Você está na página 1de 30

EU ME PERGUNTO SE VOCÊ QUER CONHECER

ESSES 5 SEGREDOS

OSE
IPN
H

DOS
GRE
5 SE
DOS
ELA
REV
NCA
NU

EBOOK EXCLUSIVO COM UM CONTEÚDO


INÉDITO SOBRE HIPNOSE

LUCAS NAVES
OI, TUDO BEM?

SOU O LUCAS NAVES

Formado em administração de empresas pela


Universidade do Triângulo Mineiro UNITRI e em
Psicanálise pelo Instituto Nacional de Parapsicologia.
Hipnoterapeuta certificado pela Elsever Institute.
Presidente do ILN (Instituto Lucas Naves). Ministro cursos
de hipnose pelo Brasil.
Professor do Hipnose Institute, empresa que reúne
os melhores profissionais de Hipnose do Brasil.
Sou um dos maiores criadores de conteúdo sobre
hipnose no YouTube mundial, com mais de 1,5 milhões de
visualizações em meus vídeos, estando entre os melhores
e mais conhecidos hipnólogos do Brasil.

1
PREFÁCIO

Bom, antes de começar tenho algumas perguntinhas


pra VOCÊ: Quer aprender hipnose? Falta confiança? Tem
medo? Não está preparado? Quer melhorar suas técnicas?
Quer descobrir os segredos que revelei aqui? Se algum
momento respondeu sim, Fique calmo... Este e-book é pra
VOCÊ!
Como seria se você pudesse aprender técnicas
incrivelmente poderosas capazes de te transformar em um
grande Hipnotista?
Por esta razão disponibilizei exclusivamente pra você
o e-book “Hipnose: 5 Segredos Nunca Revelados”
totalmente gratuito para ajudar você.
Você deve estar se perguntando: Sou novo na
hipnose, este conteúdo é útil pra mim? Claro! Garanto que
este conteúdo aumentará incrivelmente seu conhecimento
sobre hipnose.
Você já conhece o universo hipnótico? Fique
tranquilo, descubra como melhorar suas técnicas, superar
desafios e aumentar sua confiança.
Tudo aqui é inédito e serve para todos, desde o iniciante até
o avançado.
Cuidado, você vai acessar um conteúdo
extraordinário e incrivelmente inédito! Você está
preparado?

2
MAS AFINAL,
O QUE É HIPNOSE?

A Associação Americana de Psicologia define a


hipnose como um estado de consciência que envolve
atenção focada e consciência periférica reduzida,
caracterizado por uma maior capacidade de resposta à
sugestão.
Esse estado alterado de consciência é induzido por
um procedimento conhecido como indução hipnótica.
A indução hipnótica é geralmente composta de uma
série de instruções preliminares e sugestões.
James Braid (1795-1860) médico e pesquisador
britânico foi quem batizou a hipnose com esse nome. A
palavra "hipnose" significa: grego hipnos = sono + latim osis
= ação ou processo, na mitologia grega Hipnos é o Deus do
sono.
Ele acreditava que a hipnose era um sono induzido.
Mais tarde ele descobriu que estava errado, que hipnose e
sono são duas coisas diferentes, mas já era tarde e o termo
já estava consagrado e esse termo permanece até hoje.
A hipnose não é uma espécie ou forma de sono. Os
dois estados são muito diferentes, a ciência já comprovou
isso. O estado hipnótico é também chamado transe
hipnótico.

3
ONDE SURGIU A
HIPNOSE?

A prática do hipnotismo se confunde com a própria


Humanidade, conforme prova os achados arqueológicos e
indícios psicológicos pré-históricos.
Em sua origem, o hipnotismo aparece envolto num
manto de mistérios e superstições. Os fenômenos
hipnóticos não eram admitidos, seus praticantes se diziam
frequentemente como instrumentos da vontade misteriosa
dos céus.
O uso e aplicação do hipnotismo têm seus primeiros
registros no antigo Egito por volta de 1.500 a.c. Os
papiros de Ebers narra que sacerdotes usavam uma
forma de indução hipnótica para curar os doentes,
colocando as mãos sob suas cabeças e recitando
orações.
Abaixo, algumas pessoas que contribuíram com a
hipnose:

1. JOHANN JOSEPH GASSNER


(1727 – 1779)

Membro do clero, Gassner, era um padre católico da


Europa. Fazia os pacientes doentes acreditarem que
estariam possuídos por demônios e assim que os
demônios fossem expulsos o paciente ficaria curado.
O padre Gassner não fazia segredo de seus métodos
e permitia que os médicos assistissem seus tratamentos.

