Você está na página 1de 16

R AIO X

ENEM História

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 1 15/05/2018 15:58:13


R AIO X
ENEM História

QUESTÃO 01 QUESTÃO 02
Três décadas — de 1884 a 1914 — separam o século
XIX — que terminou com a corrida dos países europeus
para a África e com o surgimento dos movimentos de
unificação nacional na Europa — do século XX, que
começou com a Primeira Guerra Mundial. E o período
do Imperialismo, da quietude estagnante na Europa e
dos acontecimentos empolgantes na Ásia e na África.
ARENDT, H. As origens do totalitarismo. São Paulo: Cia. das Letras, 2012.

O processo histórico citado contribuiu para a eclosão da


Primeira Grande Guerra na medida em que
 difundiu as teorias socialistas.
 acirrou as disputas territoriais.
 superou as crises econômicas.
 multiplicou os conflitos religiosos.
 conteve os sentimentos xenófobos.

Arquivo Edgard Leuenroth, Centro de Pesquisa e Documentação Social – Unicamp.

O cartaz em questão faz alusão a uma prática


desenvolvida em determinados momentos da história
nacional. Diante do que está apresentado podemos
inferir que
 a propaganda estatal intencionava a construção de
um personalismo, inserido no calendário nacional, o
que, na prática, era uma estratégia de controle social.
 a construção de uma memória que aproximava as
camadas urbanas do Estado, foi um dispositivo
prático de compartilhar o poder com os liderados.
 o simbolismo representado pelo cartaz coloca os
trabalhadores como protagonistas das grandes
transformações sociais.
 o modelo de Estado representado pela aproximação
entre populares e líderes nacionais contribuiu para a
conscientização em torno da luta por direitos.
 a memória representada pelo feriado revela a
originalidade de nosso processo democrático, que
desconstrói o protagonismo do líder, exaltando os
populares.

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 2 15/05/2018 15:58:14


R AI O X
ENEM História

QUESTÃO 03 QUESTÃO 04
A semelhança [entre López e Hitler] está na
mobilização total para a guerra, na guerra total que ambos
travaram, cada qual dentro de suas possibilidades. Creio
não ser fora de propósito considerar López um precursor
do totalitarismo moderno, encarnado exemplarmente em
Hitler. Romantismo, voluntarismo e paranoia definem
as personalidades dos tiranos e não é casualidade que
o fascismo, ao popularizar-se no Paraguai (na versão
Criolla), tenha reivindicado a figura de López, o qual foi
censurado por suas vítimas e cúmplices [...].
DORATIOTO, Francisco Fernando Moteoliva. Maldita guerra: nova história da guerra do
Paraguai. São Paulo: Companhia das Letras, 2002. p. 454.

Os ditadores citados no texto se assemelham por Lederly Mendonça


 fazerem uso de ideologias e estratégias para a
A análise da charge permite concluir que
unidade nacional com objetivos específicos.
 terem exercido controle sobre populações em  a população se adapta aos rigores e problemas
momentos específicos de pacificação continental. de ordem econômica e, em forma de protesto,
distancia-se das orientações governamentais.
 seguirem orientações políticas vitoriosas, para cada
tempo histórico, das guerras que vivenciaram.  a família contemporânea se envolve cada vez mais
 utilizarem estruturas de manipulação e controle que com as particularidades do consumo direto, burlando
justificam posturas democráticas em tempos de as restrições do governo.
guerra.  a família retratada simboliza as limitações impressas
 serem peças fundamentais em um mesmo processo ao consumo, por conta das constantes mudanças no
de formação nacional-étnica, mesmo ocorrendo em cenário econômico do país.
locais distintos.  a sociedade contemporânea permanece refém das
restrições impostas pela ação dos Estados Nacionais
independentemente da natureza econômica.
 a sociedade reconhece o papel do governo nacional
no enfrentamento às questões de ordem econômica
que envolvem abastecimento.

