Você está na página 1de 17

COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

EXERCÍCIOS DE BOTÂNICA

TRANSPIRAÇÃO, GUTAÇÃO E
EXSUDAÇÃO

QUESTÃO 1

A transpiração corresponde à perda de H 2O sob a


forma de vapor. Em plantas, o principal órgão
responsável por esse processo é a folha.

Sobre o processo de transpiração, assinale a


alternativa correta.

a. Nas plantas ocorre transpiração cuticular e


estomática.
b. Nas plantas ocorre transpiração por meio de
raízes do tipo pneumatóforo.
c. Nas plantas ocorre transpiração por meio de
translocação da seiva elaborada.
d. Nas plantas ocorre transpiração por meio do
movimento de geotropismo e fototropismo.
e. Nas plantas ocorre transpiração influenciada
pelos hormônios auxina e giberelina.

QUESTÃO 2

Ligado a uma bateria, usada apenas para acionar o


equipamento, o gaseificador permite a queima e a
transformação da biomassa em gás.

Caroços de açaí, casca de arroz e restos de plantio


de soja, milho e algodão são as matérias-primas
testadas e aprovadas para a produção de energia QUESTÃO 3
elétrica por um gaseificador.
O gráfico a seguir representa a relação entre a
(Adaptado de Pesquisa Fapesp n. 137. 2007. p. 61) transpiração foliar e a abertura estomática em
Zebrina pendula verificada em uma determinada
Folhas foram destacadas de uma planta de soja e condição atmosférica.
submetidas a pesagens sucessivas. Assinale o
gráfico no qual o ponto I corresponde ao momento
em que os estômatos completaram o seu
fechamento.

1 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

Com base nas informações contidas no gráfico, Assinale a afirmativa CORRETA:


analise a seguinte afirmativa:
a) Pela transpiração cuticular, a planta perde 1 mg
de água por minuto.
Quando a abertura estomática passa de 15 µm para
b) No segundo minuto, a transpiração cuticular
20 µm em consequência ____________ da turgidez
corresponde a 92% do total.
das células-guarda, a quantidade de água perdida
c) A partir do sexto minuto, a transpiração
por transpiração ____________.
estomática e a cuticular são iguais.
d) Na transpiração estomática, a perda de água é de
Assinale a alternativa correta que contém
2 mg no quinto minuto.
respectivamente os termos que preenchem as
lacunas.
QUESTÃO 5
a) do aumento – aumenta
b) da diminuição – diminui Os estômatos são células modificadas da epiderme
c) do aumento – diminui responsáveis pelas trocas gasosas entre a planta e
d) da diminuição – aumenta o ambiente. Essas trocas se dão através do ostíolo,
e) do aumento – se mantém constante que tem seus movimentos de abertura ou
fechamento provocados, entre outros fatores, pela
QUESTÃO 4 concentração de água e de íons K+, no citoplasma
das células-guardas, concentração de CO2 e O2, na
Observe o gráfico abaixo, que representa a curva de
câmara subestomática, e pela intensidade luminosa.
transpiração total (cuticular e estomática) em
miligramas (mg) por minuto de uma planta.
Com relação à influência desses fatores na abertura
ou fechamento dos ostíolos, é correto afirmar que a

a) alta intensidade luminosa promove o fechamento.


b) alta concentração de CO2, na câmara
subestomática, promove a abertura.

2 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

c) baixa concentração de O2, na câmara a) baixa umidade relativa do ar, temperatura


elevada e solo seco.
subestomática, promove o fechamento.
b) alta umidade relativa do ar, temperatura elevada
+
d) alta concentração de K , no citoplasma das e solo seco.
células-guardas, promove o fechamento. c) baixa umidade relativa do ar, temperatura amena
e) baixa concentração de água, no citoplasma das e solo úmido.
células-guardas, promove a abertura. d) alta umidade relativa do ar, temperatura amena e
solo úmido.
e) baixa umidade relativa do ar, temperatura amena
QUESTÃO 6 e solo seco.

