Você está na página 1de 24

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO


FACULDADE DE MEDICINA

ANEXO II

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DA PROVA ESCRITA DE


REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA DE MÉDICO 2016

 ÁREA DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA

1) CONTÉÙDO PROGRAMÁTICO

 Amniorrexe Prematura: Conceito e Incidência. Fatores Predisponentes. Fatores


Determinantes. Diagnóstico Diferencial. Diagnóstico. Conduta Propedêutica,
Laboratorial, Propedêutica fetal. Conduta Obstétrica. Aceleração da maturidade
Pulmonar Fetal.
 Fisiologia da Contração Uterina: O Músculo Uterino, propriedades do músculo
uterino. Fatores que Influenciam a contração uterina. Mecanismos. A atividade
uterina na Gestação. A atividade uterina no Trabalho de Parto e Puerpério.
Repercussões da Contração uterina: Maternas; Fetais; Correlação Clínica (percepção
á palpação, percepção a Dor. palpação de partes fetais). Drogas que Estimulam ou
Bloqueiam a Contração.
 Crescimento Intra – Uterino Restrito: Conceito (Curva de Crescimento Fetal),
incidência e importância clínica. Classificação, etiologia. Fatores fetais, maternos,
ambientais. Doenças Maternas. Fatores Placentários. Conduta Propedêutica
(avaliação da vitalidade fetal; avaliação da maturidade; conduta obstétrica: via de
parto, cuidado no parto, aceleração da maturidade pulmonar).
 Ética Médica e Legislação em Ginecologia e Obstetrícia: O segredo médico. Código
Penal. Código de Ética Médica. Aborto legal. Aborto Terapêutico. Aborto
sentimental. Procedimentos Legais. Esterilização. Reprodução Assistida (doação de
gametas ou embriões, conservações dos embriões, limite de transferência de
embriões). AIDS e Ética Médica.
 Gestação Múltipla: Conceito e incidência. Classificação. Fatores Predisponentes.
Tipos de placentas e cavidades ammióticas. Patologia da gestação múltipla.
Assimetria hemodinâmica. Gemelidade imperfeita. Conduta no pré-natal. Conduta
no trabalho de parto. O parto múltiplo (via de parto, conduta após nascimento do
primeiro feto; intervalo Interpartal; manobras no parto do segundo feto; cuidado no
puerpério)
 Distocias Feto- Anexiais: Apresentações anômalas. Cefálicas defletidas: bregma,
fronte e face. Não cefálicas: apresentação córmica e apresentação pélvica.
Diagnóstico e conduta obstétrica. Macrossomias: gerais e localizadas. Distocias
Anexiais: procedência de cordão; prolapso de cordão; manobra e conduta obstétrica.
 Distocias do Útero e do Trajeto: distocias do útero. Discinesias quantitativas:
hipossistolia, bradissistolia, hipotonia, hipersistolia, taquisistolia e hipertonia.
Discinesias qualitativas: incoordenações e inversão de gradiente. Distocias do

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 1


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

Trajeto: trajeto duro; diâmetros reduzidos, vícios pélvicos e doenças sistêmicas.


Trajeto mole: colo, vagina, vulva e tumores prévios. Partograma.
 Abortamento: Definição. Conceito. Incidência. Etiologia. Formas clinicas
epidemiológicas. Tratamento.
 Prenhez Ectópica: Definição. Incidência. Etiologia. Quadro clínico e diagnóstico.
Tratamento.
 Climatério: Introdução. Definição. Fatores que influenciam a idade da menopausa.
Mudanças e evolução endrocrinológica. Mecanismo de redução folicular. Fatores
reguladores de libertação de gonadotrofinas. Mudanças nos tecidos efetores.
Aspectos clínicos no climatério. Tratamento. Conclusão.
 Tumores Benignos e Malignos da Mama: Revisão da anatomia, embriologia,
fisiologia. Classificação. Fibroadenoma, adenoma, papiloma intracanalicular e
lipoma. Definição, diagnóstico diferencial e tratamento. Alterações funcionais
benignas das mamas: Definição. Sinonímia. Freqüência. Relação com o câncer de
mama. Etiopatogenia. Anatomia patológica e diagnóstico. Tratamento clinico e
cirúrgico.
 Incontinência Uretral: Conceito. Sinonímia. Aspectos Anatômicos. Fisiopatologia
da Micção. Etiopatogenia. Diagnóstico: clínico e complementar. Diagnóstico
diferencial. Classificação. Tratamento: cirúrgico e farmacológico.
 Distopias Genitais: Prolápso vaginal: anterior e posterior. Prolápso uterino: estática
uterina e classificação. Retroversão uterina; inversão crônica do útero. Prolápso de
cúpula vaginal após histerectomias. Alongamento hipertrófico de colo.
Etiopatogenia. Fatores predisponentes: constitucional (genético), traumáticos,
excessiva profundidade do fundo de saco de Douglas, hormonal, neurológico e
pressão intra-abdominal aumentada. Diagnóstico clínico. Diagnóstico diferencial.
Conduta cirúrgica.
 Fístulas: Conceito. Classificação. Etiologia. Diagnóstico: clínico, contraste vesical,
injeção de corante, cistoscopia, urografia excretora, colonoscopia e Raio X
contrastado. Tratamento cirúrgico: via alta ou baixa.
 Neoplasia Trofoblástica Gestacional - N. T. G.
 Introdução. Conceito. Epidemiologia. Etiopatogenia. Formas Clínicas. Diagnóstico.
Estadiamento de Lews. Diagnóstico Diferencial. Fatores Prognósticos ou de Risco.
Conduta/seguimento.
 Trajeto do Parto e Relações Útero-Fetais: Introdução. Conceito. Trajeto duro:
constituição óssea, bacia falsa e bacia verdadeira (escavação ou pélvis). Trajeto
mole: Constituição anatômica, Estreitamentos e Musculatura. Relações útero fetais:
atitude, apresentação (ipos e incidência), situação, posição, variedade de posição e
nomenclatura obstétrica.
 Mecanismo do Parto: Introdução. Conceito. Fases mecânicas do parto. Insinuação
ou encaixamento: definição, mecanismo, tipos e características morfológicas da
bacia. Descida. Rotação Interna e fisiologia. Desprendimento. Rotação externa ou
restituição. Despreendimento das espáduas. Objetivo e finalidade.
 Trabalho de Parto Prematuro: Conceito. Incidência. Epidemiologia. Fatores de risco
maternos. Fatores Iatrogênicos. Profilaxia. Tratamento: assistência pré-natal,
inibição do parto prematuro e condução do parto prematuro. Assistência imediata ao
RN prematuro.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 2


