Você está na página 1de 22

UNIVERSIDADE PITÁGORAS UNOPAR

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO


SERVIÇO SOCIAL

JOICELENE MESSIAS MARIANO GONDIM

RELATÓRIO DE
ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO II –
PROJETO DE INTERVENÇÃO – 150 H

RIO DE JANEIRO
2020
JOICELENE MESSIAS MARIANO GONDIM

RELATÓRIO DE
ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO II –
PROJETO DE INTERVENÇÃO – 150H

Relatório apresentado à Universidade


Norte do Paraná, como requisito parcial
para o aproveitamento da disciplina de
Estágio Curricular Obrigatório lI do curso
de Serviço Social.

RIO DE JANEIRO
2020
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO..........................................................................................................3
2 DESENVOLVIMENTO...............................................................................................4
2.1 APRESENTAÇÃO.......................................................................................4
2.2 JUSTIFICATIVA..........................................................................................5
2.3 OBJETIVOS................................................................................................6
2.4 PÚBLICO
ALVO...........................................................................................7
2.5 METAS A
ATINGIR......................................................................................8
2.6 METODOLOGIA..........................................................................................9
2.7 CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO.............................................................10
2.8 RECURSOS HUMANOS...........................................................................11
2.9 PARCEIROS OU INSTITUIÇÕES
APOIADORAS.....................................12
3 AVALIAÇÃO................................................................................................13
4 CONSIDERAÇÕES FINAIS.....................................................................................14
REFERÊNCIAS...........................................................................................................15
ANEXOS.....................................................................................................................16
ANEXO
A.........................................................................................................17
ANEXO
B.........................................................................................................18
ANEXO C........................................................................................................19
ANEXO D........................................................................................................20
3

1 – INTRODUÇÃO:

Este relatório de estágio foi desenvolvido seguindo os critérios


apresentados no ‘’Manual de estágio adaptado’’ devido a pandemia de COVID-
19. Para sua realização, foi necessária uma leitura e visualização de vídeos
aprofundada para que se consolidasse sua realização de maneira eficaz.

Neste relatório de estágio adaptado, será realizado um projeto de


intervenção. Este projeto de intervenção será organizado em segmentos, estes
sendo: Apresentação da instituição onde o projeto será realizado; uma
justificativa; seus objetivos; metas; metodologia utilizada na execução do
projeto; um cronograma de execução; recursos humanos; parceiros apoiadores
e uma avaliação.

Sendo assim, este relatório de estágio adaptado irá apresentar o


projeto , e consistir em criar mensalmente na instituição atividades extras como
arrecadação de alimentos, entrega de cestas básicas, entrevistas com o
assistente social para que encaminhe os jovens as empresas e
estabelecimentos interessados em contratar através do jovem aprendiz e
também será fornecido um auxilio psicológico para aqueles que necessitam de
ajuda devido aos problemas ocorridos durante o período de Covid-19 na
instituição Aldeias Infantis SOS Brasil – Rio de Janeiro no bairro de Itanhangá.
O projeto acontecerá ao longo do ano.
4

2 – DESENVOLVIMENTO:

2.1 – APRESENTAÇÃO:

Surgindo a partir da obra do educador Hermann Gmneir, no ano de


1949, na cidade Imst na Áustria, a instituição Aldeias Infantis SOS Brasil tinha
como objetivo acolher crianças orfãs, vítimas da Segunda Guerra Mundial.
Após o decorrer dos anos o campo de atuação da instituição se amplia,
contentando mais programas sociais, atendendo mais famílias, comunidades,
defesa de direitos, ações voltadas à saúde e nutrição, centros educacionais e
promoção de direito das mulheres.

Atualmente a instituição atua em em 135 países e territórios e atua há


mais de 50 anos no Brasil, cuidando de crianças, fortalecendo suas famílias e
advoga pelo direito de viver em família e comunidade. Só no Brasil são 187
projetos em 27 localidades para que nenhuma criança tenha que crescer
sozinha.

