Você está na página 1de 2

Motores | Automação | Energia | Transmissão & Distribuição | Tintas

13778302

Monitor de Movimento Zero de


Segurança - Zero Speed
Conversores de corrente contínua baseados em técnica digital

SZS-W/22

Guia de Instalação, Configuração e Operação

A1
A2 Alim
Pw enta
22VA ção
C
Rele
1
Rele
2
Velo
c. Ze
ro
1 APLICAÇÃO Se todas as ligações estiverem devidamente conectadas e o motor estiver em posição de repouso, os 13 DIAGRAMAS DE LIGAÇÃO 14 ESQUEMA DE LIGAÇÃO PARA PARTIDA ESTRELA-TRIANGULO
contatos 13/14 deverão estar fechados e os contatos 21/22 deverão estar abertos.
O SZS é um rele de segurança, indicado para detectar estado de repouso em motores elétricos. F
Nessas condições os leds de sinalização relé 1, relé 2 e velocidade zero devem estar acesos indicando (1)

Quando desenergizados e girando por inercia, os motores elétricos geram uma tensão residual que o motor está parado. 2A
proporcional à sua velocidade de rotação. Esta tensão residual é monitorada com o objetivo de detectar 24 V
a condição de parada do motor. 8 PROCEDIMENTO DE AJUSTE DOS TRIMPOTS RST

A sinalização "Velocidade Zero" pode não indicar velocidade zero absoluto, este rele detecta velocidade Com o motor parado, verificar se os leds relé 1, relé 2 e veloc. zero estão acesos.
M
abaixo do valor ajustado.
3~
Energizar e desenergizar o motor e aguardar o termino da inércia do eixo. A1 Z1 Z2 Z3 13 21 Y33/43
O equipamento monitora também a ligação elétrica entre o enrolamento do motor e os bornes de entrada 220 Vac
do SZS, de forma a evitar que a ruptura do fio ou anomalia, seja detectada como uma condição de Após a parada do eixo, verificar se os leds de sinalização relé 1 e relé 2 acionam simultaneamente. Circuito
K1
parada. Canal 2

Caso ocorra o atraso no acionamento de um dos leds ou acione antes da parada do eixo, será necessário Zero
A1/A2
O SZS é adequado para monitoração de motores de indução monofásicos ou trifásicos. fazer o ajuste de sensibilidade nos trimpots do canal 1 e 2 e refazer o teste até que haja simultaneidade Fonte Speed
entre os leds. K2 1 3 5
2 UTILIZAÇÃO COM CONTROLADORES ELETRÔNICOS DE VELOCIDADE Circuito
Canal 2

9 MODO DE FALHA 2 4 6
O Rele de Segurança SZS-W22 é compatível com dispositivos de partida eletrônica que não emitem A2 14 22 Y34 Y44
tensão residual proveniente da operação ou de filtros existentes, como por exemplo a maioria dos soft O SZS entra em modo de falha quando: Para o CLP
starters, nos casos onde existem tensão residual é necessário seccionar a alimentação do motor para (2)
2A
assegurar a segurança e o correto funcionamento do sistema. „„ Apenas um dos canais é acionado.
(1) Consulte especificações para identificar o valor máximo do fusível.
(2) Comuta em Zero Speed.
Se apenas um dos canais for acionado, o sistema deverá entrar em modo de falha. O equipamento sairá „„ Os dois canais são acionados, porém não simultaneamente.
Figura 3: Diagramas de ligação
do modo de falha somente desligando a alimentação de A1-A2.
Quando o sistema entra em modo de falha, o SZS não sinaliza a condição de parada do motor, sendo
13.1 LIGAÇÃO DO MOTOR NO SZS
3 RELES DE SEGURANÇA assim, o LED "Veloc. Zero" não é aceso, os contatos entre os terminais 13 e 14 e entre os terminais 21 e
22 não são comutados, e a saída de estado sólido entre os terminais Y43 e Y44 também não é comutada. Z1 Z2 Z3
Ligação do Motor Monofásico no SZS
O Monitor de Movimento Zero SZS possui um contato de segurança do tipo NA, disponível nos terminais
13-14 e um contado auxiliar do tipo NF nos terminais 21-22. Para sair do modo de falha, é necessário reiniciar o sistema, o que pode ser feito através de uma rápida SZS-W
interrupção na alimentação dos terminais A1 e A2. Os fios do enrolamento do motor a ser controlado deve ser ligados nos terminais Z1 e Z2 dos bornes de T1 T2
entrada do SZS. É necessário jumpear os terminais Z1 e Z3, Figura 4. S1 S2
O monitor possui um circuito em duplo canal, compatível com sistemas de segurança categoria 3 (SIL2 e
R1 R2
PLd). 10 INSTALAÇÃO

4 SINALIZAÇÃO O SZS deve ser montado no interior de painéis com proteção mínima IP20 e fixado sobre trilho DIN. Figura 6: Conexão partida estrela-triângulo

A1/A2.................Alimentação Efetue as conexões elétricas sempre observando os critérios de segurança, utilizando condutores 15 ESQUEMA DE LIGAÇÃO PARA OPERAÇÃO COM CONTROLADORES
Ch1....................Canal Ch1 acionado adequados. ELETRÔNICOS DE VELOCIDADE (INVERSORES OU SOFT-STARTERS)
Ch2 ...................Canal Ch2 acionado
O SZS deve ser conectado conforme os exemplos de ligação descritos e ilustrados neste manual, isto é,
Velocidade Zero.......Condição de parada do motor. sempre usar o contato dos reles de segurança acionando partes da máquina compatível com a categoria
de segurança do SZS.

