Você está na página 1de 6

TESTES DE ARQUIVOLOGIA TRE-2004

01.(TRT) Uma entidade, pública ou privada, deve organizar seus arquivos com base:
(a) nas linguagens ou sistemas de signos adotados para comunicar os diferentes conteúdos.
(b) nos assuntos tratados na correspondência dos seus órgãos de cúpula.
(c) nos códigos de classificação dos documentos do governo federal.
(d) na distribuição hierárquica dos documentos em dez grandes classes.
(e) nas competências, funções e atividades por ela desenvolvidas.

02.(UFBA) O documento que atesta que algo aconteceu de acordo com o que já se encontrava registrado
em outro documento, emanado de autoridade pública, é chamado de
a) ata.
b) certidão.
c) atestado.
d) despacho.
e) ordem de serviço.

03.(TJDFT 2000) O método dúplex é um dos métodos de arquivamento existentes, do qual um arquivista
poderá fazer uso, na organização de um acervo arquivístico. Na arquivística, o método dúplex é
normalmente representado pela codificação:
A) 641.4.
B) 64.14.
C) 6.414.
D) 64-14.
E) 6-4-1-4.

04.(UnB-DF) O documento que descreve fatos e acontecimentos relativos a determinada execução de


tarefas, destinados a um nível hierárquico superior é chamado de
a) carta.
b) ofício.
c) ata.
d) memorando.
e) relatório.

05.(TJDFT 2000) O arquivista deve ser criterioso na salvaguarda e na proteção dos documentos
arquivísticos, adotando procedimentos e medidas bem estabelecidos. No que se refere às áreas afetas
aos depósitos e com base no Manual de Preservação de Documentos, do Arquivo Nacional, que
estabelece condições básicas para os depósitos de guarda e proteção de acervos documentais, julgue os
itens abaixo.
I - O afastamento entre as baterias de estantes deve ser de, no mínimo, 75 cm.
II - O afastamento entre as paredes e a estanteria deve ser maior que 40 cm.
III - A ventilação deve ser mantida constante, sem interrupção.
IV - O pé-direito de um depósito não deve ser superior a 2 m.
V - Somente nas áreas acima de 600 m2, devem ser adotadas portas corta-fogo.
Estão certos apenas os ítens:
A) I e II.
B ) I e III.
C ) II e IV.
D) III e V.
E ) IV e V.

06. (BNDES-abril 2003) A instituição voltada para o pesquisador, cujos documentos entram por compra,
pesquisa e doação e são produzidos com finalidade científica, sendo seu acervo caracterizado por
coleções (documentos unidos pelo conteúdo) é
(A) o museu.
(B) a biblioteca.
(C) o centro de documentação.
(D) o arquivo.
(E) o núcleo de pesquisa.

O seguinte enunciado vale para as questões de números 07, 08 e 09:


Paulo era um dos gerentes de uma editora e, após dois dias de ausência no trabalho, telefona para o
diretor dizendo que ganhou na loteria e nunca mais vai trabalhar, que está no meio de um cruzeiro
marítimo e que formalizará o pedido de demissão quando retornar da viagem. Ele tranqüiliza o diretor
avisando que na mesa dele não há nenhuma pendência, apenas alguma coisa para ser guardada e uns
papéis pessoais que ele pegará na volta. A pedido do diretor, você observa a mesa de Paulo e encontra
o seguinte:
• 3 contratos de publicação, já assinados, presos por um clipe junto de uma pequena anotação que diz
“contratos OK – cópia da editora”.
• 3 fotocópias de fichas de cadastro de autores, correspondendo aos nomes que constam dos contratos,
nas quais se observa um carimbo que atesta que a cópia foi
executada pela divisão de publicações da editora.
• 2 contas de telefone com o endereço de Paulo, já pagas.
• 1 dicionário com o carimbo da biblioteca da editora.
• 1 exemplar do livro Arquivos Permanentes: tratamento documental com dedicatória da autora para
Paulo.
• 1 fotografia da antiga fachada do prédio da editora dentro de um envelope com os seguintes dizeres:
“Paulo eu não sabia que você trabalhava em um lugar tão antigo, acho que nem você. Abra e veja a
surpresa que eu copiei do arquivo público. Abraços. Juca”.
• 3 exemplares de revista semanal endereçados ao Paulo.