A instituição oferece diversas atividades diárias para mais de 11 mil


pessoas por meio de projetos de educação, esporte, lazer geração de renda e
empregabilidade.
5

2.2 – JUSTIFICATIVA:

A instituição Aldeias Infantis SOS Brasil atualmente possui 106


projetos em 31 localidades nos 12 estados e Distrito Federal do país. No Rio de
Janeiro se localiza no bairro de Itanhangá, oferecendo atividades de
fortalecimento familiar e comunitário para mais de 150 crianças e adolescentes.
Para que se crie este fortalecimento, a instituição trabalha com uma variedade
de atividades sociais, como costura, artesanato, capacitação em informática e
inclusão no mercado de trabalho. O interesse por essa temática ocorreu a partir
da formação acadêmica na Universidade do Norte do Paraná -UNOPAR.
A motivação para a realização desse estudo surgiu
exatamente da necessidade de fornecer informações sistematizadas sobre o
assunto.

Socorrer aqueles cuja pobreza não esconda nenhuma artimanha não


é tudo. É preciso, ainda, que os socorros sirvam para algo, é preciso
que eles promovam um reerguimento da família. É por isso que é
necessário descobrir e evidenciar, em todo pedido de auxílio, a falta
moral que o determina mais ou menos diretamente: essa parte de
irresponsabilidade, de preguiça, de devassidão que existe em toda
miséria. (DONZELOT, 1986, p.67)
6

2.3 – OBJETIVOS:

Objetivo geral:

O projeto consiste em realizar uma revisão bibliográfica acerca


da questão de atender as necessidades da comunidade da qual está passando
por um momento de grande necessidade devido o covid-19, desta forma o
profissional de serviço social neste contexto busca auxiliar e fortalecer junto a
adicionar novos projetos e atividades na instituição Aldeias Infantis SOS Brasil
– Rio de Janeiro, no bairro de Itanhangá.

Objetivos específicos:

 Fornecer cestas básicas


 Encaminhar a todos que necessitam de ajuda psicológica
 Realizar as visitas domiciliares aos escritos no projeto

 Arrecadar alimentos e buscar associados

 Marcar reunião com a comunidade: DIA DA FAMILIA


7

2.4 – PÚBLICO ALVO:

O público alvo que o projeto deseja alcançar é as familias dos bairros


Itanhangá (Comunidade do Morro do Banco) e Jacarépaguá (região da
taquara).

2.5 – METAS A ATINGIR:

A Meta da intervenção, será beneficiar com o projeto


“Compartilhando o Amor com o seu próximo” cerca de mais de 450 familias que
serão beneficiadas com uma cesta básica, indicação de jovens as empresas
que buscam novos talentos através do jovem aprendiz também com
assistência psicológica.
8

2.6 – METODOLOGIA:

O primeiro passo a ser dado ao desenvolver um projeto de intervenção,


é entender a instituição na qual você irá aplicar o seu projeto. Com isso,
devemos entender sua história e seu trabalho prestado a sociedade. A
metodologia se inicia com uma reunião com os responsáveis pela instituição na
cidade do Rio de Janeiro, no bairro Intanhangá. Nesta reunião será
apresentado a proposta do projeto, sua justificativa, objetivo e a metodologia
que será aplicada quando o projeto estiver em execução. Logo após será
realizada uma segunda reunião, que irá consistir arrecadar junto aos
patrocinadores e estabelecimentos dos bairros alimentos para assim montar as
cestas básicas e também entrevistas com as familias e visitas domiciliares
para a entrega das cestas com o intuito de verificar se as familias estão
necessitando de auxilio médico com uma psicologa que ajudara a fortalecer o
vinculo familiar e social e auxilio de indicação de jovens para as empresas que
estão empregando dentro do programa jovem aprendiz, a instituição possibilita
acrescentar novas idéias e beneficios a toda comunidade.

O projeto será executado mensalmente nos domingos na instituição, e


será apresentado primeiramente pelo assistente social que irá explicar como
serão realizado os atendimentos, entregas de cestas básicas e também
passando os dados das familias e pessoas que necessitam de ajuda
psicologica. .
9

2.7 – CRONOGRAMA DE EXECUÇÃO:

MÊS/ Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul. Ago. Set. Out. Nov Dez.

