotética: “Um Soldado PM que, ao


atender uma ocorrência de trânsito, se apropria de arma que recolhera do interior
de um dos veículos envolvidos no acidente”, comete, em tese, o crime de:
A. ( ) Motim.
B. ( ) Peculato.
C. ( ) Omissão de lealdade militar.
D. ( ) Excesso de exação.

3ª QUESTÃO – O Graduado que, na condição de sargenteante, privilegia soldado


com escala de serviço mais amena, recebendo em troca um aparelho de telefonia
celular, pratica o crime militar de:
A. ( ) Corrupção ativa.
B. ( ) Concussão.
C. ( ) Corrupção passiva.
D. ( ) Exercício ilegal de função.

4ª QUESTÃO – O policial militar que, no serviço de policiamento ostensivo, lança,


falsa e conscientemente, no Boletim de Ocorrência (BO), nome de condutor de
veículo com habilitação, no lugar do inabilitado que, realmente, estava dirigindo,
comete o crime militar de:
A. ( ) Falsidade de documento.
B. ( ) Prevaricação.
C. ( ) Exercício funcional irregular.
D. ( ) Falsidade ideológica.

5ª QUESTÃO – Considere a seguinte situação hipotética: “Um Cabo da Instituição


Militar Estadual que, recusando-se a identificar-se a um Sargento da Polícia Militar,
dirige a seu superior termos de baixo calão e, logo após, abordado por um 2º
Tenente, profere frases que expressam nítida intenção de desqualificar e
menosprezar a autoridade”, comete, em tese, o crime de:
A. ( ) Peculato.
B. ( ) Excesso de exação.
C. ( ) Participação ilícita.
D. ( ) Desacato a superior.

215
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

6ª QUESTÃO – Nos termos do Decreto-Lei n. 1.001, de 21/10/1969 (Código Penal


Militar – CPM), marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) O período de graça, ou seja, a ausência do militar por um período de oito dias,
é um requisito essencial a toda modalidade de deserção, inclusive seus casos
assimilados.
B. ( ) O crime militar de corrupção passiva ocorre quando o militar recebe, para si,
diretamente, ainda que fora da função, ou antes de assumi-la, mas em razão dela,
qualquer vantagem, ou aceita promessa de tal vantagem.
C. ( ) Para que ocorra o crime militar de prevaricação, na sua forma dolosa, além de
retardar ou deixar de praticar, indevidamente, um ato de ofício ou praticá-lo contra
expressa disposição de lei, é imprescindível que o militar o faça visando satisfazer
interesse ou sentimento pessoal.
D. ( ) O militar que contribui dolosamente para que outrem subtraia ou desvie o
dinheiro, valor ou bem, mas, antes da sentença irrecorrível, repara do dano, terá
extinta a punibilidade do crime de peculato.

7ª QUESTÃO - Nos exatos termos do Código Penal Militar (CPM), o crime militar de
corrupção passiva possui a seguinte descrição legal:
A. ( ) Dar, oferecer ou prometer dinheiro ou vantagem indevida para a prática,
omissão ou retardamento de ato funcional.
B. ( ) Solicitar ou receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que
fora da função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou
aceitar promessa de tal vantagem.
C. ( ) Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função
ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida.
D. ( ) Receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da
função, ou antes de assumi-la, mas em razão dela vantagem indevida, ou aceitar
promessa de tal vantagem.

8ª QUESTÃO – Marque a alternativa que NÃO é um crime contra a administração


militar, previsto no Código Penal Militar (Decreto-Lei nº 1.001/1969):
A. ( ) Desacato a militar.
B. ( ) Desacato a superior.
C. ( ) Apropriação indébita.
D. ( ) Ingresso clandestino.

9ª QUESTÃO - De acordo com o Código Penal Militar, Decreto Lei nº 1.001, de 21


de outubro de 1969, marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) Não incorre nas mesmas penas previstas para o crime de violação de
correspondência quem indevidamente divulga, transmite a outrem ou utiliza,
abusivamente, comunicação telegráfica ou radioelétrica dirigida a terceiro, ou
conversação telefônica entre outras pessoas.
B. ( ) Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função
ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida é conduta que tipifica
o crime de concussão.
C. ( ) A pena para o crime de despojamento desprezível será aumentada da metade
se o fato é praticado contra símbolo nacional.
D. ( ) Comete o crime de extorsão simples o militar que obter de alguém, como
garantia de dívida, abusando de sua premente necessidade, documento que pode
dar causa a procedimento penal contra o devedor ou contra terceiro.

216
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

10a QUESTÃO – Um Oficial do QOS, vizinho e amigo de um Sargento PM, ao ser


designado para elaborar um Relatório sobre o referido graduado, que subsidiaria a
submissão deste a um Processo Administrativo Disciplinar, omitiu informações ao
declarar no mencionado documento dados importantes que tinha conhecimento
sobre a real situação do graduado e que daquele documento deviam constar,
alterando a verdade sobre fato juridicamente relevante, sendo que tal fato,
inevitavelmente, atentaria contra a administração militar. Agindo assim, baseado no
Decreto Lei nº 1001/69 (Código Penal Militar), é CORRETO afirmar que o Oficial
QOS cometeu o crime de:
A. ( ) Falsificação de documento.
B. ( ) Falsidade ideológica.
C. ( ) Corrupção ativa.
D. ( ) Corrupção passiva.

11a QUESTÃO – Sobre o Código Penal Militar é CORRETO afirmar:


A. ( ) A inserção de declaração falsa em boletim de ocorrência pelo militar constitui
crime de falsidade ideológica, mesmo que a informação tenha sido relatada pela
parte envolvida na ocorrência e o militar não tenha conhecimento de sua falsidade,
desde que o fato atente contra a administração ou serviço militar.
B. ( ) Militar que deixa de praticar, indevidamente, ato de ofício para satisfazer
interesse ou sentimento pessoal comete crime de prevaricação.
C. ( ) O crime de desacato a militar é configurado independentemente de o militar
estar no exercício da função de natureza militar ou não, pois o que importa é a vítima
ser policial militar.
D. ( ) A destruição de uma sindicância não consiste em crime desde que o processo
seja referente a militar que figura como acusado no processo.

12a QUESTÃO – Um Policial Militar estava de posse de um telefone celular da


Polícia Militar (60º BPM), doado pela Associação do bairro X, com o objetivo de
atender necessidades de segurança pública da comunidade a qual fazia o
policiamento. Após ser transferido de Unidade da Capital para o Interior do Estado
de Minas Gerais deixou de devolver o bem móvel ao 60º BPM, apropriando-se do
telefone celular. Pelo exposto, qual crime o militar cometeu?
A. ( )Furto de uso.
B. ( )Corrupção passiva.
C. ( )Peculato.
D. ( )Roubo.

13a QUESTÃO – Um Policial Militar que trabalhava em uma blitz denominada


Operação carnaval 2010, ao parar um veículo para fiscalização dos equipamentos
de segurança constatou irregularidade no veiculo e exigiu do condutor a quantia de
R$300,00 (trezentos reais) para que o veículo fosse liberado. Qual crime o policial
militar cometeu?
A. ( )Corrupção ativa.
B. ( )Corrupção passiva.
C. ( )Ameaça.
D. ( )Concussão.
14a QUESTÃO - Nos termos do Decreto-lei n.º 1.001/69 (Código Penal Militar),
marque a alternativa CORRETA.
A. ( ) No crime de pederastia somente há a previsão da ocorrência da prática de um
ato libidinoso de natureza homossexual, em lugar sujeito a administração militar.

217
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) Constitui crime de estupro na lei penal militar, o ato de constranger alguém,


mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir
que com ele se pratique outro ato libidinoso.
C. ( ) No crime de peculato culposo, havendo a reparação do dano, antes da
sentença irrecorrível, a punibilidade é extinta.
D. ( ) No delito de lesão corporal previsto no art. 209, é possível, dependendo da
extensão da lesão, sendo ela de natureza leve, o juiz entender que o fato é de
natureza disciplinar.

15º QUESTÃO – Considerando os crimes previstos no Código Penal Militar, marque


a alternativa CORRETA:
A. ( ) O crime militar de prevaricação, para sua configuração, não exige que a
conduta seja praticada para satisfação de interesse ou sentimento pessoal.
B. ( ) A oposição à ordem de sentinela, para se caracterizar como crime militar
previsto no artigo 164 (“oposição à ordem de sentinela”), do Código Penal Militar,
exige que o sujeito ativo seja subordinado hierarquicamente ao militar emissor da
ordem.
C. ( ) O militar que, no exercício de função, deixa de observar os preceitos de
instrução interna, dando causa direta à prática de ato prejudicial à Administração
Militar, comete crime militar de inobservância de lei, regulamento ou instrução.
D. ( ) O civil que agride o Oficial-de-Dia ou o Coordenador de Policiamento da
Unidade, diante de outro militar, comete crime militar de oposição à ordem de
sentinela, previsto no artigo 164, do Código Penal Militar.

16º QUESTÃO – Considerando os crimes de corrupção, previstos no Código Penal


Militar, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Se o crime de corrupção passiva é praticado pelo militar, cedendo a pedido ou
influência de outrem, não haverá alteração na pena prevista.
B. ( ) O crime de corrupção passiva se consuma quando o sujeito ativo retarda ou
deixa de praticar qualquer ato de ofício ou infringe dever funcional.
C. ( ) Comete o crime militar de corrupção passiva o militar que promete dinheiro ou
vantagem indevida para a prática, omissão ou retardamento de ato funcional.
D. ( ) Comete o crime militar de corrupção passiva o militar que recebe, em razão
da função, para si ou para outrem, vantagem indevida, ou aceita promessa de tal
vantagem.

17ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. É um tipo penal previsto no


Código Penal Militar:
A. ( ) Tortura para fins de confissão.
B. ( ) Abuso de autoridade.
C. ( ) Peculato furto.
D. ( ) Exercício arbitrário das próprias razões.

18ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O crime de Peculato é:


A ( ) Um crime contra a disciplina militar.
B ( ) Um crime contra o dever militar.
C ( ) Um excesso de exação.
D ( ) Um crime contra a administração militar.

19ª QUESTÃO – O Sargento que deixar de responsabilizar subordinado que comete


infração no exercício do cargo, ou, quando lhe falte competência, não levar o fato
ao conhecimento da autoridade competente, comete o crime de:

218
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

A. ( ) Condescendência criminosa.
B. ( ) Prevaricação.
C. ( ) Inobservância de lei, regulamento ou instrução.
D. ( ) Excesso de exação.

20ª QUESTÃO – No que se refere ao crime de Corrupção ativa do Código Penal


Militar, marque a resposta CORRETA:
A. ( ) A corrupção ativa não se confunde com o crime de concussão, pois, no
primeiro, a exigência da vantagem se dá sobre o ato de ofício que o servidor deveria
praticar, e no segundo a exigência se dá em qualquer situação.
B. ( ) Para que seja devidamente configurada a corrupção ativa é necessário o acerto
prévio de no mínimo dois militares, caso contrário, dar-se-á corrupção passiva.
C. ( ) Ainda que o agente não venha a oferecer ou prometer, basta que dê dinheiro
ou vantagem indevida para a prática, omissão ou retardamento de ato funcional,
para que configure corrupção ativa.
D. ( ) Na corrupção ativa culposa o agente que ressarcir o dano aos cofres públicos,
antes da sentença irrecorrível, extingue a punibilidade; se lhe é posterior, reduz de
metade a pena imposta.

21ª QUESTÃO - Qual crime militar pratica o policial militar que, retendo armas
brancas, apreendidas em operações da Polícia Militar, confiadas à sua guarda em
razão da função que desempenhava na subunidade, delas se apropria e as vende.
A. ( ) Furto.
B. ( ) Desvio de patrimônio.
C. ( ) Estelionato.
D. ( ) Peculato.
22ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Quais crimes militares pratica o
policial que, em serviço de policiamento ostensivo, além de deixar de praticar ato de
ofício, exige indevida vantagem para liberar veículo de propriedade da vítima:
A. ( ) Concussão e Corrupção passiva.
B. ( ) Prevaricação e Corrupção passiva.
C. ( ) Prevaricação e Corrupção ativa.
D. ( ) Concussão e Prevaricação.

23ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. O graduado que, na condição de


sargenteante, privilegia soldado com escala de serviço mais amena, recebendo em
troca um aparelho celular, pratica o crime militar de:
A. ( ) Corrupção ativa.
B. ( ) Participação ilícita.
C. ( ) Corrupção passiva.
D. ( ) Desvio de confiança.

24ª QUESTÃO – Um determinado militar teve seu veículo arrombado em frente à


sua residência. Do interior do veículo foi subtraída uma arma da carga da PMMG
que estava sob a responsabilidade do mesmo. O militar em questão responderá pelo
crime de:
A. ( ) prevaricação.
B. ( ) dano.
C. ( ) peculato culposo.
D. ( ) furto.

219
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

25ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O 2º Sargento Paulo Bato está


comandando uma operação de trânsito quando o veículo conduzido por uma
senhorita, namorada de outro graduado da mesma UEOp, é parado pela
fiscalização. O veículo apresenta diversas irregularidades (falta de equipamentos
obrigatórios), além da falta de CNH da condutora - infrações previstas na legislação
de trânsito. O graduado, por conhecer a senhorita e por deferência ao colega que
lhe telefonara durante a ação, libera a condutora sem adotar qualquer providência
policial. Em tese, o Sgt Paulo cometeu qual delito:
A. ( ) Prevaricação – Artigo 319 do Código Penal Militar.
B. ( ) Concussão – Artigo 305 do Código Penal Militar.
C. ( ) Condescendência criminosa – Artigo 322 do Código Penal Militar.
D. ( ) Corrupção ativa – Artigo 309 do Código Penal Militar.
26ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O Sgt Esperto, prestes a se tornar
Cmt do Pelotão do município de Passo Largo, exige de um comerciante daquela
cidade o pagamento da quantia de quatro mil reais, comprometendo-se que todos
os dias, no primeiro ano de comando, irá privilegiá-lo para que seu estabelecimento
tenha policiamento durante o horário de funcionamento. O Sgt Esperto responderá
pelo crime de:
A. ( ) Corrupção passiva.
B. ( ) Prevaricação.
C. ( ) Concussão.
D. ( ) Exercício funcional ilegalmente antecipado pratica crime doloso contra a vida,
tendo como vítima outro policial militar na mesma situação.
27ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. De acordo com o Código Penal
Militar, o militar que deixa de praticar o ato de ofício com infração de dever funcional,
cedendo a pedido ou influência de outrem, comete o seguinte crime:
A. ( ) Inobservância de lei, regulamento ou instrução.
B. ( ) Prevaricação.
C. ( ) Corrupção passiva.
D. ( ) Corrupção ativa.

28ª QUESTÃO – Considerando os crimes contra a Administração Militar, previstos


no Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O militar que contribui culposamente para que outrem subtraia ou desvie
dinheiro, valor ou bem, ou dele se aproprie, responde pelo crime militar de peculato-
furto.
B. ( ) Para consumação do crime militar de concussão, há necessidade do
recebimento de vantagem indevida por parte do militar, em razão da função.
C. ( ) Quando o militar pratica ato de ofício com infração de dever funcional, cedendo
a pedido ou influência de outrem, responde pelo crime militar de corrupção ativa.
D. ( ) Para consumação do crime militar de corrupção passiva, basta que o militar
aceite promessa de vantagem indevida, ainda que fora da função, ou antes de
assumi-la, mas em razão dela, não havendo necessidade do seu efetivo
recebimento.

29ª QUESTÃO – Sobre a conduta tipificada como peculato no Código Penal Militar
é CORRETO afirma que:
A. ( ) No peculato culposo, a reparação do dano, se precede a sentença irrecorrível,
extingue a punibilidade; se lhe é posterior, reduz de metade a pena imposta.
B. ( ) Caracteriza-se somente pela apropriação de dinheiro público ou qualquer bem
imóvel, de que se tenha a posse ou detenção, em razão do cargo ou comissão.

