Você está na página 1de 2

ESCOLA BÁSICA MUNICIPAL “SEVERO DE ANDRADE”

ATIVIDADE DE ENSINO A DISTÂNCIA – DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA


PROFESSORA: PATRICIA C. D. SAMPAIO
6º ANO 1 / 6º ANO 2
Aula sobre Texto Narrativo
Exercício 01

LEIA O TEXTO A SEGUIR E RESPONDA AS QUESTÕES QUE SEGUEM NO SEU CADERNO.

ORA BOLAS!

Fim de tarde, o sol ainda batia forte, e só se ouvia um grito na praça: gooooollllll! No campo
improvisado, onde as traves eram um punhado de pedras amontoadas, dois times de garotos suavam as
camisas. A praça, um grande circulo de grama cercado por um caminho de paralelepípedo, formava o último
pedaço verde no bairro, todo asfaltado. Alguns bancos de cimento ladeados por canteiros de pequenas flores
coloridas enfeitavam o lugar e serviam de arquibancada. Ali, sentados uns sobre os outros, os moleques da
rua de cima torciam contra o time da rua de baixo. E vice-versa, é claro!
A bola corria solta, leve, e, apesar dos cinco a dois, estava difícil decidir que ataque era o mais perigoso
quando um chute rasteiro passou por debaixo das pernas do goleiro. Gooooollll! Seis a dois, e, enquanto uma
torcida comemorava, a outra calava.
Bola no centro. Nem bem recomeçou a peleja e num chute despretensioso, alto, um chutão pra cima
meio sem direção, o beque adversário encobriu o goleiro. O mesmo goleiro, que ainda nem havia se
recuperado do gol anterior. O barulho de repente ficou ensurdecedor e misturava o grito de gol com o
frangreeeeeeiiiiiiroooo!!!!
O menino não teve dúvida. Para ele era demais. Escondeu a lágrima que escorria no rosto, botou a
bola embaixo do braço e, sem olhar pra trás, foi numa corrida só para casa. Minutos depois, enquanto a praça
toda agitada ora xingava, ora chamava pelo dono da bola, na pequenez de um quarto um jogador solitário
manipulava homenzinhos num vídeo game. Ali, além de ser o dono da bola, dava pra desligar a torcida. E a
realidade também.
Marco Antonio Hailer

1- O espaço é o cenário onde os fatos acontecem. Qual é o espaço desse texto? Retire do texto o trecho onde
aparece sua descrição.

2- O texto acima é uma crônica. Uma forte característica da crônica é trabalhar com fatos do cotidiano, isto é, do
dia-a-dia. Qual é o fato que originou esta crônica?

3- Por que as palavras “gol” e “frangueiro” foram escritas de forma diferente?

4- O que significam no texto as expressões “vice-versa” e “bola no centro”?

5- Cite palavras e expressões que dão idéia de tempo nessa crônica.

6- Na sua opinião, qual é a importância de o autor ter terminado o texto com a frase “e a realidade também”?

7- Qual é o foco narrativo da crônica: Narrador personagem (1ª pessoa) ou narrador observador (3ª pessoa)?

8- Que tipo de pessoas do cotidiano são representadas pelas personagens da crônica?

9- Na sua opinião, por que o autor escolheu esse título para o texto?
10- De acordo com os fatos descritos, faça um desenho seguindo a imagem que você tem ao ler a crônica.