Certos poluentes (formaldeído, monóxido de


carbono) penetram na folha através dos estômatos. QUESTÃO 8
Suas pequenas moléculas são solúveis na água.
Outros poluentes, como o benzeno e o tolueno, [...] pelo menos 1,1 milhão de brasileiros trabalham no
entram por difusão através da cutícula, pois suas período noturno em centros urbanos e estão sujeitos a
grandes moléculas são solúveis na gordura. Às problemas de memória, obesidade, falta de sono e
enfraquecimento do sistema imunológico, entre outros
vezes, uma parte dos poluentes se deposita sobre
males. [...] os trabalhadores noturnos perdem
uma folha e depois volta a se espalhar no ar. No
aproximadamente cinco anos de vida a cada 15
solo, os poluentes são degradados pelos trabalhados de madrugada. E têm 40% mais chances de
microrganismos (fungos, bactérias). No nível das desenvolverem transtornos neuropsicológicos, digestivos
folhas, os poluentes penetram nas diferentes zonas e cardiovasculares.
das células para serem ali transformados. A seguir,
certos metabólitos integram os açúcares, os [...] nosso organismo precisa descansar durante as noites,
aminoácidos e as paredes. O formaldeído, por seu quando libera hormônios como a melatonina, o cortisol e o
lado, é degradado em dióxido de carbono. Ele será, GH (hormônio do crescimento). [...]
Uma das substâncias que dependem muito do escuro e
em seguida, ejefado pelos estômatos.
da noite para serem liberadas é a melatonina. O hormônio
ajuda a controlar o momento certo de cada função
(Adaptado: Plantas que purificam o ar. Revista Planeta, dez.
2009. p. 26.)
corporal.

(Revista Galileu, outubro de 2010, p. 22)


Dos fatores a seguir, o que exerce o MENOR efeito
na abertura e no fechamento dos estômatos é a
Em mamíferos, a melatonina determina o
estabelecimento de um ritmo diário de sono-vigília
(A) temperatura.
que é circadiano, ou seja, se aproxima do ciclo dia-
(B) umidade do ar.
noite de 24 horas. Plantas também possuem ciclos
(C) variação dia e noite.
que regulam certas funções, como a abertura e
(D) concentração de O2 no ar. fechamento dos estômatos.
(E) concentração de água no solo
O gráfico a seguir mostra o número de estômatos
abertos em uma certa espécie de planta ao longo de
QUESTÃO 7 3 dias.

O fenômeno da gutação consiste na perda de seiva


xilemática, em estado líquido, através dos
hidatódios. As condições ideais para a ocorrência
desse fenômeno são:

3 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

(Adaptado de: AMABIS, J. M.; MARTHO, G. R. Biologia dos


Organismos. São Paulo: Moderna. 2004. v. 2, p. 232.)

Os estômatos são responsáveis pela regulação das


trocas gasosas e pela transpiração nos vegetais.

A concentração de CO2 e a temperatura


atmosférica são fatores ambientais que influenciam
no controle do mecanismo de abertura e
De acordo com o gráfico e seu conhecimento sobre fechamento dos estômatos.
as plantas, é correto afirmar que
(Adaptado de: AMABIS, J. M.; MARTHO, G. R. Biologia dos
Organismos. São Paulo: Moderna. 2004. v. 2, p. 232.)
(A) as células-guarda formam os estômatos, que
atuam na defesa da planta somente durante a noite.

(B) essa planta absorve, através dos estômatos,


Com base na figura, no texto e nos conhecimentos
uma quantidade de CO2 durante a noite sobre o processo de abertura e fechamento de
significativamente maior que durante o dia. estômatos, assinale a alternativa que explica
corretamente as razões fisiológicas pelas quais a luz
(C) as folhas contêm os estômatos, que são os influencia neste processo.
responsáveis por executar a fotossíntese enquanto
estão fechados. a) Na ausência de luz, as células-guarda recebem
íons Na+, perdem água para o ambiente por
(D) os estômatos são as estruturas caulinares
responsáveis por transportar água durante a noite osmose, tornam-se murchas e, como consequência,
para as folhas. o ostíolo se fecha.

(E) os estômatos, que estão localizados nas raízes b) Na presença de luz, as células-guarda eliminam
das plantas, absorvem água somente à noite. íons K+, perdem água para o ambiente por osmose,
tornam-se flácidas e, como consequência, o ostíolo
se fecha.
QUESTÃO 9
c) Na ausência de luz, as células-guarda eliminam
A figura a seguir é uma fotomicrografia ao
microscópio óptico de estômato de Tradescantia, íons Na+, absorvem água por osmose, tornam-se
em vista frontal: túrgidas e, como consequência, o ostíolo se abre.

d) Na presença de luz, as células-guarda recebem


íons K+, absorvem água por osmose, tornam-se
túrgidas e, como consequência, o ostíolo se abre.

e) Na presença de luz, as células-guarda recebem


íons Na+, perdem água para o ambiente por
osmose, tornam-se flácidas e, como consequência,
o ostíolo se abre.