4
Os médicos convidados por ele ficavam em uma
sala parecida com um teatro e o paciente ficava no
centro.
Padre Gassner entrava portando um grande
crucifixo de ouro cravejado de diamantes. O paciente era
avisado que ao ser tocado pelo crucifixo, iria cair
possesso pelo demônio, e assim que o demônio fosse
expulso o paciente estaria totalmente curado.

2. FRANZ ANTON MESMER


(1734–1815)

Segundo Mesmer existia uma forma magnética ou


“fluido” universal que influenciava na saúde do corpo
humano. O desequilíbrio desse fluido era responsável
pela saúde e doenças.
Ele realizava experiências com ímãs para
reequilibrar esse fluido e realizar curas.
Por volta de 1774, ele concluiu que poderia ter os
mesmo efeitos fazendo movimentos com as mãos, a
uma distância, na frente do corpo do paciente, conhecido
como "passes mesméricos".
Mesmer conseguia resultados espetaculares em
muitos casos nos quais os médicos convencionais não
conseguiam ajudar. Este fato já havia enfurecido a
comunidade médica.
Em 1780, a pedido do rei francês Luis XVI, uma
Comissão de Inquérito iniciou uma investigação para
confirmar as teorias de Mesmer.

5
Entre os membros desta comissão estava o pai da
química moderna Antoine Lavoisier, o cientista Benjamin
Franklin e um especialista em controle da dor Joseph-
Ignace Guillotin.
Contudo nenhuma evidência científica foi
encontrada para explicar suas curas. Foi expulso de
Viena e mudou-se Paris.
Os métodos e práticas de Mesmer deu origem ao
termo Mesmerismo. Suas técnicas permitia induzir a
estados alterados de consciência e era possível até
mesmo realizar cirurgias sob anestesia hipnótica.
Em Londres foi fundado o "Mesmeric Hospital", por John
Elliotson, discípulo de Mesmer.

3. JAMES BRAID
(1795-1860)

Em 1842 James Braid chamou o procedimento de


indução ao estado hipnótico como hipnose.
Após um tempo, ele percebeu que o termo hipnose
era inadequado, mas já era tarde, pois havia caído no
gosto popular, remanescendo até a atualidade.

4. JAMES ESDAILE
(1808-1868)

Usava o sonambulismo magnético em suas


cirurgias. Realizou aproximadamente 3.000 cirurgias
sem qualquer anestésico químico.

6
Ele não teve tanto sucessoem seus procedimentos
porque na mesma época foram descobertos os
anestésicos químicos.
Curioso é saber que os anestésicos químicos
mataram muito mais pessoas que se imagina, dada à
ignorância das reações ao procedimento. Tal nunca
ocorreu com a hipnose.

5. IVAN PAVLOV
(1849-1936)

Famoso neurofisiologista russo, conhecido por suas


pesquisas sobre o comportamento, que foram o ponto de
partida para o behaviorismo e o advento da psicologia
científica do comportamento; estudou os efeitos da
hipnose sobre o córtex cerebral e a indicação terapêutica
deste tipo de intervenção.

6. JEAN CHARCOT
(1825-1893)

Conhecido médico da escola de Salpetriére


(França), foi professor de Freud e estudou os efeitos da
hipnose em pacientes histéricos.
Charcot afirmava que apenas histéricos eram
hipnotizáveis, mas outros médicos contemporâneos
constataram que a hipnose é parte do funcionamento
normal do cérebro de qualquer pessoa.