220
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da


função, ou antes de assumi-la, mas em razão dela vantagem indevida,
caracteriza o peculato-furto.
D. ( ) A pena aumenta-se de um terço a um sexto, se o dano causado é de valor
superior a quarenta vezes o salário mínimo.

30ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Retardar ou deixar de praticar,


indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra expressa disposição de lei, para
satisfazer interesse ou sentimento pessoal, no Código Penal Militar, caracteriza, em
tese,
o crime de:
A. ( ) Tráfico de influência.
B. ( ) Condescendência criminosa.
C. ( ) Patrocínio indébito.
D. ( ) Prevaricação.
31ª QUESTÃO – Considere a seguinte situação hipotética: “O policial militar que,
retendo armas brancas, apreendidas em operações policiais, confiadas à sua
guarda em razão da função que desempenhava, delas se apropria e as vende”,
comete, em tese, o crime de:
A. ( ) Conspiração, artigo 152 do Código Penal Militar.
B. ( ) Violação de recato, artigo 229 do Código Penal Militar.
C. ( ) Participação ilícita, artigo 310 do Código Penal Militar.
D. ( ) Peculato, artigo 303 do Código Penal Militar.
32a QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Pratica o delito militar de
Corrupção, na modalidade passiva, art. 308 do CPM, o militar que:
A. ( ) Exige, para si, ou para outrem, direta ou diretamente, ainda que fora da
função ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida.
B. ( ) Dá, oferece ou promete dinheiro ou vantagem indevida para a prática,
omissão ou retardamento de ato funcional.
C. ( ) Participa, de modo ostensivo ou simulado, diretamente ou por interposta
pessoa, em contrato, fornecimento, ou concessão de qualquer serviço concernente
à administração militar, sobre que deva informar ou exercer fiscalização em razão
do ofício.
D. ( ) Recebe, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da
função, ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, ou aceita
promessa de tal vantagem.

33ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Receber para si ou para outrem,


direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes de assumi-la, mas em
razão dela, vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem, configura qual
crime?
A. ( ) Concussão.
B. ( ) Corrupção ativa.
C. ( ) Peculato.
D. ( ) Corrupção passiva.

34ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O policial militar que deixa de


inserir no boletim de ocorrência informação relevante, suficiente para gerar
responsabilização criminal de um civil amigo seu, para simplesmente satisfazer
sentimento pessoal, em tese, comete o crime de:
A. ( ) Prevaricação.

221
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) Supressão de documento.
C. ( ) Violação do dever funcional com o fim de lucro.
D. ( ) Condescendência criminosa.

35ª QUESTÃO – No dia 25 de dezembro do ano de 2008, no interior da sede do


100º BPM, o militar, 3º Sgt Óveio apropriou-se, dentre os pertences apreendidos de
José da Silva, os quais estavam sob sua responsabilidade, do cheque do Banco
CRÉDITO FÁCIL nº 199247 emitido por Maria das Bem-aventuranças no valor de
R$ 1.200,00 (hum mil e duzentos reais), tendo o militar, no dia 27 de dezembro,
depositado o referido cheque em sua conta corrente pessoal.
Diante do exposto, o militar cometeu o crime de:
A. ( ) Corrupção passiva.
B. ( ) Concussão.
C. ( ) Peculato dolo.
D. ( ) Roubo simples.

36ª QUESTÃO – O militar que ofende superior, procurando denegrir lhe a autoridade
ou ofender sua dignidade, pratica o crime militar de:
A. ( ) Desacato a Militar.
B. ( ) Desacato a Superior.
C. ( ) Desacato a Funcionário Militar.
D. ( ) Ofensa a Superior

37ª QUESTÃO – São crimes contra a administração pública, segundo o Código


Penal Militar:
A. ( ) Desobediência e prevaricação.
B. ( ) Desacato a militar e peculato.
C. ( ) Inobservância de lei, regulamento ou instrução e corrupção.
D. ( ) Falsificação de documento e injúria.

38ª QUESTÃO – A aceitação de vantagem indevida em razão da função policial


militar, quando do exercício de policiamento de Trânsito Rodoviário, configura o
crime militar de:
A. ( ) Concussão.
B. ( ) Recebimento Indevido.
C. ( ) Corrupção Ativa.
D. ( ) Corrupção Passiva.

39ª QUESTÃO – O militar que dá às verbas ou ao dinheiro público aplicação diversa


da estabelecida em lei, pratica o crime militar de:
A. ( ) Exercício Funcional Ilegal.
B. ( ) Aplicação Ilegal de Verba ou Dinheiro.
C. ( ) Abuso de Confiança.
D. ( ) Omissão Funcional.
40ª QUESTÃO – Considere a seguinte situação hipotética: “O policial militar que se
apropria de arma apreendida em virtude de detenção de civis que praticavam roubo
contra transeuntes”, comete, em tese, o crime de:
A. ( ) Omissão de lealdade militar (artigo 151 do Código Penal Militar).
B. ( ) Peculato (artigo 303 do Código Penal Militar).
C. ( ) Despojamento desprezível (artigo 162 do Código Penal Militar).
D. ( ) Excesso de exação (artigo 306 do Código Penal Militar).

222
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

41ª QUESTÃO – O Sd Esperto, do 100º BPM, escalado de motorista da ADM, sem


autorização de quem de Direito, apossa de uma VTR militar que se encontrava
engarajada na Unidade, com a intenção de ir a um supermercado para fazer
compras particulares. Realizado seu intento, quando o militar estacionava a vtr em
sua OPM, no local onde se achava e sem nenhuma avaria, foi surpreendido pelo
Oficial de transportes da Unidade, que após tomar conhecimento dos fatos, prendeu
o militar em flagrante delito. Com as informações acima, MARQUE A ÚNICA
OPÇÃO CORRETA, indicando qual crime militar praticado pelo Sd Esperto:
A. ( ) Peculato.
B. ( ) Apropriação indébita.
C. ( ) Utilização indevida de viatura militar.
D. ( ) Furto de uso.
42ª QUESTÃO – O policial militar que, em serviço de policiamento ostensivo, exige
dinheiro de condutor de veículo automotor, para não autuá-lo por infração de
trânsito, pratica o crime militar de:
A. ( ) Corrupção ativa.
B. ( ) Concussão.
C. ( ) Corrupção passiva.
D. ( ) Excesso de exação.
43ª QUESTÃO – O Graduado que, na condição de sargenteante, privilegia soldado
com escala de serviço mais amena, recebendo em troca um aparelho de telefonia
celular, pratica o crime militar de:
A. ( ) Corrupção passiva.
B. ( ) Corrupção ativa.
C. ( ) Concussão.
D. ( ) Exercício ilegal de função.

44ª QUESTÃO – O policial militar que, no serviço de policiamento ostensivo, lança,


falsa e conscientemente, no Boletim de Ocorrência (BO), nome de condutor de
veículo com habilitação, no lugar do inabilitado que, realmente, estava dirigindo,
comete o crime militar de:
A. ( ) Falsidade de documento.
B. ( ) Falsidade ideológica.
C. ( ) Prevaricação.
D. ( ) Exercício funcional irregular.
45ª QUESTÃO - Considere que o Sgt Alício, auxiliar da P.8 do 56º BPM, obteve para
si, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo um militar de sua OPM a erro,
mediante artifício ardil. O Sgt Alício praticou, segundo o CPM, o delito de:
A. ( ) Estelionato.
B. ( ) Apropriação indébita.
C. ( ) Induzimento a erro.
D. ( ) Furto mediante fraude.
46ª QUESTÃO - O Sgt Tício, auxiliar da P.3, do 58º BPM, falsificou, em parte, um
documento público com a intenção de trazer prejuízo para a administração militar.
Qual crime militar, previsto no CPM, o Sgt Tício praticou:
A. ( ) Falsidade ideológica.
B. ( ) Uso de documento falso.
C. ( ) Falsificação de documento.
D. ( ) Estelionato.

223
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

47ª QUESTÃO - O Sgt Austero, estando de serviço como Cmt de guarnição do 59º
BPM, exigiu quinhentos reais de um cidadão, que acabara de ser surpreendido
cometendo um infração de trânsito, para que ele deixasse de adotar as medidas
administrativas que o caso requeria. Segundo o CPM, qual crime militar o Sgt
Austero praticou:
A. ( ) Corrupção passiva.
B. ( ) Concussão.
C. ( ) Peculato.
D. ( ) Corrupção ativa.
48ª QUESTÃO – São exemplos de crime contra o patrimônio, EXCETO:
A. ( ) Peculato-furto.
B. ( ) Furto simples.
C. ( ) Furto de uso.
D. ( ) Chantagem.
49ª QUESTÃO – O militar que estando de serviço vier a receber R$ 50,00 de
condutor de veículo que se encontra sendo fiscalizado em um “blitz”, e em
consequência, deixa de proceder fiscalização da documentação do veículo, comete
o crime de:
A. ( ) Corrupção ativa.
B. ( ) Corrupção passiva.
C. ( ) Desvio.
D. ( ) Peculato.
50a QUESTÃO – Analise atentamente a seguinte situação:
O Ten QOS Bon D’oso, amigo do Cb PM Cain D’impé, ao elaborar um Relatório
sobre o referido Cabo PM, que subsidiaria a submissão deste a um Processo
Administrativo Disciplinar, omitiu em declarar no mencionado documento as
informações mais importantes que tinha conhecimento sobre a real situação do
graduado e que daquele documento deviam constar, alterando, dessa forma, a
verdade sobre fato juridicamente relevante, sendo que tal fato, inevitavelmente,
atentou contra a administração militar. Agindo assim, é CORRETO afirmar que o
Ten QOS Bon cometeu o crime de:
A. ( ) Falsidade ideológica
B. ( ) Supressão de documento
C. ( ) Corrupção ativa
D. ( ) Corrupção passiva
51ª QUESTÃO – Após contatar diversos comerciantes da região onde desenvolve
sua atividade profissional, o Sd PM Pedregulho, em razão de sua função pública,
exigiu para si indevida vantagem econômica. Por circunstância alheia à vontade do
referido militar, o resultado econômico pretendido não foi alcançado. A vista deste
enunciado, o Sd PM Pedregulho cometeu o seguinte crime militar, previsto no CPM:
A. ( ) peculato.
B. ( ) corrupção ativa, na modalidade tentada.
C. ( ) apropriação indébita.
D. ( ) concussão.

52ª QUESTÃO – Concentre-se na seguinte situação hipotética e, ao final, assinale


a alternativa CORRETA.
O Sargento Ethel Lion Natário, lotado no 90º BPM, candidato ao Exame de Aptidão
Profissional 2009, ao passar pelo Centro de Recrutamento e Seleção – CRS, viu
sobre a mesa do Chefe do Centro um envelope lacrado, com os dizeres “EAP/2009”.

224
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

Com o intuito de ter acesso antecipado ao conteúdo da prova que lhe seria aplicada,
devassou indevidamente tal correspondência, dirigida ao CRS, que fôra remetida
pelo Professor Porto Guês, contendo as questões da mencionada prova. O
graduado cometeu:
A. ( ) crime comum de estelionato.
B. ( ) crime militar de violação de sigilo funcional.
C. ( ) crime militar de violação ou divulgação indevida de correspondência ou
comunicação.
D. ( ) crime comum de violação de correspondência.

53ª QUESTÃO – Em um pequeno município do interior, por volta das 15:00 horas,
uma guarnição composta pelo Cb “Sabe tudo” e pelo Sd “fala demais”, abordaram
um motorista de caminhão que trafegava pelo centro da cidade com uma carga de
cigarros, sem documento. Diante disso, os militares passaram a exigir do motorista
3 (três) caixas do produto para não lavrarem a ocorrência. O motorista, não tendo
alternativa, aceita a negociação e após liberado, em um município vizinho, denuncia
a ação dos militares. Os militares deverão responder por crime militar de:
A. ( ) desvio.
B. ( ) concussão.
C. ( ) corrupção ativa.
D. ( ) apropriação indébita.
54ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. No peculato culposo, do CPM,
havendo a reparação do dano, posteriormente à sentença irrecorrível, a pena
imposta será reduzida em:
A. ( ) 1/2
B. ( ) 1/3
C. ( ) 1/4
D. ( ) 1/5
55ª QUESTÃO – Sobre o Decreto-Lei nº 1.001/69, é CORRETO afirmar:
A. ( ) Peculato é a apropriação de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel,
público ou particular, de que tem a posse ou detenção, em razão do cargo ou
comissão, ou desviá-lo em proveito próprio ou alheio.
B. ( ) Falsidade ideológica é a falsificação, no todo ou em parte, de documento
público ou particular, ou alteração documento verdadeiro, desde que o fato atente
contra a administração ou o serviço militar.
C. ( ) Falsificação de documento é a omissão, em documento público ou particular,
de declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir
declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, com o fim de prejudicar
direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante,
desde que o fato atente contra a administração ou o serviço militar.
D. ( ) Violência arbitrária é a prática de violência pelo militar, em local público, no
exercício de sua função ou a pretexto de exercê-la.

56ª QUESTÃO – O 3º Sgt PM Ruim Djogo, já na segunda fase do concurso do CFO,


não tendo atendido o requisito de comportamento, isto é, no mínimo, no conceito
“B”, com até 24 pontos negativos e, estando no interior da P1, em um momento de
descuido dos servidores da seção, acabou por falsificar a declaração da Seção de
Recursos Humanos da Unidade, que seria apresentada à Administração do
concurso, por ocasião da segunda fase do concurso, modificando-se seu
comportamento para “A”, com 50 pontos. Infelizmente, para ele, o 1º Sgt Espertino,
da P/1, desconfiando da presença do militar na seção, ao conferir o documento

225
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

produzido, acabou por descobrir a sua ação delituosa. Verifica-se que houve o
cometimento do crime, previsto no Código Penal Militar, no seguinte tipo penal:
A. ( ) Uso de documento falso.
B. ( ) Falsidade ideológica.
C. ( ) Prevaricação.
D. ( ) Falsificação de documento.
57º QUESTÃO - O Soldado PM “Alfa”, de serviço, apreende, na rua, em poder de
“Beta”, mercadoria contrabandeada. Ao invés de entregá-la, na totalidade, à
Delegacia, desvia uma parte em proveito próprio. “Alfa” comete crime de:
A. ( ) furto.
B. ( ) prevaricação.
C. ( ) peculato.
D. ( ) apropriação indébita.

58º QUESTÃO - O tipo penal militar que descreve a conduta de: “usar, como próprio,
documento de identidade alheia, ou de qualquer licença ou privilégio em favor de
outrem, ou ceder a outrem documento próprio da mesma natureza, para que dele
se utilize, desde que o fato atente contra a administração ou o serviço militar,”
corresponde ao crime:
A. ( ) uso de documento pessoal alheio.
B. ( ) falsa identidade.
C. ( ) uso de documento falso.
D. ( ) falsidade ideológica.
59ª QUESTÃO - O Cb PM “Barbeiro”, componente da Cia MAT, de serviço, impôs
como obrigação e recebeu de um motorista vultosa soma de dinheiro para não lhe
aplicar uma Autuação de Infração de trânsito. Cometeu o Cb PM “Barbeiro” crime
de:
A. ( ) corrupção ativa.
B. ( ) concussão.
C. ( ) peculato.
D. ( ) corrupção passiva.
60ª QUESTÃO – Conforme o Decreto-Lei nº 1.001/69, (Código Penal Militar) exigir,
para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função ou antes
de assumi-la, mas em razão dela vantagem indevida é crime de:
A. ( ) Corrupção passiva.
B. ( ) Concussão.
C. ( ) Corrupção ativa.
D. ( ) Desvio.