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 3 15/05/2018 15:58:15


R AIO X
ENEM História

QUESTÃO 05 QUESTÃO 06
A agricultura é o nervo econômico da colonização. Se a data da abolição, 13 de maio de 1888, marca,
Com ela se inicia – se excluirmos o insignificante ciclo no Brasil, o fim do predomínio agrário, o quadro político
extrativo do pau-brasil – e a ela se deve a melhor porção instituído no ano seguinte quer responder à conveniência
de sua riqueza. Em uma palavra, é propriamente na de uma forma adequada à nova composição social.
agricultura que assentou a ocupação e a exploração da Existe um elo secreto estabelecendo, entre esses
maior e melhor parte do território brasileiro. A mineração dois acontecimentos e numerosos outros, uma
não é mais que um parêntese; de curta duração, aliás. revolução lenta, mas segura e concertada, a única que,
Particularmente, no momento que nos interessa aqui, rigorosamente, temos experimentado em toda a nossa
passará já nitidamente para o segundo plano: a cultura vida nacional. A grande revolução brasileira [...] é antes
da terra voltava a ocupar a posição dominante dos dois um processo demorado. [...]
primeiros séculos da colonização. HOLLANDA, Sérgio Buarque de. Raízes do Brasil. 26. ed.São Paulo: Companhia das Letras,
1995. p. 171.
PRADO JR., Caio. Formação do Brasil contemporâneo: colônia. Entrevista Fernando Novais.
Postácio Bernardo Ricupero. São Paulo: Companhia das Letras, 2011. p.135.
A respeito das fases históricas que pontuam os processos
Acerca do processo de colonização, podemos afirmar de transformação na sociedade brasileira, que
que a atividade agrícola  a abolição representou a ruptura que permitiu a
 foi suplantada pela pecuária no processo de inserção de grupos marginalizados na construção de
povoamento do interior brasileiro. uma nova cidadania.
 foi o referencial de desenvolvimento econômico nos  a abolição permitiu que o término da unilateralidade
trópicos retirando a colônia de sua precária condição. latifundiária fosse subjugado pela construção de uma
 promoveu, mesmo superando a mineração, a sociedade industrial em expansão.
transferência de renda para as camadas médias  a abolição foi o acelerador para a implantação
urbanas. republicana, simbolizando a primeira grande
 enfatizou, principalmente, o povoamento do interior transformação que possibilitou o aparecimento de
afastando-se da ocupação do litoral. novos protagonistas.
 promoveu a ocupação de boa parte do território  a abolição e a república podem ser vistas como
brasileiro constituindo estratégia mercantilista. peças de um mosaico revolucionário, fruto de um
novo ritmo que potencializa transformações.
 a abolição e a república fazem parte da composição
de marcos históricos que representam a lentidão em
processos de ruptura política e inserção social.

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 4 15/05/2018 15:58:15


R AI O X
ENEM História

QUESTÃO 07 QUESTÃO 08
“[...] assistimos no final do século XVII, após a Os conspiradores esperavam que a derrama fosse
descoberta das minas, não a uma nova configuração imposta em meados de fevereiro. Contando com a
da vila nem à ruptura brusca com o padrão anterior, inquietação geral do povo, eles se propunham a instigar
ao contrário, à consolidação de todo um processo um motim sob cuja cobertura, e com a conivência
de expansão econômica, de mercantilização e de dos Dragões, o governador seria assassinado e se
concentração de poder nas mãos de uma elite local. A proclamaria uma república independente. O alferes
articulação com o núcleo mineratório dinamizará este Silva Xavier deveria provocar a agitação em Vila
quadro, mas não será, de forma alguma, responsável Rica. Teria o auxílio de companheiros que chegariam
por sua existência.” antecipadamente à cidade em pequenos grupos, com
BLAJ, Ilana. A trama das tensões. São Paulo: Humanitas, 2002, p.125. as armas escondidas debaixo dos casacos.
MAXWELL, Kenneth R. A devassa da devassa: a Inconfidência Mineira. Brasil – Portugal,
As transformações citadas no texto se relacionam ao 1750-1808. p. 192.
processo de consolidação da economia mineradora no
A respeito do emancipacionismo mineiro, podemos
Brasil, dentre as quais se destaca
afirmar que
 o reforço do caráter litorâneo da colonização
 a memória de Tiradentes como herói da conjura foi
portuguesa em função do apogeu da cana de açúcar
construída à época da conspiração, pois este teve
e da busca de pau-brasil.
papel decisivo na construção da ideologia libertária
 o enfraquecimento do trabalho escravo na Região
iluminista na sociedade colonial.
Sudeste em função da rápida mobilidade social na
 o movimento logrou o êxito esperado, mesmo
região.
sobre o ponto de vista da implantação do processo
 a intensificação do comércio e da vida urbana, e a revolucionário que levaria à quebra do pacto colonial,
articulação de um mercado interno tendo como foco consolidado com a vinda da Família Real.
o Centro-Sul.
 a derrama, enquanto instrumento tributário
 a queda do perfil demográfico da região da mineração metropolitano na colônia, seria utilizada pelos
em função das severas leis impostas pelo Estado conspiradores para o início do movimento, pois estes
português. eram sabedores que a cobrança tinha o apreço dos
 a manutenção da Zona da Mata Nordestina como populares.
centro dinâmico da economia devido às suas relações  a conspiração, liderada pelo alferes Silva Xavier,
políticas com a região das minas. era a continuação das insatisfações ocorridas em
Vila Rica, entre a elite açucareira empobrecida e as
autoridades do fisco metropolitano.
 a derrama seria utilizada pelos conspiradores
como instrumento estratégico para conectar as
insatisfações da sociedade com a carga tributária,
pois os conjurados queriam o apoio popular para
romper com a metrópole.