7
Muitos dos erros cometidos por Charcot (e
repetidos por Freud) levaram a crer na ineficácia da
hipnose, o que foi rebatido anos depois.

7. DAVE ELMAN
(1900-1967)

Um dos aspectos mais importantes do legado de


Dave Elman são suas induções rápidas.
Ele lecionou vários cursos para médicos e seus
alunos conseguiam estados hipnóticos adequados para
procedimentos médicos ou cirúrgicos em menos de três
minutos.
A primeira cirurgia cardíaca de tórax aberto
utilizando somente hipnose no lugar de uma anestesia
(por causa de vários problemas severos do paciente) foi
conduzida por seus estudantes, tendo Dave Elman como
orientador na sala de cirurgia.

8. MILTON ERICKSON
(1901-1980)

Reconhecido como o Hipnoterapeuta mais


influente do século. Era psiquiatra norte-americano,
especializado em terapia familiar e hipnose e fundou a
American Society of Clinical Hypnosis.

8
Publicou vários livros e artigos sobre hipnose. Na
década de 1960, Erickson popularizou um novo tipo de
hipnoterapia, conhecida como hipnose ericksoniana,
caracterizada principalmente pelo uso de metáforas,
técnicas de confusão, e duplo vínculo.
Enquanto a hipnose clássica é direta e autoritária,
e muitas vezes encontra resistência do paciente, a
hipnose ericksoniana era permissiva e indireta.

9
COMO É O ESTADO
HIPNÓTICO?

É comum durante a indução dizer “durma” e


“sono”, elas propiciam o aparecimento do transe, porém
Não significa que a pessoa ficará inconsciente.
O paciente em transe percebe claramente o que
ocorre, ouvindo tudo a sua volta.
Bernard Gindes resume o estado hipnótico na
seguinte fórmula:

Atenção desviada + Crença + Expectativa = Estado


Hipnótico

A parte mais importante da indução hipnótica é o


rapport. O rapport pode ser definido como uma relação
de confiança e cooperação entre o hipnólogo e o
paciente.
Qualquer violação desta relação com sugestões
ofensivas à integridade do paciente resultaria em
interrupção imediata e voluntária do estado de transe por
parte do mesmo.
O temor de revelar segredos ou praticar atos
indesejados durante o transe é incabível!
Por fim, a crença de que se pode morrer em
transe, ou não mais acordar é meramente folclórica e
não corresponde à realidade. Um paciente “esquecido”
pelo hipnólogo sairia espontaneamente do transe ou
passaria deste para sono fisiológico em poucos minutos.

10
HIPNOSE PRA
QUÊ?

A hipnose pode ser usada para fins de


entretenimento como na hipnose de rua chamada de
“street hypnosis” e na hipnose de palco para shows
cômicos também.
Também pode ser usada como ferramenta
terapêutica na chamada hipnose clínica.
O objetivo da hipnose clínica é tratar um problema
do paciente. Geralmente os atendimentos são feitos em
um consultório por hipnoterapeutas, psicólogos e
psiquiatras.
A hipnose também pode ser usada por dentistas,
fisioterapeutas, biomédicos e médicos cirurgiões no
controle da dor e para práticas anestésicas em
procedimentos cirúrgicos

11
A PESSOA ESTÁ
HIPNOTIZADA?

Alguns sinais confirma que a pessoa está em


transe hipnótico, alguns deles são:

✔ Movimento trêmulo das pálpebras (REM);


✔ Aumento da lacrimação;
✔ Vermelhidão dos olhos;
✔ Aumento da temperatura corporal geral (em alguns
sujeitos, isso causa a diminuição da temperatura das
extremidades do corpo, como as mãos);
✔ Tendência dos olhos girarem para cima;
✔ Aumento dos batimentos cardíacos;
ausência de movimento;
✔ Engrossamento da veia jugular;
✔ Aumento da temperatura na face e tórax;
✔ Mãos suadas;
✔ Aumento da sensibilidade (hiperestesia);
✔ Perda ou ausência de dor (analgesia);
✔ Perda ou ausência de sensibilidade (anestesia).