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

 Sofrimento Fetal Agudo: Conceito. Fisiopatologia: insuficiência uteroplacentária


aguda e insuficiência fetoplacentária aguda. Mecanismos defensivos fetais.
Etiologia. Diagnóstico: Clínico e Provas Biofísicas. Prognóstico. Conduta.
Profilaxia.
 Gestação Prolongada: Conceito. Gravidez Prolongada Fisiológica. Gravidez
Prolongada Patológica. Etiologia. Quadro Clínico. Exames de Avaliação Fetal.
Prognóstico. Tratamento.
 Cardiotocografia Anteparto: Conceito, Indicação. Alterações Basais: FCF Basal e
Oscilações. Alterações Transitórias: Acelerações e DIPS ou Desacelerações.
Classificação. Significado Clínico dos Padrões da FCF. Vantagens e desvantagens.
 Perfil Biofísico Fetal: Conceito. Indicação. Variáveis Agudas e Variáveis Crônicas.
Classificação. Vantagens e desvantagens. Perfil Biofísico Fetal Simplificado.
 Estudo Doppler em Ginecologia e Obstetrícia: Princípios Básicos: Efeito Doppler,
Doppler contínuo, Doppler pulsátil, Doppler Colorido e Índices Doppler.
Obstetrícia: Circulação útero-placentária, Circulação feto-placentária e Circulação
Cerebral. Ginecologia: Circulação uterina normal, Circulação ovariana normal,
Correlação Endocrinológicas e Estudos Doppler nas Neoplasias.
 Puerpério Normal e Patológico: Puerpério Normal: Conceito, Duração,
Classificação e Fenômenos Involutivos (Locais e Gerais). Puerpério Patológico:
Conceito, Patologia Puerperal Genital e Patologia Puerperal Extra genital
 Morfogênese e Morfologia da Placenta. Introdução: Importância do Estudo da
Placentogênese. Organogênese da placenta. Circulação Placentária: Circulação
uteroplacentária e Circulação Fetoplacentária. Morfologia da Placenta: Forma,
Aspecto, Peso e Topografia.
 Colposcopia: Unidade de Colposcopia (Instrumental). Técnica Colposcopia: Coleta
de material para a Colpocitologia Oncológica, Uso do Ácido Acético, Teste de
Schiller e Teste de azul de toluidina. Achados Colposcópicos: Zona de
transformação normal, Zona de transformação atípica, Processos inflamatórios,
Pólipos e Colposcopia insatisfatória. Biópsias de colo uterino.
 Doença Hemolítica Perinatal: Introdução: Histórico da Isoimunização Rh.
Caracterização dos Grupos sangüíneos. Freqüência e Incidência. Etiopatogenenia.
Diagnóstico. Acompanhamento de Gestante Rh Negativo não Isoimunizada.
Acompanhamento de Gestante Rh Negativo Isoimunizada. Tratamento: Transfusão
Intra-Uterina e Parto Prematuro Terapêutico. Profilaxia.
 Fisiologia e patologia da lactação: Introdução: Unidade morfo-funcional da Mama.
Crescimento e desenvolvimento da Mama. Complexo Hormonal da Lactação. Perfil
da Prolactinemia no ciclo grávido-puerperal: fator inibidor da prolactina (PIF).
Fases do processo de Lactação. Efeito Contraceptivo da Lactação: Métodos
Anticoncepcionais e Lactação. Métodos de Inibição da Lactação. Patologias da
Lactação. Caracterização clínica. Tratamento. Ultrassonografia em Ginecologia e
Obstetrícia. Introdução: Importância e Princípios Físicos do Ultra-som. Ultra-som
em Obstetrícia: Idade Gestacional pelo Ultra-Som, Diagnóstico de abortamento,
Retardo de crescimento Intra-Uterino, Graus de Maturidade Placentária, Avaliação
Semi-Quantitativa do Volume de Líquido Amniótico, Aplicação na Placenta Prévia,
no Deslocamento Prematuro de Placenta e na Gravidez Ectópica. Ultra – Som em
Ginecologia: Patologia Uterina e Avaliação Ovariana.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 3


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

 Fases Clínicas e Assistência ao Parto: Considerações: Fases Clínica do


Parto/Diagnóstico. Dilatação ou Primeiro Período: Mecanismo/Gráfico de
Freedmam. Expulsão ou Segundo Período: Diagnóstico Clínico. Secundamento ou
terceiro Período: Mecanismo de Deslocamento/Tipos. Greemberg ou quarto
Período: Conceito/Fases. Assistência e conduta nos Diversos Período do Parto.
 Tumores Benigno do Colo Uterino, Vagina e Vulva: Anatomia. Classificação:
Benignos e Lesões Precursoras do CA (Neoplasia Intraepitelial do Colo Uterino).
Tumores Benignos: Conceito, Etiologia, Macroscopia, Quadro Clínico, Diagnóstico
e Tratamento. Neoplasia Intraepitelial do Colo uterino: Conceito, Etiopatogenia,
Fatores de Risco (Agentes e Perfil da Mulher de alto risco), Quadro Clínico,
Diagnóstico, Terapêutica, Seguimento e Profilaxia.
 Tumores Benignos do Corpo Uterino: Classificação: Pólipos Endometriais, Mioma
Uterino e Hiperplasia Endometrial.
 Pólipos Endometriais: Conceito, Macroscopia, Quadro Clínico, Diagnóstico e
Tratamento.
 Mioma Uterino: Conceitos, Incidência, Etiopatogenia, Classificação, macroscopia,
alterações secundarias nos miomas, quadro clínico (manifestações clínicas gerais e
locais, sinais de transformação sarcomatosa), diagnóstico e tratamento/condutas.
 Hiperplasia Endometrial: Conceito, classificação, etiologia, quadro clínico,
diagnóstico, terapêutica e seguimento.
 Placenta Prévia: Conceito. Incidência. Classificação: Placenta Prévia Total, Placenta
Prévia Parcial, Placenta Prévia Marginal e Placenta Prévia Lateral. Etiopatogenia.
Quadro Clínico. Diagnóstico. Diagnóstico Diferencial: DPP, Rotura Uterina, Rotura
do Seio Marginal, Rotura de Vasa Prévia, Placenta Circunvalada e Varizes Genitais.
Conduta. Prognóstico.
 Descolamento Prematuro da Placenta – DPP: Conceito. Incidência. Etiopatogenia:
Hipertensão, Fator Mecânico, Fator Placentário, Multiparidade e Idade. Quadro
Clínico. Diagnóstico. Diagnóstico Diferencial: Placenta Prévia, Rotura Uterina e
Rotura do Seio Marginal. Tratamento. Prognóstico. Complicações Tardias.
 Planejamento Familiar: Conceito. Métodos Comportamentais e / ou Naturais. –
Conceito. Considerações sobre a sexualidade. Mecanismo de Ação. Modo de
Utilização. Eficácia. Complicações e Efeitos Colaterais. Métodos de Barreiras:
Conceito. Mecanismo de Ação. Técnica de Uso de Cada Tipo. Orientações. Índices
de Eficácia. Anticoncepção Hormonal Oral: Definição e Histórico. Farmacologia e
Farmacodinâmica. Classificação e Eficácia. Influência sobre os órgãos e sistemas.
Seleção dos pacientes e indicações. Outras Indicações terapêuticas. Seleção da
droga, modo de uso, posologia e seguimento. Contra indicação. Anticoncepção
emergencial. Efeitos colaterais. Anticoncepção Hormonal Injetável Mensal,
Trimestral e Implantes. Formas de apresentação e tipos de progestágenos. Níveis
séricos de atuação. Farmacologia e modo de ação. Doses e eficácias. Indicação e
contra – indicação. Vantagens e desvantagens. Técnica de inserção e extração dos
implantes. Dispositivo Intra – Uterino: Definição. Históricos e modelos.
Classificação e eficácia. - Indicação e contra – indicação. - Modo de uso e técnica de
inserção e remoção. Complicações e relação DIU e Gravidez.
 Esterilização Feminina e Masculina: Diferentes Técnica de Acesso. Eficácia.
Complicações. Resoluções e Reversibilidade.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 4


