Você está na página 1de 5

_____________________________________________________________________________

MTM
O Jornal Matemático

Curiosidades Matemáticas
Antigas

Uma das curiosidades mais conhecidas na matemática é conhecida como “O


poder do 4”. Foi escrito pelo brasileiro Júlio César de Melo, usando como baseamento,
Malba Tahan, o livro “O Homem que Calculava” trazia a dos “quatro quatros”. Segundo
ela, é possível formar qualquer número inteiro de 0 a 100 utilizando quatro numerais 4 e
sinais de operações matemáticas, como soma, divisão, exponenciação ou fatorial.

Outra muito bem falada é “O gênio precoce e indomável”. Os adolescentes da


atualidade têm o costume de jogar videogame, Galois era diferente. Evariste Galois é
um dos destaques dessa ciência por seu conhecimento elevado ainda na adolescência.
Ele chegou a questionar os professores e abandonar as aulas para estudar por livros de
gênios já consagrados, pois se considerava um nível acima daquilo tudo. O seu hobby
principal era estudar, ninguém tem esse hobby hoje em dia, é insuportável.

Mas, estranhamente ele desapareceu, tão rápido como tinha aparecido. O que
se sabe é que, em 1832, Galois foi defender sua honra. Escolheu uma das pistolas, deu
25 passos, virou-se e… morreu, sem saber que, deixando um legado de apenas 60
páginas de garranchos, viria a ser considerado não só um dos mais criativos pensadores
que a ciência já teve, mas uma das pedras fundamentais na evolução da Matemática

Atuais

Provavelmente não, mas, você já ouviu falar no número “mágico”. Você sabia
que a sequência 1089 é conhecida como o número mágico? Aprenda o motivo e se

_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

divirta com seus amigos. Escolha qualquer número de três algarismos distintos: por
exemplo, 875. Agora escreva este número de trás para frente e subtraia o menor do
maior: 875 – 578 = 297. O próximo passo é inverter também esse resultado e fazer a
soma: 297 + 792 = 1089 (o número mágico). Basta acertar o resultado antes do seu
amigo o divulgar e pronto, você é novo adivinho da sua turma. Mas, não se esqueça de
usar sempre três dígitos no cálculo.

A Matemática e a Natureza

"O universo (...) não pode ser compreendido a menos que


primeiro aprendamos a linguagem no qual ele está escrito. Ele está
escrito na linguagem matemática e os seus caracteres são o
triângulo, o círculo e outras figuras geométricas, sem as quais é
impossível compreender uma palavra que seja dele: sem estes,
ficamos às escuras, num labirinto escuro."

~Galileu Galilei

Se alguém pergunta qual é o perímetro de uma área, ou qual é o resultado da


soma dos lados do triângulo abaixo, a resposta é moleza. Basta somar: 1 centímetro + 2
centímetros + 3 centímetros e o resultado será 6 centímetros. Muito simples...

Mas se alguém pedisse para você dar conta de somar os lados de uma couve-
flor? Você mal saberia por onde começar além de ser algo absurdo. Pois faz algum
tempo que os biólogos vêm tentando medir árvores, arbustos, corais, algas, esponjas-do-
mar e vários outros organismos vivos que servem de morada para os mais diferentes
bichos. Talvez eles estivessem sem nada pra fazer.

O objetivo desse estudo, que mistura a Natureza e a biologia, é descobrir como


as formas dos lugares influenciam na morada e na vida dos animais, oferecendo
proteção contra predadores, abrigo para se esquentar, abrigar alimento...

Aqui entra a geometria fractal, ela tem sua forma diferenciada da geometria
que aprendemos na escola, como por exemplo: Não se propõe a medir superfícies lisas
(como um quadrado ou um cone), mas, mede superfícies muito irregulares, que podem

_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

ser até enrugadas, como a superfície de uma árvore, de uma couve-flor ou de uma
esponja.

Na matemática, fractal é um objeto que se apresenta igual aos nossos olhos por
mais que nos aproximamos ou nos afastamos dele, algo como um quadro dentro de um
quadro, dentro de um quadro... Um Inception total. Bem, se um quadro sempre reproduz
um quadro menor dentro dele, ao tentarmos medir o comprimento da figura formada por
todos os quadros, chegaremos à conclusão de que este tamanho é infinito.

