Você está na página 1de 15

E-BOOK

LEGISLAÇÃO DO SUS
GRAMADO/FUNDATEC
2019

www.romulopassos.com.br 1
www.romulopassos.com.br 2
Questões Comentadas
Legislação do SUS
Princípios e Diretrizes do SUS (art. 198)

1. (Pref. Estância Velha-RS/FUNDATEC/2018) Com a promulgação da Constituição Federal de 1988,


chamada também de Constituição Cidadã, passa integrar a saúde como direito de todos e dever do
Estado. Para alcançar o acesso universal e irrestrito à saúde, foi instituído o Sistema Único de Saúde
(SUS) que teve suas diretrizes organizacionais estabelecidas também nessa Constituição em seu artigo
198, dentre as quais estão:
I. A descentralização, com direção única em cada esfera de governo.
II. A descentralização, com objetivo de construir canais que possam realizar seus encaminhamentos
independentemente do perfil de atendimento.
III. A participação da comunidade.
IV. A centralização dos atendimentos, organizada e construída através do diálogo entre líderes
comunitários para facilitar os acessos da comunidade.
V. O atendimento integral, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços
assistenciais.
Quais estão corretas?
a) Apenas I, II e V.
b) Apenas I, III e IV.
c) Apenas I, III e V.
d) Apenas III, IV e V.
e) I, II, III, IV e V.

www.romulopassos.com.br 3
Ações e Serviços de Saúde (art. 197)

2. (Pref. Sapucaia do Sul-RS/FUNDATEC/2016) A Constituição Federativa do Brasil trata as ações e


serviços de saúde com relevância e determina que cabe ao Poder Público dispor, nos termos da Lei,
sobre a regulamentação destes, bem como de seu controle e fiscalização, devendo a execução ser feita
de forma direta ou através de terceiros, sendo também possível por meio de:
a) Pessoa física ou jurídica de direito privado.
b) Pessoa física ou jurídica de direito público.
c) Órgão nomeado pelo Poder Judiciário.
d) Pessoas da sociedade, que atuem por meio de movimentos classistas.
e) Qualquer pessoa legalmente reconhecida como brasileiro maior de vinte anos de idade.

Estão incluídas no campo de atuação do SUS:

www.romulopassos.com.br 4
Estão incluídas no campo de atuação do SUS:

3. (Pref. Sapucaia do Sul-RS/FUNDATEC/2016) De acordo com a Lei nº 8.080/1990, estão incluídas no


campo de atuação do SUS a execução de ações de:
I. Vigilância Sanitária.
II. Saúde do trabalhador.
III. Monitoramento da taxa de natalidade.
Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas I e II.
e) I, II e III.

4. (Pref. Estância Velha-RS/FUNDATEC/2018) A Lei nº 8.080/1990 dispõe sobre as condições para a


promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços
correspondentes e dá outras providências. O Art. 6º trata sobre alguns campos de atuação do SUS,
dentre eles, a execução das seguintes ações, EXCETO de:
a) Vigilância sanitária.
b) Vigilância epidemiológica.
c) Assistência integral aos pacientes portadores de necessidades especiais.
d) Saúde do trabalhador.
e) Assistência terapêutica integral, inclusive farmacêutica.

www.romulopassos.com.br 5
5. (Pref. Mampituba-RS/FUNDATEC/2018) Conforme o capítulo III da Lei nº 8.080/1990, da
organização, da direção e gestão, no âmbito dos municípios, o SUS é dirigido pelo(a):
a) Secretaria Municipal de Saúde.
b) Ministério da Saúde.
c) Secretaria Estadual de Saúde.
d) Conselho Municipal de Saúde.
e) Hospital Municipal e Ambulatórios.

De acordo como art. 2° do decreto em estudo, considera-se:

I - Região de Saúde - espaço geográfico contínuo constituído por agrupamentos


de municípios limítrofes, delimitado a partir de identidades culturais, econômicas e
sociais e de redes de comunicação e infraestrutura de transportes compartilhados, com
a finalidade de integrar a organização, o planejamento e a execução de ações e serviços
de saúde;

II - Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde - acordo de colaboração


firmado entre entes federativos, com a finalidade de organizar e integrar as ações e os
serviços de saúde na rede regionalizada e hierarquizada, com definição de
responsabilidades, indicadores e metas de saúde, critérios de avaliação de

www.romulopassos.com.br 6
desempenho, recursos financeiros que serão disponibilizados, forma de controle e
fiscalização de sua execução e demais elementos necessários à implementação
integrada das ações e dos serviços de saúde;

III - Portas de Entrada - serviços de atendimento inicial à saúde do usuário no SUS;

IV - Comissões Intergestores - instâncias de pactuação consensual entre os entes


federativos para definir as regras da gestão compartilhada do SUS;

V - Mapa da Saúde - descrição geográfica da distribuição de recursos humanos e


de ações e serviços de saúde ofertados pelo SUS e pela iniciativa privada, considerando-
se a capacidade instalada existente, os investimentos e o desempenho aferido a partir
dos indicadores de saúde do sistema;