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

 Semiologia Obstétrica: Introdução. Dados Gerais. Anamnese Geral; Anamnese


Obstétrica: Antecedentes ginecológicos e Antecedentes obstétricos. Sinais
Subjetivos e objetivos. Exame Físico. Diagnóstico Clínico de Gravidez. Diagnóstico
Laboratorial de Gravidez.
 Endometriose: Conceito. Histórico. Causa de Endometriose. Relações Endometriose
/ Esterilidade. Diagnóstico. Classificação. Tratamento: Clínico e Cirúrgico.
Prevenção da Esterilidade.
 Assistência Pré–natal: Finalidade. Freqüência das consultas. Classificações das
gestações. Conduta: na primeira consulta e nas consultas subseqüentes. Exames de
Rotina na primeira consulta. Alterações do organismo materno. Distúrbios da
gravidez. Infecção e Infestações na Gravidez. Nutrição e ganho Ponderal na
Gravidez. Orientações Gerais. Gestação de Alto Risco. Hipertensão e Diabetes na
gravidez.
 Fisiologia do Clico Menstrual: Conceito: Menstruação, ciclo menstrual e menarca.
Hipotálamo. Hipófise. Ação esteróides ovarianos / eixo hipotálamo-hipófise. Fases
do ciclo menstrual. Fases folicular. Fases ovulatória. Fase Lútea. Ações esteróides
ovarianos sistema canalicular. Dismenorréia. Conceito, incidência, aspectos sócio-
econômicos e classificação. Dismenorreia Primária. Conceito, Etiopatogenia,
Aspectos Clínicos, Diagnóstico e Tratamento (Medidas Gerais, Hormonioterapia,
Inibidores prostaglandina sintetase, Cirurgia e Outros). Dismenorréia Secundária.
Conceito, Etiopatogenia, Aspectos Clínicos, Diagnóstico e Tratamento. Distúrbios
do Ciclo Menstrual. Fisiologia menstrual revista. Fatores Responsáveis pelo início
do sangramento menstrual. Fatores responsáveis pela autolimitação do sangramento
menstrual. Desvios menstruais: Alterações na duração da menstruação(
Hipermenorréia e hipomenorréia). Alterações do volume da menstruação
(Oligomenorreia). Alterações do intervalo do ciclo menstrual (Praiomenorreia,
Polimenorreia, Prolongamento intervalo ciclo menstrual, Opsomenorreia e
Espaniomenorreia). Outras Alterações do ciclo menstrual (Metrorragia, Menostáse e
Amenorréia).
 Fisiologia e Patologia da Puberdade: Conceito. Controle do início da puberdade.
Eixo hipotálamo-hipófise-gonadal da vida fetal à puberdade, Gonadotrofinas e
GnRH. Mecanismo do início da puberdade. Controle dos androgênios adrenais.
Adrenarca. Desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários. Puberdade
retardada. Conceito. Início homem. Início mulher. Etiologia. Controle.
Hipogonadismo hipogonadotrófico sem retardo adrenarca. Hipogonadismo
hipergonadotrófico. Diagnóstico: Clínico, Radiológico, Hormônios basais, Testes
dinâmicos e Dados Antropométricos. Tratamento clínico, cirúrgico. Puberdade
Precoce. Conceito. No homem. Na mulher. Fisiopatologia. Etiopatologia. Aspectos
clínicos. Diagnóstico: Clínico e complementar. Tratamento: clínico e cirúrgico.
 Esterilidade Conjugal: Conceito esterilidade. Conceito infertilidade. Incidência.
Conceito de fecundidade. Conceito de fertilidade. Requisitos para a fertilidade.
Fator masculino (Incidência). Fator feminino (Incidência): Fator vaginal, Fator
Cervical, Fator corporal, Fator tubário, Fator peritonial, Fator ovariano, Fator
imunológico e Fator psíquico.
 Diferenciação Sexual Normal e Anormal: Fertilização. Conceito de sexo. Conceito
de estados intersexuais. Diferenciação sexual normal. Desenvolvimento gonadal.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 5


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

Desenvolvimentos dos genitais internos. Desenvolvimentos dos genitais externos.


Diferenciação sexual anormal. Síndrome com gônadas em fita ou disgenética.
Pseudo-hermafroditismo masculino. Pseudo-hermafroditismo feminino.
Hemafroditismo verdadeiro. Outras formas de diferenciação sexual anormal.
Princípios norteadores da conduta.
 Tumores do Ovário: Conceito. Incidência. Fatores de Risco: Antecedente familiar,
Anomalias cromossômicas, Oncogênese, Agentes químicos, físicos e biológicos.
Diagnóstico: Clínico e Laboratorial. Classificação: Tumores de Células Epiteliais,
Tumores de Células Germinativas e Tumores do cordão sexuais (do Mesênquima
ativo e do Mesênquima inativo). Gonadoblastomas. Tumores não específicos do
ovário. Inclassificáveis. etastático (Krukenberg). Estadiamento. Tratamento:
Cirúrgico, Quimioterapia e Radiologia. Seguimento.
 Tocurgia: Conceito. Posições. Classificações dos atos Tocúrgicos. Operação pré-
operatória-materna. Operação pré-operatória sobre o feto e seus anexos. Atos
Tocúrgicos transpélvicos. Atos Tocúrgicos por via abdominal. Tocurgia no
secundamento e no puerpério. Cesárea. Parto Normal. Fórceps. Versão e Extração
podal. Operação Mutiladora do feto e do trajeto. Esterilização Cirúrgica. Vácuo
Extrator. Punção Craniana hidrocefalia. Curetagem. Microcesaria.
 Doença Hipertensiva Específica da Gravidez: Conceito, Incidência, Fatores de
Risco, Etiologia, Fisiopatologia, Diagnóstico Clínico-Laboratorial, Predição e
Prevenção, Conduta Clínica e Obstétrica na Pré-Eclâmpsia, Eclâmpsia, Síndrome
Hellp.
 Hipertensão Arterial Sistêmica: Conceito, Classificação, Epidemiologia,
Etiopatogenia, Fatores de Risco, Diagnóstico, Tratamento Clínico, Conduta
Obstétrica.
 Diabetes Mellitus: Classificação, Fisiopatologia, Diabetes Mellitus Gestacional,
Seguimento Pré-Natal, Puerpério, Complicações Neonatais.
 Doenças Sexualmente Transmissíveis: Alterações do Trato genital Inferior na
Gravidez, Cervicites e Uretrites, Vulvovaginites, Úlceras Genitais, Sífilis, Verrugas
Anogenitais, HPV, HIV.
 Medicina Fetal: Rastreamento das Anomalias Cromossômicas, Malformações
Fetais, Infecções Fetais, Infecções Congênitas, Procedimentos Invasivos.

2) BIBLIOGRAFIA BÁSICA SUGERIDA


1. Endocrinologia Ginecológica – Aspectos contemporâneos. Editor José Mendes
Aldrighi. São Paulo. Editora Atheneu, 2006.
2. Obstetrícia. Rezende, J. 13ª Ed. Editora Guanabara Koogan, 2011.
3. Obstetrícia. Zugaib, M. 2ª Ed. Editora Manole, 2012.
4. Novak. Tratado de Ginecologia. Editora Nova Guanabara, 2008.
5. Ginecologia de Willians. Ed. Mc Graw-Hill, 2011. ISBN 9788536325743.
6. www.saude.gov.br/saudedamulher

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 6


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

 ÁREA DE PEDIATRIA

1) CONTÉÙDO PROGRAMÁTICO

UNIDADE I – SEMIOLOGIA PEDIÁTRICA


 Anamnese. Identificação. Queixa principal. História da doença atual. Revisão dos
sistemas. Antecedentes fisiológicos e patológicos. Antecedentes familiares. História
social.

UNIDADE II – CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO


 Exame Físico. Inspeção geral. Dados antropométricos. Exame físico segmentar.
Exame neurológico.
 Crescimento Intra – Uterino: Conceito. Fatores de crescimento. Padrões de
crescimento. Curvas de crescimento intra – uterino. Classificação do RN segundo
seu padrão de crescimento intra – uterino.
 Fatores e Parâmetros do Crescimento Pós – Natal: Fatores atuando no crescimento
pós – natal. Parâmetros de avaliação do crescimento normal.
 Detecção e Triagem dos Desvios do Crescimento: Conceito. Reconhecimento dos
desvios do crescimento. Etiologia. Anamnese orientada. Exame físico orientado.
Auxograma. Investigação laboratorial.
 Desenvolvimento Neurológico: Evolução anátomo–fisiológica. Mielinização do
sistema nervoso. Principais reflexos da criança. Relação dos diferentes reflexos com
o estágio do desenvolvimento do sistema nervoso.
 Desenvolvimento Psico-social: Setores do desenvolvimento psico-social. Avaliação
do desenvolvimento psico-social. Atividades adequadas conforme a fase do
desenvolvimento psico-social. Vínculo Mãe – Filho.

UNIDADE III – HIGIENE ALIMENTAR


 Aleitamento Materno: Fisiologia da Lactação e Técnica de Amamentação
Importância de fatores emocionais e culturais na lactação
Fisiologia da lactação
Obstáculo á amamentação
Conduta nos obstáculos á amamentação
Importância da prevenção da hipogalactia e mastite
 Aleitamento Materno: Característica do Leite Humano. Valor nutritivo e
imunológico. Composição bioquímica. Composição imunológica. Vantagens do
leite materno. Digestão. Fatores que influenciam na composição e volume do leite
humano. Contra – indicação ao aleitamento materno. Leite humano estocado.
 Leites Não Humanos: Indicações e inconvenientes do aleitamento artificial.
Comparações dos leites artificiais com o CODEX. Classificação dos leites não
humanos quanto á composição. Métodos de esterilização e de industrialização.
Métodos de preparo e de complementação dos leites artificiais.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 7


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

 Alimentação nos dois primeiros anos de vida: Necessidades nutricionais. Introdução


e preparo dos alimentos. Prescrição da dieta. Problemas na alimentação de lactentes.
Alergia alimentar

UNIDADE IV – HIGIENE DO AMBIENTE FÍSICO


 Prevenção de Acidentes na Infância: Acidentes e intoxicações mais comuns nas
diferentes idades. Prevenção de acidentes e intoxicações exógenas através da
orientação de mães e responsáveis.
 Higiene Física e Ambiental
Avaliação da condição ambiental
- Saneamento básico
- Condições do ambiente em que a criança reside
- Epidemiologia das parasitoses
Higiene física pessoal
- Exercício físico
- Asseio corporal
 Odontopediatria: conhecer a dentição da criança; embriologia do dente, anatomia do
dente, crescimento crânio-facial e dentição; prevenção da cárie e das patologias
gengivais; higiene bucal.