4 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

(B) Uma pequena fração de água perdida por


QUESTÃO 10 transpiração sai através da cutícula e através das
lenticelas da casca.
A figura representa uma estrutura especial nas
células vegetais chamada estômato. Sua função (C) Nas plantas vasculares, a maior parte da água
principal no vegetal é: perdida pela transpiração ocorre através dos
estômatos.

(D) A abertura e o fechamento estomático controlam


a troca gasosa através da superfície da folha.

(E) A única forma de perda de água pelas folhas é a


transpiração.

QUESTÃO 12

Assinale a alternativa CORRETA.

A transpiração é um processo fisiológico dos seres


vivos, retornando a água do corpo para o ambiente.
Nos vegetais, a transpiração é realizada pelos
estômatos e envolve:

a. movimentos hidroativos e fotoativos.


JUNQUEIRA, L.C.; CARNEIRO, J. Histologia Básica. RJ: Guanabara
Koogan, 1980. b. movimentos inibidores e indutores.
c. exclusivamente movimentos hidroativos.
(A) realizar respiração celular. d. exclusivamente movimentos fotoativos.
(B) realizar a fotossíntese. e. exclusivamente movimentos inibidores.
(C) armazenar substâncias de reserva.
(D) eliminar resíduos nitrogenados tóxicos.
QUESTÃO 13
(E) controlar a entrada e saída de água e gases.

Considere duas plantas da mesma espécie: uma


QUESTÃO 11 delas em um ambiente bem iluminado, com
pequena disponibilidade de água no solo e a outra
As plantas, ao longo de sua história evolutiva, não colocada em um ambiente escuro, com bastante
desenvolveram uma estrutura que seja ao mesmo água disponível. Nessas condições, o
tempo favorável à entrada de dióxido de carbono, comportamento dos estômatos será
essencial à fotossíntese, e que evite a perda
excessiva de água por transpiração. No entanto, a) fechar nas duas situações.
especializações minimizam a perda de água e
b) abrir nas plantas bem iluminadas e fechar nas
otimizam a captação de CO2. Sobre a perda de plantas submetidas à escuridão.
água em plantas terrestres é INCORRETO afirmar:
c) fechar nas plantas bem iluminadas e abrir nas
(A) A transpiração ocorre através da cutícula da plantas submetidas à escuridão.
epiderme, lenticelas e/ou pelo ostíolo dos
estômatos. d) abrir nas duas situações.

5 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

A) parênquima aquífero – transpiração – gutação


QUESTÃO 14 B) estômatos – sudação – exsudação
C) hidatódios – sudação – gutação
Diversas espécies de plantas que vivem em regiões D) hidatódios – sudação – transpiração
de clima seco (zonas áridas e semi-áridas) possuem
folhas espessas e suculentas. Essas plantas
apresentam taxas reduzidas de transpiração, sendo QUESTÃO 16
denominadas plantas com Metabolismo Ácido
Crassuláceo (CAM). Tanto agentes não biológicos quanto biológicos
podem provocar grandes mudanças evolutivas nos
Em relação às adaptações das plantas CAM, organismos, processo denominado seleção sob
analise as afirmativas a seguir. estresse. (...) As formas de estresse mais limitantes
e frequentes na natureza são o déficit de água,
I. Os estômatos permanecem fechados durante o excesso de calor ou de frio e a salinidade do
dia para evitar a perda de água. ambiente. (...) Ambientes com muito ou pouco sal
II. Os estômatos permanecem fechados durante a também são estressantes, já que a regulação
noite para evitar a perda de água. osmótica entre um organismo e o ambiente requer
III. Os estômatos permanecem abertos durante a um elevado dispêndio energético.
noite para permitir a entrada de CO2.
(ECOLOGIA, 2008, p. 32.)
IV. Os estômatos permanecem abertos durante o
dia para permitir a entrada de CO2.
Com relação às estratégias adotadas pelas plantas
Marque a alternativa correta. que habitam locais de alta temperatura em resposta
ao déficit hídrico a que estão sujeitas, é correto
a) Somente as afirmativas I e III são corretas. afirmar:
b) Somente as afirmativas I e IV são corretas.
c) Somente as afirmativas II e III são corretas. 01) A perda dos tricomas presentes na epiderme
d) Somente as afirmativas III e IV são corretas. foliar de certos tipos de plantas possibilita a redução
e) Nenhuma das afirmativas é correta. da perda de água, permitindo assim a sobrevivência
em condições adversas.