12
RAPPORT

O Rapport cria uma atmosfera de confiança


mútua, gerando um vínculo, confiança. É o “elo” que liga
o sujeito ao hipnotista e permite que a hipnose
aconteça.

PRE-TALK

O Pre-talk é a conversa prévia que ocorre ates da


hipnose. Basicamente você vai desmistificar a hipnose e
explicar sobre seus benefícios.

YES SET

Em português, seria algo como “contexto do sim”.


Ou seja, são aqueles pequenos comando que você pode
fazer para que o sujeito concorde e diga sim. Por
exemplo: De um passo para frente, junte seus pés,
sente-se aqui.
Quando o sujeito responde aos seus pequenos
comandos, é muito mais provável que ele responda aos
próximos. Esse é o raciocínio.

13
VOZ HIPNÓTICA

Temos as seguintes vozes na hipnose:

Paternal: É uma voz mais autoritária e firme, muito


útil para a hipnose clássica.
Maternal: É uma voz mais doce, permissiva, muito
usada na hipnose ericksoniana.
Robótica: É uma voz firme, porém sem sentimentos
na voz. Muito pouco usada atualmente.
Sensual: É uma voz mais cantada, como se você
fosse realmente seduzir a pessoa, mas não no sentido
sexual.
Encontre seu timbre e modulação de voz que achar
mais autêntico com sua personalidade. Sempre que
precisar mude sua voz, conforme as circunstâncias,
contexto ou paciente.

ANCORAGEM
Âncora são estímulos externos que nos traz
emoções ou lembranças boas ou ruins. Estes estímulos
podem ser visuais, cinestésicos, auditivos, gustativos e
olfativos.
Você já sentiu alguma vez um perfume e lembrou-
se de uma pessoa?
Se já, o perfume funcionou como uma âncora para
você lembrar essa pessoa.
14
PSEUDO-HIPNOSE

São técnicas que envolvem elementos puramente


fisiológicos e que “enganam” a mente do sujeito se
transformando em hipnose de verdade por fazerem os
mesmos entrarem em um loop hipnótico.
Alguns hipnotistas por não gostarem do termo
“pseudo hipnose” chamam estas técnicas de hipnose
sem transe.

LOOP HIPNÓTICO

A pseudo-hipnose provoca uma experiência baseada


em uma reação fisiológica automática. No entanto, o
hipnotista dá ao sujeito a impressão de que essa reação
não foi automática, mas fruto da sugestão e que a hipnose
já está acontecendo.
Após estabelecer-se no sujeito essa crença, ele fica
mais suscetível às novas sugestões, que provocam novas
reações fisiológicas e mantém o ciclo. Ao manter-se esse
ciclo, é possível provocar até mesmo alucinações, sem a
necessidade de se induzir o sujeito ao transe hipnótico
profundo.

15
SUGESTÕES PÓS-
HIPNÓTICAS

Em termos gerais, a sugestão pós-hipnótica é toda


e qualquer sugestão dada durante o transe que terá
efeitos na pessoa mesmo após o transe.

PRESENTE
HIPNÓTICO

Muito usado na hipnose de rua, o presente


hipnótico, em inglês é chamado de “hypnotic gift”.
Antes de despertar o sujeito, dê uma sugestão
positiva, que pode ser em relação a uma meta, desejo ou
mesmo para acalmar, tirar a tensão e etc.
Essa é uma forma elegante de encerrar com a
hipnose e evitar que a pessoa se sinta mal.

16
5 SEGREDOS

NUNCA
REVELADOS
1º SEGREDO
O PODER DA INDUÇÃO INSTANTÂNEA

As induções rápidas são capazes de ajudar o seu


cliente a alcançar um nível intenso de relaxamento
rapidamente.
Ninguém é imune a uma indução rápida ou
instantânea, mas não se engane, sempre tem alguém
que quer resistir, logo prejudicando o transe.
Após a administração de uma indução rápida ou
instantânea, é muito importante que você continue
falando com seu cliente de forma calma, pausada em
tom de voz tranquilo.
Use sua voz como uma âncora e um mecanismo
de segurança, isso vai ajuda-lo a perceber que está
seguro, possibilitando um relaxamento mais profundo e
intenso.
Resolvi compartilhar com você uma indução
instantânea por quebra de padrão muito poderosa, capaz
de aumentar suas chances de sucesso durante a prática
da hipnose, pois serve para pessoas analíticas e não
analíticas.
Eu nunca ensinei essa indução antes, mas resolvi
falar sobre ela aqui neste e-book como um bônus
exclusivo para você.

