Você está na página 1de 3

Universidade Federal do Pará

Instituto de Ciências Exatas e Naturais


Faculdade de Química
Química Geral Teórica I
Turma de Engenharia Mecânica
Data: 16/08/2018
Prof. Robson Sousa
Cinética Química

1. Considere a equação química balanceada:


𝐻2 𝑂2 (𝑎𝑞 ) + 3𝐼 − (𝑎𝑞) + 2𝐻 + (𝑎𝑞) → 𝐼3− (𝑎𝑞) + 𝐻2 𝑂(𝑙)
Nos primeiros 10, segundos da reação a concentração de 𝐼 − caiu de 1,000 M para 0,868
M. (a) Calcule a velocidade média desta reação neste intervalo de tempo. (b) Determine
a velocidade de variação da concentração de 𝐻 + (isto é, ∆[𝐻 +]/∆𝑡) durante este
intervalo de tempo. Resposta: (a) 4,4x10-3 M/s. (b) -8,80x10-3 M/s.

2. Considere a reação entre o dióxido de nitrogênio e o monóxido de carbono:


𝑁𝑂2 (𝑔) + 𝐶𝑂 (𝑔) → 𝑁𝑂 (𝑔) + 𝐶𝑂2 (𝑔)
A velocidade inicial da reação é medida em diversas concentrações diferentes dos
reagentes, onde os dados são apresentados na tabela abaixo:
[NO2] (M) [CO] (M) Velocidade inicial (M/s)
0,1 0,1 0,0021
0,2 0,1 0,0082
0,2 0,2 0,0083
0,4 0,1 0,033

A partir dos dados determine: (a) a lei de velocidade para a reação; (b) a constante de
velocidade (k) para a reação. Resposta: (a) Velocidade = k[NO2]2[CO]0 = k[NO2]2; (b)
k = 0,21 M-1s-1.

3. Considere a equação para a decomposição do SO2Cl2:


𝑆𝑂2 𝐶𝑙2 (𝑔) → 𝑆𝑂2 (𝑔) + 𝐶𝑙2 (𝑔)
Considerando que essa reação seja de primeira ordem e que tem uma constante de
velocidade de 2,90x10-4 s-1 e a concentração inicial de SO2Cl2 igual a 0,0225 M, qual
será a concentração de SO2Cl2 após 865 s? Resposta: [SO2Cl2]t = 0,0175 M.

4. O iodo molecular se dissocia a 625 K com uma constante de velocidade de primeira


ordem de 0,271 s-1. Qual é a meia-vida desta reação? Resposta: t1/2 = 2,56 s.

5. Considere a reação entre o dióxido de nitrogênio e o monóxido de carbono:


𝑁𝑂2 (𝑔) + 𝐶𝑂 (𝑔) → 𝑁𝑂 (𝑔) + 𝐶𝑂2 (𝑔)
A constante de velocidade, a 701 K, é medida como 2,57 M -1.s-1 e a 895 K, é medida
como 567 M-1.s-1. Determine a energia de ativação para a reação em kJ/mol. Resposta:
Ea = 145 kJ/mol.
6. O ozônio se decompõe naturalmente em oxigênio através da seguinte reação:
2 𝑂3 (𝑔) → 3 𝑂2 (𝑔)
A lei de velocidade observada experimentalmente para esta reação é:
Velocidade = k[O3]2[O2]-1
Mostre que este mecanismo proposto é consistente com a lei de velocidade observada
experimentalmente.

7. Considerando a reação de primeira ordem, A → B + C, e sua velocidade de reação é


igual a 0,050 mol L-1 s-1 a 10 minutos e 0,040 mol L-1 s-1 a 20 minutos, após o início da
reação. Com base nessa informação, determine o tempo de meia vida da reação.
Resposta: t1/2=31,05 min.

8. Três experimentos foram conduzidos, nas CNTP, objetivando investigar a cinética da


reação genérica: 𝐗 + 𝐘 → 𝐙. A tabela a seguir apresenta os resultados coletados desse
experimento:
Experimentos [X] (mol/m3) [Y] (mol/m3) Velocidade da reação (mol/m3.s)
1 0,40x10-2 0,40x10-2 4,x10-4
2 0,40x10-2 0,80x10-2 8,x10-4
3 0,80x10-2 0,80x10-2 16,x10-4

Com base nesses dados, Calcule (a) a ordem global da reação; (b) A constante de
velocidade da reação, em unidades do SI. Resposta: (a) 2; (b) 25.