VI - Rede de Atenção à Saúde - conjunto de ações e serviços de saúde articulados


em níveis de complexidade crescente, com a finalidade de garantir a integralidade da
assistência à saúde;

VII - Serviços Especiais de Acesso Aberto - serviços de saúde específicos para


atender à pessoa que, em razão de agravo ou de situação laboral, necessita de
atendimento especial; e

VIII - Protocolo Clínico e Diretriz Terapêutica - documento que estabelece os


critérios para o diagnóstico da doença ou do agravo à saúde; o tratamento preconizado,
com os medicamentos e demais produtos apropriados, quando couber; as posologias
recomendadas; os mecanismos de controle clínico; e o acompanhamento e a
verificação dos resultados terapêuticos, a serem seguidos pelos gestores do SUS.

6. (Pref. Sapucaia do Sul-RS/FUNDATEC/2016) Para os efeitos do Decreto nº 7.508/2011, as instâncias


de pactuação consensual entre os entes federativos para definição das regras da gestão compartilhada
do Sistema Único de Saúde (SUS) são denominadas comissões:
a) Intergestores.
b) Parlamentares.
c) Especiais.
d) Intercessoras.
e) Integradoras.

Requisitos - Regiões de Saúde Portas de Entradas do SUS


www.romulopassos.com.br 7
7. (SES-RS/FUNDATEC/2014) As Regiões de Saúde serão instituídas pelo Estado, em articulação com
os Municípios, respeitadas as diretrizes gerais pactuadas na Comissão Intergestores Tripartite CIT.
Considerando o disposto no Decreto nº 7.508, de 28 de junho de 2011, a Região de Saúde para ser
instituída deve conter, dentre outras, ações e serviços de
I. atenção terciária.
II. urgência e emergência.
III. atenção psicossocial.
IV. atenção ambulatorial especializada e hospitalar.
Quais estão corretas?
a) Apenas I e II.
b) Apenas II e IV.
c) Apenas I, II e III.
d) Apenas II, III e IV.
e) I, II, III e IV.

8. (Pref. Rondinha-RS/FUNDATEC/2018) O Decreto nº 7.508/2011, que regulamenta a Lei nº


8.080/1990, define que “o acesso universal, igualitário e ordenado às ações e serviços de saúde se
inicia pelas portas de entrada do SUS e se completa na rede regionalizada e hierarquizada”. Nesse
sentido, a atenção básica cumpre algumas funções para contribuir com o funcionamento das Redes de
Atenção à Saúde:
I. Ser base: ser a modalidade de atenção e de serviço de saúde com o mais elevado grau de
descentralização e capilaridade, cuja participação no cuidado se faz sempre necessário.

www.romulopassos.com.br 8
II. Ser resolutiva: identificar riscos, necessidades e demandas de saúde, utilizando e articulando
diferentes tecnologias de cuidado individual e coletivo, por meio de uma clínica ampliada capaz de
construir vínculos positivos e intervenções clínica e sanitariamente efetivas, na perspectiva de
ampliação dos graus de autonomia dos indivíduos e grupos sociais.
III. Coordenar o cuidado: elaborar, acompanhar e gerir projetos terapêuticos singulares, bem como
acompanhar e organizar o fluxo dos usuários entre os pontos de atenção das RAS. Atuando como o
centro de comunicação entre os diversos pontos de atenção, responsabilizando-se pelo cuidado dos
usuários por meio de uma relação horizontal, contínua e integrada, com o objetivo de produzir a gestão
compartilhada da atenção integral.
IV. Ordenar as redes: reconhecer as necessidades de saúde da população sob sua responsabilidade,
organizando-as em relação aos outros pontos de atenção, contribuindo para que a programação dos
serviços de saúde parta das necessidades de saúde dos usuários.

Quais estão corretas?


a) Apenas I e IV.
b) Apenas II e III.
c) Apenas I, II e III.
d) Apenas II, III e IV.
e) I, II, III e IV.

Os recursos do FNS serão alocados como:

www.romulopassos.com.br 9
9. (SES-RS/FUNDATEC/2014) Segundo a Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990, os recursos do
Fundo Nacional de Saúde (FNS) serão alocados como:
I. Investimentos previstos em lei orçamentária, de iniciativa do Poder Executivo e aprovados pelo
Congresso Nacional.
II. Despesas de custeio e de capital do Ministério da Saúde, seus órgãos e entidades, da administração
direta e indireta.
III. Investimentos previstos no Plano Trienal do Ministério da Saúde.
IV. Cobertura das ações e dos serviços de saúde a serem implementados pelos Municípios, Estados e
Distrito Federal.
Quais estão corretas?
a) Apenas I e II.
b) Apenas II e IV.
c) Apenas I, II e III.
d) Apenas II, III e IV.
e) I, II, III e IV.