QUESTÃO 15 02) A regulação dos teores de vapor d’água deve


ser realizada pelas células acessórias ou
Preencha os espaços a seguir: subsidiárias, pois nelas se encontram os ostíolos.

Sabe-se que a água é o elemento principal para o 03) Os estômatos, células especializadas presentes
metabolismo de todas as formas de vida. No caso na epiderme das folhas, devem permanecer
dos vegetais a água representa de 80% a 90% do constantemente abertos para que haja maior
seu peso fresco, mas existem plantas, que mesmo captação de vapor d’água.
saturadas continuam a absorver água, eliminando o
excesso através de poros presentes nas folhas. 04) Os ostíolos das células-guarda devem
Nesse caso, as plantas eliminam água no estado permanecer abertos em condições de déficit hídrico,
líquido através dos _____________ , sendo esse para elevar a taxa fotossintética e reduzir os danos
processo conhecido como______________ ou causados pela elevada temperatura.
_______________.
05) As altas temperaturas induzem o fechamento
Assinale a alternativa que contém os termos que dos estômatos, evitando a perda excessiva de água
completam corretamente e na ordem a sentença pelas plantas.
anterior.

6 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

A respeito dessa estrutura e de seu papel


QUESTÃO 17 fisiológico, assinale a(s) proposição(ões) correta(s).

Uma das vegetações típicas do sertão nordestino 01. A seta III indica as células acessórias ou
corresponde às cactáceas, como, por exemplo, o subsidiárias; através delas ocorre a eliminação da
mandacaru e o cacto. Esses e outros vegetais água por transpiração para o exterior do vegetal.
dessa região apresentam características
morfofisiológicas que permitem sua adaptação ao
02. A seta II da figura indica a presença de
ambiente seco. Sobre essas características e seus
cloroplastos nas células estomáticas.
respectivos efeitos, analise as afirmativas a seguir.

I. Folhas modificadas em espinhos, reduzindo a 04. Os estômatos são estruturas encontradas em


superfície foliar e, consequentemente, a perda de várias partes do vegetal, especialmente no caule.
água.
II. Presença de parênquima aquífero, contribuindo 08.O
para o suprimento hídrico da planta. funcionamento dos estômatos está associado aos m
III. Epiderme rica em ceras impermeabilizantes ou ecanismos de transporte de seiva no vegetal.
portadora de pelos, favorecendo o aumento da
transpiração. 16. Os estômatos são estruturas muito versáteis,
IV. Abertura permanente dos estômatos durante o participando inclusive dos mecanismos de defesa
dia, favorecendo a absorção do CO2 e retenção de vegetal, pois podem produzir e eliminar substâncias
água. tóxicas.

Somente está CORRETO o que se afirma em 32. A seta I indica a abertura estomática que ocorre
entre as células-guarda e por onde se realizam as
A) I, II e III. trocas gasosas nos vegetais.
B) II, III e IV.
C) I, III e IV. 64. O funcionamento do estômato é controlado por
D) I e II. fatores intracelulares, sendo independente de
E) III e IV. fatores externos como a luminosidade e a umidade.

QUESTÃO 18 QUESTÃO 19

A figura a seguir representa o esquema de uma As angiospermas são plantas com flores presentes
estrutura vegetal chamada estômato. na superfície da Terra há mais de 100 milhões de
anos sendo, atualmente, conhecidas cerca de
235.000 espécies dessas plantas. Com base na sua
estrutura, os biólogos dividem a classe angiosperma
em dois grupos: monocotiledôneas e dicotiledôneas.

7 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

a) Nomeie as estruturas A, B, C, D, E, F e G
indicadas, no corte transversal da folha de uma
angiosperma, mostrada na figura acima.

b) Identifique a principal função das estruturas E, F


e G.

c) Qual o tecido especializado no armazenamento QUESTÃO 20


de amido nas raízes e caules tuberosos? A partir de
qual tecido ele se origina? Na vitória-régia, mostrada na figura a seguir, os
estômatos localizam-se na superfície superior da
d) A partir da análise da figura, identifique a que folha, o que acontece também em outras plantas
grupo das angiospermas essa planta pertence. aquáticas.

e) A transpiração total de uma folha é a soma da


transpiração estomática e cuticular. O gráfico abaixo
representa a medida dos valores da transpiração de
uma folha, pelo método de pesagem, ao longo de
um certo período de tempo. Qual é o principal
mecanismo de transpiração atuante nos períodos de
tempo A e B representados no gráfico? Justifique.