Mas o que isso tem a ver com a couve-flor? Todos esses são exemplos de
fractais porque o comprimento e a área deles são crescentes conforme tentamos medi-
los com maior precisão, ou seja, vamos incluindo cada vez mais detalhes de suas formas
na nossa medição.

Imagine um compasso. Para tentar preencher o contorno da copa de uma árvore


com uma sequência de segmentos de reta do tamanho da abertura do compasso, bastaria
multiplicar o número de segmentos necessários para medir toda a árvore pelo tamanho
da abertura do compasso, que você chegaria ao comprimento estimado daquele
contorno.

Mas e se você resolvesse fazer essa medida com maior precisão e diminuísse a
abertura do compasso? Você conseguiria reproduzir com maiores detalhes o contorno
da copa e o comprimento final seria ainda maior. E assim aconteceria, sucessivamente,
cada vez que você diminuísse mais a abertura do compasso. Isso é uma loucura
completa ao mesmo tempo que é incrivelmente impressionante curioso. A prova de que
é interessante é que você ainda está lendo...

Esse aumento de tamanho só é crescente porque você está tentando medir o


perímetro de uma curva muito complexa. Se você experimentar fazer a mesma coisa
com uma reta, verá que o comprimento será sempre o mesmo, porque se trata de uma
curva regular.

Depois de tantas medições, é provável que você esteja se perguntando que


importância tem isso para os animais. Uma importância muito grande, pois cada curva
da árvore pode ser entendida como um refúgio para os animais que vivem nela e
precisam se proteger do vento, dos predadores… Acontece que nem todos os refúgios
servem para todos os animais e, sim, são compatíveis com o tamanho de cada um deles.

_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

Quanto mais recortado for o contorno dos galhos de uma árvore – ou de


qualquer outro tipo de habitat que você imagine –, maior a quantidade de refúgios para
animais pequenos, que tendem a aparecer em maior quantidade ali por serem os únicos
capazes de se utilizar daqueles pequenos abrigos disponíveis no ambiente.

Coronavírus

Esta é uma estimativa desatualizada do crescimento no número de casos de


Covid-19 no mundo. Só é possível fazer essas estimativas porque as epidemias
seguem um padrão matemático chamada função exponencial, usado para
representar fenômenos que se multiplicam muito rapidamente.
Na função exponencial, você multiplica o número por ele mesmo. Nessa função,
temos o crescimento exponencial, em que o valor inicial de um evento vai sendo
multiplicado por um mesmo número a cada período de tempo. Com isso, é
possível calcular os valores aproximados no aumento de casos.
No primeiro dia você tem 1 caso; no terceiro dia terá 2 casos. Levou três dias para
dobrar o valor inicial. No sexto dia serão 4 casos, no nono dia serão 16, e assim
por diante.

_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

MATEMÁTICA NO COTIDIANO
Melhorar o Raciocínio Lógico

Matemática é pura lógica. Um argumento precisa ter um embasamento lógico,


caso contrário, não fará sentido. O estudo da matemática ajuda a desenvolver o
raciocínio lógico e a desenvolver a lógica e aplicá-la em diferentes situações do
cotidiano.

Desenvolvimento e Entendimento de Tecnologias

Esse tipo de criação tem muita matemática envolvida. O conhecimento em


matemática ajuda a entender melhor como essas invenções funcionam e
consequentemente, a tirar o máximo proveito dessa tecnologia.

Concentração

Um dos motivos pelos quais muitos detestam a matemática se dá pela dificuldade


em aprender as suas operações. A disciplina não é algo simples e um dos fatores
essenciais para o seu aprendizado é a concentração. Não é entender como se
resolve um cálculo parando no meio da operação e tentando voltar de onde parou
algum tempo depois. Estudar matemática com periodicidade ajuda a melhorar a
concentração em qualquer atividade, seja ligada a cálculos ou não.

_____________________________________________________________________________