18
O nome dessa indução é “GIRO DE BRAÇO”

1. Peça para o sujeito ficar em pé.


2. Informe para responder às suas instruções o mais
rápido possível, sem pensar.
3. Atenção: Diga que em nenhum momento ela vai cair,
pois o tempo todo ficará em pé de forma bastante
segura.
4. Oriente o sujeito a esticar os braços a frente de seu
corpo.
5. Inicie as instruções: Com os braços esticados, peça
para gira-los em circulo, alternando em sentido horário e
anti-horário e alternando em movimento rápido e devagar
(A intenção aqui é dar muitas instruções de modo que
prenda a atenção e cause uma confusão).
6. A instrução seria basicamente dessa forma:

“Gire os braços bem rápido ... ... do outro lado ... ... agora
bem devagar... lento ... sentido inverso ... mais rápido ...
sentido inverso ... mais rápido ... mais lento ... sentido
inverso ... mais rápido .... sentido inverso ... mais lento”
7. Você vai perceber que o sujeito vai começar a ficar
confuso.
8. Agora é o momento: Posicione sua mão esquerda de
forma sútil atrás da cabeça do sujeito e rapidamente
usando a mão direita toque a testa do sujeito dizendo a
palavra “durma”.
9. Oriente o sujeito a fechar os olhos e relaxar.

19
10. Aprofundamento: Diga ao sujeito – “Vou fazer uma
contagem regressiva... iniciando pelo número 5... e para
cada número que eu disser... você irá relaxar cada vez
mais e mais... 5... completamente relaxado... 4... cada
vez mais e mais relaxado... 3.. se sentindo muito calmo e
tranquilo... 2... mais e mais relaxado... 1... muito bem...
0... você acaba de acessar um nível de relaxamento
jamais sentido”.

20
2º SEGREDO
APROFUNDAMENTO SEM ERRO

Use números e letras no aprofundamento, pois


ativam a parte reptiliana mais primitiva do cérebro.
Todos conhecem número e letras, mas nem todos já
foram a uma praia ou andaram de barco, como dizem os
aprofundamentos mais conhecidos.
Siga esse aprofundamento e tenha resultados
incríveis: “Vou fazer uma contagem regressiva de 5 até 0
e para cada número que eu disser imagine ele vindo em
sua direção e que ao atravessá-lo, você vai acessar um
nível de relaxamento cada vez mais profundo, cada vez
mais intenso...”.
Essa técnica de aprofundamento é bem simples,
não exige um roteiro muito formulado. Assim, você vai
reduzir nessa fase e conduzir o sujeito a um nível mais
profundo de relaxamento.

21
3º SEGREDO
TESTE DE RELAXAMENTO
Após colocar o sujeito em estado de transe e
realizar o aprofundamento, o teste de relaxamento deve
ser aplicado.
Sua finalidade é verificar o estado de relaxamento
do sujeito antes de iniciar a sugestão hipnótica.
Uma sugestão hipnótica será melhor aceita pelo
indivíduo se ele estiver bem relaxado.
A melhor maneira de testar seu relaxamento é
através do teste de relaxamento.
Aposto que nunca ouviu falar sobre isso, realmente
em nenhum curso ela é ensinada e você vai aprender
agora como é isso.
É um script bem rápido e simples, veja abaixo:

1. Após a indução e o aprofundamento diga ao sujeito:


2. “Você pode querer imaginar uma margarida agora, uma linda flor. Esta
margarida tem 10 pétalas”.
3. “Pensando agora que o número 10 significa muito relaxado e o número 1
pouco relaxado”.
4. “Visualize que você está retirando cada pétala, uma por uma, enquanto
puxa as pétalas, pare no número que melhor reflete o quão relaxado você
está agora. . .”
5. Aguarde alguns segundos e dê tempo suficiente para o sujeito completar
a tarefa.
6. Agora me diga: “Quantas pétalas sobraram?”
7. Se não sobrou nenhuma pétala > muito relaxado
8. Se sobrar 9 pétalas > pouco relaxado, devendo aprofundar mais o sujeito.