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 5 15/05/2018 15:58:16


R AIO X
ENEM História

QUESTÃO 09 QUESTÃO 10
Art. 92. São excluídos de votar nas Assembleias A Revolução Farroupilha foi um dos movimentos
Paroquiais: armados contrários ao poder central no Período
Regencial brasileiro (1831-1840). O movimento dos
I. Os menores de vinte e cinco anos, nos quais não se Farrapos teve algumas particularidades, quando
compreendam os casados, e Oficiais militares que comparado aos demais. Em nome do povo do Rio
forem maiores de vinte e um anos, os Bacharéis Grande, depus o governador Braga e entreguei o
Formados e Clérigos de Ordens Sacras. governo ao seu substituto legal Marciano Ribeiro. E
IV. Os Religiosos, e quaisquer que vivam em Comunidade em nome do Rio Grande do Sul eu lhe digo que nesta
claustral. província extrema [...] não toleramos imposições
humilhantes, nem insultos de qualquer espécie. [...] O
V. Os que não tiverem de renda líquida anual cem Rio Grande é a sentinela do Brasil, que olha vigilante
mil réis por bens de raiz, indústria, comércio ou para o Rio da Prata. Merece, pois, maior consideração
empregos.
e respeito. Não pode e nem deve ser oprimido pelo
Constituição Política do Império do Brasil (1824).
Disponível em: https://legislação.planalto.gov.br. Acesso em: 27 abr. 2010 (adaptado). despotismo. Exigimos que o governo imperial nos dê um
governador de nossa confiança, que olhe pelos nossos
A legislação espelha os conflitos políticos e sociais do interesses, pelo nosso progresso, pela nossa dignidade,
contexto histórico de sua formulação. A Constituição ou nos separaremos do centro e com a espada na mão
de 1824 regulamentou o direito de voto dos “cidadãos saberemos morrer com honra, ou viver com liberdade.
brasileiros” com o objetivo de garantir (Bento Gonçalves [carta ao Regente Feijó, setembro de 1835] apud Sandra Jatahy
Pesavento. A Revolução Farroupilha, 1986.)
 o fim da inspiração liberal sobre a estrutura política
brasileira. Entre os motivos da Revolução Farroupilha, podemos citar
 a ampliação do direito de voto para maioria dos  o desejo rio-grandense de maior autonomia política
brasileiros nascidos livres. e econômica da província frente ao poder imperial,
 a concentração de poderes na região produtora de sediado no Rio de Janeiro.
café, o Sudeste brasileiro.  a incorporação, ao território brasileiro, da Província
 o controle do poder político nas mãos dos grandes Cisplatina, que passou a concorrer com os gaúchos
proprietários e comerciantes. pelo controle do mercado interno do charque.
 a diminuição da interferência da Igreja Católica nas  a dificuldade de controle e vigilância da fronteira sul
decisões político-administrativas. do império, que representava constante ameaça de
invasão espanhola e platina.
 a proteção do charque rio-grandense pela Corte,
evitando a concorrência do charque estrangeiro e
garantindo os baixos preços dos produtos locais.
 a destruição das lavouras gaúchas pelas guerras
de independência na região do Prata e a decorrente
redução da produção agrícola no sul do Brasil.