UNIDADE V – HIGIENE ANTI – INFECCIOSA


 Desenvolvimento imunológico: Conceito de imunidade. Desenvolvimento
Imunológico. Resposta imunológica inespecifica e especifica no recém – nascido,
lactente e escolar. Imunodeficiências mais comuns. Avaliação laboratorial da
resposta imune.
 Imunização Ativa e Passiva: Conceito. Classificação. Características e vias de
aplicação das vacinas do calendário básico. Esquema de vacinação básica. Efeitos
colaterais. Contra-Indicações. Novas vacinas.

UNIDADE VI – O RECÉM-NASCIDO
 Semiologia especial do RN.
 Conceito em Perinatologia: Terminologia técnica do período perinatal.
Epidemiologia perinatal. Fatores de risco relacionados à morbimortalidade perinatal,
à freqüência de baixo peso e prematuridade. Conseqüências da prematuridade e do
baixo peso. Atendimento neonatal organização do atendimento neonatal.
 Avaliação da Maturidade do Recém – Nascido: Características físicas peculiares do
RN Pré – termo e pós- termo. Método utilizado para avaliação da idade gestacional.
Métodos de Dubowitz e capurro. Classificação do RN.
 Humanização e Prática na Atenção ao Recém – Nascido Normal: Modificações
psicológicas durante a gestação. Anamnese materno no pré – parto. Cuidado com o
RN na sala de parto. Avaliação da vitalidade com o Boletim de Apgar. Importância
do contato precoce mãe – filho. Exame físico do RN. O alojamento conjunto.
Encaminhamento do RN ao alojamento conjunto. Cuidados com o RN em
alojamento conjunto.
 O RN de Baixo Peso: Conceito de RN de baixo–peso, pré–termo e desnutrido.
Características funcionais do pré–termo e do RN com desnutrição intra – uterina.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 8


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

Cuidado com RN de baixo peso. Prognóstico do RN de baixo peso. Humanização


das unidades de atendimento ao RN de baixo peso.
 Mecanismo Adaptativos hematológicos do período neonatal. Metabolismo da
bilirrubina. Icterícia fisiológica. Quadro Clínico. Evolução. Doenças Hemorrágicas
do RN. Etiopatogenia. Quadro Clinico. Diagnóstico. Profilaxia.
 Asfixia Perinatal: Conceito. Etiologia. Fisiopatologia. Quadro clínico. Classificação.
Prevenção. Conduta em linhas gerais. Complicações. Prognóstico.
 Isoimunização ABO e Rh: Conceito. Etiopatogenia. Quadro clínico. Diagnóstico.
Prevenção.
 Distúrbios Respiratórios do Recém–Nascido: Desenvolvimento pulmonar.
Etiopatogenia. Quadro clínico. Avaliação do grau de desconforto respiratório
segundo o Boletim de Silverman – Andersen. Complicações. Prevenção.
 Distúrbios Metabólicos do Recém – Nascido: Conceito de hipo e hiperglicemia,
hipo e hipercalcemia e hipomagnesemia. Etiopatogenia. Quadro clínico. Prevenção.
 Infecções congênitas: Importância. Vias de infecção. Etiopatogenia. Quadro clínico.
Quadro laboratorial. Prevenção, diagnóstico e tratamento.
 Teste do Pezinho (triagem para erros inatos do metabolismo) técnicas e
interpretação dos exames.
 Teste da orelhinha (triagem para surdez congênita).
 Teste do olhinho (triagem para cegueira congênita)
 Hipotireoidismo congênito e Fenilcetonúria.

UNIDADE VII – O ADOLESCENTE


 Estatuto da Criança e do Adolescente: o ECA e seus artigos; conduta frente a
criança e adolescente com suspeita de maus tratos; a criança e o adolescente em
situação de risco; juizado da infância e da adolescência; conselhos tutelares.
 Necessidade de saúde do adolescente: conceito de adolescência e puberdade; a
consulta do adolescente; crescimento e desenvolvimento físico normal; desvios no
crescimento e desenvolvimento físico do adolescente; necessidades nutricionais e
seus distúrbios; vacinação na adolescência.
 Problemas Psicossociais na Adolescência: desenvolvimento psicossocial; influencia
do macro e micro – ambiente sobre o desenvolvimento psicossocial; principais
causas de morte na adolescência; prevenção de distúrbios psicossociais na
adolescência.
 Problemas Relacionados com a Sexualidade na Adolescência: característica do
comportamento sexual na adolescência; abordagem da sexualidade; doenças
sexualmente transmissíveis; concepção / anticoncepção.
 Maus Tratos na Infância e Adolescência: conceito, classificação, epidemiologia,
aspectos éticos e legais, diagnóstico e tratamento
 Dificuldade de aprendizado: características do processo de ensino-aprendizagem;
causas orgânicas que dificultam o aprendizado; abordagem do indivíduo com
dificuldade de aprendizado; quadro clínico, tratamento.
 A aplicação do código de ética médica em pediatria.

UNIDADE VIII – PATOLOGIAS


 Desnutrição Energética – Protéica: Conceito. Etiologia. Alterações bioquímica,

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 9


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

anatômicas e imunológicas. Classificação. Quadro clínico e laboratorial.


Tratamento. Síndrome de recuperação nutricional.
 Obesidade na infância e adolescência.
 Síndrome Diarréica: Conceito. Classificação segundo tempo de evolução e etiologia.
Fisiopatologia. Quadro clínico. Quadro laboratorial. Tratamento da diarréia aguda.
 Parasitoses intestinais: Classificação. Etiopatogenia e ciclo. Quadro clínico
intestinal e extra-intestinal. Quadro Laboratorial. Diagnóstico. Complicações.
Tratamento. Profilaxia.
 Tuberculose: Importância. Conceito. Epidemiologia. Fatores predisponentes.
Etiopatogenia. Quadro clínico. Exames laboratoriais. Tratamento. Profilaxia.
 Equilíbrio Hidro – Eletrolítico e Desidratação: Composição e distribuição hídrica e
eletrolítica dos fluidos corpóreos. Mecanismos reguladores do equilíbrio hidro –
eletrolítico. Conceito de desidratação. Classificação da desidratação. Alterações
clínicas na desidratação.
 Reidratação Oral e Venosa: Importância da terapia de reidratação oral. Plano de
terapia de reidratação oral. Fases da reidratação venosa. Indicações das diferentes
fases da reidratação venosa. Complicações.
 Equilíbrio e Desequilíbrio ácido – Básico: Mecanismos reguladores do equilíbrio
ácido – básico. Principais causas dos distúrbios ácidos – básicos. Alterações
bioquímicas e clínicas nos distúrbios ácidos – básicos e seus mecanismos
compensadores. Valores normais de avaliação do equilíbrio ácido – básico.
Interpretação da gasometria.
 Dermatoses mais comuns em pediatria.
 Anemias: Conceito. Valores hematimétricos normais. Anemia fisiológica do
lactente. Classificação das anemias. Etiologia. Etiopatogenia e quadro clínico das
principais anemias hemolíticas. Etiopatogenia e quadro clínico das principais
anemias carências. Exame laboratorial para diagnóstico.
 Infecção de Vias Aéreas Superiores: Conceito. Mecanismo de defesa das vias aéreas
superiores. Etiopatogenia. Classificação. Diagnóstico. Tratamento
 Pneumonias. Conceito. Epidemiologia. Patogenia. Quadro clínico. Quadro
radiológico. Exames laboratoriais. Complicações. Tratamento.
 Asma: Conceito. Epidemiologia. Fisiopatologia. Quadro clínico. Exames
laboratoriais. Diagnóstico diferencial. Tratamento.
 Bronquiolite Aguda: Conceito. Epidemiologia. Fisiopatologia. Quadro clínico.
Exames laboratoriais. Diagnóstico diferencial. Tratamento.
 Doenças Exantemáticas: Conceito. Etiologia. Epidemiologia. Diagnóstico
diferencial.
 Meningite em Pediatria: Conceito. Agentes etiológicos. Epidemiologia. Patogenia.
Diagnóstico clínico. Diagnóstico laboratorial. Complicações. Tratamento.
 Convulsões: Conceito. Etiologia. Patogenia. Quadro clínico. Convulsão febril:
Diagnóstico. Tratamento.
 Febre Reumática: Epidemiologia. Etiopatogenia. Diagnóstico (Critérios de Jones),
Quadro clínico e laboratorial. Complicações. Diagnóstico diferencial. Prevenção.
Tratamento.
 Insuficiência Cardíaca Congestiva na Infância: Definição. Mecanismo de
compensação cardíaca. Fisiopatologia. Etiologia. Quadro clínico. Tratamento.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 10


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

 Infecção do Trato Urinário: Conceito. Incidência. Etiopatogenia. Quadro clínico.