61ª QUESTÃO – Sobre o Decreto-Lei nº 1.001/69, é CORRETO afirmar:


A. ( ) Peculato é a apropriação de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel,
público ou particular, de que tem a posse ou detenção, em razão do cargo ou
comissão, ou desviá-lo em proveito próprio ou alheio.
B. ( ) Falsidade ideológica é a falsificação, no todo ou em parte, de documento
público ou particular, ou alteração documento verdadeiro, desde que o fato atente
contra a administração ou o serviço militar.
C. ( ) Falsificação de documento é a omissão, em documento público ou particular,
de declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração
falsa ou diversa da que devia ser escrita, com o fim de prejudicar direito, criar

226
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

obrigação ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante, desde que o fato
atente contra a administração ou o serviço militar.
D. ( ) Violência arbitrária é a prática de violência pelo militar, em local público, no
exercício de sua função ou a pretexto de exercê-la.
62ª QUESTÃO – O “Sr Espertalhão” cobrou a quantia de R$500,00 de um dos
concorrentes do Pregão para compra de materiais de escritório do 50º BPM, sob o
pretexto de interferir na solução deste pregão, considerando ser amigo do “Sgt
Administrativo”, pregoeiro do 50º BPM, responsável pelo referido Pregão. De acordo
com CP, o “Sr Espertalhão” cometeu o crime de:
A. ( ) corrupção ativa.
B. ( ) corrupção passiva.
C. ( ) tráfico de influência.
D. ( ) fraude de concorrência.
63ª QUESTÃO - Militar que estando de serviço e, por negligência, contribui para que
outrem desvie bem sob sua responsabilidade comete o crime de:
A. ( ) peculato furto.
B. ( ) desvio.
C. ( ) peculato culposo.
D. ( ) excesso de exação.

64ª QUESTÃO – No pequeno município de Santa Maria Rita, por volta das 03:00
horas da madrugada, uma guarnição de rádio-patrulha, composta pelo Sargento
Esperto e pelo Cb Noturno, abordam um motorista de caminhão que trafegava pelo
centro da cidade com uma carga de cerveja sem nota fiscal. Diante do fato, os
militares passam a constranger o motorista e a ameaçá-lo e que somente deixariam
de registrar a ocorrência caso recebessem 02 (duas) caixas de cerveja cada um. O
motorista, não tendo alternativa, aceita a negociação e após liberado, ao passar por
outro município vizinho, resolve prestar queixa contra a ação dos militares de Santa
Rita. O Sargento incumbido do registro do fato tipifica a ocorrência como sendo:
A. ( ) crime de roubo, encaminhando o boletim ao delegado de polícia.
B. ( ) crime militar de concussão, encaminhando o boletim ao Comandante da
Unidade a que pertence os militares suspeitos do ilícito.
C. ( ) crime militar de roubo, encaminhando o boletim ao Comandante da Unidade a
que pertence os militares suspeitos do ilícito.
D. ( ) crime militar de apropriação indébita, encaminhando o boletim ao Comandante
da Unidade a que pertence os militares suspeitos do ilícito.

65ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. De acordo com o Código Penal


Militar, o Policial Militar valendo-se de sua situação de patrulheiro de trânsito,
veladamente manifesta sua intenção de receber propina para liberar o motorista sem
habilitação, configura-se o crime de:
A. ( ) roubo.
B. ( ) concussão.
C. ( ) corrupção passiva.
D. ( ) extorsão.

66ª QUESTÃO - Militar que estando de serviço e, por negligência, contribui para que
outrem desvie bem sob sua responsabilidade comete o crime de:
A. ( ) peculato furto.
B. ( ) desvio.
C. ( ) peculato culposo.

227
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) excesso de exação.

67ª QUESTÃO – O militar que receber para si uma quantia significante de gasolina,
para liberar de uma prisão legal a filha de um proprietário de posto de combustível,
terá cometido o crime de :
A. ( ) corrupção ativa por ter recebido e não solicitado.
B. ( ) concussão.
C. ( ) peculato.
D. ( ) corrupção passiva.

68ª QUESTÃO – O militar Desatento ao preencher um Boletim de Ocorrência


aceitou, sem receber nenhuma vantagem econômica, inserir um fato falso na
ocorrência, visando alterar a ordens de um acidente de trânsito, de forma que o
condutor do veículo segurado fosse o responsável pelo acidente. Este fato
configura:
A. ( ) estelionato.
B. ( ) falsidade ideológica.
C. ( ) adulteração de documento público.
D. ( ) adulteração de documento privado.

69ª QUESTÃO – O militar que apropria-se de um bem móvel público, de que tem a
posse em razão do cargo, comete o crime de:
A ( ) Desvio.
B ( ) Apropriação indébita.
C ( ) Estelionato.
D ( ) Peculato.
70ª QUESTÃO - Considere a seguinte situação hipotética: “O policial militar que, no
serviço de trânsito, lança, falsa e conscientemente, no Boletim de Ocorrência (BO),
nome de condutor de veículo com habilitação, no lugar do inabilitado que, realmente,
estava dirigindo”, comete, em tese, o crime de:
A. ( ) Participação ilícita, art. 310 do Código Penal Militar.
B. ( ) Falsidade de documento, art. 311 do Código Penal Militar.
C. ( ) Falsidade ideológica, art. 312 do Código Penal Militar.
D. ( ) Supressão de documento, art. 316 do Código Penal Militar.

71ª QUESTÃO – O militar que apropriar-se de um revólver da carga da PMMG, que


lhe foi pago de forma fixa, cometerá o crime de :
A. ( ) peculato.
B. ( ) apropriação indébita.
C. ( ) furto.
D. ( ) estelionato.
72ª QUESTÃO – O militar Atento que adquirir nova arma de fogo para a PMMG,
para repor outra arma idêntica que estava sob seu poder, mas fora subtraída por
outrem em face do seu dever objetivo de cuidado, tendo ainda o zelo de reparar seu
dano antes da sentença irrecorrível terá, nos termos do § 4º do art. 303 do C.P. M,
sua punibilidade:
A. ( ) diminuída.
B. ( ) inalterada.
C. ( ) extinta.
D. ( ) aumentada face a prova cabal da confissão.

228
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

73ª QUESTÃO – O militar após apresentar o requerimento do 4º qüinqüênio e ter


deferido a vantagem, verifica que no seu demonstrativo de pagamento foram
lançados o 4º e o 5º qüinqüênio e passa a receber estes valores sem manifestar a
Unidade. Após um ano é descoberta a situação. Qual delito o militar cometeu?
A. ( ) peculato mediante aproveitamento de erro de outrem.
B. ( ) peculato culposo.
C. ( ) peculato-furto.
D. ( ) apropriação indébita.
74ª QUESTÃO – O Subten PM “Paladino”, Comandante da VP-6666, quando do
registro de uma ocorrência policial, que atendia, inseriu declarações falsas,
objetivando criar obrigação pecuniária em desfavor de um Soldado, envolvido na
ocorrência. Referido fato teve repercussão na comunidade local e na própria
Unidade, atentando contra o bom nome da Instituição militar. A conduta do
supracitado Subten caracteriza, em tese, o seguinte delito militar:
A. ( ) falsidade ideológica.
B. ( ) falsificação de documento.
C. ( ) prevaricação.
D. ( ) supressão de documento
75ª QUESTÃO – Considerando o regramento estabelecido no Código Penal Militar,
marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O crime militar de inobservância de lei regulamento ou instrução dispensa a
condição de estar o autor da infração no exercício de função, bastando apenas que
o autor seja militar da ativa.
B. ( ) A reunião de policiais militares armados, agindo contra a ordem recebida de
superior, ou negando-se a cumpri-la, constitui crime de motim.
C. ( ) 1º Tenente QOE, lotado na DAL, que, em razão da função, tem acesso a fato
que deva permanecer em segredo, facilita-lhe a revelação em prejuízo da
administração militar, comete crime militar.
D. ( ) A reunião de policiais militares desarmados, recusando obediência a superior,
constitui crime de revolta.

76ª QUESTÃO – Leia o enunciado: “Retardar ou deixar de praticar, indevidamente,


ato de ofício, ou praticá-lo contra expressa disposição de lei, para satisfazer
interesse ou sentimento pessoal”. Marque a alternativa CORRETA, conforme o
Código Penal Militar, o enunciado refere-se ao crime de:
A. ( ) Condescendência criminosa.
B. ( ) Prevaricação.
C. ( ) Inobservância de lei, regulamento ou instrução.
D. ( ) Violação de sigilo funcional.

77ª QUESTÃO – De acordo com o Decreto-Lei nº 1.001, de 21/10/1969 – Código


Penal Militar, marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) Comete o crime de corrupção passiva o militar que apropria-se de dinheiro,
valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse ou
detenção, em razão do cargo ou comissão, ou desviá-lo em proveito próprio ou
alheio.
B. ( ) Incorrerá na pena relativa à deserção o militar que consegue exclusão do
serviço ativo ou situação de inatividade, criando ou simulando incapacidade.

229
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Terá a pena aumentada de metade, o militar que, no exercício de função de


comando, praticar o crime de descumprimento de missão.
D. ( ) É isento da pena relativa ao crime de conspiração o militar que, antes da
execução do crime e quando era ainda possível evitar-lhe as consequências,
denuncia o ajuste de que participou.

78ª QUESTÃO – Leia o enunciado: “Apropriar-se de dinheiro, valor ou qualquer


outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse ou detenção, em razão
do cargo ou comissão, ou desviá-lo em proveito próprio ou alheio”. Conforme o
Código Penal Militar, o enunciado acima se refere ao crime de:
A. ( ) Concussão.
B. ( ) Corrupção Passiva.
C. ( ) Corrupção Ativa.
D. ( ) Peculato.

79ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Nos termos do Código Penal


Militar (CPM), revelar fato de que tem ciência em razão do cargo ou função e que
deva permanecer em segredo, ou facilitar-lhe a revelação, em prejuízo da
administração militar, configura:
A. ( ) Violação de sigilo funcional.
B. ( ) Prevaricação.
C. ( ) Inobservância de lei, regulamento ou instrução.
D. ( ) Condescendência criminosa.

80ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA considerando a situação


hipotética: Um militar que trabalhava na parte administrativa da SAS de uma
Unidade Policial Militar, com o objetivo de prejudicar um colega de farda, abre o
arquivo, lança mão da pasta reservada do colega, que contém as informações de
saúde, e ateia fogo por completo na mesma. De acordo com o Código Penal Militar
qual crime terá cometido o militar:
A. ( ) Prevaricação.
B. ( ) Violação de sigilo funcional.
C. ( ) Exercício funcional ilegal.
D. ( ) Extravio, sonegação ou inutilização de livro ou documento.

81ª QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. Nos termos do Código Penal


Militar, apropriar-se de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou
particular, de que tem a posse ou a detenção, em razão do cargo ou comissão, ou
desviá-lo em proveito próprio ou alheio. A modalidade criminosa descrita nesta
questão configura o crime de:
A. ( ) Receptação culposa.
B. ( ) Furto qualificado.
C. ( ) Extorsão simples.
D. ( ) Peculato.

82ª QUESTÃO – Em relação ao crime de Peculato, previsto no art. 303 do Código


Penal Militar, caso o agente repare o dano após a sentença condenatória da qual
não cabe mais recurso, é CORRETO afirmar:
A. ( ) Será extinta a punibilidade, desde que o peculato tenha sido praticado na
modalidade culposa.
B. ( ) A pena imposta será reduzida de metade, mesmo que se trate de peculato
doloso.

230
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) A pena imposta será reduzida de metade, desde que o peculato tenha sido
praticado na modalidade culposa.
D. ( ) Será extinta a punibilidade, independente do peculato ser na modalidade
dolosa ou culposa.

83ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O agente que deixa de praticar


ato de ofício com infração de dever funcional, cedendo a pedido de outrem, comete
o crime de:
A. ( ) Concussão.
B. ( ) Corrupção ativa.
C. ( ) Patrocínio indébito.
D. ( ) Corrupção passiva.
84ª QUESTÃO – “Exigir imposto, taxa ou emolumento que sabe indevido, ou quando
devido, empregar na cobrança meio vexatório ou gravoso, que a lei não autoriza”,
caracteriza o crime, previsto no Código Penal Militar, descrito como:
A. ( ) Excesso de exação.
B. ( ) Desvio.
C. ( ) Participação ilícita.
D. ( ) Concussão.
85ª QUESTÃO – O artigo 303 do Código Penal Militar encontra-se assim escrito:
“Apropriar-se de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular,
de que tem a posse ou detenção, em razão de cargo ou comissão, ou desviá-lo em
proveito próprio ou alheio.”
Sobre o dispositivo acima, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Está descrito o tipo penal de Furto.
B. ( ) Está descrito o tipo penal chamado Peculato.
C. ( ) Está descrito o tipo penal de Roubo.
D. ( ) Está descrito o tipo penal de Apropriação Indébita.

86ª QUESTÃO – Em qual das condutas abaixo se insere no tipo penal de Corrupção
Passiva?
A. ( ) Dar dinheiro ou vantagem indevida para a prática de ato funcional.
B. ( ) Oferecer vantagem indevida para a omissão de ato funcional.
C. ( ) Prometer dinheiro para o retardamento de ato funcional.
D. ( ) Receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da
função, mas em razão dela, vantagem indevida.

87ª QUESTÃO. Qual das condutas abaixo NÃO constitui crime de Falsidade
Ideológica?
A. ( ) Falsificar, no todo ou em parte, documento público ou particular, ou alterar
documento verdadeiro, desde que o fato atente contra a Administração ou Serviço
Militar.
B. ( ) Omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar,
com o fim de criar obrigação ou prejudicar direito, desde que o fato atente contra a
Administração militar.
C. ( ) Inserir, em documento público ou particular, declaração falsa, com o fim de
prejudicar direito ou criar obrigação, desde que o fato atente contra a Administração
Militar.
D. ( ) Fazer inserir, em documento público ou particular, declaração diversa da que
devia ser escrita, com o fim de prejudicar direito, desde que o fato atente contra o
serviço militar.

231
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

88ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. O Tenente Delta está


comandando uma operação de trânsito rodoviário quando uma tia, muito querida do
oficial é parada. O veículo conduzido pela distinta senhora está com várias
irregularidades. (Sem equipamentos obrigatórios e outras infrações contidas no
Código de Trânsito Brasileiro). O oficial libera sua tia sem adotar qualquer
providência legal. Em tese, o oficial cometeu o delito militar de:
A. ( ) Prevaricação – Artigo 319 do Código Penal Militar.
B. ( ) Concussão – Artigo 305 do Código Penal Militar.
C. ( ) Excesso de exação – Artigo 306 do Código Penal Militar.
D. ( ) Corrupção ativa – Artigo 309 do Código Penal Militar.
89ª QUESTÃO – Uma guarnição PM, comandada por 3º Sargento e composta por
dois Soldados, aborda um motorista de caminhão que trafegava pela cidade com
uma carga de cigarros, sem os documentos necessários para o transporte da carga.
Diante disso, os militares passaram a exigir do motorista 3 (três) caixas do produto
para não lavrarem o boletim de ocorrência. O motorista, não tendo alternativa, aceita
a negociação e entrega o produto aos PM.
Os militares incorreram na prática do crime militar de:
A. ( ) Peculato.
B. ( ) Corrupção ativa.
C. ( ) Apropriação indébita.
D. ( ) Concussão.

90ª QUESTÃO – Com base no Código Penal Militar (CPM), marque V (verdadeiro)
ou F (falso) nas afirmações abaixo. Após assinale a alternativa correspondente à
seqüência de respostas CORRETA:
( ) É circunstância agravante da pena ter o agente cometido o crime contra sua
esposa.
( ) São crimes contra a administração militar: peculato, desvio, corrupção e dano.
( ) No crime de deserção, cometido por um sargento, embora decorrido o prazo da
prescrição, esta só extingue a punibilidade quando o desertor atingir a idade de
sessenta anos.
( ) São crimes militares praticados por particular: usurpação de função e tráfico de
influência.
A. ( ) V, V, V, V.
B. ( ) F, F, F, F.
C. ( ) F, F, V, F.
D. ( ) V, F, F, V.
91ª QUESTÃO – Sobre o Decreto-Lei n. 1.001/1969, que contém o Código Penal
Militar (CPM), marque a alternativa CORRETA:
A ( ) O crime militar de motim consiste no agrupamento de militares armados com o
objetivo de combinarem uma recusa conjunta de obediência.
B ( ) O crime militar de lesão corporal classifica-se em leve, média ou grave.
C ( ) O crime militar de inobservância de lei, regulamento ou instrução exige
complementação normativa para a sua configuração.
D ( ) Tanto o crime militar de desrespeito a superior quanto o desacato a superior
somente se configuram quando cometidos diante de outro militar.