9. Considere a seguinte reação hipotética em solução aquosa: C(aq) → D(aq). Em um


frasco é adicionado 0,088 mol de C em um volume de 200 mL. Os seguintes dados são
coletados:
Tempos (min.) 0 10 20 30
Quantidade de C (mols) 0,088 0,044 0,022 0,011

Com base nesses dados, Calcule a velocidade de aparecimento de D após 30 minutos.


Resposta: V = 2,1x10-4 mol/L.s.

10. uma reação química foi realizada a uma temperatura T e a uma pressão p. A reação
é do tipo A + B → C. Foram realizados três experimentos na qual se obteve uma
velocidade de reação conforma indicado.

Experimentos [A] (mol/L) [B] (mol/m3) Velocidade da reação (mol/m3.s)


1 0,010 0,002 4V
2 0,005 0,002 1V
3 0,010 0,004 4V

A partir dessas informações, apresente os cálculos que represente a equação de


velocidade. Resposta: V = k.[A]2.
11. Numa cinética química, a constante de velocidade a 50 K é 1,73x10-2 s-1 e a 100 K é
3,46x10-2 s-1. A sua energia de ativação permanece praticamente inalterada dentro da
faixa de temperatura mencionada. Para a reação citada, determine a energia de ativação
em J/mol. Resposta: Ea = 573,39 J/mol.

12. O Iodo-125 é uma variedade radioativa do Iodo com aplicações medicinais amplamente
utilizada, em meia-vida de 60 dias. Quantos gramas de iodo-125 irão restar, após 6 meses, a
partir de uma amostra contendo 2,00 g do radioisótopo? Resposta: m=0,25 g.

13. Uma certa reação, A + B → C, é de primeira ordem em relação aos reagentes, com k =
1,0x10-3 M-1.s-1. Usando cálculos, calcule a concentração de A remanescente após 100 s se a
concentração de A foi 0,1 M e a de B foi 0,2 M? Resposta: [A]=0,002 M.

14. Ciclobutano gasoso isomeriza a butadieno em um processo de primeira ordem a qual


tem um valor de K a 153 °C de 3,3x10-4 s-1. Quantos minutos poderá levar a isomerização
para processar 40% para complexar nessa temperatura? Resposta: t = 26 min.

15. A decomposição do N2O em N2 e O na presença de argônio gasoso segue uma


cinética de segunda ordem, com k = (5,0 x 1011 L. mol-1.s-1)e-29000K/T. Qual é a energia
de ativação dessa reação? Resposta: Ea = 241 kJ.mol-1.

16. A constante de velocidade para a hidrólise de CH3Cl em H2O tem um valor de 3,32x10-
10 -1
s a 25 ºC e 3,13x10-9 s-1 a 40 ºC. Qual é o valor da energia de ativação? Resposta: Ea =
115 kJ.mol-1.

17. A decomposição gasosa de primeira ordem do N2O4 em NO2 tem uma K com lavor de
4,5x103 s-1 a 1 ºC e uma energia de ativação de 58 kJ.mol-1. Em qual temperatura a o valor
de k será 1,0x104 s-1? Resposta: T = 283 K.

18. Predica uma forma de lei de velocidade para a reação 2𝐴 + 𝐵 → 𝑝𝑟𝑜𝑑𝑢𝑡𝑜𝑠, se a


primeira etapa é a dimerização reversível de A, seguindo por uma reação de A2 com B
em uma etapa bimolecular de velocidade controlada. Assuma que no equilíbrio a
concentração de A2 é muito pequeno comparado com [A]. Resposta: V =
k2[A2][B]=k2(k1[A]2)[B]=k[A]2[B].

19. A expressão para a lei de velocidade para a reação 2NO + O 2 → 2NO2 é Velocidade =
k[NO][O2]. Escreva um mecanismo detalhado para a reação de acordo com esses dados.
Assegure a etapa determinante da reação? Resposta: NO3 + NO → 2NO2 (rápido).

20. Calcule a energia de ativação para a reação que dobra em velocidade quando a
temperatura aumenta de 18 para 28 ºC. Resposta: Ea = 12 kcal/mol.