07. Quanto aos contratos citados no texto, como documentos da editora, é correto afirmar que:
(A) devem ficar separados, integrados aos demais documentos de cada um dos autores, constituindo
fundos arquivísticos distintos.
(B) podem integrar um ou mais fundos de arquivo, de acordo com o sistema adotado pela editora.
(C) enquanto estiverem vigentes farão parte de fundos arquivísticos distintos, devendo ser incorporados
ao fundo da editora na fase permanente.
(D) os contratos de autores que ainda não tenham livros publicados pela mesma editora deverão ser
integrados a fundos distintos.
(E) podem ficar separados, integrados aos demais documentos de cada um dos autores, constituindo
dossiês distintos de um mesmo fundo.

08. A fotografia da antiga fachada, citada no texto acima, deve ser


(A) devolvida ao Juca para seu arquivo pessoal.
(B) devolvida ao Paulo, para seu arquivo pessoal.
(C) permanecer na editora, devolvendo-se o envelope ao Juca.
(D) integrada ao arquivo permanente da editora, devolvendo-se o envelope ao Paulo.
(E) encaminhada para o arquivo público.

09. As fotocópias das fichas de cadastro, citadas no texto, devem ser


(A) descartadas, por serem cópias de documentos da editora e não terem mais nenhuma função.
(B) devolvidas ao Paulo, por representarem documentos produzidos por ele durante suas atividades.
(C) devolvidas à divisão de publicações, para evitar novas fotocópias nas futuras consultas.
(D) anexadas aos contratos já assinados, por serem do mesmo assunto.
(E) devolvidas aos respectivos autores de livros, pela questão do respeito aos fundos.

10.(RJ-UFF) O documento que é uma correspondência entre Ministros recebe o nome de:
a) parecer.
b) nota.
c) carta oficial.
d) boletim informativo.
e) aviso.

(TRT 17ª 2000) Instruções: Considere o documento abaixo para responder às questões de números 11 e
12.
11. O documento transcrito pode ser identificado, quanto à tipologia, como
(a) compromisso, isto é, conjunto de normas que regem as finalidades, funcionamento, direitos e
obrigações de uma entidade privada.
(b) despacho, isto é, decisão proferida por autoridade em autos ou papéis administrativos, sobre assunto
de sua competência.
(c) precatório, isto é, documento pelo qual a autoridade judiciária ou fazendária emite ordem relativa à
apreensão de bens.
(d) assento, isto é, registro de compromisso feito a partir de declaração ou de cópia certificada de um ato.
(e) aviso, isto é, veículo pelo qual certos ministros e secretários de Estado transmitiam a outros
secretários ou a presidentes de tribunais ordens régias, expedidas em nome do soberano.

12. Quanto ao órgão que o produziu, trata-se:


(a) da Marinha.
(b) da Câmara de Lisboa.
(c) da Praça Comercial.
(d) do Conselho da Fazenda.
(e) da Alfândega.
 
13.(TJDFT)De acordo com o Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ), a elaboração do instrumento
Tabela de Temporalidade pressupõe a inserção de determinados campos básicos, incluindo o(a):
I - denominação do órgão.
II - prazo de guarda na fase corrente.
III - prazo de guarda na fase intermediária.
IV - prazo de guarda na fase permanente.
V - destinação.
A quantidade de itens certos é igual a
A) 1.
B ) 2.
C ) 3.
D) 4.
E ) 5.

14.(Uni-Rio RJ) O documento que é formado por um conjunto de normas estabelecidas para perfeita
execução de uma lei é chamado de:
a) regimento.
b) decreto.
c) regulamento.
d) decreto-lei.
e) lei.

15.(TJDFT 2000)A análise acerca da situação do acervo arquivístico existente em uma instituição pública
ou privada é obtida mediante a elaboração de um:
A) plano de ação.
B ) plano de gestão.
C ) plano de classificação.
D) programa de gestão documental.
E ) diagnóstico do acervo.

16.(RJ-UFF) O ato escrito por meio do qual o Ministro de Estado ou outra autoridade competente
determina providências de caráter administrativo, dá instruções sobre a execução de uma lei, nomeia e
designa funcionários e aplica medidas de ordem disciplinar a subordinados que incidem em falta é
conhecido como
a) portaria.
b) despacho.
c) requerimento.
d) nota.
e) relatório.

17.(TJDFT) De acordo com o art. 11 do Decreto n.º 1.173, de 29/6/94, o órgão central do Sistema
Nacional de Arquivos (SINAR) é o:
A) Arquivo Nacional.
B ) Arquivo Público do Distrito Federal.
C ) CONARQ.
D) Conselho de Arquivos Federais.
E ) Ministério da Justiça.

18.(Ufes-ES) Qual o nome dado à gradação atribuída a classificação de um documento sigiloso, de


acordo com a natureza de seu conteúdo e tendo em vista a conveniência de limitar sua divulgação às
pessoas que têm necessidade de conhecê-lo?
a) Nível de segurança.
b) Nível de sigilo.
c) Graduação sigilosa.
d) Grau de sigilo.