Fonte: Arquivo da Banca Elaboradora.

a) Considerando o ambiente em que a vitória-régia


ocorre, seus estômatos passam a maior parte do
tempo abertos ou fechados? Justifique sua
resposta.

b) Liste o que entra e o que sai do estômato aberto


de uma folha.

8 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

QUESTÃO 21 Com relação a esse experimento é correto afirmar:

A teoria de coesão-tensão visa explicar o papel da (001) O nível de água final foi menor no tubo A
transpiração na ascensão da água através do caule devido ao funcionamento normal dos estômatos da
de uma planta. A perda de água pela transpiração é epiderme foliar.
responsável por proporcionar uma força de sucção
que atua sobre a coluna de água, presente no (002) No tubo A, o processo de transpiração e as
xilema, levando a água das raízes até as partes trocas gasosas são realizados normalmente.
aéreas onde ocorre a transpiração. Sobre esse
processo, faça o que se pede: (004) No tubo B, não está ocorrendo o processo de
transpiração e de trocas gasosas.
a) Mencione duas estratégias pelas quais as plantas
controlam a transpiração. Explique como elas (008) O nível de água final foi diferente nos dois
atuam. tubos, devido ao funcionamento normal dos
estômatos da epiderme foliar no tubo B,
b) Explique por que, com esse importante papel, é possibilitando a captação de gás carbônico para a
necessário que a planta apresente mecanismos realização da fotossíntese e, consequentemente,
para limitar ou evitar a transpiração. economizando água do sistema.

c) Indique os estímulos ambientais e fisiológicos que


(016) O nível de água final foi maior no tubo B,
induzem as plantas a controlar a transpiração foliar.
devido ao funcionamento limitado dos estômatos de
sua epiderme foliar que, recoberta pela vaselina,
QUESTÃO 22 impossibilita a realização plena de troca gasosa e
economiza água do sistema.
Alguns estudantes elaboraram o seguinte
(032) O nível final da água foi diferente nos dois
experimento:
tubos devido ao processo de evaporação.
Dois ramos de plantas semelhantes foram
colocados em dois tubos de ensaio (A e B) contendo QUESTÃO 23
a mesma quantidade de água e, posteriormente,
esses tubos foram vedados para evitar a
Estômatos são estruturas vegetais especializadas
evaporação. A planta do tubo A foi mantida intacta
que ocorrem principalmente nas folhas e que
enquanto a planta do tubo B teve suas folhas
apresentam dois estados funcionais característicos:
completamente recobertas com uma camada de
aberto e fechado. Diferentes condições ambientais,
vaselina. O esquema a seguir mostra o nível da
apresentadas na tabela a seguir, acarretam a
água no início (Ni) e no final (Nf) do experimento.
abertura ou fechamento dessas estruturas.

9 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

a) Preencha a tabela, identificando qual o


comportamento que os estômatos terão em cada
condição apresentada.
Comportamento dos
Condição ambiental estômatos (aberto ×
fechado)
Intensidade Alta
luminosa Baixa
Suprimento de Alto
água Baixo
Concentração Alta
de CO2 Baixa

b) Explique um desses comportamentos (apenas


um).

10 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

QUESTÃO 1 QUESTÃO 3

A A

RESOLUÇÃO: RESOLUÇÃO:

Nas folhas, a perda de água pode ocorrer tanto As células-guarda formam a válvula chamada de
através da cutícula (transpiração cuticular), quanto – estômato. Para o estômato abrir é necessário que
e principalmente – pelos estômatos (transpiração as células-guarda fiquem turgidas e se deformem,
estomática). A abertura e o fechamento dos abrindo o ostíolo. Quando a abertura estomática
estômatos ocorrem por mecanismos fotoativos e aumenta, significa que a turgescência das células-
hidroativos. guarda aumentaram e os estômatos estão abertos,
gerando maior perda de água pela planta por
evapotranspiração.