A Lei nº 8.142/1990 dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do


Sistema Único de Saúde (SUS) e sobre as transferências intergovernamentais de recursos
financeiros na área da saúde e dá outras providências.
Essa lei aborda parte dos temas que foram vetados na Lei nº 8.080/1990 pelo
presidente, na época, Fernando Collor de Mello.

www.romulopassos.com.br 10
10. (SES-RS/FUNDATEC/2014) Considerando o disposto na Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990,
analise as afirmativas abaixo, assinalando V, para verdadeiro, ou F, para falso.
( ) O Sistema Único de Saúde (SUS), de que trata a Lei n° 8.080, de 19 de setembro de 1990, contará,
em cada esfera de governo, sem prejuízo das funções do Poder Legislativo, com as seguintes instâncias
colegiadas: a Conferência de Saúde e o Conselho de Saúde.
( ) A Conferência de Saúde reunir-se-á a cada dois anos com a representação dos vários segmentos
sociais, para avaliar a situação de saúde e propor as diretrizes para a formulação da política de saúde
nos níveis correspondentes, convocada pelo Poder Legislativo ou, extraordinariamente, por esta ou
pelo Conselho de Saúde.
( ) O Conselho de Saúde, em caráter permanente e deliberativo, órgão colegiado composto por
representantes do governo, prestadores de serviço, profissionais de saúde e usuários, atua na
formulação de estratégias e no controle da execução da política de saúde na instância correspondente,
excluindo os aspectos econômicos e financeiros, cujas decisões serão emanadas pelo chefe do poder
legalmente constituído em cada esfera do governo.
( ) As Conferências de Saúde e os Conselhos de Saúde terão sua organização e suas normas de
funcionamento definidas em regimento próprio, aprovadas pelo respectivo conselho.
A sequência correta de preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é:
a) V – F – V – V.
b) V – F – F – V.
c) F – F – F – V.
d) F – V – V – F.
e) F – V – V – V.

Pacto pela Vida

www.romulopassos.com.br 11
A Portaria do MS nº 399/2006, que instituiu o Pacto pela Saúde, estabeleceu seis
prioridades no Pacto pela Vida:

11.1 - Pacto pela Vida


A Portaria do MS nº 325/2008 criou mais cinco prioridades no Pacto pela Vida,
que totalizaram 11 prioridades:

www.romulopassos.com.br 12
11. (Pref. Gramado-RS/FUNDATEC/2013) O Pacto pela Vida está constituído por um conjunto de
compromissos sanitários, expressos em objetivos de processos e resultados e derivados da análise da
situação de saúde do País e das prioridades definidas pelos governos federal, estaduais e municipais.
Criado no ano de 2006, através da portaria nº 399, teve os seguintes itens considerados prioritários no
seu lançamento, EXCETO:
a) Saúde do Idoso.
b) Câncer de Colo de Útero e de Mama.
c) Mortalidade Infantil e Materna.
d) O Combate ao Crack.
e) Promoção da Saúde.

12. (ASCAR-RS/FUNDATEC/2014) Em relação aos tipos de indicadores de saúde, Vaughan & Morrow
(1997) consideram útil, para a Epidemiologia Distrital de Saúde, classificar os indicadores de saúde
entre aqueles que são dirigidos para:
I. Política de saúde.
II. Desenvolvimento social e econômico.
III. População do distrito.
IV. Oferta de serviços de saúde.
V. Nível de saúde.

Quais estão corretas?


a) Apenas I, III e IV.
b) Apenas II, III e IV.
c) Apenas I, II, III e IV.
d) Apenas II, III, IV e V.
e) I, II, III, IV e V.

Gabarito

www.romulopassos.com.br 13
1–C 7–D
2–A 8–E
3–D 9–B
4–C 10 – B
5–A 11 – D
6–A 12 – E

Adquira o Livro de Legislação do SUS, Saúde Pública e Epidemiologia


para Concursos e Residências
Para que você tenha acesso ao conteúdo do livro, é necessário que esteja
matriculado (a) em nosso site. O Livro Legislação do SUS, Saúde Pública e Epidemiologia
para Concursos e Residências é composto por um único volume com 432 páginas,
acompanhado com todo conteúdo atualizado e comentado em videoaulas online.

Para adquiri-lo com frete grátis, acesse:


http://romulopassos.com.br/cursos/detalheCursoView/125.

Adquira o Curso Completo – Online


Para que você tenha acesso ao conteúdo do site, é necessário que esteja
matriculado (a) em nossos cursos. O Curso Completo de Enfermagem para Todos os
Concursos e Residências - Online engloba todos os conhecimentos específicos de
enfermagem, assim como as disciplinas básicas mais cobradas nos concursos atuais.

Acesse o seguinte link e tenha em mãos o curso que mais aprova!


https://www.romulopassos.com.br/cursos/detalheCursoView/114

Vale destacar que será um imenso privilégio ter você entre nossos alunos.

www.romulopassos.com.br 14
www.romulopassos.com.br 15