Diagnóstico. Indicações de investigação por imagens.
 Síndrome Nefrítica: Conceito. Epidemiologia. Etiologia. Patogenia. Patologia.
Quadro clínico. Exames laboratoriais para diagnóstico e para acompanhamento.
Complicações. Tratamento.
 Síndrome Nefrótica: Conceito. Etiologia. Incidência, patogenia e patologia da SN de
lesões mínimas. Exames laboratoriais. Complicações. Diagnóstico diferencial com
síndroma nefrítica. Tratamento.
 Artrites na Infância: Conceito. Etiologia. Fisiopatologia e quadro clínico da: Artrite
séptica, Osteoartrite tuberculosa, Artrite reumatóide e Anemia falciforme.
Diagnóstico diferencial.
 Síndromes Sépticas: Conceito. Etiologia. Fisiopatologia. Quadro clínico. Exames
laboratoriais para o diagnóstico e para avaliação do comprometimento
multisistêmico.
 Síndromes de hepato-esplenomegalia.
 Hanseníase na infância.
 Infecção pelo HIV/AIDS em Pediatria: Epidemiologia. Etiologia. Fisiopatologia.
Quadro clínico. Prevenção. Diagnóstico. Tratamento.
 Afecções Cirúrgicas na Infância: Principais afecções cirúrgicas na infância.
 Urgências em cirurgia infantil: Principais emergências cirúrgicas na criança.
Patologias cirúrgicas congênitas do trato digestivo. Diagnóstico diferencial de
dor abdominal aguda na criança.
 Reanimação Cardio-Respiratória: Etiologia. Epidemiologia. Morbidade.
Material utilizado na reanimação. Seqüência de eventos na reanimação de
acordo com a faixa etária.
 Leucemias, Linfomas e demais tumores da infância.
2) BIBLIOGRAFIA BÁSICA SUGERIDA
1. Nelson Tratado de Pediatria. 17.ed. 2 vol. Ricard E. Behrman, Robert Kliegman,
Waldo E. Nelson. Elsevier. ISBN: 8535213961. 2005

2. Pediatria Básica: Pediatria Geral e Neonatal. Tomo: 1. 9.ed. Eduardo


Marcondes Flavio Adolfo Costa Vaz et al. Y. Okay Editora: Sarvier.
ISBN: 8573781203. 2002

3. Pediatria - Diagnóstico + Tratamento. 6.ed. Murahovschi, J. São Paulo, Sarvier


2003. ISBN: 857378136X

4. Avery's Diseases of the Newborn. 8th.ed. H. William Taeusch, Roberta A. Ballard,


Christine A. Gleason, Elsevier. 2005

5. Perinatologia - Fundamentos e Prática. 1.ed. Conceição AM Segre. Sarvier. 2002

6. Infectologia Pediátrica. 3ed.Calil Kairalla Farhat, Luiza Helena F.R. Carvalho e


Regina Célia de Menezes Succi.ISBN 85- 7379-853-X. Atheneu; 2007

7. Aleitamento Materno. José Dias Rego. Atheneu, 2001.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 11


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

8. Vacinas – calendário e publicações do site do Ministério da Saúde


http://portal.saude.gov.br/portal/svs/visualizar_texto.cfm?idtxt=21461

9. Protocolo de Manejo Clínico e Vigilância, Epidemiológica da influenza, 2009.


http://portal.saude.gov.br/portal/svs/

10. Manejo Clínico da Dengue, 2010. http://portal.saude.gov.br/portal/svs/

 ÁREA DE CLÍNICA MÉDICA

1) CONTÉÙDO PROGRAMÁTICO

UNIDADE I - ENDOCRINOLOGIA
 Etiopatogenia, fisiopatologia, quadro clínico, classificação, investigação diagnóstica
(laboratório de análises clínicas, diagnóstico por imagem, medicina nuclear,
anatomia patológica e citopatologia), diagnósticos diferenciais, tratamento, medidas
proliláticas e de reabilitação, nas enfermidades que envolvem:
- Hipotálamo;
- Hipófise;
- Tireóide;
- Paratireóides;
- Supra-renais;
- Ovários;
- Testículos;
-Pâncreas;
Ex: - Hiper e hipofuncionamentos, tumores, infecções, Infiltrações, terapia hormonal,
dislipidêmicos, síndrome metabólica, Apudomas, Feocromacitoma;

UNIDADE II – Pneumologia
 Etiopatogenia, fisiopatologia, quadro clínico, classificação, investigação diagnóstica
(laboratório de análises clínicas, diagnóstico por imagem, medicina nuclear,
anatomia patológica e citopatologia, bacteriologia, espirometria), diagnósticos
diferenciais, tratamento, medidas proliláticas e de reabilitação, nas enfermidades que
envolvem:
- Seios da face;
- Faringe;
- Laringe;
- Traquéia, brônquios e Pulmões;
- Pleura;
- Artérias e veias pulmonares e brônquicas;
Ex: Afecções das vias aéreas superiores (Sinusopatias, rinopatias, faringopatias e
laringopatias);
- Pneumonias, Pneumonites e Abscessos pulmonares;

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 12


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

- DPOC, Asma, Cor pulmonale e Hipertensão arterial pulmonar;


- Trombo Embolismo Pulmonar e vasculites pulmonares;
- Infecções granulomatosas pulmonares (Tuberculose; micoses; Histoplasmose e
outras);
- Doenças intersticiais dos pulmões e fibrose pulmonar;
- Derrames e espessamentos pleurais, pneumotórax;
- Alargamentos do mediastino e mediastinites;
- Tumores broncopulmonares, pleurais e mediastinais;
- Trauma torácico.

UNIDADE III – CARDIOLOGIA + ANGIOLOGIA


 Etiopatogenia, fisiopatologia, quadro clínico, classificação , investigação
diagnóstica (laboratório de análises clínicas, diagnóstico por imagem, medicina
nuclear, anatomia patológica e citopatologia, ECG, Mapa, Teste ergométrico,
Cateterismo e Holter), diagnósticos diferenciais, tratamento, medidas proliláticas e
de reabilitação, nas enfermidades que envolvem:
- Miocárdio;
- Pericárdio;
- Endocárdio;
- Sistema de condução;
- Válvulas cardíacas;
- Coronárias;
- Artérias aorta, pulmonar, carótidas;
- Veias cava inferior e superior e veias pulmonares;
- Artérias e veias periféricas;
Ex: - Miocardiopatias;
- Coronariopatias;
- Valvulopatias;
- Pericardiopatias;
- Mal formações congênitas;
- Hipertensão arterial sistêmica, Hipertensão arterial pulmonar;
- Síndrome de insuficiência cardíaca (Insuficiência ventricular esquerda,
Insuficiência ventricular direita,
Insuficiência cardíaca congestiva);
- Endocardite bacteriana e antoimune ;
- Arritmias;
- Mixomas e outros tumores;
- Trauma cardíaco e dissecção aórtica;
- Endomiocardiofibrose;
- Trombose venosa e Tromboflebites;
- Arteriopatias aterosclerótivas e inflamatórias;