22
4º SEGREDO
SUGESTÃO HIPNÓTICA PERFEITA

A sugestão hipnótica é muito importante. Ela torna


possível a realização da hipnose terapêutica e de
entretenimento.
Segundo James Braid, fundador da hipnoterapia,
dar uma sugestão durante o transe hipnótico causa uma
resposta corporal devido um mecanismo
neuropsicológico conhecido como "reflexo ideodinâmico".
Saiba que nem toda sugestão é aceita pelo sujeito.
Você deve estar se perguntando: “Como deve ser uma
sugestão facilmente aceita?”.
Pensando nisso, resolvi revelar os segredos por
traz da sugestão hipnótica perfeita, a prova de falhas.
Cuidado, leia somente se você quiser se tornar um
grande hipnotista.

23
A) LINGUAGEM POSITIVA
“As sugestões devem ser formuladas
sempre em linguagem positiva”

Eu considero essa regra a mais importante para uma


sugestão perfeita.
Uma das grandes lições que aprendemos da PNL
(Programação Neuro Linguistica) é que o cérebro não
reconhece/entende a palavra NÃO. Eu sei, pode parecer estranho,
mas não pense em um macaco pulando! O que aconteceu? Você
pensou em um macaco pulando.
Portanto, evite formular sugestão com predicados gramaticais
negativos como "não" ou "menos", etc. Por exemplo: "Você não está
ansioso" é uma sugestão mal formulada. O correto seria: "Você está
calmo e relaxado" porque está formulado positivamente.
Uma sugestão de sucesso deve guiar o sujeito para a
experiência ou resposta que você procura causar.

B) TEMPO PRESENTE

“As sugestões devem ser formuladas no


presente”
Formule sua sugestão hipnótica no tempo presente, ao invés
de dizer ao seu cliente: “Você vai ficar relaxado”, diga “Você está
relaxado”.
Você deve estar se perguntando: E se o hipnoterapeuta deseja que
seu cliente tenha uma mudança futura?
Pra isso, fica a dica de ouro: Peça ao cliente que se projete
em uma situação futura e sugestione a partir dai.
Por exemplo: Daqui duas semanas, seu cliente terá uma
prova muito importante. Durante o transe, conduza-o para o dia da
prova, dentro da sala de aula e dê a seguinte sugestão “Agora você

24
está tranquilamente calmo e sentindo-se muito bem”.
C) REPETIR E VARIAR
“sugestões devem ser variadas e
repetidas”

Você repete uma única vez a sugestão? Pare imediatamente


e siga essa dica!
Sempre repita com moderação uma sugestão, ou seja, repita,
mas evite excessos porque uma sugestão repetida muitas vezes da
mesma forma perde força e passa a soar como ruído sem sentido.
Uma forma de driblar isso é variar a sugestão sem alterar sua
ideia central.
Por exemplo: “Você está calmo”, “Você está tranquilo”, “Você
está sossegado”. Observe que variei a sugestão sem alterar seu real
sentido.

D) POSSÍVEL E
DETERMINADA
“a sugestão deve ser humanamente
alcançável”

A sugestão hipnótica deve causar mudanças psicológicas com


respostas corporais, comportamentais ou fisiológicas, ou seja,
devem ser humanamente alcançável por seu cliente.
Nunca use afirmações usadas em métodos de autoajuda do
tipo: "A vida está sendo generosa comigo”.

25
5º SEGREDO
PARE DE DIZER: "EU QUERO QUE VOCÊ ..."