QUESTÃO 2
QUESTÃO 4
D

A
RESOLUÇÃO:

Quando a pressão dentro da célula é mais intensa, RESOLUÇÃO:


suas paredes são afastadas e uma abertura é
estabelecida no estômato. Se a pressão (de turgor) a) Correta. Observa-se, a partir do sexto minuto,
diminui, esse orifício se fecha. A água é o agente que a transpiração cuticular é de 1 mg/minuto.
regulador desse mecanismo. Se a célula recebe
água, a pressão aumenta e acontece a abertura do b) Incorreta. No segundo minuto, a
ostíolo (nome da abertura delimitada pelas células transpiração corresponde a 20% do total.
guarda). Se elimina água (transpiração), o ostíolo se
fecha.
c) Incorreta. A partir do sexto minuto não há
O gráfico que corresponde ao momento em que os mais transpiração estomática.
estômatos completaram o seu fechamento é o da
alternativa D. A transpiração das células se dá d) Incorreta. No quinto minuto há
também pela cutícula. Então, quando os estômatos transpiração estomática e cuticular, com
estão começando a se fechar, a transpiração ainda
perda de um pouco mais de 1 mg/minuto.
não terminou necessariamente. Por isso está
incorreto o gráfico B, que sugere que a transpiração
cessa com o fechamento do estômato.

QUESTÃO 5

11 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

C QUESTÃO 7
RESOLUÇÃO:
D

A abertura dos estômatos ocorre na presença de


luz, quando as células-guarda ficam túrgidas e se RESOLUÇÃO:
deformam. Para isso, ocorre bombeamento de
potássio para o interior delas, deixando-as O fenômeno da gutação ocorre quando a umidade
hipertônicas e, por isso, elas ganham água por relativa do ar está alta, o que dificulta a perda de
osmose e se deformam. Já quando elas perdem água por transpiração pelos estômatos, e quando
água, no escuro, ocorre o bombeamento de água existe grande quantidade de água disponível no solo
para fora dessas células, que ficam hipotônicas, para ser absorvida pelas raízes. Também é
perdem água e fecham o estômato. Portanto, a necessário que haja temperatura amena, pois altas
abertura e o fechamento dos estômatos ocorre por temperaturas influenciam na umidade relativa do ar
mecanismos fotoativos e hidroativos. Observe a e no grau de abertura dos estômatos.
tabela a seguir.

Luminosidade Estômato
alta abre
baixa fecha QUESTÃO 8
Hidratação Estômato
alta abre
baixa fecha B

Concentração de CO2 Estômato


RESOLUÇÃO:
alta fecha
baixa abre
Os estômatos são as estruturas foliares pelas quais
ocorre a maior parte da transpiração vegetal. Além
disso, os estômatos abertos permitem a absorção
de CO2 e eliminação de O2 pela fotossíntese do
mesofilo. O gráfico mostra que os estômatos se
QUESTÃO 6 abrem durante a noite, portanto essa planta realiza
fotossíntese CAM, absorve o gás carbônico
D durante à noite, e fecha os estômatos durante o dia
para evitar a desidratação.

RESOLUÇÃO:

A abertura e fechamento dos estômatos respondem


a fenônemos fotoativos e hidroativos, sendo a
concentração de oxigênio o item que menos QUESTÃO 9
interfere no processo.

RESOLUÇÃO:

12 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

a) Incorreta. Na ausência de luz, as células-guarda A transpiração não é a única forma de perda de


perdem íons K+, perdem água para o ambiente por água pelas folhas, que também ocorre pela gutação.
Quando o ar está saturado de vapor, a transpiração
osmose, tornam-se murchas e, como consequência,
é bastante reduzida ou até para. A planta então
o ostíolo se fecha.
expele água em estado líquido por meio de
estruturas nas folhas, chamadas hidátodos.
b) Incorreta. Na presença de luz, as células-guarda
ganham íons K+, ganham água do ambiente por
osmose, tornam-se túrgidas e, como consequência,
o ostíolo se abre.

c) Incorreta. Na ausência de luz, as células-guarda QUESTÃO 12


eliminam íons K+, perdem água por osmose,
tornam-se murchas e, como consequência, o ostíolo A
se fecha.
RESOLUÇÃO:
d) Correta. Na presença de luz, as células-guarda
recebem íons K+, absorvem água por osmose, A abertura dos estômatos depende principalmente
tornam-se túrgidas e, como consequência, o ostíolo do bombeamento de potássio para os vacúolos das
se abre. células-guarda, o que ocorre na presença de luz.
Isso promove a entrada de água por osmose nas
e) Incorreta. Na presença de luz, as células-guarda células-guarda, o que as deixa túrgida e abre o
recebem íons K+, ganham água do ambiente por ostíolo.
Já o fechamento ocorre na ausência de luz, que
osmose, tornam-se túrgidas e, como consequência,
estimula o bombeamento de potássio para fora das
o ostíolo se abre.
células-guarda. Isso promove a saída de água das
células-guarda, murchando as células e fechando o
QUESTÃO 10 ostíolo.
Portanto o fechamento e abertura dependem de
mecanismos foto e hidroativos.
E

RESOLUÇÃO:

A função dos estômatos é controlar a QUESTÃO 13


entrada e saída de água e gases.