92ª QUESTÃO – O militar após comparecer a rede de saúde conveniada recebe um


atestado médico constando 01 (um) dia de licença médica, não satisfeito, altera o

232
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

atestado fazendo constar 10 (dez) dias e o apresenta para homologação junto a


SAS.
Posterior o militar haver permanecido licenciado descobre-se a alteração. Diante
deste fato pode-se afirmar que o militar cometeu o crime militar definido como:
A. ( ) Falsidade de documento.
B. ( ) Falsa identidade.
C. ( ) Estelionato.
D. ( ) Uso de documento falso.

93ª QUESTÃO – Com base no Livro I, Título VII da parte especial do Decreto-lei nº
1001, de 21Out1969, Código Penal Militar (CPM), que trata dos Crimes Contra a
Administração Militar, marque as afirmativas abaixo com (V) para as que forem
verdadeiras e (F) para as que forem falsas. A seguir, assinale a alternativa que
contenha a sequência com a resposta CORRETA:
I. ( ) Exigir, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da função
ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida, refere-se ao crime
de concussão, previsto no art. 305 do CPM.
II. ( ) Receber, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, ainda que fora da
função, ou antes de assumi-la, mas em razão dela, vantagem indevida ou aceitar
promessa de tal vantagem, trata-se do crime de corrupção ativa, previsto no art. 309
do CPM.
III. ( ) Dar, oferecer ou prometer dinheiro ou vantagem indevida para a prática,
omissão ou retardamento de ato funcional, trata-se do crime de corrupção passiva,
previsto no art. 308 do CPM.
IV. ( ) Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo
contra expressa disposição de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal,
trata-se do crime de prevaricação, previsto no art. 319 do CPM.
A. ( ) F,V,V,F
B. ( ) F,F,V,V
C. ( ) V,F,F,V
D. ( ) F,V,V,V
94ª QUESTÃO - A incriminação da exigência, direta ou indireta, de vantagem
indevida embasada na função policial militar tem por fim resguardar a regularidade
da administração militar e, por efeito percussivo, proteger a integridade patrimonial
do terceiro. É o genuíno desvio da função policial para esbulhar, na qual o militar
está substituindo um valor (interesse social) por um interesse menor, seu ou de
outrem. O enunciado acima, com base no Código Penal Militar, refere-se à prática
do crime militar de:
A. ( ) corrupção ativa.
B. ( ) concussão.
C. ( ) peculato.
D. ( ) corrupção passiva.

95ª QUESTÃO – Dentre as afirmações abaixo, alusivas ao Código Penal Militar,


estão CORRETAS:
I – Na prevaricação é exigida do agente a satisfação de interesse ou sentimento
pessoal.
II – O crime de inobservância de lei, regulamento ou instrução, para sua
configuração, carece de definição expressa da norma ofendida.
III – O crime de desrespeito a superior somente se aperfeiçoa se for cometido diante
de um civil, pelo menos.
A. ( ) I e II.

233
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) I e III.
C. ( ) II e III.
D. ( ) I, II e III.
96ª QUESTÃO – Um cidadão foi preso ilegalmente. Ao ser liberado fez uma
representação junto ao Ministério Público, que resultou na instauração de um
inquérito. Os militares envolvidos ficaram apreensivos e, aceitando sugestão do
sargento PM Cmt da guarnição, destruíram o BO, substituindo-o por outro, acrescido
de um falso auto de resistência e de declarações falsas. Os militares componentes
da guarnição, em relação às condutas acerca do documento BO, cometeram os
crimes de:
A. ( ) uso de documento falso e falsificação de documento .
B. ( ) supressão de documento e falsidade ideológica.
C. ( ) supressão de documento e falsificação de documento.
D. ( ) uso de documento falso e falsidade ideológica.
97ª QUESTÃO - As assertivas subsequentes tratam de fatos que caracterizam
crimes contra o patrimônio.
I. Comete o crime de peculato o agente suprido que, iludindo a administração militar,
quita corretamente com os beneficiários o valor das diárias de viagem que lhes são
devidas, requisitadas em dobro pelo agente suprido que apropriou-se da diferença.
II. Comete furto de uso o militar que, auxiliado por outras pessoas, sem o
conhecimento do dono, retira para si material de construção de propriedade de um
companheiro de farda e utiliza o material em sua residência para dar acabamento
em um muro de arrimo.
III. Comete o crime de apropriação indébita o militar que recebe de outros militares
dinheiro para a compra de armas particulares a cada um e, ao contrário, deposita-o
em sua conta bancária, utilizando-o em proveito próprio, sem ressarcimento das
vítimas.
Estão CORRETAS as assertivas:
A. ( ) I, II, III.
B. ( ) I, II.
C. ( ) II, III.
D. ( ) I, III.
98ª QUESTÃO – O militar que apropria-se de dinheiro de que tem a posse em razão
do cargo, comete o crime de:
A. ( ) apropriação indébita.
B. ( ) concussão.
C. ( ) desvio.
D. ( ) peculato.
99ª QUESTÃO - Uma capitã compareceu no estabelecimento comercial de uma
senhora, que além de comerciante era também motorista de táxi, e exigiu a doação
de uma caixa de cerveja para o seu casamento, tendo argumentado antes que
aquela senhora estava fazendo transporte irregular de alunos na zona rural sendo
inabilitada, em uma Kombi sem condições de segurança e com excesso de lotação.
Sentindo-se ameaçada, e receosa de alguma represália posterior, se negasse o
pedido, a senhora concordou em “doar” a caixa de cerveja para o casamento da
capitã. O crime cometido pela militar é:
A. ( ) excesso de exação.
B. ( ) concussão.
C. ( ) peculato-furto.
D. ( ) corrupção passiva.

234
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

100ª QUESTÃO – Concentre-se na seguinte situação hipotética e, ao final, assinale


a alternativa CORRETA.
A Cabo Altera Dinha, trabalhando na Companhia de Ensino e Treinamento,
verificando a presença do Soldado Aluno Anderson Lindão, que realizaria a prova
de Português em sua unidade, ciente de que deveria manter sigilo sobre uma
correspondência que continha provas de Português do curso que estava matriculado
o militar, deixa o envelope endereçado à administração à vista em sua mesa. O
envelope acaba por ser devassado pelo Soldado Aluno, com o intuito de ter acesso
antecipado ao conteúdo da prova que lhe seria aplicada. Assim, em tese e de acordo
com o Código Penal Militar:
A. ( ) A Cabo não comete crime militar, porém o Soldado comete crime militar de
violação de sigilo profissional.
B. ( ) A Cabo comete crime militar de violação de sigilo profissional, mas o Soldado
não comete crime.
C. ( ) Ambos cometem crime militar de violação de sigilo funcional.
D. ( ) A Cabo comete crime militar de violação de sigilo profissional.

101ª QUESTÃO – Após a leitura do enunciado da questão, assinale a resposta


CORRETA:
O 2º Tenente PM Gerson Vantagem sabendo que seria impedido de se inscrever ao
Exame de Aptidão Profissional e, estando no interior da Seção de Recursos
Humanos, em um momento de descuido dos servidores ali presentes, acabou por
alterar uma declaração oficial, modificando o registro de seu impedimento.
Infelizmente para ele o Cap PM Thudo Certinho, P/1 da unidade, assaz desconfiado
da presença do militar, ao conferir o documento com acurada análise, pois a
alteração era idônea para iludir outros militares, descobriu a ação delituosa. Verifica
se que houve o cometimento de crime, previsto no Código Penal Militar, no seguinte
tipo penal:
A. ( ) Falsificação de documento.
B. ( ) Uso de documento falso.
C. ( ) Falsidade ideológica.
D. ( ) Supressão de documento.

102ª QUESTÃO – Um Ten QOPM, amigo íntimo de um Sargento pertencente a


Unidade diversa da sua, ao redigir um Boletim de Ocorrência com envolvimento do
referido Sargento PM, na condição de autor de delito, omitiu em declarar no
mencionado documento as informações mais importantes que tinha conhecimento
sobre a real situação da ocorrência, pois sabia que tal envolvimento acarretaria a
submissão do graduado a um Processo Administrativo Disciplinar. Sabedor que tais
informações deviam constar daquele documento e que, com seu ato estaria
alterando a verdade sobre fato juridicamente relevante, o que, inevitavelmente,
atentaria contra a administração militar, o Tenente ignorou os preceitos legais,
contidos no Código Penal Militar, que tratam do crime de:
A. ( ) Falsificação de documento.
B. ( ) Corrupção ativa.
C. ( ) Falsidade ideológica.
D. ( ) Corrupção passiva.

103ª QUESTÃO – O Código Penal Militar elenca, dentre outros delitos, diversas
condutas definidas como crimes contra o dever funcional, estando corretamente
especificado o seguinte delito:
A. ( ) Deixar, mesmo que fora do exercício de função, de observar lei, regulamento

235
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

ou instrução, dando causa direta à prática de ato prejudicial à administração militar,


trata-se do crime de inobservância de lei, regulamento ou instrução.
B. ( ) Violação de sigilo funcional é o ato de revelar fato de que tem ciência em razão
do cargo ou função e que deva permanecer em segredo, havendo ou não prejuízo
para a administração militar.
C. ( ) Patrocinar, diretamente ou indiretamente interesse privado perante a
administração militar, valendo-se da qualidade de militar, caracteriza o crime de
patrocínio indébito.
D. ( ) Crime de prevaricação é definido como retardar ou praticar, indevidamente,
ato de ofício ou decorrente da função, para satisfazer interesse ou sentimento
pessoal.

104ª QUESTÃO – Dentre o rol dos crimes contra o dever funcional, o militar que
deixar, no exercício de função, de observar lei, regulamento ou instrução, dando
causa direta à prática de ato prejudicial à administração militar, comete o crime de:
A. ( ) Condescendência criminosa.
B. ( ) Inobservância de lei, regulamento ou instrução.
C. ( ) Prevaricação.
D. ( ) Abandono de cargo.

105ª QUESTÃO – Após estabelecer contato com alguns comerciantes da região


onde desenvolve sua atividade profissional, o Tenente PM Spertino, em razão de
sua função pública, exigiu para si indevida vantagem econômica. Por circunstância
alheia à vontade do referido militar, o resultado econômico pretendido não foi
alcançado. A vista deste enunciado é CORRETO afirmar que:
A. ( ) O Ten praticou crime militar de peculato.
B. ( ) O Ten praticou crime militar de corrupção ativa, na modalidade tentada.
C. ( ) Sua conduta não se amolda ao CPM.
D. ( ) O Ten praticou o crime militar de concussão.

106ª QUESTÃO – O militar que receber, para si ou para outrem, direta ou


indiretamente, ainda que fora da função, ou antes de assumí-la, mas em razão dela
vantagem indevida, ou aceitar promessa de tal vantagem comete o crime de :
A. ( ) Corrupção ativa.
B. ( ) Desvio.
C. ( ) Corrupção passiva.
D. ( ) Concussão.

107ª QUESTÃO – Considerando os crimes contra a Administração Militar, previstos


no Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) O militar que contribui culposamente para que outrem subtraia ou desvie
dinheiro, valor ou bem, ou dele se aproprie, responde pelo crime militar de peculato-
furto.
B. ( ) Para consumação do crime militar de concussão, há necessidade do
recebimento de vantagem indevida por parte do militar, em razão da função.
C. ( ) Quando o militar pratica ato de ofício com infração de dever funcional, cedendo
a pedido ou influência de outrem, responde pelo crime militar de corrupção ativa.
D. ( ) Para consumação do crime militar de corrupção passiva, basta que o militar
aceite promessa de vantagem indevida, ainda que fora da função, ou antes de
assumi-la, mas em razão dela, não havendo necessidade do seu efetivo
recebimento.

236
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

108ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. De acordo com o Código Penal


Militar (CPM), o militar que deixar de responsabilizar subordinado que comete
infração no exercício do cargo, ou, quando lhe falte competência, não levar o fato
ao conhecimento da autoridade competente, cometerá o seguinte crime militar:
A. ( ) Prevaricação (art. 319 do CPM).
B. ( ) Inobservância de lei, regulamento ou instrução (art. 324 do CPM).
C. ( ) Desvio (art. 307 do CPM).
D. ( ) Condescendência criminosa (art. 322 do CPM).

109ª QUESTÃO – Segundo o Decreto-Lei n. 1001, de 21/10/1969, Código Penal


Militar, enumere a segunda coluna de acordo com a primeira, relacionando alguns
dos verbos de ação com o(s) seu(s) respectivo(s) crime(s), e ao final, responda o
que se pede:
1.Prometer
2. Apropriar
3. Receber
4. Exigir
5. Retardar

( )Prevaricação.
( )Concussão.
( )Corrupção passiva.
( )Peculato.
( )Corrupção ativa.
( )Excesso de exação.

Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas, na ordem


de cima para baixo:
A. ( ) 2, 3, 1, 4, 4, 5
B. ( ) 5, 4, 3, 2, 4, 1
C. ( ) 5, 4, 3, 2, 1, 4
D. ( ) 5, 4, 3, 2, 1, 3

110ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. Em relação ao disposto no


Código Penal Militar, inferior da ativa que agir ofendendo a dignidade ou o decoro
de superior também da ativa, ou procurando deprimir-lhe a autoridade, pratica crime
de:
A. ( ) Desacato a funcionário público.
B. ( ) Desacato a superior.
C. ( ) Rigor excessivo.
D. ( ) Difamação.

111ª QUESTÃO – Nos termos do Código Penal Militar (CPM), marque a alternativa
CORRETA que define o crime de Falsidade Ideológica, previsto no art. 312 da
mencionada legislação:
A. ( ) Omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar,
ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita,
com o fim de prejudicar direito, criar obrigação ou alterar a verdade sobre fato
juridicamente relevante, desde que o fato atente contra a administração ou o serviço
militar.

237
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) Falsificar, no todo ou em parte, documento público ou particular, ou alterar


documento verdadeiro, desde que o fato atente contra a administração ou o serviço
militar.
C. ( ) Atestar ou certificar falsamente, em razão da função, ou profissão, fato ou
circunstância que habilite alguém a obter cargo, posto ou função, ou isenção de
ônus ou de serviço, ou qualquer outra vantagem, desde que o fato atente contra a
administração ou serviço militar.
D. ( ) Omitir ou obstruir, em documento público, declaração que dele devia constar,
ou colar declaração verdadeira que devia ser escrita, com o fim de prejudicar direito,
criar obrigação ou alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante, desde que o
fato atente contra a administração ou o serviço militar.

112ª QUESTÃO – Considerando os dispositivos contidos no Código Penal Militar,


marque “V” para verdadeira e “F” para falsa nas alternativas a seguir.
( ) O militar da reserva não remunerada possui as responsabilidades e prerrogativas
do posto e da graduação, para efeito da aplicação da lei penal militar, quando pratica
ou contra ele é praticado crime militar, por estar desobrigado de forma permanente
do serviço ativo.
( ) Um militar de folga que se opõe à determinação de uma ordem da sentinela do
quartel, comete o crime do art. 162 (despojamento desprezível).
( ) Equipara-se a Comandante, para efeito de aplicação do Código Penal Militar, toda
a autoridade com função de direção.
( ) Ninguém pode ser punido por fato que lei posterior deixa de considerar crime,
cessando, em virtude dela, a própria vigência de sentença condenatória irrecorrível,
salvo quanto aos efeitos de natureza civil.
Marque a alternativa que contém a sequência CORRETA de respostas:
A. ( ) F, F, V, F.
B. ( ) F, V, F, V.
C. ( ) F, F, V, V.
D. ( ) V, V, V, F.