Nunca deixo de me surpreender quando


praticantes de hipnose dizem "Eu quero que você ..."
ao dar uma sugestão hipnótica.
Na verdade, você esta dizendo ao cliente: "Eu
não estou realmente interessado no que você quer,
mas aqui está o que eu quero que você faça”.
Isso passa a impressão que você sabe o que é bom
para seu cliente. Isso é errado. O cliente muitas
vezes sabe o que é bom para ele.
O resultado disso é que o cliente é tratado com
uma atitude paternalista o que pra ele pode ser ruim,
prejudicando seu processo hipnótico.
Milton Erickson sabia profundamente disso e
usava frases como: "Basta deixar Você mesmo ..." ou
"Você pode achar que você quer ..." ou "Se você
quiser, vá em frente e ..."
Portanto, formule sua sugestão de modo que
não pareça uma imposição, mas que pareça uma
vontade pura e simples do sujeito hipnotizado.

26
BÔNUS
INDUÇÃO DO SOL POENDO

Resolvi compartilhar com você essa indução pouco


conhecida e muito poderosa. Trata-se de uma indução
elegante, ótima para hipnose clínica.
Todos já presenciaram um lindo pôr do sol algum dia
de sua vida. Tenho certeza que enquanto você leu isso, a
imagem de um lindo pôr do sol veio em sua mente agora, por
isso tenho bons resultados com essa indução.
Primeiro, saiba que esta indução usa metáfora seu
script está em primeira pessoa, como se você estivesse
induzindo alguém ao transe.
Confira agora essa indução exclusiva que preparei para
você.

27
SCRIPT

1. “Tome uma inspiração profunda agradável e expire


lentamente”.
2. “Muito bem, tome outra respiração calma e tranquila”.
3. “Em sua mente agora surgirá um belo pôr do sol alaranjado,
o mais lindo que está ai guardado”.
4. “Você percebe que esse pôr do sol é muito lindo e resolve
sentar e olhar para o horizonte”
5. “É tão bonito como qualquer sol que você já viu no
passado”.
6. “O sol começa lentamente a descer e se esconder, a
medida que isso acontece, permita-se relaxar cada vez mais e
mais...”
7. “Observa todas as belas cores no céu”
8. “Enquanto o sol desce lentamente, você pode respirar
profundamente ou não”.
9. “Eu me pergunto o quão calmo, tranquilo e relaxante é esse
pôr do sol...”.
10. “Talvez todas as preocupações e tensões estejam ai.
Basta deixá-las sair do seu corpo através de sua respiração”.
11. “Vou iniciar uma contagem regressiva iniciando pelo
número 20, talvez lá pelo número 18 ou até mesmo antes
esse sol foi embora... e você está em uma noite calma e
tranquila...”.
12. “20...completamente relaxada...19 mais relaxada...18
continue olhando para o horizonte...17 isso muito
bem...16...15... se sentindo confortável... 14 sentindo-se
segura... 13 mais e mais relaxada... 12...11...10... sentindo
seu corpo muito relaxado...9 acessando um nível de
relaxamento... 8... cada vez mais profundo... 7...6...5 mais
relaxada... 4...3... se sentindo muito bem e segura... 2...
estando em paz... 1... permita seu corpo e sua mente relaxar
mais profundamente no próximo número... 0...
13. Pronto, agora dê as sugestões.

28
AGRADECIMENTO

Ficou surpreso? Eu sei que você se surpreendeu


com o conteúdo deste e-book.
Neste e-book você descobriu a história da hipnose
e aprendeu os principais conceitos. Revelei ainda,
exclusivamente para você 5 segredos jamais ensinado
antes.
Bom, criei esse conteúdo pensando em você, mas
tenho muito mais para ensinar.
Mais cedo ou mais tarde vou lançar O MAIS
COMPLETO CURSO DE HIPNOSE ONLINE, com
conteúdo incrível, preparado para quem quer ser um
hipnotista de sucesso. Você é essa pessoa?
Inclusive, fique atento com sua caixa de e-mail, pois em
algum momento enviarei outros conteúdos INÉDITOS.
Fico feliz que tenha ficado até o final.
Te desejo sucesso em sua jornada e conte comigo.

Lucas Naves

29