19.(CESPE) De acordo com a Resolução n.o 10 do CONARQ, os usuários de microfilmes de documentos


arquivísticos serão obrigatoriamente informados, por meio da utilização de símbolos específicos, quando
o estado físico original dos documentos apresentar a situação de:
I - original ilegível.
II - texto manchado.
III - numeração incorreta.
IV - data-limite atribuída.
V - repetição de imagem.
Estão certos apenas os itens
A) I, II e IV.
B ) I, II e V. .
C ) I, III e V.
D) II, III e IV
E ) III, IV e V.

20.(RJ-UFF) Qual o nome das estruturas que deverão analisar, periodicamente, os documentos sigilosos
sob custódia, submetendo-os à autoridade responsável pela classificação, a qual, no prazo regulamentar,
efetuará, se for o caso, sua desclassificação?
a) Comissões Reguladoras de Sigilo.
b) Comissões Custodiadoras de Acesso.
c) Comissões de Preservação de Acervo Sigiloso.
d) Comissões Custodiadoras de Documento Sigiloso.
e) Comissões Permanentes de Acesso.

21.(TJDFT 2000)De acordo com o Dicionário de Terminologia Arquivística, o procedimento manual ou


mecânico de restauração em que um documento em suporte papel é inserido, após desacidificação, entre
duas folhas de poliéster e duas de papel neutro que, sob a ação de calor, pressão ou agentes químicos,
aderem ao original é denominado
A) laminação.
B ) obturação.
C ) encapsulação.
D) foliação.
E ) liofilização.

22.(Vunesp) A tipologia documental é hoje um dos temas centrais da arquivologia. Com base na tipologia,
pode-se estabelecer séries, segundo Heloísa Bellotto (Arquivos Permanentes, 1991:25), com
“uniformidade de função, vigência e procedência”.
Para que isso ocorra, o arquivista deve estabelecer a tipologia com base
(A) no organograma administrativo da entidade produtora de documentos.
(B) na vigência jurídico-administrativa dos documentos em questão.
(C) em tabelas de equivalência entre tipos diplomáticos e tipos arquivísticos.
(D) na análise da procedência diplomática dos documentos em questão.
(E) na estrutura orgânico-funcional da entidade produtora de documentos.

23.(UnB-DF)Qual o nome dado à atividade pela qual a autoridade responsável pela classificação dos
documentos sigilosos os torna ostensivos e acessíveis à consulta pública?
a) Reordenação.
b) desclassificação.
c) reestruturação.
d) transferência.
e) reorganização.

24.(CESPE) Na terminologia arquivística, o esquema preestabelecido para armazenamento, ordenação e


classificação de documentos é um conceito atribuído para a elaboração do plano de:
A) ordenação.
B ) destinação.
C ) classificação.
D) arquivamento.
E ) armazenamento

25.(RJ-UFF) Qual o nome dado à passagem de um documento do arquivo corrente para o intermediário?
a) Reclassificação.
b) Triagem.
c) Desclassificação.
d) Recolhimento.
e) Transferência.

26.(TJDFT 2000) Segundo Marilena Leite Paes, um programa de gestão de documentos deve contemplar
a:
I - seleção e a capacitação de recursos humanos.
II - definição das instalações físicas e dos equipamentos.
III - elaboração de manuais contendo normas e procedimentos.
IV - garantia do uso adequado da micrográfica, processamento automatizado de dados e outras técnicas
avançadas de gestão da informação.
V - avaliação sistemática das séries documentais.
A quantidade de itens certos é igual a
A) 1. B ) 2. C ) 3. D) 4. E ) 5.

27.(Uni - Rio RJ) Qual o nome dado ao ato lógico e ordenação dos documentos segundo um determinado
critério e uma seqüência predeterminada?
a) Arranjo.
b) Seleção.
c) Ordenação.
d) Avaliação.
e) Classificação.

28.(TJDFT) A legislação que atualmente regulamenta os serviços notariais e de registro estabelece que
livros, fichas, documentos, papéis, microfilmes e sistemas de computação deverão permanecer
(A) o museu.
(B) a biblioteca.
(C) o centro de documentação.
(D) o arquivo.
(E) o núcleo de pesquisa.

GABARITO

1.E
2.B
3.E
4.E
5.B
6.C
7.E
8.B
9.A
10.C
11.E
12.D
13.C
14.C
15.E
16.A
17.C
18.D
19.C
20.E
21.C
22.E
23.B
24.C
25.E
26.C
27.E
28.A