ETAPAS

Reunião com  
responsáveis

Arrecadação    

Entrevista  
com as
familias
cadastradas

Montar as 
cestas
Básicas

Agendamento  
do
atendimento
psicológico

Indicação as 
empresas
empregativas
10

Execução do 
projeto

2.8 – RECURSOS HUMANOS:

● 01 Diretor.

● 01 Assistente Social.

● 01 Estagiária de Serviço Social.

● 03 Funcionários de Serviços Gerais.

● 450 Familias
11

2.9 – PARCEIROS OU INSTITUIÇÕES APOIADORAS:

A instituição Aldeias Infantis SOS Brasil, Rio de Janeiro, conta com


contribuições mensais de doadores para manter seus projetos. A instituição
conta também com apoio de parceiros como: ENERGISA, Hasbro, Herbalife,
Mercado Livre, BIC entre outros.
12

3 – AVALIAÇÃO:

A avaliação deste projeto será feita pelo assistente social da instituição.


Estes profissionais irão avaliar a estrutura do projeto baseada na justicativa e
objetivos específicos apresentados. A coerência argumentativa, pontualidade e
compromisso ético do estagiário também serão pontos avaliados durante a
execução do projeto.

Durante o projeto, os responsáveis em avaliar o estagiário irão auxiliar


nos objetivos almejados, se tornando uma peça fundamental para a qualidade
e efetividade do projeto.

Por tanto o processo avaliativo é de grande importância para um projeto


de intervenção, por auxiliar o estagiário a compreender os pontos a serem
desenvolvidos e trabalhados e contribuir como experiência no desenvolvimento
de projetos futuros.
13

4 – CONSIDERAÇÕES FINAIS:

Dessa forma, entendemos que a instituição Aldeias Infantis SOS Brasil


trabalha em apoiar crianças e famílias contruindo seu próprio futuro
participando no desenvolvimento de suas comunidades. A instituição propõe
apoiar crianças, adolescentes e jovens que se encontram em vulnerabilidade,
impulsionando seu desenvolvimento e autonomia em um ambiente familiar
comunitário e protetor. Proporcionando formas de mudar a realidade dos
acolhidos através de projetos de fortalecimento familiar, formação profissional e
atividades educativas.

O projeto foi aplicado na instituição Aldeias Infantis SOS Brasil


localizada no bairro de Intanhangá no Rio de Janeiro, e visou atender mais de
450 familias, contribuindo no bem estar, segurança, saúde e estabilidade de
todas crianças e adolescentes que por sua vez conseguiram o seu primeiro
emprego como jovem aprendiz.

Por todos esses aspectos, trabalhar no desenvolvimento deste relatório


de estágio proporcionou uma grande experiência como docente, e auxiliou a
desenvolver novas atividades que divirtam e sejam benéficas para os acolhidos
da instituição Aldeias Infantis SOS Brasil.
14

REFERÊNCIAS:

ALDEIAS INFANTIS SOS BRASIL.2020. Disponível em:

<https://www.aldeiasinfantis.org.br/>

BERTOLLO, K. Planejamento em Serviço Social: Tensões e desafios no


exercício profissional. Temporalis. Brasília. N31. P 333-355. Jun.2016.

CEGOV.1 vídeo (2:45). O que são indicadores ? Publicado pelo canal Centro
de estudos sobre Gover.2015. Disponível em:

<https://www.youtube.com/watch?
v=2Ns1Bnmhrn4&ab_channel=CentrodeEstudosInternacionaissobreGoverno-
CEGOV>

Acesso em 14 set,2020.

SILVA, Klauze. Gestão e Sustentabilidade do projeto. In: SILVA,


Klauze. Gestão e Planejamento em Serviço Social. 1. ed. [S. l.]: Sagah,
2018. cap. 8, p. 95-103. ISBN 9788595028234.
15

ANEXOS
16

ANEXO A – 1ª Atividade trabalhada no projeto.

Bordado com ponto de cruz


17

ANEXO B – 2ª Atividade trabalhada no projeto.

Pintura em tecido
18

ANEXO C – 3ª Atividade trabalhada no projeto.

Costura de fuxico
19

ANEXO D – 4ª Atividade trabalhada no projeto.

Bordado com miçanga e Ponto russo


20