RESOLUÇÃO:
QUESTÃO 11
Os estômatos se abrem para permitir que a
evapotranspiração sugue a água até as folhas, para
E que ocorra fotossíntese. Portanto, os estômatos se
abrem em presença de luz e água no solo, e se
RESOLUÇÃO: fecham na ausência de luz e baixa disponibilidade
hídrica.

13 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

número e da posição de estômatos nas folhas;


aumento do número de tricomas (ou pelos)
guardando uma camada de ar mais úmidos próximo
aos estômatos; desenvolvimento do parênquima
QUESTÃO 14 aquífero; transformação das folhas em espinhos;
fechamento rápido de estômatos; abertura desses
estômatos à noite, entre outros.
A

RESOLUÇÃO:

Plantas com essas adaptações, como as cactáceas,


abrem seus estômatos somente à noite para que QUESTÃO 17
ocorra absorção de gás carbônico para a
fotossíntese. Dessa forma, elas reduzem bastante a D
transpiração, podendo viver em ambientes áridos.

RESOLUÇÃO:

I. Correta. Folhas modificadas em espinhos, típicas


da vegetação do semiárido, reduzem a superfície
QUESTÃO 15 foliar e, consequentemente, a perda de água.

II. Correta. O parênquima aquífero forma um


C
estoque de água em plantas adaptadas a climas
secos, como a caatinga.
RESOLUÇÃO:
III. Incorreta. A epiderme rica em ceras
Algumas plantas que crescem em solos bastante impermeabilizantes ou portadora de pelos diminui a
úmidos e atmosfera saturada de vapor d’água transpiração.
perdem água (além da evapotranspiração) em forma
líquida pelos hidatódios, no processo chamado de IV. Incorreta. A abertura permanente dos estômatos
gutação. durante o dia favorece a absorção do CO2, mas
promove a desidratação.

QUESTÃO 16
QUESTÃO 18
05
42
RESOLUÇÃO:
RESOLUÇÃO:
A principal adaptação de plantas sujeitas a altas
temperaturas evitam o excesso de transpiração. 02 + 08 + 32 = 42
Isso pode acontecer de várias formas: diminuição do

14 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

01. Falsa. A seta III indica as células acessórias ou G = transpiração e troca de gases.
subsidiárias; mas a eliminação da água por
transpiração ocorre pelo ostíolo (I).
c) Parênquima de armazenamento ou
02. Correta. As células-guarda (seta II) são as amilífero. Meristema.
únicas células clorofiladas presentes na epiderme
da folha.
d) Dicotiledônea.
04. Falsa. Os estômatos podem ser encontrados no
caule (como ocorre nos cactos), mas localizam-se, e) Período A - transpiração estomática.
geralmente, nas folhas.
Período B - transpiração cuticular.
08. Correta. A perda de água por
evapotranspiração nos estômatos é a principal
responsável pela subida da seiva bruta através A transpiração estomática é controlada pela
do xilema. abertura e fechamento dos estômatos,
enquanto a transpiração cuticular não
16. Falsa. Os estômatos são estruturas que possui controle, ocorrendo o tempo todo,
permitem a evapotranspiração, a subida da seiva mesmo com os estômatos fechados.
bruta e trocas gasosas da respiração e da Assim, no período A ocorre, principalmente,
fotossíntese foliar. a transpiração estomática, enquanto no
período B ocorre a transpiração cuticular.
32. Correta. A seta I indica a abertura estomática
(ostíolo) que ocorre entre as células-guarda e por
onde se realizam as trocas gasosas nos vegetais e
a evapotranspiração.