113 QUESTÃO - Analise como (V) Verdadeiras ou (F) Falsas as afirmativas relativas
ao Código Penal Militar:
( ) O Oficial da Polícia Militar que for sócio de sociedade comercial, na condição de
gerente ou sócio cotista de S/A incorre em crime militar.
( ) Quando o policial militar, na função, exige taxa ou emolumento indevido está
praticando o crime de excesso de exação.
( ) Quando o policial militar desvia, em proveito próprio ou de outrem o que recebeu
indevidamente, em razão do cargo ou função e deveria ser recolhido aos cofres
públicos está configurado o crime de peculato.
( ) Pratica a prevaricação o superior que deixar de responsabilizar o subordinado
que pratica infração no exercício do cargo.
Assinale a alternativa correta, na ordem de cima para baixo.
A. ( ) V, V, V, F.
B. ( ) F, V, F, V
C. ( ) V, F, F, V.
D. ( ) F, V, F, F.

114a QUESTÃO – Sobre o crime previsto no art. 319 (Prevaricação) do Código


Penal Militar, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) É crime militar impróprio.

238
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) Pode ser praticado por subordinado apenas, haja vista que o superior comete
o crime de condescendência criminosa.
C. ( ) É crime contra o patrimônio.
D. ( ) Se caracteriza quando for praticado para satisfazer interesse ou sentimento
pessoal .

115ª QUESTÃO - Nos termos do Decreto-lei n. 1.001/1969 - Código Penal Militar


(CPM), analise as assertivas abaixo e marque a CORRETA que apresenta um crime
que atenta contra a Administração Militar:
A. ( ) Violência contra superior.
B. ( )Motim.
C. ( )Concerto para deserção.
D. ( )Desacato a militar.

GABARITO DOS CRIMES CONTRA A


ADIMINISTRAÇÃO M MILITAR

1) A 2) B 3) C 4) D 5) D 6) C 7) D 8) C 9) B 10) B
11) B 12) C 13) D 14) C 15) C 16) D 17) C 18) D 19) A 20) C
21) D 22) D 23) C 24) C 25) A 26) C 27) C 28) D 29) A 30) D
31) D 32) D 33) D 34) A 35) C 36) B 37) B 38) D 39) B 40) B
41) D 42) B 43) A 44) B 45) A 46) C 47) B 48) A 49) B 50 A
51) D 52) C 53) B 54) A 55) A 56) D 57) C 58) A 59) B 60) B
61) A 62) C 63) C 64) B 65) C 66) C 67) D 68) B 69) D 70) C
71) A 72) C 73) A 74) A 75) C 76) B 77)A 78) D 79) A 80) D
81) D 82) C 83) D 84) A 85) B 86) D 87) A 88) A 89) D 90) D
91) C 92) A 93) C 94) B 95) A 96) B 97) D 98) D 99) B 100)D
101)A 102) C 103) C 104) B 105)D 106) C 107) D 108) D 109) C 110) B
111)A 112) C 113)D 114)D 115)D

239
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

5 - DIREITOS HUMANOS
5.1 DH PARTE GERAL
1ª QUESTÃO – A Assembléia Geral da ONU proclamou a Declaração Universal dos
Diretos Humanos como o ideal comum a ser atingido por todos os povos e todas as
nações, com o objetivo de que cada indivíduo e cada órgão da sociedade, tendo
sempre em mente a Declaração, se esforce, através do ensino e da educação, por
promover o respeito a direitos e liberdades. A respeito do conteúdo da Declaração
Universal dos Direitos Humanos, dentre as assertivas abaixo, marque (V) para as
verdadeiras e (F) para as falsas. Em seguida, assinale a alternativa que corresponde
à sequência CORRETA de respostas.
( ) Os homens e mulheres de maior idade, sem qualquer restrição de raça,
nacionalidade ou religião, têm o direito de contrair matrimônio e fundar uma família.
( ) O casamento será válido desde que exista o livre e pleno consentimento de pelo
menos um dos nubentes.
( ) Toda pessoa tem deveres para com a comunidade, em que o livre e pleno
desenvolvimento de sua personalidade é possível.
( ) A vontade do povo será a base da autoridade do Governo.

A. ( ) V, F, V, V
B. ( ) F, V, F, V
C. ( ) V, F, V, F
D. ( ) F, V, F, F

2a QUESTÃO - A prefeitura municipal de Pedra Polida abriu concurso público para


preenchimento de vagas para o cargo de analista de sistemas. O cidadão Rock
Rolando, líder estudantil local, que preenchia todos os requisitos previstos no edital,
requereu sua inscrição, sendo esta indeferida, sem explicação de motivos, pela
banca examinadora. Procurando saber das razões de seu indeferimento, veio a
tomar conhecimento que sua inscrição foi indeferida em virtude de sua atuação a
frente de movimento estudantil pleiteando gratuidade no transporte coletivo
municipal, o que trouxe transtornos políticos ao prefeito, tomando também ciência
que a prefeitura mantinha um banco de dados com registro circunstanciado de todos
os dados sobre sua pessoa, bem como das atividades desenvolvidas como líder do
movimento estudantil. Diante disto, requereu à prefeitura o deferimento de sua
inscrição no concurso, bem como informações a respeito dos registros relativos à
sua pessoa, constantes do banco de dados da prefeitura, sendo ambos negados.
De acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil, os remédios
jurídicos capazes de assegurar ao cidadão Rock a sua participação no concurso e
também o conhecimento das informações relativas a sua pessoa, constantes do
banco de dados da prefeitura são, respectivamente:
A. ( ) Mandado de Injunção e Mandado de Segurança.
B. ( ) Mandado de Segurança e Habeas Data.
C. ( ) Mandado de Injunção e Habeas Data.
D. ( ) Mandado de Segurança e Mandado de Injunção

240
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

3ª QUESTÃO – Com base na Declaração Universal dos Direitos Humanos


proclamada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, marque a alternativa
CORRETA:
A. ( ) Todos os seres humanos nascem livres e iguais. São dotados de razão e
emoção e devem pensar em relação uns aos outros com espírito de consciência.
B. ( ) Todo ser humano tem deveres para com a comunidade, em que o livre e pleno
desenvolvimento de sua personalidade é possível.
C. ( ) Homens e mulheres, sem qualquer restrição de idade, raça, nacionalidade ou
religião, têm o direito de contrair matrimônio e fundar uma família.
D. ( ) Todo ser humano tem direito ao lazer e ao repouso semanal aos domingos e
feriados, inclusive à limitação semanal de 44 horas de trabalho e férias anuais
remuneradas.

4ª QUESTÃO – Marque a alternativa que contém a resposta CORRETA:


A.( ) Após ser aprovado em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por
três quintos dos votos dos respectivos membros, a Declaração Universal
dos Direitos Humanos passou a ter “status” equivalente às emendas constitucionais.
B.( ) Ao definir o envelhecimento como direito personalíssimo e a sua proteção um
direito social, o Estatuto do Idoso não encontrou respaldo na Declaração Universal
dos Direitos Humanos que estabelece que todo ser humano tem direito a um padrão
de vida capaz de assegurar-lhe saúde e bem-estar e direito à segurança em caso
de desemprego, doença, invalidez, viuvez, velhice.
C.( ) A Declaração Universal dos Direitos Humanos estabelece em seu texto que
todo ser humano, vítima de perseguição, tem o direito de procurar e de gozar asilo
em outros países, este dispositivo não encontra respaldo nos objetivos
fundamentais da República Federativa do Brasil.
D.( ) Constranger alguém com emprego de violência ou grave ameaça, causando-
lhe sofrimento físico ou mental em razão de discriminação racial, constitui crime de
racismo, segundo a lei que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou
de cor.

5ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. A Declaração Universal dos


Direitos Humanos, aprovada pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 10
de dezembro de 1948, estabelece que:
A. ( ) Todo ser humano acusado de um ato delituoso tem o direito de ser presumido
inocente até a sua apresentação à autoridade de polícia judiciária.
B. ( ) Todo ser humano tem direito à liberdade de locomoção e residência em
qualquer país do mundo.
C. ( ) Ninguém será submetido à tortura nem a tratamento ou castigo cruel,
desumano ou degradante.
D. ( ) Ninguém será mantido em escravidão, salvo em caso de condenação por
tribunal independente e imparcial.

6ª QUESTÃO - Em relação aos direitos e deveres individuais e coletivos abaixo,


previstos na Constituição Federal de 1988, marque "V" para as afirmativas
verdadeiras e "F" para as falsas e, a seguir, marque a alternativa que contém a
sequência de respostas CORRETA, na ordem de cima para baixo.
( ) Todos podem reunir-se pacificamente, sem armas, em locais abertos ao público,
independentemente de autorização, desde que a reunião não impeça outra que
tenha sido convocada antes para o mesmo local, não sendo necessário aviso
prévio à autoridade competente.
( ) Será concedido habeas-data sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado

241
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, somente por


abuso de poder.
( ) O Estado indenizará o condenado por erro judicial, assim como o preso que ficar
além do tempo fixado na sentença.
( ) Os tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos que forem
aprovados, em cada Casa do Congresso Nacional, em dois turnos, por dois quintos
dos votos dos respectivos membros, serão equivalentes às emendas
constitucionais.
( ) São direitos do preso, dentre outros, o de permanecer calado, assistência da
família, à identificação dos responsáveis por sua prisão ou por seu interrogatório
policial.
A. ( ) F, F, F, V, F.
B. ( ) V, F, V, F, F.
C. ( ) V, F, F, F, V.
D. ( ) F, F, V, F, V.

7ª QUESTÃO – Em todas as alternativas constam características utilizadas para


caracterizar os Direitos Fundamentais. Marque a alternativa que contém uma ou
mais características que NÃO caracterizam os Direitos Fundamentais.
A. ( ) Historicidade, inalienabilidade, universalidade, indivisibilidade,
interdependência.
B. ( ) Inalienabilidade, imprescritibilidade, universalidade, indivisibilidade,
interdependência.
C. ( ) Imprescritibilidade, renunciabilidade, universalidade, indivisibilidade,
interdependência.
D. ( ) Historicidade, inalienabilidade, imprescritibilidade, inerência, universalidade,
indivisibilidade.

8ª QUESTÃO – “A”, Policial Militar da ativa, candidatou ao cargo eletivo de vereador


nas eleições municipais de sua cidade. Para ser considerado alistável e elegível
deverá atender determinadas condições. Com base na Constituição da República
Federativa do Brasil de 1988, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) se “A” contar mais de dez anos de serviço, será agregado pela autoridade
subordinada pelo prazo de 30 dias.
B. ( ) se “A” for eleito, passará automaticamente, no ato da diplomação, para a
atividade remunerada.
C. ( ) “A” não pode candidatar, pois durante o período do serviço na Polícia Militar é
considerado conscrito.
D. ( ) se “A” contar menos de dez anos de serviço, deverá afastar-se da atividade.

9ª QUESTÃO – Marque a única alternativa abaixo em que todos os direitos constam


na Declaração Universal dos Direitos Humanos:
A. ( ) a vida, liberdade, igualdade, férias mensais.
B. ( ) garantia de emprego digno, salário justo, propriedade, voto censitário.
C. ( ) direito a ser respeitado perante a lei como pessoa, direito de constituir família
direto a nacionalidade, direto a eutanásia.
D. ( ) direto a segurança pessoal, lazer, a uma jornada de trabalho justa.

10ª QUESTÃO – Dentre as alternativas abaixo, sobre os direitos sociais, marque a


única alternativa CORRETA.
A. ( ) Voto.
B. ( ) Proteção a paternidade.

242
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Assistência aos desamparados.


D. ( ) Previdência privada.

11ª QUESTÃO – Sobre os direitos políticos, é CORRETO afirmar que:


A. ( ) são inelegíveis os inalienáveis e os analfabetos;
B. ( ) o Presidente da República, os Governadores de Estado e do Distrito Federal ,
os prefeitos e quem os houver sucedido, ou substituído no curso dos mandatos
poderão ser reeleitos para períodos subsequentes.
C. ( ) para concorrerem a outros cargos , o Presidente da República, os
Governadores de Estado e do Distrito Federal e os Prefeitos devem renunciar aos
respectivos mandatos até seis meses antes do pleito.
D. ( ) podem alistar-se como eleitores os estrangeiros e, durante o período do serviço
militar obrigatório, os conscritos.

12ª QUESTÃO – Sobre a prisão de pessoas, a Constituição Federal Brasileira de


1998 elenca alguns dispositivos. Marque a única alternativa CORRETA.
A. ( ) A prisão de qualquer pessoa e o local onde se encontre serão comunicados
imediatamente ao juiz competente e à família do preso ou à pessoa por ele indicada.
B. ( ) O preso será informado de seus direitos, entre os quais pode permanecer
calado ,sendo-lhe assegurada assistência da família e de advogado, quando
possível.
C. ( ) A prisão ilegal será imediatamente relaxada pela autoridade policial.
D. ( ) Ninguém será levado a prisão ou nela mantido, quando a lei admitir a liberdade
condicional, com ou sem fiança.

13ª QUESTÃO – O artigo 14, da Constituição da República de 1988, estabelece que


a soberania popular será exercida pelo sufrágio universal e pelo voto direto e
secreto, com valor igual para todos, e, nos termos da lei. Esta tipificação dispõe
sobre Direitos Políticos. Com supedâneo na afirmativa acima assinale a única opção
CORRETA:
A. ( ) O militar alistável é elegível, atendidas entre outras condições, se contar mais
de dez anos de serviço, será agregado pela autoridade superior e, se eleito, passará
automaticamente, no ato da diplomação, para a inatividade.
B. ( ) O alistamento eleitoral e o voto são facultativos para os maiores de sessenta
e cinco anos.
C. ( ) O alistamento eleitoral e o voto são obrigatórios para os maiores de dezesseis
anos.
D. ( ) Os analfabetos também são elegíveis.

14ª QUESTÃO – A Assembléia Geral das Nações Unidas proclamou a "Declaração


Universal dos Direitos do Homem" como o ideal comum a ser atingido por todos os
povos e todas as nações, com o objetivo de que cada indivíduo e cada órgão da
sociedade, tendo sempre em mente esta Declaração, se esforce, através do ensino
e da educação, por promover o respeito a esses direitos e liberdades, e, pela adoção
de medidas progressivas de caráter nacional e internacional, por assegurar o seu
reconhecimento e a sua observância universais e efetivos, tanto entre os povos dos
próprios Estados Membros, quanto entre os povos dos territórios sob sua jurisdição.
Assinale a única afirmativa CORRETA quanto à Declaração Universal dos Direitos
Humanos:
A. ( ) todo o homem tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades
estabelecidos nesta Declaração desde que respeitados a distinção da espécie, raça,
cor, sexo, língua, religião, opinião política.

243
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) poderá ser feita distinção fundada na condição política, jurídica ou internacional


do país ou território a que pertença uma pessoa, quer se trate de um território
independente, sob tutela, sem governo próprio, quer sujeito a qualquer outra
limitação de soberania.
C. ( ) todo o homem, vítima de perseguição, tem o direito de procurar e de gozar
asilo em outros países. Este direito não pode ser invocado em casos de perseguição
legitimamente motivada por crimes de direito comum ou por atos contrários aos
objetivos e princípios das Nações Unidas.
D. ( ) ninguém será mantido em servidão salvo em caso de guerra declarada.

15a QUESTÃO - Marque a alternativa CORRETA. De acordo com o que prescreve


a Constituição da República Federativa do Brasil, trata-se de crime inafiançável e
imprescritível, sujeito à pena de reclusão, nos termos da lei, a prática de:
A. ( ) Racismo.
B. ( ) Tortura.
C. ( ) Tráfico ilícito de drogas.
D. ( ) Sequestro.

16a QUESTÃO - De acordo com o que prescreve a Constituição da República


Federativa do Brasil, nas alternativas abaixo marque V para as que forem
verdadeiras e F para as que forem falsas. A seguir assinale a alternativa que
corresponda à seqüência de respostas CORRETA.
1. ( ) Os analfabetos são inelegíveis, mas podem votar, caso queiram.
2. ( ) Desde que atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer, é
livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão.
3. ( ) A casa é o asilo inviolável do indivíduo mas, havendo determinação judicial,
nela pode-se penetrar, sem o consentimento do morador, a qualquer hora do dia e
da noite.
4. ( ) A prisão de qualquer pessoa e o local onde se encontre serão comunicados
imediatamente ao juiz competente e à família do preso ou à pessoa por ele indicada.
A. ( ) F - F - F - V.
B. ( ) V - V - F - V.
C. ( ) F - V - V - F.
D. ( ) V - F - V - F.