UNIDADE IV – REUMATOLOGIA
 Etiopatogenia, fisiopatologia, quadro clínico, classificação, investigação diagnóstica
(laboratório de análises clínicas, diagnóstico por imagem, medicina nuclear,
anatomia patológica e citopatologia, anticorpos, HLA, provas sorológicas,
densitometria, diagnósticos diferenciais, tratamento, medidas proliláticas e de

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 13


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

reabilitação, nas enfermidades que envolvem:


- Articulações, ossos;
- Sinóvias;
- Tecido conjuntivo;
- Serosas;
- Vísceras;
Ex: Osteoartropatias degenerativas, inflamatórias, metabólicas, tumorais, infecciosas;
- Reumatismos de partes moles (regionais, sistêmicas, fibromioalgias, LER/DORT);
- Colagenoses (Lupus Eritematoso sistêmico, Lupus Discóide, Esclerodermia,
Doença mista do colágeno, Artrite reumatóide, Artrite reumatóide juvenil, Síndrome
Jogren, Doença Beçeht, Espondilite anquilosante, Síndrome Reiter,
Espondiloartropatias soro-negativas);
- Tromboangeíte obliterante;

UNIDADE V – HEMATOLOGIA / HEMOTERAPIA


 Etiopatogenia, fisiopatologia, quadro clínico, classificação, investigação diagnóstica
(laboratório de análises clínicas, diagnóstico por imagem, medicina nuclear,
anatomia patológica e citopatologia, aspirado e biópsia de medula óssea, testes
genéticos, imunohistoquimica), diagnósticos diferenciais, tratamento, medidas
proliláticas e de reabilitação, enfermidades que envolvem:
- Medula óssea;
- Linfonodos e órgãos do sistema retículo-endotelial;
- Hemácias;
- Leucócitos;
- Plaquetas;
- Plasma e seus componentes;
Ex: - Anemias;
- Hemoglobinopatias;
- Coagulopatias e púrpuras;
- Leucoses e linfomas;
- Mielodisplasia;
- Aplasia de medula e mielofibrose;
- Transfusão de hemoderivados e terapia transfusional;
- Plasmaferese;

UNIDADE VI – GASTROENTEROLOGIA + HEPATOLOGIA + PROCTOLOGIA


 Etiopatogenia, fisiopatologia, quadro clínico, classificação , investigação
diagnóstica (laboratório de análises clínicas, diagnóstico por imagem, medicina
nuclear, anatomia patológica e citopatologia, endoscopia digestiva alta e baixa,
videoperitonioscopia, colangiopancreatografia endoscópica retrógrada,
manometrias), diagnósticos diferenciais, tratamento, medidas proliláticas e de
reabilitação, nas enfermidades que envolvem:
- Orofaringe;
- Esôfago;
- Estômago;
- Intestinos delgado e grosso;
- Reto e ânus;

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 14


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

- Glândulas salivares e pâncreas;


- Fígado, vesícula biliar e vias biliares;
- Vasos mesentéricos, Veia porta, Veia esplênica, Veias supra-hepáticas e artérias
correspondentes.
Ex: - Aftas, estomatites, úlceras e tumores orais;
- Esofagopatias (Distúrbio motor do esôfago, doença do refluxo, esofagites,
divertículos, hérnia hiatal, varizes, tumores
- Gastropatias);
- Doenças cloridopepticas, infecções, tumores, hemorragia digestiva alta;
- Doenças do intestino delgado e colon retal (Síndromes desabsortivas, parasitoses,
doenças inflamatórias intestinais, doença metabólicas, divertículos, neoplásia,
angiodisplasia e isquêmia mesentérica, polipose, hemorróidas, infecções
bacterianas, virais, fúngicas e protozoóticas, doenças de depósito, megacolon).
- Incontinência fecal e hemorróidas;
- Pancreatopatias inflamatórias, infecciosas, tumorais, hereditárias;
- Hepatopatias infecciosas, parasitárias, tóxicas, protozoóticas, congênitas,
vasculares, colestáticas, tumorais, Metabólicas e de depósito;
- Cirrose hepática, insuficiência hepática, Encefalopatia hepática, ascite, síndrome
hepato-renal;
- Patologias da vesícula biliar e árvore biliar;
- Peritonites e abdome agudo;
- Trauma abdominal;
- Incontinência fecal e hemorróidas;

UNIDADE VII - NEFROLOGIA E UROLOGIA


 Etiopatogenia, fisiopatologia, quadro clínico, classificação , investigação
diagnóstica (laboratório de análises clínicas, diagnóstico por imagem, medicina
nuclear, anatomia patológica e citopatologia), diagnósticos diferenciais, tratamento,
medidas proliláticas e de reabilitação, biópsia prostática, nas enfermidades que
envolvem:
- Rins;
- Ureteres;
- Bexiga;
- Gordura peritoneal e fáscia de gerota;
- Próstata;
- Vesículas seminais;
- Uretra;
- Vasos renais;
Ex: Síndromes nefróticas e nefriticas, nefropatia calculosa e metabólica, vasculites,
nefropatias obstrutivas, Insuficiência renal aguda, Insuficiência renal crônica, distúrbios
hidro-eletrolíticos e ácido-basias, infecções do trato urinário e anexos, nefrotoxicidade,
amiloidose, fibrose retroperitonial, trauma das vias urinárias.
Prostatites, abscesso prostático, TU próstata, Hipertrofia prostática benígna.;Lesões da
uretra
Incontinência e retenção urinária.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 15


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

UNIDADE VIII – NEUROLOGIA


 Etiopatogenia, fisiopatologia, quadro clínico, classificação , investigação
diagnóstica (laboratório de análises clínicas, diagnóstico por imagem, medicina
nuclear, anatomia patológica e citopatologia, Eletroneuromiografia, punção lombar),
diagnósticos diferenciais, tratamento, medidas proliláticas e de reabilitação, nas
enfermidades que envolvem:
- Encéfalo;
- Medula;
- Meninges;
- Vasos cerebrais e medulares;
- Canal raquiano;
- Nervos periféricos;
- Placa motora;
Ex: - Meningoencefalites, mielites, abscessos;
- Epilepsias;
- Síndromes piramidais e extra-piramidais;
- Neuropatias periféricas e radiculopatias;
- Acidentes vasculares encefálicos e medulares;
- Síndrome secção medular;
- Cefaléias;
- Dor crônica;
- Coma;
- Intoxicação Exógena.

UNIDADE IX - INFECTOLOGIA
 Etiopatogenia, fisiopatologia, quadro clínico, classificação , investigação
diagnóstica (laboratório de análises clínicas, diagnóstico por imagem, medicina
nuclear, anatomia patológica e citopatologia), diagnósticos diferenciais, tratamento,
medidas proliláticas e de reabilitação, nas enfermidades que envolvem:
- Imunizalções e resposta imune nas doenças infecto parasitárias;
- Parasitoses intestinais e extra-intestinais;
- Infecções causadas por bactérias, vírus, fungos, protozoários, leishmânias dos
diversos aparelhos e sistemas;
- Sepsis e coagulação intravascular disseminada;
- SIDA e co-infecções;
- Infecções hospitalares;
- Febre prolongada à esclarecer;
- Antibióticoterapia (classificação, princípios gerais, indicação clínica e expectro de
ação, mecanismo de ação e de resistência, associações, uso profilático);
- Acidentes por animais peçonhentos.

UNIDADE X - PSIQUIATRIA
- Transtornos de ansiedade somotoformes e dissociativos (neuroses);
- Esquizofrenia e outros transtornos psicóticos;
- Transtornos depressivo (depressão maior);
- Transtornos alimentares e de personalidade;
- Transtornos psiquiátricos da infância, adolescência e da senilidade;

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 16


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

- Retardo mental (oligofrenias).;


- Uso e abuso de substâncias psicoativas e drogas;
- Transtornos mentais devidos à condições médicas em geral;
- Sexualidade humana;
- Psiquiatria forense;

UNIDADE XI - RADIOLOGIA/IMAGINOLOGIA
- Radiação ionizante x proteção radiológica e efeitos deletereos da radiação.
- Uso de contrates em exames de imagem; (indicação, contra-indicação, toxicidade,
complicações);
- Solicitação de exames de imagem em radiologia convencional, Ultrassonografia,
Tomografia Computadorizada, Ressonância Nuclear Magnética, PET-CT,
Cintilografia, Angiografia, Densitometria;
- Avaliação da qualidade técnica da imagem e os fatores envolvidos na obtenção das
mesmas;
- Interpretação dos achados patológicos nos exames de imagem, correlacionando-os
com dos dados clínicos;

2) BIBLIOGRAFIA BÁSICA SUGERIDA


1. BETHELEM, N. Pneumologia. Rio de Janeiro: Atheneu.

2. CECIL, R. Tratado de Medicina Interna. 23.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan.

3. CECIL, R. Textebook of Medicine. Wyngaarden/Smith/Bennett: W.B Saunders

4. HARRISON, T.R. Medicina Interna. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2010.

5. PORTO, J.A.F. Clínica das doenças intestinais. Rio de Janeiro: Atheneu

6. SCHERLOCK, S. Doenças do fígado e do sistema biliar. Rio de Janeiro: Cultura


Médica.