64. Falsa. A abertura e o fechamento estomático QUESTÃO 20


dependem de luminosidade, hidratação e
concentração de gás carbônico.
GABARITO:

a) Os estômatos da vitória-régia passam a maior


parte do tempo abertos, pois ela vive em um
ambiente com altas temperaturas e elevada
QUESTÃO 19 umidade.

b) Se a planta estiver realizando mais fotossíntese


GABARITO: do que respiração, entra gás carbônico e saem
vapor d’água e gás oxigênio por essas estruturas.
a) A = epiderme superior, B = Já quando a planta realiza menos fotossíntese do
parênquima paliçádico, C = parênquima que respiração entra gás oxigênio e pode sair gás
lacunoso, D = epiderme inferior, E = carbônico.
floema, F = xilema, G = estômato.

b) E = transporte da seiva elaborada.


F = transporte da seiva bruta. QUESTÃO 21

15 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

GABARITO: 032 - Incorreta: Os níveis foram diferentes nos dois


tubos devido ao processo de transpiração e não de
evaporação.
a) As plantas podem evitar a transpiração por meio
do controle da abertura e do fechamento dos
estômatos, regulado por mecanismos fotoativos e
hidroativos. Outra estratégia é a presença de uma
cutícula espessa, que reduz a transpiração, ou de
pelos, que mantêm a umidade ao reduzirem a QUESTÃO 23
ventilação.

b) Porque a perda de água em demasia pode GABARITO:


causar sérios danos à planta, podendo levá-la à
morte.
a)
c) Estímulos ambientais: intensidade luminosa, Comportamento dos
temperatura, umidade do solo, ventilação e umidade Condição
estômatos
relativa do ar. Estímulos fisiológicos: concentração ambiental
(aberto x fechado)
de gás carbônico nas células estomáticas, Alta aberto/fechado
Intensidade
quantidade de água presente nessas células e
luminosa Baixa fechado/aberto
concentração vacuolar.
Suprimento de Alto aberto
água Baixo fechado
Concentração de Alta fechado
CO2 Baixa aberto

QUESTÃO 22
b)
• Com relação à intensidade luminosa, duas
19 respostas foram consideradas, dependendo da
argumentação do candidato:
RESOLUÇÃO:
– Aberto em alta luminosidade, para realização de
trocas gasosas, pela alta taxa fotossintética.
001 + 002 + 016 = 019 Fechado em baixa luminosidade, pois a baixa taxa
fotossintética acarreta baixas trocas gasosas.
001 - Correta: As plantas transpiram principalmente
pelos estômatos. A planta no tubo A, sem a – Fechado em alta luminosidade, para não perder
vaselina, continuou transpirando normalmente e água pela transpiração excessiva.
absorvendo água, o que é evidenciado pela Aberto em baixa luminosidade, para realização de
diferença dos níveis iniciais e níveis finais. trocas gasosas sem risco de desidratação.

004 - Incorreta: Apesar de as folhas estarem A resposta esperada seria que em condição de
impermeabilizadas, a planta continua absorvendo alta luminosidade os estômatos estão fechados para
água para o metabolismo e ocorre uma pequena evitar a perda excessiva de água pela transpiração,
transpiração pelo caule. já que a alta luminosidade é associada a altas
temperaturas. Em geral, em condições de baixa
008 - Incorreta: Os estômatos estão luminosidade, os estômatos permanecem abertos
impermeabilizados nas folhas do tubo B. por mais tempo, realizando trocas gasosas por não
haver risco de desidratação.

16 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/
COMISSÃO DE VESTIBULANDOS

Ainda, para as plantas há um ponto de


compensação fótico, em que a luminosidade acima
deste ponto não é aproveitada para a fotossíntese.

Outra resposta possível é que os estômatos


estarão abertos em condição de alta luminosidade,
pois haverá a necessidade de realizar trocas
gasosas devido à alta taxa fotossintética. Assim,
estarão fechados em baixa luminosidade por não
haver necessidade de trocas gasosas.

• Com relação ao suprimento de água:


O aumento da disponibilidade de água no ambiente
permite maiores taxas de transpiração e trocas
gasosas sem haver desidratação, portanto os
estômatos estarão abertos nessa condição. Da
mesma forma, espera-se encontrar estômatos
fechados em condição de baixa disponibilidade de
água para evitar a perda excessiva de água pela
transpiração e trocas gasosas.

• Com relação à concentração de CO 2:


Em baixas concentrações de CO2 espera-se
encontrar os estômatos abertos, pois necessitam
realizar o máximo de trocas gasosas. Em condições
de alta concentração de CO2, os estômatos estarão
fechados, pois existe um ponto limite de saturação
de CO2.

RESOLUÇÃO:

17 | http://comissaovestibulandos.blogspot.com.br/