17a QUESTÃO - A lei penal poderá retroagir quando beneficiar:


A. ( ) a sociedade.
B. ( ) a vítima.
C. ( ) o poder judiciário.
D. ( ) o réu.

18a QUESTÃO - “Em meio à polêmica envolvendo sua participação na campanha


às eleições municipais e diante do ressentimento demonstrado por alguns
parlamentares da base aliada, que criticaram a conduta do PT no processo eleitoral,
o presidente Luiz Inácio Lula da Silva garantiu que continuará dedicando aos
prefeitos dos diversos partidos atenção especial.”
A participação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva na campanha às eleições
municipais diz respeito ao direito:
A. ( ) Individual.
B. ( ) Social.
C. ( ) Político.
D. ( ) Civil.

244
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

19a QUESTÃO - São considerados direitos sociais, conforme a Constituição da


República Federativa do Brasil, promulgada pela Assembléia Nacional Constituinte,
em 05 de outubro de 1988:
A. ( ) A educação, a saúde, o trabalho e o lazer.
B. ( ) A segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e ao casamento.
C. ( ) A assistência aos desempregados, o trabalho, sufrágio universal e a saúde.
D. ( ) A licença à gestante, salário família, casamento e educação.

20a QUESTÃO - A instrução será orientada no sentido do pleno desenvolvimento


da personalidade humana e do fortalecimento do respeito pelos direitos do homem
e pelas liberdades fundamentais. Os pais têm prioridade de direito na escolha do
gênero de instrução que será ministrada a seus filhos. Assim, é CORRETO afirmar
que:
A. ( ) O ensino fundamental será acessível a todos, baseado no mérito.
B. ( ) A instrução elementar e fundamental será gratuita e obrigatória.
C. ( ) A instrução técnica e profissional será gratuita e obrigatória.
D. ( ) A instrução superior será gratuita e acessível a todos.

21a QUESTÃO - “O processo de autodepuração por que passa a corporação é fruto


de duas mudanças que tiveram início nos anos 90 e começaram a se consolidar
agora por expor feridas, para purgá-las em seguida, em vez de escondê-las até que
se transformem em um câncer incurável.” O texto revela a guerra do grupo de
agentes de elite contra o crime organizado e a corrupção na própria Polícia Federal.
É CORRETO afirmar que a Polícia Federal tem por missão:
A. ( ) Exercer a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública.
B. ( ) Executar o patrulhamento ostensivo das rodovias federais.
C.( ) Prevenir e reprimir o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, o
contrabando e o descaminho.
D. ( ) Defender a Pátria e garantir os poderes constitucionais.

22a QUESTÃO - No que diz respeito à Declaração Universal dos Direitos Humanos
é CORRETO afirmar que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os
membros da família humana e seus direitos iguais e inalienáveis é o fundamento da:
A. ( ) liberdade, humanidade e paz no mundo.
B. ( ) fraternidade, humanidade e paz no mundo.
C. ( ) fraternidade, justiça e paz no mundo.
D. ( ) liberdade, justiça e paz no mundo.

23ª QUESTÃO – É direito de uma pessoa presa em flagrante delito, conforme o


artigo 5º da Constituição da República Federativa do Brasil:
A. ( ) A identificação dos policiais e das testemunhas que presenciaram a sua prisão.
B. ( ) Assistência religiosa, da família e de advogado.
C. ( ) A comunicação de sua prisão e o local onde se encontra à pessoa por ele
indicada, imediatamente.
D. ( ) Ser mantida em cela especial, separada de outros presos, se menor de 21
anos.

24ª QUESTÃO – São direitos sociais, conforme o artigo 6º da Constituição da


República Federativa do Brasil:
A. ( ) A educação, a previdência social e a moradia.
B. ( ) A saúde, o trabalho e a propriedade.
C. ( ) A proteção à maternidade, a liberdade de consciência.

245
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) O lazer, a segurança, a previdência social e a livre manifestação de


pensamento.

25ª QUESTÃO – A expressão da atividade intelectual, artística, científica e de


comunicação é:
A. ( ) Livre, independentemente de censura ou licença.
B. ( ) Passível de censura e livre de licença.
C. ( ) Livre, independente de censura mas dependente de licença.
D. ( ) Passível tanto de censura quanto de licença.

26ª QUESTÃO - O habeas-data somente é cabível quando as informações constam


de:

A. ( ) bancos de dados que publicam listagens pela imprensa.


B. ( ) bancos de dados que cerceiam o crédito da pessoa.
C. ( ) bancos de dados de entidades governamentais e de caráter público.
D. ( ) bancos de dados que publicam listagens e cerceiam o crédito da pessoa.

27ª QUESTÃO – Com relação aos direitos e garantias fundamentais, previstos na


Constituição Federal, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) conceder-se-á “habeas-corpus” sempre que alguém sofrer ou se achar
ameaçado de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção , por
ilegalidade ou abuso de poder.
B. ( ) haverá prisão civil por dívida, exceto a do responsável pelo inadimplemento
voluntário e inescusável de obrigação alimentícia e a do depositário infiel.
C. ( ) é plena a liberdade de associação para ilícitos, vedada a de caráter paramilitar.
D. ( ) a lei só poderá restringir a publicidade dos atos processuais quando a defesa
da intimidade exigir.

28ª QUESTÃO – Com supedâneo no artigo 5º da Constituição da República


Federativa do Brasil promulgada no ano de 1988, referente aos direitos e deveres
individuais e coletivos é CORRETO afirmar:
A. ( ) Dependendo da censura e de licença prévia é livre a expressão da atividade
intelectual, artística, científica e de comunicação.
B. ( ) A casa é o asilo inviolável do indivíduo mas, havendo determinação judicial,
nela pode-se penetrar, sem o consentimento do morador, a qualquer hora do dia e
da noite.
C. ( ) No caso de iminente perigo público, a autoridade competente poderá usar de
propriedade particular, assegurada ao proprietário indenização ulterior se houver
dano.
D. ( ) É reconhecida a instituição do júri, com a organização que lhe der a lei,
assegurados, dentre outros, a competência para o julgamento dos crimes de lesão
corporal seguida de morte, roubo seguido de morte e seqüestro com o resultado
morte.

29ª QUESTÃO – Marque a única alternativa CORRETA. A lei penal retroagirá


quando beneficiar:
A. ( ) a vítima não fatal que desejar punição mais severa para o autor do crime.
B. ( ) uma comunidade local que está sofrendo com a ação de criminosos violentos.
C. ( ) a promotoria dos direitos humanos.
D. ( ) o réu.

246
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

30ª QUESTÃO – Marque a única alternativa CORRETA.


A DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS estabelece que:
A. ( ) Toda pessoa tem direito à liberdade de locomoção e residência independente
das fronteiras de seu Estado, podendo inclusive entrar e sair de qualquer país sem
ser molestado porque possui o direito de ir e vir.
B. ( ) Toda pessoa tem o direito de deixar qualquer país, inclusive o próprio, e a este
regressar.
C. ( ) Toda pessoa tem direito a nacionalidade que melhor lhe convier, possuindo
este direito de livre escolha.
D. ( ) A pessoa poderá ser arbitrariamente privada de sua nacionalidade assim como
poderá ser impedida arbitrariamente de mudar de nacionalidade.

31ª QUESTÃO – Constitui fundamento da República Federativa do Brasil, previsto


na Constituição Federal:
A. ( ) Monarquia.
B. ( ) Dignidade da pessoa humana.
C. ( ) Propagar a pobreza e a marginalização.
D. ( ) Garantir o desenvolvimento internacional.

32ª QUESTÃO - Em que situação estará a administração pública obrigada a


conceder o habeas data:
A. Para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa do
impetrante, constantes de registros ou bancos de dados de entidades
governamentais ou de caráter público;
B. Para proteger direito líquido e certo, quando o responsável pela ilegalidade ou
abuso de poder for autoridade pública;
C. Sempre que a falta de norma reguladora torne inviável o exercício dos direitos e
liberdades constitucionais;
D. Sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação
em sua liberdade de locomoção.

33a QUESTÃO – Em relação aos Direitos Humanos, marque (V) para as afirmativas
verdadeiras e (F) para as falsas. A seguir, assinale a alternativa que apresenta a
sequência CORRETA.
1. ( ) Homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações.
2. ( ) A prática do racismo constitui crime inafiançável e imprescritível.
3. ( ) É livre a manifestação do pensamento, mesmo no anonimato.
4. ( ) É assegurado aos presos o respeito a integridade física e moral.

A. ( ) F, V, F, V.
B. ( ) V, F, V, F.
C. ( ) V, V, F, V.
D. ( ) F, F, V, F.

34ª QUESTÃO – A Constituição da República Brasileira prevê que "todos são iguais
perante a lei, sem distinção de qualquer natureza...". Com base neste fundamento,
podemos considerar CORRETO que:
A. ( ) é assegurado o livre exercício de cultos religiosos, porém não é garantida a
proteção dos locais de realização destes cultos.

247
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) o direito à moradia não será concedido aos estrangeiros residentes no país,


que na forma da lei, adquiriram a nacionalidade brasileira.
C. ( ) constitui crime inafiançável e imprescritível a ação de grupos armados, civis
ou militares, contra a ordem constitucional e o Estado Democrático.
D. ( ) são elegíveis os analfabetos
35a QUESTÃO - “No Rio de Janeiro foi preso em julho passado um criminoso
conhecido como Vovô do Pó, Arlênio Antônio Luiz, com 57 anos, sob acusação de
comandar o tráfico de drogas no Morro da Chatuba, na Baixada Fluminense.”
(Revista Isto É, nº 1955, de 18 de Abril de 2007). Segundo a Declaração Universal
dos Direitos Humanos (DUDH), o Vovô do Pó, acusado da prática de um crime,
TERÁ o direito a:
A. ( ) uma audiência justa e privada por parte de um tribunal dependente.
B. ( ) uma audiência parcial e privada por parte de um tribunal independente.
C. ( ) uma audiência justa e pública por parte de um tribunal independente e
imparcial
D. ( ) uma audiência justa e pública por parte de um tribunal independente e parcial.

36a QUESTÃO - Toda e qualquer pessoa que vier a cometer um crime estará sujeito
às penalidades previstas em lei. No nosso país, NÃO se aplica a pena de:
A. ( ) caráter perpétuo.
B. ( ) privação ou restrição da liberdade.
C. ( ) multa.
D. ( ) suspensão ou interdição de direitos.

37ª QUESTÃO – Com relação aos direitos e deveres individuais e coletivos,


previstos na Constituição Federal, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) pode haver crime sem lei anterior que o defina, bem como, pena sem prévia
cominação legal.
B. ( ) poderá haver prisão civil por dívida, exceto a do responsável pelo
inadimplemento voluntário e inescusável de obrigação alimentícia e a do depositário
infiel.
C. ( ) é assegurado o direito de resposta, maior até ao agravo, porém não haverá
indenização por dano material, moral ou à imagem.
D. ( ) conceder-se-á “habeas-data” para assegurar o conhecimento de informações
relativas à pessoa do impetrante, constantes de registros ou banco de dados de
entidades governamentais ou de caráter público.

38ª QUESTÃO – “Uma fila quilométrica chamou a atenção de quem passou, na


semana passada, pelo campus da universidade de São Paulo (USP), na capital
paulista. Debaixo de sol, cerca de 50 000 pessoas aguardavam para se inscrever
num concurso da Polícia Civil. Muitas ali nem sequer sabiam que a tal função de
auxiliar de papiloscopia é para recolher a impressão digital e identificar pessoas,
vivas ou mortas. Estavam interessadas nas 193 vagas e no salário de 530 reais...”
As pessoas que formavam a fila na esperança de conseguir um trabalho pleiteavam
A. ( ) seus direitos políticos.
B. ( ) seus direitos civis.
C. ( ) seus direitos sociais.
D. ( ) seus direitos individuais.

248
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

39ª QUESTÃO – “Eram 15h07min da quarta-feira 23. O horário exato está marcado
na última foto borrada da carreira de La Costa – a última. Foi clicada no instinto
treinado por 20 anos na profissão de repórter-fotográfico, no instante em que o tiro
lhe atingia o peito, atravessava o tórax e saía pelo ombro esquerdo. Depois viria a
queda, em frente ao acampamento de Sem-Teto no terreno da Volkswagen, em São
Bernardo do Campo, no ABC paulista. O fotógrafo La Costa foi assassinado quando
registrava uma invasão de Sem-Teto no berço político de Lula.” O texto revela a
questão da violência urbana que ameaça a paz social brasileira dia-a-dia. No que
diz respeito à Segurança Pública é CORRETO afirmar que:
A. ( ) é dever de todos e responsabilidade do estado.
B. ( ) é responsabilidade e dever do estado.
C. ( ) é responsabilidade e dever de todos.
D. ( ) é dever do estado, direito e responsabilidade de todos.

40ª QUESTÃO – Marque a alternativa INCORRETA.


A. ( ) Todos podem reunir-se pacificamente em locais abertos ao público, mediante
autorização.
B. ( ) Homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos da
Constituição Federal do Brasil.
C. ( ) Ninguém é obrigado a fazer alguma coisa senão em virtude de lei.
D. ( ) A manifestação de pensamento é livre.

41ª QUESTÃO – Dois amigos pescavam às margens do Rio Pará, no Povoado de


Pará dos Vilelas, no Município de Itaguara/MG e conversavam enquanto as iscas,
presas no anzol, se banhavam nas águas. O diálogo que eles estabeleciam era
sobre política: _ Oh Zeca, cê sabe que nóis tem um parente lá em Belzonte que é
tão inteligente que foi eleito deputado estadual com dezoito anos, sô!
_ Uai cumpade Zico, o meu subrim inda é mais inteligente! Cê vê que ele ganhô pra
vereador com dezesseis anos, uai?!! Oi pro se vê que minino arisco!
De acordo com o diálogo entre Zeca e Zico, assinale a resposta CORRETA.
A. ( ) Zeca e Zico falaram mentira porque a lei estabelece a idade mínima de
vinte e um anos para uma pessoa se eleger a deputado e dezoito para
vereador, além de atender a outros requisitos.
B. ( ) Zeca mentiu porque para uma pessoa se eleger a deputado estadual deve
ter no mínimo 30 anos de idade, dentre outros requisitos.
C. ( ) Zico falou a verdade porque uma pessoa maior de dezesseis e menor de
dezoito anos pode se eleger, desde que autorizado pelos pais, além de
atender outros requisitos.
D. ( ) Zeca e Zico falaram a verdade porque a lei estabelece a idade mínima de
dezoito anos para uma pessoa se eleger a deputado e dezesseis para
vereador, além de atender a outros requisitos.

42ª QUESTÃO – O direito a não sofrer violência ou coação em sua liberdade de


locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder É GARANTIDO através do seguinte
instrumento constitucional:
A. ( ) Hábeas-data.
B. ( ) Mandado de injunção.

249
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Mandado de segurança.
D. ( ) Hábeas-corpus.

43ª QUESTÃO – A Constituição de 1988 afirma que os fundamentos da República


Federativa do Brasil são:
A. ( ) soberania, cidadania e pluralismo político.
B. ( ) bipartidarismo, estabilidade e soberania.
C. ( ) oposição, pluripartidarismo e ufanismo.
D. ( ) segurança nacional, repressão e hierarquia

44ª QUESTÃO – Conforme prevê a Declaração Universal dos Direitos do Homem,


o direito de asilo em outros países:
A. ( ) é assegurado a todo homem, vítima de perseguição legítima.
B. ( ) pode ser invocado por autor de atos contrários aos objetivos e princípios das
Nações Unidas.
C. ( ) pode ser invocado em casos de perseguição legitimamente motivada por
crimes de direito comum.
D. ( ) todo o homem, vítima de perseguição, tem o direito de procurar e de gozar
asilo em outros países.