7. VERNOSESI, R. & FOCACCIA, R. Tratado de Infectologia. Ed. Atheneu. 3ª Ed.


2005.

8. HENRICHSEN, S.L. Doenças Infecciosas e Parasitárias. Ed. Guanabara Koogan. 1ª


Ed. 2005.

9. MARINHO,. L.A.C & Tavares, W. Rotinas de Diagnóstico e tratamento das


Doenças Infecciosas e Parasitárias. Ed. Atheneu 1ª ed. 2005.

10. MANDELL, G. Principles and practice of infectious diseases. Ed. Churchill


Livingstone. 6ª ed. 2004,

11. TAVARES, W. Manual de Antibióticos e quiometerápicos. Ed. Atheneu.

12. DANI, R. Gastroenterologia clínica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 17


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

13. BUENO, J.R. & A.E (org.) Diagnóstico e Tratamento em Psiquiatria. Rio de
Janeiro: MEDSI, 2000.

14. BUSNELLO & Col. Psiquiatria Básica. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

15. SUTTON, D. Radiologia e Diagnóstico por imagem para estudante de medicina.


São Paulo. Rocca.

16. SUTTON, D. A text book of radiology And Imaging: Edited By David Churchill
Livingstone.

17. TOLEDO, P.A. Radiologia básica. Rio de Janeiro. Atheneu.

18. SLEISENGER F. Gastrointestinal disease: W.B. Saunders.

19. FRASER AND PARRÉ. Diagnósis of diseases of the chest: W.B. Saunders.

20. BRAUNWALD. A text book of cardio vascular medicine: W.B. Sannder.

 ÁREA DE CLÍNICA CIRURGICA

1) CONTÉÙDO PROGRAMÁTICO

UNIDADE I: INTRODUÇÃO.
 Ética Médica em Cirurgia;
 Princípios de Cirurgia Oncológica;
 Princípios da Quimioterapia;
 Resposta Orgânica ao Trauma;
 Nutrição e Cirurgia;
 Cicatrização;
 Pré e Pós- operatório;
 Hidratação venosa perioperatória;
 Protocolos multimodais em cirurgia (ACERTO);
 Infecção e Cirurgia;
 Antibioticoprofilaxia e Antibioticoterapia em Cirurgia;
 Abdome Agudo;
 Hemorragias Digestivas;
 Cirurgia no paciente idoso;
 Cirurgia na paciente gestante;
 Cirurgia na criança.

UNIDADE II: SISTEMA VASCULAR PERIFÉRICO.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 18


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

 Insuficiência Venosa Crônica dos Membros Inferiores;


 Trombose Venosa Profunda de Membros Inferiores;
 Linfedemas das Extremidades;
 Insuficiência Vascular Extra-Craniana;
 Insuficiência Arterial Crônica dos Membros Inferiores;
 Aneurismas Arteriais;
 Pré e pós-operatórios de cirurgias fundamentais do sistema vascular periférico;

UNIDADE III: SISTEMA CÁRDIO-RESPIRATÓRIO.


 Doenças cirúrgicas das válvulas cardíacas; dos vasos coronarianos; pré e pós-
operatório e cirurgias fundamentais do sistema cardiovascular;
 Doenças inflamatórias pleuro-pulmonar;
 Defeitos da parede torácica;
 Neoplasias do pulmão;
 Neoplasias do mediastino;
 Pré e pós-operatório e cirurgias fundamentais do sistema respiratório.

UNIDADE IV: SISTEMA GASTRO-INTESTINAL E GLÂNDULAS ANEXAS.


 Sub-Unidade I: Esôfago. Megaesôfago Chagásico. Divertículos do Esôfago. -
Doença do Refluxo Gastro-Esofágico e Cirurgia. Neoplasias do Esôfago. Pré e Pós
Operatório e Cirurgias Fundamentais do Esôfago.
 Sub-Unidade II: Estômago e Duodeno. Úlcera Péptica e Cirurgia. Neoplasias
Gástrica. Pré e Pós Operatório e Cirurgias Fundamentais do Estômago.
 Sub-Unidade III: Fígado, Vias Biliares, Pâncreas e Baço. Hipertensão Porta.
Doenças Cirúrgicas do Baço. Colecistopatias. Pré e Pós Operatório de Cirurgias
Fundamentais do Fígado e das Vias Biliares. Pancreatite Aguda e Cirurgia.
Pancreatite Crônica. Neoplasias do Pâncreas. Pré e Pós Operatório e Cirurgias
Fundamentais do Fígado, Vias Biliares, Pâncreas e Baço.
 Sub-Unidade IV: Intestino Delgado, Colon, Reto-Sigmóide e Canal Anal.
Megacólon Chagásico Doença Diverticular do Colon. Doença Intestinal
Inflamatória. Doença Hemorroidária. Neoplasia do Cólon, Reto-Sigmoide e Canal
Anal. Fístulas, Abcessos, Fissuras Anais e Cisto Pilonidal. Pré e Pós Operatório e
Cirurgias Fundamentais do Cólon, Reto-Sigmoide e Canal Anal.

UNIDADE V: PAREDE ABDOMINAL E PELE.


 Hérnias da Parede Abdominal
 Hérnias inguino-crurais
 Hérnias lombares
 Neoplasias da Pele.

UNIDADE VI: SISTEMA URINÁRIO.


 Litíase Urinária;
 Hidrocele e Varicocele;
 Neoplasias do Aparelho Urinário;
 Pré e Pós Operatório e Cirurgias Fundamentais do Aparelho Urinário;

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 19


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

UNIDADE VII: SISTEMA ENDÓCRINO.


 Doenças Cirúrgicas da Supra Renal;
 Doenças Cirúrgicas da Tiróide;
 Pré e Pós Operatório e Cirurgias Fundamentais da Tiróide.

UNIDADE VIII: SISTEMA NERVOSO.


 Neoplasias Encefálicas;
 Neoplasias Radiculares;
 Doenças radiculares;
 Pré e Pós-Operatório e Cirurgias Fundamentais do Sistema Nervoso.

UNIDADE IX: SISTEMA MÚSCULO-ESQUELÉTICO (ORTOPEDIA).


 Semiologia em Ortopedia;
 Trauma Muscular Esquelético (membros superiores e inferiores);
 Ostiomielites;
 Artrites;
 Fraturas Expostas;
 Doenças Congênitas;
 Traumatismos das Mãos;
 Epifisiólise;
 Traumatismo Raquimedular;
 Deformidade da Coluna.

UNIDADE X: OTORRINOLARINGOLOGIA.
 Introdução
 Anatomia e fisiologia da faringe e anel linfático de Waldeyer
 Anatomia e fisiologia dos ouvidos
 Anatomia e fisiologia da laringe
 Anatomia e fisiologia do nariz
 Métodos diagnósticos complementares em ORL
Faringe
 Amigdalites
 Hipertrofia adenoamigdaliana
 Fissuras lábio-palatinas
Nariz e Seios paranasais
 Obstrução nasal
 Sinusites agudas e crônicas
 Epistaxe
Laringe
 Laringites
 Disfonias
 Neoplasias da laringe;
Ouvido
 Otites agudas e crônicas

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 20


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

Gerais
 Corpos estranhos de VAS
 Primeiro atendimento do traumatismo bucomaxilofacial

UNIDADE XI: ANESTESIOLOGIA.