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 6 15/05/2018 15:58:17


R AI O X
ENEM História

QUESTÃO 11 QUESTÃO 12
A história da construção do Estado brasileiro na
IMIGRAÇÃO: BRASIL, 1881-1930 (EM MILHARES)
primeira metade do século XIX foi a história da tensão
Ano Chegada entre unidade e autonomia. Por outro lado, no interior do
1881-1885 133,4 Estado, de elites com fortes vínculos com os interesses de
1886-1890 391,6 sua região de origem e ao mesmo tempo comprometidas
com uma determinada política nacional, pautada pela
1891-1895 659,7 negociação destes interesses e pela manutenção da
1896-1900 470,3 exclusão social, marcou não apenas o século XIX, como
1901-1905 279,7 também o século XX. Através do parlamento, essas elites
1906-1910 391,6 regionais têm imposto uma determinada dinâmica para
o jogo político que se materializa na imensa dificuldade
1911-1915 611,4 de empreender reformas sociais profundas.
1916-1920 186,4 (Dolhnikoff, Miriam. O pacto imperial. As origens do federalismo no Brasil. São Paulo: Globo,
2005, p. 11-12.)
1921-1925 368,6
De acordo com o ponto de vista apresentado no texto,
1926-1930 453,6  a história brasileira é marcada por práticas de
Total 3.964,3 tolerância política acentuadas nas últimas décadas
BETHELL, Leslie (ed.). The Cambridge History of Latin America (adaptado). com a redemocratização do país.
Os dados apresentados na tabela anterior se  o parlamento é a única instituição política imune
explicam, entre outros fatores, pela aos interesses e ao controle das elites regionais
 forte demanda por força de trabalho criada pela brasileiras.
expansão cafeeira nos estados do Sudeste do Brasil.  as profundas reformas sociais só foram possíveis
 expurgação, em massa, promovida em países que graças às transformações políticas ocorridas na
viviam sob regimes fascistas, como Itália, Alemanha primeira metade do século XIX no Brasil.
e Japão.  a dinâmica política do Estado Nacional se constituiu
 significativa industrialização em estados do Nordeste com base em negociações entre as elites regionais e
do Brasil, sobretudo aquela ligada a bens de a exclusão social de outros setores.
consumo.  as características descritas sobre o Estado revelam
 supervalorização do trabalho assalariado nas a supremacia do Poder Judiciário sobre o Poder
cidades, já que, no campo, prevalecia a mão de obra Legislativo na história política brasileira.
de origem escrava, mais barata.
 democracia racial brasileira, favorecendo a
convivência pacífica entre povos de variadas
culturas que, nos seus continentes de origem,
poderiam ser rivais.

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 7 15/05/2018 15:58:17


R AIO X
ENEM História

QUESTÃO 13 QUESTÃO 14
[...] Prestes afirmava: “A terra para os camponeses! As Nenhum dos seus achegados percebeu que ele iria
fábricas para os operários! Viva o governo dos conselhos matar-se. Getúlio não escrevia à máquina e deu ao
de operários e camponeses, soldados e marinheiros! secretário particular e à datilógrafa da Presidência da
Viva o partido comunista! Viva a revolução proletária!”. República as anotações manuscritas da carta-testamento
Assim, para Prestes, em 1931 havia uma situação de despedida, que modificou e emendou mais de uma
revolucionária e havia condições, consequentemente, vez, mas nenhum deles – que várias vezes o indagaram
para passar da revolução burguesa à revolução proletária pelas emendas – jamais percebeu que se tratava do
e para instaurar no poder os conselhos de operários e “adeus” para a viagem ao absoluto. Nem a filha Alzira,
camponeses, soldados e marinheiros. Na realidade, não que pensava tudo saber sobre ele, vislumbrou no pai
havia condições para isso. qualquer nesga de suicídio ao beijá-lo com um “até logo”
Nelson Werneck Sodré. na madrugada de 24 de agosto, horas antes do tiro final.
TORRES, Flávio. O dia em que Getúlio matou Allende e outras novelas do poder.
Nessa conjuntura, surgiu a Aliança Nacional Libertadora, Rio de Janeiro: Record, 2004. p. 38.
que tinha, enquanto interesse O dia 24 de agosto demarca o momento em que
 libertar o Brasil do julgo dos imperialistas e implantar Getúlio Vargas deixa a vida e entra na história. Acerca
um governo popular de características socialistas. deste acontecimento, pode-se inferir que
 emancipar a nação brasileira da opressão comunista,  a construção de uma memória sobre Vargas envolve
que, sob influência marxista, caminhava para a uma conjugação de rituais polêmicos que devem ser
instalação de um governo proletário socialista. distanciados de sua história como homem público.
 implantar o reformismo agrário e urbano sob a  a montagem de um cenário que possibilite a
liderança de Prestes e garantir a permanente coluna reconstrução daquele período é algo que os
tenentista. historiadores procuram negar, pois as imprecisões
 conceder à nação brasileira a oportunidade de uma são variadas.
educação libertária marxista, fruto de sua composição  a formação de uma opinião pública sobre Getúlio é
civil proletária. orientada por imprecisões, diante da impossibilidade
 identificar os grupos fascistas de extrema esquerda de simular a ocorrência de acontecimentos daquela
e fazer o banimento destes das unidades federadas fase.
brasileiras.  a pregação de um Vargas histórico é cada vez
mais distante de uma memória autocrática, pois a
personagem é lembrada de forma autoritária.
 a conservação de uma memória sobre Getúlio passa,
necessariamente, pelo impacto político de sua morte
e pelo simbolismo de sua carta-testamento.

