Você está na página 1de 3

Curso: Desenvolvimento de Competências Gerenciais

Módulo II: Comunicação e Feedback


Título: Desenvolvimento Pessoal e Profissional
Nome: Rafaela Wan-Dall

O Curso de Desenvolvimento de Competências Gerenciais foi doado pelo Conselho


Nacional de Justiça com restrições de alteração de conteúdo.

1) O estudo de caso deverá ser analisado e enviado individualmente;

2) Devem ser respondidas as 5 perguntas:

2.1 O que pode ser feito para melhorar a efetividade desse setor, tendo em vista as
disparidades salariais e a permanência não garantida?

R: ​Acredito que as medidas mais sensatas a serem tomadas na questão das


disparidades salariais é criar um mecanismo de recompensas como consequência
dos resultados de desempenho de cada funcionário do setor. Quanto à permanência
não garantida, a solução visualizada é aumentar a estabilidade de permanência dos
membros por meio de contratações não temporárias.

2.2 Os apontamentos feitos por Carlos Fontana estão coerentes com a situação?
Vocês seguiram o mesmo rumo ou que caminhos iriam adotar?

R: ​Os apontamentos indicados por Carlos vêm para somar e sendo aplicados de
maneira correta podem ajudar muito àquela equipe de trabalho, mas além dos já
elencados eu acrescentaria mais um item: o de identificar dentre os membros de
trabalho o que cada um desempenha melhor e remanejar as pessoas daquele grupo
para o que elas sabem fazer de melhor.

2.3 O que Carlos poderia fazer para tentar transformar esse grupo em uma equipe?
Qual o estilo de liderança mais indicado para essa situação?

R: ​Penso que um ponto forte para transformar o grupo em equipe seja o


fortalecimento da coesão social por meio da criação de mecanismos ou sistema de
comunicação entre os membros. Carlos, como líder daquele setor, deve deixar claro
o objetivo do trabalho a ser alcançado para o grupo.

2.4 Como essa equipe deveria ser estruturada? Quem deve ocupar que cargo?

R: De acordo com as habilidades que as pessoas desta equipe desempenham


melhor. Segundo o texto, é possível notar as características de determinados
membros do grupo. Carlos, como gestor, deve identificar o que cada um
desempenha melhor e realocar os funcionários para o que realizam com maior
afinidade.

2.5 Diante do que o secretário executivo informou a Carlos sobre os problemas de


comunicação na equipe, o que ele poderia fazer como gerente para resolver ou
amenizar a situação?

R: Penso que Carlos poderia colocar em prática os apontamentos identificados por


ele, pois, conforme pude notar, essas providências trariam maior efetividade nas
funções desempenhadas pelo grupo.

3) Elaborar uma proposta de ação de desenvolvimento de equipe, contemplando os


seguintes tópicos:

3.1 Justificativa 3.2 Pelos menos três objetivos instrucionais 3.3 Tópicos que seriam
abordados no conteúdo programático.

R: ​Diante das dificuldades narradas no texto, acredito que a solução mais viável a
ser tomada é executar, como líder daquele setor, as medidas apontadas por Carlos,
sendo as principais delas: fortalecer a coesão social por meio da criação de
mecanismos ou sistema de comunicação entre os membros, pois assim a
comunicação entre os indivíduos do setor seria melhor e traria resultados objetivos
no desempenho das funções. Outra medida importante é a criação de um sistema
de recompensas como consequência dos resultados de desempenho; ou seja,
deixar claro para a equipe que, caso alcancem um resultado num determinado
espaço de tempo, podem ser recompensados positivamente por isso na conclusão
da tarefa. E por último, adoção do mecanismo de retroalimentação (feedback) da
informação, em que todos os membros passem a ter acesso a todas as informações
do setor, sendo uma medida imprescindível para o bom andamento dos trabalhos,
pois quando todos são bem informados dos acontecimentos do local de trabalho,
conseguem ter em mente o real objetivo daquela unidade e juntos trabalhar com
mais entusiasmo e harmonia para alcançar o fim almejado.