Deve ser verificado o catalogo do fabricante dos relés, contatores ou eletroválvulas se a potência, tensão 2A
e corrente estão compatibilidade com o relé de segurança. Dispositivo Dispositivo
eletrônico eletrônico
A manutenção do produto deve ser feita por pessoas qualificadas tecnicamente.

Para proteger o SZS e os cabos conectados às bobinas do motor é necessário a utilização de fusíveis.
R S
Os filtros de entrada Z1, Z2 e Z3 do SZS são destinados para a frequência nominal de 50/60 Hz quando
(*) (*)
utilizado em motores AC. Z1 Z2 Z3 A1 2A
2A
Quando o motor é alimentado por um transformador, o monitoramento da integridade dos cabos de
SZS-W
alimentação fica comprometida. Por isso, não recomenda-se a utilização do SZS nessa situação.
Led indicador
de alimentação R ST L1 L2
Este equipamento detecta velocidades abaixo de valores pré estabelecidos de fábrica. Entretanto é M
Z1 Z2 Z3 Z1 Z2 Z3
importante ressaltar que o SZS pode não indicar a parada total do motor.
Led indicador SZS-W
SZS-W
de detecção de Figura 4: Ligação do motor monofásico M
M
velocidade zero. 11 DIMENSÕES
CH1 e CH2
13.2 LIGAÇÃO DO MOTOR NO SZS (*) O Relé de Segurança SZS-W22 é compatível com dispositivos de partida eletrônica que não emitam tensão residual que sejam gerados
97 mm 45 mm
da própria operação ou de outros filtros, por exemplo, algumas aplicações com soft starters, para estes casos residual é necessário
Led
indicador
Ligação do Motor Trifásico no SZS seccionar a alimentação do motor para assegurar a segurança e o correto funcionamento do sistema.
de relés de Figura 7: Conexão partida com inversor de frequência ou soft-starter
segurança Os fios do enrolamento do motor a ser controlado deve ser ligados nos terminais Z1, Z2 e Z3 dos bornes
ativado de entrada do SZS, Figura 5.
16 CERTIFICAÇÃO

Figura 1: Painel frontal e sinalização


5 SEGURANÇA
115,5 mm

O circuito foi projetado para assegurar que uma falha não resulte em uma condição de risco, garantindo
o desligamento dos relés através de intertravamentos e auto check interno.

Deve-se levar em consideração todas as possibilidades de falhas e burlas, sendo que em nenhum caso
seja possível remover ou modificar a instalação do equipamento. Qualquer anormalidade que comprometa
a segurança deverá ser imediatamente detectada, promovendo o bloqueio imediato da máquina, sendo 2A
somente possível reativar a operação, se as condições normais de funcionamento tiverem sido
restabelecidas e a área de risco não estiver invadida.

O dispositivo deverá ser testado antes da sua completa operação. A correta instalação deverá ser Figura 2: Dimensões do produto
assegurada, a integridade dos cabos e conexões e a função elétrica do dispositivo deverá ser verificada.
Inspeções regulares deverão ser realizadas para verificar a integridade de todas as partes descritas
nesse manual. 12 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS R S T

Z1 Z2 Z3 A1
Tabela 1: Informações técnicas SZS-W/22
6 FONTE DE ALIMENTAÇÃO Dados Gerais
Tensão de alimentação VAC 220 Vac +/- 10 % SZS-W
A tensão de alimentação deve ser conectada nos bornes A1-A2 de acordo com o valor indicado nas
Frequência HZ 50/60 +/- 5 %
especificações técnicas. O Led localizado na tampa frontal, sinalizará que há tensão de alimentação M
Tensão máxima entre Z1/Z2/Z3 V 500 Vp (tensão de pico)
adequada. Ao energizar o dispositivo, os canais de saída de estado sólido disponíveis nos terminais
Y33-Y34 comutam e interliga um sinal de tensão, para acionar um sinalizador indicando que o SZS está Potência de consumo VA <10
operante, os canais de saída de estado sólido nos terminais Y43-Y44, podem ser utilizados para acionar Temperatura de operação ºC -5 ~ 50 ºC
um sinalizador indicando que o motor está em posição de repouso. Ajuste de sensibilidade - Trimpot Figura 5: Ligação do motor trifásico
Tipo de conexão - Borne
7 DESCRIÇÃO DE FUNCIONAMENTO Saída - Relé
- 1NA / 1NF

Documento: 10004545702 / 01
Contatos
Com o equipamento energizado as saídas Y33-Y34 são comutadas e o led indica que o monitor está em Capacidade dos contatos A/V/W 4,5 / 250 / 200
operação. Vida útil dos contatos - 107 operações
Grau de proteção - IP20
As conexões do motor devem ser ligadas nas entradas dos bornes Z1, Z2 e Z3, a qual constantemente é Normas aplicadas - ISO 13849-1, IEC 62061, IEC 61508, IEC 61800, IEC 60204
monitorada a leitura das impedâncias. Dimensões - Ver Figura 2
Lead Free - Produto livre de chumbo
Caso haja um fio desconectado ou rompido, não haverá nenhum sinal indicando que o motor está Certificação - TÜV Rheinland
parado. Torque máximo - 0,6 N.m
Nº ponteira - Fenda Nº3
Seção máxima de cabo - 2,5 mm2