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 8 15/05/2018 15:58:18


R AI O X
ENEM História

QUESTÃO 15 QUESTÃO 16

Zappa
A charge faz alusão a uma importante transformação
nas relações entre Estados Unidos e Cuba ocorrida em
2014. Trata-se da
 retomada de relações diplomáticas entre Estados
Unidos e Cuba.
 aproximação ideológica do governo de Cuba ao
Meta de Faminto capitalismo dos Estados Unidos.
JK — Você agora tem automóvel brasileiro, para  penetração de empresas dos Estados Unidos nos
correr em estradas pavimentadas com asfalto brasileiro, setores produtivos de Cuba.
com gazolina brasileira. Que mais quer?  derrubada do modelo socialista de Cuba por
JECA — Um prato de feijão brasileiro, seu doutô! dissidentes apoiados pelos Estados Unidos.
THÉO. In: LEMOS, R. (Org.). Uma história do Brasil através da caricatura (1840-2001). Rio
de Janeiro: Bom Texto; Letras & Expressões, 2001.  recuperação dos planos de cooperação bilateral
entre Estados Unidos e Cuba.
A charge ironiza a política desenvolvimentista do
governo Juscelino Kubitschek ao
 evidenciar que o incremento da malha viária diminuiu
as desigualdades regionais do país.
 destacar que a modernização das indústrias
dinamizou a produção de alimentos para o mercado
interno.
 enfatizar que o crescimento econômico implicou
aumento das contradições socioespaciais.
 ressaltar que o investimento no setor de bens
duráveis incrementou os salários de trabalhadores.
 mostrar que a ocupação de regiões interioranas abriu
frentes de trabalho para a população local.

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 9 15/05/2018 15:58:19


R AIO X
ENEM História

QUESTÃO 17 QUESTÃO 18
Uma vez instaurado o regime, um viés que
prevaleceu muito evidente do ponto de vista político foi
o cerceamento das liberdades democráticas, traduzido
pelo controle sobre as entidades representativas de
classe e sobre os cidadãos pensantes. No campo das
políticas econômicas, presenciou-se um grande arrocho
salarial sobre os trabalhadores, ao lado de um processo
inusitado de concentração de renda, denominado por
alguns “teoria do bolo”. Por essa teoria, seria necessário
deixar o bolo (da renda) crescer, para distribuí-lo
somente quando fosse suficiente para todos. Em tal
conjuntura, surgiram várias modalidades de movimentos
reivindicatórios, centrados, quase todos, em torno de
O publicitário Washington Olivetto, então um dos demandas sociais não satisfeitas.
MIZUBUTI, Satie. “Uma releitura do movimento associativo de bairro”. In: Santos, Milton et
diretores do clube, criou o nome “Democracia Corintiana” alli. Território, território: Ensaios sobre o reordenamento territorial. Rio de Janeiro: DP&A,
e passou a capitalizar a ideia. O time entrava em campo 2006, 2. ed. p. 233

com faixas alusivas à democracia, e a camisa passou a Sobre a importância da participação da sociedade
ser usada como outdoor das campanhas pela abertura brasileira no processo de transformação da
política – às vésperas da eleição de novembro de 1982, realidade histórico-geográfica, o par de elementos,
os corintianos exibiram a inscrição “No dia 15, vote”. Foi respectivamente, corretamente relacionado ao texto
um marco, seguido de outras ousadias, como “Eu quero está em
votar para presidente” e “Diretas Já!”.
GUTERMAN, Marcos. O futebol explica o Brasil: uma história da maior expressão popular do
 luta sindical contra o neoliberalismo – últimas
país. São Paulo: Contexto, 2009. p. 206-207. décadas do século XX.
Analisando o excerto, pode-se inferir que  período do Regime Militar após 1964 – eclosão de
movimentos sociais.
 a publicidade foi um instrumento a serviço da
 protestos das mulheres contra a discriminação de
democracia, suplantando outros mecanismos formais
gênero – período da Era Vargas.
que deturpam o jogo político.
 campanha pela demarcação de terras indígenas –
 a manifestação democrática prevalece ao lado de
primeira década do século XXI.
mecanismos populares, descartando estratégias de
apelo visual.  reivindicação coletiva por melhores salários – início
do século XX.
 a estratégia publicitária foi um instrumento político
para manifestar o apoio de setores sociais em torno
da retomada da legalidade democrática.
 a performance dos atletas dentro de campo era vital
para o sucesso da campanha publicitária em torno do
manifesto democrático.
 a forma de governo requerida pelos atletas diz
respeito a anseios particulares, dessa forma, usaram
o futebol para conquistar as massas.

