Você está na página 1de 2

PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS

Elaborado em: 14/05/2009


POP AG. COLETA DE AMOSTRA DE SANGUE PARA PROVA
TRANSF. nº.10 CRUZADA (SEM FUNCIONÁRIO NA AGÊNCIA
Revisado em:
TRANSFUSIONAL)

Objetivo:
 Otimizar o serviço de coleta de prova cruzada para entrega direta no Hemominas.

Responsável Descrição da Atividade

Enfermeiro e As amostras de sangue podem ser obtidas por punções venosas . As veias da região
Técnico de antecubial são as de preferência pela facilidade de acesso.
Enfermagem

Materiais Necessários:
• Prescrição Médica;
• Solicitação de Hemotransfusão
• Agulha 25x 7 (descartável);
• Tubo para coleta de sangue (tampa roxa);
• Almotolia com álcool a 70%;
• Algodão;
• Luvas de procedimento;
• Óculos de proteção;
• Caneta;
• Caixa Térmica para acondionamento e transporte da amostra do setor solicitante até à
Agência Transfusional.

Atividades:
1. Verificar a prescrição médica e a solicitação de hemotransfusão, lembrando que a
mesma deve ser totalmente preenchida com dados do paciente , prontuário, AIH,
Hospital,setor, enfermaria , leito, sexo, data de nascimento, idade, peso e nome da
mãe,especificação do componente, resultado de exames, comorbidades e justificativa
que SÂO OBRIGATÒRIOS.;
2. Lavar as mãos ;
3. Colocar luvas de procedimento e óculos de proteção;
4. Identificar o paciente perguntando o nome completo, o nome da mãe, setor,
enfermaria , leito e checar com o pedido e assine no tubo.Caso o paciente em
questão esteja sem condições de responder , confira os dados com o acompanhante,
no caso do CTI a checagem dos dados é pelas identificações no leito e rechecagem
com a equipe de enfermagem Solicitar a algum membro da equipe de enfermagem
que confira também os todos os dados e também assine no tubo. Este processo é a
denominado de rechecagem, sendo obrigatório.
5. Informe ao paciente e ao acompanhante sobre o tipo de coleta a ser realizado,
relatando a sua finalidade;
6. Posicionar o paciente de forma confortável e segura para a realização da coleta;
7. Garrotear o braço do paciente com o garrote aproximadamente 15 cm de distância da
veia e ou artéria a ser puncionada;
8. Puncionar a veia e com a seringa puxe o êmbolo lentamente, à medida que o sangue
estiver preenchendo o espaço, aproximadamente são 3 ml de sangue que devem ser
coletados e injetados no tubo de tampa roxa;
9. Retirar o garrote e retirar a agulha lentamente, antes de sua retirada total colocar um
chumaço de algodão estéril e pressione o local da punção por 3 minutos ou até o
estancamento do sangue;

Versão 00 Serviço de Hemoterapia Página 1 de 2


POP AG. COLETA DE AMOSTRA DE SANGUE PARA PROVA CRUZADA (SEM FUNCIONÁRIO NA
TRANSF. nº.10 AGÊNCIA TRANSFUSIONAL)

(continuação)

10. Transfira o sangue com a agulha e seringa para o tubo, já identificado e com o
processo de rechecagem;
11. Misture por inversão ( inverter o tubo repetidas vezes) o material colhido no tubo;
12. Descarte a seringa e agulhas em local apropriado, NUNCA retire a agulha da seringa
e/ ou reencape a agulha;
13. Acondicione o tubo de sangue na maleta térmica para o transporte até o Hemominas;
14. Se o pedido for solicitado das 8:00 horas até às 20: 00 horas utilizar o telefone do
Serviço Leva e Traz nº. 3217-7412, após utilizar o nº 9949-2803 (Plantão) até as 24:00
horas;
15. Após às 24:00 horas deve-se chamar um táxi que deverá emitir nota fiscal, que deverá
ser guardada na pasta identificada para essa finalidade; Para tanto possuímos um
valor em dinheiro que SÓ poderá ser utilizado para este serviço na Agência
Transfusional, nas condições descritas acima. Esta pasta com dinheiro fica localizada
no Ambulatório da Hematologia, armário em que fica acondicionada a televisão do
setor, 2ª gaveta, trancada, a chave fica no chaveiro da Agência Transfusional.

Glossário:

Referências:

Anexos: NH

Elaborado por: Aprovação:


Enfª Paula Regina Filgueiras Gazola

Versão 00 Serviço de Hemoterapia Página 2 de 2