45ª QUESTÃO – A Declaração Universal dos Direitos Humanos é um dos


documentos básicos das Nações Unidas e foi assinada em 1948. Nela, são
enumerados os direitos que todos os seres humanos possuem. Assinale a única
afirmativa CORRETA:
A. ( ) Todo ser humano tem direito a receber dos tribunais nacionais competentes
remédio efetivo para os atos que violem os direitos que lhe sejam reconhecidos
apenas pela constituição federal.
B. ( ) O homem acusado de um ato delituoso tem o direito de ser presumido culpado
até que a sua inocência tenha sido provada de acordo com a lei, em julgamento
público no qual lhe tenham sido asseguradas todas as garantias necessárias a sua
defesa.
C. ( ) Todo ser humano tem direito à liberdade de pensamento, consciência e
religião; este direito inclui a liberdade de mudar de religião ou crença e a liberdade
de manifestar essa religião ou crença, pelo ensino, pela prática, pelo culto e pela
observância, em público ou em particular.
D. ( ) A escravidão e o tráfico de escravos estão proibidos em todas as suas formas,
salvo nos casos de guerras declaradas
46ª QUESTÃO – De acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil
de 1988, em seu artigo 5º e seus incisos que trata dos direitos e deveres individuais
e coletivos, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) A criação de associações e, na forma da lei, a de cooperativas independem de
autorização desde que seu estatuto de funcionamento esteja em concordância com
parâmetros de funcionamento do governo estatal.
B. ( ) Todos têm direito a receber dos órgãos públicos informações do seu interesse
particular, ou de interesse coletivo ou geral, que serão prestadas no prazo da lei,
sob pena de responsabilidade, ressalvadas aquelas cujo sigilo seja imprescindível
à segurança da sociedade e do Estado.
C. ( ) A lei penal não retroagirá, salvo para punição do réu.
D. ( ) A lei considerará crimes inafiançáveis e insuscetíveis de graça ou anistia a
prática da tortura, peculato, o tráfico ilícito de entorpecentes e drogas afins, o

250
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

terrorismo e os definidos como crimes hediondos, por eles respondendo os


mandantes, os executores e os que, podendo evitá-los, se omitirem.

47ª QUESTÃO – De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos é


CORRETO afirmar que:
A. ( ) Todo ser humano tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades
estabelecidos na Declaração Universal dos Direitos Humanos, sem quaisquer
distinções.
B. ( ) Os direitos humanos somente serão exercidos em países que assinarem
tratados com a ONU.
C. ( ) A escravidão ou servidão bem como o tráfico de escravos só serão mantidas
em países cuja prática da escravidão é considerada dever religioso.
D. ( ) Todo ser humano tem direito a liberdade de opinião e expressão; este direito
inclui a liberdade de, sem interferência, ter opiniões e de procurar, receber e
transmitir informações e ideias por quaisquer meios desde que dentro das fronteiras
de seu país de origem.

48ª QUESTÃO – Durante “uma operação conjunta entre policiais civis e militares
resultou na prisão de seis acusados de participar de um triplo homicídio no Bairro
Taquaril, na Região Leste de BH.” (Jornal Estado de Minas, de 26 de agosto de
2006). De acordo com o previsto na Declaração Universal dos Direitos Humanos,
marque a resposta CORRETA:
A. ( ) toda pessoa acusada de um ato delituoso tem o direito de ser presumida
inocente até que a sua culpabilidade tenha sido provada de acordo com a lei, em
julgamento público no qual lhe tenham sido asseguradas todas as garantias
necessárias à sua defesa.
B. ( ) ninguém será submetido à tortura, nem a tratamento ou castigo cruel,
desumano ou degradante, exceto as pessoas acusadas da prática de crime.
C. ( ) toda pessoa tem direito, em plena igualdade, a uma audiência justa e pública
por parte de um tribunal independente e parcial, para decidir de seus direitos e
deveres ou do fundamento de qualquer acusação criminal contra ela.
D. ( ) qualquer cidadão poderá ser arbitrariamente preso, detido ou exilado.

49ª QUESTÃO – A Constituição da República Federativa do Brasil prevê que “todos


são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza...”. Com base no
enunciado, marque a resposta correta no que tange aos direitos e deveres
individuais e coletivos:
A. ( ) a prática do racismo não constitui crime inafiançável e imprescritível.
B. ( ) a lei penal não retroagirá, salvo para beneficiar o réu.
C. ( ) a pena de banimento é uma pena prevista em lei e aplicada no Brasil.
D. ( ) aos presos não é assegurado o respeito à integridade física e moral.

50a QUESTÃO – Sobre a Declaração Universal dos Direitos Humanos, adotada e


proclamada pela Resolução n° 217-A (III) da Assembléia Geral das Nações Unidas
em 10 de dezembro de 1948, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Todo ser humano tem o direito à liberdade de opinião e expressão; este direito
inclui a liberdade de, sem interferência, se expressar ainda que fira a integridade
moral de outrem.
B. ( ) Todo ser humano tem direito à instrução. A instrução será gratuita, pelo menos
nos graus mais elementares e fundamentais. A instrução elementar é facultada ao
ser humano.

251
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

C. ( ) Os homens e mulheres de maior idade, sem qualquer restrição de raça,


nacionalidade ou religião, têm o direito de contrair matrimônio e fundar uma família.
D. ( ) A liberdade religiosa é acessível a todo ser humano desde que sua
manifestação seja feita de forma coletiva e em particular apenas.

51ª QUESTÃO – De acordo com a Constituição Federativa do Brasil, de 1988, é


reconhecida a instituição do júri, com a organização que lhe der a lei, assegurada:
A. ( ) A plenitude de defesa.
B. ( ) A publicidade das votações.
C. ( ) A desqualificação dos veredictos.
D. ( ) A competência para o julgamento dos crimes dolosos contra o patrimônio
52ª QUESTÃO – Marque a única alternativa CORRETA. Para assegurar o
conhecimento de informações relativas à pessoa do impetrante, constantes de
registros ou bancos de dados de entidades governamentais ou de caráter público,
CONCEDER-SE-Á:
A. ( ) Hábeas-data.
B. ( ) Hábeas-corpus.
C. ( ) Mandado de segurança.
D. ( ) Mandado de injunção.

53ª QUESTÃO – Com relação ao tema Direitos e Garantias Fundamentais previstos


na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, marque a alternativa
INCORRETA:
A. ( ) As normas que definem os direitos fundamentais necessitam de outras normas
para sua aplicação imediata.
B. ( ) No Brasil, tratados e convenções internacionais sobre direitos humanos caso
aprovados conforme procedimento previsto na Constituição serão equivalentes às
emendas constitucionais.
C. ( ) Os direitos e garantias expressos na Constituição não excluem outros
decorrentes dos tratados internacionais em que a República Federativa do Brasil
seja parte.
D. ( ) Não será concedida a extradição de brasileiro nato por crime político ou de
opinião, nem de estrangeiro na mesma hipótese.

54ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. A presunção da inocência


prevista na Constituição Federal Brasileira de 1988, Artigo 5º, Inciso LVII, é definida
como:
A. ( ) Toda pessoa será considerada inocente, até que sejam garantidos o devido
processo legal, a ampla defesa e o direito ao contraditório.
B. ( ) Nenhum cidadão será considerado culpado sem que lhe seja garantido o direito
de defesa.
C. ( ) Ninguém será considerado culpado até trânsito em julgado de sentença penal
condenatória.
D. ( ) Todo acusado de um ato delituoso tem o direito de ser presumido inocente até
que sua culpabilidade tenha sido provada.

55ª QUESTÃO – Marque a alternativa CORRETA. A Declaração Universal dos


Direitos Humanos (DUDH), aprovada pela Organização das Nações Unidas (ONU),
em 10 de dezembro de 1948, em seu Artigo III, prescreve que todas as pessoas têm
direito:
A. ( ) A vida, a propriedade, a liberdade e igualdade.

252
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) A liberdade, a igualdade e a fraternidade.


C. ( ) A vida, a propriedade e a integridade física.
D. ( ) A vida, a liberdade e a segurança pessoal.

56a QUESTÃO - A Declaração Universal dos Direitos Humanos foi promulgada


em:
A. ( ) 1749, durante a campanha militar de Átila o rei dos Unos.
B. ( ) 1948, após a segunda guerra mundial.
C. ( ) 1842, durante a guerra dos confederados americanos.
D. ( ) 1776, com a libertação das treze colônias Americanas.

57a QUESTÃO - Sobre Direitos e Garantias Fundamentais é CORRETO afirmar:


A. ( ) homens e mulheres são iguais em direitos e obrigações, nos termos da lei,
mas somente após o casamento civil.
B. ( ) ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em
virtude de força maior a critério da autoridade policial.
C. ( ) ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumano ou degradante,
não valendo este preceito em caso de operações militares de caráter especifico
devidamente comandadas.
D. ( ) é assegurado o direito de resposta, proporcional ao agravo, além da
indenização.

58a QUESTÃO - A nossa atual constituição marcou época, recepcionou as


premissas alinhadas na “Declaração Universal dos Direitos Humanos” como
nenhuma outra antes o fizera, abrindo caminho para a plena reafirmação dos
Direitos Humanos e para novas conquistas sociais. Por isto mesmo ela passou
a ser chamada informalmente de:
A. ( ) a constituição da Paz.
B. ( ) a constituição Cidadã.
C. ( ) a constituição dos excluídos.
D. ( ) a constituição do século XXI.

59a QUESTÃO - Conceder-se-á “mandado de injunção“ sempre que:


A. ( ) alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer violência ou coação em sua
liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de poder.
B. ( ) para proteger direito líquido e certo, não amparado por "habeasdata", quando
o responsável pela ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente
de pessoa jurídica no exercício de atribuições do Poder Público.
C. ( ) para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa do
impetrante, constantes de registros ou bancos de dados de entidades
governamentais ou de caráter público.
D. ( ) a falta de norma regulamentadora torne inviável o exercício dos direitos e
liberdades constitucionais e das prerrogativas inerentes à nacionalidade, à
soberania e à cidadania.

60ª QUESTÃO – De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos


marque a única alternativa INCORRETA:

A. ( ) Toda pessoa tem direito à instrução que será gratuita pelo menos nos graus
elementares e fundamentais.

253
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

B. ( ) A maternidade e a infância geram direito a cuidados e assistências especiais,


exceção feita para crianças nascidas fora do matrimônio, que não gozarão
de idêntica proteção social.
C. ( ) O repouso e o lazer são direitos assegurados na Declaração Universal dos
Direitos Humanos.
D. ( ) Toda pessoa tem direito à propriedade, só ou em sociedade com outros.

61ª QUESTÃO - No ano passado, no mês de maio, João Mizão e Maria Fazinha
decidiram se casar. João Mizão, auxiliar de serviços gerais, e sua noiva, professora,
requereram do cartório isenção da taxa referente à certidão de casamento. Na
mesma época, a Sra Célia Tunner, executiva, deu a luz uma linda garotinha, e seu
marido, o Sr Roberto Jimi, empresário, requereu do cartório a isenção da taxa
referente ao registro civil de nascimento.

Diante dos fatos narrados acima, responda a única alternativa CORRETA:

A. ( ) João Mizão e Maria Fazinha conseguiram, por direito, a gratuidade da


certidão de casamento, de acordo com os direitos individuais e coletivos
previstos na Constituição Federal.
B. ( ) O Sr Roberto Jimi não conseguiu a gratuidade do registro civil de nascimento
de sua filha, visto que esta situação não é contemplada nos direitos
individuais e coletivos previstos na Constituição Federal.
C. ( ) João Mizão e Maria Fazinha não conseguiram a gratuidade da certidão de
casamento, nem o Sr Roberto Jimi a gratuidade do registro civil de
nascimento de sua filha, visto que as hipóteses não são contempladas nos
direitos individuais e coletivos previstos na Constituição Federal.
D. ( ) O Sr Roberto Jimi conseguiu, por direito, a gratuidade do registro civil de
nascimento de sua filha, de acordo com os direitos individuais e coletivos
previstos na Constituição Federal.

62ª QUESTÃO – No que diz respeito à Declaração Universal dos Direitos Humanos
é correto afirmar que o reconhecimento da dignidade inerente a todos os membros
da família humana e seus direitos iguais e inalienáveis é o fundamento da:
A. ( ) liberdade, humanidade e paz no mundo.
B. ( ) fraternidade, humanidade e paz no mundo.
C. ( ) fraternidade, justiça e paz no mundo
D. ( ) liberdade, justiça e paz no mundo.

63ª QUESTÃO – “Toda pessoa tem direito a receber dos tribunais nacionais
competentes recurso efetivo para os atos que violem os direitos fundamentais que
lhe sejam reconhecidos pela constituição ou pela lei.”- Artigo 8º da Declaração
Universal dos Direitos Humanos. No que se refere aos recursos previstos na
Constituição da República, relacione a 1ª coluna com a 2ª coluna. A seguir marque
a sequência CORRETA:

( ) conceder-se-á sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado de sofrer coação


em sua liberdade de locomoção, por ilegalidade ou abuso de autoridade.
( ) conceder-se-á para proteger direito líquido e certo, quando o responsável pela
ilegalidade ou abuso de poder for autoridade pública ou agente de pessoa jurídica
no exercício de atribuições do poder público.

254
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

( ) conceder-se-á para assegurar o conhecimento de informações relativas à pessoa


do impetrante, constante de registros ou bancos de dados de entidades
governamentais ou de caráter público.
( ) conceder-se-á sempre que a falta de norma regulamentadora torne inviável o
exercício dos direitos e liberdades constitucionais e das prerrogativas inerentes à
nacionalidade, à soberania e à cidadania.
( ) conceder-se-á para retificação de dados, quando não se prefira faze-lo por
processo sigiloso, judicial ou administrativo.

1- Hábeas corpus
2- Hábeas data
3- Mandado de segurança
4- Mandado de injunção

A. ( ) 1, 2, 3, 4, 2
B. ( ) 1, 3, 2, 2, 4
C. ( ) 1, 3, 2, 4, 2
D. ( ) 1, 2, 3, 2, 4

64ª QUESTÃO – João e Juan são amigos. Eles são jovens adolescentes que
conversam sobre tudo, inclusive política. A respeito das eleições de 1º de outubro,
ambos se interessaram em votar. Contudo pairou sobre eles uma dúvida: Em que
caso, dentre os descritos abaixo, o voto é facultativo? Responda a alternativa
CORRETA:
A. ( ) para os maiores de sessenta anos de idade.
B. ( ) para os maiores de quatorze anos e menores de dezesseis.
C. ( ) para os maiores de dezesseis e menores de vinte e um anos.
D. ( ) para os maiores de setenta anos de idade.

65ª QUESTÃO – Nas afirmativas abaixo, assinale (V) para as que forem verdadeiras
e (F) para as que forem falsas e, a seguir, assinale a alternativa que corresponda à
sequência CORRETA:
1. ( ) a prisão ilegal será imediatamente relaxada pela autoridade judiciária.
2. ( ) o preso será informado de seus direitos, entre os quais o de permanecer calado.
3. ( ) o preso tem direito a identificação dos responsáveis por sua prisão ou por seu
interrogatório policial.
4. ( ) às presidiárias serão asseguradas condições para que possam permanecer
com seus filhos até um ano após o nascimento.
A. ( ) V,F,V, F.
B. ( ) V,V,V,F.
C. ( ) F,F,V,V.
D. ( ) V,V,F,F.

66ª QUESTÃO – De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, de


10 de dezembro de 1948, é CORRETO afirmar que:
A. ( ) Toda pessoa tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal.
B. ( ) Ninguém será submetido à tortura, salvo nos casos de autoria de crime contra
a segurança nacional.
C. ( ) Quando o país estiver em estado de sítio poderá ocorrer a detenção e a prisão
arbitrária.
D. ( ) Toda pessoa tem direito a repouso e a lazer, inclusive a limitação razoável das
horas de trabalho e férias anuais não remuneradas.