10

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 10 15/05/2018 15:58:20


R AI O X
ENEM História

QUESTÃO 19 QUESTÃO 20
Na década de 1990, os movimentos sociais A igualdade entre homens e mulheres tem avançado
camponeses e as ONGs tiveram destaque, ao lado de lentamente, concluiu o relatório da Organização das
outros sujeitos coletivos. Na sociedade brasileira, a ação Nações Unidas (ONU) que avaliou a equidade de gênero
dos movimentos sociais vem construindo lentamente em 167 países. O relatório destaca que, no ritmo atual,
um conjunto de práticas democráticas no interior das serão necessários 81 anos para se alcançar a paridade
escolas, das comunidades, dos grupos organizados e de gênero na economia e 50 anos para a igualdade na
na interface da sociedade civil com o Estado. O diálogo, representação parlamentar. [...]
o confronto e o conflito têm sido os motores no processo Em 1995, 189 países assinaram a Plataforma de
de construção democrática. Ação de Pequim. De la para cá, a ONU mostra que houve
SOUZA, M. A. Movimentos sociais no Brasil contemporâneo: participação e possibilidades
das práticas democráticas. Disponível em: http://www.ces.uc.pt. Acesso em: 30 abr. 2010
poucos progressos para acabar com leis discriminatórias
(adaptado). e aprovar leis contra a violência dirigida a mulheres
Segundo o texto, os movimentos sociais contribuem e meninas. No entanto, a ONU reconhece que caiu a
para o processo de construção democrática, porque mortalidade materna, aumentou o número de jovens
em escolas primárias e a participação de mulheres no
 determinam o papel do Estado nas transformações
mercado de trabalho.
socioeconômicas.
“Os ganhos contrastam com o fato de, apesar da
 aumentam o clima de tensão social na sociedade melhoria de educação, as mulheres terem alguns dos
civil. piores empregos, enquanto o fosso salarial entre os
 pressionam o Estado para o atendimento das gêneros é um fenômeno mundial”, diz a agência, em
demandas da sociedade. comunicado divulgado pela ONU Mulheres. A estimativa
 privilegiam determinadas parcelas da sociedade em é que elas ganham salários 77% menores do que o dos
detrimento das demais. homens.
 propiciam a adoção de valores éticos pelos órgãos VIEIRA, Isabela. ONU estima em 81 anos prazo para se atingir equidade de gênero na
economia. Agência Brasil, Brasília, 7 mar. 2015.
do Estado. Disponível em: <http://agenciabrasil.ebc.com.br>. Acesso em: 15 jun. 2015. (adaptado)

O texto sugere que a condição social e econômica


das mulheres nos países avaliados pela ONU
 piorou em relação à mortalidade das parturientes.
 melhorou, apesar da legislação contra a violência
não ter avançado.
 se agravou em relação aos avanços na escolarização.
 piorou em relação à capacidade de mobilização e
luta por direitos.
 melhorou em relação à discriminação na remuneração
no trabalho.

