Você está na página 1de 2

Informativo Técnico

Engenharia de Aplicação
Fevereiro de 2003 – Nº 03

Tipos de Emendas para Lixas


A escolha do tipo de emenda ideal para uma operação de lixamento é fundamental para o sucesso
na aplicação da cinta de lixa. Essa escolha depende de fatores como tipo de costado da lixa,
granulometria, tipo de material a ser lixado, tipo de operação, etc.

A seguir são apresentados os principais tipos de emendas e suas aplicações:

NTS
No Top Skive: emenda sobreposta sem
raspagem do grão.
Ideal para lixas com costado de papel para
lixamento de madeira. É utilizada também
em cintas com costado de pano. Deve-se
observar o sentido de giro, conforme seta no
costado.

MTS
Medium Top Skive: emenda sobreposta com média
raspagem do grão.
Utilizada em operações que geram calor,
possuindo a vantagem de se auto-refrigerar.
Também deve-se observar o sentido de giro.

FTS
Full Top Skive: emenda sobreposta com total
raspagem do grão e remoção do adesivo.
Utilizada em operações de acabamento (lixas
com grão fino). Observar o sentido de giro.

Página 1/2
Informativo Técnico
Engenharia de Aplicação

CRYSTAL ou “Plyweld”
Emenda de topo construída com filme de
poliester (MYLAR) super resistente no
costado.
Utilizada em operações de alta remoção de
material, principalmente em lixas para
metalurgia.
Não tem sentido de giro a ser observado.

Senoidal
Emenda de topo em forma senoidal construída
com filme de poliester (MYLAR) no costado.
Oferece alta resistência à dobra e à fadiga da
emenda. Permite uma melhor conformação com a
roda de contato e a peça obra. Aplica-se
principalmente em lixas para metalurgia. Não tem
sentido de giro a ser observado.

Sobretopo
Emenda de topo construída com o filme de
poliester (MYLAR) no lado que contém a
camada abrasiva. Aplicam-se principalmente
em lixas para madeira, formato CL, em
operações de lixamento com patim. Utilizada
também no formato CE em operações mais
severas para metalurgia. Não necessita
observar o sentido de giro

Existem outros fatores que influenciam no sucesso da emenda, como por exemplo o ângulo
adequado da emenda, condições de armazenamento da lixa, tipo de mylar, etc.

Página 2/2