255
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

67ª QUESTÃO – De acordo com o artigo 14 da Constituição da República


Federativa do Brasil, de 5 de outubro de 1988, a soberania popular será exercida
pelo sufrágio universal e pelo voto direto e secreto, com valor igual para todos, e,
nos termos da lei, mediante:
A. ( ) Eleição do Presidente da República, dos Governadores dos Estados e
Prefeitos Municipais.
B. ( ) Aprovações de normas e regulamentos diversos pelo Congresso Nacional
(Câmara dos Deputado e Senado Federal), Assembléias Legislativas dos Estados
e Câmaras de Vereadores dos Municípios.
C. ( ) Plebiscito, referendo e iniciativa popular.
D. ( ) Eleições de Senadores, Deputados federais e Estaduais, como também dos
Vereadores Municipais.

68ª QUESTÃO – O artigo 5º da Constituição da República Federativa do Brasil, de


5 de outubro de 1988, elenca os direitos e os deveres individuais e coletivos
afirmando que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza,
garantindo aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do
direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. Com base na
afirmação acima marque a única opção CORRETA.
A. ( ) O artigo 5º não reconhece a gratuidade do hábeas corpus e do hábeas data,
e, na forma da lei, os atos necessários ao exercício da cidadania.
B. ( ) O artigo 5º reconhece a inviolabilidade da intimidade, da vida privada, da honra
e da imagem, assegurando o direito a indenização pelo dano moral ou material
decorrente de sua violação.
C. ( ) O artigo 5º reconhece a gratuidade do Mandado de Segurança.
D. ( ) O artigo 5º reconhece a individualização da pena e a adoção, como pena
possível de ser aplicada, o banimento e a perda de bens.

69ª QUESTÃO – De acordo com os Direitos e Deveres Individuais e Coletivos


existentes na Constituição da República Federativa do Brasil, é CORRETO afirmar
que:
A. ( ) Em hipótese alguma, alguém pode ser privado de direitos por motivo de crença
religiosa.
B. ( ) É livre a manifestação de pensamento, sendo permitido o anonimato.
C. ( ) É plena a liberdade de associação para fins lícitos, vedada a de caráter
paramilitar.
D. ( ) É livre a expressão da atividade artística, observados, no entanto, a censura
e a licença.

70ª QUESTÃO – De acordo com a Declaração Universal dos Direitos Humanos


(DUDH), proclamada por Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas, é
CORRETO afirmar que:
A. ( ) Ficou estipulado que a lei protegerá qualquer forma de intromissão na vida
privada das pessoas.
B. ( ) Todos os seres humanos podem invocar os direitos proclamados na DUDH,
com exceção das distinções fundadas no estatuto político do país da naturalidade
da pessoa.
C. ( ) Em países sujeitos a alguma limitação de soberania, podem ocorrer distinções
entre as pessoas de acordo com o estatuto jurídico do respectivo país.

256
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

D. ( ) Uma das finalidades de se proclamar a DUDH é a de que todos os indivíduos


se esforcem, pelo ensino e pela educação, por desenvolver o respeito desses
direitos e liberdades.

71ª QUESTÃO – Durante uma palestra sobre os preceitos existentes na


Constituição da República Federativa do Brasil acerca da família, criança,
adolescente, jovem e idoso, foram feitas as seguintes afirmativas:
I. É função da família, Estado e sociedade o amparo às pessoas idosas,
assegurando sua participação na comunidade.
II. Os pais têm o dever de educar, criar e assistir os filhos menores.
III. O Estado promoverá programas de assistência integral à saúde da criança,
admitida a participação de entidades não governamentais.
IV. É dever da família, da sociedade e do Estado colocar o jovem a salvo de toda
forma de discriminação.
Estão CORRETAS as assertivas:
A. ( ) I e III, apenas.
B. ( ) I, II e IV, apenas.
C. ( ) II e IV, apenas.
D. ( ) Todas estão corretas.

GABARITO DH PARTE GERAL


1) A 2) B 3) B 4) C 5) C 6) D 7) C 8) D 9) D 10) C
11) C 12) A 13) A 14) C 15) A 16) B 17) D 18) C 19) A 20 B
21) C 22) D 23) C 24) A 25) A 26) C 27) A 28) C 29) D 30) B
31) B 32) A 33) C 34) C 35) C 36) A 37) D 38) C 39) D 40) A
41) A 42) D 43) A 44) D 45) C 46) B 47) A 48) A 49) B 50) C
51) A 52) A 53) A 54) C 55) D 56) B 57) D 58) B 59) D 60) B
61) D 62) D 63) C 64) D 65) B 66) A 67) C 68) B 69) C 70) D
71) D ---- ---- ----- ----- ---- ---- ---- ---- ----

257
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

5.2 ESTATUTO DO IDOSO


1ª QUESTÃO – Em relação aos direitos assegurados às pessoas com idade igual
ou superior a 60 (sessenta) anos, previstos no Estatuto do Idoso, assinale "V" para
as afirmativas verdadeiras e "F" para as falsas e, a seguir, marque a alternativa que
contém a sequência de respostas CORRETA, na ordem de cima para baixo.
( ) Os casos de suspeita ou confirmação de violência praticada contra idosos serão
objeto de notificação compulsória pelos serviços de saúde públicos e privados à
autoridade sanitária.
( ) Aos maiores de 60 (sessenta) anos fica assegurada a gratuidade dos transportes
coletivos públicos urbanos e semiurbanos.
( ) A participação dos idosos em atividades culturais e de lazer será proporcionada
mediante descontos de até 50% (cinquenta por cento) nos ingressos para eventos
artísticos, culturais, esportivos e de lazer, bemcomo o acesso preferencial aos
respectivos locais.
( ) No sistema de transporte coletivo interestadual é garantido a reserva de 2 (duas)
vagas gratuitas por veículo para idosos com renda igual ou inferior a 1 (um) salário-
mínimo.
( ) A reserva das vagas nos estacionamentos públicos e privados destinada para os
idosos, nos termos da lei local, de 5% (cinco por cento), deverão ser posicionadas
de forma a garantir a melhor comodidade ao idoso. V, F, F, F, V
A. ( ) F, V, V, V, F.
B. ( ) V, F, F, F, V.
C. ( ) V, F, V, F, F.
D. ( ) F, V, F, V, V.

2ª QUESTÃO – Com base no Estatuto do Idoso – Lei n. 10.741/2003 marque a


alternativa CORRETA:
A. ( ) Nos currículos dos diversos níveis de ensino formal serão inseridos conteúdos
voltados ao processo de envelhecimento, ao respeito e à valorização do idoso, de
forma a eliminar o preconceito e a produzir conhecimentos sobre a matéria.
B. ( ) Os casos de suspeita ou confirmação de violência praticada contra idosos
serão objeto de notificação compulsória pelos serviços de saúde à autoridade
Judiciária.
C. ( ) Os crimes definidos no Estatuto do Idoso são de ação penal pública
condicionada a representação do idoso ou de algum familiar.
D. ( ) O Estado deve garantir à pessoa idosa os direitos civis e políticos ressalvadas
as restrições legais da participação na vida pública.

3ª QUESTÃO - De acordo com o Estatuto de Idoso, os casos de suspeita ou


confirmação de violência praticada contra idosos serão objeto de notificação
compulsória pelos serviços de saúde públicos e privados à autoridade sanitária, bem
como serão obrigatoriamente comunicados por eles a quaisquer dos seguintes
órgãos abaixo relacionados. Marque a alternativa INCORRETA:
A. ( ) Autoridade Policial.
B. ( ) Ministério Público.
C. ( ) Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa.
D. ( ) Conselho Municipal do Idoso.

258
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

4ª QUESTÃO - Sobre a Lei 10.741/03 (Estatuto do Idoso) examine as assertivas e


responda quais delas podem ser consideradas CORRETAS:
I- Idoso para a lei é a pessoa com idade igual ou superior a 60 anos.
II- É prioridade do Poder Público garantir ao idoso, entre outras coisas, o
recebimento da restituição do Imposto de Renda.
III- Considera-se violência contra o idoso qualquer ação ou omissão praticada em
local público ou privado que lhe cause morte, dano ou sofrimento físico ou
psicológico.
IV- Aplica-se ao Estatuto do Idoso o procedimento previsto na Lei n. 9099/95, à
exceção dos benefícios despenalizadores (conciliação, transação penal,
composição civil de danos ou conversão de pena) nos crimes cuja pena máxima
privativa de liberdade não exceda a 04 anos.
A. ( ) Os itens I e III são corretos.
B. ( ) Os itens I, III e IV são corretos.
C. ( ) Os itens I, II e III são corretos.
D. ( ) Os itens I, II, III e IV são corretos.
5ª QUESTÃO-De acordo com o Estatuto do Idoso marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) Ao cidadão é facultado comunicar à autoridade competente qualquer forma de
violação da Lei de que tenha conhecimento.
B. ( ) Os filhos poderão reter o seu cartão magnético de conta bancária relativo a
benefícios pelo tempo necessário ao recebimento de dívida adquirida pelo idoso.
C. ( ) Todos os crimes previstos na Lei são de ação pública incondicionada.
D. ( ) A grande crítica dos especialistas à Lei é a ausência de medidas protetivas
destinadas ao idoso.

6ª QUESTÃO - Com relação ao Estatuto do Idoso, Lei nº 10.741/03, marque a


alternativa CORRETA:
A ( ) Aos idosos, a partir de 60 (sessenta) anos, que não possuam meios para prover
sua subsistência, nem de tê-la provida por sua família, é assegurado o benefício
mensal de 1 (um) salário-mínimo, nos termos da Lei Orgânica da Assistência Social
– LOAS.
B ( ) Aos maiores de 60 (sessenta) anos fica assegurada a gratuidade dos
transportes coletivos públicos urbanos e semiurbanos, exceto nos serviços seletivos
e especiais, quando prestados paralelamente aos serviços regulares.
C ( ) A participação dos idosos em atividades culturais e de lazer será proporcionada
mediante descontos de pelo menos 50% (cinquenta por cento) nos ingressos para
eventos artísticos, culturais, esportivos e de lazer.
D ( ) É assegurado aos idosos o tratamento preferencialmente nos hospitais em
detrimento de seu lar, devido ao maior conforto.

7ª QUESTÃO - Segundo o Estatuto do Idoso, marque a alternativa CORRETA:


A ( ) Aos maiores de 60 (sessenta) anos fica assegurada a gratuidade dos
transportes coletivos públicos urbanos e semi-urbanos, exceto nos serviços
seletivos e especiais, quando prestados paralelamente aos serviços regulares.
B ( ) Considera-se violência contra o idoso qualquer ação ou omissão praticada em
local público ou privado que lhe cause morte, dano ou sofrimento físico ou
psicológico.
C ( ) Aludida lei se destina a regular os direitos e deveres somente das mulheres
com idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos.
D ( ) As medidas de proteção ao idoso previstas nesta Lei poderão ser aplicadas
somente de forma isolada, para beneficiar o idoso.

259
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

8ª QUESTÃO – De acordo com o disposto na Lei nº 10.741, de 1º de outubro de


2003, que dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências, referente aos
direitos de transporte, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) A prioridade do idoso no embarque no sistema de transporte coletivo somente
ocorrerá nos prédios das rodoviárias municipais.
B. ( ) É assegurada a reserva, para os idosos, nos termos da lei local, de 5% (cinco
por cento) das vagas nos estacionamentos públicos e privados, as quais deverão
ser posicionadas de forma a garantir a melhor comodidade ao idoso.
C. ( ) Aos maiores de 60 (sessenta) anos fica assegurada, independentemente de
qualquer outra previsão legal, a gratuidade dos transportes coletivos públicos
urbanos e semiurbanos, exceto nos serviços seletivos e especiais, quando
prestados paralelamente aos serviços regulares.
D. ( ) Não há previsão, no sistema de transporte coletivo interestadual, de reserva
de vagas gratuitas por veículo para idosos.

9ª QUESTÃO – A Lei n. 10.741/03, que dispõe sobre o Estatuto do Idoso, assevera


ser obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público
assegurar ao idoso, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde,
à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania,
à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária. A
garantia de prioridade compreende:
I - atendimento preferencial imediato e individualizado junto aos órgãos públicos e
privados prestadores de serviços à população;
II - viabilização de formas alternativas de participação, ocupação e convívio do idoso
com as demais gerações;
III - priorização do atendimento do idoso por sua própria família, em detrimento do
atendimento asilar, exceto dos que não a possuam ou careçam de condições de
manutenção da própria sobrevivência;
IV – prioridade no recebimento do seguro-desemprego.

Estão CORRETAS as assertivas:


A. ( ) I, II e III, apenas.
B. ( ) II, III e IV, apenas.
C. ( ) I, II e IV, apenas.
D. ( ) I e III, apenas

10ª QUESTÃO - No que concerne ao transporte dos idosos, marque a alternativa


CORRETA de acordo com a Lei n. 10.741, de 01/10/2003 (Dispõe sobre o Estatuto
do Idoso e dá outras providências).
A. ( ) É assegurada a reserva, para os idosos, nos termos da lei local, de 10% (cinco
por ento) das vagas nos estacionamentos públicos e privados, as quais deverão ser
posicionadas de forma a garantir a melhor comodidade ao idoso.
B. ( ) Aos maiores de 65 (sessenta) anos fica assegurada a gratuidade dos
transportes coletivos públicos urbanos e semi-urbanos, exceto nos serviços
seletivos e especiais, quando prestados paralelamente aos serviços regulares.
C. ( ) Nos veículos de transporte coletivo de que trata este artigo, serão reservados
5% (cinco por cento) dos assentos para os idosos, devidamente identificados com a
placa de reservado preferencialmente para idosos.
D. ( ) No sistema de transporte coletivo interestadual observar-se-á, nos termos da
legislação específica: I – a reserva de 3 (três) vagas gratuitas por veículo para idosos
com renda igual ou inferior a 2 (dois) salários-mínimos; II – desconto de 60%
(sessenta por cento), no mínimo, no valor das passagens, para os idosos que

260
CONTATO: ACIMADETUDOBRASIL@HOTMAIL.COM INSTAGRAM @ACIMADETUDOBRASIL

excederem as vagas gratuitas, com renda igual ou inferior a 2 (dois) salários


mínimos.

11ª QUESTÃO - De acordo com a Lei nº 10.741, de 01/10/03 (Estatuto do Idoso),


assinale a alternativa CORRETA.
A. ( ) É faculdade da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público
assegurar ao idoso, com prioridade relativa, a efetivação do direito à vida, à saúde,
à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, ao lazer, ao trabalho, à cidadania,
à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.
B. ( ) A inobservância das normas de prevenção importará em responsabilidade à
pessoa física ou jurídica nos termos da lei.
C. ( ) O Estatuto do Idoso destina-se a regular os direitos assegurados às pessoas
com idade igual ou superior a 65 (sessenta e cinco) anos.
D. ( ) As obrigações previstas nesta Lei excluem da prevenção outras decorrentes
dos princípios por ela adotados.

12ª QUESTÃO – De acordo com o disposto na Lei nº 10.741, de 1º de outubro de


2003, que dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências, referente aos
direitos de transporte, marque a alternativa CORRETA:
A. ( ) A prioridade do idoso no embarque no sistema de transporte coletivo somente
ocorrerá nos prédios das rodoviárias municipais.
B. ( ) É assegurada a reserva, para os idosos, nos termos da lei local, de 15% (cinco
por cento) das vagas nos estacionamentos públicos e privados, as quais deverão
ser posicionadas de forma a garantir a melhor comodidade ao idoso.
C. ( ) Aos maiores de 60 (sessenta) anos fica assegurada, independentemente de
qualquer outra previsão legal, a gratuidade dos transportes coletivos públicos
urbanos e semi-urbanos, exceto nos serviços seletivos e especiais, quando
prestados paralelamente aos serviços regulares.
D. ( ) Há previsão, no sistema de transporte coletivo interestadual, de reserva de
vagas gratuitas por veículo para idosos.

13ª QUESTÃO – De acordo com o previsto na Lei nº 10.741, de 01/10/2003, que


dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências, avalie as assertivas
abaixo:
I. Desdenhar, humilhar, menosprezar ou d