11

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 11 15/05/2018 15:58:20


R AIO X
RESOLUÇÃO – RAIO X ENEM História

Resolução 01 A Lei Áurea não apresentou um caráter democrático, não con-


Alternativa correta: A templou reformas essenciais para reintegração do ex-escravo
na sociedade, não estimulou a construção de uma legislação
O Departamento de Imprensa e Propaganda (DIP) era respon-
que implementasse um novo panorama social, marcado por
sável pelas festas cívicas, cerimônias oficiais e datas comemo-
reforma educacional ou reforma agrária. Mesmo após a Pro-
rativas, estimulando o culto getulista, aproximando o governo
clamação da República, a representatividade popular não foi
dos trabalhadores. Para isso, utilizava diferentes estratégias
alcançada a contento e as lideranças elitistas das províncias
como cartazes, marchinhas, letras de músicas, festas populares
se projetavam nacionalmente para atender seus interesses re-
e o próprio rádio.
gionais. As transformações eram lentas e os processos eram
Resolução 02 acompanhados de significativa lentidão, dado que as ações
Alternativa correta: B correspondiam aos interesses dos grupos conservadores.
Um dos temas mais esperados para o ENEM de 2014. A Pri- Resolução 07
meira Guerra Mundial, que, para muitos historiadores, marca
Alternativa correta: C
o começo do século XX, assinala uma tragédia após um longo
período de estabilidade na Europa. O capitalismo se consoli- A mineração propiciou a interiorização da colonização ao mes-
dava com a Revolução Industrial, invenções maravilhosas sur- mo tempo em que fomentou o aumento populacional urbano
giam e a Belle Époque se impunha sobre o mundo. Por trás, e as trocas comerciais que articularam um mercado interno só-
não obstante várias contradições, pois as potências europeias, lido no Brasil.
especialmente França e Inglaterra, desenvolveram uma políti- Resolução 08
ca imperialista na África e na Ásia.
Alternativa correta: E
Com a formação e a entrada tardia da Alemanha nessa corrida
imperialista por mercados e territórios, as tenções políticas se Entre os objetivos dos conjurados, podemos mencionar: o
acentuaram, levando à Primeira Guerra. desejo por uma república independente de Portugal; a aber-
tura dos portos; o incentivo ao desenvolvimento industrial e
Resolução 03 comercial; a transferência da capital para São João Del Rei;
Alternativa correta: A a criação de uma nova bandeira, com o lema: Libertas quae
Os dois líderes referidos – Adolf Hitler, ditador alemão, e Sola- sera tamen (liberdade ainda que tardia); e a criação de facul-
no López, ditador paraguaio – utilizaram ideologias e estraté- dades em Vila Rica.
gias que possibilitaram o exercício do controle social sobre a O movimento, muito embora heterogêneo, pois cantava com
população de seus países, exercendo e desenvolvendo postu- a participação de proprietários de terras, militares, poetas,
ras que remontam a padrões autocráticos. padres, dentre outras categorias sociais, não apresentou uma
Resolução 04 composição popular e também não expressou um desejo ge-
nuíno por um reformismo que contemplasse as massas popu-
Alternativa correta: C
lares. Portanto, conservou um padrão elitista, não fazendo alu-
O comportamento social, muitas vezes, é regrado pelas pres- são ao abolicionismo ou a um reformismo mais radical.
sões demandas pelo alto custo de vida, reflexo em grande par- Na composição do movimento, podemos mencionar nomes
te da precificação dos alimentos. No mundo contemporâneo,
como: Cláudio Manuel da Costa, Tomás Antônio Gonzaga, o
as famílias vivenciam experiências de limitação de sua cultura
cônego Luís Vieira, Alvarenga Peixoto, Domingos de Abreu,
de consumo, tendo que encontrar novas adequações, de acor-
Francisco de Paula Freire, Joaquim Silvério dos Reis e Joaquim
do com a elevação do custo de vida.
José da Silva Xavier, o conhecido Tiradentes, considerado o
Resolução 05 desafortunado do movimento, seria aquele que promoveria a
Alternativa correta: E ligação entre os conspiradores e as camadas populares, inclu-
As relações de poder político e econômico que configura- sive pleiteando apoio em outras cidades.
vam o pacto colonial submetiam a colônia aos interesses da A conspiração eclodiria no dia previsto para a realização da der-
metrópole, e certamente não seria diferente para o Brasil. A rama, onde a população furiosa por ter os seus bens apreendi-
atividade econômica desenvolvida em terras brasileiras esta- dos, protestaria contra a coroa portuguesa e faria a prisão do
va relacionada aos interesses da metrópole lusa e da própria Visconde de Barbacena, representante da coroa. Mas a desor-
economia europeia, o que tornava a América portuguesa uma ganização do movimento, o distanciamento ante as camadas
área de complementaridade e fornecedora de produtos tropi- populares e a delação levou o movimento à falência.
cais, aliado a isso, a atividade agrícola seria um agente facilita- Resolução 09
dor do povoamento.
Alternativa correta: D
Resolução 06 A Constituição de 1824 foi imposta pelo imperador e reflete a
Alternativa correta: E elitização política. Seu componente mais importante foi o voto
Após a Lei Áurea, de 1888, que determinou a abolição da es- censitário, ou seja, baseado na renda indivíduo. Dessa forma,
cravidão, foi assinada pela Princesa Isabel. No entanto, como apenas aqueles que tivessem renda proveniente da terra — os
não houve indenização dos proprietários de escravos, ocorreu fazendeiros — ou do comércio (geralmente indivíduos de ori-
a perda de apoio de um dos sustentáculos do regime imperial. gem portuguesa) tiveram garantidos o direito político de votar.