Introdução à anestesia;
 Noções básicas da anestesia;
 Avaliação pré-anestésica;
 Parada Cardio-Respiratória;
 Manutenção das Vias Aéreas;
 Controle clínico do paciente anestesiado;
 Punção Lombar;
 Raquianestesia;
 Anestesia peridural;
 Anestésicos Locais;
 Introdução ao Estudo da Dor;
 Dor Pós Operatória, dor aguda e dor crônica;
 Bloqueios Anestésicos Regionais.

UNIDADE XI: OFTALMOLOGIA


 Anatomia do globo ocular e anexos: Anatomia das vias ópticas; Fisiologia da Visão.
 Afecções das pálpebras e vias lacrimais.
 Afecções da órbita.
 Alterações da motilidade ocular extrínseca.
 Afecções da córnea, esclera e conjuntiva.
 Noções de refratometria clínica e cirúrgica.
 Afecções do cristalino.
 Afecções da úvea.
 Alterações oculares nas doenças sistêmicas.
 Afecções do vítreo e retina.
 Retinopatia diabética e hipertensiva.
 Fisiologia do aquoso e glaucoma.
 Traumatismos oculares.

UNIDADE XII: URGÊNCIAS EM CIRURGIA


 Atendimento inicial ao politraumatizado;
 Vias aéreas e ventilação;
 Trauma torácico;
 Trauma abdominal;
 Queimaduras;
 Trauma vascular;
 Trauma Crânio Encefálico;
 Trauma Raque medular;
 Trauma músculo esquelético;

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 21


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

 Trauma urológico;
 Trauma na gestante;
 Trauma na criança.
2) BIBLIOGRAFIA BÁSICA SUGERIDA
1. TOWNSEND, C.M.; EVERS, B.M.; BEAUCHAMP, R.D. & MATTOX, K.L.
SABISTON - Tratado de Cirurgia. 19ªed, Saunders Elsevier, 2014.

2. GOFFI, F.S. Técnica Cirúrgica: Bases Anatômicas, Fisiológicas e Técnicas


Cirúrgicas. 4ªed, Atheneu, 2004.

3. COELHO, J.C.U. Aparelho Digestivo: Clínica e Cirurgia. 3.ed, Atheneu, 2005.

4. COELHO, J.C.U. Manual de Clínica Cirúrgica: Cirurgia Geral e Especialidades.


Atheneu, 2009.

5. AGUILAR-NASCIMENTO JE; CAPOROSSI C; SALOMAO AB. ACERTO


Acelerando a recuperação total pós-operatória. 2ªed. Rubio.2011.

6. COLÉGIO AMERICANO DE CIRURGIÕES. ATLS - Suporte Avançado de Vida


no Trauma para Médicos. 7.ed. Editora Elsevier , 2004.

7. PETROIANU A. Clinica Cirúrgica do Colégio Brasileiro de Cirurgiões. Atheneu,


2010.

8. GUYTON, AC.; HALL, JE. Tratado de Fisiologia Médica. 11.ed. Guanabara


Koogan, 2006.

9. UTIYAMA, E.M.; STEINMAN E.; BIROLINI D. Cirurgia de Emergência. 2ªed.


Atheneu, 2011.

10. NETO,S.C et al ; Tratado de Otorrinolaringologia, volume 1: fundamentos. 2ªed-


São Paulo- Roca, 2011.

11. CANGIANI, L.M.; SLULLITEL, A. ; POTÉRIO, G.M.B.; PIRES, O.C.; POSSO,


I.P.; NOGUEIRA, C.S. ; FEREZ , D.; CALLEGARI, D.C. Tratado de
Anestesiologia do Estado de São Paulo volumes 1 e 2. 7 ª ed.- São Paulo: Editora
Ateneu, 2011.

12. MORGAN JR, G. E; MIKHAIL, M.J.;MURRAY, M.J.; Anestesiologia Clínica.


4ªed, Revinter,2010.

13. LIMA FILHO, A.A.S. et al. Bases de Oftalmologia, volumes I e II. 2 ª ed. Rio de
Janeiro: Cultura Médica: Guanabara Koogan,2011.

14. MCRAE, R.Exame Clínico Ortopédico, tradução da 6ª edição, Elsevier,2011.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 22


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

 ÁREA DE MEDICINA DA FAMÍLIA E COMUNIDADE


E SAÚDE COLETIVA

1) CONTÉÙDO PROGRAMÁTICO

UNIDADE I – POLÍTICAS DE SAÚDE


 SUS – Aspectos históricos, princípios e diretrizes.
 Atenção primária à saúde.
 Estratégia Saúde da Família.
- Objetivos, concepção, princípio, atribuições, reorganização da unidade a das práticas.
- Legislação da implantação da estratégia saúde da família no Brasil.
- Ferramentas principais utilizadas na unidade de saúde da família.
- Método clínico centrado no paciente.
- A abordagem familiar e o trabalho em equipe.

UNIDADE II – VIGILÂNCIA EM SAÚDE


 Vigilância sanitária.
 Vigilância Epidemiológica.
 Controle de Vetores; Controle e Vigilância de Medicamentos.
 Saúde e alterações ambientais – Impactos ambientais e suas influências sobre a
saúde.
 Epidemiologia e Vigilância da Saúde do trabalhador.
 Sistemas oficiais de informação em saúde no Brasil.
 Indicadores de saúde pública.
 Atestados médicos e declaração de óbito.
 Vigilância epidemiológica das doenças transmissíveis no Brasil.

UNIDADE III – TÓPICOS DE BIOESTATÍSTICA


 Registro, fontes e tipos de dados.
 Resumo estatístico dos dados: apresentação tabular e gráfica.
 Análise descritiva de variáveis quantitativas: medidas de tendência central (média,
mediana, moda). Medidas de dispersão (variância e desvio padrão). Separatrizes
(quartis, decis, percentis).
 Associação estatística. Teste do qui-quadrado. Teste de hipótese. Intervalos de
confiança.

UNIDADE IV – EPIDEMIOLOGIA CLÍNICA E MEDICINA BASEADA EM


EVIDÊNCIAS.
 Epidemiologia descritiva: a transição demográfica e a transição epidemiológica
 Estudo da morbidade e da mortalidade em populações (indicadores de morbidade e
de mortalidade).
 Metodologia da pesquisa epidemiológica: tipos e usos de estudos: ecológico, de
corte transversal, de coorte, de casos e controle.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 23


MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE MEDICINA

 Estudos de intervenção: ensaios clínicos.


 Medidas de associação em epidemiologia (risco relativo, risco atribuível, odds
ratio).
 Testes Diagnósticos: sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo, valor
preditivo negativo.
 Medicina Baseada em Evidências
 Revisão sistemática da literatura – Metanálise.
2) BIBLIOGRAFIA BÁSICA SUGERIDA
1. Alessi, N.P. et al. (orgs.) Saúde e trabalho no Sistema Único de Saúde. São Paulo.
HUCITEC. 1994. 167p.

2. Duncan, Bruce B. et al. Medicina ambulatorial: condutas clínicas em atenção


primária baseadas em evidência. 3ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 2013.

3. Gastão Wagner de Sousa Campos, Maria Cecília de Souza Minayo, Marco


Akerman, Marcos Drumond Júnior e Yara Maria de Carvalho (orgs.).Tratado de
Saúde Coletiva. ISBN: 85-271-0704-X. 1a. reimpressão: 2009. (1a. edição: 2006).
880p. il. Co-edição com a Editora Hucitec.

4. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Guia de Vigilância


Epidemiológica 2010. Disponível em:
http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/guia_vigilancia_epidemio_2010_web.
pdf.

5. Medronho R A; Carvalho DM; Bloch K U; Raggio Luiz E; Werneck G.


Epidemiologia São Paulo: Atheneu, 2008.

6. 7. O SUS de A a Z. Disponível em:


http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/sus_az_garantindo_saude_municipios_3e
d_p1.pdf

7. Sackett, D.L., Strauss, S.E., Richardson, W.R., Rosenberg, W., Haynes, R.B.
Medicina baseada em evidências: prática e ensino. 2ª ed. Porto Alegre: Artmed,
2003.

OBS: O Código de Ética Médica é matéria pertinente a todas as áreas.

Conteúdo Programático da Prova Escrita de Revalidação de Diploma de Médico - 2016 24