12

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 12 15/05/2018 15:58:21


R AI O X
ENEM História
RESOLUÇÃO – RAIO X

Resolução 10 Resolução 15
Alternativa correta: A Alternativa correta: C
A Revolução Farroupilha iniciou-se durante o Período Regen- O governo de Juscelino Kubitschek adotou como premissa o
cial e se estendeu até o Segundo Reinado, liderada pela elite desenvolvimentismo, baseado na industrialização e abertura
ao capital estrangeiro. A economia, de fato, cresceu bastante,
gaúcha, formada principalmente por estancieiros criadores de
parecendo concretizar o slogan do governo que prometia “50
gado e produtores de charque. É considerado um movimento
anos [de progresso] em 5 [de governo]”.
republicano e separatista, apesar de que, no texto, ainda no Não obstante, o modelo deixou contradições, como a maior
primeiro momento da Revolução, os representantes dos rebel- dependência do capital estrangeiro, disparidades sociais, in-
des façam reivindicações, exigindo direitos e maior autonomia. flação, concentrado de renda, entre outras.
Resolução 11 Resolução 16
Alternativa correta: A Alternativa correta: A
O crescimento da imigração no Brasil deve-se a dois fatores A mudança histórica em questão foi o anúncio, por parte do
básicos: o crescimento do ciclo cafeeiro no Brasil e a abolição presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, do fim da rup-
tura diplomática entre os dois países, abrindo caminho para o
da escravatura, em 1888, que exigiu a substituição da mão de
futuro fim do embargo comercial que há décadas afeta a ilha
obra escrava pela livre. socialista.
Resolução 12 Resolução 17
Alternativa correta: D Alternativa correta: C
A autora, no trecho citado, salienta o caráter elitista da vida A utilização do marketing em torno da publicidade quanto à
política brasileira, com arranjos que excluíam a participação expressão “democracia corintiana” representou uma ferra-
popular no processo político. O próprio fato de que durante menta para a retomada do Estado Democrático de Direito no
parte considerável do Império (século XIX) o voto era censitá- exercício de sua plenitude.
rio, restrito a uma limitadíssima parcela mais rica da popula- Resolução 18
ção, reforça essa característica que a República não reverteu Alternativa correta: B
de imediato. Aspectos como o voto de cabresto e os currais Os anos 1970 no Brasil foram marcados pela crise econômi-
eleitorais, típicos da República Velha, mostram exatamente ca decorrente do fim do milagre econômico e pela abertura
esse predomínio das elites locais no uso da política em benefí- política do Regime Militar ao mesmo tempo em que ocorria a
cio apenas de seus interesses. mobilização de diversos setores sociais em busca de melhores
condições de vida e pela volta da normalidade democrática.
Resolução 13
Resolução 19
Alternativa correta: A
Alternativa correta: C
A Aliança Nacional Libertadora (ANL), de orientação comunis-
Com o final da disputa ideológica entre as superpotências,
ta, formada por tenentes de esquerda e comunistas, defendia EUA e URSS, o início da década de 90 do século passado as-
o cancelamento da dívida externa, a construção de um gover- sistiu ao surgimento de movimentos sociais e iniciativas não
no popular reformista, a nacionalização de empresas estran- governamentais que visavam a promover conquistas sociais e
geiras, o combate ao fascismo e a garantia das liberdades po- deter ganhos em relação aos aspectos referentes à cidadania.
pulares. A Aliança Nacional Libertadora tinha como líder de O surgimento do chamado “terceiro setor”, com as organiza-
honra Luís Carlos Prestes e se enquadrava nos novos ditames ções não governamentais, trouxe maior visibilidade a essas
do movimento comunista internacional, orientado pela Inter- reivindicações, promovendo debates e inserindo significativa
nacional Comunista. A organização reuniu-se no VII Congresso parcela da sociedade na luta por uma democracia plena.
Internacional Comunista, pois enxergavam o crescimento da Resolução 20
ameaça fascista e precisavam dar uma reposta em escala inter- Alternativa correta: B
nacional para o fato, apoiando os movimentos populares e ur- O texto ressalta que a condição de igualdade de gênero tem
banos que buscassem combater este padrão. Por isso, na ANL avançado gradativamente, apesar de as diferenças salariais en-
era muito comum a presença de militares de esquerda e co- tre homens e mulheres ainda persistirem. O aspecto negativo
munistas de uma forma geral, além de componentes da classe apontado no texto diz respeito ao pouco avanço no combate
média, que recebiam a influência socialista, liberal e democrá- à violência contra as mulheres.
tica. A Aliança Nacional Libertadora planejava uma insurreição,
cujo objetivo era a derrubada do governo Vargas, chamando
atenção do país para uma nova alternativa de governabilidade
de frente popular.
Resolução 14
Alternativa correta: E
A construção de uma memória sobre Vargas passa necessa-
riamente por sua chegada ao poder, suas realizações e o sim-
bolismo que envolve sua morte, enquanto figura pública que
ficou imortalizada por sua carta-testamento.

13

2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 13 15/05/2018 15:58:22


2018_RAIOX_ENEM_HIST.indd 14 15/05/2018 15:58:25